Forum Clube Cetico

Discussões => Ceticismo => Tópico iniciado por: Christiano em 25 de Março de 2017, 00:15:58

Título: Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Christiano em 25 de Março de 2017, 00:15:58
Como os ateus explicam essa visão que o garoto teve?

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 25 de Março de 2017, 19:43:29
Como os ateus explicam essa visão que o garoto teve?


Cara, eu já vi espirito, luzes misteriosas, disco voador, ruídos assustadores, gritos, "gritadores"....

Coisas que te chamam a atenção por segundos. Basta firmar a percepção e você vê: nada. Você ouve nada. Nada que você não veja vagando pela Serra do Mar, depois de andar 30 km em um dia com 20 kg nas costas. Cansaço, mato, noite, pouco iluminação, animais, arvores e galhos atritando, medo atávico da escuridão....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Pedro Reis em 25 de Março de 2017, 21:29:11
Todo biógrafo, como qualquer escritor, quer promover seu livro.

Não posso afirmar que o sujeito não está sendo sincero. Por outro lado, quem poderia afirmar que ele está sendo sincero?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 26 de Março de 2017, 09:07:44
Muitas crianças criam histórias e as contam com a maior naturalidade...
Perceba, Sr. Reis, que o cenário fora todo montado, ainda que sem intenções, claro.
A vó perdera o melhor amigo dela atropelado bem na frente do filho dele Luis Fernando.
Luis Fernando deixara um ioiô seu na casa da vó (amiga íntima pai deles).
A vó leva o menino no mesmo restaurante onde pela ultima vez jantara com esse melhor amigo pouco antes da tragédia.
Todo cenário montado pra associar a tragédia à janta.
Uma criança 4 capta tudo que se passa em volta, inclusive e até principalmente o clima emocional. É óbvio que esse menino estava a par da tragédia que se passara.
E o pai escrevendo sobre espiritismo...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 26 de Março de 2017, 12:19:44
Existe um momento em que somos colocados diante da opção: devo ou não, crer na humanidade?
Na nossa cultura ocidental pode existir algo além de interesses mesquinhos, da fama, do lucro, etc?

O cara fala claramente, no vídeo, que existem fraudes, sim, muitas. Mas as verdades foram suficientes.
É aquela história, todos as pesquisas em torno dos Ufos "discos voadores" deram em fraude, mas uma e somente uma, se comprovou irrefutável. Conclusão, existem discos voadores! (retórica, eu mesmo não acredito, rsrs)

Li, tempos atrás, um livro que por sinal foi best seller por muito tempo: Muitas Vidas, Muitos Mestres. O autor, renomado psiquiatra americano teve uma paciente que ao longo do tratamento convenceu a aquele médico sobre as reencarnações que ela experimentara ao longo de séculos.
Ao final, o médico fica na dúvida: leva suas provas e conclusões ao Conselho e corre o risco de perder toda a credibilidade e sua seleta clientela, ou se rende a uma verdade transcendente e divulga aquilo em que passou a acreditar.
A situação é a mesma a que somos induzidos quando assistimos a entrevista do reporter, acima.
Toda a humanidade é podre anda sob suspeição, ou existem pessoas honestas e sinceras narrando experiências, para nós ainda incríveis?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 26 de Março de 2017, 13:35:45
A fantasia metafísica do renomado psiquiatra derruba-se de imediato quando a "Catarina" (claro que é pseudônimo) se lembra que era o "ano" 1863 antes de... Cristo!
Ninguém nunca tinha siquer imaginado  que dezenas de séculos depois romanos iriam inventar um tal "Jesus Cristo", os calendários eram completamente diferentes, determinados localmente por sacerdotes caso-a-caso, e ela "se lembra" do ano.

Esse é o ponto de quando é misturada religião - metafísica - com profissão - física.
São incompatíveis: universos disjuntos; imiscíveis. Tentar misturar essas duas ordens de realidade sempre resulta em absurdo.
Daí é comum no meio espírita tentar "comprovar" as crenças religiosas apelando pras capacitações profissionais do crente que as expôs, esquecendo que as habilidades profissionais pertencentes ao mundo físico não são extrapoláveis pra metafísica da religiosidade e dos misticismos.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 26 de Março de 2017, 15:50:51
Muitas crianças criam histórias e as contam com a maior naturalidade...
Perceba, Sr. Reis, que o cenário fora todo montado, ainda que sem intenções, claro.
A vó perdera o melhor amigo dela atropelado bem na frente do filho dele Luis Fernando.
Luis Fernando deixara um ioiô seu na casa da vó (amiga íntima pai deles).
A vó leva o menino no mesmo restaurante onde pela ultima vez jantara com esse melhor amigo pouco antes da tragédia.
Todo cenário montado pra associar a tragédia à janta.
Uma criança 4 capta tudo que se passa em volta, inclusive e até principalmente o clima emocional. É óbvio que esse menino estava a par da tragédia que se passara.
E o pai escrevendo sobre espiritismo...


Tambem achei essa "prova" nada demais. Crianças fantasiam um monte, brincam com amigos imaginarios e a sugestividade era alta.
E ainda esta historia deve estar romanceada pela pessoa que presenciou ela. E depois romanceada ainda mais pelo "ateu" biografo.

Pode ver que o ateu preenche os buracos de toda a narrativa do que aconteceu, "pode ser", "provavelmente era o fulano".

É aquela coisa, quando se quer crer....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 26 de Março de 2017, 17:30:32
Pra variar o cara foi professor dela...
É o meu professor, e está sentado num banco. Ensina-nos a partir de livros. É um homem de idade com cabelos grisalhos. Usa uma veste branca com bordadura dourada... O seu nome é Diógenes. Ensina-nos símbolos, triângulos. É muito sábio, mas não consigo compreender. Estamos no ano de 1568 a.C.
Livros... em -1568...
E lá nesse outro lugar também usavam o calendário cristão...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 26 de Março de 2017, 18:25:52
Pra variar o cara foi professor dela...
É o meu professor, e está sentado num banco. Ensina-nos a partir de livros. É um homem de idade com cabelos grisalhos. Usa uma veste branca com bordadura dourada... O seu nome é Diógenes. Ensina-nos símbolos, triângulos. É muito sábio, mas não consigo compreender. Estamos no ano de 1568 a.C.
Livros... em -1568...
E lá nesse outro lugar também usavam o calendário cristão...

No Dinastia das Trevas Vandal Savage revela que foi amigo de Diogenes. Rs.

Agora, vestes brancasa e livros? Ele não era mendigo?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 26 de Março de 2017, 18:47:23
Esse Diógenes não era o Diógenes... note que é uns 1200 anos antes, i.e., na idade do bronze (quem sabe até não era em Creta?).
Antes do Aquiles e da guerra de Tróia.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 26 de Março de 2017, 19:08:43
Esse Diógenes não era o Diógenes... note que é uns 1200 anos antes, i.e., na idade do bronze (quem sabe até não era em Creta?).
Antes do Aquiles e da guerra de Tróia.

E morava em um barril.....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Pedro Reis em 26 de Março de 2017, 19:22:52
Existe um momento em que somos colocados diante da opção: devo ou não, crer na humanidade?
Na nossa cultura ocidental pode existir algo além de interesses mesquinhos, da fama, do lucro, etc?

O cara fala claramente, no vídeo, que existem fraudes, sim, muitas. Mas as verdades foram suficientes.
É aquela história, todos as pesquisas em torno dos Ufos "discos voadores" deram em fraude, mas uma e somente uma, se comprovou irrefutável. Conclusão, existem discos voadores! (retórica, eu mesmo não acredito, rsrs)



Meu caro Dr. Spencer, fiz meu comentário sem ter visto o vídeo ( ainda não vi. ). Assisti apenas a alguns fragmentos, que não incluíam o relato do garoto. Mas nestes fragmentos o autor me pareceu entusiasta e "partidário" demais para alguém que se define como cético.

Achei estranho: se  encontrou indícios tão impressionantes da mediunidade de CX e da realidade dos espíritos, por que continua cético? Em algum ponto ele próprio tenta explicar, apoiando-se em possibilidades um tanto impossíveis, como incompreensíveis "memórias genéticas" e coisas ainda mais vagas.

Chama atenção o fato de apresentar como base para seu alegado ceticismo, argumentos muito menos convincentes do que as supostas proezas mediúnicas de CX narradas por ele. Se eu fosse me basear só nesta entrevista para formar opinião, e partindo do pressuposto que é um depoimento honesto, certamente eu me encontraria bastante inclinado a crer na existência de espíritos. Com certeza muito mais inclinado a acreditar em espíritos do que em outros absurdos como imaginadas memórias moleculares.

É disso que me surge a impressão de ser uma pessoa promovendo seu próprio livro, aproveitando a oportunidade da entrevista para aguçar o interesse de possíveis leitores, E claro, faz parte da estratégia, ( muito mal encenada, por sinal ) o autor se declarar  como alguém que fez toda a pesquisa com a neutralidade de um descrente e até nutrindo a desconfiança natural de quem se define como um cético materialista. Uma desconfiança que ele alega ainda manter mas que não transparece no seu depoimento transbordante de entusiasmo e admiração pela figura de Chico Xavier.

Mas será que sou eu que dou muito pouco crédito ao caráter das pessoas? É possível...

Porém, se me permite tomar emprestada a sua analogia com discos voadores, eu observaria que também é verdade que se você tem várias evidências de que alguém apresenta algum dom genuinamente sobrenatural, mas ao mesmo tempo há UMA ÚNICA PROVA  de fraude pesando sobre esta pessoa, a única conclusão razoável seria a de que todas as supostas evidências são falsas e a tal pessoa não passa de farsante.

No caso do Chico, só para citar um único exemplo de um fato de difícil contestação, temos o famoso episódio da Irmã Josefa. Com quem CX se deixou fotografar em uma de suas encenações e ainda deu depoimentos públicos endossando a falsa mediunidade de uma estelionatária que mais tarde foi presa e até confessou o golpe.

Ora, como poderia um homem que via espíritos, ter sido ludibriado por um embuste tão tosco? CX não tinha até mesmo um espírito de luz que sempre o acompanhava? Cumé que o tal do Emmanuel deixa o cara cair numa arapuca dessas?! É impossível. Ou o cara não via nenhum fantasma mesmo, ou colaborou com a fraude. O que dá no mesmo porque em ambas as situações ele próprio seria uma fraude.

Bom, estas são considerações que eu, como cético materialista que sou, faço. Mas o tal autor "ateu" prefere não tocar nestes pontos controversos de CX e reproduz o mesmo tipo de propaganda que já estamos acostumados a receber dos adeptos e entusiastas da DE.

Senão para desconfiar, há pelo menos aí razão para se estranhar.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 27 de Março de 2017, 19:42:18
Com relação ao vídeo eu chamava a atenção não para o caso da criança, que é um pouco confuso, mas para a narrativa como um todo... os vários depoimentos que ele menciona no caso do "Parnaso de Além Túmulo", etc.

O Repórter não se confessa cético, apenas diz que não aderiu inteiramente ao Espiritismo. E seu entusiasmo, como o Pedro menciona, não seria de estranhar se em presença de alguém, produzindo os fenômenos como ele diz, então de fato...

Com relação ao " Muitas Vidas..."

 Gorducho poderia trazer para nós o trecho citado... a data de 1863 ac.
Todos sabem que a vinda de um Messias foi profetizada com 700 anos de antecedência, por Daniel e Isaías.

quem já leu o livro percebeu que embora acontecimentos extraordinários tenham sido narrados, a ponto de convencer ao um  professor em psiquiatria e médico do Mount Sinai Hospital
 -  "Founded in 1852, The Mount Sinai Hospital, located in New York City, is one of the nation's largest and most respected hospitals, acclaimed internationally for ... "
e um homem com esse cabedal, num ambiente de rara erudição, não perceberia o erro crasso na data mencionadas, nem os editores? Embora, veja lá, ele em alguns momentos destaca um ou outro equívoco, mas ante a abundância de dados concretos, se deu por satisfeito.
 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 27 de Março de 2017, 22:31:54
Com relação ao vídeo eu chamava a atenção não para o caso da criança, que é um pouco confuso, mas para a narrativa como um todo... os vários depoimentos que ele menciona no caso do "Parnaso de Além Túmulo", etc.

O Repórter não se confessa cético, apenas diz que não aderiu inteiramente ao Espiritismo. E seu entusiasmo, como o Pedro menciona, não seria de estranhar se em presença de alguém, produzindo os fenômenos como ele diz, então de fato...

Com relação ao " Muitas Vidas..."

 Gorducho poderia trazer para nós o trecho citado... a data de 1863 ac.
Todos sabem que a vinda de um Messias foi profetizada com 700 anos de antecedência, por Daniel e Isaías.

quem já leu o livro percebeu que embora acontecimentos extraordinários tenham sido narrados, a ponto de convencer ao um  professor em psiquiatria e médico do Mount Sinai Hospital
 -  "Founded in 1852, The Mount Sinai Hospital, located in New York City, is one of the nation's largest and most respected hospitals, acclaimed internationally for ... "
e um homem com esse cabedal, num ambiente de rara erudição, não perceberia o erro crasso na data mencionadas, nem os editores? Embora, veja lá, ele em alguns momentos destaca um ou outro equívoco, mas ante a abundância de dados concretos, se deu por satisfeito.

Fábio Comparato, Marilena Chauí. ....posso citar um monte de doutores que vivem em uma ambiente de erudição e não conseguem perceber o óbvio lulante. ...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 08:12:41
Gorducho poderia trazer para nós o trecho citado... a data de 1863 ac.
Aronda... Tenho dezoito anos. Vejo um mercado diante do edifício. Há cestos... Carregam-se os cestos ao ombro. Vivemos num vale... Não há água. O ano é o de 1863 a.C. A zona é árida, quente e arenosa. Há um poço, não existem rios. A água chega ao vale vinda das montanhas.
Citar
Todos sabem que a vinda de um Messias foi profetizada com 700 anos de antecedência, por Daniel e Isaías.
Sim... prossiga...
Citar
a ponto de convencer ao um  professor em psiquiatria e médico do Mount Sinai Hospital
Foi o que eu falei acima e falo sempre e é prática comum no espiritismo. A tentativa de misturar a profissão que pertence ao universo físico, com a religião - ou mais genericamente: misticismo - que pertence ao universo metafísico.
No espiritismo quando alguém vai fazer uma palestra, é sempre enfatizada enfaticamente a atividade profissional do palestrante...
Claro que é subliminar, implícito, mas é um artifício pra induzir a plateia a que a dissertação religiosa ali apresentada terá uma certa validação pelas qualificações profissionais - válidas no universo físico - do pregador (no caso).
Um religioso quando está fazendo uma pregação num templo não está ali na condição de engenheiro, juiz, desembargador, médico, físico nucelar; está ali na condição de Crente. Dentro do Templo não há profissões físicas, porque o ambiente se destina ao exercício das crenças e esperanças metafísicas.



Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 10:06:58
Shadow:
Citar
Fábio Comparato, Marilena Chauí. ....posso citar um monte de doutores que vivem em uma ambiente de erudição e não conseguem perceber o óbvio lulante. ...

Não se aplica, amigão. :hihi:

Embora, de fato muito curioso, como se sustentam opiniões tão anacrônicas.
São ideólogos extremados, mas, acho, com graves distorções interpretativas da realidade: chama-se, Paranoia.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 28 de Março de 2017, 10:17:18
Conforme citado pelo colega Pedro Reis fui ler sobre a tal "Irmã Josefa"....

Como é que pode...

http://dossieespirita.blogspot.com.br/2014/08/a-fraude-da-materializacao-de-irma.html

(http://3.bp.blogspot.com/-MCTWAqmbpLQ/U-1JTHm3AEI/AAAAAAAABMM/_z1XBT0C4qo/s1600/irma-josefa-fraude-de-materializacao-desmascarada-em-1970.jpg)

CX...
(http://4.bp.blogspot.com/-hRK-5PA69o0/U-1Xk6WQZJI/AAAAAAAABMY/hWEBEnO-QnE/s1600/chico-xavier-e-a-suposta-irma-josefa.jpg)

Um "homem"
(http://2.bp.blogspot.com/-oSqF7Qs475E/U-1b2-YpvbI/AAAAAAAABMk/hHQTuEY8Se0/s1600/suposto-espirito-materializado-de-alberto-veloso-apresenta-tracos-femininos.jpg)

Jaula...
(http://2.bp.blogspot.com/-GXTwHO6-8es/U-1fSAoDlmI/AAAAAAAABMs/ycLIHij4t1s/s1600/comparacao-de-suposta-foto-de-materializacao-de-irma-josefa.jpg)

"Isprito"
(http://1.bp.blogspot.com/-l3Rv02yNL2o/U-1kyO6qUvI/AAAAAAAABM8/HSj_EiCBLXE/s1600/otilia-diogo-ao-natural-e-como-suposta-irma-josefa.jpg)

(http://4.bp.blogspot.com/-2XZOyzrhoT0/U-1kxKBgpsI/AAAAAAAABM0/NtAZaWJ_-mI/s1600/otilia-diogo-de-frente-e-disfarcada-como-suposto-alberto-veloso.jpg)

http://obraspsicografadas.org/2010/resgaste-histrico-revista-o-cruzeiro-de-27101970/


Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 10:47:22
Gorducho poderia trazer para nós o trecho citado... a data de 1863 ac.
Aronda... Tenho dezoito anos. Vejo um mercado diante do edifício. Há cestos... Carregam-se os cestos ao ombro. Vivemos num vale... Não há água. O ano é o de 1863 a.C. A zona é árida, quente e arenosa. Há um poço, não existem rios. A água chega ao vale vinda das montanhas.
Citar
Todos sabem que a vinda de um Messias foi profetizada com 700 anos de antecedência, por Daniel e Isaías.
Sim... prossiga...
Citar
a ponto de convencer ao um  professor em psiquiatria e médico do Mount Sinai Hospital
Foi o que eu falei acima e falo sempre e é prática comum no espiritismo. A tentativa de misturar a profissão que pertence ao universo físico, com a religião - ou mais genericamente: misticismo - que pertence ao universo metafísico.
No espiritismo quando alguém vai fazer uma palestra, é sempre enfatizada enfaticamente a atividade profissional do palestrante...
Claro que é subliminar, implícito, mas é um artifício pra induzir a plateia a que a dissertação religiosa ali apresentada terá uma certa validação pelas qualificações profissionais - válidas no universo físico - do pregador (no caso).
Um religioso quando está fazendo uma pregação num templo não está ali na condição de engenheiro, juiz, desembargador, médico, físico nucelar; está ali na condição de Crente. Dentro do Templo não há profissões físicas, porque o ambiente se destina ao exercício das crenças e esperanças metafísicas.
Não vi problema algum, tratando-se de um espírito dos tempos atuais em cujos arquétipos se entranham os novos conhecimentos, observar um fato e identificar com época tão recuada. Certamente na narrativa outros indícios desta época devem ter surgido. Afinal, a narrativa histórica da Biblia que inclui o povo Hebreu tem mais de quatro mil anos (4000 ac). Não estou me referindo ao Gênesis, pois aí estaríamos por volta de seis mil anos.

Com relação aos tais expositores é preciso um pouco de complacência. Afinal estão tentando mostrar que o julgamento a que são submetidos os espíritas, pelos ditos "homens racionais, ou de ciências", não procede pois são igualmente homens de ciência e no entanto, espíritas.
Agora, se quisermos encontrar incoerência no comportamento de muitos espíritas, não será difícil, são homens como quaisquer outros... manias, pontos vista, etc.
Outra coisa, ja bem menos fácil, é criticar o conteúdo da DE desvinculado de seus pregadores.

Guardo uma curiosidade a respeito de pessoas que (se, de fato) foram espíritas em alguma época e no entanto deixaram de ser. É muito raro pois a DE tem o condão de aliar aspectos muito racionais, com a busca pela espiritualização que grande parte dos homens guardam, muitas vezes subconscientemente. 
Não me refiro a aqueles que foram iniciados pelas linhas ocultistas, seja da Umbanda, Candomblé e vários outros sincretismos, principalmente quando na primeira infância, em que a imprudência dos pais as expuseram ao medo, para dizer o mínimo.     
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 11:09:58
Não vi problema algum, tratando-se de um espírito dos tempos atuais em cujos arquétipos se entranham os novos conhecimentos, observar um fato e identificar com época tão recuada.
Como :?:
Então não se trata de recordação e sim de imaginação. Aí começamos a concordar...
Ela se encantou com a amostra que viu em Chicago (provavelmente o Sr. saiba como o americano médio é bitolado acerca de tudo que está fora da América). Ou o "Diógenes" que provavelmente ela pensou no que menoscabou o Alexandre, sem se aperceber que provavelmente os nomes minoanos eram outros...
E "livro" em Creta ou na zona de influência cretense no que hoje é a Grécia na idade do bronze :?:
Um vale com pouca água dá pra associar ao calendário cristão de milhares de anos depois :?:
Citar
Afinal, a narrativa histórica da Biblia que inclui o povo Hebreu tem mais de quatro mil anos (4000 ac). Não estou me referindo ao Gênesis, pois aí estaríamos por volta de seis mil anos.
Não consegui captar a relação que tenta fazer entre o fato de se conhecer fatos ocorridos @ 10000 anos (incluindo-se os Sumérios no caso...) e a impossibilidade duma pessoa que viveu naquela época "se recordar" duma data cristã quando os sistemas de datas eram completamente outros. Se media pelo ano tal do Faraó Spencer &c., sendo  que depois se perdia essa continuidade e era quase impossível fazer diferenças de datas exceto pros sacerdotes que mantinham os registros e determinavam os calendários.
Citar
Com relação aos tais expositores é preciso um pouco de complacência. Afinal estão tentando mostrar que o julgamento a que são submetidos os espíritas, pelos ditos "homens racionais, ou de ciências", não procede pois são igualmente homens de ciência e no entanto, espíritas.
Não falo dos expositores e sim da tática espírita de ressaltar as qualificações e status profissionais deles quando é o caso.
É subliminar mas intencional. Assim quando um médico alega que "espíritos" se materializam, quem assiste a palestra ou lê o escrito atribui peso de comprobabilidade "científica" dado o status profissional desse palestrante ou escriba. Estou só dando um exemplo imaginário sem ter ninguém em mente, mas o Sr. sabe que é usado esse recurso.
Citar
Outra coisa, já bem menos fácil, é criticar o conteúdo da DE desvinculado de seus pregadores.
A profissão do pregador não pode ser associada à pregação religiosa dele. Esse é justo o ponto!
Exceto se pregador (padre, pastor, rabi, iman) for a profissão dele. Aí sim poderá ser alisado o curriculum - se ele estudou teologia em Tübingen, na melhor madrassa do Pakistão, &c... &c...
Mas não relativo às profissões pertencentes ao universo físico. As carteirinhas profissionais e guias de recolhimento sindicais não têm utilidade fora desses âmbitos profissionais.
E o espiritismo usa muito esse recurso inválido. Não digo que outras religiões não usem, mas no espiritismo é muito visível isso.
Citar
Guardo uma curiosidade a respeito de pessoas que (se, de fato) foram espíritas em alguma época e no entanto deixaram de ser.
Pois é meu caso. Com o tempo a gente percebeu (m/mãe incluída) que era fantasia.
Depois a gente começa a estudar de verdade, vê dadonde o Kardec tirou de fato as teses, e vê que nunca teve "espírito" nenhum na jogada. Exceto os "espíritos" dos vivos que escreveram o que ele leu ou com cujos conversava nas várias associações que ele frequentava, claro  :hihi:.
No nosso meio, as pessoas que frequentavam e com as quais ainda me dou até com netos já, nunca cogitei em farsas.
Acreditavam e alguns ainda acreditam piamente. O Sr. se já fez curso de médium sabe que neste meio (oficialismo FEB) se aprende a "psicografar". É um ritual decorado, como bem diz o Signates.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 11:51:49
Citar
Conforme citado pelo colega Pedro Reis fui ler sobre a tal "Irmã Josefa"....

Como é que pode...

http://dossieespirita.blogspot.com.br/2014/08/a-fraude-da-materializacao-de-irma.html
Esta é uma página na história do espiritismo brasileiro onde se misturam elementos da maior vileza que a imprensa (no caso O Cruzeiro) se combinaram com o ódio, a ambição e a ingenuidade de alguns protagonistas.
Para os detratores certas páginas na imprensa serão suficientes para os convencerem da fraude, mas para o investigador imparcial, os fatos são mais complexos e estranhos que possa parecer.

Acredito que muitos fatos análogos podem ter ocorrido na história humana onde as evidências são claramente expostas e suficientes para uma condenação à primeira vista, mas quando se está a par de detalhes outros, tipo personalidades envolvidas, caráter, circunstâncias, os quais não são de interesse do público o qual quer apenas pão e circo, os fatos costumam adquirir contornos assustadores, pois revelam a mesquinhez da alma humana, até então ignorada. O caso Troy Davis, o bebê dos Lindbergh (este que se comprovou bígamo e desejoso de se livrar do filho, deficiente) ou, dos Irmãos Naves... sugerem engodo perpetrado por pessoas que tiram partido de um público pouco informado e cínico. 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 11:59:48
Gorducho: -
Citar
No nosso meio, as pessoas que frequentavam e com as quais ainda me dou até com netos já, nunca cogitei em farsas.
Acreditavam e alguns ainda acreditam piamente. O Sr. se já fez curso de médium sabe que neste meio (oficialismo FEB) se aprende a "psicografar". É um ritual decorado, como bem diz o Signates.
Nunca vi "espantalho" tão assustador e assumido. :histeria:
Você e talvez o Giga, tenham tido uma experiência desconcertante e não conseguiram se livrar do embaraço, então racionalizam.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 12:05:29
Citar
Não consegui captar a relação que tenta fazer entre o fato de se conhecer fatos ocorridos @ 10000 anos (incluindo-se os Sumérios no caso...) e a impossibilidade duma pessoa que viveu naquela época "se recordar" duma data cristã quando os sistemas de datas eram completamente outros. Se media pelo ano tal do Faraó Spencer &c., sendo  que depois se perdia essa continuidade e era quase impossível fazer diferenças de datas exceto pros sacerdotes que mantinham os registros e determinavam os calendários. 
Não conseguiu porque não quis.
Imagine um ser do futuro presenciando uma cena e ao narrar, depois relaciona com datas marcantes da sua pp história. Simples assim.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 28 de Março de 2017, 12:26:48
Citar
Conforme citado pelo colega Pedro Reis fui ler sobre a tal "Irmã Josefa"....

Como é que pode...

http://dossieespirita.blogspot.com.br/2014/08/a-fraude-da-materializacao-de-irma.html
Esta é uma página na história do espiritismo brasileiro onde se misturam elementos da maior vileza que a imprensa (no caso O Cruzeiro) se combinaram com o ódio, a ambição e a ingenuidade de alguns protagonistas.
Para os detratores certas páginas na imprensa serão suficientes para os convencerem da fraude, mas para o investigador imparcial, os fatos são mais complexos e estranhos que possa parecer.

Acredito que muitos fatos análogos podem ter ocorrido na história humana onde as evidências são claramente expostas e suficientes para uma condenação à primeira vista, mas quando se está a par de detalhes outros, tipo personalidades envolvidas, caráter, circunstâncias, os quais não são de interesse do público o qual quer apenas pão e circo, os fatos costumam adquirir contornos assustadores, pois revelam a mesquinhez da alma humana, até então ignorada. O caso Troy Davis, o bebê dos Lindbergh (este que se comprovou bígamo e desejoso de se livrar do filho, deficiente) ou, dos Irmãos Naves... sugerem engodo perpetrado por pessoas que tiram partido de um público pouco informado e cínico.

Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 12:32:12
Todo grupo religioso tem suas histórias, claro.
O que diferencia o espiritismo é que pretendeu - numa certa época; hoje o "oficialismo" FEB nem fala mais nisso... - ser "científico".
Se o espiritismo fosse uma religião convencional nada haveria a observar.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 12:37:37
Imagine um ser do futuro presenciando uma cena e ao narrar, depois relaciona com datas marcantes da sua pp história. Simples assim.
De jeito nenhum porque o sistema de datas era outro sendo impossível correlacionar.
É exatamente como se lembrar duma vida noutro planeta e conseguir determinar uma data terrícola "correspondente".
Só com ajuda externa a partir dum fato muito específico.
A gente não consegue lembrar nem de datas da vida atual. Eu não me lembro agora sem pensar ou tentar chutar quando fui pela 1a vez a Paris, por exemplo.
Nem a Miami, nem a Salvador... 

De mais a mais, não vejo porque S/Pessoa introduziu hebreus na história dela
 :?: 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 12:42:39
Imagine um ser do futuro presenciando uma cena e ao narrar, depois relaciona com datas marcantes da sua pp história. Simples assim.
De jeito nenhum porque o sistema de datas era outro sendo impossível correlacionar.
É exatamente como se lembrar duma vida noutro planeta e conseguir determinar uma data terrícola "correspondente".
Só com ajuda externa a partir dum fato muito específico.
A gente não consegue lembrar nem de datas da vida atual. Eu não me lembro agora sem pensar ou tentar chutar quando fui pela 1a vez a Paris, por exemplo.
Nem a Miami, nem a Salvador... 
Claro, aquela outra médium americana que se lembra ter assistido á circuncisão de JC, ele poderia por reconstrução deduzir a data  :chorao:
Mas não no caso cá; nem no plot hole do "Diógenes" & seus "livros".

De mais a mais, não vejo porque S/Pessoa introduziu hebreus na história dela
 :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 13:03:37
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 13:12:48
Ah! sem duvida. Na época das câmaras IR enchufáveis real time em laptops, materializações seriam um enorme "desserviço à Causa"  :vergonha:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 28 de Março de 2017, 13:17:14
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.

A reprimenda foi antes ou depois da casinha de médium cair?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 28 de Março de 2017, 13:19:22
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.

Então o mundo espiritual se rende a toda determinação das "autoridades" da fé?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 13:25:04
Quer dizer que o senhor esteve em Paris, e Miami, e Salvador? Viajante, heim!
Terei mais respeito doravante, prometo. :)
Quanto às datas, vejo que vc não conseguiu compreender o ponto. Paciência, nada posso fazer.

Citar
De mais a mais, não vejo porque S/Pessoa introduziu hebreus na história dela
A narrativa bíblica tem dois importantes contributos:
Desde O Gênesis, compondo aquela fábula, a história da criação... Adão, os animais, o paraíso, e as penas a que estaremos submetidos ao final dos tempos.
Mas também a origem do povo Habiri - aquele que erra, ou viaja, percorre -
com Abraão, que deixa sua terra natal, habitada por idólatras do culto a Baal e busca por Canaan, donde surgiria no tempo a tradição judáica.
A ligação estava na relação de um episódio que a história data com relativa precisão (tradição oral), o surgimento do Judaísmo, da predição de um Messias, e a data de 1863 ac, que é posterior a origem daquele povo hebreu.
O que vc não quer compreender é que o sujeito que narra tem conhecimento das datas relativas e pode com maior ou menor precisão localizá-la, independente de ser consistente com os recursos de datação da época.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 13:50:20
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.

Então o mundo espiritual se rende a toda determinação das "autoridades" da fé?
Sim e não! Esclareço:

Assim como é pressuposto, toda organização que se preza tem ordens, hierarquias, determinações e objetivos maiores.
Reconhece-se uma finalidade maior que compreende a espiritualização do Planeta ao longo dos séculos vindouros, cujas diretrizes estão a cargo dos, aqui sim, denominados espíritos puros.
Existe uma instância gerida por espíritos superiores, que chamaríamos de "executivos da empresa", e uma outra, logo abaixo, os Operadores. Estes últimos se subdividem em vários graus e responsabilidades e se encontram mais próximos do homem encarnado... você os categorizou como "autoridades da fé"
Embora bastante qualificados, submetem-se às diretrizes gerais, superiores.

O mais extraordinário está fora desta, digamos, "grande poderosa e santa,organização". São os muitos milhões de desencarnados "autônomos", gestando as próprias empresas. Muitos são verdadeiros gênios intelectuais; outros, radicais e fanáticos vinculados a princípios e ideais estranhos; há também os bondosos mas ignorantes, os perversos, catatônicos e sonambúlicos... enfim, olhe a volta de si mesmo e transfira tudo o que vê à essa dimensão logo após a morte do corpo físico do homem.
É a um tempo assombroso, mas instigante e real.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 28 de Março de 2017, 13:58:47
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.

A reprimenda foi antes ou depois da casinha de médium cair?
Antes, mas vamos figurar com um exemplo.
Com certas e cautelosas medidas de segurança você permite que "Gafanhoto" entre em certa enrascada. Vem o sofrimento e então, a lição é muito mais facilmente compreendida e seguida. Aliás, essa é a nossa história, pois não?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 14:07:09
Foram exemplo que me ocorreram de lugares onde não me lembraria a primeira vez que fui sem pensar bastante ou consultar fotos &c...
Paris me veio de imediato por motivos óbvios, certo :?:
A gente pode lembrar fatos e até da viajem em si, sem se lembrar da data.
Quando fui a 1a vez a serviço por exemplo me escalaram pra comprar cerveja e eu entrei num mercado árabe e quase comprei cerveja sem álcool. O dono se flagrou e me explicou que aquilo era sem álcool coisa que eu bacudo nem sabia que existia.
Agora que data foi só reconstruindo memórias, olhando na carteira profissional &c.
E isso claro, que usamos o mesmo calendário e faz uns 35 anos...
Capisci :?: 
Não, não consegui compreender o ponto. Até porque acerca de datações na história, marcações das calendas, &c. entendo bastante - agora sim modéstia à parte e não por ter estado em lugares tão comuns quanto o Père-Lachaise, Miami, ou nossa simpática e querida Salvador...
E sim, é bom que saiba que dos lugares frequentados pelo Kardec só não conheço é o terreno aquele que ele tinha comprado a chácara (conheço a zona, claro, mas não o beco como se vê pelo Google hoje...).
Então sim sei bem na carne, i.e., nos pés, o tamanho do controle "universal" dos espíritos(CUEE). Sei bem de à pé o tamanho da universalidade do espaço entre a Ruth-Céline na Mártires 46 ou (o ponto mais longe) Tiquetonne 14; e as meninas na Lamartine (21 ou 32 não me lembro).

Citar
O que vc não quer compreender é que o sujeito que narra tem conhecimento das datas relativas e pode com maior ou menor precisão localizá-la, independente de ser consistente com os recursos de datação da época.
De que jeito :?:
 Cumé (lembra da cartinha aquela onde reclamaram de CX que o falecido usava muita gíria :?:) que alguém vai ter essa noção de tempo decorrido entre encarnações distintas e etapas interplanetárias onde até as escalas temporais seriam outras (se fosse verdade, claro...).
Citar
A narrativa bíblica tem dois importantes contributos:
Desde O Gênesis, compondo aquela fábula, a história da criação... Adão, os animais, o paraíso, e as penas a que estaremos submetidos ao final dos tempos.
Mas também a origem do povo Habiri - aquele que erra, ou viaja, percorre - com Abraão, que deixa sua terra natal, habitada por idólatras do culto a Baal e busca por Canaan, donde surgiria no tempo a tradição judáica.
A Aronda era habiru :?:
É isso :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 15:32:23
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.

A reprimenda foi antes ou depois da casinha de médium cair?
Que o Emmânuel repreendesse CX pelo affair Josefa não me lembro.
Agora ele proibiu CX de participar de materializações depois duma materialização dele próprio.
Eis ele materializado nessa feita
(http://www.guia.heu.nom.br/images/MaterializacaoEmmanuel.jpg)
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 28 de Março de 2017, 15:35:10
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.

A reprimenda foi antes ou depois da casinha de médium cair?
Que o Emmânuel repreendesse CX pelo affair Josefa não me lembro.
Agora ele proibiu CX de participar de materializações depois duma materialização dele próprio.
Eis ele materializado nessa feita
(http://www.guia.heu.nom.br/images/MaterializacaoEmmanuel.jpg)

Ué, mas o médium pode obrigar o espírito a aparecer?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 28 de Março de 2017, 15:36:38
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.

A reprimenda foi antes ou depois da casinha de médium cair?
Que o Emmânuel repreendesse CX pelo affair Josefa não me lembro.
Agora ele proibiu CX de participar de materializações depois duma materialização dele próprio.
Eis ele materializado nessa feita
(http://www.guia.heu.nom.br/images/MaterializacaoEmmanuel.jpg)

Cê manja que isso é um desenho, né?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 16:13:02
Sim um desenho do que foi visto pelos sentantes na séance.
Não, nenhum médium pode obrigar espírito nenhum a se manifestar. Aliás no xaverianismo (que é o espiritismo "oficial", say, cá no Brasil) "o telefone só toca de lá pra cá", ou seja: não são feitas evocações como os kardecistas faziam.
O Emmânuel apareceu (era 1953) evidentemente pra satisfazer à expectativa, mas falou:
- Amigos, a materialização é fenômeno que pode deslumbrar alguns companheiros e até beneficiá-los com a cura física. Mas o livro é chuva que fertiliza lavouras imensas, alcançando milhões de almas. Rogo aos amigos a suspensão destas reuniões a partir desse momento.


CX evidentemente desobedeceu, pois que o affair Josefa foi 10 anos depois. Só que o médium não era CX.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 28 de Março de 2017, 16:26:24
Materialização é de graça. Livro....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 28 de Março de 2017, 21:19:21
Shadow:
Citar
Todo grupo tem isso em sua história. A Igreja Católica não fica atrás. Ao contrário. O que me espantou em tudo foi o "aval" do CX
Verdade.
O CX, no caso, era um entusiasta e acreditava piamente na médium, em flagrante decadência e ambiciosa. Outros detalhes, como por exemplo a reprimenda que o Chico recebe de Emmanuel por seu envolvimento naquele episódio. Também a proibição de efeitos de materialização, tão ao gosto de médiuns e adeptos na ocasião, esclarecendo que os fenômenos daquela natureza tiveram seu fim útil no passsado, mas agora prestariam um desserviço à causa.


 :histeria: :histeria: :histeria:

Crente é fogo... :histeria:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Pedro Reis em 28 de Março de 2017, 21:23:38
Conforme citado pelo colega Pedro Reis fui ler sobre a tal "Irmã Josefa"....

Como é que pode...

http://dossieespirita.blogspot.com.br/2014/08/a-fraude-da-materializacao-de-irma.html

(http://3.bp.blogspot.com/-MCTWAqmbpLQ/U-1JTHm3AEI/AAAAAAAABMM/_z1XBT0C4qo/s1600/irma-josefa-fraude-de-materializacao-desmascarada-em-1970.jpg)

CX...
(http://4.bp.blogspot.com/-hRK-5PA69o0/U-1Xk6WQZJI/AAAAAAAABMY/hWEBEnO-QnE/s1600/chico-xavier-e-a-suposta-irma-josefa.jpg)


Não é a primeira vez que vejo estas imagens mas sempre fico de queixo caído.

Tem gente que olha estas fotos e vê um fantasma ali?

É muito comédia! Apagam a luz e a médium desaparece. Acendem a luz e há uma "fantasma" do mesmo
tamanho da médium com um lençol na cabeça. Que impressionante!

As luzes se apagam de novo, desaparece a fantasma. Reaparece a médium.

"Óhhhh!", exclamam assombradas as testemunhas.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 28 de Março de 2017, 21:27:45
Citação de: Spencer
Quanto às datas, vejo que vc não conseguiu compreender o ponto. Paciência, nada posso fazer.


Ficou claro que o ponto é fajuto. Essa conversa de paciência...nada a fazer...parece que tem um pouco da mania espiritóide de julgar os outros pelo grau de evolução necessário para concordar com idéias fajutas como o "ponto" apresentado.

Lamentável.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 28 de Março de 2017, 21:33:53
(http://www.autoresespiritasclassicos.com/Chico%20Xavier/Nedyr%20Mendes%20da%20Rocha%20-%20O%20Fotografo%20dos%20Espiritos/fig%2009.JPG)

(http://www.autoresespiritasclassicos.com/Chico%20Xavier/Nedyr%20Mendes%20da%20Rocha%20-%20O%20Fotografo%20dos%20Espiritos/Fig%2011.JPG)

Irmã Josefa era superlegal...não dispensava batizados e casamentos.

Pior que a Irmã Josefa é acreditar na Irmã Josefa. :histeria:

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 28 de Março de 2017, 22:02:20
A melhor é essa. Vê-se como o médium cede ectoplasma por orifícios (no caso é pela boca, mas pode ser também pelas narinas, ouvidos...) o qual é o material pra materialização da Josepha
(http://www20.opovo.com.br/especiais/chicoxavier/imagens/matGr3.jpg)
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 28 de Março de 2017, 22:26:14
Uma desculpa aceitavel pra essa pataquada da Josefa seria a de que aquilo tudo foi uma simulaçao
mas pelas desculpas que o Waldo deu por ai eles quiseram tirar o corpo fora dizendo que só foram pra investigar o fenomeno, testar a medium...mas se estavam la porque nao disseram que era uma fraude?
No video todo ele repete que estava la so para investigar mas enrola enrola e não diz nada sobre o fenomenop em si

E alem disso disse que previu o fracasso da revista....
è cada coisa viu....

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 28 de Março de 2017, 22:57:02
A melhor é essa. Vê-se como o médium cede ectoplasma por orifícios (no caso é pela boca, mas pode ser também pelas narinas, ouvidos...) o qual é o material pra materialização da Josepha
(http://www20.opovo.com.br/especiais/chicoxavier/imagens/matGr3.jpg)

Pelo pouco que sei do folclore espiritóide as materializações não combinam com luz, a menos que seja vermelha e tênue. Já li também que médiuns de materialização correm risco de vida quando são iluminados ou provocados durante a sessão quando o ectoplasma é subitamente absorvido pelo corpo. Logo, essa foto, do ponto de vista espírita é impossível pois a "materialização" não poderia ter acontecido na claridade e se aconteceu no escuro a foto só poderia ter sido possível com uso de flash colocando a vida do médium em risco, o que seria uma tremenda irresponsabilidade, jamais permitida pela cúpula espiritóide presente. Na minha opinião estão todos fazendo pose com a intenção de enganar. Se não fosse assim poderiam ter divulgado a foto como uma representação "educativa" de uma materialização espiritóide. Para os céticos pouco importa. Em qualquer situação é risível além de extremamente tosco.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 29 de Março de 2017, 07:58:55
São flash. Todas essas fotos de fenômenos, incluindo as levitações de mesas ou outras telecineses são com flash.
Inclusive as do Crookes, claro.
Naquela do Crookes dentro da cabine a médium (a Florrie) tapa o rosto pra se proteger do clarão.
O médium ou o espírito materializado avisa o momento de batê-las.

Fotos de materializações como essa
(http://www.lospiritismo.com/fenomeni/materializzazioni/Bien%20Boa%202.jpg)
obtida em Alger na villa Carmen através da médium Marthe Beráud pelo grande cientista espírita Dr. Charles Richet são com flash (obtenues à la lumière d’une conflagration soudaine d’un mélange de chlorate de potasse et de magnésium). O ambiente é mantido em escuridão pelos motivos apontados.
Obs: a moça que aparece ao fundo dentro do gabinete mediúnico não é a médium.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 30 de Março de 2017, 01:25:57
Este Gorducho tem muita paciência. É mais espírita que eu. :ok:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Buckaroo Banzai em 30 de Março de 2017, 07:36:27
(http://www.tnh1.com.br/fileadmin/_processed_/csm_sdfgfsdgfdgethtrhg_b87bb4be6d.jpg)
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 30 de Março de 2017, 07:39:42
Citação de: Sr. Spencer
:ok:
Se convenceu afinal que nós (Montalvão, Andarilho & moi) temos pós-doutorado em espirtismo :?:
Lembra que achou que ia conseguir debater com nós :?:
 :corneta:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 30 de Março de 2017, 08:57:48
Citação de: Sr. Spencer
:ok:
Se convenceu afinal que nós (Montalvão, Andarilho & moi) temos pós-doutorado em espirtismo :?:
Lembra que achou que ia conseguir debater com nós :?:
 :corneta:
Sim, lembro!
Mas sobre o conteúdo doutrinário. Tipo, não concordo com a resposta xx no OLE.
Daí, eu daria uma aula sobre o assunto! :histeria: :histeria:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 30 de Março de 2017, 10:06:44
É assim que tudo serve, que tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo.

Cada átomo tem uma alma... então nosso atual vaso carnal abriga bilhões de almas ainda inconscientes de sis :?:
É isso :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 30 de Março de 2017, 10:47:27
https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2017/03/30/todas-as-cartas-psicografadas-que-recebi-da-dani-eram-falsas-diz-gazolla.htm

Sobre a morte de Daniella, ele lembra que recebeu muitas cartas psicografadas, mas que não acreditou serem dela e explica o motivo.
"Todas as cartas que recebi eram falsas. A única que talvez pudesse ser não dizia nada demais. A Dani sempre assinava o nome dela com dois L e o Perez com z no final, então quando eu recebia qualquer carta, eu já olhava o final para o final para ver a assinatura, se não tivesse desta forma, lia só por educação, mas sabia que não era ela."... -
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 30 de Março de 2017, 17:26:13
https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2017/03/30/todas-as-cartas-psicografadas-que-recebi-da-dani-eram-falsas-diz-gazolla.htm

Sobre a morte de Daniella, ele lembra que recebeu muitas cartas psicografadas, mas que não acreditou serem dela e explica o motivo.
"Todas as cartas que recebi eram falsas. A única que talvez pudesse ser não dizia nada demais. A Dani sempre assinava o nome dela com dois L e o Perez com z no final, então quando eu recebia qualquer carta, eu já olhava o final para o final para ver a assinatura, se não tivesse desta forma, lia só por educação, mas sabia que não era ela."... -
É triste, mas existem muitas pessoas buscando a celebridade através das celebridades.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 30 de Março de 2017, 17:54:58
É assim que tudo serve, que tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo.

Cada átomo tem uma alma... então nosso atual vaso carnal abriga bilhões de almas ainda inconscientes de sis :?:
É isso :?:

Vejamos a questão 27 OLE.

Nos leva a compreender que a expressão "átomo primitivo" não se refere à particula material, mas a alguma coisa próxima da Mônada de  G. W. Leibnitz.
Você que estudou a DE percebe, nesta questão, a correlação com a Ciência (matéria escura) e a importância do denominado Fluido Universal ou Primitivo, o qual, Q.27 e demais itens, sugere ser a um tempo a origem de toda a matéria e mesmo do que não reconhecemos como matéria, i.e.  a organização do próprio Espírito.
Numa síntese, quando ali é proposto a trindade universal, Deus, Espírito e Matéria, a rigor teremos apenas Deus e o F. Universal.
 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Christiano em 30 de Março de 2017, 18:41:16
Eu nunca acreditei em psicografias, sempre as considerei falsas. Nunca acreditei completamente nelas.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 30 de Março de 2017, 18:54:11
Eu nunca acreditei em psicografias, sempre as considerei falsas. Nunca acreditei completamente nelas.

Nunca acreditei minimamente nelas.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 30 de Março de 2017, 19:19:35
Nos leva a compreender que a expressão "átomo primitivo" não se refere à particula material, mas a alguma coisa próxima da Mônada de  G. W. Leibnitz.
Você que estudou a DE percebe, nesta questão, a correlação com a Ciência (matéria escura) e a importância do denominado Fluido Universal ou Primitivo, o qual, Q.27 e demais itens, sugere ser a um tempo a origem de toda a matéria e mesmo do que não reconhecemos como matéria, i.e.  a organização do próprio Espírito.
Numa síntese, quando ali é proposto a trindade universal, Deus, Espírito e Matéria, a rigor teremos apenas Deus e o F. Universal.
É... é uma tentativa inteligente de explicar...
Citar
Mas sobre o conteúdo doutrinário. Tipo, não concordo com a resposta xx no OLE.
Um debate assim não faria sentido porque o LE são digamos uma coletânea de opiniões, citações de catecismos (como aquela parte sobre Deus), e especulações dele (Kardec).
Então "concordar" ou não é meio que estéril, porque seria a opinião dele contra a do discordante e ponto final.
O cerne é ver se há algum motivo pra supor que as teses e especulações provenham de seres ultramundanos. Es decir, claro, "espíritos" que não os de vivos que escreveram coisas que ele lia ou com quem conversava cá na crosta terrícola.
Então o que de fato é factível de discussão profícua é esse aspecto. Não se os debatedores "concordam" ou não com as opiniões dele.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 30 de Março de 2017, 20:23:26
Psicografia prá valer só seria mesmo a cruzada: dois ou mais médiuns localizados em cidades e até em continentes diferentes, sem contato e desconhecidos entre eles cada qual psicografando partes de um livro contendo inúmeros personagens; depois reune-se as partes do livro que revela uma estória com início, meio e fim. Mais simples? Que tal 2 médiuns ou mais psicografarem partes de um soneto? Vamos complicar? Que tal médiuns brasileiros psicografarem um soneto em islandês?

Isso provaria que existe uma "entidade" criativa no comando que é independente da capacidade criativa individual de cada médium. Se uma "entidade" é capaz de ditar uma obra a um médium, porque não seria capaz de ditar partes da mesma obra a vários médiuns?

Sei que isso já foi tentado com duas médiuns, uma na Europa e outra nos EUA na época do Titanic e parece que o Waldo Vieira e o CX também fizeram coisa parecida. Lógico que sem resultado.

Ok...precisamos da colaboração de um bom "espírito" convencido que pode apresentar uma prova irrefutável da vida após a morte mas parece que "eles" não estão nem aí.... :histeria:

Gorducho...poderia desenvolver o assunto?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 30 de Março de 2017, 21:17:45
No prólogo da obra Evolução em Dois Mundos, encontramos:

A convite do Espírito André Luiz, os médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira receberam os textos deste livro em noites de domingos e quartas-feiras, respectivamente nas cidades de Pedro Leopoldo e Uberaba, Estado de Minas Gerais. As páginas psicografadas por um e outro podem ser Identificadas pela data característica de cada texto.

Isto ocorre no ano de 1958.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 30 de Março de 2017, 21:45:49
O que se quer mostrar é que, sim, existem indícios desta realidade espiritual.
Naturalmente as pessoas não são obrigadas a acreditar nestas coisas pois os argumentos a favor destes fenômenos se perdem ante a "quase" impossibilidade de uma comprovação cabal, exceto quando há uma grande motivação e então se sai a campo, na investigação.

Assunto já sobejamente debatido por aqui quando afirmei que acreditar na existência de uma dimensão espiritual não é questão de inteligência ou cultura, pois entre céticos e crentes isto é igualmente distribuído.
É simples questão de predisposição.

Pode-se parar por aqui ou questionar: predisposição? Como seria isto? De onde viria tal predisposição.

Então a própria DE traria a resposta quando ensina que as reencarnações preparam o homem para funções e tarefas diferentes no mundo.
Imaginemos, se todos fossem financistas, músicos, artistas... não haveria progresso e/ou oportunidades iguais para se desenvolver aptidões.

1. Lembrar que de igual modo existe a predisposição para recusar, lógico.
Apenas as razões são diferentes.

2. Quanto à motivação para se investigar, nem sempre é assim, ou dá os resultados esperados. As vezes a curiosidade e a leitura com espírito crítico e isento são suficientes.

Wishful-thinking, bullshit...? Quem sabe?  :)
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 30 de Março de 2017, 22:02:22
CX e WV eram amigos e parceiros.
Isso foi dito por eles mas sem nenhum tipo de controle externo.

Esse caso de 2 médiuns 1 na América e outra na Europa não me ocorre agora qual seja.
Teve os causos do espírito do Myers e seus enigmas em latim ciceroniano e literaturas greco-latinas (no espiritismo o lema é "pra que simplificar se é possível complicar?) recebidas algumas na Europa e outras na América se bem me lembro...
Essa abaixo é uma das sequencias de ccs mais elementares da série (cada uma recebida por médium diferente e em lugares diferentes em tese sem terem intercomunicações entre si claro...
M1 - 'Morehead - laurel for laurel. I say give her that for laurel. Goodbye.'
M2 - 'Alexander's tomb - laurel leaves, are emblems, laurels for the victor's brow.'
M3 - 'Darkness, light, shadow, Alexander Moor's head.'
M4 - 'Laurential tomb, Dawn and Twilight'.
Naturalmente o Myers estava se referindo à sepultura do Lozenzo (Medici) O Magnífco Qual a relação dele e dos colegas das SPRs com essa tumba não sei mas pros caras das SPRs (London + Boston) ficou bem clara a mensagem e a autoria do finado Myers). Imagino que talvez uma vez tenham visitado em grupo ela num evento que marcou a todos. Especulo...
É o que sei no momento. 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 30 de Março de 2017, 22:17:44
O que se se quer mostrar é que, sim, existem indícios desta realidade espiritual.
Só que não conseguem.
E um debate acerca do LE só faz sentido nesses termos. Porque discutir se alguém concorda com as opiniões ou com as especulações do Kardec é de novo questão de... opinião.
Agora umas coisas podem sim ser mostradas, como a incompatibilidade do dogma da não-retrogradação com o das reencarnações;
a questão do sofrimento dos "animais" (pra quem não sabe no espiritismo humanos não são animais...).
Mas como regra um debate sobre se se concorda ou discorda do que ali está proposto não faz muito sentido. Minha linha seria mostrar que não há nenhum motivo pra se supor que a obra tenha tido participação de "espíritos" - fora os dos vivos, claro  :P   
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Buckaroo Banzai em 30 de Março de 2017, 22:42:18
O que se quer mostrar é que, sim, existem indícios desta realidade espiritual.
Naturalmente as pessoas não são obrigadas a acreditar nestas coisas pois os argumentos a favor destes fenômenos se perdem ante a "quase" impossibilidade de uma comprovação cabal, exceto quando há uma grande motivação e então se sai a campo, na investigação.

Assunto já sobejamente debatido por aqui quando afirmei que acreditar na existência de uma dimensão espiritual não é questão de inteligência ou cultura, pois entre céticos e crentes isto é igualmente distribuído.
É simples questão de predisposição.

Pode-se parar por aqui ou questionar: predisposição? Como seria isto? De onde viria tal predisposição.

Então a própria DE traria a resposta quando ensina que as reencarnações preparam o homem para funções e tarefas diferentes no mundo.
Imaginemos, se todos fossem financistas, músicos, artistas... não haveria progresso e/ou oportunidades iguais para se desenvolver aptidões.

1. Lembrar que de igual modo existe a predisposição para recusar, lógico.
Apenas as razões são diferentes.

2. Quanto à motivação para se investigar, nem sempre é assim, ou dá os resultados esperados. As vezes a curiosidade e a leitura com espírito crítico e isento são suficientes.

Wishful-thinking, bullshit...? Quem sabe?  :)


É natural que crenças sem fundamentos defensáveis em suas bases materiais uma hora ou outra façam uso de racionalizações para tentar desconsiderá-las como necessárias, podendo ser até colocado como algo "baixo", de pouca sofisticação.

https://en.wikipedia.org/wiki/The_Emperor%27s_New_Clothes
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 31 de Março de 2017, 01:55:06
CX e WV eram amigos e parceiros.
Isso foi dito por eles mas sem nenhum tipo de controle externo.

Esse caso de 2 médiuns 1 na América e outra na Europa não me ocorre agora qual seja.
Teve os causos do espírito do Myers e seus enigmas em latim ciceroniano e literaturas greco-latinas (no espiritismo o lema é "pra que simplificar se é possível complicar?) recebidas algumas na Europa e outras na América se bem me lembro...
Essa abaixo é uma das sequencias de ccs mais elementares da série (cada uma recebida por médium diferente e em lugares diferentes em tese sem terem intercomunicações entre si claro...
M1 - 'Morehead - laurel for laurel. I say give her that for laurel. Goodbye.'
M2 - 'Alexander's tomb - laurel leaves, are emblems, laurels for the victor's brow.'
M3 - 'Darkness, light, shadow, Alexander Moor's head.'
M4 - 'Laurential tomb, Dawn and Twilight'.
Naturalmente o Myers estava se referindo à sepultura do Lozenzo (Medici) O Magnífco Qual a relação dele e dos colegas das SPRs com essa tumba não sei mas pros caras das SPRs (London + Boston) ficou bem clara a mensagem e a autoria do finado Myers). Imagino que talvez uma vez tenham visitado em grupo ela num evento que marcou a todos. Especulo...
É o que sei no momento. 

Quando escrevi pensava que uma das médiuns foi Mrs Piper mas não tinha certeza, mas foi ela mesmo.

Outros casos aqui: http://www.prairieghosts.com/cross_corr.html

Waldo e CX devido à picaretagem acumulada só servem aos crentes mesmo. Os outros casos só valem como evidências anedóticas.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 31 de Março de 2017, 08:16:14
O que se quer mostrar é que, sim, existem indícios desta realidade espiritual.
Naturalmente as pessoas não são obrigadas a acreditar nestas coisas pois os argumentos a favor destes fenômenos se perdem ante a "quase" impossibilidade de uma comprovação cabal, exceto quando há uma grande motivação e então se sai a campo, na investigação.

Assunto já sobejamente debatido por aqui quando afirmei que acreditar na existência de uma dimensão espiritual não é questão de inteligência ou cultura, pois entre céticos e crentes isto é igualmente distribuído.
É simples questão de predisposição.

Pode-se parar por aqui ou questionar: predisposição? Como seria isto? De onde viria tal predisposição.

Então a própria DE traria a resposta quando ensina que as reencarnações preparam o homem para funções e tarefas diferentes no mundo.
Imaginemos, se todos fossem financistas, músicos, artistas... não haveria progresso e/ou oportunidades iguais para se desenvolver aptidões.

1. Lembrar que de igual modo existe a predisposição para recusar, lógico.
Apenas as razões são diferentes.

2. Quanto à motivação para se investigar, nem sempre é assim, ou dá os resultados esperados. As vezes a curiosidade e a leitura com espírito crítico e isento são suficientes.

Wishful-thinking, bullshit...? Quem sabe?  :)


É natural que crenças sem fundamentos defensáveis em suas bases materiais uma hora ou outra façam uso de racionalizações para tentar desconsiderá-las como necessárias, podendo ser até colocado como algo "baixo", de pouca sofisticação.

https://en.wikipedia.org/wiki/The_Emperor%27s_New_Clothes
Pode parecer "escocês" mas os espíritas jamais atribuiriam à exigência da prova material, como sendo algo de pouca sofisticação, pois é justa a tal exigência.
Apenas, obviamente, não se pode demonstrar que anjos existem através de pesquisas de laboratório, embora não se esteja muito longe desta realização.
A curiosidade científica de homens de gênio, ante a razoabilidade das assertivas espíritas, os motivarão a intensificar tais pesquisas; que por sinal, tal encontro é previsto na DE. Se existe uma verdade absoluta ela precisa satisfazer a todos os requisitos comprobatórios, cedo ou tarde.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 31 de Março de 2017, 08:27:49
Este é o Giga que conheço. :ok:
Citar
Quando escrevi pensava que uma das médiuns foi Mrs Piper mas não tinha certeza, mas foi ela mesmo.

Outros casos aqui: http://www.prairieghosts.com/cross_corr.html

Waldo e CX devido à picaretagem acumulada só servem aos crentes mesmo. Os outros casos só valem como evidências anedóticas. 
Advirto-vos, oh incréu, o quanto Pascal está certo: o despertar no além, muito mais que dores obumbrosas, as da consciência lhe trarão choro e ranger de dentes.
 :histeria: :histeria: :histeria:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Geotecton em 31 de Março de 2017, 08:33:36
[...]
Apenas, obviamente, não se pode demonstrar que anjos existem através de pesquisas de laboratório, embora não se esteja muito longe desta realização.
[...]

A humanidade está próxima de mostrar cientificamente que anjos existem?

É isto que você quis expressar?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 31 de Março de 2017, 08:35:24
O que se se quer mostrar é que, sim, existem indícios desta realidade espiritual.
Só que não conseguem.
E um debate acerca do LE só faz sentido nesses termos. Porque discutir se alguém concorda com as opiniões ou com as especulações do Kardec é de novo questão de... opinião.
Agora umas coisas podem sim ser mostradas, como a incompatibilidade do dogma da não-retrogradação com o das reencarnações;
a questão do sofrimento dos "animais" (pra quem não sabe no espiritismo humanos não são animais...).
Mas como regra um debate sobre se se concorda ou discorda do que ali está proposto não faz muito sentido. Minha linha seria mostrar que não há nenhum motivo pra se supor que a obra tenha tido participação de "espíritos" - fora os dos vivos, claro  :P
Você tem razão; desde que não se aceita a participação dos Espíritos seria mera discussão filosófica.
Homens de elevado caráter e grande saber deram depoimentos que nos motivam a aquela predisposição, já mencionada, de uma busca por aquelas verdades que só a dimensão espiritual pode revelar, se houver isenção quanto aos preconceitos.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 08:37:09
É assim que tudo serve, que tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo.

Cada átomo tem uma alma... então nosso atual vaso carnal abriga bilhões de almas ainda inconscientes de sis :?:
É isso :?:

 se todo ser vivo saiu da matéria, penso que sim!
alem do que isto seria a  justiça do ponto de partida comum
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 08:41:08
Seu Gorducho!

como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais? :cachorro: :neko:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 31 de Março de 2017, 08:42:13
[...]
Apenas, obviamente, não se pode demonstrar que anjos existem através de pesquisas de laboratório, embora não se esteja muito longe desta realização.
[...]

A humanidade está próxima de mostrar cientificamente que anjos existem?

É isto que você quis expressar?

Não exatamente, Geo. Quis dizer que a dimensão extra física  guarda possibilidades que as pesquisas, no devido tempo, demonstrarão claramente.
Não se ignora que diversos segmentos da comunidade acadêmica se envolvem com pesquisas sérias neste sentido.
Sou meio preguiçoso para links de internet mas existem muitas fontes a este respeito.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 31 de Março de 2017, 08:42:20
[...]
Apenas, obviamente, não se pode demonstrar que anjos existem através de pesquisas de laboratório, embora não se esteja muito longe desta realização.
[...]

A humanidade está próxima de mostrar cientificamente que anjos existem?

É isto que você quis expressar?

Quanto a anjos nunca me esqueço da amiga e parceira deles aqui, Mônica Bonfiglio ou algo assim. Lembro dela dizendo que na sala da casa dela apareciam anjos de 15 metros de altura. Pé-direito porreta. Eu que não queria ter que trocar lâmpadas lá....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 31 de Março de 2017, 08:43:26
Seu Gorducho!

como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais? :cachorro: :neko:

Fritinhos são uma delícia! :janta:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 31 de Março de 2017, 09:14:54
Seu Gorducho!
como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais?
Não é... esse é o ponto!
Vale observar que o Jean Reynaud que formulou grande partes das teses depois divulgadas pelo Kardec - bem como o road map a ser seguido - tinha um desprezo quase patológico  pelos "animais", o que talvez tenha influenciado o Kardec a simplesmente ignorá-los.
Note inclusive que no kardecismo humanos não são animais  :hihi:
Acaso alguém - em particular quem sabe Sr. Spencer - tiver maior interesse ver pp. 69 - 70:
https://books.google.com.br/books?id=mkhcO5RbnywC&pg=PA68&lpg=PA68&dq=jean+reynaud+animals&source=bl&ots=R9J5FF0zux&sig=HUWMGflGCrATIRVxuIC4h53Cow4&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwiZ1PSp3IDTAhXFhZAKHctjDcIQ6AEIPTAJ#v=onepage&q&f=false
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 31 de Março de 2017, 09:39:52

Não exatamente, Geo. Quis dizer que a dimensão extra física  guarda possibilidades que as pesquisas, no devido tempo, demonstrarão claramente.
Bom... sim... só que faz 160 (2017 - 1857) anos que vocês vem dizendo que em breve, sem dúvidas...
Nesse interim (como diz o gaúcho...) já inventaram até a máquina de tosquiar ovelha; a luz elétrica; dizem que os americanos já foram na Lua; os iPhones...
E de "espíritos" néris de pitibiriba...   
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 31 de Março de 2017, 09:54:05
Você tem razão; desde que não se aceita a participação dos Espíritos seria mera discussão filosófica.
Homens de elevado caráter e grande saber deram depoimentos que nos motivam a aquela predisposição, já mencionada, de uma busca por aquelas verdades que só a dimensão espiritual pode revelar, se houver isenção quanto aos preconceitos.
Ocorre que não se tem motivos pra pensar que o conteúdo do LE advenha de "espíritos".
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 10:53:05
[...]
Apenas, obviamente, não se pode demonstrar que anjos existem através de pesquisas de laboratório, embora não se esteja muito longe desta realização.
[...]

A humanidade está próxima de mostrar cientificamente que anjos existem?

É isto que você quis expressar?

Quanto a anjos nunca me esqueço da amiga e parceira deles aqui, Mônica Bonfiglio ou algo assim. Lembro dela dizendo que na sala da casa dela apareciam anjos de 15 metros de altura. Pé-direito porreta. Eu que não queria ter que trocar lâmpadas lá....
para quem possui  luz de anjos de 15 metros , naõ ha necessidade de lampadas e mais claro do que isto impossível :hihi:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 10:54:53
Seu Gorducho!

como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais? :cachorro: :neko:

Fritinhos são uma delícia! :janta:
entendi é o seu prazer que  justifica o sofrimento deles!  :bua: :bua: :bua: :bua: :bua:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 10:56:38
oh seu Gorducho!
ta magoado comigo?
contando com seus conhecimentos espirita, fiz uma perguntinha simples e vou ficar sem nenhuma resposta? :no:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 31 de Março de 2017, 11:01:53
Seu Gorducho!

como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais? :cachorro: :neko:

Fritinhos são uma delícia! :janta:
entendi é o seu prazer que  justifica o sofrimento deles!  :bua: :bua: :bua: :bua: :bua:

Não faça amizade com nada abaixo de você na pirâmide alimentar....rs
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 31 de Março de 2017, 12:13:10
oh seu Gorducho!
ta magoado comigo?
contando com seus conhecimentos espirita, fiz uma perguntinha simples e vou ficar sem nenhuma resposta? :no:
Não conseguiu compreender a DETALHADA resposta que lhe dei às
Resposta #74 Online: Hoje às 09:14:54
 :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 14:53:07
Seu Gorducho!

como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais? :cachorro: :neko:

Fritinhos são uma delícia! :janta:
entendi é o seu prazer que  justifica o sofrimento deles!  :bua: :bua: :bua: :bua: :bua:

Não faça amizade com nada abaixo de você na pirâmide alimentar....rs

sei só existe dó para com os bichinhos de estimação! ja é um começo meio que egoísta mas é!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 14:55:42
oh seu Gorducho!
ta magoado comigo?
contando com seus conhecimentos espirita, fiz uma perguntinha simples e vou ficar sem nenhuma resposta? :no:
Não conseguiu compreender a DETALHADA resposta que lhe dei às
Resposta #74 Online: Hoje às 09:14:54
 :?:
favor postar o link
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 31 de Março de 2017, 15:31:06
O Sr. quer que eu lhe poste um enlace pruma resposta porque tem preguiça de folhear pra página anterior :?:
É isso :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Brienne of Tarth em 31 de Março de 2017, 15:38:51
Gorducho, respeitando sua condição de neófito aos delírios criaturescos, advirto-o apenas que muitas ainda estão por vir, reconheço que admiro sua seriedade e paciência, contudo repare o desandar da carruagem à medida que mais conhecimentos e profundidade dos mesmos tornam-se obrigatórios para a compreensão de certos questionamentos...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 16:05:19
Gorducho, respeitando sua condição de neófito aos delírios criaturescos, advirto-o apenas que muitas ainda estão por vir, reconheço que admiro sua seriedade e paciência, contudo repare o desandar da carruagem à medida que mais conhecimentos e profundidade dos mesmos tornam-se obrigatórios para a compreensão de certos questionamentos...
esta é a mamis poderosa, sempre tão amável e acolhedora, desconhece os profundos conhecimentos e a perspicácia do Seu Gorducho!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 31 de Março de 2017, 16:11:31
Seu Gorducho!
como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais?
Não é... esse é o ponto!
Vale observar que o Jean Reynaud que formulou grande partes das teses depois divulgadas pelo Kardec - bem como o road map a ser seguido - tinha um desprezo quase patológico  pelos "animais", o que talvez tenha influenciado o Kardec a simplesmente ignorá-los.
Note inclusive que no kardecismo humanos não são animais  :hihi:
Acaso alguém - em particular quem sabe Sr. Spencer - tiver maior interesse ver pp. 69 - 70:
https://books.google.com.br/books?id=mkhcO5RbnywC&pg=PA68&lpg=PA68&dq=jean+reynaud+animals&source=bl&ots=R9J5FF0zux&sig=HUWMGflGCrATIRVxuIC4h53Cow4&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwiZ1PSp3IDTAhXFhZAKHctjDcIQ6AEIPTAJ#v=onepage&q&f=false
ah sim Seu Gorducho! Me desculpe seu comentário ficou no rodapé da pagina e eu passei despercebido! mea culpa!
quanto essa questão comentei la no RV.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 31 de Março de 2017, 16:49:26
SR. CRIATURO
Se lembra aquele debate sobre o Adão (ou foi sobre o Noé?) :?:
Não me lembro mais qual era o mote...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 01 de Abril de 2017, 15:05:05
Seu Gorducho!
como é justificado pelo kardecismo o sofrimento dos animais?
Não é... esse é o ponto!
Vale observar que o Jean Reynaud que formulou grande partes das teses depois divulgadas pelo Kardec - bem como o road map a ser seguido - tinha um desprezo quase patológico  pelos "animais", o que talvez tenha influenciado o Kardec a simplesmente ignorá-los.
Note inclusive que no kardecismo humanos não são animais  :hihi:
Acaso alguém - em particular quem sabe Sr. Spencer - tiver maior interesse ver pp. 69 - 70:

Talvez com prejuízo a você mesmo, nota-se o caráter assertivo e sentencioso de suas opiniões, tipo: Kardec copiou, ou seguiu o pensamento de...
Ou vc em seus debates, junto com montalvão, andarilho e outros, acolá, tenha acolhido tais idéias.

Meu caro, se o pp. Kardec jamais disse isto ninguém pode afirmar tal coisa. Bola de cristal? Céticos não acreditam nisto.
No máximo pode-se afirmar que dois pensadores em tempos ou lugares diferentes propagaram as mesmas idéias, não que um tenha copiado do outro.

Quanto aos animais a DE segue a linha evolucionista, vc mesmo postou a questão 540 OLE: do átomo primitivo... tudo se encadeia...
Mas existe um hiato, e neste ponto a ciência ainda indaga servindo-se de teorias, naturalmente: em que momento o animal adquire consciência de si mesmo, especula e abstrai?
Como a tese espírita ensina que todas as etapas evolutivas, em cada lance, recebe dos Espíritos superiores, influxos magnéticos polarizadores (mutações?) afetando o princípio inteligente que ali estagia, promovendo-o, após exaustivas experiências acumuladoras de automatismos específicos, ao degrau seguinte da evolução.
Ou seja, o antropoide melhor adaptado ao ambiente, com milhares de anos acumulando sensibilidades diversas, estará mais apto e recolherá (em demorado estágio no plano espiritual) os derradeiros implementos cerebrais que lhe aperfeiçoarão a complexa rede nervosa. 
Resumindo, o conceito espírita é o mesmo que qualquer outro, quanto a diferença entre homens e animais.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 01 de Abril de 2017, 16:38:13
Bom ocorre que o Jean Reynaud TERMINOU de escrever em 1854 e o Kardec escreveu em 1857.
E o livro teve bastante repercussão. Hoje o JR é um ilustre desconhecido e quem é conhecido é o Pierre Leroux por causa da "sociologia".
Aliás cujo o Kardec também imitou na forma como relata ter "criado" (o que não é verdade) o neologismo "espiritismo"; bem como o PL fez relativo ao "sociologia"...
Quanto ao negligenciamento dos horríveis sofrimentos por que passam "animais" - que no kardecismo bizarramente não inclui os humanos como suponho que deva saber...- é claro uma hipótese minha.
Que ele tenha ignorado os "animais" sob a influência dos São Simonistas e em particular do JR, como mostrei pro Sr. Criaturo.
Porque não fecha. Se pode admitir que humanos sofram por pagamentos kármicos; mas e os "animais" que não tem "ainda" (segundo esse dogma de que eles depois "evoluirão" pra hominais) consciência :?:
"Resgatam" o que :?:
A metempsicose tem mais lógica nesse contexto. Segundo a FEB - apesar de terem ganhado a ação eles se recusaram a retirar o Roustaing do Estatuto, não é? - eu renascerei como lesma e poderei sofrer pelo que fiz conscientemente como homem, certo :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 01 de Abril de 2017, 20:48:42
SR. CRIATURO
Se lembra aquele debate sobre o Adão (ou foi sobre o Noé?) :?:
Não me lembro mais qual era o mote...
não lembro dos dois! :vergonha:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 01 de Abril de 2017, 23:14:59
Bom ocorre que o Jean Reynaud TERMINOU de escrever em 1854 e o Kardec escreveu em 1857.
E o livro teve bastante repercussão. Hoje o JR é um ilustre desconhecido e quem é conhecido é o Pierre Leroux por causa da "sociologia".
Aliás cujo o Kardec também imitou na forma como relata ter "criado" (o que não é verdade) o neologismo "espiritismo"; bem como o PL fez relativo ao "sociologia"...
Quanto ao negligenciamento dos horríveis sofrimentos por que passam "animais" - que no kardecismo bizarramente não inclui os humanos como suponho que deva saber...- é claro uma hipótese minha.
Que ele tenha ignorado os "animais" sob a influência dos São Simonistas e em particular do JR, como mostrei pro Sr. Criaturo.
Porque não fecha. Se pode admitir que humanos sofram por pagamentos kármicos; mas e os "animais" que não tem "ainda" (segundo esse dogma de que eles depois "evoluirão" pra hominais) consciência :?:
"Resgatam" o que :?:
A metempsicose tem mais lógica nesse contexto. Segundo a FEB - apesar de terem ganhado a ação eles se recusaram a retirar o Roustaing do Estatuto, não é? - eu renascerei como lesma e poderei sofrer pelo que fiz conscientemente como homem, certo :?:
interessante, caro Gorducho; para quem tanto conhecimento demonstra sobre o Espiritismo as vezes você pisa na bola, feio. rs rs
Kardec criou o neologismo exatamente para evitar a ambiguidade com o vocábulo Espiritualismo, que é anterior ao Espiritismo... gostaria de ver vc provar o contrário. :?:

Estava assistindo a um programa da TV, o "Clube da Luta dos Animais" e após uma refrega entre hienas e leões uma delas aparece com uma das pernas muito ferida, sem o terço inferior deste membro, coisa feia de se ver.
Sai caminhando como se nada tivesse acontecido e retorna para seu bando.
A zebra que é devorada por um imenso crocodilo, depois de muita luta é também um destes episódios em que a natureza segue seu caminho sem consultar carmas de qualquer espécie.
Uma ovelha,  e isto a poucos dias, nasceu com duas cabeças e foi sacrificada.

Se um ser humano com graves problemas conscienciais surge na senda terrestre com deformidades que o acusam perante as leis do carma, isto não ocorre porque espíritos justiceiros assim o determina.
Mas pode ocorrer o contrário, mediante certas circunstâncias alguém que poderia ser surpreendido com tal desdita, nasce ileso. Neste caso, sim. Houve interferência dos espíritos, por várias razões.

A encarnação humana é vigiada e monitorada em função das necessidades do indivíduo, do grupo, ou da grande coletividade. E se assim não fosse, creia, as deformidades não teriam endereço certo, pois ocorreriam independente de méritos e deméritos, A natureza, particularmente no tocante aos processos da embriologia guarda seus segredos. - Um pouco a frente falarei sobre isto.

Os animais, com sistema nervoso e estrutura psicológica ainda em evolução não são tão sensíveis ao sofrimento quanto imaginamos. Não têm consciência da morte e por isto age por instinto, muito mais que por medo, ante o predador.
Existe um aspecto que tem bastante influência nos casos da teratologia e não é contemplado na obra de AKardec. Trata-se da psicosfera formada pela mente humana em franca animalidade, que envenena cidades e ambientes vários, produzindo efeitos desastrosos para os homens e recebem a vigilância constante dos espíritos encarregados nesta especialidade, para evitar epidemias e males inimagináveis para a saúde humana.
Nuvens escuras exaladas por certos homens,pairando a poucos metros do solo, como um betume seco e viscoso denuncia ambientes de grande viciação e maldade. Quase sempre os espíritos promovem assepsia mas podem permitir para que os agentes recebam suas consequências.

Em aproximadamente quatro décadas grandes transformações beneficiarão o planeta, consequência do expurgo, que já ocorre, destas mentes viciadas no crime, portadoras de profundas perturbações.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 01 de Abril de 2017, 23:34:08
Citação de: Spencer
Nuvens escuras exaladas por certos homens,pairando a poucos metros do solo, como um betume seco e viscoso denuncia ambientes de grande viciação e maldade. Quase sempre os espíritos promovem assepsia mas podem permitir para que os agentes recebam suas consequências.

 :histeria: :histeria: :histeria:

A criatividade espiritóide é impressionante... :histeria: :histeria: :histeria:

Só não souberam aproveitá-la. Seguiram o caminho do plágio "psicografado" ou de textos de baixa qualidade impregnados de sentimentalismo barato.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 02 de Abril de 2017, 09:56:23
Em quatro décadas o mundo vai mudar? O quê,  finalmente vamos regredir ao canibalismo?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 02 de Abril de 2017, 10:10:40
Sim!
Em 2057 o mundo vai ser uma maravilha; todo mundo cristão; e o Brasil vai ser o Coração dele (mundo)  :stunned:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 02 de Abril de 2017, 10:29:11
Citação de: Sr. Spencer
Kardec criou o neologismo exatamente para evitar a ambiguidade com o vocábulo Espiritualismo, que é anterior ao Espiritismo... gostaria de ver vc provar o contrário.
Cumé quié :?: (lembra daquela cartinha que CX não sabia que o falecido usava bastante gíria?)
Espiritismo é uma palavra AMERICANA
1853
Hiram Mattison, Spirit-Rapping Unveiled! An expose of the Origin, History, Theology and Philosophy of certain alleged communications from the Spirit World
1854 Orestes Augustus Brownson, The Spirit-Rapper: an Autobiography
1855 The sacred circle, Vol. I, Harry Houdini Collection
1854  Leonard Marsh, Apocatastasis; or Progress Backwards

Tem também na Methodist Quarterly Review cuja não tenho a ref. agora cá.

Citar
Os animais, com sistema nervoso e estrutura psicológica ainda em evolução não são tão sensíveis ao sofrimento quanto imaginamos. Não têm consciência da morte
Sim, foi o que eu disse p/Sr. Criaturo.
Esse desprezo pelos "animais" e pelas desditas deles, e o bizarrismo de considerar humanos como não-"animais", deduzo que Kardec herdou dos Saint-Simonistas e em particular do Jean Reynaud.
É isso mesmo que eu teorizei e deve ser...

CORREÇÃO
O neologismo que PL alegou (e aparentemente também não era verdade...) ter inventado foi "socialismo" e não "sociologia" como eu pus por lapso
[A greve de Samarez, I p. 255]
C’est moi aussi qui, le premier, me suis servi du mot de SOCIALISME. C’était du néologisme alors, um néologisme nécessaire. Je forgeai ce mot par opposition à individualisme, qui commençait à avoir cours.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 02 de Abril de 2017, 18:43:29
Em quatro décadas o mundo vai mudar? O quê,  finalmente vamos regredir ao canibalismo?
provavelmente por excesso de super população
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 02 de Abril de 2017, 20:06:27
Gorducho, acabas de confessar mais um equívoco, pois nas suas citações não aparece o neologismo Spiritists e sim Spirit... essa sempre existiu. :biglol:
É notório que o neologismo é atribuído a Kardec, não sei porque se abespinha em relação a isto.

Aquilo que eu disse, quanto aos animais, não é espiritismo. É consenso, nada de novo.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 02 de Abril de 2017, 21:52:59
É... seria um pouco d+ esperar que compreendesse sem eu SO-LE-TRAR
Se trata duma lista de obras onde aparece nos seus textos - não nos respectivos títulos evidentemente  a palavra AMERICANA ESPIRITISMO
escrita em inglês nessas obras porque essas obras são americanas e lá na America em geral eles escrevem em inglês, Sr. Spencer.
By the way, corrigindo e explicitando: é na Revista Trimestral Protestante - e não Metodista como falei acima... - de abril '53, pg. 122.
Socialism and spiritism are homologous; and it matters little what the phase of infidelity may be, the central attraction of unbelief will overcome all minor antagonisms, and infidelity of every hue and shape will be found in cordial agreement whenever brought to the touchstone of revealed truth.



Quanto aos animais é isso, não vejo sobre o que está fazendo fincapé.
O espiritismo kardecista tem desprezo pelos "animais" e acha que humanos não são "animais", certamente que influenciados, via o "Codificador" Kardec, pela escola Saint-Simonista como mostra aquele livro que citei p/Sr. Criaturo.
E :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 03 de Abril de 2017, 08:01:43
II – Os Animais e o Homem
       592. Se comparamos o homem e os animais em relação à inteligência,  parece difícil estabelecer a linha de demarcação, porque certos animais têm, nesse terreno, notória superioridade sobre certos homens. Essa linha de  demarcação pode ser estabelecida de maneira precisa?


       — Sobre esses assuntos os vossos filósofos não estão muito de acordo. Uns querem que o homem seja um animal, e outros que o animal seja um  homem. Estão todos errados. O homem é um ser à parte, que desce, às vezes, muito baixo ou que pode elevar-se muito alto. No físico, o homem é como os animais e menos bem provido que muitos dentre eles; a Natureza lhes deu tudo aquilo que o homem é obrigado a inventar com a sua inteligência para prover às suas necessidades e à sua conservação. Seu corpo se destrói como o dos animais, isto é certo, mas o seu Espírito tem um destino que só ele pode  compreender, porque só ele é completamente livre. Pobres homens, que vos rebaixais mais do que os brutos! Não sabeis distinguir-vos deles? Reconhecei o homem pelo pensamento de Deus.


     604. Os animais, mesmo aperfeiçoados nos mundos superiores, sendo sempre interiores aos homens, disso resultaria que Deus tivesse criado seres intelectuais perpetuamente votados à inferioridade, o que parece em desacordo com a unidade de vistas e de progresso que se assinalam em todas as suas obras?

     — Tudo se encadeia na Natureza por liames que não podeis ainda perceber, e as coisas aparentemente mais disparatadas têm pontos de contato que o homem jamais chegará a compreender no seu estado atual. Pode entrevê-los por um esforço de sua inteligência, mas somente quando essa inteligência tiver atingido todo o seu desenvolvimento e se libertado dos prejuízos do orgulho e da ignorância poderá ver claramente na obra de Deus. Até lá suas idéias limitadas lhe farão ver as coisas de um ponto de vista mesquinho.Sabei que Deus não pode contradizer-se e que tudo, na Natureza, se harmoniza através de leis gerais que jamais se afastam da sublime sabedoria do Criador.

     606 – a) A inteligência do homem e a dos animais emanam, portanto, de um princípio único?


      — Sem nenhuma dúvida; mas no homem ela passou por uma elaboração que a eleva sobre a dos brutos.


607. A) Parece, assim, que a alma teria sido o princípio inteligente dos seres inferiores da criação?

      — Não dissemos que tudo se encadeia na Natureza e tende à unidade?    (Eu e o pai somos um e os que se aperfeiçoaram entraram para unidade)         

É nesses seres, que estais longe de conhecer inteiramente, que o princípio inteligente se elabora, se individualiza pouco a pouco e ensaia para a vida, como dissemos. É, de certa maneira, um trabalho preparatório, como o de germinação, em seguida ao qual o princípio inteligente sofre uma transformação e se torna Espírito. É então que começa para ele o período de humanidade, e com este a consciência do seu futuro, a distinção do bem do mal e a responsabilidade dos seus atos.


    610. Os Espíritos que disseram que o homem é um ser à parte na ordem da criação enganaram-se, então?


–                     Não, mas a questão não havia sido desenvolvida e há coisas que não podem vir senão a seu tempo. O homem é, de fato, um ser à parte porque tem  faculdades que o distinguem de todos os outros e tem outro destino A espécie humana é a que Deus escolheu para a encarnação dos seres que o podem  conhecer.

(talvez todos os seres que demonstram possuir vontade própria devessem ser considerados pertencentes a raça humana)

III – Metempsicose
         611. A comunhão de origem dos seres vivos no princípio inteligente não e a consagração da doutrina da metempsicose?


      – Duas coisas podem ter a mesma origem e não se assemelharem em nada mais tarde. Quem reconheceria a árvore, suas folhas, suas flores e seus frutos no germe informe que se contém na semente de onde saíram? No momento em que o princípio inteligente atinge o grau necessário para ser Espírito e entrar no período de humanidade, não tem mais relação com o seu estado primitivo e não é mais a alma dos animais, como a árvore não é a semente. No homem, somente existe do animal o corpo, as paixões que nascem da influencia do corpo e os instintos de conservação inerente à matéria Não se pode dizer, portanto, que tal homem, é a encarnação do Espírito de tal animal, e. por conseguinte a metempsicose, tal como a entendem, não é exata


(aqui fica clara que a alma humana é a evolução da alma animal)


Kardec

  O ponto de partida do Espírito é uma dessas questões que se ligam ao principio das coisas e estão nos segredos de Deus. Não é dado ao homem conhecê-los de maneira absoluta e ele só pode fazer, a seu respeito, meras suposições, construir sistemas mais ou menos prováveis. Os próprios Espíritos estão longe de tudo conhecer e sobre o que não conhecem podem ter também opiniões pessoais mais ou menos sensatas.

       É assim que nem todos pensam da mesma maneira a respeito das relações existentes entre o homem e os animais. Segundo alguns, o Espírito não chega ao período humano senão depois de ter sido elaborado e individualizado nos diferentes graus dos seres inferiores da criação. Segundo outros, o Espírito do homem teria sempre pertencido à raça humana, sem passar pela fieira animal. O primeiro desses sistemas tem a vantagem de dar uma finalidade ao futuro dos animais que constituiriam assim, os primeiros anéis da cadeia dos seres pensantes; o segundo é mais conforme á dignidade do homem e pode resumir-se da maneira que segue.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 03 de Abril de 2017, 08:09:04
Por isso lhe digo que não fecha, Sr. Criaturo.
Mas note que ele andou mudando algumas coisas entre o LE 1.0 e o 2 pois que nesse interim apareceu a obra do Darwin.
É obvio que esse desprezo pelos "animais", e achar que "homens" não são "animais", se deve-se à influência dessa turma.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 03 de Abril de 2017, 08:59:19
Criaturo, desista! É bater de frente com um muro.
Ele não dá a mão à palmatória; não admite estar derrotado.
Lembra a falácia do pombo enxadrista. :histeria: :histeria: :histeria:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 03 de Abril de 2017, 09:09:43
No assunto Espiritismo é bater de frente com um muro mesmo, Sr. Spencer  :eba:
Lembra quando achou que conseguiria debater com a nossa bancada :?:
Pra quem está acostumado à blindagem de ambientes onde o contraditório e o enfrentamento da realidade são proibidos, é bater num muro mesmo...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 03 de Abril de 2017, 09:27:41
Não percebeste, meu caro Gorducho?
Acabas de confirmar: Pombo Enxadrista!  :ar15: :anjo:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 03 de Abril de 2017, 11:21:23
Sim... o Sr.
Eu lhe mostrei que não foi o Kardec quem criou a palavra.
O que fez :?: Mudou de assunto.
Porque não está apto a debater. No Centro Espírita cita os escritos sagrados do Kardec e do CX e todos dizem MUUU!!!
Quem tentar levantar algum tipo de questionamento é isolado ou em último caso gentilmente feito compreender que não é bem vindo porque está "perturbando o ambiente".
Já lhe disse: conheço o tema.
Veja: não estou criticando sua Igreja porque em qualquer Templo (igreja, comitê marxista, sinagoga, mesquita, o que seja...) "estudar" é dizer MUUU!!! pros respectivos profetas e seus escritos "sagrados". Obvio...
Critico é o Sr. que claramente sofreu esse tipo de lavagem cerebral e não consegue enfrentar os fatos no mundo real fora das blindagens ao contraditório.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 03 de Abril de 2017, 16:08:36
Por isso lhe digo que não fecha, Sr. Criaturo.
Mas note que ele andou mudando algumas coisas entre o LE 1.0 e o 2 pois que nesse interim apareceu a obra do Darwin.
É obvio que esse desprezo pelos "animais", e achar que "homens" não são "animais", se deve-se à influência dessa turma.

na verdade Kardec questiona e discorda de algumas respostas fornecidas pelos médiuns! ok?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 03 de Abril de 2017, 17:06:14
O livro do Darwin saiu depois da 1ª edição (LE-1) então claro que o Kardec começou a balançar um pouco...
No LE-1 "homens" (i.e., humanos de ambos os sexos, claro!) só encarnam como "homens" desde a Criação [#127].
 Daí aparece o Darwin e na 2ª os espíritos começam a encarnar "progressivamente" dentro dos diversos "reinos" só sendo mantido o dogma de que, após terem pela 1ª vez encarnado como "homens" - i.e., segundo o kardecismo no "reino" "hominal" ("homens" não são animais...) - o espírito jamais voltará e encarnar como "animal" ou "vegetal".
Note que vem a pergunta, a resposta do "espírito" em guillemets e depois é comentário do Kardec (que na obra vem numa coluna paralela). Até essas alturas, antes de ler o Darwin, ele está bem convicto que as almas não "evoluem" de "animais" pra "hominais".

127 — L'âme de l'homme n'aurait-elle point été d'abord le principe de vie des derniers êtres vivants de la création pour arriver, par une loi progressive, jusqu'à l'homme en parcourant les divers degrés de l'échelle organique ?
« Non ! non ! hommes nous sommes nés. »
« Chaque chose progresse dans son espèce et dans son essence ; l'homme n'a jamais été autre chose qu'un homme. »
Quelle que soit la diversité des existences par lesquelles passe notre esprit ou notre âme, elles appartiennent toutes à l'humanité ; ce serait une erreur de croire que, par une loi progressive, l'homme a passé par les différents degrés de l'échelle organique pour arriver à son état actuel. Ainsi son âme n'a point été d'abord le principe de vie des derniers êtres animés de la création pour arriver successivement au degré supérieur : à l'homme.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 03 de Abril de 2017, 17:44:04
Sim... o Sr.
Eu lhe mostrei que não foi o Kardec quem criou a palavra.
O que fez :?: Mudou de assunto.
Porque não está apto a debater. No Centro Espírita cita os escritos sagrados do Kardec e do CX e todos dizem MUUU!!!
Quem tentar levantar algum tipo de questionamento é isolado ou em último caso gentilmente feito compreender que não é bem vindo porque está "perturbando o ambiente".
Já lhe disse: conheço o tema.
Veja: não estou criticando sua Igreja porque em qualquer Templo (igreja, comitê marxista, sinagoga, mesquita, o que seja...) "estudar" é dizer MUUU!!! pros respectivos profetas e seus escritos "sagrados". Obvio...
Critico é o Sr. que claramente sofreu esse tipo de lavagem cerebral e não consegue enfrentar os fatos no mundo real fora das blindagens ao contraditório.
Na verdade, meu Gorducho, o Sr. não conseguiu, aliás como muitos outros, desenvolver o que é mais importante em qualquer estudo: a visão macro; a  perspectiva. a abrangência.

O Sr. desde o princípio dos debates, tende a focalizar pontos de menor importância, e ainda assim,eivado de preconceitos, se dizendo conhecedor do tema.
Não mesmo! Pode alardear, isso sim, que estudou bastante, mas muito pouco compreendeu.
Truísmos e factoides:
Kardec era racista ou, Kardec não criou o neologismo x, ou não deu importância devida aos animais... Neste último, por exemplo, o Criaturo detonou seus argumentos. Então o Sr. fez um comentário ligeiro, mais demonstrando que não compreende em sentido mais amplo os conceitos DE.

Agora, o mais lamentável:
Fez dezenas de cursos sobre espiritismo: eis a grande bobagem e o Sr. não se tocou. Cursos são elaborados para iniciantes e sempre com base nas obras fundamentais... são os aspectos elementares da doutrina... e o Sr. fez dezenas deles.
As obras básicas do Espiritismo, como todas as obras que fundamentam uma ciência, uma filosofia, etc. são obras de síntese apresentando os elementos estruturais daquela ciência. As obras complementares aprofundam e esclarecem pontos de maior importância e avançam na conceituação.
E o Sr. fez dezenas de cursos. :vergonha: :histeria:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 03 de Abril de 2017, 18:23:18
O Sr. desde o princípio dos debates, tende a focalizar pontos de menor importância, e ainda assim,eivado de preconceitos, se dizendo conhecedor do tema.
Não mesmo! Pode alardear, isso sim, que estudou bastante, mas muito pouco compreendeu.
Truísmos e factoides:
Kardec era racista ou, Kardec não criou o neologismo x, ou não deu importância devida aos animais... Neste último, por exemplo, o Criaturo detonou seus argumentos. Então o Sr. fez um comentário ligeiro, mais demonstrando que não compreende em sentido mais amplo os conceitos DE.
O ponto, único ponto relevante, é que não se tem motivo nenhum pra supor a participação de "espíritos" na elaboração da Doutrina.
Bem como os fatos alegados pelos espíritas não ocorrem sob condições controladas e portanto também não se tem motivos p/crer que alguma vez tenham acontecido.
As fontes dele são bem conhecidas, e são terrícolas, encarnadas.
Quanto ao demais, i.e., quanto às teses, especulações e dogmas dele é questão de opinião, como falamos antes.
E claro prova-se certas incoerências como os dogmas da reencarnação romântica (a do Kardec) em conjunto com a não-retrogradação das almas que é oxymoron.
E, sim, quanto a ter desprezo por "animais" (i.e., não humanos) e os horríveis sofrimentos pelos quais eles também passam como nós "hominais" (percebe quão bizarro é isso?), sim é claro uma questão de postura moral de qualquer um que por cá venha ou não venha. 
Citar
Fez dezenas de cursos sobre espiritismo
Não, acompanhei m/mãe nos 2 cursos de evangelizadora xaverianista que ela fez. Se bem m/lembro por essa época o presidente da FEB era o Thiesen.
E frequentava tanto o xaverianismo FEB como às vezes umbanda que era mais a linha da m/vovó materna.
Os primeiros livros que li de cabo-a-rabo lá pelos 10 foram 813 e depois o Ladrão de Casaca da série Arsène Lupin e depois já o Memórias ou o Martírio - aí sim não me lembro qual...- que impressionavam profundamente m/vó.
E depois passei a estudar mesmo no sítio Obras Psicografadas aí sim, claro, já sabendo que é tudo fantasia.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 03 de Abril de 2017, 18:43:04
Com relação aos animais, que sempre me sensibiliza seu estoicismo ante a dor, estava assistindo, como comentei antes, outro programa na TV, muito interessante; me surpreendeu por se tratar de uma clínica veterinária numa pequena cidade americana, bem no meio de lugar nenhum. rs rs.
Os casos,muito bem filmados e acompanhados chegam a impressionar, mas também chamam a atenção, particularmente daqueles que desenvolvem uma visão menos casuísta, pois que parecem mandar um recado.
Uma família com muitas posses, numa fazenda maravilhosa, tem uma garota que ama de paixão seu pet, o qual tem a poliomelite. Os pais sofrem muito ao ver a dor da filha, ante a impotência no tocante à cura do animal.
Interessante, pensei: pessoas deste nível, que não teriam qualquer motivo para as lágrimas estão sofrendo, impotentes.
Não dá o que pensar sobre o "sofrimento dos animais"?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 03 de Abril de 2017, 19:43:42
Claro que dá o que pensar.
"Estoicismo" perante a dor é a pimenta no [REMOVIDO PELO FILTRO DE DECÊNCIA DO SÍTIO] dos outros. Conhece "animais" :?:
Já deve ter percebido que eu prezo muito mais os "animais", pois que inocentes, que os "hominais" que fazem o que fazem conscientemente e que destruíram o planeta...
Mostra que a reencarnação romântica não se sustenta, exceto se o tal "Deus" for um tarado; o que contraria os postulados do próprio dogma (da reencarnação socialista utópica).
Mas o Jean Reynaud não pensava assim, e, como em todo o demais afora o mesmerismo e a comunicação proper das almas, imagino o Kardec seguiu ele.
Depois, quando saiu o livro do Darwin, os "espíritos" começaram a mudar de opinião.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 03 de Abril de 2017, 23:00:17
Citar
á deve ter percebido que eu prezo muito mais os "animais", pois que inocentes, que os "hominais" que fazem o que fazem conscientemente e que destruíram o planeta...

Cuidado, Gorducho; alguns dos grandes sociopatas abraçavam igual sentimento. O Jason, Freddy Krueger, Mike Mayers, Leatherface, :histeria: :histeria:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 04 de Abril de 2017, 08:01:25
Quanto ao demais, i.e., quanto às teses, especulações e dogmas dele é questão de opinião, como falamos antes.
E claro prova-se certas incoerências como os dogmas da reencarnação romântica (a do Kardec) em conjunto com a não-retrogradação das almas que é oxymoron.
E, sim, quanto a ter desprezo por "animais" (i.e., não humanos) e os horríveis sofrimentos pelos quais eles também passam como nós "hominais" (percebe quão bizarro é isso?), sim é claro uma questão de postura moral de qualquer um que por cá venha ou não venha. 
Citar
Fez dezenas de cursos sobre espiritismo
Não, acompanhei m/mãe nos 2 cursos de evangelizadora xaverianista que ela fez. Se bem m/lembro por essa época o presidente da FEB era o Thiesen.
E frequentava tanto o xaverianismo FEB como às vezes umbanda que era mais a linha da m/vovó materna.
Os primeiros livros que li de cabo-a-rabo lá pelos 10 foram 813 e depois o Ladrão de Casaca da série Arsène Lupin e depois já o Memórias ou o Martírio - aí sim não me lembro qual...- que impressionavam profundamente m/vó.
E depois passei a estudar mesmo no sítio Obras Psicografadas aí sim, claro, já sabendo que é tudo fantasia.

Seu Gorducho!

descreva seus argumentos prós e contras a reencarnação?

estes cursos me fizeram lembrar de  outro forista que  após ter estudado anos a RC atingindo o elevado nivel 12 grau, virou um ateu!
isto aconteceu porque ele não conseguiu entender nem o basico, muito provavelmente são pessoas que que buscam encontrar o genio da lampada magica nas religiões e acabam voltando para a dura realidade!


Com relação aos animais, que sempre me sensibiliza seu estoicismo ante a dor, estava assistindo, como comentei antes, outro programa na TV, muito interessante; me surpreendeu por se tratar de uma clínica veterinária numa pequena cidade americana, bem no meio de lugar nenhum. rs rs.
Os casos,muito bem filmados e acompanhados chegam a impressionar, mas também chamam a atenção, particularmente daqueles que desenvolvem uma visão menos casuísta, pois que parecem mandar um recado.
Uma família com muitas posses, numa fazenda maravilhosa, tem uma garota que ama de paixão seu pet, o qual tem a poliomelite. Os pais sofrem muito ao ver a dor da filha, ante a impotência no tocante à cura do animal.
Interessante, pensei: pessoas deste nível, que não teriam qualquer motivo para as lágrimas estão sofrendo, impotentes.
Não dá o que pensar sobre o "sofrimento dos animais"?

segundo a DE sofrimento humano tem haver com ação e reação mesmo que com efeito retardado, mas até agora ninguem nem ao menos ousou a especular o por que do sofrimento animal :?: :?: :?: :?: :?: :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 04 de Abril de 2017, 08:52:38
descreva seus argumentos prós e contras a reencarnação?
Não se trata de "concordar" ou não, Sr. Criaturo, porque aí é opinião filosófica sobre como deveria ser a realidade o que é nonsense.
A existência ou não da reencarnação ou metempsicose deve ser encarada como um fato empírico a ser verificado. O que nunca o foi desconsideradas claro aquelas abobrinhas anedóticas do Stevenson & outros.
Ocorre que dentro do espiritismo kardecista ou xaverianista, que é o tema c/Sr. Spencer, existe uma autocontradição que é facilmente verificável, e aí independe de "opinião".
O assunto foi perfeitamente abordado no célebre A Ética Espírita do Sr. Acauan. Eu iria só tentar ficar repetindo sem a mesma capacidade, então lhe remeto ao original.
O cerne da questão é que a aplicação concomitante dos dogmas (i) da "não retrogradação" das almas COM (ii) da reencarnação romântica (veja, essa dos socialistas utópicos bolada pra promover "justiça social", não uma reencarnação ou metempsicose genérica sem dogmas socialistas ou "éticos" acoplados...) é oxymoron; autocontraditório.
Só me permito citar uma passagem que talvez seja a mais essencial:
A contradição está em que se a lei do progresso impede os espíritos de regredir, temos que nenhum espírito poderia apresentar um status moral inferior àquele em que foi criado — simples, ignorante e igualmente apto ao bem ou ao mal.
Porém a descrição feita dos espíritos de décima ordem fala de seres inclinados ao mal, aos vícios, às paixões degradantes, que fazem o mal por prazer e ódio ao bem.
É claro que tais seres estão moralmente muito abaixo do que se poderia chamar de espíritos simples e ignorantes, igualmente aptos para o bem ou para o mal.
Assim, ou alguns espíritos recém criados que deveriam ser moralmente neutros em sua ignorância primitiva degeneram para uma condição moral análoga à demoníaca, violando a lei do progresso, ou os espíritos humanos são criados na condição moral análoga à demoníaca, violando o princípio de ser na origem simples e ignorantes.

 
Citar
estes cursos me fizeram lembrar de  outro forista que  após ter estudado anos a RC atingindo o elevado nivel 12 grau, virou um ateu!
Bom, vários cursos feitos sob os auspícios de quem deseje promover suas crenças religiosas só atrapalharão a capacidade de discernimento de quem de fato deseje estudar a realidade por detrás de crenças.
Não foi meu caso, Sr. Spencer interpretou mal.
M/mãe ela própria começou a se tocar que era fantasia - não fraude no nosso meio, veja bem! - e acabou abandonando.
E eu passei a estudar de fato o espiritismo duma forma independente agora depois de velho no OP.
Até porque só agora com a INTERNET se tem acesso a bibliografias de verdade. Antes se ficava limitado ao que era produzido pelos próprios interessados - basicamente  a FEB, claro - e em português. Ou seja: literatura séria independente sobre o tema era completamente inacessível até, say, lá por 2005.
Citar
mas até agora ninguem nem ao menos ousou a especular o por que do sofrimento animal :?: :?: :?: :?: :?: :?:
Não, justo é isso que estou tentando lhe explicar há vários dias...
Como os saint-simonistas e muito em particular o Jean Reynaud não se preocupavam com "animais" - JR até mesmo desprezando-os como lhe mostrei na referência - especulo que o Kardec estivesse sob essa influência ao escrever essa parte da Doutrina.
Veja que ele seguiu à risca o road map traçado pelo JR no Terra & Céu, então...
Claro, como bem o Sr. apontou ontem, depois que o LE1 já estava em circulação estourou o Origem do Darwin, e então os "espíritos" passaram a rever alguns pontos.
Mas não esse do sofrimento sem justificativa.
 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 04 de Abril de 2017, 14:53:33
Gorducho, eu lhe dei razões para refletir sobre o sofrimento dos animais, e isto com o amparo da fisiologia que aponta a disparidade entre o sistema nervoso humano e o dos animais.
Ontem, no programa "clinica veterinária, animal" uma égua se feriu numa cerca de arame farpado. O ferimento imenso tinha 15 cm de profundidade e outro tanto de largura. Já infeccionado o médico fez o debridamento sem anestésico e o animal sequer se arredou da posição.
Tente uma experiência dessas com um humano.
Dá para deduzir alguma coisa ou é preciso desenhar. Arre!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 04 de Abril de 2017, 15:01:07
Conhece "animais" Sr. Spencer  :?:
Já viu algum ou só conhece via TV Globo, YouTube, parque temático, ou algum safari pra turista rico :?:
Já criou galinhas  :?:
Nós em casa temos agora 5 cachorros + 1 gato que apareceu. Já tivemos 9...
E vocês  :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Freya em 04 de Abril de 2017, 15:59:13
Kardecismo é como se fosse uma espécie de "catolicismo" pretensamente científico (só que não, rs), e que, dentre outras coisas, trouxe esse ar mais "High tech" para a culpa, o pecado e a expiação dos mesmos, bem como modernizou o entendimento da antiga "coisificação animal", porém mantendo a ideia de superioridade humana sobre as demais espécies, desta vez excluindo outros humanos de raças outrora consideradas "menos evoluídas espiritualmente", como negros e índios que juntamente com os animais não tinham alma, para os católicos.
Por isso, entendem que animais têm um "princípio espiritual", e não um espírito prontinho, já formado com tudin direitin, conforme as leis de deus para a gestação do espírito. Portanto, existe uma hierarquização espiritual entre animais humanos e não humanos, o que não se vê, por exemplo, no budismo e algumas outras religiões orientais, embora os kardecistas tenham importado alguns elementos do oriente, de maneira bem distorcida e enviesada, como o karma.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 04 de Abril de 2017, 17:35:55
O Kardec pegou dos socialistas "românticos" (depois ridicularizados pelo Marx e pelo Engels como "utópicos").
Esses sim, claro, tinham importado distorcidamente do oriente.
E o Jean Reynaud desenvolveu toda uma idealização relativamente aos druidas - que de fato eram reencarnacionistas...- como se fossem de certa forma como que precursores do cristianismo. Era uma forma de promover o nacionalismo francês contra o imperialismo cultural de Roma. Daí que o Kardec acabou imaginado que tinha sido um (claro...) sacerdote druida e tudo...
Só que o objetivo dessa nova reencarnação era promover a "justiça social" pois depois da débâcle generalizada de '48 eles estavam algo escaldados com revoluções.
Então Deus se encarregaria de fazer essa "justiça" a longo prazo via uma integral de todas as encarnações de cada alma.

Se alguém tiver interesse em compreender o porque dessa reencarnação, leia o capítulo I do livro da Lynn L Sharp
https://books.google.com.br/books/about/Secular_Spirituality.html?id=CsFbaq9ysOIC&redir_esc=y

E sim, o objetivo inicial era reformar o catolicismo. Jean Reynaud observa - e bem...- que a igreja (que pra essas pessoas era sinônimo de católica, eles sempre foram católicos) que nenhum concílio (ele faz um aperçu de todas etapas da igreja e dos concílios) se preocupou em dogmatizar o que aconteceria com as almas depois da morte. E que caberia à Gália, por seu "espírito" herdado dos druidas reencarnacionistas, executar essa tarefa.
Foi o que o Kardec procurou fazer. Lendo-se ambos vê-se claramente que a esperança era serem aceitos pelo establishment católico. O plano inicial nunca foi uma ruptura, percebe-se.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 05 de Abril de 2017, 21:35:30
Gorducho, eu lhe dei razões para refletir sobre o sofrimento dos animais, e isto com o amparo da fisiologia que aponta a disparidade entre o sistema nervoso humano e o dos animais.
Ontem, no programa "clinica veterinária, animal" uma égua se feriu numa cerca de arame farpado. O ferimento imenso tinha 15 cm de profundidade e outro tanto de largura. Já infeccionado o médico fez o debridamento sem anestésico e o animal sequer se arredou da posição.
Tente uma experiência dessas com um humano.
Dá para deduzir alguma coisa ou é preciso desenhar. Arre!
Arre égua? ha.a.ha..ha.ha..ha
que deus bonzinho não? menos cerebro para os que possuem maior resistência fisica?
não justifica mesmo!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 05 de Abril de 2017, 21:37:11
Conhece "animais" Sr. Spencer  :?:
Já viu algum ou só conhece via TV Globo, YouTube, parque temático, ou algum safari pra turista rico :?:
Já criou galinhas  :?:
Nós em casa temos agora 5 cachorros + 1 gato que apareceu. Já tivemos 9...
E vocês  :?:
Nossa! Seu Gorducho, que cachorrada é essa?
 :cachorro: :cachorro: :cachorro: :cachorro: :cachorro: :neko:
O SR. comeu suas galinhas?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 06 de Abril de 2017, 11:01:42
Citar
Conhece "animais" Sr. Spencer  :?:
Já viu algum ou só conhece via TV Globo, YouTube, parque temático, ou algum safari pra turista rico :?:
Já criou galinhas  :?:
Nós em casa temos agora 5 cachorros + 1 gato que apareceu. Já tivemos 9...
E vocês  :?:
Não me fazem falta, a não ser na clínica veterinária em que sou sócio.
A propósito desta sociedade, falarei mais tarde, pois meu tempo a frente do PC se esvaiu.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 06 de Abril de 2017, 18:29:30
Citar
Conhece "animais" Sr. Spencer  :?:
Já viu algum ou só conhece via TV Globo, YouTube, parque temático, ou algum safari pra turista rico :?:
Já criou galinhas  :?:
Nós em casa temos agora 5 cachorros + 1 gato que apareceu. Já tivemos 9...
E vocês  :?:
Não me fazem falta, a não ser na clínica veterinária em que sou sócio.
A propósito desta sociedade, falarei mais tarde, pois meu tempo a frente do PC se esvaiu.
Vamos responder agora, se já vi animais ou se os conheço pela TV.
Fui criado numa modesta fazenda no interior de MG, na pequena Cachoeira das Almas, distrito de Pará de Minas. Porcos, vacas, cavalos; ainda que pouco, davam bastante trabalho. Aos onze anos sai de lá, para estudar.
Bom, a primeira parte está respondida, certo?
Sou sócio de uma clínica veterinária? Não no sentido literal, explico:
Temos uma funcionária, solteirona de meia idade que trabalha conosco há doze anos. Ela tem cachorros, papagaio e, adivinhe, uma tartaruga.
A três quarteirões de minha casa tem uma pequena clínica para pets e volta e meia tenho que apanhar algum animal na casa da Mirtes (a funcionária) e trazê-lo para a clínica. Gasto uns bons trocados nisto e me sinto quase um sócio desta clinica.
Agora, com tudo isto confesso: sou vegetariano e não gosto de animais dentro de casa. Jamais teria gato, cachorro, passarinho.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 06 de Abril de 2017, 19:33:21
Perfeito... o que pra mim saltou à vista desde logo:  não tem nenhuma empatia com  "animais" e acha que humanos não são animais...
Aliás... na mesma linha do seu útil comentário (alguns dos grandes sociopatas abraçavam igual sentimento. O Jason, Freddy Krueger, Mike Mayers, Leatherface), falta de empatia...
Quiçá trauma de infância face aos percalços infantis... quiçá não seja o Jean Reynaud reencarnado :?:



Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 06 de Abril de 2017, 21:16:55
Citar
Perfeito... o que pra mim saltou à vista desde logo:  não tem nenhuma empatia com  "animais" e acha que humanos não são animais...
Você não tem como saber se tenho ou não empatia com animais... apenas disse que não gosto de animais dentro de casa.
Se vc for casado e tiver crianças pequenas verá que o trabalho para a sra. sua esposa estará aumentado e as crianças correm risco de certos contágios.

Por favor me esclareça algo que não compreendi até agora: a parte sublinhada acima.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 06 de Abril de 2017, 23:05:32
Por isso lhe digo que não fecha, Sr. Criaturo.
Mas note que ele andou mudando algumas coisas entre o LE 1.0 e o 2 pois que nesse interim apareceu a obra do Darwin.
É obvio que esse desprezo pelos "animais", e achar que "homens" não são "animais", se deve-se à influência dessa turma.

O colega está fazendo a maior confusão entre a alma/espírito e o corpo.

Primeira edição do O livro dos espíritos:

34 — No físico o Homem é, igualmente, superior aos animais?

«No físico o Homem é como os animais e menos bem provido do que muitos deles; a Natureza lhes proporcionou tudo quanto o Homem necessita inventar pela inteligência para as suas precisões e conservação.»

Nota — Pelo corpo físico o Homem é ser orgânico análogo aos animais, sujeito às mesmas precisões e dotado dos mesmos instintos para as prover. Seu corpo fica submisso à mesma lei de decomposição, e a sua constituição, mesmo, o tornaria inferior a muitos dentre eles se não fora suprida pela superioridade da sua inteligência.



E sobre os animais também:


— Que pensarmos da destruição que excede o limite da necessidade e da segurança, como, por exemplo, a da caça, quando não tem por fim senão o prazer de destruir sem utilidade?

«Predominância da animalidade sobre a natureza espírita. Toda destruição que exceder o limite da necessidade é violação da Lei Divina.»


Como pode ver, o espiritismo é contra a matança desnecessária dos animais, como a caça, os churrascos, os lanches do Mc Donalds, emfim, toda matança que serve apenas para satisfação do prazer, é contra as leis de Deus.  A doutrina espírita diz que a alimentação carnívora só é permitida quando for para a necessidade alimentar. A carne do churrasco, do Mc Donalds, do espetinho da esquina, ou até mesmo a carne do dia da mesa da maioria das pessoas, não estão comendo para alimentar, estão comendo para satisfazer prazeres. Quem come carne para se alimentar e por necessidade são os povos primitivos que estão afastados da civilização e que não possuem condições e facilidades de produzir abundância de alimentos para substituir a carne, como nós temos.


734. Em seu estado atual, tem o homem direito ilimitado de destruição sobre os animais?

“Tal direito se acha regulado pela necessidade, que ele tem, de prover ao seu sustento e à sua segurança. O abuso jamais constituiu direito.”

735. Que se deve pensar da destruição, quando ultrapassa os limites que as necessidades e a segurança traçam? Da caça, por exemplo, quando não objetiva senão o prazer de destruir sem utilidade?

“Predominância da bestialidade sobre a natureza espiritual. Toda destruição que excede os limites da necessidade é uma violação da lei de Deus. Os animais só destroem para satisfação de suas necessidades; enquanto que o homem, dotado de livre-arbítrio, destrói sem necessidade. Terá que prestar contas do abuso da liberdade que lhe foi concedida, pois isso significa que cede aos maus instintos.”



Pode dizer que o espiritismo aconselha o vegetarianismo, mas um tipo de vegetarianismo mais flexível, porque em casos onde há poucos recursos de alimentos, como os índios que vivem em tribos isoladas, povos africanos que tem poucos recursos etc, ele aconselha o consumo de carne.

Na doutrina espírita os animais são como irmãos inferiores, inferior no sentido de menos adiantados, e cabe a nós cuidar e protege los, como cuidamos e protegemos as crianças.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 07:51:14
Citar
Perfeito... o que pra mim saltou à vista desde logo:  não tem nenhuma empatia com  "animais" e acha que humanos não são animais...
Você não tem como saber se tenho ou não empatia com animais... apenas disse que não gosto de animais dentro de casa.
Se vc for casado e tiver crianças pequenas verá que o trabalho para a sra. sua esposa estará aumentado e as crianças correm risco de certos contágios.

Por favor me esclareça algo que não compreendi até agora: a parte sublinhada acima.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 07 de Abril de 2017, 08:36:25
Admito um gap evolutivo entre homens e animais que se baseia no OLE:

597 a) - Será esse princípio (Princípio inteligente dos animais) uma alma semelhante à do homem?
“É também uma alma, se quiserdes, dependendo isto do sentido que se der a esta palavra. É, porém, inferior à do homem. Há entre a alma dos animais e a do homem distância equivalente à que medeia entre a alma do homem e Deus.”

598. Após a morte, conserva a alma dos animais a sua individualidade e a consciência de si mesma?
“Conserva sua individualidade; quanto à consciência do seu eu, não. A vida inteligente lhe permanece em estado latente.”
.........................................
Explica-se este aparente exagero porque, ainda inadmissível para a Ciência, o animal jamais alcançaria a evolução consumada de um homem apenas pelos mecanismos da evolução natural.
Aqui, mais uma vez, a literatura complementar (Ev2Mundos,ALuiz) faz luz sobre a questão.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 08:40:36
O colega está fazendo a maior confusão entre a alma/espírito e o corpo.
Não é esse o ponto.
O ponto é a reencarnação com acoplamentos expiatórios - veja: diferente da reencarnação sem dogmas acoplados como a do Ian Stevenson, por exemplo - e o sofrimento dos "animais" que é injustificável pra quem tenha esse tipo de crença teleológica como vocês.

Quanto ao vegetarianismo dou mão-à-palmatória p/Sr. + Sr. Spencer.
Minha alimentação é baseada em carnes, principalmente a bovina quando se consegue algo razoavelmente comível desses zebuínos cá no .br comercializados.
Sempre me pesa a consciência por isso...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 07 de Abril de 2017, 08:50:03
O colega está fazendo a maior confusão entre a alma/espírito e o corpo.
Não é esse o ponto.
O ponto é a reencarnação com acoplamentos expiatórios - veja: diferente da reencarnação sem dogmas acoplados como a do Ian Stevenson, por exemplo - e o sofrimento dos "animais" que é injustificável pra quem tenha esse tipo de crença teleológica como vocês.

Quanto ao vegetarianismo dou mão-à-palmatória p/Sr. + Sr. Spencer.
Minha alimentação é baseada em carnes, principalmente a bovina quando se consegue algo razoavelmente comível desses zebuínos cá no .br comercializados.
Sempre me pesa a consciência por isso...

A minha sempre pesa também, por não comer tanta carne quanto gostaria....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 08:51:02
Um gap "evolutivo" - que não existe porque cada vez se vai descobrindo os elos, mas tudo bem porque não é o ponto...- não justifica Jeová por eles a sofrerem sofrimentos horrorosos gratuitamente.
Pra nós agnósticos não existe esse problema porque não há teleologias subjacentes ao universo.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 07 de Abril de 2017, 08:56:04
Gorducho, no tópico Razão e Fé comento sobre as razões que levam um homem a ter absoluta convicção na existência de um Deus.
E aqui neste tópico surge, para aquele tipo de crente mais uma evidência, quando o Criador não permite mais arranjado sistema nervoso e psicológico aos animais já prevendo a carnificina a que se entregaria o homem na própria alimentação.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 07 de Abril de 2017, 08:59:46
Um gap "evolutivo" - que não existe porque cada vez se vai descobrindo os elos, mas tudo bem porque não é o ponto...- não justifica Jeová por eles a sofrerem sofrimentos horrorosos gratuitamente.
Pra nós agnósticos não existe esse problema porque não há teleologias subjacentes ao universo.

Quais sofrimentos horrorosos?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 09:09:19
Por isso lhe digo que não fecha, Sr. Criaturo.

Não fecha porque o colega fez a maior confusão


No LE-1 "homens" (i.e., humanos de ambos os sexos, claro!) só encarnam como "homens" desde a Criação [#127].

O que só encarna como homens é o Espírito humano. i.e., o Espírito que passou pelo processo evolutivo e chegou na fase de livre-arbítrio. O espírito dotado de livre-arbítrio só encarna em corpos humanos. O espírito dos animais, dotado de pouco ou nenhum livre-arbítrio, só encarna em corpos de animais.


Citar
Daí aparece o Darwin e na 2ª os espíritos começam a encarnar "progressivamente" dentro dos diversos "reinos" só sendo mantido o dogma de que, após terem pela 1ª vez encarnado como "homens" - i.e., segundo o kardecismo no "reino" "hominal" ("homens" não são animais...) - o espírito jamais voltará e encarnar como "animal" ou "vegetal".

O que encarna progressivamente é o princípio formador do Espírito humano, ou seja, uma partícula simples e individualizada do fluido da vida, ou fluido orgânico, semente da vida, como queira chamar, que Kardec chama de princípio inteligente. Esse princípio inicia nos minerais, nos corpos inorgânicos, através de processos e modificações físicas em suas propriedades. Esse processo dá início à partícula da vida, a semente da vida, formando organismo vivos primitivos ~ A ciência está bem próxima de descobrir isso. As descobertas científicas mais recentes sobre a origem da vida, por exemplo, descobriu fósseis nos filamento de hematita ligado a um aglomerado de ferro. Esses aglomerados um dia foram células microbiaiss (http://www.nature.com/nature/journal/v543/n7643/full/nature21377.html). Mas isso é um outro assunto.

A partir do momento que esse princípio da vida surge nos corpos inorgânicos ele passa por um processo de evolução contínua, passando por todos os reinos da natureza, animando as plantas, depois os corpos mais complexos, se tornando cada vez mais elaborado a medida que desenvolve instintos, depois inteligência e por fim o livre-arbítrio, que é o caso dos espíritos humanos. Esse processo não sofre retrocesso. Os seres, ou as almas/espíritos, que iniciaram esse processo e chegaram no estágio de livre-arbítrio, é o que chamamos de Espírito humano. Os seres que ainda não atingiram esse estágio só podem encarnar em corpos de animais - é o que chamamos de espíritos de animais. É por isso que o espírito que atingiu o estágio de livre-arbítrio jamais voltará a encarnar no corpo de um animal, assim como o espírito que tem apenas capacidade de encarnar em corpos de animais, jamais voltará a animar as plantas.

Note que vem a pergunta, a resposta do "espírito" em guillemets e depois é comentário do Kardec (que na obra vem numa coluna paralela). Até essas alturas, antes de ler o Darwin, ele está bem convicto que as almas não "evoluem" de "animais" pra "hominais".

Tanto na primeira edição como na segunda ou na quinta, as almas evoluem de animais para hominais. O que não acontece é o espírito humano encarnar em corpos de animais depois de já ter adquirido livre-arbítrio, ou o espírito que ainda não desenvolveu livre-arbítrio encarnar em corpos humanos.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 09:33:50
Admito um gap evolutivo entre homens e animais que se baseia no OLE:

597 a) - Será esse princípio (Princípio inteligente dos animais) uma alma semelhante à do homem?
“É também uma alma, se quiserdes, dependendo isto do sentido que se der a esta palavra. É, porém, inferior à do homem. Há entre a alma dos animais e a do homem distância equivalente à que medeia entre a alma do homem e Deus.”

Aqui ele está falando apenas da alma, ou seja, a alma dos animais terá que percorrer um longo caminho até atingir o livre-arbítrio, o que será considerada uma alma humana, uma vez que poderá encarnar em corpos humanos. Se considerar o desenvolvimento da alma dos animais desde o início, ou seja, desde que essa alma deixou de animar as plantas mais superiores e passou a animar os corpos de animais mais inferiores, a distância será a mesma que o espírito humano terá que percorrer até se tornar um espírito puro, i.e., se aproximar do que é Deus.


598. Após a morte, conserva a alma dos animais a sua individualidade e a consciência de si mesma?
“Conserva sua individualidade; quanto à consciência do seu eu, não. A vida inteligente lhe permanece em estado latente.”
.........................................

A consciência de si mesmo é a capacidade de raciocinar continuamente, o que não é possível nos animais. Por essa razão que eles não conservam a consciência do seu eu, apenas fragmentos, dependendo do grau dos animais mais superiores. A partir do momento que a alma dos animais atingir um grau evolutivo e começar a ter consciência do seu eu, ela iniciará seu estágio nos corpos humanos.

Citar
Explica-se este aparente exagero porque, ainda inadmissível para a Ciência, o animal jamais alcançaria a evolução consumada de um homem apenas pelos mecanismos da evolução natural.

Aqui é onde os espíritas mais se confundem.

O corpo dos animais jamais alcançará a evolução consumada do corpo de um homem, ou seja, o corpo do macaco será sempre corpo de macaco, o do porco será sempre porco, mesmo nos mundos mais superiores que a Terra. Mas a alma que anima o corpo do macaco, do porco etc, ela se desenvolverá e se tornará um espírito humano, capaz de encarnar em corpos humanos. 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 09:52:00
127 — L'âme de l'homme n'aurait-elle point été d'abord le principe de vie des derniers êtres vivants de la création pour arriver, par une loi progressive, jusqu'à l'homme en parcourant les divers degrés de l'échelle organique ?
« Non ! non ! hommes nous sommes nés. »
« Chaque chose progresse dans son espèce et dans son essence ; l'homme n'a jamais été autre chose qu'un homme. »

COMENTÁRIO DO KARDEC (coluna da direita)
Quelle que soit la diversité des existences par lesquelles passe notre esprit ou notre âme, elles appartiennent toutes à l'humanité ; ce serait une erreur de croire que, par une loi progressive, l'homme a passé par les différents degrés de l'échelle organique pour arriver à son état actuel. Ainsi son âme n'a point été d'abord le principe de vie des derniers êtres animés de la création pour arriver successivement au degré supérieur : à l'homme.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 07 de Abril de 2017, 10:20:23
As bobagens de Kardec ditas em francês ficam mais elegantes mas continuam bobagens.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 10:42:26
127 — L'âme de l'homme n'aurait-elle point été d'abord le principe de vie des derniers êtres vivants de la création pour arriver, par une loi progressive, jusqu'à l'homme en parcourant les divers degrés de l'échelle organique ?
« Non ! non ! hommes nous sommes nés. »
« Chaque chose progresse dans son espèce et dans son essence ; l'homme n'a jamais été autre chose qu'un homme. »

COMENTÁRIO DO KARDEC (coluna da direita)
Quelle que soit la diversité des existences par lesquelles passe notre esprit ou notre âme, elles appartiennent toutes à l'humanité ; ce serait une erreur de croire que, par une loi progressive, l'homme a passé par les différents degrés de l'échelle organique pour arriver à son état actuel. Ainsi son âme n'a point été d'abord le principe de vie des derniers êtres animés de la création pour arriver successivement au degré supérieur : à l'homme.


"A alma do Homem não teria sido primitivamente o Princípio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação, que chegou, ex-vi de lei progressiva, até o ser humano, percorrendo os diversos graus da escala orgânica?

- Não! Não! Os Espíritos, homens somos desde natos. Cada ser vivo só progride na sua espécie e em sua essência. O Homem não foi jamais outro ser senão homo.

Comentário de Kardec: Seja qual for a diversidade das existências por que passe o nosso espírito ou nossa alma, elas pertencem todas à espécie humana; seria um erro supor que, ex-vi duma lei progressiva, o Homem haja passado pelos diferentes graus da escala orgânica para chegar a seu estado atual. Assim, sua alma não foi inicialmente o Principio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação que chegou sucessivamente ao grau superior: Ao Homem."



O princípio formador da alma do homem já estava definido desde o início da sua formação, ou seja, desde o mineral. Ela seguiu sua própria linha desde o início de sua formação, assim como todas as espécies. Uma espécie não se transformou em outra espécie. Homo somos desde natos, diz o espírito.

Kardec só estava esclarecendo que a alma do homem não passou por todas as espécies e por todos os seres vivos. Ela seguiu uma linha própria, a da especie homo. 




Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 10:48:15
Puxa... "ex-vi" é bem criativo  :ok:
Claro, e depois apareceu o livro do Darwin e ele mudou o discurso, certo :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 10:53:21
Puxa... "ex-vi" é bem criativo  :ok:
Claro, e depois apareceu o livro do Darwin e ele mudou o discurso, certo :?:

Como assim ele mudou o discurso?

A única diferença do discurso de Darwin para o de Kardec é que Darwin acreditava que todas as espécie tiveram origem em um organismo comum. Kardec diz que desde o mineral as espécies já foram definidas. Os diferentes tipos de minerais deram origem a formação de organismos das diferentes espécies.



E kardec não mudou esse discurso.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 11:34:59
Depois que apareceu o livro do Darwin, as almas passaram a "evoluir" desde "animais" até virarem "hominais" e quiçá arcanjos.
Vou me socorrer citando Sr. Criaturo acima, negritos meus:

 – Duas coisas podem ter a mesma origem e não se assemelharem em nada mais tarde. Quem reconheceria a árvore, suas folhas, suas flores e seus frutos no germe informe que se contém na semente de onde saíram? No momento em que o princípio inteligente atinge o grau necessário para ser Espírito e entrar no período de humanidade, não tem mais relação com o seu estado primitivo e não é mais a alma dos animais, como a árvore não é a semente. No homem, somente existe do animal o corpo, as paixões que nascem da influencia do corpo e os instintos de conservação inerente à matéria Não se pode dizer, portanto, que tal homem, é a encarnação do Espírito de tal animal, e. por conseguinte a metempsicose, tal como a entendem

Para o que Sr. Criaturo comenta acertadamente: (aqui fica clara que a alma humana é a evolução da alma animal)

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 11:51:11
As bobagens de Kardec ditas em francês ficam mais elegantes mas continuam bobagens.
Não se trata disso. É que é o LE 1.0 que não tem tradução circulante, pelo menos que eu me lembre.
Foi feita uma edição em papel especial muitos anos atrás, mas não tenho ele (o livro esse em papel)
(http://2.bp.blogspot.com/-1_CdbcrlDHY/UvT_nwHe25I/AAAAAAAAAYE/-0VLEUvJBvw/s1600/o-livro-dos-espiritos-1957-edicao-por-canuto-abreu.jpg)
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 12:06:36
Depois que apareceu o livro do Darwin, as almas passaram a "evoluir" desde "animais" até virarem "hominais" e quiçá arcanjos.
Vou me socorrer citando Sr. Criaturo acima, negritos meus:

 – Duas coisas podem ter a mesma origem e não se assemelharem em nada mais tarde. Quem reconheceria a árvore, suas folhas, suas flores e seus frutos no germe informe que se contém na semente de onde saíram? No momento em que o princípio inteligente atinge o grau necessário para ser Espírito e entrar no período de humanidade, não tem mais relação com o seu estado primitivo e não é mais a alma dos animais, como a árvore não é a semente. No homem, somente existe do animal o corpo, as paixões que nascem da influencia do corpo e os instintos de conservação inerente à matéria Não se pode dizer, portanto, que tal homem, é a encarnação do Espírito de tal animal, e. por conseguinte a metempsicose, tal como a entendem

Para o que Sr. Criaturo comenta acertadamente: (aqui fica clara que a alma humana é a evolução da alma animal)



Antes de Darwin, ou seja, na primeira edição do livro dos espíritos, as almas sempre evoluíram passando pelos corpos de animais até os corpos hominais.

Essa questão é sobre a Metempsicose, ou seja, a ideia de que as almas humanas regrediam e encarnavam em corpos de animais. Kardec está esclarecendo que isso não é possível, que uma vez que a alma atinge o grau necessário para ser Espírito humano, perde toda a relação com o seu estado primitivo e não é mais alma dos animais, assim como uma lagarta que entrou no estágio de borboleta não é mais lagarta.






Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 12:19:12
Citar
Conhece "animais" Sr. Spencer  :?:
Já viu algum ou só conhece via TV Globo, YouTube, parque temático, ou algum safari pra turista rico :?:
Já criou galinhas  :?:
Nós em casa temos agora 5 cachorros + 1 gato que apareceu. Já tivemos 9...
E vocês  :?:
Não me fazem falta, a não ser na clínica veterinária em que sou sócio.
A propósito desta sociedade, falarei mais tarde, pois meu tempo a frente do PC se esvaiu.
minha filha iniciou o curso de veterinaria ela possui muita afinidades com bichos :ok:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 12:21:45
Perfeito... o que pra mim saltou à vista desde logo:  não tem nenhuma empatia com  "animais" e acha que humanos não são animais...
Aliás... na mesma linha do seu útil comentário (alguns dos grandes sociopatas abraçavam igual sentimento. O Jason, Freddy Krueger, Mike Mayers, Leatherface), falta de empatia...
Quiçá trauma de infância face aos percalços infantis... quiçá não seja o Jean Reynaud reencarnado :?:
pessoas que vivem comendo animais possuem empatia pela carne deles  :no:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 07 de Abril de 2017, 12:24:50
Perfeito... o que pra mim saltou à vista desde logo:  não tem nenhuma empatia com  "animais" e acha que humanos não são animais...
Aliás... na mesma linha do seu útil comentário (alguns dos grandes sociopatas abraçavam igual sentimento. O Jason, Freddy Krueger, Mike Mayers, Leatherface), falta de empatia...
Quiçá trauma de infância face aos percalços infantis... quiçá não seja o Jean Reynaud reencarnado :?:
pessoas que vivem comendo animais possuem empatia pela carne deles  :no:

Por tudo que foi exposto aqui ao comer uma saborosa picanha estou permitindo ao animal e a alma que nele habita efetuar seu resgate Kármico.... Então sou um instrumento de evolução, oras....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 12:26:45
O colega está fazendo a maior confusão entre a alma/espírito e o corpo.
Não é esse o ponto.
O ponto é a reencarnação com acoplamentos expiatórios - veja: diferente da reencarnação sem dogmas acoplados como a do Ian Stevenson, por exemplo - e o sofrimento dos "animais" que é injustificável pra quem tenha esse tipo de crença teleológica como vocês.

Quanto ao vegetarianismo dou mão-à-palmatória p/Sr. + Sr. Spencer.
Minha alimentação é baseada em carnes, principalmente a bovina quando se consegue algo razoavelmente comível desses zebuínos cá no .br comercializados.
Sempre me pesa a consciência por isso...

só se sua consciência  estiver localizada dentro da barriga :lol:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 12:37:47
voce se sente um animal carnívoro?

por que voce  limita seu ser  a um monte de carne, não existe ai dentro um  espirito de comando?
somente animais menos racionais obedecem a  instintos escravizantes e para nossa vergonha muitos deles costumam se libertar contrariando o próprio instinto, como adotar ao invés de devorar sua caça!
temos tambem os animais psicopatas que buscam sassearem suas bestialidades a qualquer preço  sem compromisso com a dor dos outros!
gostar de se alimentar de carne é o primeiro passo dado na direção do canibalismo na épocas de vacas magras !
Voce olha para um animal e ve um alimento eu vejo um ser muito proximo de mim!
o ser evoluído mata o ser inferior?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 12:43:10
Gorducho, no tópico Razão e Fé comento sobre as razões que levam um homem a ter absoluta convicção na existência de um Deus.
E aqui neste tópico surge, para aquele tipo de crente mais uma evidência, quando o Criador não permite mais arranjado sistema nervoso e psicológico aos animais já prevendo a carnificina a que se entregaria o homem na própria alimentação.

se insensibilidade e falta de uma maior consciência for algum tipo de dadiva divina então pedras são seres agraciados?
o Sr. acha a cadeia alimentar não é uma obra divina?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 13:01:36
Essa questão é sobre a Metempsicose, ou seja, a ideia de que as almas humanas regrediam e encarnavam em corpos de animais. Kardec está esclarecendo que isso não é possível, que uma vez que a alma atinge o grau necessário para ser Espírito humano, perde toda a relação com o seu estado primitivo e não é mais alma dos animais, assim como uma lagarta que entrou no estágio de borboleta não é mais lagarta.
A questão é sobre a metempsicose porém está claríssimo que não só não retorna (metempsicose), como nunca foi.
O Sr. mesmo cometa: Kardec só estava esclarecendo que a alma do homem não passou por todas as espécies e por todos os seres vivos. Ela seguiu uma linha própria, a da especie homo.
Ou não foi o Sr. quem fez esse comentário :?: 




Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 13:02:36

No LE-1 "homens" (i.e., humanos de ambos os sexos, claro!) só encarnam como "homens" desde a Criação [#127].

O que só encarna como homens é o Espírito humano. i.e., o Espírito que passou pelo processo evolutivo e chegou na fase de livre-arbítrio. O espírito dotado de livre-arbítrio só encarna em corpos humanos. O espírito dos animais, dotado de pouco ou nenhum livre-arbítrio, só encarna em corpos de animais.
[/quote]
creio que desde o principio da  bactéria ao anjo só exista o mesmo  espirito em evolução.
digamos que ele é do tipo adaptável ao meio

Citar
Daí aparece o Darwin e na 2ª os espíritos começam a encarnar "progressivamente" dentro dos diversos "reinos" só sendo mantido o dogma de que, após terem pela 1ª vez encarnado como "homens" - i.e., segundo o kardecismo no "reino" "hominal" ("homens" não são animais...) - o espírito jamais voltará e encarnar como "animal" ou "vegetal".

O que encarna progressivamente é o princípio formador do Espírito humano, ou seja, uma partícula simples e individualizada do fluido da vida, ou fluido orgânico, semente da vida, como queira chamar, que Kardec chama de princípio inteligente. Esse princípio inicia nos minerais, nos corpos inorgânicos, através de processos e modificações físicas em suas propriedades. Esse processo dá início à partícula da vida, a semente da vida, formando organismo vivos primitivos ~ A ciência está bem próxima de descobrir isso. As descobertas científicas mais recentes sobre a origem da vida, por exemplo, descobriu fósseis nos filamento de hematita ligado a um aglomerado de ferro. Esses aglomerados um dia foram células microbiaiss (http://www.nature.com/nature/journal/v543/n7643/full/nature21377.html). Mas isso é um outro assunto. [/quote]

não importa o nome que se de durante o processo evolutivo trata-se da mesma coisa, por exemplo semente =  arvore, o ovo, a larva que habitam as aguas é o mosquito que voa,   gameta= feto = homem , apenas se apresentam em  diferentes estágios  de evolução!




Citar
A partir do momento que esse princípio da vida surge nos corpos inorgânicos ele passa por um processo de evolução contínua, passando por todos os reinos da natureza, animando as plantas, depois os corpos mais complexos, se tornando cada vez mais elaborado a medida que desenvolve instintos, depois inteligência e por fim o livre-arbítrio, que é o caso dos espíritos humanos. Esse processo não sofre retrocesso. Os seres, ou as almas/espíritos, que iniciaram esse processo e chegaram no estágio de livre-arbítrio, é o que chamamos de Espírito humano. Os seres que ainda não atingiram esse estágio só podem encarnar em corpos de animais - é o que chamamos de espíritos de animais. É por isso que o espírito que atingiu o estágio de livre-arbítrio jamais voltará a encarnar no corpo de um animal, assim como o espírito que tem apenas capacidade de encarnar em corpos de animais, jamais voltará a animar as plantas.

discordo do fato da involução ser impossível, pois filosoficamente se a passagem para evolução é o livre arbitrio justamente ele poderia tambem conduzir para involução do tipo do Anjo ao Diabo.
se  o espiritismo diz que devorar animais é justificavel apenas aos menos racionais, então o que dizer dos canibais humanos ?
A evolução se da segundo a vontade e a natureza modifica os corpos conforme  a vontade cria necessidades.
Se um homem age deliberamente como um animal é natural que sua mente comece acreditar que de fato seja um.
mas digo que a involução ou evolução não trata-se apenas da vontade e sim mais da necessidade!



Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 07 de Abril de 2017, 13:14:33
voce se sente um animal carnívoro?

por que voce  limita seu ser  a um monte de carne, não existe ai dentro um  espirito de comando?
somente animais menos racionais obedecem a  instintos escravizantes e para nossa vergonha muitos deles costumam se libertar contrariando o próprio instinto, como adotar ao invés de devorar sua caça!
temos tambem os animais psicopatas que buscam sassearem suas bestialidades a qualquer preço  sem compromisso com a dor dos outros!
gostar de se alimentar de carne é o primeiro passo dado na direção do canibalismo na épocas de vacas magras !
Voce olha para um animal e ve um alimento eu vejo um ser muito proximo de mim!
o ser evoluído mata o ser inferior?

Eu vejo um ser abaixo de mim na pirâmide alimentar, fonte de alimento para uma espécie onívora. Eu não adoto gado, embora tenhamos alguns "de estimação", normalmente aleijados, que não vendemos em hipótese alguma. Já nascem ferrados, então reservamos um pasto para que ao menos tenham um vida tranquila. De resto, não faço amizade com a comida. O seu raciocínio também pode ser aplicado a alfaces, já pensou nisso?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 14:02:40
Essa questão é sobre a Metempsicose, ou seja, a ideia de que as almas humanas regrediam e encarnavam em corpos de animais. Kardec está esclarecendo que isso não é possível, que uma vez que a alma atinge o grau necessário para ser Espírito humano, perde toda a relação com o seu estado primitivo e não é mais alma dos animais, assim como uma lagarta que entrou no estágio de borboleta não é mais lagarta.
A questão é sobre a metempsicose porém está claríssimo que não só não retorna (metempsicose), como nunca foi.
O Sr. mesmo cometa: Kardec só estava esclarecendo que a alma do homem não passou por todas as espécies e por todos os seres vivos. Ela seguiu uma linha própria, a da especie homo.
Ou não foi o Sr. quem fez esse comentário :?: 






O que eu disse foi que o espírito do homem não passou por todas as espécies de animais, ele seguiu o seu próprio caminho dentro da sua própria espécie, ou seja, antes do espírito do homem ter chegado no homem, ele passou apenas pelos corpos dos animais de sua filogenia, desde o mineral até o homem. Ele não passou por todas as espécies e por todas cadeia filogenética da vida. Foi isso que Kardec disse naquele comentário.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 14:12:26
Perfeito...
Mas não é o que diz a questão. A questão responde claramente que espíritos que hoje animam humanos jamais animaram "animais" ou outros seres (quiçá plantas?).
Me sirvo da sua perfeita e criativa tradução, só salientando o que corresponde:

A alma do Homem não teria sido primitivamente o Princípio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação, que chegou, ex-vi de lei progressiva, até o ser humano, percorrendo os diversos graus da escala orgânica?

- Não! Não! Os Espíritos, homens somos desde natos. Cada ser vivo só progride na sua espécie e em sua essência. O Homem não foi jamais outro ser senão homo.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 14:29:07

No LE-1 "homens" (i.e., humanos de ambos os sexos, claro!) só encarnam como "homens" desde a Criação [#127].

Citar
O que só encarna como homens é o Espírito humano. i.e., o Espírito que passou pelo processo evolutivo e chegou na fase de livre-arbítrio. O espírito dotado de livre-arbítrio só encarna em corpos humanos. O espírito dos animais, dotado de pouco ou nenhum livre-arbítrio, só encarna em corpos de animais.
creio que desde o principio da  bactéria ao anjo só exista o mesmo  espirito em evolução.
digamos que ele é do tipo adaptável ao meio

É o mesmo espírito em evolução. Eu estava apenas explicando que o princípio formador do espírito humano que chegou na fase humana não encarna mais fase animal, e o mesmo princípio formador do espírito humano que está no grau evolutivo dos animais, só encarna em corpos de animais.


Não importa o nome que se de durante o processo evolutivo trata-se da mesma coisa, por exemplo semente =  arvore, o ovo, a larva que habitam as aguas é o mosquito que voa,   gameta= feto = homem , apenas se apresentam em  diferentes estágios  de evolução!

É o mesmo coisa, mesmo princípio em diferentes estágios de evolução. Eu citei apenas o espírito humano porque é o ultimo grau que ele atinge. Então, quando eu falo princípio formador do espírito humano eu estou falando de todos os princípios que formam todos os seres vivos. Usei essa linguagem porque me parece mais fácil para explicar a quem é cético do que falar de princípio inteligente.

Citar
A partir do momento que esse princípio da vida surge nos corpos inorgânicos ele passa por um processo de evolução contínua, passando por todos os reinos da natureza, animando as plantas, depois os corpos mais complexos, se tornando cada vez mais elaborado a medida que desenvolve instintos, depois inteligência e por fim o livre-arbítrio, que é o caso dos espíritos humanos. Esse processo não sofre retrocesso. Os seres, ou as almas/espíritos, que iniciaram esse processo e chegaram no estágio de livre-arbítrio, é o que chamamos de Espírito humano. Os seres que ainda não atingiram esse estágio só podem encarnar em corpos de animais - é o que chamamos de espíritos de animais. É por isso que o espírito que atingiu o estágio de livre-arbítrio jamais voltará a encarnar no corpo de um animal, assim como o espírito que tem apenas capacidade de encarnar em corpos de animais, jamais voltará a animar as plantas.

discordo do fato da involução ser impossível, pois filosoficamente se a passagem para evolução é o livre arbitrio justamente ele poderia tambem conduzir para involução do tipo do Anjo ao Diabo.
se  o espiritismo diz que devorar animais é justificavel apenas aos menos racionais, então o que dizer dos canibais humanos ?
A evolução se da segundo a vontade e a natureza modifica os corpos conforme  a vontade cria necessidades.
Se um homem age deliberamente como um animal é natural que sua mente comece acreditar que de fato seja um.
mas digo que a involução ou evolução não trata-se apenas da vontade e sim mais da necessidade!



Não, o espíritismo não apoia essa ideia de forma alguma.

Veja o que Kardec diz sobre a metempsicose na questão 222 do livro dos Espíritos

"Contudo, entre a metempsicose dos Antigos e a moderna doutrina da reencarnação há, como também se sabe, profunda diferença, assinalada pelo fato de os Espíritos rejeitarem, de maneira absoluta, a transmigração da alma do homem para os animais e reciprocamente."

Essa rejeição segue em todo o conjunto da obra.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 07 de Abril de 2017, 15:15:35
Perfeito...
Mas não é o que diz a questão. A questão responde claramente que espíritos que hoje animam humanos jamais animaram "animais" ou outros seres (quiçá plantas?).
Me sirvo da sua perfeita e criativa tradução, só salientando o que corresponde:

A alma do Homem não teria sido primitivamente o Princípio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação, que chegou, ex-vi de lei progressiva, até o ser humano, percorrendo os diversos graus da escala orgânica?

- Não! Não! Os Espíritos, homens somos desde natos. Cada ser vivo só progride na sua espécie e em sua essência. O Homem não foi jamais outro ser senão homo.


É o que diz a questão. Kardec perguntou sobre o Principio Vital. O princípio vital não é o Espírito e nem o princípio formador do espírito, ou seja, o princípio inteligente. O Princípio Vital é o princípio orgânico, o que anima os corpos dos seres vivos, diz respeito apenas ao corpo orgânico. Por ex., se uma pessoa está em coma, seu corpo continua orgânico, seus órgãos continuam funcionando perfeitamente, mas seu espírito está fora do corpo. O que está animando esse corpo é o fluido vital/orgânico, e não a alma, o Espírito. Se o espírito voltar para o corpo, o corpo volta a ser controlado.

É como se Kardec tivesse perguntado, a título didático, se o homem evoluiu do macaco. E não, somos apenas parentes.

O espírito esclareceu que homens somos desde natos, i.e., que o corpo humano sempre foi corpo humano, que foram os Espíritos que passaram pelos diversos graus da escala orgânica.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 15:25:25
voce se sente um animal carnívoro?

por que voce  limita seu ser  a um monte de carne, não existe ai dentro um  espirito de comando?
somente animais menos racionais obedecem a  instintos escravizantes e para nossa vergonha muitos deles costumam se libertar contrariando o próprio instinto, como adotar ao invés de devorar sua caça!
temos tambem os animais psicopatas que buscam sassearem suas bestialidades a qualquer preço  sem compromisso com a dor dos outros!
gostar de se alimentar de carne é o primeiro passo dado na direção do canibalismo na épocas de vacas magras !
Voce olha para um animal e ve um alimento eu vejo um ser muito proximo de mim!
o ser evoluído mata o ser inferior?

Eu vejo um ser abaixo de mim na pirâmide alimentar, fonte de alimento para uma espécie onívora. Eu não adoto gado, embora tenhamos alguns "de estimação", normalmente aleijados, que não vendemos em hipótese alguma. Já nascem ferrados, então reservamos um pasto para que ao menos tenham um vida tranquila. De resto, não faço amizade com a comida. O seu raciocínio também pode ser aplicado a alfaces, já pensou nisso?
um leão tambem te vê abaixo na cadeia alimentar.
me referi a uma leoa que adotou um filhote de guinu.
melhor do que adotar é ter estimação, se preocupar com o bem dos animais é a melhor amizade então é muito feio querer comer nossos amigos!
o certo seria dizer que não faz amizade com animais estranhos, para não sentir-se mal devorando aos que aprendeu a gostar, como se unica diferença entre eles não fosse apenas a sua ignorância pelos mais distantes!
Semelhante dizem: "só como animais  se não ve-lo sendo morto" "eu não tenho coragem de matar apenas de devora-los" hihihihihihihihihihihihi
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 07 de Abril de 2017, 15:53:22


É o mesmo coisa, mesmo princípio em diferentes estágios de evolução. Eu citei apenas o espírito humano porque é o ultimo grau que ele atinge. Então, quando eu falo princípio formador do espírito humano eu estou falando de todos os princípios que formam todos os seres vivos. Usei essa linguagem porque me parece mais fácil para um ateu entender do que falar de princípio inteligente.
Seu Gorducho é um espirita fervoroso,banca o ateu só para poder ter a própria crença especulada!


Citar
Não, o espíritismo não apoia essa ideia de forma alguma.

Veja o que Kardec diz sobre a metempsicose na questão 222 do livro dos Espíritos

"Contudo, entre a metempsicose dos Antigos e a moderna doutrina da reencarnação há, como também se sabe, profunda diferença, assinalada pelo fato de os Espíritos rejeitarem, de maneira absoluta, a transmigração da alma do homem para os animais e reciprocamente."

Essa rejeição segue em todo o conjunto da obra.

sim não aprova , porem tambem não consegue justificar!
se o livre arbitrio é capaz de transformar homens  em anjos,  certamente  tambem pode transforma homens em demônios!
Essa é a moral da historia do anjo lucifer!
se não me engano o budismo crê na reencarnação em animais! ja ouviu essa frase " meu animal só falta falar"
não seria pre conceito dos que acham que não podem cair de quatro...ha...ha..ha..ha..ha..ha
interessante como na teoria se acham acima dos animais e na pratica se rebaixam muito mais!

perceba a contradição não existe livre arbítrio se eu não puder optar por  regredir moralmente, posso optar pelo mesmo sexo, posso me transformar em um corpo de mulher, posso conceber  vidas em vidros, em uteros de alugueis, se posso  virar um viado e porque não ser um veado? pô meu cade a liberdade?
outra contradição , se Deus é evolução ou perfeição maxima (vai saber qual dos dois) o fato de ter criado seres ainda em desenvolvimento , quando poderia nos ter criado iguais a ele, não fez por que não pode? por que não admite concorrência (segundo o deus ciumento de moises),ou  por que é  sadico?

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 16:51:38
É o que diz a questão. Kardec perguntou sobre o Principio Vital. O princípio vital não é o Espírito e nem o princípio formador do espírito, ou seja, o princípio inteligente. O Princípio Vital é o princípio orgânico, o que anima os corpos dos seres vivos, diz respeito apenas ao corpo orgânico.
Não, o princípio vital nesse sentido da pergunta é o princípio que anima o ser, ou seja o espírito que nele encarnou. E é dito com todas letras possíveis que não, as almas que hoje animam humanos não vieram sucessivamente animando "evolucionariamente" corpos de "animais" até começarem a animar corpos de hominais.
Justamente isso foi que mudou da 1ᵃ edição pras outras.
Nesse interim - quase concomitantemente acho - apareceu o Origem, os "espíritos" leram o livro claro, e as almas passaram a "evoluir" vindo animando, via encarnações claro, desde os seres "ínfimos" até humanos.
Ou seja, pour arriver, par une loi progressive, jusqu'à l'homme en parcourant les divers degrés de l'échelle organique.
Es decir: depois do Origem sim, ficou assim.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 07 de Abril de 2017, 17:05:16
sim não aprova , porem tambem não consegue justificar!
se o livre arbitrio é capaz de transformar homens  em anjos,  certamente  tambem pode transforma homens em demônios!
Essa é a moral da historia do anjo lucifer!
Claro! Essa é a contradição intrínseca entre o dogma da reencarnação kardecista acoplado ao dogma da não-retrogradação das almas.
Como foi apontado naquela brilhante análise do Sr. Acauan que aportei acima ou na outra rubrica.
Nesse ponto o Roustaing - apesar das aberrações como fazer de Jesus Cristo um farsante que enganava a própria mãe fingindo mamar...- tem mais coerência que o Kardec, pois reconhece que se existe a tal #10 de espíritos, a figura da queda voluntária pra perdição é  a explicação certa.

MAS NÃO É O PONTO QUE ESTÁ SENDO DEBATIDO
Cá estou mostrando a mudança de discurso do Kardec depois que saiu a obra do Darwin.
 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 08 de Abril de 2017, 00:28:08
Queria entrar numa sessão de materialização com uma câmera destas:


O filme foi feito no escuro.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 07:51:05
Foi o que aconteceu...
A invenção das câmaras de filmagem contínua no IR acabaram com o espiritismo físico: materializações, mesas girantes e telecinese.
Ninguém ata, algema, enjaula ou conecta galvanômetros no "médium". Basta por algumas câmaras adequadamente cobrindo todos ângulos relevantes, conectar numa mesa de controle c/laptops e HD externo pra gravação contínua de toda séance sem cortes.
Gabinete mediunímico 100% clean só com uma poltrona confortável e mesa sem toalhas se necessário. Sem cortinas, flores ou outros aparatos.
Médium veste uma bata e sapatilhas hospitalares (por questão de higiene, claro), supervisionado por um cético do mesmo sexo (claro).
FIM DOS FENÔMENOS
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 08 de Abril de 2017, 08:53:20

MAS NÃO É O PONTO QUE ESTÁ SENDO DEBATIDO
Cá estou mostrando a mudança de discurso do Kardec depois que saiu a obra do Darwin.

QUAIS SERIAM?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 08 de Abril de 2017, 08:59:42
Puxa... "ex-vi" é bem criativo  :ok:
Claro, e depois apareceu o livro do Darwin e ele mudou o discurso, certo :?:

Como assim ele mudou o discurso?

A única diferença do discurso de Darwin para o de Kardec é que Darwin acreditava que todas as espécie tiveram origem em um organismo comum. Kardec diz que desde o mineral as espécies já foram definidas. Os diferentes tipos de minerais deram origem a formação de organismos das diferentes espécies.



E kardec não mudou esse discurso.

Penso o Darwin ter mais razão nesta!
mas a questão que ninguem sabe responder , como foi que   o mineral passou a ter  vida?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 09:44:48
QUAIS SERIAM?
Como é do seu feitio, ao invés de acompanhar e se integrar nas discussões, procura desviar e atrapalhar o fluxo (das ideias em pauta).
A mudança foi que antes do Darwin as almas de hoje humanos (as nossas, say) não começavam seu ciclo encarnatório como "animais" ou quiçá plantas. Já começavam as encarnações como humanoides, ainda que em mundos mais atrasados como Marte (lembre que o Marte kardecista é diferente do Marte xaverianista...).
Depois do Darwin, as almas começam encarnado em animais (ou plantas?) e depois vão "progredindo" - outro dos dogmas espíritas - até passarem a encarnar em corpos humanos.

ENTENDEU AGORA  :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 10:04:08
mas a questão que ninguem sabe responder , como foi que   o mineral passou a ter  vida?
Tem certas questões nos LES (1.0 + 2.x) que eu especulo provenham direto dos famosos 50 cadernos que a turma do Victorien Sardou teria repassado pro Kardec.
Porque são meio estranhas, fora de contexto. Não me parecem ser o estilo do Kardec...
E essa parte da #540 é uma delas.
Pra mim o "espírito" tentou enfeitar o Rumi, daí colocou o termo "cientifico" átomo e substituiu anjo por arcanjo que é a máxima elevação possível...
Mas claro que é nonsense.
Só pura especulação minha. Mas veja que toda estrutura da "resposta" do "espírito" corresponde ao poema:

Fui mineral, morri e me tornei planta,
como planta morri e depois fui animal,
como animal morri e depois fui homem, porque teria eu medo?
Acaso fui rebaixado pela morte?
Vi dois mil homens que eu fui, mas nenhum era tão bom quanto sou hoje.
Morrerei ainda como homem, para elevar-me e estar entre os bem-aventurados anjos.
Entretanto, mesmo esse estado de anjo terei de deixar
.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 08 de Abril de 2017, 11:07:07
Puxa... "ex-vi" é bem criativo  :ok:
Claro, e depois apareceu o livro do Darwin e ele mudou o discurso, certo :?:

Como assim ele mudou o discurso?

A única diferença do discurso de Darwin para o de Kardec é que Darwin acreditava que todas as espécie tiveram origem em um organismo comum. Kardec diz que desde o mineral as espécies já foram definidas. Os diferentes tipos de minerais deram origem a formação de organismos das diferentes espécies.



E kardec não mudou esse discurso.

Penso o Darwin ter mais razão nesta!
mas a questão que ninguem sabe responder , como foi que   o mineral passou a ter  vida?

Há muitos cientistas que já estão defendendo que a vida surgiu dos corpos inorgânicos.

https://www.quantamagazine.org/20140122-a-new-physics-theory-of-life/

http://science.sciencemag.org/content/early/2013/01/30/science.1230020

http://gizmodo.uol.com.br/cientistas-fosseis-mais-antigos-historia/

http://www.revistaencontro.com.br/app/noticia/atualidades/2016/12/16/noticia_atualidades,158196/nasa-descore-forte-indicio-da-existencia-de-vida-em-marte.shtml

http://www.nature.com/nature/journal/v543/n7643/full/nature21377.html

http://super.abril.com.br/ciencia/o-misterio-da-vida/

http://gizmodo.uol.com.br/surgimento-formas-complexas-vida/


(http://i.imgur.com/ZTYP4CM.jpg)



Alguns dos links acima foram para mostrar que todos as descobertas sobre a origem da vida estão relacionadas com as rochas e os minerais. Ou seja, onde quer que encontre os organismos vivos mais primitivos, seja na nos oceanos, na Terra, nos cometas ou fora da Terra, os indícios estão sempre relacionados com os minerais e as rochas. Outros estudos que eu tinha salvo aqui nos favoritos foram perdidos porque os sites expiraram.. Mas uma lida sobre a formação e estrutura dos cristais já dar para ter uma boa noção de como esse processo acontece.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 08 de Abril de 2017, 12:04:25
É o que diz a questão. Kardec perguntou sobre o Principio Vital. O princípio vital não é o Espírito e nem o princípio formador do espírito, ou seja, o princípio inteligente. O Princípio Vital é o princípio orgânico, o que anima os corpos dos seres vivos, diz respeito apenas ao corpo orgânico.
Não, o princípio vital nesse sentido da pergunta é o princípio que anima o ser, ou seja o espírito que nele encarnou. E é dito com todas letras possíveis que não, as almas que hoje animam humanos não vieram sucessivamente animando "evolucionariamente" corpos de "animais" até começarem a animar corpos de hominais.
Justamente isso foi que mudou da 1ᵃ edição pras outras.
Nesse interim - quase concomitantemente acho - apareceu o Origem, os "espíritos" leram o livro claro, e as almas passaram a "evoluir" vindo animando, via encarnações claro, desde os seres "ínfimos" até humanos.
Ou seja, pour arriver, par une loi progressive, jusqu'à l'homme en parcourant les divers degrés de l'échelle organique.
Es decir: depois do Origem sim, ficou assim.

Não. É exatamente o que eu disse. A discussão anterior era sobre a metempsicose, a transmigração da alma de um corpo para o outro. Não importa qual corpo, qualquer alma poderia encarnar no corpo de qualquer animal. Então Kardec pergunta se a alma teria passado por todos os grupo taxonômico da criação, por todas as espécies. O espírito responde que não, que apenas passou pela espécie humana.

Logo depois Kardec comenta: [...] "seria um erro supor que, ex-vi duma lei progressiva, o Homem haja passado pelos diferentes graus da escala orgânica para chegar a seu estado atual. Assim, sua alma não foi inicialmente o Principio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação que chegou sucessivamente ao grau superior: Ao Homem."

Ou seja, o homem não passou pelos diferentes [todos] graus da criação para chegar ao seu estado atual, apenas pela linha evolutiva da espécie humana. Assim, sua alma não foi inicialmente o Princípio Vital de ínfimos seres vivos da criação (apenas dos seres que deram origem à espécie humana).

Essa interpretação está tão correta que houve a hipótese levantada por Kardec de que espíritos humanos inferiores talvez tivessem encarnado em corpos de macacos superiores. E ele diz que não houve retrocesso, como haveria como entendido pela metempsicose.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Hipótese sobre a origem do Corpo humano - A Gênese:

 Bem pode dar-se que corpos de macaco tenham servido de vestidura aos primeiros Espíritos humanos, forçosamente pouco adiantados, que viessem encarnar na Terra, sendo essa vestidura mais apropriada às suas necessidades e mais adequadas ao exercício de suas faculdades, do que o corpo de qualquer outro animal. Em vez de se fazer para o Espírito um invólucro especial, ele teria achado um já pronto. Vestiu-se então da pele do macaco, sem deixar de ser Espírito humano, como o homem não raro se reveste da pele de certos animais, sem deixar de ser homem."
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Essa questão 127 da primeira edição foi apenas para esclarecer essa possível confusão que haveria se houvesse qualquer indício de que o homem passou por todos os reinos da criação, porque isso reforçaria a ideia da Metempsicose, que era bastante forte naquela épica. Kardec sempre gastou muitas explicação para derrubar dogmas de épocas antes de iniciar em assuntos mais profundos da doutrina.

E sobre Darwin, esse argumento é muito fraco em discussões. São apenas suposições. Aliás, Kardec deve ter tido muito mais influência de Wallace e Mendel do que de Darwin. Wallace inclusive se tornou espírita. E essa discussão é tão inútil que não há nada que desmereça a importância de uma descoberta ou de um livro se nela conter influência de outros autores. Darwin é o maior exemplo disso. Ele só publicou a origem das espécies depois de ter trocado várias cartas com Wallace. Ele apenas saiu na frente, mesmo tento tido muita posse das ideias de Wallace, Mendel e diversos autores evolucionistas da época. O mérito de Darwin também é mérito de todos esses outros estudiosos da evolução, até mesmo Aristóteles.






Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 08 de Abril de 2017, 12:16:03

Não, o espíritismo não apoia essa ideia de forma alguma.

Veja o que Kardec diz sobre a metempsicose na questão 222 do livro dos Espíritos

"Contudo, entre a metempsicose dos Antigos e a moderna doutrina da reencarnação há, como também se sabe, profunda diferença, assinalada pelo fato de os Espíritos rejeitarem, de maneira absoluta, a transmigração da alma do homem para os animais e reciprocamente."

Essa rejeição segue em todo o conjunto da obra.

sim não aprova , porem tambem não consegue justificar!



Está bem justifica no conjunto da obra

Aliás, uma lógica bem simples para refutar isso é que se houvesse retrocesso entre os espíritos, eles jamais atingiriam os graus superiores. Como eles poderiam dar um passo à frente praticando três para trás, devido a sua condição de inferioridade?

"hoje eu sou um rato; amanhã eu sou um ser humano; na próxima eu sou um cavalo etc" Muito lógico isso.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 08 de Abril de 2017, 12:23:40
mas a questão que ninguem sabe responder , como foi que   o mineral passou a ter  vida?
Tem certas questões nos LES (1.0 + 2.x) que eu especulo provenham direto dos famosos 50 cadernos que a turma do Victorien Sardou teria repassado pro Kardec.
Porque são meio estranhas, fora de contexto. Não me parecem ser o estilo do Kardec...
E essa parte da #540 é uma delas.
Pra mim o "espírito" tentou enfeitar o Rumi, daí colocou o termo "cientifico" átomo e substituiu anjo por arcanjo que é a máxima elevação possível...
Mas claro que é nonsense.
Só pura especulação minha. Mas veja que toda estrutura da "resposta" do "espírito" corresponde ao poema:

Fui mineral, morri e me tornei planta,
como planta morri e depois fui animal,
como animal morri e depois fui homem, porque teria eu medo?
Acaso fui rebaixado pela morte?
Vi dois mil homens que eu fui, mas nenhum era tão bom quanto sou hoje.
Morrerei ainda como homem, para elevar-me e estar entre os bem-aventurados anjos.
Entretanto, mesmo esse estado de anjo terei de deixar
.


Não tem nada a ver com isso.

kardec escreveu um artigo bastante completo sobre esse assunto e toda essa ideia segue  no conjunto da obra:


"A cristalização só se opera em certas circunstâncias favoráveis, fora das quais ela não pode dar-se. São condições essenciais o grau da temperatura e o repouso absoluto. Compreende-se que um calor muito forte, mantendo afastadas as moléculas, não lhes permitiria condensarem-se e que a agitação, impossibilitando-lhes um arranjo simétrico, não lhes consentiria formar senão uma massa confusa e irregular, donde o não haver cristalização propriamente dita.

12. A lei que preside à formação dos minerais conduz naturalmente à formação dos corpos orgânicos.

A análise química mostra que todas as substâncias vegetais e animais são compostas dos mesmos elementos que os corpos inorgânicos. Desses elementos, são o oxigênio, o hidrogênio, o azoto e o carbono os que desempenham papel principal. Os outros entram acessoriamente. Como no reino mineral, a diferença de proporções na combinação dos referidos elementos produz todas as variedades de substâncias orgânicas e suas diversas propriedades, tais como: os músculos, os ossos, o sangue, a bílis, os nervos, a matéria cerebral, a gordura, nos animais; a seiva, a madeira, as folhas, os frutos, as essências, os óleos, as resinas, etc., nos vegetais. Assim, na formação dos animais e das plantas, nenhum corpo especial entra que igualmente não se encontre no reino mineral."

[...]


15. A semelhança de forma e de cores, na reprodução dos indivíduos de cada espécie, pode comparar-se à semelhança de forma de cada espécie de cristal. Justapondo-se, sob a ação da mesma lei, as moléculas produzem conjunto análogo. (http://ipeak.net/site/estudo_janela_conteudo.php?origem=6816&&idioma=1)
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 12:25:28
Citação de: Sr. Micrômegas
O espírito responde que não, que apenas passou pela espécie humana.
Claro!
E depois a partir da versão 2.0 mudou. O "espírito" animou outras espécies "inferiores" antes de animar hominais.
Puxa, não sei onde não estou conseguindo ser didático o suficiente   |(
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 08 de Abril de 2017, 12:28:06
Citação de: Sr. Micrômegas
O espírito responde que não, que apenas passou pela espécie humana.
Claro!
E depois a partir da versão 2.0 mudou. O "espírito" animou outras espécies "inferiores" antes de animar hominais.
Puxa, não sei onde não estou conseguindo ser didático o suficiente   |(

Digo a mesma coisa.

Eu estou falando desde o início sobre a linha evolutiva da espécie humana.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 13:07:55
LE 2
607. Dissestes (190) que o estado da alma do homem, na sua origem, corresponde ao estado da infância na vida corporal, que sua inteligência apenas desabrocha e se ensaia para a vida. Onde passa o Espírito essa primeira fase do seu desenvolvimento?
“Numa série de existências que precedem o período a que chamais Humanidade.”


Mudou! Os "espíritos" leram Darwin e ficaram c'a pulga-atrás-da-orelha...
Claro, eu SEI que ele faz ressalvas que não há consenso blah blah blah... inclusive depois da Revue.

#613.
[...]
Segundo alguns, o Espírito não alcança o período de humanidade senão depois de ser elaborado e individualizado nos diferentes graus dos seres inferiores da criação. Segundo outros, o Espírito do homem teria sempre pertencido à raça humana, sem passar pela experiência animal.

A 2[CUMIÉ QUE SE INSERE ORDINAL NESTE SÍTIO QUE APARENTEMENTE NÃO ACEITA HTML :?: ] possibilidade é a que fora afirmada categoricamente no 1.0
Darwin fazendo seus efeitos sobre a Academia de Ciências de Nossa Paris (colônia fundada por espíritos de gauleses desencarnados no transcurso do cerco de Alésia sobre o local onde hoje se situa a pujante capital francesa).
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 08 de Abril de 2017, 13:46:10
LE 2
607. Dissestes (190) que o estado da alma do homem, na sua origem, corresponde ao estado da infância na vida corporal, que sua inteligência apenas desabrocha e se ensaia para a vida. Onde passa o Espírito essa primeira fase do seu desenvolvimento?
“Numa série de existências que precedem o período a que chamais Humanidade.”


Mudou! Os "espíritos" leram Darwin e ficaram c'a pulga-atrás-da-orelha...
Claro, eu SEI que ele faz ressalvas que não há consenso blah blah blah... inclusive depois da Revue.

#613.
[...]
Segundo alguns, o Espírito não alcança o período de humanidade senão depois de ser elaborado e individualizado nos diferentes graus dos seres inferiores da criação. Segundo outros, o Espírito do homem teria sempre pertencido à raça humana, sem passar pela experiência animal.

A hipótese final é a que fora afirmada categoricamente no 1.0
Darwin fazendo seus efeitos sobre a Academia de Ciências de Nossa Paris (colônia fundada por espíritos massacrados pelos romanos sobre a hoje capital francesa).
...
Qual é a origem do Espírito? Onde está seu ponto de partida? Ele se forma de um princípio inteligente individualizado? É isso um mistério que seria inútil procurar penetrar e sobre o qual, como dissemos, não se pode senão construir sistemas. O que é constante e que resulta por

Outro assunto. Estávamos discutindo a questão 127 da primeira edição.

Essa divergência entre os espírito aconteceu por causa do vocábulo alma. Houve uma confusão, porque nem todos os espíritos entendiam o sentido de alma da mesma forma. Há um artigo falando que kardec explica explicitamente isso, mas eu não encontrei. Mas aqui da para ter uma ideia:

----------------------------------------------------------
81 — Que é alma?

«Espírito encarnado.»

— As almas e os Espíritos são, pois, idênticamente a mesma coisa?

 «Sim, as almas nada mais são que Espíritos.»

— Que pensar da opinião daqueles que consideram a alma causa precípua da vida material?

«É uma questão de palavras, e nela não tomamos parte; principiai por vos entenderdes entre vós.»

82 — Assim sendo, há quantas partes essenciais no Homem?

«Três: A alma, que é a mais importante de todas; o corpo e, depois, o liame que une a alma e o corpo.»


----------------------------------------------------------

E aqui Kardec tenta esclarecer:



Citar
ALMA – do lat. anima; do gr. anemos; sopro, respiração. Conforme uns, é o princípio da vida material; conforme outros, o princípio da inteligência sem individualidade após a morte. Segundo várias doutrinas religiosas é um ser imaterial, distinto, cujo corpo é ape­nas um envoltório que sobrevive ao corpo material e conserva sua individualidade após a morte.

Esta diversidade de acepções dadas a um mesmo vocábulo é uma perpétua fonte de controvérsias, que não teria lugar se cada idéia tivesse sua representação bem definida. Para evitar qualquer engano quanto ao sentido que emprestamos a êsse vocábulo, cha­maremos:

alma espírita ou, simplesmente, alma, o ser imaterial, distinto e individual, unido ao corpo, que lhe serve de envoltório temporário; isto é, o Espírito, no estado de encarnação, e que pertence apenas à espécie humana;

principio vital, o princípio geral da vida material, comum a todos os seres orgânicos - homens, animais e plantas; e alma vital, o princípio vital individualizado num ser qual­quer;

principio intelectual, o princípio geral da inteligência comum aos homens e aos ani­mais; e alma intelectual este mesmo princípio individualizado.


Esses textos que você está apresentando são ainda discussões sobre a metempsicose. o que causou essa divergência entre os espíritos por causa do vocábulo "alma".


Citar
» O Livro dos Espíritos » Parte Segunda - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos » Capítulo XI - Dos três reinos » Metempsicose » 613


613. Embora de todo errônea, a idéia ligada à metempsicose não terá resultado do sentimento intuitivo que o homem possui de suas diferentes existências?

“Nessa, como em muitas outras crenças, se depara esse sentimento intuitivo. O homem, porém, o desnaturou, como costuma fazer com a maioria de suas idéias intuitivas.”

Seria verdadeira a metempsicose, se indicasse a progressão da alma, passando de um estado inferior a outro superior, onde adquirisse desenvolvimentos que lhe transformassem a natureza. É, porém, falsa no sentido de transmigração direta da alma do animal para o homem e reciprocamente, o que implicaria a idéia de uma retrogradação, ou de fusão. Ora, o fato de não poder semelhante fusão operar-se entre os seres corporais das duas espécies mostra que estas são de graus inassimiláveis, devendo dar-se o mesmo com relação aos Espíritos que as animam. Se um mesmo Espírito as pudesse animar alternativamente, haveria, como conseqüência, uma identidade de natureza, traduzindo-se pela possibilidade da reprodução material. A reencarnação, como os Espíritos a ensinam, se funda, ao contrário, na marcha ascendente da Natureza e na progressão do homem, dentro da sua própria espécie, o que em nada lhe diminui a dignidade. O que o rebaixa é o mau uso que ele faz das faculdades que Deus lhe outorgou para que progrida. Seja como for, a ancianidade e a universalidade da doutrina da metempsicose, assim como a circunstância de a terem professado homens eminentes, provam que o princípio da reencarnação se radica na própria Natureza. Antes, pois, constituem argumentos a seu favor, que contrários a esse princípio.

O ponto inicial do Espírito é uma dessas questões que se prendem à origem das coisas e de que Deus guarda o segredo. Dado não é ao homem conhecê-las de modo absoluto, nada mais lhe sendo possível a tal respeito do que fazer suposições, criar sistemas mais ou menos prováveis. Os próprios Espíritos longe estão de tudo saberem e, acerca do que não sabem, também podem ter opiniões pessoais mais ou menos sensatas.

É assim, por exemplo, que nem todos pensam da mesma forma quanto às relações existentes entre o homem e os animais. Segundo uns, o Espírito não chega ao período humano senão depois de se haver elaborado e individualizado nos diversos graus dos seres inferiores da Criação. Segundo outros, o Espírito do homem teria pertencido sempre à raça humana, sem passar pela fieira animal. O primeiro desses sistemas apresenta a vantagem de assinar um alvo ao futuro dos animais, que formariam então os primeiros elos da cadeia dos seres pensantes. O segundo é mais conforme à dignidade do homem e pode resumir-se da maneira seguinte:

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 13:48:51
Não, não é outro assunto; é o assunto.
No lugar da 1.0 - 127 surgiu a nova versão influenciada pelo Origem.
Ninguém está falando de metempsicose. Que o Kardec nunca admitiu metempsicose ninguém discute.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 08 de Abril de 2017, 14:07:03
Não, não é outro assunto; é o assunto.
No lugar da 1.0 - 127 surgiu a nova versão influenciada pelo Origem.
Ninguém está falando de metempsicose. Que o Kardec nunca admitiu metempsicose não hé controvérsia.



"A alma do Homem não teria sido primitivamente o Princípio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação, que chegou, ex-vi de lei progressiva, até o ser humano, percorrendo os diversos graus da escala orgânica?

- Não! Não! Os Espíritos, homens somos desde natos. Cada ser vivo só progride na sua espécie e em sua essência. O Homem não foi jamais outro ser senão homo.


134. Que é a alma?

“Um Espírito encarnado.”



"alma espírita ou, simplesmente, alma, o ser imaterial, distinto e individual, unido ao corpo, que lhe serve de envoltório temporário; isto é, o Espírito, no estado de encarnação, e que pertence apenas à espécie humana;



599. À alma dos bichos é dado escolher o animal em que encarne?

“Não, pois que não possui livre-arbítrio.”


Voltemos para a questão 127 da primeira edição:

"A alma do Homem não teria sido primitivamente o Princípio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação, que chegou, ex-vi de lei progressiva, até o ser humano, percorrendo os diversos graus da escala orgânica?

- Não! Não! Os Espíritos, homens somos desde natos. Cada ser vivo só progride na sua espécie e em sua essência. O Homem não foi jamais outro ser senão homo.

Comentário de Kardec: Seja qual for a diversidade das existências por que passe o nosso espírito ou nossa alma, elas pertencem todas à espécie humana; seria um erro supor que, ex-vi duma lei progressiva, o Homem haja passado pelos diferentes graus da escala orgânica para chegar a seu estado atual. Assim, sua alma não foi inicialmente o Principio Vital de ínfimos seres vivos da Biocriação que chegou sucessivamente ao grau superior: Ao Homem."


Percebe que o espírito estava dizendo que homes somos desde natos porque ele entendia a alma como o espírito encarnado?

Já na questão 599, que eu coloquei apenas a título de exemplo, porque há diversas questões que segue a mesma ideia, outro espírito chama de alma também a alma dos animais.

Então o espírito responde na questão 127 da primeira edição que a alma do homem não passou por diversos estágios inferiores. Apenas pela espécie homo.  Ele responde, não! não! os espíritos! Homens somos desde natos. Ou seja, os espíritos que passaram pelos estágios inferiores, porque se a alma do homem tivesse passado, já que a alma é o espírito encarnado, o homem, ou o corpo, teria passado por todos os estágios, e isso seria a metempsicose, uma transmigração de um corpo para o outro.

Então Kardec comenta para tirar qualquer dúvida sobre a metempsicose, que a alma do homem não passou por todos os estágios da criação, apenas pela espécie homo.

Isso está muito claro, porque o Espírito responde que não foi a alma que passou por todos os estágios, apenas o Espírito. "Não! Não" Os espíritos", comenta ele. E no comentário de Kardec ele fala sobre a alma.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 14:24:45
 :histeria:
Donde que o Sr. tirou essa virgulazinha  :?:
:nea:

« Non ! non ! hommes nous sommes nés. »
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 08 de Abril de 2017, 16:38:15
Foi o que aconteceu...
A invenção das câmaras de filmagem contínua no IR acabaram com o espiritismo físico: materializações, mesas girantes e telecinese.
Ninguém ata, algema, enjaula ou conecta galvanômetros no "médium". Basta por algumas câmaras adequadamente cobrindo todos ângulos relevantes, conectar numa mesa de controle c/laptops e HD externo pra gravação contínua de toda séance sem cortes.
Gabinete mediunímico 100% clean só com uma poltrona confortável e mesa sem toalhas se necessário. Sem cortinas, flores ou outros aparatos.
Médium veste uma bata e sapatilhas hospitalares (por questão de higiene, claro), supervisionado por um cético do mesmo sexo (claro).
FIM DOS FENÔMENOS
Na verdade o fim dos fenômenos ocorreu há bastante tempo.
Atendida a finalidade de conclamar a atenção de homens sábios à pesquisa e verificada a repercussão planejada, relegou-se á posteridade a responsabilidade da divulgação por meio das obras complementares.
Alcançada a maturidade espiritual e intelectual da humanidade, o livre arbítrio será ao mesmo tempo o instrumento de auto avaliação e a bússola norteadora das escolhas convenientes à razão de cada qual.

Mas um fato, assaz comprovado pelos céticos modernos, ainda não foi devidamente compreendido por estes: os espetáculos não apenas são desnecessários como ineficazes.
Como disse, embora sem o devido consentimento, o entusiasmo de alguns, às vezes provoca experimentos em pequenos grupos,  que não são bem vistos pelos espíritos superiores. Portanto, arcando com infelizes consequências.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 08 de Abril de 2017, 16:46:13

Na verdade o fim dos fenômenos ocorreu há bastante tempo.
Atendida a finalidade de conclamar a atenção de homens sábios à pesquisa e verificada a repercussão planejada, relegou-se á posteridade a responsabilidade da divulgação por meio das obras complementares.
Alcançada a maturidade espiritual e intelectual da humanidade, o livre arbítrio será ao mesmo tempo o instrumento de auto avaliação e a bússola norteadora das escolhas convenientes à razão de cada qual.


 :histeria:
Acabou convenientemente pois hoje esse tipo de pataquada não resiste a era digital e cameras a disposição de todos. A fraude é muito mais facil de ser descoberta por qualquer um.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 08 de Abril de 2017, 17:05:28
Este é exatamente o ponto, digamos, não o nó Górdio, mas já o Rubicão.
Os espíritos definiram uma linha de ação, os céticos ansiosos na busca de comprovação material, não satisfeitos, se rebelam ante o inderrogável.

É importante notar que tudo, mas tudo mesmo, que temos debatido, céticos e espíritas, ao final de contas, é sobre a busca da comprovação: os espíritos existem, de fato?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 17:37:23
Não só os céticos se rebelaram como a humanidade toda.
Depois duma boa largada era necessário comprovar. Foi o que o injustiçado Leymarie tentou fazer à la manière desastrada dele mas tentou. Deu no que deu e o castelo-de-cartas veio abaixo.
Depois de 160 anos desse "esforço" todo só uma fração ínfima - 2% da população brasileira é o máximo; talvez % semelhante de filipinos e cubanos; 39000 reinounidenses se bem me lembro; alguns portugueses...; e o restante só traços estatísticos.
A grande maioria da população humana, que de fato gosta de Crer, é coerente: pra que botar "espíritos" se não há motivo pra e se vê que as alegações eram fakes pois que pararam de acontecer quando os cachorros aprenderam a comer coleiras feitas de linguicinha :?:
E hoje o que cresce - certamente pra desespero dos que achavam que o Brasil ia ser um lugar importante daqui  40 anos... - é a religião islâmica.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 08 de Abril de 2017, 18:45:24
Este é exatamente o ponto, digamos, não o nó Górdio, mas já o Rubicão.
Os espíritos definiram uma linha de ação, os céticos ansiosos na busca de comprovação material, não satisfeitos, se rebelam ante o inderrogável.

É importante notar que tudo, mas tudo mesmo, que temos debatido, céticos e espíritas, ao final de contas, é sobre a busca da comprovação: os espíritos existem, de fato?

Devo entender então que voce toma a existência de espíritos,  sua influência sobre nós e seus comandos como verdade?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 08 de Abril de 2017, 20:07:50
É importante notar que tudo, mas tudo mesmo, que temos debatido, céticos e espíritas, ao final de contas, é sobre a busca da comprovação: os espíritos existem, de fato?
Claro, isso sim.
Veja quão besta é essa tentativa de associar as especulações morais do Kardec - ou do CX ou de qualquer outro de vocês for that matter... - com "espíritos".
Seja a #757:
Pode-se considerar o duelo como um caso de legítima defesa?
“Não; é um assassínio e um costume absurdo, digno dos bárbaros. Com uma civilização mais adiantada e mais moral, o homem compreenderá que o duelo é tão ridículo quanto os combates que outrora se consideravam como o juízo de Deus.”


Ok, uma opinião dentro do campo da ética com a qual todos concordamos, certo :?:
Lhe pergunto: qual é o cabimento em atar um lápis na ponta duma corbeille-toupie e ficar tentando fazer ela escrever sozinha essa resposta :?:
E se a cesta respondesse que duelos são ótimos, que quaisquer 2 homens decentes deveriam resolver todas suas diferenças pessoais por esse método :?:
Ok... o CUEE... vamos dar uma volta ao mundo atando lápis em pelo menos 200 corbeilles distribuídas pelo menos em 50 países (say), e anotando as respostas...
99 corbeilles são contra duelos como a acima; 101 acham que duelos são bons e o melhor método pra solução de querelas pessoais entre 2 homens.
Aí pomos no nosso livro um quesito recomendando a prática de duelos.




Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 08 de Abril de 2017, 21:08:39
Este é exatamente o ponto, digamos, não o nó Górdio, mas já o Rubicão.
Os espíritos definiram uma linha de ação, os céticos ansiosos na busca de comprovação material, não satisfeitos, se rebelam ante o inderrogável.

É importante notar que tudo, mas tudo mesmo, que temos debatido, céticos e espíritas, ao final de contas, é sobre a busca da comprovação: os espíritos existem, de fato?

Devo entender então que voce toma a existência de espíritos,  sua influência sobre nós e seus comandos como verdade?
Com absoluta certeza! :ok:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 08 de Abril de 2017, 21:38:53
Citar
Veja quão besta é essa tentativa de associar as especulações morais do Kardec - ou do CX ou de qualquer outro de vocês for that matter... - com "espíritos". 
Acho que a opinião religiosa das pessoas, mesmo que discordante da sua, merece um tratamento mais educado, pois não?

Quando se chega neste ponto, a argumentação inteligente e objetiva cede lugar às fanfarronadas e truanices. É o momento de parar.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 08 de Abril de 2017, 22:13:50
Este é exatamente o ponto, digamos, não o nó Górdio, mas já o Rubicão.
Os espíritos definiram uma linha de ação, os céticos ansiosos na busca de comprovação material, não satisfeitos, se rebelam ante o inderrogável.

É importante notar que tudo, mas tudo mesmo, que temos debatido, céticos e espíritas, ao final de contas, é sobre a busca da comprovação: os espíritos existem, de fato?

Devo entender então que voce toma a existência de espíritos,  sua influência sobre nós e seus comandos como verdade?
Com absoluta certeza! :ok:

Com a absoluta certeza (pessoal) de uma fé religiosa que é cega e irracional mas que também é um direito de pensar que deve ser respeitado enquanto estiver no domínio do mundo das idéias. No entanto, não se iluda ao confundir essa "certeza" pessoal com uma verdade universal a despeito de todas as possíveis falácias sem escapar do ônus da prova do que se afirma.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 08 de Abril de 2017, 22:39:43
Citação de: Spencer
Acho que a opinião religiosa das pessoas, mesmo que discordante da sua, merece um tratamento mais educado, pois não?

Sem dúvida, é preciso respeito por mais malucas que as idéias possam parecer. Porém considerando que este é um fórum de céticos, já está implícito que as idéias religiosas não são o foco principal das discussões, para isso existem os fóruns espíritas. Aqui esperamos discutir fatos e evidências que estão no mundo real e não no domínio do mundo das idéias. Pode parecer desrespeitoso e arrogante, mas é apenas parte do esforço de centrar a discussão no foco correto. Talvez um cético se sentiria da mesma forma num fórum espírita ao ignorar toda a argumentação religiosa presente nas argumentações.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 09 de Abril de 2017, 08:08:23
Citar
Sem dúvida, é preciso respeito por mais malucas que as idéias possam parecer. Porém considerando que este é um fórum de céticos, já está implícito que as idéias religiosas não são o foco principal das discussões, para isso existem os fóruns espíritas. Aqui esperamos discutir fatos e evidências que estão no mundo real e não no domínio do mundo das idéias. Pode parecer desrespeitoso e arrogante, mas é apenas parte do esforço de centrar a discussão no foco correto. Talvez um cético se sentiria da mesma forma num fórum espírita ao ignorar toda a argumentação religiosa presente nas argumentações.

Fazia tempo que vc não redigia texto sério, expondo seus pontos de vista sobre o tema. :ok:

O equívoco claro está no fato de que, como sempre, o mimimi: "estou no fcc, aqui só podem postar os céticos, fora com os argumentadores crentes, afinal eles nos aterrorizam com as imagens do fogo do Inferno  :chorao:" :histeria:

Giga, vc sabe que o fcc é uma especie de Wikipédia. Aqui todo tipo de assunto é debatido por foristas de competência. As áreas que se referem a mitos e crenças religiosas, criadas pela Administração do Fórum, têm por regra básica a proibição do proselitismo, exclusivamente.
 
Mas foi bom vc trazer esta opinião, pois veja uma proposição que se impõe pela logica:

posso fazer uma afirmativa carecente de provas em dado momento, dentro dos terrenos do razoável, claro. E as questões religiosas, todos sabemos, sempre estiveram no centro dos debates dos filósofos, ateus e não ateus.

Um argumento trazido por um crente poderá um dia ser provado... ou não.
Mas nos termos de uma dialética apurada, não se pode afirmar, peremptoriamente, que algo nunca será provado.
 
Quantas vezes a ciência afirmou algo para desmentir em seguida, ou o contrário, negou uma possibilidade que mais tarde se mostrou real.
A humanidade tem milhares de anos ainda a percorrer nos campos do saber.
Admitir que algo é possível é sempre mais sábio.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 09 de Abril de 2017, 09:13:17
Citar
Veja quão besta é essa tentativa de associar as especulações morais do Kardec - ou do CX ou de qualquer outro de vocês for that matter... - com "espíritos". 
Acho que a opinião religiosa das pessoas, mesmo que discordante da sua, merece um tratamento mais educado, pois não?
Justo: opiniões religiosas de qualquer pessoa são respeitáveis igualmente. Veja como distorce o que eu venho dizendo que é justo isso: um debate de opiniões sobre as especulações cosmológicas, morais e religiosas do Kardec - o conteúdo do LE...- seria estéril exceto no caso das auto-contradições intrínsecas que possam ser provadas (como a reencarnaçao + não-retrogradação).
Porque opinião é opinião, seja ela sociológica, religiosa, sobre futebol ou  "sertanejo universitário".
O foco é o fato de que não existe nenhum motivo pra supor que as opiniões acerca da constituição do universo, religiosas ou morais do Kardec - i.e., de novo: o conteúdo do LE em particular e do pentateuco no geral - provenham de "espíritos".
Porque as fontes dele são bem conhecidas e, aliás, uma ética bem classe média que não requer nenhuma peculiar potência do intelecto de quem as formule.
E se o Sr. tentar alegar que o próprio suposto comércio com "espíritos" é uma opinião religiosa e ser tratada com deferência - por se tratar de crença religiosa...- estará detonando todo discurso espírita, que sempre sustentou que esse intercambio seria factual, ocorrente no mundo real e não no domínio metafísico do mundo das ideias; es decir: não mera Crença Religiosa.
Percebe :?:
Só isso, PERIOD
 
Então, de novo: atar um lápis numa corbeille-toupie e perguntar pra ela, ou perguntar pruma mesa que se mexe sozinha e ficar contando os bamboleios que ela deu pra deduzir a resposta, se duelos são uma coisa socialmente desejável ou não é uma atitude razoável ou é uma besteira :?:

Citar
Admitir que algo é possível é sempre mais sábio.
Sim. Nossa bancada lá no OP tem propostas para experimentos de verdade p/testar se "médiunidade" existe; ou mais especificamente: se "espíritos" estão presentes no ambiente e se comunicando - nos termos postulados pelo espiritismo, bien sûr.
Ou, claro, pode-se testar materializações, Tk, mesas girantes... a se combinar os protocolos p/os experimentos.
Portanto nossa posição não é nada dogmática. Até já tive uma certa divergência c/Sr. Gigaview acerca disso naquela rubrica sobre o experimento do Cmte.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 09 de Abril de 2017, 17:39:08

Não, o espíritismo não apoia essa ideia de forma alguma.

Veja o que Kardec diz sobre a metempsicose na questão 222 do livro dos Espíritos

"Contudo, entre a metempsicose dos Antigos e a moderna doutrina da reencarnação há, como também se sabe, profunda diferença, assinalada pelo fato de os Espíritos rejeitarem, de maneira absoluta, a transmigração da alma do homem para os animais e reciprocamente."

Essa rejeição segue em todo o conjunto da obra.

sim não aprova , porem tambem não consegue justificar!



Está bem justifica no conjunto da obra

Aliás, uma lógica bem simples para refutar isso é que se houvesse retrocesso entre os espíritos, eles jamais atingiriam os graus superiores. Como eles poderiam dar um passo à frente praticando três para trás, devido a sua condição de inferioridade?

"hoje eu sou um rato; amanhã eu sou um ser humano; na próxima eu sou um cavalo etc" Muito lógico isso.
pessoas sob hipnose acreditam serem animais, li  um livro em que um espirito demoniaco pegou  o espirito de uma mãe abortista e foi a hipnotizando dizendo ...voce é uma cachorra...cachorra e o periespirito dela foi se transformando! provavelmente um do andré luis não tenho certeza!
E os ovóides?
alem do que crianças criadas por animais agem como se fossem animais, isto é fato!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 09 de Abril de 2017, 18:23:27
Gorducho, meu caro, suas afirmativas, deduções, histórias de JReinaud, etc. são notáveis pela forma como as aparesenta, acreditando piamente nelas. Não lhe passa a menor sombra de dúvida. São verdades lapidares.
Kardec copiou, ou colou, ou plagiou, fulano, sicrano e beltrano.
Kardec não recebia nada de Espíritos, ele os inventava... e a moral espírita é rasteira, na verdade não me lembro que termo usou para dizer qq coisa assim.
Tudo isso, meu jovem, mostra uma mente exacerbada pela própria crença negativista, e veja que o cético aqui é você... será mesmo?
Há um tópico novo, criado pelo forista Zero, a respeito das besteiras que se difunde pela midia, incluindo a net. Dá uma passada lá. Certamente perceberá o risco que se corre difundindo informações que muito provavelmente estão inçadas de inveja, ódio, despeito ou, no mínimo, ignorância tendenciosa.
Quem está no meio espírita  e conhece, de fato, a DE sabe que suas opiniões são totalmente infundadas, mas até ai tudo bem. Já a forma como vc as expõe é outra história. :enjoo: :nojo:
Encerro minha participação neste tópico, agradecendo aos demais.
Edit: as provocações pessoais, citando o meu nome precisam resposta a altura.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 10 de Abril de 2017, 08:44:08
QUAIS SERIAM?
Como é do seu feitio, ao invés de acompanhar e se integrar nas discussões, procura desviar e atrapalhar o fluxo (das ideias em pauta).
A mudança foi que antes do Darwin as almas de hoje humanos (as nossas, say) não começavam seu ciclo encarnatório como "animais" ou quiçá plantas. Já começavam as encarnações como humanoides, ainda que em mundos mais atrasados como Marte (lembre que o Marte kardecista é diferente do Marte xaverianista...).
Depois do Darwin, as almas começam encarnado em animais (ou plantas?) e depois vão "progredindo" - outro dos dogmas espíritas - até passarem a encarnar em corpos humanos.

ENTENDEU AGORA  :?:
Poxâ! Desculpa! Seu Gorducho! :'( :bua: :bua: :bua: :bua: :bua:
o Sr. tem razão! vacilei mesmo!
mas ja não postei aqui mesmo, Kardec questionando contradições dos espiritos a esse respeito e finaliza afirmando que eles respondem segundo  nivel de conhecimento próprio, não havendo entre eles um consenso?
Mais claro do que isto impossível! 
Tambem ja disse que para mim "aqui" o mais importante é poder saber o que o SR. e todos os forista pensam a respeito sobre a formação da vida, ja até andamos discutindo isso no topico "primeiras vidas".
Eu penso que saimos do mineral passamos para celulas orgânicas que formaram vegetais e bactérias, que foram se agrupando até chegar ao ser homem, o que pensas o Sr. ?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 10 de Abril de 2017, 12:36:08
mas ja não postei aqui mesmo, Kardec questionando contradições dos espiritos a esse respeito e finaliza afirmando que eles respondem segundo  nivel de conhecimento próprio, não havendo entre eles um consenso?
E eu só tava mostrando que antes tinha (consenso) e depois do Darwin os "espíritos" certamente que leram a obra e começaram a vacilar entre eles lá no l'au-delà.
É isso.
Citar
Tambem ja disse que para mim "aqui" o mais importante é poder saber o que o SR. e todos os forista pensam a respeito sobre a formação da vida
Da minha parte "penso" que nada sei.
Sim, claro está que saímos de minerais e por desdobramentos se originando as milhares de espécies. Mas daí a dogmatizar espíritos é outra coisa muito diferente.
Não existem espécies "melhores" ou "piores". Claro, existem organismos mais complexos e menos complexos, mas nada é garantido quanto à capacidade duns ou doutros se adaptarem a determinado meio ambiente, que então é o que caracterizará uma "melhor" ou pior" espécie em determinado meio e época (claro).
Uma maior complexidade evidentemente vai se dando p/poder ocorrer uma melhor adaptação e ocupação de nichos ecológicos. Mas essa "vantagem" facilmente se reverte quando ocorrem mudanças no habitat da espécie.
Não existe "moral" na Natureza. Ética & "moral" são construções humanas para as quais a Natureza está pouco-se-lixando.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Freya em 10 de Abril de 2017, 19:52:43
Este é exatamente o ponto, digamos, não o nó Górdio, mas já o Rubicão.
Os espíritos definiram uma linha de ação, os céticos ansiosos na busca de comprovação material, não satisfeitos, se rebelam ante o inderrogável.

É importante notar que tudo, mas tudo mesmo, que temos debatido, céticos e espíritas, ao final de contas, é sobre a busca da comprovação: os espíritos existem, de fato?

Devo entender então que voce toma a existência de espíritos,  sua influência sobre nós e seus comandos como verdade?
Com absoluta certeza! :ok:

Com a absoluta certeza (pessoal) de uma fé religiosa que é cega e irracional mas que também é um direito de pensar que deve ser respeitado enquanto estiver no domínio do mundo das idéias. No entanto, não se iluda ao confundir essa "certeza" pessoal com uma verdade universal a despeito de todas as possíveis falácias sem escapar do ônus da prova do que se afirma.

Por falar em respeito às pessoas e às ideias, lembrei desse vídeo. rs  :madlol:

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 10 de Abril de 2017, 21:51:39
Felizmente a maturidade e o intelecto que é comum no fcc para logo identifica uma sequência de silogismos. Isto sem contar a incitação ao revanchismo, quando apela para uma memória que se quer apagar, a barbárie dos tempos idos. Não apenas das religiões, mas dos governos e, estranhamente, da miséria, que também provoca barbarismos.
Talvez, ante estas palavras recorrerão, para lhes anular o efeito, aos atos de terrorismo provocados atualmente pelo EI, mas sabemos que não há endosso do Islã a aquela organização criminosa.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Freya em 11 de Abril de 2017, 01:16:14
mas sabemos que não há endosso do Islã a aquela organização criminosa.

Pois é, nunca há endosso, mas por uma via ou por outra é sempre isso que acaba acontecendo, crimes em nome do amigo imaginário; sim, pois sem evidências só podemos imaginar.

Não vejo revanchismo nesse vídeo, mas a sustentação (muita sensata, por sinal) de que ideias imbecis não precisam ser respeitadas apenas porque outras pessoas acreditam nelas como se fossem verdades objetivas.

Respeito se conquista, não se impõe, e se algumas pessoas não conseguem ou não querem compreender a importância do ceticismo na vida, lamento muito por isso mas o problema é delas, são livres para acreditar no que quiserem, cada um escolhe como experienciar a única oportunidade de existência ( :P rs), mas então que os crentes pelo menos não exijam o respeito dos céticos para com ideias que não fazem o menor sentido sob o prisma racionalista, lógico, pois isso sim é um desrespeito para com o ceticismo, e estamos num fórum de céticos. Respeite os coleguinhas. :)
Conforme alguém disse mais acima, não estamos afim de debater sobre a quantidade de botões do casaco do papai noel, pois não temos interesse em sequer falar sobre o papai noel enquanto não houver ao menos um indício da existência dele.

Espero que compreenda, não é por mal, mas é que isso é bem chato mesmo. 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 11 de Abril de 2017, 07:37:19
mas sabemos que não há endosso do Islã a aquela organização criminosa.

Pois é, nunca há endosso, mas por uma via ou por outra é sempre isso que acaba acontecendo, crimes em nome do amigo imaginário; sim, pois sem evidências só podemos imaginar.

Não vejo revanchismo nesse vídeo, mas a sustentação (muita sensata, por sinal) de que ideias imbecis não precisam ser respeitadas apenas porque outras pessoas acreditam nelas como se fossem verdades objetivas.

Respeito se conquista, não se impõe, e se algumas pessoas não conseguem ou não querem compreender a importância do ceticismo na vida, lamento muito por isso mas o problema é delas, são livres para acreditar no que quiserem, cada um escolhe como experienciar a única oportunidade de existência ( :Prs), mas então que os crentes pelo menos não exijam o respeito dos céticos para com ideias que não fazem o menor sentido sob o prisma racionalista, lógico, pois isso sim é um desrespeito para com o ceticismo, e estamos num fórum de céticos. Respeite os coleguinhas. :)
Conforme alguém disse mais acima, não estamos afim de debater sobre a quantidade de botões do casaco do papai noel, pois não temos interesse em sequer falar sobre o papai noel enquanto não houver ao menos um indício da existência dele.

Espero que compreenda, não é por mal, mas é que isso é bem chato mesmo.
Chato mesmo é, aquele vídeo panfletário distorcer o significado da palavra Respeito, e tantas pessoas, de nível acadêmico, não perceberem a grosseira e perigosa incitação ao confronto que isto propõe.

Pode ser que eu não tenha compreendido corretamente mas o vídeo e seu texto, Freya, afirmam que a crença religiosa é imbecilidade? Não merece respeito pois é estupidez?
 
No entanto, nos dias de hoje, o que mais chama a atenção das pessoas é a violência pelo desrespeito em todas as relações que envolvem o ser humano, ainda atrasado e bruto em decorrência de incitações como esta, que sempre encontram quem as propale.

Por que? Talvez Imaturidade, medo, excesso de materialidade nos objetivos, educação que denota deficiência quanto aos valores ético-morais; intelectualismo comprometido com as expressões da vaidade (o outro, particularmente o religioso, é sempre supersticioso e, imbecil!!!!!).

Jamais imaginei encontrar da parte de pessoas que estão em posse de seu juízo perfeito idéias tão retrógradas.
Estou perplexo; arrasado, mesmo.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Freya em 11 de Abril de 2017, 10:55:21
Caro Spencer,

Não se sinta ofendido gratuitamente, amigo.
Entenda que assim como você tem o direito de acreditar no que bem entender, outras pessoas têm o direito de considerar essas ideias nas quais você crê um tanto imbecis, e posso inclusive argumentar de maneira objetiva, lógica e racional sobre o porquê as considero imbecis (entenda-se imbecis como pueris, incoerentes, insensatas, sem base lógica e racional de sustentação etc., principalmente em se tratando de ideias que pretendem explicar a realidade), assim como você pode argumentar o porquê as considera sensatas, coerentes e/ou verdadeiras.

O problema é que não raramente as pessoas confundem o respeito à liberdade de crença, com respeito à crença em si. Não! São coisas completamente diferentes.
A liberdade de crença é um direito constitucionalmente garantido, e morrerei defendendo seu direito de crer e professar sua crença livremente, NA EXATA MEDIDA  em que você também respeitar meu direito de ser cética, e dentro do ceticismo não há espaço para respeito às ideias irracionais. Portanto, é um desrespeito à minha liberdade de (des)crença alguém me impor a obrigação de respeitar ideias cujas quais contrariam toda a filosofia que norteia minha vida e meus valores éticos e morais.

Sim, o vídeo é sensacionalista (talvez até de maneira proposital para satirizar as "áudio bíblias" da vida), mas traz argumentos muito sensatos para explanar a diferença entre a educação e cordialidade que devemos à todas as pessoas aprioristicamente,  e o respeito às suas crenças pessoais. Respeito irrestrito é burrice, é submissão ao autoritarismo; eu posso e devo questionar toda e qualquer ideia, independente se uma ou um milhão de pessoas pensam que ela é uma verdade absoluta e inquestionável. Da mesma forma, eu posso e devo ser educada com as pessoas na exata medida em que elas forem comigo, mas respeitá-las eu só vou conseguir conforme o meu apreço, consideração, reconhecimento e admiração por elas for sendo construído a partir de suas atitudes. E saiba que tenho muitos amigos crentes os quais respeito profundamente, hoje em dia. e eles a mim, embora nós não respeitemos a crença um do outro.

Entende agora porquê é muito chato alguém entrar num clube de céticos, onde as pessoas estão dispostas a debater assuntos a partir de fatos e evidências, de maneira lógica e racional, e esse alguém insistir sistematicamente, ano após ano, em argumentos que só podem existir no plano da imaginação, "refutando" os argumentos dos coleguinhas com evidências anedóticas e certezas pessoais e subjetivas? Isso é, no mínimo, desonestidade intelectual para com o discurso, beirando o proselitismo religioso.
Da mesma forma, eu estaria sendo inconveniente se adentrasse uma sessão espírita de passe e começasse a questionar racionalmente aquilo lá, apontando as falhas e os porquês de acreditar que tudo aquilo é só teatro e/ou histeria coletiva a pleno vapor, pois ali as pessoas se reúnem justamente para fazer coisas irracionais, não cabe a mim invadir aquele espaço para desvirtuar o propósito daquele grupo.

mas sabemos que não há endosso do Islã a aquela organização criminosa.

Pois é, nunca há endosso, mas por uma via ou por outra é sempre isso que acaba acontecendo, crimes em nome do amigo imaginário; sim, pois sem evidências só podemos imaginar.

Não vejo revanchismo nesse vídeo, mas a sustentação (muita sensata, por sinal) de que ideias imbecis não precisam ser respeitadas apenas porque outras pessoas acreditam nelas como se fossem verdades objetivas.

Respeito se conquista, não se impõe, e se algumas pessoas não conseguem ou não querem compreender a importância do ceticismo na vida, lamento muito por isso mas o problema é delas, são livres para acreditar no que quiserem, cada um escolhe como experienciar a única oportunidade de existência ( :Prs), mas então que os crentes pelo menos não exijam o respeito dos céticos para com ideias que não fazem o menor sentido sob o prisma racionalista, lógico, pois isso sim é um desrespeito para com o ceticismo, e estamos num fórum de céticos. Respeite os coleguinhas. :)
Conforme alguém disse mais acima, não estamos afim de debater sobre a quantidade de botões do casaco do papai noel, pois não temos interesse em sequer falar sobre o papai noel enquanto não houver ao menos um indício da existência dele.

Espero que compreenda, não é por mal, mas é que isso é bem chato mesmo.
Chato mesmo é, aquele vídeo panfletário distorcer o significado da palavra Respeito, e tantas pessoas, de nível acadêmico, não perceberem a grosseira e perigosa incitação ao confronto que isto propõe.

Pode ser que eu não tenha compreendido corretamente mas o vídeo e seu texto, Freya, afirmam que a crença religiosa é imbecilidade? Não merece respeito pois é estupidez?
 
No entanto, nos dias de hoje, o que mais chama a atenção das pessoas é a violência pelo desrespeito em todas as relações que envolvem o ser humano, ainda atrasado e bruto em decorrência de incitações como esta, que sempre encontram quem as propale.

Por que? Talvez Imaturidade, medo, excesso de materialidade nos objetivos, educação que denota deficiência quanto aos valores ético-morais; intelectualismo comprometido com as expressões da vaidade (o outro, particularmente o religioso, é sempre supersticioso e, imbecil!!!!!).

Jamais imaginei encontrar da parte de pessoas que estão em posse de seu juízo perfeito idéias tão retrógradas.
Estou perplexo; arrasado, mesmo.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 11 de Abril de 2017, 13:46:05
Caro Spencer,

Não se sinta ofendido gratuitamente, amigo.
Entenda que assim como você tem o direito de acreditar no que bem entender, outras pessoas têm o direito de considerar essas ideias nas quais você crê um tanto imbecis, e posso inclusive argumentar de maneira objetiva, lógica e racional sobre o porquê as considero imbecis (entenda-se imbecis como pueris, incoerentes, insensatas, sem base lógica e racional de sustentação etc., principalmente em se tratando de ideias que pretendem explicar a realidade), assim como você pode argumentar o porquê as considera sensatas, coerentes e/ou verdadeiras.

O problema é que não raramente as pessoas confundem o respeito à liberdade de crença, com respeito à crença em si. Não! São coisas completamente diferentes.
A liberdade de crença é um direito constitucionalmente garantido, e morrerei defendendo seu direito de crer e professar sua crença livremente, NA EXATA MEDIDA  em que você também respeitar meu direito de ser cética, e dentro do ceticismo não há espaço para respeito às ideias irracionais. Portanto, é um desrespeito à minha liberdade de (des)crença alguém me impor a obrigação de respeitar ideias cujas quais contrariam toda a filosofia que norteia minha vida e meus valores éticos e morais.

Sim, o vídeo é sensacionalista (talvez até de maneira proposital para satirizar as "áudio bíblias" da vida), mas traz argumentos muito sensatos para explanar a diferença entre a educação e cordialidade que devemos à todas as pessoas aprioristicamente,  e o respeito às suas crenças pessoais. Respeito irrestrito é burrice, é submissão ao autoritarismo; eu posso e devo questionar toda e qualquer ideia, independente se uma ou um milhão de pessoas pensam que ela é uma verdade absoluta e inquestionável. Da mesma forma, eu posso e devo ser educada com as pessoas na exata medida em que elas forem comigo, mas respeitá-las eu só vou conseguir conforme o meu apreço, consideração, reconhecimento e admiração por elas for sendo construído a partir de suas atitudes. E saiba que tenho muitos amigos crentes os quais respeito profundamente, hoje em dia. e eles a mim, embora nós não respeitemos a crença um do outro.

Entende agora porquê é muito chato alguém entrar num clube de céticos, onde as pessoas estão dispostas a debater assuntos a partir de fatos e evidências, de maneira lógica e racional, e esse alguém insistir sistematicamente, ano após ano, em argumentos que só podem existir no plano da imaginação, "refutando" os argumentos dos coleguinhas com evidências anedóticas e certezas pessoais e subjetivas? Isso é, no mínimo, desonestidade intelectual para com o discurso, beirando o proselitismo religioso.
Da mesma forma, eu estaria sendo inconveniente se adentrasse uma sessão espírita de passe e começasse a questionar racionalmente aquilo lá, apontando as falhas e os porquês de acreditar que tudo aquilo é só teatro e/ou histeria coletiva a pleno vapor, pois ali as pessoas se reúnem justamente para fazer coisas irracionais, não cabe a mim invadir aquele espaço para desvirtuar o propósito daquele grupo.

mas sabemos que não há endosso do Islã a aquela organização criminosa.

Pois é, nunca há endosso, mas por uma via ou por outra é sempre isso que acaba acontecendo, crimes em nome do amigo imaginário; sim, pois sem evidências só podemos imaginar.

Não vejo revanchismo nesse vídeo, mas a sustentação (muita sensata, por sinal) de que ideias imbecis não precisam ser respeitadas apenas porque outras pessoas acreditam nelas como se fossem verdades objetivas.

Respeito se conquista, não se impõe, e se algumas pessoas não conseguem ou não querem compreender a importância do ceticismo na vida, lamento muito por isso mas o problema é delas, são livres para acreditar no que quiserem, cada um escolhe como experienciar a única oportunidade de existência ( :Prs), mas então que os crentes pelo menos não exijam o respeito dos céticos para com ideias que não fazem o menor sentido sob o prisma racionalista, lógico, pois isso sim é um desrespeito para com o ceticismo, e estamos num fórum de céticos. Respeite os coleguinhas. :)
Conforme alguém disse mais acima, não estamos afim de debater sobre a quantidade de botões do casaco do papai noel, pois não temos interesse em sequer falar sobre o papai noel enquanto não houver ao menos um indício da existência dele.

Espero que compreenda, não é por mal, mas é que isso é bem chato mesmo.
Chato mesmo é, aquele vídeo panfletário distorcer o significado da palavra Respeito, e tantas pessoas, de nível acadêmico, não perceberem a grosseira e perigosa incitação ao confronto que isto propõe.

Pode ser que eu não tenha compreendido corretamente mas o vídeo e seu texto, Freya, afirmam que a crença religiosa é imbecilidade? Não merece respeito pois é estupidez?
 
No entanto, nos dias de hoje, o que mais chama a atenção das pessoas é a violência pelo desrespeito em todas as relações que envolvem o ser humano, ainda atrasado e bruto em decorrência de incitações como esta, que sempre encontram quem as propale.

Por que? Talvez Imaturidade, medo, excesso de materialidade nos objetivos, educação que denota deficiência quanto aos valores ético-morais; intelectualismo comprometido com as expressões da vaidade (o outro, particularmente o religioso, é sempre supersticioso e, imbecil!!!!!).

Jamais imaginei encontrar da parte de pessoas que estão em posse de seu juízo perfeito idéias tão retrógradas.
Estou perplexo; arrasado, mesmo.

 :ok:

Os crentes "sentem" que suas crenças são verdades e acham que não precisam provar nada a ninguém. Porém, quando se colocam numa arena cética por livre e espontânea vontade, o mínimo que se espera é que possam mostrar algo mais do que a justificativa de seus sentimentos baseada em fatos evidências que possam ser apreciadas e discutidas.

No caso dos textos racistas, não há o que discutir. Está tudo lá, explícito, com todas as letras. Não adianta enfeitar ou justificar.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 11 de Abril de 2017, 15:09:47
#148 - comentário do Kardec (à resposta do "espírito"); como de praxe: destaques meus.
Por uma aberração da inteligência, há pessoas que não vêem nos seres orgânicos nada mais que a ação da matéria, e a esta atribuem todos os nossos atos. Não vêem no corpo humano senão a máquina elétrica; não estudaram o mecanismo da vida senão no funcionamento dos órgãos; viram-na extinguir-se muitas vezes pela ruptura de um fio, e nada mais perceberam além desse fio; procuraram descobrir o que restava, e como não encontraram mais do que a matéria inerte, não viram a alma escapar-se e nem puderam pegá-la, concluíram que tudo estava nas propriedades da matéria, e que. portanto, após a morte, o pensamento se reduz ao nada. Triste conseqüência, se assim fosse, porque então o bem e o mal não teriam sentido; o homem estaria certo ao não pensar senão em si mesmo e ao colocar acima de tudo a satisfação dos prazeres materiais; os laços sociais estariam rompidos e os mais santos afetos destruídos para sempre. Felizmente, essas idéias estão longe de ser generalizadas; pode-se mesmo dizer que estão muito circunscritas, não constituindo mais do que opiniões individuais, porque em parte alguma foram erigidas em doutrina. Uma sociedade fundada sobre essa base traria em si mesma os germes da dissolução, e os membros se despedaçariam entre si, como animais ferozes.

Não fica perplexo e arrasado com essa falta de compostura e respeito da parte do seu Codificador, Sr. Spencer  :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 11 de Abril de 2017, 16:04:07
Citar
Não fica perplexo e arrasado com essa falta de compostura e respeito da parte do seu Codificador, Sr. Spencer
Ops! Você não leu o texto todo, ou não entendeu? Ele está dizendo muito claramente que uma sociedade para a qual os homens fossem simples pedaços de carne, acionados como por efeito de recursos elétricos, e que desconhecessem as repercussões do bem e do mal, e que erigisse seus fundamentos nestes descasos, traria em si mesma o germe da dissolução e se despedaçariam como animais ferozes. Mas, meu caro, se analisarmos o mundo de hoje, parece que Kardec estava enxergando nosso futuro. Olhe a volte de você; veja os jornais... o terrorismo; os homens despedaçando os outros; estupros coletivos, assassinatos por causas banais, etc, não vamos nos estender; julgo que vc compreendeu.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Geotecton em 11 de Abril de 2017, 16:46:04
Citação de: Gorducho
Não fica perplexo e arrasado com essa falta de compostura e respeito da parte do seu Codificador, Sr. Spencer
Ops! Você não leu o texto todo, ou não entendeu? Ele está dizendo muito claramente que uma sociedade para a qual os homens fossem simples pedaços de carne, acionados como por efeito de recursos elétricos, e que desconhecessem as repercussões do bem e do mal, e que erigisse seus fundamentos nestes descasos, traria em si mesma o germe da dissolução e se despedaçariam como animais ferozes. Mas, meu caro, se analisarmos o mundo de hoje, parece que Kardec estava enxergando nosso futuro. Olhe a volte de você; veja os jornais... o terrorismo; os homens despedaçando os outros; estupros coletivos, assassinatos por causas banais, etc, não vamos nos estender; julgo que vc compreendeu.

O que é que acontece hoje de maldade que não tenha acontecido no passado?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 11 de Abril de 2017, 17:17:45
Citar
O problema é que não raramente as pessoas confundem o respeito à liberdade de crença, com respeito à crença em si. Não! São coisas completamente diferentes.
A liberdade de crença é um direito constitucionalmente garantido, e morrerei defendendo seu direito de crer e professar sua crença livremente, NA EXATA MEDIDA  em que você também respeitar meu direito de ser cética, e dentro do ceticismo não há espaço para respeito às ideias irracionais.
Seu equívoco está na interpretação, porque, se por uma lado se vê na necessidade de acatar a Lei - direito à liberdade de crença - por outro lado não consegue avançar numa regra simples de convivência civilizada, adjetivando pejorativamente o entendimento diferente do seu.
Uma pessoa minimamente educada, preparada para viver em países civilizados e cultos, pode, com grande tranquilidade, dizer que não concorda com essa ou tal crença, pois não podem ser provadas e se baseiam em conceitos místicos, ou qq coisa do tipo.
Mas dizer que essa crença é estúpida ou imbecil, ou seja, indiretamente está dizendo que seu profitente é um imbecil, daí, esta pessoa dá mostras de uma persecutória agressividade, em outras palavras, raiando à paranoia.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 11 de Abril de 2017, 17:24:26
Citação de: Gorducho
Não fica perplexo e arrasado com essa falta de compostura e respeito da parte do seu Codificador, Sr. Spencer
Ops! Você não leu o texto todo, ou não entendeu? Ele está dizendo muito claramente que uma sociedade para a qual os homens fossem simples pedaços de carne, acionados como por efeito de recursos elétricos, e que desconhecessem as repercussões do bem e do mal, e que erigisse seus fundamentos nestes descasos, traria em si mesma o germe da dissolução e se despedaçariam como animais ferozes. Mas, meu caro, se analisarmos o mundo de hoje, parece que Kardec estava enxergando nosso futuro. Olhe a volte de você; veja os jornais... o terrorismo; os homens despedaçando os outros; estupros coletivos, assassinatos por causas banais, etc, não vamos nos estender; julgo que vc compreendeu.

O que é que acontece hoje de maldade que não tenha acontecido no passado?
No passado era a brutalidade, a ignorância - aliás falávamos disso, lembra? - Hoje é a crueldade, o descaso pela vida de outrem, característica das sociedades materialistas, cujos pais até evitam dar educação religiosa aos filhos como se isso fosse contaminá-los e impedir-lhes o desenvolvimento da racionalidade ou dos valores da ciência.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 11 de Abril de 2017, 17:42:33
Citação de: Gorducho
Não fica perplexo e arrasado com essa falta de compostura e respeito da parte do seu Codificador, Sr. Spencer
Ops! Você não leu o texto todo, ou não entendeu? Ele está dizendo muito claramente que uma sociedade para a qual os homens fossem simples pedaços de carne, acionados como por efeito de recursos elétricos, e que desconhecessem as repercussões do bem e do mal, e que erigisse seus fundamentos nestes descasos, traria em si mesma o germe da dissolução e se despedaçariam como animais ferozes. Mas, meu caro, se analisarmos o mundo de hoje, parece que Kardec estava enxergando nosso futuro. Olhe a volte de você; veja os jornais... o terrorismo; os homens despedaçando os outros; estupros coletivos, assassinatos por causas banais, etc, não vamos nos estender; julgo que vc compreendeu.

O que é que acontece hoje de maldade que não tenha acontecido no passado?
No passado era a brutalidade, a ignorância - aliás falávamos disso, lembra? - Hoje é a crueldade, o descaso pela vida de outrem, característica das sociedades materialistas, cujos pais até evitam dar educação religiosa aos filhos como se isso fosse contaminá-los e impedir-lhes o desenvolvimento da racionalidade ou dos valores da ciência.

Como alguem pode afirmar que no passado não havia crueldade e descaso pela vida do outro. è serio isso? Violencia sempre foi violencia...Guerra sempre existiu desde que o primeiro macaco cercou seu lote e disse aqui ninguem entra e algum outro quis invadir...quanto "romantismo"....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 11 de Abril de 2017, 17:55:09
Citar
Como alguem pode afirmar que no passado não havia crueldade e descaso pela vida do outro. è serio isso? Violencia sempre foi violencia...Guerra sempre existiu desde que o primeiro macaco cercou seu lote e disse aqui ninguem entra e algum outro quis invadir...quanto "romantismo"....]
Acho que se está cometendo um equívoco, por descontextualização:
Guerras pressupõe ataques e contra-ataques... mortes de ambos os lados.
A violência, resultava do ódio ou da insanidade. Tinha seu alvo, sua razão, mesmo que injusta.
O Terrorismo, hoje, é sinal dos tempos.
Inocentes, quer estejam em hospitais, bares, escolas, na via pública, ou no WTC, velhos, crianças, mulheres, sacerdotes, professores... não importa. É massa de manobra.
Os jovens, segundo dados da policia são os que mais matam; em sequestros, latrocínios e estupros.
No passado isto era raríssimo. Já pensaram nas causas deste fenômeno?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 11 de Abril de 2017, 18:04:08
Ops! Você não leu o texto todo
Não interessa o texto todo. O que lhe perguntei é se pro Sr., todo cheio de pruridos e sensibilidades... não lhe choca :?:
Por uma aberração da inteligência em referindo-se a quem não compartilha as crenças dele não lhe choca em sendo tão cheio de susceptibilidades :?:

O que era raríssimo no passado :?:
Sabia que em Roma ninguém saia de noite sem ser com uma escolta armada :?:
Pare de ler tanto CX e leia um pouquinho de história... história, não as estórias do Lentulus...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 11 de Abril de 2017, 18:26:19
Citação de: Gorducho
Não fica perplexo e arrasado com essa falta de compostura e respeito da parte do seu Codificador, Sr. Spencer
Ops! Você não leu o texto todo, ou não entendeu? Ele está dizendo muito claramente que uma sociedade para a qual os homens fossem simples pedaços de carne, acionados como por efeito de recursos elétricos, e que desconhecessem as repercussões do bem e do mal, e que erigisse seus fundamentos nestes descasos, traria em si mesma o germe da dissolução e se despedaçariam como animais ferozes. Mas, meu caro, se analisarmos o mundo de hoje, parece que Kardec estava enxergando nosso futuro. Olhe a volte de você; veja os jornais... o terrorismo; os homens despedaçando os outros; estupros coletivos, assassinatos por causas banais, etc, não vamos nos estender; julgo que vc compreendeu.

O que é que acontece hoje de maldade que não tenha acontecido no passado?
No passado era a brutalidade, a ignorância - aliás falávamos disso, lembra? - Hoje é a crueldade, o descaso pela vida de outrem, característica das sociedades materialistas, cujos pais até evitam dar educação religiosa aos filhos como se isso fosse contaminá-los e impedir-lhes o desenvolvimento da racionalidade ou dos valores da ciência.

Bullshit. Precisa estudar mais história.

Essa "característica das sociedades materialistas" é uma tremenda bobagem, conversa de crente.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 11 de Abril de 2017, 18:29:47
Citar
Como alguem pode afirmar que no passado não havia crueldade e descaso pela vida do outro. è serio isso? Violencia sempre foi violencia...Guerra sempre existiu desde que o primeiro macaco cercou seu lote e disse aqui ninguem entra e algum outro quis invadir...quanto "romantismo"....]
Acho que se está cometendo um equívoco, por descontextualização:
Guerras pressupõe ataques e contra-ataques... mortes de ambos os lados.
A violência, resultava do ódio ou da insanidade. Tinha seu alvo, sua razão, mesmo que injusta.
O Terrorismo, hoje, é sinal dos tempos.
Inocentes, quer estejam em hospitais, bares, escolas, na via pública, ou no WTC, velhos, crianças, mulheres, sacerdotes, professores... não importa. É massa de manobra.
Os jovens, segundo dados da policia são os que mais matam; em sequestros, latrocínios e estupros.
No passado isto era raríssimo. Já pensaram nas causas deste fenômeno?


Rarissimo?voce tem os dados de toda a trajetoria do ser humano. Uma das causas pode ser que hoje temos muito mais pessoas no mundo do que antigamente, mesmo assim não temos dados de antigamente mas temos varios exemplos em documentos da violencia e e barbarie não somente em guerras. Então esse mundo romantico seu não cola.

Os terroristas também tem odio que resulta da insanidade e tem seu alvo, razão mesmo que injusta. Seus argumentos não batem cara.

Javé mandou passar a rodo crianças e mulheres gravidas mandando os hebreus conquistarem um outro povo lá. Ok eu entendo que os hebreus quiseram fazer isso e justificarma que algum deus mandou. O que isso difere do terrorismo de hoje? è a mesma merda. O alvo eram infieis. De novo seus argumentos romanticos não batem.

Que eu me lembre a primeira familia do mundo (pra quem crê) tinha um irmão que matou outro irmão  :twisted: e filho que muito provavelmente comeu a mãe e depois as irmãs mais novas pra povoar o mundo, disso já se percebe como seria nossa trajetoria...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 11 de Abril de 2017, 18:32:26
Citar
Como alguem pode afirmar que no passado não havia crueldade e descaso pela vida do outro. è serio isso? Violencia sempre foi violencia...Guerra sempre existiu desde que o primeiro macaco cercou seu lote e disse aqui ninguem entra e algum outro quis invadir...quanto "romantismo"....]
Acho que se está cometendo um equívoco, por descontextualização:
Guerras pressupõe ataques e contra-ataques... mortes de ambos os lados.
A violência, resultava do ódio ou da insanidade. Tinha seu alvo, sua razão, mesmo que injusta.
O Terrorismo, hoje, é sinal dos tempos.
Inocentes, quer estejam em hospitais, bares, escolas, na via pública, ou no WTC, velhos, crianças, mulheres, sacerdotes, professores... não importa. É massa de manobra.
Os jovens, segundo dados da policia são os que mais matam; em sequestros, latrocínios e estupros.
No passado isto era raríssimo. Já pensaram nas causas deste fenômeno?

Leia mais e pare de pagar mico.

https://en.wikipedia.org/wiki/History_of_terrorism
http://www.historynet.com/terrorism-in-the-ancient-roman-world.htm

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 11 de Abril de 2017, 18:33:56


Bullshit. Precisa estudar mais história.

Essa "característica das sociedades materialistas" é uma tremenda bobagem, conversa de crente.


me lembra aquele tipico argumento de que "todos estes desastres naturais de hoje são um prenuncio do fim" como se nunca antes tivessemos terremos, maremotos, vulcoes explodindo e o escambau. Coisas de gente ignorante da Historia mesmo.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 11 de Abril de 2017, 18:36:49
De certo modo, Jesus(*) foi um terrorista.


(*) Se tivesse existido, é claro...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 11 de Abril de 2017, 18:51:14
Durante a dominação romana da Palestina, teve vários movimentos terroristas.
Claro, o rótulo "terrorista" é posto por quem detém o domínio formal do território.
Agora, pra quem ache que vai aprender história lendo as estórias do senador romano Lentulus que morreu em Pompeii...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 11 de Abril de 2017, 21:13:21
Durante a dominação romana da Palestina, teve vários movimentos terroristas.
Claro, o rótulo "terrorista" é posto por quem detém o domínio formal do território.
Agora, pra quem ache que vai aprender história lendo as estórias do senador romano Lentulus que morreu em Pompeii...

Fui senador em Roma na época e nunca ouvi falar desse tal de Lentulus.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Freya em 12 de Abril de 2017, 00:05:27
Os crentes "sentem" que suas crenças são verdades e acham que não precisam provar nada a ninguém. Porém, quando se colocam numa arena cética por livre e espontânea vontade, o mínimo que se espera é que possam mostrar algo mais do que a justificativa de seus sentimentos baseada em fatos evidências que possam ser apreciadas e discutidas.

No caso dos textos racistas, não há o que discutir. Está tudo lá, explícito, com todas as letras. Não adianta enfeitar ou justificar.

Né? rs
E ainda insistem em descer pro play.  :biglol:

Citar
baseada em fatos evidências que possam ser apreciadas e discutidas.

Exato.
Sem fatos e evidências fica difícil para todos participarem, pois o assunto fica restrito só a quem tem fé, a quem "sente a verdade", rsrs.

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Freya em 12 de Abril de 2017, 00:10:20
Citar
O problema é que não raramente as pessoas confundem o respeito à liberdade de crença, com respeito à crença em si. Não! São coisas completamente diferentes.
A liberdade de crença é um direito constitucionalmente garantido, e morrerei defendendo seu direito de crer e professar sua crença livremente, NA EXATA MEDIDA  em que você também respeitar meu direito de ser cética, e dentro do ceticismo não há espaço para respeito às ideias irracionais.
Seu equívoco está na interpretação, porque, se por uma lado se vê na necessidade de acatar a Lei - direito à liberdade de crença - por outro lado não consegue avançar numa regra simples de convivência civilizada, adjetivando pejorativamente o entendimento diferente do seu.
Uma pessoa minimamente educada, preparada para viver em países civilizados e cultos, pode, com grande tranquilidade, dizer que não concorda com essa ou tal crença, pois não podem ser provadas e se baseiam em conceitos místicos, ou qq coisa do tipo.
Mas dizer que essa crença é estúpida ou imbecil, ou seja, indiretamente está dizendo que seu profitente é um imbecil, daí, esta pessoa dá mostras de uma persecutória agressividade, em outras palavras, raiando à paranoia.

Eu não disse que você é um imbecil, apenas que as ideias religiosas são, e já expliquei o porquê assim as considero. Se você gosta de ideias imbecis, a culpa não é minha, ora pois. Não é porque você gosta delas que elas vão deixar de ser imbecis sob meu ponto de vista e sob um crivo cético.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 12 de Abril de 2017, 08:46:20
Freya, sua expressão "arena cética" é bem apropriada.
Só que ao afirmar que entro nela com intenção proselitista ou que tento passar idéias carentes de comprovação, etc. não percebeu que, todo este tempo, apenas respondo a algum tipo de provocação, ou presto um esclarecimento sobre a DE, quando inquirido.
Houve uma exceção: foi o primeiro tópico que criei. Deu para notar que, exceto um  ou outro, sobrou agressividade: não havia troca de idéias. Percebi que na "arena cética" os argumentos contra a DE, seriam sempre os mesmos.
Afora isto minhas participações são, na maioria, em outros assuntos, como já disse, respondendo ou esclarecendo quando perguntado. Trazer assunto para debate, nem pensar.

Citar
Eu não disse que você é um imbecil, apenas que as ideias religiosas são, e já expliquei o porquê assim as considero. Se você gosta de ideias imbecis, a culpa não é minha, ora pois. Não é porque você gosta delas que elas vão deixar de ser imbecis sob meu ponto de vista e sob um crivo cético.
Mais do mesmo... e nem se toca.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 12 de Abril de 2017, 09:15:44
Citar
Leia mais e pare de pagar mico.
https://en.wikipedia.org/wiki/History_of_terrorism
http://www.historynet.com/terrorism-in-the-ancient-roman-world.htm
Sempre digo, mas não adianta. Faz-se presunção a meu respeito e erram sempre:
não adianta ler e não compreender.
Na história, por exemplo o episódio rotulado como o dos Sicários Zelotas, ou o dos Jacobinos, e todos os apontados têm o mesmo vício de origem, sem contar a incorreta interpretação.
Aqueles episódios não guardam a menor relação com o terrorismo moderno, este a que me refiro nos textos.

Naqueles episódios e todos os outros da história, havia um alvo específico a ser atacado, dentro de um território dominado ou oprimido por uma casta, i.e. jacobinos com Robespierre na Revolução Francesa, a Palestina dos Zelotas, etc.

Hoje não há senão a carnificina de inocentes,  abroad, ou seja, fora dos territórios de origem ou contestados. Anomia em grau extremado.

Apedeutas, conseguem ler mas não compreendem. :histeria: :histeria: :histeria:
 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 12 de Abril de 2017, 10:04:02
esses espiritas só podem estar de trollagem aqui....

"Os terremotos de hoje são um sinal dos tempos eles matam inocentes , abroad, é o FIM!!! CABUUUMMM!!

antigamente os terremotos ficavam mais concentrados , até no Brasil haviam terremotoso mas que matavam pouca gente.

Hoje esses terremotos matam indiscrimidamente inocentes, oh xejus, porque

alguém consegue me explicar por que??????"

"ah não posso esquecer os smileys que comprovam que estou certo
 :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:"



https://pt.wikipedia.org/wiki/Crescimento_populacional
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 12 de Abril de 2017, 10:12:28
Durante a dominação romana da Palestina, teve vários movimentos terroristas.
Claro, o rótulo "terrorista" é posto por quem detém o domínio formal do território.
Agora, pra quem ache que vai aprender história lendo as estórias do senador romano Lentulus que morreu em Pompeii...

Fui senador em Roma na época e nunca ouvi falar desse tal de Lentulus.

https://jarconsian.wordpress.com/2014/02/25/chico-xavier-a-farsa-sobre-publio-lentulo-e-a-carta-retrato-de-cristo/

Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 12 de Abril de 2017, 10:12:53
Na história, por exemplo o episódio rotulado como o dos Sicários Zelotas, ou o dos Jacobinos, e todos os apontados têm o mesmo vício de origem, sem contar a incorreta interpretação.
Aqueles episódios não guardam a menor relação com o terrorismo moderno, este a que me refiro nos textos.

Naqueles episódios e todos os outros da história, havia um alvo específico a ser atacado, dentro de um território dominado ou oprimido por uma casta, i.e. jacobinos com Robespierre na Revolução Francesa, a Palestina dos Zelotas, etc.

Hoje não há senão a carnificina de inocentes,  abroad, ou seja, fora dos territórios de origem ou contestados.
Na ótica do Daesh eles são oprimidos pela casta dos xiitas no Iraque e dos Alawites (que são xiitas) na Siria.
E, claro, querem estabelecer um Reino de Deus na Terra.
Não importa o que nós achamos deles, o princípio geral é o mesmo.
Quanto à extra-territorialidade, veja que eles atacam em países que lá intervém, e portanto eles consideram como inimigos legítimos.
De novo, perceba: não importa o que nós pensamos deles, a lógica, desde o ponto deles, é essa. E é a única lógica factível pruma resistência armada contra uma potencia militar dominante. Quando o Saddam Hussein 2x tentou enfrentar a America com táticas militares convencionais, que aconteceu :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 12 de Abril de 2017, 10:13:42
esses espiritas só podem estar de trollagem aqui....

"Os terremotos de hoje são um sinal dos tempos eles matam inocentes , abroad, é o FIM!!! CABUUUMMM!!

antigamente os terremotos ficavam mais concentrados , até no Brasil haviam terremotoso mas que matavam pouca gente.

Hoje esses terremotos matam indiscrimidamente inocentes, oh xejus, porque

alguém consegue me explicar por que??????"

"ah não posso esquecer os smileys que comprovam que estou certo
 :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:"



https://pt.wikipedia.org/wiki/Crescimento_populacional

Como diria a Elektra Assassina "Não, querido, ninguém é inocente".....

Justo então que um terremoto, antes seletivo, agora pegue todo mundo....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 12 de Abril de 2017, 10:15:25
Inocentes, quer estejam em hospitais, bares, escolas, na via pública, ou no WTC, velhos, crianças, mulheres, sacerdotes, professores... não importa. É massa de manobra.
Os jovens, segundo dados da policia são os que mais matam; em sequestros, latrocínios e estupros.
No passado isto era raríssimo. Já pensaram nas causas deste fenômeno?


Ja te demonstrei em posta anterior, pegue sua Biblia. tudo começou com um jovem matando outro. Jovens tambem se matavam antigamente, só nao matavam mais antigamente pois haviam menos jovens antes. Não matavam abroad porque talvez não tivesse o abroad pra irem. Natureza humana.

Inocentes tambem morriam antigamente como efeito colateral seja do que fosse cara. Do jeito que voce fala parece ate que só morriam os soldados. As pessoas sempre foram xenofobas, não se gostam. Vivem em grupos e querem eliminar quem é diferente.
O mundo não é esse conto de fadas que voces espiritas imaginam
falar de coisas invisiveis e imaginarias é facil, cria-se agora o que quer convenientemente. Agora falar de Historia cara, cuidado que voce vai falar bobagem e não vai ter smileys que te livre do mico.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 12 de Abril de 2017, 10:47:19
Inocentes, quer estejam em hospitais, bares, escolas, na via pública, ou no WTC, velhos, crianças, mulheres, sacerdotes, professores... não importa. É massa de manobra.
Os jovens, segundo dados da policia são os que mais matam; em sequestros, latrocínios e estupros.
No passado isto era raríssimo. Já pensaram nas causas deste fenômeno?


Ja te demonstrei em posta anterior, pegue sua Biblia. tudo começou com um jovem matando outro. Jovens tambem se matavam antigamente, só nao matavam mais antigamente pois haviam menos jovens antes. Não matavam abroad porque talvez não tivesse o abroad pra irem. Natureza humana.

Inocentes tambem morriam antigamente como efeito colateral seja do que fosse cara. Do jeito que voce fala parece ate que só morriam os soldados. As pessoas sempre foram xenofobas, não se gostam. Vivem em grupos e querem eliminar quem é diferente.
O mundo não é esse conto de fadas que voces espiritas imaginam
falar de coisas invisiveis e imaginarias é facil, cria-se agora o que quer convenientemente. Agora falar de Historia cara, cuidado que voce vai falar bobagem e não vai ter smileys que te livre do mico.

Aliás, parece que hoje se mata e morre muito menos que em outros períodos da história, e de formas bem menos cruéis....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 12 de Abril de 2017, 10:57:56
Arrisco dizer que secularismo, humanismo, leis ajudaram a deixar o mundo bem mais suportavel e menos barbaro que antes.

Se dependessemos de religiosos sem leis.....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 12 de Abril de 2017, 11:29:16
e dependessemos de religiosos sem leis.....
Religiosos sem leis é oxymoron. Religião é um construto POLÍTICO com fins de dominação seja explicitamente política, seja via persuasão de formas que determinada população obedeça explicitamente ou pelo menos se comporte como os hierofantes desejem.
Portanto sempre serão "leis" produzidas por esses, ainda que nem sempre enforçáveis pelas policias dos respectivos locais. Neste último caso, fica na base daa persuasão psicológica, mas a qualquer vacilo tenha-se certeza que religiosos não perderiam oportunidade de imporem teocracias.
Veja-se que Nosso Lar é uma utopia teocrática. E é considerado um lugar praticamente ideal pelos xaverianistas. Então, se poderá inferir que pra essas pessoas  esse seja o sistema de governo ideal. 
O ponto de partida - REL 101 Introdução ás Religiões - pra qualquer estudo das religiões, é o reinado do Numa Pompílio conforme relatado n'Ab Urbe Condita.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 12 de Abril de 2017, 11:43:22
sim....sem leis que os freie de cometer atrocidades como queimar bruxas, hereges ou eliminar qualquer pessoa de outra religião :ok:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 12 de Abril de 2017, 16:02:51

Como alguem pode afirmar que no passado não havia crueldade e descaso pela vida do outro. è serio isso? Violencia sempre foi violencia...Guerra sempre existiu desde que o primeiro macaco cercou seu lote e disse aqui ninguem entra e algum outro quis invadir...quanto "romantismo"....
falta lhe a sensibilidade, antes da serpente Adão e eva eram só o puro amor.
mas qual seria a maldade humana apresentada pelo recém nascido? vede que a inocência foi corrompida pelo tempo, graças a Deus!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 12 de Abril de 2017, 16:05:53
Arrisco dizer que secularismo, humanismo, leis ajudaram a deixar o mundo bem mais suportavel e menos barbaro que antes.

Se dependêssemos de religiosos sem leis.....
oque existem são religiosos que não seguem as leis de Deus, se todo seguissem a religiosidade de Jesus  certamente estariamos construindo e habitando um mundo bem melhor,  não concorda?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 13 de Abril de 2017, 01:30:52
esses espiritas só podem estar de trollagem aqui....

"Os terremotos de hoje são um sinal dos tempos eles matam inocentes , abroad, é o FIM!!! CABUUUMMM!!

antigamente os terremotos ficavam mais concentrados , até no Brasil haviam terremotoso mas que matavam pouca gente.

Hoje esses terremotos matam indiscrimidamente inocentes, oh xejus, porque

alguém consegue me explicar por que??????"

"ah não posso esquecer os smileys que comprovam que estou certo
 :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:"



https://pt.wikipedia.org/wiki/Crescimento_populacional

Como diria a Elektra Assassina "Não, querido, ninguém é inocente".....

Justo então que um terremoto, antes seletivo, agora pegue todo mundo....

O espiritismo também tem o seu lado terrorista...

Citar
Às 12:30h* (* hora local) do último dia 17 de julho decolava da cidade de Amsterdã, na Holanda, para Kuala Lampur, na Malásia, o voo MH17 da Malaysia Airlines. Além dos 15 tripulantes, embarcaram na aeronave 283 passageiros de diversas nacionalidades, dentre as quais se encontravam holandeses, australianos, malaios, indonésios e filipinos. Pelo portão de embarque cruzaram passaportes com as fotos de médicos, pesquisadores, jovens, crianças, todos levando na bagagem memórias e expectativas comuns em uma ponte aérea.

Era previsto que o Boeing 777-200 seguisse seu plano de voo, cruzando cerca de 10.248 Km em 11 horas e 20 minutos, e pousasse no Aeroporto de destino às 05:59h*. No entanto, por volta de 12:40h*, a aeronave perdeu contato com os radares enquanto sobrevoava o leste da Ucrânia, na região de Donetsk, área de atuação de grupos separatistas pró-Rússia. Embora muitos detalhes ainda não estejam claros, os fatos indicam, até então, que possivelmente o avião teria sido abatido por mísseis terra-ar disparados pelos respectivos grupos.

Indubitavelmente, uma fatalidade, uma calamidade, um desencarne coletivo! Duzentos e noventa e oito almas subitamente retornam para a espiritualidade sem um prévio aviso natural, como a enfermidade ou o esgotamento irremediável dos órgãos físicos.

Desencarnes deste tipo fazem parte de nossa história desde os tempos mais remotos. Quando ocorrem, levam para o âmago de nossos corações a dor, a saudade, a ausência permanente de entes queridos que nos deixam o convívio de forma abrupta. E por envolverem geralmente uma quantidade significativa de pessoas, tais flagelos sensibilizam não só os sentimentos pessoais, mas também, podem abalar o moral de instituições, nações e seus governos.   

http://www.verdadeluz.com.br/desencarnes-coletivos-na-visao-espirita/

Duzentos e noventa e oito famílias que perderam um ente querido afetadas sem aviso. Se fosse uma bomba a bordo seria terrorismo, mas não é...é "desencarne coletivo".
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 13 de Abril de 2017, 08:30:20
esses espiritas só podem estar de trollagem aqui....

"Os terremotos de hoje são um sinal dos tempos eles matam inocentes , abroad, é o FIM!!! CABUUUMMM!!

antigamente os terremotos ficavam mais concentrados , até no Brasil haviam terremotoso mas que matavam pouca gente.

Hoje esses terremotos matam indiscrimidamente inocentes, oh xejus, porque

alguém consegue me explicar por que??????"

"ah não posso esquecer os smileys que comprovam que estou certo
 :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria: :histeria:"



https://pt.wikipedia.org/wiki/Crescimento_populacional

Como diria a Elektra Assassina "Não, querido, ninguém é inocente".....

Justo então que um terremoto, antes seletivo, agora pegue todo mundo....

O espiritismo também tem o seu lado terrorista...

Citar
Às 12:30h* (* hora local) do último dia 17 de julho decolava da cidade de Amsterdã, na Holanda, para Kuala Lampur, na Malásia, o voo MH17 da Malaysia Airlines. Além dos 15 tripulantes, embarcaram na aeronave 283 passageiros de diversas nacionalidades, dentre as quais se encontravam holandeses, australianos, malaios, indonésios e filipinos. Pelo portão de embarque cruzaram passaportes com as fotos de médicos, pesquisadores, jovens, crianças, todos levando na bagagem memórias e expectativas comuns em uma ponte aérea.

Era previsto que o Boeing 777-200 seguisse seu plano de voo, cruzando cerca de 10.248 Km em 11 horas e 20 minutos, e pousasse no Aeroporto de destino às 05:59h*. No entanto, por volta de 12:40h*, a aeronave perdeu contato com os radares enquanto sobrevoava o leste da Ucrânia, na região de Donetsk, área de atuação de grupos separatistas pró-Rússia. Embora muitos detalhes ainda não estejam claros, os fatos indicam, até então, que possivelmente o avião teria sido abatido por mísseis terra-ar disparados pelos respectivos grupos.

Indubitavelmente, uma fatalidade, uma calamidade, um desencarne coletivo! Duzentos e noventa e oito almas subitamente retornam para a espiritualidade sem um prévio aviso natural, como a enfermidade ou o esgotamento irremediável dos órgãos físicos.

Desencarnes deste tipo fazem parte de nossa história desde os tempos mais remotos. Quando ocorrem, levam para o âmago de nossos corações a dor, a saudade, a ausência permanente de entes queridos que nos deixam o convívio de forma abrupta. E por envolverem geralmente uma quantidade significativa de pessoas, tais flagelos sensibilizam não só os sentimentos pessoais, mas também, podem abalar o moral de instituições, nações e seus governos.   

http://www.verdadeluz.com.br/desencarnes-coletivos-na-visao-espirita/

Duzentos e noventa e oito famílias que perderam um ente querido afetadas sem aviso. Se fosse uma bomba a bordo seria terrorismo, mas não é...é "desencarne coletivo".

Um abate de aeronave com míssil criminosamente fornecido pela Rússia é "fatalidade"....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 13 de Abril de 2017, 09:31:29
Nesse caso do MAS17 abatido por bateria anti aérea não sei como o Mais Alto agiu. Mas quando por exemplo um anjo da guarda fica sabendo que vai acontecer ele contacta outros anjos de sorte que providenciem que no aparelho embarquem só quem precisa resgatar karmicamente via desastre aviatório (se for o caso, claro).
[2:00]
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Shadow em 13 de Abril de 2017, 09:44:19
Nesse caso do MAS17 abatido por bateria anti aérea não sei como o Mais Alto agiu. Mas quando por exemplo um anjo da guarda fica sabendo que vai acontecer ele contacta outros anjos de sorte que providenciem que no aparelho embarquem só quem precisa resgatar karmicamente via desastre aviatório (se for o caso, claro).

Cara, quero cincão desse negócio ai....dá o maior barato....
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 13 de Abril de 2017, 11:30:07
Esse negocio de desencarne coletiva acho uma das coisas mais nojentas que os espiritas tentem justificar as coisas dessa forma.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 13 de Abril de 2017, 11:32:08
Arrisco dizer que secularismo, humanismo, leis ajudaram a deixar o mundo bem mais suportavel e menos barbaro que antes.

Se dependêssemos de religiosos sem leis.....
oque existem são religiosos que não seguem as leis de Deus, se todo seguissem a religiosidade de Jesus  certamente estariamos construindo e habitando um mundo bem melhor,  não concorda?

Aquele mesmo Deus que mandou rasgar as barrigas das gravidas e matar as crianças no ataque que mencionei anteriormente e que depois lá na Palestina deu uma bipolarizada e virou um deus hippie todo amor?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 13 de Abril de 2017, 13:44:06
Citar
Aquele mesmo Deus que mandou rasgar as barrigas das gravidas e matar as crianças no ataque que mencionei anteriormente e que depois lá na Palestina deu uma bipolarizada e virou um deus hippie todo amor? 

Grey, vc pode não acreditar nestas coisas, tudo bem; mas seria legal conhecer um pouco dessa parte da história. Jesus, aquele hippie da Palestina, nada tem a ver com Jeová, o deus bíblico do ATestamento. São personagens diferentes, embora os católicos costumem afirmar que Jesus Cristo seja um dos Deuses trinitários. Salada.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 13 de Abril de 2017, 14:36:07
Mas então por que a Maria pariu virgem :?:
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 13 de Abril de 2017, 15:11:33
Arrisco dizer que secularismo, humanismo, leis ajudaram a deixar o mundo bem mais suportavel e menos barbaro que antes.

Se dependêssemos de religiosos sem leis.....
oque existem são religiosos que não seguem as leis de Deus, se todo seguissem a religiosidade de Jesus  certamente estariamos construindo e habitando um mundo bem melhor,  não concorda?

Aquele mesmo Deus que mandou rasgar as barrigas das gravidas e matar as crianças no ataque que mencionei anteriormente e que depois lá na Palestina deu uma bipolarizada e virou um deus hippie todo amor?

sim! Deus manifesta se na evolução do atomo ao homem, o deus de moises se encontra abaixo do Deus de Jesus,mas é o mesmo Deus assim como a larva evolui para o mosquito, e o esperma para homem!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Criaturo em 13 de Abril de 2017, 15:14:59
Mas então por que a Maria pariu virgem :?:
porque estava apenas brincando com o José! ::)
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 13 de Abril de 2017, 16:36:27
Arrisco dizer que secularismo, humanismo, leis ajudaram a deixar o mundo bem mais suportavel e menos barbaro que antes.

Se dependêssemos de religiosos sem leis.....
oque existem são religiosos que não seguem as leis de Deus, se todo seguissem a religiosidade de Jesus  certamente estariamos construindo e habitando um mundo bem melhor,  não concorda?

Aquele mesmo Deus que mandou rasgar as barrigas das gravidas e matar as crianças no ataque que mencionei anteriormente e que depois lá na Palestina deu uma bipolarizada e virou um deus hippie todo amor?

sim! Deus manifesta se na evolução do atomo ao homem, o deus de moises se encontra abaixo do Deus de Jesus,mas é o mesmo Deus assim como a larva evolui para o mosquito, e o esperma para homem!
zzzzzzzzzzzzzzzzz
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 13 de Abril de 2017, 16:41:44
Citar
Aquele mesmo Deus que mandou rasgar as barrigas das gravidas e matar as crianças no ataque que mencionei anteriormente e que depois lá na Palestina deu uma bipolarizada e virou um deus hippie todo amor? 

Grey, vc pode não acreditar nestas coisas, tudo bem; mas seria legal conhecer um pouco dessa parte da história. Jesus, aquele hippie da Palestina, nada tem a ver com Jeová, o deus bíblico do ATestamento. São personagens diferentes, embora os católicos costumem afirmar que Jesus Cristo seja um dos Deuses trinitários. Salada.
Ta dizendo que Jesus não era judeu e nem acreditava no deus de Israel?
oficialmente é isso o que é amigo, inclusive Jesus sendo descendente de toda a linhagem desde adão senão me engano...

Isso que você acredita que Jesus seja já é uma extrapolação pra tentar justificar a pataquada a qual Jesus acreditava, as incoerências de ter um deus fdp e pregar uma coisa totalmente diferente....
é o tal do deus buffet onde voce escolhe somente auilo que quer dele...

Não seria mais facil admitirem logo que essa merda não faz sentido ao inves de querer ficar arrumando desculpas esfarrapadas?
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 13 de Abril de 2017, 20:42:27
O Cristo não era hominal.
Sr. Spencer
poderá lhe explicar melhor...

Tudo, na vida "humana" de Jesus, foi apenas aparente, mas se passou em condições tais que, para os homens, houve ilusão, assim como para Maria e José, devendo todos acreditar na sua "humanidade", quando, entretanto, ele tão-somente revestira e revestia um perispírito tangível, conforme já vos explicamos, um corpo meramente perispirítico, como tal, inacessível às exigências, às necessidades da vossa existência material.
Quando Maria, sendo Jesus, na aparência, pequenino, lhe dava o seio - o leite era desviado pelos Espíritos superiores que o cercavam, de um modo bem simples: em vez de ser sorvido pelo "menino", que dele não precisava, era restituído à massa do sangue por uma ação fluídica, que se exercia sobre Maria, inconsciente dela.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: homemcinza em 13 de Abril de 2017, 21:14:12

Isso segundo o Espiritismo. Crença em cima de crença. Jesus nos acuda!!
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Micrômegas em 13 de Abril de 2017, 22:24:59
O Cristo não era hominal.
Sr. Spencer
poderá lhe explicar melhor...

Tudo, na vida "humana" de Jesus, foi apenas aparente, mas se passou em condições tais que, para os homens, houve ilusão, assim como para Maria e José, devendo todos acreditar na sua "humanidade", quando, entretanto, ele tão-somente revestira e revestia um perispírito tangível, conforme já vos explicamos, um corpo meramente perispirítico, como tal, inacessível às exigências, às necessidades da vossa existência material.
Quando Maria, sendo Jesus, na aparência, pequenino, lhe dava o seio - o leite era desviado pelos Espíritos superiores que o cercavam, de um modo bem simples: em vez de ser sorvido pelo "menino", que dele não precisava, era restituído à massa do sangue por uma ação fluídica, que se exercia sobre Maria, inconsciente dela.



Em A Gênese, cap.15


66. Aos fatos materiais juntam-se fortíssimas considerações morais.

Se as condições de Jesus, durante a sua vida, fossem as dos seres fluídicos, ele não teria experimentado nem a dor, nem as necessidades do corpo. Supor que assim haja sido é tirar-lhe o mérito da vida de privações e de sofrimentos que escolhera, como exemplo de resignação. Se tudo nele fosse aparente, todos os atos de sua vida, a reiterada predição de sua morte, a cena dolorosa do Jardim das Oliveiras, sua prece a Deus para que lhe afastasse dos lábios o cálice de amarguras, sua paixão, sua agonia, tudo, até ao último brado, no momento de entregar o Espírito, não teria passado de vão simulacro, para enganar com relação à sua natureza e fazer crer num sacrifício ilusório de sua vida, numa comédia indigna de um homem simplesmente honesto, indigna, portanto, e com mais forte razão de um ser tão superior. Numa palavra: ele teria abusado da boa-fé dos seus contemporâneos e da posteridade. Tais as conseqüências lógicas desse sistema, conseqüências inadmissíveis, porque o rebaixariam moralmente, em vez de o elevarem.





Ps: Procurei no histórico do Sr. Spencer e não encontrei o texto referido. Estou postando essa resposta apenas para esclarecimento, e não para confronta-lo, se caso foi realmente ele que postou.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 13 de Abril de 2017, 22:42:40
Acaso eu disse que foi ele o autor da passagem, Sr. Micrômegas :?:
A obra consta ou pelo menos constou até muito pouco tempo atrás dentro do Estatuto da FEB.
Dr. Bezerra foi seu mais ardoroso defensor, e não me consta que agora na condição de Espírito que se pode chamar Padroeiro que se pronuncia constantemente em inúmeros eventos e textos impressos, tenha mudado de opinião acerca desse ponto ardorosamente defendido por ele enquanto viandante do carro físico.
Imagino que a instituição na qual colabora Sr. Spencer seja filiada à Casa de Ismael. Em cuja se bem me lembro ele atua como instrutor.
Se não, ele poderá esclarecer, claro.
 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gigaview em 14 de Abril de 2017, 00:13:04
O Cristo não era hominal.
Sr. Spencer
poderá lhe explicar melhor...

Tudo, na vida "humana" de Jesus, foi apenas aparente, mas se passou em condições tais que, para os homens, houve ilusão, assim como para Maria e José, devendo todos acreditar na sua "humanidade", quando, entretanto, ele tão-somente revestira e revestia um perispírito tangível, conforme já vos explicamos, um corpo meramente perispirítico, como tal, inacessível às exigências, às necessidades da vossa existência material.
Quando Maria, sendo Jesus, na aparência, pequenino, lhe dava o seio - o leite era desviado pelos Espíritos superiores que o cercavam, de um modo bem simples: em vez de ser sorvido pelo "menino", que dele não precisava, era restituído à massa do sangue por uma ação fluídica, que se exercia sobre Maria, inconsciente dela.[/i]


 :histeria: :histeria: :histeria:

Logo Jesus nunca fez cocô...
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 14 de Abril de 2017, 08:57:29
Prefaciado pelo próprio Emmanuel de modos que nunca se poderá alegar não constituir a Verdade:

Segundo os planos de trabalho do mundo invisível, o grande missionário, no seu maravilhoso esforço de síntese, contaria com a cooperação de uma plêiade de auxiliares da sua obra, designados particularmente para coadjuvá-lo, nas individualidades de João-Batista Roustaing, que organizaria o trabalho da fé; de Léon Denis, que efetuaria o desdobramento filosófico; de Gabriel Delanne, que apresentaria a estrada científica e de Camille Flammarion, que abriria a cortina dos mundos, desenhando as maravilhas das paisagens celestes, cooperando assim na codificação kardequiana no Velho Mundo e dilatando-a com os necessários complementos.
Ia resplandecer a suave luz do Espiritismo,
[...]
BRASIL, CORAÇÃO DO MUNDO, PÁTRIA DO EVANGELHO
Ditado pelo Espírito:
Humberto de Campos
Psicografado por:
Francisco Cândido Xavier
Primeira edição lançada em 1938
Editora FEB – Federação Espírita Brasileira
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 14 de Abril de 2017, 09:37:06
O texto que Gorducho citou é de "Os quatro evangelhos, JBRoustaing". Jamais foi aceito em qualquer ambiente onde haja um mínimo senso crítico.
Quanto à Feb, por se tratar de uma dessas clausulas pétreas, dos tempos de BMenezes não podia ser removida.
Há, para quem tiver curiosidade, um interessante histórico processual de interposições, do sr. Luciano dos Anjos, para conservar no Estatuto a tal cláusula pétrea.
Mas não tem nenhum efeito prático pois embora o Gorducho diga que o estudo daquilo seja obrigatório, nada no espiritismo é obrigatório, menos ainda quando se trata de algo tão ridículo.

"Muitos dos missionários escolhidos, falharam em suas respectivas missões"

Quanto ao texto de Emmanuel, apenas diz que entre muitos trabalhadores da causa espírita que reencarnariam, cada um com colaboração efetiva nesta ou naquela área estaria Roustaing, mas não endossou seu docetismo.

Obs. a propósito não sou e nunca fui instrutor na FEB.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 14 de Abril de 2017, 10:15:32
Que eu saiba esse histórico processual TERMINOU tendo o (falecido) Sr. dos Anjos perdido em todas instâncias. Portanto se a FEB acaso ainda não retirou a cláusula, é porque concorda com ela.
Gostaria que me atualizasse - sem sacanagens cá...

Se o Sr. atua como instrutor de Estabelecimento filiado, indiretamente é. Quem discorda duma seita, não se filia a ela...

Dr. Bezerra se manifesta em movimentada agenda que vai desde a Maison de la Mutualité

Portugal, todos recantos do Brasil, até analisar o desemprenho e aconselhar a Casa Mater em todas reuniões formais do Conselho Federativo.
É ou não é :?:
E nunca se pronunciou desdizendo, mesmo sendo amigo da Celina que é um backdoor pra comunicação com própria Maria Santíssima. Portanto é a crença oficial.
Tô certo ou tô errado :?:
 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Spencer em 14 de Abril de 2017, 13:34:23
Quanto aos estatutos, por incrível que pareça existem interesses político-administrativos envolvidos: o atual presidente é reformista mas alguns membros do CNF, antigos, não se sentem a vontade com a modificação dos estatutos simplesmente por causa daquela cláusula. Ele pretende uma reforma sem rachas, e isto, no meu parecer, vai levar tempo.

Em certas linhas da Religião alguns de seus representantes erram por se aproveitarem e encher a burra, outros a transformam em plataforma política; outros, pior ainda, costumam extravasar ali instintos condenáveis.
Também o Espiritismo arca com o ônus do misticismo.
A mediunidade é muito mais comum que se pensa, apenas aparece com rótulos diferentes conforme o meio em que se expressa e, claro, seus agentes.
Você, inteligente e instruído, tire suas conclusões. Sem sacanagens, né?

Companheirão, vamos fazer o seguinte: alguns foristas costumam nos ler, talvez, tirando suas conclusões, ou, quem sabe... conhecimento não ocupa espaço. Então, como acredito que nossa linha atual está amarrada em aspectos pouco interessantes, sugeriria uma guinada, ou, se vc quiser, criarmos um novo tópico segundo algum interesse de esclarecimento, ok?


 
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Gorducho em 14 de Abril de 2017, 13:57:02
Claro, ok.
Mas veja que  eu só respondi porque o Sr. entrou no assunto se pronunciando acerca da mitológica figura Jesus Cristo.
Jesus, aquele hippie da Palestina, nada tem a ver com Jeová, o deus bíblico do ATestamento. São personagens diferentes, embora os católicos costumem afirmar que Jesus Cristo seja um dos Deuses trinitários. Salada.
Eu então fiz ver que segundo o posicionamento oficial do espiritismo brasileiro não é assim. Se a figura nada tinha a ver com Jeová, por que todo aquele circo do fantasma que enganava a própria suposta - segundo essa teologia, claro... - mãe :?:
E S/Pessoa acaba de me confirmar que a posição oficial da Casa de Ismael continua sendo essa mesmo, porque se uma obra consta explicitamente em estatuto é porque é canônica.
Bem como em 117 anos Dr. Bezerra já teria tido tempo suficiente pra esclarecer caso tivesse havido algum mal entendido.
Praticamente não passa semana na qual ele não se manifeste, seja oralmente seja por escrito.
Título: Re:Biógrafo ateu de Chico Xavier conta que filho viu espírito
Enviado por: Freya em 25 de Maio de 2017, 16:36:08
Percebi que na "arena cética" os argumentos contra a DE, seriam sempre os mesmos.

Obviamente serão sempre os mesmos argumentos enquanto a DE não aprender (ou não puder) afirmar sem evidenciar a afirmação.