Autor Tópico: O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?  (Lida 102945 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1000 Online: 05 de Outubro de 2019, 09:30:52 »
Se a água não assimila energias positivas do pensamento, então como você explica a água benta ferir vampiros?
:susto:
Numa rubrica dedicada a espiritismo, é preciso deixar claro que
  • não existe água benta no espiritismo -- só água fluidificada magnetizada
  • não existem vampiros; o que existe isso sim é licantropia perispiritica -- no perispírito, não em vasos carnais
EM EDIÇÃO


É só questão de terminologia e de representação artística.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1001 Online: 05 de Outubro de 2019, 09:53:17 »
No caso da água benta  :ok:
+ é essencialmente diferente um lobisomen perispiritico (que no caso é plasmado pela própria mente do espírito que tal perispirito reveste) dum lobisomem carnal, encarnado na crosta terrícola.
E em caso de materialização duma forma lupina/lobisonina — coisa perfeitamente possível, claro :ok:— nenhum efeito terá água fluidificada. A menos que quiçá se JOGUE a água — e então, até prova em contrário, qq. água :!:— na forma materializada e ela se dissolva. O que valerá p/qq. forma materializada, ressalvado que nunca ouvi falar nisso; só pra efeitos de argumentação c/a tese de voces.
« Última modificação: 05 de Outubro de 2019, 09:58:47 por Gorducho »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.195
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1002 Online: 05 de Outubro de 2019, 10:56:46 »
Favor citar fontes espíritas atestando empiricamente a inexistência de água benta, vampiros, fadas.

É claro que pessoas influentes numa vertente principal vão ver como conveniente negar ou reinterpretar esses fenômenos paranormais/espirituais conforme acreditarem ser a realidade (ou o mais politicamente conveniente), mas isso não muda a realidade dos fatos. Ex.: em vez de uma pessoa estar sob possessão demoníaca, como no cristianismo, ou ter virado zumbi como no vudu, está sob controle de espíritos zombeteiros, ou qualquer que seja exatamente a interpretação de Xavier, Rivail, ou quem quer que esteja mais em voga.

A postura mais correta, mais madura, não é um ceticismo/negacionismo seletivo, pautado por preferências políticas ou estéticas, mas buscar explicações que aceitem os fatos, caminhando para uma teoria unificada.

































Parece que alguma força tentava me impedir de editar essa mensagem, mas não conseguiu evitar...

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1003 Online: 05 de Outubro de 2019, 12:01:42 »
Favor citar fontes espíritas atestando empiricamente a inexistência de água benta, vampiros, fadas.
Lhe devolvo a pergunta: ¿adonde tem água benta? Exceto se se repaginar a água fluidificada ("magnetizada") que é 1 dos tenets do magnetismo animal, como todos sabemos.
¿Ou vampiros? no espiritismo — encarnados cá na crosta, bien entendu...
Fadas claro que existem: são elementais — ESP101 Introdução ao Espiritismo
« Última modificação: 05 de Outubro de 2019, 12:06:15 por Gorducho »

Offline JungF

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 559
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1004 Online: 05 de Outubro de 2019, 15:01:51 »
Citação de: Buckaroo Banzai
Como eu disse, a doutrina ortodoxa dogmática ignora ou nega a existência do ectoperispírito e do endoperispírito. Tem uma visão reducionista, generalizadora, onde tudo é "perispírito" indiferenciado apenas, enquanto minha perspectiva atenta a um nível mais minucioso de análise. Negar as divisões do perispírito é tão primitivo quanto ignorar o próprio perispírito em si, generalizando-o como "espírito" indiferenciadamente.
O perispírito realiza funções complexas, principalmente nos processos da reencarnação. Integram-no os corpos Mental e Causal. O primeiro entre outas funções é notável por revestir, exteriormente, formas teratológicas denominadas Corpos Ovoides; o segundo carrega consigo a experiência evolutiva do reencarnante, sua filogênese, que pode ser constatada nos estudos da embriologia, quando o zigoto, nos estágios seguintes assume todas as formas já experimentadas, na evolução. Evidente que se está falando apenas das formas e não de sua genética. 
Espero ter ajudado.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1005 Online: 05 de Outubro de 2019, 18:01:53 »
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.195
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1006 Online: 05 de Outubro de 2019, 18:18:36 »
Esse tipo de coisa já é sugestiva de que a visão indiferenciada do perispírito não pode se sustentar.

A mim é claro que o papel filogenético do perispírito, assim como o do citoplasma, não é causado por ele próprio, mas por uma outra estrutura nele abrigada, um "núcleo" da hereditariedade espiritual, por assim dizer. Há também fortes indícios de que, assim como seu análogo citológico -- e quebrando um dogma do espiritualismo -- ele não é indivisível, mas se reparte e se recombina. Isso é parte da explicação do porque diversas pessoas terão memórias de uma só figura histórica, como Cleópatra. Elas terão diferentes memórias, transmitidas por diferentes "fragmentos" do espírito que originalmente constituía "Cleópatra."

A fragmentação e combinação da herança espiritual de cada indivíduo deve ser também acompanhada de diversos análogos contribuintes na divisão celular. Ribossomos, ADN, ARN, com seus genes, codons, transpósons, etc, etc.

Inclusive há forte indicação de uma teoria endossimespiritual da consciência, em analogia à teoria (consolidada na biologia moderna, não tem qualquer disputa) endossimbiótica da mitocôndria: assim como nossas mitocôndrias são de certa forma "entes" independentes, que não compartilham a mesma identidade genética, que vivem em nós como parasitas que nos servem, a nossa "consciência," aquela vozinha que nos diz o que é o certo, não é necessariamente a nossa própria voz, mas a de um outro espírito que ocupa o mesmo corpo, de maneira "simbiótica." Por isso as pessoas algumas vezes narrarão fazerem a coisa certa de maneira análoga a narrativas de possessão maligna, mas para o bem. Narrarão serem tomados por um impulso que os compele a fazer o que "ouviam" ser o correto de sua consciência, mas que, por si só, ainda não tinham coragem de fazer. Nesse momento, a consciência toma o controle do ego.

A psicanálise e a divisão da mente em Id, Ego e Super-ego sugere ainda que talvez haja um outro espírito em simbiose nas pessoas. Talvez essa história ainda tenha também um paralelo com a evolução humana do próprio cérebro, tenha algo a ver com termos o cérebro reptiliano, o mamífero, e o humano.

Não há, até o momento, qualquer evidência contrária a essas hipóteses.

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1007 Online: 05 de Outubro de 2019, 18:26:41 »
Adentrando então mais tecnicamente na resposta
DIFERENÇA ENTRE ÁGUA BENTA E ÁGUA FLUIDIFICADA ESPÍRITA
destaques meus.

FLUIDIFICADA
Atua beneficamente DENTRO do amálgama {períspirito + vaso carnal} ajudando a reequilibrar os fluídos vitais, dentro dos princípios mesmeristas.
Citação exemplificativa: [História crítica do magnetismo animal, por Joseph Philippe François Deleuze – p. 119]
J'ai dit que le magnétiseur pouvait accumuler le fluide magnétique dans les corps qu'il touchait ; il est certain que divers corps s’en chargent plus ou moins. Celui qui s’en charge le plus c'est l’eau ; et il faut toujours faire boire de l'eau magnétisée aux malades qu'on traite par le magnétisme. Cette eau produit des effets surprenants : j'ai vu plus de vingt fois de suite une malade être purgée sept ou huit fois dans la journée, sans aucune colique, en buvant une bouteille d’eau magnétisée ; et je me suis assuré, par des expériences comparatives, que c’était l’eau magnétisée qui produisit cet effet.

BENTA
Atua FORA
Citação exemplificativa: [Suma Teológica III, q. 71]
Art. 2 — Se o exorcismo deve preceder ao batismo.
O segundo discute-se assim. — Parece que o exorcismo não deve preceder ao batismo.

[...]
RESPOSTA À TERCEIRA. — A água benta é usada contra as impugnações
externas dos demônios. Mas o exorcismo é empregado contra as impugnações internas deles; por isso os exorcizados se chamam energúmenos, isto é, como que padecentes interiormente.[...]

ВрѪколакъ
Parece ser 1 lobisomem (não vampiro :!:) :ok:
Bem, caminhando de par com o progresso, o Espiritismo jamais será ultrapassado, porque, se novas descobertas lhe demonstrassem estar em erro acerca de um ponto qualquer, ele se modificaria nesse ponto. Se uma verdade nova se revelar, ele a aceitará. [AG, I:55]
+ é cedo ainda pra isso no caso :no:
« Última modificação: 05 de Outubro de 2019, 19:16:30 por Gorducho »

Offline Marciano

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 940
  • “Was mich nicht umbringt, macht mich stärker.”
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1008 Online: 06 de Outubro de 2019, 17:54:10 »

Citar
JungF, pelo que depreendo, você é um dos poucos crentes aqui. E parece ser espírita kardecista. Gostaria de lhe fazer algumas perguntas, se for do seu agrado responder.

Sou o que você chama de cético/ateu, mas não estou provocando-o para debate ou fazendo chacota, é curiosidade, para que eu entenda melhor vocês, os crentes. Não precisa responder, se achar que não deve.
Nenhum problema, mesmo porque seus questionamentos são razoáveis.
Sou, como muitos outros, um crente crítico, que ao contrário do entendimento dos céticos/ateus, não aceita a fé como simples instrumento de auto-engano, conforto adicional e ingênua esperança por algo que, no fundo, não acredita. Isto seria irracionalidade.

Citar
Você vê alguma influência da água benta no conceito da água fluidificada? 
A DE ensina que a água tem a propriedade de assimilar recursos energéticos específicos os quais conjugam valores do pensamento positivo que beneficiarão a saúde física e mental de seu usuário.


 
Citar
Você acredita em homeopatia? Se sim, acha que ela atua no corpo físico mesmo ou no perispírito?
Não vejo com simpatia o fato de pessoas deixarem de recorrer à medicina tradicional, embora saibamos que grande parte dos fármacos têm origem nas plantas, ditas medicinais. Obviamente, não procurar um oncologista na esperança de que as ervas curarão seu câncer é rematada ignorância.

Citar
Você acha que existe um forte movimento igrejista atualmente no espiritismo, que o está tornando em uma religião inspirada no catolicismo romano e que diverge fundamentalmente da D.E. codificada pelo Senhor Rivail?
Não de forma tão generalizada quanto a crítica faz parecer, aliás, crítica essa oriunda dos meios mais ortodoxos do Espiritismo.
Igrejismo, é fenômeno que ocorre nos dois sentidos pois inúmeros religiosos de outras denominações frequentam as palestras espíritas, tomam passes, mas também frequentam "terreiros".

Citar
Você nasceu em uma família e/ou ambiente espírita ou foi levado até o espiritismo por outra razão?
Apenas a literatura espírita, mais conceituada. A forma como tive acesso à estes livros mereceria um post, de tão impressionante. 
Também digo conceituada, pois essa literatura é um filão pródigo a ser explorado pelos espertalhões.
Citar
Você concorda com músicas (principalmente as chamadas mediúnicas, ou seja, recebidas por médiuns, mas compostas por espíritos desencarnados) em palestras espíritas?
De forma nenhuma. Há, contudo, que se ser tolerante compreendendo que as pessoas têm níveis diferentes de compreensão e suas necessidades precisam ser atendidas. Até que o esclarecimento surja, com o tempo.

 
Citar
Você conhece o racionalismo cristão e Luiz de Mattos?
Em caso positivo, acha que são pessoas sérias ou apenas dissidentes insatisfeitos?
Do pouco que conheço diria que são pessoas sérias e entendo a dissidência, em qualquer assunto, como algo positivo, pois o tempo trará ensinamentos que permanecerão.

Citar
Você acha que está havendo uma infiltração de esotéricos no meio espírita atualmente, com casas espíritas admitindo práticas que nada têm a ver com a D.E.? 
As casas espíritas, em boa parte, são dirigidas por pessoas com atavismos e vieses que não primam pelo rigorismo doutrinário. Tudo é possível.
Citar
Você acha que a FEB é rustenista ou roustainguista?
Não; tanto que há anos o CFN vem em litígio na Justiça para retirar o que foi denominado "cláusula pétrea", do seu Estatuto.  Recentemente, com o falecimento do Luciano dos Anjos, causador renitente da questão, tal cláusula for removida.

Citar
Você acha que as doenças deixam traços no perispírito e que depois do desencarne pode haver necessidade de tratamento médico do perispírito, como, por exemplo, no caso de André Luiz?
Depende da causa da enfermidade, considerando que algumas, inatas, já trazem em si a solução de débitos de vidas pregressas.
Outras, originadas de vícios e paixões que comprometem de forma grave à saúde, causarão sequelas e, o merecimento do desencarnante determinará o devido socorro ou não.

Citar
Você acha que existe uma espécie de santificação de alguns médiuns, como cx, por exemplo, ou que há um certo culto com relação a alguns, como DPF, biografado em vida com um filme em cartaz atualmente?
Infelizmente, sim. Não que não sejam merecedores da admiração e enaltecimento de suas ações e virtudes, mas o pieguismo fanático de alguns aproxima a DE do Catolicismo.

Citar
Acha que Rivail estaria contente com o que se vê hoje em dia no espiritismo?
Acredito que, estando do "lado de lá" terá aprendido que as ações que visam a educação moral do homem, dentro de princípios rigorosos e disciplinados demandam tempo... muito tempo.
Mas compreenderá também que ele próprio, apesar do muito que fez, também se equivocou quando de suas opiniões sobre determinados assuntos.

Citar
Obrigado pela atenção, respondendo ou não
.
Foi um prazer. :ok:

Já tinha agradecido antecipadamente, mas renovo meus agradecimentos, JungF.
𝕸𝖆𝖗𝖈𝖎𝖆𝖓𝖔

Offline JungF

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 559
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1009 Online: 12 de Outubro de 2019, 19:32:42 »
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade? As pessoas, quando muito, debatem sobre os temas mais complexos, mas sem autoridade para interpolações.
Esta a razão pela qual a maioria das obras espíritas atuais são vistas com muita reserva, pois autores desconhecidos apenas exploram o filão da crença espírita, pois ingênuos existem em todo o lugar.

Temas mais atuais, como estes corpos que integram o Perispírito, provém da mediunidade de FCXavier, autoria de André Luiz.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.195
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1010 Online: 12 de Outubro de 2019, 21:08:39 »
Essa última mensagem poderia ser assim resumida:

É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?


Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1011 Online: 12 de Outubro de 2019, 21:09:36 »
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.

Essa gente?

Gente que tem coragem para ficar repetindo bobagens.

Citar
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade?

Delírios.

Citar
As pessoas, quando muito, debatem sobre os temas mais complexos, mas sem autoridade para interpolações.

Sei...

Citar
Esta a razão pela qual a maioria das obras espíritas atuais são vistas com muita reserva,....

Delírios em geral são vistos com muita reserva.

Citar
...pois autores desconhecidos apenas exploram o filão da crença espírita,...

E normalmente são execrados por causa da concorrência, como aconteceu com os Gasparettos.

Citar
...pois ingênuos existem em todo o lugar.

A totalidade do mercado edtorial espiritóide é composto de gente ingênua que adora bobagens.

Citar
Temas mais atuais, como estes corpos que integram o Perispírito,...

Bobagem.

Citar
...provém da mediunidade

outra bobagem.

Citar
... de FCXavier, autoria de André Luiz.

...de FCXavier, de autoria de FCXavier.

Negar isso é ser ingênuo demais.

Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1012 Online: 13 de Outubro de 2019, 10:49:40 »
a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?
Relativo a He XI:1,2 a DE tem como aperfeiçoamento que DETALHA :hehe:
Bien sûr : ~2000 anos de loi du progrès acumulada ::)
« Última modificação: 13 de Outubro de 2019, 10:53:48 por Gorducho »

Offline JungF

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 559
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1013 Online: 13 de Outubro de 2019, 19:58:25 »


Citação de: Buckaroo
Essa última mensagem poderia ser assim resumida: 
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?
Seria assim, como vcs dizem, se a DE tivesse algum interesse em provar qualquer coisa aos céticos; a estes não se prova nada. Mas existem outros que diante de certas proposições doutrinárias acordam para aspectos que não haviam considerado.
 

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1014 Online: 13 de Outubro de 2019, 20:06:35 »
aos céticos; a estes não se prova nada. Mas existem outros que diante de certas proposições doutrinárias acordam para aspectos que não haviam considerado.
Então... não é He XI só que DETALHANDO :?:

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1015 Online: 13 de Outubro de 2019, 21:40:43 »


Citação de: Buckaroo
Essa última mensagem poderia ser assim resumida: 
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?
Seria assim, como vcs dizem, se a DE tivesse algum interesse em provar qualquer coisa aos céticos;...

(1) Então a DE não tem interesse em provar qualquer coisa aos céticos? Bullshit. E aquele papo furado do próprio Kardec em que defende que os espíritas devem ter atitude cética e comprometidos com a busca da verdade? Será que eles se referiu apenas aos "céticos"-espíritas?

(2) Kardec atribuiu uma dimensão científica ao espiritismo e foi além caracterizando-o como ciência. Que diabos de ciência é essa que não se interessa pelas evidências de suas verdades, em outras palavras, das provas da existência do espírito e do plano espiritual

(3) Ainda assim, a DE tem interesse em provar para os crentes que não precisam de provas?  Ou não tem interesse em provar coisa alguma para ninguém? No primeiro é apenas perda de tempo, no segundo uma contradição na medida em que se afirma como crendice e se nega como ciência.

Citar
...a estes não se prova nada.

Até o momento não foi possível provar nada. Algumas possibilidades:

(1) Falta de interesse do espiritismo em provar, como você tentou explicar mas que contradiz o espiritismo como ciência.
(2) Incompetência do espiritismo em fornecer provas convincentes. A totalidade das "provas" apresentadas até agora se divide entre fraudes, evidências anedóticas e interpretações equivocadas de fenômenos naturais sem relação com a espiritualidade.
(3) Falta de interesse da Ciência, que se justifica diante da fragilidade conceitual da hipótese espírita.
(4) Conspiração de instituições e da própria Ciência para ignorar as "provas" que o espiritismo considera robustas, que é um delírio paranóico que não faz o menor sentido.


 
Citar
Mas existem outros que diante de certas proposições doutrinárias acordam para aspectos que não haviam considerado.

Proposições doutrinárias dependem da fé. Os que "acordam" estão na verdade em sono profundo, mergulhados em suas convicções religiosas.
« Última modificação: 13 de Outubro de 2019, 21:43:06 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Micrômegas

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 424
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1016 Online: Ontem às 00:36:13 »

(1) Então a DE não tem interesse em provar qualquer coisa aos céticos? Bullshit. E aquele papo furado do próprio Kardec em que defende que os espíritas devem ter atitude cética e comprometidos com a busca da verdade? Será que eles se referiu apenas aos "céticos"-espíritas?

Bullshit é essa apelação semântica e retórica.

Citar
(2) Kardec atribuiu uma dimensão científica ao espiritismo e foi além caracterizando-o como ciência. Que diabos de ciência é essa que não se interessa pelas evidências de suas verdades, em outras palavras, das provas da existência do espírito e do plano espiritual

Você já respondeu a própria pergunta. O espiritismo não tem o menor interesse em provar para os céticos a existência dos espíritos por meio da ciência. Kardec disse isso várias vezes. Primeiro porque o espiritismo não tem controle sobre os espíritos. Não é possível submeter um espírito a um experimento científico. Existem diversos fatores que tornam essa experiência impossível. Um é encontrar um espírito disposto a participar disso. Outro é encontrar um médium de efeitos físicos também disposto a participar disso. Digo efeitos físicos porque esse me parece o melhor meio para provar a existência de seres inteligentes não "físicos". Mediunidade é um fenômeno puramente orgânico e depende muito mais dos espíritos do que dos médiuns. Os médiuns de efeitos físicos tem uma condição orgânica única que permite tais efeitos. Os fenômenos de efeitos físicos também só ocorrem quando há um espírito que tenha uma certa afinidade orgânica com o médium. E claro que não é só isso. Os tempos mudam e os organismos mudam, logo os tipos de fenômenos mediúnicos também mudam. São como doenças que aparecem somente em certas épocas e depois se tornam raras ou deixam de existir. Da mesma forma acontece com alguns fenômenos mediúnicos, sobretudo os físicos. Em certas épocas esses fenômenos ocorrem com mais frequência porque encontram uma disponibilidade orgânica pra isso. 

Entretanto o espiritismo tem interesse em provar as MANIFESTAÇÕES e os  FENÔMENOS Espíritas, ou seja, os efeitos.

Citar
(3) Ainda assim, a DE tem interesse em provar para os crentes que não precisam de provas?  Ou não tem interesse em provar coisa alguma para ninguém? No primeiro é apenas perda de tempo, no segundo uma contradição na medida em que se afirma como crendice e se nega como ciência.

Retórica

« Última modificação: Ontem às 13:13:24 por Micrômegas »
____________________
"Toda filosofia aspira a difundir-se, a ser uma propaganda. Ter a mão cheia de verdades e conservá-la fechada é de espíritos tacanhos. O que seria, pois, uma verdade que não quisesse comunicar-se?"

Todas as vezes que um fato novo se revela no campo da Ciência, logo o averbam de apócrifo; depois, que é contrário à Religião; e, por fim, que há muito era sabido. Efetivamente, a verdade tem duas espécies de adversários: os cépticos do materialismo, e os céptico do dogma.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.195
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1017 Online: Ontem às 11:27:33 »


Citação de: Buckaroo
Essa última mensagem poderia ser assim resumida: 
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?
Seria assim, como vcs dizem, se a DE tivesse algum interesse em provar qualquer coisa aos céticos; a estes não se prova nada. Mas existem outros que diante de certas proposições doutrinárias acordam para aspectos que não haviam considerado.
 

Isso nem tem nexo lógico.

A DE detalha coisas que é incapaz de provar.

Fato.

Independe de quererem ou não provar alguma coisa "aos céticos," versus se contentar com quem acredita em qualquer coisa (fadas, bonecos de papel machê, etc).

Tapear aqueles suscetíveis à tapeação =/= provar

Offline Micrômegas

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 424
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1018 Online: Ontem às 13:06:15 »


Citação de: Buckaroo
Essa última mensagem poderia ser assim resumida: 
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?
Seria assim, como vcs dizem, se a DE tivesse algum interesse em provar qualquer coisa aos céticos; a estes não se prova nada. Mas existem outros que diante de certas proposições doutrinárias acordam para aspectos que não haviam considerado.
 

Isso nem tem nexo lógico.

A DE detalha coisas que é incapaz de provar.

Fato.

Independe de quererem ou não provar alguma coisa "aos céticos," versus se contentar com quem acredita em qualquer coisa (fadas, bonecos de papel machê, etc).

Tapear aqueles suscetíveis à tapeação =/= provar

A diferença é que o Espiritismo é toda uma doutrina que segue critérios e métodos rigorosos de estudo, enquanto que fadas, dragões etc são apenas contos populares frutos da imaginação.

Nas próprias palavras de Kardec.

  • "Como meio de elaboração, o Espiritismo procede exatamente da mesma forma que as ciências positivas, aplicando o método experimental. Fatos novos se apresentam, que não podem ser explicados pelas leis conhecidas; ele os observa, compara, analisa e, remontando dos efeitos às causas, chega à lei que os rege; depois, deduz-lhes as consequências e busca as aplicações úteis. Não estabeleceu nenhuma teoria preconcebida; assim, não apresentou como hipóteses a existência e a intervenção dos Espíritos, nem o perispírito, nem a reencarnação, nem qualquer dos princípios da doutrina; concluiu pela existência dos Espíritos, quando essa existência ressaltou evidente da observação dos fatos, procedendo de igual maneira quanto aos outros princípios. Não foram os fatos que vieram a posteriori confirmar a teoria: a teoria é que veio subsequentemente explicar e resumir os fatos. É, pois, rigorosamente exato dizer se que o Espiritismo é uma ciência de observação e não produto da imaginação. As ciências só fizeram progressos importantes depois que seus estudos se basearam sobre o método experimental; até então, acreditou-se que esse método também só era aplicável à matéria, ao passo que o é também às coisas metafísicas. (8) Apliquei a essa nova ciência, como o fizera até então, o método experimental; nunca elaborei teorias preconcebidas; observava cuidadosamente, comparava, deduzia consequências; dos efeitos procurava remontar às causas, por dedução e pelo encadeamento lógico dos fatos, não admitindo por válida uma explicação, senão quando resolvia todas as dificuldades da questão".


Já o ateísmo, além de ser somente uma crença vazia, sem método algum, pois se baseia apenas na negação - é a parte mais fanática das vertentes que não acreditam em Deus. É o lado fanático, extremo de todas as vertentes não deístas.

Ou seja, existe o ceticismo, que é a versão moderada, e o extremo-ceticismo, que é o ateísmo, a versão fanática.

Em comparação, seria a EXTREMA-DIREITA ou  EXTREMA-ESQUERDA na política, ou seja, é uma crença que não merece a menor apreciação.


'
« Última modificação: Ontem às 17:14:37 por Micrômegas »
____________________
"Toda filosofia aspira a difundir-se, a ser uma propaganda. Ter a mão cheia de verdades e conservá-la fechada é de espíritos tacanhos. O que seria, pois, uma verdade que não quisesse comunicar-se?"

Todas as vezes que um fato novo se revela no campo da Ciência, logo o averbam de apócrifo; depois, que é contrário à Religião; e, por fim, que há muito era sabido. Efetivamente, a verdade tem duas espécies de adversários: os cépticos do materialismo, e os céptico do dogma.

Offline Andarilho-terrestre

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 247
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1019 Online: Ontem às 13:48:28 »


Citação de: Buckaroo
Essa última mensagem poderia ser assim resumida: 
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?
Seria assim, como vcs dizem, se a DE tivesse algum interesse em provar qualquer coisa aos céticos; a estes não se prova nada. Mas existem outros que diante de certas proposições doutrinárias acordam para aspectos que não haviam considerado.
 

Isso nem tem nexo lógico.

A DE detalha coisas que é incapaz de provar.

Fato.

Independe de quererem ou não provar alguma coisa "aos céticos," versus se contentar com quem acredita em qualquer coisa (fadas, bonecos de papel machê, etc).

Tapear aqueles suscetíveis à tapeação =/= provar

A diferença é que o Espiritismo é toda uma doutrina que segue critérios e métodos rigorosos de estudo, enquanto que fadas, dragões etc são apenas contos populares frutos da imaginação.

Nas próprias palavras de Kardec.

  • "Como meio de elaboração, o Espiritismo procede exatamente da mesma forma que as ciências positivas, aplicando o método experimental. Fatos novos se apresentam, que não podem ser explicados pelas leis conhecidas; ele os observa, compara, analisa e, remontando dos efeitos às causas, chega à lei que os rege; depois, deduz-lhes as consequências e busca as aplicações úteis. Não estabeleceu nenhuma teoria preconcebida; assim, não apresentou como hipóteses a existência e a intervenção dos Espíritos, nem o perispírito, nem a reencarnação, nem qualquer dos princípios da doutrina; concluiu pela existência dos Espíritos, quando essa existência ressaltou evidente da observação dos fatos, procedendo de igual maneira quanto aos outros princípios. Não foram os fatos que vieram a posteriori confirmar a teoria: a teoria é que veio subsequentemente explicar e resumir os fatos. É, pois, rigorosamente exato dizer se que o Espiritismo é uma ciência de observação e não produto da imaginação. As ciências só fizeram progressos importantes depois que seus estudos se basearam sobre o método experimental; até então, acreditou-se que esse método também só era aplicável à matéria, ao passo que o é também às coisas metafísicas. (8) Apliquei a essa nova ciência, como o fizera até então, o método experimental; nunca elaborei teorias preconcebidas; observava cuidadosamente, comparava, deduzia consequências; dos efeitos procurava remontar às causas, por dedução e pelo encadeamento lógico dos fatos, não admitindo por válida uma explicação, senão quando resolvia todas as dificuldades da questão".


Já o ateísmo, além de ser somente uma crença vazia, sem método algum, pois se baseia apenas na negação - é a parte mais fanática das vertentes que não acreditam em Deus. É o lado fanático de todas as vertentes não deístas.

Ou seja, existe o ceticismo, que é a versão moderada, e o extremo-ceticismo, que é o ateísmo, a versão fanática.

Em comparação, seria a EXTREMA-DIREITA ou  EXTREMA-ESQUERDA na política, ou seja, é uma crença que não merece a menor apreciação.


'


Sim, o espiritismo é fruto de muita observação:

RESPOSTAS DO LIVRO DOS ESPÍRITOS

"539. A produção de certos fenômenos, das tempestades, por exemplo, é obra de um só Espírito, ou muitos se reúnem, formando grandes massas, para produzi-los?
“Reúnem-se em massas inumeráveis.”


E influenciam pensamentos daqueles que não ser fulminados por raios ou balas de revolver:

"527. Tomemos outro exemplo, em que não entre a matéria em seu estado natural. Um homem tem que morrer fulminado pelo raio. Refugia-se debaixo de uma árvore.
Estala o raio e o mata. Poderá dar-se tenham sido os Espíritos que provocaram a produção do raio e que o dirigiram para o homem?

“Dá-se o mesmo que anteriormente. O raio caiu sobre aquela árvore em tal momento, porque estava nas leis da Natureza que assim acontecesse. Não foi encaminhado para
a árvore, por se achar debaixo dela o homem. A este, sim, foi inspirada a idéia de se abrigar debaixo de uma árvore sobre a qual cairia o raio, porquanto a árvore não deixaria de ser
atingida, só por não lhe estar debaixo da fronde o homem.”

528. No caso de uma pessoa mal-intencionada disparar sobre outra um projetil que apenas lhe passe perto sem aatingir, poderá ter sucedido que um Espírito bondoso
haja desviado o projetil?

“Se o indivíduo alvejado não tem que perecer desse modo, o Espírito bondoso lhe inspirará a idéia de se desviar, ou então poderá ofuscar o que empunha a arma, de sorte a
fazê-lo apontar mal, porquanto, uma vez disparada a arma, o projetil segue a linha que tem de percorrer.”

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1020 Online: Ontem às 13:56:32 »
O espiritismo não tem o menor interesse em provar para os céticos a existência dos espíritos por meio da ciência.
:susto:
[Viagem de ‘64 – O Espiritismo é uma Ciência Positiva, alocução pros Espíritas de Bruxelas e Antuérpia]
Demonstrando a ação do elemento espiritual sobre o mundo material, ele alarga o domínio da Ciência e abre, por isto mesmo, uma nova via ao progresso material. Então terá o homem uma base sólida para o estabelecimento da ordem moral na Terra. Ele compreenderá melhor a solidariedade que existe entre os seres deste mundo, porquanto essa solidariedade se perpetua indefinidamente; a fraternidade deixa de ser palavra vã; ela mata o egoísmo, em vez de ser morta por ele e, muito naturalmente, imbuído destas ideias, o homem a elas conformará as suas leis e suas instituições sociais.
Não faz o mínimo sentido "demonstração" que só vale pra quem já teja convencido da "prova", certo :?:
— Vou provar pra vocês 1 coisa, + vocês têm que terem Fé no que eu vou dizer, se não a prova não vai funcionar, tá certo turma :?:
::)
É tautológico/circular "provar" pra quem já tá convencido do fato a provar :no:
(exceto como mero exercício como no caso de várias provas pra mesmo teorema + onde então inclusive vai se discutir o rigor e/ou a elegância das várias provas, &c.).
Citar
Entretanto o espiritismo tem interesse em provar as MANIFESTAÇÕES e os  FENÔMENOS Espíritas, ou seja, os efeitos.
Se tem interesse em provar manifestações "espíritas" implícita está a necessidade de provar a existência desses supostos agentes. Como aliás o Kardec é explicito na fala: elemento espiritual (= espíritos... ou não :?) :ok:
Obs: "existência" cá no sentido corriqueiro de algo fora da mente (não mero habitante dum universo de ideias platonico, so to say...) de conjecturantes. Pois, claro: se pode dizer que algo "existe" DENTRO da mente de quem se expressa; + não é esse o caso.
« Última modificação: Ontem às 14:11:56 por Gorducho »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.195
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1021 Online: Ontem às 15:55:11 »


Citação de: Buckaroo
Essa última mensagem poderia ser assim resumida: 
É inacreditável a coragem que essa gente tem para detalhar o que eles são incapazes de provar.
Essa gente?
Então vc desconhece que a DE tem como fonte a mediunidade, através da qual detalha aquilo que é incapaz de provar?
Seria assim, como vcs dizem, se a DE tivesse algum interesse em provar qualquer coisa aos céticos; a estes não se prova nada. Mas existem outros que diante de certas proposições doutrinárias acordam para aspectos que não haviam considerado.
 

Isso nem tem nexo lógico.

A DE detalha coisas que é incapaz de provar.

Fato.

Independe de quererem ou não provar alguma coisa "aos céticos," versus se contentar com quem acredita em qualquer coisa (fadas, bonecos de papel machê, etc).

Tapear aqueles suscetíveis à tapeação =/= provar

A diferença é que o Espiritismo é toda uma doutrina que segue critérios e métodos rigorosos de estudo, enquanto que fadas, dragões etc são apenas contos populares frutos da imaginação.

Fadas fazem parte do folclore espírita.

As fotos de fadas são até mais "convincentes" do que as de fantasmas de papel crepom, que os "rigorosos métodos de estudo" espíritas deixam passar. Foi postada nesse fórum palestra recente em vídeo onde um espírita expunha aquelas fotos que publiquei numa mensagem anterior, como se fossem de fato fotos de fantasmas.




Citar
Como meio de elaboração, o Espiritismo procede exatamente da mesma forma que as ciências positivas, aplicando o método experimental.

Falso.



Citar
Fatos novos se apresentam, que não podem ser explicados pelas leis conhecidas; ele os observa, compara, analisa e, remontando dos efeitos às causas, chega à lei que os rege; depois, deduz-lhes as consequências e busca as aplicações úteis. Não estabeleceu nenhuma teoria preconcebida; assim, não apresentou como hipóteses a existência e a intervenção dos Espíritos, nem o perispírito, nem a reencarnação, nem qualquer dos princípios da doutrina; concluiu pela existência dos Espíritos, quando essa existência ressaltou evidente da observação dos fatos, procedendo de igual maneira quanto aos outros princípios. Não foram os fatos que vieram a posteriori confirmar a teoria: a teoria é que veio subsequentemente explicar e resumir os fatos.

Cascata. Absolutamente nada daí tem um pingo de prova em fatos.

O restante, só reafirma a mesma mentira.




Citar
Já o ateísmo, além de ser somente uma crença vazia, sem método algum, pois se baseia apenas na negação - é a parte mais fanática das vertentes que não acreditam em Deus. É o lado fanático de todas as vertentes não deístas.

Ateísmo não tem "método" exatamente, é apenas não crer em deuses.

Pode se dar por não haver prova da existência de deuses, ou até por acreditar que tudo que se conhece cientificamente do mundo acaba sendo efetivamente uma prova positiva da inexistência de deuses, ainda que talvez se sempre se possa inventar uma nova hipótese ad hoc para colocar algum deus no controle de tudo. Não está sentado num trono nas núvens? Okay, então ele está fora do universo blocado que criou, blablablá. É só inventar.



Citar
Ou seja, existe o ceticismo, que é a versão moderada, e o extremo-ceticismo, que é o ateísmo, a versão fanática.

Falsa analogia. Ateísmo é como não acreditar em duendes, fadas, contatos extraterrestres, astrologia, etc. Com variados graus de sofisticação ou falta dela.

Talvez possa haver alguma espécie de "ateísmo fanático," empiricamente constatado, em vez de apenas imaginado.

Acho que na maior parte do tempo o mais próximo que vai haver é um "ateísmo empolgado," que fica muito entusiasmado com argumentos como o do problema do Mal, caindo em falácias lógicas toscas como "mal existe, logo Deus não existe." De modo geral vai ser um ateísmo que faz um caso especial e mais falho para um deus singular Jeovaóide, em vez de descartar essa hipótese como não mais particularmente merecedora de crédito do que "deuses" em geral, com os quais a maior parte das pessoas não se preocupam, nem os monoteístas.

Isso ou um anti-religiosismo fanático, comunistóide, que acredita que religiões são uma ameaça a humanidade que requer ser enfrentada de maneira extrema, impositiva, violenta.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1022 Online: Ontem às 17:16:58 »

(1) Então a DE não tem interesse em provar qualquer coisa aos céticos? Bullshit. E aquele papo furado do próprio Kardec em que defende que os espíritas devem ter atitude cética e comprometidos com a busca da verdade? Será que eles se referiu apenas aos "céticos"-espíritas?

Bullshit é essa apelação semântica e retórica.



Citar
(2) Kardec atribuiu uma dimensão científica ao espiritismo e foi além caracterizando-o como ciência. Que diabos de ciência é essa que não se interessa pelas evidências de suas verdades, em outras palavras, das provas da existência do espírito e do plano espiritual

Citar
Você já respondeu a própria pergunta. O espiritismo não tem o menor interesse em provar para os céticos a existência dos espíritos por meio da ciência. Kardec disse isso várias vezes. Primeiro porque o espiritismo não tem controle sobre os espíritos. Não é possível submeter um espírito a um experimento científico. Existem diversos fatores que tornam essa experiência impossível. Um é encontrar um espírito disposto a participar disso. Outro é encontrar um médium de efeitos físicos também disposto a participar disso.

Se não tivesse controle não existiriam sessões espíritas com hora marcada. Os espíritos sempre parecem dispostos a participar quando os céticos não estão presentes e muitos centros espíritas até controlam a presença de visitantes admitindo apenas convidados ou indicados nas sessões de efeitos físicos. Quanto mais extraordinária a manifestação espiritual, mais controlada é a exposição do fenômeno.

https://static.wixstatic.com/media/78f838_4a99a024c7234f49a65d19b62ccc9651~mv2_d_1960_1387_s_2.jpg/v1/crop/x_0,y_35,w_1960,h_1316/fill/w_880,h_590,al_c,q_85,usm_0.66_1.00_0.01/PROGRAMA%C3%87%C3%83O-2019-VER_04.webp

Citar
Digo efeitos físicos porque esse me parece o melhor meio para provar a existência de seres inteligentes não "físicos".

 :histeria: Pelo visto você já pensou muito nesse assunto.


Citar
Mediunidade é um fenômeno puramente orgânico e depende muito mais dos espíritos do que dos médiuns.

Here we go, again... :histeria:

Citar
Os médiuns de efeitos físicos tem uma condição orgânica única que permite tais efeitos.

Essa "condição orgânica única"  só é do conhecimento dos espíritas. Todos os médiuns de efeitos físicos examinados em experimentos sob controle rígido foram surpreendidos em fraude e tinham condição orgânica no nível da normalidade, alguns acima ou abaixo do peso, é verdade.

Citar
Os fenômenos de efeitos físicos também só ocorrem quando há um espírito que tenha uma certa afinidade orgânica com o médium.

De preferência do mesmo sexo e parecido com o médium...Florence Cook/Kate King...Otília/Irmã Josefa...etc

De fato, isso facilita a fraude. Só os espíritas não enxergam isso... :histeria:

Citar
E claro que não é só isso. Os tempos mudam e os organismos mudam, logo os tipos de fenômenos mediúnicos também mudam. São como doenças que aparecem somente em certas épocas e depois se tornam raras ou deixam de existir. Da mesma forma acontece com alguns fenômenos mediúnicos, sobretudo os físicos. Em certas épocas esses fenômenos ocorrem com mais frequência porque encontram uma disponibilidade orgânica pra isso. 

 :histeria: mas que papinho furado...

O que mudou mesmo foi a incorporação da tecnologia avançada nas fraudes. Escutas minusculas para hot reading, consulta de informações do sitter nas redes sociais, efeitos especiais com leds, etc...

Citar
Entretanto o espiritismo tem interesse em provar as MANIFESTAÇÕES e os  FENÔMENOS Espíritas, ou seja, os efeitos.

Lógico, partindo do princípio que os efeitos/manifestações são de origem espiritual.  :histeria:

Citar
Citar
(3) Ainda assim, a DE tem interesse em provar para os crentes que não precisam de provas?  Ou não tem interesse em provar coisa alguma para ninguém? No primeiro é apenas perda de tempo, no segundo uma contradição na medida em que se afirma como crendice e se nega como ciência.

Retórica


Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Micrômegas

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 424
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1023 Online: Ontem às 17:26:30 »
post duplicado
« Última modificação: Ontem às 17:31:43 por Micrômegas »
____________________
"Toda filosofia aspira a difundir-se, a ser uma propaganda. Ter a mão cheia de verdades e conservá-la fechada é de espíritos tacanhos. O que seria, pois, uma verdade que não quisesse comunicar-se?"

Todas as vezes que um fato novo se revela no campo da Ciência, logo o averbam de apócrifo; depois, que é contrário à Religião; e, por fim, que há muito era sabido. Efetivamente, a verdade tem duas espécies de adversários: os cépticos do materialismo, e os céptico do dogma.

Offline Micrômegas

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 424
  • Sexo: Masculino
Re:O Espiritismo e a Mediunidade são Portas para Doenças Mentais ?
« Resposta #1024 Online: Ontem às 17:27:29 »

Sim, o espiritismo é fruto de muita observação:

RESPOSTAS DO LIVRO DOS ESPÍRITOS

"539. A produção de certos fenômenos, das tempestades, por exemplo, é obra de um só Espírito, ou muitos se reúnem, formando grandes massas, para produzi-los?
“Reúnem-se em massas inumeráveis.”


E influenciam pensamentos daqueles que não ser fulminados por raios ou balas de revolver:

"527. Tomemos outro exemplo, em que não entre a matéria em seu estado natural. Um homem tem que morrer fulminado pelo raio. Refugia-se debaixo de uma árvore.
Estala o raio e o mata. Poderá dar-se tenham sido os Espíritos que provocaram a produção do raio e que o dirigiram para o homem?

“Dá-se o mesmo que anteriormente. O raio caiu sobre aquela árvore em tal momento, porque estava nas leis da Natureza que assim acontecesse. Não foi encaminhado para
a árvore, por se achar debaixo dela o homem. A este, sim, foi inspirada a idéia de se abrigar debaixo de uma árvore sobre a qual cairia o raio, porquanto a árvore não deixaria de ser
atingida, só por não lhe estar debaixo da fronde o homem.”

528. No caso de uma pessoa mal-intencionada disparar sobre outra um projetil que apenas lhe passe perto sem aatingir, poderá ter sucedido que um Espírito bondoso
haja desviado o projetil?

“Se o indivíduo alvejado não tem que perecer desse modo, o Espírito bondoso lhe inspirará a idéia de se desviar, ou então poderá ofuscar o que empunha a arma, de sorte a
fazê-lo apontar mal, porquanto, uma vez disparada a arma, o projetil segue a linha que tem de percorrer.”

Colega, isso são TEORIAS E HIPÓTESES, certo. Você já deve ter visto disso em seus estudos científicos. De vidas em outros planetas, de universos paralelos, de que esse mundo é uma simulação de seres do futuro etc. São teorias e hipóteses baseadas em observações.


« Última modificação: Ontem às 17:31:13 por Micrômegas »
____________________
"Toda filosofia aspira a difundir-se, a ser uma propaganda. Ter a mão cheia de verdades e conservá-la fechada é de espíritos tacanhos. O que seria, pois, uma verdade que não quisesse comunicar-se?"

Todas as vezes que um fato novo se revela no campo da Ciência, logo o averbam de apócrifo; depois, que é contrário à Religião; e, por fim, que há muito era sabido. Efetivamente, a verdade tem duas espécies de adversários: os cépticos do materialismo, e os céptico do dogma.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!