Autor Tópico: Eventos bíblicos com historicidade comprovada  (Lida 5540 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Snake

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.049
  • Sexo: Masculino
Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Online: 05 de Julho de 2005, 22:42:56 »
Poderiam ser citados os eventos bíblicos com historicidade comprovada? Grato.
Newton's Law of Gravitation:
What goes up must come down. But don't expect it to come down where you can find it. Murphy's Law applies to Newton's.

Atheist

  • Visitante
Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #1 Online: 06 de Julho de 2005, 22:27:24 »
Hm...
24 horas sem resposta... Isso deve ser um sinal...  :roll:

Offline Snake

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.049
  • Sexo: Masculino
Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #2 Online: 07 de Julho de 2005, 21:58:20 »
:?
Newton's Law of Gravitation:
What goes up must come down. But don't expect it to come down where you can find it. Murphy's Law applies to Newton's.

Offline Stéfano

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.779
  • Sexo: Masculino
    • Hepcentro
Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #3 Online: 07 de Julho de 2005, 22:31:34 »
Parece que uns hebreus atravessaram um deserto... aliás, porque o hebreu atravessou o deserto ?  :twisted:
"Alternative and mainstream Medicine are not simply different methods of treating ilness. They are basically incompatible views of reality and how the material world works." Arnold S. Relman

Offline Quasar

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.088
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #4 Online: 07 de Julho de 2005, 23:24:25 »
Citação de: Stéfano
Parece que uns hebreus atravessaram um deserto... aliás, porque o hebreu atravessou o deserto ?  :twisted:


Isso não é comprovado, não existem registros egípcios sobre isso.
"Assim como são as pessoas, são as criaturas" -  Didi Mocó

Offline Esperto

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.154
Re: Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #5 Online: 08 de Julho de 2005, 15:20:14 »
Citação de: Stéfano
Parece que uns hebreus atravessaram um deserto... aliás, porque o hebreu atravessou o deserto ?  :twisted:
:lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:
filosofia de um professor meu:
"A mente abre quando o cu aperta!"

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #6 Online: 08 de Julho de 2005, 15:32:07 »
Citação de: esperto
Citação de: Stéfano
Parece que uns hebreus atravessaram um deserto... aliás, porque o hebreu atravessou o deserto ?  :twisted:
:lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:
Porque eram uns galinhas...
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Pensador Amazonense

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 100
Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #7 Online: 19 de Julho de 2005, 02:55:43 »
Isso depende muito do que se considera uma comprovação, e do que se considera um evento.

Posso dizer que a Bíblia de um modo de geral é bastante compatível com o ambiente e a época em que foi escrita. Quer dizer, forma um quadro coerente. Nos pontos onde o cenário bíblico e o arqueológico ainda conflitam pode-se atribuir a insuficiente conhecimento, e que novas descobertas se encarregarão de harmonizar a visão bíblica e a visão da Ciência, como tantas vezes já aconteceu.

As comprovações que a Arqueologia pode dar são dessa natureza. Comprovação de possibilidade, de cenários, de verossimilhança. Comprovações específicas são, é óbvio, bem menos numerosas.

Mas existem.

Posso citar, por exemplo, o fato de que Senaqueribe, embora tenha cercado e assediado Jerusalém, não chegou a conquistá-la, como narra o texto bíblico. A crônica de Senaqueribe concorda com esse ponto.

Também é ponto pacífico que Ciro permitiu aos judeus retornarem de seu exílio em Babilônia para sua terra natal. Assim como a própria deportação efetuada por Nabucodonosor, bem como a anterior conquista de Jerusalém.

Vou citar só mais duas, que atestam o valor da Bíblia como documento histórico. Os hititas, embora tenham sido um poderoso império na Antiguidade, eram um povo totalmente desconhecido pela Ciência. Mas um arqueólogo chamado Sayce reparou que a Bíblia dava muita importância a um povo chamado de heteus, chegando a compará-los com os egípcios. Procurou e achou.

Outro caso digno de nota é o caso de Belsazar. O fato do livro de Daniel citá-lo como o rei de Babilônia durante a conquista de Ciro motivou muito deboche por parte dos críticos, pois a História registrava Nabonido, filho de Nabucodonosor, como rei nesse período. Belsazar era completamente desconhecido.

Mais tarde, porém, foi descoberto que Nabonido se mudou para a Arábia, deixando Belsazar em Babilônia como príncipe-regente. Muito interessante é o fato de que o relato bíblico é inteiramente compatível com os fatos. Belsazar prometeu que quem decifrasse a misteriosa inscrição na parede seria feito o terceiro do reino. Por que o terceiro? Se Belsazar fosse o rei poderia muito bem transformar quem quer que fosse no segundo do reino, logo após a si próprio. Mas ele não podia fazer isso, já que o segundo do reino era ele, após o seu pai. Tudo que ele podia fazer era oferecer a terceira posição no reino. Este foi mais um caso em que a suposta inconsistência do relato bíblico foi completamente esvaziada por descobertas arqueológicas posteriores.

Offline OldSkull

  • Nível 29
  • *
  • Mensagens: 1.504
Re: Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #8 Online: 19 de Julho de 2005, 22:55:33 »
Citação de: Alenônimo
Citação de: esperto
Citação de: Stéfano
Parece que uns hebreus atravessaram um deserto... aliás, porque o hebreu atravessou o deserto ?  :twisted:
:lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:
Porque eram uns galinhas...


 :histeria:  :histeria:

"The sun is the same in a relative way but you're older,
Shorter of breath and one day closer to death. "

rippclaw

  • Visitante
Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #9 Online: 19 de Julho de 2005, 23:28:10 »
Bom, colocarei aqui um texto que usam as sequoias como parâmetro para provar o dilúvio universal.
Espero que não ganhe cartão por isso.








13/05/2005. A Ciência Bíblica e antibíblica, reconhece que houve um período de tempo no passado distante, quando a terra era estéril. Quanto tempo atrás e quanto tempo durou, é uma questão de conjecturas... a não ser que aceitemos o registro Bíblico.

Mas, lá na Califórnia, no extremo oeste, temos belos monumentos do passado: as sequóias, monumentos que eram plantinhas quando Noé foi sepultado; arvorezinhas quando a torre da Babilônia foi abandonada; robustas e gigantescas quando Davi matou o seu gigante. E quando a árvore sobre a qual Cristo foi pendurado perdeu a sua vida, ali nas praias e nas encostas das montanhas da Califórnia, aquelas mesmas sequóias ''levantavam seus braços folhosos para orar''. Elas continuam ali, aquelas sequóias da Califórnia, Sequóia sempervirens e Sequoiadendron giganteum.

A história da vida da sequóia gigante, a mais antiga das sequóias da Califórnia, apresenta algumas questões fascinantes que a ciência até agora não foi capaz de responder. Eis algumas delas:

Exatamente quantos anos têm de existência ?
Por que não encontramos espécimes vivos mais antigos do que aproximadamente 3.200 anos ?

Porque se limitam às montanhas da Califórnia ?
Quando examinamos as obras de eminentes dendrocronologistas, descobrimos que o período de vida da sequóia gigante é de mais de 3.200 anos... com muitas altoridades calculando que sua idade é muito maior. Richard J. Hartesvelt diz: ''Atualmente (1975), 3.200 anos de idade é a estimativa mais antiga. A estimativa foi feita por A. E. Douglass, o conhecido dendrocronologista, antes de 1.920. Alguns defendem dados muito mais antigos para a idade, e autores recentes reivindicam que um espécime teria 6.000 anos''.¹

Em um parágrafo anterior ele havia dito: ''Schmeckbier ( 1.912 ) declara que as sequóias nunca falharam em acrescentar um anel anual, uma declaração mais tarde refutada por Gillette ( 1.930 ) que encontrou falhas de anéis em grandes espécimes. Não obstante, a determinação da idade pela contagem dos aneis continua sendo mais exata do que qualquer outro método conhecido para a sequóia gigante ''.2 Além de um antigo pinheiro cone-de-cerda, podemos dizer que a sequóia gigante, encontrada apenas na Sierra Nevada da Califórnia, É UMA DAS COISAS MAIS ANTIGAS DA TERRA!

A longevidade da sequóia gigante se atribui a diversos fatores; é muito resistente aos insetos, a enfermidades e ao fogo. E. F. Clements disse, num panfleto intitulado ''Sequóias da Califórnia'', o seguinte: ''...cicatrizes evidenciam incêndios antigos da floresta, mas as árvores chegaram à maturidade ''.3 Sua resistência ao fogo se deve a diversos fatores: a casca é ''maciça e espessa, mais do que em qualquer árvore da terra, de 24 a 31 polegadas de espessura'',4 um pobre condutor de calor, como o asbesto, e contém pouca quantidade de resina. A madeira também é de uma qualidade macia e esponjosa que absorve água facilmente.

''As árvores, disse Asa Grau, em seu famoso ensaio sobre Longevidade das Árvores, ''sobrevivem muito a todas as coisas vivas. Elas nunca morrem de velhice, mas apenas de ferimentos ou enfermidades, ou resumindo de acidentes. Se não forem destruídas por acidente, isto é, por causas extrínsecas, não morrem finalmente como nós, de idade avançada. Comumente se pensa que elas ficam totalmente expostas ao destino inevitável de todas as coisas... Mas árvore é um conglomerado de muitos indivíduos unidos em um tronco comum e porque esse conglomerado, a árvore, não duraria indefinidamente?''5

Se não houver nada ''extrínseco'' que possa destruir as árvores e, se sequóia gigante é extremamente a insetos, enfermidades e fogo, porque não existem sequóias gigantes mais velhas que 3.200 anos (usando uma idade mais autentica e conservadora) ? Sabemos, através dos fósseis, que elas existiram muito antes disso... durante o período quando os animais ''pré-históricos'' viveram. ''A picareta do caçador de fósseis desenterrou remanescentes de folhas de fósseis de sequóia e seus cones em camadas triássicas.

Esse período representa o despertar da vida dos répteis... Por isso a sequóia, como espécie pode ser considerada fabulosamente antiga''.6 O que poderia ter acontecido a 3.200 anos atrás que pudesse ser responsabilizado pela descontinuidade da sequóia gigante? Ouça a versão de um evolucionista: ''... poucos dramas da terra que a ciência tem restaurado são mais belos do que a limitação da sequóia exclusivamente as montanhas da Califórnia. O registro das rochas logo depois das grandes Era dos Répteis conta a uma história totalmente diferente.

Com espantosa desconexão, toda a rica diversidade de vida dos répteis aparentemente cessou... Um aspecto tão extraordinário deveria exigir uma explicação fora do comum. Causas de natureza cataclísmica violenta são apresentadas como interpretações válidas.Mas a ciência se recusa a tomar conhecimento de calamidades universais e as considera apócrifas porque são demasiadamente anormais.''7 Eis aí. Há milhares de anos passados ''...a sequóia era um dos principais enfeites da vegetação da terra durante o período miocênico. Suas florestas deveriam ser a coisa mais impressionante que a terra já conheceu...

Sob as larvas do monte Shasta encontramos impressões de suas folhas e cones. É evidência indubitável de que a sequóia já existia na Califórnia naquele período.''8 Então ''uma terrível solidão dominava este universo''.9 E, durante algum tempo, as três espécies comuns de sequóias deixaram deixaram de crescer tão extensamente como antes. Por que? Será que realmente ocorreu uma ''calamidade universal''? Talvez uma compreensão dos hábitos de reprodução e de crescimento da sequóia gigante possa contar-nos algo que lance luz sobre esse mistério.

De acordo com Ellsworth, a gigantesca sequóia só se reproduz através de sementes. Elas estão contidas em cones pequenos do tamanho de um ovo com 30 a 40 escamas lenhosas, compactadamente apertadas, persistentes. Esses cones amadurecem no prazo de dois anos. As sementes, mais de 30 em cada cone, são do tamanho de uma semente de aveia, com uma membrana protetora em forma de disco.

Os cones permanecem verdes e fechados até que sequem e, então, abrem-se, e podem permanecer presos a árvore, verdes crescendo por 21 anos. Elas não disseminam as sementes enquanto estão presos a árvore. Mesmo árvores seriamente danificadas continuam produzindo cones. A fim de germinar, a semente precisa ser enterrada em solo mineral úmido, em locais como veios rochosos, encostas íngremes e fissuras, com pouca nessecidade de nutrientes. Contudo, precisam de muito sol. A descoberta seguinte é muito pertinente ao nosso estudo: sabe-se de sementes que forma levadas por enchentes.

''Talvez o mais conhecido e o mais tradicional arvoredo seja ao longo d bifurcação meridional do Rio Kaweah, abaixo do bosque Garfield. Uma dúzia de sequóias se alinham a margem do rio... A autitude é a mais baixa conhecida no mundo, para um bosque de sequóias gigantes naturalmente semeadas. Uma perfuração indica que essas árvores foram semeadas em meados de 1880, quando uma enchente torrencial também levou imensos troncos de sequóias através da cidade de Visalia cerca de 64 Km a oeste do vale de São Joaquim.''10

O brotinho solta uma raiz de 10 a 13 cm de comprimento que pode penetrar de 25 a 28 cm por ano na terra. ''No estágio seguinte, o sistema de raízes se espalha lateralmente e a raiz inicial desaparece''. Em árvores adultas, o sistema de raízes pode espalhar-se até 381 metros de distância da árvore, embora o raio médio seja de 102 a 127 cm. ''A pouca profundidade das raízes de uma árvore tão grande surpreende quase todos os visitantes do parque. Como essas árvores permanecem em pé sem um sistema de raízes sustentadoras mais profundo?... As árvores, ao que parece, precisariam ser muito bem distribuídas para manter o seu equilibrio... Mas a quantidade de sustentáculos é surpreendente''.11 O sistema de raízes não é apenas pouco profundo... As raízes chupam umidade como esponjas, segundo John Muir.

Resumindo, descobrimos:

Por algum motivo desconhecido, as sequóias gigantes só podem ser encontradas há 3.200 anos, com espécimes em registros recentes. Mas esta espécie é encontrada abundantemente nos registros fósseis, numa grande extensão de superfície terrestre.

Seu desaparecimento não é provavelmente devido a enfermidades, infestação de insetos ou fogo, uma vez que são muito resistentes a eles. ( Observação: um insendio suficientemente grande para destruirn todas as árvores, também deveria Ter sido suficientemente grande para destruir suas sementes; é o que parece! ). Outra catástrofe que poderia esplicar a súbita descontinuidade das árvores e dos dinossauros... e dos pterodáctilos... e dos homens... é uma enchente poderosa.

A história da semente de uma sequóia gigante do cone, até a mudinha indica que:

Os cones poderiam sobreviver ao dilúvio por 21 anos. O dilúvio de Noé durou apenas 371 a 376 dias.
Enchentes têm sido comprovadamente instrumentais na disseminação de sementes. O dilúvio mundial de Noé finalmente recuou, aproximando-se então às condições de uma enchente local.
O desenvolvimento das arvorezinhas utiliza aluviões pouco profundos para germinar, soltando uma raiz temporária até desenvolver um sistema de raiz pouco profundo, mas amplo. Isso tornaria o desenvolvimento da árvore adulta mais fácil nas condições após o dilúvio.
Embora capaz de viver indefinidamente, a idade mais avançada da sequóia gigante é cerca de 4.000 anos, indicado seu reaparecimento na terra cerca de 2.000 anos a.C., exatamente na época em que a maior autoridade histórica, a Bíblia, o coloca.
Concluíndo parece que a história e os hábitos de desenvolvimento da sequóia gigante se encaixam bem na história do dilúvio, assim:

DILÚVIO
Destruiu todas as coisas vivas;
Durou aproximadamente um ano;

Recuou deixando um aluvião e outras condições para a germinação;

Houve, sem dúvida, frinchas e encostas de montanhas com depósitos pouco profundos;

Quando o dilúvio de Noé recuou, talvez semeasse a sequóia exatamente como em 1880;

Ocorreu cerca de 2.000 anos a.C.
SEQUÓIA GIGANTE
Descoberta extensa de fósseis anteriores a 2.000 anos a.C.;
Os cones podem permanecer na árvore por cerca de 21 anos;

As sementes precisavam exatamente o tipo de solo que o Dilúvio deixou;

Sequóias crescem principalmente sobre solo com resíduo de granito aluviões, sobre basalto metamorfoseado, sobre solo derivado de rocha xistosa;

A área do Rio Kaweah e ao longo do afluente de Rattlesnake Creek encontramos o que foi espalhado pela enchente;

Começou a crescer há mais ou menos 4.000 anos atrás.


Será que Deus nos deu na sequóia gigante um cronômetro pelo qual podemos calcular quando ocorreu o Dilúvio ? O que poderíamos descobrir através de uma investigação mais minuciosa na história da sequóia gigante de Sierra Nevada ? Falando de outra espécie de árvore, nosso Deus disse uma vez: ''Acaso não ouviste que já há muito dispus eu estas cousas, já desde os dias remotos o tinha planejado?.'' (2 Reis 19:25).

Referências

1. Richard J. Hartesveldt, join author, The Giant Sequoia of the Sierra Nevadas (A Sequóia Gigante de Sierra Nevada), Washington, D.C., 20240, The National Park Service, 1975, p.58. Muitas autoridades acreditam que alguns pinhos cerda-de-porco são pouco mais velhos que as sequóias mais idosas.
2. Ibid.
3. E.F. Clements, Califórnia Redwoods, 85 Bluxome St., San Francisco, Califórnia, A Mike Roberts Color Production, Berkeley, Califórnia, 94710, 1972.
4.Hartesveldt, p.40.
5. Asa Gray, Longevity of Trees, quoted in Rodney Sydes Ellsworth, The Giant Sequoia (Longevidade das Árvores, citado por Rodney Sydes Ellsworth, A Sequóia Gigante), pp.94-95; American Journal of Science (Jornal Americano de Ciência) series, vol.17, 1846-1870, reprint 1857 (pp. 440-443).
           
                                                                          www.mpsnet.net

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #10 Online: 19 de Julho de 2005, 23:39:57 »
Fonte, por favor.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
O que é histórico e o que é lenda na Bíblia?
« Resposta #11 Online: 03 de Agosto de 2005, 16:26:20 »
Seria interessante que fosse apresentado os fatos relatados na bíblia que de fato ocorreram, segundo confirmações extra-bíblicas, e os que são lendas. Na minha opinião, as histórias dos reis de Israel e Judá e suas guerras com povos vizinhos são verdadeiras. Algumas historietas e personagens, como Jó, Rute, Tobias, Judith, Ester, Daniel, Os patriarcas, etc são lendários. Já outras provavelmente são reinterpretações lendárias de fatos parecidos que realmente ocorreram, como o êxodo e as conquistas da palestina. Gostaria que citassem  o que já foi achado de evidências e o que, apesar de dever ter, não tem nehuma evidência.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Roberto

  • Nível 24
  • *
  • Mensagens: 1.021
Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #12 Online: 03 de Agosto de 2005, 17:19:26 »
Da minha parte, acho que não há muito o que duvidar da historicidade dos acontecimentos bíblicos que não sejam fantásticos (por fantástico quero dizer mares que se abrem, sol parando no céu, mortos ressuscitando, etc). Exigir confirmação extra-bíblica pra esse tipo de coisa me parece um bom bocado de preciosismo, já que só significaria um pouco mais de confiabilidade, não 100% de confiabilidade.
Se eu disser ou escrever hoje algo que venha a contradizer o que eu disse ou escrevi ontem, a razão é simples: mudei de idéia.

Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #13 Online: 03 de Agosto de 2005, 18:05:26 »
Existem pelo menos dois livros escritos por arqueólogos que tratam da veracidade dos fatos narrados na bíblia.

O primeiro é "E a bíblia tinha razão", Editora Melhoramentos - ISBN: 8506037190

O segundo é "A bíblia não tinha razão", Editora A Girafa - ISBN: 8589876187.
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

Offline Snake

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.049
  • Sexo: Masculino
Re.: O que é histórico e o que é lenda na Bíblia?
« Resposta #14 Online: 03 de Agosto de 2005, 19:35:41 »
Newton's Law of Gravitation:
What goes up must come down. But don't expect it to come down where you can find it. Murphy's Law applies to Newton's.

Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #15 Online: 03 de Agosto de 2005, 20:00:55 »
Tópicos unidos.
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

APODman

  • Visitante
Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #16 Online: 04 de Agosto de 2005, 11:52:52 »
A guerra entre o rei assírio Senaquerib e o rei hebreu Ezequias foi comprovada. Para azar dos que acreditam na pureza da palavra biblica já que esta passagem mostra claramente como alegação da ocorrência de milagres era para manipulação política da populaça.

[ ]´s

Offline Marcelo Terra

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.126
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #17 Online: 04 de Agosto de 2005, 11:55:33 »
Citação de: APODman
A guerra entre o rei assírio Senaquerib e o rei hebreu Ezequias foi comprovada. Para azar dos que acreditam na pureza da palavra biblica já que esta passagem mostra claramente como alegação da ocorrência de milagres era para manipulação política da população.


Poderia esclarecer? Ou tem algum link?

APODman

  • Visitante
Re: Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #18 Online: 04 de Agosto de 2005, 12:16:22 »
Citação de: Marcelo Terra
Citação de: APODman
A guerra entre o rei assírio Senaquerib e o rei hebreu Ezequias foi comprovada. Para azar dos que acreditam na pureza da palavra biblica já que esta passagem mostra claramente como alegação da ocorrência de milagres era para manipulação política da população.


Poderia esclarecer? Ou tem algum link?


Eu tenho um texto sobre, já havia postado ele na STR , mas coloco aqui de novo:

Citar


Milagres Políticos



Sem dúvida a Biblia é uma ótima fonte para arqueologia , diversos lugares historicos e evidências de existência de alguns personagens existem. Porém até que ponto a confirmação da existência arqueológica de um local bíblico , implica automaticamente na aceitação dos milagres e outras crenças sobrenaturais que envolvem tais locais ou eventos.

Afinal com qual sentido os milagres eram usados pelos antigos hebreus ? Eles eram verdadeiros ? A Bíblia pode conter mentiras ?

Um dos eventos mais interessantes de como os "milagres" eram utilizados , sem dúvida é a passagem descrita no 2o Livro dos Reis que narra o cerco de Judá ( governado por Ezequias ) por Senaqueribe , o rei Assírio.

A história destes dois personagens é particularmente interessante para analisarmos se os milagres bíblicos e intervenções do sobrenatural , necessariamente devem ter ocorrido , ou se eram lendas que políticos e personalidades ( profetas ) usavam para amedrontar ou admirar o povo para finalidades diversas , seja para manter uma união cultural de um povo que só era unido por suas crenças , seja para manter o próprio poder.

Duas descobertas arqueológicas interessantes são referentes a Senaquerib e Ezequias:

Citar
Campanha do rei assírio Senaqueribe contra Judá (2 Reis 18:13-16), como registrado no Prisma Taylor.


Citar
O aqueduto sob Jerusalém, cavado pelo rei Ezequias para prover água durante o cerco assírio (2 Reis 20:20; 2 Crônicas 32:30).


Realmente o Prisma de Taylor ( ou Prisma de Senaquerib ) foi decoberto nas ruínas de  Ninive no ano 1830 pelo coronel Taylor, sendo que este prisma relata em suas seis faces os eventos do reinado de Senaquerib enquanto rei da Assiria. Inclusive o cerco a Jerusalem narrado no 2o Livro dos Reis.

Eis o Prisma:


Recentemente o aqueduto de Jerusalem, escavado secretamente a mando de Ezequias para fornecer água a Jerusalem durante o cerco de, Senaquerib tb foi descoberto:

Eis o tunel ( aqueduto ) de Ezequias:


Ambas descobertas confirmam a exitência do tal evento narrado no 2oR

O Prisma de Taylor nos fornece um dos raros momentos de confrontar os fatos Biblicos ( incluindo seus milagres ) com a história narrada por não-cristãos sobre o mesmo evento.  


Let´s go baby !

Os escritos na coluna de Senaquerib confirmam que ele exigiu uma grande soma para que não invadisse Jerusalem. E segundo o próprio Senaqueribe
Citar
"Quanto a Ezequias do país de Judá, que não se tinha submetido ao meu jugo, sitiei e conquistei 46 cidades que lhe pertenciam (...) Quanto a ele, encerrei-o em Jerusalém, sua cidade real, como um pássaro na gaiola...".


Contudo, uma vez que o monarca assírio precisava lutar em outras frentes de batalha (Taraca, rei da Etiópia, colocou-se em marcha para travar guerra contra ele ), além de que Senequerib preparava-se para um ataque definitivo a Babilônia e sabia que esta sim seria uma batalha muito
difícil.

Tendo em vista estes futuros confrontos ele preferiu assim poupar suas tropas e então resolveu simplesmente intimidar os israelitas para que se rendessem. Ele enviou Rabsaqué (2R 18:17 ), seu principal oficial, a Jerusalém para começar uma campanha de propaganda destinada a persuadir os homens de Judá a desistir sem lutar.
Ezenquias então ordenou que se pagasse a soma que Senaquerib queria e este não invadiu Jerusalem.

Mais uma vez segundo Senaquerib :
Citar
Quanto a ele, Ezequias, meu esplendor terrível de soberano o confundiu e ele enviou atrás de mim, em Nínive, minha cidade senhorial, os irregulares e os soldados de elite que ele tinha como tropa auxiliar, com 30 talentos de ouro, 800 talentos de prata, antimônio escolhido, grandes
blocos de cornalina, leitos de marfim, poltronas de marfim, peles de elefante, marfim, ébano, buxo, toda sorte de coisas, um pesado tesouro, e suas filhas, mulheres de seu palácio, cantores, cantoras; e despachou um mensageiro seu a cavalo para entregar o tributo e fazer ato de
submissão


Informação que concorda com a de 2Rs 18,13-16:
Citar
No décimo quarto ano do rei Ezequias, Senaquerib, rei da Assíria, veio para atacar todas as cidades fortificadas de Judá e apoderou-se delas. Então Ezequias, rei de Judá, mandou esta mensagem ao rei da Assíria, em Laquis: 'Cometi um erro! Retira-te de mim e aceitarei as condições que me impuseres'. O rei da Assíria exigiu de Ezequias, rei de Judá, trezentos talentos de prata e trinta talentos de ouro, e Ezequias entregou toda a prata que se achava no Templo de Iahweh e nos tesouros do palácio real. Então Ezequias mandou retirar o revestimento dos batentes e dos umbrais das portas do santuário de Iahweh, que... rei de Judá, havia revestido de ouro, e o entregou ao rei da Assíria.


É claro que o rei judeu iria inventar algo para que o povo não começasse a duvidar do poder do rei ( Ezequias ) que havia sido terrivelmente  humilhado, inventaram então a história de tal anjo e da morte dos 185.000 soldados assírios (2R 19:32-36)

Citar
32 - Portanto, assim diz o SENHOR acerca do rei da Assíria: Não entrará nesta cidade, nem lançará nela flecha alguma; tampouco virá perante ela com escudo, nem levantará contra ela trincheira alguma.
33 - Pelo caminho por onde vier, por ele voltará; porém nesta cidade não entrará, diz o SENHOR.
34 - Porque eu ampararei a esta cidade, para a livrar, por amor de mim e por amor do meu servo Davi.
35 - Sucedeu, pois, que naquela mesma noite saiu o anjo do SENHOR, e feriu no arraial dos assírios a cento e oitenta e cinco mil deles; e, levantando-se pela manhã cedo, eis que todos eram cadáveres.
36 - Então Senaqueribe, rei da Assíria, partiu, e se foi, e voltou e ficou em Nínive.


Contudo humilhado publicamente do jeito que foi (2r 18:27-33):

Citar
27 - Porém Rabsaqué lhes disse: Porventura mandou-me meu senhor somente a teu senhor e a ti, para falar estas palavras e não antes aos homens, que estão sentados em cima do muro, para que juntamente convosco comam o seu excremento e bebam a sua urina?
28 - Rabsaqué, pois, se pôs em pé, e clamou em alta voz em judaico, e respondeu, dizendo: Ouvi a palavra do grande rei, do rei da Assíria.
29 - Assim diz o rei: Não vos engane Ezequias; porque não vos poderá livrar da sua mão;
30 - Nem tampouco vos faça Ezequias confiar no SENHOR, dizendo: Certamente nos livrará o SENHOR, e esta cidade não será entregue na mão do rei da Assíria.
31 - Não deis ouvidos a Ezequias; porque assim diz o rei da Assíria: Contratai comigo por presentes, e saí a mim, e coma cada um da sua vide e da sua figueira, e beba cada um a água da sua cisterna;
32 - Até que eu venha, e vos leve para uma terra como a vossa, terra de trigo e de mosto, terra de pão e de vinhas, terra de oliveiras, de azeite e de mel; e assim vivereis, e não morrereis; e não deis ouvidos a Ezequias; porque vos incita, dizendo: O SENHOR nos livrará.
33 - Porventura os deuses das nações puderam livrar, cada um a sua terra, das mãos do rei da Assíria?


E sentindo que o povo não mais tinha confiança em seu poder devido ao fracasso das promessas que Deus protegeria Jerusalem, o governo de Ezequias perdeu o rumo e foi praticamente obrigado a passar o trono a seu filho Manassés que foi um dos piores governos de Judá.

Quando Judá foi derrotado por Senaquerib, como reagiu Isaías?

Is 22,1-14 é um bom exemplo de sua atitude. Quando Jerusalém comemora a retirada dos exércitos de Senaquerib sem tê-la destruído, Isaías protesta. Protesta porque, segundo ele, a alegria está fora de lugar, permanecendo o perigo assírio. Jerusalém não saiu vitoriosa, mas foi vergonhosamente derrotada e não há motivo para festa. Diz Is 22,1b-5a:

Citar
Que tens tu, afinal, que todos os teus habitantes sobem aos telhados
cheios de júbilo, cidade ruidosa, cidade vibrante?
Os teus trespassados não foram trespassados à espada,
nem foram mortos na guerra.
Os teus comandantes fugiram todos juntos,
sem arcos, foram capturados,
todos juntos foram capturados;
eles tinham fugido para longe.
Diante disso, eu disse:
Desviai de mim os vossos olhos, que eu choro amargamente;
não insistais em consolar-me
da ruína sofrida pela filha do meu povo.
Na verdade, este dia é um dia de inquietude, de derrota e de confusão.


Estranho para um homem que tinha tanta fé que Deus iria proteger Judá. e mais , ESTRANHO QUE ELE TENHA CONFIRMADO que Ezequias perdeu a guerra por causa de derrotas em batalhas e dos generais desertores !

ONDE ESTAVA O ANJO QUE MATOU QUASE TODO O EXÉRCITO DE SENAQUERIB ?

Estando fortíssimo o império assírio, sua influência se espalhou. Deuses, cultos, costumes, domínio assírio. Um grande sincretismo religioso ameaçava o javismo. Quem protestava era duramente reprimido.

Manassés foi sucedido pelo filho Amon que acabou assassinado. E então foi entronizado, com apenas 8 anos de idade, seu filho Josias, em 640 a.C. Durante seu reinado, Judá alcançou a esperançosa independência.

Mais um fato estranho é que Ezequias recorreu ao profeta Isaias para que este o ajudasse e então Isaias profetizou que insuflaria um "espírito" em Senaquerib e este seria assassinado quando voltasse a seu país ( 2R 19:1 -7):
Citar
1- E ACONTECEU que, tendo Ezequias ouvido isto, rasgou as suas vestes, e se cobriu de saco, e entrou na casa do SENHOR.
2 - Então enviou a Eliaquim, o mordomo, e a Sebna, o escrivão, e os anciãos dos sacerdotes, cobertos de sacos, ao profeta Isaías, filho de Amós.
3 - E disseram-lhe: Assim diz Ezequias: Este dia é dia de angústia, de vituperação e de blasfêmia; porque os filhos chegaram ao parto, e não há força para dá-los à luz.
4 - Bem pode ser que o SENHOR teu Deus ouça todas as palavras de Rabsaqué, a quem enviou o seu SENHOR, o rei da Assíria, para afrontar o Deus vivo, e para vituperá-lo com as palavras que o SENHOR teu Deus tem ouvido; faze, pois, oração pelo restante que subsiste.
5 - E os servos do rei Ezequias foram a Isaías.
6 - E Isaías lhes disse: Assim direis a vosso senhor: Assim diz o SENHOR: Não temas as palavras que ouviste, com as quais os servos do rei da Assíria me blasfemaram.
7 - Eis que porei nele um espírito, e ele ouvirá um rumor, e voltará para a sua terra; à espada o farei cair na sua terra.


Realmente o Rei Assírio morreu apunhalado pela mão de seus dois filhos, porém muito tempo depois ( 681 a.C) do cerco a Jerusalem ( 710 a.C ).

O mais curioso é que a Biblia dá a entender que Senaquerib morreu LOGO depois de sua campanha contra Jerusalem !

Será que este fato pode ter sido inserido como palavras de Isaias APÓS o fato da morte de Senaquerib ter ocorrido ?  Será que os 66 livros de Isaias relamente foram todos escritos por ele ? Será que alguém alterou um documento histórico para poder validar a fé ?

Com a palavra um cristão, professor em teologia ( para não falar que usei fontes ATEIAS ) o prof. Airton José da Silva, Professor Titular no Departamento de Ciências e Línguas Bíblicas da Faculdade de Teologia e Ciências Religiosas da PUC-Campinas, SP e do Instituto de Teologia Dom Miele do CEARP - Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto, SP:

Citar

De jeito nenhum. Dos 66 capítulos do livro, menos de 20 pertencem ao profeta do século VIII a.C. que viveu em Jerusalém e atuou durante os governos dos reis Joatão, Acaz e Ezequias. Estes quase 20 capítulos estão concentrados na primeira parte do livro, em Is 1-39, o chamado Proto-Isaías.

Os capítulos 40-55 foram produzidos por um profeta anônimo durante o exílio babilônico. Chamamos este profeta pelos apelidos de Dêutero-Isaías, Segundo Isaías, Isaías Júnior... Depois do exílio, em Judá, foram escritos os capítulos 56-66 e vários outros que estão dentro de Is 1-39 por outros profetas anônimos. Is 56-66 é chamado hoje de Trito-Isaías ou Terceiro Isaías.


fonte: http://www.airtonjo.com/faq_isaias.htm


SERÁ QUE PODEMOS CONFIAR NOS RELATOS BÍBLICOS QUANTO AO MILAGRES ? SERÁ QUE ERAM MESMO MILAGRES OU APENAS ESTÓRIAS PARA MARKETING

Pena que não temos muito mais descobertas arqueológicas que nos permitam confrontar a realidade com a ficção biblicas tão bem como no caso de Senaquerib x Ezequias




[ ]´s

Offline Marcelo Terra

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.126
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Eventos bíblicos com historicidade comprovada
« Resposta #19 Online: 04 de Agosto de 2005, 12:19:44 »
Citação de: APODman
Eu tenho um texto sobre, já havia postado ele na STR ,


STR is dead!

Thank you, man!

PS: Eu não disse que a STR está morta graças ao APODman. O agradecimento é pelo texto. hehehehe

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!