Autor Tópico: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo  (Lida 7138 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.329
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Online: 06 de Agosto de 2010, 16:42:33 »
Citar
Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo

Para passar o tempo, opções variam de ouvir livro a fotografar

A primeira semana de volta às aulas traz consigo o catalisador do trânsito caótico de São Paulo: o aumento do número de carros circulantes. Uma pesquisa recente da IBM Research constatou que a cidade tem o sexto pior tráfego até o local de trabalho, perdendo para Pequim (China), que ocupa a primeira posição, Cidade do México (México), Johannesburgo (África do Sul), Moscou (Rússia) e Nova Délhi (Índia).

O índice, batizado de “Commuter Pain Index” (índice de sofrimento no trânsito, em tradução livre), constatou que 31% dos entrevistados disseram que pegaram um tráfego tão ruim que simplesmente deram meia volta para a casa.

Mas, para não perder a paciência antes mesmo de entrar no carro, o tempo desse trajeto não precisa ser totalmente desperdiçado. Há quem o utilize para ouvir audiolivros, música, notícias, refletir sobre a vida e até mesmo fotografar. Contudo, os cuidados que se deve ter nesses casos é não perder a concentração no trânsito e estar atento a possíveis assaltos.

Clique

A artista plástica Maria Alice Santiago, por exemplo, não sai de casa sem a sua máquina fotográfica. Em suas andanças pela cidade e paradas forçadas por conta do congestionamento, ter um olhar diferenciado para a situação ajuda-a a suportar a demora.

Não foi em São Paulo, mas em Belo Horizonte que o fotógrafo Vinícius Matos registrou algumas de suas imagens mais belas. Conta ele em seu site que ao brincar com as luzes, curtiu, pela primeira vez, um engarrafamento.

Ouvir

Audiobooks também são uma opção para quem pretende passar o tempo. “O que mais vendemos são audiolivros de filosofia e clássicos da literatura. Produtos para download são mais baratos do que os CDs físicos”, comenta Claudio Wulkan, proprietário da Universidade Falada.

Ao lado das alternativas pessoais para matar o tempo, algumas medidas governamentais também buscam reduzir o transtorno do cidadão. Desde a última segunda-feira, em São Paulo, caminhões não podem circular das 5h às 21h na Marginal Pinheiros e, aos sábados, das 10h às 14h. O tráfego de motos estará proibido na pista expressa da Marginal Tietê.

O rodízio de Veículos Urbanos de Carga (VUCs) – que acontece entre 10h e 16h - será suspenso, e eles poderão circular pelas vias respeitando apenas o rodízio de veículos, entre 7h e 10h e das 17h às 20h.

http://economia.ig.com.br/transito+em+sp+ate+o+trabalho+e+o+sexto+pior+do+mundo/n1237740556744.html

Nem quero imaginar como é Pequim.

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #1 Online: 06 de Agosto de 2010, 17:12:12 »
São Paulo vai ter que copiar Oslo e Londres: cobrar altos pedágios para você trafegar pelas vias mais movimentadas. E não é esse pedagiozinho mixaria de hoje não, é pedágio visando diminuir mesmo o tráfego de automóveis. Ou isso ou a cidade para.

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.329
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #2 Online: 06 de Agosto de 2010, 17:28:19 »
Há um bom tempo que eu digo que o rodízio daqui deveria ser assim:

Segunda-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 1 e 2
Terça-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 3 e 4
Quarta-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 5 e 6
Quinta-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 7 e 8
Sexta-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 9 e 0

Só não defendo uma implementação imediata desse sistema por causa da pequena malha de metrô, até porque Londres só implementou o pedágio urbano depois de ter mais de 400km de metrô. Mas mesmo isso eu já estou repensando.
« Última modificação: 06 de Agosto de 2010, 17:32:49 por Unknown »

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #3 Online: 06 de Agosto de 2010, 17:52:05 »
Pois é, o trânsito de São Paulo não vai esperar até o metrô ficar igual ao de Londres para parar de vez. A solução é as pessoas pegarem mais caronas. Isso podia ser estimulado, tipo os pedágios poderiam ser limitados aos carros com somente dois ou menos ocupantes.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #4 Online: 06 de Agosto de 2010, 17:59:05 »
Pois é, o trânsito de São Paulo não vai esperar até o metrô ficar igual ao de Londres para parar de vez. A solução é as pessoas pegarem mais caronas. Isso podia ser estimulado, tipo os pedágios poderiam ser limitados aos carros com somente dois ou menos ocupantes.

Até poderia, mas quando fazem isso, a fiscalização para e recolhe o veículo por "peruagem". O lobby das empresas de ônibus é muito grande nesse sentido. Ao menos aqui em BH e Região Metropolitana. É vergonhoso...
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Khronos

  • Nível 15
  • *
  • Mensagens: 398
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #5 Online: 06 de Agosto de 2010, 18:44:10 »
São Paulo vai ter que copiar Oslo e Londres: cobrar altos pedágios para você trafegar pelas vias mais movimentadas. E não é esse pedagiozinho mixaria de hoje não, é pedágio visando diminuir mesmo o tráfego de automóveis. Ou isso ou a cidade para.

Acho que não adiantará porque esta medida só iria mudar a localidade do caos, das ruas mais movimentadas para a (Suuuuper) Superlotação dos transportes públicos.

"Cognoscetis Veritatem, et veritas liberabit vos." João 8.32

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.282
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #6 Online: 06 de Agosto de 2010, 19:28:39 »
Há um bom tempo que eu digo que o rodízio daqui deveria ser assim:

Segunda-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 1 e 2
Terça-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 3 e 4
Quarta-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 5 e 6
Quinta-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 7 e 8
Sexta-feira: só podem circular carros cujas placas têm finais 9 e 0

Só não defendo uma implementação imediata desse sistema por causa da pequena malha de metrô, até porque Londres só implementou o pedágio urbano depois de ter mais de 400km de metrô. Mas mesmo isso eu já estou repensando.

Eu acho isso muito zuado. Tu compra um carro e não pode usar quando quiser...
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline _tiago

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.343
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #7 Online: 06 de Agosto de 2010, 20:49:59 »
40 min. hoje pra andar nem 300m!

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #8 Online: 06 de Agosto de 2010, 23:59:10 »
40 min. hoje pra andar nem 300m!

Quanto tempo da sua vida dentro de um carro...

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #9 Online: 07 de Agosto de 2010, 00:17:17 »
40 min. hoje pra andar nem 300m!

Se em São Paulo não chovesse tanto, melhor seria nem ter carro. Andando ou pedalando é capaz de você chegar mais cedo.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.242
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #10 Online: 07 de Agosto de 2010, 00:40:07 »
40 min. hoje pra andar nem 300m!

Bons CDs e livros atenuam o problema.
Foto USGS

Offline calvino

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.387
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #11 Online: 07 de Agosto de 2010, 01:36:21 »
Bons CDs e livros atenuam o problema.

Ou uma cidade com 1/6 do tamanho...
"Se a moralidade representa o modo como gostaríamos que o mundo funcionasse, a economia representa o modo como ele realmente funciona" Freakonomics.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #12 Online: 07 de Agosto de 2010, 09:19:10 »
Bons CDs e livros atenuam o problema.

Ou uma cidade com 1/6 do tamanho...

O bom é uma cidade com 1/100. 

1/6 ainda teria que brigar por espaço com mais de 1 milhão de veículos.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #13 Online: 07 de Agosto de 2010, 09:26:13 »
Os recordes que nos atormentam

06 de agosto de 2010 | 0h 00 Washington Novaes - O Estado de S.Paulo

É curioso. O Brasil caminha a passos velozes para uma situação insustentável nas cidades - abarrotadas de veículos presos em congestionamentos cada vez mais longos, enquanto se cultiva o wishful thinking de que é possível seguir com recordes sucessivos nas vendas de carros, estimuladas até com isenção de impostos. Adicionalmente, cultiva-se a tese de que é possível tudo resolver com mais viadutos, túneis, elevados, etc., esquecendo o que disse há mais de 20 anos o arquiteto Jayme Lerner: essas soluções não levam a nada a não ser mudar de lugar os congestionamentos de trânsito. Em julho último, por exemplo, mais 322,4 mil veículos foram emplacados no País; em sete meses, 1,88 milhão. Se forem acrescentadas motocicletas, terão sido 461,6 mil no mês, 2,92 milhões no ano. E todos vieram somar-se aos 27,8 milhões de carros que já circulavam (Estado, 3/8) e aos 8,55 milhões de motos.

Chega-se ao ponto de cidades como Goiânia já se aproximarem da taxa de quase um veículo por habitante, para uma capital desenhada no tempo em que nem sequer se fabulava com essa possibilidade - e, portanto sem prever uma estrutura viária compatível. O resultado é visível nos congestionamentos cada vez mais dramáticos. Mas, apesar disso, continua-se ali a conceder incentivos fiscais para novas indústrias automotivas, que receberam boa parte dos mais de R$ 80 bilhões em incentivos fiscais concedidos pelo Estado (sem falar nas prefeituras) em 20 anos. Ainda há poucas semanas uma indústria desse setor foi contemplada com incentivos de R$ 2,1 bilhões, para investir R$ 105 milhões, 20 vezes menos. Prometendo criar 765 postos de trabalho, ao custo de R$ 275 mil para cada um em incentivos, quando o Banco do Povo, mantido pelo governo estadual, com R$ 600 emprestados (e não doados) cria um posto de trabalho.

Mas Goiás é apenas um dos muitos Estados que assim o fazem, nessa "guerra fiscal". Embora sua receita efetiva de ICMS seja de R$ 11,5 bilhões (2009), neste ano concedeu R$ 3,6 bilhões em incentivos, boa parte deles para outro setor relacionado com o de veículos - usinas de álcool, que até aqui receberam R$ 28,1 bilhões (para R$ 7 bilhões em investimentos próprios). O resultado final é que, com uma dívida de R$ 11,33 bilhões, o Estado perde sua capacidade de investir na própria estrutura viária, para a qual precisaria de R$ 10 bilhões (O Popular, 30/6).

Felizmente, começam a surgir iniciativas em outra direção, como a da Prefeitura de São Paulo, que proibiu caminhões de circular na Marginal do Rio Pinheiros, na Avenida dos Bandeirantes e na Jornalista Roberto Marinho, uma vez que está aberto para eles o Trecho Sul do Rodoanel, construído, ao custo de R$ 5,5 bilhões, para evitar que esse trânsito pesado, principalmente do interior do Estado para o Porto de Santos e o litoral sul, tivesse de passar por aquelas três vias. Já se registram protestos - pedágio e a distância maior encareceriam os custos - e até mesmo desrespeito. Mas, como já observou este jornal em editorial, o custo tem de caber exatamente a esses usuários específicos e não deve ser transferido para toda a sociedade. Até aqui, circulavam pela Marginal do Pinheiros 26 mil caminhões por dia; pela Bandeirantes, 9,5 mil. E a previsão é de que a lentidão no trânsito possa diminuir entre 15% e 20%.

É curioso que ainda se registrem protestos e inconformismo, quando a frota de caminhões, que representa 4% do total de veículos, gera 35% dos congestionamentos (Estado, 2/8). E quando restrições à sua circulação já existiam na década de 1940, quando São Paulo nem sonhava com o trânsito de hoje. Mas já naquela época caminhões de mudanças e de entrega de cargas não podiam circular entre as 7 e as 18 horas.

São Paulo também deverá avançar um pouco mais quando entrarem em vigor em todo o Estado, até dezembro, novos limites para a emissão de poluentes - principalmente material particulado ultrafino -, de acordo com padrões da Organização Mundial de Saúde. Estudos acadêmicos têm mostrado que morrem anualmente na cidade 4 mil pessoas em decorrência de problemas de saúde causados pelas emissões. Não é de estranhar, já que o volume de poeira fina na cidade é o dobro do registrado nos Estados Unidos, por exemplo. As novas regras introduzirão exigências adicionais em licenças ambientais, restrições a veículos (a frota na cidade é de 6,7 milhões de veículos, segundo o Detran) e controle de emissões industriais.

Mas já há um perigo rondando - pressões para que o Conselho Nacional do Meio Ambiente reveja a Resolução n.º 418/09, que estabelece limites para emissões de poluentes por veículos. O argumento é de que as regras são "muito rígidas", pois os veículos que saem hoje das linhas de montagem teriam padrões de emissão superiores aos da frota que já circula.

A sociedade precisa estar atenta. Se é um desejo de cada família ter um veículo próprio - diante da precariedade dos transportes coletivos -, também não se pode, por esse caminho, inviabilizar a qualidade de vida e a saúde de todos. Da mesma forma, é preciso repetir: os ônus da poluição, como de qualquer problema "ambiental", devem ser atribuídos a quem os gera, e não a toda a sociedade, que com eles sofre.

Se ainda faltassem outros motivos para restrições, podem-se lembrar os estudos do economista Nelson Choueri, já citados aqui, sobre os prejuízos econômicos dos congestionamentos de trânsito: 5 milhões de pessoas que se deslocam diariamente na cidade de São Paulo perdem em média duas horas por dia no transporte, ou seja, 10 milhões de horas diárias; multiplicadas pelo valor médio atual da hora de trabalho, em torno de R$ 10, serão R$ 100 milhões por dia, mais de R$ 30 bilhões por ano. Se um valor como esse fosse aplicado na expansão do metrô, por exemplo, em pouco tempo toda a cidade estaria servida. Não dá para converter. Mas serve para avaliar a irracionalidade.

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.940
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #14 Online: 07 de Agosto de 2010, 12:08:21 »
Ontem foram das 16:30 às 20:20 para ir para São Paulo, pegar as meninas (a minha esposa e filha) e voltar !
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline calvino

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.387
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #15 Online: 07 de Agosto de 2010, 13:56:30 »
Cidades de até 1 milhão de habitantes é que comandam.
Tem quase tudo o que São Paulo pode eferecer, e não são essa loucura toda.
"Se a moralidade representa o modo como gostaríamos que o mundo funcionasse, a economia representa o modo como ele realmente funciona" Freakonomics.

Offline _tiago

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.343
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #16 Online: 07 de Agosto de 2010, 22:04:45 »
Trabalho ao lado de casa... Mas tive de buscar minha mãe no terminal Tietê, ela disse que chegaria às 17hs - chorei!
Moro em Barueri, Grande SP, numa área altamente empresarial, que tem como única via de escoamento decente a Castelo Branco. Dentre 17hs e 19hs, isso aqui vira o inferno, principalmente de sexta. A maioria da turma que trabalha em SP vive no interior, sexta é dia crítico.

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.192
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #17 Online: 10 de Agosto de 2010, 13:30:47 »
Não sei o que aconteceu em Pinheiros ontem, por volta das 19h, mas levei apenas  - eu disse apenas? Nossa! Pirei!  -  UMA HORA E DEZ MINUTOS para descer a Cardeal Arcoverde, da Dr Arnaldo até a Rebouças. Normalmente, com trânsito carregado, levo uns vinte minutos...
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline Pregador

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.049
  • Sexo: Masculino
  • "Veritas vos Liberabit".
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #18 Online: 10 de Agosto de 2010, 14:11:57 »
Acho injusto cobrar pedágios, afinal, estão punindo os moradores por coisas que o governo não fez. Tem é que cobrar mais e investir em metrôs e vias mais largas, nem que seja necessário desapropriar quadras inteiras.
"O crime é contagioso. Se o governo quebra a lei, o povo passa a menosprezar a lei". (Lois D. Brandeis).

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.192
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #19 Online: 10 de Agosto de 2010, 14:52:42 »
Acho que SP tinha que fechar as fronteiras e EXPURGAR grande parte de nordestinos e afins. Isto reduziria em 70% o número de habitantes da capital, e consequentemente melhoraria o trânsito, hehehe...
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline rodriguezz

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 10
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #20 Online: 10 de Agosto de 2010, 15:05:51 »
Citar
Acho que SP tinha que fechar as fronteiras e EXPURGAR grande parte de nordestinos e afins. Isto reduziria em 70% o número de habitantes da capital, e consequentemente melhoraria o trânsito, hehehe...

 Não é bem por esse lado. O problema de São Paulo é que ela cresceu em meio a benefícios fiscais, como isenção de ICMS para várias grandes empresas. O lado positivo é que a cidade gerou muito emprego e tudo mais, mas a isenção do recolhimento de impostos gerou (e ainda gera) falta de infra-estrutura. Sem contar a corrupção...
 Não se deve culpar o nordestino, e sim os políticos. Nordestino tem aqui no Rio, em Minas.... E são pessoas como qualquer outra.
--------------------
Quem só fala de Freud só se Feud
--------------------

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #21 Online: 10 de Agosto de 2010, 17:14:56 »
Eu acho que o futuro está no trabalho à distância via telepresença. Eu, por exemplo, não faço nada no escritório que não seria capaz de fazer HOJE de casa.

O problema é a mudança de cultura que isso significa. Quando eu falo isso ninguém leva a sério.

Offline Contini

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.610
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #22 Online: 10 de Agosto de 2010, 17:32:27 »
Citar
Acho que SP tinha que fechar as fronteiras e EXPURGAR grande parte de nordestinos e afins. Isto reduziria em 70% o número de habitantes da capital, e consequentemente melhoraria o trânsito, hehehe...

 Não é bem por esse lado. O problema de São Paulo é que ela cresceu em meio a benefícios fiscais, como isenção de ICMS para várias grandes empresas. O lado positivo é que a cidade gerou muito emprego e tudo mais, mas a isenção do recolhimento de impostos gerou (e ainda gera) falta de infra-estrutura. Sem contar a corrupção...
 Não se deve culpar o nordestino, e sim os políticos. Nordestino tem aqui no Rio, em Minas.... E são pessoas como qualquer outra.

Sem contar que a massa da "população" nordestina, alem de ser a força de trabalho de SP, ainda faz uso do transporte público, que sabemos ser mais eficiente em termos de transporte de numero de pessoas por "espaço" ocupado.
"A idade não diminui a decepção que a gente sente quando o sorvete cai da casquinha"  - anonimo

"Eu não tenho medo de morrer, só não quero estar lá quando isso acontecer"  - Wood Allen

    “O escopo da ciência é limitado? Sim, sem dúvida: limitado a tratar daquilo que existe, não daquilo que gostaríamos que existisse.” - André Cancian

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #23 Online: 10 de Agosto de 2010, 17:34:49 »
Esse argumento de expulsar os nordestinos é tão estapafúrdio quanto recorrente. Como se isso fosse resolver alguma coisa...

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.192
  • Sexo: Masculino
Re: Trânsito em SP até o trabalho é o sexto pior do mundo
« Resposta #24 Online: 10 de Agosto de 2010, 17:40:51 »
Eu acho que o futuro está no trabalho à distância via telepresença. Eu, por exemplo, não faço nada no escritório que não seria capaz de fazer HOJE de casa.

O problema é a mudança de cultura que isso significa. Quando eu falo isso ninguém leva a sério.

Cara, eu vivo dizendo a mesma coisa aqui no serviço. Uma empresa de Engenharia não precisa mais de um espaço físico para funcionar, dá para os funcionários trabalharem em suas próprias casas. Para isso já existe internet, skype, banda larga e etc.

O meu serviço mesmo, faço vistoria no cliente para instalação de equipamento retransmissor de telefonia celular, depois volto para o escritório para montar o projeto e enviar para a Operadora e para o pessoal de instalação. Ou seja, poderia fazer toda esta parte de execução em casa.

O problema é a pirataria, pois segundo a gerência de projetos, o que impediria de eu 'roubar' o projeto e tratar diretamente com a Operadora?
"Faça amor, não faça a guerra."

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!