Autor Tópico: Inteligência humana está diminuindo com o tempo  (Lida 1179 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Lion

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.994
  • Sexo: Masculino
Inteligência humana está diminuindo com o tempo
« Online: 13 de Novembro de 2012, 14:47:34 »
Citar
A inteligência e o comportamento humano exigem ótimo funcionamento de um grande número de genes que, por sua vez, requerem pressões evolucionárias gigantescas para serem mantidos. Agora, em uma teoria provocativa, uma equipe da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, afirma que pessoas estão perdendo capacidades intelectuais e emocionais com a vulnerabilidade a mutações dos genes capazes de nos ajudar no poder do cérebro. Essas mutações, de acordo com o jornal britânico Daily Mail, não estão sendo selecionadas para a sociedade moderna, pois não precisamos mais de inteligência para sobreviver.
"O desenvolvimento de nossas habilidades intelectuais e a otimização de milhares de genes de inteligência provavelmente ocorreram em grupos de pessoas dispersos antes de nossos ancestrais emergirem da África", afirma Gerald Crabtree, autor do estudo publicado no jornal Trends in Genetics. Nesse ambiente, a inteligência era crítica para a sobrevivência, e havia provavelmente uma pressão seletiva nos genes que auxiliam no desenvolvimento intelectual, chegando ao ponto máximo da inteligência.
Porém, segundo pesquisadores, foi a partir daí que começamos a ir "ladeira abaixo". Com o desenvolvimento da agricultura, veio a urbanização, que pode ter enfraquecido o poder de seleção de semear mutações levando a desabilidades intelectuais.
Baseado em cálculos da frequência com que mutações destrutivas apareceram no genoma humano e a suposição de que de 2 a 5 mil genes são necessários para habilidades intelectuais, Crabtree estima que em 3 mil anos, cerca de 120 gerações, teremos duas ou mais mutações permanentes que serão prejudiciais à nossa estabilidade emocional e intelectual.
Além disso, pesquisas recentes da neurociência sugerem que genes envolvidos em funções do cérebro estão unicamente suscetíveis a mutações. Crabtree argumenta que a combinação de uma menor pressão seletiva e o grande número de genes facilmente afetados está desgastando nossas capacidades emocional e intelectual.
Essa perda, no entanto, é lenta, e a julgar pelo ritmo rápido de descobertas e avanços da sociedade, futuras tecnologias estão ligadas à revelação de soluções ao problema, afirma o autor do estudo. "Acho que conheceremos cada uma das milhões de mutações humanas que podem comprometer nossa função intelectual e como cada uma delas interage e outros processos como influências ambientais", diz Crabtree. "Até lá, talvez seremos capazes de corrigir em um toque de mágica qualquer mutação que tenha ocorrido nas células de qualquer organismo e em qualquer estado de desenvolvimento. Desta forma, o processo bruto de seleção natural será desnecessário", completa.

http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI6296391-EI8147,00-Inteligencia+humana+esta+diminuindo+com+o+tempo+diz+pesquisa.html

Offline Petriksen

  • Nível 06
  • *
  • Mensagens: 62
  • Sexo: Masculino
Cientista(Gerald R. Crabt) diz que os humanos estão cada vez menos inteligentes!
« Resposta #1 Online: 25 de Novembro de 2012, 16:50:21 »
Citar
“Nós já fomos mais inteligentes”. Essa frase pode ser atribuída a um famoso jornalista brasileiro, mas agora também está sendo dita por um geneticista chamado Gerald R. Crabtree, que publicou o estudo “Nosso frágil intelecto”. Para o cientista, há uma série de evidências que mostram que a raça humana passou por mutações genéticas que resultaram na perda de capacidade intelectual ao longo dos milênios.

O grande foco da análise de Crabtree (que é pesquisador de Stanford, uma das universidades mais respeitadas dos Estados Unidos) está nos genes humanos. Ele diz que o cérebro humano precisa de milhares de genes para ser formado e simples alterações em um deles pode causar grandes problemas para a absorção de conhecimento. Ele também diz que isso pode ter acontecido pelo menos duas vezes nos últimos milênios.

Como a comunidade científica recebeu o estudo?
Apesar de Crabtree ser um pesquisador de uma grande universidade norte-americana, a comunidade científica não parece ter recebido os estudos dele com bons olhos. Não por falhas em números ou inconsistências em argumentos, mas sim pela similaridade da teoria de Crabtree com outras teorias que ficaram muito famosas no começo do século XX: as teorias eugênicas.
A eugenia é base de boa parte das argumentações de quem defende a pureza racial. Crabtree acaba reacendendo discussões parecidas com aquelas, pois os primeiros teóricos da eugenia diziam que a mistura de raças poderia deixar os humanos menos inteligente.Mesmo com todas as críticas, Gerald Crabtree disse à revista PopSci que seus trabalhos nada tem a ver com a eugenia.

Ele disse também que o melhoramento genético poderá resolver todos os problemas no futuro, isso se eles se tornarem um problema. Vale dizer que Crabtree não disse que estamos “mais burros”, mas sim que atualmente temos “menor capacidade intelectual”, porém com mais conhecimento.
http://www.tecmundo.com.br/mega-curioso/33139-cientista-diz-que-os-humanos-estao-cada-vez-menos-inteligentes.htm
O que vocês acham? (Obs: Não sei se postei no lugar certo)

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.886
  • Sexo: Masculino
Re:Cientista(Gerald R. Crabt) diz que os humanos estão cada vez menos inteligentes!
« Resposta #2 Online: 25 de Novembro de 2012, 16:59:07 »
Existe um outro estudo que diz justamente o contrário: que estamos ficando mais inteligentes por causa do uso de ferramentas virtuais. Não me lembro se li aqui ou na SciAm

Offline Canopus

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 762
  • Sexo: Masculino
Re:Cientista(Gerald R. Crabt) diz que os humanos estão cada vez menos inteligentes!
« Resposta #3 Online: 25 de Novembro de 2012, 19:10:13 »
Parece ser um tema muito bom.

E também parece ser bastante controverso. Vai misturar preconceitos, eugenia, método científico, projeções temporais para ocorrerem mutações significativas, teoria da evolução com ênfase na seleção natural, análise de tendência e mais muitas outras pás de conceitos, às vezes, antagônicos.
A capacidade de transgredir é o que nos torna sujeitos da transformação.
_____________________________
Não é demonstração de saúde ser bem ajustado a uma sociedade profundamente doente.
J.krisnamurti

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.488
  • Sexo: Masculino
Re:Cientista(Gerald R. Crabt) diz que os humanos estão cada vez menos inteligentes!
« Resposta #4 Online: 26 de Novembro de 2012, 23:49:51 »
Ha um topico anterior recente com o mesmo tema, embora sem respostas:

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=27062.0;topicseen


Eu nao li o suficiente em nenhum dos dois textos para poder ter qualquer opiniao, nao passam nenhuma nocao do que ele teria visto como evidencia disso.


No sciencedaily elaboram mais:

http://www.sciencedaily.com/releases/2012/11/121112135516.htm

Parece que e uma ideia similar uma que acho que ja ouvi partindo acho que de Jared Diamond, e no que concerne a eugenia/racismo, e mais uma contraposicao teoria as ideias de que os humanos teriam sofrido selecao favorecendo um aumento de inteligencia e comportamento pro-social ao migrar para fora da Africa; em vez disso, a teoria sugere que como a inteligencia humana evoluiu inicialmente na Africa, ainda eh principalmente por la e em estilos de vida de cacador-coletor que se preservam as pressoes seletivas para sua manutencao, enquanto que em sociedades mais sofisticadas somos "protegidos" desse mecanismo de conservacao em algum grau.

Eu nao acho verossimil qualquer uma das duas ser significativamente verdadeira. Minha impressao e de que embora a inteligencia provavelmente tenha evoluido ao nivel medio da especie inicialmente por la (ou mais ou menos por la e voltado), nao acho nem que a exploracao de novos territorios fosse algo que exercesse pressao muito significativa para um aumento da inteligencia a partir desse ponto, e nem que a vida em sociedade tenha um efeito tao "disgenico" assim, a inteligencia ainda eh explorada em outras formas e embora as pessoas com problemas mentais nao morram, tambem tendem a ter menos filhos ou nao ter filho algum (acho que era esse um dos principais argumentos antigos contra as previsoes dos eugenistas). Ao mesmo tempo acho que eventuais genes do tipo que se favoreceriam em uma sociedade por tendencias "parasiticas", psicopatas, con-(wo)men, provavelmente nao sao produto de genes especificos mas de combinacoes de genes saudaveis e tambem fatores de desenvolvimento. Meio como os mecanismos que sugerem para explicar como podem existir homossexuais apesar de um "gene gay" ser praticamente fadado a extincao, ainda que o esse problema (nao-reproducao) nem exista no caso, e esses individuos comumente tenham ate maior sucesso reprodutivo.

Offline Canopus

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 762
  • Sexo: Masculino
Re:Inteligência humana está diminuindo com o tempo
« Resposta #5 Online: 27 de Novembro de 2012, 07:42:55 »
Aos mantenedores do forum:

Pode ser que o título desse tópico tenha se corrompido depois do último backup.
Ao tentar localizar a última mensagem dele, o sistema do fórum indicou:
"
Ocorreu um Erro!
O tópico ou fórum que procura parece estar desaparecido.

"

No sistema de busca, o título aparece assim:
"
Origens e Evolução / Re:Cientista(rong class="highlight">Geraldrong> R. rong class="highlight">Crabtrong>) diz que os humanos estão cada vez menos inteligentes!

"
A capacidade de transgredir é o que nos torna sujeitos da transformação.
_____________________________
Não é demonstração de saúde ser bem ajustado a uma sociedade profundamente doente.
J.krisnamurti

Offline Lion

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.994
  • Sexo: Masculino
Re:Inteligência humana está diminuindo com o tempo
« Resposta #6 Online: 27 de Novembro de 2012, 11:37:12 »
Talvez porque os tópicos tenham sido unidos.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!