Autor Tópico: Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling  (Lida 6738 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.783
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #125 Online: 07 de Novembro de 2018, 18:21:52 »

Como seria o sistema de fiscalização por doutrinação nas escolas?

O que será apresentado como prova de tal doutrinação?

Desculpe mudar um pouco de assunto, mas...

Pela enésima vez, a doutrinação não é o problema que o ESP deveria combater.

"Deveria" -- isso é sua opinião sobre como deveria ser uma eventual legislação, ou aquilo que já consta nos projetos ou leis?




Citar
Invés disso, o ESP deveria combater o controle ideológico e a perseguição de discordantes. A chantagem psicológica e a intimidação velada ou aberta são dois exemplos dos procedimentos usuais empregados que caracterizam essa conduta criminosa.

Vou citar dois exemplos noticiados na Gazeta do Povo.

Uma professora do colégio de Niteroi disse isso em sala de aula de eleitores de Bolsonaro: "O seguidor de Bolsonaro é uma pessoa execrável e ele encontra no Bolsonaro motivo para ser tão nojento quanto" e "A maioria é asquerosa, nojenta, homofóbica, racista, preconceituosa, elitista. Pobre de direita não tem nenhuma empatia com o diferente". A própria professora admitiu ter feito as declarações.

Outro caso foi de um professor no Pará que foi gravado em sala de aula usando termos chulos para descrever os adversários do PT. Para ele o impeachment foi golpe e "esse papo de corrupção" é "apenas propaganda para otário cair".

Como seria lidado com simplesmente se expor falas de Bolsonaro? Seria isso já automaticamente o mesmo "bullying", apenas na outra direção?

Seria permitido divulgar em escola notícias sobre o apoio de neonazistas a Bolsonaro, e seu contato com eles?

Os professores podem dizer que neonazistas são asquerosos, homofóbicos, racistas, preconceituosos, elitistas?

Pode-se especular que foi o PT que mandou matar Celso Daniel, mesmo não tendo sido isso apurado nas investigações?







O problema é que os caras querem usar a desculpa do escola sem partido para atacar o conteúdo das disciplinas, ( educação sexual, evolução, historia...).

Esta parece ser explicitamente a motivação, embora tente se dar uma roupagem de neutralidade.

Nos EUA criaram ou tentaram "estudo crítico da evolução", depois de terem falhado com "desenho inteligente".


A questão é que o projeto ESP não cria regulamentos novos para combater o controle ideológico e a perseguição de discordantes. Se ele não faz isso, então sua solução é como na "common law". Não existe essa questão de saber quais regras devem ser criadas para aplicar, só há o juiz interpretando as normas já existentes. E nem eu vou entrar na armadilha de achar que existem princípios universais à la imperativo categórico de Kant. Existem princípios normativos que entram em conflito entre si, então a questão sobre como vai ser a aplicação das leis não é como responder a uma prova de múltipla escolha com problemas bem definidos (com algoritmos sobre o cálculo da área do trapézio, etc.).  Tentar dar a resposta completa seria coisa de nerd platonizado que acredita em "formas bem definidas" para tudo.

P.S.: Ainda falarei da questão da doutrinação em outra hora.

Offline Pedro Reis

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.861
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #126 Online: 07 de Novembro de 2018, 18:26:48 »

Na prática, a constituição soviética era discriminatória pois não vedava apenas direitos para as pessoas ditas 'burguesas, nobres e capitalistas'. Vedava a própria existência deles.

Nossa constituição também veda a existência de uma nobreza.

E há muita margem filosófica para se discutir se vedar a propriedade de meios de produção para indivíduos é discriminatório. Só não há quando se proíbe os discordantes de discordarem.

Mas o ponto mesmo, aqui, é que não tem como escapar da contradição alguém querer proibir pessoas de pensarem como pensam em nome da liberdade e da tolerância.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.783
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #127 Online: 07 de Novembro de 2018, 18:32:45 »

Se você acha chocante o que eu disse, então é só fazer uma paródia com suas palavras para quê me entenda melhor. Substitua "comunista" por "nazista" no seu post e veja se continua concordando.

Não caríssimo. Este é justamente o ponto que o qual eu quis chamar atenção: o nazismo era explicitamente intolerante e rejeitava até mesmo, como princípio basilar, qualquer ideia de igualdade de direitos entre os Homens.

Na verdade O SEU discurso é nazista. Da forma como os nazistas definiriam nazismo.

Se você acha que a intolerância política do comunismo soviético não é explícita, então realmente deu evidência que entende nada de comunismo soviético mesmo.

Não estou com paciência de discutir com quem quer adicionar perfumarias e florzinhas de inocência em sistema político intolerante e assassino.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.208
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #128 Online: 07 de Novembro de 2018, 19:45:21 »

Se você acha chocante o que eu disse, então é só fazer uma paródia com suas palavras para quê me entenda melhor. Substitua "comunista" por "nazista" no seu post e veja se continua concordando.

Não caríssimo. Este é justamente o ponto que o qual eu quis chamar atenção: o nazismo era explicitamente intolerante e rejeitava até mesmo, como princípio basilar, qualquer ideia de igualdade de direitos entre os Homens.

Na verdade O SEU discurso é nazista. Da forma como os nazistas definiriam nazismo.

Se você acha que a intolerância política do comunismo soviético não é explícita, então realmente deu evidência que entende nada de comunismo soviético mesmo.

Não estou com paciência de discutir com quem quer adicionar perfumarias e florzinhas de inocência em sistema político intolerante e assassino.

Aqui eu discordo de você, caro -Huxley-.

A discussão central não está no regime soviético e sim se na teoria o comunismo, no geral, menciona ou tolera a repressão daqueles que lhes fazem oposição.

A práxis mostra que sim, mas a dúvida está na base teórica desta ideologia.
Foto USGS

Offline Euler1707

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 920
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #129 Online: 07 de Novembro de 2018, 19:59:44 »

Nos casos de doutrinação para estudantes até o ensino médio, que o estado seja contra.




Um problema  para o qual ainda não vi uma apresentação  de uma boa  solução é a questão  da definição legal  explícita,  concreta,  objetiva e imparcial do que seja:

                                                                            Doutrinação


Depois eu respondo.

Não faça isso. Doutrinação aqui sempre foi compreendida como catequismo, afinal, o que se caracterizaria a doutrinação/catequismo à uma ideologia senão a argumentação em favor dessa ideologia?

Não caia no bait do JJ.
« Última modificação: 07 de Novembro de 2018, 20:36:47 por Euler1707 »

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.783
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #130 Online: 07 de Novembro de 2018, 20:33:42 »

Se você acha chocante o que eu disse, então é só fazer uma paródia com suas palavras para quê me entenda melhor. Substitua "comunista" por "nazista" no seu post e veja se continua concordando.

Não caríssimo. Este é justamente o ponto que o qual eu quis chamar atenção: o nazismo era explicitamente intolerante e rejeitava até mesmo, como princípio basilar, qualquer ideia de igualdade de direitos entre os Homens.

Na verdade O SEU discurso é nazista. Da forma como os nazistas definiriam nazismo.

Se você acha que a intolerância política do comunismo soviético não é explícita, então realmente deu evidência que entende nada de comunismo soviético mesmo.

Não estou com paciência de discutir com quem quer adicionar perfumarias e florzinhas de inocência em sistema político intolerante e assassino.

Aqui eu discordo de você, caro -Huxley-.

A discussão central não está no regime soviético e sim se na teoria o comunismo, no geral, menciona ou tolera a repressão daqueles que lhes fazem oposição.

A práxis mostra que sim, mas a dúvida está na base teórica desta ideologia.

Caro Geotecton,

Não existe essa história de "comunismo soviético teórico não violento". O marxismo-leninismo é um movimento político fundado por um psicopata que defendia o genocídio por causas políticas. Muitos jogam a culpa da violência comunista apenas em Stalin, mas algumas declarações de Lênin recuperadas após a abertura dos documentos soviéticos reunidas em O Livro Negro do Comunismo demonstram o contrário.

Lênin ordenou a execução do czar Nicolau II, de sua mulher Alexandra e seus cinco filhos, por exemplo, dentre outros crimes.

Num de seus livros da série Guia Politicamente Incorreto, Leandro Narloch mostrou provas cabais de que Che Guevara era um psicopata e que estava no mesmo nível de Lênin e Stalin.

E, ultimamente, eu tenho revisado essa história de que Marx seria um intelectual pacífico, principalmente depois que li isso aqui: "A Veja adere ao 'Neoliberalismo' e à 'luta de classes'", artigo do site O Antagonista.

Mas, de qualquer forma, mesmo que você deixe o comunismo marxista-raiz de lado na acusação que fiz, não há menor dúvida que o comunismo soviético e seus variantes estão em pé de igualdade em termos de podridão moral equivalente ao Nazismo.
« Última modificação: 07 de Novembro de 2018, 21:00:42 por -Huxley- »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.232
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #131 Online: 07 de Novembro de 2018, 21:16:23 »
É um exagero tremendo a equiparação do comunismo, mesmo as piores estirpes, com o nazismo.

É dizer que ser violentamente contra exploração dos trabalhadores é equivalente a ser genocidamente a favor da supremacia ariana.

É algo como igualar alguém que acha que a pessoa tem que ficar presa cinqüenta anos por roubar pão, com uma que acha que tem que ser esquartejada viva em praça pública por ser vesga.

E ainda há os casos de comunismo voluntário, que não se comparam em nada a grupelhos neonazistas. Você não precisa acreditar que é um meio de vida ideal ou mesmo não-contraproducente economicamente para admitir isso.



Psicanálise inferindo supostos verdadeiros motivos por trás do que quer que seja não valem nada.

Offline Cinzu

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 734
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #132 Online: 07 de Novembro de 2018, 21:24:24 »

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.000
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #133 Online: 07 de Novembro de 2018, 21:34:32 »
Não se deve salvar o comunismo só por que difere do nazismo só na retórica bonitinha. Cada árvore é conhecida pelos seus frutos.


Offline Pedro Reis

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.861
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #135 Online: 07 de Novembro de 2018, 21:39:25 »
Não se deve salvar o comunismo só por que difere do nazismo só na retórica bonitinha. Cada árvore é conhecida pelos seus frutos.

Pois eu estou interessado é em salvar a democracia.

O comunismo já morreu e não tem como ressuscita-lo.

Mas se uma árvore se conhece pelos frutos, além de Bolsonaro, aqui também estou conhecendo alguns fascistas.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.000
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #136 Online: 07 de Novembro de 2018, 22:24:39 »
E as comunidades comunistas são análogas aos neonazistas?
Comentei no outro tópico,

Cooperativismo, ou se quer insistir, "práticas comunais", não são doutrina ideológica com um fim utópico, não há uma quebra da ordem vigente, só pode se dizer serem uma variação dela.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.783
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #137 Online: 07 de Novembro de 2018, 22:38:53 »
A apologia ao comunismo, em todas as suas vertentes, é uma apologia a miséria material ou a algo pior, seja por má fé ou pura ignorância.

O comunismo soviético e seus variantes (Castrismo, Maoísmo, Pol-Potismo) é o "nazismo da esquerda romantizado". Conseguiu exterminar mais pessoas do que o Nazismo, mas mesmo assim sua doutrina e/ou seus seguidores não são tão odiados quanto o Nazismo e/ou seus seguidores, e, diferentemente do que acontece com o Nazismo, ainda tem muita gente que diz que "ele morreu" (as violações graves dos direitos humanos em Cuba, Coreia do Norte e China que o digam).

Na minha opinião, o comunismo soviético e seus variantes está no mesmo nível moral do que o Nazismo.


« Última modificação: 07 de Novembro de 2018, 22:46:25 por -Huxley- »

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.937
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #138 Online: 07 de Novembro de 2018, 22:41:51 »

Existem algumas objeções sérias ao programa ESP e elas decorrem justamente da falta de consciência anticomunista e/ou antitotalitarista. Como eu já disse anteriormente, o cerne do problema não é a doutrinação comunista, e sim a exclusão sistemática de tudo que a contraria e ela está representada pelo controle comunista das escolas e o controle ideológico e perseguição de discordantes.

O trecho da constituição que fala de "neutralidade ideológica do Estado" (e, dedutivamente, das instituições educacionais estatais) é equivocado. É um dever ético ser intolerante com os intolerantes - e suas ideias -, isto é, com aqueles seguidores de doutrinas que fazem apologia ao aniquilamento da liberdade de expressão ou outras liberdades básicas. Por exemplo, não existe "direito moral de ser comunista", assim como não existe "direito moral" de ser assassino, estuprador, molestador de crianças, etc. O discurso hipócrita da "neutralidade" acaba por fortalecer, em certa medida, os inimigos do ESP.




Ser comunista não é ser algum tipo de criminoso assassino, estuprador, molestador de crianças. Isto é um absurdo completo. isso é um insulto inadmissível.

Ser comunista é simplesmente  ser a favor de uma determinada forma de organização política e econômica.  É simplesmente optar por determinados valores políticos e econômicos.

E indivíduos tem sim o direito de escolherem tais valores.


Sua argumentação é uma afronta completa a liberdade individual e também  ao princípio  de pluralismo político.

Sua argumentação é claramente autoritária e  antidemocrática.

Isto é uma das afirmações  mais autoritárias,  antidemocráticas  e  ditatoriais  que já vi por aqui.


 :x


Mas eu questionei Huxley sobre isso, não afirmei isso.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.000
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #139 Online: 07 de Novembro de 2018, 22:47:12 »
O povo gosta de democracia.

O Nazismo na verdade só é mais inaceitável e portanto, mais odiável por não ser acessível a todos, "democrático" como o é o Comunismo. Por que o povo não liga de ser miserável, de ser privado de suas liberdades, de ser patrulhado, abusado e extorquido, vilipendiado de todas as formas, de ser perseguido ideologicamente, não liga nem mesmo de  ser escravizado na ignomínia do comunismo, contanto que todo mundo também o seja. Enquanto o Nazismo é imperdoável por ser uma monstruosidade, mas só para brancos.
« Última modificação: 07 de Novembro de 2018, 22:52:10 por Sergiomgbr »

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.815
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #140 Online: 07 de Novembro de 2018, 22:49:04 »

Existem algumas objeções sérias ao programa ESP e elas decorrem justamente da falta de consciência anticomunista e/ou antitotalitarista. Como eu já disse anteriormente, o cerne do problema não é a doutrinação comunista, e sim a exclusão sistemática de tudo que a contraria e ela está representada pelo controle comunista das escolas e o controle ideológico e perseguição de discordantes.

O trecho da constituição que fala de "neutralidade ideológica do Estado" (e, dedutivamente, das instituições educacionais estatais) é equivocado. É um dever ético ser intolerante com os intolerantes - e suas ideias -, isto é, com aqueles seguidores de doutrinas que fazem apologia ao aniquilamento da liberdade de expressão ou outras liberdades básicas. Por exemplo, não existe "direito moral de ser comunista", assim como não existe "direito moral" de ser assassino, estuprador, molestador de crianças, etc. O discurso hipócrita da "neutralidade" acaba por fortalecer, em certa medida, os inimigos do ESP.




Ser comunista não é ser algum tipo de criminoso assassino, estuprador, molestador de crianças. Isto é um absurdo completo. isso é um insulto inadmissível.

Ser comunista é simplesmente  ser a favor de uma determinada forma de organização política e econômica.  É simplesmente optar por determinados valores políticos e econômicos.

E indivíduos tem sim o direito de escolherem tais valores.


Sua argumentação é uma afronta completa a liberdade individual e também  ao princípio  de pluralismo político.

Sua argumentação é claramente autoritária e  antidemocrática.

Isto é uma das afirmações  mais autoritárias,  antidemocráticas  e  ditatoriais  que já vi por aqui.


 :x


Mas eu questionei Huxley sobre isso, não afirmei isso.



Houve algum erro de quote, pois os meus comentários foram direcionados para a oração:   não existe "direito moral de ser comunista



Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.937
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #141 Online: 07 de Novembro de 2018, 22:58:47 »
Não se deve salvar o comunismo só por que difere do nazismo só na retórica bonitinha. Cada árvore é conhecida pelos seus frutos.

Os frutos da colonização capitalista de exploração (plantation), baseados no latifúndio, monopólio da metrópole, etc, são conhecidos até hoje na América Latina desde o século 15, muito antes do comunismo soviético, cubano, etc, terem surgido.


Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.937
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #142 Online: 07 de Novembro de 2018, 22:59:56 »

Ser comunista não é ser algum tipo de criminoso assassino, estuprador, molestador de crianças. Isto é um absurdo completo. isso é um insulto inadmissível.

Ser comunista é simplesmente  ser a favor de uma determinada forma de organização política e econômica.  É simplesmente optar por determinados valores políticos e econômicos.

E indivíduos tem sim o direito de escolherem tais valores.


Sua argumentação é uma afronta completa a liberdade individual e também  ao princípio  de pluralismo político.

Sua argumentação é claramente autoritária e  antidemocrática.

Isto é uma das afirmações  mais autoritárias,  antidemocráticas  e  ditatoriais  que já vi por aqui.


 :x


Mas eu questionei Huxley sobre isso, não afirmei isso.
[/quote]



Houve algum erro de quote, pois os meus comentários foram direcionados para a oração:   não existe "direito moral de ser comunista
[/quote]

Ok

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.000
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #143 Online: 07 de Novembro de 2018, 23:04:19 »
Não se deve salvar o comunismo só por que difere do nazismo só na retórica bonitinha. Cada árvore é conhecida pelos seus frutos.

Os frutos da colonização capitalista de exploração (plantation), baseados no latifúndio, monopólio da metrópole, etc, são conhecidos até hoje na América Latina desde o século 15, muito antes do comunismo soviético, cubano, etc, terem surgido.
Sim, pelo menos isso, graças a Cthulhu.

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.937
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #144 Online: 07 de Novembro de 2018, 23:36:22 »
A apologia ao comunismo, em todas as suas vertentes, é uma apologia a miséria material ou a algo pior, seja por má fé ou pura ignorância.

O comunismo soviético e seus variantes (Castrismo, Maoísmo, Pol-Potismo) é o "nazismo da esquerda romantizado". Conseguiu exterminar mais pessoas do que o Nazismo, mas mesmo assim sua doutrina e/ou seus seguidores não são tão odiados quanto o Nazismo e/ou seus seguidores, e, diferentemente do que acontece com o Nazismo, ainda tem muita gente que diz que "ele morreu" (as violações graves dos direitos humanos em Cuba, Coreia do Norte e China que o digam).

Na minha opinião, o comunismo soviético e seus variantes está no mesmo nível moral do que o Nazismo.

Tu seria a favor da criminalização do comunismo?

E do conservadorismo, que tenta limitar as liberdades individuais através do estado (como tentar acabar com estado laico, por exemplo), seria a favor?

E do anarcocapitalismo, que sugere abolição do Estado com suas instituições públicas (polícia, etc) em nome duma utopia que exporia a população a moral subjetivista individualista, seria a favor?












Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.783
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #145 Online: 07 de Novembro de 2018, 23:42:40 »
A apologia ao comunismo, em todas as suas vertentes, é uma apologia a miséria material ou a algo pior, seja por má fé ou pura ignorância.

O comunismo soviético e seus variantes (Castrismo, Maoísmo, Pol-Potismo) é o "nazismo da esquerda romantizado". Conseguiu exterminar mais pessoas do que o Nazismo, mas mesmo assim sua doutrina e/ou seus seguidores não são tão odiados quanto o Nazismo e/ou seus seguidores, e, diferentemente do que acontece com o Nazismo, ainda tem muita gente que diz que "ele morreu" (as violações graves dos direitos humanos em Cuba, Coreia do Norte e China que o digam).

Na minha opinião, o comunismo soviético e seus variantes está no mesmo nível moral do que o Nazismo.

Tu seria a favor da criminalização do comunismo?

E do conservadorismo, que tenta limitar as liberdades individuais através do estado (como tentar acabar com estado laico, por exemplo), seria a favor?

E do anarcocapitalismo, que sugere abolição do Estado com suas instituições públicas (polícia, etc) em nome duma utopia que exporia a população a moral subjetivista individualista, seria a favor?


Sim. Qualquer sistema político intolerante que pregue o aniquilamento da liberdade de expressão ou outras liberdades básicas - e há vertentes do comunismo que defendem isso - devem ser criminalizadas.

Uma ideologia anarcocapitalista que defendesse a secessão do Estado-nação por meios violentos também deveria ser criminalizada.

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.937
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #146 Online: 07 de Novembro de 2018, 23:42:56 »
Não se deve salvar o comunismo só por que difere do nazismo só na retórica bonitinha. Cada árvore é conhecida pelos seus frutos.

Os frutos da colonização capitalista de exploração (plantation), baseados no latifúndio, monopólio da metrópole, etc, são conhecidos até hoje na América Latina desde o século 15, muito antes do comunismo soviético, cubano, etc, terem surgido.
Sim, pelo menos isso, graças a Cthulhu.

Ta bom espantalho, Cthulhu não existe até provar o contrário. Mas colonização de exploração existiu e deixou resultados ruins.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Plantation

Plantation[nota 1] (português brasileiro) ou plantação (português europeu) é um tipo de sistema agrícola baseado em uma monocultura de exportação mediante a utilização de latifúndios e mão de obra escrava.[1] Foi muito utilizado na colonização da América — sendo mais tarde levada para a África e Ásia —, principalmente no cultivo de gêneros tropicais e é atualmente comum a países subdesenvolvidos, com as mesmas características, exceto, por não mais empregar mão de obra escrava.[2]

A primeira característica da economia de plantation é a monocultura. Nesse sistema, são produzidas grandes quantidades de um só produto que se adapta muito bem ao solo e ao clima da região. Os produtos cultivados por meio da economia de plantation no Brasil são cana-de-açúcar, café, soja etc.[3]

Nesse sistema, a produção é voltada quase totalmente para o mercado externo, permanecendo no país apenas produtos de baixa qualidade. As colônias eram exploradas de uma forma especulativa, sem nenhum interesse, por parte das metrópoles, na melhora do país em que a economia de plantation era estabelecida.[1]

A mão de obra utilizada era composta principalmente por escravos e indígenas. Através da dominação econômica muitos camponeses e pessoas de baixa renda também eram obrigados a trabalhar nas plantações. A economia de plantation ocasionou o surgimento de grandes latifúndios, uma vez que enormes porções de terra eram destinadas a uma só pessoa.[1]

Alguns países ainda utilizam o sistema de plantation, embora a maioria tenha substituído a mão de obra escrava pela assalariada. No Brasil, a economia de plantation ainda é utilizada em regiões que cultivam cana-de-açúcar ou café.[2]

Em outras palavras, plantation ou cultivo especulativo é uma forma de cultivo comercial organizada para o mercado externo e que não considera os interesses da economia e da sociedade da região ou do país onde é realizado. Esse tipo de cultivo foi introduzido em países tropicais com a finalidade de complementar a agricultura na zona temperada (Europa), e se caracteriza por:[1]

grandes propriedades;
cultivo de produtos tropicais;
monocultura;
emprego de mão de obra barata, inicialmente escrava;
utilização de recursos técnicos;
produção voltada para a exportação.

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.937
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #147 Online: 08 de Novembro de 2018, 00:14:25 »
A apologia ao comunismo, em todas as suas vertentes, é uma apologia a miséria material ou a algo pior, seja por má fé ou pura ignorância.

O comunismo soviético e seus variantes (Castrismo, Maoísmo, Pol-Potismo) é o "nazismo da esquerda romantizado". Conseguiu exterminar mais pessoas do que o Nazismo, mas mesmo assim sua doutrina e/ou seus seguidores não são tão odiados quanto o Nazismo e/ou seus seguidores, e, diferentemente do que acontece com o Nazismo, ainda tem muita gente que diz que "ele morreu" (as violações graves dos direitos humanos em Cuba, Coreia do Norte e China que o digam).

Na minha opinião, o comunismo soviético e seus variantes está no mesmo nível moral do que o Nazismo.

Tu seria a favor da criminalização do comunismo?

E do conservadorismo, que tenta limitar as liberdades individuais através do estado (como tentar acabar com estado laico, por exemplo), seria a favor?

E do anarcocapitalismo, que sugere abolição do Estado com suas instituições públicas (polícia, etc) em nome duma utopia que exporia a população a moral subjetivista individualista, seria a favor?


Sim. Qualquer sistema político intolerante que pregue o aniquilamento da liberdade de expressão ou outras liberdades básicas - e há vertentes do comunismo que defendem isso - devem ser criminalizadas.

Uma ideologia anarcocapitalista que defendesse a secessão do Estado-nação por meios violentos também deveria ser criminalizada.

Ok, então.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.232
  • Sexo: Masculino
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #148 Online: 08 de Novembro de 2018, 00:29:53 »
O povo gosta de democracia.

O Nazismo na verdade só é mais inaceitável e portanto, mais odiável por não ser acessível a todos, "democrático" como o é o Comunismo. Por que o povo não liga de ser miserável, de ser privado de suas liberdades, de ser patrulhado, abusado e extorquido, vilipendiado de todas as formas, de ser perseguido ideologicamente, não liga nem mesmo de  ser escravizado na ignomínia do comunismo, contanto que todo mundo também o seja. Enquanto o Nazismo é imperdoável por ser uma monstruosidade, mas só para brancos.

É da mesma forma que eu vejo a não-proibição do capitalismo, companheiro alienado pela ideologia pseudonimada de "liberal".

As pessoas facilmente toleram todo tipo de injustiça, exploração, humilhação, violência em nome do capital, desde que estejam numa condição um pouquinho melhor, que tenham um gramado com a grama um pouquinho mais verde que a de algum vizinho, ou no mínimo um jardinzinho, diferentemente da ralé sem-teto, vagabunda, escória da humanidade.

Caem no conto do vigário de que com a suposta "liberdade" vão ter um dia seu iate, ter um harém de modelos, viver só de renda, sem trabalhar (e chamam os outros de vagabundos), e sentem enorme prazer só com essa perspectiva de subir acima daqueles que hoje são seus iguais, ou que estão um pouco acima na escala social. Algum dia viverão a desforra! É o que torna a vida capitalista suportável para a maioria.

Essa é a cenoura na frente da carroça do capitalismo, onde a mobilidade social é baixíssima, a violência, guerras, doenças, corrupção estatal, não param de aumentar. Com essa isca baseada na ganância e na inveja, na insegurança gerada pelo próprio sistema, fazem a vasta maioria das pessoas trabalhar cativo para sustentar aqueles no topo, sonhando algum dia poderem ser um deles, ou ao menos um capacho mais próximo, de luxo.

O único motivo de terem criminalizado esquemas de pirâmide é que ele fornecia uma analogia muito direta para o panorama geral do que é o capitalismo, e não podem se arriscar das pessoas fazerem a ligação. "Felizmente" a maioria está desesperada na corrida de ratos da qual se alivia com esses sonhos de virar milionário, e morre miserável antes de perceber.

Offline Cinzu

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 734
Re:Escola Sem Partido, Estado e Homeschooling
« Resposta #149 Online: 08 de Novembro de 2018, 02:22:40 »
Que discussão mais sem sentido.

O comunismo deve ser banido de que forma? Como ideologia? Proibir falar sobre comunismo? Mas neste caso Nazismo também não é e nunca foi proibido. Você pode falar livremente sobre as ideias do Nazismo, inclusive existem até livros sobre isso. O que é proibido é na verdade a apologia do nazismo, mais especificamente ao ato de promover ou praticar, a doutrina ou instituições adotadas pelo Partido Nacional Socialista Alemão dos Trabalhadores do Terceiro Reich, mais conhecido como Partido Nazista.

Já o comunismo, é uma ideologia política, tal como liberalismo, conservadorismo, absolutismo, etc, que não se refere a um movimento específico e não promove necessariamente atos de violência ou de ódio, embora muitos grupos adeptos da ideologia e até mesmo governos que o adotaram, tenham praticado, da mesma forma que grupos conservadores também o fazem, tendo como pano de fundo as ideologias políticas.

Se querem de fato combater o comunismo, a pior forma de fazerem isso é com autoritarismo, ou pior, com uma ideologia tão pífia quanto o próprio comunismo, que eu definiria como Bolsonarismo, pois o movimento que muitos estão defendendo atualmente de conservador não tem nada, e liberal menos ainda.

Por que vocês acham que as ideias da esquerda brasileira ainda prevalecem nas universidades, mesmo após todo o desgaste sofrido pelo PT? Eles dominaram o campo intelectual, simples assim. E gostem ou não, temos hoje mais pessoas estudadas defendendo o comunismo do que o conservadorismo. Quando pseudo-conservadores que na verdade são reacionários passam a defender suas ideias utilizando como fonte de informação vídeos de Nando Moura e Bernardo Kuster, eles mesmo estão degradando o próprio pensamento e se colocando em posições inferiores aos que defendem o comunismo, que pelo menos tem o trabalho de conhecer e em alguns casos estudarem a ideologia que apoiam, e sobretudo àquelas que não apoiam.

Os liberais parecem já ter percebido isso. Os reacionários conservadores ainda não. Eu diria que é apenas questão de tempo para esse conservadorismo liberal se dissociar, pois a única semelhança que os une é o repúdio às ideias comunistas e a defesa do capitalismo. Já vemos divergências entre o Novo e o PSL, por exemplo, e enquanto aqueles que estão tentando ser conservadores tiverem como ídolo-referência alguém que publica em tom de deboche uma foto do FHC lendo um livro anti-comunista, e recebe uma resposta como a de baixo, o movimento tenderá a se popularizar em uma imbecilidade cada vez mais imensurável.



Aproveitei a print do twitter para também trazer outros 2 comentários anteriores do FHC, onde pode-se perceber que apesar das críticas feitas ao Bolsonaro, ele demonstra apoiar as boas atitudes que seu governo adota, diferente do que faz a esquerda.
« Última modificação: 08 de Novembro de 2018, 02:30:17 por Cinzu »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!