Forum Clube Cetico

Discussões => Ceticismo => Tópico iniciado por: Bruno Pesquisador em 14 de Dezembro de 2008, 23:51:50

Título: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Bruno Pesquisador em 14 de Dezembro de 2008, 23:51:50
Esse Tópico se refere a estes:
http://clubecetico.org/forum/index.php/topic,18335.425.html
http://clubecetico.org/forum/index.php/topic,18554.0.html
http://clubecetico.org/forum/index.php/topic,18482.0.html
http://clubecetico.org/forum/index.php/topic,18552.0.html
Se você não sabe do que estamos tratando aqui, então acesse esses links acima e descobrirá.

Citar
Agnóstico:

Olha, eu estava realmente pensando em aceitar a aposta. Mas eu realmente tenho mais o que fazer do que ser acusado de querer a morte de alguém, conforme fui alertado por MP. Sem contar fatores mais práticos como ele possivelmente não ter a grana.

Eu acho que qualquer TV sensacionalista vai dar atenção para ele. Que vá até a Luciana Gimenez e faça seu show lá.

(Risos) E assim mais uma vez eu ganho um debate contra os *Céticos Rsrsrsrs...
Desculpe mas eu tinha que dizer isso!  :lol:

O “JUS EST ARS” que tinha aceitado o desafio também, inventou uma desculpa qualquer e fugiu... o que posso dizer?

Isso é uma vergonha para todos os que fazem parte dessa sociedade paralela chamada de "Moderno Ceticismo"(http://www.criticandokardec.com.br/criticandooceticismo.htm) os “respeitáveis e sérios” membros simplesmente fogem da Raia quando a “coisa fica feia” pró lado deles.O James Randi é o maior exemplo disso, outros pseudo-céticos que são mestres nessa arte é o Richard Dawkins, o Quevedo, Carl Sagan (o covarde teve o disparate de escrever o **mundo assombrado... e morrer antes mesmo de vê-lo publicado!! Rsrsrsrsrs!!!!) dentre outros.

È lamentável, patético, ridículo e... engraçado! Sim engraçado!
Pois estes que são os que dizem estar do lado da verdade, da racionalidade, do pensamento lógico, da verdadeira ciência e tem a petulância de falar de “pseudociência prá cá, pseudociência prá lá”, “falácia aqui, falácia acolá” e blábláblá... na hora que são confrontados com evidencias fortes baseadas no empirismo se transformam!

Estes corajosos “guerreiros da razão” se acovardam, alguns inventam desculpas esfarrapadas e abandonam o debate, outros ficam nervosos e se tem o poder para isso nos expulsa, outros ainda começam a gaguejar e dizer coisas sem nexo e ficam loucos! Rsrsrsrs...

Essas reações eu conheço bem, pois eu as vejo nos cristãos fundamentalistas, mas eles são menos agressivos e mais humildes, usam chavões como: “isso é um teste de deus para a nossa fé!”, “Fé é acreditar sem ver”,  “Tá amarado em nome de Jesus!”, “sangue de cristo tem poder!”, etc...

Já dizia o velho e bom Thomas Henry Huxley: "A ciência se suicida quando adota um credo."

Sim Buldogue de Darwin! É verdade! E essa religião chamada de materialismo (ISMO- ideologia) e danada de safada viu! Posa de ciência e tem um discurso falacioso que enrola qualquer pessoa mal preparada, ela realmente mata a verdadeira Ciência,  mantendo-a refém e usando-a para fazer valer as suas tolas crenças insanas.

Depois dessa nova experiência eu agora mais do que nunca vejo que estou certo mesmo.
Em meus livros eu não vou ser gentil, vou divulgar aos 4 cantos da Terra sobre essa religião e o padrão de comportamento de seus idolatras(citando exemplos como os que verifiquei aqui).
Quando eu for entrevistado por emissoras de TV, Revistas, Jornais, Etc... eu vou ser arrogante, petulante, desafiador e vou apontar o meu dedo na cara dos “cientistas”, “céticos”, médicos e peitá-los com toda a coragem e ousadia.
Se eu já era metido á besta, agora é que vou sair das estribeiras mesmo! Rsrsrs!!

Pretendo colocar mais lenha nessa fogueira, vou engrossar as fileiras daqueles que estão nessa guerra contra o pseudocetismo e a favor da ciência honesta e lúcida.

Citar
Fabi:

Eu concordo com o fechamento do tópico, mas é muito importante falar: anorexia leva a morte e ninguém vive de luz, e incentivar isso é incentivar o suicidio, esses livros, e sites falando sobre essas coisas deveriam ser proibidos...e os profissionais da área da saúde deveriam alertar as pessoas sobre o risco de se fazer essas dietas (da luz, do ar e etc)....


Sim Fabi deveriam ser proibidos... a começar pelo meu não é mesmo? No mínimo a policia deveria ser chamada, eu deveria ser processado, e deveria pagar multas e ficar uns bons anos na cadeia não é mesmo?

Então o que você esta esperando? FAÇA! Eu não temo, pois não devo nada!

Dizer simplesmente que “ninguém vive de luz” e depois sair como se a questão já tivesse sido resolvida... você está assinando seu atestado de PseudoCética!

Eu notei como convenientemente você ignorou a minha afirmação sobre as manchas brancas em minhas unhas e fios de cabelo branco terem sumido depois que eu passei pelos 21 dias, eu de fato tinha os sintomas de desnutrição (meu IMC não mudou depois do acionamento da capacidade) porem como já disse dezenas de vezes os típicos sinais de desnutrição sumiram, MINHA SAÚDE MELHOROU MUITO depois que passei dos 21 dias

Mas isso não te interessou não é mesmo? Lembro-me de ter dito a um fundamentalista cristão sobre o documentário Zeitgeist ( http://video.google.com/videoplay?docid=-1437724226641382024 ) disse que logo no inicio ele destrói os dogmas religiosos cristão, mas ele teve a mesma atitude que você, ignorou os fatos e mesmo depois de semanas não viu o filme (que está na WEB disponível gratuitamente). 

Citar
Fabi:
eu só dei a resposta porque achei importante dizer que ele tem muitos indícios de que está com anorexia nervosa. E que deveria consultar um médico.

É lógico que eu ESTAVA com os indícios, porem depois que passei a viver de luz esses indícios desapareceram. O meu peso não mudou, isso por que é uma questão de genética herdada de meu Avó que também era magro. Eu comia de tudo antes dos 21 dias, fazia normalmente as 3 refeições diárias e não economizava nos doces e guloseimas entre as refeições.

Agora eu não faço mais as refeições, e passo até mesmo semanas sem ao menos beber algum liquido com açúcar!

Como você explica essa anomalia Fabi? Alucinação coletiva? (já que todos a minha volta atesta o que afirmo).

Estou disposto a me submeter a testes e faço até um desafio valendo dinheiro, me disponho a ficar num local fechado e sendo monitorado o tempo todo, digo e repito que posso provar o que afirmo e que isso é um FATO COMPROVADO EMPIRICAMENTE!

Mas ao confrontar os “sensatos” céticos estes tem esse tipo de atitude vergonhosa, usam de evasivas sofisticadas típicas do discurso sofista. Pessoas como essas me deixam deprimido, mas o que me deixa fulo é que tipinhos assim se dizem “cientistas” e que estão usando o método cientifico e que estão no lado da verdade... (Risos) que comedia!

Citar
Fabi:

Observem que nesse post ele já fala que tinha transtorno alimentar, só trocou a causa do transtorno...

Hã? O que é isso? Será erística?

Fabi... não me venha com malabarismos retóricos, eu já sou macaco velho e estou acostumado a lidar com mestres do sofismo.

Não acredito que você tenha entendido tão mal o meu texto assim.  Está querendo enganar quem?
Se realmente acha que sou um desequilibrado mental, então venha aqui e verifique por si mesma (como diz o método cientifico), chame a policia ou me processe, etc...

Se estivéssemos frente a frente eu apontaria você para a minha advogada e pediria para te processar por ofensas morais , pois o que está dizendo de uma forma elegante é algo como:

“O Bruno está louco, o cara é um demente e precisa ser internado JÁ!”, acredite, eu não pediria apenas R$100,00 (cem mil) de indenização...
Está me acusando de ser demente, então é bom provar o que afirma, ou então...

Citar
Dbohr:
“Mensagens da Fabi movidas para cá depois da solicitação da mesma. Com isso considero o assunto encerrado”.

Assunto encerado? (Risos), não amiguinho, ele não está encerado, muito pelo contrario, isso é apenas o começo. Eu vou fazer questão de ir em cada uma das “respeitáveis” instituições que promovem o pseudocetismo (tais como  CSICOP, JREF,RDF, etc...) e processá-las devidamente para que me paguem enormes indenizações.
Minha intenção é que elas venham a falência e que seus membros reconheçam publicamente os erros deles.

Vai ser uma GUERRA bem interessante de se acompanhar, pois a minha intenção não é outra a não ser a de destruí-los, ou ser destruído.

Essa experiência aqui no CC só me deu mais confiança e inspiração, agora vou seguir com meu rolo compressor feliz da vida, pois eu só vejo a minha frente um horizonte de glorias, fama, fortuna e principalmente DIVERSÃO, pois ver os ‘sensatos’ céticos fugirem de mim como um rato foge de um gato faz muito bem ao meu ego inflado! Rsrsrsrsrs!

Citar

Fabi:
“Sério Bruno, vá num médico, eles vão medir sua altura, peso, pressão arterial, fazer exames de sangue e aí sim você vai descobrir se tá ou não tá com desnutrição...”

Amiguinha, aqui você parece que está falando com uma criança abobalhada. Meio OBVIO esse seu conselho Né?

Acha que eu faria uma aposta publicamente se eu estivesse apresentando os sintomas de desnutrição?
Se você não sabe (com certeza não sabe!) a Evelyn Torrence foi obrigada a fazer os tais testes, no dia 20 do processo dos 21: ( http://www.vivendodaluz.com/PT/21dayprocess/eve.html ) resultado?

Veja o diário do dia 17 de Maio de 1999 no link acima, tem até fotos!

Então vejamos... eu estou terminando esse debate aqui, eu mandei os e-mails para as emissoras de TV mas elas não me responderam, creio que esse assunto para elas já está velho, mas não sei... vou lançar livros e aparecer em entrevistas, vou então reacender a polemica com mais agressividade e petulância, eu gosto do confronto, pois sei que sempre saio vencedor.

Não pretendo mais aparecer nesse fórum para debater mais esse assunto, só o farei caso alguém aqui venha a me peitar.
Como sou uma pessoa publica vocês poderão me conhecer pessoalmente, e ler os meus livros.

Mas se alguém aqui quiser me ligar, o meu numero é : (11) 4685-4382, o e-mail é : seteantigos@gmail.com

Por fim, eu quero deixar claro que eu faço seminários, neles eu instruo as pessoas para que tenham a mesma atitude combativa. Eu digo a eles(a) que os ditos “céticos” na verdade em sua maioria são fanáticos religiosos que mantém a ciência como refém, e que eles(as pessoas no seminário) como verdadeiros defensores do pensamento lógico e da lucidez acadêmica devem salva-la para o bem da humanidade.

O meu desafio ESTÁ DE PÉ! Vou levá-lo adiante até que alguém aceite e seja feito, com o resultado eu vou derrubar as instituições dos pseudo-céticos, a ciência honesta e lúcida segue as evidencias até onde elas forem dar, não importando se elas a levaram a um lugar estranho e bizarro... talvez os bizarros somos nós que temos os nossos sentidos tão limitados, somos quase como minhocas, sem olhos e cavando a Terra num estilo de vida efêmero e sem sentido.

Que o diga os físicos!

John Polkinghorne (Físico pela universidade de Cambridge):

“Cem anos atrás, a ciência se  projetava como a própria imagem do progresso e da civilização: decifrar todos os  mistérios da natureza era só uma questão de tempo.
Era como se estivéssemos em  um trem, atravessando planícies ensolaradas, com uma visão cada vez mais ampla  de tudo que nos cercava. Nós mesmos havíamos nos tornado os senhores do  universo.

Ninguém necessitava mais de fantasias como "providência divina". 
Conceitos desse tipo - e entidades sobrenaturais em geral - passaram a ser  considerado ou uma infantilização neurótica (Freud) ou um meio das classes  dominantes subjugarem os pobres e oprimidos (Nietzche e Marx).

De repente, sumiram de vista as planícies, a luz do sol e  os próprios trilhos do trem. Um terremoto, depois outro, haviam nos atirado  dentro de um túnel escuro, onde as velhas certezas voltavam a se converter em  mistérios...”

http://br.geocities.com/vicerap/Ciencia.html

Vou indo agora... vou acompanhar um pouco esse tópico e só o responderei se for por um ÓTIMO MOTIVO.



* http://www.ceticismoaberto.com/ceticismo/truzzi.htm
** http://www.geocities.com/mpennafort/haunted.html


Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Fabi em 14 de Dezembro de 2008, 23:56:54
Porque não vai no Ambulim? Eles são especialistas no assunto, e podem te dizer se você vive de luz, ou se você está subnutrido... pra mim esse assunto está encerrado...
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Luis Dantas em 15 de Dezembro de 2008, 00:00:11
Criativo você é, Bruno.  Ou melhor dizendo, iludido.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Moro em 15 de Dezembro de 2008, 00:04:15
legal Bruno...
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: FxF em 15 de Dezembro de 2008, 00:21:32
ciência honesta e lúcida segue as evidencias até onde elas forem dar, não importando se elas a levaram a um lugar estranho e bizarro...
Pessoas que morreram por tentar viver de luz:

http://en.wikipedia.org/wiki/Inedia#Deaths
Citação de: Wikipedia
Deaths

The well-publicized deaths of 49-year-old Australian-born Scotland resident Verity Linn, 31-year-old Munich kindergarten teacher Timo Degen, and 53-year-old Melbourne resident Lani Marcia Roslyn Morris, while attempting to enter the Breatharian "diet", have drawn further criticism of the idea.[6][7] Jim Vadim Pesnak, 63, and his wife Eugenia, 60, went to jail for three years on charges of manslaughter for their involvement in the death of Morris. Verity Lynn, the Scottish woman who inadvertently killed herself by choosing the Breatharian "diet" was a nominee for the 1999 Darwin Awards. She "took to the highlands", the article says, "with only a tent and her grit and determination." She died of hypothermia and dehydration, aggravated by lack of food. Jasmuheen claimed that her death was brought on by a psycho-spiritual problem, rather than a physiological one.

Jasmuheen has denied any involvement with the three deaths and claims she cannot be held responsible for the actions of her followers. In reference to the death of Lani Morris, she said that perhaps Morris was "not coming from a place of integrity and did not have the right motivation".[7]
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: guicn em 15 de Dezembro de 2008, 00:23:09
Alguém já tentou ligar para o cara?
Sério, estou começando a acreditar que não seja um fake.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Týr em 15 de Dezembro de 2008, 07:50:02
com direito a mensagem pessoal agora =/
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Mussain! em 15 de Dezembro de 2008, 10:01:54
Eu também recebi...  :umm: Ele é um pobre coitado querendo aparecer, só isso.  :)
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 10:18:02
Cartão amarelo por retornar a um tópico trancado previamente.

Eu deveria trancar este aqui também, mas como prova da minha boa vontade eu vou dar UMA chance de você refutar o meu argumento físico-fisiológico. Agora, preste atenção: você vai ter UMA chance. Sem rodeios, sem falácias, sem esquivas. Se for incapaz de fazer isso, este tópico vai ser trancado também.

Link para o meu argumento: http://clubecetico.org/forum/index.php/topic,18335.msg394053.html#msg394053
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Gaúcho em 15 de Dezembro de 2008, 11:47:41
Cartão amarelo por retornar a um tópico trancado previamente.

Eu deveria trancar este aqui também, mas como prova da minha boa vontade eu vou dar UMA chance de você refutar o meu argumento físico-fisiológico. Agora, preste atenção: você vai ter UMA chance. Sem rodeios, sem falácias, sem esquivas. Se for incapaz de fazer isso, este tópico vai ser trancado também.

Link para o meu argumento: http://clubecetico.org/forum/index.php/topic,18335.msg394053.html#msg394053

Você é uma pessoa de muita fé.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 11:59:30
Quero evitar alegações de injustiça.

Aliás, ele merece pelo menos mais um cartão pelo teor das mensagens no tópico anterior, mas isso ainda está sendo votado.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Mussain! em 15 de Dezembro de 2008, 13:22:39
"Quero evitar alegações de injustiça".

De qualquer forma vc sabe que, pelo menos da parte dele, isso não vai ser possível...


E talvez se encache como spam as mensagens pessoas que ele está enviando para todo mundo, não sei.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Hold the Door em 15 de Dezembro de 2008, 13:32:00
E talvez se encache como spam as mensagens pessoas que ele está enviando para todo mundo, não sei.
Mensagens pessoais também podem ser denunciadas. Existe um link denunciar a moderação no final de cada uma delas.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 13:33:30
Da parte dele nada se pode esperar. Mas que não se diga que não dei todas as chances possíveis :roll:

E sim, se alguém acha que recebeu SPAM via MP pode (e deve!) denunciar. O botão é o mesmo, como o Angelo explicou.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Takeshi Ohara em 15 de Dezembro de 2008, 13:51:56
Cartão amarelo por retornar a um tópico trancado previamente.

Eu deveria trancar este aqui também, mas como prova da minha boa vontade eu vou dar UMA chance de você refutar o meu argumento físico-fisiológico. Agora, preste atenção: você vai ter UMA chance. Sem rodeios, sem falácias, sem esquivas. Se for incapaz de fazer isso, este tópico vai ser trancado também.

Link para o meu argumento: http://clubecetico.org/forum/index.php/topic,18335.msg394053.html#msg394053

Me desculpe, meu caro, mas você não possui um argumento válido para tentar provar que ele está errado. Você simplesmente pegou um artigo e, baseando-se na premissa que este artigo expõe a verdade absoluta (em outras palavras, crendo), pede para que o Bruno o refute.

Ora, o Bruno jamais vai poder refutar um artigo que é colocado de tal jeito como se fosse a verdade absoluta. O tal artigo pode ter fundamento, ter sido bem pesquisado, por cientistas sérios, etc, mas isso não quer dizer nada. Não é porque desconhecemos um mecanismo que ele é absurdo. E, a única coisa que vai desmascarar o Bruno, caso ele seja um farsante, é colocá-lo a prova, e não palavras ao vento, como as que tem sido proferidas aqui. E o Bruno em nenhum momento se recusou a se colocar a prova.

Se por acaso houver um fundo de verdade no pranianismo, esta verdade nunca será descoberta só porque a ignoramos pelo fato de parecer absurdo?  Isso é ciência?

Isso me lembra Galileu Galilei e sua experiência das esferas de massas diferentes atiradas da Torre de Pisa. Os céticos da época deviam passar horas gargalhando dele, mas ele foi lá e calou a boca de todo mundo. Porque querem agora calar o Bruno? Temem que ele seja um novo Galileu?

Este é o mal dos pseudo-céticos: Acreditam tanto no materialismo, que quando são colocados contra a parede, desviam de assunto, tentam ridicularizá-lo... É isso que temos visto aqui.

Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 13:57:22
... o artigo quem escreveu fui eu, usando fatos físicos e fisiológicos bem conhecidos. Se o Bruno tem algum contra-argumento, que faça como Galileu e demonstre onde está o meu erro.

Quanto ao materialismo, bem... o ônus da prova é de vocês. Não adianta tentar inverter.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Takeshi Ohara em 15 de Dezembro de 2008, 14:04:02
O Bruno, até onde entendi, não é fisiologista, biólogo, etc... Portanto, ele não vai conseguir te provar nada com palavras bonitas e relatórios cheios de expressões técnicas.

Ele simplesmente usou o método citado e afirma que consegue viver sem alimentação sólida. E está disposto a servir de cobaia a quem estiver interessado em testá-lo. Pois bem, testem-o ao invés de ficar nesse blá-blá-blá que não vai dar em nada.

Se você trabalha com fisiologismo, ou nutrição, ou coisa que o valha, melhor ainda. Teremos alguém qualificado a verificar se tudo o que ele diz é verdade. Ou então desmascará-lo de vez.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Luis Dantas em 15 de Dezembro de 2008, 14:07:34
Takeshi, se o Bruno não tem meios de comprovar o que afirma, sinto muito, mas isso é problema dele... e um bom motivo para ele ter mais cuidado do que tem mostrado ao fazer alegações.

Não entendo por que você espera que nós assumamos a responsabilidade que sempre foi dele.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Takeshi Ohara em 15 de Dezembro de 2008, 14:11:46
Luis,

Até onde entendi o Bruno se ofereceu prontamente a ser testado. Ou seja, meios de provar ele tem. Se ele vai conseguir provar já é outra história.

T.O.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Luis Dantas em 15 de Dezembro de 2008, 14:18:32
Também foi o que entendi.

Por isso mesmo, cabe a ele falar com humildade e admitir que não tem provas.  Não é exatamente raro alguém se iludir sinceramente, como descobri quando estudei Percepção e Psicologia Social na UnB.  E também não é exatamente raro alguém falar absurdos simplesmente para chamar a atenção.

A moderação não tem por que fazer de conta que não sabe disso.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Takeshi Ohara em 15 de Dezembro de 2008, 14:23:28
Se o que ele diz é verdade, a própria experiência pessoal dele já é uma prova.

Que todos aqueles que se acaloraram com este debate testem-no e verifiquem se existe ou não fundamento no que ele diz. Obtenham as provas para si mesmos.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 14:23:55
Também foi o que entendi.

Por isso mesmo, cabe a ele falar com humildade e admitir que não tem provas. 

... ao invés de agir como se nós é que tivéssemos que provar que ele está errado. Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias. Se ele não nos dá nada além de uma alegação presunçosa e contra-sensual, como pode esperar que a gente aceite tudo isso? De boa-fé? Sinto muito, não é assim que funciona.

Citar
Não é exatamente raro alguém se iludir sinceramente, como descobri quando estudei Percepção e Psicologia Social na UnB.  E também não é exatamente raro alguém falar absurdos simplesmente para chamar a atenção.

A moderação não tem por que fazer de conta que não sabe disso.

Precisamente.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 14:29:17
E tem o seguinte: este tópico só está aberto ainda por que estou dando a chance do Bruno vir aqui e responder às minhas objeções. Pelas regras, ele deveria ter sido apagado instantaneamente. E se virar mais uma diatribe de múltiplas páginas é exatamente isso o que vai acontecer.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Takeshi Ohara em 15 de Dezembro de 2008, 14:31:31

... ao invés de agir como se nós é que tivéssemos que provar que ele está errado. Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias. Se ele não nos dá nada além de uma alegação presunçosa e contra-sensual, como pode esperar que a gente aceite tudo isso? De boa-fé? Sinto muito, não é assim que funciona.


Estranha sua colocação. Ele não está pedindo que ninguém prove que ele está errado. Ao contrário, está se colocando à disposição para ser testado.

Uma coisa é ele ser um cientista defendendo o pranianismo, mas sem nunca ter testado em si mesmo o método. Aí sim ele teria que explicar por A + B o motivo de suas alegações. Mas não, ele é um cidadao comum que testou o método meio que no escuro e funcionou com ele. Ele não é biólogo ou fisiologista para dizer o que está acontecendo, mas está acontecendo! Isto são os cientistas que devem estudá-lo e dizer o que está acontecendo.

Um verdadeiro cientista ficaria animado em realizar o teste, pois, ou poderia fazer uma descoberta interessante, ou derrubaria um mito. Teria-se uma conclusão definitiva e irrefutável.

Mas, ao contrário, parece que é mais interessante deixar as coisas no ar.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Takeshi Ohara em 15 de Dezembro de 2008, 14:33:46
E tem o seguinte: este tópico só está aberto ainda por que estou dando a chance do Bruno vir aqui e responder às minhas objeções. Pelas regras, ele deveria ter sido apagado instantaneamente. E se virar mais uma diatribe de múltiplas páginas é exatamente isso o que vai acontecer.

Fugir do debate é mais fácil. Apaguem o tópico, apaguem a conta dele, apaguem tudo que puderem. Coloquem tudo pra debaixo do tapete.

Isso NÃO é ciência.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: guicn em 15 de Dezembro de 2008, 14:39:32
Amanhã vem um lunático aqui e diz que o Papai Noel passou correndo pelo seu gramado e deixou uma das renas no pátio, a qual alega que pode voar.
Então os cientistas devem desesperadamente ir para a casa do sujeito tentar averiguar o caso, mesmo sem uma evidência paupável?

Isso tem alguma lógica para você?

Se todo mundo deve ser levado a sério, como você propõe, amanhã então vamos eu e você no hospício ver o que as pessoas tem a dizer lá. Vamos lá derrubar o mito dos que dizem ver o fantasma de napoleão, afinal é uma experiência pessoal, deve ter alguma validade.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 14:40:10
Não, absolutamente. Trata-se de não alimentar o delírio de uns e outros, com conseqüências potencialmente fatais, sem ter nada em que se basear além da palavra dele.

Isso não é pseudo-ceticismo, é ética e bom-senso.

A alegação de Galileu ao menos era bem mais plausível. Aliás, Galileu não é o melhor modelo de comparação - Edward Jennings é. E, diferente do Bruno, Jennings se deu ao trabalho de estudar como o mundo real funciona.
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Takeshi Ohara em 15 de Dezembro de 2008, 14:44:27
É muito fácil saber se ele está delirando! Ele deixou seu telefone, e-mail, é só ir lá e verificar o que ele diz com os métodos que cada um quiser usar para obter suas provas, sejam elas a favor ou contra. Porque tanta recusa em testá-lo?

Não pesquisei e verifiquei que ele é mentiroso...  :susto: :susto: :susto: :susto: :susto: :susto:
Título: Re: Viver de luz, finalização de debate
Enviado por: Dbohr em 15 de Dezembro de 2008, 14:49:38
Mentiroso ou iludido, dá no mesmo. Quanto aos motivos para não testá-lo, deixei escrito ali em cima. Ciência médica com teste em humanos têm que obedecer a uma série de protocolos avaliados por profissionais sérios. Porque eu sou ético, enfim.

E esse tópico já rendeu o que tinha para render. Parece que não teremos a chance de ver o contra-argumento do Bruno. Que pena...