Autor Tópico: Mundo da arquitetura  (Lida 30905 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #275 Online: 30 de Março de 2019, 22:23:03 »


È, não deu muito certo.

Eu tirava só os chifres do capacete e ficava legal.

Acho que o velho era o maior comprador de cimento que existia no mundo, todos os projetos dele eram caixas de sapato feitas com concreto e vidro, casas de vespas ou calotas de Fusca 1960.

As três formas básicas de todos os projetos.

E invariavelmente acompanhados de um criadouro de mosquitos.


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #276 Online: 30 de Março de 2019, 22:27:31 »


Não lembra o prédio do Congresso?

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.231
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #277 Online: 31 de Março de 2019, 08:05:48 »
Sim.

Tão velho e quase tão inútil quanto.
Foto USGS

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #278 Online: 31 de Março de 2019, 12:33:08 »
Até hoje não entendo como um..............igual ao Niemayer conseguiu chegar onde chegou.

Qualidade das construções pouco funcionais com auditórios onde não se escuta nada por causa da acústica?

Ou apenas pela posição politica dele?

O cara seria tão louvado pelos projetos se não fosse comunista e não tivesse nascido na época em que nasceu?


Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.190
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #279 Online: 01 de Abril de 2019, 10:30:56 »
A incrível arte de Gaudí (Barcelona):

















Antoni Gaudí i Cornet foi um famoso arquiteto catalão e figura de ponta do Modernismo catalão. As obras de Gaudi revelam um estilo único e individual e estão em sua maioria na cidade de Barcelona. Grande parte da obra de Gaudi é marcada pelas suas grandes paixões: arquitetura, natureza e religião.
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.311
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #280 Online: 01 de Abril de 2019, 10:37:27 »
A obra de Gaudi poder ser classificada como uma classe especial de arquitetura, a arquitetura espetaculo, com uma  alta carga enocional explícita. É simplesmente magnífico seu trabalho, certamente.
« Última modificação: 01 de Abril de 2019, 10:40:53 por Sergiomgbr »
Até onde eu sei eu não sei.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #281 Online: 01 de Abril de 2019, 21:49:46 »
Arquitetura é isso aqui, uma obra de arte feita em madeira sem um único prego, sem ferramentas elétricas,  sem guindastes.


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #282 Online: 01 de Abril de 2019, 21:57:03 »
Projetar um prédio como os do Niemayer com terreno plano e nivelado a perder de vista, um monte de concreto moldado e verbas ilimitadas eu tb faço.

Quero ver aproveitar um terreno irregular no topo de uma colina para fazer uma construção funcional e bonita.

Offline Cinzu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.241
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #283 Online: 02 de Abril de 2019, 12:31:29 »
Projetar um prédio como os do Niemayer com terreno plano e nivelado a perder de vista, um monte de concreto moldado e verbas ilimitadas eu tb faço.

Quero ver aproveitar um terreno irregular no topo de uma colina para fazer uma construção funcional e bonita.

Projetar, no ponto de vista arquitetônico, é questão de criatividade e habilidades artísticas.

O grande desafio das obras do Niemeyer foi a viabilidade técnica que os engenheiros enfrentaram na época, e pouco reconhecimento tiveram por conta disso.

Joaquim Cardoso e Bruno Contarini é que foram os grandes nomes por trás das obras.
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #284 Online: 02 de Abril de 2019, 18:04:16 »
Ok, mas falando do trabalho que cabia ao velho, qual é a dificuldade em fazer  um monte de caixas de sapatos em terreno plano? O que existe de tão especial naquela porcaria do prédio do congresso?

Nada.

Só concreto moldado em formas de madeira ao estilo construção de viaduto.

Ah, mas Brasília tem o formato de um avião, genial.

Em terreno nivelado e seco até eu faço, a questão é que dão valor demais ao velho,  muito além do que deveria.



« Última modificação: 02 de Abril de 2019, 18:06:17 por Arcanjo Lúcifer »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.279
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #285 Online: 03 de Abril de 2019, 00:50:25 »
O Niemayer era bom de papo, principalmente de papo furado que a esquerda adora. Ele compensava a mediocridade arquitetônica enrolando "intelectuais" ricos de esquerda e gente poderosa que se beneficiava com seus projetos. Era uma espécie de Chico Buarque na arquitetura.


Ele não tinha nenhuma idéia de cálculo estrutural a ponto de muitos de seus projetos serem rejeitados pelos melhores calculistas. Também não tinha compromisso nenhum com a funcionalidade interna. O cara era só um escultor mediocre de concreto. O prédio do congresso, por exemplo, obriga as pessoas a andarem enormes distâncias, parece que tudo fica longe, e o local dos gabinetes dos congressistas é um verdadeiro favelão. Conforto zero.

Existe uma lei (certamente criada para atender interesses específicos) que desobriga de concorrência pública projetos dos governos federal, estadual e municipal assinados por arquitetos renomados de notório saber. Agora é só imaginar o que acontecia...
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #286 Online: 03 de Abril de 2019, 02:31:00 »
O velho comunista não tinha muito o que reclamar da ditamole, afinal ganhou muito dinheiro nela.

E foda-se a igualdade social gerada pela concorrência com outros profissionais.

Offline Cinzu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.241
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #287 Online: 03 de Abril de 2019, 14:14:01 »
Ok, mas falando do trabalho que cabia ao velho, qual é a dificuldade em fazer  um monte de caixas de sapatos em terreno plano? O que existe de tão especial naquela porcaria do prédio do congresso?

Nada.

Só concreto moldado em formas de madeira ao estilo construção de viaduto.

Ah, mas Brasília tem o formato de um avião, genial.

Em terreno nivelado e seco até eu faço, a questão é que dão valor demais ao velho,  muito além do que deveria.

A esbeltez dos elementos e grandes vãos com limitações arquitetônicas tornavam muitos de seus projetos inviáveis do ponto de vista técnico, nem mesmo os concretos mais resistentes da época aliado a toda tecnologia disponível permitia que muitas de suas obras fossem realizadas sem que houvesse alterações arquitetônicas por parte dos engenheiros.

Muitas obras foram grandes desafios. A topografia do terreno é o menor dos problemas a meu ver, visto que pode ser facilmente solucionado com movimentações de terra, uma vez que dinheiro não era um fator condicionante.

Abaixo, Bruno Contarini comenta alguns dos desafios de engenharia enfrentados em projetos que realizou. Em vários casos nem mesmo engenheiros de outros países foram capazes de dar soluções que atendiam as condições impostas, tendo sido necessário desenvolver tecnologias exclusivas para viabilizar as obras.

Citar
Universidade de Constantine
Constantine, Argélia
1969

Bruno Contarini foi chamado por Niemeyer para projetar a estrutura da Universidade de Constantine depois de o escritório técnico francês inicialmente contratado ter afirmado que a concepção do arquiteto brasileiro era inexequível. O problema estaria no edifício ocupado pelas salas de aula, com 300 m de comprimento e colunas dispostas a cada 50 m. Para dar conta daqueles vãos, os franceses afirmaram que a parede sobre as colunas deveria ter 1,5 m de espessura. "Depois de alguns estudos, conseguimos realizá-la com 30 cm", orgulha-se Contarini. O resultado também é um dos preferidos de Niemeyer, não por sua monumentalidade, mas por causa dos espaços generosos e da fluidez proporcionada à circulação dos alunos.

Editora Mondadori
Milão, Itália
1968

Na sede da Editora Mondadori, em Milão, Niemeyer buscou criar um jogo harmonioso de volumes e espaços livres, mantendo as arcadas em vãos desiguais. "Era uma ideia que me ocorreu, uma ideia assim um pouco musical", comentou o arquiteto posteriormente.

Os engenheiros italianos afirmaram que a única opção viável seria apoiar a estrutura de cinco pavimentos sobre quatro pilares distribuídos a cada 6 m, gerando vãos regulares. "Só que era fundamental para o Oscar obter vãos diferentes, com 15 m, 6 m, 3 m etc.", lembra Contarini. A solução encontrada pelo calculista brasileiro foi simples. "Bastou mudar o sentido da estrutura apoiando-a em uma viga longitudinal. A partir daí foi possível colocar os quadros onde o Oscar queria", conta.

MAC (Museu de Arte Contemporânea)
Niterói (RJ)
1996

Quando comenta sobre a armação da estrutura utilizada no MAC (Museu de Arte Contemporânea) de Niterói, Bruno Contarini parece falar sobre uma obra de arte. Mas não sem motivo. Para atender as necessidades da arquitetura - que previa no salão principal um vão completamente livre de 462 m² com um núcleo de elevadores no centro - os cabos de aço protendidos, em vez de contínuos, formam um desenho semelhante a uma Estrela de David.

O salão é contornado no alto por um mezanino, o que levou o projetista à execução de quadros com grandes vigas protendidas sob o forro. Essas vigas avançam em balanços de 11 m e estão apoiadas em seis pilares com 50 cm de diâmetro.

Cidade da Música
Rio de Janeiro (RJ)
2009

Com inauguração prevista para este ano (conforme previsão à época do fechamento desta edição, em outubro), a Cidade da Música projetada pelo arquiteto Christian Portzamparc teve estrutura calculada pelo engenheiro Carlos Fragelli (Beton Engenharia) com consultoria técnica de Bruno Contarini. Com 87.403 m² de área construída, abrigará a maior sala de concertos da América Latina, com 1.800 lugares, reversíveis para 1.300 no caso de óperas. "Talvez essa seja a estrutura mais complexa das quais participei e certamente é um ótimo exemplo de colaboração entre projetistas", revela Contarini, comentando a parceria com Fragelli.

Composta por quatro pisos principais (dois pisos elevados, um térreo e um subsolo), a estrutura é composta por elementos estruturais de grandes dimensões e balanços assimétricos. Em alguns trechos foram empregadas grelhas com vigas a cada 5 m, em outros, os apoios ocorrem por meio de pilares inclinados, por alguns tirantes e por extensas paredes curvas em concreto protendido. Ao todo foram utilizados 65 mil m³ de concreto (incluindo para as fundações), 8 mil t de aço e 800 t de aço protendido.

Ponte Rio-Niterói
Rio de Janeiro-Niterói (RJ)
1974

Como diretor técnico da obra, que durou cinco anos, Contarini esteve à frente de 130 engenheiros e dez mil operários. Inaugurada em 1974, a ponte Rio-Niterói tem o maior vão em viga reta do mundo, com 300 m de extensão. A obra também introduziu uma série de inovações à engenharia nacional. Pela primeira vez foi utilizada a tecnologia de ilhas flutuantes com equipamentos de perfuração de tubulões, treliças de lançamento e dois equipamentos de colocação de aduelas.

"A tecnologia de execução de fundação de estacas escavadas de grande diâmetro (1,8 m) foi introduzida no Brasil nessa oportunidade, incluindo a construção pesada de peças pré-moldadas de concreto", comenta o engenheiro Benjamin Ernani Diaz, que também participou do projeto. "A construção em balanços sucessivos que se fazia de forma tradicional foi modificada radicalmente depois da construção da ponte", acrescenta Diaz. O projeto foi também o primeiro no País a ser feito inteiramente no computador, no caso um IBM 1130. Atualmente cerca de 140 mil veículos circulam diariamente pela ponte que liga a capital fluminense a Niterói.

http://construcaomercado17.pini.com.br/negocios-incorporacao-construcao/101/artigo283690-2.aspx

Essa filosofia do Niemeyer inclusive influenciou toda uma geração de arquitetos "artísticos" no Brasil, que negligenciam funcionalidade, desempenho e não enxergam uma construção como um negócio para as empresas - algo que precisa ser viabilizado pelo menor preço possível.
« Última modificação: 03 de Abril de 2019, 14:21:57 por Cinzu »
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.311
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #288 Online: 03 de Abril de 2019, 14:25:24 »
Arquitetos não tem que ter limites de nenhum tipo, arquitetura é essencialmente arte. Quem tem que se preocupar com funcionalidade e conforto são os engenheiros. Um arquiteto de sucesso é valorizado pela eloquência de suas criações, em vários aspectos.
Até onde eu sei eu não sei.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.584
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #289 Online: 03 de Abril de 2019, 14:25:58 »
Ou seja, o mérito pela caixa de sapatos permanecer em pé é dos engenheiros e o problema de ter que andar 500 metros para achar um wc é da genialidade do artista.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.311
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #290 Online: 03 de Abril de 2019, 14:34:22 »
Ah, mas por que as pessoas tem essa mania de mijar e defecar em monumentos?
Até onde eu sei eu não sei.

Offline Cinzu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.241
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #291 Online: 03 de Abril de 2019, 17:00:25 »
Arquitetos não tem que ter limites de nenhum tipo, arquitetura é essencialmente arte. Quem tem que se preocupar com funcionalidade e conforto são os engenheiros. Um arquiteto de sucesso é valorizado pela eloquência de suas criações, em vários aspectos.

Quanta besteira. A funcionalidade de uma edificação depende essencialmente de sua arquitetura.
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.231
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #292 Online: 03 de Abril de 2019, 17:07:00 »
Arquitetos não tem que ter limites de nenhum tipo, arquitetura é essencialmente arte. Quem tem que se preocupar com funcionalidade e conforto são os engenheiros. Um arquiteto de sucesso é valorizado pela eloquência de suas criações, em vários aspectos.

Por isto que as obras do Niemayer eram uma porcaria quanto à funcionalidade.
Foto USGS

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.311
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #293 Online: 03 de Abril de 2019, 17:27:33 »
Arquitetos não tem que ter limites de nenhum tipo, arquitetura é essencialmente arte. Quem tem que se preocupar com funcionalidade e conforto são os engenheiros. Um arquiteto de sucesso é valorizado pela eloquência de suas criações, em vários aspectos.

Quanta besteira. A funcionalidade de uma edificação depende essencialmente de sua arquitetura.
Nossa que dureza, meu zeus.
Até onde eu sei eu não sei.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.274
  • Sexo: Masculino
Re:Mundo da arquitetura
« Resposta #294 Online: 30 de Maio de 2019, 16:50:01 »
Citar
Universidade projetada pelo Niemeyer:

O cara parou no tempo, ainda faz projetos como se estivesse nos anos 50.
Esse estilo dele, e isso é uma imprensão minha, parece nos pedir que o contemple sempre fazendo uma leitura de uma tradução de "não sei o quê", se é que isso faz algum sentido. Sei lá, talvez eu esteja comentendo um sacrilégio mas o dimensionamento de seus espaços parece remeter algo ao que disse Gagarin quando visitou Brasília,"A impressão que tenho é de estar chegando em um planeta diferente". A igrejinha da Pampulha, um ícone de Niemeyer em Belo Horizonte é uma que acho "estranhosa". Estranhosa por estranhosa, poderia ter sido feita maior.



Comentário da época em que o Sergiomgbr ainda não tinha virado um computador. Ou máquina de calcular.

 :hihi:

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!