Autor Tópico: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo  (Lida 25786 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #250 Online: 13 de Abril de 2011, 15:06:58 »
Citação de: pablito
Pais de famílias muito humildes, que não tenham formação escolar, não podem fazer esse acompanhamento – aliás, esse foi um dos fatores da decadência do ensino público.

A escola pública não ficou ruim porque a classe média a abandonou, a classe média a abandonou porque ela ficou ruim.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #251 Online: 13 de Abril de 2011, 15:09:47 »
Citação de: pablito
Pais de famílias muito humildes, que não tenham formação escolar, não podem fazer esse acompanhamento – aliás, esse foi um dos fatores da decadência do ensino público.

A escola pública não ficou ruim porque a classe média a abandonou, a classe média a abandonou porque ela ficou ruim.

Acho que as duas coisas o são. O bom e velho efeito tostines.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #252 Online: 13 de Abril de 2011, 15:18:57 »
Não acho que de repente pais que estavam sendo bem atendidos pelas escolas públicas resolveram gastar dinheiro porque gostam.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Mahul

  • Nível 17
  • *
  • Mensagens: 486
  • Sexo: Masculino
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #253 Online: 13 de Abril de 2011, 15:28:56 »
Não acho que de repente pais que estavam sendo bem atendidos pelas escolas públicas resolveram gastar dinheiro porque gostam.
De pleno acordo! :ok: Cada dia mais eu me pergunto para que serve o Estado brasileiro. :umm: Impostos escandinavos e serviços do Burundi! :no:
Não gosto da direita porque ela é de direita e não gosto da esquerda porque ela também é de direita - Mestre Millôr

Deus seria reprovado em qualquer escola de engenharia - Paulo Francis

Só vou acreditar em socialismo no dia em que todo mundo puder morar em Ipanema - Grande Tom Jobim

Offline Fabi

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.801
  • Sexo: Feminino
  • que foi?
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #254 Online: 13 de Abril de 2011, 15:39:41 »
Isso já acontece e não só com filhos que estudam em escolas públicas.
Os estudantes de escolas particulares também buscam esses cursinhos.
Na verdade já vem no pacote :P
É bom lembrar que nem toda escola particular é boa.
Muito pelo contrário.
Sinceramente, há escolas particulares que só se diferem das públicas pela pintura do muro e ausência de greves.
Sim, mas tem escolas particulares (tipo a Top 1 e Top 2) que ficam competindo sobre qual é melhor. Aí realmente elas são muito boas mesmo.
Mas a volta da classe média pras escolas públicas, mesmo que de olho nas cotas, pode ter como efeito colateral a melhoria do ensino, afinal os pais da classe média terão maior capacidade de fazer pressão, até porque poderão acompanhar melhor a qualidade do ensino. Pais de famílias muito humildes, que não tenham formação escolar, não podem fazer esse acompanhamento – aliás, esse foi um dos fatores da decadência do ensino público.
Talvez... :umm: Porque aí não só os pais, mas os alunos vão perceber o abismo que existe. Eu já estudei nas duas.

E quando eu estudei em escola pública, na época (não sei porque) tinha um professor que dava aula em uma escola particular e na pública. E o que ele fazia na escola particular ele também fez na pública com giz, quadro negro, e essas coisas simples...

A única diferença, é que em escola particular eles tem um cronograma e todos os professores tem que cumprir, e o diretor, coordenadores, ficam em cima, e os pais também.

As vezes os pais vão lá na escola pra reclamar que um professor não deu um conteúdo da apostila(livro), ou que o professor não tá ensinando direito. E o diretor (ou coordenadores e afins) puxa a orelha do professor, e vai cobrar explicações.

E antes que falem que os pais não fazem isso na escola pública, é que não adianta fazer isso. Sabe por que? Se eles vão lá os diretores, coordenadores, professores (a turma da desculpa) dizem que o governo não dá dinheiro, que os alunos fazem bagunça e não obedecem, que o professor não aguenta de tanto gritar, que os alunos são desinteressados... e as desculpas continuam até o infinito.

Bom, se o aluno causa problemas, manda pra fora da sala, suspende e expulsa da escola se for preciso. "Ah mas o aluno agride o professor e não respeita..." olha, se não houvesse tanto coorporativismo por parte dos professores, e se todos os professores chegassem com vontade e sabendo como ensinar, esse problema com os alunos seria um pouco menor.

Eu sei que tem professores bons e com vontade de ensinar, mas aí chega uma maçã podre e estraga tudo. Tem que ter sincronia, todos os professores tem que seguir um cronograma, aí o aluno vai se sentir obrigado a estudar pra poder acompanhar.
Difficulter reciduntur vitia quae nobiscum creverunt.

“Deus me dê a serenidadecapacidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para mudar o que posso, e a sabedoria para saber a diferença” (Desconhecido)

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.887
  • Sexo: Masculino
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #255 Online: 13 de Abril de 2011, 16:38:17 »
Isso já acontece e não só com filhos que estudam em escolas públicas.
Os estudantes de escolas particulares também buscam esses cursinhos.
Na verdade já vem no pacote :P
É bom lembrar que nem toda escola particular é boa.
Muito pelo contrário.
Sinceramente, há escolas particulares que só se diferem das públicas pela pintura do muro e ausência de greves.
Sim, mas tem escolas particulares (tipo a Top 1 e Top 2) que ficam competindo sobre qual é melhor. Aí realmente elas são muito boas mesmo.
Mas a volta da classe média pras escolas públicas, mesmo que de olho nas cotas, pode ter como efeito colateral a melhoria do ensino, afinal os pais da classe média terão maior capacidade de fazer pressão, até porque poderão acompanhar melhor a qualidade do ensino. Pais de famílias muito humildes, que não tenham formação escolar, não podem fazer esse acompanhamento – aliás, esse foi um dos fatores da decadência do ensino público.
Talvez... :umm: Porque aí não só os pais, mas os alunos vão perceber o abismo que existe. Eu já estudei nas duas.

E quando eu estudei em escola pública, na época (não sei porque) tinha um professor que dava aula em uma escola particular e na pública. E o que ele fazia na escola particular ele também fez na pública com giz, quadro negro, e essas coisas simples...

A única diferença, é que em escola particular eles tem um cronograma e todos os professores tem que cumprir, e o diretor, coordenadores, ficam em cima, e os pais também.

As vezes os pais vão lá na escola pra reclamar que um professor não deu um conteúdo da apostila(livro), ou que o professor não tá ensinando direito. E o diretor (ou coordenadores e afins) puxa a orelha do professor, e vai cobrar explicações.

E antes que falem que os pais não fazem isso na escola pública, é que não adianta fazer isso. Sabe por que? Se eles vão lá os diretores, coordenadores, professores (a turma da desculpa) dizem que o governo não dá dinheiro, que os alunos fazem bagunça e não obedecem, que o professor não aguenta de tanto gritar, que os alunos são desinteressados... e as desculpas continuam até o infinito.

Bom, se o aluno causa problemas, manda pra fora da sala, suspende e expulsa da escola se for preciso. "Ah mas o aluno agride o professor e não respeita..." olha, se não houvesse tanto coorporativismo por parte dos professores, e se todos os professores chegassem com vontade e sabendo como ensinar, esse problema com os alunos seria um pouco menor.

Eu sei que tem professores bons e com vontade de ensinar, mas aí chega uma maçã podre e estraga tudo. Tem que ter sincronia, todos os professores tem que seguir um cronograma, aí o aluno vai se sentir obrigado a estudar pra poder acompanhar.


Minha esposa leciona em escola pública. Quando tiver acesso a um teclado que não seja virtual eu posto alguma coisa sobre as "desculpas de sempre".

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #256 Online: 13 de Abril de 2011, 23:43:21 »
ele parece caras como dirceu e marco aurélio, heróis de algumas pessoas aqui.

 :bocejo:
:sotto:
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Mahul

  • Nível 17
  • *
  • Mensagens: 486
  • Sexo: Masculino
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #257 Online: 14 de Abril de 2011, 00:15:40 »
Essa troca de carícias entre o Agnóstico e o Juca ainda vai terminar em casamento. :love: :twisted:
Não gosto da direita porque ela é de direita e não gosto da esquerda porque ela também é de direita - Mestre Millôr

Deus seria reprovado em qualquer escola de engenharia - Paulo Francis

Só vou acreditar em socialismo no dia em que todo mundo puder morar em Ipanema - Grande Tom Jobim

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #258 Online: 14 de Abril de 2011, 08:33:01 »
Essa troca de carícias entre o Agnóstico e o Juca ainda vai terminar em casamento. :love: :twisted:

Já previram isso há alguns anos atrás, mas até agora nada dele fazer um proposta... :chorando:

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #259 Online: 13 de Novembro de 2014, 11:56:58 »
Bolsonaro fazendo Bolsonarice com o Stephen Fry, a partir dos 7min...

https://www.facebook.com/video.php?v=139277452909175


Nossa cara... ele é muito, muito, muuuuuuuuito idiota.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.311
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re: Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #260 Online: 13 de Novembro de 2014, 12:08:00 »
Essa troca de carícias entre o Agnóstico e o Juca ainda vai terminar em casamento. :love: :twisted:
Ninguém sabe se houve o tal casamento mas já se vão bodas de alumínio cético.
Até onde eu sei eu não sei.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #261 Online: 13 de Novembro de 2014, 12:13:22 »
Essa troca de carícias entre o Agnóstico e o Juca ainda vai terminar em casamento. :love: :twisted:
Ninguém sabe se houve o tal casamento mas já se vão bodas de alumínio cético.

Esse rolo é bem mais antigo. Tá por fora...

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #262 Online: 13 de Novembro de 2014, 13:04:54 »
agora divido meu amor com o Derfel, já que o Vento resolveu abandonar o esquema amoroso.

engraçado que comecei neste fórum 100% focado em religião, agora 80% politica, 19% comportamento e o. restante religião e bate papo
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.209
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #263 Online: 13 de Novembro de 2014, 14:47:54 »
Bolsonaro fazendo Bolsonarice com o Stephen Fry, a partir dos 7min...

https://www.facebook.com/video.php?v=139277452909175


Nossa cara... ele é muito, muito, muuuuuuuuito idiota.

Ele se defende:

<a href="http://www.youtube.com/v/4U8pK7J7P5Y" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/4U8pK7J7P5Y</a>

Achei por procurar no YT para assistir em velocidade acelerada, mas não é a mesma coisa.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #264 Online: 13 de Novembro de 2014, 16:03:06 »
Cara, o que um cara como o Stephen Fry foi conversar com um Bolsonaro. Fry é um intelectual, progressista da nata de um país de primeiro mundo. Bolsonaro é um ignorante, do lixo de um país sub desenvolvido.

“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.258
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #265 Online: 15 de Novembro de 2014, 11:47:04 »
Bolsonaro é idiota demais, puta que pariu.
"Deus prefere os ateus"

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #266 Online: 15 de Novembro de 2014, 13:06:58 »
Cara, o que um cara como o Stephen Fry foi conversar com um Bolsonaro. Fry é um intelectual, progressista da nata de um país de primeiro mundo. Bolsonaro é um ignorante, do lixo de um país sub desenvolvido.
Foi conversar com o Bolsonaro precisamente para deixar claro a diferença existente entre um ser humano de verdade e um ser desprezível.

Ficou claro na entrevista que o bolsonaro estava desconfortável com seu interlocutor, diferente de quando ele caga pela boca quando discute com os pé rapados brasileiros.

Offline Georg Hagedorn

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 256
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #267 Online: 15 de Novembro de 2014, 15:26:58 »
O nome dela é Preta Gil e eu não posso chamar ela de preta?  :quevedo:
« Última modificação: 15 de Novembro de 2014, 15:30:21 por Georg Hagedorn »
"Alguma frase aleátoria na assinatura"

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.274
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro ataca Preta Gil com homofobia e racismo
« Resposta #268 Online: 01 de Junho de 2019, 08:53:03 »
01/07/201816:34


18 expressões racistas que você usa sem saber


POR NINJA



Quando expressões como “mulata” ou “a coisa tá preta” se tornam naturais, é indício do quanto a opressão e o preconceito estão incorporados à visão de mundo das pessoas


Foto: Mídia NINJA

Por Chrystal Méndez

Mais de 300 anos de passado escravista não se apagam facilmente. Sinal disso é a extensa lista de expressões das quais as pessoas nem percebem a conotação racista. São tantas que, em 2009, o professor de biologia Luiz Henrique Rosa fez um levantamento no Rio de Janeiro. Junto com seus alunos, contabilizou 360 termos de cunho racista, no projeto “Qual é a graça”. Isso só na escola em que ele leciona.

Palavras dizem muito sobre a história e a cultura de uma sociedade. Quando expressões como “mulata” ou “a coisa tá preta” se tornam naturais, é indício do quanto a opressão e o preconceito estão incorporados à visão de mundo das pessoas. Entre sutilezas, brincadeiras e aparentes elogios, a violência simbólica se amplia quando expressões como estas são repetidas:

“Cor de pele”

Aprende-se desde criança que “cor de pele” é aquele lápis meio rosado, meio bege. Mas é evidente que o tom não representa a pele de todas as pessoas, principalmente em um país como o Brasil. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2014, realizada pelo IBGE, 53% dos brasileiros se declararam pardos ou negros.

“Doméstica”

Negros eram tratados como animais rebeldes e que precisavam de “corretivos”, para serem “domesticados”.

“Estampa étnica”

Estampa parece ser, no mundo da moda, apenas aquela criada pelo olhar eurocêntrico. Quando o desenho vem da África ou de outra parte do mundo considerada “exótica” segundo essa visão, torna-se “étnica”.

“A dar com pau”

Expressão originada nos navios negreiros. Muitos dos capturados preferiam morrer a serem escravizados e faziam greve de fome na travessia entre o continente africano e o Brasil. Para obrigá-los a se alimentar, um “pau de comer” foi criado para jogar angu, sopa e outras comidas pela boca.

“Meia tigela”

Os negros que trabalhavam à força nas minas de ouro nem sempre conseguiam alcançar suas “metas”. Quando isso acontecia, recebiam como punição apenas metade da tigela de comida e ganhavam o apelido de “meia tigela”, que hoje significa algo sem valor e medíocre.

“Mulata”

Na língua espanhola, referia-se ao filhote macho do cruzamento de cavalo com jumenta ou de jumento com égua. A enorme carga pejorativa é ainda maior quando se diz “mulata tipo exportação”, reiterando a visão do corpo da mulher negra como mercadoria. A palavra remete à ideia de sedução, sensualidade.

“Cor do pecado”

Utilizada como elogio, se associa ao imaginário da mulher negra sensualizada. A ideia de pecado também é ainda mais negativa em uma sociedade pautada na religião, como a brasileira.

“Samba do crioulo doido”

Título do samba que satirizava o ensino de História do Brasil nas escolas do país nos tempos da ditadura, composto por Sérgio Porto (ele assinava com o pseudônimo de Stanislaw Ponte Preta). No entanto, a expressão debochada, que significa confusão ou trapalhada, reafirma um estereótipo e a discriminação aos negros.

“Ter um pé na cozinha”

Forma racista de falar de uma pessoa com origem negra. Infeliz recordação do período da escravidão em que o único lugar permitido às mulheres negras era a cozinha da casa grande. Uma realidade ainda longe de mudar no Brasil.

“Moreno(a)”

Racistas acreditam que chamar alguém de negro é ofensivo. Falar de outra forma, como “morena” ou “mulata”, embranquecendo a pessoa, “amenizaria” o “incômodo”.

“Negro(a) de traços finos”

A mesma lógica do clareamento se aplica à “beleza exótica”, tratando o que está fora da estética branca e europeia como incomum.

“Cabelo ruim”

Fios “rebeldes”, “cabelo duro”, “carapinha”, “mafuá”, “piaçava” e outros tantos derivados depreciam o cabelo afro. Por vários séculos, causaram a negação do próprio corpo e a baixa autoestima entre as mulheres negras sem o “desejado” cabelo liso. Nem é preciso dizer o quanto as indústrias de cosméticos, muitas originárias de países europeus, se beneficiaram do padrão de beleza que excluía os negros.

“Não sou tuas negas”

A mulher negra como “qualquer uma” ou “de todo mundo” indica a forma como a sociedade a percebe: alguém com quem se pode fazer tudo. Escravas negras eram literalmente propriedade dos homens brancos e utilizadas para satisfazer desejos sexuais, em um tempo no qual assédios e estupros eram ainda mais recorrentes. Portanto, além de profundamente racista, o termo é carregado de machismo.

“Denegrir”

Sinônimo de difamar, possui na raiz o significado de “tornar negro”, como algo maldoso e ofensivo, “manchando” uma reputação antes “limpa”.

“A coisa tá preta”

A fala racista se reflete na associação entre “preto” e uma situação desconfortável, desagradável, difícil, perigosa.

“Serviço de preto”

Mais uma vez a palavra preto aparece como algo ruim. Desta vez, representa uma tarefa malfeita, realizada de forma errada, em uma associação racista ao trabalho que seria realizado pelo negro.

Existem ainda aquelas expressões que são utilizadas com tanta naturalidade que muita gente sequer percebe a conotação negativa que tem para o negro. Por exemplo:

“Mercado negro”, “magia negra”, “lista negra” e “ovelha negra”

Entre outras inúmeras expressões em que a palavra ‘negro’ representa algo pejorativo, prejudicial, ilegal.

“Inveja branca”

A ideia do branco como algo positivo é impregnada na expressão que reforça, ao mesmo tempo, a associação entre preto e comportamentos negativos.



http://midianinja.org/news/18-expressoes-racistas-que-voce-usa-sem-saber/




 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!