Autor Tópico: O celacanto e a evolucao  (Lida 8023 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
O celacanto e a evolucao
« Online: 04 de Junho de 2005, 00:49:51 »
http://www.pescanet.com.br/Celacanto.htm
www. pescanet .com.br
 
CURIOSIDADES  
- CELACANTO
Celacanto, peixe marinho que apresenta lóbulos carnosos cobertos por escamas, na base de suas nadadeiras pares, e cauda trilobada. A espécie atual descende de espécies do Paleozóico, consideradas ancestrais dos vertebrados terrestres.
Classificação científica: família dos Latimerídeos ou Celacantídeos, classe Osteictes, subclasse dos Crossopterígios. A espécie é Latimeria chalumnae.  
   
O Celacanto é um peixe crossopterígios, suas barbatanas são fixadas em protuberâncias, ao invés de anexadas diretamente ao corpo, as quais se achava serem semelhantes a membros. A conclusão evolucionista foi imediata: ele estava evoluindo para animais que pudessem andar em terra, e suas protuberâncias viriam a se tornar um pé, e por fim ele estaria destinado a se tornar um anfíbio primitivo, o labirodonte. Como não havia mais registro fóssil dele desde a era mesozóica, a mais de 70 milhões de anos atrás, acreditou-se que ele teria completado sua evolução por esse período e dado origem à classe amphíbia. Grande equívoco. O Celacanto é o que chamamos de fóssil-vivo, apesar de desaparecer completamente do registro fóssil mais ou menos na mesma época em que os dinossauros, ele é descoberto bem vivo e impressionantemente idêntico ao que era quando supostamente se extinguiu. Em 1938, os cientistas descobriram esses peixes vivos e passando bem nas águas próximas a Madagascar. Recentemente um novo reduto desses peixes foi encontrado nas costas de coral do norte da ilha Indonésia de Sulawesi. A descoberta de espécimes vivos desses peixes considerado extintos há muito tempo impressionam, ele permaneceu inalterado em seus 400 milhões de anos de existência.  
 
   
   "A subordem Coelacanthini exibe a mais notável distribuição no tempo, ocorrendo quase sem modificações do Carnonífero Inferior ao Cretáceo. Mais notável ainda, um Celacanto vivo (Latimeria chalumnae), de 1,5 metros de comprimento, foi pescado ao largo de East London, África do Sul, em 22 de dezembro de 1938. Em 1977 haviam sido obtidos 88 espécimes. Todos menos os exemplares de East London foram coletados perto das praias das ilhas Grandes Comore e Anjouan Comore, Arquipélago de Comore, perto de Madagascar, onde o peixe é conhecido há muito tempo pela população nativa."
 
   
  O Dr. Jacques Millot, que foi diretor do Instituto de Pesquisa Científica de Madagascar, comenta esse estranho fato:"No decorrer das centenas de milhões de anos, o Celacanto conservou a mesma forma e estrutura. Aqui está um dos grandes mistérios da evolução."Não há dúvida alguma de que o Celacanto seja um peixe genuíno, nem haveria como ter, e isso tanto o registro fóssil como o exame de espécimes vivos comprovam. As protuberâncias nas quais estão anexadas as suas nadadeiras são usadas por ele para se apoiar no fundo do mar. É difícil se acreditar que esses peixes possam ter se tornado anfíbios já que ainda são os mesmos que eram a cem milhões de anos atrás quando começara a fazer a suposta transição. Se isso aconteceu de fato não o registro fóssil não nos informa de nada, não temos uma seqüência, não temos evidência de que esse processo aconteceu e nem informações de como aconteceu. J. Z. Young comenta sobre essa suposta transição.  
   
  "Não existe, porém, no presente, qualquer evidência fóssil detalhada dos estágios de transição de um para o outro tipo."O peixe existe e vive nas ilhas Comoro no Oceano Índico que fica a 10 mil quilômetros da Indonésia, mas já foram encontrados no Ceará fósseis de mais de 100 milhões de anos.  
 
   
  Em 1938, os cientistas espantaram-se com a descoberta de um celacanto na África do Sul. Eram conhecidos muitos fósseis desse peixe de 400 milhões de anos de idade e pensava-se que estivesse extinto há 80 milhões de anos. A população local o pescava, colando suas escamas no interior de pneus de bicicleta, no ponto furado. Desde então foram pescados mais de cem celacantos e vários foram filmados nas águas próximas às ilhas Comorões, no Sudeste da África. Até 1938 julgava-se que o Celacanto estivesse extinto, porém naquele ano foi encontrado um exemplar em Madagascar, e desde então, cerca de 100 outros foram localizados. É um peixe viviparo, ou seja, dá luz à filhotes inteiramente formados, como os mamíferos.Seus fósseis mais antigos datam de 350 milhões de anos.
   
    ___________________________________________________________ ____________
Latimeria chalumnae

Do peixe chamado celacanto foram encontradas ótimas impressões fósseis em que aparecem incrustados na rocha todo o seu corpo de maneira muito precisa. Os cientistas constataram que suas nadadeiras não eram anexadas diretamente ao corpo, estavam ligadas a protuberâncias semelhantes a um coto de braço. Os evolucionistas deduziram de imediato que este peixe era uma forma intermediária entre os peixes e os animais que andam em terra. Afirmou-se que as protuberâncias eram pernas que estavam evoluindo para que o animal rastejasse fora d'água.

Tendo sido considerado extinto a 70 milhões de anos, concluiu-se que esse peixe evoluiu para uma nova espécie. Foi dada ampla publicidade ao caso, como sendo uma prova de mudança significativa de uma espécie para uma outra nova espécie. Porém, em 1938, pescadores das ilhas Comoro, no oceano Índico, pescaram um celacanto extremamente parecido ao do registro fóssil, criando assombro científico mundial, considerado extinto há 70 milhões de anos, permaneceu virtualmente inalterado em seus 400 milhões de anos de existência. Depois disto foi pescado outro espécime vivo em 1952 e posteriormente outros espécimes vivos também foram encontrados. A partir daí, mais de 200 espécimes de celacantídeos foram achados em Comoro, distante dez mil quilômetros da Indonésia, onde também foram encontrados celacantos vivos. Nas ilhas de Comoro, a população local se alimentava normalmente de celacanto, que podiam ser comprados em mercados de peixes, sem que os cientistas do mundo soubessem. Ficou provado que afirmar que o celacanto era uma prova da evolução foi um grande equívoco.

 
Uma fêmea celacanto capturada em Moçambique, em 1991.
 

 

 
Celacanto fotografado na Indonésia em 1997.

 
Fotos e texto em:
 http://s.silva777.sites.uol.com.br/celacant.htm


  Mas...  nos intelectuais devemos acreditar firmemente nos Fosseis  transicionais de hoje!!
 :roll:
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
O celacanto e a evolucao
« Resposta #1 Online: 04 de Junho de 2005, 11:23:18 »
Citação de: Mr.Hammond
O celacanto atual NÃO É o celacanto pré-histórico, só um peixe da mesma família!Fósseis vivos genuínos não são um problema para a evolução, significa apenas que as condições ambientais não se modificaram!

Ler:
http://www.talkorigins.org/indexcc/CB/CB930_1.html

http://www.talkorigins.org/indexcc/CC/CC212.html


Sim não são um problema são um erro de interpretação!
Fóssil vivo que sofreu pouquissima variação nos milhões de ano,adequa-se 100% ao criacionismo no que esperado por variações dentro da espécie.
Quanto a esta declaração sua:
"Fósseis vivos genuínos não são um problema para a evolução, significa apenas que as condições ambientais não se modificaram!"
E estes milhões de ano deveriam ter mudado sim mais o selacanto, pois mudanças de ambiente em milhões de ano é o que apregoa o modelo evolucionista!
O que você acha que aconteceu quando caiu o suposto asteróide(ou achuva de) que provocou a extinção dos dinos  por exemplo?? :?:
 :roll:
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #2 Online: 04 de Junho de 2005, 11:33:41 »
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora, pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #3 Online: 04 de Junho de 2005, 11:35:59 »
Citar
E estes milhões de ano deveriam ter mudado sim mais o selacanto, pois mudanças de ambiente em milhões de ano é o que apregoa o modelo evolucionista!

sugestão: pegue um livro de biologia de 2° grau, e verá o que apregoa o modelo evolucionista. o assunto é abordado de maneira superficial, mas é profundo o suficiente pra que não se cometam equívocos como essa frase...
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #4 Online: 04 de Junho de 2005, 11:48:16 »
Citação de: bruno
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora, pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.


Foi e foi um erro das previsões da T.E.Ponto final!
Quanto as suposições...sem comentários.
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #5 Online: 04 de Junho de 2005, 11:49:52 »
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora, pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.


Foi e foi um erro das previsões da T.E.Ponto final!


 :roll: ok então...
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #6 Online: 04 de Junho de 2005, 11:52:25 »
Citação de: bruno
Citar
E estes milhões de ano deveriam ter mudado sim mais o selacanto, pois mudanças de ambiente em milhões de ano é o que apregoa o modelo evolucionista!

sugestão: pegue um livro de biologia de 2° grau, e verá o que apregoa o modelo evolucionista. o assunto é abordado de maneira superficial, mas é profundo o suficiente pra que não se cometam equívocos como essa frase...


Mudanças drásticas no meio =mudanças nas espécies, me diga agora aonde foi que eu errei?
A terra segundo a T.E. sofreu pele menos cinco grandes catástrofes meu caro!
E o celacanto, o crocodolo etc... continuam celacantos e crocodilos!!
 :roll:
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #7 Online: 04 de Junho de 2005, 11:55:45 »
Citação de: bruno
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora,
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.


Foi e foi um erro das previsões da T.E.Ponto final!


 :roll: ok então...


pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
Você tem isso no registro fóssil?
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #8 Online: 04 de Junho de 2005, 11:56:42 »
Citar
Mudanças drásticas no meio =mudanças nas espécies, me diga agora aonde foi que eu errei?

o pensamento é lamarckista, não darwinista. não deixa de ser evolucionista, mas o lamarckismo saiu de cena faz tempo.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #9 Online: 04 de Junho de 2005, 11:58:56 »
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora,
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.


Foi e foi um erro das previsões da T.E.Ponto final!


 :roll: ok então...


pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
Você tem isso no registro fóssil?


talvez tenha, não sei. citei uma possibilidade, pra vc entender a dinâmica da evolução.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #10 Online: 04 de Junho de 2005, 11:59:27 »
Citação de: bruno
Citar
Mudanças drásticas no meio =mudanças nas espécies, me diga agora aonde foi que eu errei?

o pensamento é lamarckista, não darwinista. não deixa de ser evolucionista, mas o lamarckismo saiu de cena faz tempo.


Então esse argumento não vale mais correto?
Explique-se por obséquio.
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #11 Online: 04 de Junho de 2005, 12:40:02 »
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
Citar
Mudanças drásticas no meio =mudanças nas espécies, me diga agora aonde foi que eu errei?

o pensamento é lamarckista, não darwinista. não deixa de ser evolucionista, mas o lamarckismo saiu de cena faz tempo.


Então esse argumento não vale mais correto?
Explique-se por obséquio.


Mudanças drásticas no meio, pode acontecer de:
a espécie se extinguir;
a espécie se adaptar, com aquele processo mutações/seleção natural;
ou por um acaso a espécie consegue sobreviver com pequenas mudanças ou até manter a maior parte das características, quem sabe?

a diferença do pensamento lamarckista pro darwinista é sutil:
no lamarckismo, o meio força a mudança na espécie.
no darwinismo: o meio muda. a espécie pode ou não se adaptar. ocorre a seleção natural.

pra lamarck, o grilo que passa a viver no mato cinza, depois de algumas gerações fica cinza. pra darwin, o grilo que vai pro mato cinza pode continuar verde... então colocamos um obstáculo, um passarinho. o grilo verde ainda pode sobreviver ao passarinho, mas suas chances de sobrevivência diminuem. se porventura aparece um grilo que sofreu uma mutação e ficou um pouco mais cinzinha, ele passa isso pra frente. logo os grilos cinzinhas sobrevivem mais que os grilos verdinhos. por fim os verdinhos podem acabar se extinguindo ou se misturando, e fica a nova espécie, os grilos cinzinhas.

no caso do celacanto, o que quer que tenha acontecido, não ofereceu grandes obstáculos à sobrevivência da espécie tal como ela era. então, se aquele pacote genético do celacanto possibilita à espécie continuar sobrevivendo naquele habitat há uns 70 milhões de anos...
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #12 Online: 04 de Junho de 2005, 13:58:09 »
Mudanças drásticas no meio =mudanças nas espécies, me diga agora aonde foi que eu errei?
o pensamento é lamarckista, não darwinista. não deixa de ser evolucionista, mas o lamarckismo saiu de cena faz tempo.

Então esse argumento não vale mais correto?
Explique-se por obséquio.

Mudanças drásticas no meio, pode acontecer de:
a espécie se extinguir;
a espécie se adaptar, com aquele processo mutações/seleção natural;
ou por um acaso a espécie consegue sobreviver com pequenas mudanças ou até manter a maior parte das características, quem sabe?
-------------------------------------------------
Criacionistas concordam quase 100% com essas afirmações.
-------------------------------------------------
a diferença do pensamento lamarckista pro darwinista é sutil:
no lamarckismo, o meio força a mudança na espécie.
no darwinismo: o meio muda. a espécie pode ou não se adaptar. ocorre a seleção natural.
-------------------------------------------------
O mudar a espécie é inobsevavel,é uma conjecturação com presuposição evolucionista.
-------------------------------------------------
pra lamarck, o grilo que passa a viver no mato cinza, depois de algumas gerações fica cinza. pra darwin, o grilo que vai pro mato cinza pode continuar verde... então colocamos um obstáculo, um passarinho. o grilo verde ainda pode sobreviver ao passarinho, mas suas chances de sobrevivência diminuem. se porventura aparece um grilo que sofreu uma mutação e ficou um pouco mais cinzinha, ele passa isso pra frente. logo os grilos cinzinhas sobrevivem mais que os grilos verdinhos. por fim os verdinhos podem acabar se extinguindo ou se misturando, e fica a nova espécie, os grilos cinzinhas.
-------------------------------------------------
Criacionistas concordam quase100%,a diferença é que nada de novo é acrescentado no cõdigo genético e grilo continua grilo,os zilhõe de ano para a evolução tornar digamos drásticamente uma outra espécie(novidade no material genético) é conjecturação evolucionista.
-------------------------------------------------
no caso do celacanto, o que quer que tenha acontecido, não ofereceu grandes obstáculos à sobrevivência da espécie tal como ela era. então, se aquele pacote genético do celacanto possibilita à espécie continuar sobrevivendo naquele habitat há uns 70 milhões de anos...
-------------------------------------------------
Há fósseis de celacanto datados de 300 milhões de anos.
Aqui é que acho menos provável ainda poucas mudanças no ambiente.
Deveríamos ter uma espécie nova(acrécimo no código genético) com características relativamente iguais ao celacanto no registro fóssil porém não há!
-------------------------------------------------
Você foi deseducado comigo em sua colocação me mandando ler livros de segundo grau.Se repertires tamanha grosseria vais ter resposta a altura.Você já abriu precedente para tal e eu não o fiz.
Espero respostas educadas ou paro,não estou aqui para fazer inimigos e sim para aprimorar conhecimentos e debater idéias contrárias.
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
O celacanto e a evolucao
« Resposta #13 Online: 04 de Junho de 2005, 14:02:29 »
Citação de: Mr.Hammond
Um meteoro de grandes proporções atingiu a Terra há 65 milhões de anos, no final da era dos dinossauros. A sua cratera ocupa parte da Península de Yucatán e o Golfo do México. Este impacto teria tido conseqüências catastróficas não apenas para os dinossauros, mas também para a muitos seres vivos na Terra, incluindo vários grupos de invertebrados, plantas e protistas que também se extinguiram. No entanto, no caso particular dos répteis, ao parecer mudanças na flora e no clima já afetavam a alguns grupos antes mesmo da queda do meteoro, pelo que a queda deste teria apenas acentuado os problemas que eles já tinham.

E Porra! O celacanto atual NÃO É UM FÓSSIL VIVO. Ele é significativamente diferente de seus ancestrais pré-históricos !

Celacanto atual:


O fóssil, diferente:

é perfeitamente plausível que o ecossistema da costa africana leste não tenha sofrido tantas modificações, ainda mais em profundidades baixas


Definitivamente não me interessa diálogar com você não estou aqui para fazer inimigos,doravante ignorar suas colocações é o que farei.
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Perseus

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 895
Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #14 Online: 04 de Junho de 2005, 16:15:43 »
Estou dizendo, esse Edson é uma pedra disfarçada de humano.
"Send me money, send me green
Heaven you will meet
Make a contribution
and you'll get a better seat

Bow to Leper Messiah"

Offline Esperto

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.154
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #15 Online: 04 de Junho de 2005, 16:36:23 »
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora, pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.


Foi e foi um erro das previsões da T.E.Ponto final!
Quanto as suposições...sem comentários.

isso é birra? :o
filosofia de um professor meu:
"A mente abre quando o cu aperta!"

Offline Perseus

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 895
Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #16 Online: 04 de Junho de 2005, 17:22:12 »
Não, não é birra. É que ele é uma pedra, fadado a passar o resto da vida repetindo isto em toda e qualquer ocasião.
"Send me money, send me green
Heaven you will meet
Make a contribution
and you'll get a better seat

Bow to Leper Messiah"

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #17 Online: 04 de Junho de 2005, 18:42:57 »
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora, pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.


Foi e foi um erro das previsões da T.E.Ponto final!
Quanto as suposições...sem comentários.
Isso não é refutar o texto. Soou como uma birra pra mim...

Pretende nos convencer desta maneira? No momento em que posta alguma coisa aqui, acho que precisa estar com os ouvidos abertos à críticas...

Se me perguntar o porquê, eu digo que é por que é então é e ponto final... :P

PS: Este trecho do bruno é bem plausível. Tente ler de novo...
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #18 Online: 04 de Junho de 2005, 18:53:37 »
Citação de: Alenônimo
Citação de: Edson Martins Medrado
Citação de: bruno
veja só, suponhamos que o celacanto vive em fossas no mar, certo? muito profundo, imagino... o seu formato, os seus genes, propiciam ao celacanto que possa continuar vivendo lá quase sem sofrer o efeito da seleção natural. não apareceu nenhum predador, não houve nenhuma mudança no ph da água, ou qualquer outra coisa que viesse a selecionar. então, o celacanto continuou a existir, senão com sua forma original, pelo menos muito semelhante. agora, pode ter acontecido daquele celacanto dar origem a outra espécie? claro. então fica a nova espécie em outro nicho, e o celacanto lá.
não acho isso algo excepcional, nem sequer algo que ponha o darwinismo a prova.


Foi e foi um erro das previsões da T.E.Ponto final!
Quanto as suposições...sem comentários.
Isso não é refutar o texto. Soou como uma birra pra mim...

Pretende nos convencer desta maneira? No momento em que posta alguma coisa aqui, acho que precisa estar com os ouvidos abertos à críticas...

Engracado ler isso estou quase sendo apedrejado por muitos aqui...
Se me perguntar o porquê, eu digo que é por que é então é e ponto final... :P
Bom Evolucao ou macroevolucao eh necessario acrescimo de material genetico ele fez uma hipotese que nao pode ser testada o que eu posso falar mais??
Eh uma conjecturacao de cunho evolucionista ele nao provou nada com isso,simples assim!
PS: Este trecho do bruno é bem plausível. Tente ler de novo...
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.434
  • Sexo: Masculino
  • ...
O celacanto e a evolucao
« Resposta #19 Online: 04 de Junho de 2005, 19:48:40 »
Citação de: Edson Martins Medrado



Fóssil vivo que sofreu pouquissima variação nos milhões de ano,adequa-se 100% ao criacionismo no que esperado por variações dentro da espécie.

1 - Não existe "o" criacionismo, existem tantos quantos se possa inventar, porque não há qualquer critério científico;
2 - vários dos criacionismos atuais pregam justamente o contrário, a necessidade de especiações rápidas (já que não caberiam todas espécies atuais na arca), inclusive o Sodré mencionou isso recentemente, acho.

Citar

E estes milhões de ano deveriam ter mudado sim mais o selacanto, pois mudanças de ambiente em milhões de ano é o que apregoa o modelo evolucionista!
O que você acha que aconteceu quando caiu o suposto asteróide(ou achuva de) que provocou a extinção dos dinos  por exemplo?? :?:

Eu leio essas coisas e não acredito, simplesmente não acredito.
Você leu a minha mensagem na lista do yahoo sobre isso?? PArece que eu falo com as paredes.

Não me lembro mais em que mensagem que foi, e saí do grupo, mas resumindo:
"evolução" é só modificação na descendência dos seres, não uma força mágica e obrigatória, impusionada por algum tipo de energia mística.

Simplesmente há variações individuais hereditárias que podem ou não representar diferencial reprodutivo.

 Para representar diferencial reprodutivo essa modificação tem que dar alguma vantagem ao portador, seja adaptativa (torná-lo melhor no que ele faz), ou sexual, torná-lo mais atraente para os parceiros

Agora, te pergunto: levando isso em consideração, é certo que não existirão fósseis vivos? Será que não é possível existirem espécies cuja forma básica dure muito tempo sem grandes modificações, seja por sua versatilidade (espécies generalistas, que se dão bem numa ampla variedade de ambientes), ou por seu ambiente ter se mantido relativamente estável (na verdade, pode ter mudado muito até, desde que as mudanças não atrapalhassem significativamente seu meio de vida) Ou ainda uma combinação dos dois?

Será que é certo que sempre, para todas e quaisquer espécies, surgirão modificações que as tornem melhores no seu ambiente, não importa o quão bem adaptadas elas estejam? Levando em consideração o gradualismo, o desenvolvimento embrionário, a seleção natural, e a aleatoriedade das mutações que juntos não permitem que por exemplo, que nos gatos evoluam hélices de helicóptero para os ajudar a caçar passarinhos e coisas do tipo; ou que tartarugas desenvolvam cascos blindados para não morrerem atropeladas.

Será que é certo que durante milhões de anos não permaneçam nichos relativamente estáveis, obrigando inevitávelmente à extinção e a evolução de uns poucos sortudos? Há sempre necessidade de inovação constante nas formas? Me parece que não, que há uma certa margem de mudanças possíveis e das mais prováveis, e não que as leis do universo são armadas para pegar de surpresa as formas de vida adaptadas como se tentando conscientemente extinguí-la.

Uma sugestão: quando ver algum argumento criacionista, tente pensar por si próprio qual seria a resposta evolucionista, não fique apenas com a que te derem. Procure mais coisas pertinentes, não só de fontes criacionistas.

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #20 Online: 04 de Junho de 2005, 20:24:50 »
Citação de: Edson Martins Medrado
Engracado ler isso estou quase sendo apedrejado por muitos aqui...


Uma analogia pra você. Você dá um tapa no careca e ele vem pra cima de você. Você está reclamando que ele está te batendo sem motivo!

Rapaz. Você postou um texto, certo? Um texto que tendenciosamente afirma que tal ser prova que foi criado por Deus ou coisa assim.

O que o Bruno fez? Ele colocou uma teoria mais plausível sobre o ocorrido! Algo que não precisa de Deus, nem duendes, nem ETs pra explicar. Qual hipótese é mais possível de ter ocorrido?

Citação de: Edson Martins Medrado
Bom Evolucao ou macroevolucao eh necessario acrescimo de material genetico ele fez uma hipotese que nao pode ser testada o que eu posso falar mais??


Ele fez uma hipótese. Não dá para testar, mas dá para ver se é provável de ter ocorrido ou não. A hipótese dele é simples mas tem lógica. É o suficiente para se montar uma teoria. Quando estudada essa teoria, provavelmente pode sair alguma prova. Não é assim que as coisas deveriam funcionar?

O tal peixe vive num ambiente que praticamente nunca foi alterado e que não tem nenhum predador pra ele... Por que ele precisaria "mudar"? Evolução não força ninguém a mudar sem impor obstáculos naturais. Assim funciona a seleção natural.

Citação de: Edson Martins Medrado
Eh uma conjecturacao de cunho evolucionista ele nao provou nada com isso,simples assim!


Provar mesmo não prova, mas é muitíssimo mais provável que as coisas tenham acontecido como ele falou. Pra quê inventar um Deus para sei lá proteger o peixe se ele nunca precisou de proteção? Seres unicelulares existem até hoje... Acha que seres unicelulares por serem a base da vida tinham que necessariamente virar todos humanos como a gente?

Sério mesmo. Acho que deveria ler mais os textos do XR. Mas lê bem todos eles.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.434
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #21 Online: 04 de Junho de 2005, 21:13:35 »
Citação de: Edson Martins Medrado
Bom Evolucao ou macroevolucao eh necessario acrescimo de material genetico ele fez uma hipotese que nao pode ser testada o que eu posso falar mais??

Tentando explicar:

Evolução pode ocorrer sem acréscimo de material genético, e pode ocorrer sem. De ambas as formas podem ocorrer mudanças hereditárias nas linhagens (evolução).

Acréscimo de material genético não é uma hipótese que não pode ser testada. O que te faz pensar assim? Você já leu sobre isso em livros ou sites de biologia?

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.434
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #22 Online: 04 de Junho de 2005, 21:23:09 »
Citação de: Edson Martins Medrado

O mudar a espécie é inobsevavel,é uma conjecturação com presuposição evolucionista.

Você já ouviu falar do google?
www.google.com
é um sistema de busca, onde você pode encontrar diversas informações, a esse e a outros respeitos.
Há ainda o "google scholar", ainda mais interessante nesse assunto.

Citar
Criacionistas concordam quase100%,a diferença é que nada de novo é acrescentado no cõdigo genético e grilo continua grilo,os zilhõe de ano para a evolução tornar digamos drásticamente uma outra espécie(novidade no material genético) é conjecturação evolucionista.

1- pode haver acréscimo ou decréscimo de informação no genoma das espécies, ambos são evolução
2 - não são necessários zilhões d anos para mudanças drásticas ou especiação
3 - estude mais



Citar

Há fósseis de celacanto datados de 300 milhões de anos.
Aqui é que acho menos provável ainda poucas mudanças no ambiente.
Deveríamos ter uma espécie nova(acrécimo no código genético) com características relativamente iguais ao celacanto no registro fóssil porém não há!

1 - "Celacanto" não é uma espécie, há fósseis de várias espécies de celacantos
2 - especiação não significa acréscimo no código genético, tenha piedade!!!  :shock:
Meu, isso é como discutir física falando que a teoria da relatividade diz que "tudo é relativo", que "quando a gente está se divertindo, o tempo voa, mas se arrasta na sala de espera do dentista"... aí não dá.


Citar
Você foi deseducado comigo em sua colocação me mandando ler livros de segundo grau.Se repertires tamanha grosseria vais ter resposta a altura.Você já abriu precedente para tal e eu não o fiz.
Espero respostas educadas ou paro,não estou aqui para fazer inimigos e sim para aprimorar conhecimentos e debater idéias contrárias.

Bem, eu também sugiro que você busque ampliar seus conhecimentos, antes de tentar debater sobre algo que não conhece.

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #23 Online: 05 de Junho de 2005, 00:33:49 »
Bom Evolucao ou macroevolucao eh necessario acrescimo de material genetico ele fez uma hipotese que nao pode ser testada o que eu posso falar mais??
Tentando explicar:
Evolução pode ocorrer sem acréscimo de material genético,
O PONTO CHAVE ESTÁ AQUI: SO HA RECOMBINAÇÃO!!!
RECOMBINAÇÃO DO QUE???
DE MATERIAL GENÉTICO PREVIAMENTE EXISTENTE!!!
ISTO NÃO TEM NADA HÁ VER COM EVOLUÇÃO!
É A MESMA COISA QUE USAR PARAFUSOS DE CARROS EM CAMINHÕES OU MÁQUINAS, OU DIFERENCIAIS DE CAMINHÕES PARA ACIONAMENTO DE EQUIPAMENTOS DE TAMBOR ROTATIVO.
EVOLUÇÃO É ADQÜIRIR NOVOS GENS, NÃO PREVIAMENTE EXISTENTES E NÃO APENAS RELOCAR GENS.
  e pode ocorrer sem.
ERRADO!PROVE EMPIRICAMENTE!
 De ambas as formas podem ocorrer mudanças hereditárias nas linhagens (evolução).
Acréscimo de material genético não é uma hipótese que não pode ser testada. O que te faz pensar assim? Você já leu sobre isso em livros ou sites de biologia.
JA CONJECTURACAO EM CIMA DE PRESUPOSICAO EVOLUCIONISTA E SO!!
E SIM INOBSERVAVEL!!
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

Offline Edson Martins Medrado

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
Re: Re.: O celacanto e a evolucao
« Resposta #24 Online: 05 de Junho de 2005, 00:51:18 »
Danniel"="Edson Martins Medrado"
O mudar a espécie é inobsevavel,é uma conjecturação com presuposição evolucionista.[/quote]
Você já ouviu falar do google?
www.google.com
é um sistema de busca, onde você pode encontrar diversas informações, a esse e a outros respeitos.
Há ainda o "google scholar", ainda mais interessante nesse assunto.
___________________________________________________________ ___________
LEIA MINHA OUTRA RESPOSTA SEPULTA PRATICAMENTE TUDO DESTA MENSAGEM.
Criacionistas concordam quase100%,a diferença é que nada de novo é acrescentado no cõdigo genético e grilo continua grilo,os zilhõe de ano para a evolução tornar digamos drásticamente uma outra espécie(novidade no material genético) é conjecturação evolucionista.
1- pode haver acréscimo ou decréscimo de informação no genoma das espécies, ambos são evolução
ERRADO EVOLUCAO TEM DE DEMONTRAR ADICAO GENETICA NAO APENAS LIGAMENTO E DESLIGAMENTO DE GENS!
2 - não são necessários zilhões d anos para mudanças drásticas ou especiação.
SIM ISOLAMENTO PODE APRESSAR MAS NAO DA NOITE PRO DIA E MANTENHO AMEBA=AMEBA,CELACANTO=CELACANTO,EVOLUCIONISTA=DEIXA PRA LA!
3 - estude mais
NUNCA E DEMAIS...
Citar

Há fósseis de celacanto datados de 300 milhões de anos.
Aqui é que acho menos provável ainda poucas mudanças no ambiente.
Deveríamos ter uma espécie nova(acrécimo no código genético) com características relativamente iguais ao celacanto no registro fóssil porém não há!
___________________________________________________________ _________
1 - "Celacanto" não é uma espécie, há fósseis de várias espécies de celacantos
CELACANTO=CELACANTO RECOMBINACAO GENETICA E SO!
2 - especiação não significa acréscimo no código genético, tenha piedade!!!
SO NAO E PARA EVOLUCIONISTAS...PARA HAVER EVOLUCAO TEM QUE HAVER SIM NOVIDADE GENETICA!
  :shock:
Meu, isso é como discutir física falando que a teoria da relatividade diz que "tudo é relativo", que "quando a gente está se divertindo, o tempo voa, mas se arrasta na sala de espera do dentista"... aí não dá.
E DIZER QUE HA EVOLUCAO APENAS QUANDO HA LIGAMENTO OU DESLIGAMENTO DE GENS DEFINITIVAMENTE NAO DA!!
Você foi deseducado comigo em sua colocação me mandando ler livros de segundo grau.Se repertires tamanha grosseria vais ter resposta a altura.Você já abriu precedente para tal e eu não o fiz.
Espero respostas educadas ou paro,não estou aqui para fazer inimigos e sim para aprimorar conhecimentos e debater idéias contrárias.
Bem, eu também sugiro que você busque ampliar seus conhecimentos, antes de tentar debater sobre algo que não conhece.
E VOCE DEVIA QUESTIONAR A CARTILHA EVOLUCIONISTA E FAZE-LA PASSAR PELO CRIVO DA EXPERIENCIA! :roll:
"Assombra-me o universo e eu crer procuro em vão que existe um tal relógio e um relojoeiro não"
Voltaire

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!