Autor Tópico: Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?  (Lida 68436 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.905
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #100 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:49:19 »
Hã?

A variação fenotípica humana segue um gradiente, o que significa que ela se altera gradualmente ao longo dos transectos geográficos. Não há fronteiras definidas entre os grupos. O que de tão confuso há nisso?

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #101 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:49:48 »
Quando você diz que varia apenas a presença de gordura, imagino que a gordura magicamente não esteja apenas localizada nas ancas e barrigas, e que o próprio rosto seja afetado.

Então a constãncia do padrão de beleza por você citado se dá na cor dos olhos e no nariz?

Não esqueça dessa DDV

??

O que gordura facial muda no rosto além de torná-lo mais...gordo ou magro?

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #102 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:50:23 »
como disse, para mim a beleza é cultural. Creio que essa padronização que vemos agora se dá pelo absoluto domínio cultural do ocidente e especificamente da industria cinematográfica norte americana. Gerações já estão expostos a ela.
E com relação aos casos históricos descritos nesse tópico? O que acha deles?

Os romanos, árabes e turcos não foram expostos a uma avalanche cultural dos nórdicos e eslavos (que els consideravam inferiores, atrasados e até mesmo estúpidos). Como ficamos, Agnóstico?

Qual é a fonte desta sua informação, DDV?

Irei procurar.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #103 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:51:21 »
Façam avaliações das classificações dessas mulheres aqui para decidir essa questão dessa suposta admissão universal da supremacia nórdica:

http://www.listal.com/list/askmencoms-99-most-desirable-women
Essa lista é invalida. Anne Hathaway não está em pimeiro lugar.  ;P

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.905
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #104 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:52:26 »
Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...
Para os homens, entre os 3 primeiros colocados dois são nórdicos.
Para as mulheres, os 3 primeiros colocados são nórdicos.
Lembrando que só existem 5 países nórdicos, então obviamente não seriam a maioria em uma lista de vinte países.


Puxa, não sabia que a "etnia nórdica" era um átomo isolado e hermeticamente fechado, que age em um vácuo sem influenciar (e sem ser influenciada pelas) as outras com fluxo gênico.
A sim, esqueci da grande quantidade de pessoas de afeições nórdicas no Congo.
O fato é: a maioria gritante das pessoas fenotipicamente nórdicas residem nos países nórdicos.

Idem, ver a resposta dada ao Buckaroo...

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #105 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:53:10 »
Vamos imaginar que você com 10 anos se muda para o país/comunidade X.

Seu padrão de beleza era bem hollywodiano H. Todavia, nessa comunidade, existiam mulheres com o padrão H e com o padrão B (de bundudo mesmo). Por algum motivo, os homens dessa comunidade amavam as do padrão B. E claro que quem conseguia as mulheres de padrão B eram admirados e invejados.

O que acha que vai acontecer com teu padrão de beleza em 3 anos?

Mais ou menos o mesmo com quem fez engenharia:

1o semestre: Caralho, só tem mulher feia aqui.
2o semestre: É.. aquela até que eu pegava
3o semestre: Modo assassino ligado, a escassez faz com que seu padrão de beleza mude sensivelmente.

Agnóstico, você acabou de refutar a sua própria afirmação ao usar o exemplo da faculdade de engenharia: escolher mulheres com padrões de beleza considerados "piores" pela maioria tem mais a ver com a possibilidade e acessibilidade (com uma pitada do complexo "raposa e as uvas") do que com uma preferência estética primária, em si mesma.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline TMAG

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 646
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #106 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:55:54 »
Citar
Os romanos, árabes e turcos não foram expostos a uma avalanche cultural dos nórdicos e eslavos (que els consideravam inferiores, atrasados e até mesmo estúpidos). Como ficamos, Agnóstico?

Com o fato de que eles já são fenotipicamente parecidos para começar, ao mesmo tempo em que a base da afirmação não é nada quantitativa, apenas a observação de uma ou outra figura histórica relatando beleza de algum povo (que inclusive talvez admirassem apesar de considerarem bárbaros), e isso dos haréns.

O atributo fenotipico que realmente interessa na discussão em voga NÃO é compartilhado por nórdicos e outras etnias, a saber, olhos azuis e cabelos claros. Outro fator a se destacar é que para se conhecer as preferencias fenotipicas de povos antigos informações quantitativas são praticamente impossíveis de serem utilizadas pela própria natureza do conhecimento histórico. Somente podemos saber sobre as preferencias de indivíduos letrados e membros das classes superiores de determinadas sociedades. Considero que o fato de praticamente todos os povos que entraram em contato com pessoas de fenótipo nórdico/gêrmanico ao longo da história terem relatado que eles eram mais belos um bom argumento no sentido de mostrar que há algo mais que apenas cultura a determinar certos padrões de beleza*. Mas note que de forma nenhuma eu estou a generalizar minha posição, o que afirmo é que existe uma tendência a maioria dos indivíduos consideraram traços como olhos e cabelos claros como sendo mais atrativos.

*No momento estou impossibilitado de postar as fontes de minhas alegações sobre determinados períodos históricos, mas o farei assim que puder. Se não me engano o livro que li que afirmava haver uma obsessão por traços nórdicos na sociedade romana (que como sabemos era predominantemente mediterrânea) era do historiador Paul Veyne.


Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...


Nórdico não significa apenas ser sueco/norueguês ou dinamarquês, nórdicos são um sub-grupo étnico dos caucásoides e atualmente estão presentes em todos os países europeus e quase todos das Américas. Obviamente o fenótipo nórdico predomina ou é bem comum no norte da Europa e países associados, como os EUA e Austrália.

Edit: Ortografia.
« Última modificação: 21 de Novembro de 2011, 00:10:30 por TMAG »
''O objetivo dos Governos é sempre o mesmo: limitar o indivíduo, domesticá-lo, subordiná-lo, subjugá-lo.'' - Max Stirner

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.242
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #107 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:58:18 »
Hã?

A variação fenotípica humana segue um gradiente, o que significa que ela se altera gradualmente ao longo dos transectos geográficos. Não há fronteiras definidas entre os grupos. O que de tão confuso há nisso?

Como isso faz com que os dados que você apontou não corroborem o contrário do que você pretendia? -- supondo que a aprovação no site possa ser mesmo tomado como amostra de preferências universais e não de auto-seleção.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #108 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:59:01 »
Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...




Ou você ou eu não sabemos interpretar essa tabela. Eu vejo países nórdicos predominando nas primeiras posições, principalmente no lado feminino da tabela.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.905
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #109 Online: 20 de Novembro de 2011, 23:59:50 »

Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...


Nórdico não significa apenas ser sueco/norueguês ou dinamarquês, nórdicos são um sub-grupo étnico dos caucásoides e atualmente estão presentes em todos os países europeus e quase todos das Américas. Obviamente o fenótipo nórdico predomina ou é bem comum no norte da Europa e países associados, como os EUA e Austrália.

Exatamente! Isso o que você falou só reforça o meu argumento...

Offline TMAG

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 646
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #110 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:01:00 »
Citar
      Os homens das cavernas já preferiam as loiras mesmo antes de a idéia ser popularizada em um filme por Marlyn Monroe - pelo menos no norte da Europa, de acordo com um cientista canadense. O antropólogo Peter Frost, da Universidade St. Andrews, na Grã-Bretanha, diz que, já no fim da Era Glacial, as mulheres com os cabelos loiros e olhos azuis tinham mais sucesso em atrair a atenção de potenciais parceiros sexuais do que as morenas.
Segundo Frost, até 10 ou 11 mil anos atrás, os humanos tinham cabelos e olhos escuros, mas uma rara mutação fez surgir os primeiros espécimes loiros e de olhos azuis no norte da Europa.

Os números de humanos loiros se multiplicaram em seguida porque as chances de as mulheres com estas características encontrarem parceiros sexuais se mostraram maiores, afirmou Frost em um estudo que vai ser publicado nesta semana na revista científica Evolution and Human Behaviour.

Seleção natural
Frost afirma que, por volta do final da última Era Glacial, havia uma escassez de machos para a reprodução em algumas regiões, devido à dificuldade para conseguir caçar bisões, renas e mamutes, que compunham a dieta dos humanos de então.

Por esse motivo houve um processo de seleção natural e, no norte europeu, pelo menos, tinham vantagem as mulheres com cabelos loiros e olhos claros. Frost diz ter chegado a essas conclusões porque no norte e no leste da Europa há uma variedade muito grande de tipos de cabelo e cores dos olhos originados em um curto espaço de tempo, o que, em sua opinião, indica que houve um processo de seleção sexual.

Mas o jornal britânico The Independent diz que, na opinião de alguns especialistas, a situação pode agora estar se invertendo, com os homens sendo mais atraídos pela inteligência de uma mulher, uma qualidade que associam mais às morenas do que às loiras.

Fonte:  http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI896921-EI238,00.html
     

Já tinha lido um estudo desse tal Frost sobre isso e irei procurar o estudo diretamente, para não me embasar apenas no que um jornaleirinho do Terra disse.(Antecipando eventuais críticas). Se não me engano esse mesmo Peter Frost também tem estudos que indicam que em TODAS as sociedades homens tendem a preferir mulheres mais claras que eles.
''O objetivo dos Governos é sempre o mesmo: limitar o indivíduo, domesticá-lo, subordiná-lo, subjugá-lo.'' - Max Stirner

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #111 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:01:35 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #112 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:02:50 »
Quando você diz que varia apenas a presença de gordura, imagino que a gordura magicamente não esteja apenas localizada nas ancas e barrigas, e que o próprio rosto seja afetado.

Então a constãncia do padrão de beleza por você citado se dá na cor dos olhos e no nariz?

Não esqueça dessa DDV

??

O que gordura facial muda no rosto além de torná-lo mais...gordo ou magro?



Quer dizer que um queixo mais afilado é mais bonito em uma mulher magra e em uma mulher com cara redonda como um tomate?
Uma beldade como Nicole Kidman com papada e bochechas ainda alcançaria o padrão "natural" esperado de beleza pela humanidade?

Isto para refutar, como também postulou o Buck, que o que mudou foi "apenas" a gordura. Se mudou isso, na verdade mudou o padrão de beleza. Cultural e temporal.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #113 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:03:54 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Consideradas mais bonitas por quem? Pelos pedreiros e estivadores? Pelos ricos cantores de pagode?

DDV, você está enganado.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #114 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:05:19 »
As modelos magérrimas só são consideradas top de beleza corporal dentro do mundo da moda, por estilistas homossexuais e outras mulheres. É provável que esse padrão magérrimo tenha surgido por pura conveniência (as costureiras dizem que é mais fácil e rápido fazer roupas para pessoas assim).




Citar
Anthropomorphic characteristics of centerfold models: Trends towards slender figures over time
Tim Seifert PhD


Abstract
Objective

Anthropomorphic characteristics of centerfold models were analyzed to determine if there has been a trend towards slimmer models over the last 50 years.
Method

Height and weight, breast, waist, and hip measurements of 559 Playboy centerfold models, obtained from the magazine's website, were analyzed.
Results

Regression analyses indicated a gradual and subtle change towards slimness. A latent class analysis yielded five basic types of figures and results indicated that the prevalence of the type of figures being depicted changed over time, with a slightly thinner figure being more common. However, really thin figures were rare until the 2000s and the probability of a model having a body mass index (BMI) < 17 was greater in the 1950s than in the 2000s.
Discussion

These findings suggest that there has been a trend towards slimness, but that the changes have been gradual. © 2005 by Wiley Periodicals, Inc.


Pô cara, em QUÊ esse excerto que você postou contradiz algo do que eu disse na postagem citada?

Leia os artigos e medite com mais atenção antes de inundar o tópico com os mesmos.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #115 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:05:41 »
Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...




Ou você ou eu não sabemos interpretar essa tabela. Eu vejo países nórdicos predominando nas primeiras posições, principalmente no lado feminino da tabela.


Mas alguém tinha dito algo sobre as eslavas.. e os percentuais não refletem de maneira alguma os números absolutos neste caso.. ao final isso não quer dizer nada.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #116 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:06:18 »

Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...


Nórdico não significa apenas ser sueco/norueguês ou dinamarquês, nórdicos são um sub-grupo étnico dos caucásoides e atualmente estão presentes em todos os países europeus e quase todos das Américas. Obviamente o fenótipo nórdico predomina ou é bem comum no norte da Europa e países associados, como os EUA e Austrália.

Exatamente! Isso o que você falou só reforça o meu argumento...
Uma duzia de gatos pingados não muda o fato de que a concentração de nórdicos nos países nórdicos são absolutamente maiores do que em outros países.
É a mesma coisa de dizer que o fenotipo japones não é predominante no japão só porque temos uns japas por aqui.


Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.905
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #117 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:07:20 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Como você diz isso com tanta certeza? Pelo que eu me lembro, na eleição das 100 mais sexy da VIP, as morenas estão aproximadamente na mesma quantidade das loiras*...Não acho que ter um olho claro seja suficiente para tachar alguém com aparência nórdica.

* Isso inclui as loiras falsificadas...

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #118 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:08:14 »
Vamos imaginar que você com 10 anos se muda para o país/comunidade X.

Seu padrão de beleza era bem hollywodiano H. Todavia, nessa comunidade, existiam mulheres com o padrão H e com o padrão B (de bundudo mesmo). Por algum motivo, os homens dessa comunidade amavam as do padrão B. E claro que quem conseguia as mulheres de padrão B eram admirados e invejados.

O que acha que vai acontecer com teu padrão de beleza em 3 anos?

Mais ou menos o mesmo com quem fez engenharia:

1o semestre: Caralho, só tem mulher feia aqui.
2o semestre: É.. aquela até que eu pegava
3o semestre: Modo assassino ligado, a escassez faz com que seu padrão de beleza mude sensivelmente.

Agnóstico, você acabou de refutar a sua própria afirmação ao usar o exemplo da faculdade de engenharia: escolher mulheres com padrões de beleza considerados "piores" pela maioria tem mais a ver com a possibilidade e acessibilidade (com uma pitada do complexo "raposa e as uvas") do que com uma preferência estética primária, em si mesma.


São dois exemplos.

O de cima é uma descrição de como o padrão de beleza muda conforme a cultura e a sociedade em que se está. O segundo apenas reforça que alguém está disposto a reavaliar seu padrão, não existe uma "musa genética incrustada" em nossa mente gerando um referencial absoluto.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #119 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:09:30 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Como você diz isso com tanta certeza? Pelo que eu me lembro, na eleição das 100 mais sexy da VIP, as morenas estão aproximadamente na mesma quantidade das loiras*...Não acho que ter um olho claro seja suficiente para tachar alguém com aparência nórdica.

* Isso inclui as loiras falsificadas...

Correto. Eu por exemplo prefiro morenas.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline TMAG

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 646
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #120 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:14:37 »
E além disso, os traços nórdicos estão espalhados entre povos de vários países diferentes, da Europa e do mundo. As pessoas consideradas mais bonitas em países de maioria não-nórdica (como o Brasil) tendem a ter traços nórdicos.

Como você diz isso com tanta certeza? Pelo que eu me lembro, na eleição das 100 mais sexy da VIP, as morenas estão aproximadamente na mesma quantidade das loiras*...Não acho que ter um olho claro seja suficiente para tachar alguém com aparência nórdica.

* Isso inclui as loiras falsificadas...

Correto. Eu por exemplo prefiro morenas.

Não sei quanto ao DDV, mas eu estou argumentando no sentido que há uma tendência a se preferir traços nórdicos, não que exista um determinismo absoluto em que todas as pessoas prefiram loiras de olhos azuis. Atribuo essa preferencia a seleção sexual.
''O objetivo dos Governos é sempre o mesmo: limitar o indivíduo, domesticá-lo, subordiná-lo, subjugá-lo.'' - Max Stirner

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #121 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:15:44 »
Uma coisa também que eu ressaltei e esqueceram: o padrão nórdico é considerado belo, e as pessoas são consideradas mais belas quanto mais se aproximam desse padrão. Não há uma divisão estanque entre nórdicos e não-nórdicos. Logo, não tem cabimento citar exemplos de pessoas consideradas belas que não sejam 100% nórdicas como contraprova.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.905
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #122 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:17:12 »

Esqueci de dizer um detalhe importante: os traços "nórdicos", os quais a grande maioria da população mundial considera serem os mais belos, referem-se mais ao rosto. Com relação ao corpo, há variações maiores nas preferências e, na verdade, não há taaaanta diferença assim entre as etnias com relação ao padrão corporal.


A "etnia nórdica" é a preferida por bem mais de 50% da população mundial? Questionável...Estatísticas da rede social BeautifulPeople.com



Ok, as estimativas são grosseiras mas... Povos majoritariamente não-nórdicos são a maioria entre os vinte primeiros colocados...


Nórdico não significa apenas ser sueco/norueguês ou dinamarquês, nórdicos são um sub-grupo étnico dos caucásoides e atualmente estão presentes em todos os países europeus e quase todos das Américas. Obviamente o fenótipo nórdico predomina ou é bem comum no norte da Europa e países associados, como os EUA e Austrália.

Exatamente! Isso o que você falou só reforça o meu argumento...
Uma duzia de gatos pingados não muda o fato de que a concentração de nórdicos nos países nórdicos são absolutamente maiores do que em outros países.
É a mesma coisa de dizer que o fenotipo japones não é predominante no japão só porque temos uns japas por aqui.



Acontece que o Japão não é o maior detentor do "fenótipo japonês". Acho que na China tem bem mais do mesmo (é só se lembrar daquela piada que diz que japonês, chinês, coreano, taiwanês, etc. é tudo igual) ... Pus uma analogia para que você entenda o que quis dizer.

Offline Salazar

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 659
  • Sexo: Masculino
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #123 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:20:29 »
E antes que venham me botar no meio da discussão, eu não estou defendendo nenhum dos lados, cultura vs. genetica.
Eu só comentei o erro de interpretação de gráfico do Huxley e sua posterior justificativa de que "existem nórdicos fora dos países nórdicos" o que é irrelevante estatisticamente ao meu ver.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Preferências estéticas pessoais podem ser consideradas racismo?
« Resposta #124 Online: 21 de Novembro de 2011, 00:21:46 »
esse gráfico não quer dizer que o fenótipo mais aceito seja o norueguês, correto? Quer dizer apenas que os noruegueses preferem mais as pessoas de seu fenótipo que as pessoas dos outros países.

Um monte de explicações podem advir daí.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!