Autor Tópico: Discos que fazem aniversário em 2009  (Lida 378 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.324
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Discos que fazem aniversário em 2009
« Online: 17 de Junho de 2009, 16:09:28 »
Discos que fazem aniversário em 2009

Essa é uma seleção de álbuns históricos que completam de uma a quatro décadas de seu lançamento. Começo com cinco discos de 1969.

40 ANOS

LED ZEPPELIN - LED ZEPPELIN II

O Zeppelin de chumbo não caiu, pelo contrário, decolou e fez de seu segundo álbum um dos melhores discos da história do rock. Uma das coisas mais difíceis atualmente é uma banda fazer um disco só com boas músicas, esse Led Zeppelin II é bom de "cabo a rabo" em suas nove faixas. Abre com a clássica "Whole Lotta Love", tem ainda a espetacular "Thank You", e um dos mais incríveis solos de bateria de John Bonham em "Mobby Dick".

THE BEATLES - ABBEY ROAD
Para um beatlemaníaco como eu fica difícil dizer qual o melhor disco dos Beatles, mas o "Abbey Road" está entre os melhores. Reune clássicos como, "Something", "Come Together", "Oh Darling" e "Here Comes The Sun". Tem um dos mais geniais medleys, 16 minutos de músicas seguidas, começando com "You Never Give Me Your Money". Dizem que esse foi o topo da montanha, para onde ir depois disso?

THE ROLLING STONES - LET IT BLEED
Onde tem Beatles, tem Stones, era assim na década de 60. Nesse disco, Brian Jones participou muito pouco e morreu alguns meses antes do lançamento. O guitarrista Mick Taylor entrou em seu lugar e participa de duas faixas nesse álbum. Nessa obra-prima, destacam-se "Gimme Shelter", "You Can't Always Get What You Want" e "Love In Vain", o maravilhoso blues de Robert Johnson.

YES - YES
O disco de estreia do Yes é um daqueles "ame ou odeie", nesse caso, eu sou um apaixonado pelo álbum. É o embrião do super grupo dos anos setenta, tem canções magníficas como "Beyond And Before", "I See You" dos Byrds, "Every Little Thing" (cover dos Beatles) e "Sweetness".

MUTANTES - MUTANTES
Enquanto isso, no Brasil, os Mutantes lançavam seu segundo disco que tinha maravilhas como "Não Vá Se Perder Por Aí" e "Dois Mil e Um" (de Tom Zé e Rita Lee).

30 ANOS (1979)

JOY DIVISION - UNKNOWN PLEASURES

Uma das coisas mais difíceis na música é atingir a perfeição num disco de estreia. O quarteto de Manchester, na Inglaterra, conseguiu logo nesse primeiro álbum. Impecável dentro de sua proposta '"Unknown Pleasures" sobreviveu ao tempo e permance atual até agora, quando completa seus 30 anos.

PIL - METAL BOX
Depois do Sex Pistols, o vocalista John Lydon (ex-Johnny Rotten) resolve partir para uma proposta muito mais pós-punk e inspirada no kraut-rock. Montou então o PIL com músicos de peso, como o baixista Jah Wobble e Keith Levine (ex-guitarista do Clash).Um testamento "avant garde" e um susto na época para os fãs do Sex Pistols.

TALKING HEADS - FEAR OF MUSIC
Esse é o meu disco preferido do Talking Heads, que teve uma das discografias mais brilhantes da new wave e do pós-punk novaiorquino. David Byrne é um gênio da década de 80, grande interprete e performer, continua até hoje em carreira solo. Recentemente fez um disco com o produtor Brian Eno, responsável por vários discos do Talking Heads, inclusive esse "Fear Of Music".

RAUL SEIXAS - POR QUEM OS SINOS DOBRAM
Um disco esquecido e rejeitado, mas um verdadeiro clássico de Raul Seixas. Gravado entre o inverno e a primavera de 1979, Raulzito atravessava dias difíceis em sua vida, não tinha seu parceiro Paulo Coelho nesse projeto, mas encontrou o poeta Oscar Rasmussem e conseguiram grandes resultados nessa parceria. O álbum foi um fracasso de vendas, mas acho que está entre as melhores coisas que Raul fez.

20 ANOS (1989)

PIXIES - DOOLITTLE

Um dos discos mais importantes do rock independente norte-americano, que abriu caminho até para o Nirvana na década de 90.

LOU REED - NEW YORK
Mais uma obra-prima de Lou Reed, no inspiradissimo "New York", destacam-se "Dirty Boulevard" e "Romeo And Juliette". São 14 faixas nesse álbum, que estão entre as melhores coisas que Lou Reed já compôs.

FAITH NO MORE - THE REAL THING
Eles estão de volta e comemoram 20 anos do lançamento do álbum "The Real Thing". Esse disco é um marco na história do heavy metal, pois não era necessariamente um disco de heavy metal, mas a banda conquistou a simpatia desse público. Uma mistura de tendências que vão do hard rock ao funk metal, que resultaram em mega hits como "Epic", "Falling To Pieces" e de quebra uma regravação de "War Pigs" do Black Sabbath.

DISINTEGRATION - THE CURE
Esse é o segundo melhor disco do The Cure, de acordo com a revista inglesa Mojo. "Lullaby" e "Lovesong" foram dois grandes hits desse disco.

LEGIÃO URBANA - AS QUATRO ESTAÇÕES
Um dos melhores e mais inspirados álbuns do Legião Urbana, quase todas as músicas se tornaram hits do rock brasileiro no final dos anos 80.Uma das minhas favoritas é "Quando o Sol Bater Na Janela do Teu Quarto".

10 ANOS (1999)

THE FLAMING LIPS - THE SOFT BULLETIN

Uma das bandas mais criativas do indie rock norte-americano, começaram em 1986 e durante a década de 90 fizeram seus melhores álbuns. Lançado em junho de 1999, "The Soft Bulletin" é considerado um dos melhores discos indies da década de 90.

FOO FIGHTERS - THERE IS NOTHING LEFT TO LOSE
Independente do que Dave Grohl representou como baterista Nirvana no início dos anos 90, ele surpreendeu o mundo a partir de 95, quando passou a liderar o Foo Fighters. Além de grande músico, David Grohl mostrou-se carismático e criativo, e continua produzindo bons discos como esse que completa seus 10 anos de lançamento.

PAVEMENT - TERROR TWILIGHT
Assim como o Flaming Lips, o Pavement é outro representante do indie rock norte-americano dos anos noventa. Foi um desfile de álbuns clássicos durante esse período, que culminou com "Terror Twilight", o último disco da banda, que se separou em 2000. Existem rumores recentes de que a banda vai se reagrupar para alguns shows ainda este ano.

RAGE AGAINST THE MACHINE - THE BATTLE OF LOS ANGELES
O discurso anti-imperialismo cultural e contra opressão do governo norte-americano funcionou na dose certa através do rap-metal do Rage Against The Machine. O disco de estreia, em 1992, foi literalmente bombástico. "The Battle Of Los Angeles" foi o terceiro disco da banda do genial Zack de la Rocha.

CHARLIE BROWN JR - PREÇO CURTO...PRAZO LONGO
Inspirados em rap e hip hop, hard rock e black music, os skatistas da cidade de Santos (SP), invadiram as rádios com seus hits. O segundo álbum do grupo trazia sucessos como, "Zóio de Lula" e 'Confisco".

http://br.noticias.yahoo.com/s/17062009/48/entretenimento-discos-aniversario-2009.html

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!