Autor Tópico: Gatófilos e cachorrófilos do CC  (Lida 183028 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1675 Online: 30 de Maio de 2018, 13:27:46 »
Não sei não, acho que se você aumenta um pouco o número de ratos, bem como sua fome, eles é que comem o gato, feito piranhas comendo um boi condenado.

Com fome em um barril repleto com milho?

Rato foge se puder, mas se ficar encurralado ele vem para cima no típico mata ou morre.

Não sei como não foram para cima do gato.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.181
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1676 Online: 30 de Maio de 2018, 14:12:21 »
Não sei não, acho que se você aumenta um pouco o número de ratos, bem como sua fome, eles é que comem o gato, feito piranhas comendo um boi condenado.

Com fome em um barril repleto com milho?

Eles não precisariam necessariamente ter estado "indefinidamente" ali...

Talvez até colocá-los diante de uma fartura daquelas os deixe num estado mental em que não consigam enxergar o gato como outra coisa além de ameaça, enquanto talvez ratos famintos num barril cheio de areia o vissem mais imediatamente como comida mesmo.

Por outro lado, não tenho de fato conhecimento de ratos terem esse comportamento de ataque "piranhesco" a qualquer animal maior (e ver um monte de ratos comendo algum não é indicativo disso, pode ser só carniça fresca), é só uma suposição. Talvez até estar em bando torne menos provável de qualquer um atacar, pelo instinto de fuga em "manada" ser ativado, apesar deles teoricamente levarem até vantagem se atacassem em conjunto.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1677 Online: 30 de Maio de 2018, 14:52:37 »
Não sei não, acho que se você aumenta um pouco o número de ratos, bem como sua fome, eles é que comem o gato, feito piranhas comendo um boi condenado.

Com fome em um barril repleto com milho?

Rato foge se puder, mas se ficar encurralado ele vem para cima no típico mata ou morre.

Não sei como não foram para cima do gato.

Sem chance, ainda mais que eram camundongos e não ratazanas.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1678 Online: 30 de Maio de 2018, 16:30:09 »
Não sei não, acho que se você aumenta um pouco o número de ratos, bem como sua fome, eles é que comem o gato, feito piranhas comendo um boi condenado.

Com fome em um barril repleto com milho?

Rato foge se puder, mas se ficar encurralado ele vem para cima no típico mata ou morre.

Não sei como não foram para cima do gato.

Sem chance, ainda mais que eram camundongos e não ratazanas.

É que quando falo "rato" é o rato mesmo, não camundongo.

Os do vídeo são até gordinhos mas não do tamanho que já vi perto do Mercado Municipal de São Paulo.

Esses daí são até bonitinhos comparados com eles, se vc encurralar um ratão que tem quase o tamanho de um coelho ele vem para cima mesmo.


Eu  passei na rua durante a madrugada com o carro da empresa seguindo para estacao Brás e o bicho estava escalando uma parede quase lisa se agarrando só com as unhas.

« Última modificação: 30 de Maio de 2018, 16:33:44 por Arcanjo Lúcifer »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.181
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1679 Online: 22 de Junho de 2018, 21:29:09 »
A cat lady and a cat gentleman.

Citar
<a href="https://www.youtube.com/v/br_yTGa70Wg" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/br_yTGa70Wg</a>

"Cats are like potato chips," reads a sign in Bruce and Terry Jenkins’s home. "You can’t just have one!"

In fact, the Jenkinses have dozens—the couple, both of whom are retired, have devoted their lives to caring for a plethora of elderly cats. “It’s kind of a big family,” says Terry Jenkins in Jonathan Napolitano’s short documentary. “It gives me the opportunity to be with more cats than I possibly could ever have imagined.”

But the Jenkins’ felines are not simply pets; they are rescues, often having been abandoned due to the death or sickness of a previous owner. Napolitano, a filmmaker who himself has three cats, decided to make a film about the couple when he heard about their makeshift senior sanctuary on the radio. The result is by turns heartwarming and heartbreaking.

"Cats Cradle" is directed by Jonathan Napolitano. It is part of The Atlantic Selects, an online showcase of short documentaries from independent creators, curated by The Atlantic.


Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1681 Online: 04 de Dezembro de 2018, 12:18:04 »
Minha filhotona de 11 anos morreu hoje...

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1682 Online: 04 de Dezembro de 2018, 12:25:53 »
Meus sentimentos Diego.  :(

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1683 Online: 04 de Dezembro de 2018, 12:33:49 »
Sinto muito, colega.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1684 Online: 04 de Dezembro de 2018, 14:14:25 »
Minha filhotona de 11 anos morreu hoje...


Meus sentimentos, Diego.
Porquê eles vivem menos do que a gente?   :'(  :chorao: já se foram 4 da minha vida...minha gatinha preta de 15 anos está se superando em longevidade, mas nosso boxer já tem 5 e parece que essa raça vive pouco mais de 7 anos...
GNOSE

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1685 Online: 04 de Dezembro de 2018, 19:08:47 »
Sinto muito, Diego.

Eu já tive duas boxers, ambas morreram com 14 anos. Uma delas há três anos atrás. É uma tristeza.


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1686 Online: 04 de Dezembro de 2018, 19:44:44 »
Sinto muito, Diego.

Eu já tive duas boxers, ambas morreram com 14 anos. Uma delas há três anos atrás. É uma tristeza.



Senti mais a perda de alguns dos meus cães do que senti a perda de alguns parentes.

Principalmente a última,  a Lua, uma vira latas amarela com olhos de cores diferentes.

Eu tinha cuidado de um câncer dela, coisa de um ano antes, e então ela se foi de um dia para o outro.

Foi uma p* de uma sarrafada para mim, como eu nunca senti antes.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1687 Online: 05 de Dezembro de 2018, 06:26:43 »
É difícil. 11 anos com ela vindo me receber todos os dias. Eu abria a porta do carro e ela já pulava no banco pra eu abraçar ela. Daí deixava ela entrar em casa e ia preparar o jantar com ela deitada na cozinha.

Foda. Mesmo com os outros cinco, a casa parece vazia e os outros só ficam no portão esperando ela voltar.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1688 Online: 13 de Dezembro de 2018, 21:39:24 »
Meu gatão cinza tb se foi ontem. :'(

Eu já estava esperando, ele começou a perder peso muito rápido e levei no veterinário, fiz tudo que pude, ele melhorou bastante e voltou a se alimentar bem, piorou, tratei no veterinário,  melhorou bastante novamente.

Viveu mais uns meses após a primeira crise e ontem se foi.






Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1689 Online: 13 de Dezembro de 2018, 21:42:49 »
Foi o gato mais tranquilo, amigo e pacifico que conheci.

Ele ficava esperando eu chegar em casa e me acompanhava para todo lado.

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.257
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1690 Online: 14 de Dezembro de 2018, 08:28:09 »
Sinto muito Arcanjo, é sempre triste perder um animal de estimação.  :(
"Deus prefere os ateus"

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1691 Online: 14 de Dezembro de 2018, 18:50:14 »
 Valeu, é sempre difícil mesmo, principalmente se o bicho está conosco a muito tempo.

O gatão era de uma vizinha e se mudou por vontade própria para minha casa quando fizeram uma grande reforma com pedreiros trabalhando.

Ele veio, entrou e resolveu ficar.

Ele tinha uns 18 anos de vida sendo que pelo menos uns 15 comigo.

Era tão bobão que os outros gatos bem menores o empurravam para o lado enquanto estava comendo, ele esperava eles comerem e continuava depois.

Fará falta, muita falta em casa.


Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1692 Online: 15 de Dezembro de 2018, 12:32:39 »
Meu gatão cinza tb se foi ontem. :'(

Eu já estava esperando, ele começou a perder peso muito rápido e levei no veterinário, fiz tudo que pude, ele melhorou bastante e voltou a se alimentar bem, piorou, tratei no veterinário,  melhorou bastante novamente.

Viveu mais uns meses após a primeira crise e ontem se foi.







Meus sentimentos Arcanjo.

Offline Pedro Reis

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.861
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1693 Online: 15 de Dezembro de 2018, 13:36:50 »
Olavo de Carvalho também é gatófilo. Um tipo muito especial: especializado em magia de gatos.

"Gato cura dor de cabeça. Como faz? Você olha o gato colocando o olho nele de tal maneira contra a luz de modo que você veja o fundo (que parece uma lua). A hora que a luz bater lá e você olhar a dor de cabeça para. E o gato dorme quinze horas seguidas. Isto é magia. A definição de magia é você operar defeitos físicos através de imagens. Através do olhar. "

Botem este homem para indicar ministros! Não se pode desperdiçar tanta sabedoria.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1694 Online: 15 de Dezembro de 2018, 13:51:45 »
Meu gatão cinza tb se foi ontem. :'(

Eu já estava esperando, ele começou a perder peso muito rápido e levei no veterinário, fiz tudo que pude, ele melhorou bastante e voltou a se alimentar bem, piorou, tratei no veterinário,  melhorou bastante novamente.

Viveu mais uns meses após a primeira crise e ontem se foi.


Lamento, Arcanjo. Força aí.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1695 Online: 15 de Dezembro de 2018, 14:13:54 »
 Valeu pessoal.

Pela idade dele eu já meio que esperava.

A melhor lembrança que eu tenho desse bicho era dele cuidando de um filhote de gato que nós tivemos, ele sempre cuidava dos gatos menores que apareciam por aqui.

Gato sempre briga pelo seu espaço particular mas ele nem se importava.

Offline Eremita

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.833
  • Sexo: Masculino
  • Ecce.
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1696 Online: 12 de Fevereiro de 2019, 00:06:02 »


Siegfrieda. Também conhecida como Zizi, Zigui, Scheißchen e /pɫ̩pɫ̩/, que não sei como escrever. Chegou espancada aqui em casa num natal desses, a idéia era tratá-la e doá-la, mas foi ficando... ficando...

Tem o péssimo costume de virar de barriga pra cima, como se dissesse "olha como sou bonitinha!" quando leva bronca. Um dos bichos mais dóceis que já conheci.
Latebra optima insania est.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.572
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1697 Online: 12 de Fevereiro de 2019, 05:49:19 »
Que bom que vc ficou com ela.

Quem não conhece o comportamento dos gatos acha que eles não estão nem aí com as pessoas da casa mas não é assim, eles se apegam como os cães fazem.

O meu gato sempre esperava eu chegar em casa e me acompanhava para todo lado.

Offline Eremita

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.833
  • Sexo: Masculino
  • Ecce.
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1698 Online: 14 de Fevereiro de 2019, 03:40:02 »
Não tinha como não ficar com ela. Ela se apegou a nós, e nós a ela. Extremamente amorosa e doce, agora mesmo tá dormindo próxima ao meu pé e, se  saio de perto, levanta pra me acompanhar. (De vez em quando ergue a cabeça, mia, só volta a dormir depois que falo com ela.)

E a outra gata (a Kika) já deixou claro que tolera a Sieg, contanto que a Sieg não encha o saco dela.

Citar
O meu gato sempre esperava eu chegar em casa e me acompanhava para todo lado.

Eles fazem isso bastante. A Kika fica na sacada quando está sozinha, pra ver quando chega alguém em casa.
Latebra optima insania est.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.181
  • Sexo: Masculino
Re:Gatófilos e cachorrófilos do CC
« Resposta #1699 Online: 27 de Julho de 2019, 13:27:23 »
Há questões análogas sobre o cultivo de deformações extremas em cães:

Citar
http://messybeast.com/brachycephaly.htm

THE ETHICS OF BREEDING FOR DEFORMITY: EXTREME BRACHYCEPHALY
Copyright 2010, 2018 Sarah Hartwell

Owners of Persians and Exotic Shorthairs are advised by cat care books that these breeds may have problems grooming, have dribbling eyes and overcrowded teeth. Roger Tabor noted, in "The Rise of the Cat", that exhibitors had to continually wipe the dribbling eyes of Persian cats. Cats are instinctively fastidious animals and the inability to groom properly and the constant tears must frustrate them. Owners have noticed that these cats tend to eat by flinging food upwards to catch it in the mouth. There is even biscuit food aimed at Persians where the pieces are designed to be scooped up with the tongue (anyone doubting this problem should try to eat cat-style, after all Persian/Exotic faces are becoming almost as flat as ours). In the most extreme case, that of the Peke-Faced Persian, the high palate meant many kittens were unable to suckle effectively and had to be hand-reared. Modern extreme-typing (ultra-typing) has led to Persians approaching the level of deformity and handicap founded in the Peke-Faced Persian.

Reports on the problems associated with short muzzles have often been dismissed by fanciers as rants from people who don't appreciate the aesthetics of the modern breeds. Health problems have been downplayed by breeders and registries as alarmist or overstated, but there is a growing body of veterinary evidence showing the problems associated with the facial anatomy of modern Persians/Exotics. This article looks at veterinary research into the effects of the flattened face as well as legislative measures that might come into play if cat fanciers continue to value extreme conformation over feline health and if registries do not rein in these excesses.

[...]



[...]

Neurological assessment found that all the doll-faced Persians were clinically sound. However, in the peke-faced (extreme) Persians:

14 (66%) were obtunded (dulled alertness) and unresponsive to external stimuli.
8 (38%) lacked the menace responses with preserved pupillary light reflexes indicating a visual impairment.
6 (28%) did not react to sound (only one of the deaf cats was white and its eyes were copper).
3 (14%) showed delayed hopping and wheelbarrowing reactions (hopping is where the forelimbs are supported, wheelbarrowing is where the hindlimbs are supported – the normal reaction is to immediately hop or walk the unsupported limbs).
7 (33%) lacked postural reactions.
12 (57%) had mild ataxia (tremor, incoordination).
5 kittens (23%) from 3 different litters had severe ataxia in all four limbs and were unable to stand most of the time. They had dulled alertness, mild head tremors and degrees of nystagmus (flickering eye movements) and strabismus (crossed eyes) and an abnormal breathing pattern. The owners reported these kittens had long periods of aimless screaming. Due to their severe clinical signs these kittens were euthanised.

Compared to both domestic shorthairs and doll-faced Persians, peke-Face Persians had grossly reduced cranial length and increased width and height. The eye orbits were shallow, wide-set and tended to diverge, and the bone between the eyes was indented. The frontal sinus was small or absent in all peke-face cats. The nasal bone was found to be notably short, or even absent. The lower jaw protruded and tilted upwards. The ventral nasal passages were obstructed. A 6 year old male peke-faced Persian showed profound aberrations compared to the other cats.

[...]

CONFORMATION VS CRUELTY - TIME TO REWRITE BREED STANDARDS

Malik, writing in Journal of Feline Medicine and Surgery (2009), suggested enlisting the help of organisations such as the RSPCA to press cruelty charges on the breeders of cats with extreme brachycephaly as they are handicapped and prone to illness and discomfort. In Germany, this is already in place. Extreme brachycephalic cats where the tip of the nose is higher than the level of the lower eyelid, and/or which show other anomalies of the facial bones detrimental to health may not be bred.

[...]

CONCLUSION

At present, surgery may be required to correct the dental and eye problems and improve the quality of life for individual cats. There is a danger that if the obstructing canines are removed, the abnormally routed nasolacrimal duct will be damaged. Some pregnancies may require caesarian deliveries and kittens are at increased risk of umbilical hernia as extremely brachycephalic mothers cannot cleanly sever the umbilical cord.

Not all of the issues are surgically correctable. The extreme change of head conformation means the Persian/Exotic cat's brain is now crowded into the wrong-sized skull. In brachycephalic dogs, this has already been shown to result in syringomyelia resulting in chronic pain, seizures and increasingly abnormal behaviour due to pressure on the brain.

The public are in the position of buying cats that may need extensive and expensive veterinary care to address an array of health issues that go hand-in-hand with the Persian/Exotic conformation. Some of the issues may even necessitate euthanasia. Only by reverting to more moderate conformation can these health issues be avoided.

When surgery is required to alleviate the health problems caused by extreme breeding, it is obvious that breeders have already taken conformation changes too far. When the cats have problems eating due to their face shape, the breed is clearly in serious trouble. Once females have problems giving birth normally and kittens have problems suckling, the breed is dangerously close to being non-viable.

The dog fancy in the UK has already been subjected to scrutiny by the media, by welfare organisations and even by the government over health issues caused by dog breed standards and extreme typing. if the cat fancy wishes to avoid similar scrutiny, it needs to recognise and address the issue rather than dismissing it as the views of outsiders. If adverse publicity means the public are no longer willing to buy extreme brachycephalic cats then breeders will be unable to sell or home their kittens and may be forced to stop breeding. Legislation may even force the issue and take the matter out of breeders' hands if they are unwilling to undo the damage caused by extreme brachycephaly and brachygnathia.




Citar
https://en.wikipedia.org/wiki/Bulldog

[...] Over 80% of Bulldog litters are delivered by Caesarean section[22] because their characteristically large heads can become lodged in the mother's birth canal. The folds, or "rope", on a Bulldog's face should be cleaned daily to avoid infections caused by moisture accumulation. [...]




Citar
https://ibcdogs.org/64-2/

[...] Among biologists, veterinarians, and genetic researchers, there is no controversy over the cause of the growing list of genetic disorders in dogs. The genome of every animal harbors many mutations that are passed from generation to generation with no harmful effects because they are recessive. Most genetic disorders in dogs are not caused by a new mutation, but by mutations that are ancient, originating in some animal hundreds or even thousands of generations ago, or perhaps even a legacy of the progenitor wolf. These mutations result in a genetic disorder when a dog inherits two copies. The increasing burden of genetic disease in purebred dogs is a direct and predictable consequence of breeding practices that increase the expression of deleterious alleles.

Here are some examples of what the experts say:

Citar
“Intense selection, high levels of inbreeding, the extensive use of a limited number of sires, and genetic isolation are all hallmarks of modern breeds of domestic dog. It is widely agreed that part of the collateral damage from these practices is that purebred dogs have a greater risk of suffering from genetically simple inherited disorders than their cross-breed cousins.” (Mellersh 2012)“The indirect effects of selective breeding for appearance include very significantly reduced genetic diversity unevenly spread across the genome, resulting in elevated prevalence of specific diseases within particular breeds. Coupled with ill-advised breeding practices and insufficient selection pressure on health and welfare, this has led to certain breeds becoming especially susceptible to a whole suite of disorders, many of which are acutely painful or chronically debilitating…Since many diseases are the consequence of homozygosity for recessive alleles, breeding of close relatives is accompanied by a corresponding increase in the occurrence of these disorders…because an animal must inherit one defective gene from each parent in order to develop the condition. When parents are closely related, the liklihood of them both carrying a copy of the same deleterious gene is significantly elevated.” (Rooney & Sargan 2009)“Since their domestication, dogs have undergone continual artificial selection at varying levels of intensity, leading to the development of isolated populations or breeds. Many breeds were developed during Victorian times and have been in existence for only a few hundred years, a drop in the evolutionary
bucket. Most breeds are descended from small numbers of founders and feature so-called popular sires (dogs that have performed well at dog shows and therefore sire a large number of litters). Thus, the genetic character of such founders is overrepresented in the population. These facts, coupled with breeding programs that exert strong selection for particular physical traits, mean that recessive diseases are common in purebred dogs and many breeds are at increased risk for specific disorders.” (Ostrander 2012)   
“Conditions not relating directly to breed standards account for over 75% of all inherited disorders in pedigree dogs and have been attributed to breed formation and small effective population size, the repeated use of popular sires and inbreeding. The development of the breeds has been associated with the increasing prevalence of a large number of genetic diseases.” (Farrell et al 2015)

[...]




https://www.insidescience.org/news/large-dogs-age-faster-die-younger

https://www.sciencemag.org/news/2017/01/why-large-dogs-live-fast-and-die-young

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!