Autor Tópico: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo  (Lida 3379 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline 4 Ton Mantis

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.328
  • Sexo: Masculino
Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Online: 16 de Dezembro de 2008, 18:36:01 »
http://www.diariodopara.com.br/noticiafull.php?idnot=19773


Assim como dependemos de carros e celulares hoje, os robôs vão se tornar parte essencial da nossa vida nos próximos 15 anos, afirma o sociólogo espanhol Antonio Lopez Pelaez em um estudo publicado recentemente. Ele também sugere que as pessoas terão laços afetivos com robôs, e até mesmo tratá-los como animais de estimação.

O estudo, publicado na revista científica Technological Forecasting and Social Change, prevê que 40% das tropas militares em todo o mundo sejam automatizadas até 2020. Ele também sugere que implantes robóticos serão algo comum em uma década, noticiou o jornal britânico The Guardian.

Pelaez, que é professor de sociologia da Universidade Nacional de Ensino a Distância na Espanha, também acredita que as pessoas cada vez mais terão robôs como companhia. "Um robô pode ser mais companheiro e uma pessoa melhor do que os humanos que temos hoje em nossas vidas," Pelaez declarou ao Guardian. "Assim como você vê as pessoas conversando com seus cachorros hoje, em breve estaremos conversando com robôs."

Segundo a Federação Internacional de Robótica, o uso de robôs terá um crescimento significativo até 2011, diz o Guardian.
\"Deus está morto\"-Nietzsche

\"Nietzsche está morto\"-Deus

Offline Renato T

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.486
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #1 Online: 16 de Dezembro de 2008, 19:01:55 »
Espero não estar mais vivo em 2020...

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.672
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #2 Online: 16 de Dezembro de 2008, 21:24:14 »
Citar
Pelaez, que é professor de sociologia da Universidade Nacional de Ensino a Distância na Espanha, também acredita que as pessoas cada vez mais terão robôs como companhia. "

Não troco minha cachorrada por nada. :)

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #3 Online: 16 de Dezembro de 2008, 22:24:06 »


Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.191
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #4 Online: 17 de Dezembro de 2008, 00:38:09 »
Eu lembro de algo parecido falando sobre o ano 2000 e nossos carros voadores...
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Eleitor de Mário Oliveira

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.502
  • Sexo: Masculino
    • Lattes
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #5 Online: 17 de Dezembro de 2008, 00:42:51 »
Espero não estar mais vivo em 2020...

Tambem espero que você não esteja mais vivo em 2020. :)

Offline Eleitor de Mário Oliveira

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.502
  • Sexo: Masculino
    • Lattes
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #6 Online: 17 de Dezembro de 2008, 00:44:22 »
Eu lembro de algo parecido falando sobre o ano 2000 e nossos carros voadores...

Não se trata de um prognóstico de entusiastas de ficção científica, mas de cientistas.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.191
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #7 Online: 17 de Dezembro de 2008, 00:48:24 »
Eu lembro de algo parecido falando sobre o ano 2000 e nossos carros voadores...

Não se trata de um prognóstico de entusiastas de ficção científica, mas de cientistas.

Na verdade é o prognóstico de um sociólogo, nada mais.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.672
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #8 Online: 17 de Dezembro de 2008, 07:26:08 »
Eu lembro de algo parecido falando sobre o ano 2000 e nossos carros voadores...

Me lembrei agora que certa vez encontrei uma revista velha de Dezembro de 1941 em um porão e estava dando uma olhada em uma propaganda de pneus.

"Pneu Balão: o ano 2000 está aí, vc não vai se modernizar?" :lol:

Pena que perdi a revista depois.

Offline Renato T

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.486
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #9 Online: 17 de Dezembro de 2008, 07:54:13 »
Espero não estar mais vivo em 2020...

Tambem espero que você não esteja mais vivo em 2020. :)

Veja só, finalmente concordamos em algo =D

Offline Memphis Belle

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 653
  • Sexo: Feminino
  • O Amor vence todos os obstáculos !
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #10 Online: 17 de Dezembro de 2008, 14:27:58 »
É muito triste perceber para onde caminha a humanidade.Na medida em que nos  afeiçoemos a objetos pela sua necessidade, em detrimento a sentimentos desinteressados. É sinal que a humanidade estará ( mais do que agora ) sendo posta em segundo plano, que as pessoas já não serão importantes por elas mesmas e sim por aquilo que fizerem, inventarem e puderem proporcionar a outro ser humano.Num mundo onde milhões de crianças morrem não só de fome, mais de abandono, desamor...voltar nossos sentimentos à máquinas é muiito triste...Mas isso gera outras discussões de cunho prático , como a da adoção por exemplo, onde muitas e muitas pessoas desejam adotar crianças  recem-nascidas ou em idades maiores e se vêm ás voltas com tantas condições e  burocracias que , ou acabam por faze-las desistir ou conseguem a pretendida adoção após anos de espera porque tiveram uma superação de vontade incomensurável.Pois  pode ocorrer que o sentimento, a necessidade  de outro ser, se modificar, se atrofiar, se empobrecer...Várias são as pessaos que por N situações ao fim de 10 anos ( isso mesmo! ) de tentativas acabam por desistir de tal coisa.Então parar e  pensar para onde estamos indo com nossos sentimentos, com a importância que atribuimos às pessoas,aos sentimentos que lhes dedicamos é diante dessa estatística apresentada, uma real necessidade de questionamentos.
ter um animal para 'matar ' a solidão não gera coflito, porque os animais são seres vivos.E muitas pessoas idosas(Os idosos não estão na lista de adoção, mas muitos em asilos , muitos deles abandonados pelos filhos que se esquecem, ou desdenham a sua própria situação de envelhecer)só têm os animais por companhia.Muitas crianças, a grande maioria delas gostam de animais e os têm.Muitos de nós jovens e/ou adultos se afeiçoa rapidametne por um animal domestico.O que é natural, próprio do ser humano.Ao contrário  de  voltarmos esses sentimentos para máquinas.
Muito triste e lamentável será essa estimativa tornar-se verdadeira em 15 anos.
Prefiro estar viva até lá, para se, então poder junto com outras pessoas que ainda acreditem na força do sentimento humano, poder combater tal fato, seja por campanhas, ações sociais  ou outros modelos de luta a serem viáveis na ocasião.Mas uma coisa eu tenho certeza: o futuro depende do agora.O tempo urge!
Como disse Freud: precisamos amar para não adoecer.
« Última modificação: 17 de Dezembro de 2008, 14:43:43 por Memphis Belle »
"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele ou por sua origem, ou sua religião.
Para odiar, as pessoas precisam aprender.
E se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto.
A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta."
(Nelson Mandela)

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #11 Online: 18 de Dezembro de 2008, 00:59:18 »
Por outro lado o Data de Star Trek não possui essas idiocincrazias sujas do ser humano.

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.710
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #12 Online: 20 de Dezembro de 2008, 09:26:02 »
Fetichismo total!


Acho que quem precisa se relacionar com  porcarias de máquinas tem sérios problemas  psicológicos e baixíssima inteligência emocional !!    8-)


Imagino uma pessoa abraçando  uma tralha  cheia de chips silício !  Considero extremamente ridículo, digno de piedade !    ::)


Porcaria de robô é apenas uma ferramenta,  querer  relacionar com  isso faz tanto sentido quanto relacionar com um martelo !   :|   :no:

.
« Última modificação: 20 de Dezembro de 2008, 09:31:17 por Helder »

Offline Fabulous

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.425
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #13 Online: 20 de Dezembro de 2008, 10:44:59 »
Citar
Pelaez, que é professor de sociologia da Universidade Nacional de Ensino a Distância na Espanha, também acredita que as pessoas cada vez mais terão robôs como companhia. "

Não troco minha cachorrada por nada. :)

Heheheh... eu também não. :lol:
MSN: fabulous3700@hotmail.com

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #14 Online: 20 de Dezembro de 2008, 18:01:35 »
Fetichismo total! (...) tem sérios problemas  psicológicos
Puro preconceito.
Homossexualismo também era um problema psicológico ou uma doença anos atrás, e as vezes ainda continua sendo.
baixíssima inteligência emocional
Existe alguma prova disso, ou é só uma demonstração de ódio?
Porcaria de robô é apenas uma ferramenta,  querer  relacionar com  isso faz tanto sentido quanto relacionar com um martelo !   :Neutral:   :Não: :OK:
Relacionamentos não foram feitos para terem uma maneira direita ou sentido. Sem contar em fazer sexo sem fins procriativos.

Offline Renato T

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.486
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #15 Online: 20 de Dezembro de 2008, 18:19:26 »
Homossexualismo é o amor por alguém do mesmo sexo. Amor por alguém que também sente amor. Amar um robo é sim como amar um carro, uma ferramenta. Não venha jogar preconceito no meio, foxes.

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #16 Online: 20 de Dezembro de 2008, 18:24:41 »
É sinal que a humanidade estará ( mais do que agora ) sendo posta em segundo plano, que as pessoas já não serão importantes por elas mesmas e sim por aquilo que fizerem, inventarem e puderem proporcionar a outro ser humano.
E o que é que faz uma pessoa ser o que ela é senão justamente aquilo que ela faz e pode proporcionar aos outros?

Offline Renato T

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.486
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #17 Online: 20 de Dezembro de 2008, 18:28:47 »
É sinal que a humanidade estará ( mais do que agora ) sendo posta em segundo plano, que as pessoas já não serão importantes por elas mesmas e sim por aquilo que fizerem, inventarem e puderem proporcionar a outro ser humano.
E o que é que faz uma pessoa ser o que ela é senão justamente aquilo que ela faz e pode proporcionar aos outros?

O que ela ja fez e o que ela já proporcionou aos outros

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #18 Online: 20 de Dezembro de 2008, 18:29:13 »
Homossexualismo é o amor por alguém do mesmo sexo. Amor por alguém que também sente amor. Amar um robo é sim como amar um carro, uma ferramenta. Não venha jogar preconceito no meio, foxes.
Mas e o fato de o sentimento ser direcionado a "algo" e não a "alguém" torna de alguma forma mais aceitável a agressão ao gosto dessa pessoa?

Offline Renato T

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.486
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #19 Online: 20 de Dezembro de 2008, 18:31:20 »
Não. Mas isso não significa que falar que a pessoa tem problema seja preconceito.

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #20 Online: 20 de Dezembro de 2008, 18:43:13 »
É sinal que a humanidade estará ( mais do que agora ) sendo posta em segundo plano, que as pessoas já não serão importantes por elas mesmas e sim por aquilo que fizerem, inventarem e puderem proporcionar a outro ser humano.
E o que é que faz uma pessoa ser o que ela é senão justamente aquilo que ela faz e pode proporcionar aos outros?
O que ela ja fez e o que ela já proporcionou aos outros
Pois então, nesse caso a frase da Memphis fica meio sem sentido.

Não. Mas isso não significa que falar que a pessoa tem problema seja preconceito.
E o que é "ter problema"?

Se "ter problema" pode significar adotar uma conduta excêntrica mas não necessariamente prejudicial, como sentir afeto por robôs e ser feliz com isso, então ter "problemas" não é algo necessariamente ruim.

Pois se ter problema for isso, não vejo porque homosexuais não seriam problemáticos, de forma que não seria preconceito dizer que eles têm problemas.
« Última modificação: 20 de Dezembro de 2008, 18:52:29 por Herf »

Offline Renato T

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.486
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #21 Online: 20 de Dezembro de 2008, 19:02:07 »
Pois então, nesse caso a frase da Memphis fica meio sem sentido.

Você não me entendeu. Ser humano tem um passado, não é só algo em potência. Já foi algo, é algo e será algo. Já proporcionou risadas, choros, alegrias e tristesas. Já sentiu e já sofreu. O que uma pessoa é é o passado, o presente e o futuro juntos e se você pensar em alguém por ela poder te dar algo é colocar a própria pessoa em segundo plano, colocando seu potencial a frente dela mesma. Resumindo: Concordo com a Memphis e não com você.
Não. Mas isso não significa que falar que a pessoa tem problema seja preconceito.
E o que é "ter problema"?

Se "ter problema" pode significar adotar uma conduta excêntrica mas não necessariamente prejudicial, como sentir afeto por robôs e ser feliz com isso, então ter "problemas" não é algo necessariamente ruim.

Pois se ter problema for isso, não vejo porque homosexuais não seriam problemáticos, de forma que não seria preconceito dizer que eles têm problemas.

Eu difiniria problema como algo que foge do esperado. E você repitiu o que eu disse: Não se poder chamar alguém de preconceituoso por falar que tal pessoa tem um problema.

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #22 Online: 20 de Dezembro de 2008, 19:04:44 »
Não vejo por que razão amar um animal seria menos doentio do que amar um robô. Só porque os animais são orgânicos? Mas não é por serem orgânicos que as pessoas gostam de seus bichos de estimação, as pessoas os amam porque sentem necessidade de amar alguma coisa. A capacidade de amar é uma propriedade do sujeito, não do objeto. As pessoas são capazes de amar até coisas abstratas, como um país, um time de futebol, uma religião, uma ideologia...

Acho que quem precisa se relacionar com  porcarias de máquinas tem sérios problemas  psicológicos e baixíssima inteligência emocional !!    8-)


Imagino uma pessoa abraçando  uma tralha  cheia de chips silício !  Considero extremamente ridículo, digno de piedade !    ::)


Porcaria de robô é apenas uma ferramenta,  querer  relacionar com  isso faz tanto sentido quanto relacionar com um martelo !   :|   :no:

.

Dependendo da intensidade do sentimento amoroso e do grau de dependência que uma pessoa sente, até mesmo o amor de uma pessoa por outra pode ser qualificada como problema psicológico, falta de inteligência emocional, ridículo e digno de piedade. Quantas pessoas você já não viu serem arrasadas por causa do amor por outra? Quantas pessoas não chegaram ao fundo do poço, perderam sua identidade, se humilharam e fizeram absurdos por uma paixão? Ou você vai me dizer que alguém que se mata por amor é mais saudável que alguém que ama silício? Que alguém que seqüestra a namorada e a mata, como o caso Eloá recentemente, é mais saudável que alguém que ama silício?

Qualquer forma de amor pode sim ser nociva, mas isso depende de como aquele que ama lida com esse sentimento, não do alvo do amor.

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.710
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #23 Online: 20 de Dezembro de 2008, 20:50:11 »
Eu lembro de algo parecido falando sobre o ano 2000 e nossos carros voadores...

Me lembrei agora que certa vez encontrei uma revista velha de Dezembro de 1941 em um porão e estava dando uma olhada em uma propaganda de pneus.

"Pneu Balão: o ano 2000 está aí, vc não vai se modernizar?" :lol:

Pena que perdi a revista depois.


Em revistas dessa  década  ( ou da de 50)  também previam que haveria carros  de passeio movidos a energia nuclear !   :hihi:


Imaginem milhões de mini-usinas nucleares  deslocando-se  para  todo lado !    :)



.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.672
  • Sexo: Masculino
Re: Robôs podem ser mais companheiros que humanos, diz sociólogo
« Resposta #24 Online: 20 de Dezembro de 2008, 20:54:09 »
Teria uma colônia em Marte  tb....

Achei engraçado ver a propaganda falando "o ano 2000 está aí, vc não vai se modernizar?" faltando quase 60 anos para a data.

A revista nem tinha fotos, eram desenhos em preto e branco. :lol:

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!