Autor Tópico: Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling  (Lida 13410 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.


Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.515
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #426 Online: 15 de Dezembro de 2018, 16:44:04 »
Discutir em sala de aula um filme baseado num livro do petista Frei Beto, sobre sua aventura em torno do seu apoio ao Marighella? Só com um oficial do Exército na sala para mostrar o outro lado da estória. O Brasil está cheio de professores fazendo tipo Serginho Groisman, colocando um monte de porcaria na cabeça dos alunos.

Citar
Sinopse do filme

Na cidade de São Paulo, no final da década de 1960, o convento dos frades dominicanos torna-se uma das mais fortes resistências à ditadura militar vigente no Brasil. Movidos por ideais cristãos, os frades "Tito", "Betto", "Oswaldo", "Fernando" e "Ivo", passam a apoiar logistica e politicamente o grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional, comandado à época por Carlos Marighella. O grupo dissocia-se após uma conversa entre Frei Diogo e seus frades, de onde se conclui a necessidade de dispersão do grupo a partir de então.

Frei Ivo e Frei Fernando partem para o Rio de Janeiro, onde são surpreendidos e torturados por oficiais brasileiros que, acusando-os de traidores da igreja e traidores da pátria, perguntam por informações sobre o local de reunião do grupo para a posterior captura e execução de seu líder, Carlos Marighella. Após sofrerem tortura, os frades informam aos policiais o horário e o local de reunião do grupo, onde Marighella costumava receber recursos oriundos dos frades. Marighella foi então surpreendido e executado por policiais do DOPS paulista, sob o comando do delegado Sérgio Paranhos Fleury. Frei Betto, refugia-se no interior do Rio Grande do Sul onde é encontrado, preso, e une-se ao restante do grupo no presídio de Tiradentes, em São Paulo, em 1971. Os frades são posteriormente julgados e sentenciados a quatro anos de reclusão em regime fechado.

A única exceção é Frei Tito, que é libertado em troca do embaixador suiço Giovanni Enrico Bucher, juntamente com outros presos políticos, em 11 de junho de 1970, e se exila na França. Frei Tito não consegue superar as sequelas psicológicas sofridas após ser preso e torturado e acaba suicidando-se.

« Última modificação: 15 de Dezembro de 2018, 16:55:02 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Pavlov probably thought about feeding his dogs every time someone rang a bell.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.467
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #427 Online: 29 de Outubro de 2019, 15:54:29 »
Tem que colocar as explicações das religiões africanas  para a origem do homem, também, caso haja pelo menos um aluno cujos pais tenham a convicção que a explicação de alguma religião africana  é a correta.

Afinal de contas, os professores não podem ir contra as convicções do(s) aluno(s) e/ou pais.     :ok:


Tenho uma solução melhor. Privatiza as escolas ou as transforma em charters schools. Quem quiser ver mitologia no estudo das áreas de ciências do filho(a) que PAGUE SOMENTE do seu próprio bolso por isso. As escolas que não atingirem a performance pública nas notas por estarem ensinando mitologia no lugar errado seriam automaticamente removidas das verbas públicas direcionadas a vouchers e charters schools. Nada como uma seleção natural para fazerem os sistemas evoluírem por meio da remoção.


Deixando o lado educacional e indo pro lado econômico:
Tu é entusiasta do privatiza geral. Não sei se sabe mas nos EUA tem muitas escolas públicas e muitas são melhores avaliadas (por rendimento escolar, notas, etc) que muitas escolas particulares.



Em Guia Politicamente Incorreto da Economia Brasileira de Leandro Narloch, é mostrado que, nos EUA, em geral, as charters schools tem bom desempenho relativo em relação às escolas públicas. Se você falar em universidades... Universidade de Harvard, Universidade de Stanford, MIT, Universidade de Columbia, Universidade de Chicago, Universidade de Princeton, Universidade de Yale. Todas essas são do setor privado malvadão, coxinha e fascista.

<a href="https://www.youtube.com/v/l_htSPGAY7I" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/l_htSPGAY7I</a>



https://www.marketwatch.com/story/state-colleges-receive-the-same-amount-of-funding-from-tuition-as-from-state-governments-2017-03-24






https://anticap.wordpress.com/2017/05/25/ivy-league-inc/

https://academia.stackexchange.com/questions/81056/how-much-public-funding-do-private-universities-in-the-united-states-receive-di


Ainda deve talvez se considerar como parte das doações filantrópicas é mamatismo maquiado.

<a href="https://www.youtube.com/v/KWNQuzkSqSM" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/KWNQuzkSqSM</a>

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.457
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #428 Online: 29 de Outubro de 2019, 21:51:38 »
Como monoglota, a única coisa que entendi dessa montanha de citações foi o destaque do financiamento estatal para as universidades privadas. E...?

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.467
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #429 Online: 29 de Outubro de 2019, 22:13:25 »
São só coisas que contribuem para desmontar aquelas dicotomias simplistas de "mais mercado, menos estado," como se fosse dar a solução automática para tudo. O "last week tonight" aponta como "charter schools" têm o risco de graves problemas (e em alta escala) que até parecem coisa tupiniquim. Não é um "veja só, tem toda essa corrupção com o dinheiro público, então como tudo mais, deveria ser omni-estatizado; é a única forma de garantir que uma oferta realmente atenda à sociedade em vez de ser apenas oportunidade para explorá-la para o lucro de poucos," já que no mínimo maior fiscalização e melhores critérios poderiam prevenir muitos dos problemas, mas é o tipo de coisa que é interessante saber, em vez de se ficar só com aquelas versões polidas onde tudo que segue uma ideologia dá certo e a outra leva à ruína.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.493
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #430 Online: 29 de Outubro de 2019, 22:29:10 »
Curioso sobre as entrelinhas disso de  uma ideologia funcionar e outra  não, como  se  saltitantemente alguma houvesse  que  funfasse.
Até onde eu sei eu não sei.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.467
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #431 Online: 29 de Outubro de 2019, 22:43:38 »
... eu não pretendi sugerir, que uma ideologia não funciona mas outra sim. Como contra-exemplo de uma ideologia dogmática "mais estado é a solução" você tem o ensino público aqui mesmo ou coisas como pobres de países de terceiro mundo estarem recorrendo como podem às escolas privadas.

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=20286.0

Ainda que mesmo material citado aí nesse post também mereça algum ceticismo em apresentar as coisas nos ângulos mais ideologicamente favoráveis (as fontes são think-tanks de advocacia ideológica ou próximo disso).

Pode ser que as melhores escolas em termos de desempenho e acessibilidade estejam na China comunista e na Liberlândia, com toda variação entre elas espalhada pelo mundo com variados níveis de potencial aproveitamento como propaganda ideológica.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.493
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #432 Online: 29 de Outubro de 2019, 23:13:05 »
"Melhores escolas em termos de desempenho  e  acessibilidade"...  na  China!  Certamente
 você não  quis dizer o que você acaba de dizer,  não?
« Última modificação: 29 de Outubro de 2019, 23:21:00 por Sergiomgbr »
Até onde eu sei eu não sei.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.457
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #433 Online: 30 de Outubro de 2019, 00:21:44 »
São só coisas que contribuem para desmontar aquelas dicotomias simplistas de "mais mercado, menos estado," como se fosse dar a solução automática para tudo. O "last week tonight" aponta como "charter schools" têm o risco de graves problemas (e em alta escala) que até parecem coisa tupiniquim. Não é um "veja só, tem toda essa corrupção com o dinheiro público, então como tudo mais, deveria ser omni-estatizado; é a única forma de garantir que uma oferta realmente atenda à sociedade em vez de ser apenas oportunidade para explorá-la para o lucro de poucos," já que no mínimo maior fiscalização e melhores critérios poderiam prevenir muitos dos problemas, mas é o tipo de coisa que é interessante saber, em vez de se ficar só com aquelas versões polidas onde tudo que segue uma ideologia dá certo e a outra leva à ruína.

Uma lista de queixas e reclamações sobre charters schools é engraçado o suficiente para nos distrair brevemente de quantas escolas não charters estão falhando completamente com seus alunos.

Mas as charters schools são mesmos instituições privadas com fins lucrativos? Não necessariamente. As charters schools podem ser OSCs, e algumas delas já são.

A burocracia é uma construção pela qual uma pessoa é convenientemente separada das consequências de suas ações. Se um sistema centralizado precisará necessariamente de pessoas que não estão diretamente expostas as consequências dos erros, para que haja menos desses tomadores de decisão, precisamos descentralizar ou então praticar o localismo. Tanto transformar as escolas estatais em numerosas OSCs de tamanho limitado, quanto o federalismo educacional ajudam na descentralização.
« Última modificação: 30 de Outubro de 2019, 00:54:50 por -Huxley- »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.467
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #434 Online: 30 de Outubro de 2019, 12:29:56 »
Não quis sugerir, e não me parece que o programa queira sugerir, que a maioria dessas escolas "charter" está falhando completamente com os alunos, embora uma parte argumentavelmente esteja. Apenas aponta problemas sérios, que podem ficar ocultos sob médias e maquiagens.

Um dos problemas mencionados, diga-se de passagem, é burlarem requerimentos das escolas serem sem fins lucrativos através de empresas de consultoria com fins lucrativos, dos mesmos donos.

Nos EUA as coisas já tendem a ser federalizadas, e descentralizadas nesse sentido, então podem acabar dando exemplos de diferentes legislações que aumentam ou reduzem as chances de diferentes problemas.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.457
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #435 Online: 30 de Outubro de 2019, 13:40:59 »
Perto do Brasil, parece o paraíso, mas a descentralização americana é fraca comparada a da Suíça. Na Suíça, se uma escola ou faculdade não estiver funcionando, basta pegar o carro e se dirigir aos municípios ou cantões mais próximos. A descentralização americana deveria levar em conta que o país tem população e dimensão continental. Além da questão de se ter um sistema que aprende por meio de filtragem, a descentralização e o localismo têm o aspecto de impedir que a microbaboseira vire macrobaboseira.

Outro problema grave é o problema da agência, principalmente no ensino superior. Para contornar isso, deve-se fazer as universidades serem responsáveis pelos estudantes inadimplentes nos empréstimos. Ademais, deve-se encorajar o processo contra universidades em caso de desaprovações em massa e/ou descumprimento de promessas feitas.

Outra coisa diz respeito a pedagogia. Deve-se encorajar modelos de aprendizagem empírica (tais como os cursos técnicos de pedreiro na Suíça).
« Última modificação: 30 de Outubro de 2019, 15:51:32 por -Huxley- »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.467
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #436 Online: 31 de Outubro de 2019, 16:56:28 »
Não sei nada sobre quais seriam as melhores "estruturas" sob o aspecto administrativo, mas quanto a isso de "aprendizagem empírica/" cursos profissionalizantes, o pré-candidato americano Andrew Yang disse que na Alemanha é algo como 60% do que as pessoas cursam. Talvez 40%, não lembro, acho que 60.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!