Forum Clube Cetico

Discussões => Laicismo, Política e Economia => Tópico iniciado por: Unknown em 25 de Setembro de 2012, 11:33:12

Título: BNDES
Enviado por: Unknown em 25 de Setembro de 2012, 11:33:12
Benefícios de atuação do BNDES superam os custos

No primeiro semestre, o desempenho do BNDES decepcionou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, com a liberação de apenas R$ 53,5 bilhões – um terço do previsto. O número isolado insinua um papel menor do banco no enfrentamento da crise. Engano.

No período de 2000-2010, o desembolso do BNDES para os investimentos produtivos aumentou em média 18% a.a., o que contribuiu para impulsionar o aumento da taxa de investimento em proporção ao PIB, de 16,5% em 2000 para 19% em 2010. O impacto foi um aumento da taxa de crescimento médio do PIB de 3,5% a.a. entre 2000-2010, superior ao 1,5% da década anterior.

O dado é parte do estudo inédito O papel dos bancos públicos no Brasil: uma análise da atuação do BNDES, assinado pelo professor Antônio Corrêa de Lacerda (PUC-SP) e pelo economista Alexandre da Silva Oliveira (USP), antecipado ao Poder Econômico e que será divulgado hoje em palesta, às 17h30, na PUC-SP.

“O custo da atuação do banco gerado para o Tesouro Nacional é muito menor do que os benefícios criados”, concluem os autores em resposta à crítica mais comum feita à atuação do banco.

Os benefícios verificados por Lacerda e Oliveira são a maior demanda agregada, ampliação da arrecadação do governo e o aumento dos dividendos pagos pelo BNDES ao Tesouro.

Uma curiosidade: o BNDES, com US$ 222 bilhões em ativos, só é superado pelo Bird (com US$ 275 bilhões) e pelo banco de desenvolvimento da China (com US$ 546 bilhões). Mas tem o maior lucro líquido.

http://colunistas.ig.com.br/poder-economico/2012/09/24/beneficios-de-atuacao-do-bndes-superam-os-custos/
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 25 de Setembro de 2012, 15:49:49
Ou seja, o Brasil tem o terceiro maior banco de desenvolvimento do mundo, com o maior lucro, e é estatal.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Osler em 25 de Setembro de 2012, 18:03:47
Esperando um comentário do Arcanjo falando dos petralhas em 5, 4, 3...   :hihi:
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 25 de Setembro de 2012, 19:01:55
Citar
No primeiro semestre, o desempenho do BNDES decepcionou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, com a liberação de apenas R$ 53,5 bilhões – um terço do previsto. O número isolado insinua um papel menor do banco no enfrentamento da crise. Engano.

No período de 2000-2010, o desembolso do BNDES para os investimentos produtivos aumentou em média 18% a.a., o que contribuiu para impulsionar o aumento da taxa de investimento em proporção ao PIB, de 16,5% em 2000 para 19% em 2010. O impacto foi um aumento da taxa de crescimento médio do PIB de 3,5% a.a. entre 2000-2010, superior ao 1,5% da década anterior.

Falso.

O crescimento "elevado" do PIB no período 2000-2010 foi maior que no período 1990-2000 principalmente porque o mundo teve um crescimento grande, em especial o de "dois dígitos" da China, o que puxou para cima o preço das commodities, das quais o Brasil é um grande exportador.


Citar
O dado é parte do estudo inédito O papel dos bancos públicos no Brasil: uma análise da atuação do BNDES, assinado pelo professor Antônio Corrêa de Lacerda (PUC-SP) e pelo economista Alexandre da Silva Oliveira (USP), antecipado ao Poder Econômico e que será divulgado hoje em palesta, às 17h30, na PUC-SP.

Sem ler detalhadamente não é possível tirar nenhuma conclusão sobre a qualidade do estudo.


Citar
“O custo da atuação do banco gerado para o Tesouro Nacional é muito menor do que os benefícios criados”, concluem os autores em resposta à crítica mais comum feita à atuação do banco.

Repito: Sem ver o trabalho deles não há como avaliá-lo.


Citar
Os benefícios verificados por Lacerda e Oliveira são a maior demanda agregada, ampliação da arrecadação do governo e o aumento dos dividendos pagos pelo BNDES ao Tesouro.

O aumento na arrecadação não implica necessariamente que ela tenha sido maior que os juros pagos para elevar o ativo do banco.

E o pagamento de dividendos ao Tesouro pelo BNDES é algo esdrúxulo, porque é um ente público pagando a outro ente público um valor que é proveniente, em última instância, de uma atividade da sociedade.


Citar
Uma curiosidade: o BNDES, com US$ 222 bilhões em ativos, só é superado pelo Bird (com US$ 275 bilhões) e pelo banco de desenvolvimento da China (com US$ 546 bilhões). Mas tem o maior lucro líquido.

E o ativo não é realmente do BNDES e sim do Tesouro Nacional. Em outras palavras, é o nosso dinheiro.
Título: Re:BNDES
Enviado por: ss em 25 de Setembro de 2012, 19:34:34
Nosso dinheiro? seria nosso dinheiro se os bancos não somente o BNDES (que não é banco pra pessoas físicas) aplicarem juros descentes, pois os juros brasileiros além de serem altos, são um absurdo sem igual, este banco promove o desenvolvimento das empresas que ele empresta o dinheiro e visa o lucro a este ponto? como pode um país aquecer a economia e aumentar o consumo vendendo bens com juros de 1,99%/mês enquanto outros países 1a2%/ano, os bancos desenvolvem o país no momento que os mesmo ofereçam preços descentes aos empréstimos e quem controla isto em parte é o governo, se um país não souber jogar o jogo do capitalismo sempre será um país de poucos.
Título: Re:BNDES
Enviado por: O Grande Capanga em 16 de Fevereiro de 2015, 18:48:50
Ou seja, o Brasil tem o terceiro maior banco de desenvolvimento do mundo, com o maior lucro, e é estatal.

 :histeria:

http://www.istoe.com.br/reportagens/404506_A+CAIXA+PRETA+DO+BNDES?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage
Título: Re:BNDES
Enviado por: Alucinado psicopata em 16 de Fevereiro de 2015, 20:22:22
Ou seja, o Brasil tem o terceiro maior banco de desenvolvimento do mundo, com o maior lucro, e é estatal.

 :histeria:

http://www.istoe.com.br/reportagens/404506_A+CAIXA+PRETA+DO+BNDES?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

Panfletista é dose.  :biglol:
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 17 de Fevereiro de 2015, 00:14:37
Esperando um comentário do Arcanjo falando dos petralhas em 5, 4, 3...   :hihi:

Nem precisei, o tempo provou que eu estava certo.

Novamente.
Título: Re:BNDES
Enviado por: O Grande Capanga em 27 de Maio de 2015, 00:34:40
Ou seja, o Brasil tem o terceiro maior banco de desenvolvimento do mundo, com o maior lucro, e é estatal.

 :histeria:

http://www.istoe.com.br/reportagens/404506_A+CAIXA+PRETA+DO+BNDES?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

Ontem o STF deu o primeiro passo pra abrir a caixa preta. O congresso pode derrubar o veto da Dilma para manter o sigilo.
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 27 de Maio de 2015, 08:14:46
Ou seja, o Brasil tem o terceiro maior banco de desenvolvimento do mundo, com o maior lucro, e é estatal.

 :histeria:

http://www.istoe.com.br/reportagens/404506_A+CAIXA+PRETA+DO+BNDES?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

Ontem o STF deu o primeiro passo pra abrir a caixa preta. O congresso pode derrubar o veto da Dilma para manter o sigilo.

E continua dando lucro gordo.

http://exame2.com.br/mobile/negocios/noticias/lucro-do-bndes-em-nove-meses-sobe-51-para-r-7-399-bilhoes
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 27 de Maio de 2015, 08:23:38
E você continua ignorando a manipulação de informações.

Qual seria o resultado final, para a população, se for considerado o custo financeiro do juro subsidiado que o BNDES oferta?
Título: Re:BNDES
Enviado por: O Grande Capanga em 27 de Maio de 2015, 08:52:55
O Juca negará a realidade até que venha o BNDESão igual ao Petrolão. Aí ele se calará e não dará um pio, igualzinho hoje [sobre a Petrobras].

Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 27 de Maio de 2015, 09:22:34
E você continua ignorando a manipulação de informações.

Qual seria o resultado final, para a população, se for considerado o custo financeiro do juro subsidiado que o BNDES oferta?

Beleza, eu considero sua pergunta justa, mas gostaria de saber qual a relação lucro x custo de juro subsidiado? A princípio essas operações do banco são superavitárias, mas o custo do financiamento pode muito bem provar o contrário, eu gostaria de saber quais são.

Ainda qual a relação entre o fomento x indução da economia e como se dá seu impacto sobre o lucro das empresas que são financiadas e o desenvolvimento econômico como um todo? Esse fomento é nocivo às empresas financiadas?
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 27 de Maio de 2015, 09:24:17
O Juca negará a realidade até que venha o BNDESão igual ao Petrolão. Aí ele se calará e não dará um pio, igualzinho hoje [sobre a Petrobras].



Na verdade não, eu acho que como na BR deve existir coisa errada no BNDES e acho que o banco deveria abrir todas suas contas que não tenham contratos sigilosos. E a BR continua dando lucro.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Fabrício em 27 de Maio de 2015, 12:11:27
O Juca negará a realidade até que venha o BNDESão igual ao Petrolão. Aí ele se calará e não dará um pio, igualzinho hoje [sobre a Petrobras].



Na verdade não, eu acho que como na BR deve existir coisa errada no BNDES e acho que o banco deveria abrir todas suas contas que não tenham contratos sigilosos. E a BR continua dando lucro.

Enquanto estiver dando lucro, podem roubar à vontade que está tudo ok! O petróleo é nosso!
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 27 de Maio de 2015, 12:40:44
O Juca negará a realidade até que venha o BNDESão igual ao Petrolão. Aí ele se calará e não dará um pio, igualzinho hoje [sobre a Petrobras].



Na verdade não, eu acho que como na BR deve existir coisa errada no BNDES e acho que o banco deveria abrir todas suas contas que não tenham contratos sigilosos. E a BR continua dando lucro.

Enquanto estiver dando lucro, podem roubar à vontade que está tudo ok! O petróleo é nosso!

Quem acha isso?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Sergiomgbr em 27 de Maio de 2015, 12:45:51
O Juca negará a realidade até que venha o BNDESão igual ao Petrolão. Aí ele se calará e não dará um pio, igualzinho hoje [sobre a Petrobras].



Na verdade não, eu acho que como na BR deve existir coisa errada no BNDES e acho que o banco deveria abrir todas suas contas que não tenham contratos sigilosos. E a BR continua dando lucro.

Enquanto estiver dando lucro, podem roubar à vontade que está tudo ok! O petróleo é nosso!

Quem acha isso?
Alguém que posta uma coisa dessas...

Ou seja, o Brasil tem o terceiro maior banco de desenvolvimento do mundo, com o maior lucro, e é estatal.

 :histeria:

http://www.istoe.com.br/reportagens/404506_A+CAIXA+PRETA+DO+BNDES?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

Ontem o STF deu o primeiro passo pra abrir a caixa preta. O congresso pode derrubar o veto da Dilma para manter o sigilo.

E continua dando lucro gordo.

http://exame2.com.br/mobile/negocios/noticias/lucro-do-bndes-em-nove-meses-sobe-51-para-r-7-399-bilhoes
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 27 de Maio de 2015, 13:30:12
O Juca negará a realidade até que venha o BNDESão igual ao Petrolão. Aí ele se calará e não dará um pio, igualzinho hoje [sobre a Petrobras].



Na verdade não, eu acho que como na BR deve existir coisa errada no BNDES e acho que o banco deveria abrir todas suas contas que não tenham contratos sigilosos. E a BR continua dando lucro.

Como praticamente quase todas as demais petrolíferas.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 27 de Maio de 2015, 13:49:40
E você continua ignorando a manipulação de informações.

Qual seria o resultado final, para a população, se for considerado o custo financeiro do juro subsidiado que o BNDES oferta?
Beleza, eu considero sua pergunta justa, mas gostaria de saber qual a relação lucro x custo de juro subsidiado?

E realmente isto é importante?

Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?

E nem estou considerando o dinheiro desviado em propinas para beneficiar os atuais 'donos do poder'.


A princípio essas operações do banco são superavitárias, mas o custo do financiamento pode muito bem provar o contrário, eu gostaria de saber quais são.

Eu também. E para isto é necessário conhecer todo o conteúdo dos contratos que, como sabemos, não é permitido sob a esdrúxula desculpa de 'proteção da instituição'. Quase todo mundo sabe que o verdadeiro motivo não é este. A exceção vem daqueles que vivem em estado de negação ideológica.


Ainda qual a relação entre o fomento x indução da economia e como se dá seu impacto sobre o lucro das empresas que são financiadas e o desenvolvimento econômico como um todo?

Não sei. Os dados que são fornecidos NUNCA, repito, NUNCA são contrapostos com o impacto negativo proveniente da drenagem de recursos da população para subsidiar as empresas, sejam elas particulares ou não. Além disto, todos os beneficiados esquecem - de forma conveniente - que além da diferença do juro subsidiado, a sociedade ainda arca com o pagamento de juros para os credores pelo Tesouro Nacional, porque este emite títulos da dívida pública para abastecer de dinheiro o BNDES. Além disto, comumente, bancos deste tipo são um 'cabide de empregos' e um 'escoadouro de propinas'. Por fim, o sistema bancário nacional é estruturado o suficiente para fornecer créditos para todo o setor produtivo.


Esse fomento é nocivo às empresas financiadas?

É claro que não.

Que a Odebrecht, a Petrobrás e outras que o digam.

Ele é nocivo para a sociedade (nós!), que financia os subsídios e a 'orgia da propinagem petista'.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 27 de Maio de 2015, 18:03:03
E você continua ignorando a manipulação de informações.

Qual seria o resultado final, para a população, se for considerado o custo financeiro do juro subsidiado que o BNDES oferta?

Beleza, eu considero sua pergunta justa, mas gostaria de saber qual a relação lucro x custo de juro subsidiado? A princípio essas operações do banco são superavitárias, mas o custo do financiamento pode muito bem provar o contrário, eu gostaria de saber quais são.

Ainda qual a relação entre o fomento x indução da economia e como se dá seu impacto sobre o lucro das empresas que são financiadas e o desenvolvimento econômico como um todo? Esse fomento é nocivo às empresas financiadas?

Juca.. vou te ajudar.. você está vendo torto novamente.

O BNDES só pode ter lucro porque ele se capta com MEU e o SEU dinheiro em impostos, tirando dinheiro que poderia construir hospitais e dando para grandes empresas.

SE o BNDES tivesse que se captar no mercado, ele estaria ferrado.. mas esse governo rouba a população para dar dinheiro para o filho do deus Lula e grandes empresas.

E mesmo assim... ter lucro não significa nada. Você tem que ver indicadores de endividamento, patrimônio líquido, rentabilidade etc..

Por exemplo, a Petrobras deu lucro e seus indicadores são uma merda.. você não pode dizer que a Petrobras está boa por causa que deu lucro.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 27 de Maio de 2015, 18:54:43
Ou seja, o Brasil tem o terceiro maior banco de desenvolvimento do mundo, com o maior lucro, e é estatal.

 :histeria:

http://www.istoe.com.br/reportagens/404506_A+CAIXA+PRETA+DO+BNDES?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

Ontem o STF deu o primeiro passo pra abrir a caixa preta. O congresso pode derrubar o veto da Dilma para manter o sigilo.

E continua dando lucro gordo.

http://exame2.com.br/mobile/negocios/noticias/lucro-do-bndes-em-nove-meses-sobe-51-para-r-7-399-bilhoes

Até onde vc pode confiar nesses números sabendo que o governo maquiou as contas da Petrofraude e dos outros setores?
Título: Re:BNDES
Enviado por: O Grande Capanga em 27 de Maio de 2015, 20:42:08
O Juca negará a realidade até que venha o BNDESão igual ao Petrolão. Aí ele se calará e não dará um pio, igualzinho hoje [sobre a Petrobras].



Na verdade não, eu acho que como na BR deve existir coisa errada no BNDES e acho que o banco deveria abrir todas suas contas que não tenham contratos sigilosos. E a BR continua dando lucro.

Meu Deus do céu...

No ano passado a PTbras estava em 30ª posição do ranking das maiores empresas do mundo e despencou quase 400 posições neste ano.

O "lucro" do primeiro trimestre deste ano da PTbras foi inflado (não foi de 5,3 bilhões, mas de 4 bilhões de reais): http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/05/1631256-lucro-da-petrobras-no-1-tri-e-inflado-em-r-13-bi-por-artificio-contabil.shtml

Veja a dívida da empresa (351 bilhões de reais) : http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,divida-da-petrobras-bate-recorde,1674273

Pensando numa maneira bem simplória: se a PTbras lucrar todo trimestre o mesmo que lucrou de maneira maquiada e a dívida dela se manter estável, levará mais de 16 anos para pagá-la.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 27 de Maio de 2015, 21:04:34
Agora que li. O Juca... defendeu... a PETROBRAS... dizendo.. que .. deu.. lucro..  :stunned: :stunned:

Juca existe algum limite para tolerância dos desmandos petistas? Algum... tipo.. estupro em massa, aí você conseguiria criticar o PT?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Lorentz em 28 de Maio de 2015, 08:39:29
A Petrobrás teve lucro porque o preço do combustível subiu, e como não podemos escolher pagar de outra petrolífera, aí fica fácil.
Título: Re:BNDES
Enviado por: DDV em 28 de Maio de 2015, 11:32:31
A Petrobrás teve lucro porque o preço do combustível subiu, e como não podemos escolher pagar de outra petrolífera, aí fica fácil.

Dizer que a Petrobrás teve lucro é quase como dizer que a Receita Federal teve arrecadação.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Buckaroo Banzai em 28 de Maio de 2015, 16:19:59
A PTR já parou de vender combustível abaixo do custo de produção? Como é possível lucrar fazendo isso?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 28 de Maio de 2015, 20:39:22
Ela não vende abaixo do custo de produção, vende abaixo do preço de mercado.

Como nosso petróleo praticamente não serve para produção de combustíveis, ela compra o combustível a preço de mercado no exterior e vende abaixo do preço. Nessa operação, ela tem prejuízo operacional, quanto mais vende, mais perde.

O petróleo ela exporta e/ou refina majoritariamente para fins menos nobres.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Buckaroo Banzai em 28 de Maio de 2015, 21:30:23
Então parou de fazer isso, ou essas informações não são corretas?

Citar
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/06/1301696-tcu-critica-subsidio-a-gasolina-e-vai-ampliar-auditoria-na-petrobras.shtml

 Ao analisar a política de combustíveis do país, o Tribunal apontou que a venda de derivados do petróleo a preços abaixo dos custos de produção pode estar influenciando na capacidade de investimentos e no perfil de endividamento da Petrobras.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 28 de Maio de 2015, 22:43:56
não, eu que estou errado. Pior do que imaginava.
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 09:29:10
E você continua ignorando a manipulação de informações.

Qual seria o resultado final, para a população, se for considerado o custo financeiro do juro subsidiado que o BNDES oferta?
Beleza, eu considero sua pergunta justa, mas gostaria de saber qual a relação lucro x custo de juro subsidiado?

E realmente isto é importante?

Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?

E nem estou considerando o dinheiro desviado em propinas para beneficiar os atuais 'donos do poder'.


A princípio essas operações do banco são superavitárias, mas o custo do financiamento pode muito bem provar o contrário, eu gostaria de saber quais são.

Eu também. E para isto é necessário conhecer todo o conteúdo dos contratos que, como sabemos, não é permitido sob a esdrúxula desculpa de 'proteção da instituição'. Quase todo mundo sabe que o verdadeiro motivo não é este. A exceção vem daqueles que vivem em estado de negação ideológica.


Ainda qual a relação entre o fomento x indução da economia e como se dá seu impacto sobre o lucro das empresas que são financiadas e o desenvolvimento econômico como um todo?

Não sei. Os dados que são fornecidos NUNCA, repito, NUNCA são contrapostos com o impacto negativo proveniente da drenagem de recursos da população para subsidiar as empresas, sejam elas particulares ou não. Além disto, todos os beneficiados esquecem - de forma conveniente - que além da diferença do juro subsidiado, a sociedade ainda arca com o pagamento de juros para os credores pelo Tesouro Nacional, porque este emite títulos da dívida pública para abastecer de dinheiro o BNDES. Além disto, comumente, bancos deste tipo são um 'cabide de empregos' e um 'escoadouro de propinas'. Por fim, o sistema bancário nacional é estruturado o suficiente para fornecer créditos para todo o setor produtivo.


Esse fomento é nocivo às empresas financiadas?

É claro que não.

Que a Odebrecht, a Petrobrás e outras que o digam.

Ele é nocivo para a sociedade (nós!), que financia os subsídios e a 'orgia da propinagem petista'.

Então, você não sabe se o BNDES da lucro ou prejuízo ao tesouro, não sabe se o lucro supera ou não a "perda" com juros subsidiados, não sabe  o quanto o fomento do banco gera em empregos, impostos e divisas, ainda fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas), cujos insumos e empresas são brasileiros, ajudando na cadeia produtiva dentro do país, que você afirma serem ruins para o tesouro, mas que não sabe o quanto é ruim ou mesmo se é ruim de fato.

Quanto ao banco abrir seus contratos, eu estou de acordo.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 29 de Maio de 2015, 10:00:06
[...]
Então, você não sabe se o BNDES da lucro ou prejuízo ao tesouro,
[...]

Dá prejuízo porque até pode devolver o valor emprestado mas não repõe a diferença a menor de captação do valor no mercado (spread na venda de títulos públicos).


não sabe se o lucro supera ou não a "perda" com juros subsidiados,

Não, não supera porque o spread é negativo e a remuneração deste é suportado pelo Tesouro.

Além disto há vários casos documentados de dinheiro emprestado a 'fundo perdido'.


não sabe  o quanto o fomento do banco gera em empregos, impostos e divisas,

O quão difícil é para você entender que estes benefícios supra não são sustentáveis, se é que realmente existem? Se fossem, bastaria que TODOS os governos 'mundo afora' fizessem operações semelhantes e os problemas econômicos deles estariam resolvidos.


fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas),

Você está com dificuldade de compreensão de texto?

[...]
Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?
[...]

Eu critiquei o empréstimo para todos os países e não apenas para aqueles que fazem parte do rol dos amigos da atual caterva.


cujos insumos e empresas são brasileiros, ajudando na cadeia produtiva dentro do país,

Cujos lucros são pagos pela população, ao mesmo tempo que várias das empresas beneficiadas são aquelas que pagam 'propinas' para os atuais políticos 'donos do poder'.
 

que você afirma serem ruins para o tesouro, mas que não sabe o quanto é ruim ou mesmo se é ruim de fato.

É claro que não é ruim para o Tesouro. Afinal de contas captar dinheiro a 11% ao ano e repassar a 4% é um ótimo negócio.  ::)


Quanto ao banco abrir seus contratos, eu estou de acordo.

Finalmente algo que concordamos.
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 10:20:30
[...]
Então, você não sabe se o BNDES da lucro ou prejuízo ao tesouro,
[...]

Dá prejuízo porque até pode devolver o valor emprestado mas não repõe a diferença a menor de captação do valor no mercado (spread na venda de títulos públicos).


não sabe se o lucro supera ou não a "perda" com juros subsidiados,

Não, não supera porque o spread é negativo e a remuneração deste é suportado pelo Tesouro.

Além disto há vários casos documentados de dinheiro emprestado a 'fundo perdido'.


não sabe  o quanto o fomento do banco gera em empregos, impostos e divisas,

O quão difícil é para você entender que estes benefícios supra não são sustentáveis, se é que realmente existem? Se fossem, bastaria que TODOS os governos 'mundo afora' fizessem operações semelhantes e os problemas econômicos deles estariam resolvidos.


fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas),

Você está com dificuldade de compreensão de texto?

[...]
Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?
[...]

Eu critiquei o empréstimo para todos os países e não apenas para aqueles que fazem parte do rol dos amigos da atual caterva.


cujos insumos e empresas são brasileiros, ajudando na cadeia produtiva dentro do país,

Cujos lucros são pagos pela população, ao mesmo tempo que várias das empresas beneficiadas são aquelas que pagam 'propinas' para os atuais políticos 'donos do poder'.
 

que você afirma serem ruins para o tesouro, mas que não sabe o quanto é ruim ou mesmo se é ruim de fato.

É claro que não é ruim para o Tesouro. Afinal de contas captar dinheiro a 11% ao ano e repassar a 4% é um ótimo negócio.  ::)


Quanto ao banco abrir seus contratos, eu estou de acordo.

Finalmente algo que concordamos.

Nem economistas chegam a um veredito sobre o quanto o fomento do banco ajuda ou prejudica o tesouro quando recebe aportes do tesouro, mesmo tendo em vista que a maior parte da captação de recursos do banco é da própria carteira. É bem difícil chegar a um ponto final sobre o quanto o banco ajuda a fomentar a economia, induzindo a criação de empregos e o retorno em impostos e divisas quando o financiamento é externo. Não é a sua posição ideológica nem a minha que vai definir se o banco é bom ou não.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 29 de Maio de 2015, 10:59:58
[...]
Então, você não sabe se o BNDES da lucro ou prejuízo ao tesouro,
[...]

Dá prejuízo porque até pode devolver o valor emprestado mas não repõe a diferença a menor de captação do valor no mercado (spread na venda de títulos públicos).


não sabe se o lucro supera ou não a "perda" com juros subsidiados,

Não, não supera porque o spread é negativo e a remuneração deste é suportado pelo Tesouro.

Além disto há vários casos documentados de dinheiro emprestado a 'fundo perdido'.


não sabe  o quanto o fomento do banco gera em empregos, impostos e divisas,

O quão difícil é para você entender que estes benefícios supra não são sustentáveis, se é que realmente existem? Se fossem, bastaria que TODOS os governos 'mundo afora' fizessem operações semelhantes e os problemas econômicos deles estariam resolvidos.


fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas),

Você está com dificuldade de compreensão de texto?

[...]
Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?
[...]

Eu critiquei o empréstimo para todos os países e não apenas para aqueles que fazem parte do rol dos amigos da atual caterva.


cujos insumos e empresas são brasileiros, ajudando na cadeia produtiva dentro do país,

Cujos lucros são pagos pela população, ao mesmo tempo que várias das empresas beneficiadas são aquelas que pagam 'propinas' para os atuais políticos 'donos do poder'.
 

que você afirma serem ruins para o tesouro, mas que não sabe o quanto é ruim ou mesmo se é ruim de fato.

É claro que não é ruim para o Tesouro. Afinal de contas captar dinheiro a 11% ao ano e repassar a 4% é um ótimo negócio.  ::)


Quanto ao banco abrir seus contratos, eu estou de acordo.

Finalmente algo que concordamos.

Nem economistas chegam a um veredito sobre o quanto o fomento do banco ajuda ou prejudica o tesouro quando recebe aportes do tesouro, mesmo tendo em vista que a maior parte da captação de recursos do banco é da própria carteira. É bem difícil chegar a um ponto final sobre o quanto o banco ajuda a fomentar a economia, induzindo a criação de empregos e o retorno em impostos e divisas quando o financiamento é externo. Não é a sua posição ideológica nem a minha que vai definir se o banco é bom ou não.

Minha posição ideológica? Não, meu caro!

Quem defende uma posição ideológica aqui é você.

Eu defendo o meu bolso.
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 11:17:44
[...]
Então, você não sabe se o BNDES da lucro ou prejuízo ao tesouro,
[...]

Dá prejuízo porque até pode devolver o valor emprestado mas não repõe a diferença a menor de captação do valor no mercado (spread na venda de títulos públicos).


não sabe se o lucro supera ou não a "perda" com juros subsidiados,

Não, não supera porque o spread é negativo e a remuneração deste é suportado pelo Tesouro.

Além disto há vários casos documentados de dinheiro emprestado a 'fundo perdido'.


não sabe  o quanto o fomento do banco gera em empregos, impostos e divisas,

O quão difícil é para você entender que estes benefícios supra não são sustentáveis, se é que realmente existem? Se fossem, bastaria que TODOS os governos 'mundo afora' fizessem operações semelhantes e os problemas econômicos deles estariam resolvidos.


fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas),

Você está com dificuldade de compreensão de texto?

[...]
Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?
[...]

Eu critiquei o empréstimo para todos os países e não apenas para aqueles que fazem parte do rol dos amigos da atual caterva.


cujos insumos e empresas são brasileiros, ajudando na cadeia produtiva dentro do país,

Cujos lucros são pagos pela população, ao mesmo tempo que várias das empresas beneficiadas são aquelas que pagam 'propinas' para os atuais políticos 'donos do poder'.
 

que você afirma serem ruins para o tesouro, mas que não sabe o quanto é ruim ou mesmo se é ruim de fato.

É claro que não é ruim para o Tesouro. Afinal de contas captar dinheiro a 11% ao ano e repassar a 4% é um ótimo negócio.  ::)


Quanto ao banco abrir seus contratos, eu estou de acordo.

Finalmente algo que concordamos.

Nem economistas chegam a um veredito sobre o quanto o fomento do banco ajuda ou prejudica o tesouro quando recebe aportes do tesouro, mesmo tendo em vista que a maior parte da captação de recursos do banco é da própria carteira. É bem difícil chegar a um ponto final sobre o quanto o banco ajuda a fomentar a economia, induzindo a criação de empregos e o retorno em impostos e divisas quando o financiamento é externo. Não é a sua posição ideológica nem a minha que vai definir se o banco é bom ou não.

Minha posição ideológica? Não, meu caro!

Quem defende uma posição ideológica aqui é você.

Eu defendo o meu bolso.


Quando fica com mimimi contra "ditaduras amigas do governo" (leia-se Cuba e Venezuela) você não está defendendo um posição ideológica? Essa discussão está toda impregnada por posições ideológicas, não fique se enganando.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 29 de Maio de 2015, 11:49:59
Quando fica com mimimi contra "ditaduras amigas do governo" (leia-se Cuba e Venezuela) você não está defendendo um posição ideológica? Essa discussão está toda impregnada por posições ideológicas, não fique se enganando.

Novamente:

Citação de: Geotecton
Citação de: _Juca_
fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas),

Você está com dificuldade de compreensão de texto?

Citação de: Geotecton
[...]
Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?
[...]

Eu critiquei o empréstimo para todos os países e não apenas para aqueles que fazem parte do rol dos amigos da atual caterva.

Qual parte do "e, o que é pior, (eu critico o empréstimo para) outros países" você não entendeu?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 29 de Maio de 2015, 14:31:00
Juca, você empresta seu dinheiro para bêbados escondido de sua mulher?
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 14:49:59
Quando fica com mimimi contra "ditaduras amigas do governo" (leia-se Cuba e Venezuela) você não está defendendo um posição ideológica? Essa discussão está toda impregnada por posições ideológicas, não fique se enganando.

Novamente:

Citação de: Geotecton
Citação de: _Juca_
fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas),

Você está com dificuldade de compreensão de texto?

Citação de: Geotecton
[...]
Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?
[...]

Eu critiquei o empréstimo para todos os países e não apenas para aqueles que fazem parte do rol dos amigos da atual caterva.

Qual parte do "e, o que é pior, (eu critico o empréstimo para) outros países" você não entendeu?

Então tá, acredito. Você acha que fazer negócios com ditaduras é algo que fere a ética, correto?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 29 de Maio de 2015, 15:11:36
você não empresta dinheiro a quem não tem condições de pagar nem contrapartidas.
Não é o fato de ser ditadura ou não, emprestar para a china é negócio (ok eles não precisam)

Pergunta bem fácil
1- Qual o credit rating de Cuba
2- Quanto é o juro que se empresta a uma instituição ou país com esse C.R?
3- Qual o juro que você acha que emprestaram para cuba?
4- Qual foi o prazo de pagamento?

e é obvio, que quando Cuba recebe esse dinheiro, por ser um país sem transparência, parte desse dinheiro vai direto para a conta dos corruPTos do PT.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 29 de Maio de 2015, 15:37:41
Quando fica com mimimi contra "ditaduras amigas do governo" (leia-se Cuba e Venezuela) você não está defendendo um posição ideológica? Essa discussão está toda impregnada por posições ideológicas, não fique se enganando.

Novamente:

Citação de: Geotecton
Citação de: _Juca_
fica com mimimi  quanto ao banco financiar obras em países  que você não gosta ( por questões puramente ideológicas),

Você está com dificuldade de compreensão de texto?
Citação de: Geotecton
[...]
Não basta saber que o banco empresta dinheiro a juro subsidiado (ou seja, a diferença é paga pela população) que favorecem empresas, sejam particulares ou não, e, o que é pior, outros países, incluindo especialmente os que não são democráticos?
[...]
Eu critiquei o empréstimo para todos os países e não apenas para aqueles que fazem parte do rol dos amigos da atual caterva.
Qual parte do "e, o que é pior, (eu critico o empréstimo para) outros países" você não entendeu? icos.
Então tá, acredito. Você acha que fazer negócios com ditaduras é algo que fere a ética, correto?

É claro que sim. E não é só porque o governo petista fez. Durante a gestão de FHC também foram feitos empréstimos para países não-democráticos e acho que foi errado.

E países democráticos fazem negócios com países não-democráticos.

Não sou ingênuo.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 29 de Maio de 2015, 15:53:55
Não acho que fira a ética por ser uma ditadura. China é uma ditadura. Se o país for um país terrorista ou agressor, fere a ética. Mas se o país não tem como pagar aí fere a inteligência, a ética (dar dinheiro alheio para enriquecimento ilícito) e a governança de um país (emprestar a juro subsidiado a quem representa um risco imenso de default).

É claro que está errado. Só ideologia pode explicar isso.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Jurubeba em 29 de Maio de 2015, 16:52:25
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 17:27:25
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 17:33:41
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?

Como, por exemplo, uma estrada construída na Bolívia com dinheiro brasileiro e superfaturada pelas empreiteiras do Petrolão/mensalão pode gerar exportações, divisas ou impostos em território nacional se nem mesmo o Congresso tem conhecimento das clausulas dos contratos?
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 17:46:50
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?

Como, por exemplo, uma estrada construída na Bolívia com dinheiro brasileiro e superfaturada pelas empreiteiras do Petrolão/mensalão pode gerar exportações, divisas ou impostos em território nacional se nem mesmo o Congresso tem conhecimento das clausulas dos contratos?

Quando os insumos, as maquinas, a mão de obra e a empresa construtora são todas originarias daqui. Se cometeram ilicito é um problema separado. E sempre o problema é Cuba, Bolivia, Venezuela, PT, comunismo... Esse é o verdadeiro problema para você e alguns outros aqui.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 17:49:48
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?

Como, por exemplo, uma estrada construída na Bolívia com dinheiro brasileiro e superfaturada pelas empreiteiras do Petrolão/mensalão pode gerar exportações, divisas ou impostos em território nacional se nem mesmo o Congresso tem conhecimento das clausulas dos contratos?

Quando os insumos, as maquinas, a mão de obra e a empresa construtora são todas originarias daqui. Se cometeram ilicito é um problema separado. E sempre o problema é Cuba, Bolivia, Venezuela, PT, comunismo... Esse é o verdadeiro problema para você e alguns outros aqui.

OK, não entendo como uma obra que custa 10 vezes mais que o orçamento original pode trazer alguma vantagem ao país, principalmente sabendo que ainda existe o subsídio do BNDES em cada obra superfaturada.

Seja lá onde for, Pasadena não me deixa mentir.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Jurubeba em 29 de Maio de 2015, 17:53:12
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?
Desde que, de fato e de direito, isso se confirme. Se o artigo abaixo for mesmo verídico, foi só mais um empréstimo para um amiguinho do clube bolchevique. Isso não é fomento, é evasão de divisas!

Citar
18/12/2014 às 8:30 \ Cuba
Porto de Mariel: gol de Cingapura, não do Brasil (http://veja.abril.com.br/blog/cacador-de-mitos/2014/12/18/porto-de-mariel-gol-de-cingapura-nao-do-brasil/)

Dilma disse ontem que a reaproximação entre Cuba e os Estados Unidos mostra a importância do Porto de Mariel “para toda a região e para o Brasil”; logo depois brotaram análises afirmando que o financiamento das obras do porto pelo BNDES “foi um golaço do Brasil”.

Que golaço é esse?

O Brasil não será dono do porto de Mariel. Só emprestou mais de 1 bilhão de reais, a fundo perdido e contrato secreto, para a Odebrecht ampliar e modernizar o porto, que pertencerá ao governo cubano.

A situação do governo brasileiro não se altera se o porto ficar às moscas ou se tornar um movimentado centro de cargas. Na melhor das hipóteses, passamos de uma possibilidade ruim (risco do governo cubano dar um calote) para uma situação ok (o empréstimo é pago em dia).

Argumentam que a bolada que emprestamos a Cuba foi uma estratégia para entrar na ilha antes da abertura econômica. Ora, o Brasil já era um parceiro econômico relevante para Cuba muito antes do projeto de Mariel. E aproximações entre países não precisam custar tanto – geralmente envolvem apenas missões comerciais, diplomacia e estratégia das empresas privadas interessadas em entrar no mercado.

Mais que o Brasil, quem deve se dar bem com a excelente notícia da reaproximação é Cingapura. A empresa escolhida pelo proprietário (o governo cubano) para administrar o porto é a PSA International, uma das maiores companhias do pequeno Tigre Asiático. A PSA entrou na jogada sem Cingapura precisar emprestar bilhões a Cuba.

Dá pra entender que, diante de tantas notícias ruins envolvendo o PT, apoiadores se entusiasmem com qualquer possível acerto do governo. Mas é bom tomar cuidado para não dar bola fora.


Saudações
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gaúcho em 29 de Maio de 2015, 17:55:22
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 17:56:18
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?

Como, por exemplo, uma estrada construída na Bolívia com dinheiro brasileiro e superfaturada pelas empreiteiras do Petrolão/mensalão pode gerar exportações, divisas ou impostos em território nacional se nem mesmo o Congresso tem conhecimento das clausulas dos contratos?

Quando os insumos, as maquinas, a mão de obra e a empresa construtora são todas originarias daqui. Se cometeram ilicito é um problema separado. E sempre o problema é Cuba, Bolivia, Venezuela, PT, comunismo... Esse é o verdadeiro problema para você e alguns outros aqui.

OK, não entendo como uma obra que custa 10 vezes mais que o orçamento original pode trazer alguma vantagem ao país, principalmente sabendo que ainda existe o subsídio do BNDES em cada obra superfaturada.

Seja lá onde for, Pasadena não me deixa mentir.

A obra no exterior quem paga é o país tomador do emprestimo.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 29 de Maio de 2015, 17:57:07
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?

Como, por exemplo, uma estrada construída na Bolívia com dinheiro brasileiro e superfaturada pelas empreiteiras do Petrolão/mensalão pode gerar exportações, divisas ou impostos em território nacional se nem mesmo o Congresso tem conhecimento das clausulas dos contratos?

Quando os insumos, as maquinas, a mão de obra e a empresa construtora são todas originarias daqui. Se cometeram ilicito é um problema separado. E sempre o problema é Cuba, Bolivia, Venezuela, PT, comunismo... Esse é o verdadeiro problema para você e alguns outros aqui.

Então procure conhecer realmente o que ocorre com estes contratos. Tenho um cliente que presta serviços para as empreiteiras brasileiras, na área de projetos, e este me informou que em vários contratos há a exigência de fornecimento de insumos e mão-de-obra locais (país em que será feita a obra), em grande escala. Nestes casos, o Brasil envia um pequeno contigente de pessoal e de equipamentos ultra-especializados, somente.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 17:58:02
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?

Como, por exemplo, uma estrada construída na Bolívia com dinheiro brasileiro e superfaturada pelas empreiteiras do Petrolão/mensalão pode gerar exportações, divisas ou impostos em território nacional se nem mesmo o Congresso tem conhecimento das clausulas dos contratos?

Quando os insumos, as maquinas, a mão de obra e a empresa construtora são todas originarias daqui. Se cometeram ilicito é um problema separado. E sempre o problema é Cuba, Bolivia, Venezuela, PT, comunismo... Esse é o verdadeiro problema para você e alguns outros aqui.

OK, não entendo como uma obra que custa 10 vezes mais que o orçamento original pode trazer alguma vantagem ao país, principalmente sabendo que ainda existe o subsídio do BNDES em cada obra superfaturada.

Seja lá onde for, Pasadena não me deixa mentir.

A obra no exterior quem paga é o país tomador do emprestimo.

Me avise quando pagarem o que devem e quando vc souber das clausulas dos contratos.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 29 de Maio de 2015, 17:58:47
Sobre a função do BNDES:

Citação de: Wikipedia
O BNDES é uma entidade componente da administração pública indireta e vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, tendo como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.

Penso que, investindo no exterior, a premissa destacada está totalmente violada.

Saudações

Mesmo que gerem exportações, divisas e impostos em território nacional?

Como, por exemplo, uma estrada construída na Bolívia com dinheiro brasileiro e superfaturada pelas empreiteiras do Petrolão/mensalão pode gerar exportações, divisas ou impostos em território nacional se nem mesmo o Congresso tem conhecimento das clausulas dos contratos?

Quando os insumos, as maquinas, a mão de obra e a empresa construtora são todas originarias daqui. Se cometeram ilicito é um problema separado. E sempre o problema é Cuba, Bolivia, Venezuela, PT, comunismo... Esse é o verdadeiro problema para você e alguns outros aqui.

OK, não entendo como uma obra que custa 10 vezes mais que o orçamento original pode trazer alguma vantagem ao país, principalmente sabendo que ainda existe o subsídio do BNDES em cada obra superfaturada.

Seja lá onde for, Pasadena não me deixa mentir.

A obra no exterior quem paga é o país tomador do emprestimo.

Você realmente acredita nisto?

Então você teve acesso a todos os contratos?


Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 17:58:52
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.

E porque não é para Argentina, Equador, Peru, Angola, Moçambique, etc...? O problema é ideológico sim, e muito. Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Jurubeba em 29 de Maio de 2015, 17:59:35
Quando os insumos, as maquinas, a mão de obra e a empresa construtora são todas originarias daqui. Se cometeram ilicito é um problema separado. E sempre o problema é Cuba, Bolivia, Venezuela, PT, comunismo... Esse é o verdadeiro problema para você e alguns outros aqui.
Não sei se isso se verifica de forma tão direta, até porque obras desse porte requerem equipamentos de grande porte que, se não me engano, não são produzidos no Brasil. E os que são são de grandes multinacionais que exportam dividendos para suas matrizes.

Quanto à mão-de-obra, pode até ser. No entanto, mesmo desconhecendo como se dá o processo de construir algo em outro país, imagino que nenhum governo concordará em que não seja empregada mão-de-obra local para uma obra desse porte. Tampouco uma construtora será ingênua a ponto de custear mão-de-obra brasileira, com toda sua carga tributária, alojar funcionários e tudo o mais sendo que é muito mais negócio contratar os "locais". Imagino que a única mão-de-obra nacional deva ser a de alto nível: Engenheiros, Arquitetos, Administradores e cia...

Saudações
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 29 de Maio de 2015, 18:01:00
[...]
Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?

Porque eles realmente tem sobra de caixa e não precisam aumentar uma já enorme dívida pública como no Brasil?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gaúcho em 29 de Maio de 2015, 18:04:37
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.

E porque não é para Argentina, Equador, Peru, Angola, Moçambique, etc...? O problema é ideológico sim, e muito. Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?

Pra Argentina é um problema, Equador e Peru devem ter um índice de investimentos melhor que o Brasil, Angola é um problema, etc. 

Novamente, não é um problema ideológico.
Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 18:08:29
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.

E porque não é para Argentina, Equador, Peru, Angola, Moçambique, etc...? O problema é ideológico sim, e muito. Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?

Pra Argentina é um problema, Equador e Peru devem ter um índice de investimentos melhor que o Brasil, Angola é um problema, etc. 

Novamente, não é um problema ideológico.

É só você ver o quanto Cuba e Venezuela são citados nesses casos e os outros quase não, e vai ver que é sim um problema ideológico.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 18:10:15
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.

E porque não é para Argentina, Equador, Peru, Angola, Moçambique, etc...? O problema é ideológico sim, e muito. Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?

Pra Argentina é um problema, Equador e Peru devem ter um índice de investimentos melhor que o Brasil, Angola é um problema, etc. 

Novamente, não é um problema ideológico.

É só você ver o quanto Cuba e Venezuela são citados nesses casos e os outros quase não, e vai ver que é sim um problema ideológico.

São dois falidos que receberam grana brasileira em um contratão que pulou por cima do Congresso, por isso são tão citados.

Título: Re:BNDES
Enviado por: _Juca_ em 29 de Maio de 2015, 18:12:19
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.

E porque não é para Argentina, Equador, Peru, Angola, Moçambique, etc...? O problema é ideológico sim, e muito. Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?

Pra Argentina é um problema, Equador e Peru devem ter um índice de investimentos melhor que o Brasil, Angola é um problema, etc. 

Novamente, não é um problema ideológico.

É só você ver o quanto Cuba e Venezuela são citados nesses casos e os outros quase não, e vai ver que é sim um problema ideológico.

São dois falidos que receberam grana brasileira em um contratão que pulou por cima do Congresso, por isso são tão citados.



Então tá, eu acredito.  :umm:
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 29 de Maio de 2015, 18:15:58
Não é ideológico o problema. Como expliquei mais acima, é coisa de idiota. E é para desviar para petistas
Título: Re:BNDES
Enviado por: Buckaroo Banzai em 29 de Maio de 2015, 18:22:43
Cuba e Venezuela são agravantes. Mas pode continuar usando para questionar a motivação de quem é contra a corrupção... :erm:
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 18:29:32
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.

E porque não é para Argentina, Equador, Peru, Angola, Moçambique, etc...? O problema é ideológico sim, e muito. Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?

Pra Argentina é um problema, Equador e Peru devem ter um índice de investimentos melhor que o Brasil, Angola é um problema, etc. 

Novamente, não é um problema ideológico.

É só você ver o quanto Cuba e Venezuela são citados nesses casos e os outros quase não, e vai ver que é sim um problema ideológico.

São dois falidos que receberam grana brasileira em um contratão que pulou por cima do Congresso, por isso são tão citados.



Então tá, eu acredito.  :umm:

Acredite mesmo, são os dois únicos países que receberam grana do BNDES e que tem contratos protegidos por sigilo absoluto, até mesmo o Congresso questiona isso.

Colega, se existe algo tão secreto em um contrato nem mesmo vc ou o Congresso podem dizer que as clausulas foram cumpridas, então é absolutamente falso dizer que isso rendeu alguma vantagem ao país.

Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 18:34:03
Aqui está, Juca:

http://www.alvarodias.com.br/2015/04/aprovado-projeto-que-derruba-o-sigilo-dos-emprestimos-do-bndes/

Citar
Aprovado projeto que derruba o sigilo dos empréstimos do BNDES

Citar
Os membros da Comissão de Relações Exteriores aprovaram, nesta quinta-feira (23), o PLS 26/2014, de autoria do senador Alvaro Dias, que acaba com o sigilo bancário de operações de instituições oficiais de crédito com países estrangeiros. O objetivo da proposição apresentada por Alvaro Dias é o de evitar a repetição de casos como a assinatura de financiamento, com cláusulas secretas, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao governo de Cuba, para modernização do porto de Mariel. Com o projeto, que altera o art. 1° da Lei Complementar n° 105, de 10 de janeiro de 2001, as condições de empréstimos feitos por instituições financeiras públicas brasileiras a Estados estrangeiros deverão ser de conhecimento público.

Não sou eu que afirmo que o contrato é secreto, tiveram até mesmo que aprovar uma lei para quebrar o sigilo.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 29 de Maio de 2015, 18:34:55
será que é retroativo? Se sim.. o bicho vai pegar
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 18:38:52
será que é retroativo? Se sim.. o bicho vai pegar

Espero que sim.

Há muito tempo tentam quebrar esse sigilo sobre o empréstimo.

*Aliás, como esses contratos duram anos ou décadas, mesmo que a lei só permita investigar até a data atual deve ser possível quebrar o sigilo pois o contrato está em vigor.

Pelo menos é o que penso.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 18:48:27
http://www.alvarodias.com.br/2015/05/governo-esconde-informacoes-sobre-emprestimos-do-bndes-mas-irregularidades-comecam-a-aparecer/

Citar
Nas cinco operações que envolvem o Porto Mariel, o prazo de financiamento é de 25 anos com pagamento de 42 parcelas semestrais consecutivas iguais. Já com relação ao empréstimo feito ao governo de Gana, a informação é a de que o prazo de financiamento é de 19 anos e meio com carência de quatro anos. Na página do BNDES, que trata de operações dessa natureza, há a advertência de que o prazo do financiamento a ser concedido pelo exportador ao importador não poderá ultrapassar 15 anos, ressalvando que, no caso de exportação de serviços, o termo inicial para a contagem do prazo de financiamento será definido pelo banco, em função das características da operação. Nos dois casos: Cuba e Gana, o prazo de 15 anos, que é regra do BNDES, foi ignorado”, esclareceu o senador.

Nos links relacionados vcs verão mais notícias, por exemplo, a filha do Lulla lá de Gana tem uma fortuna pessoal de 3 bilhões em um país de miseráveis.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gabarito em 29 de Maio de 2015, 18:49:31
Dilma vetou o fim do sigilo dos contratos do BNDES.
Se deixar como está, a caixa-preta continua.
E esperança é que o Congresso derrube o veto, medida essa que faz parte de uma de suas prerrogativas.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 18:54:13
Dilma vetou o fim do sigilo dos contratos do BNDES.
Se deixar como está, a caixa-preta continua.
E esperança é que o Congresso derrube o veto, medida essa que faz parte de uma de suas prerrogativas.


Um motivo a mais para acreditar que tem falcatrua nisso, quando alguém que ocupa a presidência se empenha tanto para manter contratos secretos é óbvio que ela sabe o que aparecerá quando vier a público.
Título: Re:BNDES
Enviado por: DDV em 29 de Maio de 2015, 19:54:02
Meu sobrinho de 6 anos me pediu pra fazer essa pergunta aqui:

Se os empréstimos do BNDES seriam supostamente vantajosos ao Brasil (pelos motivos alegados anteriormente), por que o sigilo?

Título: Re:BNDES
Enviado por: Fabrício em 29 de Maio de 2015, 20:26:55
Meu sobrinho de 6 anos me pediu pra fazer essa pergunta aqui:

Se os empréstimos do BNDES seriam supostamente vantajosos ao Brasil (pelos motivos alegados anteriormente), por que o sigilo?



Questão de segurança... dos corruptos, claro.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Buckaroo Banzai em 29 de Maio de 2015, 21:33:51
Tsc, tsc, tsc. Essas crianças, como são ingênuas! :biglol:

Mas têm muitos adultos que perguntam o mesmo, isso é triste. :nao2:
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Maio de 2015, 23:47:43
Meu sobrinho de 6 anos me pediu pra fazer essa pergunta aqui:

Se os empréstimos do BNDES seriam supostamente vantajosos ao Brasil (pelos motivos alegados anteriormente), por que o sigilo?


É que esses esquerdinhas não gostam de divulgar seu sucesso pois isso é coisa de gente materialista.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 30 de Maio de 2015, 09:47:33
Meu sobrinho de 6 anos me pediu pra fazer essa pergunta aqui:

Se os empréstimos do BNDES seriam supostamente vantajosos ao Brasil (pelos motivos alegados anteriormente), por que o sigilo?


tenho um de três que perguntou porque tanta gente acha que defender a Petrobras é defender o Brasil e como podem dizer que está indo bem.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 30 de Maio de 2015, 09:52:10
Deveria ser bem óbvio o porquê de ser um problema fazer "empréstimos", a juros baixíssimos, para países como Cuba e Venezuela.

Dica: o problema não é ideológico.

E porque não é para Argentina, Equador, Peru, Angola, Moçambique, etc...? O problema é ideológico sim, e muito. Porque não é problema pra China e outros países despejarem dinheiro nesses e em muitos outros países?

Pra Argentina é um problema, Equador e Peru devem ter um índice de investimentos melhor que o Brasil, Angola é um problema, etc. 

Novamente, não é um problema ideológico.

É só você ver o quanto Cuba e Venezuela são citados nesses casos e os outros quase não, e vai ver que é sim um problema ideológico.

 :histeria:
Quer dizer que se além de Cuba e Venezuela, baita negocião,  emprestassemos para Coréia do Norte e Argentina a reclamação seria ideológica.

Juca responda com sinceridade.  Você compraria títulos da dívida venezuelana com um rendimento de 5% ao ano?  Com seu dinheiro?  Pode por favor responder?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gigaview em 30 de Maio de 2015, 10:29:14
Meu sobrinho de 6 anos me pediu pra fazer essa pergunta aqui:

Se os empréstimos do BNDES seriam supostamente vantajosos ao Brasil (pelos motivos alegados anteriormente), por que o sigilo?



O BNDES financia projetos secretos relacionados com o futuro do planeta em parceria com extraterrestres envolvidos nos assassinatos de Tancredo e JK. Abrir o bico colocaria a Terra em risco.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 30 de Maio de 2015, 11:18:32
E Juca complementando..  Se esse título pudesse ser retirado a partir de 5 anos e em prestações semestrais iguais por 19 anos?

Falando sério...  Responda pf..  Se tiver algo para responder.  Se não acho que devia se abster de fazer comentários meramente ideólogos sem embasamento.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Jurubeba em 30 de Maio de 2015, 14:08:08
Meu sobrinho de 6 anos me pediu pra fazer essa pergunta aqui:

Se os empréstimos do BNDES seriam supostamente vantajosos ao Brasil (pelos motivos alegados anteriormente), por que o sigilo?



O BNDES financia projetos secretos relacionados com o futuro do planeta em parceria com extraterrestres envolvidos nos assassinatos de Tancredo e JK. Abrir o bico colocaria a Terra em risco.
Eu pensei que só eu soubesse desse projeto  :o

Como sou o conspiracionista de plantão, fiquei surpreso ao ver que mais alguém possui essa informação  :susto:

Saudações
Título: Re:BNDES
Enviado por: Azazel em 31 de Maio de 2015, 12:14:39
" O banco só não teve prejuízo porque usou o dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador ... O país estrangeiro vai pagar uma das taxas mais baixas do planeta... A taxa concedida foi bem ( BEM ) menor do que a oferecida no próprio Brasil ...

 http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,bndes-usa-verbas-do-fat-para-subsidiar-empreiteiras-no-exterior,1697462

 Há anos já reconheço que esse país não tem jeito, apenas sinto raiva por ser feito de otário. Por pouco tempo, espero.

 

 
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gabarito em 31 de Maio de 2015, 17:25:38
Porto de Mariel, que os petistas adoecidos falam que é empréstimo e que será integralmente pago de volta.
Mentira.

Citar
Mentira encoberta (http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/governo/entenda-por-que-o-veto-de-dilma-a-transparencia-nos-emprestimos-do-bndes-foi-providencial/)
domingo, 31 de maio de 2015
7:22 \ Governo

(http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/files/2015/05/149-300x168.jpg)
Dilma vetou proposta aprovada no Congresso

Ao vetar o projeto que abriria o sigilo dos contratos do BNDES, Dilma livrou-se de se expor.

Na campanha, num debate na TV, respondeu assim a uma provocação de Aécio Neves sobre o financiamento de 682 milhões de dólares que o BNDES deu para a construção do Porto de Mariel, em Cuba: “As garantias quem dá, não é Cuba. Quem dá a garantia é a empresa brasileira para o BNDES.”

Não é verdade. Em caso de inadimplência do governo de Cuba, o risco é 100% do governo brasileiro e não da Odebrecht, empreiteira que ergue o porto.

Com o veto de Dilma, no entanto, tal fato só virá a público daqui a duas décadas.


Comentário de um dos leitores:
Citar
É o contrato perfeito: a Odebrecht ganha quando ganha e ganha quando perde.
Coitada dessa senhora, já avó, se expondo a toda uma nação como mentirosa patológica...
Título: Re:BNDES
Enviado por: Buckaroo Banzai em 31 de Maio de 2015, 18:47:41
E o Mais Médicos? Quanto o Brasil estaria pagando para contratar médicos sob condições capitalistas/voluntárias? É uma troca, capitalista, de certa forma.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gaúcho em 02 de Junho de 2015, 17:34:06
BNDES passa a divulgar taxa de juros e garantias de contratos no exterior
Entre 2007 e 2015, contratos de US$ 11,9 bilhões estão na internet.
Valores englobam contratos com 42 países, incluindo Cuba e Angola.


Leia mais... (http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/06/bndes-passa-divulgar-taxa-juros-e-garantias-de-contratos-no-exterior.html)
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 02 de Junho de 2015, 18:30:37
BNDES passa a divulgar taxa de juros e garantias de contratos no exterior
Entre 2007 e 2015, contratos de US$ 11,9 bilhões estão na internet.
Valores englobam contratos com 42 países, incluindo Cuba e Angola.


Leia mais... (http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/06/bndes-passa-divulgar-taxa-juros-e-garantias-de-contratos-no-exterior.html)

E como sempre, logo alguém descobrirá que tem coisa no meio disso.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:09:08
Citar
Consulta feita pelo G1 no BNDES Transparente mostra que o banco público emprestou recursos para a construção do Porto Mariel, em Cuba, obra contestada por parlamentares de oposição, mostra que o banco público cobrou taxas de juros de 4,44% a 6,91% ao ano - inferiores a contratos de operações de crédito no Brasil.
Geralmente, os contratos do BNDES para empresas nacionais tem por base de partida a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), atualmente em 6% ao ano, acrescida de uma taxa de risco. No caso do do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), que geralmente conta com juros subsidiados, as taxas começam em 6,5% ao ano.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:10:47
Legal o governo pega a 13% aa e passa para Cuba a 5%
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:12:48
Eu pergunto novamente a quem apóia essa aberração.  Voces comprariam títulos da dívida pública cubana com juro de 5% aa com  prazo de resgate mínimo de 5 anos?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Barata Tenno em 02 de Junho de 2015, 21:17:27
Mais o imposto pago pela construtora que é brasileira.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:20:32
Continua sendo péssimo para o país
Título: Re:BNDES
Enviado por: Barata Tenno em 02 de Junho de 2015, 21:24:34
Conta extremamente fictícia e superficial.

Governo brasileiro empresta 1000 reais. Paga 15% de juros por ano e recebe 5% de juros ao ano. em 10 meses pagou 1150 e recebeu 1050.
Ta perdendo. Mas o dinheiro foi emprestado pra pagar uma empresa brasileira que paga impostos no Brasil.
A empreiteira recebe 1000, paga 15% de impostos.

No final o governo Brasileiro pagou 1150 e recebeu os 1050 e mais 150 de impostos, totalizando 1200.

Valores fictícios só pra ilustrar meu ponto.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:36:25
Seu ponto está errado. Muito errado.

Eu já escrevi isso Baratta.. você realmente não entende que NÃO somos a china com infra-estrutura de sobra para dar dinheiro aos outros COM AS CONTRAPARTIDAS ADEQUADAS e não como fizemos (alias os chineses que vão operar o porto)

Só para pegar o mais óbvio do seu erro.. sem contar a conta.. quanto isso poderia gerar de infraestrutura no brasil, que é tão carente. Que além dos impostos, íamos aumentar a produtividade e os empregos perenes na operação da nova infra??

já escrevi isso e coloquei mais pontos.. você está todo errado
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:37:28
Sem contar que só um bêbado iria emprestar dinheiro para Cuba nessas condições
Título: Re:BNDES
Enviado por: Barata Tenno em 02 de Junho de 2015, 21:41:26
Seu ponto está errado. Muito errado.

Eu já escrevi isso Baratta.. você realmente não entende que NÃO somos a china com infra-estrutura de sobra para dar dinheiro aos outros COM AS CONTRAPARTIDAS ADEQUADAS e não como fizemos (alias os chineses que vão operar o porto)

Só para pegar o mais óbvio do seu erro.. sem contar a conta.. quanto isso poderia gerar de infraestrutura no brasil, que é tão carente. Que além dos impostos, íamos aumentar a produtividade e os empregos perenes na operação da nova infra??

já escrevi isso e coloquei mais pontos.. você está todo errado

Você não refutou meu ponto, apenas apresentou outro ponto que é a necessidade maior de investimentos no Brasil. O meu ponto esta certo e o seu novo ponto também, você estava errado em reclamar da diferença nas taxas de juros.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:47:08
Não estava errado, pois se você sabe o mínimo de Juro, ele envolve um risco, que tem que ser ajustado pelo tempo e varia de acordo com o tomador (RAROC)

A decisão é errado na taxa do juro, risco do crédito, estrategicamente e financeiramente.

Título: Re:BNDES
Enviado por: Barata Tenno em 02 de Junho de 2015, 21:51:35
Não estava errado, pois se você sabe o mínimo de Juro, ele envolve um risco, que tem que ser ajustado pelo tempo e varia de acordo com o tomador (RAROC)

A decisão é errado na taxa do juro, risco do crédito, estrategicamente e financeiramente.



Ok, coloque a conta aqui e demonstre que existe prejuízo no resultado final.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 21:59:03
Não é assim que se mede investimentos. Você precisa primeiro aprender o mínimo.

O risco de crédito para cuba foi tratado das seguintes maneiras
-  Reflexo na taxa, colaterais e seguro?

- Foi um investimento estratégico para o Brasil, isto é, o dinheiro poderia gerar mais riqueza, produtividade e empregos se fosse realizado aqui?

- O brasil tem disponibilidade de capital a ponto de considerar esse valor irrelevante para outros investimentos estratégicos?

- Quais outros cenários poderiam ter resultado desse investimento?

Todas essas respostas tem que ser dadas, e a resposta final, se o investimento foi adequado ou não, é sempre um esforço comparativo entre suas possibilidades de investimento.

O investimento foi um lixo para qualquer um que conheça o mínimo de investimentos
Título: Re:BNDES
Enviado por: Barata Tenno em 02 de Junho de 2015, 22:16:21
Estamos falando de juros, contas, números. Você disse que meu raciocínio estava errado. Demonstre matematicamente ou cale-se, ficar colocando outros pontos em que eu não cheguei nem perto de considerar não demonstra bolotas.

Deveria investir em outro lugar? Não me interessa, não entrei nesse ponto.
Estratégico? Não me interessa, não entrei nesse ponto.
Outros cenários? Não me interessa, não entrei nesse ponto.
bla bla bla? Não me interessa, não entrei nesse ponto.
O Brasil vai ter prejuízo por causa dos juros? Ok, me interessa, demonstre.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 22:19:14
então você simplesmente não entrou nos pontos corretos, apenas no errado. O que define um bom negócio ou não não é apenas um bottom line de uma conta otimista (como se todos os pagamentos fossem feitos)..

Você disse que ia avaliar e fez uma conta de jardim.

Outro ponto.. mesmo suas premissas simples estão erradas.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Barata Tenno em 02 de Junho de 2015, 22:26:00
Estou esperando as contas, só vejo bla bla bla.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 02 de Junho de 2015, 23:11:25
ta bom, se não entendeu, não irá... abs
Título: Re:BNDES
Enviado por: O Grande Capanga em 02 de Junho de 2015, 23:24:49
(http://i0.wp.com/www.canalgama.com.br/wp-content/uploads/2014/01/Tuminha-e-Sakamori.png)
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 02 de Junho de 2015, 23:48:32
Conta extremamente fictícia e superficial.

Governo brasileiro empresta 1000 reais. Paga 15% de juros por ano e recebe 5% de juros ao ano. em 10 meses pagou 1150 e recebeu 1050.
Ta perdendo. Mas o dinheiro foi emprestado pra pagar uma empresa brasileira que paga impostos no Brasil.
A empreiteira recebe 1000, paga 15% de impostos.

No final o governo Brasileiro pagou 1150 e recebeu os 1050 e mais 150 de impostos, totalizando 1200.

Valores fictícios só pra ilustrar meu ponto.

Em vários segmentos de atuação, as empresas brasileiras que trabalham no exterior pagam menos imposto que as que estão por aqui, mesmo considerando o aspecto de recolhimento centralizado pela matriz. E alguns são isentos. Para verificar a situação seria necessário verificar cada contrato.

Minha opinião: Eu acho que todas as que são 'amigas do rei' obtiveram ou redução ou isenção de impostos. Evidência: O sigilo dos contratos.

E, do seu exemplo hipotético, quem paga o spread negativo (10%) é a população, via impostos, para cobrir o déficit do Tesouro Nacional.

Minha opinião: Este tipo de negócio é ótimo para as empresas e para o 'governo de plantão'. É ruim para o estado e péssimo para a população.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 03 de Junho de 2015, 06:58:11
Mais o imposto pago pela construtora que é brasileira.

Se a obra fosse no Brasil e gerasse empregos no Brasil tb pagaria impostos.

E nós faríamos uso dela ao invés de deixar mercadorias apodrecendo na fila e encarecendo os produtos.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 03 de Junho de 2015, 22:31:33
Conta extremamente fictícia e superficial.

Governo brasileiro empresta 1000 reais. Paga 15% de juros por ano e recebe 5% de juros ao ano. em 10 meses pagou 1150 e recebeu 1050.
Ta perdendo. Mas o dinheiro foi emprestado pra pagar uma empresa brasileira que paga impostos no Brasil.
A empreiteira recebe 1000, paga 15% de impostos.

No final o governo Brasileiro pagou 1150 e recebeu os 1050 e mais 150 de impostos, totalizando 1200.

Valores fictícios só pra ilustrar meu ponto.

Alias bicho, você colocou o imposto devido ao país financiado por crédito público como parte da amortização do empréstimo  :histeria:

Bom, são US$ 13BI para ditaduras, 80% para contratos Odebrecht.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gabarito em 03 de Junho de 2015, 22:36:04
Citar
BNDES ofereceu a Cuba condições vantajosas para financiamento (http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/06/1637228-bndes-ofereceu-a-cuba-condicoes-vantajosas-para-financiamento.shtml)
RAQUEL LANDIM
DE SÃO PAULO
BRUNO VILLAS BOAS
DO RIO
03/06/2015 02h00

[...]

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) ofereceu a Cuba condições vantajosas no financiamento do porto de Mariel, a 40 quilômetros de Havana, incluindo um prazo de 25 anos para pagar.

[...]

O empréstimo cubano teve o prazo mais longo entre as obras financiadas fora do país –a maioria perto de 15 anos.

As taxas de juros dos cinco empréstimos disponíveis no site do BNDES, que totalizaram US$ 682 milhões (R$ 2,1 bilhões), variam entre 4,44% e 6,91% ao ano. A obra é realizada pela construtora brasileira Odebrecht.

O financiamento do porto –trunfo do regime comunista dos irmãos Raúl e Fidel Castro– foi objeto de controvérsia na eleição de 2014. A oposição acusou o governo do PT de favorecer Cuba.

Para especialistas ouvidos pela Folha, as condições do empréstimo são "normais" para o tamanho e a complexidade da obra, mas se tornam "atípicas" para o perfil de risco da ilha, que não acessa o mercado de capitais.

Cuba é um dos países com pior nota de risco de crédito do mundo, com Venezuela e Paquistão. Cálculo do professor Aswath Damodaran, da Universidade de Nova York, diz que o país deveria pagar juros de 11% a 12% ao ano.

[...]


Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 04 de Junho de 2015, 09:45:08
Vale a pena ver o vídeo:

Joice Hasselman

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/bndes-transparencia-em-cinquenta-tons-de-cinza-escuro

O grosso dos empréstimo do BNDES para o exterior foram para cinco países e cinco empreiteiras.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Pilantrólogo em 04 de Junho de 2015, 10:20:43
Vale a pena ver o vídeo:

Joice Hasselman

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/bndes-transparencia-em-cinquenta-tons-de-cinza-escuro

O grosso dos empréstimo do BNDES para o exterior foram para cinco países e cinco empreiteiras.

Porque usar como referência uma fonte desonesta e manipuladora como a Veja.com do Grupo Abril?
Tem a ver com o principio do "inimigo do meu inimigo é meu amigo", ainda que o inimigo use táticas moralmente questionáveis?

Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 04 de Junho de 2015, 10:37:07
Vale a pena ver o vídeo:

Joice Hasselman

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/bndes-transparencia-em-cinquenta-tons-de-cinza-escuro

O grosso dos empréstimo do BNDES para o exterior foram para cinco países e cinco empreiteiras.

Porque usar como referência uma fonte desonesta e manipuladora como a Veja.com do Grupo Abril?
Tem a ver com o principio do "inimigo do meu inimigo é meu amigo", ainda que o inimigo use táticas moralmente questionáveis?

A parte descritiva da reportagem está correta ou não?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Pilantrólogo em 04 de Junho de 2015, 12:06:05
Vale a pena ver o vídeo:

Joice Hasselman

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/bndes-transparencia-em-cinquenta-tons-de-cinza-escuro

O grosso dos empréstimo do BNDES para o exterior foram para cinco países e cinco empreiteiras.

Porque usar como referência uma fonte desonesta e manipuladora como a Veja.com do Grupo Abril?
Tem a ver com o principio do "inimigo do meu inimigo é meu amigo", ainda que o inimigo use táticas moralmente questionáveis?

A parte descritiva da reportagem está correta ou não?

A parte descritiva é um samba do criolo doido. Como de costume, é uma mistura de dados reais e erros (propositais) de julgamento (ou mentiras, se o senhor preferir)
Exemplo: O trecho em que eles mencionam Cuba (à partir de 11m58s):

Joice Halsselmann: Que garantias daria um governo como o de Cuba, né? Vou oferece aqui a minha filha, minha mãe e meu cachorro. Não dá né, gente? Então, quando você tem um dinheiro que corre...
Carlos Graieb: Um país que não tem economia.
Joice Halsselmann: Sim. ...que corre o risco de não chegar, logo o juro é mais alto. É assim que funciona o mercado.

Hein? Cuba é um país que não tem economia? Um país com um PIB de US$ 72 bilhões, que exporta remédios, produtos agricolas, bebidas e outros não tem economia? https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/cu.html (https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/cu.html)

Em seguida vem uma declaração falaciosa (à partir de 14m53s):

Carlos Graieb: Ah, então... a conta curiosa, né? Esses 640... esses 682 milhões de dólares é... despejados em Cuba, eu fiz a conta aqui é... conta
Joice Halsselmann: Conta de Padaria.
Carlos Graieb: De Padaria. Exatamente... Daria mais ou menos 2 bilhões de Reais. Com esses 2 bilhões de Reais você poderia construir 14 hospitais com 250 leitos ou 1400 UPAs, as tais unidade de atendimento para áreas carentes, certo? Você tá dando dinheirinho a preço camarada pro exterior e você tá deixando de investir em coisas que são preciosas pro Brasil. Pra privilegiar 5 grandes emprenteiras, que a gente sabe aí no que elas tão metidas, certo? Pra privilegiar governos amigos. Então é uma história... é mais uma daquelas histórias tristes.
Joice Halsselmann: Você prefere aí o Porto de Mariel em Cuba ou você prefere 14 hospitais novinhos, ãhn?

Por favor... Novamente o uso da tríade escolas, (nesse caso) hospitais e casas populares para avaliar se um investimento é bom ou mau? 
Nada impede o governo de investir 2 bilhões de Reais em hospitais enquanto também investe no porto de Cuba. Esse comparativo não cola. É uma tática sem-vergonha para mexer no sentimento alheio, e que visa tão somente associar o investimento no dito porto à precariedade do sistema de saúde pública do país, enquanto que esse não é o caso.

Tocando no mérito da omissão de informações, na qual o Grupo Abril tem PhD, ainda há a declaração feita por Joice Halsselmann (em 14m15s) sobre o "coleguismo do governo do PT com os bolivarianos, com os governos ditadores", em que ela convenientemente (é claro!) deixa de citar a aproximação do governo dos E.U.A.,[sarcasmo on] o grande modelo de desenvovlmento das americas [sarcasmo off], com Cuba.
Se até os americanos estão na linha de reaproximação, realmente deve ser uma péssima idéia investir na infraestutura de Cuba pra manter uma boa relação com aquele país.   
(Sim. Eu sei que durante a revolução Cubana investimentos estrageiros foram retidos e das consequências dessa ação. Porém, esse fato ocorreu na década de 50, já estamos aí duas gerações à diante e a abertura da economia do país é iminiente. Salvo sobre apresentação de evidência contrária, não há indicação de que Raul Castro ou Miguel Díaz-Canel (cotado com sucessor de Raul) queiram repetir a dose e arriscar outro embargo.)   

E por aí vai.

Então... Qualquer coisa que venha do Grupo Abril, para mim, deve ser tomado com um quilo de sal.
Ou melhor: Reserva-se ao grupo um bem merecido ostracísmo.

Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 04 de Junho de 2015, 12:31:17
Vale a pena ver o vídeo:

Joice Hasselman

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/bndes-transparencia-em-cinquenta-tons-de-cinza-escuro

O grosso dos empréstimo do BNDES para o exterior foram para cinco países e cinco empreiteiras.

Porque usar como referência uma fonte desonesta e manipuladora como a Veja.com do Grupo Abril?
Tem a ver com o principio do "inimigo do meu inimigo é meu amigo", ainda que o inimigo use táticas moralmente questionáveis?



Já que o BNDES supostamente abriu seus dados vc pode verificar isso no site dele, não precisa acreditar na palavra de alguém.

Mas tenho uma pergunta a vc, já que o BNDES empresta dinheiro a países estrangeiros com taxas tão camaradas, vc pode explicar por qual motivo o grosso dos empréstimos foi feito para as empreiteiras envolvidas com o Petrolão?

Título: Re:BNDES
Enviado por: Johnny Cash em 04 de Junho de 2015, 12:31:33
Pilantrólogo, recomendo que leia os debates recentes e enfadonhos que aconteceram por aqui no fórum sobre questionamento de fontes.

Agora uma pergunta, só pra eu sacar: pode citar 10 "fontes confiáveis" nacionais que versam sobre política?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Pilantrólogo em 04 de Junho de 2015, 13:35:05
Pilantrólogo, recomendo que leia os debates recentes e enfadonhos que aconteceram por aqui no fórum sobre questionamento de fontes.

Agora uma pergunta, só pra eu sacar: pode citar 10 "fontes confiáveis" nacionais que versam sobre política?

Estou fora do Brasil desde 2007 e não tenho acompanhado muito o desenvolvimento do cenário das publicações nacionais.
Assinei a Revista Piauí entre 2006 e 2007 e na época gostei. Não sei como estão agora.
Meu contato mais recente com uma "publicação" brasileira ocorreu entre Novembro de 2014 e Março desse ano, período em que lí o conteúdo do DCM (http://diariodocentrodomundo.com.br/ (http://diariodocentrodomundo.com.br/)). De março para cá, entretanto, os artigos publicados vêm refletindo o desagrado patológico que o editor chefe e seus parceiros desenvolveram contra a família Marinho, a família Civita e o PSDB. Tudo bem que nenhum dos citados é flor que se cheire mas, à partir do momento que adjetivos como imbecil, idiota, cretino e cia. são utilizados, a matéria deixa de ser jornalismo e vira conversa de boteco.

Bottom line: Não tenho como citar fontes confiáveis pois as desconheço. Gostaria, contudo, de conhecer alguma que seja. Sei apenas que a Veja, em qualquer dos seus formatos, não é uma delas.
Então eu te pergunto, também "só pra eu sacar": pode citar apenas 3 "fontes confiáveis" nacionais que versam sobre política?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Pilantrólogo em 04 de Junho de 2015, 14:09:52
...
...

Já que o BNDES supostamente abriu seus dados vc pode verificar isso no site dele, não precisa acreditar na palavra de alguém.

Mas tenho uma pergunta a vc, já que o BNDES empresta dinheiro a países estrangeiros com taxas tão camaradas, vc pode explicar por qual motivo o grosso dos empréstimos foi feito para as empreiteiras envolvidas com o Petrolão?

Sim. Os dados estão lá. E para ser desonesto e manipulador não é necessário mentir de cabo a rabo.

Não posso explicar o motivo pois especulação não é minha área. Seja lá qual(is) tenha(m) sido, quando e se algum dia isso for apurado, eu gostaria de saber.
 
Título: Re:BNDES
Enviado por: Johnny Cash em 04 de Junho de 2015, 14:32:40
Pilantrólogo, recomendo que leia os debates recentes e enfadonhos que aconteceram por aqui no fórum sobre questionamento de fontes.

Agora uma pergunta, só pra eu sacar: pode citar 10 "fontes confiáveis" nacionais que versam sobre política?

Estou fora do Brasil desde 2007 e não tenho acompanhado muito o desenvolvimento do cenário das publicações nacionais.
Assinei a Revista Piauí entre 2006 e 2007 e na época gostei. Não sei como estão agora.
Meu contato mais recente com uma "publicação" brasileira ocorreu entre Novembro de 2014 e Março desse ano, período em que lí o conteúdo do DCM (http://diariodocentrodomundo.com.br/ (http://diariodocentrodomundo.com.br/)). De março para cá, entretanto, os artigos publicados vêm refletindo o desagrado patológico que o editor chefe e seus parceiros desenvolveram contra a família Marinho, a família Civita e o PSDB. Tudo bem que nenhum dos citados é flor que se cheire mas, à partir do momento que adjetivos como imbecil, idiota, cretino e cia. são utilizados, a matéria deixa de ser jornalismo e vira conversa de boteco.

Bottom line: Não tenho como citar fontes confiáveis pois as desconheço. Gostaria, contudo, de conhecer alguma que seja. Sei apenas que a Veja, em qualquer dos seus formatos, não é uma delas.
Então eu te pergunto, também "só pra eu sacar": pode citar apenas 3 "fontes confiáveis" nacionais que versam sobre política?

Óbvio que não posso, pq eu não caio nessa cilada de ficar "que b*sta de fonte!!!!11!!". Simplesmente não perco meu tempo.

Embora eu ache que seja possível sim ter expectativa acercado tipo de conteúdo que uma determinada fonte produz.

A sua crítica sobre a fonte ser a Veja, que é mesmo um veículo normalmente enviesado e que apresenta uma linha ideológica, é rasa e padrão. Padrão mesmo, e existe até igual pra mídias enviesadas para o outro lado do espectro ideológico. Abra o Facebook e veja uma porrada dessas, em linha.

Repito a recomendação, leia o debate recente e enfadonho que aconteceu por aqui sobre o mesmo tema.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Pilantrólogo em 04 de Junho de 2015, 15:04:45
...
...

Óbvio que não posso, pq eu não caio nessa cilada de ficar "que b*sta de fonte!!!!11!!". Simplesmente não perco meu tempo.

Embora eu ache que seja possível sim ter expectativa acercado tipo de conteúdo que uma determinada fonte produz.

A sua crítica sobre a fonte ser a Veja, que é mesmo um veículo normalmente enviesado e que apresenta uma linha ideológica, é rasa e padrão. Padrão mesmo, e existe até igual pra mídias enviesadas para o outro lado do espectro ideológico. Abra o Facebook e veja uma porrada dessas, em linha.

Repito a recomendação, leia o debate recente e enfadonho que aconteceu por aqui sobre o mesmo tema.

Bom... Eu apenas perguntei (1)o porquê da escolha dessa fonte em particular e (2)se o caso se encaixava no principio que mencionei, esse sim, ao meu ver, raso.
O forista Geotecton me perguntou se a parte descritiva da reportagem estava errada e, em seguida, eu apontei algumas inconsistências.
Não entrei no mérito do viés ideológico da fonte. Foquei apenas naquilo que mais me incomoda com relação à Veja, que é a desonestidade intelectual.

Quando eu tiver tempo, verei o debate aqui do grupo.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 04 de Junho de 2015, 15:29:56
...
...

Já que o BNDES supostamente abriu seus dados vc pode verificar isso no site dele, não precisa acreditar na palavra de alguém.

Mas tenho uma pergunta a vc, já que o BNDES empresta dinheiro a países estrangeiros com taxas tão camaradas, vc pode explicar por qual motivo o grosso dos empréstimos foi feito para as empreiteiras envolvidas com o Petrolão?

Sim. Os dados estão lá. E para ser desonesto e manipulador não é necessário mentir de cabo a rabo.

Não posso explicar o motivo pois especulação não é minha área. Seja lá qual(is) tenha(m) sido, quando e se algum dia isso for apurado, eu gostaria de saber.
 

Bom, não acredito em coincidências, basta saber que boa parte desses "investimentos" foram feitos em ditaduras onde não existe modo de ser investigados por alguma autoridade brasileira, basta saber que a presidenta/gerenta/ generala fez de tudo para impedir que as informações se tornassem públicas, basta saber que as maiores beneficiadas foram as empreiteiras do Petrolão e vc saberá que essas "obras" são só uma escala no caminho para enviar grana suja para o exterior.

Simples assim.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 06 de Junho de 2015, 15:23:40
Seu ponto está errado. Muito errado.

Eu já escrevi isso Baratta.. você realmente não entende que NÃO somos a china com infra-estrutura de sobra para dar dinheiro aos outros COM AS CONTRAPARTIDAS ADEQUADAS e não como fizemos (alias os chineses que vão operar o porto)

Só para pegar o mais óbvio do seu erro.. sem contar a conta.. quanto isso poderia gerar de infraestrutura no brasil, que é tão carente. Que além dos impostos, íamos aumentar a produtividade e os empregos perenes na operação da nova infra??

já escrevi isso e coloquei mais pontos.. você está todo errado

Alias lendo a folha os especialistas concordam comigo. Só para apimentar mais advinha quem garante o calote se, daqui a 10 anos, Cuba não pagar?

O TESOURO BRASILEIRO.

Deixa eu dizer algo para os petistas se eles não entenderam. O PT seu dinheiro para Cuba e fez essa obra apenas para desviar dinheiro para seus líderes.

FATO. Se não entendem peço que tentem reavaliar sua ideologia.

Cuba SEQUER consegue emitir títulos ou pegar empréstimos porque não tem credit score válido mas hipoteticamente deveria ser mais de 12 aa   

Ou seja, demos dinheiro para fidel e para corja petista ao custo de 4 aa para o primeiro pagamento em 10 anos com a garantia de crédito dada pelo TESOURO BRASILEIRO e à custa de destruir ainda mais nossa carente infraestrutura.

Só isso era suficiente para prender o resto dos petistas soltos.

Bando de bandidos canalhas.

Algum petista ou o Barata ainda querem defender essa aberração ?
Título: Re:BNDES
Enviado por: Moro em 05 de Julho de 2015, 14:13:45
Vale a pena ver o vídeo:

Joice Hasselman

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/bndes-transparencia-em-cinquenta-tons-de-cinza-escuro

O grosso dos empréstimo do BNDES para o exterior foram para cinco países e cinco empreiteiras.

Porque usar como referência uma fonte desonesta e manipuladora como a Veja.com do Grupo Abril?
Tem a ver com o principio do "inimigo do meu inimigo é meu amigo", ainda que o inimigo use táticas moralmente questionáveis?

A parte descritiva da reportagem está correta ou não?

A parte descritiva é um samba do criolo doido. Como de costume, é uma mistura de dados reais e erros (propositais) de julgamento (ou mentiras, se o senhor preferir)
Exemplo: O trecho em que eles mencionam Cuba (à partir de 11m58s):

Joice Halsselmann: Que garantias daria um governo como o de Cuba, né? Vou oferece aqui a minha filha, minha mãe e meu cachorro. Não dá né, gente? Então, quando você tem um dinheiro que corre...
Carlos Graieb: Um país que não tem economia.
Joice Halsselmann: Sim. ...que corre o risco de não chegar, logo o juro é mais alto. É assim que funciona o mercado.

Hein? Cuba é um país que não tem economia? Um país com um PIB de US$ 72 bilhões, que exporta remédios, produtos agricolas, bebidas e outros não tem economia? https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/cu.html (https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/cu.html)

Em seguida vem uma declaração falaciosa (à partir de 14m53s):

Carlos Graieb: Ah, então... a conta curiosa, né? Esses 640... esses 682 milhões de dólares é... despejados em Cuba, eu fiz a conta aqui é... conta
Joice Halsselmann: Conta de Padaria.
Carlos Graieb: De Padaria. Exatamente... Daria mais ou menos 2 bilhões de Reais. Com esses 2 bilhões de Reais você poderia construir 14 hospitais com 250 leitos ou 1400 UPAs, as tais unidade de atendimento para áreas carentes, certo? Você tá dando dinheirinho a preço camarada pro exterior e você tá deixando de investir em coisas que são preciosas pro Brasil. Pra privilegiar 5 grandes emprenteiras, que a gente sabe aí no que elas tão metidas, certo? Pra privilegiar governos amigos. Então é uma história... é mais uma daquelas histórias tristes.
Joice Halsselmann: Você prefere aí o Porto de Mariel em Cuba ou você prefere 14 hospitais novinhos, ãhn?

Por favor... Novamente o uso da tríade escolas, (nesse caso) hospitais e casas populares para avaliar se um investimento é bom ou mau? 
Nada impede o governo de investir 2 bilhões de Reais em hospitais enquanto também investe no porto de Cuba. Esse comparativo não cola. É uma tática sem-vergonha para mexer no sentimento alheio, e que visa tão somente associar o investimento no dito porto à precariedade do sistema de saúde pública do país, enquanto que esse não é o caso.

Tocando no mérito da omissão de informações, na qual o Grupo Abril tem PhD, ainda há a declaração feita por Joice Halsselmann (em 14m15s) sobre o "coleguismo do governo do PT com os bolivarianos, com os governos ditadores", em que ela convenientemente (é claro!) deixa de citar a aproximação do governo dos E.U.A.,[sarcasmo on] o grande modelo de desenvovlmento das americas [sarcasmo off], com Cuba.
Se até os americanos estão na linha de reaproximação, realmente deve ser uma péssima idéia investir na infraestutura de Cuba pra manter uma boa relação com aquele país.   
(Sim. Eu sei que durante a revolução Cubana investimentos estrageiros foram retidos e das consequências dessa ação. Porém, esse fato ocorreu na década de 50, já estamos aí duas gerações à diante e a abertura da economia do país é iminiente. Salvo sobre apresentação de evidência contrária, não há indicação de que Raul Castro ou Miguel Díaz-Canel (cotado com sucessor de Raul) queiram repetir a dose e arriscar outro embargo.)   

E por aí vai.

Então... Qualquer coisa que venha do Grupo Abril, para mim, deve ser tomado com um quilo de sal.
Ou melhor: Reserva-se ao grupo um bem merecido ostracísmo.


segui o link. Cuba não tem economia no sentido capitalista nem acesso a credit score para receber empréstimos.

Não entendi dentro de todas as denúncias que ela fez com os petistas, que se mostraram corretas , como esse diálogo de alguma maneira pode tirar a credibilidade de suas investigações
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gaúcho em 10 de Agosto de 2017, 17:38:27
Tudo pelo social.

Citar
SALÁRIO MÉDIO NO BNDES CHEGA A 80 MIL

Informações preliminares que motivaram a auditoria do TCU indicam que o salário médio de um funcionário do BNDES, bancário mesmo, chegaria a R$ 80 mil por mês.

Há diversos penduricalhos e o lucro do banco vira salário em acordos coletivos com o sindicato.

http://www.oantagonista.com/posts/salario-medio-no-bndes-chega-a-80-mil
Título: Re:BNDES
Enviado por: Buckaroo Banzai em 10 de Agosto de 2017, 18:58:56
Esquisito esse botão de ir para a última mensagem levar para última mensagem de um forista banido. Por um momento você pensa que houve desbanimento.



Tudo pelo social.

Citar
SALÁRIO MÉDIO NO BNDES CHEGA A 80 MIL

Informações preliminares que motivaram a auditoria do TCU indicam que o salário médio de um funcionário do BNDES, bancário mesmo, chegaria a R$ 80 mil por mês.

Há diversos penduricalhos e o lucro do banco vira salário em acordos coletivos com o sindicato.

http://www.oantagonista.com/posts/salario-medio-no-bndes-chega-a-80-mil

Sempre a inveja coxinha. Presta concurso, rala, conquista sua vaga. Não defende meritocracia?

E depois ainda reclama de funcionalismo. Quanto mais vagas no serviço público houvesse, maiores seriam as chances, mas os frustrados sabem que não têm chance e querem a todo custo acabar com aqueles que por seu mérito, conquistaram algo melhor. Mesmo sendo contra a constituição reduzir a quantidade de servidores do povo. "Se eu não posso, ninguém pode! Dane-se os que conseguiram, e dane-se o social!"
Título: Re:BNDES
Enviado por: JJ em 11 de Agosto de 2017, 10:42:15
Esquisito esse botão de ir para a última mensagem levar para última mensagem de um forista banido. Por um momento você pensa que houve desbanimento.

Tudo pelo social.

Citar
SALÁRIO MÉDIO NO BNDES CHEGA A 80 MIL

Informações preliminares que motivaram a auditoria do TCU indicam que o salário médio de um funcionário do BNDES, bancário mesmo, chegaria a R$ 80 mil por mês.

Há diversos penduricalhos e o lucro do banco vira salário em acordos coletivos com o sindicato.

http://www.oantagonista.com/posts/salario-medio-no-bndes-chega-a-80-mil

Sempre a inveja coxinha. Presta concurso, rala, conquista sua vaga. Não defende meritocracia?

E depois ainda reclama de funcionalismo. Quanto mais vagas no serviço público houvesse, maiores seriam as chances, mas os frustrados sabem que não têm chance e querem a todo custo acabar com aqueles que por seu mérito, conquistaram algo melhor. Mesmo sendo contra a constituição reduzir a quantidade de servidores do povo. "Se eu não posso, ninguém pode! Dane-se os que conseguiram, e dane-se o social!"



Se o governo quisesse ele poderia abrir 14.000.000 (catorze milhões)  de vagas no serviço público, e pagando R$20.000,00 por mês,  assim estaria resolvido o problema do desemprego. E com esses bons salários ainda teríamos de bônus um um aumento no consumo e nas vendas, o que geraria mais necessidade de empregos nas fábricas, ou seja teríamos um ciclo virtuoso de geração de empregos e crescimento econômico.

Título: Re:BNDES
Enviado por: Lorentz em 11 de Agosto de 2017, 10:46:27
Esquisito esse botão de ir para a última mensagem levar para última mensagem de um forista banido. Por um momento você pensa que houve desbanimento.

Tudo pelo social.

Citar
SALÁRIO MÉDIO NO BNDES CHEGA A 80 MIL

Informações preliminares que motivaram a auditoria do TCU indicam que o salário médio de um funcionário do BNDES, bancário mesmo, chegaria a R$ 80 mil por mês.

Há diversos penduricalhos e o lucro do banco vira salário em acordos coletivos com o sindicato.

http://www.oantagonista.com/posts/salario-medio-no-bndes-chega-a-80-mil

Sempre a inveja coxinha. Presta concurso, rala, conquista sua vaga. Não defende meritocracia?

E depois ainda reclama de funcionalismo. Quanto mais vagas no serviço público houvesse, maiores seriam as chances, mas os frustrados sabem que não têm chance e querem a todo custo acabar com aqueles que por seu mérito, conquistaram algo melhor. Mesmo sendo contra a constituição reduzir a quantidade de servidores do povo. "Se eu não posso, ninguém pode! Dane-se os que conseguiram, e dane-se o social!"



Se o governo quisesse ele poderia abrir 14.000.000 (catorze milhões)  de vagas no serviço público, e pagando R$20.000,00 por mês,  assim estaria resolvido o problema do desemprego. E com esses bons salários ainda teríamos de bônus um um aumento no consumo e nas vendas, o que geraria mais necessidade de empregos nas fábricas, ou seja teríamos um ciclo virtuoso de geração de empregos e crescimento econômico.



Caramba, JJ! Você acertou em cheio. Esta curado!

Ou aprendeu bem com o Ciro Gomes, hehehe
Título: Re:BNDES
Enviado por: Gaúcho em 11 de Setembro de 2017, 11:11:35
Cadê o Juca para argumentar a existência de um banco de investimento estatal?

Citar
A (nossa) fortuna gasta pelo PT no BNDES

O governo de Michel Temer pediu oficialmente que o BNDES devolva, antecipadamente, R$ 180 bilhões dos empréstimos concedidos pelo Tesouro Nacional ao banco, informa o Estadão.

“Desse total, R$ 50 bilhões entrariam no caixa do governo ainda este ano, e R$ 130 bilhões no ano que vem.”

“O banco já deixou claro que quer negociar valores menores.”

O Antagonista destaca outro trecho da matéria:

“Nos últimos anos, o Tesouro repassou recursos bilionários ao BNDES como forma de engordar o caixa do banco e ampliar os financiamentos. Era uma estratégia dos governos Lula e Dilma Rousseff de alavancar os investimentos sem impacto direto no Orçamento.”

Ao injetar R$ 500 bilhões do Tesouro – ou seja, dos pagadores de impostos brasileiros – no banco estatal de 2009 a 2014, a “estratégia” de Lula e Dilma era alavancar, por exemplo, a JBS do futuro detido Joesley Batista.

https://www.oantagonista.com/brasil/nossa-fortuna-gasta-pelo-pt-no-bndes/
Título: Re:BNDES
Enviado por: Lorentz em 29 de Novembro de 2017, 15:35:51
Para quem dizia que os investimentos do BNDES no exterior eram estratégicos e que davam retorno:

Citar
http://www.bbc.com/portuguese/brasil-42074053

O aeroporto fantasma feito pela Odebrecht em Moçambique, que o BNDES financiou e tomou calote

...

Tudo está muito limpo, como se fosse uma infraestrutura prestes a debutar. Mas essa cena já dura três anos. Inaugurado em dezembro de 2014, o espaço foi projetado e construído pela Odebrecht, com um empréstimo de US$ 125 milhões (R$ 404 milhões na cotação atual) do BNDES, para ser o segundo maior de Moçambique - só fica atrás do de Maputo, a capital. No entanto, continua a amargar a posição de aeroporto menos movimentado do país - e um dos menos usados em toda a África.

Com capacidade para 500 mil passageiros por ano, recebe menos de 20 mil. Os voos internacionais nunca chegaram. São apenas dois trajetos comerciais por semana, na rota Maputo-Nacala, e dois privados da mineradora brasileira Vale, ambos operados com aviões brasileiros da Embraer. Para comparação, há um aeroporto próximo, a 190 km, em Nampula, com 57 voos semanais.

...

Gastaram nosso dinheiro num aeroporto em Moçambique que não opera quase nada e ainda tomamos calote.
Título: Re:BNDES
Enviado por: Arcanjo Lúcifer em 29 de Novembro de 2017, 17:01:12
Cadê o Juca para argumentar a existência de um banco de investimento estatal?

Citar
A (nossa) fortuna gasta pelo PT no BNDES

O governo de Michel Temer pediu oficialmente que o BNDES devolva, antecipadamente, R$ 180 bilhões dos empréstimos concedidos pelo Tesouro Nacional ao banco, informa o Estadão.

“Desse total, R$ 50 bilhões entrariam no caixa do governo ainda este ano, e R$ 130 bilhões no ano que vem.”

“O banco já deixou claro que quer negociar valores menores.”

O Antagonista destaca outro trecho da matéria:

“Nos últimos anos, o Tesouro repassou recursos bilionários ao BNDES como forma de engordar o caixa do banco e ampliar os financiamentos. Era uma estratégia dos governos Lula e Dilma Rousseff de alavancar os investimentos sem impacto direto no Orçamento.”

Ao injetar R$ 500 bilhões do Tesouro – ou seja, dos pagadores de impostos brasileiros – no banco estatal de 2009 a 2014, a “estratégia” de Lula e Dilma era alavancar, por exemplo, a JBS do futuro detido Joesley Batista.

https://www.oantagonista.com/brasil/nossa-fortuna-gasta-pelo-pt-no-bndes/

E as cláusulas secretas no contrato do porto cubano? Aquele que era tão importante para o Brasil que até agora nenhum petista explicou como.

Título: Re:BNDES
Enviado por: JJ em 13 de Janeiro de 2018, 19:50:54
Mais uma história nebulosa na qual o BNDES acabou participando:



[...]

A mão amiga do BNDES


Em dezembro de 2010, quando a empresa parecia em um beco sem saída, um salvador apareceu no horizonte: o banco público federal BNDES investiu 700 milhões de reais na criação da LBR — Lácteos Brasil, uma fusão de alguns laticínios brasileiros encrencados, entre eles a LAEP. O nome de Marcus Elias não constava entre os 10 conselheiros da companhia. Sem acento, ele perdeu poder, entregou suas fábricas aos novos diretores e foi afastado das decisões.


A nova aposta do banco estatal seria cumprir o plano que o próprio Elias havia proposto para a LAEP: unificar o setor leiteiro e formar uma gigante brasileira capaz de competir no exterior. A dinheirama do BNDES cumpria à risca o discurso político das “campeãs nacionais”, as multinacionais brasileiras bombadas com dinheiro público federal. Jorge Rubez, presidente da LeiteBrasil, associação que representa os produtores de leite, declarou à imprensa na época: “Se for para sanar os problemas, parabéns. Mas, se for para pegar dinheiro do BNDES e falir daqui a pouco, não dá.”


Em 15 de fevereiro de 2013 o juiz da 1ª Vara de Falências aceitou o pedido de Recuperação Judicial da LBR. Era o fim do laticínio do BNDES, e a terceira morte da Parmalat no Brasil.


Em resposta a esta reportagem, o BNDES declarou que fez um estudo de viabilidade que mostrava que investir na LBR seria um bom negócio para o país. O banco declarou que não pode, contudo, divulgar o estudo, alegando sigilo contratual. O BNDES declarou ainda que não sabe qual o valor de mercado da LBR, hoje.


[...]



http://riscafaca.com.br/serie/o-lobo-da-bovespa/


Título: Re:BNDES
Enviado por: Buckaroo Banzai em 14 de Fevereiro de 2018, 17:33:16

https://www.youtube.com/v/XE4s7rhuXrc

https://www.youtube.com/v/4hqpNp4Heo4
Título: Re:BNDES
Enviado por: Geotecton em 14 de Fevereiro de 2018, 19:58:04
Mais uma história nebulosa na qual o BNDES acabou participando:

[...]

A mão amiga do BNDES


Em dezembro de 2010, quando a empresa parecia em um beco sem saída, um salvador apareceu no horizonte: o banco público federal BNDES investiu 700 milhões de reais na criação da LBR — Lácteos Brasil, uma fusão de alguns laticínios brasileiros encrencados, entre eles a LAEP. O nome de Marcus Elias não constava entre os 10 conselheiros da companhia. Sem acento, ele perdeu poder, entregou suas fábricas aos novos diretores e foi afastado das decisões.

A nova aposta do banco estatal seria cumprir o plano que o próprio Elias havia proposto para a LAEP: unificar o setor leiteiro e formar uma gigante brasileira capaz de competir no exterior. A dinheirama do BNDES cumpria à risca o discurso político das “campeãs nacionais”, as multinacionais brasileiras bombadas com dinheiro público federal. Jorge Rubez, presidente da LeiteBrasil, associação que representa os produtores de leite, declarou à imprensa na época: “Se for para sanar os problemas, parabéns. Mas, se for para pegar dinheiro do BNDES e falir daqui a pouco, não dá.”

Em 15 de fevereiro de 2013 o juiz da 1ª Vara de Falências aceitou o pedido de Recuperação Judicial da LBR. Era o fim do laticínio do BNDES, e a terceira morte da Parmalat no Brasil.

Em resposta a esta reportagem, o BNDES declarou que fez um estudo de viabilidade que mostrava que investir na LBR seria um bom negócio para o país. O banco declarou que não pode, contudo, divulgar o estudo, alegando sigilo contratual. O BNDES declarou ainda que não sabe qual o valor de mercado da LBR, hoje.
[...]

http://riscafaca.com.br/serie/o-lobo-da-bovespa/


Mais um caso de roubalheira petista.