Autor Tópico: A crise do capitalismo e a importância atual de Marx  (Lida 15063 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.722
  • Sexo: Masculino
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #200 Online: 17 de Junho de 2018, 21:50:20 »
HAHAHAHAHAHA

Esquerdistas são uma piada. Dizem brigar entre si mas no final defendem as mesmas ideias e o mesmo ladrão. E aí, CP, foi "GÓPI"?

Ué, toda posição política, por mais diferente que seja, vai ter alguns pontos em comum.

Eu sou a favor dos países comunistas, enquanto que alguns setores da esquerda são contra.  Isso não é nem de longe uma questão secundária.

Partidos como o PT não são comunistas.  Mas também não são tão capitalistas quanto um PSDB da vida, ou um DEM.  Então, mesmo que eu não goste muito, é claro que numa disputa entre o PT e o DEM eu vou ficar do lado do PT.  O que não significa nem de longe que o PT seja “comunista em segredo” ou algo do tipo.  É mais o contrário: ele é menos socialista do que finge ser.




Mas, os seguidores de um tal de ola vo, mais conhecidos como ola vetes,  dizem que não só o PT ,  mas também o PSDB são compostos por um bando de comunas  que estão implantando o comunismo  pouco a pouco  no Brasil.  E também os  Estados Unidos  estão infestados de comunistas disfarçados.  Enfim, tem uma conspiração comunista mundial  agindo nas sombras, e dando as cartas. 


 
« Última modificação: 17 de Junho de 2018, 21:52:27 por JJ »

Offline Cartório Popular

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 13
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #201 Online: 17 de Junho de 2018, 22:04:11 »
Entendo sua posição. Mas gostaria de saber qual lei proíbe tais divulgações e consequente pena.

Lei 9.296, artigos 8º e 10:
Art. 8° A interceptação de comunicação telefônica, de qualquer natureza, ocorrerá em autos apartados, apensados aos autos do inquérito policial ou do processo criminal, preservando-se o sigilo das diligências, gravações e transcrições respectivas.

Art. 10. Constitui crime realizar interceptação de comunicações telefônicas, de informática ou telemática, ou quebrar segredo da Justiça, sem autorização judicial ou com objetivos não autorizados em lei.

Pena: reclusão, de dois a quatro anos, e multa.


E ainda tem o fato de que a Constituição determina que processos envolvendo presidentes são de responsabilidade exclusiva do Supremo.

Não tem desculpa, o lugar do Moro é na cadeia juntinho com o Lula.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.722
  • Sexo: Masculino
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #202 Online: 17 de Junho de 2018, 22:12:22 »
HAHAHAHAHAHA

Esquerdistas são uma piada. Dizem brigar entre si mas no final defendem as mesmas ideias e o mesmo ladrão. E aí, CP, foi "GÓPI"?

Ué, toda posição política, por mais diferente que seja, vai ter alguns pontos em comum.

Eu sou a favor dos países comunistas, enquanto que alguns setores da esquerda são contra.  Isso não é nem de longe uma questão secundária.

Partidos como o PT não são comunistas.  Mas também não são tão capitalistas quanto um PSDB da vida, ou um DEM.  Então, mesmo que eu não goste muito, é claro que numa disputa entre o PT e o DEM eu vou ficar do lado do PT.  O que não significa nem de longe que o PT seja “comunista em segredo” ou algo do tipo.  É mais o contrário: ele é menos socialista do que finge ser.

O que eu queria é que a economia do Brasil fosse tipo a chinesa.  Mas como isso não é possível, eu tenho que apoiar o que tem pro momento mesmo, ué.  Nas próximas eleições, eu pretendo votar no Ciro Gomes.  O PT é meio que corrupto demais pro meu gosto.  O PDT é menos.

A minha opinião sobre o assunto é meio complexa, complicado de explicar ela aqui.  Mas, resumindo: eu acho que a Dilma não participou de nenhum caso de corrupção.  Mas o Lula, aí é outra história.  O impeachment da Dilma foi ilegal.  Já o Lula, provavelmente merece ser preso mesmo.

Mas um importante detalhe é o seguinte: isso não significa que o Moro não esteja agindo fora da lei.  Naquele episódio em que o Moro divulgou o grampo da conversa entre o Lula e a Dilma, um juiz não tem autoridade pra fazer este tipo de divulgação, existe uma lei proibindo.  Não só isso, como aquela lei determina que o juiz que cometer tal ilegalidade deve ser preso.
Entendo sua posição. Mas gostaria de saber qual lei proíbe tais divulgações e consequente pena.


O impeachment de Dilma não foi nada ilegal. Foi feito conforme determina a constituição, pois pedaladas fiscais são crimes. A única coisa ilegal do impeachment foi que Dilma não perdeu os direitos políticos por 8 anos.




Eu gostei de ter tirado a Dilma,  mas  há  de se admitir que houveram motivos formais para retirada dela e houveram motivos reais, os motivos formais foram as tais pedaladas,  mas os motivos reais foram bem diferentes, não teve  realmente a ver com tecnicalidades contábeis,  alguns motivos que podemos elencar rapidamente:


1) Ela foi eleita com pequena vantagem, então desde o início já havia uma oposição popular relativamente forte;

2) Desde pelo menos 2014 o PT  estava tendo líderes e aliados cada vez mais expostos na TV por suspeitas de corrupção, principalmente através da operação Lava jato;

3) Ela já começou o mandato descumprindo promessas;

4) O grande líder do PT, que era o que realmente  sustentava ela politicamente, estava sendo cada vez mais acuado pelas investigações, e isso foi erodindo cada vez mais o poder dele, o do PT, e também o da própria Dilma;

5) A articulação política do governo com o congresso foi deteriorando cada vez mais; 

6) O combativo ( e corrupto) Cunha  foi eleito  presidente da Câmara dos Deputados;

7) Em certo momento o Cunha rompeu de vez com o governo Dilma, e então ele aceitou e  pôs para andar o processo de impeachment;


Enfim,  o resumo é que não foram as tecnicalidades contábeis as verdadeiras razões para a queda final da Dilma, e sim a disputa de poder  e a oportunidade  que  outros políticos, incluindo o seu vice , o raposão,  viram  para conquistar o poder e dar um chute no já enfraquecido governo Dilma e PT.


 
« Última modificação: 17 de Junho de 2018, 22:21:27 por JJ »

Offline Euler1707

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 874
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #203 Online: 18 de Junho de 2018, 00:56:22 »
Lei 9.296, artigos 8º e 10:
Art. 8° A interceptação de comunicação telefônica, de qualquer natureza, ocorrerá em autos apartados, apensados aos autos do inquérito policial ou do processo criminal, preservando-se o sigilo das diligências, gravações e transcrições respectivas.

Art. 10. Constitui crime realizar interceptação de comunicações telefônicas, de informática ou telemática, ou quebrar segredo da Justiça, sem autorização judicialou com objetivos não autorizados em lei.

Pena: reclusão, de dois a quatro anos, e multa.

Sua interpretação da lei é infantilmente torpe. Ignoras a condicionante negritada, quando a única razão para que a gravação fosse vazada (quebra de sigilo), segundo pedido do MP, tenha sido a autorização dada pelo próprio juiz!
(Aliás, Moro não vazou as gravações, ele só fez a quebra de sigilo)

Citar
E ainda tem o fato de que a Constituição determina que processos envolvendo presidentes são de responsabilidade exclusiva do Supremo
.
Aonde mesmo que você viu isso?

Citar
Validade da prova, segundo STJ e STF
[...]
Uma decisão do Supremo, na ação penal 396, apontou que quando o cargo com foro por prerrogativa de função é utilizado como subterfúgio para deslocamento de competências constitucionalmente definidas, que não podem ser objeto de escolha pessoal, é de ser reconhecida a fraude e mantida a competência do juízo original, “ante a impossibilidade de ser aproveitado como expediente para impedir o julgamento”, diz a decisão.
fontes: [1], [2]

Não tem desculpa, o lugar do Moro é na cadeia juntinho com o Lula.
A cadeia é lugar para todo tipo de pessoa, menos aquelas que são honestas e não cometeram crimes, e que, infelizmente para o Lula, não foi o caso do Moro.

Citação de:  Sergio Moro
A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras.
Despacho do Moro no caso da quebra de sigilo

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.895
  • Sexo: Masculino
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #204 Online: 18 de Junho de 2018, 09:25:31 »
[...]
Mas, resumindo: eu acho que a Dilma não participou de nenhum caso de corrupção.
[...]

É claro que não.

A compra da refinaria de Pasadena e a manipulação dos preços da energia elétrica, via uso eleitoreiro da Eletrobrás, não são atos criminosos.

Foram atos de alguém dotado de grande visão estratégica.


Mas o Lula, aí é outra história.

É a mesma história, parte do mesmo esquema.


O impeachment da Dilma foi ilegal.

Foi absolutamente legal.

Ilegal foi ela não ter perdido os direitos políticos, resultado de uma manobra daquele (então) presidente mau-caráter do STF.


Já o Lula, provavelmente merece ser preso mesmo.

Prisão perpétua seria a menor pena para ele.


Mas um importante detalhe é o seguinte: isso não significa que o Moro não esteja agindo fora da lei.

Putz...


Naquele episódio em que o Moro divulgou o grampo da conversa entre o Lula e a Dilma, um juiz não tem autoridade pra fazer este tipo de divulgação, existe uma lei proibindo.

Você tem evidência que foi ele quem divulgou a conversa?

Qual é o texto desta lei?


Não só isso, como aquela lei determina que o juiz que cometer tal ilegalidade deve ser preso.

Vamos aguardar o texto da lei.
Foto USGS

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.668
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #205 Online: 18 de Junho de 2018, 10:00:18 »
7) Em certo momento o Cunha rompeu de vez com o governo Dilma, e então ele aceitou e  pôs para andar o processo de impeachment;

Enfim,  o resumo é que não foram as tecnicalidades contábeis as verdadeiras razões para a queda final da Dilma, e sim a disputa de poder  e a oportunidade  que  outros políticos, incluindo o seu vice , o raposão,  viram  para conquistar o poder e dar um chute no já enfraquecido governo Dilma e PT.
Num país civilizado, a prisão de Lula e o impeachment de Dilma seriam automáticos e não dependeriam de traições entre bandidos e do esforço individual deste ou daquele juiz.

Em outras palavras: a motivação de Eduardo Cunha pode ter sido sórdida, mas o impeachment foi constitucional e necessário.

Offline EuSouOqueSou

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.905
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #206 Online: 18 de Junho de 2018, 10:43:20 »
Como ta cheio de especialista aqui prevendo o fim do capitalismo, venho humildemente deixar esse vídeo básico sobre Economia e o caráter cíclico das crises.

Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.722
  • Sexo: Masculino
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #207 Online: 18 de Junho de 2018, 11:12:36 »
7) Em certo momento o Cunha rompeu de vez com o governo Dilma, e então ele aceitou e  pôs para andar o processo de impeachment;

Enfim,  o resumo é que não foram as tecnicalidades contábeis as verdadeiras razões para a queda final da Dilma, e sim a disputa de poder  e a oportunidade  que  outros políticos, incluindo o seu vice , o raposão,  viram  para conquistar o poder e dar um chute no já enfraquecido governo Dilma e PT.
Num país civilizado, a prisão de Lula e o impeachment de Dilma seriam automáticos e não dependeriam de traições entre bandidos e do esforço individual deste ou daquele juiz.

Em outras palavras: a motivação de Eduardo Cunha pode ter sido sórdida, mas o impeachment foi constitucional e necessário.



Foi formalmente legal,  mas  as motivações reais que fizeram realmente acontecer  foram motivações primordialmente políticas,   foi  disputa por poder em que  políticos, tão ou mais sujos  do que  a  cúpula do PT,  atuaram fortemente.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.722
  • Sexo: Masculino
Re:A crise do capitalismo e a importância atual de Marx
« Resposta #208 Online: 18 de Junho de 2018, 11:15:18 »



Foi basicamente uma briga entre quadrilhas  de políticos  que estavam disputando o palácio,  foi  uma oportunidade que outros quadrilheiros enxergaram e aproveitaram.



 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!