Autor Tópico: O que é o Eu?  (Lida 15646 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #50 Online: 14 de Março de 2008, 09:33:34 »
Citar
Bom, não sei se vcs conseguiram chegar no ponto que eu pretendi colocar em discussão. Visto que nenhum de vcs falou a respeito do que eu disse.

Eu não acho que isso seja uma coisa fácil de compreender. Eu mesmo demorei muito tempo e apliquei esforço e energia nessa direção. Talvez pra quem lê tudo isso pareça um jogo de palavras inutil e sem sentido, até porque a compreensão não vem lendo um tópico no forum de internet.

Mas eu peço pra quem realmente estiver interessado em discutir sobre o que eu propus, que reflita e o faça, senão nem se dêem ao trabalho de postar.

Maurício, seu texto ficou incompleto, me parece que ficaria mais claro assim:

Bom, não sei se vcs conseguiram chegar [somente] no ponto que eu pretendi colocar em discussão. Visto que nenhum de vcs falou [o que eu quero ouvir] a respeito do que eu disse.

Eu não acho que isso seja uma coisa fácil de compreender[, afinal, estou falando de algo que existe somente nas nossas cacholas]. Eu mesmo demorei muito tempo e apliquei esforço e energia nessa direção. Talvez pra quem lê tudo isso pareça um jogo de palavras inutil e sem sentido, [talvez eu imagine que o foro do Clube Cético jamaaaaaais pensou nisso!] até porque a compreensão não vem lendo um tópico no forum de internet [e por isso mesmo eu deveria imaginar que a opinião dos foristas reflete muitas leituras prévias, inclusive porque muitos foristas já demonstraram bastante conhecimento nesta área].

Mas eu peço pra quem realmente estiver interessado em discutir sobre o que eu propus [e tiver as mesmas opiniões do que eu], que reflita e o faça, senão nem se dêem ao trabalho de postar [discordando de mim].

Não é bem não ;)
Isso que eu estou querendo discutir não é um conceito meu, eu estou colocando o meu ponto de vista sobre um conceito que existe em varias areas do conhecimento humano, principalmente na filosofia e na religião. Só que como eu falei, estamos aqui tentando analisar a perspectiva do Eu a partir do próprio individuo, indo de dentro até a própria essência. Como vc pode ver a maioria das coisas que postaram não foi relevante a esse ponto. O Dr. Manhattan postou o ponto de vista cientifico, mas não é desse ponto que eu quero partir, como já falei. Isso é algo bastante subjetivo e pessoal, e os reinos internos estão longe do alcance da ciência, mas isso não faz deles inexistentes também.

O tópico está aberto para qualquer um postar o que acha, independe se concorda comigo ou não, o que importa é a relevancia com o tema proposto.
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #51 Online: 14 de Março de 2008, 09:38:06 »
hmm
oi oi.
Vou deixar aqui 2 links que talvez possam deixar um pouco mais claro o conceito do Eu que o Mauricio está propondo aqui.

sobre Meditação e Projeção Astral:
http://video.google.com/videoplay?docid=7939505976833408618&q=proje%C3%A7ao+astral&total=47&start=0&num=10&so=0&type=search&plindex=0
-> achei mto engraçado o sotaque do narrador, acho que é indiano :hihi:

texto de teosofia sobre Os sete princípios do homem
http://www.theosophy.ca/theosophical.ws/Portuguese/SetePrincipios.htm

Devo dizer que assistir o vídeo ou ler o texto  sugerido pode ser uma tarefa bastante penosa pra quem acredita que nada disso é possível.
De qualquer maneira, eu considero o conteúdo interessante, o difícil é a parte prática.
Se eu entendi direito o que o Maurício está dizendo( é mais ou menos o que mostra o vídeo também), uma maneira de obter essa percepção do Eu seria a meditação.
Maurício, quando eu me sentir disposto vou dar uma olhada na seção Iniciando a Meditação do site que voce recomendou.


Pois é amigo, o interessante é sempre olhar e analisar sem acreditar ou desacreditar, só observar o que está sendo discutido e refletir a respeito. Como eu falei antes, assistir videos, ler livros ou coisas do genero, ajudam a nos mostram o que alguns conseguiram ver por si mesmos, e que nós, por ignorância, não conseguimos ainda.

Mas como eu também falei antes, e que infelizmente alguns aqui ficaram ofendidos, é que só ler ou assistir videos não adianta nada, porque todo esse conhecimento vai ficar no nivel superficial, no nivel da mente. A pratica é MUITO mais importante que qualquer outra coisa, isso não é um conhecimento para vc ler e pronto, o grande lance é aplica-lo na sua ver e ver o que acontece, essa é a diferença entre conhecer de maneira intelectual e VIVER o conhecimento.

Abraços.
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Iconoclasta SP

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
  • Sexo: Masculino
Re: O que é o Eu?
« Resposta #52 Online: 14 de Março de 2008, 12:41:48 »
Eu prefiro não saber o que é o EU do que "descobrir" isso com a cabeça cheia de Santo Daime.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #53 Online: 14 de Março de 2008, 12:45:13 »
Eu prefiro não saber o que é o EU do que "descobrir" isso com a cabeça cheia de Santo Daime.


Nunca tomei Ayahuasca, mas morro de vontade :D :D
Bom, mas vc não precisar de enteogeno nenhum para descobrir o Eu. Os monges budistas que o digam.
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Iconoclasta SP

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 376
  • Sexo: Masculino
Re: O que é o Eu?
« Resposta #54 Online: 14 de Março de 2008, 12:46:48 »
Mas aí perde-se a melhor parte...

Eu prefiro não saber o que é o EU do que "descobrir" isso com a cabeça cheia de Santo Daime.


Nunca tomei Ayahuasca, mas morro de vontade :D :D
Bom, mas vc não precisar de enteogeno nenhum para descobrir o Eu. Os monges budistas que o digam.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #55 Online: 14 de Março de 2008, 12:49:57 »
Mas aí perde-se a melhor parte...

Eu prefiro não saber o que é o EU do que "descobrir" isso com a cabeça cheia de Santo Daime.


Nunca tomei Ayahuasca, mas morro de vontade :D :D
Bom, mas vc não precisar de enteogeno nenhum para descobrir o Eu. Os monges budistas que o digam.

Acredito que no caso dos budistas seja "melhor" ainda ( como se isso fosse uma questão de melhor ou pior ). Porque eles atingem niveis muito mais profundos que usando qualquer substancia. A substância também limita, mas ela mostra coisas uteis que podem dar um impulso gigantesco para quem deseja se conhecer.
Mas sem meditação, não adianta tomar 10 litros de Daime por dia que não vai resolver nada.
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #56 Online: 14 de Março de 2008, 12:53:54 »
É muito fácil também papagaiar sobre o que não se conhece.
Vc não nunca tomou Daime, nem sabe o que rola.
Nunca entrou em estado de meditação profunda também, nem sabe o que rola.

Ficar nessa falação superficial não resolve nada.
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #57 Online: 14 de Março de 2008, 19:49:25 »
Nunca tomei Ayahuasca, mas morro de vontade :D :D

Sério?  Eu não entendo o que poderia motivar alguém a fazer uma coisa dessas.

Citar
Bom, mas vc não precisar de enteogeno nenhum para descobrir o Eu. Os monges budistas que o digam.

Os monges que seguem a religião que tem como uma de suas premissas Anatta, ou seja, "Não-eu"? :)
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #58 Online: 14 de Março de 2008, 19:58:06 »
Sério?  Eu não entendo o que poderia motivar alguém a fazer uma coisa dessas.

Serio ;) Nós somos diferentes né, eu tenho os motivos que me motivam a fazer uma coisa como essas.

Citar
Os monges que seguem a religião que tem como uma de suas premissas Anatta, ou seja, "Não-eu"? :)

Pois é, mas isso está muito além do Eu, esse conhecimento se dá em niveis. o Eu está em um nivel inferior, mas é até aonde minha imaginação consegue ir por enquanto. Talvez o Absoluto seja o Não-Eu. Mas não da para especular o inconcebivel, só experimentando mesmo.
« Última modificação: 14 de Março de 2008, 20:01:16 por Mauricio Rubio »
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #59 Online: 14 de Março de 2008, 20:01:01 »
Eu realmente não entendo.  E confesso que não vejo motivo para tentar.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #60 Online: 14 de Março de 2008, 20:02:01 »
Eu realmente não entendo.  E confesso que não vejo motivo para tentar.

Mas você sabe do que se trata não?
Qual é o problema de experimentar e ver o que acontece?
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #61 Online: 14 de Março de 2008, 20:10:59 »
Não, não sei "do que se trata"; de fato, como eu disse, não vejo sentido algum nessa atração por enteógenos como o Daime.

PRINCIPALMENTE em um contexto budista; por um motivo os Preceitos incluem não nos intoxicarmos.

E isso de "descobrir o Eu", então, mal faz qualquer sentido.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #62 Online: 14 de Março de 2008, 20:16:01 »
Não, não sei "do que se trata"; de fato, como eu disse, não vejo sentido algum nessa atração por enteógenos como o Daime.

PRINCIPALMENTE em um contexto budista; por um motivo os Preceitos incluem não nos intoxicarmos.

E isso de "descobrir o Eu", então, mal faz qualquer sentido.

Bom, eu nunca disse que era budista ;)
Além do mais, existe uma ENORME diferença entre enteogenos e "intoxicantes".

Até os Vedas falam sobre enteogenos, isso esteve muito presente na cultura oriental desde a antiguidade.

E quanto ao Eu, eu estou questionando para poder descobrir mais a respeito. Comparado aos sábios, a minha sabedoria está perto do zero. Mas eu busco o saber, só que eu faço do meu jeito, talvez eu entre em caminhos errados, mas é errando que se aprende.

Abraços.
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #63 Online: 14 de Março de 2008, 20:20:42 »
Bom, eu nunca disse que era budista ;)

Mas se dispõe a fazer declarações sobre o que eles experienciam e por que, o que é mais comprometedor ainda.

Citar
Além do mais, existe uma ENORME diferença entre enteogenos e "intoxicantes".

Sério?  E qual seria?  Não vejo nenhuma.

Citar
Até os Vedas falam sobre enteogenos, isso esteve muito presente na cultura oriental desde a antiguidade.

Sim, é antigo.  Não deixa de ser se drogar por isso.

Citar
E quanto ao Eu, eu estou questionando para poder descobrir mais a respeito. Comparado aos sábios, a minha sabedoria está perto do zero. Mas eu busco o saber, só que eu faço do meu jeito, talvez eu entre em caminhos errados, mas é errando que se aprende.

Só um tolo entra em um caminho que claramente é errado.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #64 Online: 14 de Março de 2008, 20:31:57 »
Mas se dispõe a fazer declarações sobre o que eles experienciam e por que, o que é mais comprometedor ainda.

Faço sim, sempre deixando bem claro que é uma opinião minha.

Citar
Sério?  E qual seria?  Não vejo nenhuma.

Eu vejo, provavelmente porque estou mais em contato com esse mundo do que você.
Essa é uma opnião minha também, se vc pensa diferente eu aceito sua opnião.

Citar
Sim, é antigo.  Não deixa de ser se drogar por isso.
Se vc prefere jogar os enteogenos e as drogas tudo no mesmo saco o problema é seu, mas saiba que existe uma enorme diferença, mesmo que eles possam ser considerados "drogas" também.

Citar
Só um tolo entra em um caminho que claramente é errado.

Bom, pra mim não é claro. Se for tão claro assim tenho certeza que vou descobrir por mim mesmo, e além do mais, Daime não é algo que se utiliza sempre ou pela vida inteira. Talvez uma unica vez seja o suficiente.

Abraços.
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #65 Online: 14 de Março de 2008, 20:39:53 »
Alucinação é alucinação, Maurício.  Eu não vejo necessidade alguma de complicar algo tão simples e auto-evidente.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #66 Online: 14 de Março de 2008, 20:42:06 »
Alucinação é alucinação, Maurício.  Eu não vejo necessidade alguma de complicar algo tão simples e auto-evidente.


O propósito do enteogeno não é alucinar Luis, é promover o insight ...
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #67 Online: 14 de Março de 2008, 20:43:11 »
O que não faz sentido algum, claramente.

Não vai ser uma substância que tornará alguém capaz de insight.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #68 Online: 14 de Março de 2008, 20:44:19 »
O que não faz sentido algum, claramente.

Pra você né?

Desculpa Luis, mas eu posso te falar isso por experiência própria.

Além do que o uso de enteogenos é difundido em varias culturas, cada um tem sua forma de ver o mundo cara.
Esse pode não ser o melhor jeito, mas é o jeito de alguns.

Vc tb não pode criticar de fora, porque vc não sabe o que rola sem ter a experiência por si mesmo.
« Última modificação: 14 de Março de 2008, 20:46:46 por Mauricio Rubio »
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #69 Online: 14 de Março de 2008, 20:54:24 »
Citar
Pra você né?

Para mim também, sim.  Como para qualquer pessoa.

Citar
Desculpa Luis, mas eu posso te falar isso por experiência própria.

Você espera MESMO que eu - que ALGUÉM leve a sério a alegação de que uma substância te ajuda a "ter insights"?  E ainda por cima que isso é algo bem diferente de um alucinógeno?

Citar
Além do que o uso de enteogenos é difundido em varias culturas, cada um tem sua forma de ver o mundo cara.
Esse pode não ser o melhor jeito, mas é o jeito de alguns.

O que não quer dizer nada; muita gente se prejudica e se ilude de várias outras formas também.  Você fala como se "ser difundido em várias culturas" tivesse algum valor na defesa da sua alegação; não tem.

Citar
Vc tb não pode criticar de fora, porque vc não sabe o que rola sem ter a experiência por si mesmo.

Claro que posso.  Não é preciso "ter a experiência" para saber que o que eu ou você somos não muda de nenhuma forma significativa simplesmente porque fumei ou ingeri alguma coisa.
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline Mauricio Rubio

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.019
  • Sexo: Masculino
  • Beyond Good and Evil
Re: O que é o Eu?
« Resposta #70 Online: 14 de Março de 2008, 23:43:31 »
Citar
Para mim também, sim.  Como para qualquer pessoa.

Como assim para qualquer pessoa? As pessoas são diferentes Luis, e elas tem opniões diferentes sobre as coisas, se vc acha isso, ok, sem problemas, mas eu penso diferente.

Citar
Você espera MESMO que eu - que ALGUÉM leve a sério a alegação de que uma substância te ajuda a "ter insights"?  E ainda por cima que isso é algo bem diferente de um alucinógeno?
Na verdade eu não espero nada, eu só estou colocando o meu ponto de vista, que por sinal é de algum valor, visto eu tenho alguma experiência no assunto.
A questão principal é que não é só a substância em si que "ajuda" a ter insights. Os enteogenos são coisas muito pessoais, e a experiência vai depender totalmente da pessoa e do contexto no qual ela está sendo utilizada. Um cara que tomá chá de cogumelo só pra ficar doidão e pirar é diferente de alguem que busca alguma coisa e pratica no dia a dia, mas também tem curiosidade sobre essas experiencias.
Eu sei que essa não é a melhor maneira de se atingir um grau de consciência elevado, mas isso também não descarta a possibilidade de que pode ajudar em algum sentido. É dificil falar assim pra alguem que eu nem conheço, não dá pra mostrar o meu ponto de vista, mas eu acho que cada um tem seu caminho, e se nós conseguirmos aprender de algum jeito, já é valido. Tem pessoas que não usam droga nenhuma e vivem na mais completa ignorancia, por causa desses dogmas que nós colocamos como barreiras sobre o que nós desconhemos.

Citar
O que não quer dizer nada; muita gente se prejudica e se ilude de várias outras formas também.  Você fala como se "ser difundido em várias culturas" tivesse algum valor na defesa da sua alegação; não tem.
Não tem valor nenhum realmente, escrevi isso meio na pressa, mas existem culturas onde os enteogenos são parte essêncial como no xamanismo por exemplo, e com certeza eles tem muito mais conhecimento de Si do que essa cultura de consumo ridicula.
« Última modificação: 14 de Março de 2008, 23:47:33 por Mauricio Rubio »
"Para quem a agitação não existe,
e para quem ser/existir e não ser/existir
    estão superados,
ele é alguém – que está além do medo,
        feliz,
       sem angústia,
a quem os devas não podem ver"

Buda Sakyamuni

Offline Luis Dantas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.195
  • Sexo: Masculino
  • Morituri Delendi
    • DantasWiki
Re: O que é o Eu?
« Resposta #71 Online: 15 de Março de 2008, 02:54:35 »
Não importa quantas vezes eu ouça essa conversa, ela continua me parecendo inacreditável; eu sei que existe quem veja sentido nela, mas não consigo imaginar que fenômeno poderia levar a esse estado de coisas.

E não, não tenho NENHUMA curiosidade; certas coisas não tem mistério nenhum, são simplesmente esquisitas. :)
« Última modificação: 15 de Março de 2008, 03:01:19 por Luis Dantas »
Wiki experimental | http://luisdantas.zip.net
The stanza uttered by a teacher is reborn in the scholar who repeats the word

Em 18 de janeiro de 2010, ainda não vejo motivo para postar aqui. Estou nos fóruns Ateus do Brasil, Realidade, RV.  Se a Moderação reconquistar meu respeito, eu volto.  Questão de coerência.

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.929
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re: O que é o Eu?
« Resposta #72 Online: 16 de Março de 2008, 11:49:31 »
O que não faz sentido algum, claramente.

Não vai ser uma substância que tornará alguém capaz de insight.

Por quê não ?
Por quê as pitonisas exalavam os vapores (tóxicos) da montanha para faer as suas predições ?
Por quê associamos psicotrópicos com experiências religiosas ?

A falta de substância alguma também provoca estados similares, e por isso o jejum.

Então há sim uma conexão entre psicotrópicos, experiência pessoal a partir das alucinações provindas do fato de ter tomado a substância, e experiências religiosas.

Isso é imagino, mais velho que qualquer religião.

--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.929
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re: O que é o Eu?
« Resposta #73 Online: 16 de Março de 2008, 11:50:36 »
Não importa quantas vezes eu ouça essa conversa, ela continua me parecendo inacreditável; eu sei que existe quem veja sentido nela, mas não consigo imaginar que fenômeno poderia levar a esse estado de coisas.

E não, não tenho NENHUMA curiosidade; certas coisas não tem mistério nenhum, são simplesmente esquisitas. :)

Você não consegue, mas se há mais de uma pessoa que já te planteou isso, não é tão impensável assim.
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.929
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re: O que é o Eu?
« Resposta #74 Online: 16 de Março de 2008, 11:51:53 »
Não é bem não ;)
(...)

Tá bom, desculpe a brincadeira. Vamos começar de novo ... deixe-me tentar de novo,... deixe-me tentar mais uma veeeeez, deixe-me tentar de nooooooooovooooooo (estou cantando).
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!