Autor Tópico: Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)  (Lida 197508 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.136
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #350 Online: 14 de Janeiro de 2012, 23:55:45 »
Sério que esse assunto vai se espalhar e contaminar todos os tópicos?

Pois é...isso já está ficando chato.

Snow, pelo seu amor à Ciência, você poderia dar um curso rápido de metodologia científica a esses novatos.

Please.  :lol:
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline SnowRaptor

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.962
  • Sexo: Masculino
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #351 Online: 14 de Janeiro de 2012, 23:57:11 »
No momento ando ocupado fazendo ciência...
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.136
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #352 Online: 15 de Janeiro de 2012, 00:02:14 »
[...]
E por que você faz excessão ao ocultismo?

E ao panteísmo?

Panteísmo, até entendo, mas o ocultismo tem algumas características animistas e a rosacruz incorporou muitos princípios do ocultismo, e o próprio ocultismo pode ter orientação panteísta. Dá a impressào que ele não sabe a diferença.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.136
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #353 Online: 15 de Janeiro de 2012, 00:03:23 »
No momento ando ocupado fazendo ciência...

ok. está desculpado.  :hihi:
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline genjikhan

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 508
  • Sexo: Masculino
  • Razão+imparcialidade= espirito livre
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #354 Online: 15 de Janeiro de 2012, 01:03:25 »
Sobre o Panteísmo e Ocultismo(que aparenta ser um grupo panteísta ou animista),a definição que eles dão à "deus" é muito vaga e por causa disso exigir evidências ciêntificas dessa gente é inútil . E 'validação cientifica' nada mais é do que uma teoria sustentada pelo método cientifico .
"Não há fatos eternos,assim como não há verdades absolutas" - Friederich Nietzsche

"Os males de que padece o ser humano vêm em seu maior número,vêm dele mesmo" - Plínio

"Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão" - Lao Tsé

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.136
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #355 Online: 15 de Janeiro de 2012, 01:18:54 »
Sobre o Panteísmo e Ocultismo(que aparenta ser um grupo panteísta ou animista),a definição que eles dão à "deus" é muito vaga e por causa disso exigir evidências ciêntificas dessa gente é inútil . E 'validação cientifica' nada mais é do que uma teoria sustentada pelo método cientifico .

O que vem se cobrando aqui são evidências para os supostos poderes paranormais dos rosacruzes e não evidências para a existência do deus que eles apregoam. Leia o tópico, você vai descobrir que o rosacrucianismo não é uma religião e oficialmente nem se propoem a isso na medida em que reune pessoas de diferentes credos e religiões. Digo oficialmente, porque na prática, com a evolução nos graus da ordem, ela se revela francamente direcionada para a teosofia de Blavatksy e incorpora toda a churumela da Grande Fraternidade Branca doTibet e seus mestres invisíveis.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline livrepensador

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 5
  • Sexo: Masculino
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #356 Online: 15 de Janeiro de 2012, 16:10:30 »
Bem vindo livrepensador.

Obrigado, não estava conseguindo localizar o tópico de apresentação.

Compreendo e peço desculpas. Não foi minha intenção ofender qualquer corrente de pensamento nem sugerir abandonarem o ceticismo, pelo contrário: recomendei como quem recomenda um livro, ou seja, não pedindo para gostar, nem concordar, apenas conhecer. Também, é claro, não quis generalizar. Percebi que alguns que participam aqui foram rosacruzes, outros que ouviram falar ou parecem ter tido experiências completamente diferentes da minha. Evitarei algo assim novamente.

Procuro manter a mente aberta e evitar qualquer tipo de conclusão sem reflexão. Espero aprender com vocês, também.

abraços.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.220
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #357 Online: 15 de Janeiro de 2012, 17:27:59 »
Bem vindo livrepensador.

Obrigado, não estava conseguindo localizar o tópico de apresentação.

Compreendo e peço desculpas. Não foi minha intenção ofender qualquer corrente de pensamento nem sugerir abandonarem o ceticismo, pelo contrário: recomendei como quem recomenda um livro, ou seja, não pedindo para gostar, nem concordar, apenas conhecer. Também, é claro, não quis generalizar. Percebi que alguns que participam aqui foram rosacruzes, outros que ouviram falar ou parecem ter tido experiências completamente diferentes da minha. Evitarei algo assim novamente.

Procuro manter a mente aberta e evitar qualquer tipo de conclusão sem reflexão. Espero aprender com vocês, também.

abraços.
A mim não me pareceu realmente que sua sugestão soasse como proselitismo ou qualquer outro possível excesso. De fato, científicamente falando sua admoestação foi positiva,  propositiva e totalmente procedente!
Até onde eu sei eu não sei.

Offline lusitano

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.886
  • Sexo: Masculino
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #358 Online: 16 de Janeiro de 2012, 07:28:24 »
"Gigaview" - escreveu:

Citar
O que vem se cobrando aqui são evidências para os supostos poderes paranormais dos rosacruzes e não evidências para a existência do deus que eles apregoam. Leia o tópico, você vai descobrir que o rosacrucianismo não é uma religião e oficialmente nem se propoem a isso na medida em que reune pessoas de diferentes credos e religiões. Digo oficialmente, porque na prática, com a evolução nos graus da ordem, ela se revela francamente direcionada para a teosofia de Blavatksy e incorpora toda a churumela da Grande Fraternidade Branca doTibet e seus mestres invisíveis.

São uma subespécie de maçónicos... Não? :| :arrow: :idea:

cepticamente - artur
Vamos a ver se é desta vez que eu acerto, na compreensão do sistema.

_______________________________________
Especulando realismo fantástico, em termos de
__________________________
paralogismo comparado - artur.

Offline Vento Sul

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.728
  • Sexo: Masculino
  • Os lábios são as primeiras barreiras
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #359 Online: 17 de Janeiro de 2012, 20:46:21 »
... Esse negócio que tal fulano era isso, era aquilo... principalmente os famosos, hummm isso é muito duvidoso, nem a vida das personalidades de hoje é o livro aberto que parece. Acho que tem muita gente acreditando na história do faz de conta.
« Última modificação: 17 de Janeiro de 2012, 20:55:07 por zambest »
.
.
Resumindo: Ou acreditamos em mágica ou não!
 
 
 
 .

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #360 Online: 01 de Abril de 2015, 17:01:50 »
Saudações! Assim como vocês, também me rotulo como um cético, mas para mim lá no fundo isso é pura bobagem. Ser um cético é mais um rótulo que criamos para nos colocar como pessoas especiais, acima dos outros que não passam de uma pobre ralé de otários crédulos que são facilmente ludibriados por toda sorte de lunáticos fanáticos. Ora, a crítica que vocês fizeram sobre as pessoas que frequentam ordens iniciáticas terem o intuito de ganharem títulos para se sentirem especiais serve também para nós, os céticos de plantão. Aliás, quem não quer se sentir especial, acima dos demais? Com certeza será um hipócrita quem disser que não.
Bom, comecei polemizando, mas isso é só um petisco. Encontrei este fórum já muito tarde porque eu estava pesquisando sobre Spencer Lewis ser um falsário. Pena que a discussão aqui parece ter arrefecido, pois gostaria de fazer algumas considerações que refutam tudo o que disseram a respeito da AMORC. Eu me afiliei na AMORC em 2001 e fiquei somente alguns meses com eles, mas foi o suficiente para ter uma ideia do que eles estudam por lá. Como sempre gostei, devido a uma curiosidade insaciável, de assuntos como os rosacruzes, alquimia e paranormalidade, recentemente senti vontade de me reintegrar a ordem. Tive então a ideia de localizar antigas pessoas que eu sabia que eram bem ativos lá e consegui achar seus números de telefone. Como a discussão aqui é sobre os segredos da AMORC e seus prováveis poderes, prestem bem atenção ao meu relato. Bom, primeiro pedi para minha mulher ligar para um casal que era bem ativo lá (e que ainda é pelo que fiquei sabendo depois), que faz anos estudam os ensinamentos da AMORC, mas antes de ligar minha mulher estava receosa porque tinha quase certeza que eles não iriam se lembrar de nós, afinal, faz 14 anos que não tínhamos contato e como eu disse anteriormente, ficamos com eles apenas alguns meses. Assim que ela ligou e se identificou para o antigo membro ficamos surpresos, já que ele lembrou sem titubear quem era a gente e até citou detalhes muito específicos sobre a gente. Ora, me considero, e outros também me consideram, como uma pessoa de ótima memória e ainda sou membro da Mensa Brasil, mas mesmo assim confesso a vocês que não recordava tão bem daquela ocasião quanto este membro demonstrou recordar. Depois foi a vez de eu pessoalmente ligar para um outro membro que também tinha anos de AMORC. Perguntei se ele se lembrava de mim e novamente este nem hesitou e também citou detalhes pessoais. Percebam, eu mal lembrava os nomes deles, mas eles conversaram comigo como se fosse ontem que tínhamos nos visto. Ou esse pessoal tem uma intuição aflorada ou tem uma memória prodigiosa, muito melhor do que a minha que é considerada fantástica.
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #361 Online: 01 de Abril de 2015, 17:02:38 »
Quanto a tudo que vocês disseram aqui, eu acho que não passa de dor de cotovelo. Eu acho que vocês no fundo morrem de vontade de fazer parte de alguma ordem secreta e ter acesso aos seus segredos, mas por falta de determinação seus anseios fracassaram e para compensar a frustração vocês ficam aí atacando quem está conseguindo se manter na senda do conhecimento oculto. Senão, por que cargas d’água vocês passariam mais de um ano discutindo isso aqui. A impressão que passa é que vocês dão importância demais a algo que consideram inútil e bobo. Por exemplo, eu abomino a música sertaneja, porém eu nunca iria perder meu tempo discutindo mais de um ano se essa “música” presta ou não presta. Eu simplesmente ignoro isso porque tenho certeza que é ruim e vou escutar a minha música clássica. Eu nem dou trela quando alguém diz que ama esse estilo, eu só fico pensando como tenho pena dessa pessoa e deixo para lá. Entretanto, eu vi aqui verdadeiros tratados e teses. Acho que no fundo vocês amam assuntos como sociedades secretas, mas não querem admitir por medo de serem taxados de crédulos otários pelos amigos que também se dizem céticos. O problema foi vocês terem criado e imposto esse rótulo para vocês. Sei por experiência própria do que estou falando. Temos que manter a bandeira erguida. Nossos egos de seres superinteligentes não suportariam passar por ridículo, e no final quem ganha mesmo são os que tiveram a coragem de estudar o ocultismo a sério. Eles estavam certo mesmo, o conhecimento arcano só é passado para os que possuem uma grande vontade. Somos uns fracos e covardes. Valorizamos tanto o método científico, mas nos recusamos covardemente em conhecer a fundo os segredos ocultos. O que eu quero dizer é que vocês levantaram um tópico sobre a AMORC e seus segredos, então se querem honrar a proposta sugiro que se afiliem nesta instituição e estudem e pratiquem seriamente todos os seus ensinamentos até o fim para aí sim chegarem a uma conclusão, já que FALAR É FÁCIL DEMAIS (falar sem conhecimento de causa é mais fácil ainda). Isso sim é o MÈTODO CIENTÍFICO. Temos que conhecer o assunto na prática, testar e fazer experimentos, não é mesmo? Eu não ganhei nada em ficar falando por aí que sou cético e ateu, só perdi com isso. No fim das contas, esse pessoal aí tá muito mais feliz do que a gente.
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #362 Online: 01 de Abril de 2015, 17:04:01 »
Tenho a devida coragem de declarar aqui que já tive experiências com o paranormal e farei um relato breve de algumas dessas situações. Numa ocasião, na época em que eu estava na AMORC, eu me encontrava na casa da minha sogra e estava sentado numa mesa de frente a minha cunhada. Eu estava inocentemente brincando de esticar uma liguinha na base de um copo de chop, desses bem altos. De repente, para a minha surpresa, a liguinha penetrou no copo como se tivesse atravessado o vidro. Minha cunhada viu e me olhou espantada (eu tinha fama de paranormal com a família da minha mulher). Ora, como um cético pode explicar que uma liguinha que estava de fora do copo e bem na base dele de repente penetra no mesmo? Noutra ocasião, nessas mesmas épocas de estudos místicos, eu havia ido embora da casa da minha sogra com bastante raiva (bastante mesmo) porque tinha brigado feio com ela. Então eu peguei uma caixa de fósforos para acender um cigarro e quando encostei o palito na lixa ele acendeu com um fogo muito brusco. Eu me recordo perfeitamente que mal tinha encostado o palito na lixa, ou seja, nem usei força. Ainda nesta mesma época fui com dois membros da AMORC de madrugada na casa de um deles para buscar um livro que revelava a tão famosa palavra perdida. Nessa época meu entusiasmo pelos segredos do ocultismo era tanto que cruzamos a cidade inteira a pé de madrugada somente para ter acesso ao tal livro. Minha cidade é considerada muito perigosa, mas estávamos convencidos que nada de ruim iria nos acontecer devido a uma proteção sobrenatural e realmente nada nos aconteceu, mas quando voltei para casa com o dito livro, na hora em que entrei na sala de leitura e acendi a luz para ler, ouvi um estalido na lâmpada e ela se queimou. Foi assustadora essa experiência, pois a minha mulher estava muito impressionada quando cheguei em casa de madrugada após uma longa caminhada perigosa.
Quanto a minha mulher, nós dois estamos convencidos de que compartilhamos de uma certa telepatia, pois são inumeráveis as vezes que ela ou eu pensamos em alguma comida, alguma pessoa ou alguma música e de repente o outro já está sentindo exatamente a mesma coisa. Uma vez eu estava no banho e ela chegou dizendo a que sua irmã havia conhecido um cara, daí me veio um nome na mente e eu perguntei a ela: o nome dele é Leonardo? E ela respondeu espantada que sim. Não havia meios de eu saber disso, nenhuma dica foi dada, ela simplesmente falou “minha irmã conheceu um rapaz” e a intuição me veio. Teve uma vez que sonhei que tinha quebrado o fêmur da perna direita. Nunca havia sonhado com isso, foi a primeira e única vez. Foi um sonho bem ruim. Quando minha mulher foi me acordar ela colocou a mão exatamente sobre o fêmur que estava quebrado no meu sonho e disse assim: e este ossão aí? Agora quero ver que explicação vocês darão a isso: uma vez estava jogando videogame, fazia muito tempo que não jogava e era o game do Moscou contra 007 do PS2. Eu quis jogar nesse dia porque estava numa fase de entusiasmo por James Bond. Então, uma parte do jogo se passa em Istambul e eu estava adorando a sensação de jogar nessa fase. Lembro que ficava pensado a todo o momento e repetindo na minha cabeça, “como é bom passear nas ruas da antiga Bizâncio”. Fiquei muito com esse nome Bizâncio na minha cabeça quando a minha mulher chega do trabalho exatamente nessa hora em que eu estava nessa fase. Sabem o que ela falou então? “Bem cadê você?” Quando ela me viu disse então: “o que você está fazendo, bizantino?” e ficou me chamando de bizantino por um tempão. Percebam, ela nunca me chamou disto e nem sabia que jogo estava jogando. Não havia nenhum meio dela saber que neste exato momento eu estava jogando nas ruas da antiga Bizâncio. Nenhuma dica foi dada e eu nem havia falado nada, mas ela ficou me chamando pela primeira e única vez de nossa vida de casados de bizantino. Como vocês explicam isso? Espero que tenha sido suficientemente claro.
Tive outras experiências paranormais na atual casa em que resido. Em determinada ocasião, estava escrevendo um livro que me consumia muito. Numa noite, quando eu achava que estava ficando louco (eu estava na beira do precipício) eu abri a janela de madrugada, fitei o firmamento e clamei por algum sinal senão iria cometer uma grande besteira. Foi aí que neste exato momento algo aconteceu. No corredor externo, ao lado da janela onde eu estava, de repente explodiu uma luz bem na minha frente. O estouro fez barulho e foi bem luminoso. Isso se deu no exato momento em que pedi por um sinal. Eu estava bem mal e lembro que me concentrei com bastante vontade antes disso acontecer. Isso se deu numa época em que estava estudando ufologia a fundo, a fundo mesmo. Minha mulher e eu dormíamos na sala com as luzes acesas de tanto medo por causa dos relatos de abduções que eu estudava. Fui fundo demais no lado mais pesado e negativo da ufologia, daí começaram a acontecer umas pancadas na porta de vidro que separa a copa do quintal. As pancadas eram como porradas na porta, eram muito fortes e costumavam acontecer sempre numa mesma hora da noite. Numa dessas ocasiões, todos os nossos gatos estavam dormindo na sala conosco, por tanto não tinha como ter sido algum deles quando novamente houve essa porrada na porta. Nessa hora todos os gatos acordaram assustados, bem como a minha mulher e eu. Isso serviu para demonstrar que não se tratou de uma alucinação minha. Depois que eu vi que este assunto estava me fazendo mal, eu me livrei de todo material ufológico que tinha aqui e abandonei totalmente os estudos. Ao mesmo tempo as pancadas se acabaram e nunca mais houve nada de estranho aqui. Em todos os anos que moro aqui nesta casa, isto aí só aconteceu na época em que estava no auge dos meus estudos ufológicos.
Enfim, acho que tenho um certo dom para a paranormalidade. Pessoas próximas a mim já notaram isso. Porém eu nunca me exercitei nessas faculdades como se exercita um músico ou um atleta. Espero ainda sair do ócio e praticar para ver no que vai dar. Por isso me reintegrei a AMORC e espero por a mão na massa com as práticas telecinéticas que esta instituição ensina.
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #363 Online: 01 de Abril de 2015, 17:04:31 »
Como vocês explicam tudo o que relatei aqui? Quem aqui ousaria dizer que é mais inteligente do que Shakespeare, que disse através da boca de Hamlet que há mais mistérios entre o céu e a terra do que a nossa vã filosofia pode sonhar? Quem aqui é mais inteligente do que Newton, que passou mais tempo estudando o que alguns consideraram aqui como xaropada do que se dedicando a ciência? Vocês falaram que não existe nenhuma evidência de poderes paranormais, então como explicam as fenomenais alegações do Amazing Kreskin e de Hanussen? Ninguém até hoje conseguiu explicar como eles realizaram os seus prodígios telepáticos, e olha que muita gente inteligente tentou desmascará-los, mas fracassaram. 
Vi muitos aqui exaltando os milagres da ciência, como a atual expectativa de vida longa e os computadores. Peço desculpas pelo que vou falar, mas minha opinião é que isso só piorou o mundo. Hoje temos que conviver com uma explosão populacional desenfreada e nos tornamos um câncer para este planeta. Os computadores e celulares só serviram para deixar a humanidade mais cômoda em sua ignorância. Eis os milagres da sua ciência materialista. Não tenho dúvidas de que o mundo era muito melhor quando a busca do cientista andava de mãos dadas com a magia. No fim os entusiastas da AMORC e os rosacruzes é que estão certos; a ciência materialista na verdade é um grande mal. É inegável que uma pessoa inteligente não sinta os seus malefícios, pois o mundo antes dessa tecnologia materialista era muito melhor e os seres humanos eram muito mais inteligentes.

Reflitam, meus caros, e não rejeitem a sabedoria em prol de um proselitismo estritamente ceticista.
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.136
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #364 Online: 01 de Abril de 2015, 17:22:31 »
Cético, ocultista, telepata, membro da MENSA, ufólogo, rosacruz, ecritor e sobretudo humilde. Paulo Coelho? É você?
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #365 Online: 01 de Abril de 2015, 17:38:10 »
Citar
Depois que eu vi que este assunto estava me fazendo mal, eu me livrei de todo material ufológico que tinha aqui e abandonei totalmente os estudos. Ao mesmo tempo as pancadas se acabaram e nunca mais houve nada de estranho aqui. Em todos os anos que moro aqui nesta casa, isto aí só aconteceu na época em que estava no auge dos meus estudos ufológicos.

Bingo.

“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #366 Online: 01 de Abril de 2015, 18:29:36 »
Giga e Bahadur, antes de eu avançar além do primeiro parágrafo desse camarada, me essclareçam: ele trouxe algo novo?

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #367 Online: 01 de Abril de 2015, 18:31:39 »
Giga e Bahadur, antes de eu avançar além do primeiro parágrafo desse camarada, me essclareçam: ele trouxe algo novo?

Não, um monte de evidências anedóticas, argumentum ad ignorantiam, um monte de auto elogios ... Enfim... mais do mesmo...
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #368 Online: 01 de Abril de 2015, 18:33:25 »
Giga e Bahadur, antes de eu avançar além do primeiro parágrafo desse camarada, me essclareçam: ele trouxe algo novo?

Não, um monte de evidências anedóticas, argumentum ad ignorantiam, um monte de auto elogios ... Enfim... mais do mesmo...

Ok, tudo normal e esperado.

Segue...

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.220
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #369 Online: 01 de Abril de 2015, 18:37:54 »
Eu fui no Mensa mas explodí o Mensometro, depois fiquei sabendo que eles que eles queimaram meus testes e nunca mais entraram em contato.  :biglol:
Até onde eu sei eu não sei.


Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.735
  • Sexo: Masculino
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #371 Online: 01 de Abril de 2015, 19:22:27 »
Nenhum cético vai se dispor a destrinchar trecho por trecho dessas mensagens?

O nível do ceticismo está caindo.

Acho que dá pra fazer um bot.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #372 Online: 01 de Abril de 2015, 19:22:34 »
Nenhum cético vai se dispor a destrinchar trecho por trecho dessas mensagens?

O nível do ceticismo está caindo.

O ceticismo continua o mesmo, o saco com religiosos é que vai diminuindo, sejam eles criacionistas, socialistas, anarcocapitalistas, etc.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Alquimista

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.724
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #373 Online: 01 de Abril de 2015, 20:23:24 »
Não é o nível de ceticismo que está diminuindo, o problema é como explicar tais fenômenos. Pode haver uma explicação sim, e claro que será difícil, faz parte, mas tem que considerar que pode ser telepatia até que se prove o contrário. Nós, céticos, não sabemos de tudo e nunca iremos saber. Pra falar a verdade, nem perto de saber tudo chegaremos devido as grandes limitações inerentes dos nossos cérebros. O erro que eu vejo por aí é esta atitude de arrogância que muitos céticos assumem, pois pensam que sabem de tudo e são mais inteligentes que os outros e tudo o que não for de acordo com seus pontos de vista não tem validade. Vi muito de vocês atacando alguns rosacruzes que aqui se manifestaram justamente porque eles não são céticos e eles nem fizeram nada contra vocês. Ser cético não é ser isso. A atitude de um verdadeiro cético perante os outros é de uma atitude mais tolerante do que vocês imaginam. Os cientistas tem que ter a mente aberta. Vi que alguns de vocês ficaram ofendidos, mas foi pra se sentirem assim mesmo pra vocês verem como é ruim ser intolerante com os outros, e esse alerta serve pra mim também. Já conheci muitos por aí que se dizem super-céticos, mas que no passado eles foram super-crédulos (foram fanáticos religiosos) e depois do papel ridículo que viram que faziam, como mecanismo de defesa começaram a erguer a bandeira do militarismo cético e ateu, mas uma simples análise era necessária para revelar que no fundo eles ainda eram os mesmos crédulos. Quanto a AMORC, vocês deveriam agradecer dela existir, já que esta instituição promove cultura, conhecimento, filosofia, música clássica e até a ciência. Além do mais, eles respeitam os céticos e os agnósticos, prova disso é que faço parte. Vocês deveriam é brigar com fanáticos como os espíritas que ficam usando ilusionismo nas suas sessões ridículas e daí vemos toda a sorte de levitações e outras falcatruas. Esses é que são nocivos para a sociedade. Já a AMORC, apesar de eu questionar muitas de suas alegações, o que é normal, ajuda a promover cultura, gesto esse que tanto nos faz falta agora, e quem é que atualmente agarra a causa da cultura e educação? Isso se conta nos dedos.
"O Alquimista é o supremo alquimista alfa e o ômega das transmutações aurintelectofilosofais."

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Os "segredos" dos rosacruzes (AMORC)
« Resposta #374 Online: 01 de Abril de 2015, 20:29:26 »
Ô Saint Germain, nem precisa explicar, é só mostrar.

A tal liguinha lá que você falou que paranormalmente fez atravessar um copo e depois retirar, cadê? Tem foto, vídeo, da pra fazer de novo pra geral apreciar? Eu acho que já sei a resposta. Isso é que dá o desânimo, numa boa mesmo. A gente já sabe onde (nunca) vai terminar isso aqui.

Bacana seu ponto sobre a positividade da AMORC e sobre como ela promove cultura, conhecimento(?), filosofia, música e ciência(?) mas, e as evidência, já mostrou?

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!