Enquete

Qual é o seu candidato para 2010

Dilma Rousseff (PT)
21 (29.2%)
José Serra (PSDB)
36 (50%)
Branco
0 (0%)
Nulo
15 (20.8%)

Votos Totais: 69

enquete encerrada: 31 de Outubro de 2010, 22:54:13

Autor Tópico: Eleições 2010  (Lida 179533 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.324
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Eleições 2010
« Resposta #4225 Online: 24 de Novembro de 2010, 17:21:49 »
Qual seria a melhor explicação para esta discordância?
Poderiam ser de outros estados?

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.269
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4226 Online: 24 de Novembro de 2010, 19:31:07 »
Citar
Gente para terem uma idéia no governo do FHC tínhamos de trabalhar com as luzes apagadas por ameaça de corte

Foi na época do racionamento de eletricidade? Se foi, deve se lembrar que havia uma seca que já durava meses e tiveram que racionar.


Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.227
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4227 Online: 24 de Novembro de 2010, 21:43:48 »
Qual seria a melhor explicação para esta discordância?
Poderiam ser de outros estados?

É uma das explicações mais plausíveis.
Foto USGS

Offline Victor Pax

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 273
Re: Eleições 2010
« Resposta #4228 Online: 25 de Novembro de 2010, 09:11:28 »
Foi por falta de pagamento mesmo. :nojo:
Várias vezes ela quase foi cortada e só não foi pelo esforço conjunto de usar ao mínimo os equipamentos e ficar de luz apagada para poder facilitar a negociação pela conta ser menor e uma ENORME consideração da CPFL (coisa que nunca imaginei ver :o )


Podem até ser de outro estado ou de outra... parte da universidade.

Afinal FG nunca faltou por exemplo para o pessoal das reitorias. :hihi:

E tinha (e ainda tem) pessoas na faculdade que por terem ligações com empresas (ou mesmo empresas) não dependem da universidade (ou de salário) ou até por certo corporativismo.

Em uma reunião de professores para delinear se uniriam pautas (algumas óbvias como dar o repasse mensal de verbas e melhores condições de trabalho com reformas de prédios, etc e atenção para educação) ou até se dariam apoio à greve dos funcionários teve professores que discordaram pois "isso era coisa de funcionário público" e eles eram "professores" (e uma série de gratificações a preservar  :vergonha:) e poderiam se queimar "se juntando".

Como disse, falei como funcionário da Universidade federal de São Carlos.
Embora duvide que a situação fosse tão diferente nas outras universidades.

E claro... :vergonha:... infelizmente nas universidade muitos colocam a posição política acima da própria.

Como hoje tem gente fechando os olhos para as merdas que o Lula faz ou seus REUNE E PROUNE, na época teve gente (e muitos nem com retorno financeiro da posição) justificando as fotos nas assembléias ou que ia contar ao reitor quem estava lá e quem votou no que ou que falava que "só não tendo inflação já era um ganho" (e olha que vários desses.. os que não tinham FG... viviam de bicos para se manter).

Agora, uma ressalva, realmente a UFSCAR é meio diferente das outras, pois TODOS as causas que envolvam ganho salárial foram perdidas pela "competência" da procuradoria jurídica (indicada no governo FHC e que não pode ser trocada, afinal evita "perdas" para a reitoria) ou foram aplicadas no seu valor mínimo, diferente de muitas outras universidades.
Quer dizer... todas causas MENOS as que o procurador estava listado no processo.. ele perdeu o prazo para recorrer. :umm:

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.324
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Eleições 2010
« Resposta #4229 Online: 25 de Novembro de 2010, 13:10:27 »
Citar
Promotor pede condenação de Tiririca por falsidade ideológica

O promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes entregou nesta quarta-feira, 24, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo, as alegações finais do processo contra o deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR), pedindo a condenação do deputado eleito pelos crimes de falsidades material e ideológica.

A ação apura se Tiririca fraudou a declaração de escolaridade entregue à Justiça Eleitoral durante o processo de registro de sua candidatura e se ele é analfabeto. No último dia 11, Tiririca se submeteu a testes de leitura e escrita que servem de base para a decisão do juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloísio Sérgio Rezende Silveira, responsável por julgar a ação penal.

Para o promotor, que teve dois mandados de segurança solicitando novo exame de redação e leitura para o palhaço Tiririca negados pelo TRE na semana passada, o deputado eleito é analfabeto. 'Impetrei os mandados de segurança para produzir provas, inclusive pericial, para demonstrar que a perícia feita não corresponde ao diagnóstico verdadeiro', explica. 'O teste provou que ele é analfabeto', conclui.

De acordo com o promotor, o teste de Tiririca concluiu que o deputado eleito é analfabeto funcional. 'Tiririca não consegue interpretar um texto e só consegue juntar sílabas, sem interpretação do que lê', resume. 'Isso prova que é ele é analfabeto e portanto inelegível', conclui o promotor.

O processo também apura se o documento entregue à Justiça por Tiririca foi escrito por outra pessoa, configurando falsidade de documento particular, explica. Tiririca também é acusado de ocultação de bens, segundo o promotor.

'A pena para o crime de falsidade ideológica vai de 1 a cinco anos de reclusão, mas não acredito que ele será preso. O que pode acontecer é que ele pode perder o mandato eletivo', conclui o promotor.

O processo agora deve ser encaminhado para a defesa do deputado eleito, que terá cinco dias para apresentar as alegações finais, explica Lopes.

http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/artigo.aspx?cp-documentid=26495974

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4230 Online: 25 de Novembro de 2010, 17:48:42 »
Qual seria a melhor explicação para esta discordância?
Poderiam ser de outros estados?
Mas corrobora com o que eu já disse aqui que acontecia na UFRN...

Offline Luiz F.

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.734
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4231 Online: 25 de Novembro de 2010, 19:26:15 »
Citar
Promotor pede condenação de Tiririca por falsidade ideológica (...)
http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/artigo.aspx?cp-documentid=26495974

O que será que esse promotor tem contra o tiririca? Será que ele pegou a mulher do cara? :hihi:

Pra mim isso já é questão pessoal.
"Você realmente não entende algo se não consegue explicá-lo para sua avó."
Albert Einstein

Offline Victor Pax

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 273
Re: Eleições 2010
« Resposta #4232 Online: 26 de Novembro de 2010, 08:43:15 »
Qual seria a melhor explicação para esta discordância?
Poderiam ser de outros estados?
Mas corrobora com o que eu já disse aqui que acontecia na UFRN...

Realmente a UFRN é outro mundo. :vergonha:
Se aqui perdemos todas lá eles ganharam todas. :susto:
Mas no geral duvido que a situação fosse boa para todas (afinal quem ganhava menos ainda precisava do adicional para chegar ao salário mínimo).
Aliás foi naquele governo que ganhamos o apelido (eu acho que é tiração de sarro) de "primo pobre".  :'(

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4233 Online: 26 de Novembro de 2010, 09:23:49 »
Qual seria a melhor explicação para esta discordância?
Poderiam ser de outros estados?
Mas corrobora com o que eu já disse aqui que acontecia na UFRN...

Realmente a UFRN é outro mundo. :vergonha:
Se aqui perdemos todas lá eles ganharam todas. :susto:
Mas no geral duvido que a situação fosse boa para todas (afinal quem ganhava menos ainda precisava do adicional para chegar ao salário mínimo).
Aliás foi naquele governo que ganhamos o apelido (eu acho que é tiração de sarro) de "primo pobre".  :'(

Na verdade o que eu quis dizer foi que aqui a situação era parecida. Grande parte dos cursos funcionavam a base de professores substitutos (que ganhavam um SM - minha bolsa de mestrado era melhor!)

Offline Victor Pax

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 273
Re: Eleições 2010
« Resposta #4234 Online: 26 de Novembro de 2010, 12:44:39 »
E esses professores substitutos ficam um ano... no máximo dois.
Que compromisso eles tem de se aprofundar... isso sem falar na pesquisa e extensão (que nesses casos são nulos).
É para ficar revoltado. :'(

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.227
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4235 Online: 26 de Novembro de 2010, 23:39:28 »
Nas universidades estaduais que eu conheço, aqui no Sul, a situação não era exemplar, mas estava muito longe deste estado de penúria que voces descreveram.
Foto USGS

Offline EuSouOqueSou

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.913
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Pesquisa revela que muitos eleitores esqueceram em quem votaram
« Resposta #4236 Online: 29 de Novembro de 2010, 20:24:34 »
Citar
Pesquisa revela que muitos eleitores esqueceram em quem votaram

Uma pesquisa sobre a Campanha de Esclarecimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as Eleições 2010 revela que boa parte dos eleitores brasileiros já não se lembra mais em quem votou nas eleições deste ano.

O esquecimento é maior em relação aos cargos de deputado estadual, no qual 23% dos eleitores entrevistados não lembraram o candidato escolhido na hora do voto. Em segundo lugar com maior grau de esquecimento foram os votos dados para deputado federal, onde 21,7% afirmaram que não se lembram em quem votou. No caso de senador, o esquecimento ficou em torno de 20,6% dos entrevistados.

A pesquisa foi realizada por meio de duas mil entrevistas divididas nas cinco regiões do país e em 24 estados. Um sorteio aleatório selecionou 136 municípios dentro desse universo para entrevistar as pessoas logo após o segundo turno das eleições.

O estudo ocorreu entre os dias 3 e 7 de novembro e tem margem de erro de 2,2% para mais ou para menos. Os entrevistados tinham entre 16 e 70 anos com variação de escolaridade entre a 4ª séria do ensino fundamental e o ensino superior completo. A maioria dos entrevistados – 32% - declarou ter o ensino médio completo.

Meios de informação

A pesquisa também perguntou aos entrevistados qual o principal meio de comunicação utilizado para se informar sobre política e eleições. O resultado mostrou que 56,6% se informam principalmente pela televisão e 18,4% por meio de conversa com amigos e parentes. A internet apareceu em terceiro lugar com 9,9% a frente do jornal impresso; do rádio e de revistas.

Ainda sobre os meios de informação, 79% responderam que assistem com freqüência a TV Globo. Em seguida aparece a TV Record com 60,4%; SBT, com 37,8% e TV Bandeirantes, com 25,6%.

Debates e pronunciamento

Questionados especificamente sobre a fonte de informação utilizada para se decidir quanto ao segundo turno, a maioria – 44,2% - afirmou que já estava decidido pessoalmente. Outros 18,8% afirmaram que debates entre os candidatos na televisão e no rádio contribuíram para a decisão. Em terceiro lugar apareceram os programas de candidatos na TV, com 15,5%.

Sobre o pronunciamento do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, 30,3% declarou que viu ou ouviu a mensagem na televisão ou no rádio sobre o voto consciente.

CM/

> http://agencia.tse.gov.br/sadAdmAgencia/noticiaSearch.do?acao=get&id=1347481
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline Donatello

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.862
  • Sexo: Masculino
Re: Pesquisa revela que muitos eleitores esqueceram em quem votaram
« Resposta #4237 Online: 29 de Novembro de 2010, 20:30:31 »
Eu acho que lembro de todos os meus votos desde 96, que foi minha primeira eleição. :) Embora de um deles eu sempre fique tentando esquecer :|

Edit: a pesquisa é sobre as eleições do mês passado?  :susto:  E nas conversas do boteco o filho da puta é sempre o político... eleitores filhos da puta!!!!
« Última modificação: 29 de Novembro de 2010, 20:32:46 por Donatello van Dijck »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.227
  • Sexo: Masculino
Re: Pesquisa revela que muitos eleitores esqueceram em quem votaram
« Resposta #4238 Online: 29 de Novembro de 2010, 23:29:43 »
Muitos esqueceram?

Que novidade!
Foto USGS

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.209
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Pesquisa revela que muitos eleitores esqueceram em quem votaram
« Resposta #4239 Online: 30 de Novembro de 2010, 01:09:21 »
Teve eleições?!
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.632
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re: Pesquisa revela que muitos eleitores esqueceram em quem votaram
« Resposta #4240 Online: 30 de Novembro de 2010, 07:22:01 »
Acho que elegi um senador

Ja o deputado nao lembro

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.324
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Eleições 2010
« Resposta #4241 Online: 30 de Novembro de 2010, 14:00:50 »
Eleição deixa rombo de R$ 9,6 mi a Serra

A campanha do tucano José Serra à Presidência deve deixar uma dívida de R$ 9,6 milhões para o partido. O tesoureiro José Gregori afirmou ontem que a contabilidade a ser entregue hoje ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve indicar que as receitas somaram R$ 120 milhões ante despesas de R$ 129,6 milhões.

'Infelizmente, não estamos conseguindo empatar o custo com a receita', afirmou Gregori. Além de Serra, a presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), e os políticos que disputaram o segundo turno para os governos estaduais e do Distrito Federal terão de encaminhar hoje suas contabilidades à Justiça Eleitoral. Os 16.683 políticos que disputaram apenas o primeiro turno gastaram R$ 2,77 bilhões na campanha, conforme dados divulgados ontem pelo TSE.

No caso de Serra, segundo Gregori, se o prazo fosse prorrogado em 15 a 20 dias as contas fechariam. 'Embora não se tenha dúvida de que a diferença não coberta vai ser paga, era preciso de mais 15 a 20 dias para entrar essa receita', disse. 'Na realidade objetiva, não é um débito. São restos a pagar que estariam cobertos por receitas prometidas se o prazo (para a prestação de contas) não fosse nesta terça à meia-noite', afirmou.

'Na realidade, é uma doação, não é um contrato. Não pode ir lá com um oficial de Justiça e dizer: 'me pague no dia 29'. É uma relação de confiança. As pessoas fazem um gesto unilateral, de oferecer para o candidato e o partido uma determinada quantia. Então não dá para fazer com eles uma coisa que seria feita se a gente estivesse falando de uma contabilidade comercial', declarou.

Gregori explicou que a legislação determina que se houver diferença entre receitas e gastos esse débito passa para o partido. 'Há uma transferência contratual em que os responsáveis pela campanha dizem que há um débito para ser resgatado pelo partido e o partido dá um documento para o comitê que vai ser apresentado para a Justiça Eleitoral dizendo que ele aceita', afirmou.

Balanço. De acordo com o TSE, a eleição, no primeiro turno, teve um custo médio de R$ 20,41 por eleitor. O consumo de recursos será ainda maior quando forem computados os gastos feitos pelos candidatos que enfrentaram o segundo turno para presidente e governos estaduais.

Em valores absolutos, o recorde de gastos no primeiro turno ficou com os candidatos de São Paulo, Estado onde votam 30.301.398 eleitores, ou 22,31% do eleitorado do País. Segundo os dados do TSE, os 2.552 candidatos de São Paulo gastaram R$ 482,04 milhões. Com isso, o custo médio da campanha foi de R$ 15,91 por eleitor. Mas Roraima teve o custo individual do voto mais elevado do Brasil. Com 271.890 eleitores, a média de gasto com cada eleitor foi de R$ 96,30.

Ao todo, os gastos dos candidatos a deputado federal, estadual e distrital foram os maiores em valores absolutos. Segundo as informações divulgadas pelo TSE, foram gastos R$ 1,83 bilhão, ou seja, 66,13% do total de R$ 2,77 bilhões consumidos com as campanhas de todos os candidatos que disputaram o primeiro turno e já prestaram contas.

http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/artigo.aspx?cp-documentid=26562213

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.324
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Eleições 2010
« Resposta #4242 Online: 30 de Novembro de 2010, 14:07:47 »
Acho que elegi um senador

Ja o deputado nao lembro
Tá melhor que eu que só devo ter ajudado a eleger um dep. estadual porque votei em legenda. E presidente no segundo turno.

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Hugo

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.916
Re: Eleições 2010
« Resposta #4243 Online: 30 de Novembro de 2010, 21:31:14 »
Citar
Gente para terem uma idéia no governo do FHC tínhamos de trabalhar com as luzes apagadas por ameaça de corte

Foi na época do racionamento de eletricidade? Se foi, deve se lembrar que havia uma seca que já durava meses e tiveram que racionar.



Seca que durava meses???????   Será que NUNCA NA HISTÒRIA DESSE PAÌS teve uma seca assim????

Tá de brincadeira... como sempre...

A imcompetência é clara e foi provada. O metarlúrgico mostrou como se faz. Aprendam...

A Dilma ensinará muito mais... aquarde...
"O medo de coisas invisíveis é a semente natural daquilo que todo mundo, em seu íntimo, chama de religião". (Thomas Hobbes, Leviatã)

Offline Spitfire

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.530
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4244 Online: 30 de Novembro de 2010, 22:11:43 »

A imcompetência é clara e foi provada. O metarlúrgico mostrou como se faz. Aprendam...



Citar
A Dilma ensinará muito mais... aquarde...



 :palavrao: :bravo:

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.227
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4245 Online: 30 de Novembro de 2010, 23:21:46 »
Seca que durava meses???????   Será que NUNCA NA HISTÒRIA DESSE PAÌS teve uma seca assim????

Seca comparável, dentro da série histórica de registros, ocorreu apenas no final do século XIX. Eu postei um "link", há muitas páginas passadas, sobre o tema com material do InPE.


Tá de brincadeira... como sempre...

A imcompetência é clara e foi provada. O metarlúrgico mostrou como se faz. Aprendam...

A Dilma ensinará muito mais... aquarde...

É sua opinião.

E é como a bunda. :susto:

Todo mundo tem embora algumas não valham a pena. :biglol: :biglol: :biglol:
Foto USGS

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.324
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Eleições 2010
« Resposta #4246 Online: 01 de Dezembro de 2010, 17:30:15 »
Acabou a novela

Citar
Justiça considera Tiririca apto a exercer cargo de deputado

Deputado eleito com 1,3 milhão de votos é absolvido da acusação de ter falsificado documento entregue ao Tribunal Eleitoral

A Justiça Eleitoral de São Paulo absolveu nesta quarta-feira o deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, da acusação de ter falsificado a declaração de escolaridade entregue ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) no ato da formalização de sua candidatura.

A ação penal contra Tiririca tinha sido movida pelo promotor Maurício Antonio Ribeiro Lopes, do Ministério Público Eleitoral, que apontava que o deputado federal mais votado de São Paulo era analfabeto e, portanto, havia falsificado a declaração entregue à Justiça.

O juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, considerou Tiririca apto a exercer o cargo de deputado federal e afirma que bastam noções rudimentares de leitura e escrita para poder se candidatar a qualquer cargo eletivo no Brasil e, portanto, se afastar da condição de analfabeto. “A Justiça Eleitoral tem considerado inelegíveis apenas os analfabetos absolutos, e não os funcionais”, diz a sentença de Rezende.

No último dia 11 de novembro, Tiririca foi submetido a um teste de leitura e ditado para comprovar justamente se sabia ler e escrever. Segundo o juiz do caso, o deputado federal eleito demonstrou “um mínimo de intelecção do conteúdo do texto, apesar da dificuldade na escrita”.

Tiririca também foi inocentado da acusação de falsificação da declaração de bens apresentada à Justiça Eleitoral. Durante a campanha, ele declarou em uma entrevista que todos os seus bens haviam sido transferidos para o nome de familiares para fugir de ações de pensão alimentícia. O juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo entendeu, porém, que a declaração de Imposto de Renda apresentada no processo legitimava o documento entregue ao TRE-SP. Para o juiz, mesmo que Tiririca tivesse realmente bens, ele teria que responder ao processo de sonegação fiscal, não de falsidade ideológica para fins eleitorais, como indicava a promotoria.

Mais votado

Com o polêmico slogan “Pior que tá não fica” e sem conseguir discorrer sobre sua plataforma política, Tiririca (PR) foi o candidato a deputado federal mais votado do Brasil nas eleições 2010. Alçado à fama em 1996 com a música “Florentina”, o palhaço conquistou 1,3 milhão de votos, ficando atrás apenas do falecido deputado Enéas Carneiro, do Prona, que é até hoje o mais votado do Brasil com 1,5 milhão de votos.

Além de conquistar a vaga de deputado, o total de votos de Tiririca ajudou a eleger mais três parlamentares da coligação Juntos por São Paulo, formada por PR / PT / PRB / PC do B e PTdoB. Otoniel Lima (PRB), Vanderlei Siraque (PT) e o delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz (PC do B) serão diplomados junto com Tiririca no dia 17 de dezembro.

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/justica+considera+tiririca+apto+a+exercer+cargo+de+deputado/n1237845540287.html

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.269
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4247 Online: 01 de Dezembro de 2010, 20:13:16 »
Citar
Gente para terem uma idéia no governo do FHC tínhamos de trabalhar com as luzes apagadas por ameaça de corte

Foi na época do racionamento de eletricidade? Se foi, deve se lembrar que havia uma seca que já durava meses e tiveram que racionar.



Seca que durava meses???????   Será que NUNCA NA HISTÒRIA DESSE PAÌS teve uma seca assim????

Tá de brincadeira... como sempre...

A imcompetência é clara e foi provada. O metarlúrgico mostrou como se faz. Aprendam...

A Dilma ensinará muito mais... aquarde...

No governo Lullalá houve 2 (DOIS) apagões, um deles apenas dias após a Ilustre Baranga vir a público dizer que o primeiro APAGÃO era um "problema técnico", nome bonito para APAGÃO.


E então, colega?

Qual é a desculpa para DOIS APAGÕES sem qualquer seca?

E sim, houve uma seca que durava MESES e a principal represa de SP chegou a pouco mais de 10% da capacidade total.

É só vc ter o trabalho de verificar no Google*

GOOGLE* / Aquele site que permite que vc encontre todas as mentiras ditas e depois "desditas" pela patota do Lullalá que insiste em afirmar que não foi bem isso que ele falou, apesar de estar gravado e documentado.

Offline Mr. Mustard

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.918
  • Sexo: Masculino
Re: Eleições 2010
« Resposta #4248 Online: 01 de Dezembro de 2010, 20:23:39 »
A imcompetência é clara e foi provada. O metarlúrgico mostrou como se faz. Aprendam...
A Dilma ensinará muito mais... aquarde...

Realmente a imcompetência é clara e provada. :hehe:
Até porque o "q" deve ficar muito próximo do "g" no teclado... :hehe:

De fato, muitos brasileiros aprenderam com ele. A preocupação agora é saber o que os brasileiros vão aprender com a Dilma.

E olha que nem estou fazendo juízo de bom ou ruim. Afirmar que um metalurgico sabe como se faz (não sei o que) já diz tudo.


Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.324
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Eleições 2010
« Resposta #4249 Online: 01 de Dezembro de 2010, 20:54:48 »
No governo Lullalá houve 2 (DOIS) apagões, um deles apenas dias após a Ilustre Baranga vir a público dizer que o primeiro APAGÃO era um "problema técnico", nome bonito para APAGÃO.


E então, colega?

Qual é a desculpa para DOIS APAGÕES sem qualquer seca?
Até aí não quer dizer nada. Antes do racionamento também passamos por dois apagões. Um foi o raio que caiu em Bauru e o outro foi um defeito nas torres de transmissão. Até aí ninguém meteu o pau no FHC por causa disso (pelo menos que eu me lembre).

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!