Autor Tópico: Dilma sanciona mudanças no Código Penal  (Lida 3406 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.776
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #25 Online: 13 de Junho de 2011, 11:06:56 »
Me diz uma coisa, Diego: se um suspeito faz um assalto à mão armada a um estabelecimento, e é pego pela polícia enquanto ainda saia do local, com a arma e o dinheiro do assalto, ele ainda responde em liberdade? Qual é o procedimento no caso desse flagrante?

Como eu disse, a regra é responder em liberdade. Na melhor das hipóteses, ele pode ficar preso pelo prazo do Inquérito Policial para o réu preso (10 dias, acho) que coincide com o prazo da prisão temporária. Depois disso, rua.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.359
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #26 Online: 13 de Junho de 2011, 11:18:45 »
Sem palavras para expressar o que estou sentindo em relação a essa palhaçada. Poxa, eu sabia que já era um "oba-oba" antes dessa mudança, mas eu estava esperando justamente o contrário, que quando fizessem uma reforma no CP, seria para acabar com a impunidade, seriam leis mais rígidas e punições coerentes. Como alguém em sã consciência pode pensar em sequer propor uma coisa dessas?

Eu imagino que se eu estou me sentindo assim, imagina vocês, que põem o de vocês na reta todos os dias, saber que, depois de tudo, o risco vai ter sido em vão, já que o criminoso vai voltar para as ruas em menos de um dia, para ter mais uma chance de cometor outro crime e, quem sabe dessa vez, tirar a vida de algum inocente ou mesmo um policial.

Eu fico imaginando que, com esse sentimento de impunidade, os crimes irão aumentar exponencialmente. Vai chegar uma hora que a população não irá mais tolerar, e começarão a crescer os casos em que cidadãos de bem se armarão e começarão a reagir com frequência.

Bom, pelo menos, não precisaremos mais em nos preocupar em irmos presos por matar um vagabundo. Olha o lado bom da mudança...
Povo que não tem virtude, acaba por ser escravo.

Offline rizk

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 186
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #27 Online: 19 de Junho de 2011, 17:42:33 »
E eu esqueci de dar o nome do santo.

Citar
A NOVA SISTEMÁTICA DAS MEDIDAS CAUTELARES NO CPP (LEI N. 12.403/11)

Data: 27.06 a 29.06.2011
Horário: 19h às 22h
Local: Auditório da Defensoria Pública do Estado de São Paulo
Endereço: Rua Boa Vista, nº 200, Pça. da Sé, São Paulo-SP
Parceria: IBCCRIM e Defensoria Pública do Estado de São Paulo
Apoio: Defensoria do Estado de São Paulo
Objetivo do curso: A Lei n. 12.403/11 trouxe importantes inovações ao Código de Processo Penal, todas relativas a questões envolvendo as medidas cautelares pessoais, assim, com o objetivo de aprofundar e fomentar o debate, o IBCCRIM decidiu realizar um curso sobre “A Nova Sistemática das Medidas Cautelares no CPP”, com a participação de renomados especialistas na matéria.

Informações gerais:
· Horário das aulas: segunda-feira, terça-feira e quarta-feira, das 19h00 às 22h00
· Vagas disponíveis: 90
· Carga horária: 9 (nove) horas
· Para a obtenção do certificado, é necessária a frequência de 50% (Cinquenta por cento) das palestras.
· Informações: www.ibccrim.org.br, e-mail: curso@ibccrim.org.br, ou telefone: (11) 3111-1040, ramal 3.

Valores:
· Profissional associado ao IBCCRIM – R$ 150,00
· Profissional não associado ao IBCCRIM – R$ 180,00
· Estudante de graduação associado ao IBCCRIM – R$ 75,00
· Estudante de graduação não associado ao IBCCRIM – R$ 90,00

Citar
27.06 - segunda-feira
19h às 22h
Medidas Cautelares: o binômio adequação e necessidade
Palestrante: Gustavo Henrique Righi Ivahi Badaró
O Princípio da Proporcionalidade e as Medidas Cautelares
Palestrante: Maurício Zanoide de Moraes
Presidente de Mesa: Rogério Taffarello

28.06 - terça-feira
19h às 22h
Será o Retorno da Fiança?
Palestrante: Paulo Sérgio de Oliveira
As Demais Medidas Alternativas à Prisão
Palestrante: Fábio Delmanto
Presidente de Mesa: Paula Lima Hyppolito Oliveira

29.06 - quarta-feira
9h às 12h
Novos Requisitos da Prisão Preventiva
Palestrante: Alberto Zacharias Toron
A Nova Sistemática da Prisão em Flagrante
Palestrante: Guilherme Madeira Dezem
Presidente de Mesa: Fernanda Regina Vilares

Offline summergirl

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 7
  • Sexo: Feminino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #28 Online: 03 de Julho de 2011, 17:50:49 »
Eu acho que a população deveria se armar.

Eu já me sentia insegura para sair de casa. Agora com essa alteração no código penal, estou muito preocupada.
Mais do que nunca os bandidos se sentirão livres para fazer o que quiserem sem serem punidos.

Aposto que se a excelentíssima presidente fosse sequestrada, ela iria querer ter esse bandido direto atrás das grades, não aguardando em liberdade o julgamento.

Mas como mencionaram... os bandidos aprovaram a lei para outros bandidos.






Offline Derfel

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.275
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #29 Online: 03 de Julho de 2011, 18:12:16 »
Primeiramente, bem-vinda summergirl! Passe no tópico de apresentações quando puder! :ok: http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=198.5900

Não é uma população armada que trás mais segurança, muito pelo contrário. Em uma população fortemente armada, o risco de que pequenas discussões (como as de trânsito) evoluam um incidente com arma de fogo aumenta muito. Além do quê, uma arma pode trazer uma falsa sensação de segurança, o que pode aumentar o risco de uma fatalidade em caso de uma ocorrência como um assalto. Possuir uma arma não é o mesmo que saber usá-la e saber usá-la não significa estar preparado para usá-la. Um assaltante sempre conta com o efeito surpresa e, se for necessário, ele não hesitará em disparar a arma, coisa que você (ainda que consiga sacar a arma) pode fazer.

Mais segurança significa uma política de segurança pública que realmente funcione e esteja implementada e isso envolve mais do que apenas mais policiais nas ruas, perpassa todo o poder público e civil.

Offline parcus

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.075
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #30 Online: 03 de Julho de 2011, 18:26:26 »
Não é uma população armada que trás mais segurança, muito pelo contrário.
Há evidências do contrário, como no caso da Suiça. Sei que as diferenças são muitas para comparar, mas quem sabe esse não é um fator que ajude lá?

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.679
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #31 Online: 03 de Julho de 2011, 18:27:51 »
Eu acho que a população deveria se armar.
[...]

Seja bem vinda summergirl.

Infelizmente não há uma relação direta entre a posse de uma arma e o aumento da segurança de seu portador em condições urbanas, pelo simples fato de que a vítima não fica sempre em alerta para um ataque.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.679
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #32 Online: 03 de Julho de 2011, 18:30:52 »
Não é uma população armada que trás mais segurança, muito pelo contrário.
Há evidências do contrário, como no caso da Suiça. Sei que as diferenças são muitas para comparar, mas quem sabe esse não é um fator que ajude lá?

Como voce escreveu há importantes distinções. Na Suíça não há gangues de traficantes entrincheirados em zonas de difícil acesso e não há uma desigualdade social gritante, onde um pivete seja estimulado a cometer um crime para ficar com um par de tênis de uma marca famosa.
Foto USGS

Offline Derfel

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.275
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #33 Online: 03 de Julho de 2011, 18:35:41 »
Não é uma população armada que trás mais segurança, muito pelo contrário.
Há evidências do contrário, como no caso da Suiça. Sei que as diferenças são muitas para comparar, mas quem sabe esse não é um fator que ajude lá?

A Suíça não é uma população armada, mas uma população com armas, o que é diferente. E o motivo para possuírem armas também é diferente: cada cidadão é um conscrito pronto para a convocação se for chamado. E é o desenvolvimento social e econômico o responsável pela baixa violência e não o fato de possuírem armas (que ficam dentro de casa e são muito controladas, por sinal). A Suíça, em outras palavras, é um caso a parte que tem origem na sua história e na sua opção pela neutralidade na Europa.

Offline summergirl

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 7
  • Sexo: Feminino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #34 Online: 03 de Julho de 2011, 23:44:22 »
Bem, é claro que nos armarmos não é a solução, e sim limpar os políticos do palácio do planalto, ou ainda pessoas que façam leis que nos ajudem, não nos prejudique.

Até porque os brasileiros são considerados, assim como todos latinos, pessoas de sangue quente, que se deixam muito levar pelo calor do momento, e pessoas assim, não deveriam ter armas.




Offline Barata Tenno

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.040
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #35 Online: 04 de Julho de 2011, 02:34:01 »
Existem numeros que comprovam as afirmações apresentadas aqui de que armas são insignificantes na defesa do cidadão comum?
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline rizk

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 186
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #36 Online: 04 de Julho de 2011, 13:05:41 »
Pera aê...

Vocês querem armas para se defender de batedores de carteira? De passadores de cheque sem fundo?

Que aconteceu aqui que eu não vi?

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.776
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #37 Online: 04 de Julho de 2011, 13:16:37 »
Existem numeros que comprovam as afirmações apresentadas aqui de que armas são insignificantes na defesa do cidadão comum?
Na verdade, postaram dados mostrando justamente o contrário, se não me engano. Que reagir era mais vantajoso...
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline rizk

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 186
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #38 Online: 04 de Julho de 2011, 13:43:21 »
Existem numeros que comprovam as afirmações apresentadas aqui de que armas são insignificantes na defesa do cidadão comum?
Na verdade, postaram dados mostrando justamente o contrário, se não me engano. Que reagir era mais vantajoso...
E aí tem também os números de todos os PARVOS que acabam se matando, se machucando, ou deixando que isso aconteça com as crianças da sua família, porque têm arma em casa.
Reagir pode, em tese, ser mais vantajoso quando se lida com um criminoso que não esteja bêbado ou drogado. É meio difícil achá-los hoje em dia.

Voltando ao tópico.... saiu na Carta Capital.

Citar
A nova lei de prisão preventiva, que entra em vigor nesta segunda-feira 4, deve resultar na liberação, em todo o país, de milhares de presos que ainda não foram julgados. Deverão ser beneficiados presos não reincidentes que cometeram crimes leves, puníveis com menos de quatro anos de reclusão. Em tais casos, a prisão poderá ser substituída por medidas como pagamento de fiança e monitoramento eletrônico.

A população carcerária do país, hoje, está em torno de 496 mil pessoas, segundo dados do Ministério da Justiça. Em 37% dos casos – ou seja, para 183 mil presos – ainda não houve julgamento e não se pode garantir que sejam culpados.

“Quer dizer que esses presos provisórios vão ser soltos na segunda-feira? Não. O que a lei diz é que o advogado pode alegar a aplicação de medidas cautelares para o preso. A regra é: o processo você sempre aguarda em liberdade”, explica o secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira

De acordo com o supervisor do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Walter Nunes, a lei não vai gerar sensação de impunidade. “Não se pode dizer que a lei vai trazer impunidade, porque prisão preventiva não é para punir. É uma medida excepcional, aplicada antes de uma pessoa ser considerada culpada”.

De acordo com Nunes, hoje é mais benéfico ser condenado por um crime leve do que existir a suspeita de que ele foi cometido. “Desde a Constituição de 1988, uma pessoa condenada a menos de quatro anos dificilmente ficará presa. Serão aplicadas outras medidas restritivas de direitos e o regime aberto”, explica.

O procurador Eugênio Pacelli, que foi relator da comissão responsável pelo projeto de lei do novo Código de Processo Penal, no entanto, teme que a liberação dos acusados cause sensação de insegurança na sociedade. Entretanto, ele acredita que mais inseguro ainda é deixar essas pessoas presas, convivendo com criminosos experientes.

“Há uma ilusão na sociedade: as pessoas acham que a prisão garante o sossego e a segurança de todo mundo, mas, muitas vezes, a prisão é que produz o próximo problema. Você colocar uma pessoa que não tem histórico nenhum presa é algo muito complicado, pois a prisão é um ambiente de violência, e isso afeta as pessoas”, diz Pacelli. O procurador lembra que, com a nova lei, não haverá alteração no tratamento de crimes mais graves, como homicídio ou estupro.

Para o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), a lei veio corrigir uma generalização da prisão preventiva. Ele ressalta que hoje, em vez de se apurar primeiro para, depois, prender, já com culpa formada, passou-se para um “campo de justiçamento”, em que se prende de forma generalizada. “Daí a superlotação das penitenciárias e das cadeias públicas”, diz o ministro.

Ele também acredita que a nova lei ajudará a evitar que inocentes fiquem presos indevidamente. “Liberdade não é algo que é passível de devolução. Se houve uma prisão indevida, vamos responsabilizar o Estado?”, pergunta o ministro.
http://www.cartacapital.com.br/sociedade/nova-lei-deve-soltar-milhares-de-presos-que-ainda-nao-foram-julgados

Achei essa reportagem bacana porque não causa aquele PÂNICO que se vê nas dos grandes jornais.  :|

Fiz o curso e estou passando minhas anotações a limpo. Volto com elas depois.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.776
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #39 Online: 04 de Julho de 2011, 13:50:32 »
Existem numeros que comprovam as afirmações apresentadas aqui de que armas são insignificantes na defesa do cidadão comum?
Na verdade, postaram dados mostrando justamente o contrário, se não me engano. Que reagir era mais vantajoso...
E aí tem também os números de todos os PARVOS que acabam se matando, se machucando, ou deixando que isso aconteça com as crianças da sua família, porque têm arma em casa.
Reagir pode, em tese, ser mais vantajoso quando se lida com um criminoso que não esteja bêbado ou drogado. É meio difícil achá-los hoje em dia.

Até onde me lembro, tem todos os números.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Derfel

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.275
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #40 Online: 04 de Julho de 2011, 16:14:46 »
Citar
A vítima de sua arma pode ser você

As estatísticas mostram que portar ou ter uma arma
em casa multiplica o risco de morte em caso de assalto



 Veja também
   Eles não escapariam
A reação mais comum das pessoas diante da criminalidade é um sentimento de revolta e medo. O que difere é a forma como cada um lida com o problema. Alguns acreditam que não há como escapar quando a violência bate à sua porta. A saída é entregar todos os seus pertences e torcer para que não haja nenhum tipo de violência física. Outros imaginam que é possível reagir, enfrentar o bandido e vencê-lo. São essas pessoas que portam armas ou as têm guardadas em casa para se proteger. Quem é a favor do porte e do uso desses instrumentos sustenta que, se fossem proibidos, os bandidos reinariam absolutos contra o cidadão já indefeso pela ineficiência da polícia. Outra argumentação é que os delinqüentes sempre escolhem como vítimas os que são incapazes de resistir. A arma teria um efeito preventivo ao criar algum grau de dificuldade. Por mais razoável que pareçam, esses argumentos são apenas frações da verdade. As estatísticas policiais revelam que andar armado nem sempre é sinônimo de estar protegido. Ao contrário. Observe a seguir alguns números que mostram por que usar uma arma, mais do que perigoso, pode ser letal – especialmente quando se tenta reagir a um assalto.

 Segundo o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, pessoas que andam armadas têm, estatisticamente, probabilidade 56% maior de ser feridas ou mortas.

 Dois segundos é o tempo máximo que uma pessoa tem para reagir, armada, a um assalto. Depois disso, é quase certo que saia ferida ou mesmo morta. A não ser policiais altamente treinados ou mocinhos de filmes de caubói, é impossível encontrar alguém com tamanha destreza.

 O bandido tem a seu favor o efeito surpresa, além de uma experiência muito maior no manuseio de armas.

 O Brasil tem a segunda maior taxa mundial em acidentes com armas, com 1200 vítimas anuais.

 Em São Paulo, 12 000 armas são roubadas anualmente e reforçam o arsenal dos bandidos.

 No Rio, 30% dos homicídios decorrem de motivos fúteis: briga de trânsito, de namorados e outros nos quais a arma disponível transforma uma discussão tola em fatalidade.

Uma pesquisa recente do Instituto Vox Populi mostrou que comprar um revólver ou pistola já passou pela cabeça de 14% dos brasileiros e que pelo menos 7% têm algum tipo de arma em casa. O dado é subestimado. O número pode ser ainda maior. Considerada a população economicamente ativa como metade da população total, vê-se quanto as opiniões ainda são divididas sobre o assunto.








fonte: http://veja.abril.com.br/especiais/seguranca/p_040.html

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.776
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Derfel

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.275
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #42 Online: 04 de Julho de 2011, 18:59:17 »
Ah cara, depende muuuuito...

Eu, quando estou armado, deixo a arma em condição... se tiver a mínima condição, reajo... mesmo desarmado já reagi, mas sempre olhando bem a situação,

Fazer uma leitura do ambiente é o mínimo se você pretende reagir. Verificar se existe mais alguém com o criminoso, mesmo que não esteja claro, o cara raramente assalta sozinho... tem sempre um na cobertura e esses sim são os perigosos.

Já fui assaltado muitas vezes, reagi em algumas, não reagi em outras... cada caso é um caso...

E como o Adriano falou, é importante olhar a situação do sujeito... um cara com crack até o rabo é bem imprevisível... mas mesmo assim... não recomendo que uma pessoa que não tenha certeza de que está a altura do agressor reaja...

Diego, você é profissional e treinado para enfrentar situações de confronto, muito diferente de alguém sem nenhum preparo.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.776
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #43 Online: 04 de Julho de 2011, 19:42:01 »
Ah cara, depende muuuuito...

Eu, quando estou armado, deixo a arma em condição... se tiver a mínima condição, reajo... mesmo desarmado já reagi, mas sempre olhando bem a situação,

Fazer uma leitura do ambiente é o mínimo se você pretende reagir. Verificar se existe mais alguém com o criminoso, mesmo que não esteja claro, o cara raramente assalta sozinho... tem sempre um na cobertura e esses sim são os perigosos.

Já fui assaltado muitas vezes, reagi em algumas, não reagi em outras... cada caso é um caso...

E como o Adriano falou, é importante olhar a situação do sujeito... um cara com crack até o rabo é bem imprevisível... mas mesmo assim... não recomendo que uma pessoa que não tenha certeza de que está a altura do agressor reaja...

Diego, você é profissional e treinado para enfrentar situações de confronto, muito diferente de alguém sem nenhum preparo.
Como eu disse, cada caso é um caso. Se você reaje ou não, só você sabe o porquê de agir assim. Quem vai viver (ou não) com a própria consciência é quem foi assaltado.

Mas se você tem sua família no banco de trás, não aproveita qualquer chance e algo pior acontece, não é algo com o qual alguém gostaria de viver pensando.

Eu tenho poucas opções. Eu tenho que reagir porque a partir do momento em que minha carteira estiver na mão deles e eles me identificarem, pra mim já era. Nos últimos 5 anos, fui a 3 enterros de amigos que se formaram na polícia junto comigo e morreram porque não reagiram. Foram identificados e mortos a sangue frio, um na frente da esposa e filha.

Mas como eu disse no post que você citou, cada caso é um caso e cada um é cada um.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline LoucoIdealista

  • Nível 06
  • *
  • Mensagens: 69
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #44 Online: 04 de Julho de 2011, 22:13:40 »
Citar
Voltando ao tópico.... saiu na Carta Capital.
Parei aqui!  :histeria:

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.776
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #45 Online: 05 de Julho de 2011, 23:15:13 »
Primeiras (e desagradáveis) experiências com a nova lei hoje. O cara socou uma menina de 19 anos que tomava conta da loja do pai, rastreado e preso, 3 horas na delegacia com a vítima, o pai dela e o cara sai andando feliz e serelepe. O pai da menina olhou pra mim com uma cara de perplexo. Só pude dar de ombros e ir embora.

Pouco depois, prisão de um elemento que havia acabado de furtar R$600 em picanha, Red Label e 18 vidros de esmalte (??). Pego, conduzido com o produto e com a vítima e uma testemunha. Mais duas horas (e lá se foi meu almoço). Não foi feito o flagrante e a vítima e a testemunha foram ouvidas DEPOIS que o pila já tinha sido liberado.

Desejo a todos vocês muita, mas muuuuuuita boa sorte... :)
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.679
  • Sexo: Masculino
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #46 Online: 05 de Julho de 2011, 23:16:50 »
Primeiras (e desagradáveis) experiências com a nova lei hoje. O cara socou uma menina de 19 anos que tomava conta da loja do pai, rastreado e preso, 3 horas na delegacia com a vítima, o pai dela e o cara sai andando feliz e serelepe. O pai da menina olhou pra mim com uma cara de perplexo. Só pude dar de ombros e ir embora.

Pouco depois, prisão de um elemento que havia acabado de furtar R$600 em picanha, Red Label e 18 vidros de esmalte (??). Pego, conduzido com o produto e com a vítima e uma testemunha. Mais duas horas (e lá se foi meu almoço). Não foi feito o flagrante e a vítima e a testemunha foram ouvidas DEPOIS que o pila já tinha sido liberado.

Desejo a todos vocês muita, mas muuuuuuita boa sorte... :)

Ainda há como comprar uma Colt ou uma Glock de maneira legal e portá-la?
Foto USGS

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.359
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #47 Online: 05 de Julho de 2011, 23:22:47 »
Porte é praticamente impossível tu conseguir legalmente. É uma burocracia gigantesca, e tu ainda precisas provar necessidade. E não, eles não aceitam que tu digas: -Mas eu vivo no Brasil! Quer necessidade maior para portar uma bazuca? :lol:
Povo que não tem virtude, acaba por ser escravo.

Offline Barata Tenno

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.040
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #48 Online: 05 de Julho de 2011, 23:23:35 »
Porte é praticamente impossível tu conseguir legalmente. É uma burocracia gigantesca, e tu ainda precisas provar necessidade. E não, eles não aceitam que tu digas: -Mas eu vivo no Brasil! Quer necessidade maior para portar uma bazuca? :lol:
E é caro pra caralho.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.776
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re: Dilma sanciona mudanças no Código Penal
« Resposta #49 Online: 05 de Julho de 2011, 23:25:12 »
Primeiras (e desagradáveis) experiências com a nova lei hoje. O cara socou uma menina de 19 anos que tomava conta da loja do pai, rastreado e preso, 3 horas na delegacia com a vítima, o pai dela e o cara sai andando feliz e serelepe. O pai da menina olhou pra mim com uma cara de perplexo. Só pude dar de ombros e ir embora.

Pouco depois, prisão de um elemento que havia acabado de furtar R$600 em picanha, Red Label e 18 vidros de esmalte (??). Pego, conduzido com o produto e com a vítima e uma testemunha. Mais duas horas (e lá se foi meu almoço). Não foi feito o flagrante e a vítima e a testemunha foram ouvidas DEPOIS que o pila já tinha sido liberado.

Desejo a todos vocês muita, mas muuuuuuita boa sorte... :)

Ainda há como comprar uma Colt ou uma Glock de maneira legal e portá-la?
Yup. Você pode portar uma .380.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!