Autor Tópico: Clichês  (Lida 5405 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Rocky Joe

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.755
  • Sexo: Masculino
Re: Clichês
« Resposta #25 Online: 28 de Agosto de 2011, 15:16:02 »
Comédia romântica. Estereótipo do moço, o objeto de desejo: um rebelde, um roqueiro, o qual a heroína odeia inicialmente e demonstra seu ódio de diversas formas; secretamente, já o ama, mas só admite isto para si mesma quando sem querer descobre que ele na verdade tem um lindo coração.

Em animes, que fizeram parte da minha infância:

- Se for shounen, há uma "inflação" de oponentes fortes - cada oponente tem que ser mais forte do que o anterior, resultando em coisas como destruir a terra com um Kame-Hame-Ha.

- Em shounens há sempre o rival, o herói e a heroína. O herói sempre conhece a heroína - no geral vendo sua calcinha sem querer - e depois descobre que ela é da mesma turma que ele na escola.

- Como se tornar forte? Treinar! Treinar usando métodos absurdos.  Goku! Shyriu!

- Se a protagonista for uma menina, ela é sempre desajeitada. Ela acorda atrasada, sai correndo de casa com uma torrada na boca porque não teve tempo de tomar café da manhã.

- Trocar da roupa comum para a roupa mágica com muito estilo. Sailor Moon! Sakura!

Offline Rocky Joe

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.755
  • Sexo: Masculino
Re: Clichês
« Resposta #26 Online: 28 de Agosto de 2011, 15:58:55 »
De certa forma a cultura popular revela mais sobre nós do que a cultura erudita. O que nós queremos ver na tela diz bastante!

Offline Hold the Door

  • Editores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.656
  • Sexo: Masculino
Re: Clichês
« Resposta #27 Online: 28 de Agosto de 2011, 19:48:41 »
Faltou um clichê clássico dos anime shonen, o anti-herói badass com cara de poucos amigos que sempre aparece na hora certa para dar uma força para o herói e seus amiguinhos.
Hold the door! Hold the door! Ho the door! Ho d-door! Ho door! Hodoor! Hodor! Hodor! Hodor... Hodor...

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.263
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re: Clichês
« Resposta #28 Online: 28 de Agosto de 2011, 23:03:23 »
Não tem como não lembrar do Ikki :)
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Eremita

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.833
  • Sexo: Masculino
  • Ecce.
Re: Clichês
« Resposta #29 Online: 29 de Agosto de 2011, 02:43:06 »
Não tem como não lembrar do Ikki :)
Desde que não seja pra fazer parzinho Ikki + Erika... :hihi:

Mais vias de enredo de animê, mangá e jogos japoneses:
* Protagonista - cabelo espetado e corajoso. Em obras mais idealistas, é um "puro de coração". Se a obra tiver algum tipo de forças elementais associadas com os personagens, ele será Fogo [quase sempre] ou Trovão/Sacro [raros casos, mas v. Chrono Trigger];
* "Elementos" normalmente significam um esqueminha de pedra-papel-tesoura, seja pequeno (ex: trovão > água/gelo > fogo > trovão ) ou grande (Pokémon, DEZESSETE ELEMENTOS!);
* Tá vendo a garota do grupo? É, aquela, com cabelo escorrido e provavelmente azul? As magias de cura estão sempre com ela. Oláááá enfermeira! E ela provavelmente é tsundere - alegre e amorosa num instante, brava e violenta no outro.
Latebra optima insania est.

Online Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.674
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re: Clichês
« Resposta #30 Online: 30 de Agosto de 2011, 21:57:49 »
Cena ternurinha com cachorro 1: Musica  tranquila ao fundo, crianças brincando com cachorro que faz farrinha e gane suavemente, latidinho do tipo cachorro chamando a atenção para sí.
 Cena ternurinha com cachorro 2: Personagem desabafando  com cachorro, e este olha pra ele e põe as orelhas pra frente e vira a cabeça meio de lado como se estivesse tentando compreender.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re: Clichês
« Resposta #31 Online: 31 de Agosto de 2011, 16:49:11 »
Não tem como não lembrar do Ikki :)
Desde que não seja pra fazer parzinho Ikki + Erika... :hihi:

Mais vias de enredo de animê, mangá e jogos japoneses:
* Protagonista - cabelo espetado e corajoso. Em obras mais idealistas, é um "puro de coração". Se a obra tiver algum tipo de forças elementais associadas com os personagens, ele será Fogo [quase sempre] ou Trovão/Sacro [raros casos, mas v. Chrono Trigger];
* "Elementos" normalmente significam um esqueminha de pedra-papel-tesoura, seja pequeno (ex: trovão > água/gelo > fogo > trovão ) ou grande (Pokémon, DEZESSETE ELEMENTOS!);
* Tá vendo a garota do grupo? É, aquela, com cabelo escorrido e provavelmente azul? As magias de cura estão sempre com ela. Oláááá enfermeira! E ela provavelmente é tsundere - alegre e amorosa num instante, brava e violenta no outro.
Também é clichê algum personagem pequeno e com ares de "ursinho de pelúcia" se revelar altamente poderoso em alguma situação extrema.

Online Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.674
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re: Clichês
« Resposta #32 Online: 05 de Setembro de 2011, 20:53:07 »
Por quê que em discussões, um dos personagens que está tentando racionalizar uma idéia, se vira de lado para seu interlocutor  olhando para um ponto fixo no chão a uns dois metros de distância e posta as mãos espalmadas uma de frente pra outra com os braços pendentes à altura da cintura e se está fazendo afirmações balança a cabeça positivamente e ambas as mãos, caso contrário se está negando uma coisa meneia a cabeça negativamente e balança as mãos como se estivesse fazendo tchauzinho pro ponto fixo???

Offline mono

  • Nível 02
  • *
  • Mensagens: 20
Re: Clichês
« Resposta #33 Online: 19 de Setembro de 2011, 13:02:03 »
Em filmes de ação, quando as balas acabam, as personagens jogam as armas fora.
"Sem música, a vida seria um erro." Nietzsche

Online Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.674
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Clichês
« Resposta #34 Online: 09 de Março de 2012, 04:24:35 »
Esse é o Tatu do Bem*, peça chave de várias produções novelísticas, animações, seriados, filmes etc. na tv e no cinema. O Tatu do Bem é um ator coadjuvante que agora vai ter merecidamente reconhecido seu crédito. Ei-lo!

 :hihi:


*Tatu do Bem = "tá tudo bem". Uns peguntam; tá tudo bem? Outros simplesmente afirmam; tá tudo bem.

Offline HeadLikeAHole

  • Nível 17
  • *
  • Mensagens: 483
  • Sexo: Masculino
Re:Clichês
« Resposta #35 Online: 22 de Março de 2012, 22:59:35 »
Se estiver desesperado para sair com o carro ele não pegará.
O cara que não acredita no evento sobrenatural/fantástico, tema do filme, inevitavelmente morrerá.

Offline Digão

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 845
  • Sexo: Masculino
  • Onde estará a fonte que esconde a vida?
Re:Clichês
« Resposta #36 Online: 24 de Abril de 2012, 23:20:54 »
Caminhar calmamente em direção oposta à da explosão, sem piscar. A caminhada/cavalgada final em direção ao por do sol.

Veículo que toma tiro ou cai do barranco e explode. Vale para tubarões.

O carro nunca está trancado, e tem a chave que precisa pra ligá-lo. E nunca está sem combustível.

Paris será identificada pela Torre Eiffel, Londres pelo Big Ben, etc.

O cidadão afro-descendente sempre morre. Em seguida o latino/asiático.

Qualquer negociação de drogas implica geralmente em múltiplas fatalidades.

O tira que é suspenso às vésperas de concluir um caso, e trata de ignorar a suspensão. A dupla de tiras com personalidades opostas.

ANIMES: Logo após uma troca de golpes, parece que um deles foi ferido, mas quem cai é o outro. Aterrissar de alturas inimagináveis com um mero flexionar de joelhos. E o mangá geralmente é melhor. :P
« Última modificação: 24 de Abril de 2012, 23:31:00 por Digão »

Offline gogorongon

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.834
  • Sexo: Masculino
  • Não.
Re:Clichês
« Resposta #37 Online: 25 de Abril de 2012, 21:06:45 »
Clichês para mim não são as coisas que acontecem, mas as formas pelas quais as coisas acontecem. É por isso que alguns diretores conseguem pegar situações já batidas, com tendência a passarem como clichês, e apresentar elas de forma que ainda cativem o público.

Por outro lado, situações que não sejam comuns em histórias, mas que o diretor/escritor/etc. acabe apresentando de uma forma completamente óbvia ou forçada podem instantaneamente se transformar em clichês. Ou seja, clichês de certa forma são um emburrecimento da obra em si.

Num filme de terror, um personagem ficar histérico do nada e sair fazendo estupidez e arriscando as vidas dos outros até morrer é clichê. Mas se for mostrado que o personagem foi afetado por alguma coisa, alguma situação dramática que o afetou até ele perder o bom senso, e que por isso ele está cometendo atos de estupidez que normalmente não cometeria, aquilo que seria um clichê torna-se justificado. A causa do acidente deixa de ser os atos de estupidez do cara, e passa a ser os abalos que levaram ele a cometê-lo.

Imagino que justificar certas situações para tirar o potencial de clichê delas pode acabar pesando demais na trama, e por causa disso certos diretores/produtores/etc. preferem não justificá-las para que o foco que pretendem dar à trama não seja desviado. Eu particularmente acho que isso é planejamento ruim, descaso ou preguiça mesmo, mas fazer o quê.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.898
  • Sexo: Masculino
Re:Clichês
« Resposta #38 Online: 19 de Outubro de 2012, 22:48:08 »
[...]
O carro nunca está trancado, e tem a chave que precisa pra ligá-lo. E nunca está sem combustível.
[...]

- As chaves estão sempre no quebra-sol.

- A mocinha, quando está sendo perseguida, sempre tem dificuldade em colocar a chave corretamente para dar a partida no motor.
Foto USGS

Offline JohnnyRivers

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.928
  • Sexo: Masculino
  • Are we saved by the words of bastard saints?
Re:Clichês
« Resposta #39 Online: 19 de Outubro de 2012, 23:02:56 »
Em animes: herói principal ser comilão.

Em filmes: aquele velho hábito do vilão falar demais quando aponta a arma pro herói....

Em novelas: Núcleo pobre e nucleo rico bem dividido e bem contrastado.

Em seriados: Mistérios sobre o passado(s) do(s) personagem(ns) principal(is).

Em reallity´s shows: Ter um falso. Alguém que tenta envenenar os outros.

No Futebol: O herói do jogo teve um passado sofrido (incluindo ter passado fome na infância).
« Última modificação: 19 de Outubro de 2012, 23:05:06 por JohnnyRivers »
"Que homem é um homem que não torna o mundo melhor?"

"What do we need? Where do we go when we get where we don't know?
  Why should we doubt the virgin white of fallen snow when faith's our shelter from the cold?"
- Skid Row

Offline Laura

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 958
Re:Clichês
« Resposta #40 Online: 20 de Outubro de 2012, 17:54:40 »
- O membro mais destraído de um grupo ou uma criança descumpre uma ordem ou instrução simples e coloca todos em perigo.

- Pessoas aplaudem um ato de "loucura por amor" na cena final.

- Alguém (em geral o protagonista) amargurado, passa a cumprimentar a todos, ouvir com paciência sua vizinha velhinha, abraçar o carteiro e andar saltitante após aprender a dar valor a sua vida.

- Casal que inicialmente se odeia, em geral ele rústico/tosco e ela sofisticada/fresca, ficam juntos no final.

- Rapaz pobre se apaixona pela garota rica sem saber que ela é a filha do chefe, do bandido, do vilão.

- Ao fazer um telefonema, em um momento de emergência, a outra pessoa não atende por um motivo banal.

- A melhor amiga da mocinha é a maluquinha, desbocada e/ou promíscua. Nunca a mocinha.

Tem tantos...

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Clichês
« Resposta #41 Online: 20 de Outubro de 2012, 18:15:45 »
 - Heróis jovens de filmes costumam seguir o seguinte esquema: se for homem, só a mãe está viva ou aparece. Se for mulher, só o pai.

 - No final das tramas, costuma haver uma aceleração na história, que flui aos atropelos e deixa muita coisa sem um desfecho satisfatório.

 - Os homens poderosos e velhos (magnatas, mafiosos, políticos, etc) quase nunca têm como pupilo, parceiro e sucessor o próprio filho: geralmente é um sobrinho, neto, genro, adotado, amigo ou filho de um amigo.

 
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Lightman

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 134
  • Sexo: Masculino
Re:Clichês
« Resposta #42 Online: 20 de Outubro de 2012, 22:32:08 »
Tem um  clichê que por eu ser chaveiro se tornou insuportável.

Personagens principais de vários seriados e filmes sabem como usar michas, até aí, vá lá, não é nenhum mistério cósmico, mas todos eles abrirem as fechaduras mais rápido do que os donos das casas abririam com as chaves é ridículo.
« Última modificação: 21 de Outubro de 2012, 02:24:25 por Lightman »
"Seja você a mudança que quer ver no mundo." Gandhi

Offline Lightman

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 134
  • Sexo: Masculino
Re:Clichês
« Resposta #43 Online: 21 de Outubro de 2012, 02:14:10 »
Em filmes: aquele velho hábito do vilão falar demais quando aponta a arma pro herói...
Esse sem a menor sombra de dúvida merece o topo da lista:

"Seja você a mudança que quer ver no mundo." Gandhi

Offline Luiz F.

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.746
  • Sexo: Masculino
Re:Clichês
« Resposta #44 Online: 23 de Fevereiro de 2014, 21:23:16 »
Um dos clichês que sempre me incomodaram é quando alguém tem um colar/pingente/medalhão/etc e em uma só puxada leve, outra pessoa arranca o artefato do pescoço da primeira, e esta nem se mexe, mesmo que o cordão seja praticamente uma corda amarrada com um nó duplo cego.
"Você realmente não entende algo se não consegue explicá-lo para sua avó."
Albert Einstein

Offline Vento Sul

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.728
  • Sexo: Masculino
  • Os lábios são as primeiras barreiras
Re:Clichês
« Resposta #45 Online: 24 de Fevereiro de 2014, 01:19:28 »
Em filmes: aquele velho hábito do vilão falar demais quando aponta a arma pro herói...
Esse sem a menor sombra de dúvida merece o topo da lista:

Pegando o bonde, além de falar demais, explicar tintim por tintim porque está cometendo todas as atrocidades, contar praticamente tudo, ele não atira no mocinho, manda dois capangas incompetentes matarem o mesmo, dá as costas e vai embora.
O mocinho é mais esperto dá um jeito e escapa. A cena se repete e novamente ele fala demais e deixa o gajo com outros incompetentes, e sempre não fica na cena, conferindo o desfecho, ele prefere ser avisado que o mocinho escapou....
« Última modificação: 24 de Fevereiro de 2014, 01:30:35 por Vento Sul »
.
.
Resumindo: Ou acreditamos em mágica ou não!
 
 
 
 .

Offline Vento Sul

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.728
  • Sexo: Masculino
  • Os lábios são as primeiras barreiras
Re:Clichês
« Resposta #46 Online: 24 de Fevereiro de 2014, 01:28:21 »
Novelas, filmes românticos.

A ex-namorada, ou pretendente agarra o cara exatamente na hora que a namorada chega, ela vê a cena e sai chorando desesperada.

Sempre que alguém tem um segredo, fica falando bem alto, e tem sempre alguém por perto, geralmente um adversário para escutar.

O clichê, dar sonífero, tirar a roupa do personagem para que a namorada, mulher, etc pegue no flagra.

Ligar a tv sempre na hora que vai dar a notícia que eles não poderiam ou deveriam ver.

Os profissionais dos estabelecimentos passam o tempo todo conversando e trocando fofocas, não se ve ninguém pegando no pesado...

Empregadas são verdadeiras conselheiras de suas patroas, muito respeitadas e são praticamente da família.

...
.
.
Resumindo: Ou acreditamos em mágica ou não!
 
 
 
 .

Offline 3libras

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.119
    • http://sidis.multiply.com
Re:Clichês
« Resposta #47 Online: 24 de Fevereiro de 2014, 11:40:38 »
um cliche bem legal dos super sentais (power rangers, changeman, flashman, jaspion) é que os alienigenas fodões sempre querem dominar o mundo atacando aquela cidade específica onde vivem os heróis.

além disto, sempre são planos bizarros como envenenar a caixa d'agua da escola da cidade.

outro ponto legal é que desenvolvem tanques, naves, motos, tudo hi-tech que se transformam e se ligam, criando um robozão gigante que vai.... TAMPAR NA PORRADA com o inimigo. pra que misseis, raio laser, radiação, gas paralizante, pra que isso eu posso fazer um robo gigante que dá na cara dos outros.
If you don't live for something you'll die for nothing.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Clichês
« Resposta #48 Online: 25 de Fevereiro de 2014, 15:59:11 »
<a href="http://www.youtube.com/v/yN38y5MILbs" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/yN38y5MILbs</a>
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Felipp Jarbas

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.012
  • Sexo: Masculino
Re:Clichês
« Resposta #49 Online: 25 de Fevereiro de 2014, 18:30:27 »
um cliche bem legal dos super sentais (power rangers, changeman, flashman, jaspion) é que os alienigenas fodões sempre querem dominar o mundo atacando aquela cidade específica onde vivem os heróis.

além disto, sempre são planos bizarros como envenenar a caixa d'agua da escola da cidade.

outro ponto legal é que desenvolvem tanques, naves, motos, tudo hi-tech que se transformam e se ligam, criando um robozão gigante que vai.... TAMPAR NA PORRADA com o inimigo. pra que misseis, raio laser, radiação, gas paralizante, pra que isso eu posso fazer um robo gigante que dá na cara dos outros.
E destroem metade da cidade que já estará reconstruida no próximo episódio. Governo eficiente !
Se você acha que sua crença é baseada na razão, você a defenderá com argumentos e não pela força e renunciará a ela se seus argumentos se mostrarem inválidos. (Bertrand Russell)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Humanismo_secular
http://pt.wikipedia.org/wiki/Liberalismo_social

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!