Autor Tópico: Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?  (Lida 82316 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1175 Online: 29 de Janeiro de 2016, 18:42:26 »
ajudando a melhorar a forma como as pessoas vêem os juízes e até mesmo os negros em geral.

Por que? Os negros são vistos de uma maneira depreciativa?  ::)

Sim, mas isso não impediu Joaquim Barbosa de subir na vida sozinho, e nem impede os negros de estudarem e se saírem bem no vestibular, que é corrigido de forma anônima (sem o corretor poder identificar o dono da prova).

Inclusive eu defendo cotas raciais em empregos (onde a contratação é discricionária, subjetiva e não-transparente), defendo isso há muito tempo. Sou contra cotas raciais no acesso às universidades apenas, se estas tiverem métodos de seleção objetivos e transparentes. 



Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1176 Online: 29 de Janeiro de 2016, 18:50:53 »
Quem corrige provas vê o nome de quem fez a prova?

Se sim, seria interessante fazerem um estudo vendo se há alguma diferença em provas com notas iguais de Uelingtonson Chãknorys da Silva versus Mario Matarazzo Italianni. Muito embora eu tenda a achar que não deva representar uma diferença muito grande nesse tipo de coisa. O efeito em currículos deve ser incomparavelmente maior.





os brancos tem as mesmas oportunidades que os amarelos só que são mais vagabundos menos aplicados.

Vou denunciar por racismo.
end

Faltou um emoticon ou é sério?

Imagine se você tivesse trocado amarelos por brancos, e brancos por negros, no twitter.

Agora deixando o politicamente correto de lado, aqui no Brasil na média o branco é mais vagabundo que o amarelo. Isso é um fato! O que isso tem a ver com racismo é que eu não entendi...



Novamente, faça as mesmas trocas. E imagine frases condizentes com esses seus julgamentos falando de "trabalho de amarelo", "trabalho de branco", também. Depois faça as trocas. Vai se surpreender.

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.302
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1177 Online: 29 de Janeiro de 2016, 18:55:42 »


Pra que existem cotas raciais além das sociais? As sociais dariam conta do fator pobreza. Cotas raciais beneficiam negros em detrimento de brancos (ou amarelos) nas mesmas condições.

Os negros pobres tem desvantagem não apenas econômica, mas também de discriminação. Então é justo que haja uma compensação até que tenha as mesmas condições que o branco pobre. Mas admito que prefiro as cotas sociais.


Se estão nas mesmas condições e ainda assim ficam em desvantagem (no vestibular), então seriam mais vagabundos/menos aplicados. É isso o que você está sugerindo??  :hein:

Sim.


Os brancos têm desempenho inferior aos amarelos (e os negros em relação aos brancos) porque estão em desvantagem socioeconômica e/ou sofrem racismo, ou o desempenho inferior dos brancos em relação aos amarelos (e dos negros em relação aos brancos) levou às diferenças socioeconômicas?


Os brancos estão em desvantagem em relação aos amarelos por uma questão cultural e os negros estão em desvantagem por uma questão socioeconômica e talvez também cultural.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1178 Online: 29 de Janeiro de 2016, 19:20:42 »


Pra que existem cotas raciais além das sociais? As sociais dariam conta do fator pobreza. Cotas raciais beneficiam negros em detrimento de brancos (ou amarelos) nas mesmas condições.

Os negros pobres tem desvantagem não apenas econômica, mas também de discriminação. Então é justo que haja uma compensação até que tenha as mesmas condições que o branco pobre. Mas admito que prefiro as cotas sociais.

O problema desse argumento de discriminação é que simplesmente não tem nada a ver com a política em questão. Faria tanto sentido quanto defender desconto no ônibus, em ítens da cesta básica, atendimento preferencial em filas, etc.

E faria talvez mais sentido cotas para feios e gordos. Gordos em especial, além da discriminação, terão dificuldades físicas e elevados problemas de saúde! "Pô, vamos dar uma cotinha aí para eles vai. É um preconceito achar que são gordos porque são preguiçosos. E eles são geralmente tipos mais alegres e simpáticos."


Se o problema é discriminação, a política deve combater a discriminação. Não resolve absolutamente nada ao dar descontos (discriminalmente) em passagem de ônibus, vestibular, cesta básica, filas.


Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1179 Online: 29 de Janeiro de 2016, 19:29:35 »
Eu acho que boa parte das discrepâncias estatísticas baseadas na cor da pele se devem a problemas metodológicos, incluindo-se aí a auto-declaração da cor.

Proporcionalmente à real composição étnica da população brasileira (não a declarada), acredito que as discrepâncias no quesito renda e acesso às universidades não sejam tão grandes assim, inclusive me lembro de uma matéria do Jornal Nacional que mostrou que na maioria das universidades, a proporção de negros era igual à do estado onde essas universidades ficam.

A auto-declaração tende a superestimar a quantidade de "brancos" nas estatísticas, tanto gerais quanto entre os mais ricos/favorecidos (que querem ser brancos).

Um outro fator, que já citei aqui, é a miscigenação e a forma como ela se dá diferentemente entre as camadas sociais. Entre os mais ricos, há uma tendência a escolherem cônjuges (mulheres principalmente) brancas, isso "neutraliza" a representação do fenótipo negro entre os mais ricos, cujas famílias costumam "embranquecer" à medida que ascendem socialmente.

Eu sinceramente acho que o "racismo" estético, ou seja, a preferência pelo biotipo branco como padrão de beleza, acaba influenciando mais a 'representação fenotípica' do elemento negro nos altos extratos sociais do que a discriminação racial em empregos e outras oportunidades econômicas.



Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1180 Online: 29 de Janeiro de 2016, 19:36:01 »
Lembro da foto que postaram em outro tópico dos formandos em medicina da UFBA. Queriam dizer que a maioria era "branca" em um estado onde a composição de negros é alta (nas estatísticas, a Bahia tem 12% de negros e 60% de pardos, mas acho que isso se deve ao problema da auto-declaração, citado anteriormente).

Só que após postarem a foto, outros foristas apontaram logo os negros nela, que não era tão poucos assim, e eu reparei que as mulheres "brancas" da foto em sua maioria tinham o cabelo alisado, o que mostra que provavelmente são filhas (ou netas) de negros que passaram por aquele processo de "branqueamento" da família que eu citei anteriormente.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1181 Online: 29 de Janeiro de 2016, 21:12:50 »
Lembro da foto que postaram em outro tópico dos formandos em medicina da UFBA. Queriam dizer que a maioria era "branca" em um estado onde a composição de negros é alta (nas estatísticas, a Bahia tem 12% de negros e 60% de pardos, mas acho que isso se deve ao problema da auto-declaração, citado anteriormente).

Só que após postarem a foto, outros foristas apontaram logo os negros nela, que não era tão poucos assim, e eu reparei que as mulheres "brancas" da foto em sua maioria tinham o cabelo alisado, o que mostra que provavelmente são filhas (ou netas) de negros que passaram por aquele processo de "branqueamento" da família que eu citei anteriormente.


Cabelo naturalmente não-liso não é incomum entre brancos (quem tem cabelo mais liso não raramente vai ouvir falar coisas como "nossa, que cabelo liso, parece cabelo de japonês", vindo de pessoas brancas mesmo), não requer qualquer miscigenação para "explicar", ainda que no Brasil não seja nem um pouco improvável haver esse histórico.

Mas é interessante esse ponto, apesar de pormenores. Não precisa se supor qualquer padrão de diferença sexual de preferências endo ou inter-raciais, qualquer inversão de padrões de hipergamia, mas só assumir que as pessoas não se casam só dentro da mesma raça, e tendem a se casar e ter filhos dentro de um mesmo nível econômico, ou, preferir "subir". E que há uma maioria branca original, mais rica/menos pobre.

Só acho que talvez o papel disso como uma mascaração da ascensão econômica de negros deve ser consideravelmente limitado. Afinal, são algo como 40-45% dos brasileiros pardos, então "brancos e pretos", escurecidos e clareados, respectivamente. Mas em estatísticas ainda de vez em quando estão piores do que os negros, em vez de serem uma gradação mais linear.

O "enriquecimento racial invisível" deve ser mais de pardos claros/morenos que "viram brancos".





O que ainda levanta a questão interessante de se é possível falar em "fraude" de auto-declaração. Fica quase impossível, a menos que a pessoa praticamente se entregue.

Mesmo de "passar discriminação" como justificativa (...). Essas aí alegam sofrer a discriminação racial em não serem consideradas negras.


Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1182 Online: 29 de Janeiro de 2016, 22:19:42 »
Lembro da foto que postaram em outro tópico dos formandos em medicina da UFBA. Queriam dizer que a maioria era "branca" em um estado onde a composição de negros é alta (nas estatísticas, a Bahia tem 12% de negros e 60% de pardos, mas acho que isso se deve ao problema da auto-declaração, citado anteriormente).

Só que após postarem a foto, outros foristas apontaram logo os negros nela, que não era tão poucos assim, e eu reparei que as mulheres "brancas" da foto em sua maioria tinham o cabelo alisado, o que mostra que provavelmente são filhas (ou netas) de negros que passaram por aquele processo de "branqueamento" da família que eu citei anteriormente.


Cabelo naturalmente não-liso não é incomum entre brancos

Não me referi a cabelo liso, mas a "alisado". É diferente, e a diferença é visível.


Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1183 Online: 29 de Janeiro de 2016, 22:38:16 »
Escrevi cabelo não-liso, que é muitas vezes alisado, especialmente por mulheres, mesmo brancas.







(não sei se a última é real ou só photoshop)


Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.288
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1184 Online: 30 de Janeiro de 2016, 12:19:37 »


Pra que existem cotas raciais além das sociais? As sociais dariam conta do fator pobreza. Cotas raciais beneficiam negros em detrimento de brancos (ou amarelos) nas mesmas condições.

Os negros pobres tem desvantagem não apenas econômica, mas também de discriminação. Então é justo que haja uma compensação até que tenha as mesmas condições que o branco pobre. Mas admito que prefiro as cotas sociais.

O problema desse argumento de discriminação é que simplesmente não tem nada a ver com a política em questão. Faria tanto sentido quanto defender desconto no ônibus, em ítens da cesta básica, atendimento preferencial em filas, etc.

E faria talvez mais sentido cotas para feios e gordos. Gordos em especial, além da discriminação, terão dificuldades físicas e elevados problemas de saúde! "Pô, vamos dar uma cotinha aí para eles vai. É um preconceito achar que são gordos porque são preguiçosos. E eles são geralmente tipos mais alegres e simpáticos."


Se o problema é discriminação, a política deve combater a discriminação. Não resolve absolutamente nada ao dar descontos (discriminalmente) em passagem de ônibus, vestibular, cesta básica, filas.



Exatamente.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1185 Online: 30 de Janeiro de 2016, 12:40:07 »
Não faz sentido essa comparação. Brancos, amarelo, gordos, etc, não são vistos como bandidos, não são confundidos com empregados domésticos, etc. Os amarelo não roubam vagas de brancos em universidades, os brancos continuam sendo proporcionalmente representados, os gordos também, mesmo os deficientes são. Só os negros e índios  não conseguem ter uma participação proporcional. Essa reclamação contra a cota é muito mimimi, brancos pobres tem cotas sociais, ou seja, não são prejudicado pelas cotas raciais, quem está "perdendo"  são os brancos ricos,  que tem tantas oportunidades na vida que não faz diferença. Qual o real problema então?  Maior separação? Sério? O Brasil sempre foi separado racialmente, 20 anos atrás era permitido por lei dividir as pessoas em elevadores, era extremamente comum negros serem confundidos com empregados e serem obrigados a usar elevador de serviço. Precisou de uma lei pra acabar com isso. Só na cabeça de quem nunca sofreu discriminação racial é que cotas vão piorar o problema.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1186 Online: 30 de Janeiro de 2016, 12:52:24 »
Na verdade poucos ligam para os brancos ricos.

A preocupação é com aqueles brancos pobres ou borderline (classe média baixa ou média endividada), cujos pais se esforçam igual condenados pra bancarem uma escola particular baratinha (que mesmo assim é absurdamente superior à pública) e acabam ficando sem a tão sonhada e batalhada vaga na universidade pública (a única faculdade boa que podem cursar) porque um gostosão mais favorecido lhe tomou a vaga por ser negro, ou então sua vaga é tomada por pessoas que cursaram bons colégios públicos (Escola Militar, CEFET, etc) ou pessoas cujas condições ela não causou e tem culpa ZERO nas mesmas.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1187 Online: 30 de Janeiro de 2016, 12:53:54 »
Se houvesse um jeito de tomar a vaga de pessoas que comprovadamente cometeram crimes de racismo, eu apoiaria.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1188 Online: 30 de Janeiro de 2016, 13:41:15 »
Na verdade poucos ligam para os brancos ricos.

A preocupação é com aqueles brancos pobres ou borderline (classe média baixa ou média endividada), cujos pais se esforçam igual condenados pra bancarem uma escola particular baratinha (que mesmo assim é absurdamente superior à pública) e acabam ficando sem a tão sonhada e batalhada vaga na universidade pública (a única faculdade boa que podem cursar) porque um gostosão mais favorecido lhe tomou a vaga por ser negro, ou então sua vaga é tomada por pessoas que cursaram bons colégios públicos (Escola Militar, CEFET, etc) ou pessoas cujas condições ela não causou e tem culpa ZERO nas mesmas.

Claro, ai em vez de reclamar do playboy rico que sempre teve o que quis, pegando a vaga dele, ele reclama do negro pobre.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1189 Online: 30 de Janeiro de 2016, 13:42:12 »
Mas do pobre branco que tem vaga social? Não, aí ninguém reclama.  Bom mesmo é reclamar do acesso dos negros, é isso que incomoda.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1190 Online: 30 de Janeiro de 2016, 14:40:25 »
Barata, explique aí como os negros são impedidos de entrar numa faculdade via discriminação.

No aguardo.

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1191 Online: 30 de Janeiro de 2016, 14:43:16 »
BTW, é fácil descer a ripa nos brancos (pobres ou não) quando se é um amarelo privilegiado que rouba vagas nas universidades, sempre teve as melhores condições para estudar e arrumar emprego. :hihi:



*Amarelos representam 2% da população e mais de 9% dos universitários.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1192 Online: 30 de Janeiro de 2016, 15:29:29 »
Barata, explique aí como os negros são impedidos de entrar numa faculdade via discriminação.

No aguardo.



  :what: Depois de trocentas páginas, vir com uma pergunta dessas... Abandona.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1193 Online: 30 de Janeiro de 2016, 16:35:45 »
Não faz sentido essa comparação. Brancos, amarelo, gordos, etc, não são vistos como bandidos, não são confundidos com empregados domésticos, etc.

Qualquer um pode ser visto como bandido. Entre correndo numa loja, sem tirar capacete de moto.

O que não faz sentido é o critério de "pessoas do grupo que tem mais bandidos e/ou empregadas domésticas devem ter desconto da nota para entrar na faculdade". Branquelo que raspa a cabeça e é confundido com neonazista merece algum tipo de desconto por isso?


Citar
brancos continuam sendo proporcionalmente representados, os gordos também, mesmo os deficientes são.

Não sabemos disso. Os gordos podem ter, devido a condição, QI reduzido, e menor QI é associado a maior dificuldade em entrar na faculdade, então é provável que a representação não seja 100% proporcional sob uma análise mais cuidadosa. Há toda uma série de tipos diferentes de deficientes.

Em todo caso, se as pessoas entram por cotas, isso necessariamente implica que pessoas desses grupos e outros/quaisquer serão impedidas de entrar a fim de satisfazer as cotas, dos grupos que tiverem a reserva de vagas.


Citar
Só os negros e índios  não conseguem ter uma participação proporcional.

Não, são os que tiram nota baixa que não conseguem participação proporcional, independentemente da raça ou qualquer condição física.

Porque o mecanismo é filtrar notas mais altas.

Brancos e amarelos ricos ou pobres que tiram/tiravam as mesmas notas de quem só entra por ser cotista, não entram. Pessoas que poderiam ser favorecidos por cotas que tirassem notas altas, entram. Simples assim.




Citar
Essa reclamação contra a cota é muito mimimi, brancos pobres tem cotas sociais, ou seja, não são prejudicado pelas cotas raciais,

Apenas assumindo que a cota social seja ampla o bastante para que não haja pobres sendo excluídos a fim de satisfazer as reservas de vagas raciais. Se as notas de cortes raciais são menores do que as sociais, deve ser praticamente certo que isso não é o caso, que há pobres sendo excluídos da faculdade por discriminação racial, apenas. A "mesma" discriminação que não é o que reduz a proporção de negros e índios nas faculdades.

Mas como tem muito branco, tudo bem, porque os indivíduos não contam como vítimas de "injustiça".



Citar
Só na cabeça de quem nunca sofreu discriminação racial é que cotas vão piorar o problema.

Não tem absolutamente nada a ver com "não ter sofrido discriminação racial", isso é só uma tentativa baixa de desqualificação do argumento por ad hominem.

O problema é que, especialmente negros, já sofrem com estigmas como de incompetência, baixa qualificação. Então, damos um desconto para entrarem na faculdade. É evidente que ao menos em nível imediato isso apenas reforça ao estigma. Os próprios debates em torno disso já escancaram isso, com negros se comparando e sendo comparados a deficientes, grávidas, etc, etc.

O preconceito racial é mais forte* entre os mais pobres. Justamente os pobres que são excluídos da faculdade, mesmo com nota melhor, para dar lugar a negros, mulatos e índios.


* mais forte/comum, não "exclusivo".







Mas do pobre branco que tem vaga social? Não, aí ninguém reclama.  Bom mesmo é reclamar do acesso dos negros, é isso que incomoda.

Não é o "acesso dos negros" o problema. Isso é só apelação muito baixa em tentar desqualificar por ad hominem, como racista.

A oposição à discriminação racial vestibular se dá apenas porque as pessoas comumente consideram justo que pessoas, de qualquer cor, que viveram sob a mesma condição sócio-econômica, sejam avaliadas como IGUAIS, sem preferências raciais.


Ainda sofre de alguns dos mesmos problemas, como, a possibilidade, aparentemente verificada em alguns países, de cotistas terem desempenho inferior, menor aproveitamento da faculdade. Mas é praticamente toda uma outra discussão, onde o fator racial para um desconto maior é apenas um agravamento da mesma coisa, e não uma questão distinta.




Na verdade poucos ligam para os brancos ricos.

A preocupação é com aqueles brancos pobres ou borderline (classe média baixa ou média endividada), cujos pais se esforçam igual condenados pra bancarem uma escola particular baratinha (que mesmo assim é absurdamente superior à pública) e acabam ficando sem a tão sonhada e batalhada vaga na universidade pública (a única faculdade boa que podem cursar) porque um gostosão mais favorecido lhe tomou a vaga por ser negro, ou então sua vaga é tomada por pessoas que cursaram bons colégios públicos (Escola Militar, CEFET, etc) ou pessoas cujas condições ela não causou e tem culpa ZERO nas mesmas.

Claro, ai em vez de reclamar do playboy rico que sempre teve o que quis, pegando a vaga dele, ele reclama do negro pobre.

"Grrr! Malditos brancos, pretos, pardos, e amarelos ricos, estudaram em escolas melhores que eu, assimilando mais e melhor aquilo que é ensinado na escola, e agora tiram notas melhores que a minha no vestibular! Grrrr!!!! FORA PLAYBOYS!!!!!111111"

(Acho que "rico"/playboy aqui pode ser só ter cursado algo como SENAI)

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.922
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.288
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1195 Online: 02 de Fevereiro de 2016, 12:28:51 »
Só mais um motivo pelo qual essas cotas são estúpidas.

Citar
UnB volta atrás e aceita gêmeo barrado em cotas
Banca de professores é que decide, analisando uma foto, quem é ou não é negro.

http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular/0,,MUL48124-5604,00-UNB+VOLTA+ATRAS+E+ACEITA+GEMEO+BARRADO+EM+COTAS.html

"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.308
  • Sexo: Masculino
Foto USGS

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1197 Online: 02 de Fevereiro de 2016, 15:02:52 »
Caralho, quanta irresponsabilidade! Em um cargo absurdamente complexo e que mexe com vidas humanas, onde a diferenciação entre os profissionais pode ser enorme, deixar de colocar um profissional competente em troca de outro menos competente por causa de cor da pele...

Isso é Brasil. Isso é o esquerdismo cultural.

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.735
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1198 Online: 02 de Fevereiro de 2016, 15:31:57 »
Não basta a cota para se formar (afinal o cara terá que se formar igual aos outros), agora tem cota para trabalhar? Isso é novidade pra mim.

Eu não sou totalmente contra cotas em universidades porque no Brasil as coisas são distorcidas a ponto das federais serem ocupadas pelos mais ricos. O problema é tratar o sintoma (muitos ricos na universidade pública) e não a causa (ensino público de pouca qualidade).
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Cotas RACIAIS. Qual sua opinião?
« Resposta #1199 Online: 02 de Fevereiro de 2016, 15:42:01 »
Médico se declara negro e passa em 1º lugar em concurso público



Mestiços são algumas vítimas de discriminação ao não serem considerados "afro-descendentes de verdade", ou "o suficiente" nos critérios de quem se vê no direito de lhes julgar:







http://www.hoax-slayer.com/black-white-twins.html




:?: Qual a solução? Ter um comitê médico de avaliação de pureza racial?









Caralho, quanta irresponsabilidade! Em um cargo absurdamente complexo e que mexe com vidas humanas, onde a diferenciação entre os profissionais pode ser enorme, deixar de colocar um profissional competente em troca de outro menos competente por causa de cor da pele...

Isso é Brasil. Isso é o esquerdismo cultural.



Será que o exame é específico em capacitação médica? Ou é só um novo "vestibular" genérico, e o diploma de médico+especialização qualquer é tido como "igualador" de todo candidato no quesito técnico?

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!