Autor Tópico: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?  (Lida 12855 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Rios

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 223
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #100 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 00:28:14 »
Citar
Você consegue perceber o tamanho da besteira que disse. É muito desonesto, Leafar, as pessoas que vão lá esperam a cura, um milagre, não é brincadeira a saúde de uma pessoa, vender ilusão é a pior merda que alguém pode fazer. Depois os idiotas que conseguem se curar vão dar crédito aos milagreiros e não aos médicos e aos tratamentos sérios que se submeteram.
Essa merda toda é uma mentira deslavada. É crime protegido por lei.

Pior que é mesmo, curandeirismo é crime e rola solto no meio espírita mas ninguém faz nada...

Offline Rios

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 223
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #101 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 00:31:47 »
Como eu já disse, o "vento sopra aonde quer". A sua noção de bom e justo difere da minha, que por sua vez pode divergir da dos espíritos superiores e do próprio Deus. E eu, por exemplo, não concordo que a recusa em se prestar a esse papel fosse um erro. Se eu fosse um espírito, e estivesse numa hierarquia alta, eu não permitiria também, pelo menos para os casos ordinários, pois cada caso é um caso, e talvez houvesse uma utilidade nisso que eu não esteja neste momento vislumbrando.

resumo da ópera, os espíritos evoluídos querem que todos nós sejamos crentes igual ao leafar, eles vêem com mals olhos o metodo científico e por isso não se submetem a testes e nem deixam os os outros espíritos se submeterem. Temos que crer, eles não querem que tenhamos certeza, temos que crer cegamente.
Eu já disse de outras vezes que vocês é que têm uma visão restrita e limitada do método científico. Mas isso é uma discussão homérica para um outro tópico, apesar de eu já ter discutido esse assunto antes aqui no fórum em outras ocasiões.

por que você não nos explica então...


Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.415
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #102 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 00:34:06 »
Citar
Você consegue perceber o tamanho da besteira que disse. É muito desonesto, Leafar, as pessoas que vão lá esperam a cura, um milagre, não é brincadeira a saúde de uma pessoa, vender ilusão é a pior merda que alguém pode fazer. Depois os idiotas que conseguem se curar vão dar crédito aos milagreiros e não aos médicos e aos tratamentos sérios que se submeteram.
Essa merda toda é uma mentira deslavada. É crime protegido por lei.

Pior que é mesmo, curandeirismo é crime e rola solto no meio espírita mas ninguém faz nada...

O Leafar não reconhece isso como atividade espírita pois não encontra referência para isso (curas) nas "escrituras" de Rivail.
Bastante conveniente, não é?

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.415
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #103 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 00:40:52 »
Como eu já disse, o "vento sopra aonde quer". A sua noção de bom e justo difere da minha, que por sua vez pode divergir da dos espíritos superiores e do próprio Deus. E eu, por exemplo, não concordo que a recusa em se prestar a esse papel fosse um erro. Se eu fosse um espírito, e estivesse numa hierarquia alta, eu não permitiria também, pelo menos para os casos ordinários, pois cada caso é um caso, e talvez houvesse uma utilidade nisso que eu não esteja neste momento vislumbrando.

resumo da ópera, os espíritos evoluídos querem que todos nós sejamos crentes igual ao leafar, eles vêem com mals olhos o metodo científico e por isso não se submetem a testes e nem deixam os os outros espíritos se submeterem. Temos que crer, eles não querem que tenhamos certeza, temos que crer cegamente.
Eu já disse de outras vezes que vocês é que têm uma visão restrita e limitada do método científico. Mas isso é uma discussão homérica para um outro tópico, apesar de eu já ter discutido esse assunto antes aqui no fórum em outras ocasiões.

por que você não nos explica então...



Pegue os paradigmas de Kuhn misture com pitadas do cinturão de proteção de Lakatos e adicione Popper a gosto. Essa é a receita do xarope que o Leafar vai preparar para nos explicar o método científico leafarniano.

Offline Rios

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 223
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #104 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 00:48:04 »
Citar
Você consegue perceber o tamanho da besteira que disse. É muito desonesto, Leafar, as pessoas que vão lá esperam a cura, um milagre, não é brincadeira a saúde de uma pessoa, vender ilusão é a pior merda que alguém pode fazer. Depois os idiotas que conseguem se curar vão dar crédito aos milagreiros e não aos médicos e aos tratamentos sérios que se submeteram.
Essa merda toda é uma mentira deslavada. É crime protegido por lei.

Pior que é mesmo, curandeirismo é crime e rola solto no meio espírita mas ninguém faz nada...

O Leafar não reconhece isso como atividade espírita pois não encontra referência para isso (curas) nas "escrituras" de Rivail.
Bastante conveniente, não é?


Muito conveniente, como todas as respostas que ele tem nos dado. Mas se não me engano kardec fala sim sobre magnetizar a agua, passes magneticos e coisas parecidas, vou procurar depois...

Offline Tupac

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.902
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #105 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 01:19:16 »
Aff.... Lei de Godwin!
Leafar, você devia dar uma olhada no que a falácia significa, antes de sair falando.

- Eu não bebo e não como muita carne, quero manter minha saúde!
- Ah, mas Hitler praticava a abstinência e era vegetariano!!


Isso é um exemplo de Lei de Godwin. "Hitler fazia X, portanto X é ruim" Agora, um exemplo de algo que NÃO é Lei de Godwin:

- Eu acho que vale a pena um mundo melhor mesmo se precisarmos eliminar alguns povos para isso.
- Hitler tinha a mesma filosofia


Percebeu a diferença?
Eu tentei, e não vi diferença. Pode ser o sono, mas não vi...
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida."
 - Carl Sagan

"O que é afirmado sem argumentos, pode ser descartado sem argumentos." - Navalha de Hitchens

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.806
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #106 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 01:25:01 »
Citar
Você consegue perceber o tamanho da besteira que disse. É muito desonesto, Leafar, as pessoas que vão lá esperam a cura, um milagre, não é brincadeira a saúde de uma pessoa, vender ilusão é a pior merda que alguém pode fazer. Depois os idiotas que conseguem se curar vão dar crédito aos milagreiros e não aos médicos e aos tratamentos sérios que se submeteram.
Essa merda toda é uma mentira deslavada. É crime protegido por lei.

Pior que é mesmo, curandeirismo é crime e rola solto no meio espírita mas ninguém faz nada...

O Leafar não reconhece isso como atividade espírita pois não encontra referência para isso (curas) nas "escrituras" de Rivail.
Bastante conveniente, não é?


Muito conveniente, como todas as respostas que ele tem nos dado. Mas se não me engano kardec fala sim sobre magnetizar a agua, passes magneticos e coisas parecidas, vou procurar depois...
Não precisa se dar ao trabalho de procurar, porque tem mesmo. Mas com as reservas que eu disse acima, quando executados em nome do Espiritismo, a fim de que não seja considerado charlatanismo ou curandeirismo.

Já as práticas espontâneas, fora do Espiritismo, ainda que fora das conveniências, o Espiritismo também reconhece a eficácia quando ela ocorre de fato, embora não recomende a prática em nome da doutrina, a fim de que esta não se vulnerabilize desnecessariamente perante a lei. Quem quiser usar canivetinhos não esterilizados para fazer cirurgias espirituais a la Dr. Fritz, por exemplo, que o faça em seu próprio nome e não no nome do Espiritismo. Mas se uma cura ocorrer de fato por esse processo, o Espiritismo não deixará de reconhecer, pois admite a possibilidade. O Espiritismo apenas não toma para si esse tipo de risco, que ele não quer e não precisa.

E esses passes magnéticos, águas fluidificadas, etc... são sempre considerados como tratamentos alternativos. Se a cura ocorre, cabe a medicina provar que foi por seu intermédio, pois é um direito inalienável do paciente atribuir a cura a quem quer que ele queira.

Um abraço.
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #107 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 09:36:06 »
Leafar, por que simplesmente você não vai embora? Procure um fórum espírita, vai ser melhor para você.
Eu participo também de fóruns espíritas, e por incrível que pareça eu tenho tantas divergências lá quanto como com vocês aqui. Basta observar as discordâncias frontais que tenho com o Correio aqui mesmo.

Vocês são críticos e eu sou um apologista do Espiritismo. Isso não é um fórum de debates? Vocês atacam, e eu defendo. Vocês têm dúvidas a respeito da DE, e eu sou um dos que me proponho a respondê-las. É assim que funciona, até o dia em que me disserem que não é assim ou que não é mais assim. Parem de abrir tópicos de ataque ou de dúvidas a respeito do Espiritismo e eu realmente não terei nada que fazer aqui, pois eu não abro tópicos sobre o assunto.

você não defende... você fala LIXO. Espera que explicações como "Porque nasceram espíritos egoistas na europa" seja algo aceitável para outras pessoas que não sejam ignorantes.

Espera que suas explicações como "se eu fosse um espírito superior eu também iria proibir testes" enquanto iria deixar livros idiotas serem escritos e espíritos  inferiores obsediar(SIC) pobres coitados.

O que você fala é um desrespeito a esse fórum Leafar. È um desrespeito a pessoas minimamente inteligentes e você deveria discutir entre espíritas apenas. Como você disse, você faz apologia ao espiritismo, e esse não é lugar para fazer esse tipo de coisas, principalmente com o LIXO que você fala e chama de lógica.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Leafar

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.806
  • Sexo: Masculino
    • Convicção Espírita
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #108 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 12:09:23 »
você não defende... você fala LIXO. Espera que explicações como "Porque nasceram espíritos egoistas na europa" seja algo aceitável para outras pessoas que não sejam ignorantes.
Só uma retificação: eu não disse que a Europa era composta de elementos egoístas. Eu disse que o mundo, em maioria, era composto por elementos egoístas.
"Ide com a onda que nos arrasta; necessitamos do movimento, que é vida, ao passo que vós nos apresentais a imobilidade, que é a morte.... Queremos lançar-nos à vida, porquanto os séculos vindouros, que divisamos, têm horror à morte." (Obras Póstumas - Allan Kardec).

visite: http://conviccao-espirita.blogspot.com/2013/08/apresentacao-deste-blog.html

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.415
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #109 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 12:14:46 »
você não defende... você fala LIXO. Espera que explicações como "Porque nasceram espíritos egoistas na europa" seja algo aceitável para outras pessoas que não sejam ignorantes.
Só uma retificação: eu não disse que a Europa era composta de elementos egoístas. Eu disse que o mundo, em maioria, era composto por elementos egoístas.

Piorou.

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #110 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 12:34:16 »
Citar
vocês é que têm uma visão restrita e limitada do método científico
Errado de novo, Leafar, voce deve estar confundindo com o método espírita.
Ou visão limitada é aquela que não corrobora as ilusões e canalhices espíritas? Nesse caso voce estaria certo.
Em todo caso. Voce NUNCA conseguiu provar ou demonstrar que sua visão distorcida e preconceituosa do método cientifico é verdeadeira, apesar de enrolar posts homéricos, talves na velha falácia de tentar vencer pelo cansaço.
De qualquewr forma, veja alguma coisa séria a respeito do MC, para não repetir tamanha asneira:
http://ciencia.hsw.uol.com.br/metodos-cientificos.htm

Está em linguagem simples, não é difícil de entender...
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #111 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 12:37:00 »
Giga, voce sabia que se eu usar de uma visão não limitada e restrita do método científico, assim como o Leafar, eu posso provar a existencia de Sacis??   :histeria:
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline FxF

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.720
  • Sexo: Masculino
  • Yohohoho!
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #112 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 12:43:10 »
"Mantenha a mente aberta, mas não deixe o cérebro cair"

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.415
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #113 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 12:56:59 »
Giga, voce sabia que se eu usar de uma visão não limitada e restrita do método científico, assim como o Leafar, eu posso provar a existencia de Sacis??   :histeria:

Sacis, boitatás e curupiras.... :histeria:

O Agnóstico já disse tudo...

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #114 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 13:34:05 »
você não defende... você fala LIXO. Espera que explicações como "Porque nasceram espíritos egoistas na europa" seja algo aceitável para outras pessoas que não sejam ignorantes.
Só uma retificação: eu não disse que a Europa era composta de elementos egoístas. Eu disse que o mundo, em maioria, era composto por elementos egoístas.

Não.. você falou no hemisfério norte... justificando porque nesses lugares o espiritismo não pegou.

“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Rios

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 223
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #115 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 18:25:15 »
Sobre a cura espiritual, olha só que bosta, basicamente os espíritas acreditavam que a coisa funcionava, os "passes magnéticos" curavam pessoas, então eles lançaram uma previsão de um futuro próximo anunciada pelos espíritos superiores.
A ciência seria obrigada a aceitar a realidade espiritual e o espiritismo iria triunfar...


Citar
Os médiuns curadores tendem a se multiplicar, assim como os Espíritos anunciaram, e isto tendo em vista propagar o Espiritismo pela impressão que essa nova ordem de fenômenos não pode deixar de produzir sobre as massas, porque não há ninguém que não pense em sua saúde, mesmo os mais incrédulos. Quando, pois, se verá obter com o concurso dos Espíritos o que a ciência não pode dar, seria preciso muito convir que há uma força fora de nosso mundo; a ciência será assim conduzida a sair da via exclusivamente material onde permanece até este dia; quando os magnetizadores anti-espiritualistas, ou anti-espíritas, virem que existe um magnetismo mais poderoso do que o seu, serão muito forçados a remontar à verdadeira causa.



Ele continua...


Citar
daqui a poucos anos se revelará em algumas pessoas predestinadas a esse efeito, com uma força que triunfará de muitas obstinações; mas não são esses os únicos fatos que o futuro nos reserva, e pelos quais Deus confundirá os orgulhosos e os convencerá da impotência. Os médiuns curadores são um dos mil meios providenciais para alcançar esse objetivo de acelerar o triunfo do Espiritismo.

revista espírita 1864


É engraçado ler essas coisas anos após o acontecido, porque você percebe como eles só falavam merda.

1- As curas espirituais não são superiores ao placebo.
2- A ciencia continua materialista
3- Nunca apareceram pessoas predestinadas a cura espiritual
4- O espiritismo não triunfou

Offline Rios

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 223
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #116 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 18:44:39 »

Não precisa se dar ao trabalho de procurar, porque tem mesmo. Mas com as reservas que eu disse acima, quando executados em nome do Espiritismo, a fim de que não seja considerado charlatanismo ou curandeirismo.

Pera aí! como assim? curandeirismo não é considerado curandeirismo quando é executado em nome do espiritismo???  :hein:


Citar
Já as práticas espontâneas, fora do Espiritismo, ainda que fora das conveniências, o Espiritismo também reconhece a eficácia quando ela ocorre de fato, embora não recomende a prática em nome da doutrina, a fim de que esta não se vulnerabilize desnecessariamente perante a lei.

Não, o espiritismo recomenda a prática, como mostrei acima, os médiuns curadores iriam se multiplicar, muitos nasceriam predistinados a este fim e o espiritismo triunfaria. coisa que não aconteceu  :?


Citar
E esses passes magnéticos, águas fluidificadas, etc... são sempre considerados como tratamentos alternativos. Se a cura ocorre ...

Não, a cura não ocorre, trata-se de curandeirismo e deve ser banido.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.415
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #117 Online: 14 de Fevereiro de 2010, 19:00:03 »
O Leafar foi novamente refutado.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.821
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re: Análise cética do "sobrenatural",como se faz ?
« Resposta #118 Online: 26 de Outubro de 2018, 01:27:17 »
então o que impede é uma regra moral que diz que não podemos fazer esse teste, é isso?
Agnóstico,

Regras podem ser quebradas. O que existiria, segundo a DE, que é uma opinião que eu compartilho, é uma proibição formal de manifestações fora das condições permitidas pelos outros espíritos de hierarquias mais altas. Os Espíritos, em existindo, seriam como os homens: teriam as suas hierarquias, as suas leis e têm que cumpri-las. Não é opcional; é obrigatório, repito.


Um abraço.
Bom, acho que o Leafar está falando de coisas do mesmo universo porém, de forma distinta dos demais querelantes dele. Quase como dimensões diferentes, quase como a Altura falando sobre altura, enquanto o Comprimento e a Largura se irritam e se altercam com a Altura, injuriando a Altura por ser um fórum de  largura e comprimento, enfim, não compreendendo a Altura, questionando a Altura por critérios de compreensão que só explicam a largura e o comprimento.

Arriscaria dizer que o paragrafo quotado, por exemplo poderia ter alguma analogia com a ideia que para alguns, o  entusiasmo seja o espírito santo. Indo por essa linha, a alegria poderia ser um espírito intermediário proibido de se manifestar pelo espírito da prudência, um pouco superior... e assim por diante.

A coisa chega quase as raias de um nonsense como monte de zumbís atacando os que não são zumbis. Por isso é sempre válido questionar o argumento, não o argumentador, pra começo de conversa, e rever certos conceitos na medida do possível.
« Última modificação: 26 de Outubro de 2018, 20:26:33 por Sergiomgbr »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!