Autor Tópico: Ateísmo e evolução  (Lida 7036 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Ateísmo e evolução
« Online: 01 de Maio de 2007, 21:08:00 »
Citar
Porque dizemos que a teoria da evolução conduz ao ateísmo?

Uma das pedras fundamentais da filosofia evolucionista é o naturalismo. Da matéria inanimada ao primeiro ser vivo unicelular, e deste à multiplicidade de formas em que a vida hoje se apresenta, tudo pode ser explicado em termos estritamente naturais. A seleção natural e as mutações são, por si sós, suficientes para explicar todo o universo, o que inclui também a presença da vida em nosso planeta.

Essa ótica confere ao evolucionismo um caráter ateísta em sua essência. Veja, por exemplo, o que disse o biólogo Julian Huxley quando teve o privilégio de ser o orador principal das festividades de comemoração do centenário da publicação do livro de Darwin, em 1959, na Universidade de Chicago:

"No sistema evolucionista de pensamento não há mais necessidade ou lugar para o sobrenatural. A Terra não foi criada, mas evoluiu. Assim ocorreu com todos os animais e plantas que a povoam, incluindo nossos egos, mente e alma, bem como o cérebro e o corpo. Desse modo evoluiu também a religião. O homem assim evoluído não pode mais se refugiar de sua solidão procurando abrigo nos braços de uma figura de pai divinizada que ele mesmo criou." Huxley, J., Associated Press Dispatch, Novembro 27, 1959.

Darwin, na verdade, pretendia apenas explicar a origem das espécies a partir de vida pré-existente. Sua teoria, porém, acabou por transcender os limites da Biologia, disseminando-se por todos os campos do conhecimento. Assim, não foi difícil imaginar que a religião bem poderia ser invenção da mente humana; que o homem é que havia criado o Criador quando, ao emergir de sua forma ancestral, percebeu que estava só em um universo tão fantasticamente grande e sentiu um misto de medo e solidão.

Eis porque afirmamos que a teoria da evolução conduz ao ateísmo e, consequentemente, ao materialismo. Observe este mesmo ponto de vista na opinião do evolucionista Francisco Ayala:

"A evolução biológica pode, entretanto, ser explicada sem recurso a um Criador, ou a um agente de planejamento externo aos próprios organismos. Não há evidência, também, de qualquer força vital ou energia imanente, dirigindo o processo da evolução para a produção de tipos específicos de organismos." Ayala, F.J., "Biology as an Autonomous Science" American Scientist, Vol. 56, Maio 1968, p. 213.

Não se iluda: um evolucionista pode até crer em Deus, mas isto é absolutamente desnecessário. Em substituição à crença na existência de um Criador, o sistema evolucionista recorre à crença na existência eterna da matéria e em sua suposta capacidade de se auto-organizar e atingir níveis de organização cada vez mais complexos. Neste contexto, só conta mesmo a evolução!

Vemos, portanto, que o sistema evolucionista de pensamento nos conduz a um universo auto-suficiente em que leis inatas causam um contínuo desenvolvimento na direção de estruturas mais organizadas. Nele, partículas teriam evoluído naturalmente para elementos, e estes para os mais variados complexos químicos que, a seu tempo, teriam dado origem aos primeiros seres vivos. A partir daí, os organismos vivos teriam se tornado mais e mais complexos, culminando com o aparecimento do homem, o mais refinado produto da evolução.

Isso, obviamente, nos induz a uma visão estritamente materialista do mundo e deveria, por si só, para todos os que crêem no Criador, se constituir em uma boa indicação de que este não é o modelo correto das origens. A falta de um Ser superior provoca, cedo ou tarde, uma contestação sistemática de todos os valores existentes. Absolutos deixam de existir e o fim é o desrespeito à ordem pré-estabelecida.

Ao explicar todas as facetas do universo através de meios naturais o evolucionismo não deixa espaço para o sobrenatural, o que torna a figura do Criador obsoleta. Nenhum sistema poderia, nesse particular, ser mais agressivo. O ensino evolucionista tem início nas escolas de primeiro grau, com crianças que obviamente não têm maturidade para questionar o que lhes está sendo ensinado. Esta ação é também a mais abrangente em seu confronto com a fé cristã porque atinge todas as gerações de seres humanos, onde quer que estejam, a partir dos bancos escolares.

É bem possível que, ao relegar a segundo plano questões relativas ao estudo das origens, muitos de nós estejam pensando que esta controvérsia não nos diz respeito. A verdade, porém, é que o que pensamos a nosso respeito, o modo como nos comportamos no presente, bem como o que esperamos do futuro, tudo isso tem muito a ver com o que pensamos acerca das nossas origens.

A teoria da evolução tem conduzido milhões, se não ao ateísmo, pelo menos a um Deus inoperante. Muitos dos problemas que hoje nos afligem são, em grande parte, a consequência de uma sociedade inteiramente impregnada da filosofia evolucionista, onde cada geração aprende, desde os primeiros anos de infância, ser o milagre da vida um mero produto do acaso, o Criador apenas um mito e a evolução a única realidade.

Pr. João Flávio & Presb. Paulo Cristiano

Centro Apologético Cristão de Pesquisas
Filosofia ateísta
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #1 Online: 01 de Maio de 2007, 21:11:01 »
O irônico é que ele está basicamente certo; realmente não é preciso acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.


Offline Jeanioz

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.501
  • Sexo: Masculino
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #3 Online: 02 de Maio de 2007, 08:50:58 »
O irônico é que ele está basicamente certo; realmente não é preciso acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução.


Como também não é necessário não acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução...

Atheist

  • Visitante
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #4 Online: 02 de Maio de 2007, 09:34:29 »
O irônico é que ele está basicamente certo; realmente não é preciso acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução.


Como também não é necessário não acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução…

Não é, mas aí o tal deus fica meio limitado às coisas que ainda não explicamos...

Offline Jeanioz

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.501
  • Sexo: Masculino
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #5 Online: 02 de Maio de 2007, 09:38:49 »
O irônico é que ele está basicamente certo; realmente não é preciso acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução.


Como também não é necessário não acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução…

Não é, mas aí o tal deus fica meio limitado às coisas que ainda não explicamos…

Para um evolucionista teísta, é aí que entra(m) Deus(es)… :hihi:

Atheist

  • Visitante
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #6 Online: 02 de Maio de 2007, 09:40:33 »
O irônico é que ele está basicamente certo; realmente não é preciso acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução.


Como também não é necessário não acreditar em um Deus criador quando se estuda a Evolução…

Não é, mas aí o tal deus fica meio limitado às coisas que ainda não explicamos…

Para um evolucionista teísta, é aí que entra(m) Deus(es)… :hihi:

O que chamamos de deus das lacunas... A principal propriedade deste deus é que ele encolhe com o passar do tempo.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #7 Online: 02 de Maio de 2007, 09:45:37 »
E acaba por levantar pelo menos a suspeita de que nunca tenha existido, de fato.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #8 Online: 02 de Maio de 2007, 09:59:58 »
É o que o texto conclui se não conduz ao ateísmo pelo menos um deus inoperante, que é o teísmo, ou mais apropriadamente seria o deísmo.
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #9 Online: 02 de Maio de 2007, 10:20:38 »
Teísmo não inclui o monoteísmo e o politeísmo (pelo menos)?
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #10 Online: 02 de Maio de 2007, 10:47:46 »
Temos que atentar que são abordagens diferentes, estou considerando o teísmo monoteísta como o deus das religiões tradicionais, pois tem a revelação divina, e o deísmo deus sem a idéia de revelação divina.
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #11 Online: 02 de Maio de 2007, 10:53:17 »
Mas você acaba de falar em deus inoperante como sendo algo típico do teísmo, não?
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #12 Online: 02 de Maio de 2007, 11:00:09 »
Por isso disse que mais apropriadamente seria o deísmo  :P
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #13 Online: 02 de Maio de 2007, 11:07:55 »
"Mais..."?
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #14 Online: 02 de Maio de 2007, 11:22:46 »
Errei.  :vergonha:
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #15 Online: 02 de Maio de 2007, 11:28:27 »
Ahahahahahahahahah!!!! :twisted: :twisted: :twisted:  Te peguei cometendo um erro!

Calma, Adriano, isso já passa, eu só preciso respirar.  :stunned:
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Marco

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 6
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #16 Online: 04 de Maio de 2007, 07:58:55 »

Um evolucionista teísta que sabe algo sobre evolução, não buscaria lacunas, ele se apoiaria na fé.

Se ele não for o Pierre Teillard de Chardin 

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #17 Online: 04 de Maio de 2007, 10:13:28 »
Não entendo; por que um evolucionista teísta não buscaria lacunas?  A fé dele pode não dar muita importância a esse tipo de coisa, por exemplo.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #18 Online: 04 de Maio de 2007, 10:43:28 »
E quais lacunas existiriam para um evolucionista teísta? O deus das lacunas não ocupa justamente esse lugar? Em caso positivo não há lacunas, pois tudo é explicado e entra na lógica "divida".
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #19 Online: 04 de Maio de 2007, 10:58:06 »
Novamente, não necessariamente.  Crer no Deus nas lacunas não exclui a possibilidade de se querer preencher essas lacunas com explicações racionais.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #20 Online: 06 de Maio de 2007, 11:12:24 »
Novamente, não necessariamente.  Crer no Deus nas lacunas não exclui a possibilidade de se querer preencher essas lacunas com explicações racionais.
Hipotéticamente não, conhece alguem assim?
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Stéfano

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.779
  • Sexo: Masculino
    • Hepcentro
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #21 Online: 06 de Maio de 2007, 11:36:16 »
O texto tem três grandes falhas: a primeira, ao dizer que "partículas teriam evoluído naturalmente para elementos, e estes para os mais variados complexos químicos que, a seu tempo, teriam dado origem aos primeiros seres vivos" seria parte do evolucionismo, o que não é. A segunda, ao afirmar que "Muitos dos problemas que hoje nos afligem são, em grande parte, a consequência de uma sociedade inteiramente impregnada da filosofia evolucionista", ignorando que muitos problemas da sociedade têm sido resolvidos pelo evolucionismo direta (particularmente na área biomédica) ou indiretamente (por fornecer uma opção às religiões e ao levar ao enfraquecimento das mesmas). E a terceira é ao sugerir que o ensino da evolução não deveria ser feito ou deveria ser aplicado de forma diferente nas escolas, pois as crianças "obviamente não têm maturidade para questionar o que lhes está sendo ensinado". As crianças estão na escola para adquirir conhecimento com bases científicas, e Evolução é a única explicação científica atualmente aceitável. Se ao mesmo tempo um líder religioso tentar explicar que o ser humano surgiu diretamente do barro, ou do sangue de algum gigante, ou de experiências genéticas alienígenas, isso deve ser feito fora das escolas. Se crianças "obviamente não têm maturidade para questionar", obviamente não têm maturidade para decidir entre diversas opções, portanto o Estado deve oferecer a única científicamente aceitável, que é a Evolução.
"Alternative and mainstream Medicine are not simply different methods of treating ilness. They are basically incompatible views of reality and how the material world works." Arnold S. Relman

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.439
  • Sexo: Masculino
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #22 Online: 06 de Maio de 2007, 11:40:59 »
Novamente, não necessariamente.  Crer no Deus nas lacunas não exclui a possibilidade de se querer preencher essas lacunas com explicações racionais.
Hipotéticamente não, conhece alguem assim?

Sempre foi ateu? Se não, como era como teísta quanto a isso? Procurava "conhecer" tudo pela fé, e a racionalidade é uma "novidade"?

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #23 Online: 06 de Maio de 2007, 11:49:07 »
Novamente, não necessariamente.  Crer no Deus nas lacunas não exclui a possibilidade de se querer preencher essas lacunas com explicações racionais.
Hipotéticamente não, conhece alguem assim?

Sempre foi ateu? Se não, como era como teísta quanto a isso? Procurava "conhecer" tudo pela fé, e a racionalidade é uma "novidade"?
Existe a fé raciocinada, pode-se buscar explicações para a fé. E o "deus das lacunas" está ligado ao deísmo, que não é o deus revelado. Sendo assim é mais fácil para se buscar explicações, mas se não existe conhecimento científico e por isso existem as lacunas, qual seria a melhor maneira de buscar explicações racionais? O ceticismo ciêntífico?
 
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Ateísmo e evolução
« Resposta #24 Online: 06 de Maio de 2007, 11:58:21 »
Adriano, você não parece ter entendido o que Buckaroo tentou te lembrar: um criacionista pode ser sincero tanto na crença quanto na curiosidade científica.

Claro que isso naturalmente o levará (quase) inevitavelmente ao evolucionismo.  Mas pode levar algum tempo.

De resto:

- recomendo cuidado com isso de "fé raciocinada".  Tende a ser um eufemismo para dogmas justificados por racionalização fantasiosa.

- "deus das lacunas" não é exclusividade do deísmo; é algo que pode facilmente ser encontrado em teístas (inclusive cristãos) que tentam conciliar a crença criacionista com a evidência evolucionista (por exemplo).
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!