Autor Tópico: Continuando...Quem tem respostas ?  (Lida 12874 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #25 Online: 19 de Fevereiro de 2005, 19:32:42 »
Citação de: Ricardo Braida
Só para não os posts não se tornarem repetitivos: palavrões são permitidos, o que não é permitido é que eles sejam dirigidos a alguém (agressão).
Estamos aí, qualquer coisa é só mandar Mensagem Privada, nem sempre dá pra ler tudo (quero dizer moderar tudo).


Mandar o Bush tomar no cú vale também... :roll:
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Anonymous

  • Visitante
Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #26 Online: 19 de Fevereiro de 2005, 19:33:21 »
Com certeza.  :D

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #27 Online: 19 de Fevereiro de 2005, 19:50:01 »
Citação de: Renato Tria Desie
Ok, explicarei em poucas palavras.
Positivismo foi uma época onde pessoas buscavam provar em laboratório tudo aquilo aquilo que pessoas acreditavam ser verdade, porém viraram exclusivistas em seu conceito de ciência e foram notoriamente a desfavor da filosofia (lógica dos porquês), o que fez tornarem-se obsoletos com o passar do tempo, pois sua lógica era e é ilógico para a filosofia, que se fundamenta pela força das palavras e dos sentidos.

Não sou filósofo, nem naturalista, nem positivista,  porém acredito no equilíbrio de ambos para se ter maior razão.


Tem coisas que só a Ciência faz por você, como curar doenças graves. Você pode passar o dia inteiro rezando/filosofando que não vai ser feita uma cirurgia espiritual/filosófica no seu apêndice inflamado.

Sinceramente, filosofia não prova nada que não seja tipicamente criado por humanos, coisas naturais como biologia e anatomia tentaram ser explicadas com filosofia e olha a merda que deu:

-Pessoas achando que o coração que armazena os sentimentos (É um órgão tão vermelho, vivo, ao contrário do cérebro que é cinza e morto, inútil)
-Pessoas achando que brancos são melhores do que negros (Afinal, nós somos católicos e nossa pele é alva!)
-Técnicas medicinais como as sangrias (se a doença tá no sangue vamo tirá o sangue oras!)

OBS: textos em parenteses são ironias e não representam minha opinião pessoal

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #28 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 08:58:33 »
Citação de: Alenônimo
Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Bom... aí vai depender de como você quer ouvir, se é que quer ouvir, alguma resposta convincente. Eu poderia perder dias e semanas tentando explicar para você, mas se não quiser me escutar, vai ser tudo em vão...


Caro Alenônimo,

Vai aqui um dos exemplos de que não respondeste objetivamente meu comentário.
Estou provando ... (não decifrou o sentimento sob o ponto de vista científico)

Eu disse: "Inócua comparação. Um cachorro mecatrônico pode abanar o rabo quando programado, porém nunca sentir alegria para ficar contente, fica contente porque foi programado (por alguém), mas nunca porque sentiu. Nós, homens, podemos ficar alegres sem rir ou sem qualquer outro tipo de reação física. Já o objeto mecatrônico não ! Nâo consegue ficar alegre como nós ficamos."

O que é bem diferente de programação no sentido que falaste !

Você comentou: "Mas é aí que está: sentimos alegria ou tristeza pois estamos programados para isso! A seleção natural nos fez assim para melhor sobrevivermos! Temos a capacidade de escolher as pessoas com quem nos damos bem usando-se os métodos dos sentimentos que nos ajudam a evitar de, por exemplo, gostarmos de alguém que não nos quer bem."

Cá pra nós... O que tem a ver ?

Respostas ou comentários como o acima, realmente farão você perder dias ou semanas... e mesmo assim, não responderá de forma convincente.
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #29 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 11:00:54 »
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Alenônimo
Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Bom... aí vai depender de como você quer ouvir, se é que quer ouvir, alguma resposta convincente. Eu poderia perder dias e semanas tentando explicar para você, mas se não quiser me escutar, vai ser tudo em vão...


Caro Alenônimo,

Vai aqui um dos exemplos de que não respondeste objetivamente meu comentário.
Estou provando ... (não decifrou o sentimento sob o ponto de vista científico)

Eu disse: "Inócua comparação. Um cachorro mecatrônico pode abanar o rabo quando programado, porém nunca sentir alegria para ficar contente, fica contente porque foi programado (por alguém), mas nunca porque sentiu. Nós, homens, podemos ficar alegres sem rir ou sem qualquer outro tipo de reação física. Já o objeto mecatrônico não ! Nâo consegue ficar alegre como nós ficamos."

O que é bem diferente de programação no sentido que falaste !

Você comentou: "Mas é aí que está: sentimos alegria ou tristeza pois estamos programados para isso! A seleção natural nos fez assim para melhor sobrevivermos! Temos a capacidade de escolher as pessoas com quem nos damos bem usando-se os métodos dos sentimentos que nos ajudam a evitar de, por exemplo, gostarmos de alguém que não nos quer bem."

Cá pra nós... O que tem a ver ?

Respostas ou comentários como o acima, realmente farão você perder dias ou semanas... e mesmo assim, não responderá de forma convincente.


A resposta dele está certa, você vem dando respostas muito mais vagas do que essa.... e você nunca vai entender, porque você tem seu próprio significado da palavra sentir, que não combina com o científico....

Pela milésima vez, os sentimentos são reações normais do organismo, já temos diversas provas disso:

-Existem remédios que mechem com os sentimentos (hormônios e reações do organismo)
-Como o Atheist disse, existem sentimentos que são típicos de determinadas regiões
-Sabemos amplamente que pessoas com deficiência de serotonina têm depressão, e já existe um remédio para isso
-As mulheres tem sentimentos diferentes quando estão no período fértil
-Existem pessoas que nascem com sentimentos perturbados (como serial killers), e sabemos que a atividade cerebral e hormonal dessas pessoas é diferente, algumas até com deficiências genéticas (Trissomia do cromossomo Y).

Não vai adiantar nada se você apenas ler isso e ignorar (como você já fez várias vezes), por que você não pesquisa essas informações e tenta descobrir mais sobre a resposta científica dos sentimentos.

Enfim, se a sua teoria de espíritos é baseada na existência sobrenatural dos sentimentos, é melhor você começar a revê-la.

E finalmente, a ciência não tem como objetivo ser convincente, quanto mais exclusivamente convincente para você. Sabemos que muitas teorias de hoje não seriam convincentes no passado, mas são verdadeiras, por mais incríveis que pareçam.... você se sente plantado em uma bola de 40.000 Km de circunferência viajando a mais de 300.000 Km/h ao redor de uma imensa bola de fogo??? Seja sincero.

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #30 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 13:10:05 »
Citação de: Tash
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Alenônimo
Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Bom... aí vai depender de como você quer ouvir, se é que quer ouvir, alguma resposta convincente. Eu poderia perder dias e semanas tentando explicar para você, mas se não quiser me escutar, vai ser tudo em vão...


Caro Alenônimo,

Vai aqui um dos exemplos de que não respondeste objetivamente meu comentário.
Estou provando ... (não decifrou o sentimento sob o ponto de vista científico)

Eu disse: "Inócua comparação. Um cachorro mecatrônico pode abanar o rabo quando programado, porém nunca sentir alegria para ficar contente, fica contente porque foi programado (por alguém), mas nunca porque sentiu. Nós, homens, podemos ficar alegres sem rir ou sem qualquer outro tipo de reação física. Já o objeto mecatrônico não ! Nâo consegue ficar alegre como nós ficamos."

O que é bem diferente de programação no sentido que falaste !

Você comentou: "Mas é aí que está: sentimos alegria ou tristeza pois estamos programados para isso! A seleção natural nos fez assim para melhor sobrevivermos! Temos a capacidade de escolher as pessoas com quem nos damos bem usando-se os métodos dos sentimentos que nos ajudam a evitar de, por exemplo, gostarmos de alguém que não nos quer bem."

Cá pra nós... O que tem a ver ?

Respostas ou comentários como o acima, realmente farão você perder dias ou semanas... e mesmo assim, não responderá de forma convincente.


A resposta dele está certa, você vem dando respostas muito mais vagas do que essa.... e você nunca vai entender, porque você tem seu próprio significado da palavra sentir, que não combina com o científico....

Pela milésima vez, os sentimentos são reações normais do organismo, já temos diversas provas disso:

-Existem remédios que mechem com os sentimentos (hormônios e reações do organismo)
-Como o Atheist disse, existem sentimentos que são típicos de determinadas regiões
-Sabemos amplamente que pessoas com deficiência de serotonina têm depressão, e já existe um remédio para isso
-As mulheres tem sentimentos diferentes quando estão no período fértil
-Existem pessoas que nascem com sentimentos perturbados (como serial killers), e sabemos que a atividade cerebral e hormonal dessas pessoas é diferente, algumas até com deficiências genéticas (Trissomia do cromossomo Y).

Não vai adiantar nada se você apenas ler isso e ignorar (como você já fez várias vezes), por que você não pesquisa essas informações e tenta descobrir mais sobre a resposta científica dos sentimentos.

Enfim, se a sua teoria de espíritos é baseada na existência sobrenatural dos sentimentos, é melhor você começar a revê-la.

E finalmente, a ciência não tem como objetivo ser convincente, quanto mais exclusivamente convincente para você. Sabemos que muitas teorias de hoje não seriam convincentes no passado, mas são verdadeiras, por mais incríveis que pareçam.... você se sente plantado em uma bola de 40.000 Km de circunferência viajando a mais de 300.000 Km/h ao redor de uma imensa bola de fogo??? Seja sincero.


Ainda não respondeu !
Que dificuldade !
Você me explicou sobre o que provoca os sentimentos.
Hormônios e condições genéticas não fazem sentimentos, somente os provocam !!!
Os sentimentos parecidos por região são devidos à cultura, que é a  interação espiritual entre eles (ou sentimental, como quiser).
Como já disse, não existe hormônio da humildade, nem cromossomo da paciência.
Questão de má interpretação sua !
Provocar, por incrível que pareça para você, não é o mesmo que fazer !!
Você só provoca o que está feito !
Haja cromossomos de paciência para mim ! :P
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #31 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 14:14:49 »
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Tash
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Alenônimo
Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Bom... aí vai depender de como você quer ouvir, se é que quer ouvir, alguma resposta convincente. Eu poderia perder dias e semanas tentando explicar para você, mas se não quiser me escutar, vai ser tudo em vão...


Caro Alenônimo,

Vai aqui um dos exemplos de que não respondeste objetivamente meu comentário.
Estou provando ... (não decifrou o sentimento sob o ponto de vista científico)

Eu disse: "Inócua comparação. Um cachorro mecatrônico pode abanar o rabo quando programado, porém nunca sentir alegria para ficar contente, fica contente porque foi programado (por alguém), mas nunca porque sentiu. Nós, homens, podemos ficar alegres sem rir ou sem qualquer outro tipo de reação física. Já o objeto mecatrônico não ! Nâo consegue ficar alegre como nós ficamos."

O que é bem diferente de programação no sentido que falaste !

Você comentou: "Mas é aí que está: sentimos alegria ou tristeza pois estamos programados para isso! A seleção natural nos fez assim para melhor sobrevivermos! Temos a capacidade de escolher as pessoas com quem nos damos bem usando-se os métodos dos sentimentos que nos ajudam a evitar de, por exemplo, gostarmos de alguém que não nos quer bem."

Cá pra nós... O que tem a ver ?

Respostas ou comentários como o acima, realmente farão você perder dias ou semanas... e mesmo assim, não responderá de forma convincente.


A resposta dele está certa, você vem dando respostas muito mais vagas do que essa.... e você nunca vai entender, porque você tem seu próprio significado da palavra sentir, que não combina com o científico....

Pela milésima vez, os sentimentos são reações normais do organismo, já temos diversas provas disso:

-Existem remédios que mechem com os sentimentos (hormônios e reações do organismo)
-Como o Atheist disse, existem sentimentos que são típicos de determinadas regiões
-Sabemos amplamente que pessoas com deficiência de serotonina têm depressão, e já existe um remédio para isso
-As mulheres tem sentimentos diferentes quando estão no período fértil
-Existem pessoas que nascem com sentimentos perturbados (como serial killers), e sabemos que a atividade cerebral e hormonal dessas pessoas é diferente, algumas até com deficiências genéticas (Trissomia do cromossomo Y).

Não vai adiantar nada se você apenas ler isso e ignorar (como você já fez várias vezes), por que você não pesquisa essas informações e tenta descobrir mais sobre a resposta científica dos sentimentos.

Enfim, se a sua teoria de espíritos é baseada na existência sobrenatural dos sentimentos, é melhor você começar a revê-la.

E finalmente, a ciência não tem como objetivo ser convincente, quanto mais exclusivamente convincente para você. Sabemos que muitas teorias de hoje não seriam convincentes no passado, mas são verdadeiras, por mais incríveis que pareçam.... você se sente plantado em uma bola de 40.000 Km de circunferência viajando a mais de 300.000 Km/h ao redor de uma imensa bola de fogo??? Seja sincero.


Ainda não respondeu !
Que dificuldade !
Você me explicou sobre o que provoca os sentimentos.
Hormônios e condições genéticas não fazem sentimentos, somente os provocam !!!
Os sentimentos parecidos por região são devidos à cultura, que é a  interação espiritual entre eles (ou sentimental, como quiser).
Como já disse, não existe hormônio da humildade, nem cromossomo da paciência.
Questão de má interpretação sua !
Provocar, por incrível que pareça para você, não é o mesmo que fazer !!
Você só provoca o que está feito !
Haja cromossomos de paciência para mim ! :P


É claro que eu expliquei, e é óbvio que você não entendeu e também não se ligou que você não quer entender.
Sentimento não é um objeto, existe somente na forma virtual, não é algo (como um espírito, uma bola ou uma força), é uma definição para um estado do organismo, combinações de hormônios provocam alterações na forma do cérebro processar e do corpo reagir, isso são sentimentos, são estados de operação diferentes, se você continuar tentando interpretar a ciência com olhos de religião você nunca vai entender, porque você não sabe sobre a fisiologia humana,aposto que sequer abriu o Google pra pesquisar algo sobre hormônios desde a criação do tópico!
E também provou que não sabe de genética, porque cromossomos controlam grupos de genes, e os genes por sua vez controlam funções específicas, logo nunca existiria um cromossomo exclusivo para um determinado sentimento, mas existem genes responsáveis pela fabricação de certos hormônios que podem impedir que alguns estados de operação do organismo (sentimentos) sejam ativados, ou genes que permitem que doses erradas de hormônios tornem as pessoas com estados perturbados.
Você disse que provoca o que está feito, mas o que você provoca são liberação de hormônios e alteração no padrão cerebral, e isso novamente não tem nada a ver com espíritos!

http://www.google.com.br

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #32 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 15:16:49 »
Citação de: Tash
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Tash
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Alenônimo
Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Bom... aí vai depender de como você quer ouvir, se é que quer ouvir, alguma resposta convincente. Eu poderia perder dias e semanas tentando explicar para você, mas se não quiser me escutar, vai ser tudo em vão...


Caro Alenônimo,

Vai aqui um dos exemplos de que não respondeste objetivamente meu comentário.
Estou provando ... (não decifrou o sentimento sob o ponto de vista científico)

Eu disse: "Inócua comparação. Um cachorro mecatrônico pode abanar o rabo quando programado, porém nunca sentir alegria para ficar contente, fica contente porque foi programado (por alguém), mas nunca porque sentiu. Nós, homens, podemos ficar alegres sem rir ou sem qualquer outro tipo de reação física. Já o objeto mecatrônico não ! Nâo consegue ficar alegre como nós ficamos."

O que é bem diferente de programação no sentido que falaste !

Você comentou: "Mas é aí que está: sentimos alegria ou tristeza pois estamos programados para isso! A seleção natural nos fez assim para melhor sobrevivermos! Temos a capacidade de escolher as pessoas com quem nos damos bem usando-se os métodos dos sentimentos que nos ajudam a evitar de, por exemplo, gostarmos de alguém que não nos quer bem."

Cá pra nós... O que tem a ver ?

Respostas ou comentários como o acima, realmente farão você perder dias ou semanas... e mesmo assim, não responderá de forma convincente.


A resposta dele está certa, você vem dando respostas muito mais vagas do que essa.... e você nunca vai entender, porque você tem seu próprio significado da palavra sentir, que não combina com o científico....

Pela milésima vez, os sentimentos são reações normais do organismo, já temos diversas provas disso:

-Existem remédios que mechem com os sentimentos (hormônios e reações do organismo)
-Como o Atheist disse, existem sentimentos que são típicos de determinadas regiões
-Sabemos amplamente que pessoas com deficiência de serotonina têm depressão, e já existe um remédio para isso
-As mulheres tem sentimentos diferentes quando estão no período fértil
-Existem pessoas que nascem com sentimentos perturbados (como serial killers), e sabemos que a atividade cerebral e hormonal dessas pessoas é diferente, algumas até com deficiências genéticas (Trissomia do cromossomo Y).

Não vai adiantar nada se você apenas ler isso e ignorar (como você já fez várias vezes), por que você não pesquisa essas informações e tenta descobrir mais sobre a resposta científica dos sentimentos.

Enfim, se a sua teoria de espíritos é baseada na existência sobrenatural dos sentimentos, é melhor você começar a revê-la.

E finalmente, a ciência não tem como objetivo ser convincente, quanto mais exclusivamente convincente para você. Sabemos que muitas teorias de hoje não seriam convincentes no passado, mas são verdadeiras, por mais incríveis que pareçam.... você se sente plantado em uma bola de 40.000 Km de circunferência viajando a mais de 300.000 Km/h ao redor de uma imensa bola de fogo??? Seja sincero.


Ainda não respondeu !
Que dificuldade !
Você me explicou sobre o que provoca os sentimentos.
Hormônios e condições genéticas não fazem sentimentos, somente os provocam !!!
Os sentimentos parecidos por região são devidos à cultura, que é a  interação espiritual entre eles (ou sentimental, como quiser).
Como já disse, não existe hormônio da humildade, nem cromossomo da paciência.
Questão de má interpretação sua !
Provocar, por incrível que pareça para você, não é o mesmo que fazer !!
Você só provoca o que está feito !
Haja cromossomos de paciência para mim ! :P


É claro que eu expliquei, e é óbvio que você não entendeu e também não se ligou que você não quer entender.
Sentimento não é um objeto, existe somente na forma virtual, não é algo (como um espírito, uma bola ou uma força), é uma definição para um estado do organismo, combinações de hormônios provocam alterações na forma do cérebro processar e do corpo reagir, isso são sentimentos, são estados de operação diferentes, se você continuar tentando interpretar a ciência com olhos de religião você nunca vai entender, porque você não sabe sobre a fisiologia humana,aposto que sequer abriu o Google pra pesquisar algo sobre hormônios desde a criação do tópico!
E também provou que não sabe de genética, porque cromossomos controlam grupos de genes, e os genes por sua vez controlam funções específicas, logo nunca existiria um cromossomo exclusivo para um determinado sentimento, mas existem genes responsáveis pela fabricação de certos hormônios que podem impedir que alguns estados de operação do organismo (sentimentos) sejam ativados, ou genes que permitem que doses erradas de hormônios tornem as pessoas com estados perturbados.
Você disse que provoca o que está feito, mas o que você provoca são liberação de hormônios e alteração no padrão cerebral, e isso novamente não tem nada a ver com espíritos!

http://www.google.com.br



Falou... falou...
Supôs que não sei ...
Criticou ...
Porém, "combinações de hormônios provocam alterações da forma do cérebro processar e do corpo reagir" foi uma razoável explicação... está chegando lá.
Agora, vamos pelo caminho inverso, me explique: O que induz os hormônios a provocar a alteração de processamento cerebral ocasionando o sentimento de vergonha, misericórdia, humildade, ódio, etc. ? O sentimento é involuntário, ninguém planeja sentir emoção, ela acontece.
Se o cérebro é provocado pelos hormônios, quem provoca os hormônios ?
Por favor, não seja redundante e antagônico em me responder que o cérebro provoca algo para provocá-lo. Isso seria no mínimo estapafúrdio !
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #33 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 17:48:57 »
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Tash
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Tash
Citação de: Renato Tria Desie
Citação de: Alenônimo
Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Bom... aí vai depender de como você quer ouvir, se é que quer ouvir, alguma resposta convincente. Eu poderia perder dias e semanas tentando explicar para você, mas se não quiser me escutar, vai ser tudo em vão...


Caro Alenônimo,

Vai aqui um dos exemplos de que não respondeste objetivamente meu comentário.
Estou provando ... (não decifrou o sentimento sob o ponto de vista científico)

Eu disse: "Inócua comparação. Um cachorro mecatrônico pode abanar o rabo quando programado, porém nunca sentir alegria para ficar contente, fica contente porque foi programado (por alguém), mas nunca porque sentiu. Nós, homens, podemos ficar alegres sem rir ou sem qualquer outro tipo de reação física. Já o objeto mecatrônico não ! Nâo consegue ficar alegre como nós ficamos."

O que é bem diferente de programação no sentido que falaste !

Você comentou: "Mas é aí que está: sentimos alegria ou tristeza pois estamos programados para isso! A seleção natural nos fez assim para melhor sobrevivermos! Temos a capacidade de escolher as pessoas com quem nos damos bem usando-se os métodos dos sentimentos que nos ajudam a evitar de, por exemplo, gostarmos de alguém que não nos quer bem."

Cá pra nós... O que tem a ver ?

Respostas ou comentários como o acima, realmente farão você perder dias ou semanas... e mesmo assim, não responderá de forma convincente.


A resposta dele está certa, você vem dando respostas muito mais vagas do que essa.... e você nunca vai entender, porque você tem seu próprio significado da palavra sentir, que não combina com o científico....

Pela milésima vez, os sentimentos são reações normais do organismo, já temos diversas provas disso:

-Existem remédios que mechem com os sentimentos (hormônios e reações do organismo)
-Como o Atheist disse, existem sentimentos que são típicos de determinadas regiões
-Sabemos amplamente que pessoas com deficiência de serotonina têm depressão, e já existe um remédio para isso
-As mulheres tem sentimentos diferentes quando estão no período fértil
-Existem pessoas que nascem com sentimentos perturbados (como serial killers), e sabemos que a atividade cerebral e hormonal dessas pessoas é diferente, algumas até com deficiências genéticas (Trissomia do cromossomo Y).

Não vai adiantar nada se você apenas ler isso e ignorar (como você já fez várias vezes), por que você não pesquisa essas informações e tenta descobrir mais sobre a resposta científica dos sentimentos.

Enfim, se a sua teoria de espíritos é baseada na existência sobrenatural dos sentimentos, é melhor você começar a revê-la.

E finalmente, a ciência não tem como objetivo ser convincente, quanto mais exclusivamente convincente para você. Sabemos que muitas teorias de hoje não seriam convincentes no passado, mas são verdadeiras, por mais incríveis que pareçam.... você se sente plantado em uma bola de 40.000 Km de circunferência viajando a mais de 300.000 Km/h ao redor de uma imensa bola de fogo??? Seja sincero.


Ainda não respondeu !
Que dificuldade !
Você me explicou sobre o que provoca os sentimentos.
Hormônios e condições genéticas não fazem sentimentos, somente os provocam !!!
Os sentimentos parecidos por região são devidos à cultura, que é a  interação espiritual entre eles (ou sentimental, como quiser).
Como já disse, não existe hormônio da humildade, nem cromossomo da paciência.
Questão de má interpretação sua !
Provocar, por incrível que pareça para você, não é o mesmo que fazer !!
Você só provoca o que está feito !
Haja cromossomos de paciência para mim ! :P


É claro que eu expliquei, e é óbvio que você não entendeu e também não se ligou que você não quer entender.
Sentimento não é um objeto, existe somente na forma virtual, não é algo (como um espírito, uma bola ou uma força), é uma definição para um estado do organismo, combinações de hormônios provocam alterações na forma do cérebro processar e do corpo reagir, isso são sentimentos, são estados de operação diferentes, se você continuar tentando interpretar a ciência com olhos de religião você nunca vai entender, porque você não sabe sobre a fisiologia humana,aposto que sequer abriu o Google pra pesquisar algo sobre hormônios desde a criação do tópico!
E também provou que não sabe de genética, porque cromossomos controlam grupos de genes, e os genes por sua vez controlam funções específicas, logo nunca existiria um cromossomo exclusivo para um determinado sentimento, mas existem genes responsáveis pela fabricação de certos hormônios que podem impedir que alguns estados de operação do organismo (sentimentos) sejam ativados, ou genes que permitem que doses erradas de hormônios tornem as pessoas com estados perturbados.
Você disse que provoca o que está feito, mas o que você provoca são liberação de hormônios e alteração no padrão cerebral, e isso novamente não tem nada a ver com espíritos!

http://www.google.com.br



Falou... falou...
Supôs que não sei ...
Criticou ...
Porém, "combinações de hormônios provocam alterações da forma do cérebro processar e do corpo reagir" foi uma razoável explicação... está chegando lá.
Agora, vamos pelo caminho inverso, me explique: O que induz os hormônios a provocar a alteração de processamento cerebral ocasionando o sentimento de vergonha, misericórdia, humildade, ódio, etc. ? O sentimento é involuntário, ninguém planeja sentir emoção, ela acontece.
Se o cérebro é provocado pelos hormônios, quem provoca os hormônios ?
Por favor, não seja redundante e antagônico em me responder que o cérebro provoca algo para provocá-lo. Isso seria no mínimo estapafúrdio !


Falei mesmo, continuarei criticando quem não acredita na ciência!
Ah, e você, pelo seu post, desistiu da idéia de que os sentimentos são apenas provocados, mas são estados de espírito e não corporais.
Mantenho minha opinião, você deveria pesquisar sobre os assuntos antes de comentar sobre eles aqui.
Caminho inverso? é simples? por que nós temos essas alterações? Fácil de explicar:

Nós temos inteligência, sabemos raciocinar, sabemos distinguir algo bom de algo ruim, sabemos distinguir um parceiro sexual bom de um ruim, sabemos o que pode nos ferir, isso é uma característica do nosso grande cérebro, capacidade de raciocinar, seja esse raciocínio consciente (do qual temos conhecimento) ou inconsciente (que fazemos automaticamente). Praticamente todos os mamíferos, aves, répteis e peixes tem essa característica, poder de raciocinar, de estabelecer provabilidades, de armazenar certo conhecimento.

A humildade por exemplo, é algo desenvolvido. Uma pessoa pode ter vários fatores que mudem esse "sentimento", ela pode ter sido criada em um âmbito onde humildade não existia, isso acontece muitas vezes, crianças filhos de pais ricos não costumam ser humildes, pois ainda não atingiram maturidade para raciocinar e entender a humildade e também não costumam conviver com ela, muitas pessoas sequer querem ser humildes, porque aprenderam a ser assim, mas humildade é, massantemente, algo que se aprende, isso não tem nenhum fator espiritual, é algo característico do nosso curso de vida.

Amor também, é algo que nós desenvolvemos ao longo do tempo, geralmente temos padrões para escolher nossos parceiros sexuais, como altura, cor de pele, cor de cabelo, e isso também é algo que se aprende, pois o pessoal da cidade gosta de mulheres com corpo definido, seios empinados e tudo mais, enquanto os índios gostam das suas índias normais, com seios caídos e sem maquiagem. Também temos um padrão para gostar da personalidade das pessoas, mas não é em todo lugar assim, tem lugares onde os casamentos são combinados e as esposas ficam felizes com qualquer marido que lhe arrangem. Eu quando digo que amo uma mulher, é pra viver pra sempre com ela e SOMENTE ela, nem me passa pela cabeça outra mulher, agora tem gente que não pensa assim, porque tem um conceito diferente de amor, tem países onde se ama duas ou mais mulheres (poligamia).

O Medo, não passa de uma defesa do corpo para quando se encontra em perigo, quem determina se estamos em perigo somos nós, conscientemente, mesmo que não possamos impedir esse sentimento. Pessoas com fobia sabem o que é isso.

Vergonha, esse é meio óbvio, qualquer um sabe quando faz besteira, e a "vergonha de timidez" é outra história, é algo que se aprende na criação (sei do que estou falando porque sou Fóbico Social)

Você disse lá em cima que seria impossível o cérebro gerar um estímulo, mas é perfeitamente plausível, o que você disse é a mesma coisa que dizer: "raciocinar é estapafúrdio". E também não vou ficar mostrando exemplos de todos os sentimentos, analise bem e verá que cada sentimento tem um estímulo que pode ser aprendido ao longo do tempo.

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #34 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 20:35:30 »
Citar

Falei mesmo, continuarei criticando quem não acredita na ciência!


Este é um nítido exemplo de que tiras conclusões precipitadas, assim como supôs que eu era espírita.
Eu acredito em ciência, só não acredito em suas teorias furadas, e... vou explicar o porquê.

Citar
Ah, e você, pelo seu post, desistiu da idéia de que os sentimentos são apenas provocados, mas são estados de espírito e não corporais.
Mantenho minha opinião, você deveria pesquisar sobre os assuntos antes de comentar sobre eles aqui.


Mais uma conclusão inócua, não disse isso.
São estados de espírito, bem como podem ser provocados. Lembras de quando falei de interação ? (acho que não).

Citar
Caminho inverso? é simples? por que nós temos essas alterações? Fácil de explicar:


Pelo que explicou abaixo, está muito difícil de explicar.

Citar
Nós temos inteligência, sabemos raciocinar, sabemos distinguir algo bom de algo ruim, sabemos distinguir um parceiro sexual bom de um ruim, sabemos o que pode nos ferir, isso é uma característica do nosso grande cérebro, capacidade de raciocinar, seja esse raciocínio consciente (do qual temos conhecimento) ou inconsciente (que fazemos automaticamente). Praticamente todos os mamíferos, aves, répteis e peixes tem essa característica, poder de raciocinar, de estabelecer provabilidades, de armazenar certo conhecimento.


Grande conclusão, está querendo me impressionar ? Ah, deve estar me subestimando, como de costume.

Citar
A humildade por exemplo, é algo desenvolvido. Uma pessoa pode ter vários fatores que mudem esse "sentimento", ela pode ter sido criada


Pode ser criada ?
Aré agora estamos falando que sentimentos são provocados, parece que quem mudou de idéia foi você.

Citar
em um âmbito onde humildade não existia, isso acontece muitas vezes, crianças filhos de pais ricos não costumam ser humildes, pois ainda não atingiram maturidade para raciocinar e entender a humildade e também não costumam conviver com ela, muitas pessoas sequer querem ser humildes, porque aprenderam a ser assim, mas humildade é, massantemente, algo que se aprende, isso não tem nenhum fator espiritual, é algo característico do nosso curso de vida.


Está trocando as bolas, não estou falando da humildade que se aprende (faça isso ou aquilo, que estarás sendo humilde), mas sim, do sentimento de humildade, intrínseco ao ser humano. Você nunca se sentiu humilhado ? Nunca viu uma criança, mesmo não sabendo explicar o que é humildade, se sentir humilhada ? Pelos pais, amiguinhos, etc... tanto que chora muitas das vezes (nem sempre). Nem sempre porque sentimento independe de reação para se motrar que tem. (o caso do cachorrinho artificial, lembra-se ?)

Citar
Amor também, é algo que nós desenvolvemos ao longo do tempo, geralmente temos padrões para escolher nossos parceiros sexuais, como altura, cor de pele, cor de cabelo, e isso também é algo que se aprende, pois o pessoal da cidade gosta de mulheres com corpo definido, seios empinados e tudo mais, enquanto os índios gostam das suas índias normais, com seios caídos e sem maquiagem. Também temos um padrão para gostar da personalidade das pessoas, mas não é em todo lugar assim, tem lugares onde os casamentos são combinados e as esposas ficam felizes com qualquer marido que lhe arrangem. Eu quando digo que amo uma mulher, é pra viver pra sempre com ela e SOMENTE ela, nem me passa pela cabeça outra mulher, agora tem gente que não pensa assim, porque tem um conceito diferente de amor, tem países onde se ama duas ou mais mulheres (poligamia).


Pelo jeito, não entende nada sobre amor.
Amor não é relação sexual (libido), nem depende de nada que seja físico.
Amor se pode ter pelo filho, pai, mãe, não só pelo ser de outro sexo para fins de reprodução.
Por isso é um sentimento e não um conceito que se aprende originariamente, vem do espírito, desde quando nascemos, o que acontece é que, quando bebês, não temos um corpo ainda aperfeiçoado para demonstrar o que o espírito tem de mais ou menos desenvolvido.
É óbvio que este sentimento pode se desenvolver com o aprendizado, mas nunca criado por ele.


Citar
O Medo, não passa de uma defesa do corpo para quando se encontra em perigo, quem determina se estamos em perigo somos nós, conscientemente, mesmo que não possamos impedir esse sentimento. Pessoas com fobia sabem o que é isso.



Concordo que o medo é uma defesa do corpo, porém há medos que temos por coisas insignificantes, que não trariam nenhuma ameaça, mesmo sabendo da insignificância (como por exemplo, de grilo).
Porém, há o sentimento.
É claro que não é tão consciente assim.
Estás se demonstrando péssimo nas analogias...

Citar
Vergonha, esse é meio óbvio, qualquer um sabe quando faz besteira, e a "vergonha de timidez" é outra história, é algo que se aprende na criação (sei do que estou falando porque sou Fóbico Social)


Se és fóbico social, sabes muito bem que não se pode controlar sempre tal sentimento.
Ninguém ensina outros a serem fóbicos sociais, é característica do espírito. Tanto é verdade que, outra pessoa, com qualidades genéticas bem semelhantes, que vivem em ambientes iguais, podem não ter tal fobia.
Pode ter certeza, que o mundo vai lhe ensinar (através da interação matéria/espírito que lhe falei) a se aperfeioar e avançar na senda da evolução.


Citar
Você disse lá em cima que seria impossível o cérebro gerar um estímulo, mas é perfeitamente plausível, o que você disse é a mesma coisa que dizer: "raciocinar é estapafúrdio". E também não vou ficar mostrando exemplos de todos os sentimentos, analise bem e verá que cada sentimento tem um estímulo que pode ser aprendido ao longo do tempo.


O que está dizendo é que o cérebro manda estímulos para os hormônios e estes se voltam ao mesmo para desencadear os sentimentos ?
Quer dizer, primeiro o cérebro sente, manda o estímulo, para depois sentir de novo ?
Raciocinar não é estapafúrdio, mas este raciocínio inócuo, definitivamente é !
Sabe por quê ?
Porque não entendes a interação espírito/matéria, essencial para o desenvolvimento de ambos.
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #35 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 22:09:18 »
Citar
Citar

Falei mesmo, continuarei criticando quem não acredita na ciência!


Este é um nítido exemplo de que tiras conclusões precipitadas, assim como supôs que eu era espírita.
Eu acredito em ciência, só não acredito em suas teorias furadas, e... vou explicar o porquê.


Não vou comentar isso, já expliquei sobre conversas de cunho pessoal.

Citar
Citar
Ah, e você, pelo seu post, desistiu da idéia de que os sentimentos são apenas provocados, mas são estados de espírito e não corporais.
Mantenho minha opinião, você deveria pesquisar sobre os assuntos antes de comentar sobre eles aqui.


Mais uma conclusão inócua, não disse isso.
São estados de espírito, bem como podem ser provocados. Lembras de quando falei de interação ? (acho que não).


Minha intensão não é atacar, não sei porque você continua usando a palavra "inócua".
Não vou explicar denovo sobre estados corporais, você que leia denovo o post e pense bem antes de apertar o botão de resposta do fórum.

Citar
Citar
Caminho inverso? é simples? por que nós temos essas alterações? Fácil de explicar:


Pelo que explicou abaixo, está muito difícil de explicar.


O poder de entender depende da vontade.

Citar
Citar
Nós temos inteligência, sabemos raciocinar, sabemos distinguir algo bom de algo ruim, sabemos distinguir um parceiro sexual bom de um ruim, sabemos o que pode nos ferir, isso é uma característica do nosso grande cérebro, capacidade de raciocinar, seja esse raciocínio consciente (do qual temos conhecimento) ou inconsciente (que fazemos automaticamente). Praticamente todos os mamíferos, aves, répteis e peixes tem essa característica, poder de raciocinar, de estabelecer provabilidades, de armazenar certo conhecimento.


Grande conclusão, está querendo me impressionar ? Ah, deve estar me subestimando, como de costume.


Estou apenas injetando informação na conversa, para não criar confusões depois, se você se sente subestimado eu não posso fazer nada.

Citar
Citar
A humildade por exemplo, é algo desenvolvido. Uma pessoa pode ter vários fatores que mudem esse "sentimento", ela pode ter sido criada


Pode ser criada ?
Aré agora estamos falando que sentimentos são provocados, parece que quem mudou de idéia foi você.


Seria simples se você, ao invés de tentar arrumar argumentos para me criticar, tentasse entender.... Os sentimentos são estados, provocados sim, mas precisam de um gatilho, como você disse... isso é implícito nas demais mensagens desse tópico, mas eu resolvi detalhar e você deturpou essa informação para tentar tirar o nexo do meu texto. O gatilho é a base de informações (experiência) que o indivídio acumulou, que sabe encontrar o momento certo para provocar estados diferentes no corpo. Um bebê recém-nascido não sentiria nojo ao ver uma barata, como muitos humanos adultos o fazem, alguns até ficam com medo, ativando hormônios no organismo, e tudo começa na base de conhecimento da pessoa.

Citar
Citar
em um âmbito onde humildade não existia, isso acontece muitas vezes, crianças filhos de pais ricos não costumam ser humildes, pois ainda não atingiram maturidade para raciocinar e entender a humildade e também não costumam conviver com ela, muitas pessoas sequer querem ser humildes, porque aprenderam a ser assim, mas humildade é, massantemente, algo que se aprende, isso não tem nenhum fator espiritual, é algo característico do nosso curso de vida.


Está trocando as bolas, não estou falando da humildade que se aprende (faça isso ou aquilo, que estarás sendo humilde), mas sim, do sentimento de humildade, intrínseco ao ser humano. Você nunca se sentiu humilhado ? Nunca viu uma criança, mesmo não sabendo explicar o que é humildade, se sentir humilhada ? Pelos pais, amiguinhos, etc... tanto que chora muitas das vezes (nem sempre). Nem sempre porque sentimento independe de reação para se motrar que tem. (o caso do cachorrinho artificial, lembra-se ?)


Primeiramente, você não especificou sobre qual humildade falava. Uma criança não precisa saber a definição textual de humildade para se sentir humilhada, basta ela analisar a situação, se ela não tivesse capacidade disso não se sentiria humilhada, como acontece com deficientes mentais, muitos são ofendidos explicitamente e não demonstram nenhum sentimento.

Citar
Citar
Amor também, é algo que nós desenvolvemos ao longo do tempo, geralmente temos padrões para escolher nossos parceiros sexuais, como altura, cor de pele, cor de cabelo, e isso também é algo que se aprende, pois o pessoal da cidade gosta de mulheres com corpo definido, seios empinados e tudo mais, enquanto os índios gostam das suas índias normais, com seios caídos e sem maquiagem. Também temos um padrão para gostar da personalidade das pessoas, mas não é em todo lugar assim, tem lugares onde os casamentos são combinados e as esposas ficam felizes com qualquer marido que lhe arrangem. Eu quando digo que amo uma mulher, é pra viver pra sempre com ela e SOMENTE ela, nem me passa pela cabeça outra mulher, agora tem gente que não pensa assim, porque tem um conceito diferente de amor, tem países onde se ama duas ou mais mulheres (poligamia).


Pelo jeito, não entende nada sobre amor.
Amor não é relação sexual (libido), nem depende de nada que seja físico.
Amor se pode ter pelo filho, pai, mãe, não só pelo ser de outro sexo para fins de reprodução.
Por isso é um sentimento e não um conceito que se aprende originariamente, vem do espírito, desde quando nascemos, o que acontece é que, quando bebês, não temos um corpo ainda aperfeiçoado para demonstrar o que o espírito tem de mais ou menos desenvolvido.
É óbvio que este sentimento pode se desenvolver com o aprendizado, mas nunca criado por ele.


Quem definiu o que é amor? quem garante que o amor que você sente é melhor do que o meu? E eu especifiquei bem quando disse sobre o amor que sinto por mulheres, é claro que temos um amor diferente para com familiares. E novamente, o sentimento não é criado pelo aprendizado, a pessoa já nasce com capacidade de produzir muitos dos hormônios, mas ainda não tem conhecimento para saber quando usá-los (mesmo que inconscientemente).

Citar
Citar
O Medo, não passa de uma defesa do corpo para quando se encontra em perigo, quem determina se estamos em perigo somos nós, conscientemente, mesmo que não possamos impedir esse sentimento. Pessoas com fobia sabem o que é isso.



Concordo que o medo é uma defesa do corpo, porém há medos que temos por coisas insignificantes, que não trariam nenhuma ameaça, mesmo sabendo da insignificância (como por exemplo, de grilo).
Porém, há o sentimento.
É claro que não é tão consciente assim.
Estás se demonstrando péssimo nas analogias...


Eu usei uma definição, não uma analogia, e é consciente SIM, quando você sente medo de um grilo já sabe que tem medo de grilos, geralmente isso acontece por algum trauma, pela aparência do animal, e existe tratamento pra isso. Existem aracnofóbicos que depois do tratamento até adotam aracnídeos como animais de estimação.

Citar
Citar
Vergonha, esse é meio óbvio, qualquer um sabe quando faz besteira, e a "vergonha de timidez" é outra história, é algo que se aprende na criação (sei do que estou falando porque sou Fóbico Social)


Se és fóbico social, sabes muito bem que não se pode controlar sempre tal sentimento.
Ninguém ensina outros a serem fóbicos sociais, é característica do espírito. Tanto é verdade que, outra pessoa, com qualidades genéticas bem semelhantes, que vivem em ambientes iguais, podem não ter tal fobia.
Pode ter certeza, que o mundo vai lhe ensinar (através da interação matéria/espírito que lhe falei) a se aperfeioar e avançar na senda da evolução.


Sou fóbico social e não posso controlar isso, mas tenho plena consciência do meu problema e sei o que o provocou, e não é característico do meu espírito... como eu disse, os medos geralmente são causados por traumas. E o melhor ajudante do Fóbico Social é o Aropax, e não a evolução espiritual ¬¬

Citar
Citar
Você disse lá em cima que seria impossível o cérebro gerar um estímulo, mas é perfeitamente plausível, o que você disse é a mesma coisa que dizer: "raciocinar é estapafúrdio". E também não vou ficar mostrando exemplos de todos os sentimentos, analise bem e verá que cada sentimento tem um estímulo que pode ser aprendido ao longo do tempo.


O que está dizendo é que o cérebro manda estímulos para os hormônios e estes se voltam ao mesmo para desencadear os sentimentos ?
Quer dizer, primeiro o cérebro sente, manda o estímulo, para depois sentir de novo ?
Raciocinar não é estapafúrdio, mas este raciocínio inócuo, definitivamente é !
Sabe por quê ?
Porque não entendes a interação espírito/matéria, essencial para o desenvolvimento de ambos.


Sabes realmente o que é algo inócuo?  :o  A palavra não encaixa com sua mensagem....

Você interpretou equivocadamente meu texto, vamos tentar fazer uma historinha:

-Você nasce, seu cérebro começa a captar informações
-Aos 8 anos você tenta começar a andar de bicicleta, você ainda não sabe fazer isso, mas nos primeiros dias você já ganha experiência e fica convicto de que sabe andar.
-Quando vai andar com seus amiguinhos, passa sobre uma pedra, se descontrola e cai. Você estava convicto de que sabia, e algo inesperado aconteceu, criando uma situação constrangedora, porque você disse que sabia andar de bicicleta e agora você caiu. Você fica confuso, não sabe o que está acontecendo, seu cérebro libera hormônios que fazem o coração começar a bombear mais sangue para seus órgãos sensoriais, afim de tentar receber mais informação sobre o ambiente, você fica ruborizado, típico acontecimento que deixa uma criança envergonhada, você não sabe o que está acontecendo, isso nunca aconteceu com você, não sabe qual será a reação dos seus amigos, será que eles vão rir de você? Você sente medo da rejeição, e se eles não quiserem mais andar de bicicleta comigo?? medo e vergonha explicados sem espírito.
-(Visão de um amigo) Ele caiu, estava tão convicto, ele foi até arrogante ao dizer que sabia, isso é engraçado, é como se o destino compensasse essa arrogância dele (o cérebro achou uma informação perfeitamente compatível, tudo está dando certo, ele começa a liberar hormônios de euforia), estou tão alegre

Somente lembrando que a função dos hormônios não se limita a reações somente no cérebro, geralmente as reações são no corpo.

E o processo não é esse:

Cérebro(sente) => Estímulo => Cérebro(Sente)

é esse:

passo 1: Cérebro(Processa) => Cérebro(Analisa) => Cérebro(Comanda) => Corpo(Responde)

Como você sente (sentir no sentido de captar através de estimulos sensoriais) as substâncias agindo no corpo, você estabelece padrões, por exemplo, você sabe que o sentimento vergonha acontece quando alguma situação constrangedora acontece, e sabe quais reações essa situação provoca....

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #36 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 23:09:49 »
Vamos ver algumas citações de Renato Tria Desie

Ataques direcionados:

Citar
O mau dos positivistas, como você, é deturpar o conceito de ciência, trazendo para ela uma definição exclusivista.


Definição de ciência: Ciência é um conjunto de métodos lógicos e empíricos que permitem a observação sistemática de fenômenos empíricos, a fim de compreendê-los.

Citar
PORQUE ESTÁS BITOLADO NUMA SÓ MANEIRA DE PENSAR, DEIXANDO O EQUILÍBRIO DE LADO.

PORQUE ESTÁS MÍOPE, CÉTICO. VÊS O MUNDO EM PRETO E BRANCO.


Utilizou caixa alta (que indica que está gritando), fez mau uso da generalização, demonstrou preconceito.

Citar
Porque não entendes a interação espírito/matéria, essencial para o desenvolvimento de ambos.


Desmerece os conhecimentos de outro forista gratuitamente, sem um propósito definido.

Citar
Pode ter certeza, que o mundo vai lhe ensinar (através da interação matéria/espírito que lhe falei) a se aperfeioar e avançar na senda da evolução.


Momento vidente/profético, acusa outro forista de não ser evoluído como ele (já que só podemos dizer que algo é inferior se somos superiores), preconceito.

Presupostos inválidos

Citar
O lema dos positivistas é:

"Tudo deve ser investigado e provado em laboratório, caso contrário, não se pode acreditar" (já cansei de escutar a mesma ladainha várias vezes).


Não temos um lema, temos um modo de pensar, que é bem simples:

"Never increase, beyond what is necessary, the number of entities required to explain anything" - William of Ockham (1285-1349)

"Nunca adicione, além do necessário, o número de elementos necessários para explicar alguma coisa" - William of Ockham (1285-1349)

OBS: Citação orginial mantida para melhor compreensão.

Citar
Grande conclusão, está querendo me impressionar ? Ah, deve estar me subestimando, como de costume.


Confunde sentimento pessoal com fatos reais.

Equívocos

Citar
A definição mais comum de ciência, para quem usa do equilíbrio e do bom senso: é um corpo de conhecimentos sistematizados relativos a um determinado objeto de estudo (objeto este que pode ser material ou não ... acredite se quiser !!!)


Definição de ciência, por cientistas: Ciência é um conjunto de métodos lógicos e empíricos que permitem a observação sistemática de fenômenos empíricos, a fim de compreendê-los.

Citar
Sabe por que não respondes perguntas como: "Como já disse, há propósitos em tudo, basta olhar a natureza e seu ciclo natural... por que existir se vamos morrer ? Por que comer, trabalhar, respirar, se, para nós, tudo vai se perder um dia ? Qual seria o propósito ?" ou por que não comenta sobre: "Negar que Deus existe é o mesmo que dizer que há Efeito sem Causa," ?


Quem disse que precisa existir um propósito? As coisas que vemos não estão aqui para algo e sim por que algo aconteceu, e negar a deus é o pensamento lógico baseado na citação supra citada de William of Ockham.

Desequilíbrio

Citar
Os argumentos tendenciosos (desequilibrados), como os que li no site da STR, me fazem crescer ainda mais na fé em Deus e nas minhas teorias adquiridas pela leitura de livros espirituais. Quiçá acreditar em Papai Noel e nas Renas Voadoras seja mais óbvio.


Mostrou que está pensando de forma ilógica, baseando o aumento de sua fé no(suposta, acusado) desequilibro alheio.

Citar
Fui trancado, é óbvio que há pessoas que não gostam de escutar a verdade.


Citar
OBSOLETA, PORÉM IMBATÍVEL


Defende a posição de que é o dono da verdade.

Citar
SIM, CONCORDO, E VOCÊ MESMO ESTÁ AFIRMANDO "MEXER COM O SOBRENATURAL", OU SEJA, O ESTÁ ADMITINDO (COMO DISSE, PARA VC. É MAIS COMPLICADO, PARA MIM, E A MAIORIA QUE É TEÍSTA, NÃO)


Deturpa comentários alheios.

Citar
Quanto às suas comparações, as considero inócuas, não refletindo analogia eficaz.


Classifica comparações dos outros foristas como inofensivas(inócuas), como se quisesse dizer que estamos atacando-o.

Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Criou sua própria definição de verdade.

"Digo mas não faço"

Citar
Para um bom entendedor, meia mensagem basta...


Continua debatendo sobre o mesmo assunto, mesmo já tendo respostas completas, imagina se fossem metades.

Fala sobre coisas que não conhece

Citar
EXATAMENTE ! TALVEZ O INCONSCIENTE, QUE PODERÁS CHAMAR DE ESPÍRITO, OU O NOME QUE QUISERES DAR.


Não sabe de fato, nem a definição de inconsciente.

Citar
Sim, eu sonho, agora me responda... o sonho é material ? Claro que não.
O sonho nada mais é do que a manifestação do espírito (consciência, inconsciente, comportamento humano...daí vc. escolhe)


Desconhece ou ignora profundamente todos os estudos relacionados ao sono.

Citar
Você já viu um computador sentir alegria ?


Desconhece a ciência da Inteligência Artificial, ignora/desconhece avanços nos experimentos robóticos

Citar
Sim, mais viveram em ambientes muito semelhantes, possuem uma genética semelhante (principalmente quanto à morfologia de seu cérebro), tanto que os exames de DNA dão 99 % de credibilidade, porém, por quê muitos são tão diferentes quanto a seus sentimentos e emoção ?


Confunde igualdade com semelhança

Citar
Sim, tens razão, só que ela é imaterial, já ouviu dizer que alguém teve extraída fisicamente a consciência ? Alguns tentam ignorá-la, porque é algo espiritual, imortal, imaterial, mas ela existe.


Imaterial, mas pode ser provada, ao contrário dos espíritos.

Citar
Creio que Deus seja a causa primária de tudo o que existe, se queres chamá-lo de "Big Bang", fique à vontade...


Desconhece a teoria do Big-Bang e a compara com algo completamente disconexo.

Citar
Ninguém ensina outros a serem fóbicos sociais, é característica do espírito. Tanto é verdade que, outra pessoa, com qualidades genéticas bem semelhantes, que vivem em ambientes iguais, podem não ter tal fobia.


Desconhece a doeça ou apenas conhece superficialmente, faz conclusões inválidas.

Conclusão

Você está aqui para discutir. Por que não faz isso de forma correta? Até agora você não postou a mensagem completa do Hasse e do Sottomaior, tornando o seu primeiro tópico tendencioso, talvez eles já tenham respondido e estamos aqui de idiotas tentando solucionar um caso perdido.

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #37 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 23:16:10 »
Citação de: Tash
Citar
Citar

Falei mesmo, continuarei criticando quem não acredita na ciência!


Este é um nítido exemplo de que tiras conclusões precipitadas, assim como supôs que eu era espírita.
Eu acredito em ciência, só não acredito em suas teorias furadas, e... vou explicar o porquê.


Não vou comentar isso, já expliquei sobre conversas de cunho pessoal.

Citar
Citar
Ah, e você, pelo seu post, desistiu da idéia de que os sentimentos são apenas provocados, mas são estados de espírito e não corporais.
Mantenho minha opinião, você deveria pesquisar sobre os assuntos antes de comentar sobre eles aqui.


Mais uma conclusão inócua, não disse isso.
São estados de espírito, bem como podem ser provocados. Lembras de quando falei de interação ? (acho que não).


Minha intensão não é atacar, não sei porque você continua usando a palavra "inócua".
Não vou explicar denovo sobre estados corporais, você que leia denovo o post e pense bem antes de apertar o botão de resposta do fórum.

Citar
Citar
Caminho inverso? é simples? por que nós temos essas alterações? Fácil de explicar:


Pelo que explicou abaixo, está muito difícil de explicar.


O poder de entender depende da vontade.

Citar
Citar
Nós temos inteligência, sabemos raciocinar, sabemos distinguir algo bom de algo ruim, sabemos distinguir um parceiro sexual bom de um ruim, sabemos o que pode nos ferir, isso é uma característica do nosso grande cérebro, capacidade de raciocinar, seja esse raciocínio consciente (do qual temos conhecimento) ou inconsciente (que fazemos automaticamente). Praticamente todos os mamíferos, aves, répteis e peixes tem essa característica, poder de raciocinar, de estabelecer provabilidades, de armazenar certo conhecimento.


Grande conclusão, está querendo me impressionar ? Ah, deve estar me subestimando, como de costume.


Estou apenas injetando informação na conversa, para não criar confusões depois, se você se sente subestimado eu não posso fazer nada.

Citar
Citar
A humildade por exemplo, é algo desenvolvido. Uma pessoa pode ter vários fatores que mudem esse "sentimento", ela pode ter sido criada


Pode ser criada ?
Aré agora estamos falando que sentimentos são provocados, parece que quem mudou de idéia foi você.


Seria simples se você, ao invés de tentar arrumar argumentos para me criticar, tentasse entender.... Os sentimentos são estados, provocados sim, mas precisam de um gatilho, como você disse... isso é implícito nas demais mensagens desse tópico, mas eu resolvi detalhar e você deturpou essa informação para tentar tirar o nexo do meu texto. O gatilho é a base de informações (experiência) que o indivídio acumulou, que sabe encontrar o momento certo para provocar estados diferentes no corpo. Um bebê recém-nascido não sentiria nojo ao ver uma barata, como muitos humanos adultos o fazem, alguns até ficam com medo, ativando hormônios no organismo, e tudo começa na base de conhecimento da pessoa.

Citar
Citar
em um âmbito onde humildade não existia, isso acontece muitas vezes, crianças filhos de pais ricos não costumam ser humildes, pois ainda não atingiram maturidade para raciocinar e entender a humildade e também não costumam conviver com ela, muitas pessoas sequer querem ser humildes, porque aprenderam a ser assim, mas humildade é, massantemente, algo que se aprende, isso não tem nenhum fator espiritual, é algo característico do nosso curso de vida.


Está trocando as bolas, não estou falando da humildade que se aprende (faça isso ou aquilo, que estarás sendo humilde), mas sim, do sentimento de humildade, intrínseco ao ser humano. Você nunca se sentiu humilhado ? Nunca viu uma criança, mesmo não sabendo explicar o que é humildade, se sentir humilhada ? Pelos pais, amiguinhos, etc... tanto que chora muitas das vezes (nem sempre). Nem sempre porque sentimento independe de reação para se motrar que tem. (o caso do cachorrinho artificial, lembra-se ?)


Primeiramente, você não especificou sobre qual humildade falava. Uma criança não precisa saber a definição textual de humildade para se sentir humilhada, basta ela analisar a situação, se ela não tivesse capacidade disso não se sentiria humilhada, como acontece com deficientes mentais, muitos são ofendidos explicitamente e não demonstram nenhum sentimento.

Citar
Citar
Amor também, é algo que nós desenvolvemos ao longo do tempo, geralmente temos padrões para escolher nossos parceiros sexuais, como altura, cor de pele, cor de cabelo, e isso também é algo que se aprende, pois o pessoal da cidade gosta de mulheres com corpo definido, seios empinados e tudo mais, enquanto os índios gostam das suas índias normais, com seios caídos e sem maquiagem. Também temos um padrão para gostar da personalidade das pessoas, mas não é em todo lugar assim, tem lugares onde os casamentos são combinados e as esposas ficam felizes com qualquer marido que lhe arrangem. Eu quando digo que amo uma mulher, é pra viver pra sempre com ela e SOMENTE ela, nem me passa pela cabeça outra mulher, agora tem gente que não pensa assim, porque tem um conceito diferente de amor, tem países onde se ama duas ou mais mulheres (poligamia).


Pelo jeito, não entende nada sobre amor.
Amor não é relação sexual (libido), nem depende de nada que seja físico.
Amor se pode ter pelo filho, pai, mãe, não só pelo ser de outro sexo para fins de reprodução.
Por isso é um sentimento e não um conceito que se aprende originariamente, vem do espírito, desde quando nascemos, o que acontece é que, quando bebês, não temos um corpo ainda aperfeiçoado para demonstrar o que o espírito tem de mais ou menos desenvolvido.
É óbvio que este sentimento pode se desenvolver com o aprendizado, mas nunca criado por ele.


Quem definiu o que é amor? quem garante que o amor que você sente é melhor do que o meu? E eu especifiquei bem quando disse sobre o amor que sinto por mulheres, é claro que temos um amor diferente para com familiares. E novamente, o sentimento não é criado pelo aprendizado, a pessoa já nasce com capacidade de produzir muitos dos hormônios, mas ainda não tem conhecimento para saber quando usá-los (mesmo que inconscientemente).

Citar
Citar
O Medo, não passa de uma defesa do corpo para quando se encontra em perigo, quem determina se estamos em perigo somos nós, conscientemente, mesmo que não possamos impedir esse sentimento. Pessoas com fobia sabem o que é isso.



Concordo que o medo é uma defesa do corpo, porém há medos que temos por coisas insignificantes, que não trariam nenhuma ameaça, mesmo sabendo da insignificância (como por exemplo, de grilo).
Porém, há o sentimento.
É claro que não é tão consciente assim.
Estás se demonstrando péssimo nas analogias...


Eu usei uma definição, não uma analogia, e é consciente SIM, quando você sente medo de um grilo já sabe que tem medo de grilos, geralmente isso acontece por algum trauma, pela aparência do animal, e existe tratamento pra isso. Existem aracnofóbicos que depois do tratamento até adotam aracnídeos como animais de estimação.

Citar
Citar
Vergonha, esse é meio óbvio, qualquer um sabe quando faz besteira, e a "vergonha de timidez" é outra história, é algo que se aprende na criação (sei do que estou falando porque sou Fóbico Social)


Se és fóbico social, sabes muito bem que não se pode controlar sempre tal sentimento.
Ninguém ensina outros a serem fóbicos sociais, é característica do espírito. Tanto é verdade que, outra pessoa, com qualidades genéticas bem semelhantes, que vivem em ambientes iguais, podem não ter tal fobia.
Pode ter certeza, que o mundo vai lhe ensinar (através da interação matéria/espírito que lhe falei) a se aperfeioar e avançar na senda da evolução.


Sou fóbico social e não posso controlar isso, mas tenho plena consciência do meu problema e sei o que o provocou, e não é característico do meu espírito... como eu disse, os medos geralmente são causados por traumas. E o melhor ajudante do Fóbico Social é o Aropax, e não a evolução espiritual ¬¬

Citar
Citar
Você disse lá em cima que seria impossível o cérebro gerar um estímulo, mas é perfeitamente plausível, o que você disse é a mesma coisa que dizer: "raciocinar é estapafúrdio". E também não vou ficar mostrando exemplos de todos os sentimentos, analise bem e verá que cada sentimento tem um estímulo que pode ser aprendido ao longo do tempo.


O que está dizendo é que o cérebro manda estímulos para os hormônios e estes se voltam ao mesmo para desencadear os sentimentos ?
Quer dizer, primeiro o cérebro sente, manda o estímulo, para depois sentir de novo ?
Raciocinar não é estapafúrdio, mas este raciocínio inócuo, definitivamente é !
Sabe por quê ?
Porque não entendes a interação espírito/matéria, essencial para o desenvolvimento de ambos.


Sabes realmente o que é algo inócuo?  :o  A palavra não encaixa com sua mensagem....

Você interpretou equivocadamente meu texto, vamos tentar fazer uma historinha:

-Você nasce, seu cérebro começa a captar informações
-Aos 8 anos você tenta começar a andar de bicicleta, você ainda não sabe fazer isso, mas nos primeiros dias você já ganha experiência e fica convicto de que sabe andar.
-Quando vai andar com seus amiguinhos, passa sobre uma pedra, se descontrola e cai. Você estava convicto de que sabia, e algo inesperado aconteceu, criando uma situação constrangedora, porque você disse que sabia andar de bicicleta e agora você caiu. Você fica confuso, não sabe o que está acontecendo, seu cérebro libera hormônios que fazem o coração começar a bombear mais sangue para seus órgãos sensoriais, afim de tentar receber mais informação sobre o ambiente, você fica ruborizado, típico acontecimento que deixa uma criança envergonhada, você não sabe o que está acontecendo, isso nunca aconteceu com você, não sabe qual será a reação dos seus amigos, será que eles vão rir de você? Você sente medo da rejeição, e se eles não quiserem mais andar de bicicleta comigo?? medo e vergonha explicados sem espírito.
-(Visão de um amigo) Ele caiu, estava tão convicto, ele foi até arrogante ao dizer que sabia, isso é engraçado, é como se o destino compensasse essa arrogância dele (o cérebro achou uma informação perfeitamente compatível, tudo está dando certo, ele começa a liberar hormônios de euforia), estou tão alegre

Somente lembrando que a função dos hormônios não se limita a reações somente no cérebro, geralmente as reações são no corpo.

E o processo não é esse:

Cérebro(sente) => Estímulo => Cérebro(Sente)

é esse:

passo 1: Cérebro(Processa) => Cérebro(Analisa) => Cérebro(Comanda) => Corpo(Responde)

Como você sente (sentir no sentido de captar através de estimulos sensoriais) as substâncias agindo no corpo, você estabelece padrões, por exemplo, você sabe que o sentimento vergonha acontece quando alguma situação constrangedora acontece, e sabe quais reações essa situação provoca....


Muito bom Tash,
Gostei de sua didática.
Primeiramente gostaria de dizer que inócuo significa "sem efeito" ou "sem sentido"
Só me diga uma coisa...
Em sua colocação: "(...) típico acontecimento que deixa uma criança envergonhada, você não sabe o que está acontecendo, isso nunca aconteceu com você, não sabe qual será a reação dos seus amigos, será que eles vão rir de você? Você sente medo da rejeição, e se eles não quiserem mais andar de bicicleta comigo?? medo e vergonha explicados sem espírito."
Na parte que está assinalada e somente nela, qual o processo que faz com que o indivíduo sinta tal vergonha ? Eu poderia muito bem ver os indivíduos rindo da minha cara e não sentir nada, como um computador, um cachorro artificial, etc...
Ou poderia ter dúvida se meus amigos voltariam a andar de bicicleta comigo, porém sem sentir nada ! Também como um objeto mecatrônico.
O segredo está no verbo sentir, algo imaterial. O processo físico fora muito bem explicado, porém há algo de especial em sentir.
"E se eles não quiserem mais andar de bicicleta ?" Um computador não estaria nem aí, porque não sentiria...
Creio que os sentimentos dificilmente serão explicados integralmente pela ciência material, apenas poderão ser investigados.
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #38 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 23:35:10 »
Citação de: Tash
Vamos ver algumas citações de Renato Tria Desie

Ataques direcionados:

Citar
O mau dos positivistas, como você, é deturpar o conceito de ciência, trazendo para ela uma definição exclusivista.


Definição de ciência: Ciência é um conjunto de métodos lógicos e empíricos que permitem a observação sistemática de fenômenos empíricos, a fim de compreendê-los.

Citar
PORQUE ESTÁS BITOLADO NUMA SÓ MANEIRA DE PENSAR, DEIXANDO O EQUILÍBRIO DE LADO.

PORQUE ESTÁS MÍOPE, CÉTICO. VÊS O MUNDO EM PRETO E BRANCO.


Utilizou caixa alta (que indica que está gritando), fez mau uso da generalização, demonstrou preconceito.

Citar
Porque não entendes a interação espírito/matéria, essencial para o desenvolvimento de ambos.


Desmerece os conhecimentos de outro forista gratuitamente, sem um propósito definido.

Citar
Pode ter certeza, que o mundo vai lhe ensinar (através da interação matéria/espírito que lhe falei) a se aperfeioar e avançar na senda da evolução.


Momento vidente/profético, acusa outro forista de não ser evoluído como ele (já que só podemos dizer que algo é inferior se somos superiores), preconceito.

Presupostos inválidos

Citar
O lema dos positivistas é:

"Tudo deve ser investigado e provado em laboratório, caso contrário, não se pode acreditar" (já cansei de escutar a mesma ladainha várias vezes).


Não temos um lema, temos um modo de pensar, que é bem simples:

"Never increase, beyond what is necessary, the number of entities required to explain anything" - William of Ockham (1285-1349)

"Nunca adicione, além do necessário, o número de elementos necessários para explicar alguma coisa" - William of Ockham (1285-1349)

OBS: Citação orginial mantida para melhor compreensão.

Citar
Grande conclusão, está querendo me impressionar ? Ah, deve estar me subestimando, como de costume.


Confunde sentimento pessoal com fatos reais.

Equívocos

Citar
A definição mais comum de ciência, para quem usa do equilíbrio e do bom senso: é um corpo de conhecimentos sistematizados relativos a um determinado objeto de estudo (objeto este que pode ser material ou não ... acredite se quiser !!!)


Definição de ciência, por cientistas: Ciência é um conjunto de métodos lógicos e empíricos que permitem a observação sistemática de fenômenos empíricos, a fim de compreendê-los.

Citar
Sabe por que não respondes perguntas como: "Como já disse, há propósitos em tudo, basta olhar a natureza e seu ciclo natural... por que existir se vamos morrer ? Por que comer, trabalhar, respirar, se, para nós, tudo vai se perder um dia ? Qual seria o propósito ?" ou por que não comenta sobre: "Negar que Deus existe é o mesmo que dizer que há Efeito sem Causa," ?


Quem disse que precisa existir um propósito? As coisas que vemos não estão aqui para algo e sim por que algo aconteceu, e negar a deus é o pensamento lógico baseado na citação supra citada de William of Ockham.

Desequilíbrio

Citar
Os argumentos tendenciosos (desequilibrados), como os que li no site da STR, me fazem crescer ainda mais na fé em Deus e nas minhas teorias adquiridas pela leitura de livros espirituais. Quiçá acreditar em Papai Noel e nas Renas Voadoras seja mais óbvio.


Mostrou que está pensando de forma ilógica, baseando o aumento de sua fé no(suposta, acusado) desequilibro alheio.

Citar
Fui trancado, é óbvio que há pessoas que não gostam de escutar a verdade.


Citar
OBSOLETA, PORÉM IMBATÍVEL


Defende a posição de que é o dono da verdade.

Citar
SIM, CONCORDO, E VOCÊ MESMO ESTÁ AFIRMANDO "MEXER COM O SOBRENATURAL", OU SEJA, O ESTÁ ADMITINDO (COMO DISSE, PARA VC. É MAIS COMPLICADO, PARA MIM, E A MAIORIA QUE É TEÍSTA, NÃO)


Deturpa comentários alheios.

Citar
Quanto às suas comparações, as considero inócuas, não refletindo analogia eficaz.


Classifica comparações dos outros foristas como inofensivas(inócuas), como se quisesse dizer que estamos atacando-o.

Citar
Ademais, não existe verdade absoluta vinda de seres humanos imperfeitos, mas existem verdades relativas... e eu, sim, tenho uma, que continuará sendo até que alguém me conteste convincentemente. (por isso chama-se relativa).


Criou sua própria definição de verdade.

"Digo mas não faço"

Citar
Para um bom entendedor, meia mensagem basta...


Continua debatendo sobre o mesmo assunto, mesmo já tendo respostas completas, imagina se fossem metades.

Fala sobre coisas que não conhece

Citar
EXATAMENTE ! TALVEZ O INCONSCIENTE, QUE PODERÁS CHAMAR DE ESPÍRITO, OU O NOME QUE QUISERES DAR.


Não sabe de fato, nem a definição de inconsciente.

Citar
Sim, eu sonho, agora me responda... o sonho é material ? Claro que não.
O sonho nada mais é do que a manifestação do espírito (consciência, inconsciente, comportamento humano...daí vc. escolhe)


Desconhece ou ignora profundamente todos os estudos relacionados ao sono.

Citar
Você já viu um computador sentir alegria ?


Desconhece a ciência da Inteligência Artificial, ignora/desconhece avanços nos experimentos robóticos

Citar
Sim, mais viveram em ambientes muito semelhantes, possuem uma genética semelhante (principalmente quanto à morfologia de seu cérebro), tanto que os exames de DNA dão 99 % de credibilidade, porém, por quê muitos são tão diferentes quanto a seus sentimentos e emoção ?


Confunde igualdade com semelhança

Citar
Sim, tens razão, só que ela é imaterial, já ouviu dizer que alguém teve extraída fisicamente a consciência ? Alguns tentam ignorá-la, porque é algo espiritual, imortal, imaterial, mas ela existe.


Imaterial, mas pode ser provada, ao contrário dos espíritos.

Citar
Creio que Deus seja a causa primária de tudo o que existe, se queres chamá-lo de "Big Bang", fique à vontade...


Desconhece a teoria do Big-Bang e a compara com algo completamente disconexo.

Citar
Ninguém ensina outros a serem fóbicos sociais, é característica do espírito. Tanto é verdade que, outra pessoa, com qualidades genéticas bem semelhantes, que vivem em ambientes iguais, podem não ter tal fobia.


Desconhece a doeça ou apenas conhece superficialmente, faz conclusões inválidas.

Conclusão

Você está aqui para discutir. Por que não faz isso de forma correta? Até agora você não postou a mensagem completa do Hasse e do Sottomaior, tornando o seu primeiro tópico tendencioso, talvez eles já tenham respondido e estamos aqui de idiotas tentando solucionar um caso perdido.


Tens razão, creio que já passou da hora de terminarmos este tópico.
É muito fácil pegar alguns trechos isolados e interpretá-los de forma pessoal e tendenciosa.
Nunca entenderá minhas posições, porque eu tenho fé e ciência, porém você, apenas ciência.
Para terminar...
A oposição das corporações científicas é, para muita gente, senão uma
prova, pelo menos uma forte presunção contrária. Não somos dos que
levantam a voz contra os sábios, pois não queremos dar motivo a nos
chamarem de estouvados; temo-los, pelo contrário, em grande estima e
ficaríamos muito honrados se fossemos contados entre eles. Entretanto, sua
opinião não poderia representar todas as circunstâncias, um julgamento
irrevogável.
Quando a Ciência sai da observação material dos fatos e trata de apreciá-los
e explicá-los, abre-se para os cientistas o campo das conjecturas: cada um
constrói o seu sistemazinho, que deseja fazer prevalecer e sustenta
encarniçadamente. Não vemos diariamente as opiniões mais contraditórias
serem preconizadas e rejeitadas, repelidas como erros absurdos e depois
proclamadas como verdades incontestáveis? Os fatos, eis o verdadeiro critério
dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a
dúvida é a opinião do homem prudente.
No tocante as coisas evidentes, a opinião dos sábios e justamente digna de
fé, porque eles as conhecem mais e melhor que o vulgo. Mas no tocante a
princípios novos, a coisas desconhecidas, a sua maneira de ver não é mais do
que hipotética, porque eles não são mais livres de preconceitos que os outros.
Direi mesmo que o sábio terá, talvez, mais preconceitos que qualquer outro,
pois uma propensão natural o leva a tudo subordinar ao ponto de vista de sua
especialidade: o matemático não vê nenhuma espécie de prova, senão através
de uma demonstração algébrica, o químico relaciona tudo com a ação dos
elementos, e assim por diante. Todo homem que se dedica a uma
especialidade escraviza a ela as suas idéias. Afastai-o do assunto e ele quase
sempre se confundirá, porque deseja tudo submeter ao seu modo de ver; é esta
uma conseqüência da fragilidade humana. Consultarei, portanto, de bom grado
e com absoluta confiança, um químico sobre uma questão de análise; um
físico sobre a força elétrica; um mecânico sobre a força motriz; mas eles me
permitirão, sem que isto afete a estima que lhes devo por sua especialização,
que não tenha em melhor conta a sua opinião negativa sobre o espírito do
que a de um arquiteto sobre questões de música.
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: Re.: Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #39 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 23:43:34 »
Citar
Muito bom Tash,
Gostei de sua didática.


Obrigado.

Citar
Primeiramente gostaria de dizer que inócuo significa "sem efeito" ou "sem sentido"


Me desculpe, meu dicionário deve estar incompleto, aqui só diz assim:
1. Inofensivo
2. Que não apresenta ameaça


Citar
Só me diga uma coisa...
Em sua colocação: "(...) típico acontecimento que deixa uma criança envergonhada, você não sabe o que está acontecendo, isso nunca aconteceu com você, não sabe qual será a reação dos seus amigos, será que eles vão rir de você? Você sente medo da rejeição, e se eles não quiserem mais andar de bicicleta comigo?? medo e vergonha explicados sem espírito."
Na parte que está assinalada e somente nela, qual o processo que faz com que o indivíduo sinta tal vergonha ?


O conflito abrupto de idéias, ele queria mostrar para os amigos que sabia andar, mas acabou falhando, não dá pra explicar pegando só uma parte do texto, tem que analisar o contexto!

Citar
Eu poderia muito bem ver os indivíduos rindo da minha cara e não sentir nada, como um computador, um cachorro artificial, etc...Ou poderia ter dúvida se meus amigos voltariam a andar de bicicleta comigo, porém sem sentir nada ! Também como um objeto mecatrônico.


Ainda não fabricamos computadores com capacidade para isso, mas a ALICE (aquela que você desmereceu), fica brava quando você chama ela de "bitch" :)
Respondendo: Nesse caso, o garoto sentiu algo porque seu cérebro entrou em confusão, ele estava convicto de que ia triunfar e falhou.

Citar
O segredo está no verbo sentir, algo imaterial. O processo físico fora muito bem explicado, porém há algo de especial em sentir.


O verbo foi criado por humanos, não podemos escrever teorias em cima de verbos... a não ser que sejam teorias gramaticais :P E esse algo especial em sentir, é um conceito ao qual você não está acostumado apenas, não precisamos desse conceito especial para explicar os sentimentos, logo presume-se que seja supérfluo, "pra que complicar?"

Citar
"E se eles não quiserem mais andar de bicicleta ?" Um computador não estaria nem aí, porque não sentiria...


Código: [Selecionar]
if (eles não querem andar de bicicleta E eu quero andar de bicicleta com eles) {
estou triste
} else {
estou feliz
}


Aqui estão algumas linhas de código que fariam muito bem a função de sentir, só que como eu disse, essa é uma situação muito complexa pra um computador processar..... é possível, mas o programador demoraria anos pra escrever uma função que determina se alguém parece não querer andar de bicicleta QUANDO o computador cai de uma bicicleta.... teria que analisar a face das pessoas, detectar padrões nas expressões, padrões no tom de voz, coisa que nosso cérebro faz em milésimos de segundo.

Citar
Creio que os sentimentos dificilmente serão explicados integralmente pela ciência material, apenas poderão ser investigados.


O que não poderá ser explicado é essa coisa especial que você acha que existe, mas isso é uma convicção sua, não sabemos se de fato existe, já que podemos explicar isso sem ela....

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #40 Online: 20 de Fevereiro de 2005, 23:59:11 »
Citar
Tens razão, creio que já passou da hora de terminarmos este tópico.


Nem deveria ter sido criado

Citar
É muito fácil pegar alguns trechos isolados e interpretá-los de forma pessoal e tendenciosa.


Peço para que os foristas procurem as citações e tirem suas próprias conclusões, elas falarão por si mesmas

Citar
Nunca entenderá minhas posições, porque eu tenho fé e ciência, porém você, apenas ciência.


Fé e ciência, coisas que não combinam....

Citar
Para terminar...
A oposição das corporações científicas é, para muita gente, senão uma
prova, pelo menos uma forte presunção contrária. Não somos dos que
levantam a voz contra os sábios, pois não queremos dar motivo a nos
chamarem de estouvados; temo-los, pelo contrário, em grande estima e
ficaríamos muito honrados se fossemos contados entre eles. Entretanto, sua
opinião não poderia representar todas as circunstâncias, um julgamento
irrevogável.


 :o

Citar
Quando a Ciência sai da observação material dos fatos e trata de apreciá-los
e explicá-los, abre-se para os cientistas o campo das conjecturas: cada um
constrói o seu sistemazinho, que deseja fazer prevalecer e sustenta
encarniçadamente.


Novamente críticas sem fundamento....

Citar
Não vemos diariamente as opiniões mais contraditórias
serem preconizadas e rejeitadas, repelidas como erros absurdos e depois
proclamadas como verdades incontestáveis?


A ciência vive de aperfeiçoamentos

Citar
Os fatos, eis o verdadeiro critério
dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a
dúvida é a opinião do homem prudente.


Fatos, muito bem, são o que os cientistas querem


Citar
No tocante as coisas evidentes, a opinião dos sábios e justamente digna de
fé, porque eles as conhecem mais e melhor que o vulgo. Mas no tocante a
princípios novos, a coisas desconhecidas, a sua maneira de ver não é mais do
que hipotética, porque eles não são mais livres de preconceitos que os outros.


Desculpa, você tá falando muito bonito, não gosto de português, eu vim pra discutir sobre espíritos e não pra ficar consultando o dicionário

Citar
Direi mesmo que o sábio terá, talvez, mais preconceitos que qualquer outro,
pois uma propensão natural o leva a tudo subordinar ao ponto de vista de sua
especialidade: o matemático não vê nenhuma espécie de prova, senão através
de uma demonstração algébrica, o químico relaciona tudo com a ação dos
elementos, e assim por diante.


Garanto que os matemáticos não vêem suas esposas como números, e não consideram a constante de Euller ao escolher uma esposa, também não acham quem não sabe matemática menos evoluído (creio que todos saibam que somos da mesma espécie), e, em sua profissão, não discriminam pessoas pela sua posição religiosa/filosófica

Citar
Todo homem que se dedica a uma
especialidade escraviza a ela as suas idéias.


Novamente uma generalização... eu dedico minha vida à programar para internet, mas não fico escrevendo linhas de código para determinar se o café está amargo ou doce de manhã, também não discrimino quem não sabe programar :P

Citar
Afastai-o do assunto e ele quase
sempre se confundirá, porque deseja tudo submeter ao seu modo de ver;


Me parece muito o que você fez, sempre tentando misturar a ciência com fé, ao debater... ciência!

Citar
é esta
uma conseqüência da fragilidade humana. Consultarei, portanto, de bom grado
e com absoluta confiança, um químico sobre uma questão de análise; um
físico sobre a força elétrica; um mecânico sobre a força motriz;


O Google basta, não precisa consultar tantos assim... :P

 
Citar
mas eles me
permitirão, sem que isto afete a estima que lhes devo por sua especialização,
que não tenha em melhor conta a sua opinião negativa sobre o espírito do
que a de um arquiteto sobre questões de música.


 :o Você vem num fórum de céticos e espera o que? respostas espíritas? respostas com fé? você teve as respostas científicas das quais precisava para entender os sentimentos, mas se você acha que tem algo mais, não podemos fazer nada!

OBS: Ainda não postou a conversa inteira do Hasse e do Sottomaior

O Pensador

  • Visitante
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #41 Online: 21 de Fevereiro de 2005, 06:29:04 »
Gostei muito do nível deste debate.Eu particularmente penso que os céticos que descrêem da existência da alma cometem uma falha reducionista.Nâo é só porque o espírito,hipoteticamente, se manifeta através da matéria que ele deve ser considerado inexistente.Há uma interaçâo entre espírito e matéria.

As características operacionais do organismo só sâo possíveis porque o espírito anima a matéria.Qual é a diferença entre um organismo vivo e um organismo morto?O organismo permanece o mesmo oganismo estruturalmente mas perde suas funçôes bioelétricas na ocasiâo da morte.Estas funçôes compreendem a consciência,funçâo motora,reguladora e moduladora dos hormônios,etc.Portanto o organismo é o mesmo só que nâo funciona da mesma forma que antes e isto porque alguma substância vital  previamente mesclada no organismo deve ter sido desvinculada do organismo.

Senâo estaríamos dizendo que o organimo é a causa eficiente de seu funcionamento operacional e concomitantemente asseverando que o organismo nâo determina causalmente suas funçôes,o que é patentemente contraditória desde que estamos tratando de espécimes distintos mas que possuem a mesma constituiçâo estrutural

Sabemos segundo a primeira lei da termodinâmica que a enrgia atualmente nâo é criada nem destruída mas sim transformada e sabemos também que entre sistemas abertos a entropria máxima nâo pode ser alcançada e que portanto a enrgia nâo pode ter sido transformada unicamente em enrgia termica nâo reconvertível mas deve ter mantido suas funçôes vitais inatas.Entâo para onde foi esta forma de enrgia que promovia vitalidade ao organismo?Se nâo foi aniquilada deve ter sido transferida para outro sistema e contudo deve ter mantido suas características básicas de princípio vital animador.

Abraços.


PS:Minha última mensagem foi deletada e meu registro apagado.Tive que me recadastrar.Peço encarecidamente aos moderadores que possam me auxilair a solucionar este problema.Grato.

Anonymous

  • Visitante
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #42 Online: 21 de Fevereiro de 2005, 13:19:42 »
Citação de: O Pensador
Gostei muito do nível deste debate.Eu particularmente penso que os céticos que descrêem da existência da alma cometem uma falha reducionista.Nâo é só porque o espírito,hipoteticamente, se manifeta através da matéria que ele deve ser considerado inexistente.Há uma interaçâo entre espírito e matéria.
Olá, seja bem-vindo, novamente.
Eu não acredito na existência de alma, mas, se há manifestação com algo material, como o corpo, essa manifestação pode ser detectada. Então apenas alegações não ajudam em nada sem evidência.

Citação de: O Pensador
As características operacionais do organismo só sâo possíveis porque o espírito anima a matéria.
Estou muito curioso para saber a base de sua informação, detectaram espírito em uma matéria e não saiu no jornal?

Citação de: O Pensador
Qual é a diferença entre um organismo vivo e um organismo morto?O organismo permanece o mesmo oganismo estruturalmente mas perde suas funçôes bioelétricas na ocasiâo da morte.Estas funçôes compreendem a consciência,funçâo motora,reguladora e moduladora dos hormônios,etc.Portanto o organismo é o mesmo só que nâo funciona da mesma forma que antes e isto porque alguma substância vital previamente mesclada no organismo deve ter sido desvinculada do organismo.

Senâo estaríamos dizendo que o organimo é a causa eficiente de seu funcionamento operacional e concomitantemente asseverando que o organismo nâo determina causalmente suas funçôes,o que é patentemente contraditória desde que estamos tratando de espécimes distintos mas que possuem a mesma constituiçâo estrutural

Sabemos segundo a primeira lei da termodinâmica que a enrgia atualmente nâo é criada nem destruída mas sim transformada e sabemos também que entre sistemas abertos a entropria máxima nâo pode ser alcançada e que portanto a enrgia nâo pode ter sido transformada unicamente em enrgia termica nâo reconvertível mas deve ter mantido suas funçôes vitais inatas.Entâo para onde foi esta forma de enrgia que promovia vitalidade ao organismo?Se nâo foi aniquilada deve ter sido transferida para outro sistema e contudo deve ter mantido suas características básicas de princípio vital animador.

Abraços.
Primeiramente gostaria de dizer, que admitindo-se isso, plantas, crustáceos e larvas (e porque não uma simples reação química?) deveriam ter espírito.
Já vi em algum lugar esse tipo de argumentação, mas devido ao meu pouco interesse com o espirismo talvez nunca tenha pesquisado nada (até por que não sou biólogo), mas essas características bioelétricas não seriam consumidas pelo próprio corpo quando as funções acabam, lembrando a enorme quantidade de energia que possui um cadáver, não seria simplesmente consumida pelo corpo? O que acontece quando recebemos uma descarga elétrica (raios, ou pela rede elétrica), será que o corpo ficaria eletrizado, lembrando alguma coisa semelhante ao The Flash?

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #43 Online: 21 de Fevereiro de 2005, 19:53:39 »
Citar
Qual é a diferença entre um organismo vivo e um organismo morto?O organismo permanece o mesmo oganismo estruturalmente mas perde suas funçôes bioelétricas na ocasiâo da morte.Estas funçôes compreendem a consciência,funçâo motora,reguladora e moduladora dos hormônios,etc.Portanto o organismo é o mesmo só que nâo funciona da mesma forma que antes e isto porque alguma substância vital previamente mesclada no organismo deve ter sido desvinculada do organismo.


Eu creio que quando um organismo morre, devido a ausência de oxigenação nas células, elas perdem o poder de sintetizar proteínas, hormônios e desempenhar funções importantes, portanto o cérebro "desoxigenado" (anoxia cerebral), impede que os neurotransmissores propaguem a energia. Essa foi a explicação do meu professor de biologia, por favor biólogos foristas dêem maior suporte!

Citar
Sabemos segundo a primeira lei da termodinâmica que a enrgia atualmente nâo é criada nem destruída mas sim transformada e sabemos também que entre sistemas abertos a entropria máxima nâo pode ser alcançada e que portanto a enrgia nâo pode ter sido transformada unicamente em enrgia termica nâo reconvertível mas deve ter mantido suas funçôes vitais inatas.Entâo para onde foi esta forma de enrgia que promovia vitalidade ao organismo?Se nâo foi aniquilada deve ter sido transferida para outro sistema e contudo deve ter mantido suas características básicas de princípio vital animador.


O corpo não é um sistema fechado! Nós recebemos energia dos alimentos e liberamos ela em forma de calor, para processar os alimentos necessitamos que nossas células estejam em pleno funcionamento para extrair a energia dos processos químicos provocados pelas enzimas que o corpo produz, quando morremos, nosso corpo continua quente e nosso cérebro permanece enviando certa carga elétrica aos nervos, mas como não produzimos mais energia, ela acaba! Portanto ela não "some", ela "desempenha seu último papel"

O Pensador

  • Visitante
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #44 Online: 22 de Fevereiro de 2005, 01:12:23 »
Citar
(Ricardo Braiva)Olá, seja bem-vindo, novamente.



Obrigado.


Citar
Eu não acredito na existência de alma, mas, se há manifestação com algo material, como o corpo, essa manifestação pode ser detectada. Então apenas alegações não ajudam em nada sem evidência


Nâo seria porque geralmente focalizamos o fenômeno em si em sua causa instrumental ou constituiçâo estrutural ao invés de focalizarmos na causa eficiente do fenômeno?Mas termodinâmicamente há razôes para crer que a alma(ou princípio vital)exista realmente como uma substância distinta do organismo físico.


Citar
Estou muito curioso para saber a base de sua informação, detectaram espírito em uma matéria e não saiu no jornal?



Nâo.O espírito é invisível.Mas gera efeitos observáveis mensuràveis de sua existência no plano físico.E isto já é cietificamente suficiente para certificarmo-nos de sua existência.


Citar
Primeiramente gostaria de dizer, que admitindo-se isso, plantas, crustáceos e larvas (e porque não uma simples reação química?) deveriam ter espírito.



E tem.Só que com funçôes menos especializadas e complexas.


 
Citar
mas essas características bioelétricas não seriam consumidas pelo próprio corpo quando as funções acabam, lembrando a enorme quantidade de energia que possui um cadáver, não seria simplesmente consumida pelo corpo?



Eu aventei esta hipótese e demonstrei a incoerência científica deste postulado.Entre sistemas abertos há troca de enrgia e portanto a entropria máxima nâo pode ser alcançada,o que é equivalente à afirmar que a energia nâo é transforomada inteiramemente em enrgia térmica que nâo pode ser convertida mas uma parcela é transformada em enrgia aproveitável para realizaçâo de trabalho,ou seja,a enrgia bioelétrica que originalmente estava imanente no organismo.Conclui-se que esta energia e suas propriedades nâo se perdem com a dissociaçâo do corpo.


Citar
O que acontece quando recebemos uma descarga elétrica (raios, ou pela rede elétrica), será que o corpo ficaria eletrizado, lembrando alguma coisa semelhante ao The Flash?


Nâo.Esta carga elétrica a que me refiro sâo os impulsos elétricos que percorrem o oirganismo e o mantém funcional.Cargas elétricas suplementares nâo podem ser transformadas em energia uitlizável porque o organismo já estará carregado com energia útil suficiente.Por isso nâo poderia criar superpoderes como no Flash.


Citar
(Tash)Eu creio que quando um organismo morre, devido a ausência de oxigenação nas células, elas perdem o poder de sintetizar proteínas, hormônios e desempenhar funções importantes, portanto o cérebro "desoxigenado" (anoxia cerebral), impede que os neurotransmissores propaguem a energia



Mas o processo da morte orgânica é gradual e progressivo intercalado entre etapas.Em casos de acidentes fatais e fulminantes este processo só é ultraacelerado mas permanece fracionado em etapas sucessivas.Nestas etapas,a enrgia vai crescentemente se esvaidno do organismo.Ele vai ficando frio e perdendo calor e suas funçôes vitais vâo enfraquecendo.Está é a confirmaçâo emírica do caráter progressivo do processo de morte orgânica.Logo o cérebro perde energia elétrica funcionalmnte vital e enrgia térmica gradativamente à medida que o organismo perde sua resistência.


Citar
O corpo não é um sistema fechado! Nós recebemos energia dos alimentos e liberamos ela em forma de calor, para processar os alimentos necessitamos que nossas células estejam em pleno funcionamento para extrair a energia dos processos químicos provocados pelas enzimas que o corpo produz, quando morremos, nosso corpo continua quente e nosso cérebro permanece enviando certa carga elétrica aos nervos, mas como não produzimos mais energia, ela acaba! Portanto ela não "some", ela "desempenha seu último papel"



Correto.O corpo nâo é um sistema fechado.O que esqueceu de mencionar é que há perda real e considerável de enrgia térmica e da energia responsável pela conversâo dos alimentos em enrgia organicamente ativa.Todo o processo descrito por vc é verídico.Mas o problema permanece.Há perda real de energia aproveitável para realizaçâo de trabalho e de enrgia térmica.

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #45 Online: 22 de Fevereiro de 2005, 01:29:08 »
Citar
Nâo seria porque geralmente focalizamos o fenômeno em si em sua causa instrumental ou constituiçâo estrutural ao invés de focalizarmos na causa eficiente do fenômeno?Mas termodinâmicamente há razôes para crer que a alma(ou princípio vital)exista realmente como uma substância distinta do organismo físico.


Esse é o método científico, precisamos ter certeza de que algo existe, provas nunca são demais, dúvidas sempre são demais.

Citar
Nâo.O espírito é invisível.Mas gera efeitos observáveis mensuràveis de sua existência no plano físico.E isto já é cietificamente suficiente para certificarmo-nos de sua existência.


O ar é invisível, o som é invisível, o espírito é mais do que isso, ele é indetectável, apenas os médiuns podem comprovar sua existência, e os espiritos milagrosamente não aparecem quando cientistas estão por perto. Você poderia falar como algo "intangível, invisível, indetectável" gera algo mensurável e observável? Aprecio exemplificações.


Citar
E tem.Só que com funçôes menos especializadas e complexas.


Sério mesmo? Ainda não li nenhum estudo sobre isso, como podemos ter certeza de que os espiritos deles são mais ou menos complexos? Os "efeitos observáveis mensuráveis" neles tem algo que muda sua análise qualitativa?

Citar
Eu aventei esta hipótese e demonstrei a incoerência científica deste postulado.Entre sistemas abertos há troca de enrgia e portanto a entropria máxima nâo pode ser alcançada,o que é equivalente à afirmar que a energia nâo é transforomada inteiramemente em enrgia térmica que nâo pode ser convertida mas uma parcela é transformada em enrgia aproveitável para realizaçâo de trabalho,ou seja,a enrgia bioelétrica que originalmente estava imanente no organismo.Conclui-se que esta energia e suas propriedades nâo se perdem com a dissociaçâo do corpo.


Creio que existem mais "energias" do que você está citando, além da térmica e eletrica temos a energia armazenada na própria matéria, que quando se decompõe, alimenta vermes, libera hidrocarbonetos inflamáveis e emana gases de diversos tipos.

Citar
Mas o processo da morte orgânica é gradual e progressivo intercalado entre etapas.Em casos de acidentes fatais e fulminantes este processo só é ultraacelerado mas permanece fracionado em etapas sucessivas.Nestas etapas,a enrgia vai crescentemente se esvaidno do organismo.Ele vai ficando frio e perdendo calor e suas funçôes vitais vâo enfraquecendo.Está é a confirmaçâo emírica do caráter progressivo do processo de morte orgânica.Logo o cérebro perde energia elétrica funcionalmnte vital e enrgia térmica gradativamente à medida que o organismo perde sua resistência.


Até aí tudo bem....


Citar
Correto.O corpo nâo é um sistema fechado.O que esqueceu de mencionar é que há perda real e considerável de enrgia térmica e da energia responsável pela conversâo dos alimentos em enrgia organicamente ativa.Todo o processo descrito por vc é verídico.Mas o problema permanece.Há perda real de energia aproveitável para realizaçâo de trabalho e de enrgia térmica.


Aqui já há um erro, talvez mais:

-Quando morremos, a energia dos alimentos se mantém presa quimicamente neles, não ocorrem mais processos enzimáticos para aproveitar tais energias e o sangue já não pode levá-las ao organismo
-Não há dissipação de energia térmica, o corpo "transfere" a energia para o ar.
-Não houve uma definição específica de "energia organicamente ativa"

E o mais enigmático:

Como se pode mensurar se há dissipação em um corpo quando ele morre??? Há um meio de medir toda a energia de um corpo antes de morrer, e depois medir toda a energia dele depois de morto??? Isso já aconteceu? quando?

O Pensador

  • Visitante
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #46 Online: 23 de Fevereiro de 2005, 05:02:07 »
Citar
O ar é invisível, o som é invisível, o espírito é mais do que isso, ele é indetectável, apenas os médiuns podem comprovar sua existência, e os espiritos milagrosamente não aparecem quando cientistas estão por perto. Você poderia falar como algo "intangível, invisível, indetectável" gera algo mensurável e observável? Aprecio exemplificações
.
Um evento pode demonstrar sua existência desde que gere efeitos observáveis. Ele nâo precisa ser diretamente medido e experimentado. Amigos, respondo o resto amanhâ. Estou muito cansado agora.

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #47 Online: 23 de Fevereiro de 2005, 05:18:30 »
Citação de: O Pensador
Citar
O ar é invisível, o som é invisível, o espírito é mais do que isso, ele é indetectável, apenas os médiuns podem comprovar sua existência, e os espiritos milagrosamente não aparecem quando cientistas estão por perto. Você poderia falar como algo "intangível, invisível, indetectável" gera algo mensurável e observável? Aprecio exemplificações
Um evento pode demonstrar sua existência desde que gere efeitos observáveis. Ele nâo precisa ser diretamente medido e experimentado. Amigos, respondo o resto amanhâ. Estou muito cansado agora.
Gostaria de saber melhor como mostrar que algo existe por esse método. Que eu saiba, tudo pode ser observado, desde que se use os olhos certos. Concluindo: tudo causa um efeito direto que mostra a sua presença. O que não é visto pelo olho nú pode ser visto pelo infra vermelho ou rádio ou até mesmo por reflexão de partículas.

Para o espírito existir, ele deve ser medido por qualquer método que possa enxergá-lo. Não é possível porém, cobrar a existência de algo que não foi ou não pode ser observado ainda (o que acaba gerando o agnosticismo).

É, meu caro... provar a existência de Deus não é assim tão fácil. Na pior das hipóteses, nenhuma das matérias existentes do universo reagem com ele (ou com espíritos ou coisa parecida). Existe uma probabilidade infinitamente baixa que Deus ou espíritos existam, mas a Navalha de Occam mostra que é mais fácil descartá-lo por ser mais fácil uma coisa assim não existir.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #48 Online: 23 de Fevereiro de 2005, 14:24:22 »
Citação de: Alenônimo
Citação de: O Pensador
Citar
O ar é invisível, o som é invisível, o espírito é mais do que isso, ele é indetectável, apenas os médiuns podem comprovar sua existência, e os espiritos milagrosamente não aparecem quando cientistas estão por perto. Você poderia falar como algo "intangível, invisível, indetectável" gera algo mensurável e observável? Aprecio exemplificações
Um evento pode demonstrar sua existência desde que gere efeitos observáveis. Ele nâo precisa ser diretamente medido e experimentado. Amigos, respondo o resto amanhâ. Estou muito cansado agora.
Gostaria de saber melhor como mostrar que algo existe por esse método. Que eu saiba, tudo pode ser observado, desde que se use os olhos certos. Concluindo: tudo causa um efeito direto que mostra a sua presença. O que não é visto pelo olho nú pode ser visto pelo infra vermelho ou rádio ou até mesmo por reflexão de partículas.

Para o espírito existir, ele deve ser medido por qualquer método que possa enxergá-lo. Não é possível porém, cobrar a existência de algo que não foi ou não pode ser observado ainda (o que acaba gerando o agnosticismo).

É, meu caro... provar a existência de Deus não é assim tão fácil. Na pior das hipóteses, nenhuma das matérias existentes do universo reagem com ele (ou com espíritos ou coisa parecida). Existe uma probabilidade infinitamente baixa que Deus ou espíritos existam, mas a Navalha de Occam mostra que é mais fácil descartá-lo por ser mais fácil uma coisa assim não existir.


Olá Alenônimo,

Gostaria de lhe fazer 2 perguntas...

1) Você admite a possibilidade de existir Deus ?

2) O que é ciência para você ?
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

Offline Renato Tria Desie

  • Nível 04
  • *
  • Mensagens: 43
Continuando...Quem tem respostas ?
« Resposta #49 Online: 23 de Fevereiro de 2005, 14:41:39 »
Citação de: O Pensador
Citar
O ar é invisível, o som é invisível, o espírito é mais do que isso, ele é indetectável, apenas os médiuns podem comprovar sua existência, e os espiritos milagrosamente não aparecem quando cientistas estão por perto. Você poderia falar como algo "intangível, invisível, indetectável" gera algo mensurável e observável? Aprecio exemplificações
.
Um evento pode demonstrar sua existência desde que gere efeitos observáveis. Ele nâo precisa ser diretamente medido e experimentado. Amigos, respondo o resto amanhâ. Estou muito cansado agora.


Olá Pensador, por favor, não confunda energia com espírito.
O espírito é algo imaterial, nunca poderá ser medido com os padrões ou a sabedoria humana...
Para aqueles que contestam: É uma questão de fé !
A mesma fé de um cientista que, por meras conclusões, se invereda numa pesquisa e ainda não consegue comprovar sua tese, porém nunca desiste, porque tem fé.
Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica. Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente. (RTD)

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!