Enquete

Em sua opinião, o Irã deve ser invadido para evitar a obtenção da bomba atômica pelo mesmo?

Sim, o Irã deve ser invadido já. Se esperar mais, pode ser pior.
2 (5.4%)
Sim, mas não por agora. Os EUA precisam de um pouquinho mais de folga financeira e das demais guerras
1 (2.7%)
Sim, mas não agora. Deve ser tentado sanções mais duras e só invadir em último caso.
11 (29.7%)
Não, é plenamente possível dissuadir o Irã com sanções econômicas e diplomáticas.
8 (21.6%)
Não, e sou contra sanções. Acredito que o Irã não objetiva a bomba atômica e irá cooperar.
1 (2.7%)
Não. O Irã tem direito de ter a bomba atômica, não representando isso nenhum perigo direto ou indireto para o equilíbrio da região e Israel.
3 (8.1%)
Não, o Irã deve ter a sua bomba atômica para dissuadir a invasão por parte de países imperialistas motivados pelo petróleo.
3 (8.1%)
Não, o Irã deve contar com a bomba atômica na sua luta contra o sionismo.
0 (0%)
Não, o Irã deve fazer a boma atômica e lançá-la em Israel e, se puder, EUA. Os sionistas, judeus e estadunidenses devem pagar por seus atos.
1 (2.7%)
Outra opção.
7 (18.9%)

Votos Totais: 36

Autor Tópico: O Irã deve ser invadido?  (Lida 15891 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.020
  • Sexo: Masculino
Re:O Irã deve ser invadido?
« Resposta #250 Online: 05 de Maio de 2019, 08:48:02 »



Irã responde a 'ultimato nuclear' dos EUA


© Foto: IRNA
ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA


11:52 04.05.2019(atualizado 15:40 04.05.2019) URL curta4191


Teerã continuará o enriquecimento de urânio, apesar da pressão de Washington, declarou o presidente do parlamento do Irã, Ali Laridzhani.


"Em conformidade com o acordo nuclear, o Irã pode produzir água pesada, isso não viola o acordo", disse Laridzhani, citado pela ISNA.


Torre Milad em Teerã
© SPUTNIK / VLADIMIR FEDORENKO

Análise: EUA tencionam provocar conflito militar com Irã


Na noite de sexta-feira (3), o Departamento de Estado anunciou que poderia impor sanções à construção adicional no território da usina nuclear de Bushehr e à exportação de urânio enriquecido do Irã em troca de minério de urânio.


Além disso, o Departamento de Estado exige que Teerã informe a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) sobre "as características militares do programa nuclear existentes no passado".


Não obstante, a Rússia vai promover a cooperação com o Irã, inclusive na esfera nuclear, apesar da chantagem e ameaças das sanções extraterritoriais estadunidenses, afirmou o vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, na entrevista à Sputnik.


"Nenhuma ameaça de sanções porá termo à nossa cooperação legítima e mutuamente benéfica com o Irã. Vivemos sob sanções norte-americanas desde 2012. É claro que durante este período houve uma séria adaptação a este truque ilegal por parte dos Estados Unidos", disse ele.


O acordo nuclear ou Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês) é um acordo internacional referente ao programa nuclear iraniano entre os membros do Conselho de Segurança (Rússia, Estados Unidos, França, Reino Unido), Alemanha e Irã.



https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2019050413808710-ira-responde-ultimato-nuclear-eua/



-----------------------



Governos americanos fazem ultimatos ao Irã  já há tantos anos que  o  Irã   nem parece dar bola...    :D




Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.847
  • Sexo: Masculino
Re:O Irã deve ser invadido?
« Resposta #251 Online: 25 de Junho de 2019, 20:18:08 »
<a href="https://www.youtube.com/v/0ZfrVCiYH9Y" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/0ZfrVCiYH9Y</a>

Citar

https://www.vox.com/2019/6/21/18700707/iran-attack-trump-what-we-know

...

President Donald Trump called off an attack on Iran Thursday night, which would’ve been a forceful response to Tehran’s downing of a US military drone earlier that day if the president had followed through.

...

Trump confirmed he had ordered airstrikes only to call them off at the last minute in a Friday morning tweetstorm. “We were cocked & loaded to retaliate last night on 3 different sights when I asked, how many will die. 150 people, sir, was the answer from a General. 10 minutes before the strike I stopped it,” he wrote. “[N]ot proportionate to shooting down an unmanned drone. I am in no hurry.”

But some US officials offer a conflicting account for why the strike was waved off. One official told me that warplanes capable of evading Iran’s air defenses, like the B-2 stealth bomber, weren’t ready during the time picked — early morning in Iran — to avoid as many civilian and military casualties as possible. Another said Trump worried an attack might set off an oil shock and hurt the American economy.

Plus, other media reports offer differing rationales for Trump’s about-face. One from Reuters, citing Iranian sources, details how Trump warned Iran that he’d strike unless Tehran agreed to talks; when it didn’t, he called off the operation.

...


Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.115
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:O Irã deve ser invadido?
« Resposta #252 Online: 25 de Junho de 2019, 20:27:30 »
O cara do reality show de demissões tá tendo aeu mais sério reality desde sempre. A realidade é phhhfowdha.
Até onde eu sei eu não sei.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.020
  • Sexo: Masculino
Re:O Irã deve ser invadido?
« Resposta #253 Online: 15 de Julho de 2019, 11:01:40 »

Forças de Israel são 'único Exército no mundo' preparado para lutar contra Irã, segundo Netanyahu

 © East News / UPI Photo / eyevine
ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA


04:02 15.07.2019 (atualizado 04:56 15.07.2019)


As Forças de Defesa de Israel (IDF) são as únicas forças militares no mundo capazes de enfrentar o Irã em caso de guerra, disse o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

"No momento, o único Exército do mundo capaz de combater o Irã é o Exército israelense", afirmou o premiê, falando aos membros do Colégio de Segurança Nacional de Israel em sua residência no domingo (14), de acordo com o jornal Jerusalem Post.

O primeiro-ministro também lembrou seu papel na luta contra o acordo nuclear iraniano de 2015, também conhecido como Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), dizendo que o acordo teria dado ao Irã "centenas de bilhões de dólares" para "investir em seu império" e "abrir caminho para um arsenal nuclear".

"Tive que lutar sozinho para bloquear o acordo nuclear […] Tive que lutar contra todas as potências e contra o presidente dos Estados Unidos - fui ao Congresso dos EUA", disse o primeiro-ministro de Israel.

De acordo com Netanyahu, a única coisa que o terrível acordo nuclear deu a Israel foi a forte e profunda aproximação com os principais países árabes, que o Irã também supostamente ameaçou com a aniquilação nuclear.

Netanyahu pressionou pessoalmente o presidente dos EUA, Donald Trump, para pôr fim ao JCPOA, fazendo uma apresentação na mídia em 2018 com base em informações que teriam sido obtidas pela inteligência israelense sobre as supostas tentativas do Irã de esconder suas atividades nucleares do mundo. Dias depois da apresentação, Trump anunciou que os EUA se retiravam do acordo.


Arsenal nuclear

Previamente, respondendo ao aviso de um deputado iraniano de que a "vida útil" de Israel seria reduzida se Washington atacasse Teerã, o premiê israelense observou que todo o Irã estava ao alcance dos aviões de guerra israelenses.

Após saber que Teerã logo ultrapassaria os níveis de enriquecimento de urânio estabelecidos pelo JCPOA, Netanyahu disse que a única razão possível para tal ação era a criação de uma bomba nuclear.

O Irã negou ter qualquer intenção de tentar obter armas nucleares, dizendo que Teerã "nunca aprova armas de destruição em massa", recordando que Israel tem sido o único Estado na região com um arsenal de armas nucleares real por muitas décadas.



Soldados israelenses caminham em direção ao norte da Faixa de Gaza
As relações israelo-iranianas têm estado em crise durante décadas, com os altos responsáveis a ameaçarem-se repetidamente sobre o que aconteceria em caso de guerra.


https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2019071514217513-netanyahu-forcas-israelenses-sao-unico-exercito-no-mundo-preparado-para-lutar-contra-ira/


 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!