Autor Tópico: Memória no transplante de fígado  (Lida 2883 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Res Cogitans

  • Nível 14
  • *
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Memória no transplante de fígado
« Online: 16 de Maio de 2005, 01:30:55 »
http://fantastico.globo.com/Jornalismo/Fantastico/0,,AA962708-4005-302543-0-15052005,00.html

15.05.2005

Memória no transplante de fígado


Pessoas que fizeram transplantes de órgãos afirmam ter adquirido também as memórias dos doadores. Há casos de pessoas que dizem ter revivido, como se fosse em sonho, o momento exato em que o doador morreu.



“Nunca vou esquecer o dia em que recebi aquele telefonema. Eu fui a primeira pessoa a quem mamãe ligou. Ela me disse: "como é que ele foi capaz de se matar?". Fizemos uma reunião de família e meu irmão falou: vamos doar todos os órgãos dele”, conta a irmã do jovem Howie.

O fígado de Howie foi doado para Debbie Véga.

“Naquele dia eu estava muito doente, e podia até ter entrado em coma se não tivesse recebido aquele fígado a tempo”, diz Debbie.

A história ocorreu nos Estados Unidos. A operação foi um sucesso, mas logo depois coisas estranhas começaram a acontecer com a mulher que recebeu o fígado no transplante.

“Dois dias depois do transplante, eu pedi ao meu marido: compre amendoim, compre salgadinho de queijo para mim. Só que eu nunca gostei de comer isso”, diz a americana.

“Passei três ou quatro meses comendo essas coisas, sem parar. Aí comecei a fantasiar: será que era isso que o doador gostava de comer?”, comenta.

Debbie voltou ao hospital para tentar conseguir informações sobre o doador. Ela perguntou a uma enfermeira: é um homem? Uma mulher? A enfermeira respondeu: é um garoto. Só disse isso.

Houve outra mudança nos hábitos de Debbie depois do transplante: ela começou a praticar luta. Ela pensou: será que o doador gostava de lutar?

Dois anos depois da operação, ela finalmente conheceu a família do doador. As irmãs do jovem confirmaram: sim, ele gostava de lutar, e dava chutes iguais a esses.

“Parece que é ele usando o corpo dela. É como se ele quisesse provar a todo mundo que continua vivo”, diz a irmã.

Casos como esse são pesquisados pelo doutor Gary Schwartz, um professor de medicina da Universidade do Arizona. Ele diz:

“Explicações meramente biológicas são insuficientes para entender esses fatos bizarros. Essas memórias dos transplantados sugerem a possibilidade de continuidade da consciência mesmo depois da morte”.

Os céticos dizem que essas memórias são simples coincidências, ou talvez efeitos colaterais dos medicamentos que os pacientes devem tomar depois da cirurgia. Mas como explicar uma outra história contada por Debbie?

“Assim que acordei da cirurgia, lembrei de uma coisa que parecia um sonho: vi uma cena, um rapaz, uma moça de aparência latina. Ela usava uma blusa listrada”.

“Isso me assustou, porque o meu irmão se matou na frente da namorada. Ela foi a última pessoa que ele viu: naquele dia, ela estava mesmo de blusa listrada”, diz a irmã.

O doutor diz que um dos casos mais fascinantes que estudou foi o de um jovem de 17 anos, um violinista, assassinado na rua.

Seu coração foi transplantado para um homem de 47 anos, que, de repente, se apaixonou por música clássica. Passou a ouvir música clássica por horas e horas e disse que aquelas melodias comoviam seu coração.

O problema do doutor Schwartz é demonstrar que células e órgãos podem guardar e transmitir algum tipo de memória. Não há comprovação científica de que algo assim possa acontecer. Mas ele acredita que existe uma espécie de energia que circula pelo corpo e leva informação a todas as células. É uma energia que teria origem no coração e estaria relacionada com nossas emoções.

“Emoção é energia em movimento, ela pode estabelecer ligações biofísicas”, defende o controvertido pesquisador.

Domingo que vem, você vai conhecer histórias de transplantados brasileiros. O que dizem os especialistas, os cientistas, sobre as idéias do polêmico doutor Gary Sachwartz?
"Conhecer a verdade não é o mesmo que amá-la, e amar a verdade não equivale a deleitar-se com ela" Confúcio

Offline Capyvara

  • Nível 07
  • *
  • Mensagens: 79
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #1 Online: 16 de Maio de 2005, 01:41:52 »
Nem vem q eu postei primeiro, hehe
http://www.alenonimo.com.br/forum/viewtopic.php?t=1017 [deletei]

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #2 Online: 16 de Maio de 2005, 01:44:55 »
nem uma gota de científico na investigação do bom doutor...
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #3 Online: 16 de Maio de 2005, 08:44:32 »
PUTZ! Que bosta! :bosta:

Esse povo inventa cada uma...
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #4 Online: 16 de Maio de 2005, 10:20:54 »
Daqui a pouco o tal doutor começa a falar de chi, meridianos, chakras...

OT: Res, foi você que postou uma vez um texto do autor do livro "Armas, germes e aço", que era uma espécie de resumo das idéias defendidas nele?
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

Rhyan

  • Visitante
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #5 Online: 16 de Maio de 2005, 10:32:48 »
Eu vi na propaganda e cai na gargalhada, que bom que não vi o programa.

Offline Res Cogitans

  • Nível 14
  • *
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #6 Online: 16 de Maio de 2005, 18:49:39 »
Citação de: Angelo Melo

OT: Res, foi você que postou uma vez um texto do autor do livro "Armas, germes e aço", que era uma espécie de resumo das idéias defendidas nele?


sim.
"Conhecer a verdade não é o mesmo que amá-la, e amar a verdade não equivale a deleitar-se com ela" Confúcio

Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #7 Online: 17 de Maio de 2005, 10:05:18 »
Citação de: Res Cogitans
Citação de: Angelo Melo

OT: Res, foi você que postou uma vez um texto do autor do livro "Armas, germes e aço", que era uma espécie de resumo das idéias defendidas nele?


sim.


Você ainda tem esse texto? Pode postar de novo?
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

Offline Res Cogitans

  • Nível 14
  • *
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #8 Online: 17 de Maio de 2005, 22:19:59 »
Citação de: Angelo Melo
Citação de: Res Cogitans
Citação de: Angelo Melo

OT: Res, foi você que postou uma vez um texto do autor do livro "Armas, germes e aço", que era uma espécie de resumo das idéias defendidas nele?


sim.


Você ainda tem esse texto? Pode postar de novo?


http://www.gomestranslation.com/translated_articles/diamond_trans.doc
"Conhecer a verdade não é o mesmo que amá-la, e amar a verdade não equivale a deleitar-se com ela" Confúcio

Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #9 Online: 17 de Maio de 2005, 23:06:10 »
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #10 Online: 18 de Maio de 2005, 15:15:40 »
Citação de: Wellington Zangari
Conheci o Gary Schwartz em um congresso em janeiro deste ano. Apresentamos trabalhos no mesmo dia. Eu apresentei uma interpretação psicossocial da mediunidade, apresentando como teorias convencionais poderiam dar conta das alegações dos médiuns. Ele apresentou um trabalho em que usa médiuns para se comunicarem com mortos e dizerem coisas que só os mortos saberiam. O trabalho foi simplesmente péssimo do ponto de vista da fundamentação metodológica, além de assumir que os mortos se comunicam. Enfim, tudo que vem de Gary Schwartz deve ser visto de modo duplamente cético, se é que isso é possível. A história das "lembranças dos órgãos" me parece sem qualquer fundamentação pois não parece ter sido eliminada a hipótese de validação subjetiva e nem mesmo de simples fraude. Não vi nenhum "relatório" a respeito dos estudos feitos. Se alguém tiver algum material, gostaria de ler.

Zangari
Bom saber disso... O cara já está marcado como mentiroso então?
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Atheist

  • Visitante
Re: Memória no transplante de fígado
« Resposta #11 Online: 19 de Maio de 2005, 14:02:37 »
Citação de: Res Cogitans

O problema do doutor Schwartz é demonstrar que células e órgãos podem guardar e transmitir algum tipo de memória. Não há comprovação científica de que algo assim possa acontecer. Mas ele acredita que existe uma espécie de energia que circula pelo corpo e leva informação a todas as células. É uma energia que teria origem no coração e estaria relacionada com nossas emoções.


Puta que pariu!!!! Desculpem as palavras, mas não encontrei outras melhores para definir o que estou pensando no momento.

Esse doutor é formado em quê? Graduação em astrologia, doutorado em pseudociências exotéricas?

Atheist

  • Visitante
Re: Memória no transplante de fígado
« Resposta #12 Online: 19 de Maio de 2005, 15:50:34 »
Citação de: Wellington Zangari
Citação de: Atheist
Citação de: Res Cogitans

O problema do doutor Schwartz é demonstrar que células e órgãos podem guardar e transmitir algum tipo de memória. Não há comprovação científica de que algo assim possa acontecer. Mas ele acredita que existe uma espécie de energia que circula pelo corpo e leva informação a todas as células. É uma energia que teria origem no coração e estaria relacionada com nossas emoções.


Puta que pariu!!!! Desculpem as palavras, mas não encontrei outras melhores para definir o que estou pensando no momento.

Esse doutor é formado em quê? Graduação em astrologia, doutorado em pseudociências exotéricas?


Atheist,

O problema não está na alegação. Qualquer um pode alegar o que quiser DESDE que apresente EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS para tal. Ele não faz isso e, portanto, deve receber críticas.

Zangari


Sem dúvidas, qualquer um pode alegar o que quiser. O problema é o uso do argumento de autoridade, definitivamente aceito pela mídia (até aí nenhuma novidade) e, consequentemente, aceito pela população que não tem a mínima possibilidade de dissernir o que é científico do que não é. Isso deveria ser crime... Mais uma que se encaixa no meu artigo... http://www.alenonimo.com.br/forum/viewtopic.php?t=948  :?

Certamente ele não vai apresentar evidência alguma e certamente vai varrer as evidências contrárias para debaixo do tapete. Uma pessoa com um coração artificial então não vai ter esta "energia" liberada do coração? Será que sem esta "energia" a pessoa fica sem emoções ou com emoções alteradas?

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #13 Online: 19 de Maio de 2005, 15:52:58 »
é seu! haha não sabia que era seu o artigo.. tá ficando importante hein  :lol:
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Atheist

  • Visitante
Re: Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #14 Online: 19 de Maio de 2005, 16:11:07 »
Citação de: bruno
é seu! haha não sabia que era seu o artigo.. tá ficando importante hein  :lol:


Xi, achei que todo mundo já sabia... heheheh  :D

Atheist

  • Visitante
Re: Memória no transplante de fígado
« Resposta #15 Online: 19 de Maio de 2005, 16:30:21 »
Citação de: Wellington Zangari
Citação de: Atheist
Certamente ele não vai apresentar evidência alguma e certamente vai varrer as evidências contrárias para debaixo do tapete. Uma pessoa com um coração artificial então não vai ter esta "energia" liberada do coração? Será que sem esta "energia" a pessoa fica sem emoções ou com emoções alteradas?


Você toca em duas questões importantes: uma ligada à alegação dele e outra ligada à posição da mídia. A mídia realmente não tem mostrado qualquer responsabilidade. Quanto a alegação: a comunidade científica tem que pressioná-lo a apresentar as evidências e, se isso não ocorrer, ele deveria ser expulso dos quadros acadêmicos da Universidade do Arizona! Mas, nossa posição, Atheist, enquanto cientistas, é a de avaliar o que ele apresentar ou não apresentar e não assumir que "certamente ele não vai apresentar evidência e certamente vai varrer as evidências contrárias para debaixo do tapete"! Compreendo sua indiganção e me somo a ela, sobretudo porque eu já estou com esse car até o pescoço desde meu encontro com ele em janeiro. Mas, nosso combate deve vir após a avaliação das supostas evidências serem apresentadas (se é que serão) e avaliadas à luz da ciência. Se não forem apresentadas: expulsão. Se encontrarmos sinais de "varreção" (file drawer effect), então denunciemos.

Um fraternal abraço,
Zangari


Bom, desconheço a ficha dele, mas pelo visto já é seu freguês...  :D

O ponto é: a quem cabe tal exigência? A AAAS? Que eu saiba, ninguém é obrigado a apresentar provas de tudo que expõe como opinião. Ele pode se esquivar dizendo que é mera opinião e não ter que apresentar prova nenhuma. Se a imprensa fosse séria e não apenas quisesse vender notícia poderia organizar um debate com algum outro cientista e, aí sim, exigir-se as devidas evidências que favoreçam as suas teorias. Caso contrário, é como você mesmo comentou, não passa de uma alegação dele. Se a mídia entendeu isso como fato científico, problema dela.

Agora, tendo em vista meu parco conhecimento sobre bioquímica e fisiologia, tenho imensas dúvidas de que ele tenha alguma evidência favorável. Ele não jogaria um prêmio Nobel fora não apresentando as evidências. Mas é claro que eu posso estar errado. Se ao menos ele tivesse falado que esta energia é liberada do fígado...  :roll:  aí ele estaria falando da glicose, que realmente tem relação com algumas emoções...  :lol:

Por isso minha afirmação de que ele não apresentará nenhuma evidência. E não apresentará mesmo.

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #16 Online: 19 de Maio de 2005, 17:10:05 »
Res Cogitans, que avatar é esse aí?

Offline Res Cogitans

  • Nível 14
  • *
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #17 Online: 20 de Maio de 2005, 11:37:44 »
Citação de: Fernando
Res Cogitans, que avatar é esse aí?


do novo filme do batman.. mas ficou muito pequeno o do REv tá melhor http://www.br.warnerbros.com/batmanbegins/images/poster/poster_domestic.jpg
"Conhecer a verdade não é o mesmo que amá-la, e amar a verdade não equivale a deleitar-se com ela" Confúcio

Offline Res Cogitans

  • Nível 14
  • *
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Re: Memória no transplante de fígado
« Resposta #18 Online: 21 de Maio de 2005, 00:24:25 »
Citar
“Emoção é energia em movimento, ela pode estabelecer ligações biofísicas”, defende o controvertido pesquisador.


essa parte é a pior... Existe um conceito físico para o que chamamos de energia em ciência, ficar chamando qualquer devaneio d energia é desvirtuar um conceito.

Citar
O que dizem os especialistas, os cientistas, sobre as idéias do polêmico doutor Gary Sachwartz?


Aqui polêmico é eufemismo para maluco.
"Conhecer a verdade não é o mesmo que amá-la, e amar a verdade não equivale a deleitar-se com ela" Confúcio

Atheist

  • Visitante
Re: Memória no transplante de fígado
« Resposta #19 Online: 21 de Maio de 2005, 00:42:35 »
Citação de: Wellington Zangari
Citação de: Atheist

Por isso minha afirmação de que ele não apresentará nenhuma evidência. E não apresentará mesmo.


Eu também acho! Mas isso não significa que possamos ser surpreendidos em algum momento. A histórica da ciência está repleta de conhecimentos que eram imprevistos pelas teorias da época. Sem essa abertura ao novo, não se fariam progressos cientíticos. Por outro lado, também não considero adequado a postura "paranormófila" daqueles que assumem algo novo sem qualquer apresentação de evidências. Acho que nosso papel, como cientistas, é manter o ceticismo científico, que não se fecha para o novo, mas não aceita algo simplesmente por ser alegado. No geral, estamos de acordo.

Um fraternal abraço,
Zangari


Sem dúvidas. Um excelente exemplo são os apenas 25.000 genes dos humanos. Ninguém diria que era só isso há uns 10 anos ou menos...

Atheist

  • Visitante
Re: Memória no transplante de fígado
« Resposta #20 Online: 21 de Maio de 2005, 00:48:18 »
Citação de: Res Cogitans
Citar
“Emoção é energia em movimento, ela pode estabelecer ligações biofísicas”, defende o controvertido pesquisador.


essa parte é a pior... Existe um conceito físico para o que chamamos de energia em ciência, ficar chamando qualquer devaneio d energia é desvirtuar um conceito.

Citar
O que dizem os especialistas, os cientistas, sobre as idéias do polêmico doutor Gary Sachwartz?


Aqui polêmico é eufemismo para maluco.


 :lol:

Não dá pra levar a sério. Parece aqueles fundamentalistas anti-evolução. Deturpam o que existe em ciência para conseguir um argumento palatável aos leigos... e a imprensa adora!

P.S. Caso ainda não tenham percebido, detesto jornalistas (e minha irmã faz jornalismo... castigo divino?  :roll: )

Offline Jasig Aurumalfa

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.103
  • Sexo: Masculino
  • Eu tenho um Pássaro de Argila!
    • http://www.fotolog.net/joao_ms
Re.: Memória no transplante de fígado
« Resposta #21 Online: 21 de Maio de 2005, 12:46:38 »
Será que existe? Será que não? Num sei...
Blog do Pássaro de Argila!

(\__/)
(O.o )
(> < ) This is Bunny. Copy Bunny into your signature to help him on his way to world domination!

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!