Autor Tópico: Porque não há novas religiões?  (Lida 1051 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Aleister Crowley

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 114
  • Secretum Finis Africae: ?
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #25 Online: 15 de Maio de 2017, 23:04:03 »
E a Seicho-no-ie, ''um modo feliz de viver''?

Outras: Cultura Racional (Tim Maia), a Igreja de Satã, de Anton LaVey, e várias outras seitas satanistas, como a de um sujeito que recentemente apareceu aqui no fórum tentando ameaçar intimidar um forista.


Tem também a Summit Lighthouse, a Wicca, mas a mais engraçada dessas novas religiões é a do Vale do Amanhecer fundada pela caminhoneira Tia Neiva, cujo mentor espiritual era uma entidade chamada Pai Seta Branca.  :biglol:   

Existem várias seitas que fazem referência à ufologia. Coisa tão delirante que acho não necessário citá-las.

Sim. Ouvi falar que há uma dessas em Alto Paraíso de Goiás (pra variar...).

   
Secretum Finis Africae: ?

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.004
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #26 Online: 16 de Maio de 2017, 08:01:36 »
Não precisa religião mas quando ela está presente talvez seja por um motivo mais mundano. As igrejas estão lotadas de pessoas solitárias que buscam companhia, compreensão e amizade. Jovens adoram paquerar enquanto dizem que buscam "a grande resposta". Tem gente que só vai lá para tomar sopinha, comer pãozinho e não perder o convite do churrasco do amigo do coral.
Um outro motivo é sentir-se importante, com uma missão. O cara é um Zé Bosta qualquer, ignorado por todos, daí ele entra para uma igreja de fundo de quintal e, de repente, passa a fazer parte de uma instituição. Torna-se respeitado, vê-se como o portador de uma 'verdade' que os outros ignoram. E começa a postar fotos nas redes sociais lendo a Bíblia diante de todos, com um manto "ungido" nos ombros. Posta mensagens sobre como foi bonito ou importante o culto do domingo passado e assim por diante.
Ele não é mais o Zé Bosta desconhecido. Agora ele é membro de algo grande e importante.

Offline Spencer

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.188
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #27 Online: 16 de Maio de 2017, 09:44:16 »
Giga, adoro quando tenta esconder seu medo de que descubram que você é um crente pronto para sair do armário, com estes ataques, bem humorados, sim, mas sintomáticos, com certeza.
A propósito você não respondeu ao questionamento apresentado pelo tópico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.775
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #28 Online: 16 de Maio de 2017, 10:20:44 »
Não há "novas religiões", tirando seitas menos populares, porque a religião é essencialmente hereditária, as pessoas tendem a crer na religião de seus pais. Na verdade com alguma influência um pouco maior das mães.

Então, sem que uma nova seita tenha uma grande vantagem reprodutiva, o que se tem é um equilíbrio de Hardy-Weinberg memético/cultural, bem como alguma deriva memética.

Offline Gorducho

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #29 Online: 16 de Maio de 2017, 10:34:12 »
Um outro motivo é sentir-se importante, com uma missão. O cara é um Zé Bosta qualquer, ignorado por todos, daí ele entra para uma igreja de fundo de quintal e, de repente, passa a fazer parte de uma instituição. Torna-se respeitado, vê-se como o portador de uma 'verdade' que os outros ignoram. E começa a postar fotos nas redes sociais lendo a Bíblia diante de todos, com um manto "ungido" nos ombros. Posta mensagens sobre como foi bonito ou importante o culto do domingo passado e assim por diante.
Ele não é mais o Zé Bosta desconhecido. Agora ele é membro de algo grande e importante.
Isso é muito importante pra esse perfil de público-alvo.
Esse perfil de pessoa gosta que lhes digam o que tem que fazerem e, evidentemente, se sentirem integrados & importantes na comunidade daquele Templo.
Jesus disse que tem que ser assim PERIOD
Por que :?:
Porque Jesus disse, tá em Marcos blah blah blah PERIOD

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.679
  • Love it or Hate it
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #30 Online: 16 de Maio de 2017, 11:03:55 »
Giga, adoro quando tenta esconder seu medo de que descubram que você é um crente pronto para sair do armário, com estes ataques, bem humorados, sim, mas sintomáticos, com certeza.
A propósito você não respondeu ao questionamento apresentado pelo tópico.


Deus te abençoe Spencer.

Religiões disputam poder (recursos financeiros/patrimônio/adeptos/influência política e social/etc) e conquistar e manter poder num mercado extremamente competitivo não é simples nem fácil e tem mais a ver com gestão de marketing de apelos mundanos do que celestiais. Por isso é difícil evoluir do estágio de seita/culto para uma religião organizada a partir de interesses puramente ideológicos já presentes em outras religiões. Qualquer candidato a Cristo será novamente crucificado, sem dó.

Offline Spencer

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.188
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #31 Online: 16 de Maio de 2017, 11:54:48 »
Claro e lógico, sr. Gigaview. Concordo plenamente.
 :ok: :ok: :ok:

Offline Gorducho

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #32 Online: 16 de Maio de 2017, 16:43:05 »
Em tudo quanto é lugar...
Dr. Bezerra relata que lá em Vênus também apareceu um reformador, mas foi sacrificado, sendo ridicularizados e desprezados todos os que têm querido fazer inovações nas crenças hereditárias que possuem.
[53 - Os Habitantes de Vênus. In: Espiritismo, Estudos Filosóficos, vol. III]

Offline Spencer

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.188
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #33 Online: 17 de Maio de 2017, 11:50:41 »
Em tudo quanto é lugar...
Dr. Bezerra relata que lá em Vênus também apareceu um reformador, mas foi sacrificado, sendo ridicularizados e desprezados todos os que têm querido fazer inovações nas crenças hereditárias que possuem.
[53 - Os Habitantes de Vênus. In: Espiritismo, Estudos Filosóficos, vol. III]
Estudos Filosóficos não é obra mediúnica, apenas reúne uma coletânea de contos, artigos e crônicas escritas por Bezerra de Menezes, sob o pseudônimo de Max, publicadas no Jornal "O Pais" no final do século 19, na cidade do Rio de Janeiro. O livro apresenta temas de interesse geral, todos analisados sob a visão espírita e, acrescento, sob a ótica de um senso comum para a época.
Lamento a comparação, mas seria como um Julio Verne sem o desejado viés científico, desbordando pelo espetaculoso.

Offline Gorducho

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #34 Online: 17 de Maio de 2017, 12:01:52 »
Esse é um relato mediúnico, recebido no centro dele. Claro que não por ele que até onde eu saiba não era médium.
E foi depois confirmado pelo espírito do Giordano Bruno, depois que um cara avisou Dr. Bezerra que o Georges 30 anos antes tinha dito no centro do Kardec (a Société, claro) justo o contrário.

Offline Spencer

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.188
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #35 Online: 17 de Maio de 2017, 12:21:03 »
Esse é um relato mediúnico, recebido no centro dele. Claro que não por ele que até onde eu saiba não era médium.
E foi depois confirmado pelo espírito do Giordano Bruno, depois que um cara avisou Dr. Bezerra que o Georges 30 anos antes tinha dito no centro do Kardec (a Société, claro) justo o contrário.
Sim, mas o que eu disse é que aquela obra não é mediúnica, ou seja, psicografada após a morte dele, Bmenezes.
Por outro lado, estes anacronismos e excentricidades que fazem parte do surrado folclore anti espiritista, e que você adora trazer à baila, nos parece um apelo mântrico; repete..., vai e volta. Onde a originalidade, a verve...? :sleepy:

Offline Gorducho

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #36 Online: 17 de Maio de 2017, 12:47:11 »
Eu falei que tinha sido ditado pelo "Espírito Dr. Bezerra" :?:

Onde fica a sua originalidade colando textos e imitando o vocabulário, digamos, "pitoresco" usado no meio espírita :?:
« Última modificação: 17 de Maio de 2017, 12:56:13 por Gorducho »

Offline Spencer

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.188
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #37 Online: 17 de Maio de 2017, 16:59:20 »
Citar
Onde fica a sua originalidade colando textos e imitando o vocabulário, digamos, "pitoresco" usado no meio espírita :?:
Desde quando se proíbe colar textos, inda mais sobre tema simplório como o que vc levantou?
Quanto ao vocabulário, vc sabe que o meu é bem melhor que aquilo. :hihi:

Offline Gorducho

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #38 Online: 17 de Maio de 2017, 17:47:26 »
Faz anos que eu planejo fazer um glossário de espirites no Excel, mas sempre acaba me dando preguiça.
E venho lhe observando e vejo que domina bem o vocabulário...
Se eu começar, pretendo começar por
VIANDANTE DA CARNE
VIANDANTE SUARENTO
PEROLARAM LÁGRIMAS
APELO MÂNTRICO
VERVE
« Última modificação: 17 de Maio de 2017, 17:55:15 por Gorducho »

Offline Pedro Reis

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.905
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #39 Online: 18 de Maio de 2017, 01:18:08 »
Podemos citar as principais religiões existentes como hinduísmo, budismo, cristianismo,
islamismo, além de filosofias chinesas como taoismo e confucionismo.

Dessas correntes, o islã é a mais recente, pois seu fundador (Maomé) viveu no século 7.

Uma coisa que acho meio intrigante é porque não houve uma nova religião nesses últimos
14 séculos?

Não falo de uma nova vertente dentro de uma religião, mas de uma nova religião cujo
fundador propõe algo radicalmente novo.

Claro que muitos já tentaram criar novas religiões, mas por qual motivo elas nunca conseguiram
passar do status de seitas ao de religiões oficiais?


Eu sempre achei meio subjetiva essa diferenciação entre seita e religião. Tipo assim: "seita" é sempre a religião do outro. Há quem considere a Adventista seita, a TJ seita, a Universal seita... mas para os seguidores destas seitas são religiões.

O mormonismo é tão radicalmente bizarro que talvez nem seja mais protestantismo, ou até cristianismo. E esta "seita" já tem 15 milhões de adeptos, tendo surgido em 1830. Claro que não se compara com os números das grandes religiões.

Mas eu acho que é muito difícil para uma nova religião concorrer com estas instituições já tão estabelecidas.  È mais fácil que novas grandes religiões surjam da transformação gradual e lenta, através desse contínuo processo tanto de resistência como de adaptação às mudanças da sociedade, das religiões tradicionais dominantes.

O Cristianismo, por exemplo, é o resultado do sincretismo de antigas religiões com tradições judaicas. O Islamismo também parece ter sido alguma antiga religião tribal que sincretizou judaísmo e cristianismo. As raízes do judaísmo, por sua vez, também podem ser encontradas em ancestrais cultos politeístas mesopotâmicos.

Eu acho que é isso... é mais provável que uma nova tradição religiosa surja a partir de outras mais antigas, como uma resposta a novos anseios e necessidades.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.004
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #40 Online: 18 de Maio de 2017, 08:20:52 »
Faz anos que eu planejo fazer um glossário de espirites no Excel, mas sempre acaba me dando preguiça.
E venho lhe observando e vejo que domina bem o vocabulário...
Se eu começar, pretendo começar por
VIANDANTE DA CARNE
VIANDANTE SUARENTO
PEROLARAM LÁGRIMAS
APELO MÂNTRICO
VERVE
"Baixíssimo teor vibracional"
"Ovóides"
"Espíritos zombeteiros"

Offline Gorducho

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #41 Online: 18 de Maio de 2017, 08:45:47 »
Eu sempre achei meio subjetiva essa diferenciação entre seita e religião. Tipo assim: "seita" é sempre a religião do outro.
"Seita" É a religião dos outros.
Citar
Mas eu acho que é muito difícil para uma nova religião concorrer com estas instituições já tão estabelecidas.  È mais fácil que novas grandes religiões surjam da transformação gradual e lenta, através desse contínuo processo tanto de resistência como de adaptação às mudanças da sociedade, das religiões tradicionais dominantes.

O Cristianismo, por exemplo, é o resultado do sincretismo de antigas religiões com tradições judaicas. O Islamismo também parece ter sido alguma antiga religião tribal que sincretizou judaísmo e cristianismo. As raízes do judaísmo, por sua vez, também podem ser encontradas em ancestrais cultos politeístas mesopotâmicos.

Eu acho que é isso... é mais provável que uma nova tradição religiosa surja a partir de outras mais antigas, como uma resposta a novos anseios e necessidades.
O mercado de almas está muito consolidado, com MUITO dinheiro em jogo e sem mais grandes regiões geográficas culturalmente isoladas que possam contribuir duma forma completamente inovativa.
De mais a mais que tipo de divindade seria visto que tendo o judaico-islâmico-cristianismo desmaterializado completamente a divindade deles, o mundo moderno aceitaria outros panteon rematerializado :?:

Offline Xabéu

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 17
  • Sexo: Feminino
  • So young in years probably end in tears
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #42 Online: 23 de Maio de 2017, 23:51:39 »

Eu sempre achei meio subjetiva essa diferenciação entre seita e religião. Tipo assim: "seita" é sempre a religião do outro. Há quem considere a Adventista seita, a TJ seita, a Universal seita... mas para os seguidores destas seitas são religiões.

O mormonismo é tão radicalmente bizarro que talvez nem seja mais protestantismo, ou até cristianismo. E esta "seita" já tem 15 milhões de adeptos, tendo surgido em 1830. Claro que não se compara com os números das grandes religiões.

Mas eu acho que é muito difícil para uma nova religião concorrer com estas instituições já tão estabelecidas.  È mais fácil que novas grandes religiões surjam da transformação gradual e lenta, através desse contínuo processo tanto de resistência como de adaptação às mudanças da sociedade, das religiões tradicionais dominantes.

O Cristianismo, por exemplo, é o resultado do sincretismo de antigas religiões com tradições judaicas. O Islamismo também parece ter sido alguma antiga religião tribal que sincretizou judaísmo e cristianismo. As raízes do judaísmo, por sua vez, também podem ser encontradas em ancestrais cultos politeístas mesopotâmicos.

Eu acho que é isso... é mais provável que uma nova tradição religiosa surja a partir de outras mais antigas, como uma resposta a novos anseios e necessidades.

A diferença entre religião e seita pode ser muito sutil. Quem pertence a alguma provavelmente não irá admitir, seja porque não quer ou porque simplesmente não consegue perceber que está preso a uma. Tem um artigo no site do Marcelo Deldebbio (não, não sou fã do cara) que aponta algumas características das seitas. Analisando cada um dos itens citados por ele eu diria que as testemunhas de jeová pertence ao grupo, pois se enquadra exatamente na definição. Somente depois de sair pude perceber isso. Agora, do lado de fora, é ridiculamente visível. Dizem que o mesmo se aplica à cientologia e ao mormonismo.

http://www.deldebbio.com.br/2017/04/19/9-verdades-e-1-mentira-sobre-seitas/

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.073
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #43 Online: 24 de Maio de 2017, 10:33:25 »
À medida que eu envelheço, cada vez mais tenho sentido a necessidade de entrar pra uma seita...

Já até escolhi: é A(S)eita que Dói Menos... :P
GNOSE

Offline Spencer

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.188
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #44 Online: 24 de Maio de 2017, 13:51:04 »
À medida que eu envelheço, cada vez mais tenho sentido a necessidade de entrar pra uma seita...

Já até escolhi: é A(S)eita que Dói Menos... :P
:histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:

Offline Nostromo

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 105
  • Sexo: Masculino
  • Romantico Reprimido
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #45 Online: 24 de Maio de 2017, 16:34:23 »
Pelo o que sei, tem uma religião japonesa fundada no século XX, que é chamada de Igreja Messiânica. O líder dela foi um japonês chamado Meishu-Sama, o qual alegava ter recebido uma revelação divina para iniciar a construção do paraíso terrestre.

Não sei qual a extensão mundial dela, mas sei que há adeptos aqui no Brasil. O brasão deles pode ser visto inclusive em alguns carros nas ruas:



Ah o famoso Johrei:


Offline kokot

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 14
Re:Porque não há novas religiões?
« Resposta #46 Online: 07 de Junho de 2017, 23:14:56 »
Como não há novas? Eu mesmo já criei duas, a Igreja Metedista e a Biscateriana. Estou recrutando pastores, MP se alguém interessar...

Agora falando sério, um ponto que ainda não foi citado no fórum é a compilação e disseminação dos livros sagrados.

Como colocado em alguns pontos, as religiões derivam da junção de crenças e tradições e normalmente mudam quando existia contato entre diferentes povos com diferentes credos.

Quando isso era transmitido por via oral, era muito mais suscetível as transformações. Com a definição mais formal das escrituras e dos ritos, abre-se pouco espaço para grandes inovações.

Para mim a melhor definição da Religião é que funciona como uma indústria da fé. Enquanto o produto é bom e atende a população, ele será consumido. Quando aparece uma oferta melhor, as pessoas vão consumir o novo produto. Nesse ponto, admiro a perspicácia do Edir Macedo em unir ritos das religiões Afro com o catolicismo. Depois oferecer ao mercado brasileiro, extremamente permeado pelo sincretismo religioso.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!