Forum Clube Cetico

Discussões => História, Sociedade, Comportamento e Filosofia => Tópico iniciado por: Porco em 18 de Janeiro de 2007, 13:22:22

Título: 2+2
Enviado por: Porco em 18 de Janeiro de 2007, 13:22:22
2+2=4 é uma verdade absoluta?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 13:34:43
Sim, é.  Verdades matemáticas são absolutas, porque lidam com assunto completamente abstrato, fechado em si próprio.

Da mesma forma que "uma situação de xeque-mate encerra uma partida de xadrez" também é uma verdade absoluta; é verdade por construção.  Absoluta porque o universo (o escopo em que essa afirmação faz sentido) é propositalmente limitado.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dr. Manhattan em 18 de Janeiro de 2007, 13:43:56
Sim, é.  Verdades matemáticas são absolutas, porque lidam com assunto completamente abstrato, fechado em si próprio.

Da mesma forma que "uma situação de xeque-mate encerra uma partida de xadrez" também é uma verdade absoluta; é verdade por construção.  Absoluta porque o universo (o escopo em que essa afirmação faz sentido) é propositalmente limitado.

Luiz, eu diria que é uma verdade absoluta dentro do contexto da Artimética. E "2+2=4" é um teorema que pode ser provado se partirmos dos Axiomas de Peano. Falar em verdades absolutas do Universo é meio complicado e, pessoalmente, prefiro evitar essa expressão. Usando esse exemplo da Aritmética: pegue dois protons e um neutron e os junte (some) formando um núcleo de Hélio 3. A massa desse núcleo é diferente da soma das massas de cada termo da soma! A questão nesse caso é: o que estamos somando? As massas? Os nucleons? Será que um ser hipotético que vivesse na escala subatômica entenderia a idéia da soma como nós?

EDIT: Sobre os Axiomas de Peano: http://en.wikipedia.org/wiki/Peanos_axioms
Título: Re: 2+2
Enviado por: Snake em 18 de Janeiro de 2007, 14:02:24
É possível criar sistemas aritméticos em que 2 + 2 é diferente de 4; por exemplo, no conjunto dos inteiros reduzidos módulo 4, temos 2 + 2 = 0.

http://en.wikipedia.org/wiki/Modular_arithmetic
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 14:02:54
Ah, mas dois prótons são uma entidade física, enquanto que "2" é uma entidade aritmética.  São, literalmente, universos completamente distintos.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 14:03:28
É possível criar sistemas aritméticos em que 2 + 2 é diferente de 4; por exemplo, no conjunto dos inteiros reduzidos módulo 4, temos 2 + 2 = 0.

http://en.wikipedia.org/wiki/Modular_arithmetic

Isso não seria um caso particular, já que nessa mesma restrição 4=0?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dr. Manhattan em 18 de Janeiro de 2007, 14:31:49
Ah, mas dois prótons são uma entidade física, enquanto que "2" é uma entidade aritmética.  São, literalmente, universos completamente distintos.

Bem, por definição, o Universo é tudo que existe, né? :)
Mas entendo o que você quis dizer. Já o que eu quis dizer é que 2+2=4 é uma verdade dentro uma maneira de descrever o universo. No fundo no fundo, essa discussão tem a ver com a questão acerca da existência de um (não sou muito versado em filosofia, então me desculpe se a nomenclatura estiver errada) universo platônico, no qual residem os conceitos matemáticos.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 14:43:23
Em matemática "universo" é o conjunto sobre o qual se pretende fazer afirmações, não é o Universo.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dr. Manhattan em 18 de Janeiro de 2007, 14:46:29
Em matemática "universo" é o conjunto sobre o qual se pretende fazer afirmações, não é o Universo.

Bem, então estamos em concordância, sob uma aparência de discordância. :)
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 14:48:58
Parece.  Mas não sei não.  Estou achando que você não é um discordiano de verdade.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Snake em 18 de Janeiro de 2007, 15:01:27
É possível criar sistemas aritméticos em que 2 + 2 é diferente de 4; por exemplo, no conjunto dos inteiros reduzidos módulo 4, temos 2 + 2 = 0.

http://en.wikipedia.org/wiki/Modular_arithmetic

Isso não seria um caso particular, já que nessa mesma restrição 4=0?

Não, porque 4 não faz parte do conjunto.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 15:09:26
Desculpe, mas não é como eu entendo.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dr. Manhattan em 18 de Janeiro de 2007, 15:15:53
Desculpe, mas não é como eu entendo.

Luiz: No meu relógio, 13 = 1, e 25 non ecziste :)
Título: Re: 2+2
Enviado por: Felius em 18 de Janeiro de 2007, 15:18:30
Punhetagem mental nao?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 15:20:53
Falta de mulher.
Título: Re: 2+2
Enviado por: uiliníli em 18 de Janeiro de 2007, 15:24:14
Então acho que a punhetagem não fica só no mental…  :lol:
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dbohr em 18 de Janeiro de 2007, 15:54:50
Fariseus :hihi:
Título: Re: 2+2
Enviado por: Guinevere em 18 de Janeiro de 2007, 16:32:40
Dantas... uhg.... aritmética modular dessas é normal  e estudada em cursos de Ciencia da Computaria. Pra voce ter uma idéia, todos os computadores sao assim. Tipo, digamos que se voce somar 65535 + 1 vai dar 0 numa máquina de 16 bits.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 16:40:24
Dantas… uhg… aritmética modular dessas é normal  e estudada em cursos de Ciencia da Computaria. Pra voce ter uma idéia, todos os computadores sao assim. Tipo, digamos que se voce somar 65535 + 1 vai dar 0 numa máquina de 16 bits.

Estou bem ciente, mas isso não muda meu ponto.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Guinevere em 18 de Janeiro de 2007, 16:49:32
que seria?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 18 de Janeiro de 2007, 17:01:37
Que no universo da aritmética de módulo 4, 4 e zero SÃO o mesmo número.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Vito em 18 de Janeiro de 2007, 17:45:06
Dantas… uhg… aritmética modular dessas é normal  e estudada em cursos de Ciencia da Computaria. Pra voce ter uma idéia, todos os computadores sao assim. Tipo, digamos que se voce somar 65535 + 1 vai dar 0 numa máquina de 16 bits.
Mais informação:
http://www.forumpcs.com.br/coluna.php?b=133014
Título: Re: 2+2
Enviado por: Eriol em 18 de Janeiro de 2007, 19:25:05
matemáticas não é dedução. O predicado não adiciona nada novo ao sujeito.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Caju em 18 de Janeiro de 2007, 20:52:26
Lá pergunta ??  :hein:

2+2=4 é uma verdade absoluta?

Se existem pessoas que questionam essa verdade ela deixa de ser absoluta, simplesmente pelo fato de questionarem. :)

"Tudo é relativo, mas eu posso estar errado." é uma das assinaturas que eu vi em algum membro do fórum, e é a frase que mais se encaixa aqui.  :ok:
Título: Re: 2+2
Enviado por: rizk em 18 de Janeiro de 2007, 21:05:36
Na música, 2+2=5. ALWAYS makes a five, ainda por cima.

Ok, parei.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Caju em 19 de Janeiro de 2007, 09:24:25
Na música, 2+2=5. ALWAYS makes a five, ainda por cima.

Ok, parei.



Experimente a seguinte equação: tendo 2 + 2 = 4

(16 - 36 + 81/4) = (25 - 45 + 81/4)

note se que se tratam de 2 trinômios quadrados perfeitos

1º raiz de 16 = 4  raiz de 81/4 = 9/2  2.4.9/2 = 36

2º raiz de 25 = 5  raiz de 81/4 = 9/2  2.5.9/2 = 45

logo temos:

(4 - 9/2)² = (5 - 9/2)²
    4 - 9/2 = 5 - 9/2
           4  = 5 - 9/2 +9/2
           4  =  5
se 2+2 = 4 então:
   
          2+2 = 5   

:P

hehehehehehe abçs a todos, a brincadeirinha é antiga mas é legal :)
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dbohr em 19 de Janeiro de 2007, 09:30:25
Que no universo da aritmética de módulo 4, 4 e zero SÃO o mesmo número.

Você está contente confortável com essa conclusão, ou podemos continuar tentando te convencer do contrário? :-)
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 19 de Janeiro de 2007, 11:03:39
Podem sim, só não vai adiantar em nada. 

:)

 Deveria?

Confesso que não estou entendendo onde está o espaço para tanta controvérsia.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dbohr em 19 de Janeiro de 2007, 14:32:42
Nah, deixa para lá  :-)
Título: Re: 2+2
Enviado por: Fabulous em 21 de Janeiro de 2007, 19:26:20
Na música, 2+2=5. ALWAYS makes a five, ainda por cima.

Ok, parei.



Experimente a seguinte equação: tendo 2 + 2 = 4

(16 - 36 + 81/4) = (25 - 45 + 81/4)

note se que se tratam de 2 trinômios quadrados perfeitos

1º raiz de 16 = 4  raiz de 81/4 = 9/2  2.4.9/2 = 36

2º raiz de 25 = 5  raiz de 81/4 = 9/2  2.5.9/2 = 45

logo temos:

(4 - 9/2)² = (5 - 9/2)²
    4 - 9/2 = 5 - 9/2
           4  = 5 - 9/2 +9/2
           4  =  5
se 2+2 = 4 então:
   
          2+2 = 5   

:P

hehehehehehe abçs a todos, a brincadeirinha é antiga mas é legal :)


É, estava tentando lembrar desta. :lol:

Onde está o erro?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Snake em 21 de Janeiro de 2007, 19:37:45
O erro está aqui:


(4 - 9/2)² = (5 - 9/2)²
    4 - 9/2 = 5 - 9/2

O certo seria:

(4 - 9/2)² = (5 - 9/2)²
4 - 9/2 = +/- 5 - 9/2

E, de fato, 4 - 9/2 = - (5 - 9/2).
Título: Re: 2+2
Enviado por: Buckaroo Banzai em 21 de Janeiro de 2007, 19:52:41
"2+2 não é uma verdade absoluta", é uma verdade absoluta?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Caju em 22 de Janeiro de 2007, 19:08:49
Como diria o Chapolin, só os tontos tem certeza absoluta do que dizem. :P mas lógico que eu não tenho certeza disso :P uahiauhiahiuahia
Título: Re: 2+2
Enviado por: Alenônimo em 22 de Janeiro de 2007, 19:57:32
"2+2 = 4" é uma verdade absoluta porque a matemática é um axioma. Pronto.
Título: Re: 2+2
Enviado por: ukrainian em 22 de Janeiro de 2007, 21:19:27
2+2 pode ser igual a 22 também… Tudo é relativo.
Título: Re: 2+2
Enviado por: FZapp em 22 de Janeiro de 2007, 21:29:41
É possível criar sistemas aritméticos em que 2 + 2 é diferente de 4; por exemplo, no conjunto dos inteiros reduzidos módulo 4, temos 2 + 2 = 0.

http://en.wikipedia.org/wiki/Modular_arithmetic

Mas é um caso de notação, e não da quantidade resultante.
EM base 16, ou usando módulo escalar, posso chegar a resultados diferentes.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dbohr em 22 de Janeiro de 2007, 21:33:57
... é por essas e outras que eu estudo Física, não Matemática. Assim, eu posso dizer que 2+2= aproximadamente 4 e ninguém aborrece :-D
Título: Re: 2+2
Enviado por: uiliníli em 22 de Janeiro de 2007, 22:54:18
Quanto é 2+2?

Matemático: 4
Físico: 4,0000000 + 0,0000002
Químico: "ih... vai depender da estequiometria"
Engenheiro: "4, mas bota 5 para garantir"

Título: Re: 2+2
Enviado por: FZapp em 24 de Janeiro de 2007, 08:25:54
"2+2 = 4" é uma verdade absoluta porque a matemática é um axioma. Pronto.

E axiomas são dogmas. Portanto, todo matemático é religioso fanático e temente a Logos !
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 24 de Janeiro de 2007, 08:48:55
Axioma sem dúvida é dogma.
Título: Re: 2+2
Enviado por: FZapp em 24 de Janeiro de 2007, 08:56:32
Não sei se notaram, mas agora estamos facilmente adotando a 'lógica pensêitor', daqui a pouco estamos escrevendo quase igual a ele (não me atreveria a dizer melhor  :| )
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 24 de Janeiro de 2007, 08:58:15
Pensador?  Onde ele entrou na história, Catino?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Guinevere em 24 de Janeiro de 2007, 09:32:00
Ih, Dantas, você precisa aprender a programar e ver axiomas como meramente mais um objeto matemático. ^.^
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 24 de Janeiro de 2007, 10:41:56
Eu sei programar, Gui.

Axioma continua sendo dogma.  Dogma matemático é algo completamente abstrato, mas continua sendo dogma.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Pregador em 25 de Janeiro de 2007, 09:58:23
Tá, digamos que eu esteja em uma planície, aqui no nosso planeta, não está ventando e não tem ninguém por perto e nem animal. Eu jogo uma maça para cima e ela cai no chão. Nas exatas condições nas quais eu estava inserido, o fato de se jogar uma maça para cima, significa que ela necessariamente cairá no chão. Isso é uma verdade absoluta?
Título: Re: 2+2
Enviado por: uiliníli em 25 de Janeiro de 2007, 10:06:45
Depende da velocidade com que você jogou a maçã, mas como você não é o Superman então isso significa que a maçã cai sim, e isso é uma verdade absoluta (ou melhor dizendo, uma lei física). A lei da gravitação universal não faz pausas para ir ao banheiro, ela é sempre válida. Mesmo quando a maçã ainda estava na sua mão a Terra já a atraía para seu centro e maçã atraía a Terra com a mesma força. Ao jogá-la para o alto a maça será desacelerada (tanto pela força gravitacional quanto pela resistência do ar) e se a velocidade dela for menor que a velocidade de escape, eventualmente a maçã vai "frear" e começar a se mover aceleradamente para baixo.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 25 de Janeiro de 2007, 10:23:48
Mas como podemos saber que a lei da gravitação universal é absoluta? 

E de um ponto de vista mais prático: quanto de certeza podemos ter de estarmos reproduzindo as mesmas condições do experimento original?
Título: Re: 2+2
Enviado por: uiliníli em 25 de Janeiro de 2007, 10:52:49
Os físicos profissionais do fórum devem explicar melhor, mas o que sei é que as observações astronômicas nos sugerem que as leis da Física são isotrópicas, isto é, as mesmas em todos os pontos do espaço e do tempo. Se há provas mais fundamentais para isso ou se esse é um leap of faith da ciência eu não sei dizer.
Título: Re: 2+2
Enviado por: FZapp em 25 de Janeiro de 2007, 11:07:24
Eu sei programar, Gui.

Axioma continua sendo dogma.  Dogma matemático é algo completamente abstrato, mas continua sendo dogma.

Iiiihh...

Na verdade, estava sendo sarcástico.

Dogma e axioma não nada a ver um com outro.

Dogmas são argumentos que não pode ser discutidos. Axiomas são determinações iniciais para estabelecer um raciocínio.

Não há dogmas na matemática. Lembre-se por exemplo que a geometria euclideana usa certos axiomas, e a não euclideana utiliza outros. E as duas geometrias são possíveis, onde uma a utilizamos no dia-a-dia, mas a outra parece inclusive explicar melhor a geometria do universo. E mesmo que não exista, é possível matematicamente.

Os dogmas são conceitos inquestionáveis, como a transubstanciação da alma, ou a trindade (eu diria que também Quatro Nobres Verdades).
Título: Re: 2+2
Enviado por: FZapp em 25 de Janeiro de 2007, 11:08:32
Tá, digamos que eu esteja em uma planície, aqui no nosso planeta, não está ventando e não tem ninguém por perto e nem animal. Eu jogo uma maça para cima e ela cai no chão. Nas exatas condições nas quais eu estava inserido, o fato de se jogar uma maça para cima, significa que ela necessariamente cairá no chão. Isso é uma verdade absoluta?

Para as condições descritas (temperatura-pressão, planeta Terra, Amon, maçã) sim, são uma verdade demonstrável.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Luis Dantas em 25 de Janeiro de 2007, 11:23:29
Os físicos profissionais do fórum devem explicar melhor, mas o que sei é que as observações astronômicas nos sugerem que as leis da Física são isotrópicas, isto é, as mesmas em todos os pontos do espaço e do tempo. Se há provas mais fundamentais para isso ou se esse é um leap of faith da ciência eu não sei dizer.

Para mim parece um tanto óbvio; não há como saber se essas leis se aplicam em todos os lugares e tempos, porque não temos acesso a todos os lugares tempos. 

Salto de fé eu não diria, mas "hipótese de trabalho" é um bom termo para a situação.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Dbohr em 25 de Janeiro de 2007, 12:11:44
Você está certo em princípio, Dantas. Ocorre que todos os indícios -- ou quase todos, vide o até agora inexplicável fenômeno da Pioneer -- apontam para a isotropia da gravitação.

O que é bom, pois garante emprego para muitas gerações de físicos :-)
Título: Re: 2+2
Enviado por: uiliníli em 26 de Janeiro de 2007, 23:04:55
Para mim parece um tanto óbvio; não há como saber se essas leis se aplicam em todos os lugares e tempos, porque não temos acesso a todos os lugares tempos. 

Salto de fé eu não diria, mas "hipótese de trabalho" é um bom termo para a situação.

Será que não dá mesmo para saber se essas leis ocorrem em outros lugares em tempos? Afinal, a Astronomia inteira se resume a isso. Qualquer estrela do universo não é mais aquela que você observa hoje em seu telescópio, pois a luz dela levou muitos anos até chegar a você. E se vemos que galáxias a bilhões de anos-luz de nós obecem às leis da gravitação de Newton, então sabemos que elas ainda eram válidas naquela época.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Eleitor de Mário Oliveira em 27 de Janeiro de 2007, 02:16:49
Só um pitaco anti-formalista:
Na História da Matemática, nós (seres humanos) primeiro estipulamos axiomas, para depois derivar os teoremas destes; ou primeiro tinhamos nossas intuições e conjecturas matemáticas, para então formular sistemas axiomáticos que verificassem-nas?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Res Cogitans em 27 de Janeiro de 2007, 22:18:54
Só um pitaco anti-formalista:
Na História da Matemática, nós (seres humanos) primeiro estipulamos axiomas, para depois derivar os teoremas destes; ou primeiro tinhamos nossas intuições e conjecturas matemáticas, para então formular sistemas axiomáticos que verificassem-nas?

Acredito que ter intuições matemáticas e depois tentar formalizá-las seja o mais frequente.
Título: Re: 2+2
Enviado por: Res Cogitans em 27 de Janeiro de 2007, 22:53:19
Citar
Em seu livro "Arithmetices Principia Nova Methodo Exposita" de 1889 Peano estabelece nove axiomas para a aritmética. Quatro destes são verdades acerca da igualdade, mas os outros cinco são os postulados especiais seguintes:

1. Existe um número natural 0;
2. Todo número n tem um sucessor n' no conjunto dos números naturais (N)
3. Não existe nenhum número natural que tenha como sucessor o número 0;
4. Se n≠m então n'≠m' ;
5. Se 0 tem uma propriedade e esta propriedade também é possuida pelo sucessor de todos os números naturais que a possuem, então ela é possuída por todos os números naturais (Este axioma permite a técnica de demonstração conhecida com indução matemática).
Observe-se que o que é chamado de "0" aqui não é necessariamente o que normalmente consideramos o número zero. Um modelo para os axiomas de Peano é o que conhecemos por conjunto dos números naturais ( {0,1,2,3,4,5,...} ) com a operação de sucessão definida como n' = n + 1, mas a definição acima é genérica e pode ser aplicada a outros conjuntos (por exemplo, o conjunto das potências de 10 {1, 10, 100, ...} com "0" = 1 e o sucessor n' = 10 n)

Usando a definição de sucessor n'=n+1 e defindo os sucessores conforme abaixo
1=0+1
2=1+1
3=2+1
4=3+1

Partindo do axioma que a=a

2+2=2+2

Como 2=1+1 por definição podemos reescrever

2+2= 2 +1+1

Usando a propriedade associativa da adição

2+2= (2+1) + 1

Como 2+1=3 por definição

2+2= 3+1

Como 3+1=4 por definição

2+2=4



Título: Re: 2+2
Enviado por: Mental em 29 de Janeiro de 2007, 13:26:29
2+2=4 é uma verdade absoluta?

Turma tranquila e sem o que fazer…  :D

2+2=4 Não é uma verdade absoluta. Alem dos exemplos já dados, existem outras coisas que devemos considerar.


1- O primeiro 2 tem a mesma definição que o segundo 2?
    Ex: Dois homens mais dois sonhos não formam quatro unidades.

2- Dois pais e dois filhos podem ser apenas três pessoas ao inves de quatro. (Avô, pai e filho)

3- Dois mais dois (sendo sobrepostos), dá um "2" reforçado, e não "4".
Então: 2 + 2 = 2

4- Dois buracos unidos mais dois buracos unidos formam um buraco grande.


A verdade é que não existe verdade absoluta. Tudo é relativo  ;-)




Título: Re: 2+2
Enviado por: Snake em 29 de Janeiro de 2007, 17:07:08
É possível criar sistemas aritméticos em que 2 + 2 é diferente de 4; por exemplo, no conjunto dos inteiros reduzidos módulo 4, temos 2 + 2 = 0.

http://en.wikipedia.org/wiki/Modular_arithmetic

Mas é um caso de notação, e não da quantidade resultante.
EM base 16, ou usando módulo escalar, posso chegar a resultados diferentes.

Em base 16 o resultado é o mesmo, porque só muda a representação numérica.
Título: Re: 2+2
Enviado por: uiliníli em 29 de Janeiro de 2007, 17:12:52
Na verdade nem a representação numérica muda. Em qualquer base maior que base 4, se escreve 2+2=4. Em base 4, 2+2=10; em base 3, 2+2=11 e em base 2, 10+10=100.
Título: Re: 2+2
Enviado por: FZapp em 29 de Janeiro de 2007, 19:48:03
Na verdade nem a representação numérica muda. Em qualquer base maior que base 4, se escreve 2+2=4. Em base 4, 2+2=10; em base 3, 2+2=11 e em base 2, 10+10=100.

No caso de 2 + 2, sim, por uma fatalidade numérica :) . Mas não em qualquer soma, e o que queria deixar claro, para quem não é da área de programação, que uma coisa é a operação aritmética, e outra é a notação.

Se reparar, sempre está utilizando uma notação ordinal e definindo uma base. Então, a fórmula para o resultado aritmético é a mesma, que é elevar a ordem cada vez que a quantidade sobrepassar a base.
Título: Re: 2+2
Enviado por: F. Antunes em 13 de Fevereiro de 2007, 17:34:28
Sim, é.  Verdades matemáticas são absolutas, porque lidam com assunto completamente abstrato, fechado em si próprio.

Da mesma forma que "uma situação de xeque-mate encerra uma partida de xadrez" também é uma verdade absoluta; é verdade por construção.  Absoluta porque o universo (o escopo em que essa afirmação faz sentido) é propositalmente limitado.

Em outras palavras. A verdade absoluta não é absoluta. Meio contraditório, não acha?
Título: Re: 2+2
Enviado por: Mussain! em 12 de Abril de 2007, 17:22:37
Usando esse exemplo da Aritmética: pegue dois protons e um neutron e os junte (some) formando um núcleo de Hélio 3. A massa desse núcleo é diferente da soma das massas de cada termo da soma! A questão nesse caso é: o que estamos somando? As massas? Os nucleons? Será que um ser hipotético que vivesse na escala subatômica entenderia a idéia da soma como nós?

A resposta não seria "unidades"...? :)