Autor Tópico: Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?  (Lida 8582 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Fenrir

  • Nível 28
  • *
  • Mensagens: 1.476
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #75 Online: 06 de Outubro de 2018, 14:39:13 »
Tenho dois filhos. Aqui em casa praticamente ignoramos religião.
Mas as vezes digo que ainda assim, se um dia quiserem ter uma, que busquem e estudem e suas idéias e etc, sem no entanto
depender ou afiliar a qualquer uma instituição e/ou indivíduos, que muitas vezes bem piores que nós.
Assim, não sou totalmente contra eles a buscarem as religiões, mas pinto suas instituições e sacerdotes com cores bem negativas.

Uma vez minha esposa manifestou vontade de ter um pouco mais de espiritualidade na vida. Queria ir a uma igreja
Disse a ela, que neste caso seria melhor ler ela mesma a bíblia e tirar suas próprias conclusões, que não precisaria que outra pessoa (padre, pastor, etc)
lesse, interpretasse, e pior, pensasse por ela.
Ela então começou a ler, mas achou um saco e parou logo bem no inicio.
Na época cheguei até mesmo a dizer que poderia tentar ajudar com as palavras difíceis e o linguajar rebuscado.
« Última modificação: 06 de Outubro de 2018, 14:43:02 por Fenrir »
"Heaven and Earth are not benevolent;
They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

Offline El Elyon

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 686
  • Sexo: Masculino
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #76 Online: 08 de Outubro de 2018, 14:22:56 »
Coloque ele em meio a uma instituição religiosa, especialmente aquela que for majoritária na região onde está. Instrua sempre que possível para adotar todas as características externas/ritualísticas da instituição religiosa. Porque transformá-lo em um outsider se pode tomar a Opção Kolgomoroviana? :)
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #77 Online: 10 de Outubro de 2018, 13:54:34 »
Toda a história da humanidade destaca o fato de que vivemos cercados por religiões, crenças e mitos. Razões devem existir, por isto acredito que a melhor solução é ajudar os filhos a desenvolverem um senso crítico, longe de um espírito de crítica pois isto sempre gera confrontos desnecessários e perigosos.
As religiões, diferentemente dos religiosos, sempre trazem algum bem por mobilizarem sentimentos necessários à convivência com o ser humano... muito difícil, por sinal.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.477
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #78 Online: 10 de Outubro de 2018, 14:39:25 »
Toda a história da humanidade destaca o fato de que vivemos cercados por religiões, crenças e mitos. Razões devem existir, por isto acredito que a melhor solução é ajudar os filhos a desenvolverem um senso crítico, longe de um espírito de crítica pois isto sempre gera confrontos desnecessários e perigosos.
As religiões, diferentemente dos religiosos,
As primeiras não operam sem os segundos.

Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #79 Online: 10 de Outubro de 2018, 21:56:05 »
Sim, Sergio, mas a Religião faz um bem, o que o religioso nem sempre faz.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.477
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #80 Online: 10 de Outubro de 2018, 22:47:00 »
Sim, Sergio, mas a Religião faz um bem, o que o religioso nem sempre faz.
E uma religião né por si mesma, e não pelo religioso que a propõe? Está, lá certo que uma religião possa até ser interessante, mas é exatamente por que alguém a propõe, e outros a cultivam. As religiões se fazem pelas pessoas.

Você tem que tipo de reservas quanto a religiosos?

Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #81 Online: 11 de Outubro de 2018, 16:22:15 »
Sim, Sergio, mas a Religião faz um bem, o que o religioso nem sempre faz.
E uma religião né por si mesma, e não pelo religioso que a propõe? Está, lá certo que uma religião possa até ser interessante, mas é exatamente por que alguém a propõe, e outros a cultivam. As religiões se fazem pelas pessoas.

Você tem que tipo de reservas quanto a religiosos?
As religiões passam por correções e acertos ao longo de sua maturação. Aquele ou aqueles que a formulam, segundo creio, recebem inspirações que não sabem de onde vêm... e quando afirma que sabem, mentem ou se equivocam quanto à fonte. Achas, por exemplo que Maomé recebeu tudo aquilo através de um Anjo de Deus e em seguida sai guerreando meio mundo?
Por isto todas as religioes são boas na essência, mas a prática religiosa gera o fanatismo e todas as horríveis consequencias disto. Aí encontramos o religioso.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.477
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #82 Online: 11 de Outubro de 2018, 16:26:03 »
Sim, Sergio, mas a Religião faz um bem, o que o religioso nem sempre faz.
E uma religião né por si mesma, e não pelo religioso que a propõe? Está, lá certo que uma religião possa até ser interessante, mas é exatamente por que alguém a propõe, e outros a cultivam. As religiões se fazem pelas pessoas.

Você tem que tipo de reservas quanto a religiosos?
As religiões passam por correções e acertos ao longo de sua maturação. Aquele ou aqueles que a formulam, segundo creio, recebem inspirações que não sabem de onde vêm... e quando afirma que sabem, mentem ou se equivocam quanto à fonte. Achas, por exemplo que Maomé recebeu tudo aquilo através de um Anjo de Deus e em seguida sai guerreando meio mundo?
Por isto todas as religioes são boas na essência, mas a prática religiosa gera o fanatismo e todas as horríveis consequencias disto. Aí encontramos o religioso.
Ah, sim, mas o que transforma uma ideia em uma religião são exatamente os religiosos. os religiosos são os criadores e  exegetas de suas religiões.

Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #83 Online: 12 de Outubro de 2018, 13:41:23 »
Sim, Sergio, mas a Religião faz um bem, o que o religioso nem sempre faz.
E uma religião né por si mesma, e não pelo religioso que a propõe? Está, lá certo que uma religião possa até ser interessante, mas é exatamente por que alguém a propõe, e outros a cultivam. As religiões se fazem pelas pessoas.

Você tem que tipo de reservas quanto a religiosos?
As religiões passam por correções e acertos ao longo de sua maturação. Aquele ou aqueles que a formulam, segundo creio, recebem inspirações que não sabem de onde vêm... e quando afirma que sabem, mentem ou se equivocam quanto à fonte. Achas, por exemplo que Maomé recebeu tudo aquilo através de um Anjo de Deus e em seguida sai guerreando meio mundo?
Por isto todas as religioes são boas na essência, mas a prática religiosa gera o fanatismo e todas as horríveis consequencias disto. Aí encontramos o religioso.
Ah, sim, mas o que transforma uma ideia em uma religião são exatamente os religiosos. os religiosos são os criadores e  exegetas de suas religiões.
É um ponto de vista; respeito, claro.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.477
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #84 Online: 12 de Outubro de 2018, 14:33:54 »
Sim, Sergio, mas a Religião faz um bem, o que o religioso nem sempre faz.
E uma religião né por si mesma, e não pelo religioso que a propõe? Está, lá certo que uma religião possa até ser interessante, mas é exatamente por que alguém a propõe, e outros a cultivam. As religiões se fazem pelas pessoas.

Você tem que tipo de reservas quanto a religiosos?
As religiões passam por correções e acertos ao longo de sua maturação. Aquele ou aqueles que a formulam, segundo creio, recebem inspirações que não sabem de onde vêm... e quando afirma que sabem, mentem ou se equivocam quanto à fonte. Achas, por exemplo que Maomé recebeu tudo aquilo através de um Anjo de Deus e em seguida sai guerreando meio mundo?
Por isto todas as religioes são boas na essência, mas a prática religiosa gera o fanatismo e todas as horríveis consequencias disto. Aí encontramos o religioso.
Ah, sim, mas o que transforma uma ideia em uma religião são exatamente os religiosos. os religiosos são os criadores e  exegetas de suas religiões.
É um ponto de vista; respeito, claro.
Refutas?

Offline Gorducho

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.232
  • Sexo: Masculino
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #85 Online: 13 de Outubro de 2018, 09:47:49 »
Existe uma diferença muito grande entre alguém acreditar que possa existir coisas "transcendentes" like "deus(es)"; afterlife survival...
e respectivas  RELIGIÕES derivadas dessas crenças vagas — pois são essas crenças estruturadas, dogmatizadas.

No caso do kardecismo #1 até a 16 + reencarnação socialista romantica basicamente...
No caso Kardec foi o criador e exegeta primevo da religião (um cristianismo repaginado pra se adequar à ideologia do socialismo romântico/utópico do século XIX).
« Última modificação: 13 de Outubro de 2018, 12:57:26 por Gorducho »

Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #86 Online: 13 de Outubro de 2018, 13:33:11 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo. Se vc aceita seus postulados, mormente aqueles que passam pelo crivo de uma razão cética mas, tipo, mente aberta, encontrará respostas sensatas para as grandes questões que nos envolvem ao longo da existência. Mais que isto, respostas para as quais não existem "outras respostas'. Não é questão de interpretação e sim falta de opção outra que não seja a negação pura e simples.
Geralmente há certa ociosidade intelectual da parte dos que contestam, simplesmente, mas sem se darem ao trabalho da pesquisa. Esperam que alguém os convença com provas materiais. Até não diria que isto seja impossível, mas pela pp complexidade que envolve, mais esforço e trabalho exige. Quem tem tempo ou disposição?
O Espiritismo não endossa o proselitismo porque ensina que todos terão seu momento; isto é matemático. Curiosamente mostra que alguns homens, ante os desafios daquela existência não devem, prematuramente, serem despertados para aquele tipo de conhecimento.
Então, quando Sergio pede uma refutação só posso dizer que a intuição ou inspiração e mesmo um contacto mais objetivo com a espiritualidade busca alguém com certas predisposições organicas e nervosas. Os acidentes de percurso estão incluídos na conta.

Em fins do século XVIII até meados do século XIX o socialismo feudal na Russia e o czarismo, foi dos mais cruéis da história da humanidade. Nem o colonialismo escravocrata foi tão terrível. Brancos, filhos da mesma Pátria fustigavam e humilhavam seus iguais, em nome de princípios que alimentavam uma falsa nobreza.
O povo russo, nesta ocasião era largamente religioso, Catolicismo e um cristianismo ortodoxo pontificavam.
Não havia espaço para um Socialismo Romântico, como diz o Gorducho, ali então, inócuo.
 


Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.477
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #87 Online: 13 de Outubro de 2018, 14:00:17 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Não há esse tipo de relativização em ciência. Ou você se pauta pelos fatos ou especula sobre eles.

Offline Gorducho

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.232
  • Sexo: Masculino
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #88 Online: 13 de Outubro de 2018, 14:36:35 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Nada é mais incompatível com "postura científica" que pretender que a realidade se molde às nossas fantasias.
Citar
Em fins do século XVIII até meados do século XIX o socialismo feudal na Russia e o czarismo, foi dos mais cruéis da história da humanidade. Nem o colonialismo escravocrata foi tão terrível. Brancos, filhos da mesma Pátria fustigavam e humilhavam seus iguais, em nome de princípios que alimentavam uma falsa nobreza.
O povo russo, nesta ocasião era largamente religioso, Catolicismo e um cristianismo ortodoxo pontificavam.
Mais uma prova que religiões não servem pra nada.
Citar
Não havia espaço para um Socialismo Romântico, como diz o Gorducho, ali então, inócuo.
E :?:
Que tem a ver o socialismo romântico — originário da europa ocidental, claro — com a Rússia czarista :?:

Offline EuSouOqueSou

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #89 Online: 14 de Outubro de 2018, 20:03:02 »
Tenho dois filhos. Aqui em casa praticamente ignoramos religião.
Mas as vezes digo que ainda assim, se um dia quiserem ter uma, que busquem e estudem e suas idéias e etc, sem no entanto
depender ou afiliar a qualquer uma instituição e/ou indivíduos, que muitas vezes bem piores que nós.
Assim, não sou totalmente contra eles a buscarem as religiões, mas pinto suas instituições e sacerdotes com cores bem negativas.

Eu não tenho filhos, mas gosto da abordagem do Neil deGrasse Tysson: deixe as crianças aprenderem por elas mesmas, seja apenas um guia.

Citar
Uma vez minha esposa manifestou vontade de ter um pouco mais de espiritualidade na vida. Queria ir a uma igreja
Disse a ela, que neste caso seria melhor ler ela mesma a bíblia e tirar suas próprias conclusões, que não precisaria que outra pessoa (padre, pastor, etc)
lesse, interpretasse, e pior, pensasse por ela.
Ela então começou a ler, mas achou um saco e parou logo bem no inicio.
Na época cheguei até mesmo a dizer que poderia tentar ajudar com as palavras difíceis e o linguajar rebuscado.

Não sei se é o seu caso, mas as vezes as pessoas so precisam fazer parte de um grupo, sentirem-se úteis.


Coloque ele em meio a uma instituição religiosa, especialmente aquela que for majoritária na região onde está. Instrua sempre que possível para adotar todas as características externas/ritualísticas da instituição religiosa. Porque transformá-lo em um outsider se pode tomar a Opção Kolgomoroviana? :)

Interessante, é praticamente minha abordagem hj em dia.
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline Pasqually

  • Nível 02
  • *
  • Mensagens: 21
  • Fraternidade Martinista Luz de Abraxas
    • Fraternidade Martinista Luz de Abraxas
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #90 Online: 15 de Outubro de 2018, 11:03:40 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Eita! Me parece justamente o contrário. O maior problema de espiritismo é justamente o de tentar ser ciência, ao invés de restringir seu papel ao de uma religião convencional, exclusivamente metafísico e existencial, de conferir sentido ao ser. A postura verdadeiramente científica é o que mais fala contra o espiritismo.
Se vc aceita seus postulados, mormente aqueles que passam pelo crivo de uma razão cética mas, tipo, mente aberta, encontrará respostas sensatas para as grandes questões que nos envolvem ao longo da existência.
Só quando você não leva essas respostas a fundo. Se você adotar o próprio método científico para investigar os fenômenos espíritas, chegará a grandes contradições. Porque os espíritos budistas não afirmam a superioridade moral do Cristo e da sociedade judaico-cristã? Por que um ateu-materialista, em uma mesma sala de reunião mediúnica, não está vendo o que os outros veem? Por que experiências místicas revelam a diferentes culturas os personagens e cenários de seus próprios folclores? Se realmente levar a investigação dessas coisas a sério, ou seguirá pelo caminho mais simples, descartando-as todas por imaginação humana, ou invariavelmente cairá cedo ou tarde na necessidade de uma interpretação esotérica, que demonstre através de abstração a possibilidade de diversos planos e estados de consciência inerentes ao desenvolvimento anímico do homem.
Mais que isto, respostas para as quais não existem "outras respostas'. Não é questão de interpretação e sim falta de opção outra que não seja a negação pura e simples.
Não só existem outras respostas como pior que isso - as pseudorespostas espiritistas inserem é novas perguntas e mais complexidade no sistema. Existem reencarnações, logo por que reencarnamos? Existe causa e efeito, mas por quê a moralidade? Por quê descer a matéria se podemos aprender nos planos espirituais? etc etc. Fora de uma investigação esotérica, essas perguntas permanecem absolutamente sem resposta. Agora, quanto ao kardecismo preencher a angústia existencial de muita gente, e fornecer propósito e incentivo à caridade e prática de virtude, nesse aspecto é incriticável.
Geralmente há certa ociosidade intelectual da parte dos que contestam, simplesmente, mas sem se darem ao trabalho da pesquisa. Esperam que alguém os convença com provas materiais. Até não diria que isto seja impossível, mas pela pp complexidade que envolve, mais esforço e trabalho exige. Quem tem tempo ou disposição?
Pelo contrário. Os primeiros críticos do espetáculo espiritista (espetáculo porque, naquela época, as sessões e mesas se tornaram um verdadeiro entretenimento que muitas pessoas inclusive viajavam e pagavam para ver) sempre foram justamente muitos mentalistas, ocultistas e hipnólogos que não viam naquelas manifestações senão a própria exteriorização das perturbações dos indivíduos (linha mesmerista) ou um fenômeno puramente psíquico, compartilhado a nível mental (linha puysegur-coué-préhipnose etc)
O Espiritismo não endossa o proselitismo porque ensina que todos terão seu momento; isto é matemático. Curiosamente mostra que alguns homens, ante os desafios daquela existência não devem, prematuramente, serem despertados para aquele tipo de conhecimento.
Tá aí. Pior que proselitismo - se considerar a vanguarda detentora do conhecimento objetivo do outro lado.
Elus Cohen

Offline Gorducho

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.232
  • Sexo: Masculino
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #91 Online: 15 de Outubro de 2018, 11:39:26 »
Citação de:  M. de Pasqually
Porque os espíritos budistas não afirmam a superioridade moral do Cristo e da sociedade judaico-cristã?
ACHO que não tem espíritos budistas...
Repito: ACHO.
Na China e ACHO que Vietnan e aquela zona sim tem psicografias, mas fica difícil a gente saber se eles pregam a superioridade moral do Cristo e a excelência do judaico-cristianismo  :hehe:
list=PLUzbsNc1G_CRFMddgrWd5JHoMWgrUrGDF

Offline Pasqually

  • Nível 02
  • *
  • Mensagens: 21
  • Fraternidade Martinista Luz de Abraxas
    • Fraternidade Martinista Luz de Abraxas
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #92 Online: 15 de Outubro de 2018, 11:44:58 »
isso é psicografia taoista em tempo real??
Elus Cohen

Offline Gorducho

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.232
  • Sexo: Masculino
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #93 Online: 15 de Outubro de 2018, 11:59:38 »
Psicografia... acho que tem a ver com budismo pelo 三才 mas deve ser um budismo modificado — ACHO


Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #94 Online: 15 de Outubro de 2018, 13:06:08 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Não há esse tipo de relativização em ciência. Ou você se pauta pelos fatos ou especula sobre eles.
Você se equivoca. Isto seria assim se todas as teorias da Ciência fossem comprovadas... não são. Por isto, Teorias.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.477
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #95 Online: 15 de Outubro de 2018, 13:24:14 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Não há esse tipo de relativização em ciência. Ou você se pauta pelos fatos ou especula sobre eles.
Você se equivoca. Isto seria assim se todas as teorias da Ciência fossem comprovadas... não são. Por isto, Teorias.
Não vejo onde. Ciência já é o fato estabelecido, "comprovado". Sua argumentação é que se equivoca quando toma as teorias como fatos, comprovadas, para logo em seguida questioná-las como fatos.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.066
  • Sexo: Masculino
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #96 Online: 15 de Outubro de 2018, 13:31:18 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Não há esse tipo de relativização em ciência. Ou você se pauta pelos fatos ou especula sobre eles.
Você se equivoca. Isto seria assim se todas as teorias da Ciência fossem comprovadas... não são. Por isto, Teorias.

E você desconhece o significado de teoria na Ciência.

O que você chamou de 'teoria' é o que senso popular entende como tal.

Na Ciência, uma teoria é um corpus de conhecimento teórico, lastreado por dados e com grande capacidade de predição.
Foto USGS

Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #97 Online: 15 de Outubro de 2018, 13:33:43 »
 
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Citação de: Gorducho
Nada é mais incompatível com "postura científica" que pretender que a realidade se molde às nossas fantasias 
.
Nada é mais incompatível com a verdade que uma postura científica em cabeças dadas ao diletantismo divagante.
Citar
Em fins do século XVIII até meados do século XIX o socialismo feudal na Russia e o czarismo, foi dos mais cruéis da história da humanidade. Nem o colonialismo escravocrata foi tão terrível. Brancos, filhos da mesma Pátria fustigavam e humilhavam seus iguais, em nome de princípios que alimentavam uma falsa nobreza.
O povo russo, nesta ocasião era largamente religioso, Catolicismo e um cristianismo ortodoxo pontificavam.
Citação de: gorducho
Mais uma prova que religiões não servem pra nada
.
Naquele contexto revoltas geradas pelo desespero, pois sem qualquer planejamento ou forte liderança, resultavam em repressão violenta da policia e morticínios. A Igreja oferecia consolação e esperança em tempos melhores.
Citar
Não havia espaço para um Socialismo Romântico, como diz o Gorducho, ali então, inócuo.
Citação de: gorducho
E :?:
Que tem a ver o socialismo romântico — originário da europa ocidental, claro — com a Rússia czarista :?: 
Para se ter uma ideia da íntima relação da Europa, comumente chamada "estrangeiro", o Frances era ensinado nas escolas. Na conversação incluía-se expressões em francês, como chiq. As férias de verão eram passadas no "estrangeiro".
[/quote]

Offline JungF

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 191
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #98 Online: 15 de Outubro de 2018, 13:58:14 »
Minha postura filosófica e em certa medida, científica, faz com que seja simpatizante do Espiritismo.
Não há esse tipo de relativização em ciência. Ou você se pauta pelos fatos ou especula sobre eles.
Você se equivoca. Isto seria assim se todas as teorias da Ciência fossem comprovadas... não são. Por isto, Teorias.

E você desconhece o significado de teoria na Ciência.

O que você chamou de 'teoria' é o que senso popular entende como tal.

Na Ciência, uma teoria é um corpus de conhecimento teórico, lastreado por dados e com grande capacidade de predição.
disseste bem... corpo de conhecimento teórico, oximoro  lastreado por dados?... com grande capacidade de predição... tal qual uma profecia em vias de se realizar. :hihi:

Claro que as teorias, muitas, se tornaram fatos científicos... se bem que hoje já não é assim... o gosto pelas teorias, que por tal não exigem comprovação qualquer, estão mais próximas da ficção que da Ciência propriamente dita.
Hoje, os avanços da Ciência são na verdade avanços na tecnologia, pois se assentam em fatos e descobertas anteriores. São raras as teorias que trazem verdadeiro avanço à ciência. A Pesquisa, com equipamentos cada vez mais sofisticados "tecnologia", está substituindo, com vantagem, o esforço teórico.

Não se escandalizem, mas são muitas as expressões que com o passar do tempo, com o avanço das ideias e novos conhecimentos incorporados, perdem o original significado.
Os foristas, aqui, ainda não se deram conta de que a Ciência já não é aquela deusa da razão e da verdade e sim um conceito extremamente dinâmico, a se adaptar a cada contexto.
Que venham as pedradas (invectivas), mas com o tempo verão que tenho razão, e agradecerão.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.477
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Como educar meu filho dentro de uma sociedade religiosa?
« Resposta #99 Online: 15 de Outubro de 2018, 14:04:40 »


Claro que as teorias, muitas, se tornaram fatos científicos...
O negritado é um pleonasmo.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!