Mensagens Recentes

Páginas: 1 2 3 4 [5] 6 7 8 9 10
41
Laicismo, Política e Economia / Re:Movimento pelo Impeachment de Dilma Rousseff
« Última Mensagem: por Gaúcho Online Hoje às 10:21:14 »
Qualquer presidente da Câmara no momento teria sido "peça fundamental", visto que é exatamente esse o papel do presidente da Câmara em pedidos de impeachment. Talvez com outro presidente teria sido mais célere, visto que o Cunha segurou por mais de um ano. Talvez com outro nunca teria passado. Nunca saberemos. Tudo que você pode fazer são palpites.
42
Laicismo, Política e Economia / Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Última Mensagem: por JJ Online Hoje às 10:01:07 »

Negativo, ele pode ter segurado antes, mas no momento em que foi conveniente para ele o processo avançou com celeridade.

O Presidente da Câmara dos Deputados é um elemento central num pedido de impeachment.  Se ele não quiser aceitar uma denúncia ele não aceita. E aí morre o pedido.   E o papel do Cunha foi bem além de aceitar o pedido. Ele pôs toda uma máquina política para agir com vigor para tirar a Dilma.

Ele foi uma parte importante, mas não no início. Sem dúvida as manifestações e insatisfação geral contribuíram tanto quanto.


Concordo que as as manifestações foram um elemento importante,  e também devemos lembrar da batalhadora que foi a a advogada Janaína Paschoal.  Entretanto reafirmo que na corrente causal de fenômenos que culminaram no impeachment da Dilma, o Eduardo Cunha foi um elo forte e  importantíssimo.


43
Laicismo, Política e Economia / Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Última Mensagem: por Lorentz Online Hoje às 09:44:01 »

Nós não tiramos o PT do Poder coisa nenhuma,   eu  apenas fiquei acompanhando pela internet e pela TV. Quanto a você, duvido totalmente que tenha feito algum ato que tenha sido realmente relevante para o impeachment da Dilma (a não ser que você seja um importante político do PMDB que tenha tido forte atuação no impeachment da Dilma, e aqui esteja frequentando o CC, mas isto é altamente improvável).

O que nós, pessoas comuns, tivemos foi mera sorte,  e o principal elemento de sorte que tivemos  tem nome, chama-se Eduardo Cunha.  O Cunha foi de longe o mais importante e fundamental ator e causa do impeachment, sem ele é praticamente certo que não teria havido impeachment.


O povo nas ruas tem PODER. É praticamente igual ao sangue de Jesus.



Foi um elemento importante, mas sem ter o Eduardo Cunha na presidência da câmara, e com muita raiva do PT,  é praticamente certo que não teria havido impeachment coisa nenhuma. E que ainda hoje a Dilma/PT estariam se lucupletando,  rindo e  debochando da cara da grande maioria dos brasileiros.


Portanto, tivemos sim, muita sorte de termos o Eduardo Cunha na hora certa, no lugar certo, e com o sentimento e comportamento certo (raiva suficiente da Dilma/PT) para conseguir tornar real o sonho de destituir  os canalhas do poder.

Você está enganado. O Cunha segurou por meses o pedido de impeachment. Ele foi "parceiro" do PT por muito tempo. Sem dúvida se o presidente da câmara fosse um petista, teria sido um processo mais longo, mas a pressão popular levaria à cassação da chapa muito antes, ou ao impeachment do presidente da câmara petista.

A verdade é que se não fosse o Cunha, muito provavelmente teríamos o impeachment 1ano a 6 meses antes.


Negativo, ele pode ter segurado antes, mas no momento em que foi conveniente para ele o processo avançou com celeridade.

O Presidente da Câmara dos Deputados é um elemento central num pedido de impeachment.  Se ele não quiser aceitar uma denúncia ele não aceita. E aí morre o pedido.   E o papel do Cunha foi bem além de aceitar o pedido. Ele pôs toda uma máquina política para agir com vigor para tirar a Dilma.





Ele foi uma parte importante, mas não no início. Sem dúvida as manifestações e insatisfação geral contribuíram tanto quanto.
44
Laicismo, Política e Economia / Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Última Mensagem: por JJ Online Hoje às 09:35:36 »

Nós não tiramos o PT do Poder coisa nenhuma,   eu  apenas fiquei acompanhando pela internet e pela TV. Quanto a você, duvido totalmente que tenha feito algum ato que tenha sido realmente relevante para o impeachment da Dilma (a não ser que você seja um importante político do PMDB que tenha tido forte atuação no impeachment da Dilma, e aqui esteja frequentando o CC, mas isto é altamente improvável).

O que nós, pessoas comuns, tivemos foi mera sorte,  e o principal elemento de sorte que tivemos  tem nome, chama-se Eduardo Cunha.  O Cunha foi de longe o mais importante e fundamental ator e causa do impeachment, sem ele é praticamente certo que não teria havido impeachment.


O povo nas ruas tem PODER. É praticamente igual ao sangue de Jesus.



Foi um elemento importante, mas sem ter o Eduardo Cunha na presidência da câmara, e com muita raiva do PT,  é praticamente certo que não teria havido impeachment coisa nenhuma. E que ainda hoje a Dilma/PT estariam se lucupletando,  rindo e  debochando da cara da grande maioria dos brasileiros.


Portanto, tivemos sim, muita sorte de termos o Eduardo Cunha na hora certa, no lugar certo, e com o sentimento e comportamento certo (raiva suficiente da Dilma/PT) para conseguir tornar real o sonho de destituir  os canalhas do poder.

Você está enganado. O Cunha segurou por meses o pedido de impeachment. Ele foi "parceiro" do PT por muito tempo. Sem dúvida se o presidente da câmara fosse um petista, teria sido um processo mais longo, mas a pressão popular levaria à cassação da chapa muito antes, ou ao impeachment do presidente da câmara petista.

A verdade é que se não fosse o Cunha, muito provavelmente teríamos o impeachment 1ano a 6 meses antes.


Negativo, ele pode ter segurado antes, mas no momento em que foi conveniente para ele o processo avançou com celeridade.

O Presidente da Câmara dos Deputados é um elemento central num pedido de impeachment.  Se ele não quiser aceitar uma denúncia ele não aceita. E aí morre o pedido.   E o papel do Cunha foi bem além de aceitar o pedido. Ele pôs toda uma máquina política para agir com vigor para tirar a Dilma.



45
Laicismo, Política e Economia / Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Última Mensagem: por Lorentz Online Hoje às 09:21:05 »

Nós não tiramos o PT do Poder coisa nenhuma,   eu  apenas fiquei acompanhando pela internet e pela TV. Quanto a você, duvido totalmente que tenha feito algum ato que tenha sido realmente relevante para o impeachment da Dilma (a não ser que você seja um importante político do PMDB que tenha tido forte atuação no impeachment da Dilma, e aqui esteja frequentando o CC, mas isto é altamente improvável).

O que nós, pessoas comuns, tivemos foi mera sorte,  e o principal elemento de sorte que tivemos  tem nome, chama-se Eduardo Cunha.  O Cunha foi de longe o mais importante e fundamental ator e causa do impeachment, sem ele é praticamente certo que não teria havido impeachment.


O povo nas ruas tem PODER. É praticamente igual ao sangue de Jesus.



Foi um elemento importante, mas sem ter o Eduardo Cunha na presidência da câmara, e com muita raiva do PT,  é praticamente certo que não teria havido impeachment coisa nenhuma. E que ainda hoje a Dilma/PT estariam se lucupletando,  rindo e  debochando da cara da grande maioria dos brasileiros.


Portanto, tivemos sim, muita sorte de termos o Eduardo Cunha na hora certa, no lugar certo, e com o sentimento e comportamento certo (raiva suficiente da Dilma/PT) para conseguir tornar real o sonho de destituir  os canalhas do poder.




Você está enganado. O Cunha segurou por meses o pedido de impeachment. Ele foi "parceiro" do PT por muito tempo. Sem dúvida se o presidente da câmara fosse um petista, teria sido um processo mais longo, mas a pressão popular levaria à cassação da chapa muito antes, ou ao impeachment do presidente da câmara petista.

A verdade é que se não fosse o Cunha, muito provavelmente teríamos o impeachment 1ano a 6 meses antes.
46
Laicismo, Política e Economia / Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Última Mensagem: por JJ Online Hoje às 09:11:41 »

Nós não tiramos o PT do Poder coisa nenhuma,   eu  apenas fiquei acompanhando pela internet e pela TV. Quanto a você, duvido totalmente que tenha feito algum ato que tenha sido realmente relevante para o impeachment da Dilma (a não ser que você seja um importante político do PMDB que tenha tido forte atuação no impeachment da Dilma, e aqui esteja frequentando o CC, mas isto é altamente improvável).

O que nós, pessoas comuns, tivemos foi mera sorte,  e o principal elemento de sorte que tivemos  tem nome, chama-se Eduardo Cunha.  O Cunha foi de longe o mais importante e fundamental ator e causa do impeachment, sem ele é praticamente certo que não teria havido impeachment.


O povo nas ruas tem PODER. É praticamente igual ao sangue de Jesus.



Foi um elemento importante, mas sem ter o Eduardo Cunha na presidência da câmara, e com muita raiva do PT,  é praticamente certo que não teria havido impeachment coisa nenhuma. E que ainda hoje a Dilma/PT estariam se lucupletando,  rindo e  debochando da cara da grande maioria dos brasileiros.


Portanto, tivemos sim, muita sorte de termos o Eduardo Cunha na hora certa, no lugar certo, e com o sentimento e comportamento certo (raiva suficiente da Dilma/PT) para conseguir tornar real o sonho de destituir  os canalhas do poder.


47
Laicismo, Política e Economia / Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Última Mensagem: por Lorentz Online Hoje às 09:07:37 »

O Joesley  Batista  claramente elegeu como alvos  o PMDB e o PSDB, e poupou  totalmente  o  Poderoso  Chefão.   O  Aécio  era um adversário significativo contra o Poderoso Chefão, e agora está por baixo após  esta armação do Joesley.  Portanto, esta vitória do Aécio também é uma vitória contra o petismo.

Espero que eles entendam de uma vez por todas que esses petistas são traiçoeiros e perigosos.  Os caras já são escolados em politicagem suja, os caras não são amadores.

OU, Joesley Batista claramente escolheu alvos relevantes, que ocupam o poder no momento, com os quais mantinha contato, em vez daqueles que já abatidos. Não sei se você percebeu, mas o PT foi destronado. Perdeu o PODER! Em quê o PT, Dilma, Lula, poderiam atendê-lo nesse último ano? Não tiveram condições de salvar nem a si mesmos! Estão lutando para sobreviver.



O PT teve o seu poder reduzido, isto é muitíssimo diferente de estar plenamente derrotado.  O grande líder do PT ainda está muito ativo, e ainda é um jogador forte na política.  Ele está em primeiro lugar nas pesquisas, atualmente ele tem lugar  garantido no 2° turno, e também tem chances reais de vencer no 2° turno.

Você está cantando vitória  bem antes da hora ao considerar que o Lula já está realmente derrotado.  Cantar vitória antes da hora é um erro grave  em política.

O PT só poderá ser considerado realmente derrotado quando não puder mais ter o seu grande líder como candidato a presidência (ou no caso de ter que ele seja efetivamente derrotado no 2° turno).  Por enquanto eles ainda podem contar com o seu grande líder e com dezenas de milhões de votos.

É  aconselhável que desça do salto alto e enxergue a realidade.

Que canseira! Tivesse chance de prosperar eu aderia ao "eleições gerais" pra ontem. :sono: Não aguento mais essa ladainha! Para curar essa paranoia só derrotando Lula nas urnas. Esse é um dos motivos porque desejo tanto que ele chegue a 2018 elegível. Ficar livre de vez disso! Tiramos o PT do poder, através do impeachment,


Nós não tiramos o PT do Poder coisa nenhuma,   eu  apenas fiquei acompanhando pela internet e pela TV. Quanto a você, duvido totalmente que tenha feito algum ato que tenha sido realmente relevante para o impeachment da Dilma (a não ser que você seja um importante político do PMDB que tenha tido forte atuação no impeachment da Dilma, e aqui esteja frequentando o CC, mas isto é altamente improvável).

O que nós, pessoas comuns, tivemos foi mera sorte,  e o principal elemento de sorte que tivemos  tem nome, chama-se Eduardo Cunha.  O Cunha foi de longe o mais importante e fundamental ator e causa do impeachment, sem ele é praticamente certo que não teria havido impeachment.




O povo nas ruas tem PODER. É praticamente igual ao sangue de Jesus.
48
Laicismo, Política e Economia / Re:Imagens políticas
« Última Mensagem: por Lorentz Online Hoje às 09:00:51 »


Confirmado! Maurício de Sousa é ancap e financiado pelo Soros!!!!
49
Ceticismo / Re:A farsa do aquecimento global causado pelo homem
« Última Mensagem: por Lorentz Online Hoje às 08:55:37 »
Acredito que o Ricardo Falácio nem sabia da existência do Pirula. Aí o Nando Moura, morrendo de inveja, foi lá no ouvido do Ricardo e falou que o Pirula é feio, mau, bobo e tem cara de melão, e apresentou o vídeo do Pirula para ele. Ainda instruiu o Falácio a criticar o Pirula apelando pros cortes de edição como se isso fosse prova da burrice do Pirula.

O Nando Moura tem um ódio não correspondido com o Pirula, e isso é sempre mais forte que o amor. O que me dá pena é ver que os adolescentes que acompanham ele acham o Pirula um merda sem nunca ter assistido a um único vídeo dele. São papagaios de uma idiota.
50
Laicismo, Política e Economia / Re:Vídeos políticos
« Última Mensagem: por Lorentz Online Hoje às 08:44:44 »
O Constantino homofóbico? Duvido. Tente demonstrar.

http://rodrigoconstantino.com/artigos/pais-precisam-ensinar-seus-filhos-como-ser-homem


Se tentou enquadrar o Constantino como homofóbico com esse artigo, então falhou. O texto é uma crítica não aos gays, mas a inversão dos valores sobre o papel do homem na sociedade. Eu concordo em grande parte com o texto.

Homofobia é isso:

Páginas: 1 2 3 4 [5] 6 7 8 9 10
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!