Autor Tópico: Escrita chinesa e sua adaptação para o japonês  (Lida 424 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline LaraAS

  • Contas Excluídas
  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.386
  • Sexo: Feminino
Escrita chinesa e sua adaptação para o japonês
« Online: 11 de Dezembro de 2012, 20:46:09 »

        Alguns pensam que a escrita chinesa é uma escrita totalmente neutra que pode seu usada para qualquer língua que fica a mesma coisa, mas isso não é verdade na maioria dos casos. Talvez até seja verdade para o caso de alguns dialetos (na verdade na prática línguas diferentes) chineses que oralmente são incompressíveis entre si mas que na verdade são tão próximos como o português e francês (que oralmente também são incompressíveis entre si mas que na escrita mesmo sem estudos formais do francês até que dá para entender uns 40% mesmo o francês tendo uma escrita alfabética, embora seja verdade que com uma grafia arcaica o que a torna mais parecida com o português em que houve menos mudanças em relação ao latim original.
        Agora em relação ao japonês usando a escrita de origem chinesa é bem diferente do que acontece quanto a escrita chinesa é usada para diferentes dialetos (algumas na verdade línguas próximas) do chinês.
        No caso do japonês para começar os sons de relação (desinências, sufixos, muitos dos pronomes, as conjunções, as posposições (equivalentes às preposições do português mas usadas numa ordem diferente por isso a mudança de nome), alguns dos verbos auxiliares, os mais comuns e o tipo de advérbios equivalentes aos que em português são sem o sufixo "mente" e sons que mudam a categoria da palavra de substantivo para adjetivo , ou para verbo, ou para adverbio equivalente ao com -mente em português) são escritos num silabário fonético e as transcrições de nomes estrangeiros e palavras de origem estrangeira são escritos em  outro silabário fonético.
Já no chinês, cada som de relação é escrito por um símbolo próprio não usado em outras ocasiões, nem quando tem o mesmo som, ou um som muito parecido em outras palavras.
        E depois no japonês os radicais em que se usam os kangis (símbolos totalmente ideográficos usados para significados plenos)
são só cerca de 2000 (é só cerca de 1700 realmente frequentemente usados) enquanto em chinês são 7000 e com cerca de 6000 frequentemente usados. Em parte isso acontece porque no chinês todo radical é equivalente à raiz, e só tem uma silaba (embora com 4 tons de multiplicam as silabas por quatro e mais a versão atona, geralmente usada alguns sons de relações, mas não todos, pois alguns sons de relação são tópicos, mas mesmo as átonos são considerados formalmente como palavras independentes). E no chinês também 70% das traduções de radicais maiores do japonês ou do português são expressões compostas equivalentes ao tipo de expressões compostas como "guarda-chuva" ou "criado-mudo" do português. Quer dizer o chinês em 70% dos casos, usa 2 ou mesmo 3 kangis para coisas em que o japonês usa só um kangi.
        E ainda as ordem de palavras predominantes no chinês e no japonês são diferentes. No chinês a ordem principal e mais usada é SVO como em português e inglês, já no japonês a ordem principal é mais usada é SOV como em turco e persa e ainda em chinês há preposições como em português enquanto no japonês há posposições igualmente como em turco e persa. E também há diferenças na ordem principal do adjetivo e substantivo e de frase principal e frase auxiliar entre as duas línguas.
         Com tudo isso, o uso da escrita chinesa para o chines e da escrita de origem chinesa no japonês fica muito diferente, e dá para o de uma língua entender muito pouco o usa da escrita da outra.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.266
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Escrita chinesa e sua adaptação para o japonês
« Resposta #1 Online: 12 de Dezembro de 2012, 11:11:51 »
 :what:

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Escrita chinesa e sua adaptação para o japonês
« Resposta #2 Online: 12 de Dezembro de 2012, 11:15:39 »
Qual o intuito desse post? Caberia perfeitamente num blog.....
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!