Autor Tópico: Na sua opinião, qual a melhor linha ?  (Lida 19449 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #100 Online: 11 de Abril de 2007, 20:28:43 »
Interessante, não é?

Sim, Peter Singer é utilitarista.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #101 Online: 12 de Abril de 2007, 09:41:28 »
"Interessante"? É a tal bizarrice que eu falei. O que eu preciso pra te mostrar o quanto isso é um absrudo?

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #102 Online: 12 de Abril de 2007, 09:55:07 »
Não vi nada de absurdo no texto que você citou, Gui.  Pelo contrário.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Luz

  • Visitante
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #103 Online: 12 de Abril de 2007, 09:59:53 »

"Interessante"? É a tal bizarrice que eu falei. O que eu preciso pra te mostrar o quanto isso é um absrudo?

Guinevere, você não está sozinha. Deve ser uma questão de opinião. :? Concordo com sua idéia de bizarro.

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #104 Online: 12 de Abril de 2007, 10:10:12 »
Será que eu dei copy paste em alguma outra coisa, Dantas? que não mencionasse "não tem problema matar crianças que ainda não sabem a vida que estão perdendo?"

Luz

  • Visitante
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #105 Online: 12 de Abril de 2007, 10:10:47 »
Não vi nada de absurdo no texto que você citou, Gui.  Pelo contrário.

Luis, esse texto da wikipedia sobre o utilitarismo é uma boa fonte?

Offline Alegra

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.453
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #106 Online: 12 de Abril de 2007, 11:15:27 »
Não vi nada de absurdo no texto que você citou, Gui.  Pelo contrário.

Nem eu... Aliás quando fiquei grávida aos 38 anos tive que fazer amniocentese por ser considerada gravidez de risco. E não hesitaria em abortar se o feto tivesse algum problema.
Será que as pessoas têm consciência do que é criar para toda a vida um ser eternamente dependente? Vejo o exemplo dos meus cunhados que têm uma criança com 10 anos com paralisia cerebral, daquelas completas que não consegue sequer levantar uma mão. É um bebê dependente de tudo com 10 anos e ficará assim para sempre, sempre sentada numa cadeira de rodas ou deitada. E o pior é que ela é inteligente e plenamente consciente do que se passa a volta dela e para piorar ela agora está entrando na pré-adolescência e está numa fase de revolta digna de pena...E a tendência é piorar a medida que for crescendo.

Os pais estão entrando em desespero e esgotados. O tratamento psicológico não está adiantando em nada. E se os pais morrerem quem tratará da menina??

Tudo é muito bonito e fácil de falar quando não nos toca...

Desculpa, mas eu simplesmente não teria "culhões" para criar um filho nestas condições. Não conseguiria sentir prazer em ver um filho nestas condições a crescer.  |(
Já sinto sua falta. Vá em paz meu lindo!

Offline Alegra

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.453
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #107 Online: 12 de Abril de 2007, 11:18:15 »

Mas estamos fugindo do ponto novamente. Acho que estou agora em condições de formular meu argumento "aborto":

Uma mulher engravida e decide abortar pra deixar pra ter um filho daqui a 5 anos quando terá mais grana e mais maturidade pra criar uma criança mais saudável e feliz. De acordo com o utilitarismo, ela pode?

Eu abortaria, não sei se é pq sou egoísta e me acho dona da vida hehehe, mas abortaria acho que pelo fato de que nao conseguiria parir e dar, ou tem ou não tem.
Tenho pavor so de pensar q posso engravidar um dia, talvez isso mude, mas qdo tento sentir como seria se eu descobrisse q estou gravida, a primeira vontade q me vem é de nao ter o filho, é muito forte isso e talvez eu nao saiba os motivos ou nem os tenha, mas é assim que sinto.

Não acho egoísmo não! Acho sensatez.
E não considero "amor" parir um filho sem vontade só para dar satisfação a uma sociedade hipócrita!   :)
Já sinto sua falta. Vá em paz meu lindo!

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #108 Online: 12 de Abril de 2007, 11:26:09 »
ainda bem que vocês não são minha mãe...

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #109 Online: 12 de Abril de 2007, 11:51:45 »
Será que eu dei copy paste em alguma outra coisa, Dantas? que não mencionasse "não tem problema matar crianças que ainda não sabem a vida que estão perdendo?"

O texto deixa bem claro que ele não concorda com isso; o que ele diz é que não é tão grave quanto matar quem tem noção de sua própria existência ao longo do tempo.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #110 Online: 12 de Abril de 2007, 11:52:49 »
Luis, esse texto da wikipedia sobre o utilitarismo é uma boa fonte?

Sim, é.  Um tanto breve, mas boa.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #111 Online: 12 de Abril de 2007, 11:54:23 »

Mas estamos fugindo do ponto novamente. Acho que estou agora em condições de formular meu argumento "aborto":

Uma mulher engravida e decide abortar pra deixar pra ter um filho daqui a 5 anos quando terá mais grana e mais maturidade pra criar uma criança mais saudável e feliz. De acordo com o utilitarismo, ela pode?

Eu abortaria, não sei se é pq sou egoísta e me acho dona da vida hehehe, mas abortaria acho que pelo fato de que nao conseguiria parir e dar, ou tem ou não tem.
Tenho pavor so de pensar q posso engravidar um dia, talvez isso mude, mas qdo tento sentir como seria se eu descobrisse q estou gravida, a primeira vontade q me vem é de nao ter o filho, é muito forte isso e talvez eu nao saiba os motivos ou nem os tenha, mas é assim que sinto.

Não acho egoísmo não! Acho sensatez.
E não considero "amor" parir um filho sem vontade só para dar satisfação a uma sociedade hipócrita!   :)

Mas não é melhor dar a criança à adoção?  Ou seria, se não houvesse tanto estigma da parte da sociedade?
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.872
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #112 Online: 12 de Abril de 2007, 11:59:15 »
se eu fosse mulher não abortaria, e nem deixaria que a minha abortasse.

no fim, tudo que se pode ter contra o aborto são motivos estéticos e emoções. não é, como talvez pareça, pouca coisa. estranha-me que vocês, mulheres, não pensem assim. não é machismo, é só que essa coisa de sensibilidade, sacrifício e emoção costuma ser mais fácil de entender para as mulheres.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #113 Online: 12 de Abril de 2007, 12:38:58 »
Será que eu dei copy paste em alguma outra coisa, Dantas? que não mencionasse "não tem problema matar crianças que ainda não sabem a vida que estão perdendo?"

O texto deixa bem claro que ele não concorda com isso; o que ele diz é que não é tão grave quanto matar quem tem noção de sua própria existência ao longo do tempo.
Sei que exagerei com o "não tem problema", mas o meu ponto é o mesmo: isso é bizarro. Tem "algo errado" em algum lugar com o utilitarismo.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #114 Online: 12 de Abril de 2007, 12:40:35 »
Me aponte o que seria.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #115 Online: 12 de Abril de 2007, 12:49:05 »
Ainda estou tentando identificar

Tarcísio

  • Visitante
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #116 Online: 12 de Abril de 2007, 13:13:05 »
O que é útil a um, nem sempre é benéfico ao outro. Acho que o ponto "bizarro" que a Gui quer expressar, vem dai.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #117 Online: 12 de Abril de 2007, 13:14:59 »
O que é útil a um, nem sempre é benéfico ao outro. Acho que o ponto "bizarro" que a Gui quer expressar, vem dai.

Mas essa é uma realidade que é reconhecida (e enfrentada diretamente) pelo Utilitarismo, não criada por ele.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Luz

  • Visitante
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #118 Online: 12 de Abril de 2007, 14:12:08 »
Eu não sei, Guinevere está me fazendo pensar - também me parece que há "algo" errado.

Parece meio maquiavélico - os fins justificam os meios. Sei lá, consequências úteis, independentes da intenção, faz lembrar figuras bizarras.  :?

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #119 Online: 12 de Abril de 2007, 14:16:44 »
Eu não sei, Guinevere está me fazendo pensar - também me parece que há "algo" errado.

Parece meio maquiavélico - os fins justificam os meios. Sei lá, consequências úteis, independentes da intenção, faz lembrar figuras bizarras.  :?

Mas não é isso o que Singer ou o Utilitarismo propõem.

A intenção conta, e muito; sem motivação correta não se consegue chegar muito longe.  Mas as consequências não são menos reais só porque gostaríamos sinceramente que tivessem sido outras.  É preciso buscar um equilíbrio.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Luz

  • Visitante
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #120 Online: 12 de Abril de 2007, 14:32:27 »
Luis, o que me incomodou foram esses dois princípios aqui:

Consequencialismo – As conseqüências de uma ação são a única base permanente para julgar a moralidade desta ação. O utilitarismo não se interessa desta forma pelos agentes morais, mas pelas ações – as qualidades morais do agente não interferem no “cálculo” da moralidade de uma ação, sendo então indiferente se o agente é generoso, interessado ou sádico, pois são as conseqüências do ato que são morais. Há uma dissociação entre a causa (o agente) e as conseqüências do ato. Assim, para o utilitarismo, dentro de circunstâncias diferentes um mesmo ato pode ser moral ou imoral, dependendo se suas conseqüências são boas ou más.

Princípio da agregação – O que é levado em conta no cálculo é o saldo líquido (de bem-estar, numa ocorrência) de todos os indivíduos afetados pela ação, independentemente da distribuição deste saldo. O que conta é a quantidade global de bem-estar produzida, qualquer que seja a repartição desta quantidade. Sendo assim, é considerado válido sacrificar uma minoria, cujo bem-estar será diminuído, a fim de aumentar o bem-estar geral. Esta possibilidade de sacrifício se baseia na idéia de compensação: a desgraça de uns é compensada pelo bem-estar dos outros. Se o saldo de compensação for positivo, a ação é julgada moralmente boa. O aspecto dito sacrificial é um dos mais criticados pelos adversários do utilitarismo.


Sei lá, isso me parece ir contra o que você diz: a intenção conta. Pois a intenção pode ser boa para uns, mas não para outros. E o que conta é o número de indivíduos beneficiados. Estranho, não me familiarizei com isso ainda. Acho que preciso pensar mais. 

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #121 Online: 12 de Abril de 2007, 14:46:11 »
Citação de: Luz
Sei lá, isso me parece ir contra o que você diz: a intenção conta.

E como conta!  Senão vejamos:

Citar
Consequencialismo – As conseqüências de uma ação são a única base permanente para julgar a moralidade desta ação. O utilitarismo não se interessa desta forma pelos agentes morais, mas pelas ações – as qualidades morais do agente não interferem no “cálculo” da moralidade de uma ação, sendo então indiferente se o agente é generoso, interessado ou sádico, pois são as conseqüências do ato que são morais. Há uma dissociação entre a causa (o agente) e as conseqüências do ato. Assim, para o utilitarismo, dentro de circunstâncias diferentes um mesmo ato pode ser moral ou imoral, dependendo se suas conseqüências são boas ou más.

Ou seja, para o Utilitarismo não há "boas pessoas"; há comportamentos específicos bons ou maus, dependendo das circunstâncias e principalmente das consequências.

Citar
Princípio da agregação – O que é levado em conta no cálculo é o saldo líquido (de bem-estar, numa ocorrência) de todos os indivíduos afetados pela ação, independentemente da distribuição deste saldo. O que conta é a quantidade global de bem-estar produzida, qualquer que seja a repartição desta quantidade. Sendo assim, é considerado válido sacrificar uma minoria, cujo bem-estar será diminuído, a fim de aumentar o bem-estar geral. Esta possibilidade de sacrifício se baseia na idéia de compensação: a desgraça de uns é compensada pelo bem-estar dos outros. Se o saldo de compensação for positivo, a ação é julgada moralmente boa. O aspecto dito sacrificial é um dos mais criticados pelos adversários do utilitarismo. [/i]

Esse talvez seja o aspecto menos original do Utilitarismo; na prática quase todos concordam com essa idéia pelo menos enquanto ainda é uma idéia.  Nesse sentido eu vejo o Utilitarismo como sendo muito sincero, admitindo que nenhum de nós deve esperar garantias pessoais.

O que acontece é que toda essa vulnerabilidade assumida e toda essa ênfase no que acontece em vez de no que se gostaria que acontecesse traz uma responsabilidade pessoal grande e consciente.  Um utilitarista deve procurar viver no mundo real e no momento presente.

Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Luz

  • Visitante
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #122 Online: 12 de Abril de 2007, 14:51:18 »

Luis, você pensa nas pessoas sensatas, eu penso nas pessoas comuns.  ::)  Acho que é isso.  :?

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #123 Online: 12 de Abril de 2007, 14:54:19 »
Não entendi.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Na sua opinião, qual a melhor linha ?
« Resposta #124 Online: 12 de Abril de 2007, 14:56:44 »
Olha só, do ponto de vista utilitário posso chegar a conclusão que minha mãe deveria ter me abortado quando era estudante em Recife e deixado pra ter filhos alguns anos mais tarde. (Nos dias que estou mais suicida até que o pensamento não é tão bizarro, eu admito...)

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!