Autor Tópico: Tensão na Coréia do Norte  (Lida 73201 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1175 Online: 01 de Março de 2019, 08:24:33 »

Um exemplo é o P-8 Poseidon:


Boeing P-8 Poseidon


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa
P-8 Poisedon
Avião

Descrição
Tipo / Missão   Aeronave marítima multi-missão
País de origem    Estados Unidos
Fabricante   Boeing Defense, Space & Security
Período de produção   2009-presente
Quantidade produzida   Até janeiro de 2015, 29
Custo unitário   US$256.5 milhões e US$171.6 milhões (AF de 2013)
Desenvolvido de   Boeing 737 Next Generation
Primeiro voo em   25 de abril de 2009 (9 anos)
Introduzido em   novembro de 2013
Variantes   
P-8A Poseidon
P-8I Neptune
P-8 AGS
Tripulação   2 + 7
Notas
Dados e fontes: Ver texto



O Boeing P-8 Poseidon (anteriormente denominado Multimission Maritime Aircraft ou MMA) é uma aeronave militar desenvolvida para a Marinha dos Estados Unidos (USN). O P-8 foi desenvolvido pela Boeing Defense, Space & Security, modificado a partir do Boeing 737-800. O P-8 é uma aeronave projetada para guerra anti-submarina (ASW) de longo alcance; guerra anti-superfície; e missões de inteligência, vigilância e reconhecimento.[1]



https://pt.wikipedia.org/wiki/Boeing_P-8_Poseidon


Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.654
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1176 Online: 01 de Março de 2019, 14:58:18 »
Grandalhão e lento demais pra ser um avião espião, esse trem ai é pra caçar navio e submarino, acho que pra bisbilhotar eles ainda usam o U-2 (não a banda)

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.322
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1177 Online: 01 de Março de 2019, 15:39:17 »
Os gringos ainda usavam aviões espiões em 2005? Pensei que já eram peças de museu mesmo naquele ano.



Sim, são usados, porque:


1) Muitos países não tem mísseis capazes de abatê-los;


2) E mesmo nos casos de  alguns que tem, é possível usá-los sem que sobrevoem o território do espionado.




Valeu, realmente pensei que não eram mais usados.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1178 Online: 01 de Março de 2019, 23:06:05 »
Grandalhão e lento demais pra ser um avião espião, esse trem ai é pra caçar navio e submarino, acho que pra bisbilhotar eles ainda usam o U-2 (não a banda)


O P-8  atua sim em missões de espionagem, só que obviamente não são missões iguais as do U-2 ou do Blackbird :



Avião espião americano sobrevoa local do incidente entre navios russos e ucranianos

© Sputnik / Aleksei Kudenko
RÚSSIA

04:17 28.11.2018(atualizado 08:32 28.11.2018) URL curta
Tema: Violação da fronteira russa por navios ucranianos (55)
329
Na noite desta terça-feira (27), um avião antissubmarino Boeing P-8A Poseidon da Força Aérea dos EUA efetuou um voo de reconhecimento na região do estreito de Kerch e da península da Crimeia, informou um portal temático de monitoramento.

A aeronave, com número de bordo 168848, integra a 26ª esquadrilha de patrulhamento da Força Aérea estadunidense e se aproximou da costa da península à distância mínima de 31 quilômetro. Este tipo de avião, Boeing P-8 Poseidon, é destinado a detectar e eliminar submarinos do inimigo, efetuar ações de reconhecimento e participar de operações antissubmarino e de resgate.


​No mesmo dia, segundo afirma o portal PlaneRadar, a mesma área foi sobrevoada por um drone estratégico norte-americano RQ-4A Global Hawk, que inclusive efetuou o monitoramento da linha de demarcação em Donbass. A aeronave é capaz de patrulhar por 30 horas em seguida a altitudes máximas de 18 mil metros.

Vale ressaltar que ultimamente as atividades dos aviões e drones de reconhecimento estrangeiros perto das fronteiras russas têm crescido. Particularmente, estes têm sido detectados na região da Crimeia e de Krasnodar, bem como nas fronteiras mais ocidentais. O Ministério da Defesa russo pediu repetidas vezes Washington para pôr fim a tais operações, mas o Pentágono descartou fazê-lo.

Em 26 de novembro, a Suprema Rada (parlamento ucraniano) aprovou a imposição da lei marcial por um prazo de 30 dias, abrangendo diferentes partes do país, iniciativa que já havia sido apresentada pelo presidente Pyotr Poroshenko.

Caça-minas Kovrovets (à esquerda) e Ivan Golubets durante o Dia da Marinha da Rússia em Sevastopol, Crimeia
© SPUTNIK / ALEKSEI MALGAVKO
Consequências serão duras em caso de quaisquer provocações, assegura deputado da Crimeia
Já em 25 de novembro, três navios da Marinha ucraniana, Berdyansk, Nikopol e Yany Kapu, atravessaram a fronteira marítima da Rússia, violando dessa amaneira os artigos 19 e 21 da Convenção da ONU sobre direito marítimo. Foi comunicado que os navios respectivos haviam entrado em águas temporariamente encerradas e realizado manobras perigosas durante várias horas sem reagir às exigências das embarcações russas que acompanhavam os navios ucranianos.
Visto os marinheiros ucranianos não responderem às exigências, foi tomada a decisão de usar armas. Todos os navios da Ucrânia foram detidos aproximadamente a 20 km da costa russa e a 50 km do local habitual de passagem dos navios no estreito de Kerch por baixo da Ponte da Crimeia.

Durante o incidente, três militares ucranianos ficaram levemente feridos, mas logo receberam assistência médica e atualmente não correm risco de vida.


https://br.sputniknews.com/russia/2018112812779972-aviao-reconhecimento-eua-russia-estreito-de-kerch/



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1179 Online: 01 de Março de 2019, 23:17:55 »
Os gringos ainda usavam aviões espiões em 2005? Pensei que já eram peças de museu mesmo naquele ano.



Sim, são usados, porque:


1) Muitos países não tem mísseis capazes de abatê-los;

2) E mesmo nos casos de  alguns que tem, é possível usá-los sem que sobrevoem o território do espionado.


Valeu, realmente pensei que não eram mais usados.



 :ok:





Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1180 Online: 01 de Março de 2019, 23:18:56 »




O U-2 ainda voa?



Hoje no Mundo Militar
Publicado em 5 de jan de 2019

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1181 Online: 01 de Março de 2019, 23:31:20 »

No vídeo o Youtuber Marcelo explica bem o porquê do U-2 ainda ser útil apesar da disseminação do uso dos modernos satélites, e também informa e mostra um detalhe bem curioso do U-2 , que é uma particularidade  do pouso dele. 


« Última modificação: 02 de Março de 2019, 00:00:49 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1182 Online: 11 de Abril de 2019, 16:31:59 »
Mídia: Trump ignora conselheiros e assume pessoalmente negociações com Coreia do Norte


© REUTERS / Leah Millis

AMÉRICAS

20:30 20.03.2019URL curta192


Após a fracassada cúpula de Hanói entre os EUA e a Coreia do Norte, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assumiu o comando das negociações de desnuclearização com Pyongyang.

De acordo com funcionários do governo Trump que conversaram com a revista Time sobre o assunto, o presidente dos EUA está "colocando de lado" o enviado especial à Coreia do Norte, Stephen Biegun, e "rejeitando as advertências dos principais consultores de inteligência e política externa" que discordam de sua política continuada de negociação com o líder norte-coreano Kim Jong-un.

O presidente dos EUA Donald Trump fala com o líder norte-coreano Kim Jong-un depois de os dois líderes apertarem as mãos durante sua segunda reunião, em Hanói
© REUTERS / LEAH MILLIS

Imprensa da Coreia do Norte culpa EUA por fracasso em segunda reunião entre Trump e Kim

A revista informou que Trump desativou as tentativas de estabelecer um canal de retorno com Pyongyang através da missão norte-coreana nas Nações Unidas em Nova York, e estaria focando em negociar um acordo com Kim ao invés de ouvir conselheiros que pressionam por sanções mais duras contra a Coreia do Norte.

Segundo o artigo da Time, Trump frequentemente repete que "Kim é seu 'amigo'", mesmo diante da "avaliação unânime de várias agências de que Kim permanece comprometido com seu programa nuclear".

Trump e Kim se encontraram no final do mês passado em Hanói, no Vietnã, para uma segunda rodada de negociações de desnuclearização na península coreana. Embora Pyongyang tenha feito progressos consideráveis, as negociações naufragaram. Em coletiva após o encontro, Trump revelou que Kim exigiu a remoção de todas as sanções em troca de desmantelamento apenas parcial.



https://br.sputniknews.com/americas/2019032013531197-trump-negociacoes-coreia-norte/

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1183 Online: 11 de Abril de 2019, 16:33:23 »


O Kim está enganando o Trump,   e pelo visto o Trump ainda não descobriu isso.


 :hihi:

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.522
  • Sexo: Masculino
Re:Tensão na Coréia do Norte
« Resposta #1184 Online: 09 de Junho de 2019, 22:13:45 »
Kim Jong Un pode roubar seus bitcoins.


https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/unidade-180-a-celula-de-guerra-cibernetica-que-preocupa-o-ocidente-161601

https://www.abc.net.au/news/2017-12-20/north-korean-hackers-raiding-bitcoin-exchanges/9277044

Citar
<a href="https://www.youtube.com/v/fYy3LxdyrOM" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/fYy3LxdyrOM</a>

In recent decades, North Korea has become the real bad guy of international politics: nuclear weapons, kidnappings, arms trafficking... there’s practically no criminal activity that the North Koreans aren’t involved it.

Well, harassed by international sanctions and in need of money to develop its missile and nuclear weapons programs, the North Korean government has developed a new strategy to get all the resources it needs: cybercrime. In this video, we’ll tell you how North Korea has become home to the pirates of the 21st century.


 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!