Autor Tópico: Mais que polêmico, ensinar criacionismo é "crime",  (Lida 1412 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Perseus

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 895
Mais que polêmico, ensinar criacionismo é "crime",
« Online: 28 de Junho de 2005, 23:01:32 »
28/06/2005 - 19h31
Mais que polêmico, ensinar criacionismo é "crime", diz físico Marcelo Gleiser
MARY PERSIA
da Folha Online

O polêmico criacionismo, doutrina que explica a criação da vida por meio da Bíblia, foi um dos principais temas debatidos na sabatina do físico Marcelo Gleiser, promovida pela Folha.

"Tentar entender [a criação da vida] invocando uma entidade sobrenatural é deter o conhecimento, e incluir isso no currículo escolar é um crime. As crianças não têm conhecimento para discernir o que é certo ou errado", disse o físico, referindo-se à disseminação do criacionismo nas escolas dos Estados Unidos. "Minha posição é frontalmente contra esse tipo de intromissão."

De acordo com Gleiser, além da expansão dessa doutrina nas escolas, há outra questão importante atualmente, ligada ao criacionismo: o design inteligente ("intelligent design"), espécie de vertente do criacionismo cujos seguidores se colocam em status similar ao dos cientistas para provar que a criação da vida não teria acontecido sem a interferência de Deus. "À medida que você considera um criacionista um cientista, está dando uma credibilidade que ele não merece", afirmou o físico.

Entre outros temas, Gleiser respondeu sobre transgênicos, religião, vida fora da Terra, ensino e divulgação da ciência. Para o físico, falta um programa sério de divulgação científica no Brasil. "A TV brasileira não tem interesse nenhum em ciência, nem o cinema", afirmou. Um quadro que já nasce prejudicado pela forma como se ensina ciência nas escolas.

"A única experiência que fiz na escola foi a do feijão no algodão com água", brincou. "A primeira coisa que o professor tem de fazer não é escrever no quadro negro, é levar [o aluno] para o mundo, usar a natureza como sala de aula."

Gleiser foi sabatinado pelo secretário de redação da Folha, Vinicius Torres Freire, o editor de Ciência do jornal, Claudio Angelo, a repórter especial Laura Capriglione e o repórter Ricardo Bonalume Neto, especialista em ciências. Ele lança, nesta quarta-feira, na Fnac Pinheiros (av. Pedroso de Moraes, 858), o livro "Micro Macro --Reflexões sobre o Homem, o Tempo e o Espaço" (Publifolha), coleção de textos publicados em sua coluna no caderno "Mais!".



-----------------------------------------------------------

Coments: Gostei do artigo pelo seguinte fato: é indiscutivel a hipócrita e famigerada intenção criacionista em se auto proclamar ciência ao passo que o próprio criacionismo é o que mais a 'critica' (chamar isso que os criacionistas escrevem de criticas é ser extremamente benevolente com eles...)

Outro fato importante: Para ser um cientista criacionista, é necessário um unico recurso, imprescindivel: Saber ler e escrever.
Se você sabe ler, e sabe escrever, parabéns, se você quiser pode se auto entitular um cientista criacionista. Não é necessário nenhum tipo de estudo, nenhum tipo de especialização, nenhum tipo de esforço, é necessário apenas ler tudo o que vem dos "grandes" Ph.D´s e sair espalhando por ai. E pronto, você estara sendo um cientista.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u13347.shtml
"Send me money, send me green
Heaven you will meet
Make a contribution
and you'll get a better seat

Bow to Leper Messiah"

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re.: Mais que polêmico, ensinar criacionismo é "crime&q
« Resposta #1 Online: 28 de Junho de 2005, 23:47:52 »
Cadê o link para o original?  :?
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Perseus

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 895
Re.: Mais que polêmico, ensinar criacionismo é "crime&q
« Resposta #2 Online: 28 de Junho de 2005, 23:53:12 »
Ops, gafe feia.

corrigindo  :?
"Send me money, send me green
Heaven you will meet
Make a contribution
and you'll get a better seat

Bow to Leper Messiah"

Offline Hrrr

  • Nível 17
  • *
  • Mensagens: 470
  • own goal
"Ensinar criacionismo eh crime", diz fisico
« Resposta #3 Online: 29 de Junho de 2005, 00:31:09 »
Mais que polêmico, ensinar criacionismo é "crime", diz físico Marcelo Gleiser
MARY PERSIA
da Folha Online

O polêmico criacionismo, doutrina que explica a criação da vida por meio da Bíblia, foi um dos principais temas debatidos na sabatina do físico Marcelo Gleiser, promovida pela Folha.

"Tentar entender [a criação da vida] invocando uma entidade sobrenatural é deter o conhecimento, e incluir isso no currículo escolar é um crime. As crianças não têm conhecimento para discernir o que é certo ou errado", disse o físico, referindo-se à disseminação do criacionismo nas escolas dos Estados Unidos. "Minha posição é frontalmente contra esse tipo de intromissão."

De acordo com Gleiser, além da expansão dessa doutrina nas escolas, há outra questão importante atualmente, ligada ao criacionismo: o design inteligente ("intelligent design"), espécie de vertente do criacionismo cujos seguidores se colocam em status similar ao dos cientistas para provar que a criação da vida não teria acontecido sem a interferência de Deus. "À medida que você considera um criacionista um cientista, está dando uma credibilidade que ele não merece", afirmou o físico.

Entre outros temas, Gleiser respondeu sobre transgênicos, religião, vida fora da Terra, ensino e divulgação da ciência. Para o físico, falta um programa sério de divulgação científica no Brasil. "A TV brasileira não tem interesse nenhum em ciência, nem o cinema", afirmou. Um quadro que já nasce prejudicado pela forma como se ensina ciência nas escolas.

"A única experiência que fiz na escola foi a do feijão no algodão com água", brincou. "A primeira coisa que o professor tem de fazer não é escrever no quadro negro, é levar [o aluno] para o mundo, usar a natureza como sala de aula."

Gleiser foi sabatinado pelo secretário de redação da Folha, Vinicius Torres Freire, o editor de Ciência do jornal, Claudio Angelo, a repórter especial Laura Capriglione e o repórter Ricardo Bonalume Neto, especialista em ciências. Ele lança, nesta quarta-feira, na Fnac Pinheiros (av. Pedroso de Moraes, 858), o livro "Micro Macro --Reflexões sobre o Homem, o Tempo e o Espaço" (Publifolha), coleção de textos publicados em sua coluna no caderno "Mais!".


fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u13347.shtml

 :lol:*  :)

*satisfacao
so num te dou outra pq

Offline Hrrr

  • Nível 17
  • *
  • Mensagens: 470
  • own goal
Re.: "Ensinar criacionismo eh crime", diz fisico
« Resposta #4 Online: 29 de Junho de 2005, 00:35:34 »
to doidim pra ver o registro escrito completo da sabatina :)

talvez saia na Folha de SP, aí quem for assinante da FSP ou do UOL, a gente agradece se colaborar
so num te dou outra pq

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re.: "Ensinar criacionismo eh crime", diz fisico
« Resposta #5 Online: 29 de Junho de 2005, 01:26:55 »

Offline Luis Brudna

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 525
    • Gluon
Re.: Mais que polêmico, ensinar criacionismo é "crime&q
« Resposta #6 Online: 30 de Junho de 2005, 01:01:54 »
Finalmente o Gleiser estah deixando de ser frouxo.  :D  :P

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!