Autor Tópico: Perguntas sem-vergonha sobre física...  (Lida 168655 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.112
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #200 Online: 09 de Agosto de 2008, 16:59:06 »
Tentei entrar para o mestrado da Uerj ano passado, mas não passei na entrevista.

Dbohr,

Aqui em Goiás na Universidade Federal de Goiás  tem mestrado em física (e se não me engano já implantou um doutorado).

Eu imagino que seja mais fácil de conseguir uma vaga do que no mestrado da UERJ. Não é uma USP, mas tem professores muito bons (praticamente todos com doutorado).

Passei num concurso público em 2005 para um cargo administrativo menor e não trabalho com nada vagamente parecido com Física, a não ser as pequenas aulas particulares que aparecem aqui e ali.
... e entretanto, Física é a minha paixão.

 Vou continuar tentando, claro, porque não desejo ficar servidor público o resto da vida. Mas o fato é: ninguém vai tirar a Física de mim. Se eu não conseguir me tornar um cientista "de verdade", tenho sempre a opção de ler a respeito e me informar por conta própria.


E uma especialização em Física-Médica  você não tem interesse ?

Já ouvi falar  que é uma área que paga muito bem !   $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$        :hihi:


Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #201 Online: 14 de Agosto de 2008, 11:29:01 »
Valeu pela lembrança, Helder. Vou dar uma olhada. Apesar de não ter passado por estar trabalhando, e não por não ter ido bem na prova ;-)

Offline Eremita

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.833
  • Sexo: Masculino
  • Ecce.
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #202 Online: 14 de Agosto de 2008, 15:51:32 »
Físico-médico faz o que, exatamente?
Latebra optima insania est.

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #203 Online: 14 de Agosto de 2008, 16:47:02 »
Físico-médico faz o que, exatamente?
Trabalha para amenizar os efeitos degradativos da radiação usada em medicina, planejamento de tratamento em radioterapia, supervisor de radiologia, controle de qualidade de equipamentos.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.278
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #204 Online: 15 de Agosto de 2008, 03:00:14 »
Atheo, eu ia começar a escrever algo grande por aqui -- mas achei melhor recomendar a leitura das 3 primeiras páginas deste mesmo tópico :-)

Leia e veja se sana suas dúvidas!

Certo! Vou ler e se eu ficar com alguma duvida, eu posto aqui.

Obrigado!

EDIT: OK. Li. Mas o que ainda nao entrou na minha cabeca e eu gostaria de saber se tem como ser explicado para alguem que nao eh fisico, eh o seguinte: Porque se eu viajar quase na velocidade da luz por um dia, pra quem nao viajou se passaram anos? Como eu posso perder apenas 1 dia de vida e na terra as pessoas perderem anos, simplesmente porque eu viajei quase na velocidade da luz?

Tem como explicar isso para "nao-fisicos", de maneira relativamente SIMPLES?

PS: fiquem a vontade para corrigir o calculo do 1 dia = anos. Eu nao sei qnto da...
« Última modificação: 15 de Agosto de 2008, 03:40:52 por Atheo »
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Fenrir

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.092
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #205 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:13:52 »
Atheo, eu ia começar a escrever algo grande por aqui -- mas achei melhor recomendar a leitura das 3 primeiras páginas deste mesmo tópico :-)

Leia e veja se sana suas dúvidas!

Certo! Vou ler e se eu ficar com alguma duvida, eu posto aqui.

Obrigado!

EDIT: OK. Li. Mas o que ainda nao entrou na minha cabeca e eu gostaria de saber se tem como ser explicado para alguem que nao eh fisico, eh o seguinte: Porque se eu viajar quase na velocidade da luz por um dia, pra quem nao viajou se passaram anos? Como eu posso perder apenas 1 dia de vida e na terra as pessoas perderem anos, simplesmente porque eu viajei quase na velocidade da luz?

Tem como explicar isso para "nao-fisicos", de maneira relativamente SIMPLES?

PS: fiquem a vontade para corrigir o calculo do 1 dia = anos. Eu nao sei qnto da...

Chama-se Paradoxo dos gemeos, acho
Tem isto, mas nao sei se esta bom quanto ao entendimento para os nao-fisicos:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Paradoxo_dos_g%C3%AAmeos

Sugiro deixar as equacoes de lado, excetuando-se a transformação de Lorentz, que
deve te ajudar quanto ao "1 dia = x anos".

Tem isto tambem:
http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20061104063503AALXdTI
"Heaven and Earth are not benevolent; They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

Offline Caio Gomes

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 146
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #206 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:32:46 »
A questão do Atheo é um pouco mais delicada. A questão dele é: Pq existe essa diferença?

O paradoxo dos gemeos é um resultado que decorre dos diferentes observadores observarem intervalos de tempo e espaço diferentes para o mesmo evento. Ele está perguntando o que causa esses observadores verem essas diferenças.

Isso está diretamente ligado (e é consequencia da) invariancia da velocidade da luz entre diferentes observadores inerciais. A única maneira de diferentes observadores medirem sempre a mesma velocidade da luz é abandonar essa ideia das transformações.

Então sua pergutna deveria ser: Pq a velocidade da luz é invariante?

Para essa pergunta, aí sim não temos resposta. Isso é um dado física, que fazemos as medições e observamos sua validade.

Offline Caio Gomes

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 146
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #207 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:37:24 »
Um comentário um pouco mais técnico:

Nós podemos trocar os dois axiomas da RR por algo bem mais interessante.

É possivel demonstrar que, se existe uma velocidade invariante no universo, então obrigatoriamente a teoria que resulta é a RR. Isso é muito mais interessante, já que é só ir no laboratório e medir qual é essa velocidade invariante e todo o resto está bem definido.


Outra maneira de ver isso, essa bem mais sofisticada, é demonstrar que em d>=3 o grupo de automorfismos causais é obrigatóriamente o grupo de Poicanré, o que obriga a teoria ser a RR.

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #208 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:42:28 »
EDIT: OK. Li. Mas o que ainda nao entrou na minha cabeca e eu gostaria de saber se tem como ser explicado para alguem que nao eh fisico, eh o seguinte: Porque se eu viajar quase na velocidade da luz por um dia, pra quem nao viajou se passaram anos? Como eu posso perder apenas 1 dia de vida e na terra as pessoas perderem anos, simplesmente porque eu viajei quase na velocidade da luz?

Tem como explicar isso para "nao-fisicos", de maneira relativamente SIMPLES?


Vamos tentar:

Imagine que você lança uma bola verticalmente para cima. Ela sai da sua mão com uma determinada velocidade, que vai sendo diminuída pelo puxão da gravidade, até que a velocidade se anule no ponto mais alto da trajetória e a bola começa a sair. OK até aí, certo?

Imagine agora que você lança uma bola de basquete do garrafão na direção da cesta, como num lance-livre. Repare que você pode decompor a velocidade da bola em duas partes: uma vertical, que governa o sobe-e-desce da bola e uma horizontal, que determina como a bola cobre a distância horizontal entre a sua mão e a cesta. Embora a velocidade vetorial da bola varie a cada instante (ou seja, em cada instante de tempo a flechinha que representa a direção, sentido e módulo do vetor velocidade da bola muda), Galileu descobriu que os movimentos horizontais e verticais podem ser calculados independentemente um do outro. Isso é o que a gente chama de lançamento. Guarde esta idéia.

Na Relatividade, o tempo é apenas mais uma coordenada. Para localizar um evento no espaço-tempo, você precisa definir a posição dele e o instante em que ele ocorre -- tudo isso com relação a um determinado referencial.

Guarde esta idéia também.

Einstein descobriu que a quadrivelocidade de um corpo; ou seja, a velocidade em três dimensões de espaço e uma de tempo de qualquer objeto é invariante e igual a c. Em outras palavras, o módulo da quadrivelocidade de qualquer corpo é sempre o mesmo. Se o corpo estiver em repouso com respeito a algum referencial, ele se "moverá no eixo do tempo" com quadrivelocidade c. É análogo ao arremesso da bola para cima. Se o corpo estiver em movimento naquele referencial, poderemos decompor sua quadrivelocidade numa parte temporal e noutra espacial. É análogo ao lance-livre do basquete. Só que, em vez de um eixo vertical, temos um "eixo temporal".

Assim, sempre que um corpo está em movimento com respeito a algum referencial, a percepção do tempo para ele será diferente do que a de outro corpo que esteja em repouso com respeito ao mesmo referencial.

Offline Fenrir

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.092
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #209 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:42:50 »
Caio,
pergunta de leigo:

E a curvatura/geometria do espaco nao tem nada a ver com isso? Do porque esta diferenca existe?
"Heaven and Earth are not benevolent; They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

Offline SnowRaptor

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.962
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #210 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:43:20 »
Então sua pergutna deveria ser: Pq a velocidade da luz é invariante?

Para essa pergunta, aí sim não temos resposta. Isso é um dado física, que fazemos as medições e observamos sua validade.

Lembrando que a gente obtém uma velocidade da luz invariante as partir das equações de Maxwell, que não mencionam referencial.
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Fenrir

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.092
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #211 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:44:20 »
EDIT: OK. Li. Mas o que ainda nao entrou na minha cabeca e eu gostaria de saber se tem como ser explicado para alguem que nao eh fisico, eh o seguinte: Porque se eu viajar quase na velocidade da luz por um dia, pra quem nao viajou se passaram anos? Como eu posso perder apenas 1 dia de vida e na terra as pessoas perderem anos, simplesmente porque eu viajei quase na velocidade da luz?

Tem como explicar isso para "nao-fisicos", de maneira relativamente SIMPLES?


Vamos tentar:

Imagine que você lança uma bola verticalmente para cima. Ela sai da sua mão com uma determinada velocidade, que vai sendo diminuída pelo puxão da gravidade, até que a velocidade se anule no ponto mais alto da trajetória e a bola começa a sair. OK até aí, certo?

Imagine agora que você lança uma bola de basquete do garrafão na direção da cesta, como num lance-livre. Repare que você pode decompor a velocidade da bola em duas partes: uma vertical, que governa o sobe-e-desce da bola e uma horizontal, que determina como a bola cobre a distância horizontal entre a sua mão e a cesta. Embora a velocidade vetorial da bola varie a cada instante (ou seja, em cada instante de tempo a flechinha que representa a direção, sentido e módulo do vetor velocidade da bola muda), Galileu descobriu que os movimentos horizontais e verticais podem ser calculados independentemente um do outro. Isso é o que a gente chama de lançamento. Guarde esta idéia.

Na Relatividade, o tempo é apenas mais uma coordenada. Para localizar um evento no espaço-tempo, você precisa definir a posição dele e o instante em que ele ocorre -- tudo isso com relação a um determinado referencial.

Guarde esta idéia também.

Einstein descobriu que a quadrivelocidade de um corpo; ou seja, a velocidade em três dimensões de espaço e uma de tempo de qualquer objeto é invariante e igual a c. Em outras palavras, o módulo da quadrivelocidade de qualquer corpo é sempre o mesmo. Se o corpo estiver em repouso com respeito a algum referencial, ele se "moverá no eixo do tempo" com quadrivelocidade c. É análogo ao arremesso da bola para cima. Se o corpo estiver em movimento naquele referencial, poderemos decompor sua quadrivelocidade numa parte temporal e noutra espacial. É análogo ao lance-livre do basquete. Só que, em vez de um eixo vertical, temos um "eixo temporal".

Assim, sempre que um corpo está em movimento com respeito a algum referencial, a percepção do tempo para ele será diferente do que a de outro corpo que esteja em repouso com respeito ao mesmo referencial.

E a quadrirepresentacao desta quadrivelocidade é um vetor?
"Heaven and Earth are not benevolent; They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #212 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:47:38 »
Sim. Mas com 4 coordenadas em vez de 3.

Offline SnowRaptor

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.962
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #213 Online: 15 de Agosto de 2008, 11:48:12 »
OFF-TOPIC: pra quem quiser rir, eis a primeira versão do artigo sobre o Paradoxo dos gêmeos na Wikipedia:
http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Paradoxo_dos_g%C3%AAmeos&diff=prev&oldid=1013413
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Caio Gomes

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 146
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #214 Online: 15 de Agosto de 2008, 12:03:25 »
Citar
Lembrando que a gente obtém uma velocidade da luz invariante as partir das equações de Maxwell, que não mencionam referencial.

A questão mais importante é: Pq a luz? O que a luz teria de importante? Essa era uma pergunta 'em aberto' sobre a RR.

Na outra formulação da RR que falei, é possivel perceber que não existe nada de especial NA luz. O que importa é a existencia de uma velocidade invariante. Só isso garante todo o resto.

Offline Caio Gomes

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 146
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #215 Online: 15 de Agosto de 2008, 12:04:08 »
Caio,
pergunta de leigo:

E a curvatura/geometria do espaco nao tem nada a ver com isso? Do porque esta diferenca existe?


Não entendi! =)

Offline Fenrir

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.092
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #216 Online: 15 de Agosto de 2008, 12:08:06 »
Acho que confundi as coisas:

Citar
Em Física, a relatividade geral é a generalização da Teoria da gravitação de Newton, publicada em 1915 por Albert Einstein e cuja base matemática foi desenvolvida pelo cientista francês Henri Poincaré. A nova teoria leva em consideração as idéias descobertas na Relatividade restrita sobre o espaço e o tempo e propõe a generalização do princípio da relatividade do movimento de referenciais em movimento uniforme para a relatividade do movimento mesmo entre referenciais em movimento acelerado. Esta generalização tem implicações profundas no nosso conhecimento do espaço-tempo, levando, entre outras conclusões, à de que a matéria (energia) curva o espaço e o tempo à sua volta. Isto é, a gravitação é um efeito da geometria do espaço-tempo.
"Heaven and Earth are not benevolent; They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #217 Online: 15 de Agosto de 2008, 12:09:16 »
Já se disse que em Física a gente se preocupa com os "Comos", já que descobrir os "Porquês" é difícil para danar :lol:

... o que, infelizmente, dá asas para todo o tipo de interpretações estranhas da realidade por parte de gente que acha que sabe do que está falando...

Offline SnowRaptor

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.962
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #218 Online: 15 de Agosto de 2008, 12:17:13 »
Já se disse que em Física a gente se preocupa com os "Comos", já que descobrir os "Porquês" é difícil para danar :lol:

... o que, infelizmente, dá asas para todo o tipo de interpretações estranhas da realidade por parte de gente que acha que sabe do que está falando...

Tipo esse cara?
<a href="http://www.youtube.com/v/ZmE11_E-rdE&amp;hl=en&amp;fs=1" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/ZmE11_E-rdE&amp;hl=en&amp;fs=1</a>
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #219 Online: 15 de Agosto de 2008, 12:20:05 »
Bom, não posso abrir arquivos em Flash ou vídeos do You Tube daqui, então hoje à noite eu respondo :-)

Offline Felius

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #220 Online: 15 de Agosto de 2008, 19:17:57 »
Já se disse que em Física a gente se preocupa com os "Comos", já que descobrir os "Porquês" é difícil para danar :lol:

... o que, infelizmente, dá asas para todo o tipo de interpretações estranhas da realidade por parte de gente que acha que sabe do que está falando...
Tipo esse cara?
Bem, ta um nivel acima do www.showdalua.com.br ainda. :P (se bem que ele tem mais chance de enganar trouxa que o referido site)
"The patient refused an autopsy."

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #221 Online: 15 de Agosto de 2008, 19:49:10 »
Oh, boy...

Sabe o que é pior? Eu não deixo de nutrir um grande incômodo com certas áreas da Física -- nunca engoli muito a interpretação (?) do spin, por exemplo. O fato de que talvez não haja uma interpretação me incomoda profundamente. Na minha entrevista de Mestrado eu cheguei a citar que se um Físico não se sentisse incomodado com esses mistérios, ele não deveria estar na Física em primeiro lugar.

Mas esse tipo de postura do cara no vídeo me deixa doente. Detesto bater boca com gente que não sabe NADA do que está falando e posa de rebelde perseguido. Ainda se apresentassem algumas contas, algumas previsões...

Gah.
« Última modificação: 15 de Agosto de 2008, 19:54:02 por Dbohr »

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.278
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #222 Online: 15 de Agosto de 2008, 21:00:21 »
Vamos tentar:

Imagine que você lança uma bola verticalmente para cima. Ela sai da sua mão com uma determinada velocidade, que vai sendo diminuída pelo puxão da gravidade, até que a velocidade se anule no ponto mais alto da trajetória e a bola começa a sair. OK até aí, certo?

Certo.

Imagine agora que você lança uma bola de basquete do garrafão na direção da cesta, como num lance-livre. Repare que você pode decompor a velocidade da bola em duas partes: uma vertical, que governa o sobe-e-desce da bola e uma horizontal, que determina como a bola cobre a distância horizontal entre a sua mão e a cesta. Embora a velocidade vetorial da bola varie a cada instante (ou seja, em cada instante de tempo a flechinha que representa a direção, sentido e módulo do vetor velocidade da bola muda), Galileu descobriu que os movimentos horizontais e verticais podem ser calculados independentemente um do outro. Isso é o que a gente chama de lançamento. Guarde esta idéia.

OK, sem maiores problemas.

Na Relatividade, o tempo é apenas mais uma coordenada. Para localizar um evento no espaço-tempo, você precisa definir a posição dele e o instante em que ele ocorre -- tudo isso com relação a um determinado referencial.

Guarde esta idéia também.

Ok, nao parece tao dificil ate aqui.

Einstein descobriu que a quadrivelocidade de um corpo; ou seja, a velocidade em três dimensões de espaço e uma de tempo de qualquer objeto é invariante e igual a c. Em outras palavras, o módulo da quadrivelocidade de qualquer corpo é sempre o mesmo. Se o corpo estiver em repouso com respeito a algum referencial, ele se "moverá no eixo do tempo" com quadrivelocidade c.

Aqui eu nao entendi. O que seria minha velocidade em 3 dimensoes?

É análogo ao arremesso da bola para cima. Se o corpo estiver em movimento naquele referencial, poderemos decompor sua quadrivelocidade numa parte temporal e noutra espacial. É análogo ao lance-livre do basquete. Só que, em vez de um eixo vertical, temos um "eixo temporal".

Qual corpo e qual referencial? Se puder explicar com o mesmo exemplo da bola, fica melhor.

Assim, sempre que um corpo está em movimento com respeito a algum referencial, a percepção do tempo para ele será diferente do que a de outro corpo que esteja em repouso com respeito ao mesmo referencial.

Espero que nao demore pra mim chegar nessa conclusao  :lol:
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #223 Online: 15 de Agosto de 2008, 21:55:41 »
Ok, pulei umas etapas :-D

Imagine uma mosca voando aleatoriamente numa sala. Ora ela voa para cima, para baixo ou para qualquer lado, certo? Bem, da mesma forma que é possível decompor a velocidade da bola de basquete em duas componentes - uma horizontal e outra vertical - é possível decompor a velocidade da mosca em três componentes - uma vertical no eixo z e duas horizontais nos eixos x e y.

Isso é a velocidade 3d.

Em Relatividade, usamos o conceito de velocidade 4d, onde além das coordenadas de posição x, y e z, temos uma coordenada de tempo, t. Como eu disse lá em cima, o módulo da quadrivelocidade é sempre igual a c.

Imagine a mosquinha voando numa sala agora, enquanto você está sentado numa cadeira.

Você, em repouso com respeito à sala, só está se "movendo" na direção temporal. Toda a sua quadrivelocidade está na direção t. Já a mosca, voando para lá e para cá, tem a sua quadrivelocidade decomposta em 3 termos espaciais e 1 termo temporal. A quadrivelocidade dela tem que se repartir nesses 4 eixos, de modo que a soma vetorial ainda resulte em c. O que acontece, então, é que ela não "anda" no eixo do tempo tão rápido quanto você que está parado.

Enxergou agora? :-)

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.278
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: perguntas sem-vergonha sobre física...
« Resposta #224 Online: 15 de Agosto de 2008, 23:02:58 »
Ok, pulei umas etapas :-D

Imagine uma mosca voando aleatoriamente numa sala. Ora ela voa para cima, para baixo ou para qualquer lado, certo? Bem, da mesma forma que é possível decompor a velocidade da bola de basquete em duas componentes - uma horizontal e outra vertical - é possível decompor a velocidade da mosca em três componentes - uma vertical no eixo z e duas horizontais nos eixos x e y.

Isso é a velocidade 3d.

Em Relatividade, usamos o conceito de velocidade 4d, onde além das coordenadas de posição x, y e z, temos uma coordenada de tempo, t. Como eu disse lá em cima, o módulo da quadrivelocidade é sempre igual a c.

Imagine a mosquinha voando numa sala agora, enquanto você está sentado numa cadeira.

Você, em repouso com respeito à sala, só está se "movendo" na direção temporal. Toda a sua quadrivelocidade está na direção t. Já a mosca, voando para lá e para cá, tem a sua quadrivelocidade decomposta em 3 termos espaciais e 1 termo temporal. A quadrivelocidade dela tem que se repartir nesses 4 eixos, de modo que a soma vetorial ainda resulte em c. O que acontece, então, é que ela não "anda" no eixo do tempo tão rápido quanto você que está parado.

Enxergou agora? :-)

ENTENDI! OK, eh um "entendi" leigo, mas entendi!

Fiquei com apenas algumas duvidas:

Assim como tem diferencas entre a bola de basquete e a mosca, com uma nave tambem seria diferente? Por exemplo, uma nave nao teria apenas duas velocidades espaciais (uma vertical e outra horizontal) e uma temporal, assim como a bola? Ou em Relatividade, tudo tem que obrigatoriamente ter 4d?

Se nosso objeto na velocidade da luz fosse a bola de basquete, ela teria 4d ao invez de 3d?

E soh mais uma qe perguntei la atras: 10 mil anos luz, nao significa ter que viajar 10 mil anos na velocidade da luz para chegar?

Ah, outra... se atingirmos a velocidade da luz com a nave, o tempo realmente deixa de existir para nos?

mais uma... seria possivel passar a formula pro calculo "tal velocidade, tal tempo..." ?

Obrigado!!
« Última modificação: 15 de Agosto de 2008, 23:06:51 por Atheo »
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!