Autor Tópico: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo  (Lida 7423 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Titoff

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 965
  • Sexo: Masculino
Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Online: 23 de Julho de 2011, 10:10:19 »
Quem quiser se divertir um pouco, tem o blog do título (http://teismo.net/quebrandoneoateismo).

Aproximei-me dele com certo interesse, achando que poderia ser instigador. Engano meu. O sujeito se coloca como alguém que quer ouvir todos os argumentos, bla bla bla, mas barra quem faz um comentário um pouco mais elaborado que vá contra suas ideias.

Minha bronca veio pois num post sobre a campanha da ATEA, um carinha menciona massacres de Stalin, Pol Pot e cia. Respondi na boa e tempos depois vi que foi apagado. Respondi de novo, apagado de novo. Acusei o dono do blog, ele respondeu ofendidinho e disse que nada disso ocorreu.

Lesgal né?  Mas ainda dá para tentar se divertir denunciando os espantalhos e outras bobagens do pedante.

Offline ByteCode

  • Contas Excluídas
  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.369
  • Conta removida por solicitação do usuário
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #1 Online: 23 de Julho de 2011, 10:16:46 »
Já conheço o referido blog. Foi de lá que trouxe um texto sobre a teoria da conspiração afirmando que estamos passando por um momento de subversão dos valores morais e éticos, com o objetivo da instalação do comunismo no mundo. Conhecido como gramscismo. É pra rir bastante mesmo! Teoria muito apoiada pelo "filósofo" Olavo de Carvalho.

Offline ByteCode

  • Contas Excluídas
  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.369
  • Conta removida por solicitação do usuário
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #2 Online: 23 de Julho de 2011, 10:29:36 »
Eis uma pérola vinda de lá:

Citar
Argumentos que teístas não devem usar

O foco da análise desse blog são os argumentos oferecidos por neo-ateus contra o teísmo tradicional. No entanto, um debate sempre é feito de dois lados – e mais do que conhecer somente o adversário intelectual, também é necessário que se faça uma reflexão sobre o próprio comportamento e argumentação. Esse tipo de análise pode ser um tanto incômodo, mas é indispensável porque também precisamos melhorar nosso padrão de qualidade continuamente.

Por isso, hoje gostaria de falar sobre alguns argumentos que, ao meu ver, os teístas deveriam evitar em debates. De uma forma interessante, cada um desses argumentos, embora defeituosos na versão original, parece ter uma outra aplicação útil em determinados contextos. Explicarei nos tópicos a seguir.

Enfim, seriam eles:

1. Citação de passagens da Bíblia

Já notei que, em muitas comunidades, enquanto neo-ateus fazem ataques violentos a base do teísmo, os teístas de lá se limitavam a citar passagens da Bíblia em profusão, sem oferecer refutações substanciais. Mas se estivermos falando de discussão de base filosófica, a Bíblia (que é um documento teológico) não é de grande ajuda. Afinal, a aceitação da Bíblia é feita em uma etapa POSTERIOR ao embate filosófico. Assim, se você estiver discutindo filosofia com alguém, a Bíblia não terá autoridade o suficiente para convencer, de forma legítima, o público de que você está certo. Dessa forma, o debate estará perdido.

Em algum contexto isso é legítimo? Como o erro estava no plano de discussão (filosófico e teológico), basta ajustá-lo que o argumento acompanha o conserto. Quando a discussão for sobre a coerência interna do cristianismo bíblico, por exemplo, é totalmente legítimo citar passagens da Bíblia para argumentação. Portanto, cuide desse detalhe.

2. Todo ateus são pessoas imorais

Uma acusação que por vezes ocorre é que ateus tem um comportamento imoral. Em primeiro lugar, isso é extremamente difícil de saber, a menos que você verifique todos (ou boa parte dos) ateus do mundo e faça uma avaliação do comportamento de cada um deles. E como a acusação é sua, o ônus da prova também é seu…

Ainda existe um outro problema. Um teísta tradicional está comprometido com a idéia de que os seres humanos são feitos a imagem e semelhança de Deus e de que uma lei moral foi “gravada” na mente de cada homem para orientá-lo em suas ações. Ateus e teístas são bastante parecidos em sua constituição, pois. E o mero fato de deixar de acreditar em Deus não seria o suficiente para apagar essa constituição mais profunda, de uma forma completa, de pessoa alguma. Então, prima facie, existe um motivo para julgar que o comportamento do ateu comum no dia-a-dia não seria lá TÃO diferente assim do teísta comum. Com exceção de uma outra discussão teológica na qual não quero entrar (a negação de Deus é um ato imoral?), não parece existir um argumento muito bom aqui.

Em algum contexto isso é legítimo? Na verdade, apenas uma versão retrabalhada permite algum insight em tópicos de valor. Por exemplo: se a moral não é apenas uma ilusão humana e realmente existe, qual é o seu fundamento ontológico? O teísta tem uma boa base para afirmar a realidade dos valores morais. Mas e o neo-ateu? E mais do que isso: um materialista (e a maioria dos neo-ateus é materialista, pois são cientificistas) pode acreditar em livre-arbítrio? Se ele não acreditar, pode falar de responsabilidade moral? Um ato automático é tão moral quanto ter uma dor de dente. Você não escolhe tê-lo, só sofre os efeitos das leis mais gerais da química e da física que regem a matéria. Esses são problemas grandes para o neo-ateu fundamentar uma teoria moral coerente (recomendo a leitura de outros posts meus sobre o assunto para maiores discussões desse tópico).

3. Ameaças: “Você irá para o Inferno!

Alguns teístas, acuados, apelam para a ameaça do Inferno para vencer o neo-ateu na discussão. Esse é um argumento duplamente ruim. Antes de tudo, está baseado em uma falácia ad baculum (“se S não aceitar X, sofrerá Z. Logo, X deve ser verdade”) e pode ser refutado facilmente por alguém que já tenha lido algum manual de falácias. E, depois, realmente não é necessário. Responder assim empobrece o discurso. Procure as premissas do neo-ateu e (1) negue que elas sejam corretas ou (2) negue que a conclusão que ele deseja sigam delas. Esse é o método correto de refutação. Basta usá-lo para se portar bem em um debate.

Em algum contexto isso é legítimo? Talvez para alertar algum teísta que já acredite nisso que ele deve evitar algum comportamento imoral. Mas não sei se muito mais do que isso.

4. Todos acreditam em Deus!

Outro argumento que pode acontecer é o apelo para “Mas todos acreditam em Deus!”. E essa seria mais uma falácia: dessa vez, o ad populum. O consenso não torna algo verdade. Afinal, essa pessoa acredita que Deus deixaria de existir se a maioria da humanidade o negasse? Creio que não. Então temos mais um argumento para evitar.

Em algum contexto isso é legítimo? Pode-se trabalhar com a noção de que o homem nasce com uma noção natural da divindade e que o ser humano é um ser inclinado por natureza para a religião. Isso pode ajudar tanto na epistemologia quanto em truques como “Todos nascem ateus”.

Conclusão

Essas são algumas críticas que podemos fazer a alguns argumentos oferecidos por certos teístas. A auto-avaliação é, no mínimo, metade do processo de construção de uma defesa forte e sólida. Assim, não devemos ter medo ou receio de realizar a crítica interna. É para o nosso próprio bem.


Offline HFC

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.619
  • Sexo: Masculino
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #3 Online: 23 de Julho de 2011, 11:20:16 »
O mais engraçado, é que para esse pessoal, teísmo é igual cristianismo. :twisted:
Mars ain't the kind of place
To raise your kids
In fact, it's cold as hell

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.900
  • Sexo: Masculino
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #4 Online: 23 de Julho de 2011, 16:41:08 »
O mais engraçado, é que para esse pessoal, teísmo é igual cristianismo. :twisted:

Faz parte da sordidez.
Foto USGS

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.622
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #5 Online: 24 de Julho de 2011, 10:10:31 »
Sinal de que os ateus estao sendo notados, mas presentes na cultura pop,  com o tempo ou seremos tolerados ou enviados para campos de concentraçao  :lol:

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #6 Online: 24 de Julho de 2011, 22:09:14 »
Tem muita bobagem aí, mas se os teístas seguissem essas sugestões as conversas com eles já iriam melhorar drasticamente.

Edit: esqueci de dizer: estou comentando sobre a segunda postagem do ByteCode (não vou citar porque é muito grande).
« Última modificação: 24 de Julho de 2011, 22:13:59 por Domiciano »

Offline Guilherme1400

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 3
  • Sexo: Masculino
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #7 Online: 26 de Julho de 2011, 02:33:00 »
O blog não é ruim, mas o autor é muito drástico em suas colocações. Às vezes parece que está lutando em uma guerra contra ateus, onde os cristãos precisam sair vitoriosos a qualquer custo.
"Die Religion... Sie ist das Opium des Volkes."

Offline Tefah

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 17
  • Sexo: Feminino
Re: Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #8 Online: 02 de Agosto de 2011, 22:43:29 »
Dei uma olhada no blog, mas não vou infernizar a vida do cidadão. Certa vez comecei uma discussão com um católico que acreditava que Harry Potter era coisa do demônio e o fanatismo dele quase me custou a sanidade.  :olheira:

Para os peixinhos do aquário, quem troca a água é deus.

Offline Kubrick

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 104
  • Sexo: Masculino
  • "O hábito é o grande guia da vida humana"
O que você acha do site Quebrando o encanto neo-ateísta?
« Resposta #9 Online: 18 de Novembro de 2011, 21:22:45 »
Aqui  esta o link:teismo.net/quebrandoneoateismo/

 Bom,quando tiver saco de visitar ou já o conhece, comente aqui o que achou desse site.Sugiro entrar na categoria "quebrando o truque neo-teistas na parte de cima do site, onde se encontra todos os posts do blog em ordem alfabética.
 Depois comento aqui também.
« Última modificação: 18 de Novembro de 2011, 21:46:17 por LUNPS »
"Abra a porta HAL".Deixe o medo e o mistério da aventura invadir você.

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re:O que você acha do site Quebrando o encanto neo-ateísta?
« Resposta #10 Online: 18 de Novembro de 2011, 21:31:33 »
Eu dei uma rápida olhada e até que o blog é bacana. Mais esperto que a maior parte do debate teísta que se vê por aí. Para quem gosta de debater, acho uma boa leitura para se preparar melhor, mas eu passei dessa fase.

Offline Kubrick

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 104
  • Sexo: Masculino
  • "O hábito é o grande guia da vida humana"
Re:O que você acha do site Quebrando o encanto neo-ateísta?
« Resposta #11 Online: 18 de Novembro de 2011, 21:45:28 »
Bom, como eu sou um ateu novo, vários argumentos desse blog me impressionam.Como por exemplo, desmentindo sobre a idea do bule de chá voador de Russeull que se encontra aqui:http://teismo.net/quebrandoneoateismo/2011/01/19/tcnica-bule-de-russell/,entre muitos outros artigos.Todos eles estão me convencendo de certa maneira.

Pode ser  até um truque barato, mas geralmente esses textos mais complexos e bem estruturados conseguem me convencer. :(
"Abra a porta HAL".Deixe o medo e o mistério da aventura invadir você.

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re:O que você acha do site Quebrando o encanto neo-ateísta?
« Resposta #12 Online: 18 de Novembro de 2011, 22:05:33 »
Por que o smiley triste? Não é um jogo de ganhar ou perder, é uma questão de aprender e se os argumentos contrários te convencerem, você sairá mais enriquecido. Toda pessoa deve sempre estar preparada para admitir que estava errada se surgirem novos argumentos e novas evidências que ela não conhecia, não há vergonha nenhuma nisso, muito pelo contrário. Vergonha é ter uma cabeça permanentemente fechada e se fechar para opiniões opostas.

Agora, sobre esse artigo em particular do bule, veja que o Snowball não refuta exatamente o argumento de Russell, que se dá no contexto da questão do ônus da prova, Russell já inicia deixando isso claro "Muitos indivíduos ortodoxos dão a entender que é papel dos céticos refutar os dogmas apresentados – em vez dos dogmáticos terem de prová-los." O que o artigo questiona, muito bem por sinal, é um uso impróprio desse argumento em outro contexto, procurando ridicularizar a crença em Deus como análoga à existência do tal bule (não à tôa o autor cita também outras criaturas análogas, como o Monstro Espaguete e o Unicórnio Invisível). Aparentemente o próprio Snowball confundiu as coisas e atribuiu a Russell algo que ele não disse, mas que muitos ateus mesmos acreditam igualmente que ele disse.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.900
  • Sexo: Masculino
Re:O que você acha do site Quebrando o encanto neo-ateísta?
« Resposta #13 Online: 18 de Novembro de 2011, 22:13:53 »
Bom, como eu sou um ateu novo, vários argumentos desse blog me impressionam.Como por exemplo, desmentindo sobre a idea do bule de chá voador de Russeull que se encontra aqui: http://teismo.net/quebrandoneoateismo/2011/01/19/tcnica-bule-de-russell/ ,entre muitos outros artigos.Todos eles estão me convencendo de certa maneira.

Pode ser  até um truque barato, mas geralmente esses textos mais complexos e bem estruturados conseguem me convencer. :(

Tenha em mente que a lógica não é suficiente para dizer se algo existe ou se é verdadeiro. Ela serve apenas para aferir a coerência estrutural das proposições e das conclusões.

E os argumentos contidos naquele blog nada mais são do que lógica conjugada com metafísica. Então ele pode te convencer se voce aceitar as premissas da metafísica (p. explo: "deus é uma categoria, as coisas materiais são outra"). Do contrário...
Foto USGS

Offline Kubrick

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 104
  • Sexo: Masculino
  • "O hábito é o grande guia da vida humana"
Re:O que você acha do site Quebrando o encanto neo-ateísta?
« Resposta #14 Online: 18 de Novembro de 2011, 22:16:26 »
Por que o smiley triste? Não é um jogo de ganhar ou perder, é uma questão de aprender e se os argumentos contrários te convencerem, você sairá mais enriquecido. Toda pessoa deve sempre estar preparada para admitir que estava errada se surgirem novos argumentos e novas evidências que ela não conhecia, não há vergonha nenhuma nisso, muito pelo contrário. Vergonha é ter uma cabeça permanentemente fechada e se fechar para opiniões opostas.

Agora, sobre esse artigo em particular do bule, veja que o Snowball não refuta exatamente o argumento de Russell, que se dá no contexto da questão do ônus da prova, Russell já inicia deixando isso claro "Muitos indivíduos ortodoxos dão a entender que é papel dos céticos refutar os dogmas apresentados – em vez dos dogmáticos terem de prová-los." O que o artigo questiona, muito bem por sinal, é um uso impróprio desse argumento em outro contexto, procurando ridicularizar a crença em Deus como análoga à existência do tal bule (não à tôa o autor cita também outras criaturas análogas, como o Monstro Espaguete e o Unicórnio Invisível). Aparentemente o próprio Snowball confundiu as coisas e atribuiu a Russell algo que ele não disse, mas que muitos ateus mesmos acreditam igualmente que ele disse.

Sobre o smiley triste, acabei me precipitando em usa-lo.Pensei que eu era muito suscetível a qualquer  argumento na internet.Mas  depois que li seu texto, percebi que estava enganado.Não entendi direito o que Snowball quis dizer e você me esclareceu tudo.Valeu :lol:.

Bom agora vou dormir... :sleepy:
"Abra a porta HAL".Deixe o medo e o mistério da aventura invadir você.

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re:O que você acha do site Quebrando o encanto neo-ateísta?
« Resposta #15 Online: 18 de Novembro de 2011, 23:03:59 »
Já tem um tópico sobre este blog: http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=25243.0

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.900
  • Sexo: Masculino
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #16 Online: 18 de Novembro de 2011, 23:10:00 »
Tópicos unidos.
Foto USGS

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.192
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #17 Online: 19 de Novembro de 2011, 02:05:01 »
Esses blogs me impressionarão no dia que eu abrir eles e estiver escrito, simplesmente: Prova científica da existência de ________ (coloque qualquer religião/deus/mundos sobrenaturais/etc aqui), e apresentarem as evidências.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #18 Online: 19 de Novembro de 2011, 10:12:21 »
Na verdade o blog é melhor do que isso: ele mostra as falácias em alguns argumentos que ateus mais apressadinhos usam sem pensar, e nesse sentido ele é um recurso muito bom para nós. Estamos tão acostumados a debater teístas sem o mínimo preparo que nos acomodamos, nos sentimos cheios de nós - até chegar o dia em que encontrarmos um macaco velho que vai varrer o chão com a gente - como o William Lane Craig fez com o Cristopher Hitchens. Então não subestimem o blog, tentem aprender com ele.

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #19 Online: 19 de Novembro de 2011, 10:48:50 »
(...) como o William Lane Craig fez com o Cristopher Hitchens.

Quando foi isso?

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #20 Online: 19 de Novembro de 2011, 10:53:15 »
Eu li no Bule Voador:

Citação de: Bule Voador
Já perguntamos para esses neo-ateus afoitos e ingênuos, se o “Ateísmo é só uma negação?” ou se “A ciência é ateia?”, para que seus pressupostos sejam revistos, para que não sejam intelectualmente humilhados da próxima vez que debaterem com teístas e religiosos treinados que não negligenciaram a virtude do racionalismo crítico e do estudo acadêmico. Tal situação ocorreu quando ateus famosos tentaram debater com oponentes intelectualmente superiores. O agnóstico Bart Ehrman foi humilhado em debate com William Lane Craig quando tentou argumentar contra a ocorrência de milagres bíblicos citando o argumento de David Hume. Craig respondeu com um slide de PowerPoint mostrando um cálculo usando Teorema de Bayes, explicando que Ehrman estava usando apenas probabilidades a priori, quando ele também precisaria considerar probabilidades condicionais. Ehrman não conseguiu responder porque nunca tinha visto o Teorema de Bayes na vida. Se ele tivesse levado a sério as virtudes de um estudo filosófico abrangente e multidisciplinar, teria descoberto a resposta para o uso incorreto que Craig fez do Teorema de Bayes, analisado pelo filósofo Jordan H.  Sobel, em seu trabalho “Lógica e Teísmo”. O mesmo aconteceu quando Christopher Hitchens debateu com William Lane Craig. Ele perguntou para Craig: “Quem criou o Criador?”. Ele continuou: “De onde ele vem? E esse outro e aquele outro?”. Hitchens tentou explicar que poderia haver um regresso infinito na idéia de um criador. Isso é verdade. Mas esse contra-argumento ateísta é fruto de um conhecimento raso, de uma ignorância sobre ciência e filosofia da ciênca. Por quê? Porque esse mesmo regresso infinito apontado por Hitchens pode ser um problema sério para todas as explicação científicas. Todas nossas explicações científicas de sucesso enfrentam o mesmo problema. O mesmo problema do regresso infinito e do “por quê?”, pois não importa qual seja a explicação que tenha sido dada para explicar algum fenômeno, você sempre pode perguntar: “Por quê?”. Craig explicou isso para o neo-ateu Hitchens e ele ficou constrangido nessa parte do debate, com a platéia reagindo em favor de Craig. Se ele não fosse ignorante em ciência e filosofia da ciência, ele poderia ter evitado tal humilhação e estudado algumas objeções substanciais contra o teísmo. Pode-se construir objeções ao teísmo na forma “Quem fez o Criador?” ou “Será que tal Criador é uma entidade consistente e provável?” que sejam mais ricas e sólidas, como esta aqui, em “Dawkins e a aposta do 747 máximo” (inglês) ou essas, em português, no artigo “Opiniões, mentes e peixes”, por Eli Vieira, ou no Ateísmo, Naturalismo e Sobrenaturalismo, por Rodrigo Véras.

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #21 Online: 19 de Novembro de 2011, 11:32:47 »
Legal, obrigado.

Se bem que não consigo entender como Hitchens pode ser enredado numa armadilha tão primária... talvez Craig seja um orador melhor do que a maioria e o sucesso de sua apologia dependa mais da retórica do que propriamente da coesão de argumentos.

Seja como for, eu concordo com você: é bom estar preparado para os crentes não-toscos ;-)

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.192
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #22 Online: 19 de Novembro de 2011, 11:40:40 »
Sério? Me desculpem, mas não existe uma chance qualquer de eu me abalar em um debate com qualquer crente do planeta. Isso que o Uilinili postou aí é simples masturbação mental, não me prova absolutamente nada. Eu acho que as pessoas complicam o que devia ser extremamente simples: "Você possuí provas do que está afirmando?" "Não?" "Então passe aqui quando tiver. Obrigado."
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Dbohr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.179
  • Sexo: Masculino
  • 無門關 - Mumonkan
    • Meu blog: O Telhado de Vidro - Opinião não-solicitada distribuída livremente!
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #23 Online: 19 de Novembro de 2011, 11:44:35 »
Bem, sim, mas essa é a solução trivial :)

Tem gente que precisa de um debate mais elaborado, até para não parecer que o ateu está fugindo da raia. Seja como for, eu acho que isso de debater com apologistas crentes é furada -- ao fazer isso nós emprestamos certa legitimidade aos argumentos furados dos caras, além de correr o risco de cair numa armadilha retórica dessas.

Offline Dr. Manhattan

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.342
  • Sexo: Masculino
  • Malign Hypercognitive since 1973
Re:Blog Crente: Quebrando o Neoateísmo
« Resposta #24 Online: 19 de Novembro de 2011, 11:51:59 »
Sério? Me desculpem, mas não existe uma chance qualquer de eu me abalar em um debate com qualquer crente do planeta. Isso que o Uilinili postou aí é simples masturbação mental, não me prova absolutamente nada. Eu acho que as pessoas complicam o que devia ser extremamente simples: "Você possuí provas do que está afirmando?" "Não?" "Então passe aqui quando tiver. Obrigado."

2. No meu caso, o problema é mais básico do que simplesmente discutir propriedades de deuses. A pergunta que deve ser feita é: que propriedades da natureza nos obrigam a supor a existência de deuses, tal como imaginados pelos teístas? Até agora, nenhuma. Então porque discutir isso? Essa é a essência do argumento do bule: ele pode existir ou não, mas nada nos obriga a pressupor que ele existe. Daí que discutir suas cores, ou se é feito de porcelana ou vidro é um exercício intelectual fútil.

No fundo, os teístas mais sofisticados acabam procurando refúgio em argumentos subjetivos ("eu Sinto a presença de Apolo na minha vida") ou variantes do argumento ontológico ("se eu posso imaginar algo tão legal, então ele vai ser legal ao ponto de existir"). Esse tipo de argumento é simplesmente um beco sem saída.
You and I are all as much continuous with the physical universe as a wave is continuous with the ocean.

Alan Watts

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!