Autor Tópico: Negros não são discriminados, e sim privilegiados  (Lida 23073 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Online: 18 de Novembro de 2007, 22:26:29 »
Fazem que nem o Lula: ganham por se fazer de vítima, vítima da sociedade, o sofrido.

Lembram daquela história, de que o homem é discriminado, e não a mulher? Com argumentos como "o homem não pode ficar em casa sem trabalhar"?
Pois é, com a discriminação racial é a mesma coisa, é trocado mesmo, se você pensar bem.

Negros tem cotas, isso que os brancos é que devem uma dívida histórica.
"Nego" sujo é preconceito, xingar branco de filho-da-puta é dar aquilo que merece.
Um negro pobre é discriminação, um branco pobre é justiça social.

Mas sabe porque ninguém fala isso? Porque os inteligente dizem que não existe raça, não perdem tempo como eu. Eu penso igual na verdade, mas dá não para evitar de usar impulsivamente o termo "negão" quando eu e meu colega nos formamos juntos, e eu tenho que competir com 40 pessoas para entrar na faculdade e ele 4, e depois estou devendo "dívida histórica"...

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #1 Online: 19 de Novembro de 2007, 00:00:34 »
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹). Então tu dizer: "Seu branco fedido" tu estás usando "branco" apenas para a caracterização da pessoa. Mas dizer: "Seu preto fedido" é diferente, porque os negros foram reprimidos historicamente (e ainda são, mas não tanto), daí pesa mais tu descreditar a pessoa utilizando como caracterização a cor da pele.

Eu não sou a favor de cotas e também abomino essa idéia de que negro é coitadinho. Também não entendo porque evitar usar "preto" e falar "afro-descendente", como se todos não fôssemos afro-descendente. Se bem que daí os politicamente corretos usam "afro-brasileiros". Contudo, eu considero muito importante que grupos reprimidos precisem se afirmar na sociedade, bem aquela coisa de "100% negro", "tenho orgulho de ser gay" e tudo mais. Eles não se acham mais do que os outros, apenas dão uma mensagem à sociedade: "Eu existo e exijo que me tratem assim como tratam aos outros". Tratamento especial é que eu já acho bullshit.

¹ Este não foi um comentário preconceituoso.
____

Citar
Um negro pobre é discriminação, um branco pobre é justiça social.

Cara, na boa, nunca vi alguém dizer isso.
« Última modificação: 19 de Novembro de 2007, 00:03:00 por Fernando »

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #2 Online: 19 de Novembro de 2007, 00:18:07 »
Um filme que demonstra bem a importância de afirmação de grupos reprimidos é O Massacre de Rosewood. Muita coisa no filme é ficção e exagerada, mas a mensagem dele não deixa de ser verdadeira.

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #3 Online: 19 de Novembro de 2007, 01:59:48 »
Citação de: Fernando
Contudo, eu considero muito importante que grupos reprimidos precisem se afirmar na sociedade, bem aquela coisa de "100% negro", "tenho orgulho de ser gay" e tudo mais. Eles não se acham mais do que os outros, apenas dão uma mensagem à sociedade: "Eu existo e exijo que me tratem assim como tratam aos outros". Tratamento especial é que eu já acho bullshit.
E quem escrevesse um "100% branco" levava uma surra, apesar disso você ponhe que:
Citação de: Fernando
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹).
Será mesmo?
Citação de: Fernando
Eu não sou a favor de cotas e também abomino essa idéia de que negro é coitadinho
Eu também não, mas:
Citação de: Fernando
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹). Então tu dizer: "Seu branco fedido" tu estás usando "branco" apenas para a caracterização da pessoa. Mas dizer: "Seu preto fedido" é diferente, porque os negros foram reprimidos historicamente (e ainda são, mas não tanto), daí pesa mais tu descreditar a pessoa utilizando como caracterização a cor da pele.
Infelizmente não está muito longe.
Citação de: Fernando
Citar
Um negro pobre é discriminação, um branco pobre é justiça social.

Cara, na boa, nunca vi alguém dizer isso.
Com essas palavras não. Mas fica nas entrelinhas, é só ver os comentários do povo.

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #4 Online: 19 de Novembro de 2007, 02:20:48 »
Citação de: Fernando
Contudo, eu considero muito importante que grupos reprimidos precisem se afirmar na sociedade, bem aquela coisa de "100% negro", "tenho orgulho de ser gay" e tudo mais. Eles não se acham mais do que os outros, apenas dão uma mensagem à sociedade: "Eu existo e exijo que me tratem assim como tratam aos outros". Tratamento especial é que eu já acho bullshit.
E quem escrevesse um "100% branco" levava uma surra
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".

Citação de: Fernando
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹).
Será mesmo?
Bah, pelo amor de deus! Não seja hipócrita!

Citação de: Fernando
Cara, na boa, nunca vi alguém dizer isso.
Com essas palavras não. Mas fica nas entrelinhas, é só ver os comentários do povo.
Quero exemplos.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #5 Online: 19 de Novembro de 2007, 02:49:08 »
Citar
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".
talvez eu me sinta. senti-me mal quando ouvi que militantes da educafro entoaram "raça negra, raça forte".
Citar
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹).
not quite. ibéricos, eslavos, irlandeses, judeus, todos têm uma história...


« Última modificação: 19 de Novembro de 2007, 02:51:47 por Rodion »
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #6 Online: 19 de Novembro de 2007, 02:56:42 »
Citar
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".
talvez eu me sinta. senti-me mal quando ouvi que militantes da educafro entoaram "raça negra, raça forte".
Sim, e tu deve ter ficado com medo deles pegarem armas e saírem por aí matando brancos, né?

Citar
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹).
not quite. ibéricos, eslavos, irlandeses, judeus, todos têm uma história...
Bruno, tu entendeu.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #7 Online: 19 de Novembro de 2007, 03:12:12 »
Citar
Sim, e tu deve ter ficado com medo deles pegarem armas e saírem por aí matando brancos, né?
não. se um grupo de arianinhos faz o mesmo o que aflige não é o temor de que coloquem capuzes brancos e saiam queimando negros, mas outra coisa, não é?
Citar
Bruno, tu entendeu.
entendi, mas veja o ponto; nenhum grupo caucasiano foi discriminado por um grupo não caucasiano (excessão feita aos guetos norte-americanos) na recente história ocidental, mas isso não quer dizer muita coisa; seria mesmo de se chamar atenção ver que em algum momento, no ocidente, minorias tivessem oprimido os brancos. o "100% negro" não faz sentido; não só não há discriminação oficial como também o estado pratica a ação afirmativa. há, sim, discriminação por parte de alguns setores da população, contra o que essa auto-afirmação belicosa também não deve surtir muito efeito.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #8 Online: 19 de Novembro de 2007, 03:15:46 »
O objetivo da ação afirmativa não é convencer aos outros; é reacostumar os membros da própria minoria a ter um certo grau de orgulho.

Isso acaba levando a outras distorções e a exagerar na dose, mas talvez essa seja uma etapa necessária na busca da maturidade.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #9 Online: 19 de Novembro de 2007, 03:19:44 »
O objetivo da ação afirmativa não é convencer aos outros; é reacostumar os membros da própria minoria a ter um certo grau de orgulho.

Isso acaba levando a outras distorções e a exagerar na dose, mas talvez essa seja uma etapa necessária na busca da maturidade.

em uma sociedade republicana e pretensamente igualitária essa auto-afirmação é saudável? juro que queria saber por que os movimentos raciais mudaram o foco da igualdade racial para a desigualdade.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #10 Online: 19 de Novembro de 2007, 03:27:10 »
em uma sociedade republicana e pretensamente igualitária essa auto-afirmação é saudável?

Essa é uma excelente pergunta que talvez não possa ser respondida antecipadamente.

Citar
juro que queria saber por que os movimentos raciais mudaram o foco da igualdade racial para a desigualdade.

Provavelmente porque quando há mesmo que uma pequena minoria disposta a te zoar ou te prejudicar de forma concreta por causa de etnia ou algo similar há um valor prático em saber usar das mesmas táticas. 

Não é algo que mereça louvor pela maturidade, mas o objetivo não é mesmo esse.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #11 Online: 19 de Novembro de 2007, 04:11:36 »
Citação de: Fernando
Contudo, eu considero muito importante que grupos reprimidos precisem se afirmar na sociedade, bem aquela coisa de "100% negro", "tenho orgulho de ser gay" e tudo mais. Eles não se acham mais do que os outros, apenas dão uma mensagem à sociedade: "Eu existo e exijo que me tratem assim como tratam aos outros". Tratamento especial é que eu já acho bullshit.
E quem escrevesse um "100% branco" levava uma surra
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".
Você tá de sacanagem né? Quer dizer, é impressionante como você tem coragem de dizer que elogiar um branco é racismo e elogiar um negro é afirmação de uma grupo ou sei lá o que dessa forma tão normal...
Você está seguindo uma linha de coitadimos legítima.
Citação de: Fernando
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹).
Será mesmo?
Bah, pelo amor de deus! Não seja hipócrita!
Hipocrisia pelo que? Empregou mal o uso do termo heim...
Eu não vejo ninguém defendendo os não-caucasianos brancos depois do regime nazista. Não vejo ninguém defendendo orientais depois da propaganda contra nos EUA durante a segunda guerra mundial. Quantos mais brancos foram discriminados por fenótipos?
Citação de: Fernando
Cara, na boa, nunca vi alguém dizer isso.
Com essas palavras não. Mas fica nas entrelinhas, é só ver os comentários do povo.
Quero exemplos.
Começa com o termo "dívida histórica" e termina com aquele cara que bateu no repórter Vesgo e referiu-se a brancos como "não é lugar para playboy". Quer dizer, não sei por onde começar.
Poxa, em que mundo você vive se você não vê isso? A toda hora as pessoas pedem dinheiro ou garantias por serem negras.
O noticiário da Globo, que é o que o povo vê, quando acontece um crime, é comum ouvir as referências de "esse branquelo teve todas as mordomias, merece isso...". "Eu bem que merecia esse prêmio, nasci negro..." etc...
Citar
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".
talvez eu me sinta. senti-me mal quando ouvi que militantes da educafro entoaram "raça negra, raça forte".
Sim, e tu deve ter ficado com medo deles pegarem armas e saírem por aí matando brancos, né?
Você já ouviu falar em como gangues matam devido a cor? E não é algo que possa ser chamado de raro. A discriminação, que ocorre na maioria com brancos por serem considerados privilegiados (apesar de ser contraditório) não é em baixa escala.

Offline Pregador

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.956
  • Sexo: Masculino
  • "Veritas vos Liberabit".
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #12 Online: 19 de Novembro de 2007, 10:47:39 »
O objetivo da ação afirmativa não é convencer aos outros; é reacostumar os membros da própria minoria a ter um certo grau de orgulho.

Isso acaba levando a outras distorções e a exagerar na dose, mas talvez essa seja uma etapa necessária na busca da maturidade.

Instigar o ódio racial agora é medida rumo a maturidade? Desde quando o Estado tem de instigar alguem a ter orgulho em detrimento dos outros? Nem de longe isso deveria ser função do Estado. Fazendo isso rasgamos nossa Constituição que diz lá que todos são iguais perante a lei, sem discriminação de raça, sexo, credo etc etc.

O Estado deveria instigar o orgulho da nação estampar em sua Lei maior que todos são iguais, que é proibido diferenciar branco de preto, que isso é uma tremenda burrice e carece de qualquer sentido.
"O crime é contagioso. Se o governo quebra a lei, o povo passa a menosprezar a lei". (Lois D. Brandeis).

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #13 Online: 19 de Novembro de 2007, 10:54:27 »
O objetivo da ação afirmativa não é convencer aos outros; é reacostumar os membros da própria minoria a ter um certo grau de orgulho.

Isso acaba levando a outras distorções e a exagerar na dose, mas talvez essa seja uma etapa necessária na busca da maturidade.

Instigar o ódio racial agora é medida rumo a maturidade?

Não.  É um subproduto nocivo da ação afirmativa, que por sua vez é nada mais nada menos do que aprender a ter orgulho do que se é e expressar esse orgulho.

Para quem tem uma história de gerações de pensamento submisso e servil essa é uma etapa necessaria da busca de um tratamento equalitário.

Admito que por vezes me assusta a proporção a que esse movimento chegou, bem como o quanto ele se tornou parecido com seus oponentes.

Citar
Desde quando o Estado tem de instigar alguém a ter orgulho em detrimento dos outros?

Ter não tem, e não estou convencido de que sequer tenha o direito (o que por sinal põe em xeque a própria legitimidade do conceito de Estado, mas essa é outra história).  Mas é fato que o faz quando cria por exemplo o sistema de cotas "raciais".

Citar
Nem de longe isso deveria ser função do Estado. Fazendo isso rasgamos nossa Constituição que diz lá que todos são iguais perante a lei, sem discriminação de raça, sexo, credo etc etc.

Isso eu não discuto.

Citar
O Estado deveria instigar o orgulho da nação estampar em sua Lei maior que todos são iguais, que é proibido diferenciar branco de preto, que isso é uma tremenda burrice e carece de qualquer sentido.

Verdade, embora eu me pergunte até que ponto adianta.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #14 Online: 19 de Novembro de 2007, 19:03:10 »
Citar
Verdade, embora eu me pergunte até que ponto adianta.
Mas você não acha, Dantas, que a igualdade de fato só pode ser atingida com igualdade total perante a lei?

Offline Adriano

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.672
  • Sexo: Masculino
  • Ativismo quântico
    • Filosofia ateísta
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #15 Online: 19 de Novembro de 2007, 19:08:45 »
Sobre essa diferença entre igualdade formal e igualdade substancial, esta nos pleitos do socialismo atual, no fórum mundial e na teoria neomarxista de Istvan Mészaros. Acho uma boa evolução nas propostas do socialismo.
Princípio da descrença.        Nem o idealismo de Goswami e nem o relativismo de Vieira. Realismo monista.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.180
  • Sexo: Masculino
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #16 Online: 19 de Novembro de 2007, 20:26:31 »
Citar
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".
talvez eu me sinta. senti-me mal quando ouvi que militantes da educafro entoaram "raça negra, raça forte".

Eu não vejo isso tanto como ofensivo... mas ainda acho preocupante. De qualquer forma, vejo como muito diferentes camisetas 100% negro e 100% branco.

Os negros foram durante muito tempo (e ainda hoje em alguns círculos) vistos como menos que gente. Daí esse tipo de afirmação é um reflexo compreensível...

Não que não tenha lá o seu risco... acho que pode ser meio que a semente de um racismo negro (acho que essas coisas de nacionalismo vem geralmente de um complexo de inferioridade nacional anterior... meio como uma compensação), e fortalecimento para os racistas brancos convencionais (não que esso seja um caso), querendo direitos iguais de alardear superioridade e etc.



Algum dia hei de imprimir uma camisa "70% água" :D

Offline Thufir Hawat

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.881
  • Sexo: Masculino
  • It's easier to be terrified by an enemy you admire
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #17 Online: 19 de Novembro de 2007, 20:29:17 »
Algum dia hei de imprimir uma camisa "70% água" :D
:histeria:
Genial! Quero uma também.
Archimedes will be remembered when Aeschylus is forgotten, because languages die and mathematical ideas do not. "Immortality" may be a silly word, but probably a mathematician has the best chance of whatever it may mean.
G. H. Hardy, in "A Mathematician's Apology"

Narkus

  • Visitante
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #18 Online: 19 de Novembro de 2007, 20:41:00 »
Esse sistema de cotas é uma vergonha, não concordo e com certeza o racismo está aumentando por causa disso.

Compreendo o problema de ser negro em meio a esse humilhante passado ainda recente, mas este sistema de cotas é injusto, imoral.

É mais uma medida anti-meritocrata em nosso país

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.180
  • Sexo: Masculino
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #19 Online: 19 de Novembro de 2007, 20:52:42 »
Citação de: Fernando
Contudo, eu considero muito importante que grupos reprimidos precisem se afirmar na sociedade, bem aquela coisa de "100% negro", "tenho orgulho de ser gay" e tudo mais. Eles não se acham mais do que os outros, apenas dão uma mensagem à sociedade: "Eu existo e exijo que me tratem assim como tratam aos outros". Tratamento especial é que eu já acho bullshit.
E quem escrevesse um "100% branco" levava uma surra
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".
Você tá de sacanagem né? Quer dizer, é impressionante como você tem coragem de dizer que elogiar um branco é racismo e elogiar um negro é afirmação de uma grupo ou sei lá o que dessa forma tão normal...
Você está seguindo uma linha de coitadimos legítima.

Todo mundo pode elogiar (ou criticar) tanto a indivíduos brancos quanto negros, sem ser racismo. Racismo é estender a coisa ao nível racial.

Como os negros foram históricamente tidos como menos que gente, é natural que surjam essas demonstrações de orgulho, mesmo que questionáveis de um ponto de vista puramente "igualitário". Mas esse ponto de vista simplesmente ignora a história. Não dá para desconsiderar a discriminação anterior.

Não é que qualquer tipo de afirmação seja aceitável como natural, próxima de ser inofensiva. Algo como "100% negro", mais do que um orgulho racial, uma idéia de superioridade, é uma afirmação de "não-vergonha" (no bom sentido) racial. Porque não há vergonha alguma em se ser negro. Muito embora a sociedade tenha durante muito tempo dito implicitamente ou explicitamente que sim.

Já os brancos de modo geral nunca foram oprimidos por serem brancos, nunca foram um tipo de escória da sociedade, então não tem por que usar camisas ou afirmações quaisquer no sentido de que não tem nada demais em ser branco. Por que é algo meio "default". É meio evidente, ou absurdamente mais provável a ponto de ser desprezível uma hipótese diferente, que alguém que saia proferindo sobre orgulho de ser branco não acha que negros, japoneses e brancos são iguais, mas que a raça branca é superior por isso e aquilo.


Citar
Citação de: Fernando
Sim e não. A questão é que na nossa cultura ocidental os caucasianos nunca foram um grupo reprimido (talvez em alguns círculos em prisões¹).
Será mesmo?
Bah, pelo amor de deus! Não seja hipócrita!
Hipocrisia pelo que? Empregou mal o uso do termo heim...
Eu não vejo ninguém defendendo os não-caucasianos brancos depois do regime nazista. Não vejo ninguém defendendo orientais depois da propaganda contra nos EUA durante a segunda guerra mundial. Quantos mais brancos foram discriminados por fenótipos?

Mas do que está falando afinal??

Não é preciso defender "os brancos", porque os brancos são normalmente socialmente aceitos como sendo simplesmente "gente", e com os negros isso não é tão consensual.

Não se teve historicamente artigos científicos comparando brancos generalizadamente a intermediários entre primatas e humanos propriamente ditos, dizendo que tem crânios menores e etc. Os brancos também foram na maior parte da história os mais ricos e mais "civilizados", de onde também não houveram argumentações sobre serem na verdade, naturalmente selvagens, novamente, intermediários entre macacos e humanos "de verdade". Não houveram estudos ou sugestões de que seriam os brancos naturalmente mais violentos ou propensos ao crime. Ou que os brancos tivessem uma limitação de ascenção sócio-econômica em seus genes.

Os asiáticos e uns poucos brancos (irlandeses) estão num nível meio intermediário nesse tipo de "consenso social" sobre sua humanidade.

Já negros sentem maior necessidade de se defender, porque ainda não há esse consenso social, ou ao menos é ainda muito recente, sendo comparavelmente mais expressiva a dissidência do consenso.


Citar
Citação de: Fernando
Cara, na boa, nunca vi alguém dizer isso.
Com essas palavras não. Mas fica nas entrelinhas, é só ver os comentários do povo.
Quero exemplos.
Começa com o termo "dívida histórica" e termina com aquele cara que bateu no repórter Vesgo e referiu-se a brancos como "não é lugar para playboy". Quer dizer, não sei por onde começar.
Poxa, em que mundo você vive se você não vê isso? A toda hora as pessoas pedem dinheiro ou garantias por serem negras.
O noticiário da Globo, que é o que o povo vê, quando acontece um crime, é comum ouvir as referências de "esse branquelo teve todas as mordomias, merece isso...". "Eu bem que merecia esse prêmio, nasci negro..." etc...

O que não é exclusividade dos negros, afinal, teve o caso daqueles gêmeos que não conseguiram ser consensualmente negros, e estavam querendo "se passar por negros" para ter essas vantagens... e etc... "todo mundo" tenta ter suas vantagens aqui e ali, não é exclusividade dos negros. Como os negros foram historicamente discriminados, é natural que se sintam mais vítimas e queiram mais recompensas e etc. Não quer dizer que estejam corretos em todas as exigências - e é essencial lembrar que não são unânimes nem entre todos os negros, nem entre todos os brancos.

 

Citar
Citar
A questão é que não há motivos para tu precisar se afirmar branco, ao menos que seja racista. Por isso que é condenável ver alguém usando uma camisa dessas. É provocativo demais, se eu fosse negro me sentiria bem ofendido. E não venha me dizer que se ofende com uma T-shirt "100% negro".
talvez eu me sinta. senti-me mal quando ouvi que militantes da educafro entoaram "raça negra, raça forte".
Sim, e tu deve ter ficado com medo deles pegarem armas e saírem por aí matando brancos, né?
Você já ouviu falar em como gangues matam devido a cor? E não é algo que possa ser chamado de raro. A discriminação, que ocorre na maioria com brancos por serem considerados privilegiados (apesar de ser contraditório) não é em baixa escala.

Você está fazendo uma mistureba danada.

Eu não concordo com várias das políticas que visam buscar o que eu chamo de uma "igualdade estética", quebrando a isonomia legal, mas essas políticas não tem nada a ver com ódio racial de negros contra brancos. Ninguém defende que gangues de negros devessem sair matando brancos pelos brancos terem sido historicamente privilegiados ou terem tido maior sorte.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.871
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #20 Online: 19 de Novembro de 2007, 22:17:07 »
70% água é muito boa. se alguém vir vendendo, me avise.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Hugo

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.915
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #21 Online: 19 de Novembro de 2007, 22:33:46 »
Fazem que nem o Lula: ganham por se fazer de vítima, vítima da sociedade, o sofrido.

Lembram daquela história, de que o homem é discriminado, e não a mulher? Com argumentos como "o homem não pode ficar em casa sem trabalhar"?
Pois é, com a discriminação racial é a mesma coisa, é trocado mesmo, se você pensar bem.

Negros tem cotas, isso que os brancos é que devem uma dívida histórica.
"Nego" sujo é preconceito, xingar branco de filho-da-puta é dar aquilo que merece.
Um negro pobre é discriminação, um branco pobre é justiça social.

Mas sabe porque ninguém fala isso? Porque os inteligente dizem que não existe raça, não perdem tempo como eu. Eu penso igual na verdade, mas dá não para evitar de usar impulsivamente o termo "negão" quando eu e meu colega nos formamos juntos, e eu tenho que competir com 40 pessoas para entrar na faculdade e ele 4, e depois estou devendo "dívida histórica"...

Não sei quantos anos voce tem... mas ler a história é muito importante.

Se voce não se der ao trabalho de ler e entender a história dos negros, fica parecendo uma criança que acha que sempre foi assim a vida, o mundo, a cultura, etc..

Talvez seus filhos irão dizer: poxa, se eu digo " voce é um gay, por isso vou de bater" já me chamam de preconceituoso, mas se alguém diz " voce é um hetero e por isso vou de bater", fica por isso mesmo.

Espero que eles não cheguem a tanto... voce irá educá-los, tenho certeza.
"O medo de coisas invisíveis é a semente natural daquilo que todo mundo, em seu íntimo, chama de religião". (Thomas Hobbes, Leviatã)

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #22 Online: 19 de Novembro de 2007, 22:40:45 »
Citar
Mas do que está falando afinal??

Não é preciso defender "os brancos", porque os brancos são normalmente socialmente aceitos como sendo simplesmente "gente", e com os negros isso não é tão consensual.

Não se teve historicamente artigos científicos comparando brancos generalizadamente a intermediários entre primatas e humanos propriamente ditos, dizendo que tem crânios menores e etc. Os brancos também foram na maior parte da história os mais ricos e mais "civilizados", de onde também não houveram argumentações sobre serem na verdade, naturalmente selvagens, novamente, intermediários entre macacos e humanos "de verdade". Não houveram estudos ou sugestões de que seriam os brancos naturalmente mais violentos ou propensos ao crime. Ou que os brancos tivessem uma limitação de ascenção sócio-econômica em seus genes.

Os asiáticos e uns poucos brancos (irlandeses) estão num nível meio intermediário nesse tipo de "consenso social" sobre sua humanidade.

Já negros sentem maior necessidade de se defender, porque ainda não há esse consenso social, ou ao menos é ainda muito recente, sendo comparavelmente mais expressiva a dissidência do consenso.
E o que você quer fazer? Quer encontrar uma justificativa lógica para explicar porque uma ofensa racial a um negro é mais ofensivo que a um branco?
Citar
O que não é exclusividade dos negros, afinal, teve o caso daqueles gêmeos que não conseguiram ser consensualmente negros, e estavam querendo "se passar por negros" para ter essas vantagens... e etc... "todo mundo" tenta ter suas vantagens aqui e ali, não é exclusividade dos negros. Como os negros foram historicamente discriminados, é natural que se sintam mais vítimas e queiram mais recompensas e etc. Não quer dizer que estejam corretos em todas as exigências - e é essencial lembrar que não são unânimes nem entre todos os negros, nem entre todos os brancos.
E daí? A gente está discutindo se negros se comportam melhor que brancos ou se eles são privilegiados e protegidos?
Citar
Ninguém defende que gangues de negros devessem sair matando brancos pelos brancos terem sido historicamente privilegiados ou terem tido maior sorte.
E ninguém defende preconceito contra negros. Mas você continua a dizer que isso é algum motivo para tratamento especial.
Citação de: Hugo
Não sei quantos anos voce tem... mas ler a história é muito importante.

Se voce não se der ao trabalho de ler e entender a história dos negros, fica parecendo uma criança que acha que sempre foi assim a vida, o mundo, a cultura, etc..

Talvez seus filhos irão dizer: poxa, se eu digo " voce é um gay, por isso vou de bater" já me chamam de preconceituoso, mas se alguém diz " voce é um hetero e por isso vou de bater", fica por isso mesmo.

Espero que eles não cheguem a tanto... voce irá educá-los, tenho certeza.
Tá, e a que ponto você quer chegar... eu estou errado a dizer que negros são privilegiados? Você só falou que errei, mas não falou no que e onde errei.

Offline Hugo

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.915
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #23 Online: 19 de Novembro de 2007, 22:52:22 »
Citação de: Hugo
Não sei quantos anos voce tem... mas ler a história é muito importante.

Se voce não se der ao trabalho de ler e entender a história dos negros, fica parecendo uma criança que acha que sempre foi assim a vida, o mundo, a cultura, etc..

Talvez seus filhos irão dizer: poxa, se eu digo " voce é um gay, por isso vou de bater" já me chamam de preconceituoso, mas se alguém diz " voce é um hetero e por isso vou de bater", fica por isso mesmo.

Espero que eles não cheguem a tanto... voce irá educá-los, tenho certeza.
Tá, e a que ponto você quer chegar... eu estou errado a dizer que negros são privilegiados? Você só falou que errei, mas não falou no que e onde errei.

Ok, ok... O que eu quero dizer é que NÂO existe racismo em relação aos brancos e sim aos negros. Da mesma forma que NÃO existe preconceitos em relação aos heterossexuais e sim aos homossexuais.

A história está repleta de fatos sobre esse racismo e esse preconceito. 

Quais privilégios que os negros têm em relação aos brancos?

1 - Que os negros são minorias nos principais cargos em empresas? 
2 - Que são minorias nas universidades?
3 - Que são maioria nos sub-empregos (construção civil, gari, empregadas domésticas...)?
4 - Que sendo maioria em um país e NUNCA chegaram a ser presidente (EUA, Brasil, etc...)?
5 - Que são maioria nas favelas e minoria nos bairros nobres?
6 - ... etc, etc, etc...

Privilégios????? Quais????

"O medo de coisas invisíveis é a semente natural daquilo que todo mundo, em seu íntimo, chama de religião". (Thomas Hobbes, Leviatã)

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Negros não são discriminados, e sim privilegiados
« Resposta #24 Online: 19 de Novembro de 2007, 23:08:37 »
Eles tem a mesmas avaliações e ainda cotas, privilégios não faltam.
Não venha dizer que eles tem menor escolaridade, nos EUA a violência doméstica é muito maior e ninguém diz que faltou privilégios, dizem que o problema são as crenças dos grupos onde vivem.
Citar
4 - Que sendo maioria em um país e NUNCA chegaram a ser presidente (EUA, Brasil, etc...)?
Porque são países de maioria branca ou que se acredita que seja? Como explica que um oriental nunca foi eleito presidente ou governador na África?

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!