Autor Tópico: Déjà vu  (Lida 1730 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.285
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Déjà vu
« Online: 16 de Fevereiro de 2014, 19:53:27 »
Citar
Meaning “already seen” in French, ‘déjà vu’ is the eerie sensation that you has already experienced something before when consciously know that you have not. For example, you are at a backdoor BBQ talking to one of your friends and they offer you a hamburger. Then all of the sudden, you feel the very strange yet strong feeling that you have been in this exact place and had your friend offer you a burger in the exact way that it just occurred. This sensation stays in the mind for 10-20 seconds and then it can’t be grasped again in the same way that it hit you originally. And the sensation itself isn’t even the weirdest thing about deja vu….

For starters, science has yet to come up with a reason as to why or how deja vu occurs. Obviously it would be difficult to study because of the random nature of the occurences. Anyone who has ever a deja vu (approximately 70% of the population) can tell you that it happens out of nowhere and doesn’t last for very long. So even with advanced brain imaging and other techniques of brain study, scientists have incredible difficulty putting their finger on deja vu.

Things We Do Know:

1) Epileptics commonly experience intense deja vu’s right before going into seizure. This has led scientists to speculate that deja vu is caused by an improper electric discharge within the brain which might cause an erroneous sensation of memory.

2) deja vu is most commonly reported between the ages of 15 and 25, thought it is experienced by people of all ages with frequency varying from person to person.

3) The sensation of deja vu, itself, is definitively eerier and weird. It’s not like “Oh, I think I’ve been here and done this before!” It is the very strange and eerie feeling that you have done this EXACT same thing before but for some reason you cannot remember it. The feeling isn’t negative, but it’s not the most comfortable feeling in the world.

Another plausible theory about deja vu is that are brains are confusing the situation in reality to something that we have experienced in dreams of fantasies. It is well proven that according to the brain, there is a very fine line between the world within thoughts and the world of reality. For example, studies have consistently shown that imagining yourself practicing a backflip is just as effective as actually practicing it. With this knowledge, it’s easy to see why deja vu could result from having done something similiar in a dream.

However, once you’ve had a deja vu experience, it’s difficult to buy into that last theory. Unless you had a dream in which you were in that specific backyard, talking to that specific friend, and he/she offered you the hamburger with the exact same hand motion, tone of voice and diction, there has to be some other cause of deja vu.

Regardless of the origin of deja vu, the idea and sensation of it are pretty cool. I hope you’re part of the 70% that has experienced it before because it is certainly different from any other feeling you’ve ever had.

If you have had a vivid enough deja vu so that you still can re-call it today, share it below!

http://www.highexistence.com/deja-vu/



Conte aqui o seu déjà vu.
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Déjà vu
« Resposta #1 Online: 16 de Fevereiro de 2014, 20:37:40 »
o fator idade para mim confere. Tinha direto, não tenho mais há anos.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.359
  • Sexo: Masculino
Re:Déjà vu
« Resposta #2 Online: 16 de Fevereiro de 2014, 20:44:52 »
Os deja vús são explicados pela teoria da relatividade, pelo fato do tempo em si, ser uma ilusão.

Na verdade, não estamos "vivendo" o "agora", mas apenas lembrando dele. O deja vú é então, não uma "confusão" mental simples, mas um raro momento de "quase-despertar" para realidade última, de consciência de realmente estarmos apenas lembrando do "agora" ilusório. [/não]

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Déjà vu
« Resposta #3 Online: 16 de Fevereiro de 2014, 21:06:54 »
desvio no código central da matrix
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Déjà vu
« Resposta #4 Online: 18 de Fevereiro de 2014, 19:10:49 »
Caras, esse tema é muito interessante.

Convido os foristas a aprofundá-lo.

Eu, de minha parte, irei aprender.  :hihi:

Saudações.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.285
  • QI (Quociente de Inteligência) = 98
Re:Déjà vu
« Resposta #5 Online: 18 de Fevereiro de 2014, 19:44:09 »
Citar
Descoberto o mistério do déjà vu
15.01.2007
 
 Um grupo de cientistas acreditam ter descoberto uma explicação-chave para o déjà vu, aquela misteriosa sensação de estar diante de algo que já foi vivido, segundo um artigo que será publicado na edição de sábado da revista científica New Scientist.

 De acordo com a pesquisa, as experiências sugerem que o déjà vu pode ser provocado de forma independente, sem haver uma memória real para acioná-lo.

Acredita-se que reconhecer um objeto ou situação familiar engatilhe dois processos no cérebro. Primeiro, a mente busca em seu arquivo de memória para descobrir se os conteúdos daquela cena já foram vistos antes. Em caso afirmativo, uma parte separada do cérebro identifica a cena ou o objeto como familiares.

Explorando esta teoria de dois passos, uma equipe de cientistas da Universidade de Leeds, no norte da Inglaterra, mostraram a voluntários 24 palavras comuns e em seguida os hipnotizaram. Os cientistas disseram aos 18 voluntários que, quando estivessem diante de uma palavra em uma moldura vermelha, eles sentiriam a palavra como sendo familiar, embora não soubessem quando foi a última vez que a viram. Mas se vissem uma palavra em uma moldura verde, eles pensariam que ela pertencia à lista original de 24.

Em seguida, os voluntários foram tirados do estado de hipnose e expostos a uma série de palavras em molduras de cores variadas. Algumas não pertenciam à lista original de 24 ou estavam em molduras verdes ou vermelhas. Dez voluntários disseram ter experimentado uma estranha sensação quando viram novas palavras em vermelho e outros cinco disseram que esta sensação definitivamente se parecia com um déjà vu.

A cientista Akira O´Connor, aluna do doutorado do Grupo de Memória da Universidade disse que as descobertas lançam uma luz intrigante sobre os casos de déjà vu e o modus operandi da memória humana. "Isso nos diz que é possível dissociar de forma experimental estes dois processos, o que é realmente importante para estabelecer que são, de fato, separados", disse O´Connor, segundo o artigo da New Scientist.

Uma pesquisa anterior sugeriu que o déjà vu pode se originar em uma parte do cérebro chamado lóbulo temporal. Algumas pessoas com epilepsia no lóbulo temporal freqüentemente têm registros de déjà vu, e cientistas franceses descobriram que partes eletricamente estimuladas do lóbulo temporal podem acionar a sensação de familiaridade com tudo o que uma pessoa encontrar pela frente.
http://port.pravda.ru/science/15-01-2007/14943-dejavu-0/
Não passei no teste da MENSA mas completei o 2o. Grau.

Offline NandoR

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 167
Re:Déjà vu
« Resposta #6 Online: 24 de Fevereiro de 2014, 15:21:27 »
Eu acho esse um bem interessante, já tive alguns déjà vu. Mas acho que é uma ilusão da mente e não algo que já vivemos anteriormente.
Sou jovem! Sou cetico! E adoro jogar nas slots!

Offline Jetro

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.060
  • Sexo: Masculino
  • Razão e Lucidez
    • Executa - Sistemas Online
Déjà vu
« Resposta #7 Online: 22 de Maio de 2014, 12:17:45 »
Saudações.

Gostaria de obter mais informações acerca do que a ciência fala sobre "Déjà vu" bem como opiniões sobre o tema.
Conheço a sugestão do Dr. Susumu Tonegawa; a do Trinity, de Matrix (rsrsrs), mas tenho também, minhas experiências.
Eu acreditava na teoria do Susumu até que ocorreu um fato curioso.
Certo dia, durante um encontro de amigos, num dado momento o Déjà vu começou a acontecer comigo.
Fiquei atônito e por uma fração de segundo, consegui me adiantar ao que ia acontecer e então perguntei ao meu amigo: "Você vai na cozinha?" ao que ele respondeu que sim e imediatamente se levantou e foi.
Ninguém me questionou nada e eu não falei nada porque achei que poderia ter sido uma coincidência.
Mas passados alguns anos, estávamos eu e minha esposa deitados na hora da cesta, na varanda de casa, as crianças brincavam no Gramado, quando ela disse: "Olha só... parece que já vivi esta cena... os meninos correndo... quer ver que o Mateus vai dar um grito pelo Lucas?" ...e foi o exatamente o que aconteceu! Fiquei impressionado.
Pode ter sido coincidência de novo?
"Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima." Louis Pasteur

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.045
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Déjà vu
« Resposta #8 Online: 22 de Maio de 2014, 12:49:37 »
No caso do seu amigo pode ter sido sugestão, ao perguntar se ele iria a cozinha você indiretamente sugere esta ideia a ele.

No segundo caso pode ter sido pura coincidência.

Freud trata deste assunto no texto "Sobre a fausse reconnaissaince (O "de já raconté") no trabalho psicanalítico (1914)", não nos moldes que coloquei aqui, mas segundo uma outra abordagem, talvez lhe interesse procurar por tal trabalho.

Abraços!
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Skorpios

  • Visitante
Re:Déjà vu
« Resposta #9 Online: 22 de Maio de 2014, 13:30:04 »
Saudações.

Gostaria de obter mais informações acerca do que a ciência fala sobre "Déjà vu" bem como opiniões sobre o tema.
Conheço a sugestão do Dr. Susumu Tonegawa; a do Trinity, de Matrix (rsrsrs), mas tenho também, minhas experiências.
Eu acreditava na teoria do Susumu até que ocorreu um fato curioso.
Certo dia, durante um encontro de amigos, num dado momento o Déjà vu começou a acontecer comigo.
Fiquei atônito e por uma fração de segundo, consegui me adiantar ao que ia acontecer e então perguntei ao meu amigo: "Você vai na cozinha?" ao que ele respondeu que sim e imediatamente se levantou e foi.
Ninguém me questionou nada e eu não falei nada porque achei que poderia ter sido uma coincidência.
Mas passados alguns anos, estávamos eu e minha esposa deitados na hora da cesta, na varanda de casa, as crianças brincavam no Gramado, quando ela disse: "Olha só... parece que já vivi esta cena... os meninos correndo... quer ver que o Mateus vai dar um grito pelo Lucas?" ...e foi o exatamente o que aconteceu! Fiquei impressionado.
Pode ter sido coincidência de novo?
:hein:

Trem algo sobre o assunto aqui .
« Última modificação: 22 de Maio de 2014, 13:32:26 por Skorpios »

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.961
  • Sexo: Masculino
Re:Déjà vu
« Resposta #10 Online: 22 de Maio de 2014, 13:37:26 »
Tó:
<a href="https://www.youtube.com/v/CSf8i8bHIns" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/CSf8i8bHIns</a>
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.961
  • Sexo: Masculino
Re:Déjà vu
« Resposta #11 Online: 22 de Maio de 2014, 13:38:01 »
Tópicos unidos.
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.764
  • Sexo: Masculino
Re:Déjà vu
« Resposta #12 Online: 22 de Maio de 2014, 14:30:10 »
Saudações.

Gostaria de obter mais informações acerca do que a ciência fala sobre "Déjà vu" bem como opiniões sobre o tema.
Conheço a sugestão do Dr. Susumu Tonegawa; a do Trinity, de Matrix (rsrsrs), mas tenho também, minhas experiências.
Eu acreditava na teoria do Susumu até que ocorreu um fato curioso.
Certo dia, durante um encontro de amigos, num dado momento o Déjà vu começou a acontecer comigo.
Fiquei atônito e por uma fração de segundo, consegui me adiantar ao que ia acontecer e então perguntei ao meu amigo: "Você vai na cozinha?" ao que ele respondeu que sim e imediatamente se levantou e foi.
Ninguém me questionou nada e eu não falei nada porque achei que poderia ter sido uma coincidência.
Mas passados alguns anos, estávamos eu e minha esposa deitados na hora da cesta, na varanda de casa, as crianças brincavam no Gramado, quando ela disse: "Olha só... parece que já vivi esta cena... os meninos correndo... quer ver que o Mateus vai dar um grito pelo Lucas?" ...e foi o exatamente o que aconteceu! Fiquei impressionado.
Pode ter sido coincidência de novo?
:hein:

Trem algo sobre o assunto aqui .

"Trem"?

Da ALL, Union Pacific ou (ex-)FEPASA?  :P
Foto USGS

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.961
  • Sexo: Masculino
Re:Déjà vu
« Resposta #13 Online: 22 de Maio de 2014, 14:31:18 »
Da ALL, Union Pacific ou (ex-)FEPASA?  :P

FEPASA 4 LIFE!
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Skorpios

  • Visitante
Re:Déjà vu
« Resposta #14 Online: 22 de Maio de 2014, 15:31:38 »
Saudações.

Gostaria de obter mais informações acerca do que a ciência fala sobre "Déjà vu" bem como opiniões sobre o tema.
Conheço a sugestão do Dr. Susumu Tonegawa; a do Trinity, de Matrix (rsrsrs), mas tenho também, minhas experiências.
Eu acreditava na teoria do Susumu até que ocorreu um fato curioso.
Certo dia, durante um encontro de amigos, num dado momento o Déjà vu começou a acontecer comigo.
Fiquei atônito e por uma fração de segundo, consegui me adiantar ao que ia acontecer e então perguntei ao meu amigo: "Você vai na cozinha?" ao que ele respondeu que sim e imediatamente se levantou e foi.
Ninguém me questionou nada e eu não falei nada porque achei que poderia ter sido uma coincidência.
Mas passados alguns anos, estávamos eu e minha esposa deitados na hora da cesta, na varanda de casa, as crianças brincavam no Gramado, quando ela disse: "Olha só... parece que já vivi esta cena... os meninos correndo... quer ver que o Mateus vai dar um grito pelo Lucas?" ...e foi o exatamente o que aconteceu! Fiquei impressionado.
Pode ter sido coincidência de novo?
:hein:

Trem algo sobre o assunto aqui .

"Trem"?

Da ALL, Union Pacific ou (ex-)FEPASA?  :P
:biglol:

Offline Lou

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 108
  • Sexo: Feminino
Re:Déjà vu
« Resposta #15 Online: 10 de Dezembro de 2014, 17:44:48 »
E o jamais vu? Esse é mais louco ainda!
Oi, eu sou a Luh!

Offline Rocky Joe

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re:Déjà vu
« Resposta #16 Online: 10 de Dezembro de 2014, 20:54:27 »
Jesus, procurando no google o que é, é doido mesmo.

Offline Agnoscetico

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.625
  • Sexo: Masculino
Re:Déjà vu
« Resposta #17 Online: 10 de Dezembro de 2014, 21:04:18 »
Citar
Os deja vús são explicados pela teoria da relatividade, pelo fato do tempo em si, ser uma ilusão.

Na verdade, não estamos "vivendo" o "agora", mas apenas lembrando dele. O deja vú é então, não uma "confusão" mental simples, mas um raro momento de "quase-despertar" para realidade última, de consciência de realmente estarmos apenas lembrando do "agora" ilusório. [/não]

Não há evidencias que Deja vu tem a ver com relatividade fisica. E nem com reencarnação como já vi outras pessoas por aí afirmarem. Eu mesmo tenho vários dejavu.

Uma explicação que vi foi que quando se olha uma cena, aquilo quando é levado até o cerebro, sofre um atraso na hora de ser armeznado na memoria ou em vez de ser armazenado na memoria de tempo recente é armazenado na de tempo remoto ou algo assim. Então se tem impressao de repetição do que se vê e que isso pode ter ocorrido a pouco ou a muito tempo (o que muitas vezes ocorre no meu caso).










 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!