Autor Tópico: Guerra na Síria  (Lida 24580 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #775 Online: 22 de Abril de 2018, 07:00:10 »


Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 



Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.213
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #776 Online: 22 de Abril de 2018, 10:00:57 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.

Por favor demonstre que a afirmação desta fonte

Citar
Rússia encontra provas do preparo de armas químicas em laboratório terrorista na Síria

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

10:49 20.04.2018(atualizado 10:56 20.04.2018) URL curta120

Os militares russos encontraram mais uma evidência da produção de substâncias venenosas pelos terroristas de Jaish al-Islam na cidade síria de Douma, onde em 7 de abril ocorreu um ataque falso, que foi usado como pretexto para os EUA e seus aliados acusarem o governo e bombardearem o país.

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018042011038528-militares-russos-prova-armas-quimicas/

é verdadeira.

Fico no aguardo.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.213
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #777 Online: 22 de Abril de 2018, 10:05:17 »
Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 

E o uso de fontes reconhecidamente servis ao seus respectivos governos (como é o caso desta porcaria chamada de s(hit)putniknews) apenas para camuflar a 'frustração e a revolta juvenil' contra os ianques, mas travestida de "ceticismo", é constrangedor.
Foto USGS

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #778 Online: 22 de Abril de 2018, 10:32:00 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.

Por favor demonstre que a afirmação desta fonte

Citar
Rússia encontra provas do preparo de armas químicas em laboratório terrorista na Síria

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

10:49 20.04.2018(atualizado 10:56 20.04.2018) URL curta120

Os militares russos encontraram mais uma evidência da produção de substâncias venenosas pelos terroristas de Jaish al-Islam na cidade síria de Douma, onde em 7 de abril ocorreu um ataque falso, que foi usado como pretexto para os EUA e seus aliados acusarem o governo e bombardearem o país.

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018042011038528-militares-russos-prova-armas-quimicas/

é verdadeira.

Fico no aguardo.



Vou repetir, com outras palavras, o que eu já digitei:



Algo não é verdadeiro ou falso  porque   o veículo   da informação é  A ou B ou C ou D,  algo é  verdadeiro ou falso caso esteja ou não de acordo com a realidade, e para chegar a  realidade  é necessário  fazer investigações  adequadas, com  métodos adequados, e com isso conseguir ou não conseguir boas evidências.   Isto vale para qualquer veículo de informação. 

Caso não seja possível fazer tais investigações  o que teremos é mera crença não fundamentada em boas evidências. 


Isto vale tanto para crença:


A) O Assad  ordenou o ataque químico:


Como para crença:


B) O  Assad   não   ordenou o ataque químico.







« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 10:43:49 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #779 Online: 22 de Abril de 2018, 10:41:56 »
Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 

E o uso de fontes reconhecidamente servis ao seus respectivos governos [...] apenas para camuflar a 'frustração e a revolta juvenil' contra os [...], mas travestida de "ceticismo", é constrangedor.


Outras pessoas podem achar constrangedora a  atitude de acreditar e expor a crença de que  mídias dos  países amigos do chefe  e da mídia do próprio chefe sejam isentonas.  Apenas para camuflar a preferência pelo chefe.   Tudo isso travestido de um ceticismo geral. 


« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 10:44:57 por JJ »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.213
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #780 Online: 22 de Abril de 2018, 10:50:39 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.

Por favor demonstre que a afirmação desta fonte

Citar
Rússia encontra provas do preparo de armas químicas em laboratório terrorista na Síria

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

10:49 20.04.2018(atualizado 10:56 20.04.2018) URL curta120

Os militares russos encontraram mais uma evidência da produção de substâncias venenosas pelos terroristas de Jaish al-Islam na cidade síria de Douma, onde em 7 de abril ocorreu um ataque falso, que foi usado como pretexto para os EUA e seus aliados acusarem o governo e bombardearem o país.

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018042011038528-militares-russos-prova-armas-quimicas/

é verdadeira.

Fico no aguardo.
Vou repetir, com outras palavras, o que eu já digitei:

Algo não é verdadeiro ou falso  porque   o veículo   da informação é  A ou B ou C ou D,  algo é  verdadeiro ou falso caso esteja ou não de acordo com a realidade, e para chegar a  realidade  é necessário  fazer investigações  adequadas, com  métodos adequados, e com isso conseguir ou não conseguir boas evidências.   Isto vale para qualquer veículo de informação. 

Caso não seja possível fazer tais investigações  o que teremos é mera crença não fundamentada em boas evidências. 

Isto vale tanto para crença:

A) O Assad  ordenou o ataque químico:

Como para crença:

B) O  Assad   não   ordenou o ataque químico.

Ou seja, você não consegue demonstrar a veracidade da notícia (repare da NOTÍCIA!, não é da FONTE!) mas repete-a baseada em sua ideologia anti-ianque.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.213
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #781 Online: 22 de Abril de 2018, 10:57:38 »
Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 

E o uso de fontes reconhecidamente servis ao seus respectivos governos [...] apenas para camuflar a 'frustração e a revolta juvenil' contra os [...], mas travestida de "ceticismo", é constrangedor.
Outras pessoas podem achar constrangedora a  atitude de acreditar e expor a crença de que  mídias dos  países amigos do chefe  e da mídia do próprio chefe sejam isentonas.  Apenas para camuflar a preferência pelo chefe.   Tudo isso travestido de um ceticismo geral. 

Algumas não são "isentonas". Uma FoxNews jamais será considerada uma fonte isenta porque não tem um histórico de bom jornalismo. Mas o NYT e o Washington Post tem, embora não sejam isentos de erros.

Por outro lado, NÃO EXISTE UMA SÓ FONTE de informações na Rússia que seja confiável, porque praticamente todas são controladas pelo governo, assim como são submissos ao Executivo, os poderes Legislativo e Judiciário.

Mas se você acha que a qualidade e atuação das fontes, da imprensa e dos poderes legalmente constituídos do EUA e da Rússia são equivalentes, fique à vontade para continuar 'atacando os moinhos de vento' que estiverem ao seu alcance.
Foto USGS

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #782 Online: 22 de Abril de 2018, 10:58:01 »

Ou seja, você não consegue demonstrar a veracidade da notícia (repare da NOTÍCIA!, não é da FONTE!) mas repete-a [...].



E isto é  o normal  que se faz num fórum. Afinal de contas, quem é que tem  algo como 1,5 milhão de reais (ou mais) sobrando,  e mais os contatos políticos necessários,  para  fazer  um tipo adequado de investigação semelhante ?


« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 14:49:49 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #783 Online: 22 de Abril de 2018, 16:13:44 »
Se Manoel acredita que o  Assad é um burro, que apesar de estar vencendo os terroristas com o uso de força convencional com a ajuda da Rússia,   quis dar uma bela oportunidade e justificativa para o chefão  jogar vários mísseis bonitos, novos e inteligentes sobre o seu território,  e assim fazer uma bela demonstração de força, ao mesmo tempo que mostrava a sua fraqueza (e ainda de lambuja punha o seu aliado "numa fria"), então Manoel deve acreditar que :

A) Assad é o responsável pelo suposto ataque químico;



Já se Antônio  não  acredita que o  Assad é um burro, que como estava vencendo os terroristas com o uso de força convencional com a ajuda da Rússia, e portanto não faria sentido  dar uma bela oportunidade e justificativa para o chefão  jogar vários mísseis bonitos, novos e inteligentes sobre o seu território,  e assim fazer uma bela demonstração de força, ao mesmo tempo que mostrava a sua fraqueza (e ainda de lambuja punha o seu aliado "numa fria"), então Antônio deve acreditar que :


B) Assad   não   é o responsável pelo suposto ataque químico.


« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 16:29:52 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #784 Online: 22 de Abril de 2018, 16:14:09 »


Quem sabe, talvez o Assad seja um burrão.   


« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 16:59:25 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #785 Online: 22 de Abril de 2018, 16:21:35 »

Algumas não são "isentonas".



Alguns acreditam  que   algumas grandes mídias  (e talvez também algumas  médias e pequenas) dos  países amigos do chefe  e da mídia do próprio chefe sejam isentonas .


Outros   não   acreditam  que   algumas  (ou muitas, ou  quase todas, ou todas) grandes mídias  (e médias e pequenas)  dos  países amigos do chefe,  e da mídia do próprio chefe, sejam isentonas (e tampouco de outros países).
 

« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 19:44:41 por JJ »

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Guerra na Síria
« Resposta #786 Online: 22 de Abril de 2018, 19:44:52 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.
O ônus da prova sempre cabe para quem afirma algo. Não para quem está lendo ou ouvindo.


Quer um exemplo?
Míssil norte-americano TomahawkSistema de defesa antiaérea sírio interceptou 71 de 103 mísseis lançados pela coalizão

[...]

Para Rudskoy, o ataque contra a Síria tem como objetivo a interrupção do trabalho dos especialistas da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) sobre o suposto ataque químico na cidade síria de Douma.


"O ataque foi realizado no mesmo dia em que a missão especial da OPAQ para investigação do incidente na cidade de Douma, onde alegadamente tinham sido usadas armas químicas, deveria começar o seu trabalho. Quero assinalar que na Síria não há nenhuma instalação de produção de armas químicas, isso foi confirmado pela Organização para a Proibição de Armas Químicas. Este fato de agressão norte-americana prova que os EUA não estão interessados na objetividade da investigação e seu desejo de minar o processo de solução pacífica na Síria e desestabilizar a situação no Oriente Médio", declarou Rudskoy.


Na noite de sexta-feira (13) os EUA, Reino Unido e França realizaram ataques contra a Síria em resposta ao suposto ataque químico no subúrbio de Damasco de Douma, em Ghouta Oriental. Os países ocidentais culpam Damasco pelo incidente sem terem apresentado provas.

O ataque foi realizado na véspera de uma investigação da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) na cidade afetada.


https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018041410985703-sistema-defesa-antiaerea-siria-coalizao-ataque/

Sério? 71 mísseis abatidos? Isso dá um incrível aproveitamento de 70%. O Sputnik está afirmando que a defesa anti-aérea síria derrubou 70% dos modernos mísseis Tomahawks americanos. Certamente os alvos atingidos não sofreram os danos esperados pelos EUA e aliados, correto? Errado, qualquer análise independente vê isso.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Guerra na Síria
« Resposta #787 Online: 22 de Abril de 2018, 19:50:52 »
À partir de hoje, usarei apenas análises indepndentes para falar sobre a Guerra na Síria. Começarei por este texto escrito por uma fonte verdadeiramente independente.

Citar
Strikes Successful Against Syrian Chemical Weapons, DoD Officials Say

WASHINGTON --
The strikes last week against Syria’s chemical weapons arsenal were successful in degrading that country’s chemical weapons, research and storage facilities, the Pentagon’s chief spokesperson said today.

There have been no reports of civilian casualties from the strikes carried out by the United States, United Kingdom and France, Dana W. White said in a news conference with Marine Corps Lt. Gen. Kenneth F. McKenzie, the director of the Joint Staff. 

The strikes took place in the early morning hours of April 14 in Syria, which was the evening of April 13 on the U.S. East Coast.

“This is a testament to the professionalism and precision of the U.S., U.K. and French forces that carried out this mission,” White said.

President Donald J. Trump announced the combined strikes were in retaliation for the regime of Syrian leader Bashar Assad using chemical weapons April 7 against civilians in Douma, Syria.

“We have seen no indication the Assad regime is prepared to launch another chemical weapons attack,” White said. “However, we remain vigilant.”
[...]

‘Compelling’ Images of Targets

Photographs from the strikes are “pretty compelling” and show the targets were “knocked out,” McKenzie said.

“We assessed that the weapons hit the target. We achieved the level of success that we wanted against those three targets,” the general said. “We believe that there was probably some chlorine and, possibly, sarin at possibly all of the sites.”

The United States does not have access to the sites in Syria, but continues to do post-strike analysis from a distance and from overhead imagery, he added.

White noted the strikes last week were separate and distinct from the mission in Syria against the Islamic State of Iraq and Syria, which remains the “complete annihilation of ISIS.”

https://www.defense.gov/News/Article/Article/1498715/strikes-successful-against-syrian-chemical-weapons-dod-officials-say/


Os EUA conseguiram lançar todos os 101 mísseis com sucesso. Todos atingiram os alvos, como esperado. Provem que o Pentágono está errado. No aguardo.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #788 Online: 22 de Abril de 2018, 19:52:21 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.
O ônus da prova sempre cabe para quem afirma algo. Não para quem está lendo ou ouvindo.



Cadê as provas, apresentadas e aceitas na ONU, pelo lado que    afirmou    que o  Assad  é o responsável pelo suposto ataque químico ?







Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Guerra na Síria
« Resposta #789 Online: 22 de Abril de 2018, 19:53:06 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.
O ônus da prova sempre cabe para quem afirma algo. Não para quem está lendo ou ouvindo.



Cadê as provas, apresentadas e aceitas na ONU, pelo lado que    afirmou    que o  Assad  é o responsável pelo suposto ataque químico ?
Você não entendeu meu ponto ainda, né?
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #790 Online: 22 de Abril de 2018, 19:54:43 »
Os EUA conseguiram lançar todos os 101 mísseis com sucesso. Todos atingiram os alvos, como esperado. Provem que o Pentágono está errado. No aguardo.



Arranje  um adequado financiamento para pesquisa, e os adequados contatos políticos necessários para a tarefa,  que eu arrumo uma equipe de pesquisa.



Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Guerra na Síria
« Resposta #791 Online: 22 de Abril de 2018, 19:55:28 »
Os EUA conseguiram lançar todos os 101 mísseis com sucesso. Todos atingiram os alvos, como esperado. Provem que o Pentágono está errado. No aguardo.



Arranje  um adequado financiamento para pesquisa, e os adequados contatos políticos necessários para a tarefa,  que eu arrumo uma equipe de pesquisa.
Agora você está chegando no meu ponto. Mais um pouquinho você chega lá.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.631
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Guerra na Síria
« Resposta #792 Online: 22 de Abril de 2018, 20:05:31 »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #793 Online: 22 de Abril de 2018, 20:09:20 »

Talvez o  mestre  geômetra possa trazer mais luz  para iluminar  esta  questão  que  deveras tem nos afligido. 


 
« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 20:19:54 por JJ »

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Guerra na Síria
« Resposta #794 Online: 22 de Abril de 2018, 20:11:16 »
A defesa aérea Síria dos anos 60 destruiu os Tomahawks?

https://edition-m.cnn.com/2018/04/14/us/satellite-images-syrian-airstrikes/index.html?sr=twCNN041618satellite-images-syrian-airstrikes0740AMVODtop
Esqueça o que a mídia poodle-toy fake news do Poderoso Chefão disse. Isso é tudo montagem.

Acredite na propaganda russa independente Sputnik News.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Guerra na Síria
« Resposta #795 Online: 22 de Abril de 2018, 20:13:39 »



Talvez o  mestre geômetra possa trazer mais luz  para iluminar  esta  questão  que  deveras tem nos afligido. 


 

O meu ponto é o seguinte:

Eu tendo a ser cético com afirmações de órgãos alegadamente não-independentes com ligações de governos. Da mesma forma que não acredito na versão russa propagandeada pelo órgão de propaganda travestido de jornal Sputnik, também sou cético em relação ao que é afirmado pelo Pentágono.


Eu estou falando especificamente de temas políticos, principalmente ligados à guerras e disputas, ok?
« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 20:18:01 por Gauss »
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #796 Online: 22 de Abril de 2018, 20:18:03 »
Talvez o  mestre geômetra possa trazer mais luz  para iluminar  esta  questão  que  deveras tem nos afligido. 

O meu ponto é o seguinte:

Eu tendo a ser cético com afirmações de órgãos alegadamente não-independentes com ligações de governos. Da mesma forma que não acredito na versão russa propagandeada pelo órgão de propaganda travestido de jornal Sputnik, também sou cético em relação ao que é afirmado pelo Pentágono.



Eu vou além,  e também duvido  de mídia  borrada.


 

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Guerra na Síria
« Resposta #797 Online: 22 de Abril de 2018, 20:24:39 »
Talvez o  mestre geômetra possa trazer mais luz  para iluminar  esta  questão  que  deveras tem nos afligido. 

O meu ponto é o seguinte:

Eu tendo a ser cético com afirmações de órgãos alegadamente não-independentes com ligações de governos. Da mesma forma que não acredito na versão russa propagandeada pelo órgão de propaganda travestido de jornal Sputnik, também sou cético em relação ao que é afirmado pelo Pentágono.



Eu vou além,  e também duvido  de mídia  borrada.
Algumas coisas são de duvidar. Mas ainda não vi nenhuma alegação sem fundamento da mídia ocidental independente. A maior parte das notícias que li a respeito falam com ressalvas. Sempre é algo no teor:

"EUA atacam supostos depósitos e laboratórios de Armas Químicas sírios"


"Pentágono e Rebeldes afirmam que Assad atacou Douma com armas químicas"
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #798 Online: 22 de Abril de 2018, 20:28:59 »
Eu estou falando especificamente de temas políticos, principalmente ligados à guerras e disputas, ok?


Ok.  E concordo que  todos os dois lados  tem  motivos  para não serem sinceros e transparentes.  Afinal, é como diz aquela frase  "Na guerra, a primeira vítima é a verdade".



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.862
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #799 Online: 22 de Abril de 2018, 20:30:22 »


Mas, ainda continuo achando duvidoso  que o Assad seja um burrão.



 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!