Forum Clube Cetico

Discussões => Religiões, Crenças e Mitos => Tópico iniciado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 13:59:09

Título: Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 13:59:09
Olá pessoal!

Sou novo no clube e vim buscar uma ajuda do clube do cético para um experimento com médiuns.

Resumidamente o experimento pretende fazer um teste controlado com médium psicógrafo. Foram convidados vários médiuns e até o momento apenas um aceitou participar (estamos no aguardo dos outros e enviaremos convites a diversos). Dentre os critérios, um deles, é o fato do médium ser denominado como ostensivo, ou seja, aquele que consegue fornecer uma série de detalhes e particularidades em cartas psicografadas para familiares (nomes, apelidos, detalhes do morte, motivo da morte etc).

O estudo pretende fazer um experimento duplo-cego em ambiente controlado, onde o médium deverá fazer uma sessão dentro do seu modus operandi e serão convidadas famílias que perderam parentes próximos e necessitem de algum tipo de ajuda ou comunicação com eles.
Dentro da metodologia proposta um grupo a parte irá fazer a seleção dos familiares, garantindo assim que nem o pesquisador nem o médium venham a saber previamente sobre cada caso. É nesse ponto que vem meu convite aos céticos pois precisamos de uma espécie de auditoria, garantindo isenção e possível parcialidade por parte de algum envolvido diretamente.

Depois de selecionadas as famílias (10), elas serão colocadas numa sala onde levaremos o médium para que entre em estado alterado de consciência (ou transe mediúnico) e tente algum tipo de "contato".

Caso venha a surgir alguma psicografia, está será lida e se houver alguma família que se identifique com o texto (carta) essa deverá avaliar a precisão das informações fornecidas.

Uma série de detalhes necessitam ser cumpridos:

1) As famílias são convidadas mas devem ser voluntárias;
2) Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação);
3) Os parentes vivos devem ter características de que precisam receber uma comunicação, exemplo, abalos e traumas deixados etc (aumento das chances de comunicação);
4) A sessão será toda registrada por audio e video;
5) Somente os envolvidos na pesquisa poderão estar presentes na sessão;
6) O médium, assim como as famílias, tem direito (e opção) ao anonimato;
7) O convite para a pesquisa está sendo feito para uma equipe jornalística documentar a sessão (relato apenas);
8) A primeira sessão deverá ocorrer em dezembro deste ano, na cidade de Porto Alegre;
9) O resultado do trabalho irá para publicação em periódico internacional peer-rewied;

Tvz eu tenha esquecido de outros detalhes, mas fico a disposição para qualquer esclarecimento sobre o tema e método.

PS. Eu e um grupo de amigos estamos focados em pesquisa e estudos sobre espiritismo e paranormalidade. Elaboramos já diversas pesquisas sobre o tema e temos revista oficial com uso de metodologia cientifica atual. A idéia é tentar manter um rigor acadêmico para pesquisas nesse campo.

Meu convite é para verificar o interesse de um comitê cético para Porto Alegre nesse mês de novembro. Temos pouco tempo para essa parte. Fico no aguardo de interessados, sugestões e críticas.

Obrigado
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 04 de Novembro de 2016, 16:21:51
É sempre bom ter algum especialista em ilusionismo nesse tipo de estudo. Algum representante do James Randi ou algo do gênero. Médiuns e fraudes são coisas que andam juntas e os pesquisadores não são treinados para pegar qualquer tipo de truque.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 04 de Novembro de 2016, 16:49:37
No caso não sei se seria exatamente ilusionismo o "truque", mas generalidades de leitura fria, ou, alguma forma de se obter informações sobre as pessoas previamente (internet deve ajudar um bocado atualmente) para fazer um dossiê.

Talvez então o ideal fosse a requisição específica de informações privadas, mas sem qualquer teor emocional, como número de documentos ou senhas. Isso tira totalmente o fator de "folga" na precisão das informações, comparado a descrições de personalidade, gostos, hábitos, que são mais suscetíveis a se conseguir inventar algo que pareça compatível aos envolvidos, especialmente se eles quiserem acreditar.

Mas é muito improvável que algo assim fosse ser aceito. Talvez essas memórias fiquem no perispírito, muitas vezes, se perdendo com a desencarnação. Além do fantasma naturalmente estar mais ansioso em falar de coisas mais emocionalmente tocantes.

Talvez a partir de psicografias intermediários pudessem preencher alguma espécie de ficha sucinta mais impessoal/não-emocional de eventos/elementos implícitos na psicografia, e estas serem comparadas pelos familiares a outros preenchimentos da mesma ficha, semi-aleatórios, apenas variações não muito excepcionais de pessoas de um perfil similar.

Talvez para algo "mais cego" ainda pudesse também ter pessoas que não tiveram nenhum parente morto nesse período.




O Gigaview deve ter idéias interessantes a acrescentar.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 04 de Novembro de 2016, 16:54:35
Citar
Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação);

Por que? e por que "aumento de chances de comunicação"?

Explique o que você entende por ambiente duplo-cego e quais são os controles que serão usados.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 04 de Novembro de 2016, 17:52:38
Leitura fria, leitura quente é algo muito básico. Falo truques mesmo, aqueles que James Randi sempre desmascarou.

Já viu o filme Poder Paranormal? É sobre esse tipo de estudo, se usa truques, golpes e fraudes sim nesse tipo de estudo.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 04 de Novembro de 2016, 18:20:18
Sandro Fontana, não é bem assim!!!  Não tem nada a ver esse ''experimento'' que pretendem fazer.

Primeiro porque o seu texto denota muito pouco conhecimento sobre o que vem a ser um ''duplo-cego em ambiente controlado''.
Segundo porque esses tipos de experimentos ''controlados'' estão fadados a dar em nada!!!!!!  Basta lembrar como médiuns do passado conseguiram passar a perna em cientistas gabaritados durante experimentos ''controlados''.
E não seja ingênuo esperando encontrar autenticidade no fato dos médiuns ignorarem os voluntários.  Esse é o maior perigo que vejo aí!!!

Outra coisa que você não se preveniu: as ''vítimas'' idealizadas são as melhores vítimas pra contaminar o experimento com um certo... viés: ''e serão convidadas famílias que perderam parentes próximos e necessitem de algum tipo de ajuda ou comunicação com eles.'' 
Por favor, né, Sandro?! Já está fadado ao fracasso a ''pesquisa''!!!!!!
Ahhhhhhh, mas tem também, não podemos esquecer, o VIÉS do PESQUISADOR que pode contaminar o estudo, ou seja, e se o pesquisador nesse caso for espírita, TIVER A CRENÇA NO ESPIRITISMO, será que isso não abalaria os resultados do experimento????? Me desculpe, Sandro, mas as condições propostas por você de longe são as ideais, não pelo fato de serem pouco científicas (também!), mas por tenderem a favorecer mais o lado do médium.  E é aí que mora o perigo!!! Se o pesquisador já estiver contaminado com um certo viés, já estou até prevendo no que vai dar esse ''estudo''... Servirá apenas para confirmar uma crença já arraigada, mas agora com o aval... ''científico''. Até aí nenhuma novidade!!!!! Trocando em miúdos, ponto para o espiritismo (na visão dos espíritas) se o médium ''acertar''.
Tá, mas não tem viés na história, garante o pesquisador, assim como assegura também que será imparcial durante todo o experimento. E daí???!!!  Se o médium falhar, sempre haverá uma desculpinha, não é mesmo?!!  Tsc, tsc, tsc...

Mas seria o Sandro Fontana capaz de se colocar numa situação de total imparcialidade sem deixar que nenhum viés interfira no experimento??? Assistam o vídeo a seguir e tirem suas próprias conclusões:



MINHA OPINIÃO: não passa de mais um bullshit pseudocientífico à la séc. XIX tentando validar a ''ciência'' espírita.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 18:30:00
Obrigado por colaborarem... vou responder por partes, mas tudo junto:

Literário: No referido caso não se tem usado ilusionistas pois não se caracteriza como pesquisa ligada a efeitos físicos, algo muito comum no passado. Como o referido estudo visa checar a informações específicas não tem como se fazer algum truque..


Buckaroo: Você comentou um detalhe importante, a internet. Hj estamos investigando um médium que frauda e sabemos que ele usa da internet. Estamos na cola dele e juntando as provas. O principio da fraude surge, historicamente (exceto por doença mental), por dois motivos, i) dinheiro ii) ego/vaidade. Veja quais são os dados que nos levaram a suspeitar da fraude:

1) Ele psicografa cartas com CPF, RG, numero de telefone e endereço. Historicamente isso é incompatível com qualquer ato mediúnico, isso pq dentro do conhecimento espirita, os espiritos não tem senso ou noção de alguma coisas (espaço tridimensional, numeros precisos, memórias perfeitas)..

2) O possível medium fraudador vende livros nas sessões. Descobrimos que ele vende livros e chega a ganhar 5000 reais numa sessão;

3) Ele não pede nomes das pessoas, nada..  Verificamos que ele consulta na internet os casos das cidades que viaja, então verifica via facebook quem deve ir ao evento. Elabora uma carta depois de investigar a vida das pessoas. Descobrimos isso pois ele cita o nome de uma tia de falecido (ela também falecida) e ela pedia para dar o endereço e telefone da casa da mãe dele para provar q era ele q se comunicava. Para o azar do médium fraudador, a mãe verificou que o numero estava correto mas o endereço não. Ela ou alguém acessou a internet e verificou que o endereço citado era o mesmo do site da Telelistas, endereço estava errado, porém igual ao que o médium usou para fraudar.

Esse caso q dou de exemplo é um que estamos investigando para denúncia.

Agora sobre a referida pesquisa do tópico. O médium participante fornece informações precisas de nomes e dados, vou colocar aqui uma das cartas a qual presenciei e a família tinha decidido ir ao evento junto com uma tia. O caso presenciado foi escolhido pois as chances que médium teria seriam mínimas, uma vez que a família não tinha divulgado sua ida ao evento. Detalhe: foram cerca de 800 pessoas ao evento ocorrido em abril em Porto Alegre:

A carta dará uma idéia da capacidade a ser investigada.


Papai teu guri aqui também joga a bola.
Papai Tiago, mamãe Letícia, que Papai do Céu, Nosso Senhor Deus nos dê a força necessária para que vocês possam ter forças e serem fortes também.
Mamãe as manchinhas do meu corpo sumiram. A meningite foi apenas uma desculpa que precisava para me levar embora da Terra. Não culpe a doutora, era minha hora.
Mamãe, fiquei muito feliz em saber da tatuagem que vocês fizeram para mim.
Vó Rosa, minha vovó Vera, minha vovó, que alegria em te ver neste momento. Não caiam em tristezas, não caiam em lágrimas, eu to vivo, brincando muito…
Papai, to fazendo aqui as nossas brincadeiras, a mamãe precisa e necessita da sua força..
Papai tenha mais paciência, nada vai ser como antes.
Mamãe não fala que quer ir embora também comigo.
Lucas e Taci um beijo a vocês, eu te amo!
Vovó Vera eu te amo muito!
Papai e mamãe, vocês sempre serão para mim os meus melhores anjos, não sinto mais nada… sinto só a tristeza que nos invade.
Eu te amo papai, volte a vida mamãe…

do teu menino Matheus MXXXXXXX



Sobre o caso:

O menino Matheus faleceu aos 8 anos de idade devido a uma meningite. O garoto acordou de manha com febre, foi levado até um serviço médico mas a médica não o examinou, apenas prescreveu panos na cabeça e receitou um antitérmico.
A tarde o quadro do menino piorou. No fim do dia começaram a surgir manchas no corpo dele, levaram novamente mas as 22horas do mesmo dia ele faleceu.

Todo os nomes citados na carta conferem perfeitamente, inclusive o apelido da irmã (Taci) que era como ele a chamava.

Essa carta veio a surgir cerca de 8 meses após sua morte, onde a mãe ja tinha tentado suicídio duas vezes.

Em entrevista com a família a carta gerou uma mudança radical na vida deles. A mãe alega não ter dito nem programado a ida a sessão e por isso acredita no teor da mesma. Isso mudou a vida dela, sendo o próprio relato, abandonando a idéia do suicídio e culpabilidade da médica envolvida no caso. Eu cheguei e era uma médica mesmo e não um médico.

Um detalhe importante. O médium não conversou com ninguém, nem com essa família em questão, mas como as famílias colocam as coisas na internet precisamos de um teste controlado onde teremos certeza de que o médium não teria como saber que famílias e casos estariam na sessão. Por mais que eliminemos as chances nos falta a certeza sobre os casos..

Outro detalhe em seu comentário, de colocarmos pessoas q não tiveram casos de morte. Eu não acho muito bom pois se surgir uma carta similar a exemplificada só perdemos a chance de obtermos mais cartas numa mesma sessão.

Uma informação relevante. O referido médium começou a ser investigado por nós após eu ver o relato de um ateu que recebeu carta da namorada. A carta era muito rica em detalhes e o ateu (hj ex ateu ou pelo menos acredita na sobrevivência da alma) quando foi a sessão apenas pensava: "para eu acreditar que você vai se comunicar, então você vai ter q usar a forma como me tratava".. Na carta ela começou o chamando de "vida", forma como ele o tratava.. Ela forneceu detalhes cruciais, inclusive a lata de coca-cola que ela segurava na mão no momento do acidente. Foi um acidente de moto na ultima copa do mundo.


Gigaview: O  "aumento das chances de comunicação" vem da crença espirita que os mentores espirituais priorizam ou ajudam os casos mais graves, permitindo um intermédio na comunicação. Um exemplo disso foi o caso que citei, onde a mãe (sem q eu soubesse) ja tinha tentado suicídio. Não sabemos o motivo exato, mas a historia e experiência do nosso dia-a-dia demonstra que casos mais traumáticos tem mais chances de "ser permitido" algum tipo de comunicação. Como nosso intuito é comparar somente as informações, secamente, e não dispomos de muitas pessoas nem local grande, precisamos das "melhores chances" para que o fenômeno ocorra.
Vale salientar que o fenômeno é do tipo expontâneo, necessitando que alguns "ritos" sejam necessários..

Sobre o método, a dupla-cego está se caracterizando que nem o médium nem eu (ou quem estiver comigo) possa saber do que se trata. Isso elimina a chance de obtenção de informações por meios normais. Como você viu, não tem como um médium obter por leitura fria o tipo de carta citado. Qual a explicação? Não buscamos isso ainda, mas buscamos a certeza de que não há meios normais de obtenção de tal informação.

No inicio pensamos em elaborar cartas falsas, genéricas e misturar com a(s) psicografadas, afim de tentar confundir as famílias, no entanto os tipos de carta são tão precisas que chegamos a conclusão que a família iria detectar de cara.

Na referida sessão com o menino Matheus, as famílias colocavam o nome do falecido e quem pedia a carta.. No caso a mãe. Surgiu o nome do pai, avó, irmão e irmã. Um detalhe importante: Os bilhetes somente foram entregues a ele na hora da sessão, mas antes mesmo ele ja tinha perguntando quem seria "vó Vera", dai em seguida falou que o Matheus estava lá.. deu as características dele etc.. Fez isso em outros momentos com outras pessoas e eu não me afastei dele em nenhum momento.

Mas como eu falei, para termos a certeza, precisamos de um teste controlado..


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 18:39:40
Alquimista, se formos falar de ciência e pseudociência vamos levar muito tempo..

Se você quiser abordar ou criticar, muito bem, mas se determine ao método.

Claro que sei que existe o lado do pesquisador, aliás sempre haverá e em qualquer pesquisa. O lado e opinião do pesquisador sempre será um fator problemático portanto ele precisa ser isolado.. Por que você acha q vim aqui convidar vcs para selecionarem famílias?

Exatamente para eliminar (cegar) qualquer tendência que eu possa ter quanto ao estudo. Quem escolhe as famílias são pessoas independentes, quem seleciona ou verifica as cartas são os próprios familiares, simples assim.

Minha pergunta: onde você acha que pode ocorrer a falha ou obtenção de informações conforme exemplifiquei acima?

Vamos nos deter ao método e não a minha pessoa! Vim aqui com nome e não apelido, dessa forma é fácil você perder um tempo e me investigar (como fez).. Fiz isso pois não tenho receio algum e não tenho nada a esconder, apenas estou usando de método cientifico atual para verificação de fenômeno.. Então como lhe disse, quem sabe não nos detemos ao método?

Assim você vai parecer um pseudo-cético... rs

PS. O referido video é quando expus um método para tentar quantificar médiuns para pesquisa. Tenho um estudo onde perito em grafoscopia analisa assinaturas em cartas psicografadas.. Bem interessante por sinal.. E nem sou eu quem analisa hein..rs.. então não posso ser acusado de "puxar a brasa para a minha sardinha" rss

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 18:48:42
Literário.. as leituras frias e "go fish", historicamente, não pegam nomes e detalhes como o exemplificado.. O caso do "go fish" o médium ia ter que ficar fazendo perguntas para enrolar as famílias... o q não é o caso... Ele vai la, senta e psicografa, no máximo perguntou: "A vó Vera está aqui? Tem um menino chamado Matheus que disse que vai escrever algo"..

O ponto que eu quero chegar e é interessante que todos se perguntem é: É possível um médium adquirir informações dessa precisão sem nada saber sobre as famílias? (ou pelo menos saber o nome)..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 04 de Novembro de 2016, 19:23:15
Exatamente para eliminar (cegar) qualquer tendência que eu possa ter quanto ao estudo. Quem escolhe as famílias são pessoas independentes, quem seleciona ou verifica as cartas são os próprios familiares, simples assim.

''Simples'' assim????!!!!! Detectada palavra-chave que denota TENDÊNCIA que pode enviesar o estudo.
É nisso que está o perigo, meu caro. Sei que está bem intencionado. Me parece até que tem ''BOA FÉ'' em demasia nesse estudo (rssss), mas é nítido que ignora aspectos básicos e sutis que fazem parte da cartilha dos charlatões de todos os tempos, e é exatamente aí que eles sempre tiraram vantagem da ''BOA FÉ'' dos pesquisadores ingênuos.   


Citar
Minha pergunta: onde você acha que pode ocorrer a falha ou obtenção de informações conforme exemplifiquei acima?

Viu só como você está despreparado??? Quer dizer então que se o médium acertar tudo é mágica!!!!  Logo, o que você está buscando é mágica, não ciência??!!!

 
Citar
Vamos nos deter ao método e não a minha pessoa! Vim aqui com nome e não apelido, dessa forma é fácil você perder um tempo e me investigar (como fez).. Fiz isso pois não tenho receio algum e não tenho nada a esconder, apenas estou usando de método cientifico atual para verificação de fenômeno.. Então como lhe disse, quem sabe não nos detemos ao método?

Como assim???!!!!! Por que ficou incomodadim com isso??? E que culpa tenho de ter me utilizado de minhas capacidades mediúnicas??? Não sabia que o ALQUIMISTA as tinham também???


Citar
Assim você vai parecer um pseudo-cético... rs

Pseudo-cético, não!!!!  MÉDIUM seria mais adequado!!!!!!!!


Citar
PS. O referido video é quando expus um método para tentar quantificar médiuns para pesquisa. Tenho um estudo onde perito em grafoscopia analisa assinaturas em cartas psicografadas.. Bem interessante por sinal.. E nem sou eu quem analisa hein..rs.. então não posso ser acusado de "puxar a brasa para a minha sardinha" rss

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... O ALQUIMISTA é rapidinho no gatinho!!! ELE nunca falha!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 04 de Novembro de 2016, 19:23:54
Citar
Resumidamente o experimento pretende fazer um teste controlado com médium psicógrafo.

O objetivo da pesquisa não está claro. Teste controlado com médium psicógrafo prá que?

Parece que é para provar que os espíritos existem e se comunicam, pois você até apontou "aumento de chances de comunicação" deixando bem claro um indisfarçável wishful thinking nada científico.

Então a sua pesquisa está totalmente equivocada. Você já parte do pressuposto que os espíritos existem. Isso é pseudociência espiritóide. Por que, por exemplo, a hipótese espírita é melhor que a hipótese da telepatia apesar de ambas serem improváveis?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 19:39:58
Gigaview, compreendo seu ponto de vista no entanto não posso concordar com ele..

vamos lá:

O objetivo da pesquisa não está claro. Teste controlado com médium psicógrafo prá que?

A resposta para essa pergunta está limitada ao objetivo da pesquisa, ou seja, para saber se um médium frauda ao fornecer informações tão específicas em cartas psicografadas.


Parece que é para provar que os espíritos existem e se comunicam, pois você até apontou "aumento de chances de comunicação" deixando bem claro um indisfarçável wishful thinking nada científico.

Não concordo com seu ponto de vista, uma vez que o estudo busca confirmar ou negar a aquisição anômala de informações.
Há um engano seu em achar que isso provaria a existência de espíritos, uma vez que o desenho do estudo não está focado para a explicação mas sim para a verificação da ocorrência (sem fraude) de aquisições anômalas, algo carente no atual meio cientifico.
O aumento de "chances de comunicação" que você incita parece tendenciosa mas se há um fenômeno então o pesquisador deve buscar meios de verificar se ele ocorre, para isso tem que aderir ao pressuposto do fenômeno. Um exemplo disso seria o fato de existir uma espécie de flor que somente desabrocharia em determinadas condições de temperatura e clima, relatado ao longo da história. Se encontra-se uma muda dessa possível planta, de que adianta vir um cético e dizer que ela deve ocorrer somente em suas condições? Ora, isso sim me parece tendencioso...

O objetivo do estudo está bem claro e não é obter resposta ou explicação para o fenômeno mas sim para verificar se ele ocorre ou não, para isso o controle.


Então a sua pesquisa está totalmente equivocada. Você já parte do pressuposto que os espíritos existem. Isso é pseudociência espiritóide. Por que, por exemplo, a hipótese espírita é melhor que a hipótese da telepatia apesar de ambas serem improváveis?

Sua acusação vira contra você Gigaview, pois você parte de um pressuposto pior do q aquele q me acusa. Este estudo busca testar se há fraude na aquisição anômala, simplesmente isso. Estou dando a oportunidade de um comitê ou grupo de céticos verificarem a escolha de famílias..

Seus argumentos se perdem por parecer fugir da essência. Ora, se colocarmos varias familias problemáticas numa sala e surgir uma carta que seja contendo informações detalhadas da mesma, como o médium poderia ter adquirido tais informações? Elas são reais... (isso se der certo por isso o experimento)..

Se quiser, posso citar outros q fiz, dai minha opinião sobre o tema... mas isso não alteraria os resultados pois são fatos.. A explicação.. bom.. daí é outra coisa e não está no escopo do estudo.. cada um chega a conclusões pelo que acumula de conhecimento e vivência..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 04 de Novembro de 2016, 19:43:34
Que perda de tempo!!! É óbvio que os resultados dessa pesquisinha aí só vai aparecer em veículos de comunicação espírita porque é só neles que essas bobagens são levadas a sério!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 19:56:09
Alquimista, você faz me lembrar dos tempos q eu era mais novinho e investia meu tempo em debates que eram pouco produtivos, embora admito grande crescimento de minha parte com ajuda de céticos.. bom.. eu disse céticos e não pseudo-céticos..rs..

vou investir meu tempo com você para tentar ver se ajudamos a dar um rumo a "prosa".. (aproveito q tenho tempo hj pois nem sempre sou agraciado com isso rs)

''Simples'' assim????!!!!! Detectada palavra-chave que denota TENDÊNCIA que pode enviesar o estudo.
É nisso que está o perigo, meu caro. Sei que está bem intencionado. Me parece até que tem ''BOA FÉ'' em demasia nesse estudo (rssss), mas é nítido que ignora aspectos básicos e sutis que fazem parte da cartilha dos charlatões de todos os tempos, e é exatamente aí que eles sempre tiraram vantagem da ''BOA FÉ'' dos pesquisadores ingênuos.   


Tvz tenha sido mais "considerador" com minha pessoa depois de ver o video? será?

Meu caro.. pesquisadores vem sendo enganados ao longo dos anos, muitos não (no meu ponto de vista), mas admito que a complacência de muitos favorece os malandros.. Veja, esse estudo vem contra isso.. Primeiro por impor um condicionamento do médium não poder saber sobre quem são as famílias, nem as famílias saberem quem ele é..  Acho que isso saciaria boa parte do desejo de muitos céticos (verdadeiros)... Segundo não tem como existir uma tendência no método definido pois não sou em quem escolhe as famílias e nem sou eu quem diz se as informações são condizentes ou não.. entende? Onde exatamente eu poderia ser tendencioso? Tem q ser específico em apontar a falha no método..

Viu só como você está despreparado??? Quer dizer então que se o médium acertar tudo é mágica!!!!  Logo, o que você está buscando é mágica, não ciência??!!!

Achei um tanto ignorante seu comentário, baixou um pouco no meu conceito.. Ora, se não chove no deserto e dai alguém mostra que a chuva existe e pode ocorrer (mesmo não sendo vista por uma geração) é mágica ou limite?

Dessa forma não me vejo despreparado mas estou analisando o preparo de céticos para realmente verificar uma ação (sessão) e os fatos que ela pode gerar.. No fundo não sei se dará certo, o objetivo é esse.. testar.. se o medium frauda a chance de dar certo é ínfima, cumprindo ou não alguns detalhes da crença espirita.. mesmo que trouxessem famílias com inúmeros casos dentro do previsto, se for fraude não pode ocorrer nada.. ou informações vagas e nada objetivas...

Não sei sobre seu conhecimento relativo ao tema, mas existem varias universidades do mundo onde inúmeros testes vem sendo feito e demonstrando resultados positivos e não me refiro a experimentos de telepatia e estatística puramente, estou me referindo a fatos concisos.. Posso citar vários se tiver interesse em conhecer. Um fato não pode sobrepujar opiniões, tanto a minha quanto a sua ou de outrem.

Sobre seus comentários relativos a minha opinião ou opção por hipótese que melhor explicaria tais fenômenos (no post anterior), posso assegurar que ja fiz diversos experimentos com vários médiuns, eu mesmo impondo controle, no entanto isso é irrelevante para o meio cientifico, por isso precisamos elaborar métodos que nos garantam experimentos que possam verificar com boa margem de segurança que uma informação anômala ocorre de fato..



Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 19:59:03
Que perda de tempo!!! É óbvio que os resultados dessa pesquisinha aí só vai aparecer em veículos de comunicação espírita porque é só neles que essas bobagens são levadas a sério!!!!!

não perca seu tempo então Alquimista.. Posso assegurar que várias periódicos internacionais tem interesse em respostas e fatos como esse pretende verificar.. Posso citar várias pesquisas mas você teria q ser mais mente aberta...

Um ceticismo exagerado nada difere dos crentes, evangélicos e espiritas doutrinário.. ou seja.. tudo por pura fé..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 04 de Novembro de 2016, 20:32:36
Alquimista, você faz me lembrar dos tempos q eu era mais novinho

Então era um garotinho promissor, um verdadeiro menino prodígio?????  Mas como foi se regredir tanto assim??!!!!  Volte a ser como o ALQUIMISTA, e será mais feliz!!!!!!   :biglol:


Citar
e investia meu tempo em debates que eram pouco produtivos,

Mas ainda continuas investindo em IMPRODUTIVIDADE... Duvido muito que algo de valor e elevado saia daqui desse tópico.


Citar
embora admito grande crescimento de minha parte com ajuda de céticos.. bom.. eu disse céticos e não pseudo-céticos..rs..

TRADUZINDO: crentinhos camufladinhos!!!!!!! 


Citar
vou investir meu tempo com você para tentar ver se ajudamos a dar um rumo a "prosa".. (aproveito q tenho tempo hj pois nem sempre sou agraciado com isso rs)

Entendo que nem sempre seja AGRACIADO com a graça de ter tempo com o ALQUIMISTA, mas aproveite a chance o máximo que puder!!!! Afinal, é apoiado em ombros de gigantes que os pequenos crescem!!!!!


Citar
Tvz tenha sido mais "considerador" com minha pessoa depois de ver o video? será?

Que pé atrás é esse, Sandro???!!! O ALQUIMISTA não faz juízo algum em relação à sua pessoa, só ao seu método!!!!!!


Citar
Meu caro.. pesquisadores vem sendo enganados ao longo dos anos, muitos não (no meu ponto de vista), mas admito que a complacência de muitos favorece os malandros.. Veja, esse estudo vem contra isso.. Primeiro por impor um condicionamento do médium não poder saber sobre quem são as famílias, nem as famílias saberem quem ele é..

Então o objetivo final é confirmar apenas que o médium tem de fato ''poderes'' mágicos. Tsc, tsc, tsc...


Citar
Acho que isso saciaria boa parte do desejo de muitos céticos (verdadeiros)...

Não duvido dessa parte dos céticos de araque crentinhos camufladinhos.


Citar
Segundo não tem como existir uma tendência no método definido pois não sou em quem escolhe as famílias e nem sou eu quem diz se as informações são condizentes ou não.. entende? Onde exatamente eu poderia ser tendencioso? Tem q ser específico em apontar a falha no método..

O que?????????????????  E que condição é essa imposta para a escolha das famílias????

''e serão convidadas famílias que perderam parentes próximos e necessitem de algum tipo de ajuda ou comunicação com eles''

Acabou de sofrer sua primeira REFUTAÇÃO, Sandro!!!!!!!!


Citar
Achei um tanto ignorante seu comentário, baixou um pouco no meu conceito.. Ora, se não chove no deserto e dai alguém mostra que a chuva existe e pode ocorrer (mesmo não sendo vista por uma geração) é mágica ou limite?

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Detectado uso de FALÁCIAS TÍPICAMENTE ESPÍRITAS!!!!! (Eis aí um autêntico ''Spenceriano'')   

Caro neófito, o fato da chuva cair num deserto NÃO O TORNA UM EVENTO SOBRENATURAL!!!!!!!!


Citar
Dessa forma não me vejo despreparado mas estou analisando o preparo de céticos para realmente verificar uma ação (sessão) e os fatos que ela pode gerar.. No fundo não sei se dará certo, o objetivo é esse.. testar.. se o medium frauda a chance de dar certo é ínfima, cumprindo ou não alguns detalhes da crença espirita.. mesmo que trouxessem famílias com inúmeros casos dentro do previsto, se for fraude não pode ocorrer nada.. ou informações vagas e nada objetivas...

Sem comentários!!!! Está despreparo demais para lidar com bons charlatões.


Citar
Não sei sobre seu conhecimento relativo ao tema, mas existem varias universidades do mundo onde inúmeros testes vem sendo feito e demonstrando resultados positivos e não me refiro a experimentos de telepatia e estatística puramente, estou me referindo a fatos concisos.. Posso citar vários se tiver interesse em conhecer. Um fato não pode sobrepujar opiniões, tanto a minha quanto a sua ou de outrem.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

EU sabia!!!!!!!!!  Nem precisa me dizer... Já sei!!!!!!  São os estudos nas mais renomadas universidades europeias que está fazendo a Europa se curvar ante o espiritismo.  Estou certo??????


Citar
Sobre seus comentários relativos a minha opinião ou opção por hipótese que melhor explicaria tais fenômenos (no post anterior), posso assegurar que ja fiz diversos experimentos com vários médiuns, eu mesmo impondo controle, no entanto isso é irrelevante para o meio cientifico, por isso precisamos elaborar métodos que nos garantam experimentos que possam verificar com boa margem de segurança que uma informação anômala ocorre de fato..

 :zzz:


Que perda de tempo!!! É óbvio que os resultados dessa pesquisinha aí só vai aparecer em veículos de comunicação espírita porque é só neles que essas bobagens são levadas a sério!!!!!

não perca seu tempo então Alquimista.. Posso assegurar que várias periódicos internacionais tem interesse em respostas e fatos como esse pretende verificar.. Posso citar várias pesquisas mas você teria q ser mais mente aberta...


Já sei!!!!  Por exemplo, as de um tal de Luís de Almeida?????  hahahahahahahahahahahahaha... 


Citar
Um ceticismo exagerado nada difere dos crentes, evangélicos e espiritas doutrinário.. ou seja.. tudo por pura fé..

Esqueça isso, cara!!! Relaxa!!!! O ALQUIMISTA é somente uma coisa totalmente desprovida de CRENÇAS!!!  Você não vai entender o que é isso!!!! 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 04 de Novembro de 2016, 20:58:06
Sandro, não vejo nada errado em uma tentativa de se conceber experimentos melhores dos que foram feito no passado.

Mas uma questão importante deve ser a reprodutibilidade do experimento. Qualquer que seja o experimento, não deverá ser algo do tipo "eu, sicrano, fiz o experimento com o médium fulano, estes foram os procedimentos e tais foram os resultados."

Porque dessa forma, qualquer que seja a metodologia, só será evidência para o próprio "pesquisador". Sempre haverá dúvida, sempre haverá ceticismo: será que o pesquisador era isento? será que houve falha?

Eu digo a você que o período de um pêndulo só depende do comprimento do fio do pêndulo e que verifiquei isto em um experimento. Não depende do peso do pêndulo, não depende da forma do pêndulo, não depende nem do quanto você eleva o pêndulo na posição inicial. E então relato pormenorizadamente como fiz meu experimento controlado.

Em quê esse relatório difere de um relato ordinário?

É que qualquer pessoa, em qualquer época, em qualquer lugar do universo, poderá reproduzir o que eu fiz e
verificar por si mesma o resultado. Esse é um aspecto muito importante em um experimento científico.

Mas eu gostaria de fazer um experimento que talvez não seja exatamente científico, mas que poderia ser muito interessante e até impactante se experimentos semelhantes pudessem ser repetidos ordinariamente, sempre obtendo-se as informações requisitadas.

Me diga o que acha:

Parece que os antigos romanos usavam em suas construções um tipo muito bom de argamassa, conhecida como opus signinum, cuja maneira exata de fabricação se perdeu. Mas o uso dessa argamassa foi cotidiano durante séculos, portanto, eu imagino, não deve ser difícil encontrar espíritos que foram operários da construção civil em alguma época dentro desse longo período, em algum lugar dentro do vasto império romano.

Não seria possível obter esse tipo de informação de espíritos?

Também se perdeu a localização exata do túmulo de Alexandre, o Grande. Espíritos poderiam guiar arqueólogos até o local?

Se dentre um grupo de historiadores de diversas partes do mundo, escolhidos aleatoriamente, fosse sorteado um grupo menor, e estas pessoas selecionassem uma lista de questões dessa natureza que os médiuns poderiam solicitar a espíritos, e dentro dessa lista de perguntas, digamos, metade fosse escolhida por sorteio para que médiuns indicados por federações espíritas ( ou sei lá que tipo de instituição congrega os espíritas... ), obtivessem estas respostas ( sempre questões cujas respostas pudessem ser verificadas se corretas ou não), isto seria possível?

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 04 de Novembro de 2016, 21:04:58
Boa ideia, Pedro!!! Pra que perder tempo em fazer o médium descobrir nome de familiares, endereço, CPF, etc...? Isso vários MENTALISTAS já fazem!!!!!!!
Mas o Sandro bem que poderia adotar o seu método.  EU sou doidinho para saber quem foi Jack, o Estripador!!!!!!  As (pelo menos) cinco prostitutas de Whitechapel bem que poderiam nos dar uma descrição inquestionável sobre a identidade do assassino lá do ''outro lado'', não é mesmo??!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 21:18:50
Alquimista... você é um ser engraçado... vou ter q comentar... rs



Então era um garotinho promissor, um verdadeiro menino prodígio?????  Mas como foi se regredir tanto assim??!!!!  Volte a ser como o ALQUIMISTA, e será mais feliz!!!!!!   :biglol:

Sou bem feliz da forma que sou rs... abandonei um lado tendencioso ou baseado na fé (parece não ser o seu caso kkk)... hj busco respostas mais precisas.. rs



Mas ainda continuas investindo em IMPRODUTIVIDADE... Duvido muito que algo de valor e elevado saia daqui desse tópico.

O único e simples objetivo de ter criado o tópico foi em função de buscar céticos interessados em formar um grupo para selecionar famílias.. Se achar um único já estará bom... rs.. O que não pode ocorrer é eu ter q selecionar as famílias, dai sim poderá dizer q o estudo é tendencioso.. rs


Citar
embora admito grande crescimento de minha parte com ajuda de céticos.. bom.. eu disse céticos e não pseudo-céticos..rs..

TRADUZINDO: crentinhos camufladinhos!!!!!!!  [/b]

Qual a diferença entre um cético que acredita piamente na própria convicção e um religioso que acredita piamente na existência de um Deus e outras coisas do seu meio? Sabemos q nenhuma..

Se um cético não honrar o atributo que lhe cabe, só pode estar enrustido usando do termo errado para justificar a própria crença, alias, vejo muito isso por ai... dai prefiro chamar de pseudo-cético pois não vejo que o termo representa exatamente o q deveria...



Entendo que nem sempre seja AGRACIADO com a graça de ter tempo com o ALQUIMISTA, mas aproveite a chance o máximo que puder!!!! Afinal, é apoiado em ombros de gigantes que os pequenos crescem!!!!!

Vaidade é um problema sério, geralmente acompanha os que escondem os piores medos.. Se cria uma imagem e se trabalha em sustenta-la.. mas creio q está sendo produtivo até o momento... me faz rever conceitos e repensa-los.. o q ja é bom...rs



Que pé atrás é esse, Sandro???!!! O ALQUIMISTA não faz juízo algum sobre a sua pessoa, só ao seu método!!!!!!

Mas o q menos você falou foi do método! rss.. Você falou q eu serei tendencioso.. Dai mostrei que o método me isenta da seleção das famílias e inclusive da interpretação da(s) cartas..  Eu somente saberei quem é o médium, algo q o grupo que ira selecionar não poderá saber para manter o controle..  Não vejo problemas no método para buscar a resposta ao qual ele pretende.. Lembre-se, não estamos buscando explicações no momento.. apenas verificações... Estou aberto a criticas sobre o método..  :P


Então o objetivo final é confirmar apenas que o médium tem de fato ''poderes'' mágicos. Tsc, tsc, tsc...

Depende.. se ele gerar cartas como as q gera normalmente vai demonstrar que algum tipo de informação anômala ocorre, algo que vem sendo relatado em inúmeros periódicos peer-review ao longo dos anos..

Como alquimista você desconhece pesquisas nesse campo? Então seria bom se atualizar... rs


Citar
Acho que isso saciaria boa parte do desejo de muitos céticos (verdadeiros)...

Não duvido dessa parte dos céticos de araque crentinhos camufladinhos.

Mas esses são os verdadeiros céticos? Capiche? Afinal o que é um cético para você?



O que?????????????????  E que condição é essa imposta para a escolha das famílias????

''e serão convidadas famílias que perderam parentes próximos e necessitem de algum tipo de ajuda ou comunicação com eles''

Acabou de sofrer sua primeira REFUTAÇÃO, Sandro!!!!!!!!


Isso é tendência? Negativo sr alquimista..

Se estudasse o tema iria perceber que não se trata disso, uma vez q tal escolha melhora as chances de se obter o fenômeno.
O que você chama de tendência eu chamo de aumentar probabilidades uma vez que o n é baixo, apenas 10 famílias.. Se pudéssemos você poderia escolher 100 (teria q ter lugar pra isso) e dai você escolhia o q quisesse..

Em termos de método ele não altera em nada a chance do médium fraudar, sendo esse o ponto em investigação aqui..


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Detectado uso de FALÁCIAS TÍPICAS ESPÍRITAS!!!!! (Eis aí um autêntico ''Spenceriano'')   

Caro neófito, o fato da chuva cair num deserto NÃO O TORNA UM EVENTO SOBRENATURAL!!!!!!!!


Caro mestre dos magos e óh sábio do poder.. Imagine uma criança que cresceu no deserto e quando tem 10 anos de idade e ve uma chuva.. Imagine essa criança isolada do mundo (como as que tive acesso no deserto dos Emirados Árabes), pode ter certeza q ela vai achar q é magica! rsrsrs

Mas espero q tenha atingindo o liminar "compreendoológico" do trocadilho.. Aliás os espiritas não consideram tais fenômenos nem como anômalos nem como anormais ou mágicos..


Sem comentários!!!! Está despreparo demais para lidar com bons charlatões.

Opinar vagamente ou sem embasamento lhe deixa vulnerável a qualquer refutação... Onde está a falha no método ao que ele se propõe a responder?

Essa é a questão em que deve se focar, caso contrário fica apenas como uma opinião sua e pelo q pude perceber desconhece sobre método cientifico e está pouco atualizado sobre temas de pesquisas nesse campo.



EU sabia!!!!!!!!!  Nem precisa me dizer... Já sei!!!!!!  São os estudos nas mais renomadas universidades europeias que está fazendo a Europa se curvar ante o espiritismo.  Estou certo??????

Como até o momento...  ::) continua errado e desinformado.. Chutando algo e nem se deu o trabalho de ir buscar no Sr Google algo relativo a isso.. rss

Apenas para lhe ajudar, mas não se acostume, o que existe de fato até hj são pesquisadores do mundo buscando hipóteses explicativas para os fenômenos documentados. De um lado existem alguns que defendem a hipótese PSI e outros que defendem a hipótese da sobrevivência. Os que defendiam a hipótese cartesiana materialista não conseguiram se sustentar frente aos fatos.. acabaram caindo fora ou tomando outras hipóteses como melhor opção.. Mas realmente a questão é complexa e extensa limitando o numero de interessados verdadeiramente em pesquisar e se aprofundar.



Já sei!!!!  Por exemplo, as de um tal de Luís de Almeida?????  hahahahahahahahahahahahaha... 

Não me lembro dessa pessoa.. rs.. então não seria ele, obviamente... rs



Esqueça isso, cara!!! Relaxa!!!! O ALQUIMISTA é somente uma coisa totalmente desprovida de CRENÇA!!!  Você não vai entender o que é isso!!!! 

 :histeria:

Nossa.. em poucas horas pude perceber sua extrema crença... haja fé.. igualzinho aos evangélicos e espiritas fanáticos rss
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Geotecton em 04 de Novembro de 2016, 21:42:09
[...]
Não sei sobre seu conhecimento relativo ao tema, mas existem varias universidades do mundo onde inúmeros testes vem sendo feito e demonstrando resultados positivos e não me refiro a experimentos de telepatia e estatística puramente, estou me referindo a fatos concisos.. Posso citar vários se tiver interesse em conhecer. Um fato não pode sobrepujar opiniões, tanto a minha quanto a sua ou de outrem.
[...]

Pode mostrar os artigos ou pelo menos citar as fontes por favor?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 21:59:02
Olá Pedro Reis.. obrigado por sua colocação, educada e coerente no meu ponto de vista..

Concordo plenamente com seus apontamentos, porém temos que fazer uma distinção entre pesquisas de física aplicada da relacionada com seres humanos, principalmente com fenômenos instáveis.. (ao menos até descobrirmos como fazê-los ficarem estáveis - se é que é possível)..

Eu particularmente gosto de comparar os fenômenos dessa ordem com a meteorologia. Ela envolve física e química no entanto com os melhores conhecimentos aplicados a isso, não se consegue prever com muita precisão os fenômenos meteorológicos diversos e isso ocorre pois muitos fatores estão envolvidos.. Então creio que concordas comigo que o desafio é grande..

Sobre as replicações concordo plenamente com o pressuposto que você refere, e esse estudo reflete boa parte de varias replicações que vem ocorrendo ao redor do mundo, aliás, podemos replicar o mesmo experimento com vários médiuns e verificar os dados posteriormente.

Apenas para citar outro experimento que fizemos, dentro do paradigma espirita, foi o de testar médiuns que alegam ver a água q é fluidificada (água que passa por uma espécie de benção ou energização). O método consistia em se comprar 10 garrafas de agua mineral, todas da mesma marca, lote e tamanho. Essas garrafas foram numeradas e o pesquisador deveria selecionar algumas (quantas quisesse) e de número aleatório (quais ele quisesse) e levar a um Centro Espirita para receber a possível energização. No mesmo dia, o pesquisador levou ao médium e ele tinha que apontar quais estariam ou não fluidificadas. Bom, sendo a chance isolada de 50% para cada garrafa, porém na combinação de 10 delas, as probabilidades de acerto total (100%) ficariam de 1 para cada 1024 tentativas. Numa única tentativa a médium acertou 80%.

Percebi uma falha metodológica, onde deveríamos cegar o experimentador, junto do médium, então refizemos o experimento com outra médium também dita vidente. O processo foi feito da mesma forma, senão pelo fato de existir um auxiliar à pesquisa, um cético isento compraria as amostras de água, numeraria e levaria quantas e quais numeros ele desejasse para passar por uma "energização".. O cético fez como o combinado e levou as garrafas até a medium e a experimentadora que organizava a sessão. Das 10 garrafas, num único momento (chance) a médium acertou 80% também...

Estamos realizando mais duas replicações para o mesmo caso, ainda sem resultado pois não ocorreu.

Veja que a replicação pode ocorrer sem problemas, mas há um detalhe crucial: a verdadeira capacidade da médium.

Se formos pegar pessoas comuns ou que simplesmente aleguem ter tal poder, as chances e os resultados seriam falhos e não representariam uma realidade, nesse caso então nem se implica algo tendencioso apenas controle de limites para alguém verificado com tal aptidão.

Sobre sua sugestão de experimento, acho ele um tanto complexo do ponto de vista do conhecimento espirita e isso se faz por diversos motivos.

Na crença e conhecimento espirita (separo as duas coisas pois são diferentes) os espiritos reencarnam de tempos em tempos, e por uma questão natural perdem suas memórias, isso ocorre (segundo a crença) para que possamos viver uma nova vida e esquecer do passado. Dentro da mesma crença ocorre que se acredita que a memória antiga permaneça permanente para sempre... Isso difere do conhecimento espirita, ou seja, aquele que impõe experimentos. O que o conhecimento espirita mostrou nas ultimas décadas é que informações muito relacionadas ao material, tais como numeros, nomes acabam se perdendo com o tempo, ficando apenas lapsos de memoria, mas isso depende do "ambiente" em que o espirito ficaria durante o tempo.. É complicado explicar tudo e não quero me estender, mas por exemplo, para existir memórias de espiritos assim, esse espirito teria que estar num "limbo materialista" (não se desapegasse da matéria) desde aquela época.. É o q se tem nos ditos Centros Umbandistas, onde os espiritos se manifestam da forma da escravidão.

Para se fazer um experimento com tais detalhes, teria-se que achar algum deles para tal, o q seria bem difícil.

Teste similar foi feito anos atras com um mestre de jogo de xadrez, mas por se tratar de algo complexo mediúnico, se houve muita contestação pois céticos alegaram que o médium poderia ter aprendido o jogo de Xadrez e ter dito que evocaram um que estava disposto a participar da pesquisa ( traduzido aqui -> https://pt.scribd.com/doc/84026510/Artigo-Cientifico-de-um-Jogo-de-Xadrez-entre-um-Vivo-e-um-Morto)

Impossível não é.. mas não seria fácil.. Hj a maior dificuldade é achar médium verdadeiro atuando por ai..rs

No mais sei que houveram pesquisas nesse campo com psiquicos, onde se buscava usar de uma paranormalidade para se achar lugares de escavações. Há desenhos dos psíquicos que convergem perfeitamente com os ambientes após serem escavados..

é possível achar algo em:

Emerson, J. Norman; ‘Intuitive Archaeology: Egypt and Iran’ A.R.E. Journal 11 (1976), 55-65.

e no Arqueológical Society of British Columbia - Vol VI No2 April 1974


Existem outros, mas esses que tinha agora aqui..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 04 de Novembro de 2016, 22:16:31
Leitura fria, leitura quente é algo muito básico. Falo truques mesmo, aqueles que James Randi sempre desmascarou.

Já viu o filme Poder Paranormal? É sobre esse tipo de estudo, se usa truques, golpes e fraudes sim nesse tipo de estudo.

Não conheço o filme. Pela descrição me parecia ser algo que qualquer ilusionismo "visual" não teria "aplicação", e os truques só poderiam ser  sondar sobre a pessoa de antemão, de alguma forma, ou ter alguma técnica em escrever coisas que pareçam pessoais sobre a pessoa, para quem lê.

Ainda não entendi quando o "médium" poderia usar algum truque de ilusionismo, se o "testado" seria sua psicografia :hein:. Apenas para "impressionar" os parentes antes de fazer uma psicografia, parecendo ter mesmo poderes mágicos, e assim talvez influenciando os parentes do falecido a acreditarem na psicografia? Vou ler algo sobre esse filme.


Mas idealmente não haveria nem esse contato direto de antemão*, se teria psicografias soltas e talvez despersonalizadas, e junto a outras psicografias ou compilações falsas como uma espécie de controle.


* segundo as psicografias que aparecem por aí aparentemente não seria requisito. Deve ter psicografia até do Michael Jackson, se procurar. Editado: a lei de Poe não falha: http://carmemtiepolo.blogspot.com.br/2012/03/psicografia-de-michael-jackson-neste.html
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 22:18:02
[...]
Não sei sobre seu conhecimento relativo ao tema, mas existem varias universidades do mundo onde inúmeros testes vem sendo feito e demonstrando resultados positivos e não me refiro a experimentos de telepatia e estatística puramente, estou me referindo a fatos concisos.. Posso citar vários se tiver interesse em conhecer. Um fato não pode sobrepujar opiniões, tanto a minha quanto a sua ou de outrem.
[...]

Pode mostrar os artigos ou pelo menos citar as fontes por favor?

Sim.. vou listar alguns aqui envolvendo o tema:


Consciousness and the double-slit interference pattern: Six experiments -  in Physics Essays 25(2):157-171 · June 2012 with 175 Reads
DOI: 10.4006/0836-1398-25.2.157

Anomalous Information Reception by Research Mediums Under Blinded Conditions II: Replication and Extension -  in EXPLORE The Journal of Science and Healing 11(2) · January 2015
DOI: 10.1016/j.explore.2015.01.001

Discarnate Readings by Claimant Mediums: Assessing Phenomenology and Accuracy Under Beyond Double-Blind Conditions -  in The Journal of parapsychology 78(2) · January 2015

Electrocortical activity associated with subjective communication with the deceased -  in Frontiers in Psychology 4:834 · November 2013 
DOI: 10.3389/fpsyg.2013.00834 · Source: PubMed

The Possible Effects on Bereavement of Assisted After-Death Communication during Readings with Psychic Mediums: A Continuing Bonds Perspective - ARTICLE in OMEGA--JOURNAL OF DEATH AND DYING · JANUARY 2014 Impact Factor: 0.44 · DOI: 10.2190/OM.70.2.b · Source: PubMed


Tem muito mais que isso obviamente.. mas já aqui seria um bom e extenso tempo necessário para digerir cada caso..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 04 de Novembro de 2016, 22:20:58
Gigaview, compreendo seu ponto de vista no entanto não posso concordar com ele..

vamos lá:

O objetivo da pesquisa não está claro. Teste controlado com médium psicógrafo prá que?

A resposta para essa pergunta está limitada ao objetivo da pesquisa, ou seja, para saber se um médium frauda ao fornecer informações tão específicas em cartas psicografadas.


Parece que é para provar que os espíritos existem e se comunicam, pois você até apontou "aumento de chances de comunicação" deixando bem claro um indisfarçável wishful thinking nada científico.

Não concordo com seu ponto de vista, uma vez que o estudo busca confirmar ou negar a aquisição anômala de informações.
Há um engano seu em achar que isso provaria a existência de espíritos, uma vez que o desenho do estudo não está focado para a explicação mas sim para a verificação da ocorrência (sem fraude) de aquisições anômalas, algo carente no atual meio cientifico.
O aumento de "chances de comunicação" que você incita parece tendenciosa mas se há um fenômeno então o pesquisador deve buscar meios de verificar se ele ocorre, para isso tem que aderir ao pressuposto do fenômeno. Um exemplo disso seria o fato de existir uma espécie de flor que somente desabrocharia em determinadas condições de temperatura e clima, relatado ao longo da história. Se encontra-se uma muda dessa possível planta, de que adianta vir um cético e dizer que ela deve ocorrer somente em suas condições? Ora, isso sim me parece tendencioso...

O objetivo do estudo está bem claro e não é obter resposta ou explicação para o fenômeno mas sim para verificar se ele ocorre ou não, para isso o controle.


Então a sua pesquisa está totalmente equivocada. Você já parte do pressuposto que os espíritos existem. Isso é pseudociência espiritóide. Por que, por exemplo, a hipótese espírita é melhor que a hipótese da telepatia apesar de ambas serem improváveis?

Sua acusação vira contra você Gigaview, pois você parte de um pressuposto pior do q aquele q me acusa. Este estudo busca testar se há fraude na aquisição anômala, simplesmente isso. Estou dando a oportunidade de um comitê ou grupo de céticos verificarem a escolha de famílias..

Seus argumentos se perdem por parecer fugir da essência. Ora, se colocarmos varias familias problemáticas numa sala e surgir uma carta que seja contendo informações detalhadas da mesma, como o médium poderia ter adquirido tais informações? Elas são reais... (isso se der certo por isso o experimento)..

Se quiser, posso citar outros q fiz, dai minha opinião sobre o tema... mas isso não alteraria os resultados pois são fatos.. A explicação.. bom.. daí é outra coisa e não está no escopo do estudo.. cada um chega a conclusões pelo que acumula de conhecimento e vivência..

Acho que agora você foi mais claro.

Se o experimento fosse meu, faria um pouco diferente.

(1) Publicação de anúncio vinculado a um site, convidando pessoas/famílias para participar de uma pesquisa sobre paranormalidade. O site contém uma explicação e formulário de inscrição com dados cadastrais.

(2) Após cadastro, os candidatos recebem email com ficha para descrição do "caso" e fornecimento de informações específicas sobre o falecido. Após o envio do questionário o site criptografa e gera automaticamente uma senha para os pesquisadores e familiares que só poderá revelar o conteúdo das informações enviadas após a data da sessão de psicografia.

(3) Um script seleciona automaticamente 10 casos no banco de dados e envia um convite para os cadastrados participarem de uma sessão de psicografia cuja presença deve ser confirmada eletronicamente. O endereço do local e horário da sessão é enviado juntamente com o nome de um colaborador da pesquisa que irá recepcionar, orientar e conduzir o participante zelando para que o mesmo não tenha contato com outras pessoas no local onde a sessão será realizada.

(4) O médium deve chegar 2 horas antes do início da sessão para ser examinado e revistado por um médico, e ficar aguardando sozinho numa gaiola de Faraday montada numa sala com banheiro e dispondo de lanche, música, livros, passatempos e outras amenidades. Até o início da sessão o médium não pode ter contato algum com outras pessoas. A sala deve ser monitorada por câmeras de vídeo.

(5) O médium deve  ser novamente revistado e vestido com traje fornecido pelos pesquisadores e conduzido descalço em chinelos à sala da sessão na hora marcada onde lhe será oferecido o nome completo de pessoas para contato e fornecimento de informações específicas. Ele poderá realizar os preparativos que achar necessários para entrar em estado de transe à vista dos pesquisadores. O médium deve ficar de costas para os convidados com protetores auriculares a prova de som.

(6) Os convidados são revistados e ingressam na sala para o inicio da sessão.

(7) Um sistema de varredura eletromagnética, de ultra som e infra som deve ficar permanentemente ligado do início ao fim da sessão. As luzes da sala devem ser todas de LED não dimerizáveis. As janelas devem ser fechadas com cortinas bloqueadoras de luz. O entorno do médium sobre a mesa deve ter talco capaz de se espalhar ao menor sopro na sua direção. Um sismógrafo também deve ser mantido ligado durante toda a sessão. Tudo deve ser monitorado por câmeras e uma das câmeras deverá ser sensível ao infravermelho.

(8) Após a sessão, as anotações do médium são lidas e todos são dispensados sem discussão ou debate.

(9) Com a senha liberada os pesquisadores comparam o caso descrito pelos familiares com as cartas psicografadas atentos ao Efeito Forer e à qualidade das informações específicas. A análise deve ser revisada por céticos.

(10) Qualquer sinal de inobservância dos procedimentos de controle cancela a análise e descarta o experimento.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 22:26:06
Buckaroo o filme não tem nada a ver... rs... Esse filme, pelo que me lembro, é de uma cética que descobre vários casos de médiuns fraudadores, onde ela acaba deixando de perceber q o auxiliar seria um verdadeiro médium rss..

Bom.. mas de qualquer forma se aplica a questão do médium aqui... aquele do filme (o cego) era um fraudador de primeira rss.. mas fazia shows

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 04 de Novembro de 2016, 22:51:16
Gigaview, obrigado por dizer como faria, vou tecer alguns comentários para que possamos evoluir a idéia (meus comentários sem negrito:

Acho que agora você foi mais claro.

Se o experimento fosse meu, faria um pouco diferente.

(1) Publicação de anúncio vinculado a um site, convidando pessoas/famílias para participar de uma pesquisa sobre paranormalidade. O site contém uma explicação e formulário de inscrição com dados cadastrais.


Isso eu não faria pois quem me garante que o médium não enviasse muitas e muitas famílias para se inscreverem? Se uma única fosse selecionada já seria suficiente para fraudar. Acredito que um grupo isento ainda seja o melhor caso. Para evitar falcatruas do grupo que irá selecionar, podemos incluir ainda um grupo auditor independente (jornalistas por exemplo)

(2) Após cadastro, os candidatos recebem email com ficha para descrição do "caso" e fornecimento de informações específicas sobre o falecido. Após o envio do questionário o site criptografa e gera automaticamente uma senha para os pesquisadores e familiares que só poderá revelar o conteúdo das informações enviadas após a data da sessão de psicografia.


Achei oportuna a ideia de haver uma ficha onde ser preencheria o maior numero de dados possíveis, isso poderia vir dos céticos com cada família. Vale lembrar que há casos onde surge algo não relatado ou esperado, dai ainda assim precisa-se da família para checar. Dou como exemplo uma sessão onde eu fiscalizei e na carta surgiu um nome que parecia erro de escrita, onde dizia "Mi Irene"... Esse foi um caso mais raro onde o filho tinha falecido ha muitos anos, ainda quando bem menor. Na entrevista com a mãe ela me disse não lembrar de Mi Irene na família, apenas a Irene que foi dinda do filho. Ao contactar com ela, se descobriu que o atual modo de chama-la trata-se de Mi Irene, como apelido em sua nova família, oriundo de Maria Irene.. Ela foi concunhada da mãe e separou-se do irmão do marido dela a anos, ja tendo outra família.
Dessa forma não para sermos tão "engessados" pois minha experiência com os fenômenos desse tipo mostram que não há regras muito definidas, apenas tendências.
(3) Um script seleciona automaticamente 10 casos no banco de dados e envia um convite para os cadastrados participarem de uma sessão de psicografia cuja presença deve ser confirmada eletronicamente. O endereço do local e horário da sessão é enviado juntamente com o nome de um colaborador da pesquisa que irá recepcionar, orientar e conduzir o participante zelando para que o mesmo não tenha contato com outras pessoas no local onde a sessão será realizada.

(4) O médium deve chegar 2 horas antes do início da sessão para ser examinado e revistado por um médico, e ficar aguardando sozinho numa gaiola de Faraday montada numa sala com banheiro e dispondo de lanche, música, livros, passatempos e outras amenidades. Até o início da sessão o médium não pode ter contato algum com outras pessoas. A sala deve ser monitorada por câmeras de vídeo.

Gaiola de Faraday é um tanto antigo no meu ver.. a idéia é que as famílias cheguem antes e ele entre logo depois, evitando assim qualquer contato entre ambos, afinal, precisamos nos assegurar de que as famílias não procurem o médium antes do evento, por isso o anonimato (cego).
Exames podem ser feito no médium mas ele apenas senta, entra em transe e escreve, por isso não tem muito alarde. Eu mesmo verifiquei a possibilidade de pontos no ouvido ou qualquer implante no mesmo.
O outro médium q frauda que estamos investigando não tem pontos nem olheiros.. o que ele tem é uma excelente memória e criatividade.. Analisa os casos previamente na internet e elabora uma bela carta com uma série de dados.. Para o azar dele alguns não eram verdadeiros e estavam apenas na internet.

(5) O médium deve  ser novamente revistado e vestido com traje fornecido pelos pesquisadores e conduzido descalço em chinelos à sala da sessão na hora marcada onde lhe será oferecido o nome completo de pessoas para contato e fornecimento de informações específicas. Ele poderá realizar os preparativos que achar necessários para entrar em estado de transe à vista dos pesquisadores. O médium deve ficar de costas para os convidados com protetores auriculares a prova de som.

Isso é bom.. vou deixar anotado. Sobre a questão dos nomes, esse médium que aceitou pede por "praxe", presenciei momentos em que ele apenas cita confirma com a pessoa se ela é que o espirito diz ser, dai fala o resto.. Tipo, algo q presenciei.. Havia um grupo de mulheres no fim da rua, no lugar da sessão.. Ele estava caminhando e eu o seguindo.. Ele chegou perto de umas senhoras e perguntou: Quais de vcs é a Maria? Umas delas se identificou... Então ele disse: Você veio por causa do fulano né? Ele está falando que levou os tiros, é esse mesmo? Dai a mulher começou a chorar e ele disse para ela que ele tentaria uma vaga para se comunicar na hora la.. Sei q são experiencias pessoais, mas ele disse que vai tentar não pedir os nomes, nada.. deixar os espiritos tentarem se comunicarem.. Por isso minha insistência em casos que aumentem as chances.. Na sessão que organizamos para ele na cidade (ele mora em outro estado), tinha casos terríveis, onde muitas das maes perderam filhos por motivos de acidente de transito, assinados e muitos... muitos eram bandidos e as mães estavam la tentando algo..

(6) Os convidados são revistados e ingressam na sala para o inicio da sessão.

Quem os revistaria? Eu? Em principio não haverão convidados, apenas ele, eu e as famílias.. No máximo alguem para filmar.. Para evitar uma auxiliar a ele, eu mesmo vou puxar as folhas durante a psicografia.


(7) Um sistema de varredura de ultra som e infra som deve ficar permanentemente ligado do início ao fim da sessão. As luzes da sala devem ser todas de LED não dimerizáveis. As janelas devem ser fechadas com cortinas bloqueadoras de luz. O entorno do médium sobre a mesa deve ter talco capaz de se espalhar ao menor sopro na sua direção. Um sismógrafo também deve ser mantido ligado durante toda a sessão. Tudo deve ser monitorado por câmeras e uma das câmeras deverá ser sensível ao infravermelho.

Bah... as câmeras vao ter, mas quais seriam os possíveis motivos de ter tanto aparato? Mas vejo q pode ser possível sim, tem q se pensar melhor..

O referido médium é de família pobre e ignorante.. atua na administração de uma empresa familiar catadora de latas para reciclagem. Faz o trabalho voluntário sem ganhar nada.. Trouxemos ele para o sul e pagamos as despesas.. ele ainda pagou a comida num dia e saiu sem ganhar nada. Se ele frauda é por memória e internet.. Dificilmente teria condições de comprar algum aparato desses.

(8) Após a sessão, as anotações do médium são lidas e todos são dispensados sem discussão ou debate.

(9) Com a senha liberada os pesquisadores comparam o caso descrito pelos familiares com as cartas psicografadas atentos ao Efeito Forer e à qualidade das informações específicas. A análise deve ser revisada por céticos.

(10) Qualquer sinal de inobservância dos procedimentos de controle cancela a análise e descarta o experimento.


anotadas as sugestões..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 04 de Novembro de 2016, 23:27:32
Acho fundamental

(1) Garantir que ninguém tenha conhecimento do caso da família até o término da sessão;
(2) Os familiares não tenham contato com outras pessoas desde a chegada para evitar hot reading, principalmente com o médium.
(3) Que o médium seja revistado e vigiado a todo instante. Nunca se sabe o que uma pessoa é capaz de esconder no ânus ou na vagina.
(4) Que qualquer tipo de transmissão de código possa ser interceptado, isso inclui batidas, sopros, infrasom, piscadela de lâmpadas,  pulsos térmicos, etc. Já li sobre pessoas capazes de captar e ouvir frequências de rádio em obturação dentária, algo parecido com um rádio de galena. Sem esquecer nos clássicos códigos de contração muscular. Tudo isso precisa de um rigor absoluto.

A gaiola de Faraday é uma garantia de incomunicabilidade, se for bem feita.

Por que a presença física dos familiares é necessária? Não seria o caso de testar isso também?

Pelo modo que você descreve os seus casos, parece que você considera alguns verdadeiros ou você é um desses raros espíritas céticos que duvidam e continuam duvidando diante da possibilidade de fraude? Tipo Vitor Moura que é espírita mas crítico ferrenho de Chico Xavier e de outros?

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 05 de Novembro de 2016, 00:22:17
Gigaview, minha idéia é que as famílias não tenham contato algum prévio, senão no momento da sessão, comigo e com o médium.

A intenção é que o grupo de céticos acompanhe as famílias o tempo todo, assim como eu vou acompanhar o médium.

Em se pensar em transmissões tem q se pensar em como alguém q pudesse transmitir teria acesso as famílias q somente os céticos saberiam. Sem isso não teria como, mesmo existindo um sistema de transmissão, o médium saber de algo q um comparsa não tivesse acesso. Por isso o trabalho dos céticos é importante.

Vale salientar que o médium não é da cidade, mora em outro estado, então para fraudar nesse quesito implicaria em bons custos, mas como falei, se nada souber das famílias, então não adianta ter acesso a sistemas de comunicação em geral..

Sobre a questão física da presença dos familiares. Bom, aí existem vários detalhes, sendo o principal deles o fato do médium acreditar que tenha o poder relacionado à presenca da pessoa. Seria algo com um ponto desencadeador do fenômeno. Nada impede q estudos futuros se tente isolar as famílias em sala separada.. não propus isso a ele pois ser submetido a teste o deixa mal, afinal.. tem alguém aqui q submetido a teste se sentiria bem? Então esse detalhe dele se sentir confortável é imprescindível... qualquer coisa q o afete nisso invalida todo o experimento.

Outro detalhe nesse tocante é que a crença espirita acredita que o espirito acompanharia a família, sendo assim o espirito estaria lá pq a família também. Alguns testes do passado sustentam isso com boa margem..

Experimentos atuais que isolam muito o médium recaem num problema de hipótese PSI (paranormal) e do fenomeno mediúnico em si, podendo cair no caso da clarividência retrocognitiva, pegando dados não precisos, como os nomes, apelidos etc..

Em resumo, podemos testar sem eles, mas no futuro.. vamos por partes..

Sobre minha pessoa.. Bem.. acho q estou no campo dos espiritas científicos, algo raro no atual momento, mas que vem crescendo cada vez mais.. A nova geração é menos bitolada e quer testar e verificar.. Admito que a grande maioria de espiritas são do tipo religiosos e sem embasamento cientifico algum, algo contrário ao que o espiritismo pregava no inicio.. Hj virou um bando de religiosos que só falam de ciência para justificar o positivo.. os negativos eles escondem por vergonha ou por não querer ver o outro lado..

Para os céticos eu sou visto como espirita, para os espiritas sou visto como um cético rsrsrs

Eu particularmente acredito q existem médiuns verdadeiros, embora exista uma linha tenue entre as reais possibilidades da sobrevivência e da hipótese PSI. O interessante entre os dois fatos é q pressupõem algo que o materialismo cartesiano não atinge mais, frente aos fatos e casos catalogados.

O Vitor tem profundo conhecimento sobre o tema, mas discordo dele sobre o fato de Chico Xavier.. Embora há evidencias dele junto a casos de fraude mediúnica, há outros casos (posso citar vários que tive acesso) que demonstram absolutamente o contrário. Dai vai da análise pessoal de cada pessoa..

Quando debati com o Vitor sempre recaímos em pontos não mais verificáveis e por isso um beco sem saída, então o caminho é pegar médiuns atuais para verificação. Não temos escolha...





Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 00:33:02
Alquimista... você é um ser engraçado... vou ter q comentar... rs

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Quer ouvir uma coisa realmente engraçada????
É que os espíritas que surgem (encarnam) aqui neste recinto parecem ser os únicos que não sabem utilizar o recurso CITAR do fórum. Isso sim é bastante engraçado!!!
Por que será ''QI'' isso acontece??????  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Então era um garotinho promissor, um verdadeiro menino prodígio?????  Mas como foi se regredir tanto assim??!!!!  Volte a ser como o ALQUIMISTA, e será mais feliz!!!!!!   :biglol:


Sou bem feliz da forma que sou rs...

Não, meu rapaz... O ALQUIMISTA não questionou a sua felicidade!!!!  ELE afirmou, com toda propriedade, que poderia SER AINDA mais feliz se enxergasse o mundo da forma que o ALQUIMISTA enxerga!!!! 


Citar
abandonei um lado tendencioso ou baseado na fé (parece não ser o seu caso kkk)... hj busco respostas mais precisas.. rs

Mas parece que não tem dado bons resultados!!!!  hahahahahahahahahahahaha...


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Mas ainda continuas investindo em IMPRODUTIVIDADE... Duvido muito que algo de valor e elevado saia daqui desse tópico.

O único e simples objetivo de ter criado o tópico foi em função de buscar céticos interessados em formar um grupo para selecionar famílias.. Se achar um único já estará bom... rs..

Ihhhhhh... Aqui cê vai achar váááários!!!!!  Tem bastante ''plantonista'' por aqui!!!!!


Citar
O que não pode ocorrer é eu ter q selecionar as famílias, dai sim poderá dizer q o estudo é tendencioso.. rs

Não pode selecionar, mas impor condições (da forma que fez! E deveras tendenciosa por sinal!) pode, né?!! Tá bom...


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Citação de: Sandro
embora admito grande crescimento de minha parte com ajuda de céticos.. bom.. eu disse céticos e não pseudo-céticos..rs..

TRADUZINDO: crentinhos camufladinhos!!!!!!!

Qual a diferença entre um cético que acredita piamente na própria convicção e um religioso que acredita piamente na existência de um Deus e outras coisas do seu meio? Sabemos q nenhuma..

HAHAHAHAHAHAHAHA... BASTANTE!!!!!!!!! Dá na mesma perguntar qual a diferença entre um gênio e um idiota!! Mas já percebemos que o Sandro prefere um discurso falacioso (e... tendencioso) no debate, né?!
A convicção pode ser baseada em VÁÁÁÁÁÁÁÁÁRIAS evidências palpáveis e sólidas... Já a CRENÇA em espíritos, mediunidade, deus e bobagens do tipo carecem TOTALMENTE de quaisquer evidências científicas.


Citar
Se um cético não honrar o atributo que lhe cabe, só pode estar enrustido usando do termo errado para justificar a própria crença, alias, vejo muito isso por ai... dai prefiro chamar de pseudo-cético pois não vejo que o termo representa exatamente o q deveria...

Tem mui experiência nesse assunto, hein?! Foi baseada em e-vidências pessoais????  kkkkkkkkkkkkkkkkkkk...


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Entendo que nem sempre seja AGRACIADO com a graça de ter tempo com o ALQUIMISTA, mas aproveite a chance o máximo que puder!!!! Afinal, é apoiado em ombros de gigantes que os pequenos crescem!!!!!

Vaidade é um problema sério, geralmente acompanha os que escondem os piores medos..

E o Kiko tenho a ver com isso???  hahahahahahahahahaha... Procure um analista então!!!!


Citar
Se cria uma imagem e se trabalha em sustenta-la.. mas creio q está sendo produtivo até o momento... me faz rever conceitos e repensa-los.. o q ja é bom...rs

ALQUIMISTA, o ANALISTA??????  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Que pé atrás é esse, Sandro???!!! O ALQUIMISTA não faz juízo algum sobre a sua pessoa, só ao seu método!!!!!!

Mas o q menos você falou foi do método! rss.. Você falou q eu serei tendencioso..

Tendências tendenciosas não podem estar entrelaçadas ao método, já que contaminam as mesmas???


Citar
Dai mostrei que o método me isenta da seleção das famílias e inclusive da interpretação da(s) cartas..  Eu somente saberei quem é o médium, algo q o grupo que ira selecionar não poderá saber para manter o controle..  Não vejo problemas no método para buscar a resposta ao qual ele pretende.. Lembre-se, não estamos buscando explicações no momento.. apenas verificações... Estou aberto a criticas sobre o método..  :P

Mas as condições impostas para escolha das famílias é o que estraga o experimento. Tem bastante viés pra se deixar contaminar, inclusive na interpretação das cartas. Melhor rever totalmente seu método ou jogá-lo fora!


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Então o objetivo final é confirmar apenas que o médium tem de fato ''poderes'' mágicos. Tsc, tsc, tsc...

Depende.. se ele gerar cartas como as q gera normalmente vai demonstrar que algum tipo de informação anômala ocorre, algo que vem sendo relatado em inúmeros periódicos peer-review ao longo dos anos..

IFORMAÇÃO ANÔMALA = MÁGICA!!!!!!
Ou você, caso o médium acerte, ''ignora'' o que realmente acontece nos bastidores??? Isso se chama FÉ CEGA!!! 


Citar
Como alquimista você desconhece pesquisas nesse campo? Então seria bom se atualizar... rs

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Na escola que você estuda o ALQUIMISTA já tem diploma há anos!!!!  Tudo o que os médiuns sabem fazer EU já fiz também. Pode colocar qualquer relato de mediunidade aqui que exponho a fraude NA HORA!!!!!!!!!   


Citação de: Sandro
Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Acho que isso saciaria boa parte do desejo de muitos céticos (verdadeiros)...

Não duvido dessa parte dos céticos de araque crentinhos camufladinhos.

Mas esses são os verdadeiros céticos? Capiche? Afinal o que é um cético para você?

E você??? Você se considera um cético??? CapiTCHE????


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

O que?????????????????  E que condição é essa imposta para a escolha das famílias????

''e serão convidadas famílias que perderam parentes próximos e necessitem de algum tipo de ajuda ou comunicação com eles''

Acabou de sofrer sua primeira REFUTAÇÃO, Sandro!!!!!!!!


Isso é tendência? Negativo sr alquimista..

Se estudasse o tema iria perceber que não se trata disso, uma vez q tal escolha melhora as chances de se obter o fenômeno.


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... Leia aí onde negritei.  Quer dizer que não é nem um pouco tendenciosa essa afirmação CRENTÓIDE aí não, né?! Quer dizer então que ''melhora as chances de se obter o fenômeno''???????  QUAQUAQUAQUAQUAQUA... Sei...


Citar
O que você chama de tendência eu chamo de aumentar probabilidades uma vez que o n é baixo, apenas 10 famílias.. Se pudéssemos você poderia escolher 100 (teria q ter lugar pra isso) e dai você escolhia o q quisesse..

Em termos de método ele não altera em nada a chance do médium fraudar, sendo esse o ponto em investigação aqui..

Tô sabendo!!!!!!!!


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Detectado uso de FALÁCIAS TÍPICAS ESPÍRITAS!!!!! (Eis aí um autêntico ''Spenceriano'')   

Caro neófito, o fato da chuva cair num deserto NÃO O TORNA UM EVENTO SOBRENATURAL!!!!!!!!

Caro mestre dos magos e óh sábio do poder.. Imagine uma criança que cresceu no deserto e quando tem 10 anos de idade e ve uma chuva.. Imagine essa criança isolada do mundo (como as que tive acesso no deserto dos Emirados Árabes), pode ter certeza q ela vai achar q é magica! rsrsrs

Então você acabou de admitir que leva em conta o DEUS DAS LACUNAS... Ou melhor, no ESPÍRITO DAS LACUNAS???????  Tsc, tsc, tsc...  Por aí a gente já vê o quão 'livre de'' tendenciosidade será a sua pesquisa. 


Citar
Mas espero q tenha atingindo o liminar "compreendoológico" do trocadilho.. Aliás os espiritas não consideram tais fenômenos nem como anômalos nem como anormais ou mágicos..

Ahhh, bom. Se não tivesse esclarecido isso o ALQUIMISTA ia achar que você não tinha percebido a enorme GAFE que cometeu ao invocar aquela besteira do deus das lacunas e que agora estaria tentando acobertar sua infeliz colocação com uma bobagem maior ainda de que os espíritas não levam em conta ''fenômenos naturais mágicos'', mas acreditam em eventos sobrenaturais fraudulentos. Beleza!!!


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Sem comentários!!!! Está despreparo demais para lidar com bons charlatões.

Opinar vagamente ou sem embasamento lhe deixa vulnerável a qualquer refutação... Onde está a falha no método ao que ele se propõe a responder?

HAHAHAHAHAHAHAHAHA... O cara se acha o novo Dr. Crookes, o inFALÍVEL!!!


Citar
Essa é a questão em que deve se focar, caso contrário fica apenas como uma opinião sua e pelo q pude perceber desconhece sobre método cientifico e está pouco atualizado sobre temas de pesquisas nesse campo.

Isso mesmo!!! Go on, Dr. Crookes!!!


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

EU sabia!!!!!!!!!  Nem precisa me dizer... Já sei!!!!!!  São os estudos nas mais renomadas universidades europeias que está fazendo a Europa se curvar ante o espiritismo.  Estou certo??????

Como até o momento...  ::) continua errado e desinformado.. Chutando algo e nem se deu o trabalho de ir buscar no Sr Google algo relativo a isso.. rss

As piadas (sem graças) sobre o tema ''ciência espírita'' são sempre as mesmas,  neófito. Só muda o nome dos personagens. Melhor mesmo consultar o Sr. Google se quisermos ouvir uma piada mais inteligente.   hahahahahahahahahahahaha...


Citar
Apenas para lhe ajudar, mas não se acostume, o que existe de fato até hj são pesquisadores do mundo buscando hipóteses explicativas para os fenômenos documentados. De um lado existem alguns que defendem a hipótese PSI e outros que defendem a hipótese da sobrevivência. Os que defendiam a hipótese cartesiana materialista não conseguiram se sustentar frente aos fatos.. acabaram caindo fora ou tomando outras hipóteses como melhor opção.. Mas realmente a questão é complexa e extensa limitando o numero de interessados verdadeiramente em pesquisar e se aprofundar.

Não! Não pretendo me acostumar mesmo com toda essa bobagem. Pode continuar sem mim no caminho da autoilusão se quiser. Obrigado!!!


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Já sei!!!!  Por exemplo, as de um tal de Luís de Almeida?????  hahahahahahahahahahahahaha... 

Não me lembro dessa pessoa.. rs.. então não seria ele, obviamente... rs

Obviamente você continua não entendendo nada!!!! Não é um joguinho de adivinhação, neófito. O ALQUIMISTA fez uma alusão a um outro espírita que também vem por aqui sempre repetindo as mesmas abobrinhas que as suas... sempre com o mesmo papo furado de ''ciência espírita'' como se fosse algo sério, e no final ele acaba pagando o maior mico ao citar experiências ''científicas'' pra lá de tendenciosas. Enfim, a ladainha da pseudociência espírita é sempre a mesma.   


Citação de: Sandro
Citação de: Alquimista

Esqueça isso, cara!!! Relaxa!!!! O ALQUIMISTA é somente uma coisa totalmente desprovida de CRENÇA!!!  Você não vai entender o que é isso!!!!
 

 :histeria:

Nossa.. em poucas horas pude perceber sua extrema crença... haja fé.. igualzinho aos evangélicos e espiritas fanáticos rss

Então quer dizer que pra você os papéis do fanático religioso e do cético se inverteram, justamente nessa época em que vivemos uma verdadeira inversão de valores?! Tá bom... Lamentável!!!
Eis aí uma pequena (mas relevante!) amostra da capacidade de discernimento (''nada tendenciosa'') daquele que conduzirá um experimento de cunho ''científico'' que pretende ser... ''nada tendencioso''.  Tsc, tsc, tsc...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 05 de Novembro de 2016, 00:53:03
Alquimista, confesso q decepcionou geral... não q lhe pareça um problema... mas vou responder o pouco que pode ser aproveitado de todo o "lixo" que escreveu.

Você tentou argumentar mas não explicou onde, o critério da seleção das famílias, colaboraria para a checagem de fraude.. escreveu um monte e não disse nada. :sleepy:

A interpretação das cartas será por parte das familias, logo onde estará algo tendencioso meu?

Sobre a questão de ser ou não cético.. Bom.. como o grupo aqui deve saber mais do q eu, se trata basicamente de questionar tudo, buscando hipóteses e evitando uma verdade nua e crua.. Embora, assim de cabeça, eu sei que há diversos pensadores céticos, mas entendo que, quando ja não se busca investigar ou questionar, apenas se tentar impor uma opinião (baseada no argumento de "QI" ou qualquer outro similar) já passa a ser um pseudo-cético buscando evidencias não falseáveis para a própria crença.. você  :P

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 01:26:14
Alquimista, confesso q decepcionou geral...

E vai se decepcionar ainda mais, mas não com o (ESSE SIM... INFALÍVEL) ALQUIMISTA, e sim com a sua tão amada ''ciência espírita'' quando as fichas que estão ''empo(l)eiradas'' aí no tico e teco finalmente caírem. CapiTCHE????


Citar
não q lhe pareça um problema... mas vou responder o pouco que pode ser aproveitado de todo o "lixo" que escreveu.

Quando o ALQUIMISTA escreve sobre o LIXO ESPIRITISTA não espera que saia um soneto shakespeariano que possa servir de deleite para os incautos incultos. CapiTCHE?????


Citar
Você tentou argumentar mas não explicou onde, o critério da seleção das famílias, colaboraria para a checagem de fraude.. escreveu um monte (de coisas inteligentes) e não disse nada (que qualquer ser sensato não soubesse). :sleepy:

Fiz apenas algumas correçõezinhas na sua afirmaçãozinha cheia de equívocos.

''e serão convidadas famílias que perderam parentes próximos e necessitem de algum tipo de ajuda ou comunicação com eles.
Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação);
''

Isso aí não parece irresponsabilidade demais para você??? Bom, pelo jeito não, né?!!! O que mostra o quão ingênuo e despreparado para fazer metodologia científica você é!!!
 

Citar
A interpretação das cartas será por parte das familias, logo onde estará algo tendencioso meu?

''Seu''???? Sai fora...  kkkkkkkkk... E você acha que famílias sensibilizadas afoitas por contatos do além com seus entes queridos mortos não são as melhores vítimas pra se cair nesse tipo de engodo???? Conta outra, vai... 


Citar
Sobre a questão de ser ou não cético.. Bom.. como o grupo aqui deve saber mais do q eu, se trata basicamente de questionar tudo, buscando hipóteses e evitando uma verdade nua e crua.. Embora, assim de cabeça, eu sei que há diversos pensadores céticos, mas entendo que, quando ja não se busca investigar ou questionar, apenas se tentar impor uma opinião (baseada no argumento de "QI" ou qualquer outro similar) já passa a ser um pseudo-cético buscando evidencias não falseáveis para a própria crença.. você  :P

Então sua capacidade de julgamento é ''QI'' é mesmo problemática!!! Como EU havia suspeitado.
Pra sua apreciaçãozinha, o ALQUIMISTA pesquisa paranormalidade e espiritismo sim. O problema é que os espíritas, desde a pegadinha de primeiro de abril das irmãs Fox, nunca conseguiram sequer provar a mediunidade. Pelo contrário... Sempre que se pesquisa a fundo, toda sorte de fraude vem à tona.
Você que é um ''estudante'' fanático cheio de fé nas pesquisas espíritas. Aponte um caso de mediunidade para mim que não tenha sido fraude ou que EU não possa expor como tal. Então não se trata aqui de pseudoceticismo ou excesso de credulidade. Estamos falando de criminosos, charlatanismo e estelionatários (por isso esse JOIO cresceu tão bem no Brasil), e você se autoilude tentando arrumar um monte de estorinhas fajutas pra validar essa laia!!!!  Tsc, tsc, tsc...     
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 01:39:35
Com tudo o que sabemos hoje somente um crentinho camufladinho ainda se preocuparia com essas bobaginhas de séc. XIX a ponto de querer levar médiuns que ''psicografam mortos-vivos'' para o laboratório!!!!!  hahahahahahahahahahaha...
Por que??? Por que tais abominações contrariam as leis da ciência.
E meu interesse nesse tipo de assunto é puramente cultural (sou (((também))) pesquisador de mágica e ilusionismo. Quem melhor do que os médiuns para nos ensinar técnicas criativas de enganação e mentalismo?!)   
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 02:16:30
Literário.. as leituras frias e "go fish", historicamente, não pegam nomes e detalhes como o exemplificado.. O caso do "go fish" o médium ia ter que ficar fazendo perguntas para enrolar as famílias... o q não é o caso... Ele vai la, senta e psicografa, no máximo perguntou: "A vó Vera está aqui? Tem um menino chamado Matheus que disse que vai escrever algo"..

O ponto que eu quero chegar e é interessante que todos se perguntem é: É possível um médium adquirir informações dessa precisão sem nada saber sobre as famílias? (ou pelo menos saber o nome)..

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... Olha só como é despreparado o garoto para lidar com golpes!!!!!

Use a criatividade, Sandro!!!!! Use a criatividade!!!!! hahahahahahahahahaha... Ora, se não fosse possível, sequer existiria uma profissão chamada detetive particular!!!!!!!
E você ignora que atrás de todo grande médium tem sempre uma GRANDE EQUIPE!!!!!  hahahahahaha... Equipe essa que com tempo e dedicação pode descobrir facilmente o nome de todos os familiares que participarão do seu experimento fajuto.
Outro erro seu: excesso de confiança nos sujeitos do experimento. Quem garante que algum ali não seja espírita e arrume um jeito de passar informações para o médium antes da sua ''sessão'' (pseudo)científica???  hahahahahahahaha...  Ou que alguém ali não faça o mesmo simplesmente pra fazer média? Enfim...  Há mil e uma maneiras de te mostrar que tudo isso tá fadado ao fracasso. Por falar nisso, o médium só fracassa se quiser nessa bobagem aí. O que de nada adiantará também, pois todos os espíritas alegarão que o médium era farsante demais, que não foi válido o experimento por causa disso. Que se fosse com o médium X ou Y teria dado certo. Sempre existe uma desculpinha. Por isso esses tipos de testes nunca dão em nada!!!!     

Mas... com a leitura fria é possível obter nomes de pessoas desconhecidas???? MAS É CLARO!!!! EU mesmo já fiz isso. Uma vez minha mulher chegou dizendo que a irmã dela havia acabado de conhecer um rapaz. Então, sem que ela dissesse mais nada e sem dispor de mais nenhum dado EU afirmei: ''ele se chama Leonardo?''  Minha mulher ficou embasbacada com os olhos esbugalhados. Por que? Porque o nome do rapaz realmente era Leonardo. Como fiz isso???? Ahhhhhhh, um bom mágico nunca revela seus segredos!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 05 de Novembro de 2016, 02:43:25
E você ignora que atrás de todo grande médium tem sempre uma GRANDE EQUIPE!!!!!  hahahahahaha... Equipe essa que com tempo e dedicação pode descobrir facilmente o nome de todos os familiares que participarão do seu experimento fajuto.


Caro alquimista, acabou nossa conversa aqui... você deve ter algum retardo ou problema sério... Está se focando na minha pessoa, agredindo e me tirando já.. Não sei como funciona a moderação nesse fórum mas nos que ja participei, por bem menos, você seria excluido. Não contribui em nada e denigre a imagem do pessoal cético..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 05 de Novembro de 2016, 03:37:43
Em relação à interpretação, como você exclui o Efeito Forer?

Você não acha que a validação deveria ocorrer apenas considerando as informações específicas?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 03:39:27
E você ignora que atrás de todo grande médium tem sempre uma GRANDE EQUIPE!!!!!  hahahahahaha... Equipe essa que com tempo e dedicação pode descobrir facilmente o nome de todos os familiares que participarão do seu experimento fajuto.


Caro alquimista, acabou nossa conversa aqui... você deve ter algum retardo ou problema sério... Está se focando na minha pessoa, agredindo e me tirando já.. Não sei como funciona a moderação nesse fórum mas nos que ja participei, por bem menos, você seria excluido. Não contribui em nada e denigre a imagem do pessoal cético..

AD HOMINEM??????

Você será denunciado por desrespeito!!!!  Só porque acabou teus argumentos e te mostrei um jeito inquestionável de fraudar o experimento, você decidiu baixar o nível e partir para o ataque pessoal me categorizando de retardado!!!!

E hora nenhum agredi a sua pessoa!!! Minhas críticas foram em relação ao seu experimento e aos seus argumentos, o que é permitido neste fórum.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 05 de Novembro de 2016, 03:55:35
Em relação à interpretação, como você exclui o Efeito Forer?

Você não acha que a validação deveria ocorrer apenas considerando as informações específicas?

Olá Gigaview, acho q deve haver um relatório de dados como você sugere, cabendo as céticos o fazerem, no entanto não devemos abandonar uma análise da família em questão pois pode haver dados particulares como exemplifiquei que podem ser colaborativos ou evidenciarem fraude.

Um exemplo para essa questão, inverso ao q dei anteriormente, é o fato de uma mãe, ao receber a psicografia de um medium investigado por nós como fraudulento, não percebe o dado errado no momento da carta, no entanto em casa ela verificou que era um dado informado apenas na internet (apelido falso) e não usual por eles ou amigos...

No mais concordo planamente com você para se fazer  tal questionário, alias já é de padrão internacional tal uso, anotando-se tipo de morte, nomes de parentes e amigos próximos, característica da morte etc... No entanto vale lembrar que isso deve ficar exclusivamente com o grupo de céticos para manter o duplo-cego.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 03:57:18
Se você não tem maturidade para encarar um debate acirrado ou tem pouco preparo psicológico para aceitar questionamentos, o que veio fazer num fórum cético???
Melhor seria levar seu experimento fraquinho para um fórum religioso de espiritismo, pois lá as chances de alguém te questionar (ou refutar!) serão mínimas.   
E se não sabe se controlar emocionalmente, como pretende então conduzir uma pesquisa científica sem tendencionismos????
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Geotecton em 05 de Novembro de 2016, 09:04:25
O tom da conversa tem ficado cada vez mais agressivo e provocativo, em especial pelo Alquimista, a ponto do forista recém chegado ter se queixado publicamente e ao ponto de perder parte da compostura, cometendo uma falácia do tipo ad hominem.

Então aviso aos dois, e aos demais foristas, que mantenham a discussão no campo da civilidade, se abstendo de emitir juízo sobre outros foristas. Se o participante acha que não vai conseguir, simplesmente não entre na discussão, porque do contrário será punido com cartão amarelo.

Fica o aviso formal da Moderação.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Geotecton em 05 de Novembro de 2016, 09:08:07
Olá Gigaview, acho q deve...

Caro forista Sandro Fontana

Eu peço que evite usar a linguagem de 'internetês', como a expressada pela grafia do pronome "que" na forma 'q', porque ela é proibida, conforme o item VIII do artigo 24.

Obrigado.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 05 de Novembro de 2016, 13:18:36
Olá Geotecton, obrigado pelo retorno e vou consertar e atentar aqui a alguns grafismos que muitas vezes passam desapercebido pela pressa.

Sobre a questão da problemática com o Alquimista, creio que já tenha se resolvido uma vez que não irei mais me dirigir a ele por ter percebido o tom e caminho ao qual ele pretendia levar a conversa. No mais peço a gentileza de que ele não poste mais algo provocador, ou algo similar.

Obrigado.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 05 de Novembro de 2016, 14:26:51
Boa ideia, Pedro!!! Pra que perder tempo em fazer o médium descobrir nome de familiares, endereço, CPF, etc...? Isso vários MENTALISTAS já fazem!!!!!!!
Mas o Sandro bem que poderia adotar o seu método.  EU sou doidinho para saber quem foi Jack, o Estripador!!!!!!  As (pelo menos) cinco prostitutas de Whitechapel bem que poderiam nos dar uma descrição inquestionável sobre a identidade do assassino lá do ''outro lado'', não é mesmo??!!!!!
:crianca: :triciclo: :bola: :baby: :baby:
(https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcT9Qip4R_Cu1V3-FkgYuy0khTDFVeIWFOG3B417kZq9SNl46gyT)
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 05 de Novembro de 2016, 14:42:29
Alquimista... você é um ser engraçado... vou ter q comentar... rs

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Quer ouvir uma coisa realmente engraçada????
É que os espíritas que surgem (encarnam) aqui neste recinto parecem ser os únicos que não sabem utilizar o recurso CITAR do fórum. Isso sim é bastante engraçado!!!
Por que será ''QI'' isso acontece??????  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

agora ja ta começando a ficar sem  graça! que falta de cordialidade!
o importante são os argumentos que para  bom entendedores ,, são textos completos !



Citar
Não, meu rapaz... O ALQUIMISTA não questionou a sua felicidade!!!!  ELE afirmou, com toda propriedade, que poderia SER AINDA mais feliz se enxergasse o mundo da forma que o ALQUIMISTA enxerga!!!! 

hááá! agora sim voltou a ser engraçado! :biglol:


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 05 de Novembro de 2016, 14:47:05
Criaturo, se você puder citar um médium ou "mentalista" que conseguiu fornecer dados como CPF ou RG e foi testado sob controle, cita aí...rs

Os que conheço são todos fraudulentos..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 05 de Novembro de 2016, 15:12:21
Meu caro Sandro,

De antemão já peço desculpas pelas considerações um tanto antipáticas que pretendo fazer, mas a minha intenção é me colocar meio que na posição de "advogado do diabo", tentando interpretar este projeto do ponto de vista daqueles que tendem ( e tenderiam ) a enxergar o Espiritismo com muita desconfiança. Que avaliam com muito descrédito e suspeição as instituições que promovem esse tipo de doutrina.

Passando ao largo da eterna discussão sobre se religião vem a ser algo mais benéfico ou mais maléfico, é fato que, religião, sendo boa ou ruim, pode ser um grande negócio. Na História e nos dias de hoje se multiplicam os exemplos de pessoas e instituições que prosperaram enormemente gerindo os mais diversos tipos de sistemas religiosos.

De forma que, além de motivações ideológicas e psicológicas ( conscientes e inconscientes ), que alguns possam ter para corroborar tendenciosamente determinados sistemas de crenças que lhes são caros, podem também até existir outras motivações mais mundanas. Interesses de natureza material, interesses de ordem econômica mesmo. Justamente estes que costumam ser mais motivadores da engenhosidade humana que as preocupações metafísicas.

Portanto, uma pesquisa patrocinada por espíritas para estudar o Espiritismo, para muitas pessoas pouco inclinadas a confiar na boa fé dos seus semelhantes, seria visto mais ou menos da mesma forma que uma tese patrocinada pela Igreja Universal comprovando a Teologia da Prosperidade.

Me parece que tanto você quanto o Gigaview estão tentando conceber uma metodologia muito focada na preocupação de evitar qualquer possibilidade de fraude por parte dos pesquisados, assim como erros de interpretação dos dados produzidos. Claro que é importante, mas suponhamos que, desde o início, o grupo formado para realizar a pesquisa tivesse intenções desonestas... Do ponto de  vista de quem considere esse tipo de desconfiança uma possibilidade, não é difícil imaginar formas pelas quais, apenas restritos pelas salvaguardas adotadas, os próprios supervisores do projeto poderiam fornecer informações para um suposto médium com o qual estivessem previamente mancomunados.

Como exemplo, me parece que pouca garantia resulta de haver um site que SUPOSTAMENTE faça uma seleção aleatória de famílias, se a intenção deliberada ( desde o início ) de quem desenvolver o site for produzir uma fraude.

Eu faria de um modo um pouco diferente. Embora não saiba se, dentro do escopo das possibilidades dos fenômenos mediúnicos, a minha ideia é prática.

Haveria um site cuja finalidade seria tanto de divulgar o projeto como ser uma interface para o acompanhamento público do projeto. Seria interessante que o projeto fosse divulgado e acompanhado pelo maior número de pessoas. Que fosse divulgado não só em organizações espíritas, mas principalmente em universidades e para o público não espírita em geral. Neste site, além de detalhar a metodologia do projeto, existiria também uma ferramenta que permitisse postar críticas e os usuários seriam estimulados a sugerir maneiras pelas quais a metodologia adotada poderia ser fraudada.

No site haveria um arquivo contendo uma lista ordenada com os nomes de todos os registros de óbito no Brasil nos últimos 3 anos. Um arquivo com esta lista ordenada estaria disponibilizado para download, para garantir que qualquer um possa se certificar que a lista não foi alterada posteriormente.

Creio que essa lista poderia ser facilmente obtida por meios eletrônicos, já que todos os cartórios hoje reportam suas certidões a um banco de dados.

Uma função hash possibilitaria receber um número como entrada e retornar um nome da lista, com igual probabilidade para qualquer nome. Esta função também seria descrita e disponibilizada no site.

Antes de prosseguir esclareço que a minha intenção é:

- Garantir que ninguém, nem o pesquisado, nem os integrantes do grupo de pesquisadores, nem ninguém de fora ou dentro do projeto, possa ter qualquer controle sobre a seleção dos dados.

- Utilizar uma lista muito extensa, como essa, tem por objetivo prevenir que sejam levantadas previamente informações sobre todos os nomes constantes na lista que poderiam ser maliciosamente fornecidas ao médium, ou investigadas pelo próprio por iniciativa própria.

Todas as quartas e sábados, às 19 horas, a loteria federal sorteia 5 números. Seria possível fornecer os 3 primeiros números como entrada para a função hash que retornaria 3 nomes constantes na lista. Qualquer pessoa que tivesse previamente baixado o arquivo poderia conferir se de fato, com os mesmos 3 números sorteados, ela obtém em sua própria lista os mesmos 3 nomes.

É fundamental que os nomes sejam fornecidos ao alegado médium IMEDIATAMENTE após o sorteio, o que poderia acontecer ou em um sábado ou em uma quarta-feira. Para que não haja tempo hábil para que se obtenham informações sobre os nomes selecionados. Evidentemente, antes mesmo do sorteio da loteria, o médium já se encontraria em isolamento, tendo-se tomado as devidas providências para se evitar comunicações eletrônicas.

O isolamento do médium seria monitorado por uma câmera, cujas imagens seriam transmitidas em um streamer que poderia ser visualizado em tempo real no próprio site do projeto. Além disso o experimento ocorreria em local público, como uma universidade por exemplo, onde seria permitido o livre acesso de qualquer um que desejar estar presente. Até imprensa, se for possível suscitar esse nível de interesse pelo projeto.

O pesquisado será solicitado a responder questões específicas ( das quais ele não teria prévio conhecimento ) a respeito dos nomes que lhes foram fornecidos. Estas perguntas precisam ser de natureza estritamente objetiva, mas deve-se evitar que sejam dados que facilitem a pesquisa eletrônica, como data de óbito, causa mortis, etc... O objetivo é garantir que ninguém ligado ao próprio grupo de pesquisa violou previamente o ambiente e instalou meios para se comunicar com o pesquisado e lhe fornecer dados que poderiam ser levantados "on-line" após a obtenção dos nomes selecionados.

Também para diminuir a chance que esse tipo de pesquisa e comunicação ocorra, deve-se limitar o tempo estipulado para o pesquisado responder às questões solicitadas.

Por fim pode-se permitir ou não que o médium também produza material psicografado, mas eu acredito ser de maior relevância que o médium demonstre ser capaz de obter informações precisas, específicas, objetivas e não sujeitas a nenhum tipo de interpretação ou ambiguidade.

Basicamente isto seria um primeiro esboço da ideia...

Ah, sim... o médium escreveria as respostas em um quadro branco no próprio local de isolamento, o que deverá poder ser nitidamente visualizado pela câmera, cujas imagens são transmitidas no site do projeto em um streamer de vídeo. Mas as pessoas presentes poderão ter ampla visão direta do local de isolamento, sem o auxílio das imagens de vídeo. Porém o médium não poderá enxergar o ambiente fora do isolamento. Há formas simples e baratas de providenciar isto.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 05 de Novembro de 2016, 15:13:52
Alquimista... você é um ser engraçado... vou ter q comentar... rs

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Quer ouvir uma coisa realmente engraçada????
É que os espíritas que surgem (encarnam) aqui neste recinto parecem ser os únicos que não sabem utilizar o recurso CITAR do fórum. Isso sim é bastante engraçado!!!
Por que será ''QI'' isso acontece??????  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

agora ja ta começando a ficar sem  graça! que falta de cordialidade!
o importante são os argumentos que para  bom entendedores ,, são textos completos !



Citar
Não, meu rapaz... O ALQUIMISTA não questionou a sua felicidade!!!!  ELE afirmou, com toda propriedade, que poderia SER AINDA mais feliz se enxergasse o mundo da forma que o ALQUIMISTA enxerga!!!! 

hááá! agora sim voltou a ser engraçado! :biglol:




Criatis, até que você foi espirituoso ( sem intenção de trocadilho... ) nesse post. Eu ri aqui.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 15:52:06
Pedro, legal você estar arquitetando soluções bem diferentes (e inteligentes) das que os crentes até agora estão propondo, pena que não serão aceitas. Lembre-se, o experimento deve ser tendencioso, com o máximo de facilidade possível para que o médium possa obter suas informações do ''além''. Ademais, tudo o que você sugeriu EU já tinha dito para os crentes, e veja como me responderam...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 16:19:10
Alquimista... você é um ser engraçado... vou ter q comentar... rs

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Quer ouvir uma coisa realmente engraçada????
É que os espíritas que surgem (encarnam) aqui neste recinto parecem ser os únicos que não sabem utilizar o recurso CITAR do fórum. Isso sim é bastante engraçado!!!
Por que será ''QI'' isso acontece??????  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

agora ja ta começando a ficar sem  graça! que falta de cordialidade!
o importante são os argumentos que para  bom entendedores ,, são textos completos !



Citar
Não, meu rapaz... O ALQUIMISTA não questionou a sua felicidade!!!!  ELE afirmou, com toda propriedade, que poderia SER AINDA mais feliz se enxergasse o mundo da forma que o ALQUIMISTA enxerga!!!! 

hááá! agora sim voltou a ser engraçado! :biglol:




Eppur si muove...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 05 de Novembro de 2016, 16:45:29
Olá Pedro,

li com boa atenção sua proposta de método e com certeza a acho muito segura. Não vejo problemas em realiza-la, tvz alterando alguns detalhes para tentar permanecer nos limites do que se saber atualmente dentro do conhecimento espírita.

Com certeza sempre que pudermos garantir o máximo de imparcialidade, isso (metodologicamente) garante mais confiabilidade.

Pensando na confiabilidade numa pesquisa desse porte é que vim recorrer aqui a possíveis céticos interessados em auditar e selecionar as famílias. A hipótese indiscutível de fraude, na minha opinião, nunca poderá ser eliminada totalmente mas se já for colocada dentro de limites confiáveis, daí um bom apreço e segurança nos resultados.

Se eu mesmo selecionasse as famílias e o resultado fosse positivo, então fatalmente eu seria acusado de ter fraudado ou (como ja fui aqui) de ser tendencioso e parcial.

Se eu não selecionar as famílias, creio que deve concordar comigo, que as chances de vazamento de informação serão mínimas, ainda mais por se tratar de um grupo de crença oposta (ou opinião - como preferir).

Estou analisando riscos aqui somente...

A outra hipótese de vazamento seria o fato de algumas das famílias me procurar ou procurar o médium para fornecer, sorrateiramente, alguma informação, algo pouco provável mas não indispensável ou "cogitável". Por esse motivo não concordo em publicar algo na internet ou fazer aberto, ao menos no escopo que o Gigaview propôs, nesse caso seu método seria mais infalível, digamos assim. Sendo assim a identidade do médium caberia apenas a minha pessoa, logo caberia a vocês protegerem minha identidade para que as famílias jamais pudessem imaginar que eu estaria sendo um dos autores do projeto.

Nesse contexto, qual risco você avalia que se teria relativo a algum vazamento? É isso que temos que pensar no momento.

Como eu disse, eu concordo em 99% da sua sugestão, mas essa sessão está marcada para o meio de dezembro, portanto não há tempo hábil para elaborarmos algo muito mais complexo do que isso.

Outro ponto a considerar é a confiança do médium. Infelizmente os pseudo-céticos do inicio do século fizeram um grande desfavor com a ridicularização e "zuação" dos médiuns, fato esse que criou uma barreira cultural, explicando assim o motivo de não haverem tantos médiuns dispostos hoje a participar de sessões experimentais. Assim como muitos céticos veem médiuns como seres ridículos ou fantasiosos, eles veem os céticos como radicais e malandros, pessoas de má fé que tentam distorcer as coisas.

Cada um do seu lado com suas características, no entanto é um fato que não podemos ignorar, por esse motivo não foi fácil convencer um médium a deixar de atender famílias dentro da doutrina dele e ter de vir demonstrar que o que ele faz é verdade. No mínimo devemos muito respeito a pessoa dele por tal condição.

Compreendo que a visão cética não considera essas características como verdadeiras, mas quando vim aqui deixei minha parcialidade de lado e me dispus a ver o pensamento cético para melhor compreender o que deve ser estudado. Sempre podemos aprender algo a mais e perceber brechas na metodologia.

Dentro do método cientifico podemos (e na minha opinião devemos) trabalhar com a falseabilidade, sendo assim, se houver algum cético que consiga demonstrar que pode fazer o que o médium faz, então ele pode trabalhar nisso, nas mesmas condições. Randi fez isso em alguns casos que ele conseguiu desmascarar, embora em outros eu vi ele se dar mal, mas tudo bem...

Dentro de meios de debate muitos céticos ou falsos-céticos tem fama de mente muito criativa, ou seja, algo similar aos seguidores da teoria da conspiração. Em outras palavras, essa criatividade é algo teórico não verificável e nem reprodutível, isto é, seria como algum cético aqui alegasse que é possível o médium ter um sistema de pulso de código morse que estaria no anus e que um agente externo estaria lhe fornecendo as informações das pessoas que ele ia pegando na internet. Mesmo que isso fosse teoricamente possível, necessitaria ter um equipamento assim e demonstrar seu funcionamento. Além disso teria que submeter tal equipamento no método empregado.

No caso exemplificado, não vejo como (senão por fraude de algum cético) que isso pudesse ocorrer, até porque, mesmo existindo um terceiro agente do médium, o sistema teria de funcionar.

Claro no entanto que o seu método proposto é mais arrojado e seguro, mas dai teríamos o problema inicial da presença da família.. Por isso esse teste piloto precisa ser realizado e o médium deve se sentir mais seguro e confiante no meio dos pesquisadores.

Uma problemática no método proposto por você, no presente momento, é o fato da necessidade inicial de algum vinculo familiar ou necessidade aparente por uma comunicação. Como eu disse antes, não quer dizer que não ocorra mas as chances diminuem muito e para isso teríamos que ter um n bem maior. Mas creio que isso possa ser tentado num futuro...

Não sei exatamente o que pensa mas onde estaria a falha (analisando riscos) do atual método proposto falhar?


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 20:25:05
Esqueçam essa bobagem de Leitura Fria e Efeito Forer. O ALQUIMISTA vai dar uma colher de chá e agora irá expor para os crentes aqui um truquinho bem mais ÓBVIO usado até hoje pelos médiuns chalatões.


Agora sobre a referida pesquisa do tópico. O médium participante fornece informações precisas de nomes e dados, vou colocar aqui uma das cartas a qual presenciei e a família tinha decidido ir ao evento junto com uma tia. O caso presenciado foi escolhido pois as chances que médium teria seriam mínimas, uma vez que a família não tinha divulgado sua ida ao evento. Detalhe: foram cerca de 800 pessoas ao evento ocorrido em abril em Porto Alegre:

A carta dará uma idéia da capacidade a ser investigada.


Papai teu guri aqui também joga a bola.
Papai Tiago, mamãe Letícia, que Papai do Céu, Nosso Senhor Deus nos dê a força necessária para que vocês possam ter forças e serem fortes também.
Mamãe as manchinhas do meu corpo sumiram. A meningite foi apenas uma desculpa que precisava para me levar embora da Terra. Não culpe a doutora, era minha hora.
Mamãe, fiquei muito feliz em saber da tatuagem que vocês fizeram para mim.
Vó Rosa, minha vovó Vera, minha vovó, que alegria em te ver neste momento. Não caiam em tristezas, não caiam em lágrimas, eu to vivo, brincando muito…
Papai, to fazendo aqui as nossas brincadeiras, a mamãe precisa e necessita da sua força..
Papai tenha mais paciência, nada vai ser como antes.
Mamãe não fala que quer ir embora também comigo.
Lucas e Taci um beijo a vocês, eu te amo!
Vovó Vera eu te amo muito!
Papai e mamãe, vocês sempre serão para mim os meus melhores anjos, não sinto mais nada… sinto só a tristeza que nos invade.
Eu te amo papai, volte a vida mamãe…

do teu menino Matheus MXXXXXXX



Sobre o caso:

O menino Matheus faleceu aos 8 anos de idade devido a uma meningite. O garoto acordou de manha com febre, foi levado até um serviço médico mas a médica não o examinou, apenas prescreveu panos na cabeça e receitou um antitérmico.
A tarde o quadro do menino piorou. No fim do dia começaram a surgir manchas no corpo dele, levaram novamente mas as 22horas do mesmo dia ele faleceu.

Todo os nomes citados na carta conferem perfeitamente, inclusive o apelido da irmã (Taci) que era como ele a chamava.

Essa carta veio a surgir cerca de 8 meses após sua morte, onde a mãe ja tinha tentado suicídio duas vezes.

Em entrevista com a família a carta gerou uma mudança radical na vida deles. A mãe alega não ter dito nem programado a ida a sessão e por isso acredita no teor da mesma. Isso mudou a vida dela, sendo o próprio relato, abandonando a idéia do suicídio e culpabilidade da médica envolvida no caso. Eu cheguei e era uma médica mesmo e não um médico.

Então ''as chances que médium teria seriam mínimas, uma vez que a família não tinha divulgado sua ida ao evento''?????

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... Isso é irrelevante!!!!!
Mas onde então podemos encontrar a PISTA ESCANCARADA que resolve o caso em questão??????  Ahhhhh, vejam isso:

Citar
Essa carta veio a surgir cerca de 8 meses após sua morte, onde a mãe ja tinha tentado suicídio duas vezes.
Citar
onde a mãe ja tinha tentado suicídio duas vezes.

ISSO MESMO!!!!!!!!!! 
Que familiar gostaria de ver uma mãe que tinha acabado de perder um filho sofrer desse modo, agonizando e não aceitando em hipótese alguma o óbito do filho, chegando inclusive ao ponto de... tentar se matar duas vezes????!!!!!!!!!! 
Não!!!!! Nenhum familiar aguentaria ver isso. Essa é a natureza humana, e ela nunca falha!!!
É incomensuravelmente evidente (e colossalmente mais simples) raciocinar que um parente (pode ser um tio(a), irmão(ã), primo(a), marido... ou mais de um em conluio), possivelmente a tal tia que acompanhou, para por um fim no sofrimento (onde todos ganham com isso!), enviou a carta para o médium com TODAS AS INFORMAÇÕES JÁ MASTIGADAS, incluindo o apelido da irmã, causa mortis e até o sexo da médica (que o outro inclusive chegou a visitar o hospital para conferir...  hahahahahahahahahaha), tudo para ficar CONVINCENTE!!!!  E todas essas informações citadas na carta, é claro, eram de conhecimento dos familiares. Isso é inquestionável!!!
Esse tipo de TRUQUE é conhecido no meio como CARTAS MARCADAS, muito comum nas ''psicografias'' até hoje.

CONCLUSÃO:
Citar
''Em entrevista com a família a carta gerou uma mudança radical na vida deles.''
Exatamente!!! Esse era o objetivo da CARTA MARCADA!!!

Citar
A mãe alega não ter dito nem programado a ida a sessão e por isso acredita no teor da mesma.
Perfeito!!! Taí uma fortíssima evidência, pois a mão não pretendia ir. Com certeza foi por... INDICAÇÃO, não é mesmo?! 

Citar
Isso mudou a vida dela, sendo o próprio relato, abandonando a idéia do suicídio e culpabilidade da médica envolvida no caso.''
E a promotoria encerra o caso!!!!


Citar
O  "aumento das chances de comunicação" vem da crença espirita que os mentores espirituais priorizam ou ajudam os casos mais graves, permitindo um intermédio na comunicação. Um exemplo disso foi o caso que citei, onde a mãe (sem q eu soubesse) ja tinha tentado suicídio. Não sabemos o motivo exato, mas a historia e experiência do nosso dia-a-dia demonstra que casos mais traumáticos tem mais chances de "ser permitido" algum tipo de comunicação.

BULLSHIT no último grau!!!!  Os médiuns trabalham com CARTAS MARCADAS. Daí os INGÊNUOS concluírem que os ''espíritos'' priorizam os CASOS MAIS GRAVES.  Sacou a lógica incontestável aí????!!!!!!


Citar
Como você viu, não tem como um médium obter por leitura fria o tipo de carta citado. Qual a explicação? Não buscamos isso ainda, mas buscamos a certeza de que não há meios normais de obtenção de tal informação.

É INGENUIDADE demais.  Por isso esse experimento fajuto não vai dar em nada. Vocês ignoram que, além dos médiuns, conhecidos e familiares (geralmente aquele que acompanha) deveriam também ser investigados!!!!!!!!!!! 


Citar
Na referida sessão com o menino Matheus, as famílias colocavam o nome do falecido e quem pedia a carta.. No caso a mãe. Surgiu o nome do pai, avó, irmão e irmã.

Tudo MASTIGADO e enviado por algum(ns) familiar(es) que pretendia(m) por um fim logo no sofrimento da mãe do Matheus!!!!  C.Q.D. 


Citar
Um detalhe importante: Os bilhetes somente foram entregues a ele na hora da sessão, mas antes mesmo ele ja tinha perguntando quem seria "vó Vera", dai em seguida falou que o Matheus estava lá.. deu as características dele etc.. Fez isso em outros momentos com outras pessoas e eu não me afastei dele em nenhum momento.

...mas antes mesmo ele ja tinha perguntando quem seria "vó Vera",
HAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA... Acabou de entregar o jogo!!!  Mais um caso fajuto resolvido!!!!


Citar
Mas como eu falei, para termos a certeza, precisamos de um teste controlado..

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Quer um conselho??? Esqueça essa bobagem de duplo-cego(em sentido literal).
Tenho uma proposta bem melhor para você!!!!  Por que não contratada o ALQUIMISTA??? ELE desmascara facilmente qualquer caso de psicografia que apresentar, poupando assim seu tempo e trabalho.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 20:54:14
Ainda sobre o mesmo médium embusteiro:

Uma informação relevante. O referido médium começou a ser investigado por nós após eu ver o relato de um ateu que recebeu carta da namorada. A carta era muito rica em detalhes e o ateu (hj ex ateu ou pelo menos acredita na sobrevivência da alma) quando foi a sessão apenas pensava: "para eu acreditar que você vai se comunicar, então você vai ter q usar a forma como me tratava".. Na carta ela começou o chamando de "vida", forma como ele o tratava.. Ela forneceu detalhes cruciais, inclusive a lata de coca-cola que ela segurava na mão no momento do acidente. Foi um acidente de moto na ultima copa do mundo.

Esse é mais fácil ainda!!!!!!

Mas primeiro os crentes aqui devem saber (e concordar) que ninguém gosta de ateus. Ateus são mal vistos na sociedade. São julgados como seres perdidos, infelizes, com um ''vazio na alma''.  hahahahahahahahahaha...
Não é difícil imaginar o sofrimento dos pais (cuja maioria são religiosos) vendo que o filho é ateu. Pior ateu do que ser atoa, não é mesmo?!
Claro que, sejam os pais ou um AMIGO ÍNTIMO RELIGIOSO, o desejo MOR é que um ''milagre'' aconteça afim de ''iluminar'' a vida do ateu, lhe restituindo a ''alegria'' perdida de viver.  Essa é a natureza humana, e (novamente) ela nunca falha!!!!!

Voltando ao caso, onde está a PISTA ÓBVIA????
Ora, no próprio fato de rapaz se dizer um... ateu.  Agora o ALQUIMISTA lhes pergunta??? Por que cargas d`água um ATEU iria atrás da ''alma'' da namorada num centro espírita???????  EVIDENTE que aqui temos uma nova INDICAÇÃO, ou, para os íntimos, uma nova CARTA MARCADA, não é mesmo?!!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkk...

Mas nesse caso, a indicação (CARTA MARCADA) veio de quem?????
Já analisamos que o maior desejo do círculo íntimo de um ateu (que na sua  maioria é religiosa) é que aconteça um ''milagre'' forte o bastante que consiga CONVERTER o pobre infeliz.
Mas nesse caso em questão, poderiam ser os pais??? Poderia sim, já que é bastante provável que eles se sentissem incomodados com a falta de crenças do rapaz.
Mas a maior APOSTA do ALQUIMISTA, levando em consideração todos os detalhes mastigados da CARTA MARCADA, como o jeito íntimo que o namorado tratava a falecida, podem estar certos que quem enviou foi a MELHOR AMIGA dela.
A natureza humana nunca falha, e é bem simples imaginar que a rapariga, quando viva, não via com bons olhos a atitude ''ateísta'' do rapaz, ao que deve ter reclamado bastante para a melhor amiga naquele PAPO MARISA (de mulher pra mulher...). A melhor amiga, então, pegando as dores da falecida, teve a ideia ÓBVIA de enviar uma CARTA MARCADA cheia de detalhes íntimos para o médium (claro que ela sabia da latinha de Coca, inclusive). Evidências???

Citar
"para eu acreditar que você vai se comunicar, então você vai ter q usar a forma como me tratava"

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... É muito simples!!!!!  Tava tudo combinado!!! Basta saber ler nas entrelinhas. Claro que ''Q''u''I''lates mentais de sobra são de grande valia.

CONCLUSÃO: a amiga enviou a carta mastigada na esperança de ver o rapaz ''ateu'' abrir seu coração. kkkkkkkkkk...  Possivelmente porque havia pego as dores da falecida, realizando então o último desejo póstumo dela (isso que é amiga!!!!).
E o rapaz, pra ter caído nessa picaretagem toda, nem ateu de verdade era, senão mais um entre os... crentinhos camufladinhos!!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 05 de Novembro de 2016, 21:03:34
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 21:12:35
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...

''Em terra de cego quem tem olho é rei...''

Pelo menos encontrastes aí novas evidências de CARTAS MARCADAS, como a linguagem ''ADULTerada'' do menino de 8 anos (kkkkkkkkk...) e a tentativa (tosca!!!) da MEMETIZADA (hahahahaha...) do médium, intencionando assim (sem sucesso!) esconder o embuste!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 05 de Novembro de 2016, 21:39:52

Pelo menos encontrastes aí novas evidências de CARTAS MARCADAS, como a linguagem ''ADULTerada'' do menino de 8 anos (kkkkkkkkk...) e a tentativa (tosca!!!) da MEMETIZADA (hahahahaha...) do médium, intencionando assim (sem sucesso!) esconder o embuste!!!!!

"... sinto só a tristeza que nos invade."

Esse moleque não ficava jogando bola, vendo desenho do Bob Esponja. Ele lia Castro Alves.

Isso é horrível. Parece uma versão em texto daquelas fotos toscas da Irmã Josefa.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 05 de Novembro de 2016, 21:48:28
''Em terra de (DUPLO)CEGO quem tem olho é rei...''


Agora podem me chamar de Mister M(édium)!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 05 de Novembro de 2016, 22:44:05

Pelo menos encontrastes aí novas evidências de CARTAS MARCADAS, como a linguagem ''ADULTerada'' do menino de 8 anos (kkkkkkkkk...) e a tentativa (tosca!!!) da MEMETIZADA (hahahahaha...) do médium, intencionando assim (sem sucesso!) esconder o embuste!!!!!

"... sinto só a tristeza que nos invade."

Esse moleque não ficava jogando bola, vendo desenho do Bob Esponja. Ele lia Castro Alves.

Isso é horrível. Parece uma versão em texto daquelas fotos toscas da Irmã Josefa.

"Aqui no mundo espiritual é uma brasa, mora?"
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Micrômegas em 06 de Novembro de 2016, 15:29:59
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...

Aparentemente não há nenhuma contradição com esta suposta comunicação.

A doutrina espírita diz que não existem espíritos de crianças:


Ou seja, quando o espírito de uma criança deixa o corpo, ele não está mais preso aos órgãos pouco desenvolvidos que limitavam sua inteligência.

Na comunicação acima suponho que o espírito continuou usando uma linguagem infantil para não chocar os pais. Há muitas comunicações como essa na revista espírita.


Algumas comunicações de espíritos que deixaram o corpo quando tinha idade de crianças:

Revista Espírita 1862 » Maio » MAXIMILIANO V..., CRIANÇA DE DOZE ANOS, SUICIDA-SE POR AMOR (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=5271&&idioma=1)

Revista Espírita 1867 » Maio » Uma expiação terrestre - O jovem Francisco (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=6053&&idioma=1)

O Céu e o Inferno » Segunda Parte - Exemplos » Capítulo VIII - Expiações terrestres » Marcel, o menino do n° 4 (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=4002&&idioma=1)


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 15:59:41
Não seja ingênuo, micrômicros!!!!! 
Citastes aí somente uma desculpinha que a corja de Kardec inventou para maquiar um embuste, ou seja, para disfarçar a ADULTeração de linguagem infantil por adultos. Afinal, não podiam deixar que ficasse tão na cara, né?! Tão escancarado assim... HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 16:49:16
Criaturo, se você puder citar um médium ou "mentalista" que conseguiu fornecer dados como CPF ou RG e foi testado sob controle, cita aí...rs

Os que conheço são todos fraudulentos..

neste post possui um relato de um amigo meu, que aconteceu em um centro espirita, caso verídico!


https://religiaodeuslivre.wordpress.com/2014/07/19/evidencias-anedoticas/
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 16:58:14
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...

Aparentemente não há nenhuma contradição com esta suposta comunicação.

A doutrina espírita diz que não existem espíritos de crianças:

    379. É tão desenvolvido, quanto o de um adulto, o Espírito que anima o corpo de uma criança?

    "Pode até ser mais, se mais progrediu. Apenas a imperfeição dos órgãos infantis o impede de se manifestar. Obra de conformidade com o instrumento de que dispõe."

Ou seja, quando o espírito de uma criança deixa o corpo, ele não está mais preso aos órgãos pouco desenvolvidos que limitavam sua inteligência.

Na comunicação acima suponho que o espírito continuou usando uma linguagem infantil para não chocar os pais. Há muitas comunicações como essa na revista espírita.


Algumas comunicações de espíritos que deixaram o corpo quando tinha idade de crianças:

Revista Espírita 1862 » Maio » MAXIMILIANO V..., CRIANÇA DE DOZE ANOS, SUICIDA-SE POR AMOR (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=5271&&idioma=1)

Revista Espírita 1867 » Maio » Uma expiação terrestre - O jovem Francisco (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=6053&&idioma=1)

O Céu e o Inferno » Segunda Parte - Exemplos » Capítulo VIII - Expiações terrestres » Marcel, o menino do n° 4 (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=4002&&idioma=1)

neste mundo não existe milagres do tipo enterrar  uma semente agora e colher os frutos da arvore em seguida!
creio que os espíritos tendem a manter a pre forma por inércia da vida, um espirito  algum tempo  limitado por um cérebro infantil, precisara de algum tempo para poder amadurecer e talvez isso só seja possível dentro da matéria de novo! 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: homemcinza em 06 de Novembro de 2016, 17:08:25


neste post possui um relato de um amigo meu, que aconteceu em um centro espirita, caso verídico!


https://religiaodeuslivre.wordpress.com/2014/07/19/evidencias-anedoticas/

sempre é bom relembrar...


de novo o caso do Galinha tonta (no link) usado pra cofnerir autenticidade as viagens espeiritoides... :P

https://www.youtube.com/v/tBqpgFZb9F0
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 17:13:41

Criatis, até que você foi espirituoso ( sem intenção de trocadilho... ) nesse post. Eu ri aqui.
Falou Pedrocas!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 17:16:28


neste post possui um relato de um amigo meu, que aconteceu em um centro espirita, caso verídico!


https://religiaodeuslivre.wordpress.com/2014/07/19/evidencias-anedoticas/

sempre é bom relembrar...


de novo o caso do Galinha tonta (no link) usado pra cofnerir autenticidade as viagens espeiritoides... :P

https://www.youtube.com/v/tBqpgFZb9F0


hehehehehehehehehehe...  Então o tal do Galinha Tonta é amiguim do Criaturo???!!!!!!!  hihihihihihihihihihi...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 17:23:58


neste post possui um relato de um amigo meu, que aconteceu em um centro espirita, caso verídico!


https://religiaodeuslivre.wordpress.com/2014/07/19/evidencias-anedoticas/

sempre é bom relembrar...


de novo o caso do Galinha tonta (no link) usado pra cofnerir autenticidade as viagens espeiritoides... :P

https://www.youtube.com/v/tBqpgFZb9F0

Aviso aos novos foristas que  aqui no CC existe alguns céticos videntes , do tipo que conseguem ver o passado sem terem estado la, creem ter explicações céticas para qualquer relato.
E mesmo assim ironicamente ainda afirmam que não existem fenômenos sobrenaturais.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 17:24:38
Ah não!!! O amiguim é um tal de Tanaka Takita.  Pensei que era o Galinha...  Mas dá na mesma!!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 17:26:32


hehehehehehehehehehe...  Então o tal do Galinha Tonta é amiguim do Criaturo???!!!!!!!  hihihihihihihihihihi...
galinha tonta poliglota? ha...ha..ha..ha..ha.ha..mal sei falar o português corretamente!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 17:32:30
Ah não!!! O amiguim é um tal de Tanaka Takita.  Pensei que era o Galinha...  Mas dá na mesma!!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

pois é o cara de ateu passou a ser espirita!
e voce de ex crente passou a ser cético vidente!
Pai Alquimistico baba ovo orixachato desvenda passado futuro e presente!
Saravá mi zé feio! kkkkkkkkkk
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 17:32:59


hehehehehehehehehehe...  Então o tal do Galinha Tonta é amiguim do Criaturo???!!!!!!!  hihihihihihihihihihi...
galinha tonta poliglota? ha...ha..ha..ha..ha.ha..mal sei falar o português corretamente!

Mas quem não sabe falar bem o português é a Galinha Tonta d'Angola!!!!!   :histeria: :histeria: :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 17:36:57
Ah não!!! O amiguim é um tal de Tanaka Takita.  Pensei que era o Galinha...  Mas dá na mesma!!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

pois é o cara de ateu passou a ser espirita!
e voce de ex crente passou a ser cético vidente!
Pai Alquimistico baba ovo orixachato desvenda passado futuro e presente!
Saravá mi zé feio! kkkkkkkkkk

Exatamente! Esse é o ponto!!!  E é justamente o que te define como CRENTE. Pois em toda a História, aqueles que tiveram extraordinário poder de dedução sempre foram confundidos com VIDENTES pelos seres mais propensos à CRENÇA!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 17:49:24
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...

Aparentemente não há nenhuma contradição com esta suposta comunicação.

A doutrina espírita diz que não existem espíritos de crianças:

    379. É tão desenvolvido, quanto o de um adulto, o Espírito que anima o corpo de uma criança?

    "Pode até ser mais, se mais progrediu. Apenas a imperfeição dos órgãos infantis o impede de se manifestar. Obra de conformidade com o instrumento de que dispõe."

Ou seja, quando o espírito de uma criança deixa o corpo, ele não está mais preso aos órgãos pouco desenvolvidos que limitavam sua inteligência.

Na comunicação acima suponho que o espírito continuou usando uma linguagem infantil para não chocar os pais. Há muitas comunicações como essa na revista espírita.


Algumas comunicações de espíritos que deixaram o corpo quando tinha idade de crianças:

Revista Espírita 1862 » Maio » MAXIMILIANO V..., CRIANÇA DE DOZE ANOS, SUICIDA-SE POR AMOR (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=5271&&idioma=1)

Revista Espírita 1867 » Maio » Uma expiação terrestre - O jovem Francisco (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=6053&&idioma=1)

O Céu e o Inferno » Segunda Parte - Exemplos » Capítulo VIII - Expiações terrestres » Marcel, o menino do n° 4 (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=4002&&idioma=1)




Agora tenho certeza que abriram o portal das trevas...Olá Micrômegas.

Estamos evoluindo...pelo menos vocês não precisam provar que existem espíritos de crianças.

Mas êta explicaçãozinha sem vergonha essa da DE!

Devo concluir que, segundo o racismo da Doutrina Espírita, os espíritos dos negros e de todos os demais espíritos inferiores são como se fossem espíritos de crianças, ainda em evolução?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Micrômegas em 06 de Novembro de 2016, 17:58:49

neste mundo não existe milagres do tipo enterrar  uma semente agora e colher os frutos da arvore em seguida!
creio que os espíritos tendem a manter a pre forma por inércia da vida, um espirito  algum tempo  limitado por um cérebro infantil, precisara de algum tempo para poder amadurecer e talvez isso só seja possível dentro da matéria de novo! 

O que defini uma criança são os seus órgãos pouco desenvolvidos, suas características físicas e a sua inteligência pouco formada. Os espíritos, segundo a doutrina espírita, são seres que já viveram muitas vezes neste planeta, ou seja, nasceram como crianças e morreram como adultos diversas vezes, centenas de vezes. Quando deixam o corpo físico, com a morte, assumem o seu estado de desenvolvimento atual, embora alguns ainda podem conservar a personalidade infantil, devido a influência material que ainda se conserva neles.

197. Poderá ser tão adiantado quanto o de um adulto o Espírito de uma criança que morreu em tenra idade?

“Algumas vezes o é muito mais, porquanto pode dar-se que muito mais já tenha vivido e adquirido maior soma de experiência, sobretudo se progrediu.”

a) – Pode então o Espírito de uma criança ser mais adiantado que o de seu pai?

“Isso é muito freqüente. Não o vedes vós mesmos tão amiudadas vezes na Terra?”


 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 06 de Novembro de 2016, 18:55:03
Não seja ingênuo, micrômicros!!!!! 
Citastes aí somente uma desculpinha que a corja de Kardec inventou para maquiar um embuste, ou seja, para disfarçar a ADULTeração de linguagem infantil por adultos. Afinal, não podiam deixar que ficasse tão na cara, né?! Tão escancarado assim... HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Deve inclusive haver ampla EVIDÊNCIA FOTOGRÁFICA de espíritos de crianças.

(https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/c5/86/27/c58627386cf8d751470b782a657ee672.jpg)
(https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/34/e7/08/34e7084e36a9e44d7b92a1ac77e8cb46.jpg)
(http://ugc-01.cafemomstatic.com/gen/constrain/500/500/80/2012/10/18/07/75/hj/poolrhldog.jpg)
(https://pbs.twimg.com/media/By-bJM7IIAA1jP9.jpg:large)

Sem falar que, simplesmente não há qualquer evidência de um filtro cerebral ou memo perispiritual às capacidades cognitivas do espírito. De acordo com os conhecimentos judaicos, a geração de novos espíritos para crianças é algo constante. De outra forma seria necessário ou uma fragmentação espiritual cada vez maior para dar conta do aumento populacional, ou reincarnações simultâneas dos espíritos em loops temporais. Mas a hipótese judaica talvez seja preferível porque, não só provavelmente ela é rejeitada principalmente por anti-semitismo, como ela explicaria melhor o porque nãos somos TODOS POLIGLOTAS ou super-Pasquales em alguns idiomas, já que haveria esse domínio cumulativo preservado do idioma a cada encarnação.

Os kardecistas fundamentalistas dogmáticos não podem ao mesmo tempo apontarem reencarnação como explicação para talentos infantis sem explicação, e usar esse argumento de talentos acumulados inacessíveis ao corpo infantil por bloqueio da membrana perispiritual ou incapacidade cerebral.

Se a vida espiritual foge da regra universal de ciclos do universo (sem "reset" verdadeiro de renascimento e infância), como o próprio ciclo de encarnação e reencarnação, de ação e reação, então isso só pode indicar que esse suposto caráter "adulto" (por que não "ancião"?) deve estar guardado na verdade em algo como o supra-espírito, uma espécie de espírito do espírito, que é algo em que os próprios espíritos estão apenas começando a engatinhar na investigação.

O FATO é que não sabemos quantas camadas espirituais existem. E não há motivos para pensar que a vida seja "eterna" apenas em uma direção, seria o mesmo que achar que o espaço é infinito apenas horizontalmente mas que tem um chão e um teto. A versão espiritual da Terra plana.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 19:04:22
Calma....os espíritas possuem resposta para tudo, por mais esfarrapada e tosca que seja a explicação. E quando não há, simplesmente inventam uma na hora.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 19:20:48
Putz!!! Parece que Kardec errou nessa. Até o Chicão fez contato com espíritos de crianças e até escreveu livro sobre isso. As fotografias são verdadeiras e servem de evidências. O Micrômegas ressurgiu das trevas para nos enganar como se fosse um espírito brincalhão.


Citar
Os Espíritos nos esclarecem que existem departamentos e escolas no Mundo Espiritual adredemente preparados para o acolhimento das crianças desencarnadas até a chegada da nova reencarnação, que poderá ocorrer na mesma família, caso possível. Nas escolas continuam aprendendo, estudando e recebendo esclarecimentos espirituais adaptados à idade e compreensão das crianças – por isso são separadas por faixas de idade e entendimento (como ocorre aqui na Terra). Importância muito grande é dada à disciplina: estudo, dedicação e aceitação do desencarne são temas preferenciais.

No livro “Escola no Além”, de Chico Xavier, “Verinha”, a garotinha desencarnada, protagonista da obra, é levada para nova reencarnação por meio da sua própria mãe, no entanto, por questões fisiológicas aquela mulher (que seria sua mãe por duas vezes seguidas numa mesma existência) , não poderia mais recebê-la. Foi assim que a Espiritualidade decidiu ligá-la à sua tia que podia e desejava uma gravidez. De qualquer forma, Verinha acabou por permanecer na mesma família, agora como sobrinha da sua primeira mãe.
https://www.kardecriopreto.com.br/criancas-no-alem/
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 19:25:57
Vale citar novamente um trecho do que eu disse anteriormente:

Dentro de meios de debate muitos céticos ou falsos-céticos tem fama de mente muito criativa, ou seja, algo similar aos seguidores da teoria da conspiração. Em outras palavras, essa criatividade é algo teórico não verificável e nem reprodutível...()

Percebi uma enorme criatividade em posts anteriores... rsrs

Vou mais longe, uma vez que fui chamado de "crente, ora, pelo que tenho lido tenho visto mais ditos céticos crentes do que céticos... Ja estou me achando mais cético do que muitos aqui...

Filosofando e raciocinando por uns minutos:

Cético x crente

Se cético é aquele que questiona, duvida, que busca por evidências (provas), usa do raciocínio lógico para se chegar a conclusões e;
Se crente é aquele que acredita em algo que não pode ser outra coisa senão o que ele exclusivamente entende que é a verdade de fato.

Cético então devo ser eu que admito varias hipóteses para as questões, duvido de muitos casos e vou investigar, busco por provas colocando minha hipótese mais concreta sob teste...

Crente deve ser aquele que diz para não se testar algo que possa demonstrar que ele está errado. Crente geralmente gosta de ridicularizar qualquer tentativa que possa abalar suas concepções e convicções. Crente é aquele que não gosta de questionar a própria decisão do certo...

É de rir mesmo..  :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 19:30:08
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...

Pedro, errou... o médium tem menos de 29 anos... Mas olha que interessante, o Controle dele (espirito que o usa para escrever enquanto o menino dita a carta) tem mais de 60 anos..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 19:30:30
Kardec diz que não há animais nem crianças no além. Esta foto-evidência mostra que ele está completamente por fora.

(http://fiftiesweb.com/tv/rin-tin-tin-1.jpg)
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 19:33:31
Microgemas, adentrar nessa questão com pessoal aqui não me parece muito boa ideia... De um modo geral, dentro do conhecimento espirita (e não da crença), o que define o estado/imagem do espirito é seu "psicológico", ou seja, a questão envolve a mente momento transitório que ele pode estar passando.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 19:38:22
Microgemas, adentrar nessa questão com pessoal aqui não me parece muito boa ideia... De um modo geral, dentro do conhecimento espirita (e não da crença), o que define o estado/imagem do espirito é seu "psicológico", ou seja, a questão envolve a mente momento transitório que ele pode estar passando.

Comentário típico de um crente. QED
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 20:00:54
Por que você acha isso Gigaview?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Micrômegas em 06 de Novembro de 2016, 20:01:25

Deve inclusive haver ampla EVIDÊNCIA FOTOGRÁFICA de espíritos de crianças.


Uma criança é um ser biológico com órgãos pouco desenvolvidos. Segundo a doutrina espírita, os espíritos não tem corpo biológico, obviamente, apenas um corpo formado por uma substância desconhecida, que pode mudar a forma de acordo com a vontade. Nessas fotografias, caso sejam mesma de espíritos, é apenas a forma de uma criança, apenas a aparência. As crianças que os médiuns dizem existir no mundo espiritual também são de espíritos que permanecem com a forma/aparência de crianças, mas que já viveram diversas vidas como adultos.


28ª Podem os Espíritos tomar-se visíveis sob outra aparência que não a da forma humana?

"A humana é a forma normal. O Espírito pode variar-lhe a aparência, mas sempre com o tipo humano."

12ª Os Espíritos que aparecem com asas têm-nas realmente, ou essas asas são apenas uma aparência simbólica?

"Os Espíritos não têm asas, nem de tal coisa precisam, visto que podem ir a toda parte como Espíritos. Aparecem da maneira por que precisam impressionar a pessoa a quem se mostram. Assim é que uns aparecerão em trajes comuns, outros envoltos em amplas roupagens, alguns com asas, como atributo da categoria espiritual a que pertencem."


14ª Não poderiam os Espíritos zombeteiros tomar as aparências das pessoas que nos são caras, para nos induzirem em erro?

"Somente para se divertirem à vossa custa tomam eles aparências fantásticas. Há coisas, porém, com que não lhes é lícito brincar."
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 06 de Novembro de 2016, 20:03:22
O FATO é que não se tem qualquer coisa como uma avaliação pericial forênsica espiritual, para sabermos a verdadeira idade espiritual.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 20:23:54
O FATO é que não se tem qualquer coisa como uma avaliação pericial forênsica espiritual, para sabermos a verdadeira idade espiritual.

Eu acho que entrar num assunto assim fica complicado pois, obviamente não terá, muito provável que nunca.. rs.. São realidades e referenciais diferentes, logo não se pode usar uma medida que não se encaixa na questão.

Espero que não se sintam ofendidos, até porque nem foi esse meu objetivo de adentrar no "Clube", mas vou tecer um breve resumo sobre a visão espirita (do conhecimento e não da crença):

O espiritismo parte de um principio de que a vida (uma espécie de super-consiente) habita uma dimensão principal, onde as demais estariam sub-alocadas, dessa forma o estado em espirito é um estado livre, onde somente o pensamento existe e se interliga como uma matrix, criando, se comunicando etc..

Dentro desse conceito, toda a vez que um "super-consciente" adentrar num nível inferior ele sofrerá influencia e limitação, sendo assim sua verdadeira consciência estaria limitada ao ambiente (corpo/estado/ dimensão). Se acredita que essa limitação permite uma evolução mais rápida..

Agora, no ponto que eu queria chegar, para se entender essa coisa de limites só raciocinando por analogia. Breve exercício mental imaginativo:

Imagine que vivemos num mundo tridimensional, onde em nosso mundo há um mundo bidimensional (isso até é fato  :P rs). Agora imagine que existissem seres pensantes num mundo bidimensional e nós conseguirmos nos comunicar com eles..

Então pense agora, como seria para você tentar explicar o nosso mundo tridimensional a eles? Pense do ponto de vista deles e do seu.

Se você falar de quadrado, retangulo.. Beleza.. vao compreender do que você fala.. Agora imagine você tentar explicar a eles o que é uma esfera? Um cubo?

Dentro das limitações deles será praticamente impossível eles conseguirem dimensionar ou compreender o que você estaria lhes explicando. Consequentemente, no mundo bidimensional haveriam aqueles que não estariam nem ai para outra realidade, até porque não faria diferença mesmo.. rs.. Haveriam aqueles que questionariam e os que tentariam compreender de alguma forma e buscar visualizar aquilo "invisualizavel".

Então, de um modo geral, 99,99999% dos espiritas "tridimensionaliza" o que seria um "mundo espiritual", logo a maioria das consequências disso vao ser furadas, isto é, não vao conseguir ser previsíveis.. Por isso, usar da Codificacao Espirita não seria uma boa pedida hj em dia, ao menos no sentido direto cientifico. Ora, a Codificacao é de 1856... Quanto a ciência evoluiu até hj?

Dai vem os dois lados da moeda. Kardec ja previa isso, logo que deixou escrito que o que ficou deveria ser revisto de tempos em tempos para ir se atualizando e mantendo um contexto cientifico, que era seu propósito..  O outro lado da moeda é que o espiritismo caiu na mão de um grupo de religiosos, logo transformaram o espiritismo em religião (até para se proteger por leis), mas dai dessa forma arrebatou um monte de gente crente, dogmática que idolatra Kardec e não aceita qualquer coisa que possa alterar ou explicar melhor a Codificação como um todo.

Detalhe: Se for interpretada ao pé da letra, como fazem com a Biblia, não vai prestar (e não tem prestado)...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 20:42:18
Por que você acha isso Gigaview?

Por que foi um comentário solidário a uma bobagem espírita, de um espírita fanático, e até chegou a ensaiar uma distinção entre "conhecimento" e "crença" para justificar uma explicação favorável ao espiritismo mas ao mesmo tempo coerente com um "ceticismo"  espírita revelado em outros comentários.

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 20:47:51
Ah não!!! O amiguim é um tal de Tanaka Takita.  Pensei que era o Galinha...  Mas dá na mesma!!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

pois é o cara de ateu passou a ser espirita!
e voce de ex crente passou a ser cético vidente!
Pai Alquimistico baba ovo orixachato desvenda passado futuro e presente!
Saravá mi zé feio! kkkkkkkkkk

Exatamente! Esse é o ponto!!!  E é justamente o que te define como CRENTE. Pois em toda a História, aqueles que tiveram extraordinário poder de dedução sempre foram confundidos com VIDENTES pelos seres mais propensos à CRENÇA!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
meu caro crente , deduções fantasiosas também são crenças de quem se acha certo!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 20:56:11
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...

talvez um espirito infantizado não consiga tal manifestação, necessitando de um espirito mais velhaco como intermediário( esta palavra te lembra alguma coisa ....hi.hi..hi) que certamente coloca um pouco da própria personalidade associada as palavras do menino!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 20:57:01
Não sei o que acontece nessas psicografias mas aquela carta do menino é muito estranha.

Ele se descreve como sendo ainda um menino de 8 anos: "jogando bola", "brincando muito"...

Mas aquele texto jamais seria de uma criança de 8 anos. Desde quando um garoto dessa idade diz " Papai, o TEU guri aqui ainda joga bola."?

Apesar do autor tentar mimetizar ( muito mal ) uma linguagem infantil, usando termos como "Papai do Céu" aquilo é um adulto escrevendo. E digo mais: pelo estilo um adulto velho, alguém que já passou dos 50, 60...

Pedro, errou... o médium tem menos de 29 anos...

Ahhhhhhhhhh... Tá explicando então a falta de experiência do médiunininho!!!!!!!  Daí o motivo dele ter se enveredado para a prática suja e espúria das CARTAS MARCADAS!!!!!!!!   HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...   


Citar
Mas olha que interessante, o Controle dele (espirito que o usa para escrever enquanto o menino dita a carta) tem mais de 60 anos..

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Taí!!!!!!  O nosso ''''''cientista''''''' que pretendia ser ''''''''''''imparcial'''''''''''' num experimento ''''''''''''''''''nada tendencioso''''''''''''''''''' acaba de se revelar!!!!!!  Uma hora eles sempre saem do armário... Todos eles...    :no: :no: :no:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 21:00:33
Por que você acha isso Gigaview?

Por que foi um comentário solidário a uma bobagem espírita, de um espírita fanático, e até chegou a ensaiar uma distinção entre "conhecimento" e "crença" para justificar uma explicação favorável ao espiritismo mas ao mesmo tempo coerente com um "ceticismo"  espírita revelado em outros comentários.

Então me ajude a entender: Por que a maioria dos céticos não testa ou pesquisa algo para se certificar da verdadeira possibilidade na resposta?

Geralmente são os religiosos e crentes que não gostam de buscar as respostas, afinal elas já estão lá e ele já "sabem" o que é verdade.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 21:06:16

neste mundo não existe milagres do tipo enterrar  uma semente agora e colher os frutos da arvore em seguida!
creio que os espíritos tendem a manter a pre forma por inércia da vida, um espirito  algum tempo  limitado por um cérebro infantil, precisara de algum tempo para poder amadurecer e talvez isso só seja possível dentro da matéria de novo! 

O que defini uma criança são os seus órgãos pouco desenvolvidos, suas características físicas e a sua inteligência pouco formada. Os espíritos, segundo a doutrina espírita, são seres que já viveram muitas vezes neste planeta, ou seja, nasceram como crianças e morreram como adultos diversas vezes, centenas de vezes. Quando deixam o corpo físico, com a morte, assumem o seu estado de desenvolvimento atual, embora alguns ainda podem conservar a personalidade infantil, devido a influência material que ainda se conserva neles.

197. Poderá ser tão adiantado quanto o de um adulto o Espírito de uma criança que morreu em tenra idade?

“Algumas vezes o é muito mais, porquanto pode dar-se que muito mais já tenha vivido e adquirido maior soma de experiência, sobretudo se progrediu.”

a) – Pode então o Espírito de uma criança ser mais adiantado que o de seu pai?

“Isso é muito freqüente. Não o vedes vós mesmos tão amiudadas vezes na Terra?”

fato é que "tem muita criança falando como se fosse adulta, e muito adulto falando como se fosse criança", o caso é que cada caso é um caso em se tratando de seres humanos não ha como definir regras,nem padrões temos que considerar as diferenças!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 21:10:16
Calma....os espíritas possuem resposta para tudo, por mais esfarrapada e tosca que seja a explicação. E quando não há, simplesmente inventam uma na hora.
e os céticos videntes ? ::)
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 06 de Novembro de 2016, 21:16:40
Por que você acha isso Gigaview?

Por que foi um comentário solidário a uma bobagem espírita, de um espírita fanático, e até chegou a ensaiar uma distinção entre "conhecimento" e "crença" para justificar uma explicação favorável ao espiritismo mas ao mesmo tempo coerente com um "ceticismo"  espírita revelado em outros comentários.


Então me ajude a entender: Por que a maioria dos céticos não testa ou pesquisa algo para se certificar da verdadeira possibilidade na resposta?

Geralmente são os religiosos e crentes que não gostam de buscar as respostas, afinal elas já estão lá e ele já "sabem" o que é verdade.
céticos videntes!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 21:19:53
Videntes ou céticos crentes?

É notório que entre os religiosos existe um medo da busca através de alguma pesquisa ou estudo, por isso eles simplesmente creem, alegando sempre a não necessidade de se verificar porque ja se "sabe" a resposta.. rsrsrs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 21:27:21
mas eu acrescento com o intuito de ética e justiça:

Isso não reflete um verdadeiro cético.. isso que você atribui e eu comentei se trata do famoso pseudo-cético. Sim aquele que se disfarça de cético, tenta usar do atributo intelectual para se sentir superior aos religiosos crentes (sem perceber que é um igualzinho igualzinho.. rs). Adora usar do nome da ciência para justificar a própria crença e foge de medo de qualquer verificação que busque uma verdade..

Ah além disso tem o apêlo, sim.. para a criatividade extrema que possa explicar que o fato não ocorreu de verdade... O apelo criativo vai de distorcer a historia, fazer chacota para tentar dar imagem a ela de besteira e por ultimo, quando não se mais mais argumentos, diz que é fraude ou então se joga para debaixo do tapete e não se fala mais nisso!! :wink:

Me lembrei de um periódico cientifico publicado sobre gravações de vozes anômalas..  Já faz tempo que vem ocorrendo isso e sendo documentado, dai sempre vinha um cético ou critico que impunha alguma questão para ser acrescentado.. Foi que acabaram suprindo todas as exigências dos céticos.. Depois que fizeram o continuou a ocorrer.. ficou no silencio.. nem os críticos falaram mais nada.. se calaram simplesmente...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 21:38:22
Ah não!!! O amiguim é um tal de Tanaka Takita.  Pensei que era o Galinha...  Mas dá na mesma!!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

pois é o cara de ateu passou a ser espirita!
e voce de ex crente passou a ser cético vidente!
Pai Alquimistico baba ovo orixachato desvenda passado futuro e presente!
Saravá mi zé feio! kkkkkkkkkk

Exatamente! Esse é o ponto!!!  E é justamente o que te define como CRENTE. Pois em toda a História, aqueles que tiveram extraordinário poder de dedução sempre foram confundidos com VIDENTES pelos seres mais propensos à CRENÇA!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
meu caro crente , deduções fantasiosas também são crenças de quem se acha certo!

Mas é você quem está (pré)julgando peremptoriamente que são fantasiosas. Postura típica de um CRENTE DOGMÁTICO!!!!!! E se você estiver errado?????


Calma....os espíritas possuem resposta para tudo, por mais esfarrapada e tosca que seja a explicação. E quando não há, simplesmente inventam uma na hora.
e os céticos videntes ? ::)

Einstein era ''cético vidente''??? Copérnico também??????
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 21:41:35
Videntes ou céticos crentes?

É notório que entre os religiosos existe um medo da busca através de alguma pesquisa ou estudo, por isso eles simplesmente creem, alegando sempre a não necessidade de se verificar porque ja se "sabe" a resposta.. rsrsrs


Então só aqueles que denotam simpatia com bobagens espirituóides é que são os ''''''genuínos'''''' céticos para você?????  Quem discorda, não é, correto?!
Houdini e James Randi se dedicaram a combater a qualquer custo o joio do espiritismo. Então eles são o quê???  Crentes???!!!!!!!!!

Tsc, tsc, tsc...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 21:44:38
O FATO é que não se tem qualquer coisa como uma avaliação pericial forênsica espiritual, para sabermos a verdadeira idade espiritual.

...

O espiritismo parte de um principio de que a vida (uma espécie de super-consiente) habita uma dimensão principal, onde as demais estariam sub-alocadas, dessa forma o estado em espirito é um estado livre, onde somente o pensamento existe e se interliga como uma matrix, criando, se comunicando etc..

Essa é uma visão moderninha, que conta até coma metáfora da matrix. Na verdade, o espiritismo, a rigor, é formatado segundo as obras de Kardec que não há como negar que é extremamente tosco e infantil como religião, filosofia e ciência.

"Ahhh mas não é bem assim..." cria um outro espiritismo para se encaixar como uma corrente nova ou existente do "espiritualismo" onde cada uma tem a sua própria interpretação sobre a sobrevivência da alma e comunicação com os "espíritos", dividindo mais antagonismos e paradoxos do que concordâncias ou similaridades. Vide por exemplo, a figura da reencarnação e os espíritos dos animais que mostra que não existe consenso apesar de canais supostamente abertos com o mundo espiritual.


Citar
Dentro desse conceito, toda a vez que um "super-consciente" adentrar num nível inferior ele sofrerá influencia e limitação, sendo assim sua verdadeira consciência estaria limitada ao ambiente (corpo/estado/ dimensão). Se acredita que essa limitação permite uma evolução mais rápida..

Besteira, porque você não tem como provar e isso equipara o seu ponto de vista a todos os demais pontos de vista, por mais risíveis que lhe possam parecer, simplesmente porque você não tem condições de afirmar que o seu ponto de vista é melhor que os demais.

Citar
Agora, no ponto que eu queria chegar, para se entender essa coisa de limites só raciocinando por analogia. Breve exercício mental imaginativo:

Imagine que vivemos num mundo tridimensional, onde em nosso mundo há um mundo bidimensional (isso até é fato  :P rs).

Não é fato. Ter duas dimensões não significa ter um "mundo" bidimensional, a menos que você esteja pensando em matemática (geometria/topologia). Ok...mas vamos continuar com o exercício de imaginação.

Citar
Agora imagine que existissem seres pensantes num mundo bidimensional e nós conseguirmos nos comunicar com eles..

Então pense agora, como seria para você tentar explicar o nosso mundo tridimensional a eles? Pense do ponto de vista deles e do seu.

Se você falar de quadrado, retangulo.. Beleza.. vao compreender do que você fala.. Agora imagine você tentar explicar a eles o que é uma esfera? Um cubo?

Dentro das limitações deles será praticamente impossível eles conseguirem dimensionar ou compreender o que você estaria lhes explicando.

Vai depender da "inteligência" desses seres. No meu exercício de imaginação posso conceber seres bidimensionais com conhecimento suficiente de MATEMÁTICA para lidar com esferas e cubos. Nós seres tridimensionais temos por exemplo a Álgebra Linear e a Topologia para lidar com entidades geométricas em "n" dimensões e calcular com precisão a interseção da superfície dessas entidades em cada dimensão, apesar de invisualizável.

Citar
Consequentemente, no mundo bidimensional haveriam aqueles que não estariam nem ai para outra realidade, até porque não faria diferença mesmo.. rs.. Haveriam aqueles que questionariam e os que tentariam compreender de alguma forma e buscar visualizar aquilo "invisualizavel".

O problema é que você faz um exercício mental (matemático) e transpõe e confunde a realidade imaginada com o mundo real.

Citar
Então, de um modo geral, 99,99999% dos espiritas "tridimensionaliza" o que seria um "mundo espiritual", logo a maioria das consequências disso vao ser furadas, isto é, não vao conseguir ser previsíveis.. Por isso, usar da Codificacao Espirita não seria uma boa pedida hj em dia, ao menos no sentido direto cientifico. Ora, a Codificacao é de 1856... Quanto a ciência evoluiu até hj?

Então, de um modo geral os espíritas estão equivocados ao conceber um modelo mental sem vínculo com o mundo real.

Como disse anteriormente, a espiritismo de 1856 é uma corrente antiga do espiritualismo, tosca e infantil, porém não menos tosca e infantil que o "espiritualismo quântico", apesar de moderninho.

Citar
Dai vem os dois lados da moeda. Kardec ja previa isso, logo que deixou escrito que o que ficou deveria ser revisto de tempos em tempos para ir se atualizando e mantendo um contexto cientifico, que era seu propósito..

Kardec só se valeu daquilo que nem conhecia: Efeito Forer. Para sobreviver, o espiritismo precisava dar flexibilidade às suas verdades injetando doses de ceticismo, "mente aberta", algumas dúvidas puntuais e duplo sentido para favorecer muita discussão. Errou quando seus espíritos amestrados começaram a falar bobagens científicas ou viajar demais na maionese como a descrição dos jardins da casa de Mozart em Jupiter e outras baboseiras irresponsáveis como o racismo explícito presente na teoria da evolução do espírito.

Citar
O outro lado da moeda é que o espiritismo caiu na mão de um grupo de religiosos, logo transformaram o espiritismo em religião (até para se proteger por leis), mas dai dessa forma arrebatou um monte de gente crente, dogmática que idolatra Kardec e não aceita qualquer coisa que possa alterar ou explicar melhor a Codificação como um todo.

Detalhe: Se for interpretada ao pé da letra, como fazem com a Biblia, não vai prestar (e não tem prestado)...

Sim, religiosos, aproveitadores e vigaristas que iludem as pessoas.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 21:48:40
Por que você acha isso Gigaview?

Por que foi um comentário solidário a uma bobagem espírita, de um espírita fanático, e até chegou a ensaiar uma distinção entre "conhecimento" e "crença" para justificar uma explicação favorável ao espiritismo mas ao mesmo tempo coerente com um "ceticismo"  espírita revelado em outros comentários.

Então me ajude a entender: Por que a maioria dos céticos não testa ou pesquisa algo para se certificar da verdadeira possibilidade na resposta?

Geralmente são os religiosos e crentes que não gostam de buscar as respostas, afinal elas já estão lá e ele já "sabem" o que é verdade.

Porque o ônus da prova é de quem afirma. Porque deveria perder o meu tempo para sair por aí modelando experimentos para provar que as fadas existem se nunca afirmei que elas existem e que isso nem me interessa?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 21:56:35
Giga.. não vou comentar o post anterior pois acho (e compreendo sua opinião), fato que não vai mudar e nem estou aqui para tal... cada pessoa ve o mundo conforme o mundo se mostra a ela.. Então vamos caminhar cada um em seu caminho, mesmo um achando e concluindo suas coisas...

Sobre:

Porque o ônus da prova é de quem afirma. Porque deveria perder o meu tempo para sair por aí modelando experimentos para provar que as fadas existem se nunca afirmei que elas existem e que isso nem me interessa?

As coisas não são bem assim.. Até o momento eu trouxe o tema aqui para teste, logo se é um teste o resultado pode ser positivo ou negativo.. Até o momento, infelizmente, as afirmativas todas vieram de vocês, até a sua anterior onde afirma que Kardec vivia do espiritismo e que o espiritismo era isso ou aquilo..

Estou propondo um experimento que põe em cheque a minha opinião e a de vocês, no mínimo mereço um respeito por ter vindo até aqui para convidar pessoas a testa-lo.. Mas até o momento eu só vi afirmativas conclusivas de que mediunidade, sobrevivência, coisas psíquicas, todas são papo furado, não existem e são fraudes..

Me parece que a coisa evoluiu para um caminho contrário ao que eu esperava.. Encontrei, até o momento, o mesmo que encontrei no meio espirita. Quando propus verificar os comentários foram os mesmos (claro que de lado oposto).. Para que checar se todo mundo ja sabe? Você quer testar pra que? Qual o objetivo? Quer provar pra quem? Ja sabemos dos resultados (por vivencia e pelos estudos do passado)...

Perceba que as respostas e argumentos são bem similares, logo só posso concluir que os extremos são iguais, ou seja, ja sabem e tem certeza da verdade, logo verificar pra que?

 :sleepy:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 22:25:55
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

O cara nem teve cacife pra sacar o modus operandi do médiunininho embusteiro (ou seja, deixou-se enganar muuui facilmente! Ao ponto de ir checar com os próprios olhos o sexo da médica no hospital rss) e agora quer impor NO GRITO a colaboração dos céticos em seu experimento fajuto do Duplo-Cego fadado ao fracasso?!  EXPLICO: é que na verdade deveria ser um TRIPLO-CEGO, já que o Sandro se ''esquece'' de levar em conta também a... TERCEIRA VISÃO!!!!!!   :biglol:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 22:33:53
 :amira:

Pesquisadores crentes, como você, buscam a confirmação da fé, na verdade vocês não têm dúvidas.

Veja a sua resposta sobre o objetivo do seu experimento:

Citação de: Sandro Fontana
A resposta para essa pergunta está limitada ao objetivo da pesquisa, ou seja, para saber se um médium frauda ao fornecer informações tão específicas em cartas psicografadas.

Se o experimento não detecta fraude e confirma acertos de dados específicos, qual é a conclusão lembrando que:

(1) O experimento usa um médium espírita;
(2) As informações específicas são de um falecido;
(3) A psicografia no meio espírita só serve para contato com os mortos;
(4) Os familiares voluntários/escolhidos são simpáticos à hipótese espírita;
(5) O pesquisador idealizador da metodologia é espírita;

O "convite" aos céticos é apenas uma parte do autoengano presente em toda essa montagem.

Mas será que você pode concluir, de fato, qualquer coisa de valor científico além dizer no final o que todo espírita gostaria de ouvir para confirmar sua crença?

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 22:40:58
Citar
Giga.. não vou comentar o post anterior pois acho (e compreendo sua opinião), fato que não vai mudar e nem estou aqui para tal... cada pessoa ve o mundo conforme o mundo se mostra a ela.. Então vamos caminhar cada um em seu caminho, mesmo um achando e concluindo suas coisas...

Resposta de um crente educado mas visivelmente contrariado.

Em outras épocas me recomendavam a leitura de Kardec.

A propósito, o uso do Buda foi interessante mas não engana ninguém. Foi o Buda mais parecido com Kardec que já ví até o momento.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 22:55:01
Gigaview

Mas será que você pode concluir, de fato, qualquer coisa de valor científico além dizer no final o que todo espírita gostaria de ouvir para confirmar sua crença?

Os céticos não são "donos" da ciência, embora muitos se apoiem nela para sustentar a própria crença. A ciência é apartidária e depende exclusivamente de uma coisa: Método.

Não importa se eu sou ou não espirita, budista, cético, ateu ou o que for... O que importa é o método e com ele se obterá fatos e resultados, logo a conclusão básica só poderá ocorrer depois disso, antes é pura especulação ou expectativa, algo que deve ser eliminado (controlado) pelo método.

Mas foi interessante ver seu ponto de vista, embora tenha me parecido ter medo do resultado, afinal só há duas opções: ou ocorre ou não ocorre.

Se não ocorrer era pq o médium fraudava todas as cartas anteriores, mas se der positivo... bem.. aí não seria bom para você está com seu "nome" em algo que vai contra a sua crença..

Entendi...rs.. Levo um certo tempo para entender como vocês pensam.. Embora sei que não são todos que pensam da mesma forma, então não quero generalizar..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 22:55:19
A propósito, o uso do Buda foi interessante mas não engana ninguém. Foi o Buda mais parecido com Kardec que já ví até o momento.

Isso é que é uma escolhe de um avatar literalmente AVATAR!!!!!!   :histeria: :histeria: :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 22:57:31
Giga:

Pesquisadores crentes, como você, buscam a confirmação da fé, na verdade vocês não têm dúvidas.

Recomendo mais estudos nesse campo pois a fé não precisa de confirmação.. a fé simplesmente se sustenta por si mesma. A fé é uma certeza sem a certeza, sem precisar de provas.. Alias.. sugiro uma auto-análise.. vai perceber que tem mais fé do que imagina rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 23:05:49
KKKKKKKKKKKKKKKKKK... Todo mundo que discorda do Sandro é taxado como crente por ele. Taí o espírita mais DOGMÁTICO que já ''deus'' as caras por aqui!!!!!!!  :P
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 23:09:12
Caro alquimista, embora eu falei que não me dirigia mais a sua palavra mas como ronda o tópico feito mosca, eu gostaria que apagasse as ofensas e acusações levianas que vem postando, vou grifar já que não da pra desenhar:

O cara nem teve cacife pra sacar (chama de idiota ou burro indiretamente) o modus operandi do médiunininho embusteiro (Não o conhece mas o ofende chamando de mentiroso) (ou seja, deixou-se enganar muuui facilmente (mais uma vez o seu Ad Hominem "indiretus" ) Ao ponto de ir checar com os próprios olhos o sexo da médica no hospital rss) e agora quer impor NO GRITO a colaboração dos céticos em seu experimento fajuto (mais um, logo se é meu foi eu quem fiz, então se é fajuto o adjetivo é para minha pessoa) do Duplo-Cego fadado ao fracasso?!  EXPLICO: é que na verdade deveria ser um TRIPLO-CEGO, já que o Sandro se ''esquece'' de levar em conta também a... TERCEIRA VISÃO!!!!!! 

Sua figura, para mim é irrelevante, alias, acho que age assim por estar atras de um apelido. Queria ver se era homem mesmo para vir agir dessa forma de cara limpa e sabendo que poderia me encontrar na rua.

Mas calma, se eu sou crente mesmo não precisa temer né, afinal somos da paz..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 23:11:37
Taí o espírita mais DOGMÁTICO que já ''deus'' as caras por aqui!!!!!!! 

Defina dogmático...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 06 de Novembro de 2016, 23:22:54
Giga:

Pesquisadores crentes, como você, buscam a confirmação da fé, na verdade vocês não têm dúvidas.

Recomendo mais estudos nesse campo pois a fé não precisa de confirmação.. a fé simplesmente se sustenta por si mesma. A fé é uma certeza sem a certeza, sem precisar de provas.. Alias.. sugiro uma auto-análise.. vai perceber que tem mais fé do que imagina rs

Leia este paper e veja se tem cheiro de espiritismo como o seu experimento. Enquanto tiver o odor fétido espiritóide a sua "pesquisa" nunca será levada a sério.

http://www.richardwiseman.com/resources/MediumBJP.pdf
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 23:33:54
Giga, ja conheço..

Desconsiderando os adjetivos fétidos da mente, o fato de você levar ou não a sério não faz a menor diferença. Um artigo quando vai para a revisão por pares receberá a devida atenção e comentários oportunos por pessoas gabaritadas para tal.. Fora isso a opinião geral pouco importa..

Passarão anos e nem você nem eu estaremos aqui mas o trabalho sim..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 06 de Novembro de 2016, 23:41:52
Acho curiosa essa "abordagem" de se ter como alvo de estudo o que estritamente falando, não tem evidência alguma, ao mesmo tempo em que se tem um monte de descrições minuciosas sobre como tudo "funcionaria".

Algo meio como se os pesquisadores do SETI já tivessem "certeza" que os ETs são todos comunistas e baseados numa dada mistura de carbono e silício.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 06 de Novembro de 2016, 23:48:28
Acho curiosa essa "abordagem" de se ter como alvo de estudo o que estritamente falando, não tem evidência alguma, ao mesmo tempo em que se tem um monte de descrições minuciosas sobre como tudo "funcionaria".

Algo meio como se os pesquisadores do SETI já tivessem "certeza" que os ETs são todos comunistas e baseados numa dada mistura de carbono e silício.

Se a ciência por sua natureza busca por respostas, mesmo que não tivesse evidencia alguma ou se fosse somente para testar, ja valeria a pena..

Esse tipo de posicionamento, ainda bem, incomoda a poucos.. Foi assim quando se descobriu e aperfeiçoaram as ondas eletromagnéticas e a penicilina.. Se os pesquisadores fossem dar ouvidos a alguns céticos, iam desistir porque "realmente não teria fundamento" (?)..

Como eu disse.. a gente veio e vai, mas a historia fica..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 06 de Novembro de 2016, 23:54:48
Caro alquimista, embora eu falei que não me dirigia mais a sua palavra mas como ronda o tópico feito mosca, eu gostaria que apagasse as ofensas e acusações levianas que vem postando, vou grifar já que não da pra desenhar:

O cara nem teve cacife pra sacar (chama de idiota ou burro indiretamente) o modus operandi do médiunininho embusteiro (Não o conhece mas o ofende chamando de mentiroso) (ou seja, deixou-se enganar muuui facilmente (mais uma vez o seu Ad Hominem "indiretus" ) Ao ponto de ir checar com os próprios olhos o sexo da médica no hospital rss) e agora quer impor NO GRITO a colaboração dos céticos em seu experimento fajuto (mais um, logo se é meu foi eu quem fiz, então se é fajuto o adjetivo é para minha pessoa) do Duplo-Cego fadado ao fracasso?!  EXPLICO: é que na verdade deveria ser um TRIPLO-CEGO, já que o Sandro se ''esquece'' de levar em conta também a... TERCEIRA VISÃO!!!!!! 

Sua figura, para mim é irrelevante, alias, acho que age assim por estar atras de um apelido. Queria ver se era homem mesmo para vir agir dessa forma de cara limpa e sabendo que poderia me encontrar na rua.

Mas calma, se eu sou crente mesmo não precisa temer né, afinal somos da paz..

Quantos mimimis desnecessários!!!!!!   :no:   Mas se a carapuça serviu, né, fazê o quê??!!!

E nem é capaz de manter a palavra por muito tempo...  (E ainda me chamou pro braço!!!)  Tsc, tsc, tsc...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 00:01:22
carapuça? Fala sério... rs

Releia o que escreveu:

O cara nem teve cacife pra sacar (chama de idiota ou burro indiretamente) o modus operandi do médiunininho embusteiro (Não o conhece mas o ofende chamando de mentiroso) (ou seja, deixou-se enganar muuui facilmente (mais uma vez o seu Ad Hominem "indiretus" ) Ao ponto de ir checar com os próprios olhos o sexo da médica no hospital rss) e agora quer impor NO GRITO a colaboração dos céticos em seu experimento fajuto (mais um, logo se é meu foi eu quem fiz, então se é fajuto o adjetivo é para minha pessoa) do Duplo-Cego fadado ao fracasso?!  EXPLICO: é que na verdade deveria ser um TRIPLO-CEGO, já que o Sandro se ''esquece'' de levar em conta também a... TERCEIRA VISÃO!!!!!! 



Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 00:04:04
carapuça? Fala sério... rs

Releia o que escreveu:

O cara nem teve cacife pra sacar (chama de idiota ou burro indiretamente) o modus operandi do médiunininho embusteiro (Não o conhece mas o ofende chamando de mentiroso) (ou seja, deixou-se enganar muuui facilmente (mais uma vez o seu Ad Hominem "indiretus" ) Ao ponto de ir checar com os próprios olhos o sexo da médica no hospital rss) e agora quer impor NO GRITO a colaboração dos céticos em seu experimento fajuto (mais um, logo se é meu foi eu quem fiz, então se é fajuto o adjetivo é para minha pessoa) do Duplo-Cego fadado ao fracasso?!  EXPLICO: é que na verdade deveria ser um TRIPLO-CEGO, já que o Sandro se ''esquece'' de levar em conta também a... TERCEIRA VISÃO!!!!!! 





Bom, como é que eles chamam isso mesmo???  Falácia do Espantalho, correto??!!!!   :P
Ou não será simplesmente mimimi em excesso????   :chorao:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 00:10:43
não é mimimimi... estou falando de comportamento, respeito e educação, algo que parece não lhe fazer parte.. Seja educado então e vai la e apaga aquelas acusações, adjetivos etc... Seja ponderado..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 00:13:47
não é mimimimi... estou falando de comportamento, respeito e educação, algo que parece não lhe fazer parte.. Seja educado então e vai la e apaga aquelas acusações, adjetivos etc... Seja ponderado..

Mas é você quem tem que apaga-las!!!!  :lol:   Foi você que inventou ofensinhas a que grifou tudim de vermelhim, não se lembra?!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 07 de Novembro de 2016, 00:22:21
Acho curiosa essa "abordagem" de se ter como alvo de estudo o que estritamente falando, não tem evidência alguma, ao mesmo tempo em que se tem um monte de descrições minuciosas sobre como tudo "funcionaria".

Algo meio como se os pesquisadores do SETI já tivessem "certeza" que os ETs são todos comunistas e baseados numa dada mistura de carbono e silício.

Se a ciência por sua natureza busca por respostas, mesmo que não tivesse evidencia alguma ou se fosse somente para testar, ja valeria a pena..

Esse tipo de posicionamento, ainda bem, incomoda a poucos.. Foi assim quando se descobriu e aperfeiçoaram as ondas eletromagnéticas e a penicilina.. Se os pesquisadores fossem dar ouvidos a alguns céticos, iam desistir porque "realmente não teria fundamento" (?)..

Como eu disse.. a gente veio e vai, mas a historia fica..

Na verdade, essa lenga-lenga vai indo há mais de 150 anos sem provar coisa alguma deixando uma história de fraudes e vigarice, aliás tudo começou como fraude.

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 00:27:48
não é mimimimi... estou falando de comportamento, respeito e educação, algo que parece não lhe fazer parte.. Seja educado então e vai la e apaga aquelas acusações, adjetivos etc... Seja ponderado..

E favor não se utilizar dessa tática espúria de distorcer os argumentos do adversário pra ganhar como pombo o debate no grito!!!
Uma coisa é dizer: ''não concordo com seu experimento fajuto!!!''.  Outra é dizer: ''Você é um idiota, por isso não concordo com seu experimento!!!''  Aí sim temos um AD HOMINEM!!!  Leia as regras do fórum caso ainda não as tenha entendido!

Agora, se não é capaz de manter controle emocional e maturidade frente a um debate com os céticos, sugiro não participar, senão infelizmente a moderação optará pelo trancamento do tópico!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 00:30:43
Giga, não posso concordar com isso, até porque existem inúmeros relatos de casos mediúnicos.. Concordo que existem muitos de fraude também , mas é bem explicado pois naquela época os médiuns eram remunerados...

Vale lembrar que houve caso, como da evocação de um espirito envolvido no acidente do dirigível R101, onde esse fornece informações técnicas e de engenharia, algo que a médium seria incapaz de saber...

Falar que não existe nada ou que todos eram fraudes é uma grande falácia... Tanto que inúmeros pesquisadores abandonaram o materialismo e buscam até hoje encontrar respostas para o acumulo de fatos..

Lembremos que também a mais de 100 anos os materialistas tentam e não conseguem provar que o cérebro gera a consciência.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 00:33:10
Caro Alquimista, pela ultima vez... Com um mínimo de inteligência se é capaz de perceber as entrelinhas de ofensas indiretas e provocativas.. O fato de mascarar suas ofensas em adjetivos diretos em termos indiretos, não lhe faz isento da questão..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 00:34:22
Caro Alquimista, pela ultima vez... Com um mínimo de inteligência se é capaz de perceber as entrelinhas de ofensas indiretas e provocativas.. O fato de mascarar suas ofensas em adjetivos diretos em termos indiretos, não lhe faz isento da questão..

Again...

E favor não se utilizar dessa tática espúria de distorcer os argumentos do adversário pra ganhar como pombo o debate no grito!!!
Uma coisa é dizer: ''não concordo com seu experimento fajuto!!!''.  Outra é dizer: ''Você é um idiota, por isso não concordo com seu experimento!!!''  Aí sim temos um AD HOMINEM!!!  Leia as regras do fórum caso ainda não as tenha entendido!

Agora, se não é capaz de manter controle emocional e maturidade frente a um debate com os céticos, sugiro não participar, senão infelizmente a moderação optará pelo trancamento do tópico!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 00:37:47
 :o

Esquece... percebi onde é seu limite..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 00:41:35
Amigo, vai dar uma relaxada, vai!!! Depois que estiver mais calmo a gente continua a prosa!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 07 de Novembro de 2016, 00:44:12
Acho curiosa essa "abordagem" de se ter como alvo de estudo o que estritamente falando, não tem evidência alguma, ao mesmo tempo em que se tem um monte de descrições minuciosas sobre como tudo "funcionaria".

Algo meio como se os pesquisadores do SETI já tivessem "certeza" que os ETs são todos comunistas e baseados numa dada mistura de carbono e silício.

Se a ciência por sua natureza busca por respostas, mesmo que não tivesse evidencia alguma ou se fosse somente para testar, ja valeria a pena..

Esse tipo de posicionamento, ainda bem, incomoda a poucos.. Foi assim quando se descobriu e aperfeiçoaram as ondas eletromagnéticas e a penicilina.. Se os pesquisadores fossem dar ouvidos a alguns céticos, iam desistir porque "realmente não teria fundamento" (?)..

Como eu disse.. a gente veio e vai, mas a historia fica..

Não, não tem nada a ver. De um lado são inferências por modelos e etc e tal. Do outro conceitos místicos, religiosos, supersticiosos, assumidos como equivalentes a "modelos", sendo que, adotando tal nível de relaxamento com evidências, podemos inventar inúmeras outras alternativas (frisando, igualmente desprovidas de evidência) para as mesmas observações.

Desde versões bem diferentes dos mesmos "fenômenos" básicos (como fantasmas, reencarnação), até alternativas mais dramáticas, como "redes telepáticas e telecinéticas" inconscientes reproduzirem esses efeitos aparentes.

O posicionamento científico parte do mais concretamente observado e tenta "adivinhar", inferir apenas o mínimo, e, depois de Popper e cia, aida haver atenção à possibilidade de refutação. Não se observa uma coisa, que poderia implicar na existência de algo que ainda não se conhece, e então se expande isso indefinidamente, feito uma obra de ficção científica. No máximo, apenas no que derivações a partir de modelos matemáticos puder ser vista como análoga a isso, o que contrasta muito da çoberdade/criatividade de "modelos literários".



A "teoria de almas" deveria ser tal que ainda permitisse a possibilidade de, na verdade, algo muito mais próximo do catolicismo do que do kardecismo estar correto. Mas não é a essa religião que se pretende corroborar, então...

Mas "teoria de almas" não deveria nem ser algo do qual se fala antes de se ter evidências de ser isso, e não outra coisa, o que é observado, mesmo que de fato houver algo novo, como uma "rede telepática". Isso não é feito porque não corrobora religião alguma.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 07 de Novembro de 2016, 00:54:32
Giga, não posso concordar com isso, até porque existem inúmeros relatos de casos mediúnicos.. Concordo que existem muitos de fraude também , mas é bem explicado pois naquela época os médiuns eram remunerados...

Vale lembrar que houve caso, como da evocação de um espirito envolvido no acidente do dirigível R101, onde esse fornece informações técnicas e de engenharia, algo que a médium seria incapaz de saber...

Falar que não existe nada ou que todos eram fraudes é uma grande falácia... Tanto que inúmeros pesquisadores abandonaram o materialismo e buscam até hoje encontrar respostas para o acumulo de fatos..

Lembremos que também a mais de 100 anos os materialistas tentam e não conseguem provar que o cérebro gera a consciência.

Evidências anedotas existem aos montes, mas nada cientificamente comprovado. Só papo furado. Até a mediunidade, veja a conclusão do paper que postei acima, é questionada. Ainda assim, uma suposta comprovação de fenômenos anômalos pode estar longe da vinculação desse fenômeno à hipótese espiritualista dado que existem outras hipóteses mais parcimoniosas.

É a mesma estória com a ufologia, a "bad" arqueologia e a homeopatia...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 01:00:55
Amigo, vai dar uma relaxada, vai!!! Depois que estiver mais calmo a gente continua a prosa!!!

estou bem calmo..  :hein:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 01:07:42
com certeza Giga... mas não pode negar que ela deve ser investigada, ou vai negar?

Sobre o Wiseman.. fala sério.. vocês falaram de tendencioso.. o Wiseman é o líder dos céticos.. logo o artigo de opinião dele teria o mesmo valor que o meu.. nada..

Agora pergunta se ele fez experimento concreto sobre isso? Claro que não! Assim como outros que induzem os resultados, alias, algo que vocês tem me acusado..

Veja que nas sugestões que ele mesmo coloca como metas para um "bom estudo" o meu cumpre todas..  Eliminando a hipótese de um auxiliar levar a resposta, eliminando a leitura fria, eliminando a hipótese do médium pegar as informações na internet... Poxa.. rs.. leia la! Depois me mostra onde o método que elaborei pode implicar em vazamento de informação.. Use o artigo dele como referencial...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 01:11:28
Buckaroo você está indo no fim.. estou indo no começo.. não estamos buscando explicações apenas verificações... Um estudo piloto começa com experimento básico, sem busca de resposta explicativa, mas apenas verifica se ocorre ou não ocorre.. simples..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 07 de Novembro de 2016, 01:50:37
com certeza Giga... mas não pode negar que ela deve ser investigada, ou vai negar?

É investigada por pesquisadores espíritas, parapsicólogos e curiosos nos finais de semana ou após o trabalho da mesma forma que os UFOs são investigados por ufólogos.

A Ciência não vê motivos para perder tempo com isso porque ainda não há nada de substancial para se investigar. Mesmo considerando os raros fenômenos anômalos inexplicáveis que poderiam estar relacionados com alguma hipótese espiritual existe a dificuldade de repetí-los em laboratório.

Se existe alguma coisa, alguma verdade para ser descortinada mais cedo ou mais tarde a Ciência chegará lá mas não vai ser investigando médiuns que escrevem cartas sentimentalóides na penumbra de sessões espíritas. Talvez alguma pesquisa sobre a eletroquímica cerebral combinada com o estudo de características dos neurônios ainda por serem descobertas a partir da observação da regeneração celular do cérebro de macacos com uso de células tronco, por exemplo, possa sugerir a possibilidade de algum tipo de comunicação extrasensorial.

Citar
Sobre o Wiseman.. fala sério.. vocês falaram de tendencioso.. o Wiseman é o líder dos céticos.. logo o artigo de opinião dele teria o mesmo valor que o meu.. nada..

Os artigo dele são publicados em revistsa indexadas com peer review. Depois que você conseguir publicar o seu artigo numa delas a gente conversa a respeito.

Citar
Agora pergunta se ele fez experimento concreto sobre isso? Claro que não! Assim como outros que induzem os resultados, alias, algo que vocês tem me acusado..

Bobagem.

Citar
Veja que nas sugestões que ele mesmo coloca como metas para um "bom estudo" o meu cumpre todas..  Eliminando a hipótese de um auxiliar levar a resposta, eliminando a leitura fria, eliminando a hipótese do médium pegar as informações na internet... Poxa.. rs.. leia la! Depois me mostra onde o método que elaborei pode implicar em vazamento de informação.. Use o artigo dele como referencial...

Onde foi o seu pós-Doc em Psicologia? Quantos artigos você já publicou? Quantos trabalhos já apresentou em congressos?

Escreve prá ele e veja se ele vai responder. Nem a secretária dele vai fazer isso. Por que? Porque ninguém lhe conhece e se conhecer pela internet vão associá-lo a mais um pesquisador espírita pseudocientífico. Ele não vai querer perder o tempo dele com isso.

A vida é dura e a realidade é de doer.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 01:59:04
com certeza Giga... mas não pode negar que ela deve ser investigada, ou vai negar?

Sobre o Wiseman.. fala sério.. vocês falaram de tendencioso.. o Wiseman é o líder dos céticos.. logo o artigo de opinião dele teria o mesmo valor que o meu.. nada..

Agora pergunta se ele fez experimento concreto sobre isso? Claro que não! Assim como outros que induzem os resultados, alias, algo que vocês tem me acusado..

Veja que nas sugestões que ele mesmo coloca como metas para um "bom estudo" o meu cumpre todas..  Eliminando a hipótese de um auxiliar levar a resposta, eliminando a leitura fria, eliminando a hipótese do médium pegar as informações na internet... Poxa.. rs.. leia la! Depois me mostra onde o método que elaborei pode implicar em vazamento de informação.. Use o artigo dele como referencial...

Buckaroo você está indo no fim.. estou indo no começo.. não estamos buscando explicações apenas verificações... Um estudo piloto começa com experimento básico, sem busca de resposta explicativa, mas apenas verifica se ocorre ou não ocorre.. simples..




Sei não... Tenho minhas suspeitas!
Primeiro aparece aqui rogando a colaboração dos céticos e pedindo para que os mesmos opinassem, mas ante MIL E UMA sugestões inteligentes, manteve-se firme em seu AUTOILUSÓRIO método alegando MIL E UMA desculpas e rejeitando todos os conselhos.
No fim, o que se colocará em ''teste'' nada mais será do que sua ''''''proposta'''''' imperativa: o tal método infalível (à la Crookes) à prova de vazamento de informações. hahahahahahahaha...
E a menos que o médium seja um grande incompetente, provavelmente ainda teremos que aturar mais encheção de saco (á la Botânico) com o arJumento de sempre de que não tinha como o médium burlar o experimento!!!!  Affffff...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 07 de Novembro de 2016, 07:40:22
Caro alquimista, embora eu falei que não me dirigia mais a sua palavra mas como ronda o tópico feito mosca, eu gostaria que apagasse as ofensas e acusações levianas que vem postando, vou grifar já que não da pra desenhar:

O cara nem teve cacife pra sacar (chama de idiota ou burro indiretamente) o modus operandi do médiunininho embusteiro (Não o conhece mas o ofende chamando de mentiroso) (ou seja, deixou-se enganar muuui facilmente (mais uma vez o seu Ad Hominem "indiretus" ) Ao ponto de ir checar com os próprios olhos o sexo da médica no hospital rss) e agora quer impor NO GRITO a colaboração dos céticos em seu experimento fajuto (mais um, logo se é meu foi eu quem fiz, então se é fajuto o adjetivo é para minha pessoa) do Duplo-Cego fadado ao fracasso?!  EXPLICO: é que na verdade deveria ser um TRIPLO-CEGO, já que o Sandro se ''esquece'' de levar em conta também a... TERCEIRA VISÃO!!!!!! 

Sua figura, para mim é irrelevante, alias, acho que age assim por estar atras de um apelido. Queria ver se era homem mesmo para vir agir dessa forma de cara limpa e sabendo que poderia me encontrar na rua.

Mas calma, se eu sou crente mesmo não precisa temer né, afinal somos da paz..

Quantos mimimis desnecessários!!!!!!   :no:   Mas se a carapuça serviu, né, fazê o quê??!!!

E nem é capaz de manter a palavra por muito tempo...  (E ainda me chamou pro braço!!!)  Tsc, tsc, tsc...

Amigos, ao invés de sairem pro braço , saiam pro abraço, saiam no  braços dados , vão ser o casal mais estranho um crente e um ateu!  :abraco:  :superamigos: :loving:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 07 de Novembro de 2016, 11:01:17
Bom, o espiritismo diz que há vida inteligente em Marte e que a geração espontânea está biologicamente correta.

Primeiro passo para fazer um experimento parapsicológico minimamente sério seria jogar o espiritismo no lixo.

Gostei muito das respostas do Pedro Reis e do Gigaview sobre o possível experimento.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 12:29:25
Alquimista:

Sei não... Tenho minhas suspeitas!
Primeiro aparece aqui rogando a colaboração dos céticos e pedindo para que os mesmos opinassem, mas ante MIL E UMA sugestões inteligentes, manteve-se firme em seu AUTOILUSÓRIO método alegando MIL E UMA desculpas e rejeitando todos os conselhos.
No fim, o que se colocará em ''teste'' nada mais será do que sua ''''''proposta'''''' imperativa: o tal método infalível (à la Crookes) à prova de vazamento de informações. hahahahahahahaha...
E a menos que o médium seja um grande incompetente, provavelmente ainda teremos que aturar mais encheção de saco (á la Botânico) com o arJumento de sempre de que não tinha como o médium burlar o experimento!!!!  Affffff...


Eu não pedi necessariamente que opinassem (embora sempre oportuno), eu vim fazer um convite e ver o interesse de vcs em auditorem e escolherem as famílias. Como eu disse la no inicio (seja inteligente e releia), o projeto já esta feito e vai ocorrer, com ou sem céticos fiscalizando..

A parte "oportuna" pareceu que ninguém o fez como deveria, ou seja, mostrar onde e como o método poderia causar vazamento de informação... Alias, até o fizeram, dando a desculpa de que o cético iria fraudar dando informações para o médium, que diga-se de passagem, o cético traidor nem sabe quem é...

Como sempre tenho visto muito cético falando de ciência e blablabla... Chego aqui e proponho algo simples e claro dai tenho que ficar lendo um monte de desvios de tema, papo furado de motivos e de que não há interesse da comunidade cientifica, algo muito desinformado por sinal..

Depois que se perdem nas criticas vazias, vem a parte final, onde o Giga argumenta que não sou conhecido e outros blablablas. Ora, o que isso tem a ver com ciência e método? Faz diferença ser ou não conhecido? Se eu fosse pesquisador famoso não teria vindo aqui convidar céticos (e tendo que encarar os pseudo-céticos também), eu faria o que os pesquisadores de renome fazem, usando pessoal da universidade para fazer o controle... Diga-se de passagem também que os pseudo-céticos adoram isso, dai sempre tem a possibilidade de criar historias fantasiosas que possam explicar algum resultado que entre em desacordo com a crença pessoal... humf..  |( dai eu que sou caracterizado como crente.. rs

Mas tudo bem... valeu.. aprendi e revi um bocado aqui... rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 07 de Novembro de 2016, 14:17:16

Mas tudo bem... valeu.. aprendi e revi um bocado aqui... rs

Sinto muito Sandro, sinto muitíssimo mesmo.

Peço desculpas da minha parte. Evidentemente não posso pedir desculpas por outros.

Não compreendo porque esse tipo de conversa sempre escala para um clima de hostilidade.

É preciso ser honesto e reconhecer que o usuário Sandro Fontana, da parte dele, se esforçou o quanto pôde para não entrar nessa.

Eu mesmo, muitas vezes, também escrevo respostas agressivas. Mas geralmente isso acontece quando está claro para mim que o meu interlocutor é um vigarista juramentado. Embora eu não esteja menos errado por isso.

Foi o caso recente de um tal de "Ângelo", que já foi até banido. Um proselitista do DI usando uma máscara de cristão devoto.

Fazendo sumaríssima pesquisa foi possível descobrir que os argumentos do cara eram tirados de um enorme banco de dados ( em 3 idiomas diferentes ), que ele mesmo compilou e classificou, com mais de 3 mil artigos de material produzido e distribuído, para fins de propaganda, por instituições como o famigerado Discovery Institute.

Ângelo também estava naquele momento lançando um livro sobre DI.

Mais uma pesquisa rápida e foi possível levantar que este cidadão ( um corretor de imóveis ) e sua empresa
respondiam a mais de 200 processos na Justiça. E 200 não é força de expressão! Não lembro o número exato, mas eram bem mais de 200.

O sujeito já tinha vendido o mesmo lote pra várias pessoas... armava de tudo.

Não é possível, só se for um caso esquizofrênico de dupla personalidade: metade do tempo é um cristão devoto dedicado a promover a fé no Jesus salvador... e na outra metade é um estelionatário dando balão em todo mundo lá em Aracaju.

Estas pessoas me irritam um pouco, menos pela argumentação do que pelo mau caratismo.

Mas mesmo nessas situações deveria ser fazer um esforço para manter o diálogo em um tom neutro, sóbrio, comedido. E de preferência impessoal. Na minha opinião.

Senão depois ainda fazem aquele tópico: "O Fim do Clube Cético: vencemos todos eles"

Aí é brincadeira, né?


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 07 de Novembro de 2016, 14:47:08
Alquimista:

Sei não... Tenho minhas suspeitas!
Primeiro aparece aqui rogando a colaboração dos céticos e pedindo para que os mesmos opinassem, mas ante MIL E UMA sugestões inteligentes, manteve-se firme em seu AUTOILUSÓRIO método alegando MIL E UMA desculpas e rejeitando todos os conselhos.
No fim, o que se colocará em ''teste'' nada mais será do que sua ''''''proposta'''''' imperativa: o tal método infalível (à la Crookes) à prova de vazamento de informações. hahahahahahahaha...
E a menos que o médium seja um grande incompetente, provavelmente ainda teremos que aturar mais encheção de saco (á la Botânico) com o arJumento de sempre de que não tinha como o médium burlar o experimento!!!!  Affffff...


Eu não pedi necessariamente que opinassem (embora sempre oportuno), eu vim fazer um convite e ver o interesse de vcs em auditorem e escolherem as famílias. Como eu disse la no inicio (seja inteligente e releia), o projeto já esta feito e vai ocorrer, com ou sem céticos fiscalizando..

A parte "oportuna" pareceu que ninguém o fez como deveria, ou seja, mostrar onde e como o método poderia causar vazamento de informação... Alias, até o fizeram, dando a desculpa de que o cético iria fraudar dando informações para o médium, que diga-se de passagem, o cético traidor nem sabe quem é...

Como sempre tenho visto muito cético falando de ciência e blablabla... Chego aqui e proponho algo simples e claro dai tenho que ficar lendo um monte de desvios de tema, papo furado de motivos e de que não há interesse da comunidade cientifica, algo muito desinformado por sinal..

Depois que se perdem nas criticas vazias, vem a parte final, onde o Giga argumenta que não sou conhecido e outros blablablas. Ora, o que isso tem a ver com ciência e método? Faz diferença ser ou não conhecido? Se eu fosse pesquisador famoso não teria vindo aqui convidar céticos (e tendo que encarar os pseudo-céticos também), eu faria o que os pesquisadores de renome fazem, usando pessoal da universidade para fazer o controle... Diga-se de passagem também que os pseudo-céticos adoram isso, dai sempre tem a possibilidade de criar historias fantasiosas que possam explicar algum resultado que entre em desacordo com a crença pessoal... humf..  |( dai eu que sou caracterizado como crente.. rs

Mas tudo bem... valeu.. aprendi e revi um bocado aqui... rs

em  materia de malandragem o fator surpresa conta muitos pontos, não sei se ja foi sugerido mas o ideal seria convidar alguns médiuns e algumas famílias, não combinar nada, coloca-los todos em uma sala fechada do tipo que voce descreveu e ver se rola uma comunicação espontânea do tipo surpresa, "não me ligue ligamos para voce"
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 07 de Novembro de 2016, 15:09:57
O Sandro se comparou a Richard Wiseman insinuando que o seu experimento   é melhor do que o dele  e acusando-o  de rei dos cético. Daí apelei baixando a bola do menino.

Continuo reafirmando tudo que eu disse. Enquanto esse experimento tiver um espírita no controle a conclusão será duvidosa. Já passei por experiência semelhante numa pesquisa com um médium de cura e sai fora devido a tendenciosidadee dos espíritas envolvidos.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 15:49:00
Criaturo, se você puder citar um médium ou "mentalista" que conseguiu fornecer dados como CPF ou RG e foi testado sob controle, cita aí...rs

Os que conheço são todos fraudulentos..

neste post possui um relato de um amigo meu, que aconteceu em um centro espirita, caso verídico!


https://religiaodeuslivre.wordpress.com/2014/07/19/evidencias-anedoticas/

Possuo um amigo de descendência oriental o Takita, pois bem o cara era ateu até que um dia sua sobrinha brincava em cima de um laje , caiu e morreu. Sua irmã sentia-se culpada por ter descuidado da criança  e pediu que ele a levasse até Uberaba-MG para consultar o Chico Xavier. Mesmo sem nenhuma fé espírita, resolveu atender ao pedido da irmã, saíram discretamente para evitar especulações ,não revelaram a ninguém onde iam , após longa viagem  chegaram  a noite em Minas Gerais no centro espirita do Chico que ja encontrava-se cheio, ao manifestarem o desejo de conversar com o médium, foram informados que todas as pessoas ali presentes desejavam o mesmo e foram convidados a sentar e aguardar junto com outros, pois  caso fossem chamados, ai sim  poderiam falar com o Chico. Quando ja avançava a madrugada se surpreendeu ao ver la na mesa alguém se levantar e chamar em voz alta: “tem alguém aqui querendo falar com a Sra. Takita “, pois não haviam fornecido nomes nem o motivo porque estavam lá, assim espantou-se ao  ver sua  irmã ser chamada pelo nome e sobre nome. Disse o médium Chico Xavier está aqui uma senhora de nome ….. Takita  vó da menina ……Takita ela diz que a menina manda avisar a mãe que não se culpe , pelo acidente que ela brincava e caiu. De volta eles foram consultar a arvore da família e encontraram mesmo  uma tatataravó com aquele nome, assim o meu amigo Takita de ateu passou a ser espirita.


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Ah, Criaturo!!! Mas essa estorinha aí do Takita ''Tekome'' (kkkkkkkkk...) é a mais fácil de explicar de todas!!!!  Tánakara!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

O médium ALQUIMISTA nem precisava tekontá que o Takita era um ateu amante da BOA VIDA E DA BEBIDA, pois essa informação (que não consta no seu texto) você já sabia. (Como podemos ver, o ALQUIMISTA tá-ki-tá!!!! quaquaquaquaquaquaquaquaqua...)

Pois bem... Então aconteceu o acidente e os Takitas deixaram São Paulo com destino a Minas.
Ahhhhhhhh, mas quando eles chegaram ao centro espíRRita (afim de ''chamar o Chico''), eles tiveram que esperar, e por um BOOOOOOOM TEMPO.
Daí o ALQUIMISTA (e só ELE pode!) vai te passar uma informação aqui sobre o que realmente acontecia nessas sessões lá em Beraba (um dos três ''B''s de Minas).     
Entonces, os pobres incautinhos pensavam assim que não tinham dado nenhum nomezinho a que o Shiku Panaka pudesse descobrir...  Isso não faz a MENOR DIFERENÇA!!!!!!!!!

O GRANDE TRUQUE aí da estória, a SHIKU SAKADA (que ninguém percebia!), é que o Xavier contava com uma ótima equipe À PAISANA profissionalizada em ''pegar emprestada'' as informações pessoais das vítimas.
Em outras palavras, os ingênuozinhos ficavam lá, enfadados na sala da looooooonga espera, trocando prosa com uma pessoa À PAISANA, que se passava também por um aspirante a receber notícias do ''além'' de um parente falecido, e nem se davam conta de que, nessa conversa vai, conversa vem, o espião já tinha ''pescado'' tudo o que precisava!!! 
Mas também era prática comum que os ''abelhudos'' se infiltravam na turba e obtinham os dados pessoais simplesmente ouvindo os parentes conversando uns com os outros. Tanto faz... o resultado sempre era o mesmo!!!!  O importante era levar as informações MASTIGADAS para o SHIKU PIKARETA!!!!! E os Takitas nem desconfiavam que lá dentro existia uma verdadeira YAKUZA especializada em recolher informações íntimas.  KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
RESULTADO: só eram chamadas as famílias que, sem ver, tinham passado informações pessoais (fora os casos em que o Chico apelava para as CARTAS MARCADAS!).
Tal técnica é conhecida no meio da malandragem como HOT READING!!!!!

Agora a parte mais ANIMEada aí do relatim do Takita foi a tal da VÓ TAKITA!!!!!  hahahahahahahahahahahahahaha...
E aí temos que admitir que o Chico errou feio!!!!!!!  Pois ele tentou jogar uma LEITURA FRIA fajuta, mas que no fim foi INACREDITAVELMENTE eficaz.  E qual foi o biscoito da sorte do SHIKU KARATÊ-PAU??????  É que ele não contava (mas é mais provável que contasse sim!!!!) que o Takita ia ser um PANAKA de carteirinha que, não se dando por satisfeito de não existir a tal da avó, chegou ao fundo do poço ponto de ir pesquisar na CEREJEIRA genealógica até encontrar uma tatatatatatatatatatatatatatatatatatatataravó (que perdeu o marido na Batalha de Sekigahara) cujo nome batia com a psicografia do Xavier!!!!!!!!!!!!!!!!!
Moral da EStória: Se o Takita tivesse ”aberto mais” os zóim, ele não teria caído nessa!!!!!  QUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUA...

Agora, conta outra, vai!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 07 de Novembro de 2016, 15:50:05
Depois da cartinha como prova ficou difícil levar a sério.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 07 de Novembro de 2016, 15:58:07
Olha, parece que esses experimentos já tem viés religioso definido.

http://eradoespirito.blogspot.com.br/2014/03/livro-vii-mediunidade-mensuravel-de-s.html

Inclusive isso já indicava crenças prontas na própria metodologia:
Citar
2) Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação);

Exceto, talvez, se fosse um pedido do médium testado.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 16:03:26
O Sandro se comparou a Richard Wiseman insinuando que o seu experimento   é melhor do que o dele  e acusando-o  de rei dos cético. Daí apelei baixando a bola do menino.

Continuo reafirmando tudo que eu disse. Enquanto esse experimento tiver um espírita no controle a conclusão será duvidosa. Já passei por experiência semelhante numa pesquisa com um médium de cura e sai fora devido a tendenciosidadee dos espíritas envolvidos.

Onde eu insinuei? Eu pedi que você relesse o artigo dele  e apontasse (e você não apontou) onde o método que será utilizado não segue o que ele preconizou lá como cuidados..

O artigo do Wiseman critica os métodos e entendimentos de certos resultados, sendo nesse tocante extremamente positivo. Falei que ele é o "rei do céticos" pois ele encabeça junto com outros. http://www.csicop.org/about/csi_fellows_and_staff

No mais a reciproca é verdadeira.. como seria um experimento se fosse um cético controlando? Ora, sua ideia passa a ser incoerente, mesmo que tente mante-la ativa.

Se o Wiseman fizesse o mesmo experimento (o que duvido) ou outro, eu iria analisar o método. Isso que parece o pessoal não conseguir entender ou aprender. A ciência é imparcial, se há parcialidade é de pesquisadores, ou seja, de fatores humanos, mas independente disso o método é o que tem valor, tanto é verdade que o Wiseman se fixa, em seu artigo, a questionar pontos ligados aos métodos.

Há um artigo similar do Zangari (se não me engano), criticando métodos espiritas e para gravações de vozes, mas pergunta se ele deu opinião sobre um estudo da Ana Bela? Claro que não, calou-se pois ela cumpriu todo o protocolo de criticas e fez em cabine blindada, auditada na universidade etc etc etc..

Eu poderia trazer aqui um grande numero de periódicos e podemos analisar e ver as falhas de um a um.. O problema que estou encontrando aqui é que existe um viés muito ligado a crença radical, isto é, alguns usuários estão agindo como religiosos fanáticos, então não tem espaço e nem moral para se aprofundar seriamente sobre os casos.. Por isso não vim aqui para tentar convencer ninguém de nada, mas a reação tem sido exatamente a mesma de quando eu (mais novo) ia debater com religiosos.. não muda em absolutamente em nada..

Se alguns se interessarem em pegar um único artigo e ver as falhas e os acertos, estou disposto... Um bom referencial para vocês é o proprio artigo do Wiseman que você indicou ali.. Leiam com atenção, mas tem que se focar no método... fora do método não tem ciência.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 16:07:54
Olha, parece que esses experimentos já tem viés religioso definido.

http://eradoespirito.blogspot.com.br/2014/03/livro-vii-mediunidade-mensuravel-de-s.html

Inclusive isso já indicava crenças prontas na própria metodologia:
Citar
2) Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação);

Exceto, talvez, se fosse um pedido do médium testado.

Olha que achado legal.. rs.. vai dar até para verem um debate de um estudo que fiz, e melhor ainda, com outro espirita PhD em física.. uau..

Vale comentar um detalhe. Esse período de 2 anos não é uma regra, embora ja entendi o sentindo tendencioso de achar que isso facilitaria para o médium...

Como eu acompanho vários casos, isso so eleva as chances mesmo até porque quando o acompanhei na mesma sessão da carta que expus aqui, outra carta veio de um garoto que tinha morrido a 8 anos atrás.. Da mesma forma forneceu nomes, datas, problema de saúde do avô etc..

Só não vou expor a carta pois alguns demonstraram falta de respeito e imaturidade para lidar ou ver o caso..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 16:12:54
Vale comentar um detalhe. Esse período de 2 anos não é uma regra, embora ja entendi o sentindo tendencioso de achar que isso facilitaria para o médium...

EU não disse, Fontana??? Não disse??!!!!!  Mas você ficou todo nervosim comigo...  :no:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 16:15:33
Vale comentar um detalhe. Esse período de 2 anos não é uma regra, embora ja entendi o sentindo tendencioso de achar que isso facilitaria para o médium...

EU não disse, Fontana??? Não disse??!!!!!  Mas você ficou todo nervosim comigo...  :no:

Olha pro buddhinha ai do lado.. to bem zen.. faz tempo.. Quando a gente consegue entender a mente e os limites do ser com quem conversamos, podemos dar a oportunidade à nossa mente de não se irritar..

Faço isso com meus filhos e da bem certinho rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 16:18:02
Depois da cartinha como prova ficou difícil levar a sério.

Prova de que? Me parece que não leu com a devida atenção... Eu ilustrei o tipo de dados esperados que devem ocorrer na experiência com o médium..

Se não ocorrerem nomes etc, apenas informações subjetivas, é obvio que nas outras vezes o medium fraudou.. Por isso o experimento.. simples
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 16:24:04
Vale comentar um detalhe. Esse período de 2 anos não é uma regra, embora ja entendi o sentindo tendencioso de achar que isso facilitaria para o médium...

EU não disse, Fontana??? Não disse??!!!!!  Mas você ficou todo nervosim comigo...  :no:

Olha pro buddhinha ai do lado.. to bem zen.. faz tempo.. Quando a gente consegue entender a mente e os limites do ser com quem conversamos, podemos dar a oportunidade à nossa mente de não se irritar..

Faço isso com meus filhos e da bem certinho rs

Olhar para ''o quê'' aí do lado????  :hihi:  hihihihihihihihihihihih...  Tô fora!!!!!

''Bem zen'', né?!  Só ''bem-zen(do)'' mesmo!!!! Pois me chamou até pro braço!!!!!!!  hahahahahahahahahahahaha...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 16:25:21
Vale comentar um detalhe. Esse período de 2 anos não é uma regra, embora ja entendi o sentindo tendencioso de achar que isso facilitaria para o médium...

EU não disse, Fontana??? Não disse??!!!!!  Mas você ficou todo nervosim comigo...  :no:

Não chamei você para o braço, inclusive falei que "somos da paz".. o que eu disse é que você tem esse temperamento porque se esconde atras de um perfil falso, e eu queria ver se era macho mesmo se fosse cara-a-cara..
Olha pro buddhinha ai do lado.. to bem zen.. faz tempo.. Quando a gente consegue entender a mente e os limites do ser com quem conversamos, podemos dar a oportunidade à nossa mente de não se irritar..

Faço isso com meus filhos e da bem certinho rs

Olhar para ''o quê'' aí do lado????  :hihi:  hihihihihihihihihihihih...  Tô fora!!!!!

''Bem zen'', né?!  Só ''bem-zen(do)'' mesmo!!!! Pois me chamou até pro braço!!!!!!!  hahahahahahahahahahahaha...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 16:27:26
Não chamei você para o braço, inclusive falei que "somos da paz".. o que eu disse é que você tem esse temperamento porque se esconde atras de um perfil falso, e eu queria ver se era macho mesmo se fosse cara-a-cara..
Olha pro buddhinha ai do lado.. to bem zen.. faz tempo.. Quando a gente consegue entender a mente e os limites do ser com quem conversamos, podemos dar a oportunidade à nossa mente de não se irritar..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 16:36:51
Não chamei você para o braço, inclusive falei que "somos da paz".. o que eu disse é que você tem esse temperamento porque se esconde atras de um perfil falso, e eu queria ver se era macho mesmo se fosse cara-a-cara..

Então isso é o que????

Citar
eu queria ver se era macho mesmo se fosse cara-a-cara..
   :bate:

O Rambo aí desejaria ver o ALQUIMISTA machu... cado??????  Tsc, tsc, tsc...

Controle-se aí, meu caro!!!!!  Você inclusive chegou ao ponto de insultar um membro da Mensa chamando-o de retardado. Isso é ser zen????
Mas aquela sua do AD HOMINEM ''INDIRETUS'' foi boa... a melhor!!!!!!  Nunca tinha visto algo parecido ainda!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 07 de Novembro de 2016, 16:43:22
Depois de reescrever e você não ter entendido não posso fazer nada... rs...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 16:44:30
Agora sim ficou explícito quem aqui tem certas... limitações!!!  :biglol:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 07 de Novembro de 2016, 18:43:28
Só não vou expor a carta pois alguns demonstraram falta de respeito e imaturidade para lidar ou ver o caso..

Traduzindo: Não vai expor a carta por MEDO de passar novo constrangimento!  :P
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 08 de Novembro de 2016, 11:28:04
Desculpe, Sandro, mas não dá pra saber sua intenção aqui não.

Tudo indica que esses seus experimentos são para sites/blogs/revistas espíritas sem nenhuma credibilidade no meio científico/acadêmico.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 11 de Novembro de 2016, 13:57:50
Desculpe, Sandro, mas não dá pra saber sua intenção aqui não.

Tudo indica que esses seus experimentos são para sites/blogs/revistas espíritas sem nenhuma credibilidade no meio científico/acadêmico.

Caro Literário, se usar um pouco da atenção poderia perceber que se fosse para blog ou revista do meio espírita não estaríamos testando o fenômeno, isso porque os espíritas tem a mediunidade como um pressuposto real, assim como os céticos tem como uma fantasia/ilusão/fraude.

Mas legal, já percebi que não há interesse real em se verificar isso. Sem mais, vou me indo, sem um real apontamento de onde o método poderia falhar.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 12 de Novembro de 2016, 05:15:31
Há muitos tipos de espíritas, num sentido mais amplo que kardecista. Tinha um tal de Victor (minha memória é muito ruim) que vivia criticando Chico Xavier como uma fraude e acreditava em outros médium que comprovaram sua mediunidade, segundo ele.

Há espíritas experimentalistas. Inclusive não falta programa tosco de TV sobre isso.

Se você quer fazer estudos com mais credibilidade, seria bom adequar a metodologia com as dicas que foram passadas. Incluir grupos de céticos, cientistas e ilusionistas na pesquisa também é importante.

Mas a parapsicologia sempre foi um campo nebuloso entre a ciência e a pseudociência. Nunca produziu nenhum resultado válido em mais de 200 anos de pesquisa. Não tem como replicar resultados, é um campo complicado. Acho que esse tipo de teste, quando sério, vale mais para desmascarar charlatões que outra coisa.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 12 de Novembro de 2016, 11:15:27
Há muitos tipos de espíritas, num sentido mais amplo que kardecista. Tinha um tal de Victor (minha memória é muito ruim) que vivia criticando Chico Xavier como uma fraude e acreditava em outros médium que comprovaram sua mediunidade, segundo ele.

Há espíritas experimentalistas. Inclusive não falta programa tosco de TV sobre isso.

Se você quer fazer estudos com mais credibilidade, seria bom adequar a metodologia com as dicas que foram passadas. Incluir grupos de céticos, cientistas e ilusionistas na pesquisa também é importante.

Mas a parapsicologia sempre foi um campo nebuloso entre a ciência e a pseudociência. Nunca produziu nenhum resultado válido em mais de 200 anos de pesquisa. Não tem como replicar resultados, é um campo complicado. Acho que esse tipo de teste, quando sério, vale mais para desmascarar charlatões que outra coisa.

Não tem como replicar de fato estes "experimentos" mas eles não aceitam isto.

E fica o Botânico falando do maldito galvanômetro como se o relatório do Crookes fosse uma espécie de bíblia, de texto sagrado. Não pode haver erro, não pode haver engano, é impossivel existir mentira. O pressuposto é que cada palavra que um pseudo cientista espírita escreve em um relatório é a Palavra de Deus. A prova da confiabilidade do relatório de Crookes é o próprio relatório de Crookes, exatamente como os religiosos usam a bíblia para provar a bíblia.

Não dá para dizer o que se pensa realmente disso sem parecer rude. "O médium atuará segundo seu próprio modus operandis". O que significa exatamente isso? Como vai ser controlado se o médium escolhe como vai fazer?

O pior é que são espíritas, autores espíritas, pessoas que ganham dinheiro publicando livros para um mercado espírita, que colaboram remuneradamente em publicações espíritas, que talvez cobrem para dar palestras para uma audiência espírita, que irão compor o grupo de pesquisa.

Ah, mas não há nenhuma possibilidade de fraude. Ah, mas os "céticos" irão selecionar as famílias...

Eu não subestimo tanto assim a imaginação das pessoas. Você conhece alguém daqui? Eu não conheço ninguém. A maioria não se conhece, não sabe o verdadeiro nome das pessoas, onde moram, o que fazem.

O que garante que se apresentarem 10 "céticos" voluntários, pelo menos um deles não poderá ser alguém ligado ao grupo de pesquisa? Não tem como saber, será simplesmente a palavra deles.

Como exemplo tome o texto sagrado do relatório de Crookes: tudo estava lacrado, havia sinetes nas janelas...

Mas estranhamente era permitido que a médium fizesse a sessão dentro do seu modus operandis. O que significava utilizar todos os aparatos de um número de ilusionismo que a médium performava habitualmente em teatros de variedades para um público pagante.

Tudo deveria acontecer por trás de cortinas, da mesma forma que a moça sempre é serrada ao meio dentro de uma caixa. Muito científico! Ninguém poderia ver absolutamente nada, especialmente o principal: o próprio fenômeno da materialização!

Mas por quê? E por que o cientista não se questionou sobre isso? Essa imposição não parecia sem cabimento?

Mas o que sabemos é que alguém fez o que não é permitido fazer em números de ilusionismo. Um sujeito, contrariando as determinações, meteu o carão dentro da cortina. E tinha um homem lá dentro! Um homem segurava os sensores do galvanômetro enquanto a alegada médium fazia suas estripulias.

Conclusão dos espíritas? Esse intruso era o fantasma! Hahahaha! O fantasma foi lá só para burlar o galvanômetro, pôs a médium em transe e telepaticamente assumiu o controle perfeito dos seus movimentos. Porque, como todos sabem, fantasmas possuem super poderes ilimitados, só não podem se mostrar senão atrás de biombos ou debaixo de lençóis.

Mas em nenhum momento o brilhante cientista da Royal Society expressa estranheza com esse fato em seu relatório. Não conjectura que teria sido muito mais fácil se o próprio espírito apenas jogasse os objetos para fora da cortina...

Existe motivos para alguém pôr em dúvida o que realmente pode ter acontecido? Como saber o que realmente aconteceu?

É replicável?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 12 de Novembro de 2016, 14:14:53
:?: Curiosidade, com preguiça de pesquisar por todo o tópico: conseguiu-se elaborar ou refinar um método mais consensual que reduzisse significativamente a possibilidade de fraudes, e de alguma forma também aumentasse a "cientificidade" da análise? Não só no aspecto de interpretação menos enviesada, apenas assumir "então o kardecismo é verdadeiro" a partir de uma aparente comprovação, mas algo como "controles".
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 12 de Novembro de 2016, 15:01:02
Mas legal, já percebi que não há interesse real em se verificar isso. Sem mais, vou me indo, sem um real apontamento de onde o método poderia falhar.

 :tchau:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 12 de Novembro de 2016, 18:06:53
Há muitos tipos de espíritas, num sentido mais amplo que kardecista. Tinha um tal de Victor (minha memória é muito ruim) que vivia criticando Chico Xavier como uma fraude e acreditava em outros médium que comprovaram sua mediunidade, segundo ele.

Há espíritas experimentalistas. Inclusive não falta programa tosco de TV sobre isso.

Se você quer fazer estudos com mais credibilidade, seria bom adequar a metodologia com as dicas que foram passadas. Incluir grupos de céticos, cientistas e ilusionistas na pesquisa também é importante.

Mas a parapsicologia sempre foi um campo nebuloso entre a ciência e a pseudociência. Nunca produziu nenhum resultado válido em mais de 200 anos de pesquisa. Não tem como replicar resultados, é um campo complicado. Acho que esse tipo de teste, quando sério, vale mais para desmascarar charlatões que outra coisa.

Olá Literário, obrigado pela resposta coerente e séria... Isso ajuda muito e aos poucos vai perceber minha seriedade do tema também...

Eu separei algumas das ideias de sugestões aqui, principalmente o fato de se evitar o efeito Forer, sendo assim já elaborei um questionário que as famílias irão preencher previamente, então os dados já estarão separados para uma primeira avaliação por "juízes", ou seja, alguém que irá comparar os dados das cartas com os dados fornecidos pelas famílias. Em um segundo momento as famílias farão uma análise também, mas para verificar se há dados condizentes em específico, por exemplo, numa das cartas que acompanhei num caso de uma família, surgiu uma lembrança do menino (ele ja tinha falecido a 9 anos) em agradecimento a dinda dele, no qual ele cita na carta como "Mi Irene".. A mãe na hora não entendeu por que desconhecia esse "Mi".. A Mi Irene era cunhada do pai do menino, mas já haviam se separado a anos e a família não tinha mais contato. Ao investigar a posteriori, a mãe veio a saber que a nova família a chama de "Mi Irene" e "Mirene", como formas intimas de tratamento.

Sobre as dicas de um método mais arrojado, eu concordo e há muitos ja.. Só que não temos médiuns que aceitam participar de pesquisas toda a hora e não gostam de ficar sob pressão. Por esse motivo eu tive que elaborar um método simples e eficiente, onde garanta que não exista vazamento de informação, ou seja, tudo que o médium vier a escrever ele não terá como saber previamente.

Veja outro detalhes: O médium mora em outro estado; Um grupo a parte irá selecionar as famílias; Nem o médium nem eu saberei qualquer informação prévia; O lugar será informado no dia da sessão; os questionários estarão de posse exclusiva dos "selecionantes" e vão apresentar somente no momento que a sessão terminar..

Eu, sinceramente, não consigo ver como, por meios normais (caso venha a ocorrer alguma carta), que um fraudador/médium possa obter com precisão nomes, datas, apelidos, locais, tipo de morte etc.. (vale lembrar que o médium não fará entrevista com as famílias e tudo será gravado para questionamentos e apontamentos posteriores).

Além disso o presente experimento ainda é um teste piloto, vamos com calma.. Precisamos que o médium continue nos ajudando nas pesquisas.. Num próximo estudo podemos "lacrar" melhor o método..

Outro detalhe: Ao longo do tempo se percebeu que o médium não pode se sentir coagido ou qualquer coisa assim.. então temos que levar isso em consideração.. Deixemos a vontade cuidando especificamente para que nada de informação vaze e ele possa saber antes..

Eu vi que alguns criticaram a carta que exemplifiquei anteriormente, mas ela teve intuito de mostrar como as mensagens surgem, isto é, o tipo de dados que vem nas cartas..

Vou contar, brevemente, de um experimento que fizemos com médiuns ditos videntes. Analise o método simples e me diga onde pode ter vazamento de informação:

1) num primeiro teste nós convidamos uma médium dita vidente. Então ela teria que dizer qual(is) garrafa(s), das 10, teria passado por um passe em CE.. (em tese essa amostra(s) estaria fluidificada ou com alguma "cor").
O experimentador já havia numerado previamente as garrafas e escolheu aleatoriamente a quais e quantas iria fazer.
Levou até a médium e ela acertou 8 das 10. (chance de 1 / 1024)

2) num segundo experimento eu percebi que poderia ter havido algum vazamento, sem intenção, do experimentador, uma vez que ele poderia deixar alguma pista visual pois sabia quais garrafas tinha passado pelo CE.. Desse modo nós incluímos uma terceira pessoa, que por sinal é cético ao tema, e ele foi até o lugar com um numero X de garrafas e depois entregou todas de uma só vez à experimentadora.
A médium acertou novamente 8 das 10.
Repetimos o processo no ultimo fim de semana.. Mesmo resultado.. acertou 8 das 10.
Vamos repetir mais uma vez o experimento.

Detalhe: Cada rodada se utiliza garrafas novas e lacradas, toda de um mesmo lote e marca.

Veja uma breve diferença, uma vez que você citou a parapsicologia. Os índices foram bem mais elevados. No meu ver a psicologia tem bons índices, hj chegando a uma média de 33% de acertos para os casos de telepatia, sendo o esperado de 25% ao acaso. Dada as elevadas amostragens já acho um dado bem seguro (posso conseguir inumeros experimentos para você analisar se desejar), mas a questão é: Por que ainda é tão baixa?

Na minha opinião eles usam pessoas comuns, então os resultados serão "comuns".. Se usassem pessoas ditas "paranormais" os resultados teriam que ser melhores, mas é compreensível tais resultados pois eles pretendem se focar em estatística e não em algo mais "qualitativo".

O exemplo que dei do experimento com médium vidente é algo bem qualitativo, ou seja, não pegamos qualquer pessoa para fazê-lo...


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 12 de Novembro de 2016, 18:23:16
Pedro.. alguns comentários:

Não dá para dizer o que se pensa realmente disso sem parecer rude. "O médium atuará segundo seu próprio modus operandis". O que significa exatamente isso? Como vai ser controlado se o médium escolhe como vai fazer?

Num primeiro momento é simples, basta controlar o vazamento de informação.. Uma coisa é fazer experimento de materialização outra é de obtenção de informações.
Em materializações eu também concordo que tem-se que ser muito rígido pois são muitas variáveis envolvidas.
No caso da psicografia o médium tem certo controle sim.. por exemplo.. ele não pode entrevistar as famílias.. Não vai poder conhece-las ou ve-las antes.. Não vai poder ficar batendo papo para go fishing etc.. Ele vai chegar.. sentar e escrever..


O pior é que são espíritas, autores espíritas, pessoas que ganham dinheiro publicando livros para um mercado espírita, que colaboram remuneradamente em publicações espíritas, que talvez cobrem para dar palestras para uma audiência espírita, que irão compor o grupo de pesquisa.

Isso, cientificamente, não tem muito valor... Embora eu não seja um espirita do tipo religioso.. até porque por crença sou bem mais do budismo.. hehe..  O foco é o método.. O único argumento critico possível é que eu poderia fraudar (o que seria opinião pessoal de alguns e não teria valor baseado no método), mas por isso um grupo independente irá cuidar dessa parte das famílias..

No mais.. já foi convidado outro grupo isso já está em andamento... Por um lado concordo com seu pensamento receioso de que alguém possa "trair", mas se pensarmos assim, bah.. não da pra confiar em ninguém.. Temos que ver a seriedade das pessoas e o experimento será replicado com certeza.. os resultados tem que se repetir.. (se ocorrer).. Detalhe: achei sua sugestão um tanto interessante mas temos que fazer para um estudo futuro..

Sobre o experimento de Crookes e os controles.. Bom.. concordo com você... Isso era uma coisa da época e temos até hoje um monte de gente que acredita em tudo... Mas por outro lado existe um viés tão ruim quanto, que foi o do Houdini sacaneando um experimento para dar errado, ou seja, manipulando um método..

Como você vê Pedro.. gente ruim, sacana e besta tem de todos os lados.. O que podemos fazer é experimentar, replicar.. aprimorar métodos..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 12 de Novembro de 2016, 20:55:44
Sandro,

Para incluir citações, marque o texto e selecione (http://clubecetico.org/forum/Themes/Curve_CC_css3/images/bbc/quote.gif) no menu que aparece após você clicar em "pré-visualizar" que fica ao lado do botão "enviar". Isso vale para quase todos os botões de formatação do menu. Se você quiser inserir de quem é a citação coloque "=nome do citado" após o primeiro quote. Existe uma área de testes na página inicial para você testar e praticar o uso desses recursos.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 13 de Novembro de 2016, 18:15:34
Pedro, isso me faz lembrar que nenhum médium passou ou pelo menos tentou passar nos testes do James Randi.

Curioso, com tantos médium, com tantas evidência do comunicação com os mortos (segundo eles), ninguém se sujeita a passar num teste verdadeiramente rigoroso e confiável, e muito bem recompensado.

O desafio do Randi existe (ainda existe?) há mais de 10 anos e ninguém nunca passou nos testes preliminares. Randi afirma que os únicos que aceitam ser testados são pessoas com problemas psiquiátricos que acreditam que têm poderes paranormais.

Nenhum representante do espiritismo, igreja católica, igrejas neopentecostais, candomblé, umbanda, videntes famosos, nada, zero.

Dizem que ceticismo demais cria bloqueios aos poderes paranormais, hahahaha.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 13 de Novembro de 2016, 19:06:00
Há muitos tipos de espíritas, num sentido mais amplo que kardecista. Tinha um tal de Victor (minha memória é muito ruim) que vivia criticando Chico Xavier como uma fraude e acreditava em outros médium que comprovaram sua mediunidade, segundo ele.

Há espíritas experimentalistas. Inclusive não falta programa tosco de TV sobre isso.

Se você quer fazer estudos com mais credibilidade, seria bom adequar a metodologia com as dicas que foram passadas. Incluir grupos de céticos, cientistas e ilusionistas na pesquisa também é importante.

Mas a parapsicologia sempre foi um campo nebuloso entre a ciência e a pseudociência. Nunca produziu nenhum resultado válido em mais de 200 anos de pesquisa. Não tem como replicar resultados, é um campo complicado. Acho que esse tipo de teste, quando sério, vale mais para desmascarar charlatões que outra coisa.

Olá Literário, obrigado pela resposta coerente e séria... Isso ajuda muito e aos poucos vai perceber minha seriedade do tema também...

Sandro de uma olhada tenho certeza que ira lhe parecer muito interessante:

http://religiaoeveneno.com.br/discussion/75/uma-mensagem-para-o-the-doctor/p1
 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 13 de Novembro de 2016, 20:20:55
Pedro, isso me faz lembrar que nenhum médium passou ou pelo menos tentou passar nos testes do James Randi.


Este passou...e o teste foi no Media Lab do MIT.



Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 13 de Novembro de 2016, 21:53:08
Pena ter sido apenas uma brincadeira de 1° de abril. No 1° de abril de 2008.

Seth Raphael é um mágico famoso.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 13 de Novembro de 2016, 22:20:12
É ... mais foi divertido.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 14 de Novembro de 2016, 11:06:45
Sandro,

Para incluir citações, marque o texto e selecione (http://clubecetico.org/forum/Themes/Curve_CC_css3/images/bbc/quote.gif) no menu que aparece após você clicar em "pré-visualizar" que fica ao lado do botão "enviar". Isso vale para quase todos os botões de formatação do menu. Se você quiser inserir de quem é a citação coloque "=nome do citado" após o primeiro quote. Existe uma área de testes na página inicial para você testar e praticar o uso desses recursos.

Blz Giga... eu sei disso... apenas por vezes acho mais fácil grifar para ficar mais "organizado" pra mim..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 14 de Novembro de 2016, 11:18:33
Pessoal, sobre o Randi... bom.. eu acho que ele é um cara muito prudente mas o problema dele foi que certos controles que ele exigia eram surreais.. rs... da forma como ele conduz as coisas ele é capaz de fazer você provar a si mesmo que você não é você.. ..rs..

O problema principal de Randi eram os métodos... Depois ele ficou queimado por ter planejado uma sessão para se beneficiar e descobriram ser uma fraude, de um rapaz que ele tinha um relacionamento.. Isso foi bem documentado na época.. Então, num resumo, o que se sucedeu com ele acabou sendo o mesmo que ele cobrava dos ditos médiuns, ou seja, não tinha bom método e não foi "honesto".. dai acabou a carreira dele..

Particularmente ja despedi tempo debatendo com um pessoal sobre coisas do passado etc.. A questão sempre cai na mesma.. Já foi, não tem mais como verificar e sempre há alguma hipótese criativa que poderia explicar, mesmo não se sabendo de todos os fatos..

Acabou de "dei um basta" nisso quando eu mesmo resolvi ir meter a cara e pesquisar.. Dai temos coisas atuais que podem ser verificadas e testadas... É o caso que fizemos com ditas médiuns videntes... O método resumido eu coloquei num post anterior.. os resultados também...

Tem vários médiuns que estamos testando.. um eu tenho 99% de certeza que é fraude.. Vai ser algo interessante desmascarar o cara, mesmo que ele venha a meter um processo... rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 15 de Novembro de 2016, 02:32:07
Pessoal, sobre o Randi... bom.. eu acho que ele é um cara muito prudente mas o problema dele foi que certos controles que ele exigia eram surreais.. rs... da forma como ele conduz as coisas ele é capaz de fazer você provar a si mesmo que você não é você.. ..rs..

O problema principal de Randi eram os métodos... Depois ele ficou queimado por ter planejado uma sessão para se beneficiar e descobriram ser uma fraude, de um rapaz que ele tinha um relacionamento.. Isso foi bem documentado na época.. Então, num resumo, o que se sucedeu com ele acabou sendo o mesmo que ele cobrava dos ditos médiuns, ou seja, não tinha bom método e não foi "honesto".. dai acabou a carreira dele..

O método do Randi foi eficaz o suficiente para desmascarar vááááááááários charlatões paraAnormais!!! Ou você acha que existe de fato ''poder paranormal''???!!!!!!  :smartass:


Citar
Particularmente ja despedi tempo debatendo com um pessoal sobre coisas do passado etc.. A questão sempre cai na mesma.. Já foi, não tem mais como verificar e sempre há alguma hipótese criativa que poderia explicar, mesmo não se sabendo de todos os fatos..

Tente dizer o mesmo para o Homem do galvanômetro!!!!   :P


Citar
Acabou de "dei um basta" nisso quando eu mesmo resolvi ir meter a cara e pesquisar.. Dai temos coisas atuais que podem ser verificadas e testadas... É o caso que fizemos com ditas médiuns videntes... O método resumido eu coloquei num post anterior.. os resultados também...

Para as inteligências raras (raríssimas!!!), o seu método dá no mesmo que organizar uma expedição ''''''científica'''''' para encontrar o pé grande, ou armar uma vigília na noite de natal com equipamentos de visão noturna e telescópios para tentar capturar uma imagem do papai natal a voar em seu trenó!!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Mas é seu direito, e você é quem decide como desperdiçar o seu tempo!!! Pelo menos um ou outro médium você ainda desmascara...  :hihi:     


Citar
Tem vários médiuns que estamos testando.. um eu tenho 99% de certeza que é fraude.. Vai ser algo interessante desmascarar o cara, mesmo que ele venha a meter um processo... rs

99%??????????????  Onde foi parar o outro 1%????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Caro neófito, caia na real!!!  Almas não existem, assim como a mediunidade também não!!!! É uma impossibilidade!!!
Todos os médiuns são uma fraude!!!  E o espiRRitismo também, cuja gênese se deu na véspera de um PRIMEIRO DE ABRIL!!!  :biglol:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 16 de Novembro de 2016, 01:13:28
Bastante distorcida sua versão, Sandro. Recomendo ver o documentário do James Randi.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 16 de Novembro de 2016, 10:40:30
Alquimista, tirando fora sua crença, se nos determos nos dados.. O que você achou do experimento com as médiuns ditas de visão?

Me aponte a falha metodológica ou engano nos resultados...

Mas veja, deixe sua fé de lado.. embora você tenha também o direito de não acreditar em nada..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 16 de Novembro de 2016, 10:41:56
Bastante distorcida sua versão, Sandro. Recomendo ver o documentário do James Randi.

Talvez parece distorcida mas seria fácil demonstrar os "apelos" exagerados dele... Por outro lado eu sempre achei importante o trabalho que ele fez... Mais ajudou do que atrapalhou...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 16 de Novembro de 2016, 10:48:58
Literário, segue um trecho de um breve resumo de um dos casos do Randi.. Tem muitos outros demonstrando a forma como ele lidava com as coisas:

Um famoso pseudo-cético, o mágico James Randi, foi desmascarado pelo parapsicólogo Rupert Sheldrake. Sobre isso trata a excelente postagem do site Pensar Além (endereço eletrônico http://pensaralem.wordpress.com/), em 03 de Fevereiro deste ano. Outra postagem desse mesmo site, de 24 de Janeiro deste ano, trata, com grande propriedade, da farsa do desafio de James Randi aos paranormais. Extraímos ambas as postagens na íntegra. Leiamos:

“Rupert Sheldrake desmascara James Randi

Sheldrake é um parapsicólogo, que dedicou boa parte dos seus estudos, às pesquisas de possível telepatia entre cães e seus donos. James Randi é um mágico, que oferece 1 milhão de dólares para quem comprovar qualquer habilidade paranormal, porém Sheldrake relatou a experiência negativa que teve com o mágico.

Na edição da revista Dog World, em janeiro de 2000, há um artigo da pesquisa de Sheldrake, sobre um possível sexto sentido em cães. No artigo, James Randi foi citado, afirmando: “Nós da Fundação Randi já testamos as alegações de Sheldrake. Elas não funcionam”. Porém, nenhum detalhe sobre este teste foi dado.
Então, Rupert mandou um e-mail para Randi, pedindo mais detalhes sobre a experiência que ele havia realizado. Ele não obteve resposta; tentou de novo, e nada.
Foi aí que o parapsicólogo pediu ao Conselho Consultivo Científico, da JREF (James Randi Educational Foundation), para que o ajudasse a saber mais sobre a pesquisa. Assim, recebeu uma resposta. Em um e-mail enviado em 6 de fevereiro, de 2000, o mágico disse que o teste, na verdade, havia sido feito de forma “informal” e fora feito há “anos atrás”. Ele observou dois cães de um amigo, em um período de duas semanas, todavia, todos os dados da pesquisa foram perdidos.
Por fim, ele admitiu: “Eu exagerei em duvidar sobre a pesquisa telepática dos cães, com base na pequena quantidade de dados que havia coletado. Me precipitei.”
Randi também alegou ter desmascarado uma pesquisa de Sheldrake, mostrada em um programa de TV, com o cão Jaytee, que foi até a janela quando o dono resolveu voltar para a casa. Em Dog World , Randi declarou: “Vendo a fita inteira, nós vemos que o cão respondeu para qualquer carro ou pessoa que passassem por perto”. Isso simplesmente não é verdade, agora Randi admitiu que nunca viu a fita inteira.
No vídeo abaixo, você confere o relato do parapsicólogo, sobre o caso:

(Acesse o vídeo no endereço:
)

Referências

James Randi – a Conjurer Attempts to Debunk Research on Animals. Disponível em: < http://www.sheldrake.org/reactions/james-randi-a-conjurer-attempts-to-debunk-research-on-animals > . Acesso em 03 de fevereiro de 2014.”

“A Farsa do Desafio Paranormal de James Randi

James Randi é um famoso mágico que oferece 1 milhão de dólares para quem conseguir comprovar algum poder, supostamente, paranormal. Porém, o fato de ninguém ter ganhado o prêmio prova que a paranormalidade não existe?
A fundação de Randi (JREF) faz campanha contra assuntos que envolvem parapsicologia, paranormalidade, homeopatia e qualquer tipo de medicina alternativa. Os céticos costumam citar o desafio de Randi como a prova absoluta de que a paranormalidade é uma farsa completa. Há mais de 10 anos o mágico oferece o prêmio de 1 milhão dólares. Embora tenha dito que em 2010 o prazo seria finalizado, a fundação continua com o “desafio”. No entanto, as regras se modificaram em 2007; quem quiser ganhar o prêmio, no mínimo, deverá ser conhecido pela mídia e ter sido estudado por cientistas.
Para que um suposto paranormal se submeta ao teste ele deverá seguir algumas regras, impostas pela JREF. O candidato deve arcar com todos os custos da viagem, hospedagem e material. Além disso, o candidato renuncia a qualquer tipo de reclamação à fundação Randi, mesmo que algum acidente ocorra durante os testes (se a pessoa perder um braço durante o teste, por culpa da estrutura da fundação ou erro dos avaliadores de Randi, teoricamente, nada poderá fazer) – no Brasil, a cláusula é inconstitucional, pois a integridade do indivíduo é primordial e, quando prejudicada, o apelo judiciário é um direito. Mas o pior ainda está por vir. Um teste preliminar é realizado com o indivíduo. O critério de seleção é absolutamente subjetivo, ou seja, se Randi decidir que não deve-se realizar o teste “formal”, antes da confirmação dos supostos poderes, ele não será feito¹. Clique aqui para ler as regras do prêmio.
Pior do que isso é quando esbarramos no aspecto estatístico. Em tese, os testes estatísticos, existentes em toda a literatura da Parapsicologia, poderiam disputar o prêmio. Alegações extraordinárias exigem evidências extraordinárias – jargão usado com frequência pelos céticos. Por esse motivo, Randi exige significância estatística maior do que as outras áreas comuns da ciência. O que isso significa? Se o teste estiver acima do acaso e for anômalo, o “Desafio Paranormal” exigirá algo além disso. Na ciência tradicional a significância estatística é de p < 0,05 - a probabilidade do resultado ser devido ao acaso seria de 5%. No teste, o candidato precisa de p < 0,001 ou menor, ou seja, isso extrapola as exigências da própria ciência.
Randi ainda não aceita alegações de reencarnação como válidas de disputa do prêmio, pois as considera “religiosas”. Na verdade, ele mesmo as classificou assim. Esse tipo de ceticismo é falso, pois nega alegações a priori, ao invés de investigá-las. Se dependêssemos desse movimento cético para fazer ciência, transformaríamos a metodologia científica em um dogma. Infelizmente, alguns céticos já têm o trabalho de fazer isso; não porque estão preocupados com evidências científicas de qualidade, mas porque se importam mais com mágica do que com ciência.

Referências

¹Challenge Application. Disponível em: < http://www.randi.org/site/index.php/1m-challenge/challenge-application.html > . Acesso em 24 de janeiro de 2014.”[/i]
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 16 de Novembro de 2016, 14:17:49
Eu não sei como essa coisa de psicografia funciona, mas numa pesquisa seria legal se as famílias fossem de outros países, cada família de um país diferente, ficaria mais difícil acertar nomes, a cultura também é bem diferente (nesse caso o médium teria que escrever no idioma da pessoa? Como ele escreveria o nome de um japonês ?)
 
Não sei se isso já foi falado, não li todas as respostas.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Brienne of Tarth em 16 de Novembro de 2016, 14:49:46
Ora, Catto mio, você não sabia que os espíritos possuem um "tradutor universal simultâneo", não?  :twisted:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 16 de Novembro de 2016, 15:11:04
Ora, Catto mio, você não sabia que os espíritos possuem um "tradutor universal simultâneo", não?  :twisted:
   :histeria:  :histeria:  :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 16 de Novembro de 2016, 15:44:23
Alquimista, tirando fora sua crença, se nos determos nos dados..

Ok, deixando minha DEScrença de lado, você apela para que tenhamos CRENÇA em seus dados... Que dados??? O que mais vejo aí é uma bagunça metodo(I)lógica, uma brincadeira pueril com dados... Sua ''ciência'' é feita como uma aposta de dados...  HAHAHAHAHAHAHAHAHA...   
 

Citar
O que você achou do experimento com as médiuns ditas de visão?

Me aponte a falha metodológica ou engano nos resultados...

Quer que aponte onde está a falha método(I)lógica???!!!!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
As raparigas provavelmente acertaram porque eram boas em fazer leitura corporal dos experimentadores. Só que vocês nem se dão conta de que existe tal habilidade.
Grandes mentalistas fizeram esses teste de acertos ''aleatórios'' aos montes e sempre obtiveram sucesso. Eram grandes leitores!!!!  E as suas raparigas eram boas, mas não excelentes, pois a margem de acerto dos ditos mentalistas eram ainda superiores. Até o cavalo Hans era melhor!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Citar
Mas veja, deixe sua fé de lado.. embora você tenha também o direito de não acreditar em nada..

De novo rogando ao MESTRE ALQUIMISTA para que deixe sua DESfé de lado... Mas como minha DEScrença pode interferir em sua brincadeira de dados (bozó!)???!!!! 
Veja o seu vídeo ''Mensuração do nível estimado mediúnico''


As conclusões pra lá de PSEUDOCIENTÍFICAS que você chega acerca das ''assinaturas'' psicografadas são, para dizer o mínimo, risíveis!!!
E sobre a hipo-tese do espírito (das lacunas!), é um contrassenso, uma aberração!!! Os avanços da neurociência sepultaram de vez a conexão inteligência/espírito. Pois a sede do pensamento, da inteligência está no cérebro, nos processos neurológicos, e não em espíritos... Portanto, acreditar em médiuns é um retrocesso... É querer negar o avanço da CIÊNCIA!!!! Mas não é só isso!     
O ALQUIMISTA estuda há algum tempo mágica, ilusionismo, hipnose e mentalismo. Desafio você a me apresentar um causo de mediunidade em que EU não consiga expor o seu método? Ou pelo menos uma explicação beeeeeeeem mais razoável e racional do que a alternativa espíRRita...

Mas falando de (suas) crenças em DEScrenças... Ou DEScrenças em crenças, vou tentar apelar para um exemplo bem grosseiro, até pueril, para ver se você capita (levando em conta as suas limitações!) e te ajudar a evitar a confusão de termos em que se mete.
Você acredita que 2+2 = 4????  Parece ridícula essa pergunta, não é mesmo?!
Ok, e se te afirmasse que 2+2 = 5??????? IMPOSSÍVEL, diria você, pois o resultado é 4 e ponto final!!!!!!
Seria isso então, segundo a sua (I)lógica, uma CRENÇA MATEMÁTICA???
Não, caro neófito, é CIÊNCIA! Correto? 
Todavia, a neurociência hoje sabe que existem diversos bugs neurocognitivos e, acredite se quiser, é perfeitamente viável te induzir ao erro que 2+2 = 5 utilizando-se para isso meros RACIOCÍNIOS LÓGICOS, que soa como lógica pura para seu cérebro!!!! Sim, é possível fazer isso e é extremamente fácil te levar ao erro.  O segredo está na maneira com que se concatena raciocínios. A lógica CASUÍSTICA pode ser um caminho bastante enganador!!! Assim se explica porque raciocínios (verdadeiramente) Ilógicos aparentam terem lógica para você, como o exemplo da IMPOSSIBILIDADE do 2+2 = 5 se passar como uma CRENÇA MATEMÁTICA. 
E o espiRRitismo nada mais é do que isso!!! Ele é o 2+2 = 5!  É uma religião deprimente que (para as inteligências raras (((raríssimas))) ) não faz o menor sentido!!!!!!       
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 16 de Novembro de 2016, 16:40:48
Vou contar, brevemente, de um experimento que fizemos com médiuns ditos videntes. Analise o método simples e me diga onde pode ter vazamento de informação:

1) num primeiro teste nós convidamos uma médium dita vidente. Então ela teria que dizer qual(is) garrafa(s), das 10, teria passado por um passe em CE.. (em tese essa amostra(s) estaria fluidificada ou com alguma "cor").
O experimentador já havia numerado previamente as garrafas e escolheu aleatoriamente a quais e quantas iria fazer.
Levou até a médium e ela acertou 8 das 10. (chance de 1 / 1024)

2) num segundo experimento eu percebi que poderia ter havido algum vazamento, sem intenção, do experimentador, uma vez que ele poderia deixar alguma pista visual pois sabia quais garrafas tinha passado pelo CE.. Desse modo nós incluímos uma terceira pessoa, que por sinal é cético ao tema, e ele foi até o lugar com um numero X de garrafas e depois entregou todas de uma só vez à experimentadora.
A médium acertou novamente 8 das 10.
Repetimos o processo no ultimo fim de semana.. Mesmo resultado.. acertou 8 das 10.
Vamos repetir mais uma vez o experimento.

Detalhe: Cada rodada se utiliza garrafas novas e lacradas, toda de um mesmo lote e marca.

Se quer mesmo pegar suas raparigas ''videntes'' com a boca na botija, prossiga com o seguinte experimento:

Trabalhe com garrafas que APENAS contenham água de torneira que NÃO PASSARAM POR NENHUMA ESPÉCIE DE ''PASSE''.
Numere as garrafas e INDUZA o experimentador (que nada sabe até então) a ACREDITAR que metade delas (com a indicação de seus respectivos números) passaram pelo ''passe''. Se isso puder ser feito NÃO por VIA ORAL, melhor! O importante é que o experimentador acredite PIAMENTE nas informações!
Instrua o experimentador para que transmita essas informações para a rapariga a ser testada, mas em HIPÓTESE ALGUMA esteja presente durante o experimento (nem mesmo deve se ENCONTRAR com as raparigas até o término dos resultados dos testes).
Se as raparigas contradizerem as informações que você induziu que todos acreditassem, ou seja, alegarem que elas foram enganadas, que na verdade a MAIORIA ESMAGADORA (pelo menos! E nisso incluo a mesma margem de NO MÍNIMO 8/10 acertos!) das garrafas não passaram por passe algum, aí sim o ALQUIMISTA dará crédito à suas brincadeirinhas de jogos de dados (bozó!).       
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 16 de Novembro de 2016, 18:27:17
Pega a vidente e faz um experimento aqui no fórum:
Pede pro alquimista, Fernando Silva, Gigaview, JJ etc escrever um palavra em um caderno, aí eles postam aqui "já escrevemos a palavra"
Depois pede pra vidente dizer as palavras escritas e posta aqui, se ela acertar é porque é vidente mesmo.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 16 de Novembro de 2016, 18:51:40
Eu não sei como essa coisa de psicografia funciona, mas numa pesquisa seria legal se as famílias fossem de outros países, cada família de um país diferente, ficaria mais difícil acertar nomes, a cultura também é bem diferente (nesse caso o médium teria que escrever no idioma da pessoa? Como ele escreveria o nome de um japonês ?)
 
Não sei se isso já foi falado, não li todas as respostas.

Catto creio que nem precise ir tão longe.. Por que não se pode ser simples?

Essa coisa de acertar nomes é algo bem fácil de "matematizar". Imagine a seguinte situação, você é o médium e será levado por mim a uma sala em outro estado que não o seu.. Essa sala você nem saberá onde é, apenas no momento que chegar. Ao entrar na sala você se senta e algumas familias entram.. Lhe apresentamos o nome dos mortos e dai é fácil(?) você começa a escrever e acerta o nomes dos irmãos avós... que tal? rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Micrômegas em 16 de Novembro de 2016, 18:55:20
Pega a vidente e faz um experimento aqui no fórum:
Pede pro alquimista, Fernando Silva, Gigaview, JJ etc escrever um palavra em um caderno, aí eles postam aqui "já escrevemos a palavra"
Depois pede pra vidente dizer as palavras escritas e posta aqui, se ela acertar é porque é vidente mesmo.

Bem interessante esse "Método científico" baseado na fé nos companheiros.

"Não confio nas palavras de uma vidente mas confio nas palavras dos meus companheiros"
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 16 de Novembro de 2016, 18:58:10
Foi uma resposta informal, em momento nenhum eu disse que era "método científico".
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 16 de Novembro de 2016, 19:10:29
Vou contar, brevemente, de um experimento que fizemos com médiuns ditos videntes. Analise o método simples e me diga onde pode ter vazamento de informação:

1) num primeiro teste nós convidamos uma médium dita vidente. Então ela teria que dizer qual(is) garrafa(s), das 10, teria passado por um passe em CE.. (em tese essa amostra(s) estaria fluidificada ou com alguma "cor").
O experimentador já havia numerado previamente as garrafas e escolheu aleatoriamente a quais e quantas iria fazer.
Levou até a médium e ela acertou 8 das 10. (chance de 1 / 1024)

2) num segundo experimento eu percebi que poderia ter havido algum vazamento, sem intenção, do experimentador, uma vez que ele poderia deixar alguma pista visual pois sabia quais garrafas tinha passado pelo CE.. Desse modo nós incluímos uma terceira pessoa, que por sinal é cético ao tema, e ele foi até o lugar com um numero X de garrafas e depois entregou todas de uma só vez à experimentadora.
A médium acertou novamente 8 das 10.
Repetimos o processo no ultimo fim de semana.. Mesmo resultado.. acertou 8 das 10.
Vamos repetir mais uma vez o experimento.

Detalhe: Cada rodada se utiliza garrafas novas e lacradas, toda de um mesmo lote e marca.

Se quer mesmo pegar suas raparigas ''videntes'' com a boca na botija, prossiga com o seguinte experimento:

Trabalhe com garrafas que APENAS contenham água de torneira que NÃO PASSARAM POR NENHUMA ESPÉCIE DE ''PASSE''.
Numere as garrafas e INDUZA o experimentador (que nada sabe até então) a ACREDITAR que metade delas (com a indicação de seus respectivos números) passaram pelo ''passe''. Se isso puder ser feito NÃO por VIA ORAL, melhor! O importante é que o experimentador acredite PIAMENTE nas informações!
Instrua o experimentador para que transmita essas informações para a rapariga a ser testada, mas em HIPÓTESE ALGUMA esteja presente durante o experimento (nem mesmo deve se ENCONTRAR com as raparigas até o término dos resultados dos testes).
Se as raparigas contradizerem as informações que você induziu que todos acreditassem, ou seja, alegarem que elas foram enganadas, que na verdade a MAIORIA ESMAGADORA (pelo menos! E nisso incluo a mesma margem de NO MÍNIMO 8/10 acertos!) das garrafas não passaram por passe algum, aí sim o ALQUIMISTA dará crédito à suas brincadeirinhas de jogos de dados (bozó!).       

Que desastre!! Você não consegue criticar isso porque não entende nada sobre isso..

A sugestão é péssima.. rs.. se eu trabalho no método para ser imparcial você vem e sugere para induzir o médium? Engraçado rss

 :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 16 de Novembro de 2016, 19:11:36
Pega a vidente e faz um experimento aqui no fórum:
Pede pro alquimista, Fernando Silva, Gigaview, JJ etc escrever um palavra em um caderno, aí eles postam aqui "já escrevemos a palavra"
Depois pede pra vidente dizer as palavras escritas e posta aqui, se ela acertar é porque é vidente mesmo.

Infelizmente não funciona assim.. Mas se fossemos todos numa sala acho que alguém morto da família de voces poderia mandar um recado... rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 16 de Novembro de 2016, 19:55:05
Vou contar, brevemente, de um experimento que fizemos com médiuns ditos videntes. Analise o método simples e me diga onde pode ter vazamento de informação:

1) num primeiro teste nós convidamos uma médium dita vidente. Então ela teria que dizer qual(is) garrafa(s), das 10, teria passado por um passe em CE.. (em tese essa amostra(s) estaria fluidificada ou com alguma "cor").
O experimentador já havia numerado previamente as garrafas e escolheu aleatoriamente a quais e quantas iria fazer.
Levou até a médium e ela acertou 8 das 10. (chance de 1 / 1024)

2) num segundo experimento eu percebi que poderia ter havido algum vazamento, sem intenção, do experimentador, uma vez que ele poderia deixar alguma pista visual pois sabia quais garrafas tinha passado pelo CE.. Desse modo nós incluímos uma terceira pessoa, que por sinal é cético ao tema, e ele foi até o lugar com um numero X de garrafas e depois entregou todas de uma só vez à experimentadora.
A médium acertou novamente 8 das 10.
Repetimos o processo no ultimo fim de semana.. Mesmo resultado.. acertou 8 das 10.
Vamos repetir mais uma vez o experimento.

Detalhe: Cada rodada se utiliza garrafas novas e lacradas, toda de um mesmo lote e marca.

Se quer mesmo pegar suas raparigas ''videntes'' com a boca na botija, prossiga com o seguinte experimento:

Trabalhe com garrafas que APENAS contenham água de torneira que NÃO PASSARAM POR NENHUMA ESPÉCIE DE ''PASSE''.
Numere as garrafas e INDUZA o experimentador (que nada sabe até então) a ACREDITAR que metade delas (com a indicação de seus respectivos números) passaram pelo ''passe''. Se isso puder ser feito NÃO por VIA ORAL, melhor! O importante é que o experimentador acredite PIAMENTE nas informações!
Instrua o experimentador para que transmita essas informações para a rapariga a ser testada, mas em HIPÓTESE ALGUMA esteja presente durante o experimento (nem mesmo deve se ENCONTRAR com as raparigas até o término dos resultados dos testes).
Se as raparigas contradizerem as informações que você induziu que todos acreditassem, ou seja, alegarem que elas foram enganadas, que na verdade a MAIORIA ESMAGADORA (pelo menos! E nisso incluo a mesma margem de NO MÍNIMO 8/10 acertos!) das garrafas não passaram por passe algum, aí sim o ALQUIMISTA dará crédito à suas brincadeirinhas de jogos de dados (bozó!).       

Que desastre!! Você não consegue criticar isso porque não entende nada sobre isso..

A sugestão é péssima.. rs.. se eu trabalho no método para ser imparcial você vem e sugere para induzir o médium? Engraçado rss

 :histeria:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

EU SABIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Na hora em que se defronta com um MÉTODO INFALÍVEL para pegar os ''videntes'', você pula fora!!!! É sempre assim, basta só apertar um pouquinho que lá vem o Sandro com uma desculpa esfarrapada!!!

Tô entendendo agora como funciona a TRAPAÇA!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 16 de Novembro de 2016, 20:48:59
Pega a vidente e faz um experimento aqui no fórum:
Pede pro alquimista, Fernando Silva, Gigaview, JJ etc escrever um palavra em um caderno, aí eles postam aqui "já escrevemos a palavra"
Depois pede pra vidente dizer as palavras escritas e posta aqui, se ela acertar é porque é vidente mesmo.

Infelizmente não funciona assim.. Mas se fossemos todos numa sala acho que alguém morto da família de voces poderia mandar um recado... rs

Quanta ''''''''''''''''''imparcialidade'''''''''''''''''', hein?!
Esse aí ACREDITA MÊÊÊÊÊMO em defunto que fala!!!!   :histeria: :histeria: :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 17 de Novembro de 2016, 14:34:25

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

EU SABIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Na hora em que se defronta com um MÉTODO INFALÍVEL para pegar os ''videntes'', você pula fora!!!! É sempre assim, basta só apertar um pouquinho que lá vem o Sandro com uma desculpa esfarrapada!!!

Tô entendendo agora como funciona a TRAPAÇA!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Ué... mas se eu for tendencioso dai eu trapaço, dai se você faz algo pra induzir o médium dai não é? Estranho não?

Por isso que venho falando de método imparcial.. Bom.. mas vi que enrolou e não conseguiu (era esperado :wink:) apontar falha no método no teste com as médiuns videntes...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 17 de Novembro de 2016, 14:43:06


Infelizmente não funciona assim.. Mas se fossemos todos numa sala acho que alguém morto da família de voces poderia mandar um recado... rs

Quanta ''''''''''''''''''imparcialidade'''''''''''''''''', hein?!
Esse aí ACREDITA MÊÊÊÊÊMO em defunto que fala!!!!   :histeria: :histeria: :histeria:
[/quote]

Homem(?) de muita fé... rs... Experimentos.. não se trata de acreditar ou desacreditar, se trata de fatos e dados.. Parece que tem medo dos resultados ne? rss Abalaria sua fé não?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 14:58:49

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

EU SABIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Na hora em que se defronta com um MÉTODO INFALÍVEL para pegar os ''videntes'', você pula fora!!!! É sempre assim, basta só apertar um pouquinho que lá vem o Sandro com uma desculpa esfarrapada!!!

Tô entendendo agora como funciona a TRAPAÇA!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Ué... mas se eu for tendencioso dai eu trapaço, dai se você faz algo pra induzir o médium dai não é? Estranho não?

HAHAHAHAHAHAHAHA... Relaxa!!! O ALQUIMISTA te passou a melhor maneira de PEGAR o ''médium'' em flagrante, mas se deseja continuar sendo ''honestinho'' e ser passado pra trás, o pepino é seu.  Pois pode apostar que quem não será nada honesto e trapaceará serão suas cobaias. Por isso o seu método (à la Crookes) está fadado ao fracasso.     


Citar
Por isso que venho falando de método imparcial.. Bom.. mas vi que enrolou e não conseguiu (era esperado :wink:) apontar falha no método no teste com as médiuns videntes...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Já foi apontado numa postagem minha pretérita, mas você não viu porque a FÉ TE CEGA!!!!!   :biglol:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 17 de Novembro de 2016, 15:02:41
suas palavras e opinião não tem valor até que aponte a falha no método, fora isso é pura fé sua..

Ainda não achou a falha no método ne? rss normal.. já era esperado devido seu "curriculum" rsrsrs

deixa pra la.. cada um acredita no que quer ne? Ver os fatos de perto e verificar pode gerar trauma em muitas pessoas..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 15:06:10
Homem(?) de muita fé... rs... Experimentos..

''Experimentos''?????!!!!!!!!!!  Espero que você não esteja falando de experimentos científicos!  Senão todo mundo aqui vai dar risadas de você!!!


Citar
não se trata de acreditar ou desacreditar,

Mas você ACREDITA!!!!! E MUITO!!!!!


Citar
se trata de fatos e dados..

Mas do jeito que conduz seus ''experimentos'', se trata mais de FADAS e jogos de DADOS (bozó!)!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Citar
Parece que tem medo dos resultados ne? rss

Você facilita muito para os trapaceiros, isso não tem como negar!!!


Citar
Abalaria sua fé não?

Esqueça minha DESfé!!!!  Você sabe desde o início que acho seu método fajuto!!!
O meu maior temor é que você use isso pra torrar a paciência da gente, como faz o homem do galvanômetro!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 15:20:59
suas palavras e opinião não tem valor até que aponte a falha no método, fora isso é pura fé sua..

Todos aqui já apontaram as falhas do seu método!!!!
Seu ERRO é partir da premissa que os ''fenômenos'' existem, são reais...  Enquanto a razão nos dita que é beeeeeeeeeeeeeeeem mais provável que todos os ''mediuns'' trapaceiam. Sendo assim, seria muito mais viável elaborar um método (arapuca) que pegasse o ''médium'' em flagrante.  Mas é claro que você não vai acatar essa ideia. Tem que facilitar para os farsantes...   


Citar
Ainda não achou a falha no método ne? rss normal.. já era esperado devido seu "curriculum" rsrsrs

Você está fazendo coro ao homem do galvanômetro!!!  Sua FÉ TE CEGA e você não pode ver, mas está agindo igualzinho a ele. 


Citar
deixa pra la.. cada um acredita no que quer ne?

Então se trata de mera questão de ACREDITAR (em mágicos!)???!!!!!! Putz!!!
Lembra do que EU disse lá no início??? Você está buscando é mágica, não ciência!!!


Citar
Ver os fatos de perto e verificar pode gerar trauma em muitas pessoas..

Putz (que ATO FALHO!!!!!!!!!!!!!)!!! KKKKKKKKKKKKKKK... Então foi por causa de um TRAUMA, NÉ??!!!  :susto:
Tudo bem, a gente entende!!!!!!!  :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 17 de Novembro de 2016, 15:35:46
Desculpe, não dá pra levar a sério quem usa o termo "pseudo-cético".
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 15:54:17
Desculpe, não dá pra levar a sério quem usa o termo "pseudo-cético".

Não dá para levar nada a sério do que esse Sandro diz!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 17 de Novembro de 2016, 16:16:19
Desculpe, não dá pra levar a sério quem usa o termo "pseudo-cético".

Não se trata de levar a serio, aceitar ou qualquer outra coisa.. O fato é que existe um grupo de cético que parece ultrapassar os limites do ceticismo, convergindo exatamente com os atributos da fé pura, ou seja acreditar sem a necessidade de se testar..

Nem sou eu quem o define, há muitas elaborações interessantes sobre esse tipo de perfil. O engracado nisso é que o cético (original rs) geralmente é nada dele... já o pseudo-cético precisa ficar tentando provar e buscando pessoas que sustentem sua crença pessoal. É o que viemos falando vagamente aqui, a imparcialidade..

Um estudo pode partir de um pressuposto, isso não importa, o que importa são os dados que eles fornecerão. Pode se fazer um estudo a partir do pressuposto do Big Bang, ele parecer viável é outra coisa.. Foi assim no passado com estudos de ondas eletromagnéticas, é até hoje e será no futuro.

Em suma, a opinião de um pseudo-cético é uma opinião sem valor algum para a ciência, tanto quanto do Papa etc..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 16:47:31
Por esse motivo eu tive que elaborar um método simples e eficiente, onde garanta que não exista vazamento de informação, ou seja, tudo que o médium vier a escrever ele não terá como saber previamente.

Veja outro detalhes: O médium mora em outro estado; Um grupo a parte irá selecionar as famílias; Nem o médium nem eu saberei qualquer informação prévia; O lugar será informado no dia da sessão; os questionários estarão de posse exclusiva dos "selecionantes" e vão apresentar somente no momento que a sessão terminar..

Eu, sinceramente, não consigo ver como, por meios normais (caso venha a ocorrer alguma carta), que um fraudador/médium possa obter com precisão nomes, datas, apelidos, locais, tipo de morte etc.. (vale lembrar que o médium não fará entrevista com as famílias e tudo será gravado para questionamentos e apontamentos posteriores).


DESMASCARANDO CATEGORICAMENTE O MÉTODO (FAJUTO) DO SANDRO:

Malgrado a insistência do Sandro Fontana em querer ACREDITAR que seu método é a prova de falhas, vejam como é fácil cogitar um meio de vazar informações:

O Sandro, em sua FÉ (bem ou mal intencionada???) CEGA, não percebe o quanto de informações relevantes já nos passou até agora.

Suponhamos que José fosse o médium convidado. Ora, é bastante óbvio que TODOS NÓS SABEMOS que o ''experimento'' ocorrerá em PORTO ALEGRE!!!  E essa é a primeira informação já vazada pelo DESCUIDADO (bem ou mal intencionado?!) Sandro.
Pois bem...  É claro que nomes REAIS foram passados para José, pois este teria que se certificar que o convite é REAL e não uma FARSA. É como o Sandro mesmo disse: médiuns não gostam de ser coagidos... Eles já são profissionalmente ressabiados...  hahahahahahahahahahahaha...
Aceito o convite (desafio), José, que não nasceu ontem, está ciente que apostou COLOCAR SUA CARREIRA EM RISCO!!!!  E o que os espertos fazem numa situação dessas???  Eles jogam, ora... Como os grandes APOSTADORES!!!!!!     
Se José for mesmo esperto, SUA PESQUISA apontará FACILMENTE o nome de todos os envolvidos do grupinho de pesquisas parapsicológicas do Sandro.
O Sandro tem sorte do ALQUIMISTA estar sem tempo, senão ELE mesmo nomearia todos os bois aqui!!!  KKKKKKKKKKKKKKKK...  Seria um presente e tanto para o José, não?!  Mas o José é macaco velho, e não é difícil fazer isso.
PRÓXIMO PASSO: tendo em mãos a lista dos membros do grupinho, o GOOGLE se encarrega do resto do trabalho. E na hora que chegar no nominho SANDRO FONTANA, VOILÁ!!!!!! Uma grata surpresa!!!!  Uma fonte de informações valiosas já mastigadinhas num tal de CLUBE CÉTICO!!! 
Pois é... o Sandro é tão DESCUIDADO (bem ou mal intencionado?!) que até com NOME REAL se cadastrou aqui no fórum. É pra dar de bandeja, não?!  KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
José, que não é bobo e pôs sua cabeça a prêmio, após verificar as preciosas ''pastagens'' do *DESCUIDADO* Sandro pelo fórum, DÁ DE CARA COM ESSA BELEZINHA AQUI:

e serão convidadas famílias que perderam parentes próximos e necessitem de algum tipo de ajuda ou comunicação com eles.
.
.
.
2) Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação);
3) Os parentes vivos devem ter características de que precisam receber uma comunicação, exemplo, abalos e traumas deixados etc (aumento das chances de comunicação);

Mas isso é bom pra mais de metro!!!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Ora, qualquer bom entendedor será capaz de supor que as famílias serão ''''''selecionadas'''''', adivinhem onde????? 

Onde????????????????

HAHAHAHAHAHAHAHAHA... Claro, em CASAS ESPÍRITAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Aí o trabalho do José já está todo concluído!!!!!!!!
Como médiuns colaboram com médiuns (pois são de uma quadrilha família só), é nítido que José não perderá a chance de CONTATAR seu colegas GAÚCHOS!!!! Ora, se porventura ele conseguir se comunicar com uma casa onde o grupinho de parapsicólogos do DESCUIDADO Sandro andou metendo o bedelho, é lógico que os coleguinhas porto-alegrenses informarão tintim por tintim quais famílias estão sendo... sondadas!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... Dou minha cara a tapa se na conta telefônica do médium cobaia do Sandro não constar um monte de chamadas interurbanas pra Porto Alegre!!!!! 

E se José for mesmo um sujeito esperto, como esperamos que ele seja, e tiver um pouquinho de sorte, PELO MENOS UMA FAMÍLIA ele vai conseguir RASTREAR!!!!!!  O que já tá bom demais, já que o ***DESCUIDADO*** Sandro ACREDITA PIAMENTE (mas... bem ou mal intencionalmente?!) que seu método é à prova de vazamento de informações!!!!!!!!!!

Conclusão:

VAI NESSA, JOSÉ!!!!!!!!  TÁ DE GRAÇA!!!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 16:53:29
Mas é claro que o (DESCUIDADO) Sandro discordará disso tudo e negará que ELE MESMO VAZOU INFORMAÇÕES IMPORTANTES!!!
E se bobear ainda voltará a chamar o ALQUIMISTA de retardado!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 17 de Novembro de 2016, 17:01:25
 :histeria: :histeria: :histeria: ai ai
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 17 de Novembro de 2016, 17:09:54
Alquimista... ja percebi seus limites e não vale a pena continuar essa conversa inutil e furada. Não sei do seu tempo mas o meu é bem precioso para disponibilizar com pseudo-cético.

Por fim dou doar um tempo para expor os pontos que ultrapassam seus limites cognitivos, do seu texto (ridiculo por sinal rs):

Citar
O Sandro, em sua FÉ (bem ou mal intencionada???) CEGA, não percebe o quanto de informações relevantes já nos passou até agora.

Suponhamos que José fosse o médium convidado. Ora, é bastante óbvio que TODOS NÓS SABEMOS que o ''experimento'' ocorrerá em PORTO ALEGRE!!!  E essa é a primeira informação já vazada pelo DESCUIDADO (bem ou mal intencionado?!) Sandro.
Pois bem...  É claro que nomes REAIS foram passados para José, pois este teria que se certificar que o convite é REAL e não uma FARSA. É como o Sandro mesmo disse: médiuns não gostam de ser coagidos... Eles já são profissionalmente ressabiados...  hahahahahahahahahahahaha...
Aceito o convite (desafio), José, que não nasceu ontem, está ciente que apostou COLOCAR SUA CARREIRA EM RISCO!!!!  E o que os espertos fazem numa situação dessas???  Eles jogam, ora... Como os grandes APOSTADORES!!!!!!     
Se José for mesmo esperto, SUA PESQUISA apontará FACILMENTE o nome de todos os envolvidos do grupinho de pesquisas parapsicológicas do Sandro.
O Sandro tem sorte do ALQUIMISTA estar sem tempo, senão ELE mesmo nomearia todos os bois aqui!!!  KKKKKKKKKKKKKKKK...  Seria um presente e tanto para o José, não?!  Mas o José é macaco velho, e não é difícil fazer isso.
PRÓXIMO PASSO: tendo em mãos a lista dos membros do grupinho, o GOOGLE se encarrega do resto do trabalho. E na hora que chegar no nominho SANDRO FONTANA, VOILÁ!!!!!! Uma grata surpresa!!!!  Uma fonte de informações valiosas já mastigadinhas num tal de CLUBE CÉTICO!!! 
Pois é... o Sandro é tão DESCUIDADO (bem ou mal intencionalmente!) que até com NOME REAL se cadastrou aqui no fórum. É pra dar de bandeja, não?!  KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
José, que não é bobo e pôs

1) Pesquisa cientifica séria não tem porque esconder a cidade;

2) Como você é tendencioso (mostrou em todos os posts), você acredita (fé) que o médium saberia.. Ora, se ele soubesse quem iria na sessão por que faríamos uma sessão controlada? Alias, se nem eu vou saber quem serão as pessoas, como é que o médium (que nem mora no estado) iria saber? [Falha feia a sua - normal pois estrapola seu limite lógico];

3) Sobre a coação. Bom algo que não se precisa de muita lógica, bastando um pouco de vivencia normal, para se saber que qualquer pressão sobre uma pessoa irá fazer ela reagir de forma não usual, logo outra falha feia sua.

4) Malandragem do médium? Ora, se o médium foi convidado, logo porque ele aceitaria? Não seria mais lógico e inteligente o médium nem participar do experimento? Continuaria ele lá com seu "trabalho" e os que discordam ficariam com suas vidinhas..  Essa falha sua é bem lamentável, pois se ele ganhasse um dimdim para participar eu até concordaria com sua capacidade intelectual..

Detalhe 1: Só usei meu nome pois nem conhecia o fórum, então não foi um fake que veio aqui convidar céticos para selecionar as famílias...

Detalhe 2 (e mega importante): Já que não dispoe de mais tempo (ainda bem) para usar TODA sua inteligência (?), fato que agradeco, vamos terminar nessa conversa inutil.. e se é tao bom assim como diz, para reabrimos um papo, sinta-se o médium fajuto e traga aqui o nome completo do meu avô materno, o único que tive contato e já faleceu.. Como você disse.. ja dei varias dicas (vazamentos) aqui... agora vai la e acha o nome completo do meu avô.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 17:19:02
Alquimista... ja percebi seus limites e não vale a pena continuar essa conversa inutil e furada. Não sei do seu tempo mas o meu é bem precioso para disponibilizar com pseudo-cético.

Por fim dou doar um tempo para expor os pontos que ultrapassam seus limites cognitivos, do seu texto (ridiculo por sinal rs):

Citar
O Sandro, em sua FÉ (bem ou mal intencionada???) CEGA, não percebe o quanto de informações relevantes já nos passou até agora.

Suponhamos que José fosse o médium convidado. Ora, é bastante óbvio que TODOS NÓS SABEMOS que o ''experimento'' ocorrerá em PORTO ALEGRE!!!  E essa é a primeira informação já vazada pelo DESCUIDADO (bem ou mal intencionado?!) Sandro.
Pois bem...  É claro que nomes REAIS foram passados para José, pois este teria que se certificar que o convite é REAL e não uma FARSA. É como o Sandro mesmo disse: médiuns não gostam de ser coagidos... Eles já são profissionalmente ressabiados...  hahahahahahahahahahahaha...
Aceito o convite (desafio), José, que não nasceu ontem, está ciente que apostou COLOCAR SUA CARREIRA EM RISCO!!!!  E o que os espertos fazem numa situação dessas???  Eles jogam, ora... Como os grandes APOSTADORES!!!!!!     
Se José for mesmo esperto, SUA PESQUISA apontará FACILMENTE o nome de todos os envolvidos do grupinho de pesquisas parapsicológicas do Sandro.
O Sandro tem sorte do ALQUIMISTA estar sem tempo, senão ELE mesmo nomearia todos os bois aqui!!!  KKKKKKKKKKKKKKKK...  Seria um presente e tanto para o José, não?!  Mas o José é macaco velho, e não é difícil fazer isso.
PRÓXIMO PASSO: tendo em mãos a lista dos membros do grupinho, o GOOGLE se encarrega do resto do trabalho. E na hora que chegar no nominho SANDRO FONTANA, VOILÁ!!!!!! Uma grata surpresa!!!!  Uma fonte de informações valiosas já mastigadinhas num tal de CLUBE CÉTICO!!! 
Pois é... o Sandro é tão DESCUIDADO (bem ou mal intencionalmente!) que até com NOME REAL se cadastrou aqui no fórum. É pra dar de bandeja, não?!  KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
José, que não é bobo e pôs

1) Pesquisa cientifica séria não tem porque esconder a cidade;

2) Como você é tendencioso (mostrou em todos os posts), você acredita (fé) que o médium saberia.. Ora, se ele soubesse quem iria na sessão por que faríamos uma sessão controlada? Alias, se nem eu vou saber quem serão as pessoas, como é que o médium (que nem mora no estado) iria saber? [Falha feia a sua - normal pois estrapola seu limite lógico];

3) Sobre a coação. Bom algo que não se precisa de muita lógica, bastando um pouco de vivencia normal, para se saber que qualquer pressão sobre uma pessoa irá fazer ela reagir de forma não usual, logo outra falha feia sua.

4) Malandragem do médium? Ora, se o médium foi convidado, logo porque ele aceitaria? Não seria mais lógico e inteligente o médium nem participar do experimento? Continuaria ele lá com seu "trabalho" e os que discordam ficariam com suas vidinhas..  Essa falha sua é bem lamentável, pois se ele ganhasse um dimdim para participar eu até concordaria com sua capacidade intelectual..

Detalhe 1: Só usei meu nome pois nem conhecia o fórum, então não foi um fake que veio aqui convidar céticos para selecionar as famílias...

Detalhe 2 (e mega importante): Já que não dispoe de mais tempo (ainda bem) para usar TODA sua inteligência (?), fato que agradeco, vamos terminar nessa conversa inutil.. e se é tao bom assim como diz, para reabrimos um papo, sinta-se o médium fajuto e traga aqui o nome completo do meu avô materno, o único que tive contato e já faleceu.. Como você disse.. ja dei varias dicas (vazamentos) aqui... agora vai la e acha o nome completo do meu avô.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

EU NÃO DISSE?????????????????????????????

 :amira:

Deu na cara agora!!!!!!!

O Sando é INGÊNUO DEMAIS e demasiado LIMITADO pra perceber suas falhas método(I)lógicas e arJumentativas!!!!

Como Queríamos Demonstrar!!!!!!!!!

E ainda suplica, num desafio às avessas, que o MESTRE ALQUIMISTA descubra o nominho do avô materno, o único que ele teve contato e já faleceu, ou seja, o médium a ser testado agora será o ALQUIMISTA??????????  :histeria: :histeria: :histeria:

Ô, dó!!!!!!  :baby:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 17 de Novembro de 2016, 17:22:27
1) Desde quando a sua pesquisa é científica e séria?
4) O suposto médium seria MUITO beneficiado, ficaria "comprovado" que ele tem dons sobrenaturais, ficaria famoso e ganharia mais dinheiro
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 17 de Novembro de 2016, 17:24:05
1) Desde quando a sua pesquisa é científica e séria?
4) O suposto médium seria MUITO beneficiado, ficaria "comprovado" que ele tem dons sobrenaturais, ficaria famoso e ganharia mais dinheiro

Canto, supere a capacidade cognitiva do Alquimista.. Me diga como o médium saberia quem seriam as famílias se nem eu saberia?

Cara.. é estranho como não conseguem se focar no método.. o Alquimista viaja feio..fala coisa incoerente o tempo todo..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 17:26:00
1) Desde quando a sua pesquisa é científica e séria?
4) O suposto médium seria MUITO beneficiado, ficaria "comprovado" que ele tem dons sobrenaturais, ficaria famoso e ganharia mais dinheiro

KKKKKKKKKKKKKKKKKK... ESSE É O PONTO!!!!

Mas o ALQUIMISTA desconfia que o buraco é mais embaixo!!!
Afinal, qual o motivo de facilitar tanto assim para o ''médium''????  Será que este seria o ÚNICO a se beneficiar e lucrar à$ cu$ta$ de um experimento pseudocientífico fajuto??????  A se pensar...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 17 de Novembro de 2016, 17:29:32
1) Desde quando a sua pesquisa é científica e séria?
4) O suposto médium seria MUITO beneficiado, ficaria "comprovado" que ele tem dons sobrenaturais, ficaria famoso e ganharia mais dinheiro

Canto, supere a capacidade cognitiva do Alquimista..


Isso mesmo, ''Canto''!!!!!  Demonstre sua capacidade cognitiva total!!!!  CANTE para ele!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 17 de Novembro de 2016, 17:34:34
1) Desde quando a sua pesquisa é científica e séria?
4) O suposto médium seria MUITO beneficiado, ficaria "comprovado" que ele tem dons sobrenaturais, ficaria famoso e ganharia mais dinheiro

Canto, supere a capacidade cognitiva do Alquimista..


Isso mesmo, ''Canto''!!!!!  Demonstre sua capacidade cognitiva total!!!!  CANTE para ele!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

HSHAHSHSHAHHSHAHAHHAHAHA
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 18 de Novembro de 2016, 07:05:06
Desculpe, não dá pra levar a sério quem usa o termo "pseudo-cético".

Não se trata de levar a serio, aceitar ou qualquer outra coisa.. O fato é que existe um grupo de cético que parece ultrapassar os limites do ceticismo, convergindo exatamente com os atributos da fé pura, ou seja acreditar sem a necessidade de se testar..

Nem sou eu quem o define, há muitas elaborações interessantes sobre esse tipo de perfil. O engracado nisso é que o cético (original rs) geralmente é nada dele... já o pseudo-cético precisa ficar tentando provar e buscando pessoas que sustentem sua crença pessoal. É o que viemos falando vagamente aqui, a imparcialidade..

Um estudo pode partir de um pressuposto, isso não importa, o que importa são os dados que eles fornecerão. Pode se fazer um estudo a partir do pressuposto do Big Bang, ele parecer viável é outra coisa.. Foi assim no passado com estudos de ondas eletromagnéticas, é até hoje e será no futuro.

Em suma, a opinião de um pseudo-cético é uma opinião sem valor algum para a ciência, tanto quanto do Papa etc..

O seu "estudo" foi a priori, levado a sério aqui com sugestões metodológicas muito melhores, mas somos os "pseudo-céticos"...

Quem são os verdadeiros céticos? Um bando de espírita que acredita em qualquer bobagem chamada de "estudo" numa revistinha espírita que não entende porra nenhuma de metodologia e epistemologia?

Ah, por favor.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 08:19:45
Se o objetivo do experimento é verificar se há fraude ou não, a rigor todo esforço de verificação poderia estar concentrado no médium e se o médium acerta ou erra não faz diferença. Isto quer dizer que é irrelevante selecionar famílias, preencher questionários, etc. Bastaria criar uma situação qualquer que simule  as condições ideais e deixar o médium sob constante observação antes e durante o experimento.

Por outro lado, se ainda assim for incluído o interesse na obtenção de informações sobre o morto, não há como escapar da aceitação ad hoc da hipótese espírita e de todos os vieses espiritóides.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: AlienígenA em 18 de Novembro de 2016, 08:51:31
Pois é Sandro, a crença do investigador não interfere no resultado do teste (se nisso você está certo), desde que não interfira no teste (nisso você está errado).

Eu não acredito no sobrenatural, não tenho motivos para isso, por mais que eu buscasse nunca encontrei nada que me fizesse mudar de opinião. Mas você deve ter lá seus motivos para acreditar. Não vem ao caso. Isso posto, precisamos concordar minimamente em alguns pontos.

Se você concorda que nunca foram fornecidas provas irrefutáveis da existência de espíritos e, portanto, da mediunidade, mas muitas fraudes já foram desmascaradas nesse ramo, podemos continuar. Isso, é claro, não prova que não existem espíritos ou que não possamos nos comunicar com eles. Significa apenas que, no momento, tudo que temos são motivos pessoais para acreditar ou não. É preciso, no entanto, considerar seriamente a possibilidade de que não existam. De que você possa estar enganado. Isto é, considerar seriamente a possibilidade de rever suas crenças. E ainda que isso seja superado a médio prazo, inicialmente pode ser um baque, uma fonte de sofrimento, apatia e desesperança. Considere a possibilidade de ter que rever talvez toda a sua base de sustentação e por algum tempo ficar sem chão, buscando um sentido para tudo sem encontrar. A boa notícia é que isso também passa.

Você está preparado para essa possibilidade? Sinceramente? Imagine por um momento que tudo é um grande engano, baseado numa profunda necessidade de acreditar. Que não existem espíritos nem deus nem nada. Que a vida é só isso aqui mesmo, sem qualquer sentido, a não ser o que você queira dar. Que está sozinho, por sua conta e um dia tudo vai simplesmente se acabar. É um cenário possível de, ao menos, digerir?

Se sim, podemos continuar. Levando então em conta que não existem provas da existência de espíritos, mas muitas fraudes já foram desmascaradas, não é possível distinguir supostos médiuns de charlatães e, portanto, é nisso que o teste deve focar - desmascarar charlatães, sem jamais subestimá-los. Eles são bons, precisam ser, pois dependem disso, estão sempre se aprimorando.

Por isso seu teste é frágil.  :ok:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 10:02:52

O seu "estudo" foi a priori, levado a sério aqui com sugestões metodológicas muito melhores, mas somos os "pseudo-céticos"...

Quem são os verdadeiros céticos? Um bando de espírita que acredita em qualquer bobagem chamada de "estudo" numa revistinha espírita que não entende porra nenhuma de metodologia e epistemologia?

Ah, por favor.

Caro Literário, o termo pseudo-cético não foi a sua pessoa mas sim ao Alquimista. Essa definição não fui eu quem a inventou e me parece que ele se encaixa em todas elas.. Segue o trecho:

Pseudo-ceticismo[editar | editar código-fonte]
O termo pseudo-ceticismo ou ceticismo patológico é usado para denotar as formas de ceticismo que se desviam da objetividade. A análise mais conhecida do termo foi conduzida por Marcello Truzzi que, em 1987, elaborou a seguinte conceituação:

Uma vez que o ceticismo adequadamente se refere à dúvida ao invés da negação - descrédito ao invés de crença - críticos que assumem uma posição negativa ao invés de uma posição agnóstica ou neutra, mas ainda assim se auto-intitulam "céticos" são, na verdade, "pseudo-céticos".[30]
Em sua análise,[30] Marcello Truzzi argumentou que os pseudo-céticos apresentam a seguinte conduta:

A tendência de negar, ao invés de duvidar.
A realização de julgamentos sem uma investigação completa e conclusiva.
Uso de ataques pessoais.
A apresentação de evidências insuficientes.
A tentativa de desqualificar proponentes de novas ideias taxando-os pejorativamente de 'pseudo-cientistas', 'promotores' ou 'praticantes de ciência patológica'.
A apresentação de contra-provas não fundamentadas ou baseadas apenas em plausibilidade, ao invés de se basearem em evidências.
A sugestão de que evidências inconvincentes são suficientes para se assumir que uma teoria é falsa.
A tendência de desqualificar 'toda e qualquer' evidência.
O termo pseudo-ceticismo parece ter suas origens na filosofia, na segunda metade do século 19.[31]


fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ceticismo

O texto acima serve para uma auto-reflexão: Do que entendo como verdade, essa é uma opção dentre as varia hipóteses ou é algo que eu sei que é?


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 10:12:26
Se o objetivo do experimento é verificar se há fraude ou não, a rigor todo esforço de verificação poderia estar concentrado no médium e se o médium acerta ou erra não faz diferença. Isto quer dizer que é irrelevante selecionar famílias, preencher questionários, etc. Bastaria criar uma situação qualquer que simule  as condições ideais e deixar o médium sob constante observação antes e durante o experimento.

Por outro lado, se ainda assim for incluído o interesse na obtenção de informações sobre o morto, não há como escapar da aceitação ad hoc da hipótese espírita e de todos os vieses espiritóides.

A ideia é boa Giga, mas ja vem sendo feito isso a tempo e estamos comparando os acertos e erros.. O problema hoje em dia é a internet. Um médium que sabemos que frauda, e estamos tentando juntar as provas todas, se utiliza disso.. Como ele faz? Ele, quando vai até uma cidade que não a dele, ele pesquisa os acidentes ou casos noticiados (exemplo incêndio na boate Kiss em Santa Maria - RS), além disso ele acessa o site que divulga o evento dele, verificando que pessoas estarão lá.. Fora isso ele tem toda uma gama de mães desesperadas que acessam o facebook dele e pedem por mensagens.. Pronto.. ele tem o "roll" de vitimas..

De posse desses dados ele investiga as famílias e elabora a carta(s)..

Como descobrimos que era fraude?

Exatamente no que você sugere. Houveram casos onde veio uma carta de um caso de acidente famoso, mas a família não estava la.. Ora, se dentro da cultura espirita a mensagem somente viria se a família estivesse la, de onde veio esse espirito fajuto e escreveu algo do nada?
Outro ponto que descobrimos foi o fato dele ter escrito uma carta onde colocou o endereço e telefone da mãe, algo para dar credibilidade e "poder" a ele.. Ora (novamente), essa coisa de numeros e dados específicos seria algo rarrissimo e não é de uso comum (Como o caso do Dirigível R101). Nesse caso o médium foi descoberto pois o endereço estava errado e colocando-o na internet havia no Telelistas um vinculo errado do telefone com o endereço..

Só isso acima ja fica evidente o caso de fraude, mas tudo se fecha e completa quando investiguei e descobri que o médium vende seus livros nas sessões, chegando a ganhar mais de 5 mil reais por sessão..

Então, esses detalhes são vistos, mas concordo que a maioria religiosa e cegos são facilmente enganados.. Mas, por outro lado, tem casos que investigamos e vemos que vale a pena testar pois não se inclui no exemplo acima.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 10:48:05
Antipetista, ficam aqui meus parabéns pela forma como se colocou (e não é porque também sou anti-PT rss)

vou tecer alguns comentários:

Pois é Sandro, a crença do investigador não interfere no resultado do teste (se nisso você está certo), desde que não interfira no teste (nisso você está errado).

A crença do investigar pode interferir no método (por isso a critica) e pode interferir nos resultados, por isso a necessidade do duplo-cego e de grupos alheios para acompanhar. Veja acompanhar, não alterar ou adulterar..

Citar
Eu não acredito no sobrenatural, não tenho motivos para isso, por mais que eu buscasse nunca encontrei nada que me fizesse mudar de opinião. Mas você deve ter lá seus motivos para acreditar. Não vem ao caso. Isso posto, precisamos concordar minimamente em alguns pontos.

Me permita um parênteses: Isso que você relata é a posição de um verdadeiro cético, apenas estou dizendo isso pois a conversa la em cima era de pseudos-céticos. Você tem uma crença ou opinião baseada no que lhe foi apresentado ou vivenciou durante sua vida, assim como eu tenho outra por uma série de motivos que também me fizeram rumar para um lado oposto. Mas tudo bem! É isso mesmo.. e acho que as coisas (e pessoas) ponderadas funcionam assim..

Citar
Se você concorda que nunca foram fornecidas provas irrefutáveis da existência de espíritos e, portanto, da mediunidade, mas muitas fraudes já foram desmascaradas nesse ramo, podemos continuar. Isso, é claro, não prova que não existem espíritos ou que não possamos nos comunicar com eles. Significa apenas que, no momento, tudo que temos são motivos pessoais para acreditar ou não. É preciso, no entanto, considerar seriamente a possibilidade de que não existam. De que você possa estar enganado. Isto é, considerar seriamente a possibilidade de rever suas crenças. E ainda que isso seja superado a médio prazo, inicialmente pode ser um baque, uma fonte de sofrimento, apatia e desesperança. Considere a possibilidade de ter que rever talvez toda a sua base de sustentação e por algum tempo ficar sem chão, buscando um sentido para tudo sem encontrar. A boa notícia é que isso também passa.

Perfeita colocação, embora nada é irrefutável, vamos pensar assim.. Você acertou bem num ponto de vista meu... Embora possa parecer estranho, minha opção pela existência de algo alem do material se faz por analisar uma série de estudos e dados, mas concordo com você de que isso é uma opção e de que pode ser que eu esteja errado, afinal, a verdade independe da minha ou da sua crença, ela está ali e não irá mudar porque uma ou milhões de pessoas acreditam ou não nela.
Esse baque pode ser para ambos os lados, tanto para mim como para você e para isso há a necessidade de uma mente aberta e que tenha coragem de testar e questionar.
Resumidamente eu entrei no espiritismo quando jovem, depois sai pois eu queria testar as coisas e dai eu passei a ser um problema para os grupos religiosos que controlam o espiritismo hoje em dia. Fiquei anos num campo do neutro e de não acreditar mas depois esbarrei com pessoas que tinham interesse em verificar e testar, dai retomei a opinião antiga de que "havia algo ali".. Seria extenso demais abordar os motivos, mas quando retornei a esse campo fui conhecer as duas divisões para parapsicologia, onde uns acreditam na sobrevivência e outros não, ou seja, que seriam poderes mentais humanos somente.. Concordo que seja difícil verificar com experimentos mas há casos que me levaram a reconhecer que é altamente factível (embora raro e esporádico - incomum) de que a mente sobrevive a matéria..

Citar
Você está preparado para essa possibilidade? Sinceramente? Imagine por um momento que tudo é um grande engano, baseado numa profunda necessidade de acreditar. Que não existem espíritos nem deus nem nada. Que a vida é só isso aqui mesmo, sem qualquer sentido, a não ser o que você queira dar. Que está sozinho, por sua conta e um dia tudo vai simplesmente se acabar. É um cenário possível de, ao menos, digerir?

Sim.. concordo.. isso é uma das possibilidades.. Mas veja o que comentei anteriormente.. Embora eu pense de uma forma e você de outra, a verdade está lá... não ira mudar mas ao menos podemos ter a opinião que desejamos. Pensando nisso, vale a reciproca.. Imagine que você esteja certo.. não há deus, não há nada.. apenas uma coincidência do universo de que moléculas se uniram e ao longo do tempo vieram a formar corpos vivos e um cérebro que gera uma consciência. Isso com uma somatória de coincidências de hormônios e genes nos fazem sentir coisas que achamos sentir (porque não existem de fato) e nos faz andar por um ciclo de vida que tende ao infinito em meio ao universo. O que mudará nisso a minha ou a crença das pessoas? Nada... vamos morrer e com a morte do corpo a consciência termina, um "game over" e ficam apenas nossos genes, ou seja, nada de nós efetivamente pois somos o produto consciente...
Mas e por outro lado? Se existir algo o que isso pode lhe impactar? Eu poderia divagar sobre isso mas não há necessidade pois para qualquer uma das duas hipóteses a verdade estará lá e talvez não faça diferença alguma uma opcao ou outra..

Citar
Se sim, podemos continuar. Levando então em conta que não existem provas da existência de espíritos, mas muitas fraudes já foram desmascaradas, não é possível distinguir supostos médiuns de charlatães e, portanto, é nisso que o teste deve focar - desmascarar charlatães, sem jamais subestimá-los. Eles são bons, precisam ser, pois dependem disso, estão sempre se aprimorando.

Por isso seu teste é frágil.  :ok:

Aqui eu discordo de você por uma série de motivos. Bom, prova irrefutável já vimos que não existe certo? Em ciência uma verdade sempre será momentânea.. Einstein demonstra que Newton não estava absolutamente correto e nem por isso houveram provas irrefutáveis de ambos os lados (se é que podemos dizer assim).
Deixando de lado o termo "provas", podemos dizer sim que há inúmeras evidências que contradizem a hipótese materialista e ela vem sendo estudada a anos, basta dedicação a interesse em ler tais materiais..
Recentemente eu tive acesso a um estudo que buscou testar isso no passado.. Eram os materialistas x espiritualistas e eles buscavam encontrar alguma demonstração de que alguma inteligência, diferente do médium, pudesse fornecer informações muito específicas. Acho que tiveram um resultado bem notável na investigação do acidente do dirigível R101.
Veja que isso adentra exatamente no ponto que você tocou, ou seja, verificar e desmascarar charlatões.
Primeiramente concordo que temos que pensar que o médium frauda, sempre. Esse é um pressuposto básico. Por outro lado não podemos alterar ou controlar de forma que ultrapasse o limite já estudado por outros pesquisadores e isso não tem nada a ver com "aliviar" para o médium.
Contudo um método bom e seguro é evitar (senão eliminar por completo) o vazamento de informações. Nunca teremos um método infalível, mas teremos métodos mais ou menos seguros para se buscar respostas..

Eu dei o exemplo do que fizemos com duas médiuns ditas videntes.. O que achou dos resultados? Onde você teria visto uma falha no método em não ser seguro?

Eu não posso afirmar que é infalível, nem de que é irrefutável, mas você há de convir comigo que o método é bom e apresentou um resultado consistente.

Em suma, os métodos vão se aprimorando, mas não adianta se criar métodos tendenciosos, onde se tenta fazer uma "pegadinha" com o médium ou se fornecer informações para ajuda-lo.. Precisamos da imparcialidade, ao máximo..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 18 de Novembro de 2016, 11:35:34
Mesmo com o "duplo cego" suas crenças influenciariam, olha o que você escreveu:

"Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação)"

Se o objetivo da pesquisar é testar a obtenção de informações sem conhecimento prévio, porque o prazo máximo de dois anos? Isso reduz potencialmente o números de possíveis famílias, assim como dizer ao médium a cidade das famílias e que: "Os parentes vivos devem ter características de que precisam receber uma comunicação, exemplo, abalos e traumas deixados etc (aumento das chances de comunicação)".

Você se diz imparcial, mas sua crença influência bastante nos métodos dessa "pesquisa".

Porque não escolher famílias aleatórias? Aí, se as cartas batessem com: famílias que perderam parentes recentemente e passaram por um trauma, você poderia fazer uma hipótese de que esses "fenômenos" ocorrem, com maior frequência, nessas situações.

Além disso, o médium sabe quem você é e tem informações sobre você. O fato de você conhecer quem selecionará as famílias aumenta, consideravelmente, as chances de o médium conseguir informações sobre esses selecionadores, e consequentemente sobre as famílias.

Também não consegui entender o porque da "pegadinha" não ser válida... Se o dom do cara é legítimo ele deveria saber que a informação é falsa, não ?

Outra coisa, porque 10 famílias? Ele não conseguiria com uma só?
Bom, 10 famílias aumenta bastante o êxito do médium, ele só precisaria conseguir informações sobre uma família que vocês considerariam o médium como verdadeiro.
.....

- Seria melhor você não conhecer o selecionador (nem o nome) - comunicação via e-mail novo (assim, mesmo hackeando o e-mail, não seria possível ter informações).
- O selecionador poderia escolher QUALQUER família do Brasil que tenha perdido algum parente, vocês só se conheceriam no local com o médium já dentro da sala.





Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 11:57:20
Mesmo com o "duplo cego" suas crenças influenciariam, olha o que você escreveu:

"Os parentes falecidos devem ter morrido entre o prazo máximo de 2 anos (aumento das chances de comunicação)"

Se o objetivo da pesquisar é testar a obtenção de informações sem conhecimento prévio, porque o prazo máximo de dois anos? Isso reduz potencialmente o números de possíveis famílias, assim como dizer ao médium a cidade das famílias e que: "Os parentes vivos devem ter características de que precisam receber uma comunicação, exemplo, abalos e traumas deixados etc (aumento das chances de comunicação)".

Você se diz imparcial, mas sua crença influência bastante nos métodos dessa "pesquisa".

Porque não escolher famílias aleatórias? Aí, se as cartas batessem com: famílias que perderam parentes recentemente e passaram por um trauma, você poderia fazer uma hipótese de que esses "fenômenos" ocorrem, com maior frequência, nessas situações.

Além disso, o médium sabe quem você é e tem informações sobre você. O fato de você conhecer quem selecionará as famílias aumenta, consideravelmente, as chances de o médium conseguir informações sobre esses selecionadores, e consequentemente sobre as famílias.

Também não consegui entender o porque da "pegadinha" não ser válida... Se o dom do cara é legítimo ele deveria saber que a informação é falsa, não ?

Outra coisa, porque 10 famílias? Ele não conseguiria com uma só?
Bom, 10 famílias aumenta bastante o êxito do médium, ele só precisaria conseguir informações sobre uma família que vocês considerariam o médium como verdadeiro.
.....

- Seria melhor você não conhecer o selecionador (nem o nome) - comunicação via e-mail novo (assim, mesmo hackeando o e-mail, não seria possível ter informações).
- O selecionador poderia escolher QUALQUER família do Brasil que tenha perdido algum parente, vocês só se conheceriam no local com o médium já dentro da sala.

Ola Catto... muito prudente e interessante seus apontamentos.. e concordo com boa parte deles..

Eu discordo de que o critério de tempo seja tendencioso, mas tudo bem... compreendo sua preocupação.. Veja que esse critério pode ser alterado, sem problemas... Eu dei dois exemplos de casos que acompanhei e se você leu, um deles o menino tinha falecido a uns 9 anos atras.. A questão é que de 8 cartas as outras foram 6 foram de casos recentes e 2 de casos de morte a mais de 5 anos..

Sobre a questão de tendência ou imparcialidade, esse detalhe de 2 anos eu entendi ser irrelevante pois o ponto chave é não haver vazamento de informacões e isso é o que garantiria a eliminação de fraude por si, ou demonstração de que algum fenômeno não usual ocorre.

Vou dar um exemplo: Vamos supor que você aceitasse ajudar na pesquisa, então você pediria a algum amigo de Porto Alegre (isso se você não é de Porto Alegre - até porque nem o conheço) para escolher umas 5 ou 10 famílias.. tanto faz.. Então esse seu amigo iria me encontrar apenas no dia e local marcado e levaria as famílias com ele..

Não tem como eu saber quem elas serão e mesmo que eu viesse a saber, o médium também não teria como saber pois mal tenho contato com ele...  Lembre-se ele aceitou participar da pesquisa, ponto..

Sobre a questão das probabilidades e do pressuposto. O fato de eu querer aumentar as chances de uma comunicação é obvio que precisamos disso para testar o fenômeno.. Foi o exemplo que eu dei da chuva no deserto.. não adianta eu querer fazer chover no deserto se não houverem as mínimas condições para algo que, pessoas fora do deserto dizem ocorrer..

Um exemplo disso é a morte de muito tempo atras.. Na cultura espirita existe a crença da reencarnação, logo se você selecionar pessoas que morreram a muito tempo é pouco provável que se teria sucesso dentro do conhecimento espirita. Ou por estarem em outro nível evolutivo ou por terem reencarnado.. é so por isso.. Então essas variáveis tem que entrar em acordo com o método, senao poderia estar se gerando um falso-negativo.

O fato de serem 10 famílias e'apenas um referencial.. Poderiam ser 2, 5 ou 100.. Quanto mais famílias mais as chances de sucesso dentro do conhecimento espirita, logo pois teriam mais chances de se ter um espirito em condicoes para se comunicar..

Temos que ver os dois lados..

Pelo lado da fraude, temos que cercar ao máximo de segurança de que o médium não terá acesso algum..

Então o fato de serem 2 anos como um critério, isso não ajudaria o médium, afinal quantas pessoas morreram em 2 anos?

Se você tiver contato com algum cético de Porto Alegre e tenha interesse.. vamos la.. estou disposto..

Se sim.. prepare-se para criticas... rs... elas fazem parte do processo..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 18 de Novembro de 2016, 12:48:20

Ola Catto... muito prudente e interessante seus apontamentos.. e concordo com boa parte deles..

Eu discordo de que o critério de tempo seja tendencioso, mas tudo bem... compreendo sua preocupação.. Veja que esse critério pode ser alterado, sem problemas... Eu dei dois exemplos de casos que acompanhei e se você leu, um deles o menino tinha falecido a uns 9 anos atras.. A questão é que de 8 cartas as outras foram 6 foram de casos recentes e 2 de casos de morte a mais de 5 anos..

Sobre a questão de tendência ou imparcialidade, esse detalhe de 2 anos eu entendi ser irrelevante pois o ponto chave é não haver vazamento de informacões e isso é o que garantiria a eliminação de fraude por si, ou demonstração de que algum fenômeno não usual ocorre.

Vou dar um exemplo: Vamos supor que você aceitasse ajudar na pesquisa, então você pediria a algum amigo de Porto Alegre (isso se você não é de Porto Alegre - até porque nem o conheço) para escolher umas 5 ou 10 famílias.. tanto faz.. Então esse seu amigo iria me encontrar apenas no dia e local marcado e levaria as famílias com ele..

Não tem como eu saber quem elas serão e mesmo que eu viesse a saber, o médium também não teria como saber pois mal tenho contato com ele...  Lembre-se ele aceitou participar da pesquisa, ponto..

Sobre a questão das probabilidades e do pressuposto. O fato de eu querer aumentar as chances de uma comunicação é obvio que precisamos disso para testar o fenômeno.. Foi o exemplo que eu dei da chuva no deserto.. não adianta eu querer fazer chover no deserto se não houverem as mínimas condições para algo que, pessoas fora do deserto dizem ocorrer..

Um exemplo disso é a morte de muito tempo atras.. Na cultura espirita existe a crença da reencarnação, logo se você selecionar pessoas que morreram a muito tempo é pouco provável que se teria sucesso dentro do conhecimento espirita. Ou por estarem em outro nível evolutivo ou por terem reencarnado.. é so por isso.. Então essas variáveis tem que entrar em acordo com o método, senao poderia estar se gerando um falso-negativo.

O fato de serem 10 famílias e'apenas um referencial.. Poderiam ser 2, 5 ou 100.. Quanto mais famílias mais as chances de sucesso dentro do conhecimento espirita, logo pois teriam mais chances de se ter um espirito em condicoes para se comunicar..

Temos que ver os dois lados..

Pelo lado da fraude, temos que cercar ao máximo de segurança de que o médium não terá acesso algum..

Então o fato de serem 2 anos como um critério, isso não ajudaria o médium, afinal quantas pessoas morreram em 2 anos?

Se você tiver contato com algum cético de Porto Alegre e tenha interesse.. vamos la.. estou disposto..

Se sim.. prepare-se para criticas... rs... elas fazem parte do processo..


Se você não quer que as pessoas debochem dessa pesquisa você tem parar com coisas do tipo:

"Na cultura espirita existe a crença da reencarnação, logo se você selecionar pessoas que morreram a muito tempo é pouco provável que se teria sucesso dentro do conhecimento espirita."

NÃO interessa se você ACHA que isso não influenciará, sua crença não pode estar nos métodos da pesquisa. Se seu objetivo é que a matéria saia numa revista espirita e aumente a fé dos crentes ok, mas não convencerá mais ninguém! O mesmo vale pro número de famílias, quanto menor mais difícil o médium fraudar a pesquisa, as "regras da cultura espirita" devem estar de fora.


Além disso, para MINIMIZAR as chances de fraude o ideal seria o médium nem te conhecer (contatar por e-mail novo, ele não deveria saber seu nome, número, cidade onde mora etc ), assim como você não deveria conhecer o selecionador (nem nome, número... ).

Repito: O ideal seria o médium não saber de onde vêm a família, nem a condição dela (no máximo duas famílias e, também, sem o médium saber).
O conhecimento da cidade facilita MUITO para o charlatão porque, provavelmente, as únicas famílias voluntárias serão as que frequentam centros espíritas (uma família evangélica, por exemplo, dificilmente vai ser voluntária) e, sabendo a cidade, o médium poderia procurar a família selecionada indo até os principais centros espíritas da cidade ou ligando pros demais médiuns etc

....

Como já falaram, charlatões conseguiram enganar experts várias vezes. Por fama e dinheiro esses caras podem fazer coisas inimagináveis:  contratar um investigador particular, hackear seu e-mail, facebook etc...

....

Do jeito que você pretende fazer a pesquisa acho que até eu consigo fraudar, imagina profissionais que vivem disso.

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 18 de Novembro de 2016, 13:08:24
Outra coisa:
Porque a família precisa ir lá?? O médium não consegue fazer a distância não?
Eu hein

Por fim.... Sobre a "pegadinha" continuo achando estranho o suposto médium passar informações detalhadas mas não saber que a informação, dada previamente, é falsa.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 13:44:30
Pessoal, até agora vocês não ENTENDERAM A TRAPAÇA??????????????????????????

E o ALQUIMISTA nem cético é pra ser chamado de ''pseudocético''. Muito pelo contrário...  Tenho uma devoção enoooooooooorme pelos deuses Tot e Aton.  Apenas não suporto o espiRRitismo e outras charlatanices do tipo.
E mesmo que EU fosse um ''pseudocético'', muito melhor ser isso do que o Sandro que é um PSEUDOCIENTISTA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 14:03:38

Se você não quer que as pessoas debochem dessa pesquisa você tem parar com coisas do tipo:

"Na cultura espirita existe a crença da reencarnação, logo se você selecionar pessoas que morreram a muito tempo é pouco provável que se teria sucesso dentro do conhecimento espirita."

NÃO interessa se você ACHA que isso não influenciará, sua crença não pode estar nos métodos da pesquisa. Se seu objetivo é que a matéria saia numa revista espirita e aumente a fé dos crentes ok, mas não convencerá mais ninguém! O mesmo vale pro número de famílias, quanto menor mais difícil o médium fraudar a pesquisa, as "regras da cultura espirita" devem estar de fora.


Além disso, para MINIMIZAR as chances de fraude o ideal seria o médium nem te conhecer (contatar por e-mail novo, ele não deveria saber seu nome, número, cidade onde mora etc ), assim como você não deveria conhecer o selecionador (nem nome, número... ).

Repito: O ideal seria o médium não saber de onde vêm a família, nem a condição dela (no máximo duas famílias e, também, sem o médium saber).
O conhecimento da cidade facilita MUITO para o charlatão porque, provavelmente, as únicas famílias voluntárias serão as que frequentam centros espíritas (uma família evangélica, por exemplo, dificilmente vai ser voluntária) e, sabendo a cidade, o médium poderia procurar a família selecionada indo até os principais centros espíritas da cidade ou ligando pros demais médiuns etc

....

Como já falaram, charlatões conseguiram enganar experts várias vezes. Por fama e dinheiro esses caras podem fazer coisas inimagináveis:  contratar um investigador particular, hackear seu e-mail, facebook etc...

....

Do jeito que você pretende fazer a pesquisa acho que até eu consigo fraudar, imagina profissionais que vivem disso.

Caro Catto, com todo o respeito, da mesma forma que você entende que minha crença não pode fazer parte da pesquisa/metodo veja que interessante.. A sua então deve? Sim, porque para você isso tudo sendo uma fraude, então deve-se levar em conta apenas isso? Ora, onde está a questão cientifica nesse momento?

já tentei explicar mais de uma vez que, quando se pesquisa dentro de um pressuposto deve-se levar em consideração todas as suas variáveis e a fraude é uma delas, por isso está sendo considerada. Se eu fosse fazer isso que você propõe eu estaria partindo do pressuposto parcialista de que só pode ser fraude, então temos que desmascara-lo... Isso é anti-ético e anti-cientifico...

Coloquemos todas as variaveis e questionamentos juntos, o mais imparcial possível, e arruma-se um método para testar.. Essa linha de pensamento sua pode gerar um falso-negativo, assim como se eu não cuida-se para que ele não soubesse das famílias, estaria podendo gerar um falso-positivo.. Será que consegue compreender que você já está partindo de que é fraude?

Vamos la então.. mesmo que você, pessoalmente, entenda que é uma fraude, então precisa ser factível para o método e os fatos..

Você assim como muitos céticos alega que seria fácil descobrir, mas desde de que eu estou nesse meio não consegui ver um cético demonstrar o que propõe..

O desafio para você é o mesmo que fiz a outro pseudo-cético aqui do fórum.. Descubra apenas o nome e sobrenome do meu avô materno...

Se o médium o fez então seria porque ele sabe meu nome? Alias.. só estive uma vez com ele e ele sabe meu nome.. O mesmo que você.. Nem toquei no assunto de meu avô com ele... logo ele não teria como saber..

Se ele gerasse uma carta do meu avô teria sido por isso?

Cabe-lhe a contra prova também... Demonstre que é tao simples assim... E olha e nem estou pedindo apelido.. Esse desafio é um dos mais simples.. um bom acesso a banco de dados acha fácil...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 14:07:52
Outra coisa:
Porque a família precisa ir lá?? O médium não consegue fazer a distância não?
Eu hein

Por fim.... Sobre a "pegadinha" continuo achando estranho o suposto médium passar informações detalhadas mas não saber que a informação, dada previamente, é falsa.

Num primeiro momento vamos tentar com a família presente... num próximo será com a família em casa, apenas "mentalizando"..

Fizemos um experimento com uma médium tempos atras... dos 20 casos ela acertou com precisão 12 deles (incluindo, nomes, motivo da morte, detalhes da morte, nomes de parentes etc), 3 foram por telefone e ela errou todos... os outros 5 ela falhou completamente..

Esse teste foi com pessoas do Brasil e fora do pais... Com famílias de Porto Alegre e de fora.. Dos dois de fora um ela errou completamente e outro acertou com precisão...

Como pode ver, os a distancia falharam em 100%... Mas como eu disse.. fica em aberto testarmos.. temos um médium disposto..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 18 de Novembro de 2016, 14:26:58
"Caro Catto, com todo o respeito, da mesma forma que você entende que minha crença não pode fazer parte da pesquisa/metodo veja que interessante.. A sua então deve? Sim, porque para você isso tudo sendo uma fraude, então deve-se levar em conta apenas isso? Ora, onde está a questão cientifica nesse momento?"
 


Vou nem discutir

"Como pode ver, os a distancia falharam em 100%..."

Hahahhahahahahahah sei não hein... Acho que estou com o alquimista, isso está com cheiro de trapaça.

Você ainda não percebeu? Os fatores que aumentam as chances de êxito do médium são os mesmos que aumentam as chances de fraude.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 14:40:47
Não misture as coisas... O caso que relatei foi de experimento com uma médium, onde apenas o nome de quem ela atendia era fornecido.

Dos que telefonaram 2 foram do RJ e um de Portugal.. O tipo de pesquisa dela era algo mais complexo e controverso...

Se ela tinha os mesmos dados, tanto dos presenciais como por telefone, porque não fez o mesmo resultado final?

Se ela tivesse adquirido alguma informação sobre os casos então ela poderia ter feito da mesma forma, ou até melhor ne, por telefone ela poderia estar falando com você e acessando a internet, no presencial não..

Como eu disse foi um caso diferente e o tipo de sessão também..

Sö não fuja de demonstrar como você faria para fraudar.. Estou a espera de apenas o nome completo do meu avô materno.

No mais creio que tenha entendido sobre sua tendência valer do mesmo ponto que critica..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 14:54:05
Detalhe 2 (e mega importante): Já que não dispoe de mais tempo (ainda bem) para usar TODA sua inteligência (?), fato que agradeco, vamos terminar nessa conversa inutil.. e se é tao bom assim como diz, para reabrimos um papo, sinta-se o médium fajuto e traga aqui o nome completo do meu avô materno, o único que tive contato e já faleceu.. Como você disse.. ja dei varias dicas (vazamentos) aqui... agora vai la e acha o nome completo do meu avô.

CARTA PSICOGRAFADA DE FELIX CENTENARO PELO MÉDIUM (OSTENSIVO) ALQUIMISTA:

''Meu pequeno guri Sandro...
Como vovô fica feliz em ver que tu ficas bem...
Saudades tenho aqui nestas paragens...
De tua infância em Paim Filho...
Dos sons da gaita de meu filho Walter...
A minha Olma...
Estou sempre orando muito por todos vós aí...
Fiquei deveras preocupado com sua Epididimite Crônica...
Muitas orações pedi para que melhorasses...
Ahhhhh, meu piloto corajoso...
Mande lembranças para todos queridos...
Para a Fernanda, mãe maravilhosa...
Para teus guris, Isadora e Fernando... Queria ter estado aí em 2007 quando ele nasceu...
Bisnetos queridos e inteligentes que enchem vovô Felix de orgulho pela precocidade...
E também pra Verani, Solano e Franciele...
Saudades de todos vocês... Vovô ama vocês...

Ah! Antes que vovô Felix esqueça...
Por favor, caro netinho, não prossigas com essa bobagem de testar médiuns...
Teu método é muito fajuto...
Faça isso pelo vovô Felix! Ciao!''
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 15:08:39
Detalhe 2 (e mega importante): Já que não dispoe de mais tempo (ainda bem) para usar TODA sua inteligência (?), fato que agradeco, vamos terminar nessa conversa inutil.. e se é tao bom assim como diz, para reabrimos um papo, sinta-se o médium fajuto e traga aqui o nome completo do meu avô materno, o único que tive contato e já faleceu.. Como você disse.. ja dei varias dicas (vazamentos) aqui... agora vai la e acha o nome completo do meu avô.

CARTA PSICOGRAFADA DE FELIX CENTENARO PELO MÉDIUM (OSTENSIVO) ALQUIMISTA:

''Meu pequeno guri Sandro...
Como vovô fica feliz em ver que tu ficas bem...
Saudades tenho aqui nestas paragens...
De tua infância em Paim Filho...
Dos sons da gaita de meu filho Walter...
A minha Olma...
Estou sempre orando muito por todos vós aí...
Fiquei deveras preocupado com sua Epididimite Crônica...
Muitas orações pedi para que melhorasses...
Ahhhhh, meu piloto corajoso...
Mande lembranças para todos queridos...
Para a Fernanda, mãe maravilhosa...
Para teus guris, Isadora e Fernando... Queria ter estado aí em 2007 quando ele nasceu...
Bisnetos queridos e inteligentes que enchem vovô Felix de orgulho pela precocidade...
E também pra Verani, Solano e Franciele...
Saudades de todos vocês... Vovô ama vocês...

Ah! Antes que vovô Felix esqueça...
Por favor, caro netinho, não prossigas com essa bobagem de testar médiuns...
Teu método é muito fajuto...
Faça isso pelo vovô Felix! Ciao!''


Errou o nome Alquimista.. embora como eu falei.. tudo muito fácil.. o nome dele era Felice..
Valeu pelo esforço é exatamente assim que descobrimos as fraudes! rs.. Você leu meu comentário anterior sobre o médium fraudulento?

Meu avô não assinava assim... Nitidamente os dados coletados na internet tem esse porém...

Comentei do médium que frauda e ele faz exatamente dessa forma... valeu o esforço auto-explicativo.. Compreendeu agora?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 15:33:59
Detalhe 2 (e mega importante): Já que não dispoe de mais tempo (ainda bem) para usar TODA sua inteligência (?), fato que agradeco, vamos terminar nessa conversa inutil.. e se é tao bom assim como diz, para reabrimos um papo, sinta-se o médium fajuto e traga aqui o nome completo do meu avô materno, o único que tive contato e já faleceu.. Como você disse.. ja dei varias dicas (vazamentos) aqui... agora vai la e acha o nome completo do meu avô.

CARTA PSICOGRAFADA DE FELIX CENTENARO PELO MÉDIUM (OSTENSIVO) ALQUIMISTA:

''Meu pequeno guri Sandro...
Como vovô fica feliz em ver que tu ficas bem...
Saudades tenho aqui nestas paragens...
De tua infância em Paim Filho...
Dos sons da gaita de meu filho Walter...
A minha Olma...
Estou sempre orando muito por todos vós aí...
Fiquei deveras preocupado com sua Epididimite Crônica...
Muitas orações pedi para que melhorasses...
Ahhhhh, meu piloto corajoso...
Mande lembranças para todos queridos...
Para a Fernanda, mãe maravilhosa...
Para teus guris, Isadora e Fernando... Queria ter estado aí em 2007 quando ele nasceu...
Bisnetos queridos e inteligentes que enchem vovô Felix de orgulho pela precocidade...
E também pra Verani, Solano e Franciele...
Saudades de todos vocês... Vovô ama vocês...

Ah! Antes que vovô Felix esqueça...
Por favor, caro netinho, não prossigas com essa bobagem de testar médiuns...
Teu método é muito fajuto...
Faça isso pelo vovô Felix! Ciao!''


:biglol: :histeria:

Esse fórum é demais! hahah
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 15:41:41
Errou o nome Alquimista.. embora como eu falei.. tudo muito fácil.. o nome dele era Felice..
Valeu pelo esforço é exatamente assim que descobrimos as fraudes! rs.. Você leu meu comentário anterior sobre o médium fraudulento?

Meu avô não assinava assim... Nitidamente os dados coletados na internet tem esse porém...

Comentei do médium que frauda e ele faz exatamente dessa forma... valeu o esforço auto-explicativo.. Compreendeu agora?


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

FRAUDE É SEU MÉTODO, que cada vez mais se revela mais fajuto ainda...

Pois já deveria saber, como espíRRita que é, que tais errinhos em nomes, como de Felix para Felice, são comuns em psicografias ditas AUTÊNTICAS!!!  Tá vendo como você nem conhece bem a sua própria área?????  E ainda quer testar trapaceiros profissionais????!!!!!!!

E o fato de EU TER RECEBIDO o nome com Felix, ao invés de Felice, só me dá mais credibilidade, pois FOI ASSIM QUE O NOME ME FOI RECEBIDO, e como Felix o INTERPRETEI!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
E Felix e Felice querem dizer a mesma coisa: FELIZ!!!!!!  Portanto, NÃO ERREI!!! É você que não quer admitir!!! Nunca aceitará os fatos!!!!!!!!   

E sobre o resto?????? O sobrenome CENTENARO???????  O nome da sua avó??????
TE DESAFIO a postar aqui o link onde EXISTE O NOME DO SEU AVÔ na internet.  NÃO EXISTE!!!!!!!!!!!!!! Como obtive ele então??!!! Mostre-me!
TE DESAFIO TAMBÉM a me provar onde está a informação na internet que o gaiteiro Walter é o seu pai!!!!!!!!!! Também não existe!!!!
Sejamos francos, EU superei as expectativas (citei até a precocidade da sua filha!!!!), acertei todos os nomes, lugares, acontecimentos, tua.. doencinha, e o errinho de um simples CE para X é MAIS COMUM do que imagina nas psicografias tidas como REAIS!!!

Mas você nunca vai admitir!!!!  E é COVARDE, para dizer o mínimo, sua tentativa de desmerecer minha ''mensagem do além''. O ALQUIMISTA não será o médium a ser testado. EU apenas topei o seu desafio e te joguei na cara como é fácil obter informações pra burlar o seu metodozinho FAJUTO!!!!!
E claro que se EU fosse o médium a ser testado me dedicaria só a isso e faria MUUUUUUUUUUUUUUUUITO melhor... E já vimos que é possível.. E bastante fácil!!!

Portanto, nem vem... MEDIUNIDADE É A MAIOR PIADA!!!!!!!!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: O abençoador em 18 de Novembro de 2016, 15:47:05
Errou o nome Alquimista.. embora como eu falei.. tudo muito fácil.. o nome dele era Felice..
Valeu pelo esforço é exatamente assim que descobrimos as fraudes! rs.. Você leu meu comentário anterior sobre o médium fraudulento?

Meu avô não assinava assim... Nitidamente os dados coletados na internet tem esse porém...

Comentei do médium que frauda e ele faz exatamente dessa forma... valeu o esforço auto-explicativo.. Compreendeu agora?


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

FRAUDE É SEU MÉTODO, que cada vez mais se revela mais fajuto ainda...

Pois já deveria saber, como espíRRita que é, que tais errinhos em nomes, como de Felix para Felice, são comuns em psicografias ditas AUTÊNTICAS!!!  Tá vendo como você nem conhece bem a sua própria área?????  E ainda quer testar trapaceiros profissionais????!!!!!!!

E o fato de EU TER RECEBIDO o nome com Felix, ao invés de Felice, só me dá mais credibilidade, pois FOI ASSIM QUE O NOME ME FOI RECEBIDO, e como Felix o INTERPRETEI!!!!! E Felix e Felice querem dizer a mesma coisa: FELIZ!!!!!!  Portanto, NÃO ERREI!!! É você que não quer admitir!!! Nunca aceitará os fatos!!!!!!!!   

E sobre o resto?????? O sobrenome CENTENARO???????  O nome da sua avó??????
TE DESAFIO a postar aqui o link onde EXISTE O NOME DO SEU AVÔ na internet.  NÃO EXISTE!!!!!!!!!!!!!!
TE DESAFIO TAMBÉM a me provar onde está a informação na internet que o gaiteiro Walter é o seu pai!!!!!!!!!! Também não existe!!!!
Sejamos francos, EU superei as expectativas (citei até a precocidade da sua filha!!!!), acertei todos os nomes, lugares, acontecimentos, tua.. doencinha, e o errinho de um simples CE para X é MAIS COMUM do que imagina nas psicografias tidas como REAIS!!!

Mas você nunca vai admitir!!!!  E é COVARDE, para dizer o mínimo, sua tentativa de desmerecer minha ''mensagem do além''. O ALQUIMISTA não será o médium a ser testado. EU apenas topei o seu desafio e te joguei na cara como é fácil obter informações pra burlar o seu metodozinho FAJUTO!!!!!
E claro que se EU fosse o médium a ser testado me dedicaria só a isso e faria MUUUUUUUUUUUUUUUUITO melhor... E já vimos que é possível.. E bastante fácil!!!

Portanto, nem vem... MEDIUNIDADE É A MAIOR PIADA!!!!!!!!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Mito 😂😂😂😂😂😂
Isso porque você é um médium de "primeira viagem", imagina os profissionais que o Sandro contata...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 15:50:51
Perdeu a cabeça e ja me ofende me chamando de covarde? Oras Alquimista.. que postura feia é essa!! Depois de tanto reclamar e blablabla..

Admiro seu esforço e comentei isso la em cima, mas o referido teste ja era proposital. Não pense que você é o cara por ter conseguido esses dados... rs.. Tenho amigo na policia que faz o mesmo, alias, varias servidores públicos que possuem acesso a bando de dados fechados etc..

isso não faz de você o cara mas serviu para demonstrar que toda a fraude desse tipo logo aparece quando alguns dados são jogados dessa forma.

Como lhe falei, ele não assinaria Felix e sim Felice.. não tem choro e essa de você ficar querendo ficar de mimimi porque eu não iria aceitar..

Outros erros esdrúxulos lá que evidencia total fraude da carta (exatamente como do médium que comentei):

Walter não era filho dele e sim genro;
Solano e Franciele não são dele.. Ele só teve 2 netos, embora vários filhos..

Sobre a precocidade etc.. isso está na internet..rs..

Será que falei ao vento ou você ainda não conseguiu perceber a diferença de sutilidade numa fraude?



Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 16:11:00
PS.. Sobre os links eu poderia postar aqui.. principalmente do "Walter Gaiteiro" rss 

Vamos evitar excesso de exposição, afinal eu não sei quem são tanto fakes aqui... rs Mas pode ter certeza que tem e seria fácil mostrar..

(manda seu email pessoal que dai lhe envio).. Do avô realmente só em banco de dados do estado.. algo não difícil de se conseguir...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 16:16:10
Perdeu a cabeça e ja me ofende me chamando de covarde? Oras Alquimista.. que postura feia é essa!! Depois de tanto reclamar e blablabla..

Admiro seu esforço e comentei isso la em cima, mas o referido teste ja era proposital. Não pense que você é o cara por ter conseguido esses dados... rs.. Tenho amigo na policia que faz o mesmo, alias, varias servidores públicos que possuem acesso a bando de dados fechados etc..

Mas NÃO SOU TIRA e nem tenho acesso a banco de dados!!!!  Fiz isso na hora, em pouquíssimo tempo, e imagina se tivesse o prazo que o seu médium tem (quanto tempo faz que o convidou mesmo?! rss), obviamente me dedicaria só a isso e daria um SHOW DAQUELES de deixar qualquer Chico Xavier com inveja!!!  hahahahahahahahahahahahahahaha...


Citar
isso não faz de você o cara mas serviu para demonstrar que toda a fraude desse tipo logo aparece quando alguns dados são jogados dessa forma.

Já chega, Sandro!!!!!!  EU PROVEI CATEGORICAMENTE para todos aqui como é FÁCIL obter essas informações pra burlar seu experimento fajuto.
E como disse, fiz tudo isso em pouquíssimo tempo. Então nem queira imaginar o que um trapaceiro profissional com TEMPO DE SOBRA é capaz de fazer!!!!!  EU apenas PROVEI que é bastante FACIL E POSSÍVEL sim!!! MEDIUNIDADE É UMA FRAUDE!!! 


Citar
Como lhe falei, ele não assinaria Felix e sim Felice.. não tem choro e essa de você ficar querendo ficar de mimimi porque eu não iria aceitar..

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... VEJAM AÍ, FORISTAS, COMO FUNCIONA A TRAPAÇA!!!!
Esses errinhos de uma ou outra letrinha são mais comuns do que ele imagina nas psicografias, e o espiritismo tem até uma desculpinha pra explicar isso. Logo logo deixarei um link aqui para provar. 
E continua o meu desafio: como descobri o nome completo, pois NÃO EXISTE NA INTERNET!!!


Citar
Outros erros esdrúxulos lá que evidencia total fraude da carta (exatamente como do médium que comentei):

Walter não era filho dele e sim genro;

EU sei, EU sei... Walter era filho de VICTORIO FONTANA. Mas... Ora... Isso foi apenas o MODO CARINHOSO como o espírito FELIZ lembrou do seu genro. Afinal, não é bastante comum que muitos sogros tratem seus genros também como... FILHOS???????? 
Então que culpa tem o MESTRE ALQUIMISTA???? O culpado é o ESPÍRITO!!!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...


Citar
Solano e Franciele não são dele.. Ele só teve 2 netos, embora vários filhos..

Que trecho da mensagem diz que Solano e Franciele são NETOS DELE??????  O FELIZ apenas mandou lembranças... Lembranças dos bons tempos em... PAIM FILHO!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...   


Citar
Sobre a precocidade etc.. isso está na internet..rs..

O cara nunca vai aceitar que SUPEREI AS EXPECTATIVAS. E tudo num prazo BASTANTE CURTO (isso é o mais importante!!!)!!!!!!!!


Citar
Será que falei ao vento ou você ainda não conseguiu perceber a diferença de sutilidade numa fraude?

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

FRAUDE é seu método.
Já provei aqui por A+B que é TOTALMENTE POSSÍVEL obter FACILMENTE essas informações.
E você vem com a TRAPAÇA de apontar (ou mal interpretar!!!) um ou outro errinho, mas NÃO LEVA EM CONTA de que o profissional que você irá testar VIVE PRA ISSO e tem TEMPO DE SOBRA!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 16:22:35
Mito 😂😂😂😂😂😂
Isso porque você é um médium de "primeira viagem", imagina os profissionais que o Sandro contata...

PERFEITO!!!  E, o que é mais importante,  concebi a mensagem num prazo relâmpago!!!!!!!


PS.. Sobre os links eu poderia postar aqui.. principalmente do "Walter Gaiteiro" rss 

Vamos evitar excesso de exposição, afinal eu não sei quem são tanto fakes aqui... rs Mas pode ter certeza que tem e seria fácil mostrar..

(manda seu email pessoal que dai lhe envio)..

Descubra aí!!!!  Vamos ver se é bom também!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
O seu email pessoal EU já sei!!!!


Citar
Do avô realmente só em banco de dados do estado.. algo não difícil de se conseguir...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...  Finalmente admitiu que não é difícil conseguir????????  Ufa... já É UM PASSO!!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 16:35:14


Mas NÃO SOU TIRA e nem tenho acesso a banco de dados!!!!  Fiz isso na hora, em pouquíssimo tempo, e imagina se tivesse o prazo que o seu médium tem (Quanto tempo faz que convidou ele mesmo?! rss), obviamente que me dedicaria só a isso e daria um SHOW DAQUELES de DEIXAR qualquer Chico Xavier com inveja!!!  hahahahahahahahahahahahahahaha...

Já chega, Sandro!!!!!!  EU PROVEI CATEGORICAMENTE para todos aqui como é FÁCIL obter essas informações pra burlar seu experimento fajuto.
E como disse, fiz tudo isso em pouquíssimo tempo. Então nem queira imaginar o que um trapaceiro profissional com TEMPO DE SOBRA é capaz de fazer!!!!!  EU apenas PROVEI que é bastante FACIL E POSSÍVEL sim!!! MEDIUNIDADE É UMA FRAUDE!!!  .

Cai na real Alquimista, você só provou que a fraude não cola.. Forneceu informações erradas e acha que alguém ia acreditar?
Da forma como expôs fica evidente a busca pela internet ou por sistema de arvore genealógica..

Não provou nada categoricamente até porque lhe passei meu nome e sobrenome, se fosse somente o nome você não acharia nada disso ai.. As famílias em questão não irao passar nome e sobrenome..

Ou será que quer se mostrar o cara e achar a algo similar somente pelo primeiro nome de alguém? Pensa como uma mente sã!


Citar
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... VEJAM AÍ, FORISTAS, COMO FUNCIONA A TRAPAÇA!!!!
Esses errinhos de uma ou outra letrinha são mais comuns do que ele imagina nas psicografias, e o espiritismo tem até uma desculpinha pra explicar isso. Logo logo deixarei um link aqui para provar. 
E continua o meu desafio: como descobri o nome completo, pois NÃO EXISTE NA INTERNET!!!.

Meu.. achando alguma pagina minha que me vincule a familiares, seria fácil achar dados da família toda, facebook youtube.. Oras.. está parecendo que o defeito de subestimar lhe bate a porta toda a hora..


Citar
Outros erros esdrúxulos lá que evidencia total fraude da carta (exatamente como do médium que comentei):

Walter não era filho dele e sim genro;

Ora, foi apenas o MODO CARINHOSO como o espírito FELIZ lembrou do seu genro. Afinal, não é bastante comum que muitos sogros tratem seus genros também como... FILHOS????????  .

Era nada meu.. fraude da mais fácil e descarada.. igualzinho ao médium fraudador que apontei! rss.. O cara erra essas coisas..


.
Citar
Que trecho da mensagem diz que Solano e Franciele são NETOS DELE??????  O FELIZ apenas mandou lembranças... Lembranças dos bons tempos em... PAIM FILHO!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...    .

Você que disse meu.. não eu.. E essa de Paim também não cola.. só nasci lá.. então a cidade onde moramos era outra e passamos a infância.. Mas tudo bem.. normal para um fraudador achar e vincular isso.. Você só confirmou as expectativas de como médiuns otários agem..

Citar
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

FRAUDE é seu método.
Já provei aqui por A+B que é TOTALMENTE POSSÍVEL obter FACILMENTE essas informações.
E você vem com a TRAPAÇA de apontar (ou mal interpretar!!!) um ou outro errinho, mas NÃO LEVA EM CONTA de que o profissional que você irá testar VIVE PRA ISSO e tem TEMPO DE SOBRA!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Mas alguém aqui disse que não é possível adquirir essas informações pela internet facilmente? Onde eu disse isso?

O que eu disse é que os dados encontrados na internet nem sempre se fecham com os reais e você provou por A+B que é isso mesmo.. Errou o nome do avô, errou quem eram os netos, fora outros detalhes rss...

Sobre o médium que será testado. Ele não terá as informações que você teve.. usei apenas para ver se não tinha preguiça de pesquisar e ver como é fácil pegar um fraudador.. No mais o médium não é profissional pois não é remunerado para tal.. Se fosse eu ja teria descartado pois estaria num grupo de risco de fraude descarada rs

Cara.. você só erra e acha que acerta?! O que será que está acontecendo?
Fica mais calmo viu.. espero que não me chame mais de covarde pois pode ter certeza que expor a cara (nome real) aqui é algo que não tem nada a ver com covardia, ao contrário de se usar apelido e ficar ofendendo outrem..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 16:37:48
Pois já deveria saber, como espíRRita que é, que tais errinhos em nomes, como de Felix para Felice, são comuns em psicografias ditas AUTÊNTICAS!!!  Tá vendo como você nem conhece bem a sua própria área?????  E ainda quer testar trapaceiros profissionais????!!!!!!!

E o fato de EU TER RECEBIDO o nome com Felix, ao invés de Felice, só me dá mais credibilidade, pois FOI ASSIM QUE O NOME ME FOI RECEBIDO, e como Felix o INTERPRETEI!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
E Felix e Felice querem dizer a mesma coisa: FELIZ!!!!!!  Portanto, NÃO ERREI!!! É você que não quer admitir!!! Nunca aceitará os fatos!!!!!!!!
   

Exatamente!
Quando as caligrafias são testadas "cientificamente" e as fraudes aparecem, vem a desculpa que é comum se misturar a caligrafia do médium com a do morto, e algumas vertentes mais modernas diriam até que é pelo entrelaçamento quântico que isso ocorre, e ainda apelam para autoridade se apenas um ou dois charlatões com diploma em física disseram uma asneira dessas. rs

E mesmo quando há alguma informação imprecisa ou até errada, vem a desculpa que a morte é recente (não seria por isso também a preferência por mortos há menos de dois anos?), ou que houve algum tilt no "entrelaçamento quântico", ou que deu linha cruzada com espíritos zombeteiros, enfim, sempre tem uma explicação não verificável.

Sendo assim, o Alquimista tem todo o crédito enquanto médium, não é diferente dos demais. E o Sandro só não se comoveu com a mensagem porque sabe que o Alquimista não é médium, mas se acreditasse que é, ainda mais estando num ambiente próprio, "sentindo as vibrações" magnéticas, talvez tivesse achado que essa carta "provou" a vida pós morte.

Teve uma época que eu frequentei centros espíritas para encomendar psicografias (sim, hoje em dia quase todo centro oferece esses serviços, algo que antigamente não era qualquer médium que fazia), e a grande maioria deles nem se prestava a stalkear, apostavam puramente em efeito forer, com cartas extremamente genéricas. O detalhe é que todos eles pediam nome e data de nascimento das pessoas que encomendavam cartas. hahaha

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 16:51:41
Pois já deveria saber, como espíRRita que é, que tais errinhos em nomes, como de Felix para Felice, são comuns em psicografias ditas AUTÊNTICAS!!!  Tá vendo como você nem conhece bem a sua própria área?????  E ainda quer testar trapaceiros profissionais????!!!!!!!

E o fato de EU TER RECEBIDO o nome com Felix, ao invés de Felice, só me dá mais credibilidade, pois FOI ASSIM QUE O NOME ME FOI RECEBIDO, e como Felix o INTERPRETEI!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
E Felix e Felice querem dizer a mesma coisa: FELIZ!!!!!!  Portanto, NÃO ERREI!!! É você que não quer admitir!!! Nunca aceitará os fatos!!!!!!!!
   

Exatamente!
Quando as caligrafias são testadas "cientificamente" e as fraudes aparecem, vem a desculpa que é comum se misturar a caligrafia do médium com a do morto, e algumas vertentes mais modernas diriam até que é pelo entrelaçamento quântico que isso ocorre, e ainda apelam para autoridade se apenas um ou dois charlatões com diploma em física disseram uma asneira dessas. rs

E mesmo quando há alguma informação imprecisa ou até errada, vem a desculpa que a morte é recente (não seria por isso também a preferência por mortos há menos de dois anos?), ou que houve algum tilt no "entrelaçamento quântico", ou que deu linha cruzada com espíritos zombeteiros, enfim, sempre tem uma explicação não verificável.

Sendo assim, o Alquimista tem todo o crédito enquanto médium, não é diferente dos demais. E o Sandro só não se comoveu com a mensagem porque sabe que o Alquimista não é médium, mas se acreditasse que é, ainda mais estando num ambiente próprio, "sentindo as vibrações" magnéticas, talvez tivesse achado que essa carta "provou" a vida pós morte.

Teve uma época que eu frequentei centros espíritas para encomendar psicografias (sim, hoje em dia quase todo centro oferece esses serviços, algo que antigamente não era qualquer médium que fazia), e a grande maioria deles nem se prestava a stalkear, apostavam puramente em efeito forer, com cartas extremamente genéricas. O detalhe é que todos eles pediam nome e data de nascimento das pessoas que encomendavam cartas. hahaha

Freya, se o Alquimista conseguir refazer (perecido que seja) a assinatura do meu avô eu tiro o chapéu pra ele...rsrs Digo isso pois acredito que ele não tenha pego os dados no sistema do estado e sim nos sites de arvores genealógicas, algo que os fraudadores realmente fazem..

Se ele tivesse pego no sistema do estado ele talvez pudesse ter tido acesso, algo que acho improvável... Se ele tivesse acesso a isso não teria errado o nome e não tem esse choro de que as pessoas aceitam algo com o nome errado.. rss... só tentando defender a própria (des)fé rss

Os outros dados são facilmente obtidos na internet, basta você achar uma ou duas pessoas vinculadas que se encontra fácil os demais dados..

O que eu quis demonstrar e acho que não querem ver é que a fraude é assim, cheia de poréns...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: AlienígenA em 18 de Novembro de 2016, 16:52:39
Antipetista, ficam aqui meus parabéns pela forma como se colocou (e não é porque também sou anti-PT rss)

Boa escolha.

Citar
vou tecer alguns comentários:

Pois é Sandro, a crença do investigador não interfere no resultado do teste (se nisso você está certo), desde que não interfira no teste (nisso você está errado).

A crença do investigar pode interferir no método (por isso a critica) e pode interferir nos resultados, por isso a necessidade do duplo-cego e de grupos alheios para acompanhar. Veja acompanhar, não alterar ou adulterar..

Citar
Eu não acredito no sobrenatural, não tenho motivos para isso, por mais que eu buscasse nunca encontrei nada que me fizesse mudar de opinião. Mas você deve ter lá seus motivos para acreditar. Não vem ao caso. Isso posto, precisamos concordar minimamente em alguns pontos.

Me permita um parênteses: Isso que você relata é a posição de um verdadeiro cético, apenas estou dizendo isso pois a conversa la em cima era de pseudos-céticos. Você tem uma crença ou opinião baseada no que lhe foi apresentado ou vivenciou durante sua vida, assim como eu tenho outra por uma série de motivos que também me fizeram rumar para um lado oposto. Mas tudo bem! É isso mesmo.. e acho que as coisas (e pessoas) ponderadas funcionam assim..

Não. São todos céticos. Uns mais debochados ou impacientes. Mas isso também é fruto das experiências deles. Talvez você não saiba, mas espiritismo é um assunto recorrente, desde que o fórum abriu provavelmente. E, pelo menos, desde que me inscrevi a história se repete. Os espíritas e outros religiosos chegam e apresentam seus pontos, debatem de forma ponderada, mas na medida em que não obtém o resultado esperado, se frustram e reagem. Uma das reações que praticamente não falha é questionar o próprio ceticismo. Algumas raras vezes os dois lados concordam em discordar.     

Citar
Citar
Se você concorda que nunca foram fornecidas provas irrefutáveis da existência de espíritos e, portanto, da mediunidade, mas muitas fraudes já foram desmascaradas nesse ramo, podemos continuar. Isso, é claro, não prova que não existem espíritos ou que não possamos nos comunicar com eles. Significa apenas que, no momento, tudo que temos são motivos pessoais para acreditar ou não. É preciso, no entanto, considerar seriamente a possibilidade de que não existam. De que você possa estar enganado. Isto é, considerar seriamente a possibilidade de rever suas crenças. E ainda que isso seja superado a médio prazo, inicialmente pode ser um baque, uma fonte de sofrimento, apatia e desesperança. Considere a possibilidade de ter que rever talvez toda a sua base de sustentação e por algum tempo ficar sem chão, buscando um sentido para tudo sem encontrar. A boa notícia é que isso também passa.

Perfeita colocação, embora nada é irrefutável, vamos pensar assim.. Você acertou bem num ponto de vista meu... Embora possa parecer estranho, minha opção pela existência de algo alem do material se faz por analisar uma série de estudos e dados, mas concordo com você de que isso é uma opção e de que pode ser que eu esteja errado, afinal, a verdade independe da minha ou da sua crença, ela está ali e não irá mudar porque uma ou milhões de pessoas acreditam ou não nela.
Esse baque pode ser para ambos os lados, tanto para mim como para você e para isso há a necessidade de uma mente aberta e que tenha coragem de testar e questionar.
Resumidamente eu entrei no espiritismo quando jovem, depois sai pois eu queria testar as coisas e dai eu passei a ser um problema para os grupos religiosos que controlam o espiritismo hoje em dia. Fiquei anos num campo do neutro e de não acreditar mas depois esbarrei com pessoas que tinham interesse em verificar e testar, dai retomei a opinião antiga de que "havia algo ali".. Seria extenso demais abordar os motivos, mas quando retornei a esse campo fui conhecer as duas divisões para parapsicologia, onde uns acreditam na sobrevivência e outros não, ou seja, que seriam poderes mentais humanos somente.. Concordo que seja difícil verificar com experimentos mas há casos que me levaram a reconhecer que é altamente factível (embora raro e esporádico - incomum) de que a mente sobrevive a matéria.

Eu acreditava em deus na infância e quando comecei a perder a fé não me conformei, mas adquiri coragem. Li a biblia, parte do alcorão, o livro dos espíritos, uma porção de textos sobre ocultismo e por fim budismo. Época boa! Fazia cada coisa mais idiota que a outra, do tipo passar uma tarde inteira tentando derrubar um estátua que tinha na sala com o poder da mente. :hihi: Então, desafiei deus, mas se existe, ele me ignorou completamente. Rezei fervorosamente por um sinal, unzinho. Por fim, desafiei o diabo. E até agora nada. :/ Desisti das coisas fantásticas, já que elas insistem em se esconder de mim. Por fim, descobri na ciência uma fonte inesgotável de descobertas muito mais fascinantes.     

Citar
Citar
Você está preparado para essa possibilidade? Sinceramente? Imagine por um momento que tudo é um grande engano, baseado numa profunda necessidade de acreditar. Que não existem espíritos nem deus nem nada. Que a vida é só isso aqui mesmo, sem qualquer sentido, a não ser o que você queira dar. Que está sozinho, por sua conta e um dia tudo vai simplesmente se acabar. É um cenário possível de, ao menos, digerir?

Sim.. concordo.. isso é uma das possibilidades.. Mas veja o que comentei anteriormente.. Embora eu pense de uma forma e você de outra, a verdade está lá... não ira mudar mas ao menos podemos ter a opinião que desejamos. Pensando nisso, vale a reciproca.. Imagine que você esteja certo.. não há deus, não há nada.. apenas uma coincidência do universo de que moléculas se uniram e ao longo do tempo vieram a formar corpos vivos e um cérebro que gera uma consciência. Isso com uma somatória de coincidências de hormônios e genes nos fazem sentir coisas que achamos sentir (porque não existem de fato) e nos faz andar por um ciclo de vida que tende ao infinito em meio ao universo. O que mudará nisso a minha ou a crença das pessoas? Nada... vamos morrer e com a morte do corpo a consciência termina, um "game over" e ficam apenas nossos genes, ou seja, nada de nós efetivamente pois somos o produto consciente...
Mas e por outro lado? Se existir algo o que isso pode lhe impactar? Eu poderia divagar sobre isso mas não há necessidade pois para qualquer uma das duas hipóteses a verdade estará lá e talvez não faça diferença alguma uma opcao ou outra..

Se no início a perda da fé para mim foi, de fato, uma perda, com o tempo mostrou-se um imenso ganho. Primeiro porque me livrou de uma porção de medos e culpas inúteis. Ao contrário do que supunha, o fardo ficou mais leve. Segundo porque me proporcionou maior consciência. Como eu não tinha as respostas prontas, precisava pensar em tudo, refletir, conhecer, questionar. Terceiro porque abriu um horizonte gigantesco à minha frente, não havia mais temas tabus. Eu podia ler, pesquisar, me aprofundar em qualquer assunto. E quarto me fez dar muito mais valor não só a vida em si, mas a qualidade de vida, material, mas principalmente mental, porque não adianta nada estar no paraíso com a mente no inferno. É até preferível o oposto. Se houver mais, tanto melhor. Seria ótimo descobrir que tenho a eternidade pela frente. Por precaução, no entanto, prefiro não contar com isso.   

Citar
Citar
Se sim, podemos continuar. Levando então em conta que não existem provas da existência de espíritos, mas muitas fraudes já foram desmascaradas, não é possível distinguir supostos médiuns de charlatães e, portanto, é nisso que o teste deve focar - desmascarar charlatães, sem jamais subestimá-los. Eles são bons, precisam ser, pois dependem disso, estão sempre se aprimorando.

Por isso seu teste é frágil.  :ok:

Aqui eu discordo de você por uma série de motivos. Bom, prova irrefutável já vimos que não existe certo? Em ciência uma verdade sempre será momentânea.. Einstein demonstra que Newton não estava absolutamente correto e nem por isso houveram provas irrefutáveis de ambos os lados (se é que podemos dizer assim).

Uma coisa não tem relação com a outra. A ciência é um meio de tentar explicar da melhor maneira possível com as coisas funcionam e, claro, sempre sujeita a autocorreções. Mas o fato de nossas teorias sobre o funcionamento do universo, da vida e tudo mais estarem incompletas nada dizem sobre a existência do universo, da vida e tudo mais. Há fatos objetivos. Ou melhor, descartando a hipótese não falseável de que tudo não passa de uma ilusão, devemos admitir que há fatos objetivos, como o universo, a vida e tudo mais. Já deus, espíritos, sobrevivência da consciência após a morte, extraterrestres e tudo mais que puder ser imaginado, mas não verificado por qualquer um a qualquer tempo, pertencem a outra categoria coisas - sem evidências.
 
Citar
Deixando de lado o termo "provas", podemos dizer sim que há inúmeras evidências que contradizem a hipótese materialista e ela vem sendo estudada a anos, basta dedicação a interesse em ler tais materiais..

Se existem, estão restritas a alguns indivíduos, não podem ser verificadas ou reproduzidas facilmente.

Citar
Recentemente eu tive acesso a um estudo que buscou testar isso no passado.. Eram os materialistas x espiritualistas e eles buscavam encontrar alguma demonstração de que alguma inteligência, diferente do médium, pudesse fornecer informações muito específicas. Acho que tiveram um resultado bem notável na investigação do acidente do dirigível R101.
Veja que isso adentra exatamente no ponto que você tocou, ou seja, verificar e desmascarar charlatões.


Não conheço, mas vou pesquisar.

Citar
Primeiramente concordo que temos que pensar que o médium frauda, sempre. Esse é um pressuposto básico. Por outro lado não podemos alterar ou controlar de forma que ultrapasse o limite já estudado por outros pesquisadores e isso não tem nada a ver com "aliviar" para o médium.
Contudo um método bom e seguro é evitar (senão eliminar por completo) o vazamento de informações. Nunca teremos um método infalível, mas teremos métodos mais ou menos seguros para se buscar respostas..

Concordo, mas o teste por você descrito não atende bem a esses requisitos. Ao contrário, deixa bastantes brechas abertas.  Para tentar encontrá-las, inverta a posição.  De que formas você poderia fraudar o seu teste, se fosse um charlatão? Não economize recursos mentais, vá das soluções mais simples às mais improváveis.
 
Citar
Eu dei o exemplo do que fizemos com duas médiuns ditas videntes.. O que achou dos resultados? Onde você teria visto uma falha no método em não ser seguro?
Eu não posso afirmar que é infalível, nem de que é irrefutável, mas você há de convir comigo que o método é bom e apresentou um resultado consistente.

Não vi falhas, em princípio. E não me parece que esses resultados possam ser obtidos aleatoriamente. Claro que, para mim, apenas o seu relato não basta, já que em última instância, você pode ter sido enganado, sobretudo levando em consideração que, como você mesmo conta, se tornou um problema para os grupos que controlam o espiritismo. É um teste que pode ser reproduzido facilmente por diferentes investigadores para averiguar se os resultados se repetem.   

Citar
Em suma, os métodos vão se aprimorando, mas não adianta se criar métodos tendenciosos, onde se tenta fazer uma "pegadinha" com o médium ou se fornecer informações para ajuda-lo.. Precisamos da imparcialidade, ao máximo..

Aqui eu discordo. Levando em consideração a possibilidade de charlatanismo, toda cuidado é pouco. Se a mediunidade for verdadeira, pegadinhas serão ineficazes.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 17:00:33
Freya, se o Alquimista conseguir refazer (perecido que seja) a assinatura do meu avô eu tiro o chapéu pra ele...rsrs Digo isso pois acredito que ele não tenha pego os dados no sistema do estado e sim nos sites de arvores genealógicas, algo que os fraudadores realmente fazem..

Se ele tivesse pego no sistema do estado ele talvez pudesse ter tido acesso, algo que acho improvável... Se ele tivesse acesso a isso não teria errado o nome e não tem esse choro de que as pessoas aceitam algo com o nome errado.. rss... só tentando defender a própria (des)fé rss

Os outros dados são facilmente obtidos na internet, basta você achar uma ou duas pessoas vinculadas que se encontra fácil os demais dados..

O que eu quis demonstrar e acho que não querem ver é que a fraude é assim, cheia de poréns...

Mas, com eu disse, os espíritas alegam que a imprecisão da caligrafia do morto se deve à mistura que ocorre com a caligrafia do médium, você bem deve saber disso.
Logo, é óbvio que haverá sempre uma semelhança parcial, mas nunca a prova cabal pericial que a letra é somente do morto, já que o espírito está usando o aparelho mediúnico. Ou seja, alguém pode, sim, acessar informações (nesse caso a caligrafia, assinatura) e treinar para falsificar. Jamais será uma falsificação perfeita, e a "explicação" conveniente é o aparelho mediúnico.

http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/5974/psicografia-de-chico-xavier-colocada-prova

E convenientemente ignoram isso: http://www.ceticismoaberto.com/ceticismo/1707/o-caderno-de-chico-xavier

Sem falar que eu já vi várias vezes o "espírito" se comportar de maneira diferente porque agora, desencarnado e livre da matéria, ele tem melhor compreensão, está recebendo "reiki" direto da fonte, sendo orientado por mestres superiores, e por isso estava mais doce na forma de escrever. Ou, estava confuso porque recém desencarnou, ainda mais quando é de forma traumática. Aham, Cláudia.

Sandro, não é porque você não sabe de onde alguém tirou uma informação, que significa automaticamente que ela veio do além. Os foristas apontaram a fragilidade do seu método e você continua ignorando isso talvez por medo de adotar essas precauções e perceber que não existem espíritos nos seus "médiuns".
Eu também já perdi pessoas queridas, e daria tudo para que fosse real a chance de vê-las novamente ou simplesmente saber que elas existem e estão bem em algum lugar bom. Mas a realidade não vai atender aos nossos desejos, ela simplesmente é o que é, e se autoenganar não torna esses desejos reais.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 17:05:21


Mas NÃO SOU TIRA e nem tenho acesso a banco de dados!!!!  Fiz isso na hora, em pouquíssimo tempo, e imagina se tivesse o prazo que o seu médium tem (Quanto tempo faz que convidou ele mesmo?! rss), obviamente que me dedicaria só a isso e daria um SHOW DAQUELES de DEIXAR qualquer Chico Xavier com inveja!!!  hahahahahahahahahahahahahahaha...

Já chega, Sandro!!!!!!  EU PROVEI CATEGORICAMENTE para todos aqui como é FÁCIL obter essas informações pra burlar seu experimento fajuto.
E como disse, fiz tudo isso em pouquíssimo tempo. Então nem queira imaginar o que um trapaceiro profissional com TEMPO DE SOBRA é capaz de fazer!!!!!  EU apenas PROVEI que é bastante FACIL E POSSÍVEL sim!!! MEDIUNIDADE É UMA FRAUDE!!!  .

Cai na real Alquimista, você só provou que a fraude não cola.. Forneceu informações erradas e acha que alguém ia acreditar?
Da forma como expôs fica evidente a busca pela internet ou por sistema de arvore genealógica..

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Pesquise aí se os nominhos FELIX (ou FELICE) CENTENARO / OLMA BAGGIO (avôs maternos), VICTORIO FONTANA / DIOMIRA RICORDI (avôs paternos) estão disponíveis na internet ou em sistemas de árvores genealógicas???????
TE DESAFIO!!!!!!!


Citar
Não provou nada categoricamente até porque lhe passei meu nome e sobrenome, se fosse somente o nome você não acharia nada disso ai.. As famílias em questão não irao passar nome e sobrenome..

Mas TODOS NÓS SABEMOS que a ''seleção'' será em CE de Porto Alegre, e já te demonstrei como o médium poderia facilmente descobrir PELO MENOS uma delas com ajuda de seus comparsas gaúchos.   


Citar
Ou será que quer se mostrar o cara e achar a algo similar somente pelo primeiro nome de alguém? Pensa como uma mente sã!

Muitíssimo sã e infinitamente mais inteligente que a sua!!!!!!!!!!
Há muito tempo conheci uma garota em Lins. Quando voltei pro meu estado, descobri seu nome completo, endereço, telefone, nome dos pais... enfim, e sabe como fiz isso????  Em posse apenas do seu PRIMEIRO NOME e do dia que ela fazia aniversário.
Quando liguei para ela a guria pensou que EU fosse um BRUXO!!!!!!!!!!       


HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... VEJAM AÍ, FORISTAS, COMO FUNCIONA A TRAPAÇA!!!!
Esses errinhos de uma ou outra letrinha são mais comuns do que ele imagina nas psicografias, e o espiritismo tem até uma desculpinha pra explicar isso. Logo logo deixarei um link aqui para provar. 
E continua o meu desafio: como descobri o nome completo, pois NÃO EXISTE NA INTERNET!!!.

Meu.. achando alguma pagina minha que me vincule a familiares, seria fácil achar dados da família toda, facebook youtube.. Oras.. está parecendo que o defeito de subestimar lhe bate a porta toda a hora..

Mas admitia que NOMES ALI não existem na internet!!!  E dê o braço a torcer!!!  Tive um PRAZO RELÂMPAGO pra fazer o que seus médiuns fazem o dia todo pra sobreviver.   


Outros erros esdrúxulos lá que evidencia total fraude da carta (exatamente como do médium que comentei):

Walter não era filho dele e sim genro;

EU sei, EU sei... Walter era filho de VICTORIO FONTANA. Mas... Ora... Isso foi apenas o MODO CARINHOSO como o espírito FELIZ lembrou do seu genro. Afinal, não é bastante comum que muitos sogros tratem seus genros também como... FILHOS???????? 
Então que culpa tem o MESTRE ALQUIMISTA???? O culpado é o ESPÍRITO!!!!!!!!

Era nada meu.. fraude da mais fácil e descarada.. igualzinho ao médium fraudador que apontei! rss.. O cara erra essas coisas..

Isso é uma COVARDIA!!!  Você manipula os dados só pra se aproveitar do pouco tempo que me dispôs. Jogo sujo isso!!! 


Que trecho da mensagem diz que Solano e Franciele são NETOS DELE??????  O FELIZ apenas mandou lembranças... Lembranças dos bons tempos em... PAIM FILHO!!!  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...    .

Você que disse meu.. não eu.. E essa de Paim também não cola.. só nasci lá.. então a cidade onde moramos era outra e passamos a infância.. Mas tudo bem.. normal para um fraudador achar e vincular isso.. Você só confirmou as expectativas de como médiuns otários agem..

De novo MANIPULANDO E DISTORCENDO os dados para tentar se safar da sua trapaça.  Otário mesmo é quem acredita em mediunidade.  :P


HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

FRAUDE é seu método.
Já provei aqui por A+B que é TOTALMENTE POSSÍVEL obter FACILMENTE essas informações.
E você vem com a TRAPAÇA de apontar (ou mal interpretar!!!) um ou outro errinho, mas NÃO LEVA EM CONTA de que o profissional que você irá testar VIVE PRA ISSO e tem TEMPO DE SOBRA!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Mas alguém aqui disse que não é possível adquirir essas informações pela internet facilmente? Onde eu disse isso?

A toooooooooooooooooooooodo momento você diz isso!!!! Que é IMPOSSÍVEL vazar informação pelo seu método fuleira!!!!
Até parece o homem do galvanômetro!


Citar
O que eu disse é que os dados encontrados na internet nem sempre se fecham com os reais e você provou por A+B que é isso mesmo.. Errou o nome do avô, errou quem eram os netos, fora outros detalhes rss...

Isso é manipulação e jogo sujo seu. Acertei o nome do seu avô e de todos seus familiares. Não falei que Solano e Franciele eram netos do FELIZ... A culpa é do ESPÍRITO por ter mandado lembranças pra eles... De certo porque passaram a infância também em Paim Filho!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... 


Citar
Sobre o médium que será testado. Ele não terá as informações que você teve.. usei apenas para ver se não tinha preguiça de pesquisar e ver como é fácil pegar um fraudador.. No mais o médium não é profissional pois não é remunerado para tal.. Se fosse eu ja teria descartado pois estaria num grupo de risco de fraude descarada rs

KKKKKKKKKKKKK... Que mentalidade DINEHIRISTA tem certos brasileirinhos... Sempre com a mesma desculpinha à la Xavier de que o médium é honesto porque não ganha dinheiro...
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... Quanta ingenuidade!!!!!!!!  Por isso são tão facilmente passados pra trás quem nutre tais pensamentos fúteis!!!   


Citar
Cara.. você só erra e acha que acerta?! O que será que está acontecendo?
Fica mais calmo viu.. espero que não me chame mais de covarde pois pode ter certeza que expor a cara (nome real) aqui é algo que não tem nada a ver com covardia, ao contrário de se usar apelido e ficar ofendendo outrem..

Seus argumentos são COVARDES, não você!!!!!
Não manipule tudo como vem fazendo até agora!!!  Você joga muito sujo e ainda quer que te levem a sério por aqui!!!!  Tsc, tsc, tsc...  No way!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 17:14:56
Antipetista, ficam aqui meus parabéns pela forma como se colocou (e não é porque também sou anti-PT rss)

Boa escolha.



Concordo com tudo que falou e da forma inteligente como expôs...

Referente ao método, onde exatamente você vê as brechas.. É bom receber um critica embasada e creio que vindo de você seria bem produtivo.

Eu já tentei pensar nas possiveis falhas sobre ela e o ponto chave estaria na hipótese do grupo que seleciona as famílias fornecer/conhecer os dados  e fraudar juntamente com o médium, por isso dentro do método o grupo não pode ter contato e nem saber quem será o medium.. Isso já diminuiria bem as chances.

Além disso pensei na possível falha de ser alguma família ou caso da mídia onde o médium poderia reconhecer algum deles e com boa memória ja saberia da historia toda. Para isso é importante que o grupo selecione alguma família que não publicou coisas na internet ou que sejam casos de morte sem que tenha havido alardes...

Por exemplo, meu concunhado é ateu, cético total.. O Avô dele que faleceu faz pouco tempo poderia ser uma tentativa. Embora eu saiba que não vou fraudar, se levar ele, mesmo que surgisse algo lá, ele iria achar que eu forneci as informações. Mas o caso dele é um típico interessante.. Não foi algo de ser noticiado..

Casos de fraude em geral precisam dos dados antes.. do exemplo que dei.. com um nome completo é fácil qualquer charlatão investigar o resto.

Achar os nomes é fácil por sistemas de sites de famílias, exemplo:

https://familia.com.br/250/3-passos-simples-para-descobrir-sua-arvore-genealogica

https://www.myheritage.com.pt/index.php?utm_source=verwandt&utm_medium=redirect&utm_campaign=www.meusparentes.com.pt

etc...

Então o médium não sabendo sobre as pessoas, não consigo ver alguma forma dele captar com tanta precisão uma série de detalhes... e corretos..

O caso do Alquimista ele falhou exatamente nos pontos que citei do outro médium, então vou me embasando nos casos pegos de fraude para tornar mais robusto o método..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 17:24:34
Freya, se o Alquimista conseguir refazer (perecido que seja) a assinatura do meu avô eu tiro o chapéu pra ele...rsrs Digo isso pois acredito que ele não tenha pego os dados no sistema do estado e sim nos sites de arvores genealógicas, algo que os fraudadores realmente fazem..

Se ele tivesse pego no sistema do estado ele talvez pudesse ter tido acesso, algo que acho improvável... Se ele tivesse acesso a isso não teria errado o nome e não tem esse choro de que as pessoas aceitam algo com o nome errado.. rss... só tentando defender a própria (des)fé rss

Os outros dados são facilmente obtidos na internet, basta você achar uma ou duas pessoas vinculadas que se encontra fácil os demais dados..

O que eu quis demonstrar e acho que não querem ver é que a fraude é assim, cheia de poréns...

Mas, com eu disse, os espíritas alegam que a imprecisão da caligrafia do morto se deve à mistura que ocorre com a caligrafia do médium, você bem deve saber disso.
Logo, é óbvio que haverá sempre uma semelhança parcial, mas nunca a prova cabal pericial que a letra é somente do morto, já que o espírito está usando o aparelho mediúnico. Ou seja, alguém pode, sim, acessar informações (nesse caso a caligrafia, assinatura) e treinar para falsificar. Jamais será uma falsificação perfeita, e a "explicação" conveniente é o aparelho mediúnico.

http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/5974/psicografia-de-chico-xavier-colocada-prova

E convenientemente ignoram isso: http://www.ceticismoaberto.com/ceticismo/1707/o-caderno-de-chico-xavier

Sem falar que eu já vi várias vezes o "espírito" se comportar de maneira diferente porque agora, desencarnado e livre da matéria, ele tem melhor compreensão, está recebendo "reiki" direto da fonte, sendo orientado por mestres superiores, e por isso estava mais doce na forma de escrever. Ou, estava confuso porque recém desencarnou, ainda mais quando é de forma traumática. Aham, Cláudia.

Sandro, não é porque você não sabe de onde alguém tirou uma informação, que significa automaticamente que ela veio do além. Os foristas apontaram a fragilidade do seu método e você continua ignorando isso talvez por medo de adotar essas precauções e perceber que não existem espíritos nos seus "médiuns".
Eu também já perdi pessoas queridas, e daria tudo para que fosse real a chance de vê-las novamente ou simplesmente saber que elas existem e estão bem em algum lugar bom. Mas a realidade não vai atender aos nossos desejos, ela simplesmente é o que é, e se autoenganar não torna esses desejos reais.

Freya esse tema é complicado e longo, me disponho a debater mas não sei se nesse tópico seria oportuno..

A questão não é tao simples.. Perandrea que periciou "mudou de lado" e passou a acreditar.. Dai ficou taxado.. isso na historia ocorreu com vários outros, incluindo Oliver Lodge etc..

O que posso lhe dizer sobre psicografia e perícia agora é que, mesmo que alguém simule assinatura, os peritos alegam descobrir isso por uma série de detalhes..

Já pesquisei casos e tenho um parecer de perito que dá como positivo..

Essa coisa de destoar o grafismo é algo até simples de deduzir... basta você pegar na mao de alguem (de preferencia sexo oposto) e deixar a pessoa segurando um lápis ou caneta.. dai você faz sua assinatura e compara... Se for exatamente igual então parou de pesquisar ...rsrs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 17:31:09
Pois já deveria saber, como espíRRita que é, que tais errinhos em nomes, como de Felix para Felice, são comuns em psicografias ditas AUTÊNTICAS!!!  Tá vendo como você nem conhece bem a sua própria área?????  E ainda quer testar trapaceiros profissionais????!!!!!!!

E o fato de EU TER RECEBIDO o nome com Felix, ao invés de Felice, só me dá mais credibilidade, pois FOI ASSIM QUE O NOME ME FOI RECEBIDO, e como Felix o INTERPRETEI!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
E Felix e Felice querem dizer a mesma coisa: FELIZ!!!!!!  Portanto, NÃO ERREI!!! É você que não quer admitir!!! Nunca aceitará os fatos!!!!!!!!
   

Exatamente!
Quando as caligrafias são testadas "cientificamente" e as fraudes aparecem, vem a desculpa que é comum se misturar a caligrafia do médium com a do morto, e algumas vertentes mais modernas diriam até que é pelo entrelaçamento quântico que isso ocorre, e ainda apelam para autoridade se apenas um ou dois charlatões com diploma em física disseram uma asneira dessas. rs

E mesmo quando há alguma informação imprecisa ou até errada, vem a desculpa que a morte é recente (não seria por isso também a preferência por mortos há menos de dois anos?), ou que houve algum tilt no "entrelaçamento quântico", ou que deu linha cruzada com espíritos zombeteiros, enfim, sempre tem uma explicação não verificável.

Sendo assim, o Alquimista tem todo o crédito enquanto médium, não é diferente dos demais. E o Sandro só não se comoveu com a mensagem porque sabe que o Alquimista não é médium, mas se acreditasse que é, ainda mais estando num ambiente próprio, "sentindo as vibrações" magnéticas, talvez tivesse achado que essa carta "provou" a vida pós morte.

Teve uma época que eu frequentei centros espíritas para encomendar psicografias (sim, hoje em dia quase todo centro oferece esses serviços, algo que antigamente não era qualquer médium que fazia), e a grande maioria deles nem se prestava a stalkear, apostavam puramente em efeito forer, com cartas extremamente genéricas. O detalhe é que todos eles pediam nome e data de nascimento das pessoas que encomendavam cartas. hahaha

Freya, se o Alquimista conseguir refazer (perecido que seja) a assinatura do meu avô eu tiro o chapéu pra ele...rsrs

Agradeço a FÉ DEMASIADA FERVOROSA que tem depositado no ALQUIMISTA.
As ''assinaturas espirituais'' são mais comuns no sistema de fraude conhecido como CARTAS MARCADAS!!!!
Mas teria como EU fazer sim!!! Para isso EU teria que (ou mandaria alguém!!!) viajar pra Paim Filho!!!  O empecilho é que o ALQUIMISTA não vive de mediunidade.  Você paga a passagem???????

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...   


Citar
Digo isso pois acredito que ele não tenha pego os dados no sistema do estado e sim nos sites de arvores genealógicas, algo que os fraudadores realmente fazem..

Disse bem... ACREDITA!!!!!!!  Mas está errado!!!
O DESAFIO ainda está de pé!!!!!  Prove aí onde estão os nomes de seus avós na internet, mas você vai quebrar a cara e nem faz ideia do quão fácil é obter dados pessoais de pessoas falecidas!!! 


Citar
Se ele tivesse pego no sistema do estado ele talvez pudesse ter tido acesso, algo que acho improvável...

Você paga minha passagem com direito a acompanhante pra.. Paim Filho?????? Aí você verá CHE BELLA FIRMA o ALQUIMISTA será capaz de fazer!!!!! 

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Citar
Se ele tivesse acesso a isso não teria errado o nome e não tem esse choro de que as pessoas aceitam algo com o nome errado.. rss... só tentando defender a própria (des)fé rss

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...  Se deu mal agora!!!!!  Caiu sua casa, fiote!!!!!! É o que dá fazer suposições tolas automaticamente!!!!!!
TE DESAFIO a ver como o nome do seu avô está REGISTRADO em Paim Filho!!!!!!  Você terá uma (IN)grata surpresa!!!!!!!!

E tem mais... A forista Freya já te refutou quanto aos erros de nomes.  E outros foristas que SABEM BEM MAIS DO QUE VOCÊ sobre espiritismo espero que também façam o mesmo e postem os links.   


Citar
Os outros dados são facilmente obtidos na internet, basta você achar uma ou duas pessoas vinculadas que se encontra fácil os demais dados..

O que eu quis demonstrar e acho que não querem ver é que a fraude é assim, cheia de poréns...

Mas e os nomes dos avós????????  Não foi pela internet, não adianta insistir... CapiTCHE??????!!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 17:37:22
Caro alquimista.. fica difícil debater com você por uma série de motivos.. e agora vem mentir?

você disse que não me chamou de covarde? Então vá e leia la o q escreceu!


Mas você nunca vai admitir!!!!  E é COVARDE, para dizer o mínimo...

Sobre o método, no mesmo post você diz que é FAJUTO.. Alias você adora usar adjetivos e se sente o cara.. Se liga.. Eu sei das informações, você que acha que sabe.. Errou varias coisas igualzinho a um fraudador... só não quer admitir

não da pra continuar assim..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 17:42:22
Caro alquimista.. fica difícil debater com você por uma série de motivos.. e agora vem mentir?

você disse que não me chamou de covarde? Então vá e leia la o q escreceu!


Mas você nunca vai admitir!!!!  E é COVARDE, para dizer o mínimo...

Se soou errado PEÇO DESCULPAS!!!!!!!!  Era em relação ao seu jogo argumentativo, não à sua pessoa!!!
Você tem qualidades que admiro!!!  É piloto e isso é uma das minhas grandes paixões!!!   


Citar
Sobre o método, no mesmo post você diz que é FAJUTO.. Alias você adora usar adjetivos e se sente o cara.. Se liga.. Eu sei das informações, você que acha que sabe.. Errou varias coisas igualzinho a um fraudador... só não quer admitir

não da pra continuar assim..

Mas EU SOU UM FRAUDADOR!!!!!!!
Assim como TODOS OS MÉDIUNS TAMBÉM O SÃO!!!!!!
A diferença entre a primazia deles e a minha foi mera questão de TEMPO!!!!  TEEEEEEEEMPO!!!!!!  Caiu a ficha agora????!!!!!!!!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 18:38:26
Freya esse tema é complicado

Não é não, ou passa pelo método científico ou não passa. Simples assim.

A questão não é tao simples.. Perandrea que periciou "mudou de lado" e passou a acreditar.. Dai ficou taxado.. isso na historia ocorreu com vários outros, incluindo Oliver Lodge etc..

Ou será que sempre acreditou? Ou era pseudocético, como você?

Essa coisa de destoar o grafismo é algo até simples de deduzir... basta você pegar na mao de alguem (de preferencia sexo oposto) e deixar a pessoa segurando um lápis ou caneta.. dai você faz sua assinatura e compara... Se for exatamente igual então parou de pesquisar ...rsrs

Tá falando do suposto espírito segurando a mão do médium? É sério isso? E depois sua pesquisa não está enviesada?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 18:53:56
Caro alquimista.. fica difícil debater com você por uma série de motivos.. e agora vem mentir?

você disse que não me chamou de covarde? Então vá e leia la o q escreceu!


Mas você nunca vai admitir!!!!  E é COVARDE, para dizer o mínimo...

Se soou errado PEÇO DESCULPAS!!!!!!!!  Era em relação ao seu jogo argumentativo, não à sua pessoa!!!
Você tem qualidades que admiro!!!  É piloto e isso é uma das minhas grandes paixões!!!   


Citar
Sobre o método, no mesmo post você diz que é FAJUTO.. Alias você adora usar adjetivos e se sente o cara.. Se liga.. Eu sei das informações, você que acha que sabe.. Errou varias coisas igualzinho a um fraudador... só não quer admitir

não da pra continuar assim..

Mas EU SOU UM FRAUDADOR!!!!!!!
Assim como TODOS OS MÉDIUNS TAMBÉM O SÃO!!!!!!
A diferença entre a primazia deles e a minha foi mera questão de TEMPO!!!!  TEEEEEEEEMPO!!!!!!  Caiu a ficha agora????!!!!!!!!!!!!

Caro Alquimista, desculpas aceitas pois os nervos az vezes florescem aqui.... não deixemos isso impedir uma boa conduta.. embora tenhamos pontos de vista diferentes (como tenho como muitos céticos e ateus) isso não impede minha amizade com eles..

Compreendo sua posição e é louvável (quando não estrapola o limite) rs.. Mas eu fiz o desafio pois sabia que para achar algo sobre ele seria ou por site de busca de arvore ou através de uma busca no sistema de dados do estado.. logo acharia fácil o caminho para o resto..

Concordo que os fraudadores agem dessa forma e é extremamente fácil se obter dados.. Mas será que você consegue entender que eu já conheço boa parte dessas artimanhas deles? Então um dos que eu não vi algo similar, algo que me impressionou, não faz dessa forma... Ja citei aqui alguns casos e claro que é uma experiência pessoal leva a certos caminhos..

Os casos de fraude são exatamente o ponto onde você "caiu", errando os detalhes simples, algo que ja não passaria no experimento.

Se cada família vai preencher um questionário com todos os dados previamente, ali já surgiriam os problemas.. No caso da sua carta teria errado sobre os netos, teria errado a escrita do nome como ele fazia, teria errado trocando o genro pelo filho..  Isso alem de não passar no referido experimento iria denotar extrema fraude, como o do outro médium que colocou um endereço errado e era o mesmo que estava na internet.. Outro caso, do mesmo médium fajuto, ele colocou um apelido que não existia... Alias, existia num site onde o médium entendeu ser o apelido do morto..

Em suma, uma carta igual a sua não teria passado no experimento pois os dados estavam errados.. Agora, como ele os obteve, dai nem interessaria pois não teria como errar um filho por um genro..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 19:00:19
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Esse Sandro tá me matando de rir!!!!!!!  Só a diversão que estamos tendo aqui já paga as bobagens dessas pesquisinhas mixurucas!!!!


Mas... É Charles B. RosMa ou Charles B. RosNa???????????  (Charlie, Charlie... Are you here?!!!)

Essa besteira aí ilustra bem o tipo de situação que a Freya tão bem apontou aqui. A das desculpinhas fajutas que os espíRRitas arrumam pra ocultar os errinhos de uma ou outra letra nos nomes psicografados.
Aposto que se o mesmo acontecesse com os médiuns do Sandro, COM CERTEZA ele viria com as mesmas desculpinhas!!!!!!! Até em relação do... FELIZ!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...  Mas ele precisa se safar do seu (VEXA)ME-TODO pseudocientífico, não é mesmo?!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

E se o ALQUIMISTA fosse o médium o ser testado, evidentemente ELE iria se dedicar em tempo integral e obviamente faria beeeeeeeem melhor, com assinaturas e tudo mais... 
Todavia, mesmo com o escasso tempo que me dispus a fazer, PROVEI CATEGORICAMENTE que, SIM, e possível (e FÁCIL!!!) buscar dados pessoais de pessoas falecidas.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 19:03:38
Freya esse tema é complicado

Não é não, ou passa pelo método científico ou não passa. Simples assim.

A questão não é tao simples.. Perandrea que periciou "mudou de lado" e passou a acreditar.. Dai ficou taxado.. isso na historia ocorreu com vários outros, incluindo Oliver Lodge etc..

Ou será que sempre acreditou? Ou era pseudocético, como você?

Essa coisa de destoar o grafismo é algo até simples de deduzir... basta você pegar na mao de alguem (de preferencia sexo oposto) e deixar a pessoa segurando um lápis ou caneta.. dai você faz sua assinatura e compara... Se for exatamente igual então parou de pesquisar ...rsrs

Tá falando do suposto espírito segurando a mão do médium? É sério isso? E depois sua pesquisa não está enviesada?

Freya o experimento do Perandrea foi publicado como periódico cientifico e ele tinha cargo e titulo para tal... Concordando ou não, não muda as coisas.. Eu esperava e tentei com vários contrários que surgisse uma critica por parte de outros grafoscopistas, ou ao menos uma contestação. O fato é que não houve e talvez nem ocorra mais, sendo assim o trabalho dele está la..

Conheço uma grafoscopista de Fortaleza que periciou cartas de outro médium que conheço... Ela deu como autentica algumas das assinaturas..

Temos uma grafoscopista aqui do sul, que foi chefe do departamento de grafoscopia do Instituto de Pericias que foi convidada para analisar algumas cartas... Uma das que eu mostrei a ela, depois de analisar, ela deu parecer positivo também..

Isso tem valor legal pois esses peritos são indicados por juízes para determinar alguns casos... É infalivel? Creio que não pois nada é infalível, mas temos fatos que estão ai e presentes..

Sobre a fraude em assinaturas.. Bom é algo complexo mas mesmo que alguém bom em tentar imitar uma assinatura, surgem (dentre outras) o que chama de "paradas", isso é um reflexo do cérebro, é involuntário e vai fazer com que a caneta ou lápis deixe uma "marca de dúvida" pois uma assinatura tem um certo fluxo de andamento.. Quando você assina você ja não pensa.. é automático.. Se você mesmo ficar pensando muito para assinar ou tentar fazer uma assinatura sua quando era criança é provável que um perito entenda que nem foi você mesmo que o assinou..

Por fim, nem a minha nem a sua opinião terá valor senao para cada um de nós.. Mas o fato é que o artigo dele está la publicado e quem poderia contesta-lo nunca o fez.. por que será?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 19:07:48
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Esse Sandro tá me matando de rir!!!!!!!  Só a diversão que estamos tendo aqui já paga as bobagens dessas pesquisinhas mixurucas!!!!


Mas... É Charles B. RosMa ou Charles B. RosNa???????????  (Charlie, Charlie... Are you here?!!!)

Essa besteira aí ilustra bem o tipo de situação que a Freya tão bem apontou aqui. A das desculpinhas fajutas que os espíRRitas arrumam pra ocultar os errinhos de uma ou outra letra nos nomes psicografados.
Aposto que se o mesmo acontecesse com os médiuns do Sandro, COM CERTEZA ele viria com as mesmas desculpinhas!!!!!!! Até em relação do... FELIZ!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...  Mas ele precisa se safar do seu (VEXA)ME-TODO pseudocientífico, não é mesmo?!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

E se o ALQUIMISTA fosse o médium o ser testado, evidentemente ELE iria se dedicar em tempo integral e obviamente faria beeeeeeeem melhor, com assinaturas e tudo mais... 
Todavia, mesmo com o escasso tempo que me dispus a fazer, PROVEI CATEGORICAMENTE que, SIM, e possível (e FÁCIL!!!) buscar dados pessoais de pessoas falecidas.

Estamos todos rindo o que é bom e saudável... rss.. dai nem pensamos no rombo que o PT deixou e nas artimanhas que os professores vem fazendo para enrolar os jovens a achar que brigam por uma luta deles.. Alias que nem sabem porque estão lutando rss..

Voltando... zappppp Essa prova de que é fácil com certeza é evidente e sabemos.. Por isso tem que se controlar os dados para que o médium não saiba quem são as famílias e replique cartas que ele faz nas sessões publicas.. Se perceber minha honestidade e boa vontade, estou a fim de testar e não de comprovar isso ou aquilo..

Se desse certo teriam varias outras explicacões que não de espiritos..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 19:13:34
Caro Alquimista, desculpas aceitas pois os nervos az vezes florescem aqui.... não deixemos isso impedir uma boa conduta.. embora tenhamos pontos de vista diferentes (como tenho como muitos céticos e ateus) isso não impede minha amizade com eles..

Compreendo sua posição e é louvável (quando não estrapola o limite) rs..

Estamos apenas nos divertindo!!! EU pelo menos não levo as coisas por... trás!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Citar
Mas eu fiz o desafio pois sabia que para achar algo sobre ele seria ou por site de busca de arvore ou através de uma busca no sistema de dados do estado.. logo acharia fácil o caminho para o resto..

Concordo que os fraudadores agem dessa forma e é extremamente fácil se obter dados.. Mas será que você consegue entender que eu já conheço boa parte dessas artimanhas deles? Então um dos que eu não vi algo similar, algo que me impressionou, não faz dessa forma... Ja citei aqui alguns casos e claro que é uma experiência pessoal leva a certos caminhos..

ERRADO!!! Você conhece somente UMA PEQUENA PARTE dessa sujeira toda.
Muito mais precisas são as psicografias das CARTAS MARCADAS e as que são obtidas através de espionagem do tipo HOT READING!!!  E essas aí (tidas como as mais autênticas) tá na cara que você ignora as artimanhas!!!


Citar
Os casos de fraude são exatamente o ponto onde você "caiu", errando os detalhes simples, algo que ja não passaria no experimento.

Se cada família vai preencher um questionário com todos os dados previamente, ali já surgiriam os problemas.. No caso da sua carta teria errado sobre os netos, teria errado a escrita do nome como ele fazia, teria errado trocando o genro pelo filho..  Isso alem de não passar no referido experimento iria denotar extrema fraude, como o do outro médium que colocou um endereço errado e era o mesmo que estava na internet.. Outro caso, do mesmo médium fajuto, ele colocou um apelido que não existia... Alias, existia num site onde o médium entendeu ser o apelido do morto..

Em suma, uma carta igual a sua não teria passado no experimento pois os dados estavam errados.. Agora, como ele os obteve, dai nem interessaria pois não teria como errar um filho por um genro..

DE NOVO!!!!!!!!!!!
Mas vamos tentar com outra fonte pra ver se DESSA VEZ VOCÊ CAPITA!!!!!!!!!!

O ALQUIMISTA, como não é o médium a ser tua cobaia, fez o trabalho todo ÀS PRESSAS, sem tempo para se dedicar a uma pesquisa mais aprofundada!!!!! Já disse isso aqui um zilhão de vezes!!!!! 

E se o ALQUIMISTA fosse o médium o ser testado, evidentemente ELE iria se dedicar em tempo integral e obviamente faria beeeeeeeem melhor, com assinaturas e tudo mais... 
Todavia, mesmo com o escasso tempo que me dispus a fazer, PROVEI CATEGORICAMENTE que, SIM, e possível (e FÁCIL!!!) buscar dados pessoais de pessoas falecidas.

Mas EU SOU UM FRAUDADOR!!!!!!!
Assim como TODOS OS MÉDIUNS TAMBÉM O SÃO!!!!!!
A diferença entre a primazia deles e a minha foi mera questão de TEMPO!!!!  TEEEEEEEEMPO!!!!!!  Caiu a ficha agora????!!!!!!!!!!!!


Mas acho que sua insistência é porque CONSEGUI ABALAR TUA FÉ, não é mesmo?! Pela rapidez em que obtive facilmente o nome dos teus antepassados, isso deve ter te chocado impressionado...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 19:28:40
Voltando... zappppp Essa prova de que é fácil com certeza é evidente e sabemos.. Por isso tem que se controlar os dados para que o médium não saiba quem são as famílias e replique cartas que ele faz nas sessões publicas.. Se perceber minha honestidade e boa vontade, estou a fim de testar e não de comprovar isso ou aquilo..

Pode testar, mas você pediu para os céticos opinarem e todos apontaram brechas no método. E já te mostrei uma maneira simples de como o médium poderia obter informações facilmente, mesmo não sabendo de antemão o nome dos familiares! (DICA: pede pra ele levar a conta telefônica... hahahahahahahahaha...)   


Citar
Se desse certo teriam varias outras explicacões que não de espiritos..

Mas isso é ÓÓÓÓÓÓÓÓÓBVIO!!!!!!!!!!!  E a mais provável delas é o vazamento de informações!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 20:29:36
Alquimista.. sem choros e mimimi...

quer ajudar e checar se um médium esta fraudando? Vamos pegar um caso internético que estou mega desconfiado..

Existe uma pessoa, dita médium (logo coloco o link e evitemos o nome para não cair nas buscas) e ele diz fazer sessões virtualmente.. Ele gera cartas mas como é pela internet tudo pode ser adquirido..

Minha ideia: Criemos um perfil falso no facebook e um grupo de amigos etc.. Já que não é pesquisa oficial e não tem essa de ética, dá para agir da forma como sugeriu..

O negocio é o seguinte.. Você faz o perfil pois quem tem que entrar em contato com ele é você e dai vamos ver se ele vai fornecer informações reais sobre sua pessoa ou sobre quem você diz ser.. Q tal?

Sendo você um fake aqui eu não sei nada sobre sua pessoa, logo não teria como passar para ele se eu fosse um colaborador de fraudes (algo que sei que não sou).. Mas se eu fizer e der algo contra a hipótese de fraude você vai alegar que eu menti..

Que tal? Encara a empreitada?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 20:52:59
Os mais antigos aqui no CC já conhecem os meus pontos de vista que apresentei em dezenas de tópicos desde 2008. Apesar das minhas crises recentes de falta de saco (para rediscutir certos assuntos) que descambam para paródias e sarcasmo, ainda não mudei minha visão sobre a espiritualidade. Pois bem, então agora vou alfinetar os céticos.

Ok...os céticos já fizeram (quase) todas as principais críticas a essa proposta de pesquisa. Recomendo aos céticos paraquedistas que não leram as primeiras páginas da discussão que leiam para não chover no molhado procurando entender os objetivos da pesquisa. O Sandro apareceu aqui, apresentou suas idéias e explicou como pode com uma educada paciência de Jó e em momento algum nos desrespeitou. Apesar disso, só levou cacetadas e vários coices, muitos com postura excessivamente infantil e estilo de argumentação que não combinam com a inteligência do conteúdo das mensagens.

Os céticos batem o pé e repetem que o Sandro está fazendo é pseudociência mas não apresentam o que poderia ser proposto como abordagem científica. Falam em aplicar o método científico, mas não entram em detalhes sobre o modus operandi de uma metodologia que pode ser aplicada à essa proposta. Negam a mediunidade a priori mas não apontam detalhes de quais os controles que poderiam expor a ocorrência de fraudes. Criticam a tendenciosidade da pesquisa mas não apresentam alternativas para a solução desse problema. Criticam a postura cética declarada pelo pesquisador mas não sugerem abordagens céticas consensuais que possam servir de guia para eliminar possíveis vieses.

O que os céticos fariam se estivessem na posição do Sandro, supondo que ele tem dúvidas genuínas e quer procurar respostas de uma forma científica sem apelar para colocações óbvias, superficiais e fanfarronas como se viu até o momento?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 20:55:54
Freya esse tema é complicado

Não é não, ou passa pelo método científico ou não passa. Simples assim.

A questão não é tao simples.. Perandrea que periciou "mudou de lado" e passou a acreditar.. Dai ficou taxado.. isso na historia ocorreu com vários outros, incluindo Oliver Lodge etc..

Ou será que sempre acreditou? Ou era pseudocético, como você?

Essa coisa de destoar o grafismo é algo até simples de deduzir... basta você pegar na mao de alguem (de preferencia sexo oposto) e deixar a pessoa segurando um lápis ou caneta.. dai você faz sua assinatura e compara... Se for exatamente igual então parou de pesquisar ...rsrs

Tá falando do suposto espírito segurando a mão do médium? É sério isso? E depois sua pesquisa não está enviesada?

Freya o experimento do Perandrea foi publicado como periódico cientifico e ele tinha cargo e titulo para tal... Concordando ou não, não muda as coisas.. Eu esperava e tentei com vários contrários que surgisse uma critica por parte de outros grafoscopistas, ou ao menos uma contestação. O fato é que não houve e talvez nem ocorra mais, sendo assim o trabalho dele está la..

Conheço uma grafoscopista de Fortaleza que periciou cartas de outro médium que conheço... Ela deu como autentica algumas das assinaturas..

Temos uma grafoscopista aqui do sul, que foi chefe do departamento de grafoscopia do Instituto de Pericias que foi convidada para analisar algumas cartas... Uma das que eu mostrei a ela, depois de analisar, ela deu parecer positivo também..

(...)

Por fim, nem a minha nem a sua opinião terá valor senao para cada um de nós.. Mas o fato é que o artigo dele está la publicado e quem poderia contesta-lo nunca o fez.. por que será?

Você leu os links?
Só porque o cara publicou numa universidade, sem revisão por pares, um único estudo com provas "irrefutáveis" de psicografia, você acha que o caso é verdadeiro?
Eu é que te pergunto: por que ele não ganhou o Nobel por ser o primeiro a provar a existência do mundo espiritual, o primeiro a provar a ligação entre o mundo natural e o sobrenatural?
E sabe por que ninguém mexeu mais nisso, porque é bullshit.

Não é uma questão de concordar ou discordar, não é uma questão de opinião, o fato é que o Pandrea não provou nada, escreveu um estudo enviesado e nada cientifico. Ponto final.

E gostaria de saber por que o erro de grafia do Alquimista no nome do seu avô é visto por você como fraude, e o erro do Chico Xavier não é, nem por você e nem pelo Pandrea? Ora, está escrito errado o nome da nora na psicografia. A morta desaprendeu a escrever o nome da nora?

E esses peritos que você conhece, são espíritas? São contratados pela FEB? Eles sabiam que se tratava de psicografia? A análise deles foi confirmada por outros peritos?
Até em juízo pode-se pedir revisão de perícia.

O que os céticos fariam se estivessem na posição do Sandro, supondo que ele tem dúvidas genuínas e quer procurar respostas de uma forma científica sem apelar para colocações óbvias, superficiais e fanfarronas como se viu até o momento?[/color]

Cê tá falando sério? (nunca sei, rs)

Vários foristas sugeriram mudança no método de pesquisa e o Sandro simplesmente ignorou, disse que não eram pontos frágeis. Daí é que surgiu a psicografia do Alquimista. rs
E sugerir o quê, se Sandro já está convencido do resultado antes de fazer o experimento?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 21:03:52
Citar
Vários foristas sugeriram mudança no método de pesquisa e o Sandro simplesmente ignorou, disse que não eram pontos frágeis. Daí é que surgiu a psicografia do Alquimista. rs

Agora sou eu quem pergunta. Você está dizendo que os céticos apresentaram alguma coisa que não seja bobagem científica elaborada?

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 21:06:03


Você leu os links?
Só porque o cara publicou numa universidade, sem revisão por pares, um único estudo com provas "irrefutáveis" de psicografia, você acha que o caso é verdadeiro?
Eu é que te pergunto: por que ele não ganhou o Nobel por ser o primeiro a provar a existência do mundo espiritual, o primeiro a provar a ligação entre o mundo natural e o sobrenatural?
E sabe por que ninguém mexeu mais nisso, porque é bullshit.

Não é uma questão de concordar ou discordar, não é uma questão de opinião, o fato é que o Pandrea não provou nada, escreveu um estudo enviesado e nada cientifico. Ponto final.

E gostaria de saber por que o erro de grafia do Alquimista no nome do seu avô é visto por você como fraude, e o erro do Chico Xavier não é, nem por você e nem pelo Pandrea? Ora, está escrito errado o nome da nora na psicografia. A morta desaprendeu a escrever o nome da nora?

E esses peritos que você conhece, são espíritas? São contratados pela FEB? Eles sabiam que se tratava de psicografia? A análise deles foi confirmada por outros peritos?
Até em juízo pode-se pedir revisão de perícia.

O que os céticos fariam se estivessem na posição do Sandro, supondo que ele tem dúvidas genuínas e quer procurar respostas de uma forma científica sem apelar para colocações óbvias, superficiais e fanfarronas como se viu até o momento?[/color]

Cê tá falando sério? (nunca sei, rs)

Vários foristas sugeriram mudança no método de pesquisa e o Sandro simplesmente ignorou, disse que não eram pontos frágeis. Daí é que surgiu a psicografia do Alquimista. rs

Mas meu caro, quem disse que é irrefutável é você.. em momento algum eu digo isso.. alias, tenho dito em outros posts que toda e qualquer coisa é refutável.. O que eu disse e perguntei é: por que ninguém refutou Perandrea? Por que nenhum perito veio e refutou apontando ponto a ponto dos erros dele?

O trabalho dele não prova nada porque a ciência não trabalha com provas e sim com evidências.. O que temos no estudo dele é que existe alguma evidencia de que isso ocorra, ponto. Existem outros casos que comentei mas ainda não geraram artigo..

Sobre o caso do Chico..  O som ou o sentido de Tereza para Teresa é o mesmo.. Felice (que pode ser como se pronuncia ou "Felitchi") é diferente de Felix (de som Felics).... mas tudo bem.. não foi o único ponto que evidenciaria a fraude.. os erros grotescos de confundir o genro como filho e incluir netos que não são de fato ja seriam o suficiente.. O detalhe da cidade também é fundamental, meu avô faleceu a mais de 30 anos e quando convivi com ele foi em outra cidade pois não morei na cidade onde nasci..

Compreende?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 21:08:13
Os mais antigos aqui no CC já conhecem os meus pontos de vista que apresentei em dezenas de tópicos desde 2008. Apesar das minhas crises recentes de falta de saco (para rediscutir certos assuntos) que descambam para paródias e sarcasmo, ainda não mudei minha visão sobre a espiritualidade. Pois bem, então agora vou alfinetar os céticos.

Ok...os céticos já fizeram (quase) todas as principais críticas a essa proposta de pesquisa. Recomendo aos céticos paraquedistas que não leram as primeiras páginas da discussão que leiam para não chover no molhado procurando entender os objetivos da pesquisa. O Sandro apareceu aqui, apresentou suas idéias e explicou como pode com uma educada paciência de Jó e em momento algum nos desrespeitou. Apesar disso, só levou cacetadas e vários coices, muitos com postura excessivamente infantil e estilo de argumentação que não combinam com a inteligência do conteúdo das mensagens.

Os céticos batem o pé e repetem que o Sandro está fazendo é pseudociência mas não apresentam o que poderia ser proposto como abordagem científica. Falam em aplicar o método científico, mas não entram em detalhes sobre o modus operandi de uma metodologia que pode ser aplicada à essa proposta. Negam a mediunidade a priori mas não apontam detalhes de quais os controles que poderiam expor a ocorrência de fraudes. Criticam a tendenciosidade da pesquisa mas não apresentam alternativas para a solução desse problema. Criticam a postura cética declarada pelo pesquisador mas não sugerem abordagens céticas consensuais que possam servir de guia para eliminar possíveis vieses.

O que os céticos fariam se estivessem na posição do Sandro, supondo que ele tem dúvidas genuínas e quer procurar respostas de uma forma científica sem apelar para colocações óbvias, superficiais e fanfarronas como se viu até o momento?

Obrigado Giga.. O AntipetistA foi bem sensato e colaborou apontando alguns detalhes... no mais tah difícil mas vou tentando tirar o melhor proveito possível mesmo das coisas inúteis.. rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 21:09:40
Alquimista.. sem choros e mimimi...

Teve uma falha de lógica em seus argumentos que ninguém percebeu até agora!

Os ''errinhos'' que você apontou na psicografia do ALQUIMISTA só lhe dão mais credibilidade, senão vejamos:

Sobre o gaiteiro Fontana, o véi Fontana, o ALQUIMISTA já sabia que ele era filho do Victorio Fontana. O espírito me contou!!!
Mas o FELIZ tá lá no mundo espiritual!!!! Quem garante que o povo de lá não trata genros e noras como... FILHOS!!!! É até mais prováveis por eles serem mais... espirituais!!!!  Portanto, não acuse em vão o ALQUIMISTA de fraude. A culpa foi do espírito

E quanto ao FELIX, você alega que o ALQUIMISTA buscou o nome na internet ou em banco de dados.
Mas olha só que BAITA CONTRADIÇÃO temos aqui em seu falho raciocínio!!!!
Se o ALQUIMISTA tivesse agido como você alega, por que então ele teria escrito FELICE da forma errada???????
Se foi copiado da internet, constaria na mensagem FELICE e não FELIX!!!!
Sendo assim, o médium não poderia alegar que escreveu FELIX porque foi assim que o nome lhe foi passado???? Ou pelo menos ele interpretou assim?? Isso não dá mais credibilidade??????????  Se na mensagem constasse FELICE, aí sim ficaria na cara que EU poderia ter pego na internet.
Então diz aí, onde foi que o ALQUIMISTA surgiu com o nome FELIX CENTENARO????????
Até que consiga PROVAR o contrário, minha psicografia deve ser considera como AUTÊNTICA, pois afirmo que foi assim que o espírito me falou (ou pelo menos EU entendi como FELIX)!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Citar
quer ajudar e checar se um médium esta fraudando? Vamos pegar um caso internético que estou mega desconfiado..

Já viu que o ALQUIMISTA é boooom, né???!!!!!  Tudo bem!!! ELE vai te acudir pra sair desse embaraço!!


Citar
Existe uma pessoa, dita médium (logo coloco o link e evitemos o nome para não cair nas buscas) e ele diz fazer sessões virtualmente.. Ele gera cartas mas como é pela internet tudo pode ser adquirido..

Minha ideia: Criemos um perfil falso no facebook e um grupo de amigos etc.. Já que não é pesquisa oficial e não tem essa de ética, dá para agir da forma como sugeriu..

O negocio é o seguinte.. Você faz o perfil pois quem tem que entrar em contato com ele é você e dai vamos ver se ele vai fornecer informações reais sobre sua pessoa ou sobre quem você diz ser.. Q tal?

Sendo você um fake aqui eu não sei nada sobre sua pessoa, logo não teria como passar para ele se eu fosse um colaborador de fraudes (algo que sei que não sou).. Mas se eu fizer e der algo contra a hipótese de fraude você vai alegar que eu menti..

Que tal? Encara a empreitada?

FECHADO!!!!!!!!


Os mais antigos aqui no CC já conhecem os meus pontos de vista que apresentei em dezenas de tópicos desde 2008. Apesar das minhas crises recentes de falta de saco (para rediscutir certos assuntos) que descambam para paródias e sarcasmo, ainda não mudei minha visão sobre a espiritualidade. Pois bem, então agora vou alfinetar os céticos.

Ok...os céticos já fizeram (quase) todas as principais críticas a essa proposta de pesquisa. Recomendo aos céticos paraquedistas que não leram as primeiras páginas da discussão que leiam para não chover no molhado procurando entender os objetivos da pesquisa. O Sandro apareceu aqui, apresentou suas idéias e explicou como pode com uma educada paciência de Jó e em momento algum nos desrespeitou. Apesar disso, só levou cacetadas e vários coices, muitos com postura excessivamente infantil e estilo de argumentação que não combinam com a inteligência do conteúdo das mensagens.

Os céticos batem o pé e repetem que o Sandro está fazendo é pseudociência mas não apresentam o que poderia ser proposto como abordagem científica. Falam em aplicar o método científico, mas não entram em detalhes sobre o modus operandi de uma metodologia que pode ser aplicada à essa proposta. Negam a mediunidade a priori mas não apontam detalhes de quais os controles que poderiam expor a ocorrência de fraudes. Criticam a tendenciosidade da pesquisa mas não apresentam alternativas para a solução desse problema. Criticam a postura cética declarada pelo pesquisador mas não sugerem abordagens céticas consensuais que possam servir de guia para eliminar possíveis vieses.

O que os céticos fariam se estivessem na posição do Sandro, supondo que ele tem dúvidas genuínas e quer procurar respostas de uma forma científica sem apelar para colocações óbvias, superficiais e fanfarronas como se viu até o momento?

PUTZ!!! Leva ele pra casa...  :biglol: 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 21:11:55
De nada, Sandro, mas não abuse do meu papel de 'adivogado' do diabo.

Também gostei dos comentários do AntipetistA.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 18 de Novembro de 2016, 21:17:52
Não sei se o vermelho foi "vermelho paródia", parece que não, porque calho de praticamente concordar com talvez ressalvas muito mínimas. Talvez fosse melhor por em qualquer outra cor para não confundir :hehe:



Eu não acompanhei bem o tópico, e embora concorde com algumas coisas como a metodologia ser enviesada, já ter como quase conclusão a validade exata do kardecismo especificamente em vez de algo mais parcimonioso (e não estou falando "parcimonioso" nem no sentido mais "forte", de qualquer explicação alternativa ao sobrenatural, mas simplesmente em não ser uma validação do espiritismo especificamente), me parece que as coisas estão desandando bastante.

Seria mesmo mais interessante se tentar imaginar essa abordagem de um cético "de mente aberta", que cogitasse a possibilidade de algo do qual não se tem a menor evidência, de fato existir, e como poder obter evidência razoável disso, ou talvez até mesmo, poder rejeitar de forma mais "positiva".

Eu particularmente acho muito difícil imaginar isso, porque é algo do qual na prática não acho que exista evidência que possa ser levada a sério, é preciso uma colher de chá muito grande. De certa forma vejo analogia com se indagar como testar a teoria de que só formigas teriam fantasmas, que não é a princípio cientificamente inferior, por tudo que se sabe.

A vantagem seria a comunicação "humana" existir, com fantasmas humanos. Mas, como distinguir isso mesmo de outros fenômenos paranormais/sobrenaturais que se imaginasse causarem os mesmos efeitos? A tentativa de detectar algo deveria ser agnóstica, relgiosamente neutra, nesse aspecto, tratar o suposto fenomeno como algo incógnito dentro de uma caixa preta, e não assumir toda a "teoria" de uma religião ou outra, arbitrariamente.


Mas antes disso viriam métodos para se inferir esses suposos "fenômenos", idealmente em ambientes/metodologias diferentes de "shows de mágica" tal como coreografados nas suas apresentações típicas. Para diminuir margens de erro, isolar variáveis.



O Randi por acaso já lidou com alguma alegação parecida? Quais foram os protocolos que desenvolveram?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 21:36:49
Não sei se o vermelho foi "vermelho paródia", parece que não, porque calho de praticamente concordar com talvez ressalvas muito mínimas. Talvez fosse melhor por em qualquer outra cor para não confundir :hehe:



Eu não acompanhei bem o tópico, e embora concorde com algumas coisas como a metodologia ser enviesada, já ter como quase conclusão a validade exata do kardecismo especificamente em vez de algo mais parcimonioso (e não estou falando "parcimonioso" nem no sentido mais "forte", de qualquer explicação alternativa ao sobrenatural, mas simplesmente em não ser uma validação do espiritismo especificamente), me parece que as coisas estão desandando bastante.

Seria mesmo mais interessante se tentar imaginar essa abordagem de um cético "de mente aberta", que cogitasse a possibilidade de algo do qual não se tem a menor evidência, de fato existir, e como poder obter evidência razoável disso, ou talvez até mesmo, poder rejeitar de forma mais "positiva".

Eu particularmente acho muito difícil imaginar isso, porque é algo do qual na prática não acho que exista evidência que possa ser levada a sério, é preciso uma colher de chá muito grande. De certa forma vejo analogia com se indagar como testar a teoria de que só formigas teriam fantasmas, que não é a princípio cientificamente inferior, por tudo que se sabe.

A vantagem seria a comunicação "humana" existir, com fantasmas humanos. Mas, como distinguir isso mesmo de outros fenômenos paranormais/sobrenaturais que se imaginasse causarem os mesmos efeitos? A tentativa de detectar algo deveria ser agnóstica, relgiosamente neutra, nesse aspecto, tratar o suposto fenomeno como algo incógnito dentro de uma caixa preta, e não assumir toda a "teoria" de uma religião ou outra, arbitrariamente.


Mas antes disso viriam métodos para se inferir esses suposos "fenômenos", idealmente em ambientes/metodologias diferentes de "shows de mágica" tal como coreografados nas suas apresentações típicas. Para diminuir margens de erro, isolar variáveis.



O Randi por acaso já lidou com alguma alegação parecida? Quais foram os protocolos que desenvolveram?

Bukaroo se ler lá no inicio o experimento não busca explicar mas sim testar. Se der certo há uma grande gama de explicações plausíveis, se der errado fica em evidencia que isso não funciona.

De certa forma o experimento é neutro, não fornecendo dados ao médium e não fazendo trapaças para induzi-lo a um caminho errado..

Se ele realmente consegue obter informações de pessoas que estão na frente dele, sem ter dados prévios dessa pessoa, então ele terá que repetir isso tendo eu (e nós) a certeza de que ele não poderia ter adquirido as informações previamente.. Logo se somente um grupo ou uma pessoa selecionar as famílias, então a confiabilidade dos dados serão restritos a essa pessoa.. logo não tem vazamento.. Detalhe: a pessoa que seleciona as famílias não sabe quem é o médium, então não teria como fraudar passando as informações para ele..



Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 21:41:14
Citar
Vários foristas sugeriram mudança no método de pesquisa e o Sandro simplesmente ignorou, disse que não eram pontos frágeis. Daí é que surgiu a psicografia do Alquimista. rs

Agora sou eu quem pergunta. Você está dizendo que os céticos apresentaram alguma coisa que não seja bobagem científica elaborada?

Mas quem está se propondo a um estudo "científico" é ele, os céticos estão apenas apontando as falhas na metodologia e mostrando formas de tornar o experimento o mais imparcial possível, algo que vem sendo sistematicamente rejeitado por ele. Estamos apenas dizendo que se o Sandro pretende fazer um experimento desses, que pelo menos foque em tentar descobrir como os médiuns obtêm informações em vez de simplesmente preencher com argumentum ignorantiam: se eu não sei como ele soube disso, então só pode ter sido por contato com os mortos. :umm:


A realidade é que a menos que os espíritos, por livre arbítrio, resolvam fornecer evidências extraordinárias, não há o que estudar.

Mas meu caro, quem disse que é irrefutável é você.. em momento algum eu digo isso.. alias, tenho dito em outros posts que toda e qualquer coisa é refutável.. O que eu disse e perguntei é: por que ninguém refutou Perandrea? Por que nenhum perito veio e refutou apontando ponto a ponto dos erros dele?

O trabalho dele não prova nada porque a ciência não trabalha com provas e sim com evidências.. O que temos no estudo dele é que existe alguma evidencia de que isso ocorra, ponto. Existem outros casos que comentei mas ainda não geraram artigo..

Sobre o caso do Chico..  O som ou o sentido de Tereza para Teresa é o mesmo.. Felice (que pode ser como se pronuncia ou "Felitchi") é diferente de Felix (de som Felics).... mas tudo bem.. não foi o único ponto que evidenciaria a fraude.. os erros grotescos de confundir o genro como filho e incluir netos que não são de fato ja seriam o suficiente.. O detalhe da cidade também é fundamental, meu avô faleceu a mais de 30 anos e quando convivi com ele foi em outra cidade pois não morei na cidade onde nasci..

Compreende?

Quem disse que era irrefutável foi o próprio Perandrea, e você, mesmo depois de ver os erros grotescos de grafia (tão defensáveis quanto os do Alquimista), ainda acha que só pelo fato de ninguém ter tido o saco de refutar a "análise pericial", ela se torna uma análise digna de se levar a sério. Ora essa, refutar o que? A perícia está errada. Simples.
Se a perícia dele é uma forte evidência digna de ser levada a sério, me diga você por que nenhum cientista quis seguir as pesquisas e ganhar o nobel? Só em se evidenciar a comunicação com espíritos já seria a descoberta do século! Que cientista não gostaria de ser eternizado por isso? Ocorre que eles estão usando seu tempo investigando coisas reais.

E sobre os erros do Alquimista, falta de tempo. Ele está repetindo isso pra ti há várias páginas.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 21:43:48
Bukaroo se ler lá no inicio o experimento não busca explicar mas sim testar. Se der certo há uma grande gama de explicações plausíveis, se der errado fica em evidencia que isso não funciona.

E você está fazendo de tudo para manter aberta essa gama de "explicações plausíveis".
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 21:49:21
Alquimista, numa coisa você acertou bem.. Meu raciocínio falhou pois onde você pegou a informação, ou pegou por algum site que estava errado, talvez de arvore genealógica onde as pessoas montam ou então alguém lhe passou por telefone, amigo ou pessoa qualquer que tenha acesso ao banco de dados de registros etc.. O fato é que se fosse na pesquisa que estou propondo iria dar inicio claro de fraude, pois teríamos preenchido o questionário e o nome não seria o mesmo. Meu pai era genro dele e ele jamais chamaria de filho porque não gostava dele.. rsrsrs.. (detalhe o véi gaiteiro tah até no youtube.. algo mega fácil de achar.. ainda mais depois que achou meus irmãos.. muito fácil)

Em suma você teria errado essas coisas todas e na avaliação dos dados isso soaria como incoerente..

Detalhe importante: você não pode comparar o que você fez com a pesquisa pois pelo método você não teria acesso a isso, no máximo meu primeiro nome do dia e no local, somente isso.. Bom.. se você conseguisse no mínimo esses dados todos eu lhe daria o prêmio medium do Randi de 2016! rs

Sobre o médium que iniciei investigação.. você vai gostar... O cara elabora cartas muito interessantes mas pelo que pude ver são todas pela internet.. Chega a ser fácil, senao trágico.. As pessoas entram em contato com ele pelo facebook e pedem por comunicação para filhos mortos e parentes etc...

Eu ia sugerir a você se fazer de pai cético que perdeu o filho em acidente, onde a mãe quer se matar... Dai você pede uma carta.. Melhor ja fazer um perfil para o pseudo-filho e de preferencia ser de alguém que ja morreu antes.. se ficar muito evidente ele pode suspeitar... Monte um perfil do pai falso e do filho e vincule a alguém conhecido, de preferencia sem perfis na internet. No perfil falso coloque informaçoes diferentes das do verdadeiro... Mas não exagere.. Ah.. cuide com o IP... sei la.. o cara pode saber de onde vem as informações e se ligar...

Não podemos afirmar nada sobre ele ainda.. Apenas investigar e ver se frauda mesmo ou não..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 21:50:36
Bukaroo se ler lá no inicio o experimento não busca explicar mas sim testar. Se der certo há uma grande gama de explicações plausíveis, se der errado fica em evidencia que isso não funciona.

E você está fazendo de tudo para manter aberta essa gama de "explicações plausíveis".

Temos que pensar em todas as hipóteses possíveis..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 18 de Novembro de 2016, 21:53:38
A realidade é que a menos que os espíritos, por livre arbítrio, resolvam fornecer evidências extraordinárias, não há o que estudar.

Realmente é uma hipótese que requer um esforço homérico em boa-vontade.

"Idealmente" você poderia reproduzir o fenômeno de maneira mais regular, e então, perguntar coisas bem objetivas, frias, impessoais, e binárias aos supostos fantasmas (que nem necessariamene seriam fantasmas), e constatar que acertam. Então, dada uma metodologia razoavelmente segura contra fraudes, se teria um fenômeno incontestável, seja lá o que fosse exatamente. Nem deveria precisar ser fantasmas de familiares, poderiam ser desconhecidos no experimento.

Mas... a coisa é tal que os fantasmas são cheios de nove horas, e vai ser tremendamente difícil convencê-los a um cenário desses que prove inambiguamente sua existência, ou, se não são exatamente fantasmas, induzir as pessoas com poderes especiais que parecem superficialmente ser a comunicação com "fantasmas" a manifestá-los também de maneira inambigua.

E, para piorar, em vez de ter se aprimorado essas técnicas e/ou conseguido se alistar fantasmas colaboradores com mais boa-vontade, é o contrário. Antes participavam de shows de mágica, hoje provar sua existência é algo desdenhado como desejo vindo de baixa evolução espiritual.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 21:56:04
Bukaroo se ler lá no inicio o experimento não busca explicar mas sim testar. Se der certo há uma grande gama de explicações plausíveis, se der errado fica em evidencia que isso não funciona.

E você está fazendo de tudo para manter aberta essa gama de "explicações plausíveis".

Temos que pensar em todas as hipóteses possíveis..

Estou dizendo que você está ignorando as precauções que colocam o médium em risco de ser desmascarado. Você parece estar querendo que o experimento "dê certo" para poder preencher o campo "explicações plausíveis" com suas crenças.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 21:59:23
Freya olha que incoerência a sua:

Mas quem está se propondo a um estudo "científico" é ele, os céticos estão apenas apontando as falhas na metodologia e mostrando formas de tornar o experimento o mais imparcial possível, algo que vem sendo sistematicamente rejeitado por ele. Estamos apenas dizendo que se o Sandro pretende fazer um experimento desses, que pelo menos foque em tentar descobrir como os médiuns obtêm informações em vez de simplesmente preencher com argumentum ignorantiam: se eu não sei como ele soube disso, então só pode ter sido por contato com os mortos. :umm:

Como você pode dizer que esta sugerindo algo imparcial se está partindo do pressuposto que eu deveria buscar descobrir como ele frauda?

Po.. rss.. se o teste é ver se ele frauda porque iria buscar respostas para isso?

rss

non sense  :susto:


----

Quem disse que era irrefutável foi o próprio Perandrea, e você, mesmo depois de ver os erros grotescos de grafia (tão defensáveis quanto os do Alquimista), ainda acha que só pelo fato de ninguém ter tido o saco de refutar a "análise pericial", ela se torna uma análise digna de se levar a sério. Ora essa, refutar o que? A perícia está errada. Simples.

O que o Perandrea disse ou não tem pouco valor... Ele deu a visão e opinião dele.. mas isso não muda o estudo...
Se a perícia está errada porque não veio outro perito para demonstrar isso? Esse caso foi muito discutido na época.. O pessoal chegou a levar para a associação de peritos etc.. Ele mesmo levou o caso lá em Brasilia e debateu com os peritos... Se não refutaram é porque não conseguiram.. simples

Se a perícia dele é uma forte evidência digna de ser levada a sério, me diga você por que nenhum cientista quis seguir as pesquisas e ganhar o nobel? Só em se evidenciar a comunicação com espíritos já seria a descoberta do século! Que cientista não gostaria de ser eternizado por isso? Ocorre que eles estão usando seu tempo investigando coisas reais.

Ninguém ganha dinheiro fazendo esse tipo de pesquisa.. Logo poucos se interessam em investir seu tempo para tal.. Mas já disse.. há perícia em grafismos recentes que apontam para o mesmo resultado..


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 22:01:54
Bukaroo se ler lá no inicio o experimento não busca explicar mas sim testar. Se der certo há uma grande gama de explicações plausíveis, se der errado fica em evidencia que isso não funciona.

E você está fazendo de tudo para manter aberta essa gama de "explicações plausíveis".



Estou dizendo que você está ignorando as precauções que colocam o médium em risco de ser desmascarado. Você parece estar querendo que o experimento "dê certo" para poder preencher o campo "explicações plausíveis" com suas crenças.

Então diga claramente onde, no método, isso ocorre... É isso que o Gigaview criticou... é muita falação vaga..
Temos que pensar em todas as hipóteses possíveis..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 22:03:26
A realidade é que a menos que os espíritos, por livre arbítrio, resolvam fornecer evidências extraordinárias, não há o que estudar.

Realmente é uma hipótese que requer um esforço homérico em boa-vontade.

"Idealmente" você poderia reproduzir o fenômeno de maneira mais regular, e então, perguntar coisas bem objetivas, frias, impessoais, e binárias aos supostos fantasmas (que nem necessariamene seriam fantasmas), e constatar que acertam. Então, dada uma metodologia razoavelmente segura contra fraudes, se teria um fenômeno incontestável, seja lá o que fosse exatamente. Nem deveria precisar ser fantasmas de familiares, poderiam ser desconhecidos no experimento.

Mas... a coisa é tal que os fantasmas são cheios de nove horas, e vai ser tremendamente difícil convencê-los a um cenário desses que prove inambiguamente sua existência, ou, se não são exatamente fantasmas, induzir as pessoas com poderes especiais que parecem superficialmente ser a comunicação com "fantasmas" a manifestá-los também de maneira inambigua.

E, para piorar, em vez de ter se aprimorado essas técnicas e/ou conseguido se alistar fantasmas colaboradores com mais boa-vontade, é o contrário. Antes participavam de shows de mágica, hoje provar sua existência é algo desdenhado como desejo vindo de baixa evolução espiritual.

Sim, requer um esforço interdimensional em equipe, contando com a plena colaboração dos mortos e dos vivos.

O problema é que essas nove horas do espíritos são justamente as explicações não verificáveis que os espíritas inventam quando chegam num beco sem saída: os espíritos não têm permissão dos mestre superiores para bater ponto aqui nesse experimento, cujas razões da proibição são desconhecidas (mistérios dos desígnios de deus), e mais um punhado de lorotas.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 22:05:14
Citar
...
Estamos apenas dizendo que se o Sandro pretende fazer um experimento desses, que pelo menos foque em tentar descobrir como os médiuns obtêm informações em vez de simplesmente preencher com argumentum ignorantiam: se eu não sei como ele soube disso, então só pode ter sido por contato com os mortos. :umm:

No início do tópico e na resposta ao Buck acima, está declarado:

Citação de:  Sandro Fontana
Bukaroo se ler lá no inicio o experimento não busca explicar mas sim testar. Se der certo há uma grande gama de explicações plausíveis, se der errado fica em evidencia que isso não funciona.

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 22:14:20
A realidade é que a menos que os espíritos, por livre arbítrio, resolvam fornecer evidências extraordinárias, não há o que estudar.

Realmente é uma hipótese que requer um esforço homérico em boa-vontade.

"Idealmente" você poderia reproduzir o fenômeno de maneira mais regular, e então, perguntar coisas bem objetivas, frias, impessoais, e binárias aos supostos fantasmas (que nem necessariamene seriam fantasmas), e constatar que acertam. Então, dada uma metodologia razoavelmente segura contra fraudes, se teria um fenômeno incontestável, seja lá o que fosse exatamente. Nem deveria precisar ser fantasmas de familiares, poderiam ser desconhecidos no experimento.

Mas... a coisa é tal que os fantasmas são cheios de nove horas, e vai ser tremendamente difícil convencê-los a um cenário desses que prove inambiguamente sua existência, ou, se não são exatamente fantasmas, induzir as pessoas com poderes especiais que parecem superficialmente ser a comunicação com "fantasmas" a manifestá-los também de maneira inambigua.

E, para piorar, em vez de ter se aprimorado essas técnicas e/ou conseguido se alistar fantasmas colaboradores com mais boa-vontade, é o contrário. Antes participavam de shows de mágica, hoje provar sua existência é algo desdenhado como desejo vindo de baixa evolução espiritual.

Sim, requer um esforço interdimensional em equipe, contando com a plena colaboração dos mortos e dos vivos.

O problema é que essas nove horas do espíritos são justamente as explicações não verificáveis que os espíritas inventam quando chegam num beco sem saída: os espíritos não têm permissão dos mestre superiores para bater ponto aqui nesse experimento, cujas razões da proibição são desconhecidas (mistérios dos desígnios de deus), e mais um punhado de lorotas.

Você não entendeu o objetivo da pesquisa. A questão principal é verificar se o médium frauda. Como disse acima, se o médium acerta ou erra é irrelevante mas essa verificação pode revelar procedimentos de fraudes como a revelação de dados erroneamente registrados em fontes acessíveis como sendo dados corretos. Não se trata de investigar a psicografia, a mediunidade ou qualquer outro meio anômalo de obtenção de informações. Talvez, numa segunda pesquisa ele possa ir por esse caminho, mas aqui não é esse o caso.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 22:16:42
O que há de errado com o ceticismo do Sandro?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 22:23:04
O que há de errado com o ceticismo do Sandro?

Cara não sei.. Mas acho que esse feito "papagaio" ocorre em toda a net... O pessoal chega, não lê, pega a historia pela metade.. Ve com quem encaixa o pensamento e ja toma uma postura.. rs..

Isso tem ocorrido exatamente da mesma forma nas escolas invadidas.. Gosto daquele cara do faleimamae... ele chega la e pergunta por que eles estao lá.. dai não sabem ao certo mas repetem que é por causa da "nova lei"... Dai o cara pergunta: Você acha que o governo tem que gastar o que quer ou acha que o governo tem que ter limites para gastar?"

 A resposta: É claro que tem que ter limites!

Dai o cara ironiza: Poxa.. mas é exatamente isso que a PEC quer!

 :o

Realmente alguns estão perdidos.. mas tem solução..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 22:28:07
Como você pode dizer que esta sugerindo algo imparcial se está partindo do pressuposto que eu deveria buscar descobrir como ele frauda?

Po.. rss.. se o teste é ver se ele frauda porque iria buscar respostas para isso?

rss

non sense  :susto:

Navalha de Ocam, conhece?

Supondo que seu médium acerte informações, qual é a explicação mais plausível? Que ele obteve esse dados de alguma forma (algo que é plenamente factível no mundo real, e o Alquimista provou isso), ou que está havendo comunicação com o mundo sobrenatural, este sobre o qual não se tem sequer um evidência observável?

Por isso estamos falando sobre precauções a serem tomadas no experimento, que visem o impedimento da obtenção prévia de informações sobre as famílias dos mortos pelo "médium".

O que o Perandrea disse ou não tem pouco valor... Ele deu a visão e opinião dele.. mas isso não muda o estudo...
Se a perícia está errada porque não veio outro perito para demonstrar isso? Esse caso foi muito discutido na época.. O pessoal chegou a levar para a associação de peritos etc.. Ele mesmo levou o caso lá em Brasilia e debateu com os peritos... Se não refutaram é porque não conseguiram.. simples

E desde quando opinião publicada em periódico científico de universidade tem valor científico??
Que peritos de Brasília não conseguiram refutar? Não me diga que foram peritos do Núcleo de Estudos de Fenômenos Paranormais (NEFP), ligado ao CEAM – Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, da UNB? rsrs


Ninguém ganha dinheiro fazendo esse tipo de pesquisa.. Logo poucos se interessam em investir seu tempo para tal.. Mas já disse.. há perícia em grafismos recentes que apontam para o mesmo resultado..

Como não ganhariam dinheiro sendo os cientistas mais famosos do mundo? rs
E, só por curiosidade, não me diga que essa perita do Sul é, por acaso, do NIETE – Núcleo Interdisciplinar de Estudos Transdisciplinares Sobre Espiritualidade, da  UFRGS? Ou teria algum perito também NUPES - Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde, da UFJF?

Acho engraçado como invocam argumento de autoridade citando núcleos de pesquisas pseudocientíficas, por pseudopesquisadores de universidades tomadas pela pseudagem, como se fosse a posição da comunidade científica. Se é um estudo tão irrefutável, não sei por quê Perandrea não publicou na Nature ou em qualquer revista respeitável.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 22:29:06
Citar
Então diga claramente onde, no método, isso ocorre... É isso que o Gigaview criticou... é muita falação vaga..
Temos que pensar em todas as hipóteses possíveis..

A resposta exige um tipo de esforço mental que os céticos não estão habituados.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 22:31:22
Você não entendeu o objetivo da pesquisa. A questão principal é verificar se o médium frauda. Como disse acima, se o médium acerta ou erra é irrelevante mas essa verificação pode revelar procedimentos de fraudes como a revelação de dados erroneamente registrados em fontes acessíveis como sendo dados corretos. Não se trata de investigar a psicografia, a mediunidade ou qualquer outro meio anômalo de obtenção de informações. Talvez, numa segunda pesquisa ele possa ir por esse caminho, mas aqui não é esse o caso.[/color]

Ué, o problema está justamente aí, ele não quer enxergar que a forma como está organizando a pesquisa deixa brechas para que o "médium" obtenha as informações previamente. Essa foi a divergência entre ele e o Alquimista.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 22:33:26
Como você pode dizer que esta sugerindo algo imparcial se está partindo do pressuposto que eu deveria buscar descobrir como ele frauda?

Po.. rss.. se o teste é ver se ele frauda porque iria buscar respostas para isso?

rss

non sense  :susto:

Navalha de Ocam, conhece?

Supondo que seu médium acerte informações, qual é a explicação mais plausível? Que ele obteve esse dados de alguma forma (algo que é plenamente factível no mundo real, e o Alquimista provou isso), ou que está havendo comunicação com o mundo sobrenatural, este sobre o qual não se tem sequer um evidência observável?

Por isso estamos falando sobre precauções a serem tomadas no experimento, que visem o impedimento da obtenção prévia de informações sobre as famílias dos mortos pelo "médium".

O que o Perandrea disse ou não tem pouco valor... Ele deu a visão e opinião dele.. mas isso não muda o estudo...
Se a perícia está errada porque não veio outro perito para demonstrar isso? Esse caso foi muito discutido na época.. O pessoal chegou a levar para a associação de peritos etc.. Ele mesmo levou o caso lá em Brasilia e debateu com os peritos... Se não refutaram é porque não conseguiram.. simples

E desde quando opinião publicada em periódico científico de universidade tem valor científico??
Que peritos de Brasília não conseguiram refutar? Não me diga que foram peritos do Núcleo de Estudos de Fenômenos Paranormais (NEFP), ligado ao CEAM – Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, da UNB? rsrs

Se a perícia dele é uma forte evidência digna de ser levada a sério, me diga você por que nenhum cientista quis seguir as pesquisas e ganhar o nobel? Só em se evidenciar a comunicação com espíritos já seria a descoberta do século! Que cientista não gostaria de ser eternizado por isso? Ocorre que eles estão usando seu tempo investigando coisas reais.

Ninguém ganha dinheiro fazendo esse tipo de pesquisa.. Logo poucos se interessam em investir seu tempo para tal.. Mas já disse.. há perícia em grafismos recentes que apontam para o mesmo resultado..

Como não ganhariam dinheiro sendo os cientistas mais famosos do mundo? rs
E, só por curiosidade, não me diga que essa perita do Sul é, por acaso, do NIETE – Núcleo Interdisciplinar de Estudos Transdisciplinares Sobre Espiritualidade, da  UFRGS? Ou teria algum perito também NUPES - Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde, da UFJF?

Acho engraçado como invocam argumento de autoridade citando núcleos de pesquisas pseudocientíficas, por pseudopesquisadores de universidades tomadas pela pseudagem, como se fosse a posição da comunidade científica. Se é um estudo tão irrefutável, não sei por quê Perandrea não publicou na Nature ou em qualquer revista respeitável.

Quem está querendo uma explicação plausível é você. A pesquisa não "enxerga" o que poderia se chamar de fenômeno.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 22:37:57
Você não entendeu o objetivo da pesquisa. A questão principal é verificar se o médium frauda. Como disse acima, se o médium acerta ou erra é irrelevante mas essa verificação pode revelar procedimentos de fraudes como a revelação de dados erroneamente registrados em fontes acessíveis como sendo dados corretos. Não se trata de investigar a psicografia, a mediunidade ou qualquer outro meio anômalo de obtenção de informações. Talvez, numa segunda pesquisa ele possa ir por esse caminho, mas aqui não é esse o caso.[/color]

Ué, o problema está justamente aí, ele não quer enxergar que a forma como está organizando a pesquisa deixa brechas para que o "médium" obtenha as informações previamente. Essa foi a divergência entre ele e o Alquimista.

Não. Ele veio aqui pedir a participação dos céticos na pesquisa, como parte integrante da metodologia que ele idealizou e está acolhendo sugestões para controles que possam detectar fraude. Eu mesmo sugeri inúmeros controles e procedimentos com esse objetivo.

Parece que você não leu o tópico todo.

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 22:42:00

Navalha de Ocam, conhece?

Supondo que seu médium acerte informações, qual é a explicação mais plausível? Que ele obteve esse dados de alguma forma (algo que é plenamente factível no mundo real, e o Alquimista provou isso), ou que está havendo comunicação com o mundo sobrenatural, este sobre o qual não se tem sequer um evidência observável?

Por isso estamos falando sobre precauções a serem tomadas no experimento, que visem o impedimento da obtenção prévia de informações sobre as famílias dos mortos pelo "médium".

Qualquer pesquisador conhece a Navalha de Occam... mas não se trata disso.. Você está preocupado com algo que nem esta se cogitando ainda.. ou seja... a explicação..  De repente não terá nada disso... pode ficar evidente que não tem nada de informação..

Se der certo pode-se debater como surgiram..



Citar
E desde quando opinião publicada em periódico científico de universidade tem valor científico??
Que peritos de Brasília não conseguiram refutar? Não me diga que foram peritos do Núcleo de Estudos de Fenômenos Paranormais (NEFP), ligado ao CEAM – Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, da UNB? rsrs

Não meu caro.. foi num encontro brasileiro de peritos em grafoscopia.. Logo os mais gabaritados para questionar Perandrea.. Sei que alguns não concordaram mas o fato de não concordar e demonstrar é algo bem diferente...

Citar
Como não ganhariam dinheiro sendo os cientistas mais famosos do mundo? rs
E, só por curiosidade, não me diga que essa perita do Sul é, por acaso, do NIETE – Núcleo Interdisciplinar de Estudos Transdisciplinares Sobre Espiritualidade, da  UFRGS? Ou teria algum perito também NUPES - Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde, da UFJF?

Não..  é do IGP.. ela está aposentada agora... creio que ha uns 3 anos.. mas ela iniciou o trabalho em 2011.

item 11 - http://www.igp.rs.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=22&Itemid=35


Citar
Acho engraçado como invocam argumento de autoridade citando núcleos de pesquisas pseudocientíficas, por pseudopesquisadores de universidades tomadas pela pseudagem, como se fosse a posição da comunidade científica. Se é um estudo tão irrefutável, não sei por quê Perandrea não publicou na Nature ou em qualquer revista respeitável.

Meu.. você escreve tanta coisa absurda que deveria sentir vergonha.. Não consegue nem ler direito.. coloquei o link la para se situar, ja que não dá para desenhar..

Outro detalhe.. você continua insistindo que o teste é irrefutável.. Mais uma vez.. Em ciência nada é irrefutável.. Se Perandrea se posicionou dessa forma, algo que não me lembro, inclusive quando conversei com ele na época, foi talvez referindo-se a outros peritos. Ele me pareceu bem confiante da análise e embasou bem dentro da ciência forense.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 22:42:18
Quem está querendo uma explicação plausível é você. A pesquisa não "enxerga" o que poderia se chamar de fenômeno.

Gigaview, veja bem: ele está se propondo a fazer um teste que detecte fraude por parte do médium, mas se recusa a admitir as falhas do método e reconhecer que é possível, sim, obter informações facilmente, conforme o Alquimista demonstrou rapidamente, principalmente com essa antecedência toda que ele está dando ao médium.

Agora me diga: onde está o ceticismo e a imparcialidade?
O próximo passo previsível é ele confirmar que não houve fraude e cogitar a existência de comunicação psicográfica como uma "explicação plausível", conforme ele mesmo diz.

PS: verde esperança, na esperança de que compreenda a crítica ao "ceticismo" do Sandro.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 22:44:40
Você não entendeu o objetivo da pesquisa. A questão principal é verificar se o médium frauda. Como disse acima, se o médium acerta ou erra é irrelevante mas essa verificação pode revelar procedimentos de fraudes como a revelação de dados erroneamente registrados em fontes acessíveis como sendo dados corretos. Não se trata de investigar a psicografia, a mediunidade ou qualquer outro meio anômalo de obtenção de informações. Talvez, numa segunda pesquisa ele possa ir por esse caminho, mas aqui não é esse o caso.[/color]

Ué, o problema está justamente aí, ele não quer enxergar que a forma como está organizando a pesquisa deixa brechas para que o "médium" obtenha as informações previamente. Essa foi a divergência entre ele e o Alquimista.

Não. Ele veio aqui pedir a participação dos céticos na pesquisa, como parte integrante da metodologia que ele idealizou e está acolhendo sugestões para controles que possam detectar fraude. Eu mesmo sugeri inúmeros controles e procedimentos com esse objetivo.

Parece que você não leu o tópico todo.



E desprezou a maioria delas.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 22:45:48
Você não entendeu o objetivo da pesquisa. A questão principal é verificar se o médium frauda. Como disse acima, se o médium acerta ou erra é irrelevante mas essa verificação pode revelar procedimentos de fraudes como a revelação de dados erroneamente registrados em fontes acessíveis como sendo dados corretos. Não se trata de investigar a psicografia, a mediunidade ou qualquer outro meio anômalo de obtenção de informações. Talvez, numa segunda pesquisa ele possa ir por esse caminho, mas aqui não é esse o caso.[/color]

Ué, o problema está justamente aí, ele não quer enxergar que a forma como está organizando a pesquisa deixa brechas para que o "médium" obtenha as informações previamente. Essa foi a divergência entre ele e o Alquimista.

Diga (mais uma vez pedindo) onde está a brecha no método? Seja claro e específico.

O Alquimista demonstrou o que eu ja havia falado em topicos anteriores, que era fácil achar informações na internet mas que elas nem sempre surgem corretamente e por isso tem um médium dito como fraudulento.. O médium fraudulento erra exatamente nas coisas que o Alquimista errou.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 22:48:49
Você não entendeu o objetivo da pesquisa. A questão principal é verificar se o médium frauda. Como disse acima, se o médium acerta ou erra é irrelevante mas essa verificação pode revelar procedimentos de fraudes como a revelação de dados erroneamente registrados em fontes acessíveis como sendo dados corretos. Não se trata de investigar a psicografia, a mediunidade ou qualquer outro meio anômalo de obtenção de informações. Talvez, numa segunda pesquisa ele possa ir por esse caminho, mas aqui não é esse o caso.[/color]

Ué, o problema está justamente aí, ele não quer enxergar que a forma como está organizando a pesquisa deixa brechas para que o "médium" obtenha as informações previamente. Essa foi a divergência entre ele e o Alquimista.

Não. Ele veio aqui pedir a participação dos céticos na pesquisa, como parte integrante da metodologia que ele idealizou e está acolhendo sugestões para controles que possam detectar fraude. Eu mesmo sugeri inúmeros controles e procedimentos com esse objetivo.

Parece que você não leu o tópico todo.



E desprezou a maioria delas.

Não desprezei, não deve ter lido.. Inclusive eu inclui um questionário pra eliminar a efeito Forer sugerido... Com o questionário as informações poderão ser verificadas uma a uma por um juiz, que pode ser o próprio grupo que selecionou as famílias.. não pode ser eu porque posso estar induzido pela minha visão.

Algumas sugestões são interessantes mas não vejo como necessárias num primeiro momento pois não ficou clara nenhuma critica sobre onde pode haver um vazamento de informação.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 22:55:50
Citar
Acho engraçado como invocam argumento de autoridade citando núcleos de pesquisas pseudocientíficas, por pseudopesquisadores de universidades tomadas pela pseudagem, como se fosse a posição da comunidade científica. Se é um estudo tão irrefutável, não sei por quê Perandrea não publicou na Nature ou em qualquer revista respeitável.



E desde quando toda "pseudociência" precisa ser bobagem? A alquimia é uma pseudociência com enormes contribuições para a química. A astronomia de posição ainda usa o recurso mnemônico do zodíaco astrológico para ensinar a posição dos astros para as pessoas. Um princípio básico da homeopatia foi utilizado para o desenvolvimento dos soros antiofídicos.

E quantos avanços científicos importantes deixaram de ser publicados em revistas indexados com peer review? Você acha que o desenvolvimento da vacina da gripe aviária teve tempo para publicação e discussão? E quando os avanços são cercados de interesses comerciais, patentes e direitos internacionais?

Existe muito exagero nessa abordagem de que só porque não saiu na Nature é bobagem.

Que tal isso? http://www.nature.com/nature/journal/v251/n5476/abs/251602a0.html


A propósito, procure Nature Vol. 254 Pages 470-473 - você vai achar Uri Geller sendo validado. Lembra dele?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 23:02:26
De repente não terá nada disso... pode ficar evidente que não tem nada de informação..

Se der certo pode-se debater como surgiram..

Só que você parece estar ignorando partes importantes para que o experimento "dê certo" e você possa pular para a etapa das especulações, entende?

Não meu caro.. foi num encontro brasileiro de peritos em grafoscopia.. Logo os mais gabaritados para questionar Perandrea.. Sei que alguns não concordaram mas o fato de não concordar e demonstrar é algo bem diferente...

Se uma junta de peritos não chegou a um consenso, como não foi refutado? O perito tem o conhecimento técnico para dizer se é verdadeira ou falsa uma grafia, se alguns acham que era falsa e outros acham que é verdadeira, não há consenso, é INCONCLUSIVO. Logo, não vale PN esse estudo do Pandrea, seria inconclusivo e por isso JAMAIS poderia ser anunciado como um estudo que demonstra a autenticidade da grafia da morta, afirmar isso seria desonestidade, mentira, pseudagem pura.

Outro detalhe.. você continua insistindo que o teste é irrefutável..

Foi você quem disse que a junta pericial não foi capaz de refutar.

"Ele mesmo levou o caso lá em Brasilia e debateu com os peritos... Se não refutaram é porque não conseguiram.. simples"
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 23:05:40
Citar
Acho engraçado como invocam argumento de autoridade citando núcleos de pesquisas pseudocientíficas, por pseudopesquisadores de universidades tomadas pela pseudagem, como se fosse a posição da comunidade científica. Se é um estudo tão irrefutável, não sei por quê Perandrea não publicou na Nature ou em qualquer revista respeitável.



E desde quando toda "pseudociência" precisa ser bobagem? A alquimia é uma pseudociência com enormes contribuições para a química. A astronomia de posição ainda usa o recurso mnemônico do zodíaco astrológico para ensinar a posição dos astros para as pessoas. Um princípio básico da homeopatia foi utilizado para o desenvolvimento dos soros antiofídicos.

E quantos avanços científicos importantes deixaram de ser publicados em revistas indexados com peer review? Você acha que o desenvolvimento da vacina da gripe aviária teve tempo para publicação e discussão? E quando os avanços são cercados de interesses comerciais, patentes e direitos internacionais?

Existe muito exagero nessa abordagem de que só porque não saiu na Nature é bobagem.

Que tal isso? http://www.nature.com/nature/journal/v251/n5476/abs/251602a0.html


A propósito, procure Nature Vol. 254 Pages 470-473 - você vai achar Uri Geller sendo validado. Lembra dele?


Nossa meu.. você me surpreende sendo um advogado do diabo daqueles.. Vi um verdadeiro cético ai.. Aquele que tem sua opinião mas consegue manter uma boa mente aberta.. isso é um trabalho constante.. faço isso sempre para não me tornar um religioso dogmático rss

Eu recomendaria ao jovem o livro "Uma breve historia da ciência"... Lá o autor (William Bynum) discorre exatamente sobre casos que você exemplifica.. Ao exemplo, de se colocar fatia de pão sobre ferimentos, que depois descobriram relação com penicilina... As ondas eletromagnéticas que eram tidas como besteira pura.. e depois se demonstrou eficaz para transmitir e receber informações..  E por ai vai.. propulsão no vácuo, microondas.. rs..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 23:08:30
De repente não terá nada disso... pode ficar evidente que não tem nada de informação..

Se der certo pode-se debater como surgiram..

Só que você parece estar ignorando partes importantes para que o experimento "dê certo" e você possa pular para a etapa das especulações, entende?

Não meu caro.. foi num encontro brasileiro de peritos em grafoscopia.. Logo os mais gabaritados para questionar Perandrea.. Sei que alguns não concordaram mas o fato de não concordar e demonstrar é algo bem diferente...

Se uma junta de peritos não chegou a um consenso, como não foi refutado? O perito tem o conhecimento técnico para dizer se é verdadeira ou falsa uma grafia, se alguns acham que era falsa e outros acham que é verdadeira, não há consenso, é INCONCLUSIVO. Logo, não vale PN esse estudo do Pandrea, seria inconclusivo e por isso JAMAIS poderia ser anunciado como um estudo que demonstra a autenticidade da grafia da morta, afirmar isso seria desonestidade, mentira, pseudagem pura.

Outro detalhe.. você continua insistindo que o teste é irrefutável..

Foi você quem disse que a junta pericial não foi capaz de refutar.

"Ele mesmo levou o caso lá em Brasilia e debateu com os peritos... Se não refutaram é porque não conseguiram.. simples"

Que partes estou ignorando? Seja claro.. (pela enésima vez)...

Sobre o Perandrea.. Nada é irrefutável.. mas vou fazer o que se os outros peritos não conseguira refutar?.. Concordar ou não, não tem nada a ver com refutar algo...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 18 de Novembro de 2016, 23:09:21

Vou contar, brevemente, de um experimento que fizemos com médiuns ditos videntes. Analise o método simples e me diga onde pode ter vazamento de informação:

1) num primeiro teste nós convidamos uma médium dita vidente. Então ela teria que dizer qual(is) garrafa(s), das 10, teria passado por um passe em CE.. (em tese essa amostra(s) estaria fluidificada ou com alguma "cor").
O experimentador já havia numerado previamente as garrafas e escolheu aleatoriamente a quais e quantas iria fazer.
Levou até a médium e ela acertou 8 das 10. (chance de 1 / 1024)


Não sei se eu entendi direito.

Pareceu que vocês levaram 10 garrafas até um médium, onde apenas uma continha água fluidificada, e pediram então ao médium que indicasse qual seria a garrafa com a água fluidificada.

Então repetiram este procedimento 10 vezes e o médium teria acertado em oito das dez.

Foi isso?

Bom, foi isso que entendi da sua descrição. Mas nesse caso, de onde você tirou essa probabilidade de 1 / 1024 ?

A chance seria bem menor.

A chance do médium acertar EXATAMENTE 8 vezes em 10 seria aproximadamente de 1 em 2.743.484

A chance do médium acertar PELO MENOS 8 vezes em 10 seria aproximadamente de 1 em 2.676.659

O raciocínio correto é:

A pessoa, selecionando ao acaso, tem 1/10 de chance de acertar e 9/10 de chance de errar.

Veja, as probabilidades se multiplicam neste caso. Se ele acertasse duas vezes seguidas a probabilidade seria de 1/10 x 1/10 = 1/100

Se ele acertasse a primeira vez e errasse na segunda, a probabilidade desse resultado seria 1/10 x 9/10 . O mesma probabilidade para o caso dele errar na primeira e acertar na segunda.

Mas se o médium acertou 8 vezes e errou 2 então a probabilidade disso acontecer em qualquer sequência é (1 /108) x ( 9² / 10² ) = 81 / 10¹°

Em 10 repetições do experimento há 45 diferentes  sequências possíveis em que ele poderia acertar 8 e errar 2. Então a probabilidade é (45 x 81) / 10¹°

45 = 10! / (8! x 2!)

Essa é a probabilidade para exatamente 8 acertos e 2 erros. Para encontrar a probabilidade para pelo menos   8 acertos basta somar a esse resultado anterior também as probabilidades calculadas para exatamente 9 acertos e exatamente 10 acertos. Utilizando o mesmo raciocínio executado para exatamente 8 acertos e 2 erros.

Sendo que há 10 sequências possíveis para exatamente 9 acertos e uma única sequência para acertar todas as dez vezes consecutivas.

Agora, você pergunta se há alguma maneira de fraudar este experimento...

Bom, talvez existam muitas formas que eu não consiga imaginar porque não sou inteligente o bastante, ou criativo o bastante, ou interessado o bastante. Mas há pelo menos uma maneira óbvia: é a própria equipe de pesquisa fraudando o experimento.

E isso VOCÊ sabe que não fez. Mas os outros não têm como saber.

E esse é o problema que eu vejo quando você diz que esse tipo de experimento é independentemente reproduzível. Não me parece que seja exatamente o caso.

Se eu, por exemplo, estiver duvidando desse resultado e resolvo testar por mim mesmo, então eu escolho um médium e também um centro espírita para fluidificar a água, e repito os procedimentos descritos. Ok?

Vamos supor então que com o "meu" médium obtenho apenas 5% de acertos.

Qual a conclusão?

NENHUMA CONCLUSÃO! Porque você pode alegar que, ou o médium que eu escolhi era uma fraude, ou ele não estava em "um bom dia", ou até mesmo que quem "fluidificou" a água não tinha os poderes necessários para isso.

E um experimento científico que não é conclusivo por definição não é um experimento científico.





Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 23:12:11
Citar
Acho engraçado como invocam argumento de autoridade citando núcleos de pesquisas pseudocientíficas, por pseudopesquisadores de universidades tomadas pela pseudagem, como se fosse a posição da comunidade científica. Se é um estudo tão irrefutável, não sei por quê Perandrea não publicou na Nature ou em qualquer revista respeitável.



E desde quando toda "pseudociência" precisa ser bobagem? A alquimia é uma pseudociência com enormes contribuições para a química. A astronomia de posição ainda usa o recurso mnemônico do zodíaco astrológico para ensinar a posição dos astros para as pessoas. Um princípio básico da homeopatia foi utilizado para o desenvolvimento dos soros antiofídicos.

E quantos avanços científicos importantes deixaram de ser publicados em revistas indexados com peer review? Você acha que o desenvolvimento da vacina da gripe aviária teve tempo para publicação e discussão? E quando os avanços são cercados de interesses comerciais, patentes e direitos internacionais?

Existe muito exagero nessa abordagem de que só porque não saiu na Nature é bobagem.

Que tal isso? http://www.nature.com/nature/journal/v251/n5476/abs/251602a0.html


A propósito, procure Nature Vol. 254 Pages 470-473 - você vai achar Uri Geller sendo validado. Lembra dele?


O problema não é a alquimia ou a homeopatia, o problema é insistir em usá-las quando se tem, hoje em dia, instrumentos sabidamente mais eficazes em química e farmácia.

Sim, muito conhecimento científico surge de erros e equívocos, aliás, a ciência trabalha na base da tentativa e erro, sempre se autocorrigindo. Mas para que a incidência de erros seja a menor possível, é necessário seguir certos métodos que minimizem essa possibilidade, algo que o Sandro está se recusando a enxergar no caso em tela.

Obviamente que estudos não precisam ser publicados em revistas de renome para serem levados a sério, muito embora a grande maioria dos estudos realmente sérios seja publicada nelas; muitas vezes só se descobrem erros de metodologia anos depois de termos certas premissas como verdadeiras. Mas, se mesmo assim, como todo rigor metodológico e sabatina da comunidade científica os erros e a pseudagem ocorrem, imagina sem esse mínimo cuidado.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Micrômegas em 18 de Novembro de 2016, 23:14:46

Bukaroo se ler lá no inicio o experimento não busca explicar mas sim testar. Se der certo há uma grande gama de explicações plausíveis, se der errado fica em evidencia que isso não funciona.

De certa forma o experimento é neutro, não fornecendo dados ao médium e não fazendo trapaças para induzi-lo a um caminho errado..

Se ele realmente consegue obter informações de pessoas que estão na frente dele, sem ter dados prévios dessa pessoa, então ele terá que repetir isso tendo eu (e nós) a certeza de que ele não poderia ter adquirido as informações previamente.. Logo se somente um grupo ou uma pessoa selecionar as famílias, então a confiabilidade dos dados serão restritos a essa pessoa.. logo não tem vazamento.. Detalhe: a pessoa que seleciona as famílias não sabe quem é o médium, então não teria como fraudar passando as informações para ele..



Olá Sandro Fontana

Me parece um trabalho bastante difícil provar experiências pessoais, porque mesmo que as testemunhas digam que o médium acertou, fica provado apenas para as testemunhas que o médium acertou. Mas como você pretende provar para o meio científico que as testemunhas estão dizendo a verdade?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 23:19:50

Vou contar, brevemente, de um experimento que fizemos com médiuns ditos videntes. Analise o método simples e me diga onde pode ter vazamento de informação:

1) num primeiro teste nós convidamos uma médium dita vidente. Então ela teria que dizer qual(is) garrafa(s), das 10, teria passado por um passe em CE.. (em tese essa amostra(s) estaria fluidificada ou com alguma "cor").
O experimentador já havia numerado previamente as garrafas e escolheu aleatoriamente a quais e quantas iria fazer.
Levou até a médium e ela acertou 8 das 10. (chance de 1 / 1024)


Não sei se eu entendi direito.

Pareceu que vocês levaram 10 garrafas até um médium, onde apenas uma continha água fluidificada, e pediram então ao médium que indicasse qual seria a garrafa com a água fluidificada.

Então repetiram este procedimento 10 vezes e o médium teria acertado em oito das dez.

Foi isso?

Bom, foi isso que entendi da sua descrição. Mas nesse caso, de onde você tirou essa probabilidade de 1 / 1024 ?

A chance seria bem menor.

A chance do médium acertar EXATAMENTE 8 vezes em 10 seria aproximadamente de 1 em 2.743.484

A chance do médium acertar PELO MENOS 8 vezes em 10 seria aproximadamente de 1 em 2.676.659

O raciocínio correto é:

A pessoa, selecionando ao acaso, tem 1/10 de chance de acertar e 9/10 de chance de errar.

Veja, as probabilidades se multiplicam neste caso. Se ele acertasse duas vezes seguidas a probabilidade seria de 1/10 x 1/10 = 1/100

Se ele acertasse a primeira vez e errasse na segunda, a probabilidade desse resultado seria 1/10 x 9/10 . O mesma probabilidade para o caso dele errar na primeira e acertar na segunda.

Mas se o médium acertou 8 vezes e errou 2 então a probabilidade disso acontecer em qualquer sequência é (1 /108) x ( 9² / 10² ) = 81 / 10¹°

Em 10 repetições do experimento há 45 diferentes  sequências possíveis em que ele poderia acertar 8 e errar 2. Então a probabilidade é (45 x 81) / 10¹°

45 = 10! / (8! x 2!)

Essa é a probabilidade para exatamente 8 acertos e 2 erros. Para encontrar a probabilidade para pelo menos   8 acertos basta somar a esse resultado anterior também as probabilidades calculadas para exatamente 9 acertos e exatamente 10 acertos. Utilizando o mesmo raciocínio executado para exatamente 8 acertos e 2 erros.

Sendo que há 10 sequências possíveis para exatamente 9 acertos e uma única sequência para acertar todas as dez vezes consecutivas.

Agora, você pergunta se há alguma maneira de fraudar este experimento...

Bom, talvez existam muitas formas que eu não consiga imaginar porque não sou inteligente o bastante, ou criativo o bastante, ou interessado o bastante. Mas há pelo menos uma maneira óbvia: é a própria equipe de pesquisa fraudando o experimento.

E isso VOCÊ sabe que não fez. Mas os outros não têm como saber.

E esse é o problema que eu vejo quando você diz que esse tipo de experimento é independentemente reproduzível. Não me parece que seja exatamente o caso.

Se eu, por exemplo, estiver duvidando desse resultado e resolvo testar por mim mesmo, então eu escolho um médium e também um centro espírita para fluidificar a água, e repito os procedimentos descritos. Ok?

Vamos supor então que com o "meu" médium obtenho apenas 5% de acertos.

Qual a conclusão?

NENHUMA CONCLUSÃO! Porque você pode alegar que, ou o médium que eu escolhi era uma fraude, ou ele não estava em "um bom dia", ou até mesmo que quem "fluidificou" a água não tinha os poderes necessários para isso.

E um experimento científico que não é conclusivo por definição não é um experimento científico.

Olá Pedro.. obrigado pela colaboração.. mas não foi isso não.. tvz eu tenha me expressado errado..

Nós pegamos 10 garrafas e dai uma terceira pessoa iria escolher quantas e quais ela quisesse para mandar tomar um passe no centro espirita.

Por exemplo, ela escolheu, na primeira rodada, as garrafas 3,4,8 e 9 (não me lembro ao certo quais eram)...

Então colocamos na frente da médium as 10 garrafas e ela tinha que dizer quais delas apresentava algum tipo de luz ou cor "espiritual" (sic termo do médium)..

Cada garrafa, teoricamente poderia estar ou não fluidificada, ou seja, uma opção binária que acumulada no total daria 2ˆ10...

Ela acertou 8 e errou duas..


o mesmo índice se manteve em outras 2 rodadas alem dessa executada.. Me ajude se errei na probabilidade..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 23:24:24
Que partes estou ignorando? Seja claro.. (pela enésima vez)...

Sobre o Perandrea.. Nada é irrefutável.. mas vou fazer o que se os outros peritos não conseguira refutar?.. Concordar ou não, não tem nada a ver com refutar algo...

Você está ignorando muitas variáveis importantes dessa equação.
As diversas maneiras através das quais o médium pode saber quem serão as famílias selecionadas nos centros, o tempo que ele vai ter para fazer uma boa pesquisa e coletar dados relevantes, o efeito forer da família sensível por uma morte recente, enfim... tudo que já foi mencionado nesse tópico, além das dicas sobre como testar informações que dificilmente ele teria como obter e que você simplesmente julga uma precaução irrelevante/inútil, mas que podem fazer toda a diferença no resultado do seu experimento.

E sobre o Perandrea, se ele afirma que demonstrou através de um estudo que a grafia do bilhete é de fato da morta, quem tem que provar essa alegação é ele. E se uma junta pericial analisa e discorda dessa afirmação, logo refutada está a afirmação dele pois, no máximo, esse estudo seria inconclusivo.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 23:25:00
Citar
Só que você parece estar ignorando partes importantes para que o experimento "dê certo" e você possa pular para a etapa das especulações, entende?



E daí se a pesquisa não detectar fraude, apesar de uma metodologia e controles perfeitos desenvolvidos e praticados com a participação e supervisão de céticos e mágicos?  E daí se a pesquisa sugerir que as informações foram obtidas anomalisticamente? Você não acha que investigações futuras não podem abraçar hipóteses "extraordinárias" dentre elas a possibilidade de estar lidando com inteligências de "pós-humanos", que poderia culminar no reconhecimento de um plano espiritual?




Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 23:25:37
Pedro

Ah acrescento.. como eu não sabia nem a medium eu poderia supor coisas diferentes.. Eu, por exemplo, teria mandando fluidificar umas 5 ou 8 garrafas.. mas o auxiliar (que por sinal não acredita nessas coisas) que nos ajudou selecionou apenas duas.. mas poderiam ter sido quantas ele desejasse.. Em termos probabilisticos o acaso fica muito inferior ao que você tinha entendido..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 18 de Novembro de 2016, 23:31:30
Que partes estou ignorando? Seja claro.. (pela enésima vez)...

Sobre o Perandrea.. Nada é irrefutável.. mas vou fazer o que se os outros peritos não conseguira refutar?.. Concordar ou não, não tem nada a ver com refutar algo...

Você está ignorando muitas variáveis importantes dessa equação.
As diversas maneiras através das quais o médium pode saber quem serão as famílias selecionadas nos centros, o tempo que ele vai ter para fazer uma boa pesquisa e coletar dados relevantes, o efeito forer da família sensível por uma morte recente, enfim... tudo que já foi mencionado nesse tópico, além das dicas sobre como testar informações que dificilmente ele teria como obter e que você simplesmente julga uma precaução irrelevante/inútil, mas que podem fazer toda a diferença no resultado do seu experimento.

E sobre o Perandrea, se ele afirma que demonstrou através de um estudo que a grafia do bilhete é de fato da morta, quem tem que provar essa alegação é ele. E se uma junta pericial analisa e discorda dessa afirmação, logo refutada está a afirmação dele pois, no máximo, esse estudo seria inconclusivo.

Caro Freya.. quanto mais leio o que você escreve mais tenho certeza de que você não sabe o que diz..

Releia o método.. As famílias serão escolhidas por um grupo a parte.. Somente esse grupo saberá quem são.. O médium os verá no momento da sessão... Eu não saberei quem são as famílias..  O grupo que auxilia não saberá quem é o médium.. Somente eu saberei o local e será informado na hora da sessão..

"Você está ignorando muitas variáveis importantes dessa equação." Quais são elas exatamente? (pela enezezima vez)

No caso do Perandrea: Para ele ficou evidente o resultado da perícia.. Você ja a leu por completo? Cabe agora a quem não concorda expor os argumentos e refutar..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 23:44:31
Citar
Acho engraçado como invocam argumento de autoridade citando núcleos de pesquisas pseudocientíficas, por pseudopesquisadores de universidades tomadas pela pseudagem, como se fosse a posição da comunidade científica. Se é um estudo tão irrefutável, não sei por quê Perandrea não publicou na Nature ou em qualquer revista respeitável.



E desde quando toda "pseudociência" precisa ser bobagem? A alquimia é uma pseudociência com enormes contribuições para a química. A astronomia de posição ainda usa o recurso mnemônico do zodíaco astrológico para ensinar a posição dos astros para as pessoas. Um princípio básico da homeopatia foi utilizado para o desenvolvimento dos soros antiofídicos.

E quantos avanços científicos importantes deixaram de ser publicados em revistas indexados com peer review? Você acha que o desenvolvimento da vacina da gripe aviária teve tempo para publicação e discussão? E quando os avanços são cercados de interesses comerciais, patentes e direitos internacionais?

Existe muito exagero nessa abordagem de que só porque não saiu na Nature é bobagem.

Que tal isso? http://www.nature.com/nature/journal/v251/n5476/abs/251602a0.html


A propósito, procure Nature Vol. 254 Pages 470-473 - você vai achar Uri Geller sendo validado. Lembra dele?


O problema não é a alquimia ou a homeopatia, o problema é insistir em usá-las quando se tem, hoje em dia, instrumentos sabidamente mais eficazes em química e farmácia.

Sim, muito conhecimento científico surge de erros e equívocos, aliás, a ciência trabalha na base da tentativa e erro, sempre se autocorrigindo. Mas para que a incidência de erros seja a menor possível, é necessário seguir certos métodos que minimizem essa possibilidade, algo que o Sandro está se recusando a enxergar no caso em tela.

Obviamente que estudos não precisam ser publicados em revistas de renome para serem levados a sério, embora a grande dos estudos realmente sérios seja publicado nelas; muitas vezes só se descobrem erros de metodologia anos depois de termos certas premissas como verdadeiras. Mas, se mesmo assim, como todo rigor metodológico e sabatina da comunidade científica os erros e a pseudagem ocorrem, imagina sem esse mínimo cuidado.

Apesar de todos os avanços da farmacologia, as pessoas ainda são curadas pelo efeito placebo. E isso é cientificamente constatado. A Ciência demora décadas para desenvolver um remédio poderoso que é vencido por uma bala de farinha. Lógico que a existem métodos melhores, mais eficazes, etc, mas não invalide a possibilidade de meios alternativos, as vezes com a mesmas propriedades, porém claramente pseudocientíficos possam ter o mesmo resultado. O uso de um chá de salgueiro para acabar com a dor de cabeça é pseudocientífico mas sintetizar a aspirina a partir da casca do salgueiro em laboratório é científico. Percebe?

Então, quais são os métodos que o Sandro deve seguir?








Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 23:46:05
Você não acha que investigações futuras não podem abraçar hipóteses "extraordinárias" dentre elas a possibilidade de estar lidando com inteligências de "pós-humanos", que poderia culminar no reconhecimento de um plano espiritual?

Tá falando sério?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 18 de Novembro de 2016, 23:49:24
Citar
Me parece um trabalho bastante difícil provar experiências pessoais, porque mesmo que as testemunhas digam que o médium acertou, fica provado apenas para as testemunhas que o médium acertou. Mas como você pretende provar para o meio científico que as testemunhas estão dizendo a verdade?



Volte ao início do tópico e leia o que já foi discutido para não sair do assunto. Chutou muito fora do gol.


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 23:50:10
Apesar de todos os avanços da farmacologia, as pessoas ainda são curadas pelo efeito placebo. E isso é cientificamente constatado. A Ciência demora décadas para desenvolver um remédio poderoso que é vencido por uma bala de farinha. Lógico que a existem métodos melhores, mais eficazes, etc, mas não invalide a possibilidade de meios alternativos, as vezes com a mesmas propriedades, porém claramente pseudocientíficos possam ter o mesmo resultado. O uso de um chá de salgueiro para acabar com a dor de cabeça é pseudocientífico mas sintetizar a aspirina a partir da casca do salgueiro em laboratório é científico. Percebe?

Então, quais são os métodos que o Sandro deve seguir?

Efeito placebo não é remédio, e existe o nocebo também. Logo, defender homeopatia através do placebo, além de antiético é ineficaz, já que é bem possível que o efeito não seja necessariamente benéfico. E, só para lembrar, fitoterápicos não são a mesma coisa que homeopatia.

O Sandro poderia seguir o método sugerido por todos vocês. Quer que eu cite postagem por postagem?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 23:51:57
MAS O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI????????????????????

BASTA SÓ O ALQUIMISTA SAIR UM POUQUINHO E ISSO AQUI JÁ VIRA ESSA ALGAZARRA???????!!!!!!!!!!!!

E que algazarra interessante, pois temos aqui uma inusitada mescla de:

CÉTICOS, PSEUDO-CÉTICOS, ESPÍRITAS E...  PSEUDO-ESPÍRITAS???????  E já começam a formar suas panelinhas???????

AHHHH!!!!! E tem também aquele que está acima de todos... o ALQUIMISTA!!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 18 de Novembro de 2016, 23:53:09
AHHHH!!!!! E tem também aquele que está acima de todos... o ALQUIMISTA!!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Ei, sai fora! Em cima de mim não tem ninguém! Nem encosto! kkkkkkkkkkkkk
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 23:54:50
Você não entendeu o objetivo da pesquisa. A questão principal é verificar se o médium frauda. Como disse acima, se o médium acerta ou erra é irrelevante mas essa verificação pode revelar procedimentos de fraudes como a revelação de dados erroneamente registrados em fontes acessíveis como sendo dados corretos. Não se trata de investigar a psicografia, a mediunidade ou qualquer outro meio anômalo de obtenção de informações. Talvez, numa segunda pesquisa ele possa ir por esse caminho, mas aqui não é esse o caso.[/color]

Ué, o problema está justamente aí, ele não quer enxergar que a forma como está organizando a pesquisa deixa brechas para que o "médium" obtenha as informações previamente. Essa foi a divergência entre ele e o Alquimista.

Não. Ele veio aqui pedir a participação dos céticos na pesquisa, como parte integrante da metodologia que ele idealizou e está acolhendo sugestões para controles que possam detectar fraude. Eu mesmo sugeri inúmeros controles e procedimentos com esse objetivo.

Parece que você não leu o tópico todo.



Nananinanão!!!!!!  O buraquim é mais embaxu!!!!

O que o Sandro quer não é detectar fraudes, senão o teste seria feito em forma de arapucasinhas...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 18 de Novembro de 2016, 23:56:01
AHHHH!!!!! E tem também aquele que está acima de todos... o ALQUIMISTA!!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Ei, sai fora! Em cima de mim não tem ninguém! Nem encosto! kkkkkkkkkkkkk

Sua Lilith!!!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:00:52

Efeito placebo não é remédio, e existe o nocebo também. Logo, defender homeopatia através do placebo, além de antiético é ineficaz, já que é bem possível que o efeito não seja necessariamente benéfico. E, só para lembrar, fitoterápicos não são a mesma coisa que homeopatia.

O Sandro poderia seguir o método sugerido por todos vocês. Quer que eu cite postagem por postagem?

Olha outra incoerência.. Se a medicina com todo o atual avanço e método reconhece a homeopatia e a acupuntura, quem seria você para dizer que não é?

Eu particularmente não acredito na homeopatia pois, pelo menos comigo nunca funcionou, exceto a barita composta para a garganta.. rs

Mas perceba que minha opinião ou a sua não importa para algo oficial.. Isso se aplica a Perandrea na grafoscopia etc..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 19 de Novembro de 2016, 00:01:04
Você não acha que investigações futuras não podem abraçar hipóteses "extraordinárias" dentre elas a possibilidade de estar lidando com inteligências de "pós-humanos", que poderia culminar no reconhecimento de um plano espiritual?

Tá falando sério?

Sim. Estou.

Você nem leu o link que postei...vou colar prá você. Saiu na Nature.

Citar
Information transmission under conditions of sensory shielding

RUSSELL TARG & HAROLD PUTHOFF

Electronics and Bioengineering Laboratory, Stanford Research Institute, Menlo Park, California 94025

WE present results of experiments suggesting the existence of one or more perceptual modalities through which individuals obtain information about their environment, although this information is not presented to any known sense. The literature1–3 and our observations lead us to conclude that such abilities can be studied under laboratory conditions.

 Esse "suggesting" prá você é especulação? Sim, claro que é, tanto que ele diz logo em seguida que "such abilities can be studied under laboratory conditions." Logo, os resultados preliminares nem foram atingidos em laboratório. Agora, diz aí alguns exemplos de hipóteses "extra-sensoriais" que não sejam "extraordinárias". Telepatia? Clarividência? Projeção Astral? Por que o espanto de um contato com inteligências de "pós-humanos" no terreno do extraordinário?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:01:49
Ah Freya.. não precisa fazer post por post.. basta apontar onde, no método, pode ocorrer o vazamento de informação, tornando o experimento como inválido ou falho?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 00:07:38
Alquimista, numa coisa você acertou bem.. Meu raciocínio falhou pois onde você pegou a informação, ou pegou por algum site que estava errado, talvez de arvore genealógica onde as pessoas montam

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Pode procurar à vontade, POIS NUNCA ENCONTRARÁ o nome FELIX CENTENARO na internet!!!!!!!!
E quanto aos nomes OLMA BAGGIO, VICTORIO FONTANA e DIOMIRA RICORDI, diz aí como consegui??????


Citar
ou então alguém lhe passou por telefone, amigo ou pessoa qualquer que tenha acesso ao banco de dados de registros etc..

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... Piorou!!!!  Pode ligar pra todo mundo que você conhece!!!
Já disse, foi o ESPÍRITO que me falou o nome!!!!!!


Citar
O fato é que se fosse na pesquisa que estou propondo iria dar inicio claro de fraude, pois teríamos preenchido o questionário e o nome não seria o mesmo.

Por isso sua pesquisa é fraca. Aí é que daria na cara mesmo que o médium já conhecia os nomes!!


Citar
Meu pai era genro dele e ele jamais chamaria de filho porque não gostava dele.. rsrsrs..

EU sei... EU sei... O espírito me contou... E me falou até o motivo em off!!! O véi gaiteiro era muito mulherengo!!!  hahahahahahahahahahahaha...
Mas e se lá no mundo espiritual as mágoas passam??????  Tá vendo que nem isso cê sabe!!!!!!


Citar
(detalhe o véi gaiteiro tah até no youtube.. algo mega fácil de achar.. ainda mais depois que achou meus irmãos.. muito fácil)

O véi é a maior figuraça!!!!!!!!  E brincadeiras à parte, tua família é muito legal!!!!!!!


Citar
Em suma você teria errado essas coisas todas e na avaliação dos dados isso soaria como incoerente..

Porque o seu teste é fraco!!!!  Nem caiu sua ficha ainda de como recebi a informação FELIX e não FELICE!!!! Isso o seu teste não avalia.  Descartaria logo de cara médiuns genuínos que apenas filtraram algumas letrinhas do nome erradas??????????  Tsc, tsc, tsc...


Citar
Detalhe importante: você não pode comparar o que você fez com a pesquisa pois pelo método você não teria acesso a isso, no máximo meu primeiro nome do dia e no local, somente isso.. Bom.. se você conseguisse no mínimo esses dados todos eu lhe daria o prêmio medium do Randi de 2016! rs

Todos não, mas de PELO MENOS uma família EU conseguiria sim... E tranquilo!!!!!!


Citar
Sobre o médium que iniciei investigação.. você vai gostar... O cara elabora cartas muito interessantes mas pelo que pude ver são todas pela internet.. Chega a ser fácil, senao trágico.. As pessoas entram em contato com ele pelo facebook e pedem por comunicação para filhos mortos e parentes etc...

Eu ia sugerir a você se fazer de pai cético que perdeu o filho em acidente, onde a mãe quer se matar... Dai você pede uma carta.. Melhor ja fazer um perfil para o pseudo-filho e de preferencia ser de alguém que ja morreu antes.. se ficar muito evidente ele pode suspeitar... Monte um perfil do pai falso e do filho e vincule a alguém conhecido, de preferencia sem perfis na internet. No perfil falso coloque informaçoes diferentes das do verdadeiro... Mas não exagere.. Ah.. cuide com o IP... sei la.. o cara pode saber de onde vem as informações e se ligar...

Não podemos afirmar nada sobre ele ainda.. Apenas investigar e ver se frauda mesmo ou não..

Passa o link aí!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 00:08:12
Olha outra incoerência.. Se a medicina com todo o atual avanço e método reconhece a homeopatia e a acupuntura, quem seria você para dizer que não é?

Não sou eu quem diz que homeopatia e acupuntura não funcionam, é a ciência.

Não me diga que você também acredita em astrologia?

Eu particularmente não acredito na homeopatia pois, pelo menos comigo nunca funcionou, exceto a barita composta para a garganta.. rs

Só por isso que você não acredita? Por que nunca funcionou em você? Sério que é só por isso, sr. pesquisador?

Mas perceba que minha opinião ou a sua não importa para algo oficial.. Isso se aplica a Perandrea na grafoscopia etc..

Afff, cansei!
Tá pior que o JJ e seus aliens. |(
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 19 de Novembro de 2016, 00:10:11
Freya,

Nesse papel de 'adivogado' do diabo já usei falácias suficientes para qualquer cético arrasar com os meus argumentos, mas continuo firme e forte jogando bobagens ao vento.

Fica registrado o recado.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 00:11:25
Freya,

Nesse papel de 'adivogado' do diabo já usei falácias suficientes para qualquer cético arrasar com os meus argumentos, mas continuo firme e forte jogando bobagens ao vento.

Fica registrado o recado.

Não estou entendo onde queres chegar, meu nobre guerreiro. rs
Você é tão enigmático...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 00:11:46
O que há de errado com o ceticismo do Sandro?

Aqui somos TODOS CRENTES!!!!  CÉTICOS nos irritam!!!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 00:13:01
Giga, Freya e Sandro!!!!!

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRRRRRRRRRDEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEM MMMMMMMMMMMMMMM!!!!!!!!!!

 :ordem2: :ordem2: :ordem2:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 19 de Novembro de 2016, 00:15:52
 Acreditar em Astrologia? Claro que sim, não há como negar a influência dos astros.


The Moon and Insomnia
Before the advent of modern gas and electric lighting (about 200 years ago), the full moon was bright enough to allow people to meet up and work outside after dark—things they couldn’t have done on darker nights, shows a UCLA study. That late-night activity would have disrupted people’s sleep cycles, leading to insomnia. And lots of research has shown insomnia can trigger higher rates of manic behavior or seizures among people suffering from bipolar disorder or epilepsy, explains Charles Raison, M.D., coauthor of the study.


The Sun and Stars
Research has linked the presence or absence of sunlight in your life to all kinds of significant behavioral factors—but not in the way your psychic tells you. For one, sunlight helps your body produce vitamin D, which research from the Boston University Medical Center shows can lower rates of depression. Rays also helps regulate your hunger and sleep cycles, finds a study from Northwestern. And that’s just the tip of the sunlight-mood-behavior iceberg.

But when it comes to the position or alignment of various astral or planetary bodies, the scientific evidence resembles a black hole. One study in the journal Nature (from 1985) found no links between birth signs and character traits. Other older studies turned up similar non-connections. In fact, you have to go back several decades to even find researchers who have looked into the subject of astrology long enough to write a paper debunking it. “There’s no scientific evidence—zero—that planets or stars affect human behavior,” Raison assures. Most astrological charts or calendars are premised on an old, faulty world views.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:16:47
Olha outra incoerência.. Se a medicina com todo o atual avanço e método reconhece a homeopatia e a acupuntura, quem seria você para dizer que não é?

Não sou eu quem diz que homeopatia e acupuntura não funcionam, é a ciência.

Não me diga que você também acredita em astrologia?

hauhaua não acredito em astrologia, embora eu admito que ja me deram informações bem interessantes sobre minha personalidade.. mas acho que pode ter sido coincidência.. Se fosse verdade todos os geminianos teriam que ser iguais... Falseabilidade.. sacou? rs

Bah.. mas sobre a acupuntura.. onde a ciência disse que não funciona? Por que a medicina a reconhece? Seria a medicina agora também não cientifica?


Citar

Só por isso que você não acredita? Por que nunca funcionou em você? Sério que é só por isso, sr. pesquisador?

Ué.. estamos falando de opiniões... rss.. minha opinião não tem valor frente aos fatos.. Se o conselho de medicina reconhece, quem sou eu para dizer que não... Não tenho argumentos que demonstrem que minha opinião pode ser verdadeira..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:19:30
Alquimista.. você é um sarro.. ja sei onde achou alguns dos dados... e por isso o nome errado... Eu ja tinha comentado algo sobre minha família e ficou na net.. rss... não lembro agora onde deixei isso.. Ah o sobrenome da minha avó materna está errado também... rss

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 00:25:46
Olha outra incoerência.. Se a medicina com todo o atual avanço e método reconhece a homeopatia e a acupuntura, quem seria você para dizer que não é?

Não sou eu quem diz que homeopatia e acupuntura não funcionam, é a ciência.

Não me diga que você também acredita em astrologia?

hauhaua não acredito em astrologia, embora eu admito que ja me deram informações bem interessantes sobre minha personalidade.. mas acho que pode ter sido coincidência.. Se fosse verdade todos os geminianos teriam que ser iguais... Falseabilidade.. sacou? rs

Bah.. mas sobre a acupuntura.. onde a ciência disse que não funciona? Por que a medicina a reconhece? Seria a medicina agora também não cientifica?


Citar

Só por isso que você não acredita? Por que nunca funcionou em você? Sério que é só por isso, sr. pesquisador?

Ué.. estamos falando de opiniões... rss.. minha opinião não tem valor frente aos fatos.. Se o conselho de medicina reconhece, quem sou eu para dizer que não... Não tenho argumentos que demonstrem que minha opinião pode ser verdadeira..

Bah digo eu, tchê!

Então se o CFM reconhece uma prática, automaticamente ela se torna científica?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 00:25:51
Alquimista.. você é um sarro.. ja sei onde achou alguns dos dados... e por isso o nome errado... Eu ja tinha comentado algo sobre minha família e ficou na net.. rss... não lembro agora onde deixei isso.. Ah o sobrenome da minha avó materna está errado também... rss



kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

AJOELHOU TEM QUE REZAR!!!!!!!!!!  Prove pois então, pois POSSO TE GARANTIR QUE NÃO FOI NA INTERNET!!!!!  Não existem estes nomes na net. E (OUTRA FALHA SUA) se tivesse pego de alguma conversa sua, COM CERTEZA TERIA ESCRITO OS NOMES CORRETAMENTE!!!!

Já disse, foi o ESPÍRITO que me passou e você NÃO PODE REFUTAR minha mediunidade!!!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Olha outra incoerência.. Se a medicina com todo o atual avanço e método reconhece a homeopatia e a acupuntura, quem seria você para dizer que não é?

Não sou eu quem diz que homeopatia e acupuntura não funcionam, é a ciência.

Não me diga que você também acredita em astrologia?

hauhaua não acredito em astrologia, embora eu admito que ja me deram informações bem interessantes sobre minha personalidade.. mas acho que pode ter sido coincidência.. Se fosse verdade todos os geminianos teriam que ser iguais... Falseabilidade.. sacou? rs

hehehehehehehehe...

Aê, Sandrão!!!!  Tu é um cara que quando algo te incomoda, ou FAZ ou NÃO FAZ!!!!!!!!!  Num tem mei termo não...
Diz aí, como SEI dessas coisas?????
Intaum num brinca com astrologia naum que nissu o MESTRE ALQUIMISTA é fera!!!! Fazia parte do curriculum dos alquimistas... Os oráculos planetas!!!!!

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:28:40
Alquimista.. você é um sarro.. ja sei onde achou alguns dos dados... e por isso o nome errado... Eu ja tinha comentado algo sobre minha família e ficou na net.. rss... não lembro agora onde deixei isso.. Ah o sobrenome da minha avó materna está errado também... rss



kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

AJOELHOU TEM QUE REZAR!!!!!!!!!!  Prove pois então, pois POSSO TE GARANTIR QUE NÃO FOI NA INTERNET!!!!!  Não existem estes nomes na net. E (OUTRA FALHA SUA) se tivesse pego de alguma conversa sua, COM CERTEZA TERIA ESCRITO OS NOMES CORRETAMENTE!!!!

Já disse, foi o ESPÍRITO que me passou e você NÃO PODE REFUTAR minha mediunidade!!!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Olha outra incoerência.. Se a medicina com todo o atual avanço e método reconhece a homeopatia e a acupuntura, quem seria você para dizer que não é?

Não sou eu quem diz que homeopatia e acupuntura não funcionam, é a ciência.

Não me diga que você também acredita em astrologia?

hauhaua não acredito em astrologia, embora eu admito que ja me deram informações bem interessantes sobre minha personalidade.. mas acho que pode ter sido coincidência.. Se fosse verdade todos os geminianos teriam que ser iguais... Falseabilidade.. sacou? rs

hehehehehehehehe...

Aê, Sandrão!!!!  Tu é um cara que quando algo te incomoda, ou FAZ ou NÃO FAZ!!!!!!!!!  Num tem mei termo não...
Diz aí, como SEI dessas coisas?????
Intaum num brinca com astrologia naum que nissu o MESTRE ALQUIMISTA é fera!!!! Fazia parte do curriculum dos alquimistas... Os oráculos planetas!!!!!

ahuahuah to achando que o macumbeiro moizes andou lhe dizendo algumas coisas... rss...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:31:58

Bah digo eu, tchê!

Então se o CFM reconhece uma prática, automaticamente ela se torna científica?

O CFM é o orgão oficial para isso.. Se eles não tiverem critérios cientifico quem vai ter?

Então o CFP (psicologia), não reconhecendo a terapia de vida passada não quer dizer que não reconhecem como cientifico?

Entendo da seguinte forma: Se o CFP não reconhece é porque não tem validade cientifica, ao menos no Brasil...

Se o CRM ou CFM reconhece a acupuntura é porque devem ter motivos para isso ou você acha que eles compactuam em enganar a população?

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 00:43:51

Bah digo eu, tchê!

Então se o CFM reconhece uma prática, automaticamente ela se torna científica?

O CFM é o orgão oficial para isso.. Se eles não tiverem critérios cientifico quem vai ter?

Então o CFP (psicologia), não reconhecendo a terapia de vida passada não quer dizer que não reconhecem como cientifico?

Entendo da seguinte forma: Se o CFP não reconhece é porque não tem validade cientifica, ao menos no Brasil...

Se o CRM ou CFM reconhece a acupuntura é porque devem ter motivos para isso ou você acha que eles compactuam em enganar a população?

Que?????

É troll!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 00:46:36
Alquimista.. você é um sarro.. ja sei onde achou alguns dos dados... e por isso o nome errado... Eu ja tinha comentado algo sobre minha família e ficou na net.. rss... não lembro agora onde deixei isso.. Ah o sobrenome da minha avó materna está errado também... rss



kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

AJOELHOU TEM QUE REZAR!!!!!!!!!!  Prove pois então, pois POSSO TE GARANTIR QUE NÃO FOI NA INTERNET!!!!!  Não existem estes nomes na net. E (OUTRA FALHA SUA) se tivesse pego de alguma conversa sua, COM CERTEZA TERIA ESCRITO OS NOMES CORRETAMENTE!!!!

Já disse, foi o ESPÍRITO que me passou e você NÃO PODE REFUTAR minha mediunidade!!!!!!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Olha outra incoerência.. Se a medicina com todo o atual avanço e método reconhece a homeopatia e a acupuntura, quem seria você para dizer que não é?

Não sou eu quem diz que homeopatia e acupuntura não funcionam, é a ciência.

Não me diga que você também acredita em astrologia?

hauhaua não acredito em astrologia, embora eu admito que ja me deram informações bem interessantes sobre minha personalidade.. mas acho que pode ter sido coincidência.. Se fosse verdade todos os geminianos teriam que ser iguais... Falseabilidade.. sacou? rs

hehehehehehehehe...

Aê, Sandrão!!!!  Tu é um cara que quando algo te incomoda, ou FAZ ou NÃO FAZ!!!!!!!!!  Num tem mei termo não...
Diz aí, como SEI dessas coisas?????
Intaum num brinca com astrologia naum que nissu o MESTRE ALQUIMISTA é fera!!!! Fazia parte do curriculum dos alquimistas... Os oráculos planetas!!!!!

ahuahuah to achando que o macumbeiro moizes andou lhe dizendo algumas coisas... rss...

KKKKKKKKKKKKKKKK... Tá chutando mais que Pelé, hein??!!!!
Pelé????????!!!!!!  PUTZ...  Repara não que o ALQUIMISTA anda meio ultrapassado!!!!!  E teus chutes nem na trave acertam...  hahahahahaha...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:55:01
Alquimista..  :biglol: sério meu.. não sei... No banco de dados oficial não deve ter sido, a menos que um amigo seu que tenha acesso teria acessado e lhe passado.. isso explicaria o erro no nome..  Como comentei antes, tenho amigos que tem acesso a estes dados..

Dado que não é fácil de conseguir é a imagem da assinatura, ao menos no sistema da policia..

Sei que tem em site de genealogia familiar mas não sei se o nome estaria errado, afinal alguém o inseriu la...

a outra forma e mais simples era você ter ligado para algum familiar e ter pego isso por eles (bastava aplicar um bom papo), mas se fosse teria sido alguns dos meus irmãos por parte de pai... mais fácil com minha irmã  :hihi:

agora você tem razão.. minha família é maneira... rss..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 00:57:41
ah e ai? vai tentar enrolar o médium que pode ser um fraudador na internet?

https://www.facebook.com/profile.php?id=100011763459387

Evita colocar o nome dele aqui pois é fácil achar por sistema de busca.. dai ele pode nos descobrir... hehe
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 01:14:10
Alquimista..  :biglol: sério meu.. não sei... No banco de dados oficial não deve ter sido, a menos que um amigo seu que tenha acesso teria acessado e lhe passado.. isso explicaria o erro no nome..  Como comentei antes, tenho amigos que tem acesso a estes dados..

É uma maneira, mas não foi assim. Não existe o nome dos seus avós na internet. É sério!


Citar
Dado que não é fácil de conseguir é a imagem da assinatura, ao menos no sistema da policia..

E não é mesmo!!!


Citar
Sei que tem em site de genealogia familiar mas não sei se o nome estaria errado, afinal alguém o inseriu la...

Não foi por aí também, mas tem um de uma família Fontana de SC. Acho que é outro ramo dos Fontane. Dos Centenari não tem nada!


Citar
a outra forma e mais simples era você ter ligado para algum familiar e ter pego isso por eles (bastava aplicar um bom papo), mas se fosse teria sido alguns dos meus irmãos por parte de pai... mais fácil com minha irmã  :hihi:

Eis aí uma ótima maneira de se fazer!!!  Mas pode conferir com o Verani, com a Franci e com quem quiser... Não foi com eles.
Por falar na sua irmã, com todo respeito viu, ma che GAÚÚÚÚÚCHA, tche!!!!!!!!!!  Ô loco!!!!!!!!  :ok:


Citar
agora você tem razão.. minha família é maneira... rss..

É mesmo!!! hehe... Parabéns pelos filhos!!!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 01:16:46
ah e ai? vai tentar enrolar o médium que pode ser um fraudador na internet?

https://www.facebook.com/profile.php?id=100011763459387

Evita colocar o nome dele aqui pois é fácil achar por sistema de busca.. dai ele pode nos descobrir... hehe

Beleza! Bóra conferir!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 01:20:07
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... Serei bem discreto quanto ao sujeito, mas só pelo sorrisim dele a gente já vê!!!! kkkkkkkkkkkk...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 19 de Novembro de 2016, 01:52:02


Olá Pedro.. obrigado pela colaboração.. mas não foi isso não.. tvz eu tenha me expressado errado..

[...]


Vamos ver se eu entendi agora.

Das 10 garrafas que estavam a frente do médium, 8 ele soube dizer corretamente se tinham ou não recebido passe, e em apenas duas ele errou. Foi isso?

Bom, Sandro, se foi desta forma a probabilidade muda radicalmente em relação ao que eu tinha imaginado.

Porém 1/1024 continua sendo um cálculo incorreto.

1/1024 ou 1/2¹° teria sido a probabilidade do médium ter acertado em todas as 10 garrafas.

A probabilidade dele acertar em PELO MENOS 8 é muito diferente, e vai surpreender a intuição de muita gente.

Cada garrafa poderia ou não estar fluidificada. Então, para cada garrafa, só havia duas possibilidades: sim ou não.

Para entendermos esse cálculo com maior clareza podemos pensar em um problema análogo. Seria exatamente a mesma coisa que lançar uma moeda dez vezes consecutivas e tentar adivinhar se o resultado será cara ou coroa.

Então vamos supor que alguém apostou com você que é capaz de acertar PELO MENOS 8 dos 10 resultados. Digamos que o Alquimista, fanfarrão como sempre, tenha apostado que usando seus poderes paranormais consegue adivinhar pelo menos 8 dos 10 resultados.

Ou seja, se ele acertar 8 ganha. Se acertar 9 ganha também. E claro, se acertar todas as 10 vezes ganha também.

Ele disse que te paga 50 reais se perder. Mas você paga 2.000 reais se ele ganhar.

Você toparia?

Parecem cinquentinha fáceis de ganhar, e o risco de perder seus 2 mil é muito pequeno, não é mesmo?

Não sei, eu tomaria cuidado antes de fazer negócio com esse cara.

Vejamos...

Existem 1024 (2¹°) sequências de resultados possíveis. Tanto para a moeda como para as garrafas.

O que confunde a nossa intuição, nesse caso, é que parecem ser muitas sequências possíveis, mas o que realmente importa é a PROPORÇÃO entre o número de sequências nais quais você obtém pelo menos 8 acertos e o número total de sequências possíveis.

Para o 1° lançamento da moeda ( ou garrafa ) há 50% de chance de acertar e 50% de errar. Para dois lançamentos você tem 1/4 de chance de dois acertos, 1/4 de chance de dois erros, e 1/2 de chance para um acerto e um erro.

Para 3 lançamentos você teria 1/8 para 3 acertos, 1/8 para 3 erros, 3/8 para 2 acertos e 1 erro e 3/8 para 2 erros e 1 acerto.

E assim por diante...

Logo, para 10 lançamentos da moeda, uma sequência qualquer onde ocorram 8 acertos e 2 erros tem probabilidade 1/2¹°. Assim como para qualquer outra sequência com qualquer outro número de acertos e erros, pois são 1024 sequências possíveis.

SÓ QUE existem 45 sequências possíveis para 8 acertos e 2 erros, 10 sequências para 9 acertos e 1 erro e 1 sequência possível com 10 acertos.

SÃO 56 sequências possíveis com pelo menos 8 acertos. Então a probabilidade de pelo menos 8 acertos é 56/1024 !

Ou seja, a chance é próxima de 1 em 18 !!!!!!

Não vale a pena arriscar seu dinheiro nessa.

É mais provável não chegar a 8 acertos, porém a chance disso acontecer é muito, muito maior, do que a de 1 em 1024 que você supôs.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 02:04:30
Digamos que o Alquimista, fanfarrão como sempre, tenha apostado que usando seus poderes paranormais consegue adivinhar pelo menos 8 dos 10 resultados.

É que as fanfarras sempre anunciam as entradas triunfais do MESTRE 9ALQUIMISTA9!!!!!!!!!!!


Não sei, eu tomaria cuidado antes de fazer negócio com esse cara.

Ora, e por que??!!!!
Vai um cara ou coroa aí???  Se der cara EU ganho, e se der coroa você perde. Valendo cenzim... Topa????
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 19 de Novembro de 2016, 02:19:18
Imagino que o meu 'post' anterior possa pirar o cabeção de alguns porque o resultado parece contra-intuitivo. Mas se ficou difícil entender o raciocínio é fácil testa-lo.

Um algoritmo simples de implementar em qualquer linguagem:

ALGORITMO

 Declaração de constantes

 totalDeExperimentos = 10.000

 SEQUENCIA : vetor [10] de Booleanos = [ V, V, F , F , F , V , F , V , V, V ]

 /* Você pode chutar para colocar nesse vetor qualquer sequência de V ou F que quiser. Eles representam as 10 garrafas. V =  água benzida F = água normal

 Declaração de variáveis
 contador, sucessos, experimento, c : INTEIRO

 INICIO
   sucessos = 0;
     
   PARA experimento = 1 até totalDeExperimentos FAÇA

     contador = 0
     PARA c = 1 até 10 FAÇA
        SE SEQUENCIA[c] = ( RANDOM(2)= 0 ) ENTÃO contador = contador + 1;
     FIM DO LOOP

     SE contador >= 8 ENTÃO sucessos = sucessos + 1;

  FIM DO LOOP
 
  ESCREVA ( 'Proporção de uma para ' , totalDeExperimentos DIV sucessos )

FIM

Obs: Não se esqueça de "randomizar" antes de usar a função RANDOM para dar resultados diferentes a cada vez que rodar o algoritmo. Mas a proporção ficará sempre próxima de 1 para 18.

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 19 de Novembro de 2016, 02:21:02

Ora, e por que??!!!!
Vai um cara ou coroa aí???  Se der cara EU ganho, e se der coroa você perde. Valendo cenzim... Topa????

Se eu puder usar a minha moeda viciada que cai sempre em pé eu topo.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 03:51:51

Ora, e por que??!!!!
Vai um cara ou coroa aí???  Se der cara EU ganho, e se der coroa você perde. Valendo cenzim... Topa????

Se eu puder usar a minha moeda viciada que cai sempre em pé eu topo.

Ahhhhh... Mas com moeda viciada não vale! Assim seria desonestidade!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 19 de Novembro de 2016, 09:02:52
Pedro

Ah acrescento.. como eu não sabia nem a medium eu poderia supor coisas diferentes.. Eu, por exemplo, teria mandando fluidificar umas 5 ou 8 garrafas.. mas o auxiliar (que por sinal não acredita nessas coisas) que nos ajudou selecionou apenas duas.. mas poderiam ter sido quantas ele desejasse.. Em termos probabilisticos o acaso fica muito inferior ao que você tinha entendido..

A minha explicação anterior ficou um pouco confusa.

Mas é simples.

Há 1024 maneiras diferentes de uma pessoa "chutar" os conteúdos das 10 garrafas. Acontece que não importa como você selecione as garrafas, de qualquer forma SEMPRE vai haver 56 sequências possíveis de "chutes" nas quais se obtém pelo menos 8 acertos.

Quer dizer, das 1024 formas diferentes que alguém poderia 'chutar', há sempre 56 em que pessoa acerta pelo menos 8. Então a chance desse resultado é de 56 para 1024 ou 1 para 18. E isto não depende de como você seleciona as amostras.

Então na verdade não faz diferença. Intuitivamente parece que se você selecionasse um número maior de amostras fluidificadas seria mais difícil, mas não é assim. Mesmo que todas as amostras fossem de água com passe, ou que nenhuma das amostras tivessem água com passe, a chance de acertar pelo menos em 8 ao acaso é de aproximadamente 1/18.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 19 de Novembro de 2016, 09:19:01
Sandro,

Vou representar em binário a amostra. O 1 significando água fluidificada e o 0 água comum.

Então se você apresentasse ao médium uma amostra com dez garrafas contendo água fluidificada, essa amostra seria representada por uma "string" de dez algarismos 1.

Assim: 1111111111

Que é o número 1023 em decimal.

Veja as 56 maneiras possíveis de chutar e acertar em pelo menos 8, mesmo em uma amostra em que todas as garrafas contém água fluidificada.

O X na string indica o erro do médium naquela garrafa.

1 - 255 - XX11111111

2 - 383 - X1X1111111

3 - 447 - X11X111111

4 - 479 - X111X11111

5 - 495 - X1111X1111

6 - 503 - X11111X111

7 - 507 - X111111X11                                                                                                                                                                       

8 - 509 - X1111111X1

9 - 510 - X11111111X

10 - 511 - X111111111

11 - 639 - 1XX1111111

12 - 703 - 1X1X111111

13 - 735 - 1X11X11111

14 - 751 - 1X111X1111

15 - 759 - 1X1111X111

16 - 763 - 1X11111X11

17 - 765 - 1X111111X1

18 - 766 - 1X1111111X

19 - 767 - 1X11111111

20 - 831 - 11XX111111

21 - 863 - 11X1X11111

22 - 879 - 11X11X1111

23 - 887 - 11X111X111

24 - 891 - 11X1111X11

25 - 893 - 11X11111X1

26 - 894 - 11X111111X

27 - 895 - 11X1111111

28 - 927 - 111XX11111

29 - 943 - 111X1X1111

30 - 951 - 111X11X111

31 - 955 - 111X111X11

32 - 957 - 111X1111X1

33 - 958 - 111X11111X

34 - 959 - 111X111111

35 - 975 - 1111XX1111

36 - 983 - 1111X1X111

37 - 987 - 1111X11X11

38 - 989 - 1111X111X1

39 - 990 - 1111X1111X

40 - 991 - 1111X11111

41 - 999 - 11111XX111

42 - 1003 - 11111X1X11

43 - 1005 - 11111X11X1

44 - 1006 - 11111X111X

45 - 1007 - 11111X1111

46 - 1011 - 111111XX11

47 - 1013 - 111111X1X1

48 - 1014 - 111111X11X

49 - 1015 - 111111X111

50 - 1017 - 1111111XX1

51 - 1018 - 1111111X1X

52 - 1019 - 1111111X11

53 - 1020 - 11111111XX

54 - 1021 - 11111111X1

55 - 1022 - 111111111X

56 - 1023 - 1111111111
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 10:58:14
Alquimista, segura as pontas que agora eu e o Pedro vamos calcular... depois voltamos ao médium a ser investigado..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 11:08:05
Pedro, obrigado mesmo por ajudar nessa matemática.. com certeza ela é sensacional e obrigado pelo algoritmo também...

Olha, dada as probabilidades, ainda assim para 3 rodadas até agora com as duas médiuns (foram duas.. uma de Fortaleza e outra de Roraima) eu posso dizer, e você concordar, que o resultado foi surpreendente...

Melhor que usar computador poderíamos fazer um experimento simples e pratico.. replicamos as 3 rodadas que foram feitas até o momento só que eu seleciono entre 10 números e o Alquimista com sua paranormalidade diz quais foram... que tal?

E olha que agora ele tem a super vantagem matemática de supor com maior facilidade....

Para evitar fraude, posso lhe enviar as sequências escolhidas (vamos usar o 0 e 1 mesmo), o Alquimista simula 3 rodadas e posta aqui, dai você coloca as minhas escolhas..

No meu entender, embora os resultados deram iguais (coincidência?) ainda temos que manter o foco de probabilidade para cair ao acaso o acerto total...

O que você entende que seria o normal para o acaso?

Nos experimentos zener/Gansfeld a probabilidade ao acaso é de 25%, a taxas atuais nos testes de telepatia estão em 33%, ou seja levemente superior ao acaso..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: AlienígenA em 19 de Novembro de 2016, 12:38:44
Antipetista, ficam aqui meus parabéns pela forma como se colocou (e não é porque também sou anti-PT rss)

Boa escolha.



Concordo com tudo que falou e da forma inteligente como expôs...

Referente ao método, onde exatamente você vê as brechas.. É bom receber um critica embasada e creio que vindo de você seria bem produtivo.

Eu já tentei pensar nas possiveis falhas sobre ela e o ponto chave estaria na hipótese do grupo que seleciona as famílias fornecer/conhecer os dados  e fraudar juntamente com o médium, por isso dentro do método o grupo não pode ter contato e nem saber quem será o medium.. Isso já diminuiria bem as chances.

Além disso pensei na possível falha de ser alguma família ou caso da mídia onde o médium poderia reconhecer algum deles e com boa memória ja saberia da historia toda. Para isso é importante que o grupo selecione alguma família que não publicou coisas na internet ou que sejam casos de morte sem que tenha havido alardes...

Por exemplo, meu concunhado é ateu, cético total.. O Avô dele que faleceu faz pouco tempo poderia ser uma tentativa. Embora eu saiba que não vou fraudar, se levar ele, mesmo que surgisse algo lá, ele iria achar que eu forneci as informações. Mas o caso dele é um típico interessante.. Não foi algo de ser noticiado..

Casos de fraude em geral precisam dos dados antes.. do exemplo que dei.. com um nome completo é fácil qualquer charlatão investigar o resto.

Achar os nomes é fácil por sistemas de sites de famílias, exemplo:

https://familia.com.br/250/3-passos-simples-para-descobrir-sua-arvore-genealogica

https://www.myheritage.com.pt/index.php?utm_source=verwandt&utm_medium=redirect&utm_campaign=www.meusparentes.com.pt

etc...

Então o médium não sabendo sobre as pessoas, não consigo ver alguma forma dele captar com tanta precisão uma série de detalhes... e corretos..

O caso do Alquimista ele falhou exatamente nos pontos que citei do outro médium, então vou me embasando nos casos pegos de fraude para tornar mais robusto o método..

Veja, o fato de você acreditar na existência de espíritos não é problema, não mesmo, mas a postura que você adota. Vamos admitir, só para exemplificar, que há dez formas de burlar o seu teste e após um exaustivo debate, usando de todos os recursos que dispomos, descubramos oito e fazemos os devidos ajustes. Como não sabemos quantas formas são ao todo de burlar seu teste, as oito nos parecem satisfatórias. O teste agora parece a todos, céticos e espíritas, bastante confiável. Mãos à obra! O que ocorrerá se um charlatão passar? Você ficará bastante satisfeito com o resultado. Elaborou, com a ajuda dos céticos, pessoas isentas e críticas, um teste bastante confiável e obteve um resultado que serve ainda para confirmar o que, no fundo, você sempre soube. Então havia mesmo algo ali, você pensará. É provável que nada mais possa convencê-lo do contrário. As famílias contempladas ficarão bastante satisfeitas e com um grau adicional de segurança. A mídia convidada ficará bastante satisfeita. O charlatão, agora com sua credibilidade reforçada, certamente será o mais satisfeito de todos, embora possa disfarçar para passar uma impressão de humildade. Só os céticos permanecerão céticos, para indignação de todos, concluindo que deixaram passar brechas, porque como sabe o senso comum, céticos são assim, nunca admitem que podem estar errados. Por isso, dificilmente você conseguirá a ajuda de um cético para esse teste, na forma como foi proposto. Não há, mesmo sendo o mestre dos magos, como prever todas as formas possíveis de burlar um teste como esse. E só céticos normalmente, mas há exceções, é claro, admitem isso com sinceridade - que sobram no mundo pessoas mais espertas, criativas e inteligentes do que eles, capazes de burlar todo tipo de teste dessa espécie, sem que saibam ou imaginem como. Estou tentando a maior clareza e usando de toda a sinceridade possível. E note que isso não descarta a possibilidade de existir espíritos e formas de se comunicar com eles. Consegue perceber a fragilidade dessa empreitada?

Talvez você esteja, com alguma tristeza, se perguntando qual a postura a ser adotada, na minha opinião. Se estou sugerindo que deva abandonar suas crenças. Definitivamente, não! É perfeitamente possível que você acredite na existência de espíritos e na comunicação com eles, adotando, ao mesmo tempo uma postura cética. Mas é bastante provável que possa acabar perdendo sua fé dessa forma, por isso sugeri antes que questionasse sinceramente o valor que dá a ela. Ceticismo é "tarja preta", não subestime o efeito se não estiver disposto a embarcar nessa, porque "pode viciar". Embora isso também possa servir de isca, pois lança um desafio, a minha intenção é fazer um alerta. E já sendo, como parece ser seu caso, uma pessoa flexível, aumentam muitos as chances de "dependência". Não sou o tipo de gente que acha que sabe o que é melhor para os outros e acredito sinceramente que possa haver quem viva melhor com suas crenças, por isso esse cuidado de advertir que pode haver danos. Na maioria esmagadora das vezes, é verdade, parece haver muito mais ganhos do que perdas, mas não há garantias. Então aconselho que reflita com seriedade.

Se há algo realmente honesto e benéfico, que me ocorra, que possa, de fato, contribuir, inclusive para a causa espírita, considerando a possibilidade de que contra todas as nossas expectativas existam espíritos e formas de nos comunicar com eles, é você virar um caçador de charlatões (se existem médiuns essa é a melhor forma de esbarrar por acidente com um), por isso é preciso pensar como um, adotando, não como verdade, mas como princípio, que todos os médiuns são charlatães. É buscar avidamente falsear em vez de confirmar aquilo em que você acredita ou quer acreditar, sem ter por isso que deixar de acreditar. Para isso, você não precisa de ajuda, pois já demonstrou que sabe exatamente como fazê-lo, embora seletivamente, apenas quando consegue perceber claramente indícios de charlatanice - adotando uma postura contrária se os indícios não são claros. Ou seja, você considera certo lançar iscas para aqueles que desconfia serem charlatões, embora não tenha certeza disso, mas se sente desconfortável de fazer o mesmo com aqueles dos quais não desconfia, embora possa estar errado. E não acho que faça isso por desonestidade, mas apenas por isso talvez nunca ter lhe ocorrido. O melhor teste, então, não é aquele que dificulta as chances de fraude, porque se falhar, só servirá para legitimar a fraude, mas aquele que visa atrair justamente os fraudadores com o intuito de desmascará-los.

 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 13:31:02
Por isso, dificilmente você conseguirá a ajuda de um cético para esse teste, na forma como foi proposto. Não há, mesmo sendo o mestre dos magos, como prever todas as formas possíveis de burlar um teste como esse. E só céticos normalmente, mas há exceções, é claro, admitem isso com sinceridade - que sobram no mundo pessoas mais espertas, criativas e inteligentes do que eles, capazes de burlar todo tipo de teste dessa espécie, sem que saibam ou imaginem como. Estou tentando a maior clareza e usando de toda a sinceridade possível. E note que isso não descarta a possibilidade de existir espíritos e formas de se comunicar com eles. Consegue perceber a fragilidade dessa empreitada?

Mas o Sandro se recusa a entender, e por isso fica dizendo que não seria científico procurar as fraudes do charlatão.
Sabe? Eu teria disponibilidade para estar em Porto Alegre no dia, poderia ajudar no tal teste com a maior boa vontade, mas nem que me paguem em euro vou colaborar para um "teste" que desde o início já está enviesado buscando confirmar (sim, Sandro, é isso que você quer se travestindo de pesquisador) a mediunidade de charlatões.

E já sendo, como parece ser seu caso, uma pessoa flexível
Flexível? Onde?
Ele sequer aceitou as sugestões dos foristas que, pelo menos, diminuíssem as chances de fraude; ele olha para os cálculos e continua achando tudo muito "surpreendente".

Não se preocupe, a fé do Sandro é inabalável.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 14:18:47


Veja, o fato de você acreditar na existência de espíritos não é problema, não mesmo, mas a postura que você adota. Vamos admitir, só para exemplificar, que há dez formas de burlar o seu teste e após um exaustivo debate, usando de todos os recursos que dispomos, descubramos oito e fazemos os devidos ajustes. Como não sabemos quantas formas são ao todo de burlar seu teste, as oito nos parecem satisfatórias. O teste agora parece a todos, céticos e espíritas, bastante confiável. Mãos à obra! O que ocorrerá se um charlatão passar? Você ficará bastante satisfeito com o resultado. Elaborou, com a ajuda dos céticos, pessoas isentas e críticas, um teste bastante confiável e obteve um resultado que serve ainda para confirmar o que, no fundo, você sempre soube. Então havia mesmo algo ali, você pensará. É provável que nada mais possa convencê-lo do contrário. As famílias contempladas ficarão bastante satisfeitas e com um grau adicional de segurança. A mídia convidada ficará bastante satisfeita. O charlatão, agora com sua credibilidade reforçada, certamente será o mais satisfeito de todos, embora possa disfarçar para passar uma impressão de humildade. Só os céticos permanecerão céticos, para indignação de todos, concluindo que deixaram passar brechas, porque como sabe o senso comum, céticos são assim, nunca admitem que podem estar errados. Por isso, dificilmente você conseguirá a ajuda de um cético para esse teste, na forma como foi proposto. Não há, mesmo sendo o mestre dos magos, como prever todas as formas possíveis de burlar um teste como esse. E só céticos normalmente, mas há exceções, é claro, admitem isso com sinceridade - que sobram no mundo pessoas mais espertas, criativas e inteligentes do que eles, capazes de burlar todo tipo de teste dessa espécie, sem que saibam ou imaginem como. Estou tentando a maior clareza e usando de toda a sinceridade possível. E note que isso não descarta a possibilidade de existir espíritos e formas de se comunicar com eles. Consegue perceber a fragilidade dessa empreitada?

Talvez você esteja, com alguma tristeza, se perguntando qual a postura a ser adotada, na minha opinião. Se estou sugerindo que deva abandonar suas crenças. Definitivamente, não! É perfeitamente possível que você acredite na existência de espíritos e na comunicação com eles, adotando, ao mesmo tempo uma postura cética. Mas é bastante provável que possa acabar perdendo sua fé dessa forma, por isso sugeri antes que questionasse sinceramente o valor que dá a ela. Ceticismo é "tarja preta", não subestime o efeito se não estiver disposto a embarcar nessa, porque "pode viciar". Embora isso também possa servir de isca, pois lança um desafio, a minha intenção é fazer um alerta. E já sendo, como parece ser seu caso, uma pessoa flexível, aumentam muitos as chances de "dependência". Não sou o tipo de gente que acha que sabe o que é melhor para os outros e acredito sinceramente que possa haver quem viva melhor com suas crenças, por isso esse cuidado de advertir que pode haver danos. Na maioria esmagadora das vezes, é verdade, parece haver muito mais ganhos do que perdas, mas não há garantias. Então aconselho que reflita com seriedade.

Se há algo realmente honesto e benéfico, que me ocorra, que possa, de fato, contribuir, inclusive para a causa espírita, considerando a possibilidade de que contra todas as nossas expectativas existam espíritos e formas de nos comunicar com eles, é você virar um caçador de charlatões (se existem médiuns essa é a melhor forma de esbarrar por acidente com um), por isso é preciso pensar como um, adotando, não como verdade, mas como princípio, que todos os médiuns são charlatães. É buscar avidamente falsear em vez de confirmar aquilo em que você acredita ou quer acreditar, sem ter por isso que deixar de acreditar. Para isso, você não precisa de ajuda, pois já demonstrou que sabe exatamente como fazê-lo, embora seletivamente, apenas quando consegue perceber claramente indícios de charlatanice - adotando uma postura contrária se os indícios não são claros. Ou seja, você considera certo lançar iscas para aqueles que desconfia serem charlatões, embora não tenha certeza disso, mas se sente desconfortável de fazer o mesmo com aqueles dos quais não desconfia, embora possa estar errado. E não acho que faça isso por desonestidade, mas apenas por isso talvez nunca ter lhe ocorrido. O melhor teste, então, não é aquele que dificulta as chances de fraude, porque se falhar, só servirá para legitimar a fraude, mas aquele que visa atrair justamente os fraudadores com o intuito de desmascará-los.

AntiPT.. Essas linhas de raciocínio são sempre boas e podemos concordar em varias coisas, dentre elas:

Nenhum experimento é irrefutável;
Nenhum experimento é 100% seguro (buscamos ao máximo garantir a qualidade dos dados);

Independente de nossas opiniões pessoais um trabalho desse tipo tem seu viés positivo uma vez que se busca ao menos investigar sobre o tema.

Em geral, mesmo no meio espirita, eu gosto de trabalhar com a critica (construtiva) pois ela ajuda a ver coisas que geralmente pode-se perder devido um grupo com mesma linha de pensamento. Muitos espiritas me criticam, alguns dizendo que não deveria dar ouvidos aos céticos etc... Eu penso de uma forma um tanto diferente. Excluindo os pseudo-céticos, creio que seja sempre oportuno conhecer o ponto de vista de quem pensa de outra forma, isso acaba garantindo melhores chances de aprimorar os métodos... Um bom aprendizado sobre isso foi um experimento de voz anômala feito na Espanha por uma pesquisadora. Ela ia fazendo demonstração de captacao de voz anômala e os céticos iam apontando (ao longo do tempo) onde haviam falhas, por exemplo, ela usava um radio em frequência aberta (chiado) e fazia as evocações.. Surgiam vozes e o argumento era de que essa frequência aberta poderia captar algo, fato bem provável. Bom, em suma, ela acabou fazendo um projeto e fez um experimento que durou dois anos, onde utilizaram uma cabine blindada, dentro de um laboratório da universidade. Essa cabine retirava a hipótese de algum ventrículo presente gerar os sons. Então para eliminar outras hipóteses ela pre-gravou o chiado, afim de assegurar que as vozes surgissem em meio a uma frequência aberta.. Por fim fizeram as evocações e continuou surgindo uma voz masculina, até o momento sem explicação..

Vamos lá.. a explicação ainda é especulativa, mas depois que se trabalha em verificar se o fenômeno ocorre ou não, a problemática é outra...

O viés da fraude sempre será uma problemática, mesmo no meio cientifico tradicional vários pesquisadores foram pegos em fraude, principalmente aqueles que ganham para apresentar resultados.. Basta olharmos para um passado curto e podemos ver as aberrações cientificas divulgadas... Numa época não se podia comer ovo porque o colesterol ia matar.. Hoje já se recomenda comer ovo porque é um alimento completo.. Antes correr matava, tinha que caminhar, agora pode correr porque isso não mata mais.. Fora o papo de beber vinho e aumentar a longevidade...

Esse campo da "não exatas" é um campo probabilistico complexo de lidar, embora desafiador... vai muito por tendência e quando se envolve dinheiro as coisas pioram ainda.. Há muito pesquisador mau caráter que não está nem ai...rs

Eu quis comentar isso pois esse viés cientifico utiliza-se de uma técnica da "meia-verdade", isto é, eles enaltecem um grupo de dados e resultados e omitem outros (descaradamente)... induzindo um resultado final falso. Isso também ocorre no campo em que estamos lidando e olhe, não é só do lado dos espiritas/religiosos mas dos céticos inclusive..

Isso tudo põe (e sempre colocará) em check qualquer afirmativa, por isso nunca teremos 100% de certeza, mas temos que concordar que podemos andar numa margem segura de dados e conclusões.

Se não vemos como um médium poderia fraudar num modelo como especifiquei, claro que não quer dizer que num futuro possamos descobrir como ele teria feito a fraude, mas temos que admitir que até o presente momento o fato é que parece inviolável.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 14:19:38
Por isso, dificilmente você conseguirá a ajuda de um cético para esse teste, na forma como foi proposto. Não há, mesmo sendo o mestre dos magos, como prever todas as formas possíveis de burlar um teste como esse. E só céticos normalmente, mas há exceções, é claro, admitem isso com sinceridade - que sobram no mundo pessoas mais espertas, criativas e inteligentes do que eles, capazes de burlar todo tipo de teste dessa espécie, sem que saibam ou imaginem como. Estou tentando a maior clareza e usando de toda a sinceridade possível. E note que isso não descarta a possibilidade de existir espíritos e formas de se comunicar com eles. Consegue perceber a fragilidade dessa empreitada?

Mas o Sandro se recusa a entender, e por isso fica dizendo que não seria científico procurar as fraudes do charlatão.
Sabe? Eu teria disponibilidade para estar em Porto Alegre no dia, poderia ajudar no tal teste com a maior boa vontade, mas nem que me paguem em euro vou colaborar para um "teste" que desde o início já está enviesado buscando confirmar (sim, Sandro, é isso que você quer se travestindo de pesquisador) a mediunidade de charlatões.

E já sendo, como parece ser seu caso, uma pessoa flexível
Flexível? Onde?
Ele sequer aceitou as sugestões dos foristas que, pelo menos, diminuíssem as chances de fraude; ele olha para os cálculos e continua achando tudo muito "surpreendente".

Não se preocupe, a fé do Sandro é inabalável.

Freya, você continua falando e não conseguiu (ainda) dizer onde o método é falho..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 14:25:07
Por isso, dificilmente você conseguirá a ajuda de um cético para esse teste, na forma como foi proposto. Não há, mesmo sendo o mestre dos magos, como prever todas as formas possíveis de burlar um teste como esse. E só céticos normalmente, mas há exceções, é claro, admitem isso com sinceridade - que sobram no mundo pessoas mais espertas, criativas e inteligentes do que eles, capazes de burlar todo tipo de teste dessa espécie, sem que saibam ou imaginem como. Estou tentando a maior clareza e usando de toda a sinceridade possível. E note que isso não descarta a possibilidade de existir espíritos e formas de se comunicar com eles. Consegue perceber a fragilidade dessa empreitada?

Mas o Sandro se recusa a entender, e por isso fica dizendo que não seria científico procurar as fraudes do charlatão.
Sabe? Eu teria disponibilidade para estar em Porto Alegre no dia, poderia ajudar no tal teste com a maior boa vontade, mas nem que me paguem em euro vou colaborar para um "teste" que desde o início já está enviesado buscando confirmar (sim, Sandro, é isso que você quer se travestindo de pesquisador) a mediunidade de charlatões.

E já sendo, como parece ser seu caso, uma pessoa flexível
Flexível? Onde?
Ele sequer aceitou as sugestões dos foristas que, pelo menos, diminuíssem as chances de fraude; ele olha para os cálculos e continua achando tudo muito "surpreendente".

Não se preocupe, a fé do Sandro é inabalável.

Freya, você continua falando e não conseguiu (ainda) dizer onde o método é falho..

É que eu não tenho os poderes do Alquimista para te mostrar.  :hihi:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 14:32:46
Não diga isso Freya porque se você insistir nisso vai ficar mais evidente de que não sabe do que esta falando.. Uma coisa é uma coisa e outra é outra..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 15:30:03
O Sandro não caça charlatões em prol do ceticismo, e sim para "demonstrar" (talvez para si mesmo) que alguns são médiuns de verdade enquanto outros não: se ele consegue pegar a fraude, é charlatão. Se o charlatão engana ele, é médium.

Que belo método! hahaha
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 15:54:54
O Sandro não caça charlatões em prol do ceticismo, e sim para "demonstrar" (talvez para si mesmo) que alguns são médiuns de verdade enquanto outros não: se ele consegue pegar a fraude, é charlatão. Se o charlatão engana ele, é médium.

Que belo método! hahaha

você é corajoso hein.. fala do método que não consegue contestar? Que belo cético me aparece...  :histeria:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 16:24:43
Sandro, deixando a pilantragem de lado, que tal falarmos um pouco sobre pilotagem. Como é uma das minhas grandes paixões, criei um espaço exclusivo aqui no fórum: http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=29935.msg915980#msg915980

Dá uma voada pra lá!!!!  :aviao:

Agora sim a gente pode voltar com a pilantragem aqui!!!  hehehehehehehe... 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 19 de Novembro de 2016, 16:37:34
Vale lembrar que os espíritos são seres bem burros pela falta de um cérebro material

Kardec e seus colegas do além - Livros dos Espíritos

Citar
46. Ainda há seres que nasçam espontaneamente?
“Sim, mas o gérmen primitivo já existia em estado la-
tente. Sois todos os dias testemunhas desse fenômeno. Os
tecidos do corpo humano e do dos animais não encerram
os germens de uma multidão de vermes que só esperam,
para desabrochar, a fermentação pútrida que lhes é neces-
sária à existência? É um mundo minúsculo que dormita
e se cria.”
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 16:41:40
Intaum...

O minimu lá ***o médium do fa(l)ce*** é bem discreto, e como todo médium que se preze, deve ser bem esperto e ressabiado. Não sei se ele aceitará minha solicitação de amizade.
Enquanto isso, você tem alguma amostra ou anedota aí dos causos que ele psicografou??? Poderia analisar e desmascarar alguns deles aqui mesmo, já que o tópico é sobre pesquisa com médiuns.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 19 de Novembro de 2016, 18:31:00
Pedro, obrigado mesmo por ajudar nessa matemática.. com certeza ela é sensacional e obrigado pelo algoritmo também...

Olha, dada as probabilidades, ainda assim para 3 rodadas até agora com as duas médiuns (foram duas.. uma de Fortaleza e outra de Roraima) eu posso dizer, e você concordar, que o resultado foi surpreendente...

Melhor que usar computador poderíamos fazer um experimento simples e pratico.. replicamos as 3 rodadas que foram feitas até o momento só que eu seleciono entre 10 números e o Alquimista com sua paranormalidade diz quais foram... que tal?

E olha que agora ele tem a super vantagem matemática de supor com maior facilidade....

Para evitar fraude, posso lhe enviar as sequências escolhidas (vamos usar o 0 e 1 mesmo), o Alquimista simula 3 rodadas e posta aqui, dai você coloca as minhas escolhas..

No meu entender, embora os resultados deram iguais (coincidência?) ainda temos que manter o foco de probabilidade para cair ao acaso o acerto total...

O que você entende que seria o normal para o acaso?

Nos experimentos zener/Gansfeld a probabilidade ao acaso é de 25%, a taxas atuais nos testes de telepatia estão em 33%, ou seja levemente superior ao acaso..

Sem dúvida o resultado das médiuns está fora da curva.

Eu não disse o contrário, só disse que a probabilidade era muito maior que  a 1 / 1024 suposta.

Dificilmente o Alquimista ou qualquer outro teria esse resultado. Mas, como eu coloquei no meu primeiro post sobre isso, a fraude é possível se alguém no próprio grupo da pesquisa colaborar.

Por exemplo, no que você está propondo, imagine que eu passe furtivamente os números que você me enviar para o Alquimista por email. Esse é o tipo de desconfiança que sempre vai haver com esse tipo de pesquisa, porque é mesmo muito difícil um método para uma pesquisa dessa natureza.

E é uma desconfiança razoável. Não é uma desconfiança tipo "fé cética dogmática", não se pode dizer que esse tipo de dúvida seja "forçar a barra".

Como no caso do Crookes: de nada adiantou ele convocar testemunhas, lacrar toda a casa, projetar um aparelho para restringir a médium, etc... porque ainda assim pessoas argumentam que o próprio Crookes seria espiritualista, ou que ele teria um caso com a Eva Fay... enfim, colocam em suspeição o próprio Crookes. E essas ilações na verdade já eram feitas na época, enquanto ele estava vivo.

Mas voltando às garrafas...

Eu tenho uma curiosidade. Em 3 repetições, as médiuns erraram pelo menos em 2 das 10 garrafas. Qual foi o erro? Elas viram água normal como fluidificada ou o contrário? Ou ocorreu as duas coisas?

Bem, embora o resultado esteja fora da curva, estes erros parecem indicar que elas não fazem o que dizem que fazem.  Elas não SÃO capazes de ver a água com passe com uma cor diferente.

Se você colocar na minha frente 10 garrafas, algumas contendo água e outras contendo vinho, e me perguntar qual é água e qual é vinho, eu vou acertar mil vezes e errar nenhuma. Porque eu realmente estou vendo a água e vendo o vinho.

Se eu tivesse uma taxa de erro de 20% certamente você concluiria que tenho algum grave problema de visão.

Por que você acha que, sendo médiuns, elas não conseguem ver às vezes a "cor espiritual", ou, talvez mais estranhamente, enxergam "cor espiritual" em água da torneira?

Tem alguma teoria sobre isso?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 20:34:20
Pedro, obrigado mesmo por ajudar nessa matemática.. com certeza ela é sensacional e obrigado pelo algoritmo também...

Olha, dada as probabilidades, ainda assim para 3 rodadas até agora com as duas médiuns (foram duas.. uma de Fortaleza e outra de Roraima) eu posso dizer, e você concordar, que o resultado foi surpreendente...

Melhor que usar computador poderíamos fazer um experimento simples e pratico.. replicamos as 3 rodadas que foram feitas até o momento só que eu seleciono entre 10 números e o Alquimista com sua paranormalidade diz quais foram... que tal?

E olha que agora ele tem a super vantagem matemática de supor com maior facilidade....

Para evitar fraude, posso lhe enviar as sequências escolhidas (vamos usar o 0 e 1 mesmo), o Alquimista simula 3 rodadas e posta aqui, dai você coloca as minhas escolhas..

No meu entender, embora os resultados deram iguais (coincidência?) ainda temos que manter o foco de probabilidade para cair ao acaso o acerto total...

O que você entende que seria o normal para o acaso?

Nos experimentos zener/Gansfeld a probabilidade ao acaso é de 25%, a taxas atuais nos testes de telepatia estão em 33%, ou seja levemente superior ao acaso..

Sem dúvida o resultado das médiuns está fora da curva.

Eu não disse o contrário, só disse que a probabilidade era muito maior que  a 1 / 1024 suposta.

Dificilmente o Alquimista ou qualquer outro teria esse resultado. Mas, como eu coloquei no meu primeiro post sobre isso, a fraude é possível se alguém no próprio grupo da pesquisa colaborar.

Por exemplo, no que você está propondo, imagine que eu passe furtivamente os números que você me enviar para o Alquimista por email. Esse é o tipo de desconfiança que sempre vai haver com esse tipo de pesquisa, porque é mesmo muito difícil um método para uma pesquisa dessa natureza.

E é uma desconfiança razoável. Não é uma desconfiança tipo "fé cética dogmática", não se pode dizer que esse tipo de dúvida seja "forçar a barra".

Como no caso do Crookes: de nada adiantou ele convocar testemunhas, lacrar toda a casa, projetar um aparelho para restringir a médium, etc... porque ainda assim pessoas argumentam que o próprio Crookes seria espiritualista, ou que ele teria um caso com a Eva Fay... enfim, colocam em suspeição o próprio Crookes. E essas ilações na verdade já eram feitas na época, enquanto ele estava vivo.

O ceticismo deve ser sobretudo em relação às pessoas e seus testemunhos. Seres humanos mentem, manipulam, são interesseiros, SE ENGANAM e possuem uma capacidade enorme de elaborar fantasias... Elas literalmente vivem uma fantasia.   


Citar
Mas voltando às garrafas...

Bem lembrado!!! Hoje é sábado... Quem paga a primeira rodada??????  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


Citar
Eu tenho uma curiosidade. Em 3 repetições, as médiuns erraram pelo menos em 2 das 10 garrafas. Qual foi o erro? Elas viram água normal como fluidificada ou o contrário? Ou ocorreu as duas coisas?

Bem, embora o resultado esteja fora da curva, estes erros parecem indicar que elas não fazem o que dizem que fazem.  Elas não SÃO capazes de ver a água com passe com uma cor diferente.

Se você colocar na minha frente 10 garrafas, algumas contendo água e outras contendo vinho, e me perguntar qual é água e qual é vinho, eu vou acertar mil vezes e errar nenhuma. Porque eu realmente estou vendo a água e vendo o vinho.

Se eu tivesse uma taxa de erro de 20% certamente você concluiria que tenho algum grave problema de visão.

Por que você acha que, sendo médiuns, elas não conseguem ver às vezes a "cor espiritual", ou, talvez mais estranhamente, enxergam "cor espiritual" em água da torneira?

Tem alguma teoria sobre isso?

Pedro, dê uma olhada nisso aqui, mas controle a crise de risos: http://espiritananet.blogspot.com.br/2008/01/gua-fluidificada.html

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

É óbvio que tem truque na parada!!!!!!!! E sabe como é feito?????
A raparigas testadas apenas fizeram uma LEITURA CORPORAL (OU MUSCULAR) da terceira pessoa que selecionou (e sabia de antemão quais) as garrafas ''fluidificadas'', só isso. Tipo aquele cavalo, o Hans Esperto.
Como a ''vocação'' delas é de ''vidente'', é claro que já estariam treinadas nesse tipo de leitura.  Mas o cavalo era bem melhor... Acertava mais...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 21:01:41
Sandro, deixando a pilantragem de lado, que tal falarmos um pouco sobre pilotagem. Como é uma das minhas grandes paixões, criei um espaço exclusivo aqui no fórum: http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=29935.msg915980#msg915980

Dá uma voada pra lá!!!!  :aviao:

Agora sim a gente pode voltar com a pilantragem aqui!!!  hehehehehehehe...

Alquimista.. Blz! Vi o tópico la e assim que der vou la colaborar com seus questionamentos rss... Vou responder rápido aqui pois estou saindo para o trabalho.. que será árduo hj.... Falaremos muito sobre aviação pois é um das minhas paixões também... viu só.. há coisas em comum entre nós huahauhauah
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 21:10:08
Sandro, deixando a pilantragem de lado, que tal falarmos um pouco sobre pilotagem. Como é uma das minhas grandes paixões, criei um espaço exclusivo aqui no fórum: http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=29935.msg915980#msg915980

Dá uma voada pra lá!!!!  :aviao:

Agora sim a gente pode voltar com a pilantragem aqui!!!  hehehehehehehe...

Alquimista.. Blz! Vi o tópico la e assim que der vou la colaborar com seus questionamentos rss... Vou responder rápido aqui pois estou saindo para o trabalho.. que será árduo hj.... Falaremos muito sobre aviação pois é um das minhas paixões também... viu só.. há coisas em comum entre nós huahauhauah

hehehehehe... Beleza!!!  :ok:   E boa sorte no trabalho!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 19 de Novembro de 2016, 21:16:43

Sem dúvida o resultado das médiuns está fora da curva.

Eu não disse o contrário, só disse que a probabilidade era muito maior que  a 1 / 1024 suposta.

Dificilmente o Alquimista ou qualquer outro teria esse resultado. Mas, como eu coloquei no meu primeiro post sobre isso, a fraude é possível se alguém no próprio grupo da pesquisa colaborar.

Por exemplo, no que você está propondo, imagine que eu passe furtivamente os números que você me enviar para o Alquimista por email. Esse é o tipo de desconfiança que sempre vai haver com esse tipo de pesquisa, porque é mesmo muito difícil um método para uma pesquisa dessa natureza.

E é uma desconfiança razoável. Não é uma desconfiança tipo "fé cética dogmática", não se pode dizer que esse tipo de dúvida seja "forçar a barra".

Como no caso do Crookes: de nada adiantou ele convocar testemunhas, lacrar toda a casa, projetar um aparelho para restringir a médium, etc... porque ainda assim pessoas argumentam que o próprio Crookes seria espiritualista, ou que ele teria um caso com a Eva Fay... enfim, colocam em suspeição o próprio Crookes. E essas ilações na verdade já eram feitas na época, enquanto ele estava vivo.

Mas voltando às garrafas...

Eu tenho uma curiosidade. Em 3 repetições, as médiuns erraram pelo menos em 2 das 10 garrafas. Qual foi o erro? Elas viram água normal como fluidificada ou o contrário? Ou ocorreu as duas coisas?

Bem, embora o resultado esteja fora da curva, estes erros parecem indicar que elas não fazem o que dizem que fazem.  Elas não SÃO capazes de ver a água com passe com uma cor diferente.

Se você colocar na minha frente 10 garrafas, algumas contendo água e outras contendo vinho, e me perguntar qual é água e qual é vinho, eu vou acertar mil vezes e errar nenhuma. Porque eu realmente estou vendo a água e vendo o vinho.

Se eu tivesse uma taxa de erro de 20% certamente você concluiria que tenho algum grave problema de visão.

Por que você acha que, sendo médiuns, elas não conseguem ver às vezes a "cor espiritual", ou, talvez mais estranhamente, enxergam "cor espiritual" em água da torneira?

Tem alguma teoria sobre isso?

Pedro, os erros incluíam amostras fluidificadas também, algo que, por outro viés, reduz a chance de fraude. A maioria dos espiritas acredita que a mediunidade de visão seja realmente disso, de "ver" algo..

O seu questionamento é imensamente oportuno uma vez que traz a tona essa confusão espirita sobre a "visão"..

O termo visão nem se usa mais entre pesquisadores "mais avancados" mas sim o termo percepção.

A visão é um produto do olho, logo se existir espirito e ele "habita" um corpo, ele não tem olho e sim um sistema que interage e elabora uma forma de "visão" para a mente consciente.

Essa percepção em estado consciente é extremamente falha. Não digo isso exatamente por base nesse estudo mas no passado foram feitos muitos, se quiser posso postar aqui um bem interessante.

O pessoal pegava uma médium "incorporada" e mandava ela (o espirito) entrar numa sala e descreve-la. Haviam testes onde colocavam livros em caixa lacrada e pediam para o espirito ler alguma pagina em específico.

Os resultados eram muito bons mas demonstrava que os espiritos não conseguiam ler (até porque não enxergam mesmo haha) mas conseguiam relatar a impressão das pessoas que ja o tinham lido. Isso de forma geral é algo muito subjetivo demonstrando que não tinha nada disso de visão como os espiritas dizem..

Sobre a questão de se fraudar esse experimento eu acho um tanto complicado, primeiro porque a primeira rodada foi feita em Fortaleza com pessoas diferentes. Segundo que nesse método aprimorado, onde colocamos um auxiliar para evitar nossa "contaminacao", este não acredita na fenomenologia, sendo um cético normal... Digamos de confiança.. Então, garantir 100% realmente é impossível mas acho muitissimo improvável que ele fraudasse, inclusive dai teria fornecido dados errados..

Pensei na hipótese do Centro Espirita, alguém saber e poder ter indicado, mas como cada rodada se usou lugares diferentes as chances caem muito.

Com certeza não podemos abandonar a hipótese de fraude, mas temos tentado reduzi-la ao máximo.

Se lhe interessar trago o trecho aqui de um experimento com uma médium famosa do passado e dai poderemos analisar o relato dela e o que de fato havia.. Foi interessante... Tem os experimentos com livros.. Há inclusive experimento recente replicado, pelo que me lembro por um grupo de australianos..

Ah nao deixe de me dizer qual seria a chance ao acaso para o que utilizei. (Dos experimentos Ganzfeld você ja conhecia?)
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 21:23:10
Ainda sobre as experiências das garrafas...

Há também outra forma de fazer, apesar de ser mais um tiro no escuro, mas que não podemos descartar devido a natureza humana (que nunca falha!).

A ''vidente'' poderia já saber de antemão qual CE seriam levadas as garrafas. Sendo assim, ela poderia facilmente ter plantado um espião lá que lhe informasse quais líquidos tinham acabado de passar pelo passe (já que os frascos tinham sido previamente enumerados).
Um bom argumento para essa tese, é o padrão inalterável de acertos: 8/10. Por que sempre davam o mesmo resultado????
Ora, e se fosse proposital??? Pois se já sabia quais seriam ''fluidificadas'' através de um informante, daria muito na cara se ela acertasse sempre as 10 garrafas. Enfim...

Que houve truque, é evidente!!! Ou vocês querem retroceder cientificamente para a bobagem do ''fluido universal'' (magnetismo) de Mesmer??????     
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 19 de Novembro de 2016, 21:30:59
Pensei na hipótese do Centro Espirita, alguém saber e poder ter indicado, mas como cada rodada se usou lugares diferentes as chances caem muito.

Enquanto digitava, o Sandro já tinha postado o mesmo questionamento.

Sandro, e se não fosse uma pessoa vinculada a uma CE específica, mas um ajudante vinculado à ''vidente''??? Aí sim o fato das rodadas terem se dado em locais diferentes não influem. 

Mesmo assim, ainda fico mais com a hipótese da LEITURA CORPORAL!!!!!


Citar
Se lhe interessar trago o trecho aqui de um experimento com uma médium famosa do passado e dai poderemos analisar o relato dela e o que de fato havia.. Foi interessante... Tem os experimentos com livros.. Há inclusive experimento recente replicado, pelo que me lembro por um grupo de australianos..

Dos livros parecem ser interessantes. Conte aí depois.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 19 de Novembro de 2016, 22:10:11
O Sandro ainda não desistiu?
Mazaaa guri perseverante esse!  :hihi:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 19 de Novembro de 2016, 23:01:19
Mas voltando às garrafas...

Eu tenho uma curiosidade. Em 3 repetições, as médiuns erraram pelo menos em 2 das 10 garrafas. Qual foi o erro? Elas viram água normal como fluidificada ou o contrário? Ou ocorreu as duas coisas?

Bem, embora o resultado esteja fora da curva, estes erros parecem indicar que elas não fazem o que dizem que fazem.  Elas não SÃO capazes de ver a água com passe com uma cor diferente.

Se você colocar na minha frente 10 garrafas, algumas contendo água e outras contendo vinho, e me perguntar qual é água e qual é vinho, eu vou acertar mil vezes e errar nenhuma. Porque eu realmente estou vendo a água e vendo o vinho.

Se eu tivesse uma taxa de erro de 20% certamente você concluiria que tenho algum grave problema de visão.

Por que você acha que, sendo médiuns, elas não conseguem ver às vezes a "cor espiritual", ou, talvez mais estranhamente, enxergam "cor espiritual" em água da torneira?

Tem alguma teoria sobre isso?

Tava aqui me perguntando por que esse fdp desse espírito erra duas de propósito... deve ser um espírito zombeteiro, ou 20% zombeiro.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 00:00:41
Citar
...Crookes seria espiritualista, ou que ele teria um caso com a Eva Fay...

O caso era com Florence Cook.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 00:25:57
O Sandro não caça charlatões em prol do ceticismo, e sim para "demonstrar" (talvez para si mesmo) que alguns são médiuns de verdade enquanto outros não: se ele consegue pegar a fraude, é charlatão. Se o charlatão engana ele, é médium.

Que belo método! hahaha

Você tem certeza absoluta que o "investigado" é um charlatão de fato? A pesquisa é justamente para confirmar (ou não) isso. E se o "médium" for um médium de verdade? Não seria ótimo saber isso? Isso não abriria caminho para futuras investigações?

Um "cético" com opinião formada, inflexível, é um religioso.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 01:50:32
Citar
Não sou eu quem diz que homeopatia e acupuntura não funcionam, é a ciência.



É???? Pois é....

Influence of acupuncture treatment on cerebral activity in functional dyspepsia patients and its relationship with efficacy.
CONCLUSIONS:
Acupuncture and sham acupuncture have relatively different clinical efficacy and brain responses. Acupuncture treatment more significantly improves the symptoms and quality of life of FD patients. The more remarkable modulation on the homeostatic afferent network, including the insula, ACC, and hypothalamus, might be the specific mechanism of acupuncture.

[Randomized controlled study on acupuncture treatment for chronic fatigue syndrome].
CONCLUSION:
Both of the acupuncture treatment and Shenmai injectio are able to decrease fatigue scale score, improve the fatigue symptoms of CFS patients, and the effect of acupucture treatment is obviously superior to that of Shenmai injectio.

Forty cases of gastrointestinal neurosis treated by acupunture.
CONCLUSIONS:
Acupuncture may show better results for gastrointestinal neurosis and with less toxic side effects.

[Clinical observation on acupuncture for treatment of infertility of ovulatory disturbance].
CONCLUSION:
Acup-moxibustion and Clomiphene have a same ovulating effect, and the pregnancy rate is higher and the abortion rate is lower for the patient of acup-moxibustion treatment than that for oral administration of Clomiphene.

Homeopathic medicines for prevention of influenza and acute respiratory tract infections in children: blind, randomized, placebo-controlled clinical trial.
CONCLUSION:
These results suggested that the use of homeopathic medicines minimized the number of flu and acute respiratory infection symptomatic episodes in children, signalizing that the homeopathic prophylactic potential should be investigated in further studies.

Relative Apoptosis-inducing Potential of Homeopa-thic Condurango 6C and 30C in H460 Lung Cancer Cells In vitro: -Apoptosis-induction by homeopathic Condurango in H460 cells.
CONCLUSION:
Condurango 30C had greater apoptotic effect than Condurango 6C as claimed in the homeopathic doctrine.

Efficacy of a homeopathic complex on acute viral tonsillitis.
CONCLUSION:
The homeopathic complex used in this study exhibited significant anti-inflammatory and pain-relieving qualities in children with acute viral tonsillitis. No patients reported any adverse effects. These preliminary findings are promising; however, the sample size was small and therefore a definitive conclusion cannot be reached. A larger, more inclusive research study should be undertaken to verify the findings of this study.

Fonte: PubMed

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 20 de Novembro de 2016, 09:55:34

Ah nao deixe de me dizer qual seria a chance ao acaso para o que utilizei. (Dos experimentos Ganzfeld você ja conhecia?)

Ôh Sandro, eu sou leigo em probabilidade e estatística, mas certas observações são tão básicas que eu posso fazer.

Acontece que você bolou um formato de experimento tão engenhoso, com tanta pegadinha numérica, várias sutilezas ilusórias, que pra destrinchar esse ilusionismo todo teria que escrever tanto que até desanima.

Mas vamos ver se dá pra fazer isso em capítulos...

Você pergunta qual a chance do seu resultado... mas até isso é meio pegadinha, né?

Como estamos interagindo, você passa impressão de ser pessoa de boa índole, mas se alguém parar para analisar a maneira como você bolou seu experimento pode parecer coisa de alguém que saca e fez com malícia.

Partindo do pressuposto que você realmente não sabe a chance do seu resultado é preciso explicar que esse número sozinho é bastante ilusório. Por si só, um resultado com probabilidade pequena, ínfima, pode não ter nada de espantoso.

Por exemplo, se você jogar uma moeda 20 vezes anotando os resultados, qualquer sequência que der terá tido uma probabilidade menor que um milionésimo. E não haveria nada de extraordinário porque algum resultado teria que ocorrer e qualquer resultado que ocorresse teria essa mesma probabilidade ínfima.

Outra coisa é que um número pequeno de observações tende a um resultado com distorção. Existe uma coisa chamada curva normal, ou distribuição normal, mas não dá para construir só com 3 observações.

Se eu sair e perguntar a 3 pessoas em quem vão votar para presidente não é o troço mais impossível que eu encontre 3 eleitores da Marina. Aí digo que fiz uma pesquisa e a Marina Silva será eleita com 100% dos votos...

Mas se pesquisarmos 100, 200, 3 mil pessoas isso vai se tornando mais improvável.

Dá para demonstrar que o seu resultado é menos provável mas não impressiona. Não é tipo "óh,acertei na mega sena!". Mas o interessante é que o formato do experimento induz a vários enganos intuitivos, sempre a evidência de mediunidade parecendo maior que a realmente indicada pelo resultado.

Suponhamos que o médium acertasse:

0 vezes - Diriam que é um bosta.
1 vez   - É um charlatão.
2 vezes - Um vigarista.
3 vezes - Teve sorte.
4 vezes - Pode ser que tenha alguma mediunidade...
5 vezes - Hummmm...

10 vezes - Nossa!!!

Intuitivamente a maioria faria essa progressão, mas o curioso é que você fez de um jeito que induz a essa intuição completamente falsa.

Poucos se dariam conta que acertar 5 vezes é mais fácil que acertar 4. Que acertar 6 é só um pouco mais difícil que acertar 5, cuja chance é um pouco menor que 1/4 enquanto pra 6 é pouco maior que 1/5. Que acertar somente 3 é mais que o dobro da dificuldade de acertar 5 e mais difícil que acertar 6. Que errar todas teria a mesma improbabilidade de acertar todas.

Também é fácil perceber que acertar as 10 deve ser bastante improvável, mas a intuição leva a pessoa a achar que 8 é quase a mesma coisa que 10, quando na verdade é 50 vezes mais provável.

Entendemos que esse tipo de experimento visa confrontar um resultado estatístico com uma probabilidade teória para inferir se eventos são aleatórios ou se ocorre influência de algum fator determinístico.

Mas veja que interessante...

5 é o resultado de maior chance. Se o médium tivesse acertado em 5 garrafas nas 3 repetições, este, entre todos os resultados possíveis, seria o mais sugestivo de aleatoriedade. Portanto nenhum indício de fator mediúnico teria se verificado.

Mas ainda se poderia dizer que ele acertou metade das vezes em 3 repetições consecutivas e a chance disso ocorrer é de somente 1%.

Percebe? Assim como a sequência dos resultados da moeda, seria um evento improvável e ao mesmo tempo perfeitamente ordinário. Comum.

E intuitivamente passaria uma ideia oposta ao que o resultado estaria sugerindo.

Quer dizer, se for para publicar esse estudo em uma revista espírita, a chance de encontrar resultados que vão desagradar a expectativa do leitor é pequena.

Além disso você só fez 3 observações, que é um número pequeno, e uma chance de 1 pra 18 não é um resultado tão impressionante de ocorrer em apenas 3 observações.

Por exemplo, rodei agora mesmo aquele algoritmo que eu escrevi, ajustando para 3 repetições e pus isso dentro de  um loop de 30 iterações. Em 30 repetições ( cada uma simulando 3 experimentos consecutivos ) obtive dois resultados parecidos com o seu: (8,8,4) e (6,8,8)

Quer dizer... não é tipo acertar na loteria. Mas se eu tivesse usado 100, 200, 3 mil repetições... essa proporção se tornaria mais improvável.

Mas o que eu não entendo é porque você bolou fazer exatamente dessa forma.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 20 de Novembro de 2016, 10:03:04

Pedro, dê uma olhada nisso aqui, mas controle a crise de risos: http://espiritananet.blogspot.com.br/2008/01/gua-fluidificada.html


Isso é um samba do crioulo doido. Está no rol das coisas que nem erradas são.

Adoram termos como "energia", "vibração", "magnetismo", mas misturam numa salada que não está certa, mas também num tá nem errada porque não faz nenhum sentido. Não quer dizer nada.

Me lembrou alguns discursos da saudosa presidenta Dilma Roussef.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 12:39:49
Como disse antes, se o objetivo da pesquisa é verificar se o médium fraudou ou não, o resultado do acerto/erro da psicografia é irrelevante. A abordagem no segundo caso, no entanto, deve ser "qualitativa" e não "quantitativa". Porém não é impossível quantificar probabilidades mesmo diante da impossibilidade de se repetir o experimento "n" vezes com o mesmo médium. A parapsicologia trata essa questão com a "meta-analysis" (metanálise), amplamente utilizada na pesquisa médica.

Citação de:  wikipédia
A metanálise ou meta-análise (do grego μετα, "depois de/além", e ανάλυση, "análise") é uma técnica estatística especialmente desenvolvida para integrar os resultados de dois ou mais estudos independentes, sobre uma mesma questão de pesquisa, combinando, em uma medida resumo, os resultados de tais estudos.

Isso é, ao invés de esgotar o mesmo médium com mil procedimentos, usa-se o resultado de muitas sessões com diferentes médiuns. A grande bronca dos céticos contra a metanálise é o "efeito gaveta" (file-drawer effect):

Citar
Efeito gaveta é a prática em que pesquisadores incorrem quando engavetam estudos que apresentam resultados negativos. Resultado negativo não é quando se descobre que algo nos afeta negativamente, e sim quando não se encontra nada estatisticamente significativo, ou que tenha conseqüência causal. Pode também se referir à descoberta de algo que seja contrário a pesquisas prévias, ou ao que era esperado.

A prática de se relatar e publicar somente pesquisas com resultados positivos cria uma falsa representação do assunto sob investigação, especialmente se for feita uma meta-análise.
http://brazil.skepdic.com/efeitogaveta.html

Essa abordagem estatística que vocês estão estudando aplicar não permite afirmações que confirmem a existência do fenômeno observado e as críticas apresentadas pelo Pedro são pertinentes, da mesma forma que a abordagem qualitativa tem suas limitações. Para vocês terem idéia da dificuldade do estudo estatístico desse tipo de fenômeno, a telepatia está em discussão há pelo menos 80 anos sem um consenso matemático-estatísitico sobre os resultados e ainda é assunto de intenso debate.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 12:54:21
Também acho o formato do experimento das garrafas tosco demais. Quando se pede ao médium escolher a garrafa "certa" já está presumido que existe uma diferença entre as águas, o que pode ser falso diante da alta probabilidade de inexistência da "água fluidificada". Se todas as águas forem "cientificamente" iguais após estudos detalhados de composição, radiações, origem, etc., o médium está escolhendo o que? Portanto, o objetivo do experimento é nebuloso. Nesse caso, primeiro é preciso saber se realmente existe essa "água fluidificada". Percebe como é difícil escapar do viés da hipótese espírita?

Insistir na abordagem proposta poderia gerar outras hipóteses ainda mais extraordinárias como o conhecimento da preparação das garrafas através de algum poder clarividente que não tem nada a ver com água fluidificada.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 13:22:37
Pensei na hipótese do Centro Espirita, alguém saber e poder ter indicado, mas como cada rodada se usou lugares diferentes as chances caem muito.

Enquanto digitava, o Sandro já tinha postado o mesmo questionamento.

Sandro, e se não fosse uma pessoa vinculada a uma CE específica, mas um ajudante vinculado à ''vidente''??? Aí sim o fato das rodadas terem se dado em locais diferentes não influem. 

Mesmo assim, ainda fico mais com a hipótese da LEITURA CORPORAL!!!!!


Citar
Se lhe interessar trago o trecho aqui de um experimento com uma médium famosa do passado e dai poderemos analisar o relato dela e o que de fato havia.. Foi interessante... Tem os experimentos com livros.. Há inclusive experimento recente replicado, pelo que me lembro por um grupo de australianos..

Dos livros parecem ser interessantes. Conte aí depois.

Alquimista, vamos por partes...

O primeiro experimento foi feito em Fortaleza, pelo que lembro o método ficou um tanto falho pois a agua foi fluidificada momentos antes da medium vidente entrar na sala.. Nesse caso não houve um auxiliar uma vez que a fluidificada foi feita no mesmo local.. Nesse caso poderia haver algum tipo de vazamento por "corporal" ou telepática (mesmo que não acredite.. heheh )... O índice foi de 8/10..

Esse segundo experimento (feito em Roraima), com outra médium, agora com 3 rodadas (a ultima ainda será feita), nós incluímos um auxiliar cético "ao processo", de confiança da experimentadora principal... Na primeira rodada ele numerou as garrafas e escolheu algumas aleatoriamente para levar a um centro espirita (A) para que fossem fluidificadas... Esse CE A a médium não sabia qual seria nem quando seria fluidificada, fator importante pois não teria como ela enviar alguém lá para checar isso.. O índice de acerto foi de 8/10 também...
A segunda rodada foi feito da mesma forma, porém a médium sabia (infelizmente) onde seria feita a fluidificação.. O índice de acerto foi de 8/10 também...

Fiquei pensando como aprimorar o método e o ponto chave para diminuir qualquer hipótese de fraude junto a médium e centro espirita é pedir ao auxiliar que numere as garrafas quando chegar em casa, evitando misturar as mesmas antes disso. Dessa forma mesmo que houvesse alguém infiltrado no CE, tanto na sessão quanto algum médium lá, apenas o auxiliar iria saber qual garrafa(s) teria(m) sido fluidificadas..

Particularmente entendo que você "tem certeza" de que há alguma fraude, mas tente ser imparcial, mesmo nunca deixando de pensar na fraude..

Eu não vejo muitos motivos para a fraude, primeiro porque foram experimentos com médiuns diferentes em locais diferentes com experimentadores diferentes; segundo que nenhum dos resultados ficou o esperado para eles, ou seja, tanto o médium quanto espiritas em geral (povão espirita) acreditam teria que acertar 100% das garrafas, um pensamento erróneo de que seria uma visão mesmo; terceiro, se houvesse alguém infiltrado teria dado as informações corretas e não as incorretas..

Além de diversos estudos sobre algo que pode sair das maos de pessoas, vou enviar o link de um:

ELECTROMAGNETIC EMISSION FROM HUMANS DURING FOCUSED INTENT
BY WILLIAM T. JOINES, STEPHEN B. BAUMANN (DECEASED), AND JOHN G. KRUTH
ABSTRACT: The Bioenergy Laboratory at the Rhine Research Center detects electromagnetic radiation from humans during times of focused intent—typically during deep meditation or implied energetic healing activities. Sensitive infrared (IR) and ultraviolet (UV) light detection equipment measures invisible light emissions from the participants. Approximately 100 participants, including self- proclaimed energetic healers, meditators, and others claiming no special abilities, were measured using IR and UV equipment. These experiments measure the levels (photons/second) of electromagnetic radiation and whether the participants are able to intentionally control the emissions. In the IR studies, professed energetic healers produced radiation or heat on their palms and foreheads when they began their healing process, and it subsided when they stopped. UV studies found 4 individuals and 3 meditation groups that intentionally projected from 3 to 100,000 times the baseline UV light readings in the room. The change began with their purposeful activities and stopped when the activity subsided. This research demonstrates that light-sensitive equipment can detect energies from some healers and meditators who are able to intentionally project this energy. These emissions may be related to chi, energetic healing, ESP activities, or PK.

Segue o link do artigo completo: https://www.dropbox.com/s/0kbokpuhqapefen/ELECTROMAGNETIC%20EMISSION%20FROM%20HUMANS.pdf?dl=0

Então veja, se não quisermos pensar em sobrenatural, o que temos de demonstração é que algumas pessoas emitem UV pelas maos.. Será que isso não pode ser captado por algumas pessoas também? Será que isso fica na agua?

O experimento que estamos fazendo busca verificar e não explicar o motivo... cada um com sua crença.. mas o que temos de dados até o momento indica algo muito acima do acaso e que pode ser replicado em outros lugares, claro que com as pessoas e o método correto..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 13:45:59

Ah nao deixe de me dizer qual seria a chance ao acaso para o que utilizei. (Dos experimentos Ganzfeld você ja conhecia?)

Ôh Sandro, eu sou leigo em probabilidade e estatística, mas certas observações são tão básicas que eu posso fazer.

Acontece que você bolou um formato de experimento tão engenhoso, com tanta pegadinha numérica, várias sutilezas ilusórias, que pra destrinchar esse ilusionismo todo teria que escrever tanto que até desanima.

Mas vamos ver se dá pra fazer isso em capítulos...

Você pergunta qual a chance do seu resultado... mas até isso é meio pegadinha, né?

Como estamos interagindo, você passa impressão de ser pessoa de boa índole, mas se alguém parar para analisar a maneira como você bolou seu experimento pode parecer coisa de alguém que saca e fez com malícia.

Partindo do pressuposto que você realmente não sabe a chance do seu resultado é preciso explicar que esse número sozinho é bastante ilusório. Por si só, um resultado com probabilidade pequena, ínfima, pode não ter nada de espantoso.

Por exemplo, se você jogar uma moeda 20 vezes anotando os resultados, qualquer sequência que der terá tido uma probabilidade menor que um milionésimo. E não haveria nada de extraordinário porque algum resultado teria que ocorrer e qualquer resultado que ocorresse teria essa mesma probabilidade ínfima.

Outra coisa é que um número pequeno de observações tende a um resultado com distorção. Existe uma coisa chamada curva normal, ou distribuição normal, mas não dá para construir só com 3 observações.

Se eu sair e perguntar a 3 pessoas em quem vão votar para presidente não é o troço mais impossível que eu encontre 3 eleitores da Marina. Aí digo que fiz uma pesquisa e a Marina Silva será eleita com 100% dos votos...

Mas se pesquisarmos 100, 200, 3 mil pessoas isso vai se tornando mais improvável.

Dá para demonstrar que o seu resultado é menos provável mas não impressiona. Não é tipo "óh,acertei na mega sena!". Mas o interessante é que o formato do experimento induz a vários enganos intuitivos, sempre a evidência de mediunidade parecendo maior que a realmente indicada pelo resultado.

Suponhamos que o médium acertasse:

0 vezes - Diriam que é um bosta.
1 vez   - É um charlatão.
2 vezes - Um vigarista.
3 vezes - Teve sorte.
4 vezes - Pode ser que tenha alguma mediunidade...
5 vezes - Hummmm...

10 vezes - Nossa!!!

Intuitivamente a maioria faria essa progressão, mas o curioso é que você fez de um jeito que induz a essa intuição completamente falsa.

Poucos se dariam conta que acertar 5 vezes é mais fácil que acertar 4. Que acertar 6 é só um pouco mais difícil que acertar 5, cuja chance é um pouco menor que 1/4 enquanto pra 6 é pouco maior que 1/5. Que acertar somente 3 é mais que o dobro da dificuldade de acertar 5 e mais difícil que acertar 6. Que errar todas teria a mesma improbabilidade de acertar todas.

Também é fácil perceber que acertar as 10 deve ser bastante improvável, mas a intuição leva a pessoa a achar que 8 é quase a mesma coisa que 10, quando na verdade é 50 vezes mais provável.

Entendemos que esse tipo de experimento visa confrontar um resultado estatístico com uma probabilidade teória para inferir se eventos são aleatórios ou se ocorre influência de algum fator determinístico.

Mas veja que interessante...

5 é o resultado de maior chance. Se o médium tivesse acertado em 5 garrafas nas 3 repetições, este, entre todos os resultados possíveis, seria o mais sugestivo de aleatoriedade. Portanto nenhum indício de fator mediúnico teria se verificado.

Mas ainda se poderia dizer que ele acertou metade das vezes em 3 repetições consecutivas e a chance disso ocorrer é de somente 1%.

Percebe? Assim como a sequência dos resultados da moeda, seria um evento improvável e ao mesmo tempo perfeitamente ordinário. Comum.

E intuitivamente passaria uma ideia oposta ao que o resultado estaria sugerindo.

Quer dizer, se for para publicar esse estudo em uma revista espírita, a chance de encontrar resultados que vão desagradar a expectativa do leitor é pequena.

Além disso você só fez 3 observações, que é um número pequeno, e uma chance de 1 pra 18 não é um resultado tão impressionante de ocorrer em apenas 3 observações.

Por exemplo, rodei agora mesmo aquele algoritmo que eu escrevi, ajustando para 3 repetições e pus isso dentro de  um loop de 30 iterações. Em 30 repetições ( cada uma simulando 3 experimentos consecutivos ) obtive dois resultados parecidos com o seu: (8,8,4) e (6,8,8)

Quer dizer... não é tipo acertar na loteria. Mas se eu tivesse usado 100, 200, 3 mil repetições... essa proporção se tornaria mais improvável.

Mas o que eu não entendo é porque você bolou fazer exatamente dessa forma.

Olá Pedro.. também não sou um "dominador" das estatísticas e na época da elaboração dessa ideia de teste foi algo bem empirico mesmo... Se deixarmos a matemática de lado por um momento, a ideia foi buscar algo simples e obvio: "se você é uma medium que vê cor numa agua depois de passar por um passe, então se eu escolher algumas para dar um passe e misturar a outras, você saberá me dizer qual está e qual não está?"

Essa era a questão que originou a pesquisa. Na época nem pensamos sobre a matemática e o acaso, tanto que lhe perguntei por achar que domina bem o campo..

Ainda no campo empirico, eu poderia ter colocado um sistema como você fez e comparar os acertos dela para os aleatórios, ou usar uma pessoa não dita médium para tentar chutar e fazer da mesma forma, apenas para comparar os dados obtidos..

O empírico e o estatístico: Você pode não concordar comigo, mas mesmo que a probabilidade de um jogo de cara ou coroa ser de 50%, se formos jogar isso na real, pode ser que não ocorra o "meio a meio", o que de fato acaba não acontecendo na prática...

Pode fazer um teste... Jogue 10x uma moeda e veja se vai dar 5x cara e 5x coroa...

Dai a "desculpa" seria que teríamos que jogar mais vezes, ou seja, 100x... na matemática daria certo mas e na pratica?

Estou falando isso porque o sistema de randominação de um computador é (e foi) extremamente criticado por ser um sistema viciado, impreciso e irreal.

Contudo você está absolutamente correto em afirmar que poucas amostras não garantem um sucesso em termo estatístico, afinal, não podemos abandonar a hipótese da sorte.. Dai só com varias e varias replicações é que conseguiremos ter mais certeza.. A problemática, na critica, é que, dependendo da situação os resultados apontam nitidamente para uma tendência, no caso do estudo, de que exista algo bem interessante aí..

Eu comentei das cartas zener pois elas são mais simples.. O estudo do acaso ficou em 25% (0,25).. Os parapsicologos fizeram e vem fazendo centenas de replicaçoes e os índices ficam na média dos 33% de acerto, ou seja, maior que a hipótese do acaso... Dai vem as interpretações.. Para alguns o índice é muito pouco superior, para outros é o suficiente para demonstrar que qualquer pessoa comum tem sim uma tendência a algum tipo de conexão mental com outra... Dai pode-se perguntar: Ué, mas 33% realmente é muito baixo... só isso?

Bom.. dai uma boa resposta é a parte empírica do estudo.. Para se dar essa média há casos onde a serie de experimentos deu 88%, 50% e outros que foram muito baixos... Coincidencia? Sei la.. Mas o que temos de fato é que certos experimentos quantitativos são inadequados para se testar algo, necessitando de algo qualitativo..

O problema do qualitativo é que se acaba exigindo mais e mais replicações e isso "estraga" o experimento... Seria aquela conversa dos corvos.. Ha se houver um corvo branco é o suficiente para demonstrar que nem todos são pretos..

Ora, se alguns quiserem ver vários corvos brancos para ficar evidente que não foi uma coincidência (ou fraude) essa premissa ja vai por agua abaixo.

Voltando ao caso das garrafas, nos termos matemáticos e nos termos empíricos..

Se acertar 8 garrafas das 10 seria factivelmente uma chance para cada 18 tentativas, se fizermos isso na pratica será que vai dar certo?

Empiricamente sabemos que não... e não estou falando de usar o computador, estou falando de eu previamente colocar num arquivo aqui quantos e quais numeros eu desejaria, enviar pro dropbox (pois teria-se o horario que foi gravado) e dai você fazer o mesmo e testarmos isso por 18x...

O que estou dizendo com isso é que não vi maldade minha nisso mas sim um questionamento empírico e simples.. fácil de testar e usar uma lógica comum..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 13:51:44
Como disse antes, se o objetivo da pesquisa é verificar se o médium fraudou ou não, o resultado do acerto/erro da psicografia é irrelevante. A abordagem no segundo caso, no entanto, deve ser "qualitativa" e não "quantitativa". Porém não é impossível quantificar probabilidades mesmo diante da impossibilidade de se repetir o experimento "n" vezes com o mesmo médium. A parapsicologia trata essa questão com a "meta-analysis" (metanálise), amplamente utilizada na pesquisa médica.

Citação de:  wikipédia
A metanálise ou meta-análise (do grego μετα, "depois de/além", e ανάλυση, "análise") é uma técnica estatística especialmente desenvolvida para integrar os resultados de dois ou mais estudos independentes, sobre uma mesma questão de pesquisa, combinando, em uma medida resumo, os resultados de tais estudos.

Isso é, ao invés de esgotar o mesmo médium com mil procedimentos, usa-se o resultado de muitas sessões com diferentes médiuns. A grande bronca dos céticos contra a metanálise é o "efeito gaveta" (file-drawer effect):

Citar
Efeito gaveta é a prática em que pesquisadores incorrem quando engavetam estudos que apresentam resultados negativos. Resultado negativo não é quando se descobre que algo nos afeta negativamente, e sim quando não se encontra nada estatisticamente significativo, ou que tenha conseqüência causal. Pode também se referir à descoberta de algo que seja contrário a pesquisas prévias, ou ao que era esperado.

A prática de se relatar e publicar somente pesquisas com resultados positivos cria uma falsa representação do assunto sob investigação, especialmente se for feita uma meta-análise.
http://brazil.skepdic.com/efeitogaveta.html

Essa abordagem estatística que vocês estão estudando aplicar não permite afirmações que confirmem a existência do fenômeno observado e as críticas apresentadas pelo Pedro são pertinentes, da mesma forma que a abordagem qualitativa tem suas limitações. Para vocês terem idéia da dificuldade do estudo estatístico desse tipo de fenômeno, a telepatia está em discussão há pelo menos 80 anos sem um consenso matemático-estatísitico sobre os resultados e ainda é assunto de intenso debate.

Giga.. você está absolutamente certo nisso.. O engavetamento tem sido um problema complicado de lidar pois sabemos que, de ambos os lados, pesquisadores omitem trabalhos quando não saem como o esperado, gerando problemas estatísticos e consequentemente na meta-analise..

Para reduzir esse problema, pelo que vi, os projetos tem que ser publicados independente dos resultados, tanto para positivos como para negativos.. Infelizmente sempre ha formas de burlar...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 14:03:13
Também acho o formato do experimento das garrafas tosco demais. Quando se pede ao médium escolher a garrafa "certa" já está presumido que existe uma diferença entre as águas, o que pode ser falso diante da alta probabilidade de inexistência da "água fluidificada". Se todas as águas forem "cientificamente" iguais após estudos detalhados de composição, radiações, origem, etc., o médium está escolhendo o que? Portanto, o objetivo do experimento é nebuloso. Nesse caso, primeiro é preciso saber se realmente existe essa "água fluidificada". Percebe como é difícil escapar do viés da hipótese espírita?

Insistir na abordagem proposta poderia gerar outras hipóteses ainda mais extraordinárias como o conhecimento da preparação das garrafas através de algum poder clarividente que não tem nada a ver com água fluidificada.

Concordo com você nisso também.. Esse estudo foi feito (e ainda em andamento) focado somente para espiritas.. Por que isso? Simplesmente porque se precisa saber quem é medium ou não de fato.. se precisa saber se essa agua fluidifica com a mao ou por estar no ambiente?

Claro que para voces aqui isso é irrelevante, mas grupos isolados existem e não vao deixar de tentar entender o que ocorre dentro de uma determinada linha de pensamento ou crença.

Em analogia a isso eu posso dar como exemplo o estudo das ondas eletromagnéticas..

Quando se começou a estuda-la com certeza era por poucos.. Se esse pouco de gente partisse do pressuposto que elas não eram comprovadas, talvez nem existissem de fato, então para que perder tempo tentando coisas dentro de um pressuposto inverificável?

Pois é, mas nesse pensamento é que acabaram descobrindo suas nuances e características, inclusive como modular a própria onda e depois reverter o processo para transforma-la em sinal eletrico novamente a fim de poder ser medida, identificada e utilizada para algum propósito.

Já imaginou como seria o mundo se esses caras não ficassem la perdendo seu tempo num pressuposto aparentemente ridículo?

Foi assim como os motores, e isso não implicava em replicação, até porque, mesmo com toda uma teoria, na hora de executar, um mero detalhe faz com que aquela "engenhoca" não funcione..  Em resumo, tem coisas que so colocando a mão na massa e tentando e tentando até ver se da certo ou não..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 14:36:59
Achei péssimo o exemplo das ondas eletromagnéticas principalmente com o propósito de compara-las com a água fluidificada. E acho que você chegou ao ponto de decidir se quer uma abordagem científica ou continuar com desculpas esfarrapadas para contemplar ad hocs espiritóides como a "mediunidade" e a própria "água fluidificada". A assunção leviana de conceitos espíritas, mesmo justificados com todo o blá-blá-blá contextual é um exemplo injustificável de viés que deveria ser evitado se você quer mesmo ser levado a sério numa abordagem isenta.

Outra dessa, terei que pedir demissão do meu papel de "adivogado" do diabo.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 20 de Novembro de 2016, 14:48:31
Você tem certeza absoluta que o "investigado" é um charlatão de fato? A pesquisa é justamente para confirmar (ou não) isso. E se o "médium" for um médium de verdade? Não seria ótimo saber isso? Isso não abriria caminho para futuras investigações?

Um "cético" com opinião formada, inflexível, é um religioso.[/color]

Mas quem disse que eu estou inflexível?
Se não há qualquer razão para levar em consideração a mediunidade do "médium" porque eu deveria fazer isso, ainda mais em se tratando de uma pesquisa incapaz de responder isso?

É???? Pois é....

Influence of acupuncture treatment on cerebral activity in functional dyspepsia patients and its relationship with efficacy.
CONCLUSIONS:
Acupuncture and sham acupuncture have relatively different clinical efficacy and brain responses. Acupuncture treatment more significantly improves the symptoms and quality of life of FD patients. The more remarkable modulation on the homeostatic afferent network, including the insula, ACC, and hypothalamus, might be the specific mechanism of acupuncture.

[Randomized controlled study on acupuncture treatment for chronic fatigue syndrome].
CONCLUSION:
Both of the acupuncture treatment and Shenmai injectio are able to decrease fatigue scale score, improve the fatigue symptoms of CFS patients, and the effect of acupucture treatment is obviously superior to that of Shenmai injectio.

Forty cases of gastrointestinal neurosis treated by acupunture.
CONCLUSIONS:
Acupuncture may show better results for gastrointestinal neurosis and with less toxic side effects.

[Clinical observation on acupuncture for treatment of infertility of ovulatory disturbance].
CONCLUSION:
Acup-moxibustion and Clomiphene have a same ovulating effect, and the pregnancy rate is higher and the abortion rate is lower for the patient of acup-moxibustion treatment than that for oral administration of Clomiphene.

Homeopathic medicines for prevention of influenza and acute respiratory tract infections in children: blind, randomized, placebo-controlled clinical trial.
CONCLUSION:
These results suggested that the use of homeopathic medicines minimized the number of flu and acute respiratory infection symptomatic episodes in children, signalizing that the homeopathic prophylactic potential should be investigated in further studies.

Relative Apoptosis-inducing Potential of Homeopa-thic Condurango 6C and 30C in H460 Lung Cancer Cells In vitro: -Apoptosis-induction by homeopathic Condurango in H460 cells.
CONCLUSION:
Condurango 30C had greater apoptotic effect than Condurango 6C as claimed in the homeopathic doctrine.

Efficacy of a homeopathic complex on acute viral tonsillitis.
CONCLUSION:
The homeopathic complex used in this study exhibited significant anti-inflammatory and pain-relieving qualities in children with acute viral tonsillitis. No patients reported any adverse effects. These preliminary findings are promising; however, the sample size was small and therefore a definitive conclusion cannot be reached. A larger, more inclusive research study should be undertaken to verify the findings of this study.

Fonte: PubMed

Não entendi o que isso tem a ver com o que eu disse.
Você não postou nenhum estudo científico que confirme a eficácia do "medicamento" em si, mas apenas o efeito, que não difere do placebo.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 15:07:30
Achei péssimo o exemplo das ondas eletromagnéticas principalmente com o propósito de compara-las com a água fluidificada. E acho que você chegou ao ponto de decidir se quer uma abordagem científica ou continuar com desculpas esfarrapadas para contemplar ad hocs espiritóides como a "mediunidade" e a própria "água fluidificada". A assunção leviana de conceitos espíritas, mesmo justificados com todo o blá-blá-blá contextual é um exemplo injustificável de viés que deveria ser evitado se você quer mesmo ser levado a sério numa abordagem isenta.

Outra dessa, terei que pedir demissão do meu papel de "adivogado" do diabo.

kkkkkk

pare com isso... você tem se saído tão bem..  Eu só fiz uma analogia.. hoje é fácil rir disso... mas quando ninguem via ou media a onda eletromagnética ela alto do "além"...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 15:12:57
Freya, vamos pegar um caso:

Abstract
OBJECTIVES:
Acupuncture is a commonly used therapy for treating functional dyspepsia (FD), although the mechanism remains unclear. The objectives of this study were to investigate the differences in cerebral glycometabolism changes evoked by acupuncture and sham acupuncture and to explore the possible correlations between brain responses and clinical efficacy.
METHODS:
In all, 72 FD patients were randomly assigned to receive either acupuncture or sham acupuncture treatment for 4 weeks. Ten patients in each group were randomly selected for fluorine-18 fluorodeoxyglucose positron emission tomography computed tomography scans to detect cerebral glycometabolism changes. The Nepean Dyspepsia Index (NDI) and Symptom Index of Dyspepsia (SID) were used to evaluate the therapeutic effect.
RESULTS:
(i) The clinical data showed that after treatment the decrease in SID score in the acupuncture group was significantly greater than that in the sham acupuncture group (P<0.05). The increase in NDI score between the two groups did not differ (P>0.05), and only the improvement in NDI score in the acupuncture group was clinically significant. (ii) The neuroimaging data indicated that after treatment the acupuncture group showed extensive deactivation in cerebral activities compared with the sham acupuncture group. In the acupuncture group, the deactivations of the brainstem, anterior cingulate cortex (ACC), insula, thalamus, and hypothalamus were nearly all related to the decrease in SID score and the increase in NDI score (P<0.05, corrected). In the sham acupuncture group, the deactivations of the brainstem and thalamus tended to be associated with the increase in NDI score (P<0.1, corrected).
CONCLUSIONS:
Acupuncture and sham acupuncture have relatively different clinical efficacy and brain responses. Acupuncture treatment more significantly improves the symptoms and quality of life of FD patients. The more remarkable modulation on the homeostatic afferent network, including the insula, ACC, and hypothalamus, might be the specific mechanism of acupuncture.


Você acha que não testaram o efeito placebo? Me parece que hoje, no campo da medicina, esse detalhe é totalmente relevante, senao não falsearia o método...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 15:16:04
Achei péssimo o exemplo das ondas eletromagnéticas principalmente com o propósito de compara-las com a água fluidificada. E acho que você chegou ao ponto de decidir se quer uma abordagem científica ou continuar com desculpas esfarrapadas para contemplar ad hocs espiritóides como a "mediunidade" e a própria "água fluidificada". A assunção leviana de conceitos espíritas, mesmo justificados com todo o blá-blá-blá contextual é um exemplo injustificável de viés que deveria ser evitado se você quer mesmo ser levado a sério numa abordagem isenta.

Outra dessa, terei que pedir demissão do meu papel de "adivogado" do diabo.

kkkkkk

pare com isso... você tem se saído tão bem..  Eu só fiz uma analogia.. hoje é fácil rir disso... mas quando ninguem via ou media a onda eletromagnética ela alto do "além"...

Estou quase mudando para a posição de "adivogado" da Freya que não está sendo muito feliz com sua argumentação cética.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 15:18:22
Achei péssimo o exemplo das ondas eletromagnéticas principalmente com o propósito de compara-las com a água fluidificada. E acho que você chegou ao ponto de decidir se quer uma abordagem científica ou continuar com desculpas esfarrapadas para contemplar ad hocs espiritóides como a "mediunidade" e a própria "água fluidificada". A assunção leviana de conceitos espíritas, mesmo justificados com todo o blá-blá-blá contextual é um exemplo injustificável de viés que deveria ser evitado se você quer mesmo ser levado a sério numa abordagem isenta.

Outra dessa, terei que pedir demissão do meu papel de "adivogado" do diabo.

 :hihi:

kkkkkk

pare com isso... você tem se saído tão bem..  Eu só fiz uma analogia.. hoje é fácil rir disso... mas quando ninguem via ou media a onda eletromagnética ela alto do "além"...

Estou quase mudando para a posição de "adivogado" da Freya que não está sendo muito feliz com sua argumentação cética.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 15:19:19
Vou ajudar, ou colaborar com o "amplamento" do conhecimento alheio..


Segue um artigo completo replicando o outro...

http://www.scielo.br/pdf/ag/v50n3/0004-2803-ag-50-03-202.pdf

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 20 de Novembro de 2016, 15:42:44
Freya, vamos pegar um caso:

Abstract
OBJECTIVES:
Acupuncture is a commonly used therapy for treating functional dyspepsia (FD), although the mechanism remains unclear. The objectives of this study were to investigate the differences in cerebral glycometabolism changes evoked by acupuncture and sham acupuncture and to explore the possible correlations between brain responses and clinical efficacy.
METHODS:
In all, 72 FD patients were randomly assigned to receive either acupuncture or sham acupuncture treatment for 4 weeks. Ten patients in each group were randomly selected for fluorine-18 fluorodeoxyglucose positron emission tomography computed tomography scans to detect cerebral glycometabolism changes. The Nepean Dyspepsia Index (NDI) and Symptom Index of Dyspepsia (SID) were used to evaluate the therapeutic effect.
RESULTS:
(i) The clinical data showed that after treatment the decrease in SID score in the acupuncture group was significantly greater than that in the sham acupuncture group (P<0.05). The increase in NDI score between the two groups did not differ (P>0.05), and only the improvement in NDI score in the acupuncture group was clinically significant. (ii) The neuroimaging data indicated that after treatment the acupuncture group showed extensive deactivation in cerebral activities compared with the sham acupuncture group. In the acupuncture group, the deactivations of the brainstem, anterior cingulate cortex (ACC), insula, thalamus, and hypothalamus were nearly all related to the decrease in SID score and the increase in NDI score (P<0.05, corrected). In the sham acupuncture group, the deactivations of the brainstem and thalamus tended to be associated with the increase in NDI score (P<0.1, corrected).
CONCLUSIONS:
Acupuncture and sham acupuncture have relatively different clinical efficacy and brain responses. Acupuncture treatment more significantly improves the symptoms and quality of life of FD patients. The more remarkable modulation on the homeostatic afferent network, including the insula, ACC, and hypothalamus, might be the specific mechanism of acupuncture.


Você acha que não testaram o efeito placebo? Me parece que hoje, no campo da medicina, esse detalhe é totalmente relevante, senao não falsearia o método...

Testaram corretamente?

Você ignora todos os estudos que demonstram que os efeitos da homeopatia e acupuntura não diferem do placebo. Muitos dos próprios acupunturistas e homeopatas já admitem isso e defendem a terapia com placebo.

Agora, quem alega que não é placebo que prove. Me mostre um estudo, um só, que demonstre que uma agulhada na testa interfere no chákra tal, como esse chákra atua, e que essa interferência, e só ela, produz efeito sobre a doença. Ou, um só estudo que demonstre que água misturada com água cura doenças, e que água tem memória.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 16:07:55
Cara Freya, acho que agora entendi melhor seu nome...

No outro link que enviei o artigo demonstra bem isso que você está pedindo... Embora não existam "provas" para a ciência mas sim evidências, fica bem claro lá que o experimento foi eficaz..

Recomendo a leitura do método e dos detalhes..

O estudo não visa abordar a medicina chinesa, ou avalia-la, apenas testar em termos práticos...

Em geral a medicina chinesa tem seus princípios e bases mas isso pouco importa frente aos fatos, quer acredite ou não.

Um detalhe interessante da medicina chinesa, a qual eu acho atraente, é o fato dela atuar na causa e não nos efeitos, esse ultimo tem sido o foco da medicina tradicional.

Se ajudar posso dar um depoimento pessoal (se não ajudar vai assim mesmo...  :biglol:)..

Eu sempre tinha sérios problemas de infecções na garganta que tratava com antibióticos e antinflamatórios... Já estava meio cansado dessa sequencia invasiva de medicações, varias vezes ao ano.. Então fui testar a acupuntura..

Depois de uma análise do meu caso o terapeuta optou por um caminho, o qual eu concordei. Buscando o problema na raiz, pela medicina tradicional chinesa, o meu problema não era a garganta mas sim algo relacionado ao imunológico. Tratar a garganta não resolveria o problema de uma forma mais ampla, então seguimos um caminho:

Por eu ter uma vida sem horários, hora trabalhava uma madrugada inteira, tendo que dormir de dia, hora fazia-se o inverso e, por diversas vezes ia para lugares de clima quente e no mesmo dia chegava num lugar de clima extremamente frio (haja corpo que aguente), isso tudo diminui o sistema imunológico.

Então dois problemas fontes foram tentados:

1) sono - precisava dormir mais e melhor;
20 alimentação - precisava comer melhor, ao menos uma refeição decente por dia (dentro dos aviões comemos o que dá para comer e na hora que dá também)

Eu sempre tive dificuldades para dormir, logo o problema era a ansiedade. Isso piorava quando sabia que tinha que acordar em determinado horário e dispunha de poucas horas para entrar em sono profundo.

Se eu fosse usar essa lógica na medicina tradicional, os médicos iam ter que me entupir com remédios tarja preta e dai eu teria que para de trabalhar, pois na aviação não é permitido operar com uso de tais medicações.. Se isso ocorresse, eu deixava de ganhar grana também...

Com a acupuntura eu fiz um tratamento que deu excelentes resultados...  Atuou-se em pontos onde "atacaria" a ansiedade, faria-se analgesia (dispensando analgésicos químicos) e pontos para fortalecer o sistema imunológico..

Em um mês de tratamento, com uma sessão semanal, eu ja sentia os efeitos...Depois fiz apenas uma "manutenção" mensal...

Aliviando dores, dormindo bem, meu imunológico melhorou e não fiquei com os problemas da garganta etc.. O problema origem era o sono, logo todas as consequências que vinham depois dele eram reflexos..

Bom, acredite ou não, deu certo.. Daria para todos os casos? Não sei, nem para todas as doenças ou problemas.. cada campo tem seus limites... tem que se analisar e ver caso a caso..

O que não devemos é dizer: "ah essa porcaria não funciona!"..

ja testou? Se testou, testou em vários lugares? (ja tentei com 3 mas somente um deles fazia direito..)
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 20 de Novembro de 2016, 16:37:17
Cara Freya, acho que agora entendi melhor seu nome...

Pois é, passou três dias me xingando no masculino sem perceber que sou mulher (apesar do meu perfil dizer isso), e acha que vai observar todos os possíveis truques dos seus médiuns. rs :hihi:

O estudo não visa abordar a medicina chinesa, ou avalia-la, apenas testar em termos práticos...

Em termos práticos é placebo até que se demonstre como a agulhada no chákra cura alguma coisa.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 20 de Novembro de 2016, 16:48:33
Pensei na hipótese do Centro Espirita, alguém saber e poder ter indicado, mas como cada rodada se usou lugares diferentes as chances caem muito.

Enquanto digitava, o Sandro já tinha postado o mesmo questionamento.

Sandro, e se não fosse uma pessoa vinculada a uma CE específica, mas um ajudante vinculado à ''vidente''??? Aí sim o fato das rodadas terem se dado em locais diferentes não influem. 

Mesmo assim, ainda fico mais com a hipótese da LEITURA CORPORAL!!!!!


Citar
Se lhe interessar trago o trecho aqui de um experimento com uma médium famosa do passado e dai poderemos analisar o relato dela e o que de fato havia.. Foi interessante... Tem os experimentos com livros.. Há inclusive experimento recente replicado, pelo que me lembro por um grupo de australianos..

Dos livros parecem ser interessantes. Conte aí depois.

Alquimista, vamos por partes...


Sim!!! Como dizia Jack The Ripper, vamos por partes!!!  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... 


Citar
O primeiro experimento foi feito em Fortaleza, pelo que lembro o método ficou um tanto falho pois a agua foi fluidificada momentos antes da medium vidente entrar na sala.. Nesse caso não houve um auxiliar uma vez que a fluidificada foi feita no mesmo local.. Nesse caso poderia haver algum tipo de vazamento por "corporal" ou telepática (mesmo que não acredite.. heheh )... O índice foi de 8/10..

Esse segundo experimento (feito em Roraima), com outra médium, agora com 3 rodadas (a ultima ainda será feita), nós incluímos um auxiliar cético "ao processo", de confiança da experimentadora principal... Na primeira rodada ele numerou as garrafas e escolheu algumas aleatoriamente para levar a um centro espirita (A) para que fossem fluidificadas... Esse CE A a médium não sabia qual seria nem quando seria fluidificada, fator importante pois não teria como ela enviar alguém lá para checar isso.. O índice de acerto foi de 8/10 também...
A segunda rodada foi feito da mesma forma, porém a médium sabia (infelizmente) onde seria feita a fluidificação.. O índice de acerto foi de 8/10 também...

Fiquei pensando como aprimorar o método e o ponto chave para diminuir qualquer hipótese de fraude junto a médium e centro espirita é pedir ao auxiliar que numere as garrafas quando chegar em casa, evitando misturar as mesmas antes disso. Dessa forma mesmo que houvesse alguém infiltrado no CE, tanto na sessão quanto algum médium lá, apenas o auxiliar iria saber qual garrafa(s) teria(m) sido fluidificadas..

O que acho mais provável é que a ''vidente'' LEU sinais corporais do experimentador, que sabia de antemão quais eram os líquidos mesmerizados. 
EU costumava fazer um tipo de mágica em que uma pessoa misturava e dispunha os 4 ases do baralho virados para baixo, sendo que só essa pessoa sabia qual a ordem dos naipes, mas com algum treinamento EU conseguia ''adivinhar'' todos os naipes apenas lendo indicações corporais da pessoa. É perfeitamente possível!!!


Citar
Particularmente entendo que você "tem certeza" de que há alguma fraude, mas tente ser imparcial, mesmo nunca deixando de pensar na fraude..

Compreendo!!! Mas se fosse EU, faria daquele jeito que te aconselhei e você achou estranho. É a melhor maneira de desmascarar uma fraude, não importando se o experimentador e o suposto vidente foram induzidos. 


Citar
Eu não vejo muitos motivos para a fraude, primeiro porque foram experimentos com médiuns diferentes em locais diferentes com experimentadores diferentes; segundo que nenhum dos resultados ficou o esperado para eles, ou seja, tanto o médium quanto espiritas em geral (povão espirita) acreditam teria que acertar 100% das garrafas, um pensamento erróneo de que seria uma visão mesmo; terceiro, se houvesse alguém infiltrado teria dado as informações corretas e não as incorretas..

Além de diversos estudos sobre algo que pode sair das maos de pessoas, vou enviar o link de um:

ELECTROMAGNETIC EMISSION FROM HUMANS DURING FOCUSED INTENT
BY WILLIAM T. JOINES, STEPHEN B. BAUMANN (DECEASED), AND JOHN G. KRUTH
ABSTRACT: The Bioenergy Laboratory at the Rhine Research Center detects electromagnetic radiation from humans during times of focused intent—typically during deep meditation or implied energetic healing activities. Sensitive infrared (IR) and ultraviolet (UV) light detection equipment measures invisible light emissions from the participants. Approximately 100 participants, including self- proclaimed energetic healers, meditators, and others claiming no special abilities, were measured using IR and UV equipment. These experiments measure the levels (photons/second) of electromagnetic radiation and whether the participants are able to intentionally control the emissions. In the IR studies, professed energetic healers produced radiation or heat on their palms and foreheads when they began their healing process, and it subsided when they stopped. UV studies found 4 individuals and 3 meditation groups that intentionally projected from 3 to 100,000 times the baseline UV light readings in the room. The change began with their purposeful activities and stopped when the activity subsided. This research demonstrates that light-sensitive equipment can detect energies from some healers and meditators who are able to intentionally project this energy. These emissions may be related to chi, energetic healing, ESP activities, or PK.

Segue o link do artigo completo: https://www.dropbox.com/s/0kbokpuhqapefen/ELECTROMAGNETIC%20EMISSION%20FROM%20HUMANS.pdf?dl=0

Então veja, se não quisermos pensar em sobrenatural, o que temos de demonstração é que algumas pessoas emitem UV pelas maos.. Será que isso não pode ser captado por algumas pessoas também? Será que isso fica na agua?

O experimento que estamos fazendo busca verificar e não explicar o motivo... cada um com sua crença.. mas o que temos de dados até o momento indica algo muito acima do acaso e que pode ser replicado em outros lugares, claro que com as pessoas e o método correto..

Vamos ser francos! Esse teste das garrafas foi deveras fraco. Melhor virar essa página e nos concentramos nos outros causos de mediunidade.



Agora também quero brincar de Perry Mason!!! Ou Kevin Lomax??!!!!

Você tem certeza absoluta que o "investigado" é um charlatão de fato? A pesquisa é justamente para confirmar (ou não) isso. E se o "médium" for um médium de verdade? Não seria ótimo saber isso? Isso não abriria caminho para futuras investigações?


Depende!!! Se fossi provada a paranormalidade e naum a mediunidade espirituar, seria manêro!!!!
Mas si fossi confirmada a existência do mundo espirituar, QUE HORRÍVERRRR!!!!!!!!!!  Nem mi fale um dedo de prosa dessas!!!!
Tem nada mais deprimente que o além túmulo na visaum di espiritistas.
Que vidinha mais sem graça a do pós morti!!!  Aquelas colôniasinha espirituar... Afff...  Lugarzins chatos sem nada pra fazê. E o pió... Tem qui ficar trabaiando o dia todo iguar piaum pra ganhá bonusim espirituar. E tudo pra quê??????  Só pra fazê visitinha pra parentim morto na Terra porque a vida lá na colônia é chata demais????????!!!!!!  PÔ!!!!!!!!  Intaum o sofrimento continua...
E como si isso tudo ainda naum bastasse, ainda tem a grande amargura de ter que ficar reencarnando, reencarnando, reencarnando... Isso pareci rodízi de carne, poxa!!!!!!!!!!
Reencarnando pra quê?????? Pra ficá cum espiritim perfeitim pra modi a gente ir vivê do ladim do infáver????? Fazenu e obedecenu tudim que ele manda!!!!!!! Intaum o objetivu dissu tudo é ser ESCRAVIM DO INEFAVER???????!!!!!!!!!!
Naum, naum, naum...
A vidinha espirituar é mui páia!!!!  Escravidaum num tá cum nada... E libre arbitru é pura ilusaum!!!!!!!!  Já basta tê qui pegá na minha inxada todo dia, nu baum sintidu!!!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 16:53:15
Cara Freya, acho que agora entendi melhor seu nome...

Pois é, passou três dias me xingando no masculino sem perceber que sou mulher (apesar do meu perfil dizer isso), e acha que vai observar todos os possíveis truques dos seus médiuns. rs :hihi:

O estudo não visa abordar a medicina chinesa, ou avalia-la, apenas testar em termos práticos...



Em termos práticos é placebo até que se demonstre como a agulhada no chákra cura alguma coisa.

Rss.. bom.. a primeira impressao que me passou foi de ser um menino.. O desenho ai é pequeno e a visão do titio aqui está complicada e cansada muitas vezes...

Não xinguei você.. apenas a reprimi e alertei varias vezes para ler e argumentar e não apenas dizer que tem que ser assim ou assado.. Essa coisa autoritária é para os religiosos..

Seu jeito de escrever representou sempre como masculino, então talvez seu lado feminino pouco apareceu nas escritas.. Isso, é claro, pode denotar suas preferencias ou estilo inconsciente.. algo que não tenho nada a ver e nem me importo... Ficam minhas desculpas então.. rs

Sobre o estudo e o placebo, perceba que sua opinião não tem força alguma frente publicações cientificas, mesmo que você morra aqui sapateando e esperneando dizendo que é placebo e ponto final.. Ninguém vai ouvir sua voz ou mudar os dados de um estudo.. Lhe cabe algumas poucas opções., dentre elas:

Estudar mais para ver se está errada e então rever conceitos pessoais.. (lembre-se! a mudança é uma porta que só abre pelo lado de dentro) filosofei agora ne? rs :hihi:

Não aceitar e levar sua vida na boa, dentro de seu universo...

Pesquisar por si mesma...

Não pensar no assunto... etc...

Cuide de um detalhe.. me parece que você sente raiva e se irrita com essas coisas que estão fora do seu alcance.. Agindo assim não irá provar nada e nem convencer ninguém.. a não ser os preguiçosos que não estudam e ouvem e repetem coisas desse tipo..

Agindo assim você faz só mal a você mesma..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 20 de Novembro de 2016, 16:59:06

Olá Pedro.. também não sou um "dominador" das estatísticas [...]

Mas chega a passar uma impressão contrária. De que você na verdade domina e é bastante engenhoso pra bolar esses ardis.

Citar
Ainda no campo empirico, eu poderia ter colocado um sistema como você fez [...]

É, seria mais simples de fazer, mais difícil de acertar, e mais fácil para um leitor espírita interpretar o resultado sem se confundir. Por isso não entendi porque você bolou um jeito mais complicado.


Citar
O empírico e o estatístico: Você pode não concordar comigo, mas mesmo que a probabilidade de um jogo de cara ou coroa ser de 50%, se formos jogar isso na real, pode ser que não ocorra o "meio a meio", o que de fato acaba não acontecendo na prática...

Não! Eu concordo 100% com o que você está dizendo. Só não concordo com a distinção empírico x estatístico. O estatístico, se feito corretamente, é empírico. O teórico é que é teórico.

Mas acho até que em algum lugar lá atrás eu já havia tentado explicar isso. O significado de probabilidade não é esse: é uma confusão comum essa. A Matemática apresenta uma definição precisa para probabilidade, e não significa que se você lançar 100 vezes uma moeda tem que dar 50 caras e 50 coroas.

Isso não é o que a probabilidade diz. Por isso mesmo podemos dizer que uma repetição de 1/18 em somente 3 repetições é um resultado menos esperável, mas também menos impressionante do que pode parecer.

Citar
Pode fazer um teste... Jogue 10x uma moeda e veja se vai dar 5x cara e 5x coroa...

Não preciso fazer esse teste. A teoria não prevê que isso deva ocorrer.

Citar
Dai a "desculpa" seria que teríamos que jogar mais vezes, ou seja, 100x... na matemática daria certo mas e na pratica?

Não é uma desculpa. Eu não vou repetir porque acho que já me referi a isso nesse tópico ou em outro recentemente. Mas, sucintamente, a definição de probabilidade parte, se apóia, primeiramente, na definição de uma função frequência. Definida como o n° de vezes em que o resultado ocorre dividido pelo n° de vezes em que o experimento foi repetido.

A probabilidade é então definida como o limite dessa função quando o número de experimentos tende a infinito.

Citar
Estou falando isso porque o sistema de randominação de um computador é (e foi) extremamente criticado por ser um sistema viciado, impreciso e irreal.

Em Ciência da Computação se demonstra formalmente que é impossível desenvolver um algoritmo de geração de números aleatórios. O que os programas fazem é usar uma função e uma tabela pré-gravada de números pseudo-aleatórios.

Mas para efeitos de simulação funciona bem. Na verdade os estatísticos já usavam métodos semelhantes, antes do advento de computadores, se valendo de tabelas de números pseudo-aleatórios.
 
Citar
Contudo você está absolutamente correto em afirmar que poucas amostras não garantem um sucesso em termo estatístico.

Há uma frase, acho que do Carl Sagan: "Não existe estatística com números pequenos."

Se você observar a definição de probabilidade descrita acima vai perceber por quê. Para dar um exemplo ridículo, se você lançar uma moeda uma vez, ou vai obter 100% de cara ou 100% de coroa. Resultado aparentemente incongruente com a probabilidade teórica. Aparentemente, porque na verdade não há incongruência, apenas um mal entendimento do conceito de probabilidade.

Citar
Eu comentei das cartas zener pois elas são mais simples.. O estudo do acaso ficou em 25% (0,25).. Os parapsicologos fizeram e vem fazendo centenas de replicaçoes e os índices ficam na média dos 33% de acerto, ou seja, maior que a hipótese do acaso... Dai vem as interpretações.. Para alguns o índice é muito pouco superior, para outros é o suficiente para demonstrar que qualquer pessoa comum tem sim uma tendência a algum tipo de conexão mental com outra... Dai pode-se perguntar: Ué, mas 33% realmente é muito baixo... só isso?

Não conheço esse caso. A não ser que seja um caso que eu já vi no Discovery Channel, e era claramente um embuste grosseiro. 33% pode ou não ser inconclusivo, aí vai depender de como ele fez a coisa.

No caso que eu vi, um pesquisador, parece que bastante conhecido, colocava voluntários em salas com diferentes com cartões com figuras como bolas, quadrados, estrelas.... Em outra sala um voluntário tentava adivinhar a sequência de cartões que ele estava vendo.

A maioria das pessoas tinham resultados esperados, mas alguns tinham resultados acima da média, então esse pesquisador chamou a estes de "estrelas psíquicas". Porque estariam "fora da curva". Bom, esse é claramente um embuste grosseiro.

Observe o gráfico abaixo. É chamado de curva normal e um teorema demonstra que essa é a distruibuição esperada para um experimento desse tipo, desde que o número de observações seja suficiente.

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/8/8c/Standard_deviation_diagram.svg/488px-Standard_deviation_diagram.svg.png)

Note que a a maior densidade de eventos se dá em torno da probabilidade teórica, no pico da curva, mas o modelo também prevê que devam ocorrer eventos menos prováveis, tanto a esquerda quando à direita.

Ou seja, o que o cara chamou de "estrelas psíquicas" não estão fora da curva. Estão totalmente na curva e ratificando o modelo. Assim como a esquerda você deverá encontrar os que poderiam ser chamados de "fracassados psíquicos", com médias de acertos mais baixas. Isso não contradiz o modelo, mas ratifica o modelo.

Seria mais ou menos como considerar o ganhador da mega sena uma estrela psíquica, porque o seu resultado está na extremidade da curva normal. Mas não tem nada de estrela, tanto que o Oswaldo de Souza consegue estimar razoavelmente o possível número de ganhadores em cada sorteio.

O segundo experimento era ainda mais absurdo. Um alegado paranormal supostamente tentaria alterar as escolhas de um braço robótico usando sua concentração. O braço robótico era conectado a um computador, e um programa decidia, aleatoriamente ( pseudo=aleatoriamente ) se ele iria por bolinhas em um recipiente azul ou vermelho.

Então o paranormal deveria usar seus poderes para influenciar a máquina a fazer escolhas que contrariassem a probabilidade. Um teste para verificar se paranormais podem influir no curso de eventos aleatórios.

A conclusão foi que SIM, o resultado teria contrariado a probabilidade.

Qual o problema óbvio aí? Você já mesmo disse: computadores não podem produzir eventos aleatórios, apenas simula-los. Para que o programa não gere sempre os mesmos passos pseudo=aleatórios a cada rodada, é gerada uma semente, que serve como dado de partida. Esta semente é um dado não gerado pelo programa, um valor que poderia ser o conteúdo do buffer do teclado, ou qualquer coisa proveniente da interação da máquina com o mundo externo. Ou seja, um dado imprevisível para o programa.

Mas depois que a semente é gerada ( se chama randomizar ) já está determinado o que o algoritmo vai fazer, o paranormal NÃO PODERIA ALTERAR O MOVIMENTO DO ROBÔ, mesmo que fosse um paranormal genuíno.

E como se você tivesse um trem parado em uma estação ferroviária, com várias linhas a sua disposição. Você pode sortear em qual linha ele vai seguir ( a semente ), mas depois disso o caminho dele já está determinado pelo trilho, e nenhum paranormal poderia tirar o trem dos trilhos.

Farsa! Fraude! E isso passa no documentário sem que ninguém faça uma crítica.

Citar
Bom.. dai uma boa resposta é a parte empírica do estudo.. Para se dar essa média há casos onde a serie de experimentos deu 88%, 50% e outros que foram muito baixos... Coincidencia? Sei la.. Mas o que temos de fato é que certos experimentos quantitativos são inadequados para se testar algo, necessitando de algo qualitativo..

Não sei bem como foi feito isso, mas a princípio, estas variações devem ser esperadas para um número relativamente pequeno de repetições.

Na simulação que eu fiz do seu experimento naquela algoritmo, as variações ficavam em torno de 10 a 20%.Só que o computador estava fazendo o cálculo depois de 10 mil repetições.

Não vida real é difícil 10 mil repetições.

De qualquer forma há técnicas matemáticas que permitem normalizar estas flutuações.

Citar
O problema do qualitativo é que se acaba exigindo mais e mais replicações e isso "estraga" o experimento... Seria aquela conversa dos corvos.. Ha se houver um corvo branco é o suficiente para demonstrar que nem todos são pretos..

Não sei bem porque não sou um especialista. Em um modelo realmente aleatório, os corvos brancos, desde realizado um número suficiente de repetições, devem estar previstos na curva normal. Mas se há algum fenômeno envolvido, então deveria aparecer de forma anômala. Então não sei como se trataria a questão dos corvos brancos.

Mas o problema maior que eu vejo estaria no engavetamento dos corvos brancos citado pelo Gigaview. Isso poderia criar uma distorção maior no sentido oposto.

Citar
Voltando ao caso das garrafas, nos termos matemáticos e nos termos empíricos..

Se acertar 8 garrafas das 10 seria factivelmente uma chance para cada 18 tentativas, se fizermos isso na pratica será que vai dar certo?


Quanto mais você repetir, mais perto você chega desse resultado. Isso você pode testar no computador, Eu fiz isso ontem.

Na vida real, se há algum tipo de fenômeno, fraude ou truque, então isso não deverá ocorrer e você teria que obter um resultado anômalo.




Citar
Empiricamente sabemos que não... e não estou falando de usar o computador, estou falando de eu previamente colocar num arquivo aqui quantos e quais numeros eu desejaria, enviar pro dropbox (pois teria-se o horario que foi gravado) e dai você fazer o mesmo e testarmos isso por 18x...

18 não... vamos repetir 10 mil vezes. Te garanto que margem de erro vai oscilar entre 10 a 15%. Aí vamos verificar que as leis da Probabilidade de fato têm fundamento.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 20 de Novembro de 2016, 17:00:23
A prosa aqui descanbô pra medicina alternativa de A a Z???????

Cês fica falanu e briganu si a ciência comprovô isso ou aquilo... Nem é taum relevante assim!!!!!!!!
O mais importante é o qui tá por trás... Pois o buraquim é mais imbaixu!!!!!  hahahahahahahahahahahahaha...
Já viram cumué as ''teoria'' por trás di acupuntura, heiki e homeopatia???????
É um tal de força vital pra cá, fluidim mágico pra lá, meridianim ali, desiquilibrim energeticuzim aqui...
Intaum tudu si resumi nu finar a CRÊ ou naum CRÊ!!!!!!!
Cês acredita nessas bobagi??????????
Vaum muda di prosa, sô!!!!!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 17:03:22
Alquimista:

Citar
O que acho mais provável é que a ''vidente'' LEU sinais corporais do experimentador, que sabia de antemão quais eram os líquidos mesmerizados. 
EU costumava fazer um tipo de mágica em que uma pessoa misturava e dispunha os 4 ases do baralho virados para baixo, sendo que só essa pessoa sabia qual a ordem dos naipes, mas com algum treinamento EU conseguia ''adivinhar'' todos os naipes apenas lendo indicações corporais da pessoa. É perfeitamente possível!!!


No primeiro experimento isso até poderia, mas nos demais a experimentadora não sabia quais nem quantas garrafas estava "mesmerizadas"... o auxiliar relatava apenas depois da médium fazer a sessão.. Sessão essa em que o experimentador não estava presente...

Essa hipótese eu pensei e dai partimos para o duplo-cego, "fechando essa brecha" depois do primeiro experimento..

Citar
Depende!!! Se fossi provada a paranormalidade e naum a mediunidade espirituar, seria manêro!!!!
Mas si fossi confirmada a existência do mundo espirituar, QUE HORRÍVERRRR!!!!!!!!!!  Nem mi fale um dedo de prosa dessas!!!!
Tem nada mais deprimente que o além túmulo na visaum di espiritistas.
Que vidinha mais sem graça a do pós morti!!!  Aquelas colôniasinha espirituar... Afff...  Lugarzins chatos sem nada pra fazê. E o pió... Tem qui ficar trabaiando o dia todo iguar piaum pra ganhá bonusim espirituar. E tudo pra quê??????  Só pra fazê visitinha pra parentim morto na Terra porque a vida lá na colônia é chata demais????????!!!!!!  PÔ!!!!!!!!  Intaum o sofrimento continua...
E como si isso tudo ainda naum bastasse, ainda tem a grande amargura de ter que ficar reencarnando, reencarnando, reencarnando... Isso pareci rodízi de carne, poxa!!!!!!!!!!
Reencarnando pra quê?????? Pra ficá cum espiritim perfeitim pra modi a gente ir vivê do ladim do infáver????? Fazenu e obedecenu tudim que ele manda!!!!!!! Intaum o objetivu dissu tudo é ser ESCRAVIM DO INEFAVER???????!!!!!!!!!!
Naum, naum, naum...
A vidinha espirituar é mui páia!!!!  Escravidaum num tá cum nada... E libre arbitru é pura ilusaum!!!!!!!!  Já basta tê qui pegá na minha inxada todo dia, nu baum sintidu!!!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKK...

Eu acho que ele quis dizer outra coisa... por exemplo, uma hipótese que pode explicar os acertos no experimento é a hipótese PSI, ou seja, a médium acha que tem uma visão, quando na verdade ela tem poder paranormal de clarividencia ou telestesia que previu quais garrafas foram "mesmerizadas"...

Veja que a explicação pode ser algo bem mais simples..

No artigo que enviei pra você acima, pesquisadores usando um contador de fótons por segundo conseguiram registrar que pessoas ditas médiuns ou curandeiros emitem até 100.000 vezes mais fótons por segundo do que pessoas "comuns".. O experimento usou 100 pessoas..

Agora imagine que certas pessoas possam ter o olho mais "potente" que outras, sendo capaz de ver esses fótons a mais ai..  Já estaria explicado..


Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 17:15:56
Pedro, você leu o que postei sobre meta-analysis? Entendeu porque a sua abordagem quantitativa está equivocada?

ps.
       ok. parece que leu.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 17:19:28
Pedro.. não vou adentrar no ponto a ponto senao alongamos muito, mas eu discordo da parte do teste de repetirmos (empiricamente) e precisarmos de muitas e muitas vezes.. Se fizermos um experimento prático, algo como um controle e simularmos 3 rodadas.. o que dará de resultado?

Essa tentativa de irmos para muitas repetições acaba recaindo no quantitativo, perdendo o foco no empírico real..

É como se tivessemos apenas um corvo branco..talvez nem achássemos outro, ou por sorte mais um.. o fato é que, aconteça o que acontecer, o resultado final será o mesmo = nem todos os corvos são pretos.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 17:30:04
A prosa aqui descanbô pra medicina alternativa de A a Z???????

Cês fica falanu e briganu si a ciência comprovô isso ou aquilo... Nem é taum relevante assim!!!!!!!!
O mais importante é o qui tá por trás... Pois o buraquim é mais imbaixu!!!!!  hahahahahahahahahahahahaha...
Já viram cumué as ''teoria'' por trás di acupuntura, heiki e homeopatia???????
É um tal de força vital pra cá, fluidim mágico pra lá, meridianim ali, desiquilibrim energeticuzim aqui...
Intaum tudu si resumi nu finar a CRÊ ou naum CRÊ!!!!!!!
Cês acredita nessas bobagi??????????
Vaum muda di prosa, sô!!!!!!!!!


O'h guru.. esqueci de lhe enviar as amostras das cartas onde o médium suspeito da internet faz...

Segue a que mais tem cara de fraude:

Carta Psicografada HOJE (10/11/2016)

A carta  veio espontaneamente. Sem contato prévio com os familiares.

A FAMILIA AUTORIZOU A PUBLICAÇÃO

Obs: Dentre as 4 cartinhas que recebi hoje, esta em especial me chamou atenção. A forma como ele chegou.. emocionado e feliz.. Aí eu me acabo! Cada cartinha dessa é também pra mim .

Consolo e Esperança para todos nós

Mãe Lenice, pai, amigos,  Jesus abençoe vocês.
A vó Ana Cristina me acompanha e me ajuda escrever mais uma vez. Emocionado, feliz e mais tranquilo.
Mãe, o aniversário é meu, mas o presente é seu.
Pensei em te falar tantas  coisas, até me deu vontade de te mandar um recado no filipeluiz12@hotmail.com pra matar um pouco essa saudade, minha rainha.
Vim lhe pedir que celebre, que faça festa, comemore, se possivel, faça um bolo, pois eu não morri.
Vim lhe dizer que te amo e que a senhora é a melhor mãe do mundo.
Força mãe, a senhora é guerreira e não pode entregar os pontos. Sua evolução muito me deixa contente.
Ajude as outras maezinhas , que como a senhora, sentem saudade, que também dói em nós.
Estou estudando, aprendendo coisas maneiras aqui.
Eu te amo e sempre serei o seu filho, o seu Filipe, de RG 2*****6.
Hoje, receba de mim esta cartinha e uma visita especial la na Rua Ceará numero 13.
Com muito amor e fé, e progesso.
Luiz Filipe da Silva Gomes


Tem cara de fraude pois traz RG, email (caraca!!!!!) e endereço..  Isso seria algo muito raro.. só um médium pica das galáxias ligado a baterias de 1000Watts de potência faria...rs...

Por outro lado, se o cabra é bom.. então olha essa que ele manda:

Carta Psicografada HOJE (06/11/2016)

A carta veio espontaneamente. Sem contato prévio com os familiares.

Vamos nos inspirar neste amor? 

Obs: A pedido do irmão, cortei algumas partes (assuntos pessoais).

A FAMILIA AUTORIZOU A PUBLICAÇÃO

Consolo e Esperança paea todos nós

Pai,  meu amigo de todos os momentos. Como é que o sr está?
Pelo que tenho visto, triste e deprimido. 
Desde a minha partida, o senhor perdeu o prazer de viver. O gosto pela vida.
Além disso, com as dívidas que só fazem crescer, e a sua preocupação.
"Meu deus, como eu vou resolver tudo isso agora?"
O senhor acha que a fortaleza está em mim. Sempre me esforcei para dá pra o senhor e pra Micaeli, tudo que eu não tive. E como sempre, com muito ou com pouco, GRATIDÃO sempre foi o seu nome, meu velho.
Papai Marcos, meu grande amigo, estou bem e vivo.
Aquele choque que tomei foi acidental, meu pai. Eu não vi o fio que estava sobre a minha cabeça. Em segundos, já não estava mais aí. Via o Gabriel chorando muito e batendo no meu corpo caído lá no chão, tentando me reanimar.
Daí me dei conta que não pertencia mais a este plano.
Falo isto pai, pra que saiba que sou eu mesmo  e que não se sinta culpado, pois nem o senhor, nem ninguém teve culpa.
Os caminhos de Deus são misteriosos e desconhecidos para nós, mas, perfeitos.
Corte o seu cabelo, sorria pra vida, pois ela lhe dará muitas oportunidades.
O senhor vai ser ajudado, não se preocupe. Estes seus R$ 60, 25 centavos que está na sua carteira agora é pouco, mas o pouco com Deus é muito.
A vida não acabou. Eu não morri. A vida não acaba. Então, pai, não permita que a sua vida acabe, vivendo na dor e na solidão.
Vá ao clube, jogue futebol, viva.
Eu daqui, lhe observo melhor e mando boas energias meu guerreiro.
Saudade, eu te amo para sempre.
Adriano V Bastos


Se o cara acertou que o pai do rapaz tinha 60 reais, mesmo que errasse os centavos... bahhhhhh :susto:

Não tive tempo de achar o tal pai.. mas seria bem interessante descobrir isso..

Bom.. tah ai o estilo das cartas do menino... Para mim está na lista de suspeitos.. é muito estranho vir informações com tanta precisao assim...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 17:51:08
Parece que esse espírito aí é exibicionista a ponto de mostrar todas as informações obtidas para não deixar dúvida que é ele mesmo. A citação do email foi de lascar. Parece coisa de principiante e não vai demorar para provar que é charlatão. Parece óbvio demais.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 18:00:05
No caso do dinheiro, ele provavelmente tentou comprar um livro do dito médium no centro e comentou ou alguém sacou o que ele tinha isso na carteira e repassou a informação para o médium ou simplesmente chutou qualquer coisa porque os irmãozinhos espíritas iriam repetir e repetir como acerto mesmo sem ser confirmado.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 20 de Novembro de 2016, 18:09:52
No caso do dinheiro, ele provavelmente tentou comprar um livro do dito médium no centro e comentou ou alguém sacou o que ele tinha isso na carteira e repassou a informação para o médium ou simplesmente chutou qualquer coisa porque os irmãozinhos espíritas iriam repetir e repetir como acerto mesmo sem ser confirmado.

Pelo que sei ele trabalha sozinho... coincidencia ou não... ele é amigo do outro médium que está muito evidente que é fraude... Mas temos que testar..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 20 de Novembro de 2016, 19:49:38
Rss.. bom.. a primeira impressao que me passou foi de ser um menino.. O desenho ai é pequeno e a visão do titio aqui está complicada e cansada muitas vezes...

Que desenho? Tá falando da foto do meu avatar?
Reparou que abaixo dessa foto tem uma coisinha escritinha? E que ao lado tem um símbolozin, que é cor de rosinha e tudin? Vai alegar daltonismo também? E reparou que os outros foristas estavam me tratando no feminino também?

Sexo: (https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/6/66/Venus_symbol.svg/120px-Venus_symbol.svg.png)

Seu jeito de escrever representou sempre como masculino
Agora fiquei realmente curiosa.
Já que você é tão entendido, me diga como seria um jeito masculino de escrever? rs
Em momento algum me referi a mim mesma no masculino, então de onde você inferiu isso? rs

então talvez seu lado feminino pouco apareceu nas escritas..

E como é que se manifesta um "lado feminino" na escrita? Tem que falar no diminutivo, te chamar de "miguxo", usar emojis mimosinhos, fofinhos e/ou rosinhas ou lilases? rsrs  :borboleta:  :flerte: :florinda: :girl-kiss:

Isso, é claro, pode denotar suas preferencias ou estilo inconsciente..
Então quer dizer que além de concluir coisas do nada, sem nenhuma evidência, você ainda supõe que O SEU erro de interpretação sobre meu gênero foi causado por mim, que não demonstrei um "gênero de escrita" bem claro e definido nos meus textos e, como se isso tudo não bastasse no seu show de horrores argumentativos, ainda por cima parte para hipóteses de "preferências ou estilos inconscientes". E é você quem vai me dar aula sobre pesquisa científica? hahahhaha

Me diga: você também é fã de psicanálise? rs

Pelo que sei ele trabalha sozinho... coincidencia ou não... ele é amigo do outro médium que está muito evidente que é fraude... Mas temos que testar..

Claro, faz sentido manter uma dúvida razoável, já que o Chico Xavier andava com a charlatã Otília Diogo apesar de ser um escocês verdadeiro. ::)
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Buckaroo Banzai em 20 de Novembro de 2016, 20:14:51
Façam um resumo das coisas aí vai.

Algo como:

Metodologia alfa: colocar as os médiuns na situação X, tentando fazer Y. Se conseguissem, estaria provado que não houve fraude.

Metodologia alfa 0.2: a fim de realmente eliminar a chance de fraude via B, é necessário que o médium esteja não na mais simples situação X, mas em X2.

E as demais "versões" ou contestações.

Aliás, podiam abandonar todo o debate mais filosófico e ficar só com uma versão meio "github" da coisa.

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 20 de Novembro de 2016, 20:18:41
Se um experimento desses bem controlado dá certo, o que leva a crer que foram espíritos que fizeram isso? Por que não seria um evento anômalo PSI/sobrenatural qualquer?

Que eu saiba, a parapsicologia que tenta trabalhar com método científico não teste hipótese de espíritos nem mexe nesse vespeiro semi-religioso.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 20 de Novembro de 2016, 20:32:38
Se um experimento desses bem controlado dá certo, o que leva a crer que foram espíritos que fizeram isso? Por que não seria um evento anômalo PSI/sobrenatural qualquer?

Que eu saiba, a parapsicologia que tenta trabalhar com método científico não teste hipótese de espíritos nem mexe nesse vespeiro semi-religioso.

Os céticos sempre ficarão na dúvida se foi bem controlado.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 20 de Novembro de 2016, 21:08:19
Rss.. bom.. a primeira impressao que me passou foi de ser um menino.. O desenho ai é pequeno e a visão do titio aqui está complicada e cansada muitas vezes...

Que desenho? Tá falando da foto do meu avatar?
Reparou que abaixo dessa foto tem uma coisinha escritinha? E que ao lado tem um símbolozin, que é cor de rosinha e tudin? Vai alegar daltonismo também? E reparou que os outros foristas estavam me tratando no feminino também?

Sexo: (https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/6/66/Venus_symbol.svg/120px-Venus_symbol.svg.png)

Seu jeito de escrever representou sempre como masculino
Agora fiquei realmente curiosa.
Já que você é tão entendido, me diga como seria um jeito masculino de escrever? rs
Em momento algum me referi a mim mesma no masculino, então de onde você inferiu isso? rs

então talvez seu lado feminino pouco apareceu nas escritas..

E como é que se manifesta um "lado feminino" na escrita? Tem que falar no diminutivo, te chamar de "miguxo", usar emojis mimosinhos, fofinhos e/ou rosinhas ou lilases? rsrs  :borboleta:  :flerte: :florinda: :girl-kiss:

Isso, é claro, pode denotar suas preferencias ou estilo inconsciente..
Então quer dizer que além de concluir coisas do nada, sem nenhuma evidência, você ainda supõe que O SEU erro de interpretação sobre meu gênero foi causado por mim, que não demonstrei um "gênero de escrita" bem claro e definido nos meus textos e, como se isso tudo não bastasse no seu show de horrores argumentativos, ainda por cima parte para hipóteses de "preferências ou estilos inconscientes". E é você quem vai me dar aula sobre pesquisa científica? hahahhaha

Me diga: você também é fã de psicanálise? rs

Pelo que sei ele trabalha sozinho... coincidencia ou não... ele é amigo do outro médium que está muito evidente que é fraude... Mas temos que testar..

Claro, faz sentido manter uma dúvida razoável, já que o Chico Xavier andava com a charlatã Otília Diogo apesar de ser um escocês verdadeiro. ::)

Pô, Sandro!!!!!!!!  Isso é jeito de tratar a Deusa do Amor?????!!!!!!!!!!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...


A prosa aqui descanbô pra medicina alternativa de A a Z???????

Cês fica falanu e briganu si a ciência comprovô isso ou aquilo... Nem é taum relevante assim!!!!!!!!
O mais importante é o qui tá por trás... Pois o buraquim é mais imbaixu!!!!!  hahahahahahahahahahahahaha...
Já viram cumué as ''teoria'' por trás di acupuntura, heiki e homeopatia???????
É um tal de força vital pra cá, fluidim mágico pra lá, meridianim ali, desiquilibrim energeticuzim aqui...
Intaum tudu si resumi nu finar a CRÊ ou naum CRÊ!!!!!!!
Cês acredita nessas bobagi??????????
Vaum muda di prosa, sô!!!!!!!!!


O'h guru.. esqueci de lhe enviar as amostras das cartas onde o médium suspeito da internet faz...

Segue a que mais tem cara de fraude:

Carta Psicografada HOJE (10/11/2016)

A carta  veio espontaneamente. Sem contato prévio com os familiares.

A FAMILIA AUTORIZOU A PUBLICAÇÃO

Obs: Dentre as 4 cartinhas que recebi hoje, esta em especial me chamou atenção. A forma como ele chegou.. emocionado e feliz.. Aí eu me acabo! Cada cartinha dessa é também pra mim .

Consolo e Esperança para todos nós

Mãe Lenice, pai, amigos,  Jesus abençoe vocês.
A vó Ana Cristina me acompanha e me ajuda escrever mais uma vez. Emocionado, feliz e mais tranquilo.
Mãe, o aniversário é meu, mas o presente é seu.
Pensei em te falar tantas  coisas, até me deu vontade de te mandar um recado no filipeluiz12@hotmail.com pra matar um pouco essa saudade, minha rainha.
Vim lhe pedir que celebre, que faça festa, comemore, se possivel, faça um bolo, pois eu não morri.
Vim lhe dizer que te amo e que a senhora é a melhor mãe do mundo.
Força mãe, a senhora é guerreira e não pode entregar os pontos. Sua evolução muito me deixa contente.
Ajude as outras maezinhas , que como a senhora, sentem saudade, que também dói em nós.
Estou estudando, aprendendo coisas maneiras aqui.
Eu te amo e sempre serei o seu filho, o seu Filipe, de RG 2*****6.
Hoje, receba de mim esta cartinha e uma visita especial la na Rua Ceará numero 13.
Com muito amor e fé, e progesso.
Luiz Filipe da Silva Gomes


Tem cara de fraude pois traz RG, email (caraca!!!!!) e endereço..  Isso seria algo muito raro.. só um médium pica das galáxias ligado a baterias de 1000Watts de potência faria...rs...

Por outro lado, se o cabra é bom.. então olha essa que ele manda:

Carta Psicografada HOJE (06/11/2016)

A carta veio espontaneamente. Sem contato prévio com os familiares.

Vamos nos inspirar neste amor? 

Obs: A pedido do irmão, cortei algumas partes (assuntos pessoais).

A FAMILIA AUTORIZOU A PUBLICAÇÃO

Consolo e Esperança paea todos nós

Pai,  meu amigo de todos os momentos. Como é que o sr está?
Pelo que tenho visto, triste e deprimido. 
Desde a minha partida, o senhor perdeu o prazer de viver. O gosto pela vida.
Além disso, com as dívidas que só fazem crescer, e a sua preocupação.
"Meu deus, como eu vou resolver tudo isso agora?"
O senhor acha que a fortaleza está em mim. Sempre me esforcei para dá pra o senhor e pra Micaeli, tudo que eu não tive. E como sempre, com muito ou com pouco, GRATIDÃO sempre foi o seu nome, meu velho.
Papai Marcos, meu grande amigo, estou bem e vivo.
Aquele choque que tomei foi acidental, meu pai. Eu não vi o fio que estava sobre a minha cabeça. Em segundos, já não estava mais aí. Via o Gabriel chorando muito e batendo no meu corpo caído lá no chão, tentando me reanimar.
Daí me dei conta que não pertencia mais a este plano.
Falo isto pai, pra que saiba que sou eu mesmo  e que não se sinta culpado, pois nem o senhor, nem ninguém teve culpa.
Os caminhos de Deus são misteriosos e desconhecidos para nós, mas, perfeitos.
Corte o seu cabelo, sorria pra vida, pois ela lhe dará muitas oportunidades.
O senhor vai ser ajudado, não se preocupe. Estes seus R$ 60, 25 centavos que está na sua carteira agora é pouco, mas o pouco com Deus é muito.
A vida não acabou. Eu não morri. A vida não acaba. Então, pai, não permita que a sua vida acabe, vivendo na dor e na solidão.
Vá ao clube, jogue futebol, viva.
Eu daqui, lhe observo melhor e mando boas energias meu guerreiro.
Saudade, eu te amo para sempre.
Adriano V Bastos


Se o cara acertou que o pai do rapaz tinha 60 reais, mesmo que errasse os centavos... bahhhhhh :susto:

Não tive tempo de achar o tal pai.. mas seria bem interessante descobrir isso..

Bom.. tah ai o estilo das cartas do menino... Para mim está na lista de suspeitos.. é muito estranho vir informações com tanta precisao assim...

Tava arrumando meu museu aqui!!!!!! Ufa,,,
Logo logo te dou um parecer...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 21 de Novembro de 2016, 02:06:37
A prosa aqui descanbô pra medicina alternativa de A a Z???????

Cês fica falanu e briganu si a ciência comprovô isso ou aquilo... Nem é taum relevante assim!!!!!!!!
O mais importante é o qui tá por trás... Pois o buraquim é mais imbaixu!!!!!  hahahahahahahahahahahahaha...
Já viram cumué as ''teoria'' por trás di acupuntura, heiki e homeopatia???????
É um tal de força vital pra cá, fluidim mágico pra lá, meridianim ali, desiquilibrim energeticuzim aqui...
Intaum tudu si resumi nu finar a CRÊ ou naum CRÊ!!!!!!!
Cês acredita nessas bobagi??????????
Vaum muda di prosa, sô!!!!!!!!!


O'h guru.. esqueci de lhe enviar as amostras das cartas onde o médium suspeito da internet faz...

Segue a que mais tem cara de fraude:

Carta Psicografada HOJE (10/11/2016)

A carta  veio espontaneamente. Sem contato prévio com os familiares.

A FAMILIA AUTORIZOU A PUBLICAÇÃO

Obs: Dentre as 4 cartinhas que recebi hoje, esta em especial me chamou atenção. A forma como ele chegou.. emocionado e feliz.. Aí eu me acabo! Cada cartinha dessa é também pra mim .

Consolo e Esperança para todos nós

Mãe Lenice, pai, amigos,  Jesus abençoe vocês.
A vó Ana Cristina me acompanha e me ajuda escrever mais uma vez. Emocionado, feliz e mais tranquilo.
Mãe, o aniversário é meu, mas o presente é seu.
Pensei em te falar tantas  coisas, até me deu vontade de te mandar um recado no filipeluiz12@hotmail.com pra matar um pouco essa saudade, minha rainha.
Vim lhe pedir que celebre, que faça festa, comemore, se possivel, faça um bolo, pois eu não morri.
Vim lhe dizer que te amo e que a senhora é a melhor mãe do mundo.
Força mãe, a senhora é guerreira e não pode entregar os pontos. Sua evolução muito me deixa contente.
Ajude as outras maezinhas , que como a senhora, sentem saudade, que também dói em nós.
Estou estudando, aprendendo coisas maneiras aqui.
Eu te amo e sempre serei o seu filho, o seu Filipe, de RG 2*****6.
Hoje, receba de mim esta cartinha e uma visita especial la na Rua Ceará numero 13.
Com muito amor e fé, e progesso.
Luiz Filipe da Silva Gomes


Tem cara de fraude pois traz RG, email (caraca!!!!!) e endereço..  Isso seria algo muito raro.. só um médium pica das galáxias ligado a baterias de 1000Watts de potência faria...rs...

Por outro lado, se o cabra é bom.. então olha essa que ele manda:

Carta Psicografada HOJE (06/11/2016)

A carta veio espontaneamente. Sem contato prévio com os familiares.

Vamos nos inspirar neste amor? 

Obs: A pedido do irmão, cortei algumas partes (assuntos pessoais).

A FAMILIA AUTORIZOU A PUBLICAÇÃO

Consolo e Esperança paea todos nós

Pai,  meu amigo de todos os momentos. Como é que o sr está?
Pelo que tenho visto, triste e deprimido. 
Desde a minha partida, o senhor perdeu o prazer de viver. O gosto pela vida.
Além disso, com as dívidas que só fazem crescer, e a sua preocupação.
"Meu deus, como eu vou resolver tudo isso agora?"
O senhor acha que a fortaleza está em mim. Sempre me esforcei para dá pra o senhor e pra Micaeli, tudo que eu não tive. E como sempre, com muito ou com pouco, GRATIDÃO sempre foi o seu nome, meu velho.
Papai Marcos, meu grande amigo, estou bem e vivo.
Aquele choque que tomei foi acidental, meu pai. Eu não vi o fio que estava sobre a minha cabeça. Em segundos, já não estava mais aí. Via o Gabriel chorando muito e batendo no meu corpo caído lá no chão, tentando me reanimar.
Daí me dei conta que não pertencia mais a este plano.
Falo isto pai, pra que saiba que sou eu mesmo  e que não se sinta culpado, pois nem o senhor, nem ninguém teve culpa.
Os caminhos de Deus são misteriosos e desconhecidos para nós, mas, perfeitos.
Corte o seu cabelo, sorria pra vida, pois ela lhe dará muitas oportunidades.
O senhor vai ser ajudado, não se preocupe. Estes seus R$ 60, 25 centavos que está na sua carteira agora é pouco, mas o pouco com Deus é muito.
A vida não acabou. Eu não morri. A vida não acaba. Então, pai, não permita que a sua vida acabe, vivendo na dor e na solidão.
Vá ao clube, jogue futebol, viva.
Eu daqui, lhe observo melhor e mando boas energias meu guerreiro.
Saudade, eu te amo para sempre.
Adriano V Bastos


Se o cara acertou que o pai do rapaz tinha 60 reais, mesmo que errasse os centavos... bahhhhhh :susto:

Não tive tempo de achar o tal pai.. mas seria bem interessante descobrir isso..

Bom.. tah ai o estilo das cartas do menino... Para mim está na lista de suspeitos.. é muito estranho vir informações com tanta precisao assim...

Sandro, estou sem palavras!!!!!!!  Senti um baque daqueles agora!!!!!!!!
Não tem jeito!!!!!!  Essas psicografias me convenceram!!!!!!!  Me levaram às... lágrimas!!!!
Me converti ao espiritismo!!!!!!!!!  Finalmente!!!!!!!  Entreguei minha alma ao mundo espiritual!!!!!!!
Abençoado seja esse médium maravilhoso, com a graça do inefável!!!!!!!!!   

a(h)Ném!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Criaturo em 21 de Novembro de 2016, 08:32:33
No caso do dinheiro, ele provavelmente tentou comprar um livro do dito médium no centro e comentou ou alguém sacou o que ele tinha isso na carteira e repassou a informação para o médium ou simplesmente chutou qualquer coisa porque os irmãozinhos espíritas iriam repetir e repetir como acerto mesmo sem ser confirmado.

quanta ironia mais um cetico vidente Pai Gigaviu ta desenvolvendo a onisciência!
Saravá mi zé feio! que tua crença ta brava!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 21 de Novembro de 2016, 08:50:33
A prosa aqui descanbô pra medicina alternativa de A a Z???????

Cês fica falanu e briganu si a ciência comprovô isso ou aquilo... Nem é taum relevante assim!!!!!!!!
O mais importante é o qui tá por trás... Pois o buraquim é mais imbaixu!!!!!  hahahahahahahahahahahahaha...
Já viram cumué as ''teoria'' por trás di acupuntura, heiki e homeopatia???????
É um tal de força vital pra cá, fluidim mágico pra lá, meridianim ali, desiquilibrim energeticuzim aqui...
Intaum tudu si resumi nu finar a CRÊ ou naum CRÊ!!!!!!!
Cês acredita nessas bobagi??????????
Vaum muda di prosa, sô!!!!!!!!!


É verdade. É um besteirol delirante. Do tipo daquele "explicando" a água fluidificada.

Mas resta a questão de se é possível chegar a lugares certos por caminhos errados. Ou se talvez o discurso místico pode surgir depois de adquirido um conhecimento empírico, para justifica-lo, ou por outra razão.

Se você der uma olhada na própria página da Sociedade Brasileira de Homeopatia leva um susto. Não dá para conceber que uma coisa dessas seja aceita pelo CFM. Mesmo assim não podemos descartar que alguns medicamentos homeopáticos tenham sido descobertos por acaso, empiricamente, talvez já utilizados há muito tempo na medicina popular. Depois é que surge a teoria samba do crioulo doido.

Evidência anedótica: eu já vi gente ser anestesiada em crise de cálculo renal ( uma das piores dores que o ser humano pode ter, segundo dizem ) com acupuntura e só com acupuntura. E há registros que parecem confiáveis de cirurgias feitas na China usando acupuntura como anestesia local.

Isso não significa que o misticismo que cerca essa prática tenha fundamento. Também não significa que todas as alegadas aplicações de acupuntura sejam efetivas.

Mas é possível atirar no que se vê e acertar o que não se vê.

O cara que inventou a máquina a vapor entendia incorretamente o processo e não conhecia o ciclo de Carnot. O ponto de partida para o Kepler resolver um problema que desafiava sábios desde tempos imemoriais foi uma suposição mística absurda.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 21 de Novembro de 2016, 09:18:39
Em relação a estas cartas psicografadas, não sei vocês, mas uma coisa que sempre me chama atenção é o estilo "pasteurizado".

É como se existisse um gerador automático de carta psicografada no estilo do gerador de lero-lero.

E isso se verifica mesmo não só nos textos de diferentes "desencarnados", mas até nos diferentes médiuns.

Um menino de 8 anos, demonstrando interesses e usando expressões infantis, mas que escreve naquele estilo proto-parnasiano que é por coincidência é típico em publicações espíritas. Olha... "Mãe Lenice, Papai Marcos"... sinceramente, quantos de vocês se referem a seus pais assim?

Quantos de vocês já escreveram a seus pais e tascaram lá no e-mail : "Papai Rodolfo Alberto" ou "Mamãe Sigfrida"?

Há outras características que se repetem: as cartas são sempre curtas, apenas o suficiente para o desencarnado passar alguns dados que devem confirmar sua identidade, e depois comentários clichês e muito superficiais sobre mundo no Além, terminando com poucas palavras de exortação e conforto.

Não dá impressão que não sai disso?

É uma coisa intrigante pra mim. Porque quando algo é verdadeiro, em geral, no seu todo ou em quase tudo,  costuma parecer verdadeiro. Passar autenticidade.

Não significa que a recíproca também seja verdadeira. Nada impede que o falso possa parecer autêntico, mas dificilmente o autêntico parece em parte falso.

No caso da Psicografia há uma pequena parte indicando autenticidade ( os dados ) e todo o resto parece falso, padronizadamente impessoal, artificial.

Imagine que você compare cem cartões que diferentes pessoas que foram a Paris enviaram a seus familiares. Não vai encontrar esse tipo de semelhança.

Além disso, se alguém faz uma viagem interessante e manda uma carta, normalmente esse pessoa conta aventuras, descreve lugares em detalhes, fala do seu deslumbramento, conta também suas desventuras. Há  emoção no texto: alegria, entusiasmo, saudade, desespero... dependendo das situações.

Mas o desencarnado não.  Ele faz uma viagem pro Além, que por certo é uma porrada mil vezes maior que visitar Paris pela primeira vez. Ele vê maravilhas, ele testemunha um mundo mágico, ele descobre coisas fantásticas sobre si mesmo enquanto ser espiritual, ele experimenta um outro nível de existência, ele se reencontra com entes queridos, e mil outras coisas que nem poderíamos imaginar...

E então esse sujeito manda uma carta pra família:

"Mamãe Cristina, estou bem. Quero você fique bem e papai Rodolfo também.

Vovô está aqui do meu lado e também está bem.

Recupere sua alegria pois estou em paz, volte a usar aquele vestido vermelho. Papai, volte a assistir aos jogos do Corinthias.

Confiem em Deus e no amor de Jesus.

Seu amado filho João."
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: AlienígenA em 21 de Novembro de 2016, 09:41:12

Se não vemos como um médium poderia fraudar num modelo como especifiquei, claro que não quer dizer que num futuro possamos descobrir como ele teria feito a fraude, mas temos que admitir que até o presente momento o fato é que parece inviolável.

Você está perdendo de vista um aspecto importante. Embora o alvo do teste seja o médium, há famílias envolvidas. Se há quem deva ser o alvo prioritário de atenção são elas, não o médium. Além do mais, qual o sentido disso? O que se espera de um médium, afinal? Que ele sirva de interlocutor entre o morto e seus vivos, dispensando assim a necessidade de se valer de quaisquer outros recursos para tanto, certo? O quer dizer que espalhar propositalmente pistas falsas sobre as famílias convidadas no intuito de desmascarar charlatões, por exemplo, em nada afetará o processo, já que um médium sequer tomaria conhecimento delas. Ou mesmo que tomasse por acidente, simplesmente as ignoraria, se restringindo a repassar as informações recebidas na sessão. Ou seja, somente um autêntico médium seria imune a toda e qualquer armadilha. Então, sinceramente, me escapa à compreensão o motivo dessa recusa em se resguardar contra charlatanice, colocando o próprio teste sob suspeita e, sobretudo, o interesse das famílias em segundo plano.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 21 de Novembro de 2016, 10:23:06
Rss.. bom.. a primeira impressao que me passou foi de ser um menino.. O desenho ai é pequeno e a visão do titio aqui está complicada e cansada muitas vezes...

Que desenho? Tá falando da foto do meu avatar?
Reparou que abaixo dessa foto tem uma coisinha escritinha? E que ao lado tem um símbolozin, que é cor de rosinha e tudin? Vai alegar daltonismo também? E reparou que os outros foristas estavam me tratando no feminino também?

Sexo: (https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/6/66/Venus_symbol.svg/120px-Venus_symbol.svg.png)

Seu jeito de escrever representou sempre como masculino
Agora fiquei realmente curiosa.
Já que você é tão entendido, me diga como seria um jeito masculino de escrever? rs
Em momento algum me referi a mim mesma no masculino, então de onde você inferiu isso? rs

então talvez seu lado feminino pouco apareceu nas escritas..

E como é que se manifesta um "lado feminino" na escrita? Tem que falar no diminutivo, te chamar de "miguxo", usar emojis mimosinhos, fofinhos e/ou rosinhas ou lilases? rsrs  :borboleta:  :flerte: :florinda: :girl-kiss:

Isso, é claro, pode denotar suas preferencias ou estilo inconsciente..
Então quer dizer que além de concluir coisas do nada, sem nenhuma evidência, você ainda supõe que O SEU erro de interpretação sobre meu gênero foi causado por mim, que não demonstrei um "gênero de escrita" bem claro e definido nos meus textos e, como se isso tudo não bastasse no seu show de horrores argumentativos, ainda por cima parte para hipóteses de "preferências ou estilos inconscientes". E é você quem vai me dar aula sobre pesquisa científica? hahahhaha

Me diga: você também é fã de psicanálise? rs

Pelo que sei ele trabalha sozinho... coincidencia ou não... ele é amigo do outro médium que está muito evidente que é fraude... Mas temos que testar..

Claro, faz sentido manter uma dúvida razoável, já que o Chico Xavier andava com a charlatã Otília Diogo apesar de ser um escocês verdadeiro. ::)

Ok Deusa... tentemos deixar esse mal entendido de lado.. ja deixei meu pedido de desculpas... Só por favor leia as coisas antes de falar (ops.. escrever).. É que dai perdemos tempo... (esse foi tvz um dos fatores... mulheres sempre leem muito e geralmente sabem bem sobre o que reclamam ou debatem)

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 21 de Novembro de 2016, 10:23:44
Façam um resumo das coisas aí vai.

Algo como:

Metodologia alfa: colocar as os médiuns na situação X, tentando fazer Y. Se conseguissem, estaria provado que não houve fraude.

Metodologia alfa 0.2: a fim de realmente eliminar a chance de fraude via B, é necessário que o médium esteja não na mais simples situação X, mas em X2.

E as demais "versões" ou contestações.

Aliás, podiam abandonar todo o debate mais filosófico e ficar só com uma versão meio "github" da coisa.

Você quer um resumo do método ou das sugestões?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 21 de Novembro de 2016, 10:24:37
Se um experimento desses bem controlado dá certo, o que leva a crer que foram espíritos que fizeram isso? Por que não seria um evento anômalo PSI/sobrenatural qualquer?

Que eu saiba, a parapsicologia que tenta trabalhar com método científico não teste hipótese de espíritos nem mexe nesse vespeiro semi-religioso.

Os céticos sempre ficarão na dúvida se foi bem controlado.

concordo.. sempre haverá uma dúvida, a menos que o experimento der errado ne... rss :D
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 21 de Novembro de 2016, 10:28:20
Em relação a estas cartas psicografadas, não sei vocês, mas uma coisa que sempre me chama atenção é o estilo "pasteurizado".

É como se existisse um gerador automático de carta psicografada no estilo do gerador de lero-lero.

E isso se verifica mesmo não só nos textos de diferentes "desencarnados", mas até nos diferentes médiuns.

Um menino de 8 anos, demonstrando interesses e usando expressões infantis, mas que escreve naquele estilo proto-parnasiano que é por coincidência é típico em publicações espíritas. Olha... "Mãe Lenice, Papai Marcos"... sinceramente, quantos de vocês se referem a seus pais assim?

Quantos de vocês já escreveram a seus pais e tascaram lá no e-mail : "Papai Rodolfo Alberto" ou "Mamãe Sigfrida"?

Há outras características que se repetem: as cartas são sempre curtas, apenas o suficiente para o desencarnado passar alguns dados que devem confirmar sua identidade, e depois comentários clichês e muito superficiais sobre mundo no Além, terminando com poucas palavras de exortação e conforto.

Não dá impressão que não sai disso?

É uma coisa intrigante pra mim. Porque quando algo é verdadeiro, em geral, no seu todo ou em quase tudo,  costuma parecer verdadeiro. Passar autenticidade.

Não significa que a recíproca também seja verdadeira. Nada impede que o falso possa parecer autêntico, mas dificilmente o autêntico parece em parte falso.

No caso da Psicografia há uma pequena parte indicando autenticidade ( os dados ) e todo o resto parece falso, padronizadamente impessoal, artificial.

Imagine que você compare cem cartões que diferentes pessoas que foram a Paris enviaram a seus familiares. Não vai encontrar esse tipo de semelhança.

Além disso, se alguém faz uma viagem interessante e manda uma carta, normalmente esse pessoa conta aventuras, descreve lugares em detalhes, fala do seu deslumbramento, conta também suas desventuras. Há  emoção no texto: alegria, entusiasmo, saudade, desespero... dependendo das situações.

Mas o desencarnado não.  Ele faz uma viagem pro Além, que por certo é uma porrada mil vezes maior que visitar Paris pela primeira vez. Ele vê maravilhas, ele testemunha um mundo mágico, ele descobre coisas fantásticas sobre si mesmo enquanto ser espiritual, ele experimenta um outro nível de existência, ele se reencontra com entes queridos, e mil outras coisas que nem poderíamos imaginar...

E então esse sujeito manda uma carta pra família:

"Mamãe Cristina, estou bem. Quero você fique bem e papai Rodolfo também.

Vovô está aqui do meu lado e também está bem.

Recupere sua alegria pois estou em paz, volte a usar aquele vestido vermelho. Papai, volte a assistir aos jogos do Corinthias.

Confiem em Deus e no amor de Jesus.

Seu amado filho João."


Pedro, esse estio replicante se encaixa na teoria anímica de Aksakof, o personismo do médium sempre se insere numa manifestação.. Bem ou mal, todos os atuais médiuns seguem uma linha deixada por Chico Xavier..

Se pegarmos materiais do passado, que por sinal acho bem melhor, o médium servia de intermediário mesmo, ou seja, os pais faziam as perguntas e o filhos (ou mortos - pai, tio etc) respondiam..

Era uma forma bem melhor de se checar e trabalhar.. O fato é que os céticos sempre questionaram mesmo assim, então o meio não importa muito porque mesmo se fornecendo dados mais concisos estes sempre foram alvos de criticas de que havia fraude..

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 21 de Novembro de 2016, 10:42:17

Se não vemos como um médium poderia fraudar num modelo como especifiquei, claro que não quer dizer que num futuro possamos descobrir como ele teria feito a fraude, mas temos que admitir que até o presente momento o fato é que parece inviolável.

Você está perdendo de vista um aspecto importante. Embora o alvo do teste seja o médium, há famílias envolvidas. Se há quem deva ser o alvo prioritário de atenção são elas, não o médium. Além do mais, qual o sentido disso? O que se espera de um médium, afinal? Que ele sirva de interlocutor entre o morto e seus vivos, dispensando assim a necessidade de se valer de quaisquer outros recursos para tanto, certo? O quer dizer que espalhar propositalmente pistas falsas sobre as famílias convidadas no intuito de desmascarar charlatões, por exemplo, em nada afetará o processo, já que um médium sequer tomaria conhecimento delas. Ou mesmo que tomasse por acidente, simplesmente as ignoraria, se restringindo a repassar as informações recebidas na sessão. Ou seja, somente um autêntico médium seria imune a toda e qualquer armadilha. Então, sinceramente, me escapa à compreensão o motivo dessa recusa em se resguardar contra charlatanice, colocando o próprio teste sob suspeita e, sobretudo, o interesse das famílias em segundo plano.

Não vejo problemas de iscas para o médium, desde que elas não sejam evidentes ou que tendam a gerar interferencia ao processo.. A questão é que, se existe toda a questão espiritual a comunicação ocorre de forma difícil, ou seja, qualquer "ruído" pode comprometer essa informação..

Muitos céticos tem uma visão errada do processo mediúnico, achando que o médium vê ou ouve algo com clareza e dai basta transportar isso para nossa realidade.. muitas vezes o que vem são apenas "flashs" e o médium tenta passar o que viu e da forma que entende..

Se for iscas do tipo, deixar algo errado na internet... blz.. se ele for investigar ele vai la e pega algo errado etc.. Outro coisa é o médium perguntar: alguém aqui é a vó Vera, vó do Matheus? (como ele fez na sessão que presenciei)..

Dai uma isca mal intencionada vai e fala: "sou eu!".. dai nem seria ela, mas sim uma mãe que o fez para ver se ele enviaria uma carta sobre o filho dela...

Ora, ele faria a carta do Matheus, pois teria tido o contato com esse espirito e queria confirmar se ela estava presente senao daria a oportunidade para outro..

Entendo que esses detalhes espiritas talvez pouco interessem aqui, e sejam desacreditados, mas quando você pesquisa num campo específico, você precisa dominar as variáveis e como as coisas são entendidas por la..

Então... Da pra fazer armadilhas, o que não dá é para exagerar nisso ao ponto de alterar resultados..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 21 de Novembro de 2016, 12:13:12
Pedro ou Antipetista.. não lembro a qual dos dois, mas segue o link sobre um experimento com médium onde o referido controle (espirito) tinha que ler algo em livros dentro de caixas fechadas..

http://www.aeces.info/Top40/Cases_51-75/case52_ironbox.pdf

Tem outros experimentos, se desejar conhecer..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 21 de Novembro de 2016, 14:32:43
Evidência anedótica: eu já vi gente ser anestesiada em crise de cálculo renal ( uma das piores dores que o ser humano pode ter, segundo dizem ) com acupuntura e só com acupuntura. E há registros que parecem confiáveis de cirurgias feitas na China usando acupuntura como anestesia local.

É perfeitamente possível, Pedro, mas o anestésico nesses causos aí não se deve a uma influência direta da acupuntura e sim da AUTOSUGESTÃO HIPNÓTICA.  O paciente tinha tanta FÉ no poder da acupuntura que se deixou operar através desse procedimento. CREDULIDADE e EXPECTATIVA então são os fatores chaves nestes causos.
Você já leu sobre as cirurgias SEM ANESTÉSICO envolvendo somente uso de SUGESTÃO HIPNÓTICA realizadas por James Esdaile e Dave Elman???  Você vai se amarrar!!!!!!

 
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: AlienígenA em 21 de Novembro de 2016, 14:44:07

Se não vemos como um médium poderia fraudar num modelo como especifiquei, claro que não quer dizer que num futuro possamos descobrir como ele teria feito a fraude, mas temos que admitir que até o presente momento o fato é que parece inviolável.

Você está perdendo de vista um aspecto importante. Embora o alvo do teste seja o médium, há famílias envolvidas. Se há quem deva ser o alvo prioritário de atenção são elas, não o médium. Além do mais, qual o sentido disso? O que se espera de um médium, afinal? Que ele sirva de interlocutor entre o morto e seus vivos, dispensando assim a necessidade de se valer de quaisquer outros recursos para tanto, certo? O quer dizer que espalhar propositalmente pistas falsas sobre as famílias convidadas no intuito de desmascarar charlatões, por exemplo, em nada afetará o processo, já que um médium sequer tomaria conhecimento delas. Ou mesmo que tomasse por acidente, simplesmente as ignoraria, se restringindo a repassar as informações recebidas na sessão. Ou seja, somente um autêntico médium seria imune a toda e qualquer armadilha. Então, sinceramente, me escapa à compreensão o motivo dessa recusa em se resguardar contra charlatanice, colocando o próprio teste sob suspeita e, sobretudo, o interesse das famílias em segundo plano.

Não vejo problemas de iscas para o médium, desde que elas não sejam evidentes ou que tendam a gerar interferencia ao processo.. A questão é que, se existe toda a questão espiritual a comunicação ocorre de forma difícil, ou seja, qualquer "ruído" pode comprometer essa informação..

E por "figurantes" nas primeiras fileiras, por exemplo, de forma a camuflar as famílias?

Citar
Muitos céticos tem uma visão errada do processo mediúnico, achando que o médium vê ou ouve algo com clareza e dai basta transportar isso para nossa realidade.. muitas vezes o que vem são apenas "flashs" e o médium tenta passar o que viu e da forma que entende..

Foi o que você deu a entender com aquele negócio de médium ostensivo: aquele que consegue fornecer uma série de detalhes e particularidades em cartas psicografadas para familiares (nomes, apelidos, detalhes do morte, motivo da morte etc).

Citar
Se for iscas do tipo, deixar algo errado na internet... blz.. se ele for investigar ele vai la e pega algo errado etc.. Outro coisa é o médium perguntar: alguém aqui é a vó Vera, vó do Matheus? (como ele fez na sessão que presenciei)..

Dai uma isca mal intencionada vai e fala: "sou eu!".. dai nem seria ela, mas sim uma mãe que o fez para ver se ele enviaria uma carta sobre o filho dela...

Ora, ele faria a carta do Matheus, pois teria tido o contato com esse espirito e queria confirmar se ela estava presente senao daria a oportunidade para outro..

Entendo que esses detalhes espiritas talvez pouco interessem aqui, e sejam desacreditados, mas quando você pesquisa num campo específico, você precisa dominar as variáveis e como as coisas são entendidas por la..

Então... Da pra fazer armadilhas, o que não dá é para exagerar nisso ao ponto de alterar resultados..

Só do médium poder ter esse tipo de interação com as famílias põe o teste em cheque, já que seria esperado de um charlatão uma pesquisa prévia sobre ocorrências locais. O ideal é que ele fosse isolado das famílias por um espelho ou por efeito de iluminação, por exemplo, de forma que pudesse ser visto por elas sem avistá-las. Então, sem qualquer interação prévia, senta, faz seu trabalho e entrega, na expectativa de que ao menos um dos espíritos tenha seguido a família até ali. Um terceiro lê as cartas e se alguma família se identificar, avalia se bate com os fatos, sem contem erros e tal.

Pedro ou Antipetista.. não lembro a qual dos dois, mas segue o link sobre um experimento com médium onde o referido controle (espirito) tinha que ler algo em livros dentro de caixas fechadas..

http://www.aeces.info/Top40/Cases_51-75/case52_ironbox.pdf

Tem outros experimentos, se desejar conhecer..

Isso parece ir de encontro ao que você descreveu antes, sobre a dificuldade de comunicação e tal. Na verdade, tal riqueza de detalhes, indica que não há tamanha dificuldade capaz interferir no processo. Se espíritos podem ver através de caixas, uma barreira visual entre o médium e a plateia como sugeri não deve ser empecilho, como havia me ocorrido.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 21 de Novembro de 2016, 15:00:07
Ok Deusa... tentemos deixar esse mal entendido de lado.. ja deixei meu pedido de desculpas... Só por favor leia as coisas antes de falar (ops.. escrever).. É que dai perdemos tempo... (esse foi tvz um dos fatores... mulheres sempre leem muito e geralmente sabem bem sobre o que reclamam ou debatem)

Estás perdoado, meu servo!  :flerte:
Mas que isso não se repita, pois do contrário não mandarei uma linda valquíria te buscar para ter conosco em  Fólkvangr, quando pereceres nesta batalha já perdida contra charlatões! rsrs
E lembre-se que não sou deusa só do amor. Fica a dica!rs

PS: continuo aguardando sua explicação sobre "escrita de gênero." :hihi:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 21 de Novembro de 2016, 15:03:21
Pedro ou Antipetista.. não lembro a qual dos dois, mas segue o link sobre um experimento com médium onde o referido controle (espirito) tinha que ler algo em livros dentro de caixas fechadas..

http://www.aeces.info/Top40/Cases_51-75/case52_ironbox.pdf

Tem outros experimentos, se desejar conhecer..

Book Test???!!!!!!!!!!  TRUUUUUUUCO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Deu vontade até do ALQUIMISTA te apresentar uma lendazinha pra descontrair: 


''Costuma-se dizer que as coisas boas vêm em pequenos pacotes. Foi o que aconteceu quando o jovem neto de Ramsés provou ser o maior mágico do Egito.
Se-Osíris era filho de Setna, um grande escriba. Setna era filho de Ramsés e serviu o Faraó.
Em um dia quente e empoeirado, quando o vento estava soprando do deserto, um estranho, de estatura alta, foi trazido para a fresca sala do trono de Ramsés. O homem era orgulhoso, mas se via que era pobre pelas vestes marrons empoeiradas.
Ele, em sinal de devoção, curvou-se perante o Faraó e disse:
- "Ó, Rei do Egito, eu venho do Sul onde os mágicos são fortes e poderosos. Eu fui enviado pelo meu rei para desafiar seus mágicos e provar que eles são fracos e não podem ser comparados com os do Sul."
O homem então estendeu a mão, mostrou um rolo de papiro selado que trazia consigo e disse:
- "Eu desafio todos do Egito para que leiam o que está sobre este rolo, mas sem quebrar o selo. Se ninguém puder aceitar o meu desafio, voltarei para meu rei e dir-lhe-ei que a mágica do Egito é fraca."
Ramsés fitou o mágico do Sul e disse aos guardas que escoltassem o homem para os aposentos de hóspedes, enquanto ele iria consultar seus nobres e conselheiros.
Quando o homem já havia sido escoltado para fora do salão, Setna virou-se para Ramsés e disse:
- "Faraó, quando reunires novamente seu Conselho, trarei um mágico que poderá aceitar o desafio do homem do Sul e mostrar que os mágicos do Egito são os mais poderosos".
Mas Setna ficou preocupado em ter que procurar pelo reino um mágico poderoso. Quando Setna sentou-se à sombra fresca em seu jardim para planejar a tarefa, seu filho Se-Osiris chegou ao seu lado. Setna contou a Se-Osiris sua missão e foi surpreendido quando seu filho riu de sua história.
- "Se-Osíris, por que é que você ri enquanto eu estou tão preocupado?"
 Se-Osiris respondeu:
 - “Não se preocupe, pois irei ler o papiro sem violar o selo, humilhando este estranho homem e seu Rei do Sul".
Setna não duvidou do filho e ficou orgulhoso, mas propôs que Se-Osiris provasse seus poderes, selando um dos papiros de seu expediente diário e entregou-o ao filho. Para deleite de Setna, Se-Osiris leu as palavras do papiro como se tivessem sido escritas em sua presença.
No dia seguinte, quando o Faraó convocou sua corte, Setna trouxe Se-Osiris para sentar-se ao lado dele. Quando o homem do Sul foi trazido para o salão, o Faraó chamou Setna para que enfrentasse o desafio do homem.
Setna levantou-se e disse:
- "O desafio deste homem não passa de uma mera brincadeira de criança para os Mágicos do Egito. Eu não teria problemas em trazer o Mágico Mestre, mas em vez disso trago meu filho, Se-Osiris, para ler o papiro.
Se-Osiris se adiantou e fitou os olhos do homem do Sul e, após alguns instantes, virou-se para o Faraó e começou a dizer-lhe o conto que estava escrito no papiro selado.
- "Faraó, é uma narrativa de honra e insulto a um Faraó do passado. Uma vez um mágico do Sul se vangloriou que ele podia humilhar o Faraó do Egito, tendo o Rei escutado o que ele tinha a dizer e disse-lhe para que fizesse bom proveito de usa pretensão.
Naquela noite, o mágico invocou todos os seus poderes e enviou quatro entes fantasmagóricos portando uma maca para a beira do Rio Nilo, no quarto que o faraó dormia, sequestrando-o e trazendo-o à presença do mágico. O mágico e o rei imobilizaram o Faraó e levaram-no para frente do Palácio, proclamando que ali estava a prova de que o Faraó do Norte era fraco. Em seguida, passaram a agredir o Faraó com bastões, causando várias lesões, mas sem matá-lo, pois a pretensão era apenas humilhá-lo. Antes do amanhecer, o mágico determinou que os entes fantasmagóricos voltassem ao Nilo e deixassem o Faraó de volta em sua cama. Quando o Faraó acordou na manhã seguinte percebeu que seu pesadelo tinha sido real, o que as lesões nas costas o provavam.
O Faraó então chamou o principal mágico, contou-lhe o ocorrido e determinou que o Rei do Sul e seu mágico pagassem na mesma moeda, determinando, ainda que fosse assegurado que o Faraó não passaria por novas humilhações.
Enquanto Se-Osiris narrava o teor do conto, o homem do Sul engasgou e confirmou que realmente era aquela história que estava escrita no papiro, dirigindo-se à porta.
 - "Detenham-no!", ordenou Se-Osiris, “Ainda há mais!”
O mágico egípcio consultou-se com o sacerdote do Deus Ptah e dormiu naquela noite no altar para adquirir a sabedoria de Ptah, retornando no dia seguinte para o salão do Faraó.
Quando descobriu que o Faraó não tinha sido novamente importunado em seu sono, o mágico ficou satisfeito e quis assegurar-se que aquilo não aconteceria novamente. Naquela noite o mágico proferiu palavras de grande poder em torno do leito do faraó e quando os portadores fantasmagóricos com a maca apareceram, o mágico viu que vacilavam e ficaram agitados com os feitiços que protegiam o local. Logo os entes desapareceram e o Faraó dormiu tranquilamente durante toda a noite. Na noite seguinte o mágico egípcio criou sua própria trupe de entes fantasmagóricos e esta trouxe o Rei do Sul para o salão do Faraó, onde o Faraó o amarrou e o espancou. Por quatro noites o Rei do Sul foi trazido perante o Faraó e a cada noite sofreu a mesma humilhação na corte do Faraó. E todo dia o Rei do Sul chamava seu próprio Conselho de Mágicos para impedir que o Faraó levasse-o, mas os mágicos do Sul falharam.
Em sua fúria, o Rei do Sul amaldiçoou seu mágico a vagar pela Terra até que provasse existir magia maior que a do Egito."
O homem do Sul então passou a lutar com os guardas do Faraó, implorando para que eles o libertassem, pois não havia causado nenhum dano a ninguém e disse:
- "Sim, isso é o que o papiro diz. Agora, posso ir embora em paz, poderoso Faraó?"
Mas Se-Osiris curvou-se perante o Faraó e disse,
- "Não o deixe ir. Ele não poderá ir em paz, pois é ele o mágico da história e ele vagou por muitos anos para tentar achar o ponto fraco de magia egípcia, para que ele possa, assim, vingar-se do Faraó. Vamos resolver isso hoje para que ele não tenha mais que vagar e trazer problemas."
O homem do Sul contorceu-se quando ouviu o desafio de menino e disse:
- "Quem é você para desafiar o maior mágico do Sul?", atirando o papiro ao chão.
O Papiro desenrolou-se e transformou-se em uma grande cobra, que assobiou e cuspiu em Se-Osiris. Mas Se-Osiris apenas riu e com um sinal com as mãos fez a cobra transformar-se em um pequeno verme que fugiu rastejando.
O homem do Sul gritou enfurecido e invocou uma nuvem escura que desceu sobre o salão. Se-Osiris começou a rir da situação, enquanto suas vestes pareciam absorver a escuridão, até que Se-Osiris sacudiu seu manto e deixou cair ao chão um pó negro. Ao terminar, Se-Osiris ficou em pé no salão cristalino e calmamente olhou para o homem do Sul.
Mais uma vez o homem do Sul reuniu suas forças mágicas e fez surgir diante de si uma coluna de fogo que ameaçadoramente se deslocou em direção ao Faraó.
Se-Osiris se postou em frente das chamas e com os braços empurrou-as para trás. A coluna de fogo parou e começou a voltar em direção ao homem do Sul.
Se-Osiris bateu palmas e gritou:
"Chega, pare agora!."
As labaredas cercaram o homem do Sul e ele no mesmo momento transformou-se em um monte de cinzas. Se-Osiris, virou-se para o pai e para o Faraó e disse:
- "Ele não trará mais problemas para Egito novamente, pois provei que a mágica do Egito é ainda mais forte que a do Sul."
O grande faraó Ramsés respondeu:
- "E você, Se-Osiris é o maior Mágico do Egito". ''

http://zephmeister.blogspot.com.br/2010/10/lendas-egipcias-o-maior-magico-do-egito.html
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 21 de Novembro de 2016, 15:53:19
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Fontana di (a)Trevi(mento):

Chega a ser um exercício divertido acompanhar a evolução dos truques nessa bobagem toda de comunicação espiritual.
Desde as batidinhas à la moda de telégrafos inventadas pelas irmãs Fox como pegadinha do PRIMEIRO DE ABRIL de 1848, os médiuns já vieram com cada uma!!!!!  São lousas mágicas, canetas presas em cestinhas que se movimentavam sozinhas, a escrita automática, a transcomunicação instrumental, e agora até com os manjados ''testes do livro''???????????????

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... Por que os espíRRitos não disseram desde o início que existiam comunicações mais avançadas do que... toscas batucadas????  (E se não me engano ainda atribuíram essa ''brilhANTA'' invenção ao Benjamin Franklin...)  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Todos esses truquinhos aí, de descobrir nominhos, emailzinhos e o que está escrito em livrinhos, o ALQUIMISTA já fez e/ou já viu algum mágico e/ou charlatão fazendo também... Aos montes!!!! 
Não impressionam para os padrões everésticos do ALQUIMISTA...  Estão muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito aquém dessa capacidade!!!!

Mas brasilerim que nasceu pra ser crédulo se impressiona com isso aí. Se soubessem o quão fácil é obter nomim, enderecim e emailzim das pessoas...  Mas eles pensam que é dificim...

Vejam o caso do Chico Xavier!!!!  É um ótimo exemplo que atesta bem como a grande maioria de brasileiros é ingenuamente crédula.
Fico pasmo toda vez que vejo uma entrevistinha com o Chico dizendo que o Emmanuel estava bem ao seu lado lhe ditando e orientando em tudo.  Mas será que ninguém nunca pensou em escrever algo num papel a que só o ''Emmanuel foi pro céu'' pudesse ''ver'' e inquirisse depois o Xavier para que relatasse tintim por tintim tudim o que estava escrito no papel??????????  Putz!!! Aí sim teriam pego o Chico... Seria a PROVA do fuCHIQUIM que nunca existiu...
Pelo menos o Quevedo foi mais esperto... Fez uma perguntinha em latim pro romano Emmanuel, ao que o Chico extraviou logo o assunto... hahahahahahahaha...
Mas assim é a credulidade... A maioria já pré-acredita nos médiuns... DESEJAM ARDENTEMENTE ACREDITAR... É por isso que a mediunidade dá certo!!!!!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 21 de Novembro de 2016, 23:33:09
O nível de tosquice dessas cartas é infinito.

A questão é, esse tipo de site é acessado no além ou o preferido dos médiuns?
'Tudo Sobre Todos': site vende dados pessoais e mostra até endereço no mapa
http://tecnologia.ig.com.br/2015-07-25/tudo-sobre-todos-site-vende-dados-pessoais-e-mostra-ate-endereco-no-mapa.html
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Rhyan em 21 de Novembro de 2016, 23:35:19
Janer Cristaldo disse que choveu espíritas quando a esposa dele faleceu, vários falando que ela queria se comunicar. Ele perguntou qual a senha do celular dela, mas ninguém sabia, ninguém conseguia essa informação, todos sumiram. hahahahaha
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 21 de Novembro de 2016, 23:56:57
O nível de tosquice dessas cartas é infinito.

A questão é, esse tipo de site é acessado no além ou o preferido dos médiuns?
'Tudo Sobre Todos': site vende dados pessoais e mostra até endereço no mapa
http://tecnologia.ig.com.br/2015-07-25/tudo-sobre-todos-site-vende-dados-pessoais-e-mostra-ate-endereco-no-mapa.html

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

As coisas avançaram mesmo...
Lembro dos meus 16 anos... Um tio-avô (que se dizia médium) me levou numa lojinha de produtos espiritualistas numa FRACASSADÍSSIMA tentativa de me aplicar o espiRRitismo.
Chegando lá vi um grande quadro LOTADO de lembranças de sétimo dia. Tinha até o de um primo meu que havia falecido há algum tempo. hehehehe...
Foi então que um dos clientes (um provável... médium?) apontou para uma das fotinhas e comentou: ''esse aqui eu ainda num tenho não...''  E perguntou para o balconista: ''QUANTO É e$$e aqui??????????''   Logo pensei: ''O quê???? Que raio de COMÉRCIO de lembrancinhas de sétimo dia é esse?????!!!!!!!!!!''  Mas aí rapidinho como um relâmpago caiu a minha ficha!!!!!


É, as coisas avançaram muito...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 22 de Novembro de 2016, 02:23:59
O nível de tosquice dessas cartas é infinito.

A questão é, esse tipo de site é acessado no além ou o preferido dos médiuns?
'Tudo Sobre Todos': site vende dados pessoais e mostra até endereço no mapa
http://tecnologia.ig.com.br/2015-07-25/tudo-sobre-todos-site-vende-dados-pessoais-e-mostra-ate-endereco-no-mapa.html

Imagina o papo que deve rolar no além. Deve ser só fofoca e conversinha fiada.

Que medo de morrer!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 22 de Novembro de 2016, 03:11:48
O nível de tosquice dessas cartas é infinito.

A questão é, esse tipo de site é acessado no além ou o preferido dos médiuns?
'Tudo Sobre Todos': site vende dados pessoais e mostra até endereço no mapa
http://tecnologia.ig.com.br/2015-07-25/tudo-sobre-todos-site-vende-dados-pessoais-e-mostra-ate-endereco-no-mapa.html

Imagina o papo que deve rolar no além. Deve ser só fofoca e conversinha fiada.

Que medo de morrer!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Deve ser por isso que os espíritos superiores escolheram como seus maiores interMÉDIUNS um tal de fALLANdo Kardec e fuCHICO Xavier...
E o Nelson Rubens e Leão Lobo devem ser espíritos evoluidíssimos... Quando morrerem nem precisarão reencarnar mais... Que sorte a nossa!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 22 de Novembro de 2016, 03:39:49
O nível de tosquice dessas cartas é infinito.

A questão é, esse tipo de site é acessado no além ou o preferido dos médiuns?
'Tudo Sobre Todos': site vende dados pessoais e mostra até endereço no mapa
http://tecnologia.ig.com.br/2015-07-25/tudo-sobre-todos-site-vende-dados-pessoais-e-mostra-ate-endereco-no-mapa.html

Imagina o papo que deve rolar no além. Deve ser só fofoca e conversinha fiada.

Que medo de morrer!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

Deve ser por isso que os espíritos superiores escolheram como seus maiores interMÉDIUNS um tal de fALLANdo Kardec e fuCHICO Xavier...
E o Nelson Rubens e Leão Lobo devem ser espíritos evoluidíssimos... Quando morrerem nem precisarão reencarnar mais... Que sorte a nossa!!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Ops... Esqueci de mencionar também, é claro, as Irmãs FoFox!!!!!!!!!!

QUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUAQUA...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 22 de Novembro de 2016, 03:56:52
Esqueçam os mortos. Os vivos é que preocupam.

Este site é de fazer perder o sono.

Eu sabia que era possível. Em 2009 um conhecido me disse que se passasse o CPF para um amigo policial ele era capaz de levantar tudo sobre uma determinada pessoa.

Estive em uma agência de investigação, na Barra, acho que se chamava Castello Branco, para uma entrevista sem compromisso, e me falaram que faziam esse serviço.

Mas alguém sabe dizer se este site fornece outras informações além daquelas que aparecem no formulário?

Já é desagradável saber que gente que morreu fica me bisbilhotando, mas vivo é demais.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 22 de Novembro de 2016, 17:54:53


E por "figurantes" nas primeiras fileiras, por exemplo, de forma a camuflar as famílias?

Isso não vejo problema algum.. mas em que eles camuflariam? Já imaginou se vem uma carta para algum deles onde ja se tenha morrido familiar? Dai, como fazemos se eles não preencheram ficha?


Citar


Só do médium poder ter esse tipo de interação com as famílias põe o teste em cheque, já que seria esperado de um charlatão uma pesquisa prévia sobre ocorrências locais. O ideal é que ele fosse isolado das famílias por um espelho ou por efeito de iluminação, por exemplo, de forma que pudesse ser visto por elas sem avistá-las. Então, sem qualquer interação prévia, senta, faz seu trabalho e entrega, na expectativa de que ao menos um dos espíritos tenha seguido a família até ali. Um terceiro lê as cartas e se alguma família se identificar, avalia se bate com os fatos, sem contem erros e tal.

Pois é.. essa é uma questão de duvida para mim ainda.. Por exemplo.. Vamos supor que (do lado honesto) exista um espirito ali que queira se comunicar e não está ligado a qualquer um deles? Se ele psicografada a carta, dando oportunidade a este espirito, então pode-se se alegar que ele previamente conhecia uma historia e escreveu.. Se ele perguntar e ninguém o conhece, pois ele chama pelo nome de ambos, de espirito e familiar...
Por outro lado tem isso dele poder ter memorizado algum caso e dai tentar chutar e ver se se encaixa com alguém ali.. o que lhe daria mais "segurança" para escrever..

Bom.. em termos metodológico da pra se proibir qualquer contato.. sem problema.. mas em termos praticos, quais seriam as chances dele acertar isso? Se eu fosse o cético que escolheria as famílias... eu pegaria famílias do interior do estado ou da capital com casos de morte onde não houve midia envolvida.. Ficaria praticamente impossivel ele chutar alguma família assim do nada..


Citar

Isso parece ir de encontro ao que você descreveu antes, sobre a dificuldade de comunicação e tal. Na verdade, tal riqueza de detalhes, indica que não há tamanha dificuldade capaz interferir no processo. Se espíritos podem ver através de caixas, uma barreira visual entre o médium e a plateia como sugeri não deve ser empecilho, como havia me ocorrido.

Sim.. com certeza não há de haver... o problema é a crença do médium, ou seja, o modus operandi dele.. Se nem ele acreditar em si mesmo, então difícil entrar em transe etc... Mas creio que vale a pena testar isso... mas eu faria isso depois dele ter confianca na seriedade e honestidade do meu trabalho...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 22 de Novembro de 2016, 17:59:52
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Fontana di (a)Trevi(mento):

Chega a ser um exercício divertido acompanhar a evolução dos truques nessa bobagem toda de comunicação espiritual.
Desde as batidinhas à la moda de telégrafos inventadas pelas irmãs Fox como pegadinha do PRIMEIRO DE ABRIL de 1848, os médiuns já vieram com cada uma!!!!!  São lousas mágicas, canetas presas em cestinhas que se movimentavam sozinhas, a escrita automática, a transcomunicação instrumental, e agora até com os manjados ''testes do livro''???????????????

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... Por que os espíRRitos não disseram desde o início que existiam comunicações mais avançadas do que... toscas batucadas????  (E se não me engano ainda atribuíram essa ''brilhANTA'' invenção ao Benjamin Franklin...)  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Todos esses truquinhos aí, de descobrir nominhos, emailzinhos e o que está escrito em livrinhos, o ALQUIMISTA já fez e/ou já viu algum mágico e/ou charlatão fazendo também... Aos montes!!!! 
Não impressionam para os padrões everésticos do ALQUIMISTA...  Estão muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito aquém dessa capacidade!!!!

Mas brasilerim que nasceu pra ser crédulo se impressiona com isso aí. Se soubessem o quão fácil é obter nomim, enderecim e emailzim das pessoas...  Mas eles pensam que é dificim...

Vejam o caso do Chico Xavier!!!!  É um ótimo exemplo que atesta bem como a grande maioria de brasileiros é ingenuamente crédula.
Fico pasmo toda vez que vejo uma entrevistinha com o Chico dizendo que o Emmanuel estava bem ao seu lado lhe ditando e orientando em tudo.  Mas será que ninguém nunca pensou em escrever algo num papel a que só o ''Emmanuel foi pro céu'' pudesse ''ver'' e inquirisse depois o Xavier para que relatasse tintim por tintim tudim o que estava escrito no papel??????????  Putz!!! Aí sim teriam pego o Chico... Seria a PROVA do fuCHIQUIM que nunca existiu...
Pelo menos o Quevedo foi mais esperto... Fez uma perguntinha em latim pro romano Emmanuel, ao que o Chico extraviou logo o assunto... hahahahahahahaha...
Mas assim é a credulidade... A maioria já pré-acredita nos médiuns... DESEJAM ARDENTEMENTE ACREDITAR... É por isso que a mediunidade dá certo!!!!!!!

você sabe onde está isso do padreco Quevedo? Seria curioso conhecer esse momento! rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 22 de Novembro de 2016, 18:02:38
Ok Deusa... tentemos deixar esse mal entendido de lado.. ja deixei meu pedido de desculpas... Só por favor leia as coisas antes de falar (ops.. escrever).. É que dai perdemos tempo... (esse foi tvz um dos fatores... mulheres sempre leem muito e geralmente sabem bem sobre o que reclamam ou debatem)

Estás perdoado, meu servo!  :flerte:
Mas que isso não se repita, pois do contrário não mandarei uma linda valquíria te buscar para ter conosco em  Fólkvangr, quando pereceres nesta batalha já perdida contra charlatões! rsrs
E lembre-se que não sou deusa só do amor. Fica a dica!rs

PS: continuo aguardando sua explicação sobre "escrita de gênero." :hihi:

Amada Deusa... se mandar uma valquiria terei de mandar Elrond reforjar Narsil novamente, então vou pegar sua valquiria e dar uma boa lição a ela... rss

PS: Não sei explicar a escrita de gênero.. intuição talvez? Você é menina normal ou gosta de meninas? Você no fundo tem a resposta se foi uma intuição furada ou se faz sentido..

Ps2 Nada pessoal..
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 22 de Novembro de 2016, 18:11:45
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Fontana di (a)Trevi(mento):

Chega a ser um exercício divertido acompanhar a evolução dos truques nessa bobagem toda de comunicação espiritual.
Desde as batidinhas à la moda de telégrafos inventadas pelas irmãs Fox como pegadinha do PRIMEIRO DE ABRIL de 1848, os médiuns já vieram com cada uma!!!!!  São lousas mágicas, canetas presas em cestinhas que se movimentavam sozinhas, a escrita automática, a transcomunicação instrumental, e agora até com os manjados ''testes do livro''???????????????

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... Por que os espíRRitos não disseram desde o início que existiam comunicações mais avançadas do que... toscas batucadas????  (E se não me engano ainda atribuíram essa ''brilhANTA'' invenção ao Benjamin Franklin...)  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Todos esses truquinhos aí, de descobrir nominhos, emailzinhos e o que está escrito em livrinhos, o ALQUIMISTA já fez e/ou já viu algum mágico e/ou charlatão fazendo também... Aos montes!!!! 
Não impressionam para os padrões everésticos do ALQUIMISTA...  Estão muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito aquém dessa capacidade!!!!

Mas brasilerim que nasceu pra ser crédulo se impressiona com isso aí. Se soubessem o quão fácil é obter nomim, enderecim e emailzim das pessoas...  Mas eles pensam que é dificim...

Vejam o caso do Chico Xavier!!!!  É um ótimo exemplo que atesta bem como a grande maioria de brasileiros é ingenuamente crédula.
Fico pasmo toda vez que vejo uma entrevistinha com o Chico dizendo que o Emmanuel estava bem ao seu lado lhe ditando e orientando em tudo.  Mas será que ninguém nunca pensou em escrever algo num papel a que só o ''Emmanuel foi pro céu'' pudesse ''ver'' e inquirisse depois o Xavier para que relatasse tintim por tintim tudim o que estava escrito no papel??????????  Putz!!! Aí sim teriam pego o Chico... Seria a PROVA do fuCHIQUIM que nunca existiu...
Pelo menos o Quevedo foi mais esperto... Fez uma perguntinha em latim pro romano Emmanuel, ao que o Chico extraviou logo o assunto... hahahahahahahaha...
Mas assim é a credulidade... A maioria já pré-acredita nos médiuns... DESEJAM ARDENTEMENTE ACREDITAR... É por isso que a mediunidade dá certo!!!!!!!

você sabe onde está isso do padreco Quevedo? Seria curioso conhecer esse momento! rs

Sandro, deixei uma pergunta pra você no tópico sobre aviação.

Sobre o Quevedo, nesse vídeo ele fala um pouco disso:

Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 22 de Novembro de 2016, 18:25:02
Amada Deusa... se mandar uma valquiria terei de mandar Elrond reforjar Narsil novamente, então vou pegar sua valquiria e dar uma boa lição a ela... rss

PS: Não sei explicar a escrita de gênero.. intuição talvez? Você é menina normal ou gosta de meninas? Você no fundo tem a resposta se foi uma intuição furada ou se faz sentido..

Ps2 Nada pessoal..

Entendi, você não gosta de valquírias porque é o Senhor dos Anéis. kkkk :hihi:

PS: Pensei que você não costumasse agir por intuição e tirar conclusões precipitadas. rs

PPS: pensei que minhas preferências não te importassem, conforme você mesmo disse.

PPPS: o que seria uma menina anormal? rs
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Brienne of Tarth em 22 de Novembro de 2016, 19:15:31
Entendi, você não gosta de valquírias porque é o Senhor dos Anéis. kkkk :hihi:

 :histeria:

É, Freya, o Salão das 504 Portas jamais abrirá para que estes como ele bebam o hidromel fabricado pelas tetas de Heidrun... :biglol:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 23 de Novembro de 2016, 13:13:25
Entendi, você não gosta de valquírias porque é o Senhor dos Anéis. kkkk :hihi:

 :histeria:

É, Freya, o Salão das 504 Portas jamais abrirá para que estes como ele bebam o hidromel fabricado pelas tetas de Heidrun... :biglol:

Né? kkkk :biglol:

Machistes homofobiques não passarão ao salão!  :hihi:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Pedro Reis em 23 de Novembro de 2016, 14:44:04
Olha que contradição.

Entendi, você não gosta de valquírias porque é o Senhor dos Anéis. kkkk :hihi:

Machistes homofobiques não passarão ao salão!  :hihi:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Freya em 23 de Novembro de 2016, 16:19:33
Foi uma piada, para quem não entendeu.
Freyja poderia ser considerada a deusa feminista da mitologia nórdica, e a graça deveria estar na analogia com as feministas pós modernas.

E qual seria o problema em dizer que ele é o senhor dos anéis? Por acaso é errado ou vergonhoso alguém gostar de queimar o anel? rs Não era essa a intenção do Frodo durante toda a saga? rs
Quem se ofende com uma piada dessas, seja esse alguém hétero ou homo, é porque no fundo considera a homossexualidade uma coisa errada, motivo de vergonha, algo difamatório, feio, anormal, doentio. Tenho amigos gays que fazem piadas mais pesadas, assim como eu também faço piada de feminista mesmo sendo mulher, assim como héteros fazem piada do próprio gênero e/ou sexualidade mesmo pertencendo "à classe", e todos esses fazem piada uns dos outros, de maneira saudável e sem desrespeito.

Homofobia é ódio irracional, ojeriza, repulsa e raiva que se sente de homossexuais sem nenhuma razão para isso, apenas por serem homossexuais; é considerá-los inferiores, pervertidos, anormais; ou, considerá-los mau caráter, imorais, execráveis. E considerar tudo preconceito e crime de ódio é o que os pós modernos ativistas sociais mais fazem, criando a geração do mimimi. Às vezes os preconceitos sutis podem ser mais sintomáticos e até danosos, é o que acaba levando à contradição de algumas feministas odiarem e discriminarem mulheres transgêneros dentro do próprio movimento.

Então onde está minha contradição?
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 23 de Novembro de 2016, 21:14:03
que absurdo....só pode ser encosto.
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 26 de Novembro de 2016, 10:39:54
Amada Deusa... se mandar uma valquiria terei de mandar Elrond reforjar Narsil novamente, então vou pegar sua valquiria e dar uma boa lição a ela... rss

PS: Não sei explicar a escrita de gênero.. intuição talvez? Você é menina normal ou gosta de meninas? Você no fundo tem a resposta se foi uma intuição furada ou se faz sentido..

Ps2 Nada pessoal..

Entendi, você não gosta de valquírias porque é o Senhor dos Anéis. kkkk :hihi:

PS: Pensei que você não costumasse agir por intuição e tirar conclusões precipitadas. rs

PPS: pensei que minhas preferências não te importassem, conforme você mesmo disse.

PPPS: o que seria uma menina anormal? rs

Freya, como eu disse.. não se ofenda...

Achei suas perguntas um tanto capciosas por isso melhor não responde-las, afinal são típicas perguntas feitas ao Bolsonaro (MITO!!), onde querem o ferrar sendo qualquer resposta dada...rsrs

Fiquemos assim... Ainda mais que chegou a Brienne... coisa porrada!!...

PS único: Também gosto do GOT!!!
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Brienne of Tarth em 28 de Novembro de 2016, 13:44:33
Tamos aí, Sandro, você é zen budista e eu sou faca na caveira, isso sempre dá pano para manga, rs.  :ok:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 29 de Novembro de 2016, 00:12:09
Tamos aí, Sandro, você é zen budista e eu sou faca na caveira, isso sempre dá pano para manga, rs.  :ok:

hauhuhauahau não vai muito nisso não.. pq o zen tem seu lado guerreiro...rsrs... samurais eram zen budistas...
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Gigaview em 29 de Novembro de 2016, 00:22:53
Tamos aí, Sandro, você é zen budista e eu sou faca na caveira, isso sempre dá pano para manga, rs.  :ok:

hauhuhauahau não vai muito nisso não.. pq o zen tem seu lado guerreiro...rsrs... samurais eram zen budistas...

Nem todos eram zen budistas e aqueles que eram seguiam o zen rinzai. Também não é correto afirmar que o zen tem seu lado guerreiro, pois não tem, apesar usar o arco e a flecha (e o alvo) como recurso de meditação em alguns monastérios ou lembrar sua origem (ch'an) no mosteiro Shaolin associado às artes marciais. Nada a ver.

http://buddhism.about.com/od/chanandzenbuddhism/fl/Samurai-Zen.htm
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: SandroF em 29 de Novembro de 2016, 00:25:24
Tamos aí, Sandro, você é zen budista e eu sou faca na caveira, isso sempre dá pano para manga, rs.  :ok:

hauhuhauahau não vai muito nisso não.. pq o zen tem seu lado guerreiro...rsrs... samurais eram zen budistas...

Nem todos eram zen budistas e aqueles que eram seguiam o zen rinzai.

http://buddhism.about.com/od/chanandzenbuddhism/fl/Samurai-Zen.htm

 :ok:
Título: Re:Pesquisa com médium
Enviado por: Alquimista em 01 de Dezembro de 2016, 00:01:20
Desmascarando categoricamente o grande CIRCO das cartas psicografadas, PASSO A PASSO:

Fonte consultada: Livro Por Tras do Veu de Isis de Marcel Souto Maior.
http://bvespirita.com/Por%20Tras%20do%20Veu%20de%20Isis%20(Marcel%20Souto%20Maior).pdf
(Selecionei apenas os trechos mais importantes!)

(Fiquem bem atento aos detalhes para entenderem como funciona a TRAMÓIA!!!!)


Noite de sexta-feira, 19 de março de 2004. Centro Espírita Aurélio Agostinho, Uberaba. O médium Celso de Almeida Afonso, 63 anos, pai de três filhos, avô de oito netos, vai passar para o papel mensagens dos mortos para suas famílias.
Durante o dia, ele trabalha como ourives numa loja acanhada no centro da cidade. A bancada de madeira onde estão as lupas, alicates e outros apetrechos de trabalho é como a de outras oficinas do ramo a não ser por um detalhe: a profusão de fotos de jovens e crianças e as imagens de Chico Xavier e de Jesus Cristo penduradas numa das paredes ao fundo.

Hoje, 21 anos depois de sua “iniciação”, mais de 150 pessoas aguardam o momento em que Celso vai tomar seu lugar na cabeceira da mesa do centro espírita. O ritual, que acontece nas noites de segunda e sexta-feira, vai se repetir mais uma vez: como Chico, Celso vai fechar os olhos, equilibrar o lápis sobre o papel e preencher páginas e mais páginas em branco, em velocidade vertiginosa, com cartas vindas de outras dimensões.
Ao meu lado, num banco nos fundos do salão, está Juraci Cristina Quirino Chaves, dona de casa, 49 anos. Mãe de dois meninos, ela hoje não tem filho nenhum. O primeiro, Felipe, morreu de câncer aos dezesseis anos em 1998. O segundo, Daniel, 25 anos, foi sequestrado e morto a tiros há dezoito dias em São Paulo.

A sessão começa às 19h25 com um Pai-Nosso coletivo. Em cada banco, histórias de perda e de sofrimento. De Campina Grande, interior de São Paulo, veio um casal de jovens pais atormentados pela mesma dor: a morte das duas filhas — uma menina de catorze anos e outra de oito — num acidente de carro há sete meses. O pai, Nelson, estava ao volante.
Ao lado deles está Sueli Ranieri, outra mãe movida pela tragédia: a morte do filho de dezenove anos, Roberto Ranieri Costa, o Beto, em acidente de carro no condomínio de luxo no litoral de São Paulo onde á família tinha acabado de construir uma casa.

Enquanto os primeiros palestrantes discursam, Celso vive — numa saleta nos fundos do salão, à esquerda — o que considera o momento mais difícil da noite. Ao seu lado, está a mulher Silvinha, com quem é casado há quarenta anos, e um dos netos, Gustavo, de quinze anos. Diante deles, uma pilha de fichas, mais de cinquenta, preenchidas pelos parentes em busca das mensagens dos entes queridos.
As fichas seguem um modelo padrão. São quatro as informações solicitadas: nome de quem busca a mensagem e nome do morto, as datas de seu nascimento e de sua morte.
Estas informações, segundo Celso, são fundamentais para que os espíritos sejam localizados no plano espiritual pela equipe de mentores.
— Espírito não tem varinha mágica — ele explica.

E é ali, na saleta dos fundos, que, segundo o médium, a “espiritualidade” o conecta.
— Os mentores vão fazendo a ligação dos espíritos comigo.
Naquele instante, durante as “ligações”, o ambiente é tomado por fragrâncias de perfume, odores nauseantes. Um clima de tristeza e de mal-estar às vezes invade o lugar.
“Conectado”, Celso passa, então, a separar as fichas (em média, seis por noite) escolhidas pela “espiritualidade”. Às vezes são cem pedidos empilhados numa sessão.
Com a mão esquerda — movida por uma “força invisível” —, ele retira do maço as fichas descartadas. A mão direita separa as fichas dos poucos escolhidos da noite para a comunicação.
A seleção, Celso diz, não depende dele.
Às mães desesperadas por uma mensagem do além, ele costuma pedir:
— Reza, porque prece de mãe arromba a porta do céu e a minha não vai até o telhado.
Ao meu lado, no salão, Juraci consulta o relógio.
Já são quase oito da noite quando Celso toma seu lugar à mesa, tira os óculos e fecha os olhos. Vai começar.

A mão de Celso desliza sobre o papel e Juraci continua a falar.
— E