Autor Tópico: "Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"  (Lida 1889 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.028
  • Sexo: Masculino
"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Online: 08 de Julho de 2012, 16:40:11 »
Por tudo que já li a respeito, o "ceticismo" ao aquecimento global (ou a ser especificamente antropogênico) não é uma continuidade do ceticismo praticado e defendido por esses círculos que adotam para si o rótulo de "céticos", mas praticamente o seu oposto, como a defesa de posições científicas "alternativas" como homeopatia, a teoria de não-ligação entre HIV e AIDS, ou a de que vacinas causam autismo, entre outras.

Pelos mesmos critérios de avaliação que levam uma pessoa a descartar as propostas alternativas diversas e preferir aquilo que é mais largamente defendido pelos cientistas, também se rejeitaria o "ceticismo" ao aquecimento global e se preferiria a posição mainsream. E dessa forma a maior parte das pessoas que se rotulam ou seriam rotuláveis como tendo essa "formação" cética, de conhecerem a famosa lista de falácias e os problemas típicos de propostas científicas alternativas ou pseudocientifcas, parece fazer o mesmo na questão de aquecimento global, e ficar com o mainstream. Mas também me parece ser a área de maior exceção -- acho difícil lembrar de outras posições alternativas que tenham encontrado defesa por aqui, agora só me lembro de um ou outro cara que defendiam alternativas ao Big-Bang.

Seria mesmo o caso? Eu imagino algumas possíveis explicações, não mutuamente excludentes:

  • posição no espectro de ideologia político-econômica -- mais comumente por se associair ao lado direitista/menos intervencionista, o que talvez encontre alguma sobreposição também com um ceticismo a coisas como malefícios do tabaco e de outras questões de saúde onde não raramente há regulações estatais (ainda que mais raramente o lado oposto do espectro também veja atração nisso; o cara por trás do documentário "great global warming swindle" é do Partido Comunista Revolucionário Americano), e desse lado a visão é que se trata de uma conspiração para minar o desenvolvimento dos países mais pobres
  • atração/embalo com o termo "ceticismo" -- "opa, escutei ceticismo? Tô nessa!"
  • ceticismo menos informado/preliminar na verdade focado não à posição científica mainstream, mas tendo como alvo a associação que o tema tem com movimentos do tipo Greenpeace, imaginando ser na maior parte "coisa deles"



Vocês vêem algum outro possível fator contribuindo para isso? Ou ainda, algum motivo pelo qual esse "ceticismo" não seria verdadeiramente mais análogo à defesa de outras posições alternativas/conspiratórias, mas sim ceticismo "legítimo"?

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.790
  • "Minha espada não tem partidos."
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #1 Online: 09 de Julho de 2012, 01:56:57 »
Acabei de inventar a gongorra escocesa. De um lado os céticos verdadeiros, do outro os pseudocéticos. Os céticos verdadeiros sempre estão na parte da gangorra que desce. :hihi:
"Quem for brasileiro, siga-me." Duque de Caxias

"Vamos mudar isso aí. Tá OK?" Capitão Mito Bolsonaro

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.028
  • Sexo: Masculino
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #2 Online: 09 de Julho de 2012, 02:09:42 »
Não entendi a questão da gangorra, mas é  argumentavelmente uma exceção nessa acepção mais estrita de cético (onde achamos incompatível dizer algo como "cético quanto a evolução biológica", ainda que não seja errado pela definição de dicionário), da mesma forma que seria alguém que descesse a lenha em espiritismo, paranormal, religião, ufologia, mas levasse a sério as idéias das pessoas anti-vacinação ou algo assim.


Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.028
  • Sexo: Masculino
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #4 Online: 06 de Agosto de 2012, 16:10:48 »
Eu não acho muito convincentes/sólidas essas explicações/atribuições estatísticas de eventos climáticos extremos ao aquecimento global. Claro que é algo impossível de ser feito de outra forma, a não ser que se fosse o demônio de Laplace, mas acho que, embora seja argumentavelmente/teoricamente mesmo o mais provável, ainda havendo uma possibilidade alternativa ("puro acaso"), é o tipo de coisa em que os "céticos" provavelmente cairão em cima como exemplo de "alarmismo"/"fear mongering", e de penetra vem a conclusão non sequitur de que é tudo uma armação/ciência de má qualidade.

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.449
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #5 Online: 06 de Agosto de 2012, 18:26:19 »
Eu levo em consideração o aumento de eventos extremos devido ao fato de que a teoria do aquecimento antropogênico não foi elaborada para explicar esses eventos.

Não foi o caso de, após perceber que o clima estava se desregulando, os climatologistas elaboraram uma teoria onde o dióxido de carbono proveniente da queima de combustíveis fósseis estava criando um efeito estufa na atmosfera.

Não houve um fato observado e posteriormente a elaboração da teoria.

Nos anos 80 (acho que até antes, na série cosmos essa teoria já aparece na boca do Sagan) os climatologistas observando as emissões de co2 na atmosfera elaboraram uma teoria onde esse CO2 iria agir na atmosfera e essa atuação iria causar eventos extremos muito similares aos que nós estamos vendo agora.

Houve uma teoria e os fatos comprovaram (ou são sugestivos) de que a teoria era correta.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.028
  • Sexo: Masculino
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #6 Online: 06 de Agosto de 2012, 19:28:32 »
Até aí OK, não estou dizendo que há qualquer dúvida séria sobre a teoria toda funcionar de modo geral, mas especificamente sobre essas atribuições e seu caráter estatístico.

Analogia: se não me engano há evidência razoável (para fins de analogia, digamos que sejam provas contundentes) de que programação de TV violenta afeta as pessoas e pode influenciar comportamento violento. Isso em si pode ser dado como certo, mas disso não podemos falar que o cara que matou toda aquela gente no filme do Batman ou naquela outra vez foi "causado" pelo cinema em si, muito menos pelos filmes em questão. Não que essa atribuição no caso do clima seja tão tosca assim como a que fiz na analogia, longe disso, mas há essa questão de especificidade e explicação geral, onde não se tem uma comprovação absoluta mas sim probabilistica.

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #7 Online: 28 de Setembro de 2012, 20:16:26 »
E? Parou porque? Porque parou?  :?

esse assunto é emblemático, poderia ser mais aprofundado aqui, abração.
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.066
  • Sexo: Masculino
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #8 Online: 28 de Setembro de 2012, 21:20:06 »
E? Parou porque? Porque parou?  :?

esse assunto é emblemático, poderia ser mais aprofundado aqui, abração.

Seja bem vindo Arte4food.
Foto USGS

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #9 Online: 28 de Setembro de 2012, 21:26:32 »
E? Parou porque? Porque parou?  :?

esse assunto é emblemático, poderia ser mais aprofundado aqui, abração.

Seja bem vindo Arte4food.

Muito obrigado Geotecton :)
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

Offline João da Ega

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 762
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #10 Online: 18 de Janeiro de 2015, 15:57:16 »

O negócio parece que tá ficando mesmo feio e os governos não estão levando a sério como deveriam

Citar
2014 estabeleceu novo recorde de temperatura global. Ao invés de espalhados aleatoriamente, 13 dos 15 anos mais quentes do registro histórico ocorreram a partir de 2000. A probabilidade disso acontecer por sorte? Uma em 27 milhões, a mesma de se escapar de 94 ROLETAS RUSSAS!!
Mas a concentração de anos muito quentes recentemente não é obra do acaso. É como um dado viciado. É como um jogo de cartas marcadas.
Sabemos que existe um mecanismo: o aquecimento global. E sabemos que existe uma causa: o aumento desenfreado da concentração de gases de efeito estufa na atmosfera, principalmente o CO2.
Para ler mais a respeito, acesse o link: http://oquevocefariasesoubesse.blogspot.com.br/…/o-clima-na…
https://www.facebook.com/OQueVoceFariaSeSoubesse

http://www.pbmc.coppe.ufrj.br/documentos/RAN1_completo_vol2.pdf

"Nunca devemos admitir como causa daquilo que não compreendemos algo que entendemos menos ainda." Marquês de Sade

Rhyan

  • Visitante
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #11 Online: 18 de Janeiro de 2015, 16:32:47 »
Melhor site sobre o tema: http://www.skepticalscience.com/

Offline João da Ega

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 762
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #12 Online: 18 de Janeiro de 2015, 20:43:25 »
Melhor site sobre o tema: http://www.skepticalscience.com/

Pra quem lê bem em inglês, o que não é meu caso. :vergonha:
"Nunca devemos admitir como causa daquilo que não compreendemos algo que entendemos menos ainda." Marquês de Sade

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.721
  • Sexo: Masculino
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #13 Online: 18 de Janeiro de 2015, 21:14:22 »
Melhor site sobre o tema: http://www.skepticalscience.com/

Pra quem lê bem em inglês, o que não é meu caso. :vergonha:

Fico bastante satisfeito e até orgulhoso por ver que o Brasil teve destaque num post do site.

Citar
Brazil’s former Sports Minister is moved to science post despite rejection of global warming science
For the president in any democracy, compromises are often necessary in assembling a cabinet that satisfies a range of constituencies. But even with that in mind, it’s really hard to understand how President Dilma Rousseff of Brazil, who has repeatedly pressed for strong global action to curb climate change, could possibly justify her choice of Aldo Rebelo as her new minister of science, technology and innovation.

It’s unfortunate that Rebelo has no scientific background and probably didn’t absorb many relevant insights in the position he held since 2011 — minister of sports. But that’s a minor issue compared to his attacks on even the most basic, established aspects of science pointing to human-driven global warming.

To get a feel for his views, which put the longtime Communist Party legislator in line with Tea Party talking points, start with the blistering critique of the appointment by Steve Schwartzman of the Environmental Defense Fund, who’s been immersed in Brazilian environmental and forest science and politics for decades. 

Brazil’s Former Sports Minister is Moved to Science Post Despite Rejection of Global Warming Science by Andrew Revkin, Dot Earth, New York Times, Jan 7, 2015
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Arte4food

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 400
    • KOKITEL MOLOTOV
Re:"Ceticismo" ao aquecimento global versus ceticismo "de verdade"
« Resposta #14 Online: 18 de Janeiro de 2015, 22:54:30 »
aldo rebelo e tea party fazendo dobradinha nesse assunro
"atirei o pau de selfie no gato, mas o gato não morreu"

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!