Mensagens Recentes

Páginas: 1 [2] 3 4 5 6 ... 10
11
Amigo, admita logo que você não sabe porcaria nenhuma sobre Industria 4.0. É mais bonito do que você ficar enchendo linguiça aí falando superficialmente das coisas que não conhece e sobre senso comum.
Faça melhor, mostre seu conhecimento sobre engenharia então, seu idiota. Aposto que você nunca viu um CLP na vida, ou que tenha pisado numa fábrica antes. Se conhecesse a complexidade relativa à necessária divisão do trabalho para fabricação do teu computador e do teu celular, deixarias de ser esse comunista que acredita que no futuro, se as pessoas quiserem um celular, basta elas apertar um botão e CLACK!: "retire seu celular". Mas não, você é tão bosta, mas tão bosta, que não consegue debater com um leigo, e prefere partir para a ofensa. 
12
Penso que não. Quero me mudar para um país que tenha pelo menos um bom nível de futebol.
Se alguém perguntar quais são as coisas que o dinheiro não compra, vou responder: uma boa seleção de futebol.

Espero que tenha sido uma piada.

Até porque obviamente se compra sim uma boa seleção de futebol. Aliás, se alguém tem isso como principal prioridade na escolha de um país para morar, é capaz que bem possa comprar para o país alguns bons times de futebol.


















Acho que essa questão envolve um pouco a hierarquia de necessidades. Na maioria das opiniões que vi de quem deseja ir para fora, o grande foco está em obter segurança (física e social), estabilidade financeira e etc. Já os casos apontados de gente de fora que quer ficar no Brasil, me parecem casos de pessoas que já não tem essas preocupações e se preocupam com outras coisas.

Esse texto sobre o japão me parece o típico caso de quem se preocupa com o topo da pirâmide. Criatividade, espontaneidade, ausência de preconceitos, moralidade...

"Ausência de preconceitos" não é preocupação do topo da pirâmide se você não é de uma classe livre de ser vitimizada por isso.

https://en.wikipedia.org/wiki/Burakumin
https://en.wikipedia.org/wiki/Ethnic_issues_in_Japan#Comment_by_U.N._special_rapporteur_on_racism_and_xenophobia

Mas no contexto da discussão isso possivelmente seria visto como positivo pela pessoa com quem discutia, que acho que era etno-nacionalista.







Talvez nesse fórum mesmo tenham postado uma enquete que fazia a estimativa de qual seria o seu país ideal para viver, de acordo com preferências que desse. Se bem me lembro o meu resultado foi em primeiro Nova Zelândia e/ou Austrália, e Canadá em segundo (ou talvez terceiro). Era algo mais "sério", do tipo "political compass", e não esses quizezinhos clickbait bestas que devem abundar.
13
Penso que não. Quero me mudar para um país que tenha pelo menos um bom nível de futebol.
Se alguém perguntar quais são as coisas que o dinheiro não compra, vou responder: uma boa seleção de futebol.

Espero que tenha sido uma piada.
14
Austrália.Uma forma de viver num país de altíssimo desenvolvimento humano (terceiro no ranking mundial) sem ter que ver céu cinza todos os dias.
Só tem que ter cuidado com os tubarões e com os animais peçonhentos que tem por lá.

Não tem tubarões em terras emersas.
15
Laicismo, Política e Economia / Re:Vídeos políticos
« Última Mensagem: por Buckaroo Banzai Online Hoje às 18:01:51 »


De repente tive impressão que já vi jeito parecido com do pehojof  :?

Lembra do Cientista, Martinho Lutero (acho que era esse o nick)...





 

Não era o "criaturo" que dizia que tudo era comunista e que usava um monte de emoticons? Acho que o Cientista não usava, e desse Martinho Lutero eu nem me lembro de qualquer padrão.
16
Laicismo, Política e Economia / Re:[Enquete] Legalização do Aborto
« Última Mensagem: por Buckaroo Banzai Online Hoje às 17:58:22 »
Ou mesmo pró-fecundação/anti-contracepção. A sobreposição com contrariedade a promoção de contracepção e de educação sexual que vá além de "sexo, só depois do casamento" é predominante. Educação sexual mais abrangente é conspiração (((marxista cultural))).
17
Laicismo, Política e Economia / Re:Tensão na Coréia do Norte
« Última Mensagem: por Buckaroo Banzai Online Hoje às 17:52:44 »
Em algum lugar ouvi dizer que os termos do "acordo" são ainda mais vagos que o original.

Os grandes vencedores são Trump e KJU, que podem se gabar de uma "conquista histórica" para a população, apesar de não haver nada concreto.
18
Laicismo, Política e Economia / Re:Esquerda Caviar
« Última Mensagem: por AlienígenA Online Hoje às 17:45:28 »
Citar
Sociedades são sistemas complexos. Você entende o que isso quer dizer?

Então sistemas complexos são coisas impossíveis de serem entendidas? Problemas complexos não podem ser atacados com vários graus de eficiência? Melhor deixar de lado, que a natureza cuida? Ainda bem que cientistas que estudam o cérebro, processos químicos complexos, meteorologia etc... não concordam com você, se não até hoje ainda estaríamos acreditando que doença mental é demônio e que devemos rezar para os deuses da chuva e do sol (quem sabe fazer da dança da chuva).

E que o comunismo funciona.

Então um sistema baseado em outros valores não capitalistas é impossível de funcionar? Que o que foi tentado é tudo o que pode ser feito de fato? Que o capitalismo de fato funciona muito bem e não há nada que possa ser melhor?

Fonte: arial  :biglol:

O capitalismo não é um experimento, mas um acontecimento, então não sabemos. Esse é todo o problema.   
19
Laicismo, Política e Economia / Re:[Enquete] Legalização do Aborto
« Última Mensagem: por Gaúcho Online Hoje às 17:42:18 »
Pró-nascimento é um termo mais adequado do que pró-vida.
20
Eu até acho que há coisa a ser discutida sobre essas questões de intersecção de avanço tecnológico e possíveis problemas soluções econômicas

É para fazer comédia comentar isso?! :hein: O avanço tecnológico é realizador de soluções econômicas e isso não é novidade ao entendimento pelo menos desde a revolução industrial! O que não realiza soluções econômicas são as soluções econômicas em si! Isso não é passível de discussão dentro da sanidade, portanto não é o que está em tema aqui, é outra coisa... :|

Quais são suas previsões sobre o aumento da automação e da desvalorização/sobreoferta de trabalho desqualificado, e como isso é algo que se resolverá automaticamente?

Você já leu algo sobre isso, viu ao vídeo de Sam Harris que postado anteriormente, ou é pura intuição de que tudo transcorrerá com resultados ótimos emergindo espontaneamente o tempo todo, ao mesmo tempo em que a economia permanece essencialmente a mesma, de alguma forma?

Eu só consigo imaginar as ruas repletas de malabaristas e flanelinhas. Talvez com parte deles parando o trânsito, que já não tem mais semáforos.
Páginas: 1 [2] 3 4 5 6 ... 10
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!