Autor Tópico: Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?  (Lida 252292 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Pitágonas

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 8
  • Sexo: Masculino
  • "The universe is a harmony of the contrary."
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2875 Online: 20 de Abril de 2018, 13:11:54 »
Eu tinha um amigo na escola que ele não acreditava em Deus e fumava sempre "o verdinho", então um dia ele teve um dor insuportável chamado "Pedras nos rins" e fez um tratamento para que conseguisse curar essas "Pedras nos rins".
Ele conseguiu fazer o tratamento e foi diminuindo a dor, hoje ele acredita em Deus e vai à Igreja sempre quando possível.
Isso é o que qualquer pessoa faria se tivesse em estado de risco. Mas antes de ele ter "Pedras nos rins" ele falava que não acreditava em Deus na escola para todo mundo. Não é atoa que passou por uma dificuldade para descobrir a verdade. Não estou aqui para falar que só por causa disto é uma prova ou não é uma prova. Mas sim, um motivo para não desafiar a metafísica.

Abraços, Pitágonas  :hihi:
"The universe is a harmony of the contrary." Pitágoras

Online Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2876 Online: 20 de Abril de 2018, 16:53:25 »
Eu tinha um amigo na escola que ele não acreditava em Deus e fumava sempre "o verdinho", então um dia ele teve um dor insuportável chamado "Pedras nos rins" e fez um tratamento para que conseguisse curar essas "Pedras nos rins".
Ele conseguiu fazer o tratamento e foi diminuindo a dor, hoje ele acredita em Deus e vai à Igreja sempre quando possível.
Isso é o que qualquer pessoa faria se tivesse em estado de risco. Mas antes de ele ter "Pedras nos rins" ele falava que não acreditava em Deus na escola para todo mundo. Não é atoa que passou por uma dificuldade para descobrir a verdade. Não estou aqui para falar que só por causa disto é uma prova ou não é uma prova. Mas sim, um motivo para não desafiar a metafísica.

Abraços, Pitágonas  :hihi:

Ué, acho que esse seu amigo fumava "o verdinho" demais... então o cara teve um problema de pedra nos rins, fez um tratamento médico, ficou curado e passou a acreditar em Deus?  :o

Se ele ficasse só rezando e ficasse curado, aí sim seria um motivo melhor pra passar a acreditar. Seria um erro também, mas pelo menos seria mais compreensível.

Citação de: Pitágoras
Não estou aqui para falar que só por causa disto é uma prova ou não é uma prova.

Não, isso definitivamente não é uma prova.
"Deus prefere os ateus"

Offline Agnoscetico

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.225
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2877 Online: 20 de Abril de 2018, 21:12:37 »
a única pérola é sua incapacidade mental e interpretativa de ler escrituras sagradas


Que isso jovem, por que essa raiva?
Errar é humano, e seu mestre era humano, certo? Ainda que "divino" também.
Ele cometeu uma gafe. Acontece nas melhores famílias, também na "Sagrada família".

Só não posto uma da Maomé e Buda porque não lembo ou desconheço. Mas no Alcorão deve ter pérolas a altura das que Jesus disse. 




Offline Agnoscetico

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.225
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2878 Online: 20 de Abril de 2018, 21:24:54 »
Eu tinha um amigo na escola que ele não acreditava em Deus e fumava sempre "o verdinho", então um dia ele teve um dor insuportável chamado "Pedras nos rins" e fez um tratamento para que conseguisse curar essas "Pedras nos rins".
Ele conseguiu fazer o tratamento e foi diminuindo a dor, hoje ele acredita em Deus e vai à Igreja sempre quando possível.
Isso é o que qualquer pessoa faria se tivesse em estado de risco. Mas antes de ele ter "Pedras nos rins" ele falava que não acreditava em Deus na escola para todo mundo. Não é atoa que passou por uma dificuldade para descobrir a verdade. Não estou aqui para falar que só por causa disto é uma prova ou não é uma prova. Mas sim, um motivo para não desafiar a metafísica.

Abraços, Pitágonas  :hihi:

Isso é a falácia do "ateu que quando avião tá caindo chama por deus" (curiosamente pelo abraâmico).
Fico imaginando se por um acaso houvesse um ateu que nunca tivesse ouvido falar do deus abraâmico, mas sobre deuses animistas, panteístas, etc. Imagina um ateu fraco (daqueles onde ateísmo dele não é bem embasado num ceticismo bem aprofundado) numa cultura como essas, ia rezar pra algum deus antropomórfico, zoomórfico, panteísta, karma, etc.

E ainda que algum ateu num momento de desespero (onde o raciocínio não funciona direito, daí ser tendência que pra ser religioso o senso crítico, intelecto tem que baixar algum nível) rezasse pra algum deus isso não prova nada, exceto que, como eu disse acima, em momentos de desespero o raciocínio vai pelo ralo abrindo a mente a delírios emocionais.
E só pra avisar se já não sabe, já houve ateus que negaram deus no leito de morte.



 






Offline El Elyon

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 689
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2879 Online: 20 de Abril de 2018, 21:31:35 »
Honestamente, trocar a Cannabis Culture por qualquer Igreja (que não seja algo como a Bola de Neve Church) é um progresso considerável, poucos subgrupos conseguem ser mais incômodos que os primeiros - tanto que um dos poucos momentos que me faz repensar minha postura libertária quanto a entorpecentes é ter que lidar com um adepto da Cannabis Culture.  :)

Citação de: Agnoscetico
Isso é a falácia do "ateu que quando avião tá caindo chama por deus" (curiosamente pelo abraâmico).

E isso é um argumento da falácia, porque o Pitágoras não só não estava defendendo uma postura (ou seja, não é um argumento, e por isso não está sujeito a regras do discurso formal), como apenas estava relatando ela.
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.407
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2880 Online: 20 de Abril de 2018, 22:46:18 »
Eu tinha um amigo na escola que ele não acreditava em Deus e fumava sempre "o verdinho", então um dia ele teve um dor insuportável chamado "Pedras nos rins" e fez um tratamento para que conseguisse curar essas "Pedras nos rins".
Ele conseguiu fazer o tratamento e foi diminuindo a dor, hoje ele acredita em Deus e vai à Igreja sempre quando possível.
Isso é o que qualquer pessoa faria se tivesse em estado de risco. Mas antes de ele ter "Pedras nos rins" ele falava que não acreditava em Deus na escola para todo mundo. Não é atoa que passou por uma dificuldade para descobrir a verdade. Não estou aqui para falar que só por causa disto é uma prova ou não é uma prova. Mas sim, um motivo para não desafiar a metafísica.

Abraços, Pitágonas  :hihi:

O Papa supostamente acredita em Deus mas tem um bom plano de saúde e é tratado nos hospitais mais caros do mundo.

Ele não se trata com orações.


Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.656
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2881 Online: 20 de Abril de 2018, 23:40:43 »
Pedras nos rins que desafiam um deus?

Ô louco, que deus mais fresco esse, faz beijinho por qualquer coisa.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.027
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2882 Online: 21 de Abril de 2018, 01:05:13 »

« Última modificação: 21 de Abril de 2018, 01:27:17 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.027
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2883 Online: 21 de Abril de 2018, 01:21:11 »
Eu tinha um amigo na escola que ele não acreditava em Deus e fumava sempre "o verdinho", então um dia ele teve um dor insuportável chamado "Pedras nos rins" e fez um tratamento para que conseguisse curar essas "Pedras nos rins".
Ele conseguiu fazer o tratamento e foi diminuindo a dor, hoje ele acredita em Deus e vai à Igreja sempre quando possível.
Isso é o que qualquer pessoa faria se tivesse em estado de risco. Mas antes de ele ter "Pedras nos rins" ele falava que não acreditava em Deus na escola para todo mundo. Não é atoa que passou por uma dificuldade para descobrir a verdade. Não estou aqui para falar que só por causa disto é uma prova ou não é uma prova. Mas sim, um motivo para não desafiar a metafísica.

Abraços, Pitágonas  :hihi:

O Papa supostamente acredita em Deus mas tem um bom plano de saúde e é tratado nos hospitais mais caros do mundo.

Ele não se trata com orações.



Os ateusinhos sempre confundem corpo físico com corpo espiritual. É muita ignorância.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.287
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2884 Online: 21 de Abril de 2018, 08:42:18 »
Eu tinha um amigo na escola que ele não acreditava em Deus e fumava sempre "o verdinho", então um dia ele teve um dor insuportável chamado "Pedras nos rins" e fez um tratamento para que conseguisse curar essas "Pedras nos rins".
Ele conseguiu fazer o tratamento e foi diminuindo a dor, hoje ele acredita em Deus e vai à Igreja sempre quando possível.
Isso é o que qualquer pessoa faria se tivesse em estado de risco. Mas antes de ele ter "Pedras nos rins" ele falava que não acreditava em Deus na escola para todo mundo. Não é atoa que passou por uma dificuldade para descobrir a verdade. Não estou aqui para falar que só por causa disto é uma prova ou não é uma prova. Mas sim, um motivo para não desafiar a metafísica.
Enquanto isto, milhares de pessoas morrem implorando pela ajuda de algum deus que, se existe, as ignora solenemente.
Um deus que permite que uma criança morra nos braços da mãe desesperada, mas ajuda o Fulaninho a tirar nota alta numa prova para a qual ele não estudou.

Para fins de proselitismo, claro, o truque é pegar os poucos casos que parecem confirmar a nossa crença.

Nada diferente de "Eu usei uma camisa verde e meu time ganhou, portanto foi por causa da camisa verde".

Offline O Babuíno de Madame Blavatsky

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 242
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2885 Online: 22 de Abril de 2018, 01:18:59 »
Que isso jovem, por que essa raiva?
Errar é humano, e seu mestre era humano, certo? Ainda que "divino" também.
Ele cometeu uma gafe. Acontece nas melhores famílias, também na "Sagrada família".

Só não posto uma da Maomé e Buda porque não lembo ou desconheço. Mas no Alcorão deve ter pérolas a altura das que Jesus disse.
Não há raiva alguma em minha constatação. Felizmente, a senda mística já me libertou há algum tempo de todas essas tendências inferiores e animalizantes para a alma. Pelo contrário, afirmo aquilo de forma bem clara e objetiva. Suas conclusões equivocadas decorrem de seu profundo desconhecimento do teor e propósito da teologia, da mística, da metafísica e das escrituras. Entretanto, isso é de se esperar. Ateus, no geral, são extremamente rasos em matéria de certas dimensões superiores do homem. Alguns chegam a manter uma certa postura de 'não sei, não quero saber e tenho raiva de quem sabe'. Não que você queira aprender ou saber coisa alguma também, pois entendo que convenha permanecer na caverna. Os lábios da sabedoria estão fechados, exceto para os ouvidos do entendimento. Já que você, ouvindo, não ouve, e vendo, não vê, e pensando, não entende, não ousarei tocar em vossa zona de conforto, até porque não quero ser acusado de proselitismo ou banido do fórum. Estude a Cabala, os platônicos, os neoplatônicos e os pitagóricos, e rogue ao espírito da inteligência para que te abra o entendimento. Se compreendesses, não serias mais um ateu, mas um iniciado.
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline O Babuíno de Madame Blavatsky

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 242
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2886 Online: 22 de Abril de 2018, 02:29:05 »
Enquanto isto, milhares de pessoas morrem implorando pela ajuda de algum deus que, se existe, as ignora solenemente.
Um deus que permite que uma criança morra nos braços da mãe desesperada, mas ajuda o Fulaninho a tirar nota alta numa prova para a qual ele não estudou.
Ainda que se dê qualquer nome a essa pesquisa espiritual e seu esforço por alcançar eventual realização, ainda que a denominem renascimento, conversão, iluminação ou libertação, a fonte única é, não obstante, evidente. Isso é prova de algo fundamental inegável: que nenhum mortal está satisfeito com este mundo, seus sofrimentos e suas alegrias, seu bem e seu mal, suas orgias sanguinárias e seus desesperos sem nome; nem mesmo o mais ligado à natureza terrena.

Há, pouco importa como, um violento e ardente desejo de libertação. É o que todos os agrilhoados têm em comum.
« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 02:55:20 por Saint-Martin »
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline Agnoscetico

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.225
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2887 Online: 22 de Abril de 2018, 09:50:51 »
Que isso jovem, por que essa raiva?
Errar é humano, e seu mestre era humano, certo? Ainda que "divino" também.
Ele cometeu uma gafe. Acontece nas melhores famílias, também na "Sagrada família".

Só não posto uma da Maomé e Buda porque não lembo ou desconheço. Mas no Alcorão deve ter pérolas a altura das que Jesus disse.
Não há raiva alguma em minha constatação. Felizmente, a senda mística já me libertou há algum tempo de todas essas tendências inferiores e animalizantes para a alma. Pelo contrário, afirmo aquilo de forma bem clara e objetiva. Suas conclusões equivocadas decorrem de seu profundo desconhecimento do teor e propósito da teologia, da mística, da metafísica e das escrituras. Entretanto, isso é de se esperar. Ateus, no geral, são extremamente rasos em matéria de certas dimensões superiores do homem. Alguns chegam a manter uma certa postura de 'não sei, não quero saber e tenho raiva de quem sabe'. Não que você queira aprender ou saber coisa alguma também, pois entendo que convenha permanecer na caverna. Os lábios da sabedoria estão fechados, exceto para os ouvidos do entendimento. Já que você, ouvindo, não ouve, e vendo, não vê, e pensando, não entende, não ousarei tocar em vossa zona de conforto, até porque não quero ser acusado de proselitismo ou banido do fórum. Estude a Cabala, os platônicos, os neoplatônicos e os pitagóricos, e rogue ao espírito da inteligência para que te abra o entendimento. Se compreendesses, não serias mais um ateu, mas um iniciado.

Falou, falou, e não provou nada!

Só avisando: Aqui no Clubecético se continuar com essa argumentação rebuscada pra enrolar no conversa, não vai durar muito. Aqui não é como esses canais de Youtube onde uma legião se deixa levar por palavreado rebuscado tipo "Conde Loppeux", anda que tenha um outro que seja esclarecido que tenha religião; mas nem mesmo esses costumam usar lábia retórica pra provar que algum deus exista,

Quer que alguém creia que exista algum deus? Não indique livros, mas chama deus aí pra se apresentar e auto-provar.
No máximo talvez você consiga fazer um descrente virar um "crente" agnóstico aqui.


Ah... E zona de conforto é quem se ampara num papai-do-céu que no fim vai te salvar e consolar, pra evitar que a natureza é cruel e não paraíso. Quem se refugia numa idéia de paraíso pós-morte é que vive em zona de conforto.

 



« Última modificação: 22 de Abril de 2018, 09:55:19 por Agnoscetico »

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.670
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2888 Online: 22 de Abril de 2018, 11:24:00 »
Se eu tenho que "rogar para o espírito do entendimento", quer dizer que não é minha culpa que não possuo os tais conhecimentos superiores da fé. Imagino que a maioria aqui, assim como eu, já teve um passado religioso onde orar por auxílio e entendimento era algo rotineiro.

Eu já orei muito por sabedoria, paciência, paz de espírito e todo o resto que as pessoas normais costumam rezar. Só não rezei por dinheiro e coisas materiais. Nunca tive a tal sabedoria infalível e arrebatadora. Muito pelo contrário, só fui sair da merda mesmo quando eu botei na cabeça de vez que não adianta esperar ajuda divina e o certo é agir por conta pŕopria. E olha só, não é que ajudou.

Se por acaso o tal do espírito do entendimento existe mesmo ele não quis me conceder o dom da fé. Então eu me sinto bem confortável não dando a mínima para esse tipo de besteira.

Não me sai da cabeça que sempre que um religioso entra aqui no fórum ele, na verdade, está tentando confirmação para uma fé bem frágil. Eles falam sobre fé e devoção, mas no fim das contas, no fundo, no fundo, sabem que essas historinhas são bem fracas.

Offline El Elyon

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 689
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2889 Online: 22 de Abril de 2018, 23:54:15 »
Citação de: Agnoscetico
Falou, falou, e não provou nada!

Porque, aos olhos deles, você provavelmente é encarado como um tipo de hílico, alguém incapaz de compreender verdades superiores. Não sem motivo, você encara o que ele escreve como "floreios intelectuais", quando ele encara você de forma similar ao que Paulo escreve na Epístola aos Coríntios (1 Coríntios 1:17-20).

Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã.
Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.
Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes.
Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?

Citação de: Saint-Martin
Ainda que se dê qualquer nome a essa pesquisa espiritual e seu esforço por alcançar eventual realização, ainda que a denominem renascimento, conversão, iluminação ou libertação, a fonte única é, não obstante, evidente. Isso é prova de algo fundamental inegável: que nenhum mortal está satisfeito com este mundo, seus sofrimentos e suas alegrias, seu bem e seu mal, suas orgias sanguinárias e seus desesperos sem nome; nem mesmo o mais ligado à natureza terrena.

Há, pouco importa como, um violento e ardente desejo de libertação. É o que todos os agrilhoados têm em comum.

Considere-me curioso - seu jargão e referências são "standard" do esoterismo ocidental, mas seu jargão e modus-operandi é mais próximo de um pneumático certo que se verá livre das amarras do Rex Mundi(que é incrivelmente criticados por Plotino) do que de um amante da Sabedoria - ou simplesmente assume que seus "oponentes espirituais" aqui são "incapazes" como o agnoscetico?  :)
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline O Babuíno de Madame Blavatsky

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 242
  • Sexo: Masculino
  • πάντα ῥεῖ
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2890 Online: 23 de Abril de 2018, 02:14:12 »
Pois me alegra não ter te provado nada! Aliás, me assustaria se, pelo contrário, acreditasses ter extraído quaisquer novas representações mentais e argumentações especulativas a partir das minhas declarações, já que você lê com o Ego e, consequentemente, com o pensamento convencional e com todas as peças que ele prega. Você espera por uma tentativa de convencimento, de articulações de proposições e de uma ânsia por razão e vitória, mas não verá nada disso aqui, porque todas estas coisas não passam de armadilhas da mente, frutos da Ignorância Fundamental e dos desejos insaciáveis por Controle e Segurança. A Iluminação, pelo contrário, é justamente um processo destrutivo, um esvaziamento, uma via negativa. Não há que adquiri-la ou conquistá-la, mas que render-se, abrindo mão de todas as suas ilusões, desejos e representações. Não é um caminho oferecido ao ego mas, pelo contrário, uma senda na qual o próprio ego deve se oferecer em um holocausto cujo sacrifício nos libertará de nossos vícios e paixões. Cristo é a personificação do Logos no homem e sua trajetória descreve o caminho que devemos realizar interiormente para a realização da morte do Ego e ressurreição do Novo Homem completamente liberto de sua natureza animal e unicamente voltado para a aspiração superior. Para um ateu comum, as escrituras sagradas não passam de letras mortas e fábulas grotescas, bem como não passam, para o crente vulgar, de superstições e especulações caricatas. Textos místicos não são literatura fantástica, mas verdades a serem vivenciadas como instruções poderosas para o despertar de um transformação interna e obtenção de um estado superior de consciência. Para lê-los corretamente, é preciso decifrá-los, enxergando além das imagens e aparências. Infelizmente essa proposta soa absolutamente confusa e hermética demais para um homem hílico, que, como citado por El Elyon, é absolutamente identificado com o mundo das aparências e das imagens e retém atrofiada sua capacidade de contemplar as formas perfeitas, as arché subjacentes ao reino das efemeridades. O homem psíquico, ou sensível, pode ao menos acessá-los emocionalmente, extraindo lições e alegorias e recorrendo aos templos exteriores, construídos por mãos humanas. O homem pneumático, o Adepto ou virya desperto, é aquele que se dispõe a construir em si mesmo o templo da divindade, eis o sentido há muito perdido da ars reconstructio da franco-maçonaria. Entretanto, seria contraprodutivo, ou até mesmo danoso, da minha parte, forçar um estado de percepção ao qual meu interlocutor não se encontra preparado nem predisposto. Até porque meu leitor tenta alcançá-lo com ferramentas erradas, como tentar voar de barco e navegar de avião. Vejo então claramente que suas percepções de mundo se encontram plenamente adaptadas a seus atuais estados de consciência. A discussão, então, seria vã, uma tentativa frívola de abarcar por meio da doxa o que pertence unicamente ao reino da gnosis. Certas maravilhosas faculdades psíquicas ainda lhes permanecem adormecidas, como o botão da rosa que, cedo ou tarde, florescerá em seu próprio tempo, tal como a aurora desponta após a noite escura, o que também é especialmente verdadeiro para a chamada "noite escura da alma". O reino divino é uma realidade palpável, experimentada diretamente por uma certa consciência divina, átmica, a qual permanece ofuscada e oprimida pela consciência inferior, ignorante, egóica. Como reconheço que meus esforços são fúteis e estão destinadas ao fracasso todas essas minhas tentativas de descrever e compartilhar o que tenho experimentado desde que coloquei os pés na Senda, contento-me em ter deixado uma contribuição, uma interpretação alternativa, que sirva ao menos para um aprofundamento de vossas reflexões a respeito da transcendência. Que as Rosas floresçam em vossa Cruz! Já para o El Elyon, acerca dos oponentes (potestades), recomendo as declarações de Don Juan a respeito dos Voadores em Lado Ativo do Infinito, de Castañeda, não esquecendo nunca que se trata do mesmo tipo de texto e ensinamento do qual tratei anteriormente aqui, para que não recaiamos no erro da superfície, da imagem e da caricatura. No mais, agradeço pela discussão e encerro minha participação.
O Deus único escolheu para Si um único santuário: o coração do homem. Eis o templo onde este deve adorá-Lo; os templos exteriores são apenas as avenidas desse templo invisível. Não há necessidade de teurgia, de adesão a um culto exterior. Não é a mudança de lugar terrestre que nos é útil e sim a mudança de lugar espiritual. A evolução espiritual não requer deslocamento geográfico, mas deslocamento psíquico e o despertar de qualidades inerentes, as quais trazemos desde sempre em nós.

SURSUM CORDA

Offline AlienígenA

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.791
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2891 Online: 23 de Abril de 2018, 08:02:30 »

Não me sai da cabeça que sempre que um religioso entra aqui no fórum ele, na verdade, está tentando confirmação para uma fé bem frágil. Eles falam sobre fé e devoção, mas no fim das contas, no fundo, no fundo, sabem que essas historinhas são bem fracas.

Eu já penso o oposto - que ele entram aqui cheios de si, certos de que inspirados pelo espírito santo em sua missão sagrada de conversão, desenvolverão, como que por encanto, o dom da palavra - como prometido no livro, mas então se dão conta que esse é um dom que requer muita, muita prática e vão embora chateados.  ::)

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.287
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2892 Online: 23 de Abril de 2018, 08:40:08 »
Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.
Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes.
Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?
Resumindo: se criticarem as besteiras que o crente fala, fica provado que ele está certo.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.287
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2893 Online: 23 de Abril de 2018, 08:41:04 »
"Os ateus dizem que a Bíblia foi escrita por homens como nós. E quem escreveu os livros de ciência? Macacos?!!!"

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.287
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2894 Online: 23 de Abril de 2018, 08:45:15 »
Vejo então claramente que suas percepções de mundo se encontram plenamente adaptadas a seus atuais estados de consciência. A discussão, então, seria vã, uma tentativa frívola de abarcar por meio da doxa o que pertence unicamente ao reino da gnosis. Certas maravilhosas faculdades psíquicas ainda lhes permanecem adormecidas, como o botão da rosa que, cedo ou tarde, florescerá em seu próprio tempo, tal como a aurora desponta após a noite escura, o que também é especialmente verdadeiro para a chamada "noite escura da alma". O reino divino é uma realidade palpável, experimentada diretamente por uma certa consciência divina, átmica, a qual permanece ofuscada e oprimida pela consciência inferior, ignorante, egóica. Como reconheço que meus esforços são fúteis e estão destinadas ao fracasso todas essas minhas tentativas de descrever e compartilhar o que tenho experimentado desde que coloquei os pés na Senda, contento-me em ter deixado uma contribuição, uma interpretação alternativa, que sirva ao menos para um aprofundamento de vossas reflexões a respeito da transcendência.
É com esse palavreado empolado e vazio que você espera nos convencer de alguma coisa?
Afirmando sua compreensão superior diante de nossa ignorância e nossas limitações mentais?
Pois só consegue nos convencer do contrário.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.027
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2895 Online: 23 de Abril de 2018, 09:11:14 »
Isso...esses ceticuzinhos são todos vítimas das armadilhas da mente, frutos da Ignorância Fundamental e dos desejos insaciáveis por Controle e Segurança. Só os crentes são imunes!!! Pelo poder de Deus!!!

Citar
Entretanto, seria contraprodutivo, ou até mesmo danoso, da minha parte, forçar um estado de percepção ao qual meu interlocutor não se encontra preparado nem predisposto. Até porque meu leitor tenta alcançá-lo com ferramentas erradas, como tentar voar de barco e navegar de avião. Vejo então claramente que suas percepções de mundo se encontram plenamente adaptadas a seus atuais estados de consciência.

Faz muito bem!!!! O mestre só aparece quando o discípulo está preparado. É inútil fazer alguém pensar que é um Boeing Air Force One para navegar como um submarino nuclear russo sob o Ártico.

Citar
Certas maravilhosas faculdades psíquicas ainda lhes permanecem adormecidas, como o botão da rosa que, cedo ou tarde, florescerá em seu próprio tempo, tal como a aurora desponta após a noite escura, o que também é especialmente verdadeiro para a chamada "noite escura da alma".

Faculdades psíquicas maravilhosas!!!! A minha esperança é que um dia seremos como fomos na Atlândida cujas lembranças ainda persistem como lampejos de luz no conjunto de nossas vidas passadas.


« Última modificação: 23 de Abril de 2018, 13:48:56 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gorducho

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.736
  • Sexo: Masculino
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2896 Online: 23 de Abril de 2018, 12:57:35 »
Aparentemente (até mesmo pelo nom-de-plume...) ele é martinista; cuja Crença usa uma distorção do magnetismo animal do Mesmer, a saber: o fluído magnético universal/animal seria uma espécie de conduto pela via do qual os humanos poderiam usufruir — ao menos parcialmente e com limitações caso-a-caso, claro...— de capacidades psíquicas que os seres pré-queda tinham.
Essa adaptação — "misticização", so to say — do mesmerismo (o Mesmer formulava a teoria e a prática em termos puramente naturalísticos, sem dogmas religiosos atrelados) é que abriu o caminho pro espiritismo (modern spiritualism).
 
« Última modificação: 23 de Abril de 2018, 13:12:53 por Gorducho »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.027
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2897 Online: 23 de Abril de 2018, 14:03:13 »
Aparentemente (até mesmo pelo nom-de-plume...) ele é martinista; cuja Crença usa uma distorção do magnetismo animal do Mesmer, a saber: o fluído magnético universal/animal seria uma espécie de conduto pela via do qual os humanos poderiam usufruir — ao menos parcialmente e com limitações caso-a-caso, claro...— de capacidades psíquicas que os seres pré-queda tinham.
Essa adaptação — "misticização", so to say — do mesmerismo (o Mesmer formulava a teoria e a prática em termos puramente naturalísticos, sem dogmas religiosos atrelados) é que abriu o caminho pro espiritismo (modern spiritualism).
 

Evidente que é um rosacruz. Uma versão light do Criso, senão o mesmo com outro nick.

Ele também subestima as "vidas passadas" (nesta vida) dos céticos do clube dizendo coisas como se fossem novidades mas que já encantaram (e desencantaram) muitos de nós.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.287
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2898 Online: 24 de Abril de 2018, 06:47:52 »
Aparentemente (até mesmo pelo nom-de-plume...) ele é martinista; cuja Crença usa uma distorção do magnetismo animal do Mesmer, a saber: o fluído magnético universal/animal seria uma espécie de conduto pela via do qual os humanos poderiam usufruir — ao menos parcialmente e com limitações caso-a-caso, claro...— de capacidades psíquicas que os seres pré-queda tinham.
"Use a Força, Luke!"

Offline Martinho Lutero

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 196
Re:Qual foi a maior besteira que você já ouviu de um religioso?
« Resposta #2899 Online: 24 de Abril de 2018, 23:50:43 »
Há pessoas religiosas muito inteligentes e compententes, eu tenho alguns amigos assim.

Em compensação tem líderes religiosos que parecem muito sábios por dizer várias frases de efeito mas por outro lado fazem coisas.... :inri: :parede:

Esse aqui achei no comentário de alguém que se dizia judeu e questionou esse pretenso messias. Esqueci de pôr aqui antes essa pérola:


   Segundo o Novo testamento Jesus amaldiçoou uma figueira por ela não ter dado frutos; mas a Bíblia mesmo explica que não era tempo de frutos. Jesus cometeu uma gafe:

Marcos 11:13-14

Avistou de longe uma figueira coberta de folhas e foi ver se encontrava nela algum fruto. Aproximou-se da árvore, mas só encontrou folhas pois não era tempo de figos. E disse à figueira: Jamais alguém coma fruto de ti! E os discípulos ouviram esta maldição.

   E esse mesmo que se dizia judeu ainda acrescentou, baseado numa passagem que critica atitudes parecidas com a que o pretenso messias fez:

Deuteronômio 20:19-20

Quando sitiares uma cidade durante longo tempo e tiveres de lutar para apoderar-te dela, não cortarás as árvores a golpe de machado; comerás os seus frutos, mas não derrubarás as árvores. A árvore do campo seria porventura um homem para que a ataques? Somente aquelas árvores que souberes não serem frutíferas poderás destruí-las e abatê-las para os trabalhos do cerco contra a cidade inimiga, ate que ela sucumba.

Taí um ótimo exemplo do que eu chamo de ''crença cética''.

O sujeito açodado lê parte do texto, não o liga ao contexto, o interpreta ao pé da letra, e ainda omite a parte mais esclarecedora, que nesse caso é a continuação da narrativa de Marcos sobre a figueira:

''Ao passarem de manhã, viram que a figueira estava seca até a raiz. Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Olha, Mestre, secou-se a figueira, que amaldiçoaste! Tornou-lhes Jesus: Tende fé em Deus. Em verdade vos digo que quem disser a este monte: Levanta-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se faz o que ele diz, assim lhe será feito. Por isso vos afirmo: Tudo quanto suplicais e pedis, crede que o tendes recebido, e tê-lo-eis. Quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai-lha; para que também vosso Pai que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas.'' (Marcos 11:20-25)

Jesus teve um propósito bem definido ao realizar este milagre para passar uma lição, a saber: afirmar sua divindade, demonstrar sua autoridade sobre a natureza, e ensinar sobre o poder da oração.   


Mas o ''crente cético'' também não procura fazer o mínimo esforço para analisar os pormenores do texto religioso que ele pretende atacar, senão vejamos:

É chocante ver um sujeito que transforma água em vinho (dentre outras coisas) ficar reclamando de uma figueira só porque deu vontade de comer figos fora da época.

Além do que já escrevemos logo acima, isso aí é facilmente refutado pelos próprios detalhes que Marcos já nos forneceu:

''Avistou de longe uma figueira coberta de folhas e foi ver se encontrava nela algum fruto.''

Certas figueiras dão fruto cedo, antes da estação. Se a figueira que Jesus avistou já estava coberta de folhas, como o texto deixou claro, é razoável supor que Jesus foi ao seu encontro para ver se ali já teria figos verdes, porém havia somente folhas crescidas e nenhum fruto. Enganosa era sua aparência; madura parecia ser, mas não era. E disso extraímos uma valiosa reflexão.
« Última modificação: 24 de Abril de 2018, 23:53:09 por Martinho Lutero »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!