Autor Tópico: Léxico Politicamente-Correto  (Lida 6192 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Worf

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.272
  • Sexo: Masculino
  • libertas
Léxico Politicamente-Correto
« Online: 07 de Setembro de 2007, 03:16:41 »
PC LEXICON


       "Insensitive Term"         "Preferred Term"                     
    ETHNICITY (PC people do not recognize the term "race" as valid)       

              Black               African-American (Note: does not     
                                  include Libyans, Egyptians, white     
                                  Africans. Does include people with   
                                  dark skin regardless of where they   
                                  are from or where they live.)         
            Oriental              Asian-American (Note: not             
                                  considered "real" minorities since   
                                  they tend to do well.)               
             Indian               Native American Indigenous Peoples   
                                  of the North American continent       
                                  (Note: the following teams are not   
                                  PC: Atlanta Braves, Cleveland         
                                  Indians, Washington Redskins. Avoid   
                                  these cities!)                       
             Chicano              Hispanic (Note: the following are     
                                  not PC: Cheech and Chong, Chico and   
                                  the Man, the Cisco Kid, Rosarita     
                                  Salsa, Speedy Gonzales.)             
           White Trash            PC Unaware Rustically Inclined       
       WASP (white male)          Insensitive Cultural Oppressor     
 
                                GENDER            
                       
             Woman                Womyn, Vaginal-American               
              Girl                Pre-Womyn                             
           Housewife              Domestic Engineer                     
            Fireman               Fire Fighter                         
           Stewardess             Flight Attendant                     
           Meter Maid             Parking Enforcement Officer           
            Postman               Postperson                           
            Mailman               Personperson                         
      Policeman (cop, pig)        Law Enforcement Officer Baton Boy     
                                  California Clubber                   
           Prostitute             Sex Surrogate (Teen Victim, see       
                                  Broken Home)                         
     Mankind, human, person       Earth Children     
                   
                          PEOPLE (subgroups)   
                         
           Handicapped            Differently Abled Handicapable       
                                  (Blind: optically darker; Deaf:       
                                  visually oriented)                   
              Poor                Economically Unprepared               
               Bum                Homeless Person Displaced Homeowner   
                                  Philosophy Major                     
             Hunter               Animal Assasin Meat Mercenary Bambi   
                                  Butcher                               
      Commercial Fisherman        Flipper Whipper                       
             Whaler               Blubber Lover                         
       Old Person Elderly         Senior Citizens Time-extended         
                                  Gerontologically Advanced             
          Conservative            Right Wing Extremist Fascist Pig     
          Drug Addict             Chemically Challenged                 
              Bald                Comb-free                             
           Vegetable              Noble Unconscious Hero               
            Bisexual              Sexually Nonpreferential             
          Midget Dwarf            Little People Vertically Challenged   
             Insane               Selectively Perceptive Mental         
                                  Explorer                             
          Tree-hugger             Environmental Activist               
             Logger               Wood Weasel Paper Pirate Treeslayer   
           Obese Fat              Differently Weighted People of Mass   
                                  Gravitationally Challenged           
                               ACADEMIC                                 
            Far East              Asia                                 
           Censorship             Selective Speech                     
               BC                 BCE                                   
         Older Students           Non-traditional Students             
                                  New-traditional Students             
      Learning Disability         Self-paced Cognitive Ability         
            Cheating              Academic Dishonesty                   
            Library               Information Center                   
           Used book              Recycled book                         
              Dorm                Residence Hall                       
            Berkeley              Mecca       
                         
                             MISCELLANEOUS        
                       
          Broken Home             Dysfunctional Family                 
         Mercy Killing            Euthanasia Putting down               
          Cattle Ranch            Cattle Concentration Camp             
                                  "Moo-shwitz"                         
         Ghetto Barrio            Ethnically Homogeneous Area           
                                  Pre-integrated Pre-Nirvana           
           Hamburger              Seared, Mutilated Animal Flesh       
          Cheeseburger            Adding Insult to Injury               
              Tree                Oxygen Exchange Unit                 
              Gang                Youth Group                           
      Pimpmobile Low-rider        Culturally Responsive Transportation 
      Drunk Trashed Wasted         Spatially Perplexed                 
              Slum                Economic Oppression Zone             
             China                Porcelain                             
          Delicatessen            Corpse Farm


Citar
SOCIALLY INTOLERABLE WORDS

These are some, but unfortunately not all, words that are used to describe people. Remember, there are much more eloquent PC ways to say the same thing (and mean the same thing) without offending any of Earth's Children.

Do not use these words.(except when telling other people not to use them). If you hear anyone use these words, regardless of context, respond immediately:

"Alky, Babe, Beaner, Belgian-Bastard, Betty, Bimbo, Bitch, Blonde, Broad, Bum, Canuck, Chick, Chink, Coolie, Coon, Commie, Crip, Dego, Dike, Dot-head, Druggie, Fag, Fairy, Four-Eyes, Fudgepacker, Greaser, Hebe, Hippie,Honky, Hooknose, Indian, Injun, Jap, JAP, Jesus-Freak, Kike, Kraut, Lez, Lush, Nazi, Nigger, Nudnick, Pinko, Polock, Raghead, Redneck, Redskin, Retard,Ruskie, Sambo, Skirt, Spic, Spook, Tart, Toots, Uncle Tom, Vegetable, Wetback, Whore, White-Trash, Wop"
http://www.fiction.net/tidbits/politics/pc.html

Comb free.  :biglol:
« Última modificação: 07 de Setembro de 2007, 03:27:07 por Worf »

Offline Worf

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.272
  • Sexo: Masculino
  • libertas
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #1 Online: 07 de Setembro de 2007, 03:25:29 »
Sempre é divertido relembrar a cartilha do Lula:


http://br.geocities.com/marcioalexandre/cartilhaintegral.PDF

- A coisa ficou preta: forte conotação racista contra os negros, pois associa o preto a uma situação ruim.

Africano– Termo relativo à África, aos seus naturais e habitantes. Sua
utilização genérica muitas vezes serve para negar a diversidade de países e
povos daquele continente oupara discriminá-los, emgeral, inferiorizando-
os.

- Baitola: utilizada para depreciar os homossexuais, assim como bicha e boiola. Sugeridos como corretos: gay e entendido (a).

- Barbeiro: xingamento para motorista inábil. Ofensiva ao profissional especializado em cortar cabelo e aparar a barba.

- Gilete: o termo adequado é bissexual

- Mulher no volante, perigo constante: frase preconceituosa contra as mulheres, a quem se atribui menos habilidade no trânsito em comparação com os homens.

- Xiita: um dos ramos do Islamismo se tornou no Brasil termo pejorativo que caracteriza militantes políticos radicais e inflexíveis.

- Cabeça-chata: termo insultuoso e racista dirigido aos nordestinos.

Comunista – Termo utilizado até recentemente para discriminar ou
justificar perseguições a qualquer militante de esquerda oude causas
sociais. Desde as revoluções que explodiramna Europa, no finaldos anos
40 do século 19, e principalmente depois da Revolução Russa, em1917, os
adeptos do socialismo e do comunismo tornaram-se os principais alvos das
polícias dos Estados liberais e dos propagandistas do capitalismo. Contra
eles foraminventadas as piores calúnias e insultos, para justificar
campanhas de perseguição que resultaramemassassinatos emmassa, de
caráter genocida, por exemplo, durante o regime nazista na Alemanha; o
golpe de Estado de 1965, na Indonésia; e todos os golpes militares
ocorridos nos países latino-americanos, incluindo o Brasil, nas décadas de
60 e 70.

Denegrir oudenigrir – Esse verbo, como sentido de aviltar, diminuir a
pureza, conspurcar, tornou-se ofensivo aos negros e, por essa razão, dev
ser evitado.

“Está russo” – Aexpressão originalé “Está ruço”, comcê-cedilha, isto é,
de coloração pardacenta, enevoada, utilizada para descrever uma situação
difícil, apertada, não resolvida, obscura. Mais recentemente, foiassociada
aos russos, devido às sucessivas crises por eles enfrentadas e que
culminaramno fimda União Soviética, em 1991.

Funcionáriopúblico– O trabalhador do Estado, que exerce ou
desempenha alguma função pública; serventuário. Depois de sistemáticas
campanhas de desprestígio contra o serviço público, iniciadas no governo
Collor (1990-1992), para justificar as políticas do Estado Mínimo do
modelo neoliberal, os trabalhadores dos órgãos, entidades ouempresas
públicas preferemser chamados de servidores públicos. Comisso, querem
enfatizar que servemao público mais do que ao Estado.

Macumbeiro– Expressão que discrimina o praticante da macumba, culto
religioso sincrético de elementos do candomblé, de religiões indígenas e do
catolicismo. Por extensão, refere-se aos fiéis das religiões de origemafro-
brasileira, como a quimbanda e a umbanda, preconceituosamente chamados
de feiticeiros ou bruxos.

Meninode rua – O termo é inadequado para designar as crianças e
adolescentes que passamos dias nas ruas, pois as estatísticas demonstram
que a maioria deles temalguma relação comamigos ouparentes, ainda que
fora do padrão da família tradicional. Meninos emsituação de rua é a
expressão mais correta.

Pessoas especiais – Eufemismo inadequado para se referir às pessoas com
deficiência. Do ponto de vista dos direitos humanos, todas as pessoas, sem
exceção, são especiais.




Político– As frases “todo político é corrupto” e “todos os políticos são
farinha do mesmo saco” (ver) não passamde preconceitos de gente mal
informada. Por essa razão, muitos políticos demagógicos e populistas
propagandeiamque não “políticos tradicionais”, explorando a ignorância e
a ingenuidade da gente despolitizada. :lol:

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #2 Online: 07 de Setembro de 2007, 03:52:54 »
haha, boa.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.078
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #3 Online: 08 de Setembro de 2007, 16:08:38 »
Também há opressão quanto aos brancos na linguagem cotidiana e em ícones opressores e perpetradores de preconceitos, deveriam ir para a versão atualizada da cartilha do Lula:

 - "me deu um branco" - associa as pessoas de cor branca a pessoas de cabeça vazia, ignorantes, incapazes de ter uma resposta coerente, apenas porque tem relativamente pouca melanina na pele.

 - "carta branca", ou "carte blanche", para dar um ar de sofisticação reminescente de um franco-colonialismo arcaico (que ainda exerce um charme para o típico burguês) - significa dar liberdade total a alguém para fazer qualquer coisa como bem entender, sugerindo que todas as pessoas de pele não-escura ajam sempre como bem entendem, sem respeitar as regras ou hierarquias, podendo até mesmo tomar qualquer tipo de ação imoral repreensível devido a uma crença intrínseca em sua superioridade racial e inferioridade dos demais.

 - "está claro que" - colocando a clareza como sinônimo de obviedade, de algo que não passa despercebido, implica que as pessoas de pele clara tenham sempre a necessidade de chamar atenção para si mesmas, fazer escândalos, não podendo haver pessoas de pele clara e que sejam discretas como seres humanos normais.

Outros exemplos de como o racismo anti-pele-clara está imbuído na sociedade podem ser vistos no dia-a-dia, nas propagandas de bronzeador, onde a repugnância pela falta de pigmentação da pele é explícita e gritante, incentivando às pessoas de pele menos pigmentada a terem vergonha de sua raça e tentarem serem aquilo que não são através de auxílios químicos. Num grau mais velado, há as propagandas de tintura para esconder os cabelos brancos, mostrando que nem mesmo o tecido queratinoso está livre do racismo.

Os papéis nos quais os alunos escrevem as lições do professor, geralmente tem folhas brancas, que são preenchidas com alguma tinta ou pó de cor escura, de acordo com o que é ditado pelo professor, a figura hierarquicamente superior, no quadro negro, que inversamente é geralmente riscado com branco. O primeiro contexto é mais um exemplo de como a sociedade tenta colocar o branco como sendo algo vazio, nulo, desprovido de conteúdo, numa posição de humilde aprendiz, enquanto que o segundo coloca a pele escura como uma figura autoritária, a qual de fato dita o conteúdo importante a ser copiado, no qual o branco é apenas um mero detalhe superficial e efêmero, um mero auxiliar que pode ser descartado com um simples gesto de apagador quando não é mais conveniente a sua presença, ao passo que, na folha branca, aquilo que é escrito em tinta escura sobre o papel branco, tem um caráter mais permanente, implicando que a imposição do escuro sobre o claro não está facilmente disposta a revisão, não é algo a ser questionado.

Essas e outras pequenas coisas do dia-a-dia perfazem a complexa colcha de retalhos de informações que resultam na Gestalt que discrimina o branco na sociedade, mina a sua auto-estima, e o faz por vezes, em casos extremos aderir a doutrinas de nacionalismo como uma forma desesperada de auto-afirmação, de fuga dessa imagem imposta subliminarmente pela sociedade que o oprime.

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #4 Online: 08 de Setembro de 2007, 16:16:56 »
:histeria::histeria::histeria::histeria::histeria::histeria::histeria::histeria::histeria::histeria:

Offline Andre

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.072
  • Sexo: Masculino
    • Aletéia
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #5 Online: 08 de Setembro de 2007, 17:11:13 »
Continuem... :)

- zero a esquerda ou gauche - associa de maneira perjorativa esquerda ao torto, ao desajustado, em uma óbvia tentativa da burguesia industrial manipular o pensamento dos trabalhadores explorados em suas fábricas através da mais-valia.
Se Jesus era judeu, então por que ele tinha um nome porto-riquenho?

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #6 Online: 08 de Setembro de 2007, 18:16:37 »
- Fazer algo "direito" - evidente associação das práticas da classe dominante de idéias direitistas ao modo correto de desempenhar uma tarefa qualquer. Tem a latente intenção de convencer as massas proletárias de que apenas o que é de "direita" é correto o que é de "esquerda" é errado.


Offline Dr. Manhattan

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.342
  • Sexo: Masculino
  • Malign Hypercognitive since 1973
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #8 Online: 21 de Setembro de 2007, 12:12:48 »
Mais:

Expressões que denotam preconceito velado contra Indivíduos Erectalmente Prejudicados:
"Não faça corpo mole", "Deixe de moleza", "Você precisa ser mais rígido", etc.

Termos discriminatórios usados contra Pessoas Metabolicamente Prejudicadas:
"Presunto", "Defunto", "Bateu as botas", "Foi pra terra dos pé-juntos", "Esticou as canelas",
etc.

You and I are all as much continuous with the physical universe as a wave is continuous with the ocean.

Alan Watts

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.078
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #9 Online: 21 de Setembro de 2007, 14:03:02 »
termos discriminatórios contra pessoas laboralmente alternativas ou disfuncionais: "preguiçoso", "vagabundo"

termos discriminatórios contra pessoas envolvidas em práticas de desfalques ou improbidade: "ladrão", "corrupto"

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #10 Online: 21 de Setembro de 2007, 14:30:24 »
termo discriminatório contra quem aponta alguma falha do capitalismo: "comunista"

termo discriminatório contra quem tem idéias sociais: "coletivista"
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Mr."A"

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.005
  • Sexo: Masculino
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #11 Online: 27 de Setembro de 2007, 23:39:55 »
Esse tópico me lembra um poema de Jô Soares: acho que se chama "O nobre e o pobre". Só que nem lembro do poema direito nem achei no google. É algo mais ou menos assim:

Nobre é delicado. Pobre é fresco.
Nobre é deficiente. Pobre é aleijado.
Nobre ressona. Pobre ronca.
[etc, etc e tal...]
8-)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.078
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #12 Online: 16 de Janeiro de 2008, 19:58:04 »
Alvo - a palavra tem tanto o significado de "branco", quanto de um objeto contra o qual se objetiva atingir com um projétil, como bala ou flecha. "Alvejar" é ao mesmo tempo "tornar branco", quanto atingir com disparos. Quando um negro "alveja" um outro negro, ele está o "tornando branco" em sua mente, agindo como se deveria agir contra um branco; quando alguém atira em qualquer "alvo" para treino, está subliminarmente, sappir-wolficamente, sendo treinado a banalizar o ato de disparar contra brancos.

Offline Felius

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #13 Online: 16 de Janeiro de 2008, 21:40:33 »
termos discriminatórios contra pessoas laboralmente alternativas ou disfuncionais: "preguiçoso", "vagabundo"

termos discriminatórios contra pessoas envolvidas em práticas de desfalques ou improbidade: "ladrão", "corrupto"
Gostei. Sou um cidadao da terra laboralmente alternativo. :P
"The patient refused an autopsy."


Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #15 Online: 17 de Janeiro de 2008, 02:04:08 »
"Branco" -  Termo discriminatório utilizado para se referir às pessoas euro-descendentes/pigmentarmente prejudicadas.

"Afro-descendente" - Termo discriminatório usado para se referir aos sub-sahel-afro-descendentes, ou seja, os descendentes de uma vasta gama de povos e culturas africanas que têm em comum o fato de serem constituídas geralmente de pessoas favorecidas pigmentarmente.

"Nego" - termo discriminatório contra pessoas favorecidas pigmentarmente e simultaneamente a forma conjugal do verbo "negar" na 1ª pessoa do singular do presente do indicativa usado pela classe opressora euro-descendente numa forma de inferiorizar as pessoas sub-sahel-afro-descendentes privando delas o direito ao reconhecimento da própria individualidade e, por extensão, toda a sua identidade cultural.

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #16 Online: 17 de Janeiro de 2008, 18:44:36 »
"Nota preta" - termo utilizado para se referir a uma grande quantidade de dinheiro, sendo o adjetivo "preta" uma tentativa de associar tudo o que é preto, e, em conseqüência, todas as pessoas afro-descendentes, a algo de valor superior, sendo todo o resto (ou seja, todo o universo não-negro, pessoas de cútis clara) algo comparável a uns meros trocados, algo de pouco valor.

"Arma branca" - termo utilizado para se referir a uma arma que oferece pouco perigo, sendo o adjetivo "branca" uma tentativa de associar o caráter fraco das armas em questão a uma suposta fraqueza, inferioridade e, conseqüentemente, uma submissão natural dos euro-descendentes.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.078
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #17 Online: 18 de Janeiro de 2008, 15:28:46 »
Um caso similar ao da "arma branca" é o da "bandeira branca", em sinal de desistência em batalha: uma forma de simbolizar metaforicamente (ou não) a admissão de que são brancos, e portanto, incapazes de lutar, indefesos, covardes. De forma similar, a fragilidade da pomba branca, ave de pequeno porte, indefesa e pouca capacidade de vôo, na cor branca, é usada para epitomizar esse estereótipo de passividade e inofensividade das pessoas de cor branca, como símbolo de "paz", como conseqüência da incapacidade de lutar ou fugir.

A bandeira de piratas, negra, com uma caveira branca, simboliza de certa forma o oposto: a morte dos brancos (da cor da caveira) pelos negros (o fundo da bandeira).

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.078
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #18 Online: 16 de Outubro de 2009, 03:27:01 »
O verbo "negar", origina-se da corruptela "nego", significando "agir como negro", na recusa de uma acusação sobre a qual não pode realmente se provar inocente.

Offline Eleitor de Mário Oliveira

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.502
  • Sexo: Masculino
    • Lattes
Re: Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #19 Online: 16 de Outubro de 2009, 11:38:05 »
Muito bom! Adorei!

Offline Skeptikós

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.146
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #20 Online: 16 de Maio de 2015, 14:14:32 »
Alguns levam isso a sério, vejam esta postagem na página do Facebook do Humaniza Redes:

Fonte: Facebook

No entanto a premissa deles de que a expressão tem origem racista parece estar errada, já que segundo algumas fontes, o preto ai é relativo ao luto, e por tanto, é dai que vem a associação da expressão com situações negativas. (ORIGEM E SIGNIFICADO DE EXPRESSÕES POPULARES, Parte 1, Acervo do Saber).
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar.

Offline Terráqueo

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 415
  • Sexo: Masculino
  • Não me acho um gênio, mas também não um jêneo.
Re:Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #21 Online: 16 de Maio de 2015, 14:28:29 »
No entanto a premissa deles de que a expressão tem origem racista parece estar errada, já que segundo algumas fontes, o preto ai é relativo ao luto, e por tanto, é dai que vem a associação da expressão com situações negativas. (ORIGEM E SIGNIFICADO DE EXPRESSÕES POPULARES, Parte 1, Acervo do Saber).

"Ah, mas se referir preto à morte, algo considerado ruim, é racismo também".
"A Terra é o berço da humanidade, mas ninguém pode viver no berço para sempre" - Konstantin Tsiolkovsky.

Offline Skeptikós

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.146
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #22 Online: 16 de Maio de 2015, 14:31:24 »
Eu não me surpreenderia de ouvir algo assim, pois muito possivelmente o radicalismo de alguns ativistas do movimento negro provavelmente os levariam a uma desculpa como essa como tentativa de justificar a sua posição inicial.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar.

Offline Terráqueo

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 415
  • Sexo: Masculino
  • Não me acho um gênio, mas também não um jêneo.
Re:Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #23 Online: 16 de Maio de 2015, 14:32:12 »
"A Terra é o berço da humanidade, mas ninguém pode viver no berço para sempre" - Konstantin Tsiolkovsky.

Offline Terráqueo

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 415
  • Sexo: Masculino
  • Não me acho um gênio, mas também não um jêneo.
Re:Léxico Politicamente-Correto
« Resposta #24 Online: 16 de Maio de 2015, 14:41:48 »
Eu não me surpreenderia de ouvir algo assim, pois muito possivelmente o radicalismo de alguns ativistas do movimento negro provavelmente os levariam a uma desculpa como essa como tentativa de justificar a sua posição inicial.

 Desse pessoal com discursos generalistas, extremistas e radicais, pelo menos de todos que já vi até agora, não merecem mais atenção que o cidadão que, há alguns anos, pediu autorização da presidente Dilma para um disco voador poder pousar. :histeria:
 Apesar de que, pelo menos até agora, não vi nenhuma razão para desmerecer algum movimento que, pelo menos em tese, busca igualdade, por causa de gente com discurso radicalista.
"A Terra é o berço da humanidade, mas ninguém pode viver no berço para sempre" - Konstantin Tsiolkovsky.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!