Autor Tópico: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético  (Lida 5826 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #25 Online: 10 de Agosto de 2008, 19:43:18 »
Puristas e conservadores, não leiam a frase a seguir: Gosto de tangerina com sal, realça o sabor.

Como algo que muda o gosto de uma coisa pode servir para realçar o sabor dela?

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #26 Online: 10 de Agosto de 2008, 21:29:56 »
Puristas e conservadores, não leiam a frase a seguir: Gosto de tangerina com sal, realça o sabor.

Como algo que muda o gosto de uma coisa pode servir para realçar o sabor dela?

Eu não sei! Mas eu faço assim.. coloco bem pouquinho na ponta do gomo e como... na hora é meio ruim, depois o sabor fica muito mais gostoso... não sei explicar!

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #27 Online: 10 de Agosto de 2008, 21:33:10 »
na hora é meio ruim, depois o sabor fica muito mais gostoso... não sei explicar!

Já experimentou sem o sal? Acho que assim você pula a parte do meio ruim direto para a do muito mais gostoso :P

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #28 Online: 10 de Agosto de 2008, 21:34:06 »
na hora é meio ruim, depois o sabor fica muito mais gostoso... não sei explicar!

Já experimentou sem o sal? Acho que assim você pula a parte do meio ruim direto para a do muito mais gostoso :P


uAHuAHuuahua com sal é bem melhor! ^^ e parece que não sou o único:

http://www.google.com.br/search?q="tangerina+com+sal"+OR+"mixirica+com+sal"+OR+"bergamota+com+sal"+OR+"mexirica+com+sal"OR+"mexerica+com+sal"

Offline Nyx

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.758
  • Sexo: Feminino
  • nyx
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #29 Online: 10 de Agosto de 2008, 21:40:06 »
 :) Vou tentar, Tash.

Offline Donatello

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.864
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #30 Online: 10 de Agosto de 2008, 21:41:50 »
[ :umm: ] Será que com laranja-lima também serve? É a única coisa levemente parecida com tangerina que tem na fruteira  :P [/  :umm:]

Visshh, tem também kiwi e mamão... isso vai dar uma desinteria  :hihi: . Vou lá fazer uns experimentos, se ficar muito ruim eu ofereço procês  :lol:

Offline Nyx

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.758
  • Sexo: Feminino
  • nyx
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #31 Online: 10 de Agosto de 2008, 21:44:14 »
 :P Pior que esse tópico me deu vontade de comer fruta, vou ir procurar algo na cozinha.

Offline Donatello

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.864
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #32 Online: 10 de Agosto de 2008, 22:02:23 »
Ai ai, cada merda que a gente faz na vida :nojo: :stunned:

Crianças, não metam sal em fruta, é pecado: deus não as fez para isso :enjoo:

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #33 Online: 10 de Agosto de 2008, 22:33:08 »
MuaHAhAhAhAhahAhahaaHaHaHaHA

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.961
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #34 Online: 10 de Agosto de 2008, 22:52:38 »
Faz logo um guacamole.
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #35 Online: 10 de Agosto de 2008, 22:53:32 »
(...) tem também kiwi e mamão (...)

Mamão... putz. Mamão com sal. Deve ter ficado uma dilícia.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #36 Online: 11 de Agosto de 2008, 00:52:37 »
Eu como melancia com sal........
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Fabi

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.801
  • Sexo: Feminino
  • que foi?
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #37 Online: 11 de Agosto de 2008, 01:13:41 »
Eu como melancia com sal........
É uma ironia né?  :| Melancia com sal...  :enjoo: nem imagino o gosto que deve ter isso...e nem o revertério que isso dá depois...
Difficulter reciduntur vitia quae nobiscum creverunt.

“Deus me dê a serenidadecapacidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para mudar o que posso, e a sabedoria para saber a diferença” (Desconhecido)

Offline Donatello

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.864
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #38 Online: 11 de Agosto de 2008, 07:31:11 »
Citação de: Tash
Mamão... putz. Mamão com sal. Deve ter ficado uma dilícia.
Não cheguei na parte do mamão, desisti depois da laranja e do kiwi :lol:

Rapaz, como você me diz que esse troço é gostoso? (E como eu embarco numa canoa furada dessa?  :'( )
É uma ironia né?  :| Melancia com sal...
Acho que não.

Offline Tash

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.191
  • Sexo: Masculino
    • http://about.me/alganet
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #39 Online: 11 de Agosto de 2008, 10:05:38 »
Será que você não exagerou na quantidade de sal? é bem pouquinho.. viu?

Offline Andre

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.072
  • Sexo: Masculino
    • Aletéia
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #40 Online: 11 de Agosto de 2008, 12:55:08 »
Eu adoro laranja com sal, mas nunca experimentei na tangerina.
Se Jesus era judeu, então por que ele tinha um nome porto-riquenho?

Offline Andre

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.072
  • Sexo: Masculino
    • Aletéia
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #41 Online: 11 de Agosto de 2008, 16:36:31 »
Hoje fiz mais uma crônica:

Rock Politicamente Correto

Dia onze de agosto, também conhecido como dia do estudante. Não reclame, se até motoboy tem seu próprio dia, por que não podemos ter o nosso também? Não quero com isso menosprezar essa classe de trabalhadores que atrapalha o trânsito, arranha carros, e quase atropela pedestres; claro que não, estava apenas fazendo uma constatação. Enfim, a história.

Devido à data, o colégio resolveu chamar uma banda para vir tocar no intervalo (ou recreio, se preferir). Antes de começar a tocar, o "vocalista" contou um pouco da história da banda: três anos de vida e a banda já tinha clip tocando na MTV e uma música tocando na trilha de alguma novela. Logo pensei numa palavra que não vou dizer qual é, só direi que começa com j, seguido por um a, um b e um a. Ah sim, esqueci do acento no último a.

A banda começou a tocar e era, como posso dizer, exatamente o que eu esperava. Eu não esperava muita coisa mesmo... Quando terminaram a música, o vocalista começou um discurso de dar inveja a Fidel Castro quanto à duração do mesmo. O discurso demorou tanto que eu pensei que eles só sabiam a música que tocaram no começo.

- Vocês sabem melhor do que eu como é importante o meio ambiente e é por isso que nós... - Qual é? Banda de rock fazendo discurso politicamente correto? Na minha época, rock era sobre usar drogas, tomar porre e fazer
sexo!

Eles então começaram a falar sobre sacolas plásticas, como elas demoram para decompor, como elas afetam o mundo em que vivemos e como devemos usar sacolas de pano reutilizáveis. Disseram até a marca da sacola que devíamos comprar! Era tudo muito claro: em uma jogada de marketing magnífica, a empresa que fabrica as ditas sacolas pagou o jabá para essa banda promover seu produto! Esses publicitários sempre me impressionam...

Por fim, perguntaram quem queria subir ao palco e fazer um comentário sobre preservação do meio ambiente. Uma garota foi:

- Tipo assim, eu acho que, tipo, se cada um fizer um pouco, sabe? Juntando tudo, a gente vai ter feito muito. - Comentário profundo.

Como recompensa (ou seria castigo?), ela ganhou um CD da banda. Envolto em uma
sacola de tecido, deve ter imaginado, mas não: era de plástico mesmo.
« Última modificação: 11 de Agosto de 2008, 18:35:29 por Andre »
Se Jesus era judeu, então por que ele tinha um nome porto-riquenho?

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #42 Online: 11 de Agosto de 2008, 17:20:18 »
isso pode soar meio gay, mas eu gosto de pegar o gomo e começar a morder pela pontinha, e aí vou meio que chupando a tangerina pra apreciá-la inteira, dando umas mordiscadas. [...]
Isso efetivamente soou completamente gay.

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #43 Online: 12 de Agosto de 2008, 22:33:46 »
Hoje fiz mais uma crônica:
- Vocês sabem melhor do que eu como é importante o meio ambiente e é por isso que nós... - Qual é? Banda de rock fazendo discurso politicamente correto? Na minha época, rock era sobre usar drogas, tomar porre e fazer
sexo!

Como assim na sua época? :P

Mas cara, realmente, está enchendo o saco essa onipresença do PC na mídia. Não passa um dia sem que não sejamos bombardeados pela mídia com meio ambiente, meio ambiente, meio ambiente... Tudo bem, é um tema importante, mas não é essa lenga, lenga que vai deter o derretimento das geleiras.

Falando nisso, saiu um novo livro do Bjorn Lomborg (autor de O Ambientalista Cético) no Brasil, se chama Cool it - Muita calma nessa hora! O guia do ambientalista cético para o aquecimento global. Eu não li o primeiro, mas estou com vontade de ler esse aí. Vou postar um tópico com uma resenha.

« Última modificação: 12 de Agosto de 2008, 22:38:24 por uiliníli »

Offline Nyx

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.758
  • Sexo: Feminino
  • nyx
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #44 Online: 08 de Setembro de 2009, 19:20:52 »
Texto bobo, mas tudo bem:

Ele odiava sair de casa.

Cristiano odiava sair de casa, ver as faces das pessoas nas ruas era, no mínimo, irritante. Imaginava ele que, se tivesse um carro (de vidros escuros, obviamente, pra ninguém vê-lo) seria mais fácil ir até o trabalho todo dia.

Todavia, carro seria algo difícil de conseguir com seu salário de estagiário, ainda mais que pelas caretas do chefe, arriscava dizer que o estágio não duraria muito. Enfim, querendo ou não, ele tinha de sair de casa nessa quarta-feira (adicionando mentalmente o termo ‘maldita’ cada vez que pensava no dia da semana) e, pensando no seu novo jogo de RPG que logo viria pelo correio, caso os desgraçados do site não o tiverem enganado, ele subia uma rua suja a caminho do trabalho.

Andava tão distraído, que não mal percebeu quando dois garotos saíram de uma mini-mercado correndo e vieram em sua direção, também, não percebeu que um deles carregava um revólver calibre 38 mas, acabou se dando conta que tinha uma arma apontada para a cabeça.

O garoto gritava palavras desconexas (Cristiano desconfiou que o menino estava completamente chapado) e apontava para ele. Depois do choque inicial, pode entender que os dois tinham roubado o mercado e agora estavam tentando usa-lo como refém para escapar.
Realmente, um plano estúpido.

Era tão engraçado olhar pra aquela criança, que achava que se safaria tão fácil, depois de cometer uma idiotice tão grande. Mas o pior, era pensar que com a segurança que temos nesse país, o fato dela estar livre pra assaltar outro lugar amanhã era a possibilidade mais provável.
Foi pensando nisso que Cristiano se virou e agarrou a mão do garoto (afinal, ele nem deveria saber usar aquela arma) esperando tira-la das mãos dele. Gostou da expressão de surpresa no rosto dela, em seguida um barulho e uma forte dor no peito.

Cristiano caiu no chão e viu os dois garotos saírem correndo, também, as pessoas que estavam assistindo a cena se aproximaram. Ouviu alguém falando sobre uma ambulância e uma mulher gritando. Os olhos ficaram pesados, o lugar se escurecia e os sons vinham cada vez mais distantes. É, ele tinha motivos pra odiar sair de casa.




*eu sei, tenho problema com vírgulas.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #45 Online: 08 de Setembro de 2009, 20:03:02 »
"War is hell..."

"Direita!!! Direita!!!" Pow! Pow! Pow!

Três tiros... 10 meses de treinamento policial básico jogados no lixo. Mais alguns meses de ações táticas, assault e mais uma infinidade de técnicas de adentramento somados a isso, devo ter acabado de desperdiçar 1 ano e meio de investimentos em aprimoramento profissional. Um dos tiros no braço, um na coxa direita e um outro de raspão na mão... Podia sentir o líquido vermelho escorrendo, pegajoso. Sento me no chão, com um meio sorriso no rosto, penso enfim que dessa forma talvez tenha sido melhor, sem mais tensão, sem mais medo, paz enfim...

Levanto o braço, grito, como se aquele fosse meu último som a ser produzido.

"MORTO!!!"

Paintball é um jogo infernal.
« Última modificação: 08 de Setembro de 2009, 20:06:29 por Diegojaf »
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.961
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #46 Online: 08 de Setembro de 2009, 20:06:40 »
Boa, Jaf.

Boa, Lela. Só precisa aumentar o suspense: a graca do conto é manter o leitor esperando...
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Nyx

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.758
  • Sexo: Feminino
  • nyx
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #47 Online: 08 de Setembro de 2009, 20:10:29 »
 :biglol: Adorei a do Jaf.


 :ok: E obrigada pelo conselho Snow.

Offline Eremita

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.833
  • Sexo: Masculino
  • Ecce.
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #48 Online: 09 de Setembro de 2009, 05:20:47 »
Li os contos do Uíli, da Lela e do Jaf; outro dia leio os outros.
(Gostei em específico do do Jaf - achei divertido)

Unh... só posso sugerir uma coisa? Por que não mover pra área Música, Arte e Cultura?
Latebra optima insania est.

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.961
  • Sexo: Masculino
Re: A psicologia numa tangerina - Crônicas do Clube Cético
« Resposta #49 Online: 09 de Setembro de 2009, 08:03:20 »
Unh... só posso sugerir uma coisa? Por que não mover pra área Música, Arte e Cultura?

Porque isso ainda não tinha ocorrido a ninguém. Movido. :ok:
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!