Autor Tópico: Preconceito contra os ateus no trabalho: como sair dessa?  (Lida 12903 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline vivihud

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 11
  • Sexo: Feminino
Preconceito contra os ateus no trabalho: como sair dessa?
« Online: 29 de Janeiro de 2008, 20:39:07 »
Comecei em um novo emprego recentemente.E, para meu desprazer, tive a "feliz" notícia de que os proprietários e 99% dos funcionários são evangélicos.
Também fui informada de que duas vezes por semana,existe a oração matinal "não obrigatória",é claro! Mas,estando os propriétarios presentes,todos são obrigados, eu disse,obrigados à participarem da oração.
Logo na primeira oração de que participei,um dos funcionários me perguntou:_Você tem alguma religião? respondi que não.
_Mas,você acredita em Deus,né?
Ora,o que eu poderia dizer?A minha vontade era responder:_Sou atéia,e acho todos os cultos religiosos bobagens primitivas!
Mas,nova no emprego e principalmente,precisando muito me manter nesse emprego(pois,infelizmente não nasci milionária),respondi:
_Olha,é...bem...Deus é uma coisa que eu ainda preciso descobrir,conhecer,entende?
Resumindo:eles acharam que eu sou uma ovelha perdida,e que só preciso encontrar o caminho da salvação.
É óbvio que se eu disesse que era atéia,já seria vista como o anticristo,ou o pai da mentira em forma feminina,enviada para corromper os fiéis.
Me senti sufocada de ter de negar as minhas convicções.E,sei que seria discriminada,porque em outro emprego,cometi a ingenuidade de confessar que era atéia,e bastou para começar a discriminação,chegando à um ponto insustentável em que tive de pedir demissão.
Os religiosos podem até querer dizer que saberiam separar religião e trabalho,mas o que se pode esperar de patrões que te obrigam a orar, sem o menor respeito por suas crenças pessoais?
« Última modificação: 07 de Fevereiro de 2008, 13:18:36 por Alenônimo »
O importante é ser sempre uma metamorfose ambulante,estar sempre aberto a novas idéias e opiniões.

Offline Felius

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #1 Online: 29 de Janeiro de 2008, 20:43:16 »
Minha recomedacao: Comeca a procurar outro emprego ja. O estresse nao vale a pena, a menos que voce teja ganhando MUITO. E se tiver ganhando muito, finge que e de alguma denominacao que nao peca grana. Ou crie sua propria igreja pra dar um auxilio na renda. :roll:  :hihi: :P

Disclaimer: Apenas o primeiro conselho e serio. Conselho perde a seriedade a partir da virgula apos "pena"
"The patient refused an autopsy."

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #2 Online: 29 de Janeiro de 2008, 20:53:34 »
No meu trabalho também sou cercado de teístas todas as manhãs para uma oração matinal... o que eu faço? Baixo a cabeça e fico quietinho.... nem uma palavra...

Na única vez que me pediram pra puxar a oração foi algo mais ou menos: "Senhor, dai-nos folga no Natal, Ano novo e Carnaval, protege nosso contra-cheque contra os terriveis empréstimos e ilumine o coração do nosso comando para nos liberar mais cedo, Amen..."

Nunca mais me pediram... :lol:
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Spitfire

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.530
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #3 Online: 29 de Janeiro de 2008, 20:58:16 »
Eu me recuso a trabalhar em um lugar aonde misturam o pessoal com o profissional... isto é promiscuidade.
Em qualquer lugar aonde trabalhei nunca aceitei revelar qualquer preferência pessoal... seja política, religiosa ou sexual. Estou lá para trabalhar, tão somente, não para expor a minha vida privada.    :wink:

Eu, imediatamente, procuraria outro emprego e já anunciaria o aviso prévio obrigatório em lei.  :ok:

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #4 Online: 29 de Janeiro de 2008, 21:02:04 »
Pois é... um negócio legal que eu fiz foi depois que ouvi o Dantas contar aqui... alguém no escritório me perguntou se eu era ateu e eu respondi: "Faz diferença?" com uma cara bem inocente... cessou o assunto aí...

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Týr

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.126
  • Sexo: Masculino
  • ?
    • »Costa Advocacia«
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #5 Online: 29 de Janeiro de 2008, 21:35:02 »
Eu assumo de cara que sou ateu, trabalho numa advocacia, meus patrões são católicos fervorosos e devotos de nossa senhora, eles nunca me criticaram, mas sempre que vão se referir a todos, dizem que, mesmo sabendo que 'alguns' dizem não acreditar em deus, no fundo devem acreditar.

:lol:

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #6 Online: 29 de Janeiro de 2008, 21:44:57 »
É preferível abir o jogo antes que descubram por outros meios, te pegarem lendo Darwin por exemplo :)
Mas falando sério, essa situação é difícil para qualquer um, eu estou livre disso porque sou do setor público, então eles não podem me demitir nem que eu não queira trabalhar!!
Preconceitos exsitem sim, e muitos deles surgemo porque muitos religiosos atribuem as suas virtudes como algo inerente a sua crença.
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Týr

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.126
  • Sexo: Masculino
  • ?
    • »Costa Advocacia«
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #7 Online: 29 de Janeiro de 2008, 21:46:27 »
É preferível abir o jogo antes que descubram por outros meios, te pegarem lendo Darwin por exemplo :)
Mas falando sério, essa situação é difícil para qualquer um, eu estou livre disso porque sou do setor público, então eles não podem me demitir nem que eu não queira trabalhar!!
Preconceitos exsitem sim, e muitos deles surgemo porque muitos religiosos atribuem as suas virtudes como algo inerente a sua crença.
Concordo com tudo.

Mas vai nessa que funcionário público pode prevaricar

Offline Felius

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #8 Online: 29 de Janeiro de 2008, 21:47:38 »
A sim, se achar algum outro emprego logo, manda logo que voce tem pacto com o diabo e vai fazer um trabalho pra eles falirem. :histeria:

E sim, Dodo, voce e funcionario publico. Sua estabilidade e bem melhor que a da maioria.
"The patient refused an autopsy."

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #9 Online: 29 de Janeiro de 2008, 21:53:55 »
Concordo com tudo.

Mas vai nessa que funcionário público pode prevaricar

Eu finjo que trabalho, o governo finge que me paga e daí a gente vai levando!
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Týr

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.126
  • Sexo: Masculino
  • ?
    • »Costa Advocacia«
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #10 Online: 29 de Janeiro de 2008, 21:56:35 »
Concordo com tudo.

Mas vai nessa que funcionário público pode prevaricar

Eu finjo que trabalho, o governo finge que me paga e daí a gente vai levando!
Vixe! Você funcionário público mesmo! :lol:

Pelo menos fala igualzinho ahaha

Um dia eu entro para o seu time!

Mas conta ai, em que setor do funcionarismo público você finge que trabalha?

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #11 Online: 29 de Janeiro de 2008, 22:43:27 »
Vixe! Você funcionário público mesmo! :lol:
Mas conta ai, em que setor do funcionarismo público você finge que trabalha?

Sou funcionário administrativo de uma universidade federal aqui no paraná, a Universidade Tecnológica do Paraná.
Era lotado na Coordenação de Eletoônica, fazia manutenção nos computadores e servidores dos laboratórios. Digo fazia, porque fui chutado de lá :( :x e como estou de licença poque operei o pé, não sei para que setor eu vou.
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline vivihud

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 11
  • Sexo: Feminino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #12 Online: 29 de Janeiro de 2008, 22:57:13 »
Valeu pela dica do pacto com o diabo,Felius.Com certeza lembrarei disso quando sair daquele antro de fanáticos!
O importante é ser sempre uma metamorfose ambulante,estar sempre aberto a novas idéias e opiniões.

Offline Fabulous

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.425
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #13 Online: 29 de Janeiro de 2008, 23:12:58 »
Esses teístas são preconcetuosos de qualquer maneira. O melhor que você têm a fazer, se não quer perder o emprego, é fingir que é cristã. Diga que deus é tudo, que é isso ou aquilo... e blá, blá, blá... aquelas baboseiras toda. Eles esquecerão de você e não vão te encher mais. Ai no dia que você subir de cargo ou for chefe, fica mais facil assumir seu ateísmo e mandar todos para pqp. Enquanto isso, fingir é a melhor opção ainda, infelizmente.
MSN: fabulous3700@hotmail.com

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #14 Online: 29 de Janeiro de 2008, 23:31:20 »
Logo na primeira oração de que participei,um dos funcionários me perguntou:_Você tem alguma religião? respondi que não.
_Mas,você acredita em Deus,né?
Ora,o que eu poderia dizer?A minha vontade era responder:_Sou atéia,e acho todos os cultos religiosos bobagens primitivas!
Olha, você pode dizer que é atéia de uma forma menos ríspida. Eu diria algo como: "É... Bem, na verdade não. Estou na oração pela dinâmica de grupo, mas não se acostumem, hein?" e riria em seguida.

Depois disso, na hora da oração, eu apenas ficaria quieto em respeito à deles. Não é difícil, só calar a boca e segurar o riso! hehe

No meu antigo emprego todo mundo sabia que eu era ateu. As vezes a gente até conversava sobre isso e tal. E sempre que eu sabia que a discussão poderia descambar para algum lado ruim quando perguntavam algo, eu falava: "olha, eu adoro falar sobre isso, mas, sinceramente, duvido muito que você vá gostar de minha resposta. Então é melhor deixar pra lá". Eu nunca me senti discriminado lá... Se bem que eles só souberem que eu era ateu depois de saber que eu era bom em Delphi... hehe

Até entendo que no começo é difícil e tal, mas, sei lá, com o tempo você pega amizade e já vai até ter liberdade de zoar eles quando eles forem orar.. hehe
« Última modificação: 29 de Janeiro de 2008, 23:38:03 por Oceanos »

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #15 Online: 29 de Janeiro de 2008, 23:36:55 »
Eu assumo de cara que sou ateu, trabalho numa advocacia, meus patrões são católicos fervorosos e devotos de nossa senhora, eles nunca me criticaram, mas sempre que vão se referir a todos, dizem que, mesmo sabendo que 'alguns' dizem não acreditar em deus, no fundo devem acreditar.

:lol:
O segredo é não ficar nervoso com esse tipo de coisa. Particularmente eu nem ligo se falassem isso pra mim. E com certeza eu daria um sorriso safado se alguém me olhasse nessa hora... hehe

Offline Krebs

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 30
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #16 Online: 30 de Janeiro de 2008, 00:43:14 »

Na única vez que me pediram pra puxar a oração foi algo mais ou menos: "Senhor, dai-nos folga no Natal, Ano novo e Carnaval, protege nosso contra-cheque contra os terriveis empréstimos e ilumine o coração do nosso comando para nos liberar mais cedo, Amen..."

Nunca mais me pediram... :lol:
Saída de mestre!!  :histeria: adorei
"A única profundidade que os homens admiram numa mulher é seu decote."  Zsa Zsa Gabor

rizk

  • Visitante
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #17 Online: 30 de Janeiro de 2008, 05:07:13 »
Que pilantras... principalmente o colega prevaricador aí! Rapaz! O serviço público não é só um emprego, é DEVER CÌVICO!!!

A única vez que eu tive de falar dessas coisas no exercício do meu DEVER CÍVICO foi quando o Papa veio a São Paulo e interditaram a rua e tivemos que encerrar o expediente na hora do almoço. Mas xingueeeeeei o papa até não poder mais pra quem quer que estivesse ouvindo. "Réu preso e o papa interditando a avenida, quero ver esse Papa fazer alguma coisa pelas pessoas", etc etc. Mas xingar o papa é tão default hoje em dia que ninguém nem me olhou torto - só falaram pra eu parar de ser pau-no-cu e ir pra casa ver sessão da tarde hehe.

Colega caloura, sinceridade é sempre uma boa. Você fez bem no que disse. É muito chato essa bagunça de patrão orando e não-sei-quê, mas você tem uma oportunidade extra de interagir com seus colegas e pode aproveitar a oportunidade do convívio com os crentes pra entendê-los melhor.

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #18 Online: 30 de Janeiro de 2008, 05:36:14 »
Que pilantras... principalmente o colega prevaricador aí! Rapaz! O serviço público não é só um emprego, é DEVER CÌVICO!!!

...e que eu cumpri muito bem até então, diga-se de passagem! No momento estou há quatro meses sem trabalhar , e sem previsão de alta, por que tive de operar o pé, o problema foi descoberto em 2003 por aí, mas desde lá a situação piorou, porque a anta aqui, para não prejudicar o setor, protelou o tratamento. Havia 50% de chance do problema não evoluir, infelizmente os outros 50% tiveram de ser levados em conta.
Pois bem, um belo dia cheguei alegre e faceiro e descubro que fui expulso de meu local de trabalho, porque o laboratorista concursado estava retornando (ele estava em outro setor, fez umas denuncias e dai mandaram ele de volta para o setor de origem) e eu que estava em desvio de função, sou operador de maquinas e lavanderia, mas nunca cheguei nem perto da maldita lavanderia, iria paraa a biblioteca.
 Porque fiquei com raiva? porque por eu nao ter uma merda de diploma como aquele bande de professores imbecis ou não ser puxa-saco que nem meus colegas, agora viro tapa buraco por causa de uma administrcao incompetente.
Po.. eu me mato mais de dez anos pela escola, fazia valeta, concreto, qiuebrava parede, descarreguei caminhões de tijolos e cimento no começo das reformas.. dai vao me mudando de setor , eu vou melhorando por conta, chego ate a eletronica e visto a camisa pelo setor.. aceito um horario miseravel ..ja cheguei a trabalhar nos recessos.. aprendo sozinho mexer com linux, manutencao de computadores, cabeamento de redes, so para fazer o servico bem feito, nunca reclamei ..nao peguei as licenças a que tenho direito...nao trabalhei nos malditos vestibulares... quando a coisa e na base do voluntariado eu to la...e isso nao vale nada?
Vou pedir licenca para estudar para o vestibular.. vou me formar .. ja que um maldito diploma la coloca voce acima das pessoas, vou fazer especializacao diminuir minha carga horaria... vo estender o meu horario de cafe de cinco minutos para cinco horas no minimo.
To brabo?? não.. to puto!!!!
 :armado: :armado: :armado: :bandido: :bandido: :bandido: :bandido: :bandido: :bandido: :bandido: :diabo: :diabo: :diabo: :diabo: :caveira: :caveira: :caveira:

Por isso quando eu voltar a trabalhar ..operação tartaruga manca!!


MODIFICADO: Rizk, apesar da violência verbal do meu post, não considere um ataque...eu vi a crítica como um puxão de orelha maternal e de brincadeira. Grande parte do meu post é do tipo: agora vo fingi que sou macho e dar bordoada.
Agora que fiquei chateado com a situação ... bem, eu fiquei. Achei uma traição das pessoas que trabalhavam comigo e que tramaram isso há uns quatro meses atrás sem eu saber, insinuarem que eu me operei para não trabalhar. Isso me ofendeu e muito. :x :x :x
Conclusão a que cheguei: meu trabalho nunca foi importante!!!!  :( :(Então porque se dedicar?? :x :x
« Última modificação: 30 de Janeiro de 2008, 05:59:08 por Dodo »
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #19 Online: 30 de Janeiro de 2008, 06:38:12 »
É impressão minha ou todo servidor público passa por isso em algum momento?

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #20 Online: 30 de Janeiro de 2008, 07:24:12 »
É impressão minha ou todo servidor público passa por isso em algum momento?

Esse ódio insano? :duh: :duh: :duh:
Pelo menos umas três vezes por dia. :medo: :medo:
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #21 Online: 30 de Janeiro de 2008, 08:45:54 »
Eu também sou servidor. Eu entendo perfeitamente...

rizk

  • Visitante
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #22 Online: 30 de Janeiro de 2008, 10:23:45 »
Eu estava brincando com isso de "dever cívico", daí que não me chateio com a sua resposta - aliás, acho que tem todo o direito do mundo de ficar verde de ódio. Inclusive me fica de exemplo, que estou começando a sofrer com a tendinite e estou "dando tempo pra ver se passa".

Uma coisa muito triste é a puxação de tapete e falta de espírito de equipe. Eu em chateio porque, se estou sem coisa pra fazer (tipo agora), vou lá na mesa das colegas e faço o trabalho delas. Agora, isso é loucura minha e ninguém retorna a gentileza.

Offline Ricardo RCB.

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.226
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #23 Online: 30 de Janeiro de 2008, 10:27:00 »
Procure outro emprego, o stress não vale a pena.
“The only place where success comes before work is in the dictionary.”

Donald Kendall

Offline Mussain!

  • Contas Excluídas
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.228
  • Sexo: Masculino
Re: Preconceito contra os ateus no trabalho:como sair dessa?
« Resposta #24 Online: 30 de Janeiro de 2008, 10:28:36 »
É nessas horas que eu penso nas merdas que os teístas dizem sobre os ateus serem super preconceituosos.....

E sobre o tópico:

Diga que compartilha da mesma crença deles e ganhe seu dinheirinho, ou deixe bem claro que sua opinião sobre religião só diz respeito a vc.


Ou... manda toamar no..... :diabo: - Brincadeira.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!