Autor Tópico: Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?  (Lida 71739 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #125 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:22:53 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Consideradas mais bonitas por quem? Pelos pedreiros e estivadores? Pelos ricos cantores de pagode?

DDV, você está enganado.

Cantor de pagode e jogador rico só se casa com loira.  :D
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #126 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:23:35 »

Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...


Nórdico não significa apenas ser sueco/norueguês ou dinamarquês, nórdicos são um sub-grupo étnico dos caucásoides e atualmente estão presentes em todos os países europeus e quase todos das Américas. Obviamente o fenótipo nórdico predomina ou é bem comum no norte da Europa e países associados, como os EUA e Austrália.

Exatamente! Isso o que você falou só reforça o meu argumento...
Uma duzia de gatos pingados não muda o fato de que a concentração de nórdicos nos países nórdicos são absolutamente maiores do que em outros países.
É a mesma coisa de dizer que o fenotipo japones não é predominante no japão só porque temos uns japas por aqui.



Acontece que o Japão não é o maior detentor do "fenótipo japonês". Acho que na China tem bem mais do mesmo (é só se lembrar daquela piada que diz que japonês, chinês, coreano, taiwanês, etc. é tudo igual) ... Pus uma analogia para que você entenda o que quis dizer.
Chines não possui o mesmo fenótipo que japonês.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #127 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:24:42 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Como você diz isso com tanta certeza? Pelo que eu me lembro, na eleição das 100 mais sexy da VIP, as morenas estão aproximadamente na mesma quantidade das loiras*...Não acho que ter um olho claro seja suficiente para tachar alguém com aparência nórdica.

* Isso inclui as loiras falsificadas...

Correto. Eu por exemplo prefiro morenas.

Não sei quanto ao DDV, mas eu estou argumentando no sentido que há uma tendência a se preferir traços nórdicos, não que exista um determinismo absoluto em que todas as pessoas prefiram loiras de olhos azuis. Atribuo essa preferencia a seleção sexual.

não sei se isso é verdade, conheço mais gente que prefere o sabor "alpino" do buck e latinas.  Se for verdade, muito improvável que seja genético, até porque mais gente pode no caso significar quanto.. 20%? E facilmente é provado a forte correlação cultural na apreciação da beleza.

“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.392
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #128 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:24:48 »
Uma coisa também que eu ressaltei e esqueceram: o padrão nórdico é considerado belo, e as pessoas são consideradas mais belas quanto mais se aproximam desse padrão. Não há uma divisão estanque entre nórdicos e não-nórdicos. Logo, não tem cabimento citar exemplos de pessoas consideradas belas que não sejam 100% nórdicas como contraprova.

Eu não tenho um argumento definitivo sobre o assunto, mas acho que o parágrafo abaixo está mais próximo da verdade.

Uma coisa também que eu ressaltei e esqueceram: o padrão mediterrâneo é considerado belo, e as pessoas são consideradas mais belas quanto mais se aproximam desse padrão. Não há uma divisão estanque entre mediterrâneos e não-mediterrâneos. Logo, não tem cabimento citar exemplos de pessoas consideradas belas que não sejam 100% mediterrânea como contraprova.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #129 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:26:38 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Consideradas mais bonitas por quem? Pelos pedreiros e estivadores? Pelos ricos cantores de pagode?

DDV, você está enganado.

Cantor de pagode e jogador rico só se casa com loira.  :D

Loira você diz cabelo pintado.. nada a ver com fenótipo noruegues. E não, veja as do Belo por exemplo



edit: do exalta samba



alexandre pires

« Última modificação: 21 de Novembro de 2011, 00:32:46 por Agnóstico »
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #130 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:26:59 »
Há uma hipótese maluca sobre o porquê da Escandinávia ser quantitativamente exuberante em mulheres bonitas, comparado a outras regiões da Europa: quando os vikings invadiam um local, eles matavam todos os homens e mulheres feias, poupando apenas as mulheres bonitas. Isso acabou selecionando os traços mais belos ao longo do tempo.  :biglol:
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #131 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:28:05 »
Agnóstico, leia:


Uma coisa também que eu ressaltei e esqueceram: o padrão nórdico é considerado belo, e as pessoas são consideradas mais belas quanto mais se aproximam desse padrão. Não há uma divisão estanque entre nórdicos e não-nórdicos. Logo, não tem cabimento citar exemplos de pessoas consideradas belas que não sejam 100% nórdicas como contraprova.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.392
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #132 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:28:25 »

Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...


Nórdico não significa apenas ser sueco/norueguês ou dinamarquês, nórdicos são um sub-grupo étnico dos caucásoides e atualmente estão presentes em todos os países europeus e quase todos das Américas. Obviamente o fenótipo nórdico predomina ou é bem comum no norte da Europa e países associados, como os EUA e Austrália.

Exatamente! Isso o que você falou só reforça o meu argumento...
Uma duzia de gatos pingados não muda o fato de que a concentração de nórdicos nos países nórdicos são absolutamente maiores do que em outros países.
É a mesma coisa de dizer que o fenotipo japones não é predominante no japão só porque temos uns japas por aqui.



Acontece que o Japão não é o maior detentor do "fenótipo japonês". Acho que na China tem bem mais do mesmo (é só se lembrar daquela piada que diz que japonês, chinês, coreano, taiwanês, etc. é tudo igual) ... Pus uma analogia para que você entenda o que quis dizer.
Chines não possui o mesmo fenótipo que japonês.


Com certeza não, mas está no mesmo "grupo taxonômico"...Num conceito de hierarquias aninhadas taxonômicas, sua observação não altera esse fato...

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #133 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:30:07 »
Agnóstico, leia:


Uma coisa também que eu ressaltei e esqueceram: o padrão nórdico é considerado belo, e as pessoas são consideradas mais belas quanto mais se aproximam desse padrão. Não há uma divisão estanque entre nórdicos e não-nórdicos. Logo, não tem cabimento citar exemplos de pessoas consideradas belas que não sejam 100% nórdicas como contraprova.

continua errado, bem errado.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #134 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:31:04 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Como você diz isso com tanta certeza? Pelo que eu me lembro, na eleição das 100 mais sexy da VIP, as morenas estão aproximadamente na mesma quantidade das loiras*...Não acho que ter um olho claro seja suficiente para tachar alguém com aparência nórdica.

* Isso inclui as loiras falsificadas...

Eu disse em algum lugar que a aparência "nórdica" eram apenas os olhos e cabelos claros? Na verdade, eu ressaltei os traços faciais (nariz fino e arrebitado, queixo alinhado com a boca no perfil, etc).

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #135 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:35:14 »
isso, mesmo quando eram gordas, na época então o padrão de rosto bonito era sueca com cara de melão
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #136 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:35:39 »
Com certeza não, mas está no mesmo "grupo taxonômico"...Num conceito de hierarquias aninhadas taxonômicas, sua observação não altera esse fato...
Do mesmo jeito que nórdicos estão no mesmo "grupo taxonômico" que germânicos e mediterrâneos. Mas isso não muda o fato de que são fenótipos diferentes e que os nórdicos estão em sua absoluta maioria concentrados na região geográfica chamada países nórdicos, que por acaso são somente 5 e que por acaso você falou que não são maioria em uma lista de 20 colocados, tentando argumentar que não seriam preferidos pela maioria segundo os dados que apresentou, mesmo esses países sendo 5 entre os 6 primeiros colocados(juntando homens e mulheres).

Offline Rocky Joe

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.755
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #137 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:37:00 »
Se o nosso padrão de beleza viesse apenas pela cultura ou pela genética, ou por ambas, não teríamos todos aqui o mesmo padrão de beleza? Estamos inseridos na mesma cultura, e somos da mesma espécie.

O fato de não ser assim, de vivermos discutindo quem é bela e quem não é, sugere que há mais no julgamento de beleza que sonha nossa vã filosofia.

Vou contar uma pequena história pessoal. Nunca me senti atraído por morenas. Mas, após namorar uma morena e ter a bunda chutada por ela após juras de amores, notei que as morenas começaram a surtir efeito, especialmente as parecidas com ela (mas não tão parecidas a ponto de ser bizarro!). Não seria um indício que há razões para nossos gostos além dos dois?

Outro exemplo: uma pessoa tímida, introvertida, preferiria outra pessoa tímida e introvertida - e estas pessoas estão conectadas com pessoas de físico mais frágil, criando aí um gosto. Ou uma pessoa que sofreu bastante nas mãos de mulheres pode preferir as "quietinhas" - que também estão associadas a pessoas de aspecto físico mais frágil. Enfim, especulando...

A resposta "de onde vem nossos gostos estéticos", para sabermos se é preconceito ou não, me parece tão complicado que, para não haver uma ditadura dos gostos e por questão prática, prefiro a opção 1: não é racismo.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #138 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:38:20 »
Salazar, a Noruega por exemplo há algum tempo passa por um período de orgulho nacional muito grande. É natural que seu momento cultural seja muito propício a acharem belos o do seu povo.

Não tem nada a ver com a musa genética do DDV
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline TMAG

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 646
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #139 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:40:49 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Como você diz isso com tanta certeza? Pelo que eu me lembro, na eleição das 100 mais sexy da VIP, as morenas estão aproximadamente na mesma quantidade das loiras*...Não acho que ter um olho claro seja suficiente para tachar alguém com aparência nórdica.

* Isso inclui as loiras falsificadas...

Correto. Eu por exemplo prefiro morenas.

Não sei quanto ao DDV, mas eu estou argumentando no sentido que há uma tendência a se preferir traços nórdicos, não que exista um determinismo absoluto em que todas as pessoas prefiram loiras de olhos azuis. Atribuo essa preferencia a seleção sexual.

não sei se isso é verdade, conheço mais gente que prefere o sabor "alpino" do buck e latinas.  Se for verdade, muito improvável que seja genético, até porque mais gente pode no caso significar quanto.. 20%? E facilmente é provado a forte correlação cultural na apreciação da beleza.

Não acredito que a percepção de beleza seja 100% genética nem 100% cultural. Existe uma interação entre ambas as esferas que produzem os padrões que vemos ao longo da história. Mas por outro lado penso que a tese que afirma que olhos claros e cabelos claros (assim como traços faciais nórdicos) foi uma mutação que gerou uma vantagem evolutiva para os portadores dessas características é bem coerente. Acho que explica muito bem porque na maioria das sociedades humanas em que pessoas com fisionomia nórdica se estabeleceram e/ou travaram contato essas pessoas são consideradas muito belas. Repare que no Brasil, , a maioria das modelos brasileiras mais destacadas é oriunda da região sul, uma região que possui alta incidência de fenótipo nórdico.
''O objetivo dos Governos é sempre o mesmo: limitar o indivíduo, domesticá-lo, subordiná-lo, subjugá-lo.'' - Max Stirner

Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #140 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:41:46 »
Salazar, a Noruega por exemplo há algum tempo passa por um período de orgulho nacional muito grande. É natural que seu momento cultural seja muito propício a acharem belos o do seu povo.

Não tem nada a ver com a musa genética do DDV
Primeiro, não ficou claro, pelo menos para mim, como os dados do grafico foram conseguidos.
Segundo, não estou defendendo essa musa genetica.
Terceiro, estou apenas discordando da interpretação de grafico feita pelo Huxley e sua posterior tentativa de justificação.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.392
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #141 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:41:49 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Como você diz isso com tanta certeza? Pelo que eu me lembro, na eleição das 100 mais sexy da VIP, as morenas estão aproximadamente na mesma quantidade das loiras*...Não acho que ter um olho claro seja suficiente para tachar alguém com aparência nórdica.

* Isso inclui as loiras falsificadas...

Eu disse em algum lugar que a aparência "nórdica" eram apenas os olhos e cabelos claros? Na verdade, eu ressaltei os traços faciais (nariz fino e arrebitado, queixo alinhado com a boca no perfil, etc).



Não existe um padrão mensurável para classificar esses mínimos detalhes e dizer "A partir desse grau de finura de nariz e alinhamento de queixo com a boca, esta pode ser considerada nórdica"...Se você classificar Natália Guimarães e Thaila Ayala como "aproximadamente nórdicas", então acho que podemos chegar a uma concordância.

Offline TMAG

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 646
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #142 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:42:42 »
Com certeza não, mas está no mesmo "grupo taxonômico"...Num conceito de hierarquias aninhadas taxonômicas, sua observação não altera esse fato...
Do mesmo jeito que nórdicos estão no mesmo "grupo taxonômico" que germânicos e mediterrâneos. Mas isso não muda o fato de que são fenótipos diferentes e que os nórdicos estão em sua absoluta maioria concentrados na região geográfica chamada países nórdicos, que por acaso são somente 5 e que por acaso você falou que não são maioria em uma lista de 20 colocados, tentando argumentar que não seriam preferidos pela maioria segundo os dados que apresentou, mesmo esses países sendo 5 entre os 6 primeiros colocados(juntando homens e mulheres).

Só uma correção, os povos germânicos eram nórdicos.
''O objetivo dos Governos é sempre o mesmo: limitar o indivíduo, domesticá-lo, subordiná-lo, subjugá-lo.'' - Max Stirner

Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #143 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:43:57 »
Com certeza não, mas está no mesmo "grupo taxonômico"...Num conceito de hierarquias aninhadas taxonômicas, sua observação não altera esse fato...
Do mesmo jeito que nórdicos estão no mesmo "grupo taxonômico" que germânicos e mediterrâneos. Mas isso não muda o fato de que são fenótipos diferentes e que os nórdicos estão em sua absoluta maioria concentrados na região geográfica chamada países nórdicos, que por acaso são somente 5 e que por acaso você falou que não são maioria em uma lista de 20 colocados, tentando argumentar que não seriam preferidos pela maioria segundo os dados que apresentou, mesmo esses países sendo 5 entre os 6 primeiros colocados(juntando homens e mulheres).

Só uma correção, os povos germânicos eram nórdicos.
Opa, falha minha.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #144 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:47:59 »
Salazar, a Noruega por exemplo há algum tempo passa por um período de orgulho nacional muito grande. É natural que seu momento cultural seja muito propício a acharem belos o do seu povo.


Agnóstico, você está viajando demais. Está soltando afirmações sem pensar direito.

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.481
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #145 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:51:17 »
Citar
Os romanos, árabes e turcos não foram expostos a uma avalanche cultural dos nórdicos e eslavos (que els consideravam inferiores, atrasados e até mesmo estúpidos). Como ficamos, Agnóstico?

Com o fato de que eles já são fenotipicamente parecidos para começar, ao mesmo tempo em que a base da afirmação não é nada quantitativa, apenas a observação de uma ou outra figura histórica relatando beleza de algum povo (que inclusive talvez admirassem apesar de considerarem bárbaros), e isso dos haréns.

A atributo fenotipico que realmente interessa na discussão em voga NÃO é compartilhado por nórdicos e outras etnias, a saber, olhos azuis e cabelos claros.

Bem, é muito impreciso usar o termo "nórdico" para se referir a olhos azuis e cabelos claros.









Kirsten Dunst, com esses traços, e que quase nada mais tem de "nórdica"



Paquistanesa (e não-nórdica) com esses traços e um pouco mais em comum (rosto estreito)


Acho que para fazer algum sentido "nórdico(a)" deveria se aproximar mais dos padrões dessa paquistanesa (ou de propriamente nórdicos), e não ser algo tão abrangente que incluísse a Kirsten Dunst, que é praticamente "antítese" de nórdico. Pois se for apenas isso, o melhor seria falar sobre hipotéticas preferências universais por pele e cabelos claros, onde a afirmação fica algo menos onerosa, ainda que mesmo assim tenha um longo caminho pela frente em termos de confirmação. Não pode ser só coleta de relatos históricos que pareçam favorecer algo nesse sentido.





Citar
Outro fator a se destacar é que para se conhecer as preferencias fenotipicas de povos antigos informações quantitativas são praticamente impossíveis de serem utilizadas pela própria natureza do conhecimento histórico. Somente podemos saber sobre as preferencias de indivíduos letrados e membros das classes superiores de determinadas sociedades. Considero que o fato de praticamente todos os povos que entraram em contato com pessoas de fenótipo nórdico/gêrmanico ao longo da história terem relatado que eles eram mais belos um bom argumento no sentido de mostrar que há algo mais que apenas cultura a determinar certos padrões de beleza*. Mas note que de forma nenhuma eu estou a generalizar minha posição, o que afirmo é que existe uma tendência a maioria dos indivíduos consideraram traços como olhos e cabelos claros como sendo mais atrativos.

*No momento estou impossibilitado de postar as fontes de minhas alegações sobre determinados períodos históricos, mas o farei assim que puder. Se não me engano o livro que li que afirmava haver uma obsessão por traços nórdicos na sociedade romana (que como sabemos era predominantemente mediterrânea) foi o historiador Paul Veyne.

Eu acho que esse tipo de dados não nos dizem nada de significativo sobre uma hipotética preferência universal de bases biológicas.

São relatos de alguns caucasóides preferindo certos traços caucasóides, não sendo fácil avaliar quanto essas preferências eram comuns na população e não gosto particular desses fazendo esses relatos ou percepção deles sobre o gosto alheio; também difícil é avaliar a influência de outros fatores, se essas pessoas exerciam alguma outra forma de admiração, ou se eram mesmo vistos como uma escória, lixo da humanidade -- o que não me parece ter sido o caso, nunca na história.

Não passa de uma versão um pouco menos gritantemente absurda de livre-associações como as de Daniken e os "deuses astronautas"; a diferença é que aquilo que se afirma não é tão estapafúrdio, poderia ser real, mas a metodologia é essencialmente a mesma.

E poderia-se de forma similar defender coisas diferentes, apenas selecionando outras declarações por aí. Não necessariamente para embasar uma preferência universal oposta, mas talvez para diferentes alelos determinando diferentes preferências para diferentes pessoas ou povos.


Citação de: Darwin, descent of man
The following case, though relating to savages, is well worth giving
for its curiosity. Mr. Winwood Reade informs me that the Jollofs, a
tribe of negroes on the west coast of Africa, "are remarkable for
their uniformly fine appearance." A friend of his asked one of these
men, "How is it that every one whom I meet is so fine looking, not
only your men but your women?"

Li uma vez algo como haitianos que nunca haviam visto brancos acharem que um homem branco era algum tipo de "doente". Também tem toda aquela coisa de associação com sensualidade, tanto de homens como mulheres, e associado a isso, o medo de miscigenação por parte de brancos (geralmente).

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #146 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:52:46 »
Salazar, a Noruega por exemplo há algum tempo passa por um período de orgulho nacional muito grande. É natural que seu momento cultural seja muito propício a acharem belos o do seu povo.


Agnóstico, você está viajando demais. Está soltando afirmações sem pensar direito.



Engraçado DDV, estava pensando isso de você ;-)

DDV, existe uma série de razões para alguém achar os do seu povo mais bonito, incl
uindo o momento positivo do país. O que quis dizer na verdade é óbvio.. a informação do beautifulpeople não serve para nada.

Sobre a afirmação específica: Os suecos historicamente tratavam os noruegueses como vizinhos pobres. A economia deles mudou muito desde 20 anos para cá, e o petróleo tem muito a ver com isso.
Essa questão é um motivo de ressentimento dos Suecos, inclusive que dizem que os Noruegueses "estão se achando". Então, apenas peguei essa informação e coloquei em jogo.

Mas de uma maneira resumida, ignore o BeautifulPeople. Não dá para tirar nada dali.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.392
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #147 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:55:46 »
Com certeza não, mas está no mesmo "grupo taxonômico"...Num conceito de hierarquias aninhadas taxonômicas, sua observação não altera esse fato...
Do mesmo jeito que nórdicos estão no mesmo "grupo taxonômico" que germânicos e mediterrâneos. Mas isso não muda o fato de que são fenótipos diferentes e que os nórdicos estão em sua absoluta maioria concentrados na região geográfica chamada países nórdicos, que por acaso são somente 5 e que por acaso você falou que não são maioria em uma lista de 20 colocados, tentando argumentar que não seriam preferidos pela maioria segundo os dados que apresentou, mesmo esses países sendo 5 entre os 6 primeiros colocados(juntando homens e mulheres).

Entre os vinte primeiros colocados nos rankings masculino e feminino, 12 são povos majoritariamente não-nórdicos (isso inclui os EUA, que, segundo umas googladas que dei umas semanas atrás, só tem 67% classificada como branca e 16% da população classificada como loira). Dos nove primeiros colocados no ranking masculino, 6 são de povos majoritariamente não-nórdicos. Dos 8 primeiros colocados no ranking feminino, 4 são de países majoritariamente não-nórdicos.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.481
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #148 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:57:19 »
Com certeza não, mas está no mesmo "grupo taxonômico"...Num conceito de hierarquias aninhadas taxonômicas, sua observação não altera esse fato...
Do mesmo jeito que nórdicos estão no mesmo "grupo taxonômico" que germânicos e mediterrâneos. Mas isso não muda o fato de que são fenótipos diferentes e que os nórdicos estão em sua absoluta maioria concentrados na região geográfica chamada países nórdicos, que por acaso são somente 5 e que por acaso você falou que não são maioria em uma lista de 20 colocados, tentando argumentar que não seriam preferidos pela maioria segundo os dados que apresentou, mesmo esses países sendo 5 entre os 6 primeiros colocados(juntando homens e mulheres).

Só uma correção, os povos germânicos eram nórdicos.

É mais complicado se "nórdico" não é só loiro de olhos azuis:


Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #149 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:57:41 »
Perguntinhas para os experts em fenótipos.
Que fenótipo seria uma mulher extremamente branca, olhos azuis, cabelo preto e liso, nariz fino e arrebitado, queixo proporcional(nem muito grande nem muito pequeno)?
Ruivas são da região da grã bretanha e redondezas, correto?

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!