Enquete

Qual seu sistema móvel?

Apple IOS
4 (12.9%)
Google android
18 (58.1%)
RIM blacberry
0 (0%)
Symbian
0 (0%)
Microsoft Mobile
0 (0%)
Nao uso smartphone
9 (29%)
Outro
0 (0%)

Votos Totais: 30

Autor Tópico: O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.  (Lida 7146 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Dr. Manhattan

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.342
  • Sexo: Masculino
  • Malign Hypercognitive since 1973
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #50 Online: 31 de Dezembro de 2012, 11:36:44 »
Pelo que entendi da discussão, a Valve quer entrar no mercado com um computador que promete a experiência de um console com a flexibilidade de um PC, e ligado na TV. Só que existe uma diferença importante entre o uso do console e do PC, que talvez tenha passado desapercebida: o usuário do console fica sentado no sofá, com um sistema de input mais limitado do que um teclado. Eu poderia, por exemplo, usar a Web através do meu PS3, mas a interface é tão ruim, e a "usabilidade" dos controles é tão limitada, que raramente o uso para isso. Essa questão já está causando problema para as TVs inteligentes: as GUIs dos browser desses aparelhos são tão ruins que as pessoas acabam sem usá-las.

No meu caso, pelo menos, minha preferência por jogar nos consoles não tem nada a ver com jogos exclusivos ou com DLCs ou o que for, mas com a facilidade de se colocar um disco no aparelho, sentar no meu sofá diante de uma TV de 42 polegadas, e começar imediatamente a jogar. Já minha preferência por usar um PC para olhar a Web é poder ter dezenas de teclas com comando diferentes à minha disposição.

Resumindo: se a Valve está pensando em lançar uma espécie de híbrido de PC e console, pode acabar não agradando nem a gregos nem troianos. A não ser que esse computador/console venha com um controle radicalmente diferente dos atuais.
You and I are all as much continuous with the physical universe as a wave is continuous with the ocean.

Alan Watts

Offline Dr. Manhattan

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.342
  • Sexo: Masculino
  • Malign Hypercognitive since 1973
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #51 Online: 31 de Dezembro de 2012, 11:37:35 »
Não tenho necessidade de um smartphone. Por outro lado, só não comprei um tablet até agora por falta de grana. :)
You and I are all as much continuous with the physical universe as a wave is continuous with the ocean.

Alan Watts

Offline Rocky Joe

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #52 Online: 31 de Dezembro de 2012, 11:43:51 »
Eu não gosto da Steam porque tem DRM. E para vender consistentemente um console tem que ter jogos exclusivos para todos os gostos - não vejo na Valve a capacidade para diversidade que a Sony ou, principalmente, a Nintendo tem.

Para mim a "Steam Box" só vence se a Sony e a Nintendo derem um tiro no próprio pé, e, mesmo assim, só com o público adolescente/masculino/jovem adulto. (O que vem acontecendo. A Nintendo fez um Metroid sobre os instintos maternos da Samus Aran. Cruzes! E o Wii U até agora não parece ter nada de interessante.)

Por curiosidade, a lista de desenvolvedoras first party da Nintendo:

Citar
    Nintendo EAD Comprehensive Group – Super Mario 64 DS
    Nintendo EAD Group 1 – Mario Kart series, Nintendogs series, Luigi's Mansion[46]
    Nintendo EAD Group 2 – Animal Crossing series, Wii-branded games
    Nintendo EAD Group 3 – The Legend of Zelda series
    Nintendo EAD Group 4 – Pikmin series, New Super Mario Bros. series, Big Brain Academy
    Nintendo EAD Group 5 – Wii Fit, Steel Diver (with Vitei)
    Nintendo EAD Tokyo 1 – Donkey Kong Jungle Beat, Super Mario Galaxy
    Nintendo EAD Tokyo 2 – Flipnote Studio, Super Mario Galaxy 2, Super Mario 3D Land
    Nintendo SPD – WarioWare series, Tomodachi Collection, Rhythm Heaven series, Fossil Fighters series (with Red Entertainment, M2, and Artdink)
    Nintendo NSD – Personal Trainer: Walking
    Nintendo SDD – Brain Age series
    Nintendo STC – Mario vs. Donkey Kong, Crosswords DS, Metroid Prime Hunters[47]
    Monolith Soft – Disaster: Day of Crisis, Xenoblade Chronicles[48]
    Retro Studios – Metroid Prime series, Donkey Kong Country Returns,[49] Mario Kart 7
    Brownie Brown – Mother 3, A Kappa's Trail, Magical Vacation series
    Intelligent Systems – Paper Mario series with Nintendo, Fire Emblem series, Advance Wars series,[50] WarioWare series, Pushmo series
    Nd Cube – Wii Party, Mario Party 9
    HAL Laboratory – Kirby series, EarthBound series, Super Smash Bros. series

A Valve tem o que? Um, dois times de desenvolvimento? Eles mal lançam um jogo por ano.

Offline Rocky Joe

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #53 Online: 31 de Dezembro de 2012, 11:47:52 »
Citar
No meu caso, pelo menos, minha preferência por jogar nos consoles não tem nada a ver com jogos exclusivos ou com DLCs ou o que for, mas com a facilidade de se colocar um disco no aparelho, sentar no meu sofá diante de uma TV de 42 polegadas, e começar imediatamente a jogar. Já minha preferência por usar um PC para olhar a Web é poder ter dezenas de teclas com comando diferentes à minha disposição.

2.

E respondendo diretamente ao tópico, não faço conjectura, mas a "cultura" de estar sempre conectado a internet me incomoda, de forma que ainda não abracei smartphone algum e só uso PC.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #54 Online: 31 de Dezembro de 2012, 12:07:20 »
Pelo que entendi da discussão, a Valve quer entrar no mercado com um computador que promete a experiência de um console com a flexibilidade de um PC, e ligado na TV. Só que existe uma diferença importante entre o uso do console e do PC, que talvez tenha passado desapercebida: o usuário do console fica sentado no sofá, com um sistema de input mais limitado do que um teclado. Eu poderia, por exemplo, usar a Web através do meu PS3, mas a interface é tão ruim, e a "usabilidade" dos controles é tão limitada, que raramente o uso para isso. Essa questão já está causando problema para as TVs inteligentes: as GUIs dos browser desses aparelhos são tão ruins que as pessoas acabam sem usá-las.

No meu caso, pelo menos, minha preferência por jogar nos consoles não tem nada a ver com jogos exclusivos ou com DLCs ou o que for, mas com a facilidade de se colocar um disco no aparelho, sentar no meu sofá diante de uma TV de 42 polegadas, e começar imediatamente a jogar. Já minha preferência por usar um PC para olhar a Web é poder ter dezenas de teclas com comando diferentes à minha disposição.

Resumindo: se a Valve está pensando em lançar uma espécie de híbrido de PC e console, pode acabar não agradando nem a gregos nem troianos. A não ser que esse computador/console venha com um controle radicalmente diferente dos atuais.

E o que te impede de instalar um teclado e um mouse no PS3? Eu uso a anos....
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.133
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #55 Online: 31 de Dezembro de 2012, 12:13:42 »
Pelo que entendi da discussão, a Valve quer entrar no mercado com um computador que promete a experiência de um console com a flexibilidade de um PC, e ligado na TV. Só que existe uma diferença importante entre o uso do console e do PC, que talvez tenha passado desapercebida: o usuário do console fica sentado no sofá, com um sistema de input mais limitado do que um teclado. Eu poderia, por exemplo, usar a Web através do meu PS3, mas a interface é tão ruim, e a "usabilidade" dos controles é tão limitada, que raramente o uso para isso. Essa questão já está causando problema para as TVs inteligentes: as GUIs dos browser desses aparelhos são tão ruins que as pessoas acabam sem usá-las.

No meu caso, pelo menos, minha preferência por jogar nos consoles não tem nada a ver com jogos exclusivos ou com DLCs ou o que for, mas com a facilidade de se colocar um disco no aparelho, sentar no meu sofá diante de uma TV de 42 polegadas, e começar imediatamente a jogar. Já minha preferência por usar um PC para olhar a Web é poder ter dezenas de teclas com comando diferentes à minha disposição.

Resumindo: se a Valve está pensando em lançar uma espécie de híbrido de PC e console, pode acabar não agradando nem a gregos nem troianos. A não ser que esse computador/console venha com um controle radicalmente diferente dos atuais.

E o que te impede de instalar um teclado e um mouse no PS3? Eu uso a anos....

Yup...
http://www.tinydeal.com/pt/24ghz-rii-mini-i8-wireless-92-key-keyboard-mouse-p-53759.html
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Dr. Manhattan

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.342
  • Sexo: Masculino
  • Malign Hypercognitive since 1973
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #56 Online: 31 de Dezembro de 2012, 12:14:45 »
Pelo que entendi da discussão, a Valve quer entrar no mercado com um computador que promete a experiência de um console com a flexibilidade de um PC, e ligado na TV. Só que existe uma diferença importante entre o uso do console e do PC, que talvez tenha passado desapercebida: o usuário do console fica sentado no sofá, com um sistema de input mais limitado do que um teclado. Eu poderia, por exemplo, usar a Web através do meu PS3, mas a interface é tão ruim, e a "usabilidade" dos controles é tão limitada, que raramente o uso para isso. Essa questão já está causando problema para as TVs inteligentes: as GUIs dos browser desses aparelhos são tão ruins que as pessoas acabam sem usá-las.

No meu caso, pelo menos, minha preferência por jogar nos consoles não tem nada a ver com jogos exclusivos ou com DLCs ou o que for, mas com a facilidade de se colocar um disco no aparelho, sentar no meu sofá diante de uma TV de 42 polegadas, e começar imediatamente a jogar. Já minha preferência por usar um PC para olhar a Web é poder ter dezenas de teclas com comando diferentes à minha disposição.

Resumindo: se a Valve está pensando em lançar uma espécie de híbrido de PC e console, pode acabar não agradando nem a gregos nem troianos. A não ser que esse computador/console venha com um controle radicalmente diferente dos atuais.

E o que te impede de instalar um teclado e um mouse no PS3? Eu uso a anos....

Nada. Eu até já usei um teclado USB no PS3, mas o próprio browser do console não presta. Sem falar que não gosto de ficar no sofá com um teclado no colo. Sou o típico gamer casual, sem muito conhecimento de computadores e que gosta da comodidade dos consoles. As empresas deviam prestar atenção no que digo. :)
You and I are all as much continuous with the physical universe as a wave is continuous with the ocean.

Alan Watts

Offline Dr. Manhattan

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.342
  • Sexo: Masculino
  • Malign Hypercognitive since 1973
You and I are all as much continuous with the physical universe as a wave is continuous with the ocean.

Alan Watts

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #58 Online: 31 de Dezembro de 2012, 13:59:31 »
Pelo que entendi da discussão, a Valve quer entrar no mercado com um computador que promete a experiência de um console com a flexibilidade de um PC, e ligado na TV. Só que existe uma diferença importante entre o uso do console e do PC, que talvez tenha passado desapercebida: o usuário do console fica sentado no sofá, com um sistema de input mais limitado do que um teclado. Eu poderia, por exemplo, usar a Web através do meu PS3, mas a interface é tão ruim, e a "usabilidade" dos controles é tão limitada, que raramente o uso para isso. Essa questão já está causando problema para as TVs inteligentes: as GUIs dos browser desses aparelhos são tão ruins que as pessoas acabam sem usá-las.

No meu caso, pelo menos, minha preferência por jogar nos consoles não tem nada a ver com jogos exclusivos ou com DLCs ou o que for, mas com a facilidade de se colocar um disco no aparelho, sentar no meu sofá diante de uma TV de 42 polegadas, e começar imediatamente a jogar. Já minha preferência por usar um PC para olhar a Web é poder ter dezenas de teclas com comando diferentes à minha disposição.

Resumindo: se a Valve está pensando em lançar uma espécie de híbrido de PC e console, pode acabar não agradando nem a gregos nem troianos. A não ser que esse computador/console venha com um controle radicalmente diferente dos atuais.

A interface usual para Steam Box vai ser o joystick, não o teclado. A ideia é você usá-lo do sofá realmente. Ele vai ser igual em tudo aos consoles, a diferença é que será como se você pudesse comprar um Xbox 360 da Microsoft, da Samsung, da LG ou da Phillips, mas todos eles rodassem os mesmos jogos.

E uma coisa que o presidente da Valve comentou é que sua empresa estava querendo revolucionar as interfaces de computador. Ele disse que mouse e teclado têm 25 anos e a tecnologia parou aí, mas estava prometendo uma surpresa para breve.

Este aqui é o modo Big Picture do Steam, que já existe e a ideia é a mesma: você pluga seu PC à TV e senta no sofá com um controle. A diferença entre o Big Picture e o Steam Box é que o último vai ser mai Out of the Box e mais parecido com a experiência de um console, plug & play. Vá até o minuto 4:00 para ver a solução elegante que eles encontraram para a digitação com um controle -- algo muito simples, mas nem a Microsoft e nem a Sony pensaram nisso.

<a href="http://www.youtube.com/v/uVYbwin_2FQ?version=3&amp;amp;hl=pt_BR" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/uVYbwin_2FQ?version=3&amp;amp;hl=pt_BR</a>

Eu não gosto da Steam porque tem DRM. E para vender consistentemente um console tem que ter jogos exclusivos para todos os gostos - não vejo na Valve a capacidade para diversidade que a Sony ou, principalmente, a Nintendo tem.

Para mim a "Steam Box" só vence se a Sony e a Nintendo derem um tiro no próprio pé, e, mesmo assim, só com o público adolescente/masculino/jovem adulto. (O que vem acontecendo. A Nintendo fez um Metroid sobre os instintos maternos da Samus Aran. Cruzes! E o Wii U até agora não parece ter nada de interessante.)

Por curiosidade, a lista de desenvolvedoras first party da Nintendo:

(...)

A Valve tem o que? Um, dois times de desenvolvimento? Eles mal lançam um jogo por ano.

Parcerias First Party ela encontra, isso não é problema. Tem um monte de pequenos desenvolvedores indies aí que adorariam a chance. Um exemplo recente é a aquisição da Twisted Pixel ('Splosion Man, The Maw) pela Microsoft.

Sem contar que há muitos games que saem exclusivamente para PC e não dão as caras nos consoles -- tudo bem que em muitos casos isso acontece porque eles são pensados para jogar no teclado, mas com a tendência de se usar telas sensíveis a toque, como no Wii U e no SmartGlass, talvez você possa jogar Dota 2 ou Civilization usando seu celular como interface.

Outro tipo de game que sai exclusivamente para PC são os mods de games tradicionais e multiplataforma. Você pode jogar Skyrim no PC, no Xbox ou no PS3. Mas só no PC você pode jogar assim:



Sem falar que se a batalha dos consoles, assim como o Betamax versus VHS, for decidida pela pornografia, saiba que quem joga Fallout: New Vegas no PC pode jogar assim:


Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #59 Online: 10 de Janeiro de 2013, 21:53:36 »
Bom estou com o galaxy 10.1, um canhão com 4 procs e 2GB RAM. Comparando com o iPad, definitivamente apresenta mais recursos mas mais complexidade também. O iPad parece mais fluido, faz menos coisas mas faz melhor o que faz. Acho que o google e Samsung deveriam parar de criar coisas novas e fazer o ajuste fino do que já está pronto.

Mexi hoje no surface.  A loja da Microsoft fica quase ao lado da Apple no shopping e claro que a da Apple tinha 20x mais gente. O surface é bem executado mas por exemplo não tem aplicativos básicos, nenhum do google. Os computadores com Windows 8 já são touch, uma convergência legal. Por 900 levava um computador embutido no monitor com 22 polegadas já nessa nova filosofia. A Microsoft está apostando a empresa nisso. Ela é rica e domina o mercado que está morrendo, vai tentar trazer o velho mundo para o novo. Ramos ver.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.745
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #60 Online: 11 de Janeiro de 2013, 01:54:07 »
Pelo que entendi da discussão, a Valve quer entrar no mercado com um computador que promete a experiência de um console com a flexibilidade de um PC, e ligado na TV. Só que existe uma diferença importante entre o uso do console e do PC, que talvez tenha passado desapercebida: o usuário do console fica sentado no sofá, com um sistema de input mais limitado do que um teclado.

Curioso, coisa não muito diferente poderia estar sendo dita sobre o MSX quando foi lançado, acrescentando algo como que "o teclado, não embutido ao console, pode ser usado do sofá, como um controle remoto, ou um joystick. Aliás, os ele é compatível com os joysticks do console mais popular da atualiade, o Atari"

:biglol:




No meu caso, pelo menos, minha preferência por jogar nos consoles não tem nada a ver com jogos exclusivos ou com DLCs ou o que for, mas com a facilidade de se colocar um disco no aparelho, sentar no meu sofá diante de uma TV de 42 polegadas, e começar imediatamente a jogar.

Acho curioso que os jogos hoje em dia não tenham o próprio "OS" para serem usados mais ou menos desse jeito, meio como cartuchos de MSX também. Ou jogos de video game mesmo.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #61 Online: 16 de Janeiro de 2013, 04:41:12 »
Disney entrando na parada. Na verdade demorou..

Fonte App dvice
 
 Disney has announced an ambitious new gaming platform called Infinity. The game culls characters and settings from throughout the Disney universe. Physical action figures interface with a console-connected base, adding characters from lots of different Disney films to a virtual game world.

The basic idea with Infinity is that there will be a game in a box for your gaming platform of choice. With that box, you will get the game, some action figures, and a stand that interfaces with your console. Place the action figures on the stand and magically the character is dropped straight into the game world. Initially, there will be three Play Sets based on The Incredibles, Monsters University and Pirates of the Caribbean. There will be seventeen characters (action figures) to start with from just these three sets. Disney is describing Infinity as a platform rather than a game, so expect the number of characters and Play Sets to grow substantially over time.

Each Play Set will be an independent world with its own style of gameplay. Pirates of the Caribbean is combat focused. Monsters University focuses on vehicles and racing, while The Incredibles is another brawler augmented by the super powers of the Incredibles family.

Perhaps the most interesting part of the Infinity story is Toy Box mode, where players are free to mix and match characters and Play Sets from any of Disney's respective galaxies. Consider the possibilities of the crossovers: Wall-E could (for whatever reason) visit the Cheshire Cat in Wonderland. It's as zany as it is exciting. Naturally, the creations made in the Toy Box can be shared amongst players online.

If all this is ringing a bell, it's because the Infinity concept is similar to a game called Skylanders. That game has become a massive success, and it appears that Disney is attempting to emulate it. That said, Disney's near limitless well of characters and settings combined in all kinds of new ways could certainly be a success, especially with the likely inevitable inclusion of Marvel and Star Wars themed expansions.

Infinity has no set launch date, but is expected in June. Launch platforms include Windows, Wii U, Wii, Xbox 360 and PS3, with mobile and tablet versions to follow later in the year.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #62 Online: 16 de Janeiro de 2013, 11:35:32 »
Decretar o fim do PC soa mais ou menos como quando decretaram o fim dos livros com o advento dos tablets. Eu acho que ele convive numa boa com as demais tecnologias, convergindo em direção a elas ou mesmo em paralelo.

Offline SnowRaptor

  • Webmaster
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.961
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #63 Online: 16 de Janeiro de 2013, 13:55:29 »
Decretar o fim do PC soa mais ou menos como quando decretaram o fim dos livros com o advento dos tablets. Eu acho que ele convive numa boa com as demais tecnologias, convergindo em direção a elas ou mesmo em paralelo.

:ok:

Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Zóio de Vidro

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 136
  • Houve mão mais poderosa, zombou deles o Brasil
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #64 Online: 16 de Janeiro de 2013, 14:28:40 »
A boa mesa e a boa poltrona, preço melhor tela maior, ainda vai resistir muito tempo. É como dizer que com o carro a bicicleta acabaria, não acabou. Talvez o uso fique restrito a certas pessoas.
O PC vai ser usado por profissionais de escritórios e estúdios, isso vai deixar de acontecer quando os preços, caírem muito. Então um aparelho com tela gigante, teclado e mouse confortáveis, caixas de som com graves, e sendo mais portátil e com preço bom vai tomar o lugar, mas eu acho que não nos próximos 20 anos.
No porto, os navios americanos entravam os navios russos.

Offline Nohai

  • Nível 29
  • *
  • Mensagens: 1.543
  • Sexo: Feminino
  • Estudante.
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #65 Online: 16 de Janeiro de 2013, 15:44:50 »
Zóio, sou desenvolvedora de software, e tiro um extra consertando pcs/notebooks.

O que percebo é que o mercado cooporativo, grandes empresas pelo menos, se quer cogita migrar de plataforma, é desktop convencional e desktop sempre sera.

Ja os civis... bem... o publico tá querendo tablet para não usufluir nem 30% da sua capacidade, kindle para não ler um livro, e notebook. Já não vejo quase ninguem me pedindo para consertar desktop... todo mundo agora tem um notebook parcelado em 12x sem juros. (Gente de sorte... eu ja estou pesquisando financiamento pro meu proximo bebezinho).
Era uma vez um pintinho chamado Relam, toda vez que chovia Relam piava.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.193
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #66 Online: 16 de Janeiro de 2013, 15:49:43 »
Zóio, sou desenvolvedora de software, e tiro um extra consertando pcs/notebooks.

O que percebo é que o mercado cooporativo, grandes empresas pelo menos, se quer cogita migrar de plataforma, é desktop convencional e desktop sempre sera.

Ja os civis... bem... o publico tá querendo tablet para não usufluir nem 30% da sua capacidade, kindle para não ler um livro, e notebook. Já não vejo quase ninguem me pedindo para consertar desktop... todo mundo agora tem um notebook parcelado em 12x sem juros. (Gente de sorte... eu ja estou pesquisando financiamento pro meu proximo bebezinho).

Exatamente. Utopia total.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.745
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #67 Online: 16 de Janeiro de 2013, 21:09:58 »
Eu lembro de ter lido previsões nos anos 90 de substituição dos PCs por "NCs", "network computers", e acho que também por terminais mais leves/fracos e "mainframes", tanto em empresas quanto para uso doméstico.

NCs seria algo um pouco na linha do que o google acaba fazendo. Tem um monte de softwares que você acessa online, por uma conta, não precisando tê-los instalados no seu HD, só que isso seria mais generalizado. E seus arquivos também, na maior parte não precisariam ser locais (achava bem duvidoso isso na época, mas hoje não parece mais, com a velocidade da internet e coisas do estilo netflix). Acho que implicitamente também o poder de processamento dos aparelhos que as pessoas usam ficam proporcionalmente reduzidos em comparação ao uso tradicional de PC.

Já a outra noção seria algo como ter o computador meio como se pode ter um sistema de ar condicionado centralizado (sem no entanto precisar da arquitetura da casa projetada para isso). Um computador principal que é mais potente e os outros são mais fraquinhos e usam largamente o processamento do principal, meio no estilo "VNC". Junto vinham especulações de coisas como o computador ser meio integrado a sistemas da casa, algo meio HAL 9000-esco. Umas poucas pessoas nerd/hackers se metem a fazer esse tipo de coisa, com o computador entendendo alguns comandos de voz de qualquer lugar da casa (ou quase), mas me parece longe de ser uma tendência.


Citar
Network Computer (often abbreviated NC) is a trademark of Oracle Corporation that was used, from approximately 1996 to 2000, to market a range of diskless desktop computer devices. The devices were designed and manufactured by an alliance, which included Sun Microsystems, IBM, and others. The devices were designed with minimum specifications, based on the Network Computer Reference Profile. The brand was also employed as a marketing term to try to popularize this design of computer within enterprise and among consumers.

The term, today, is also used somewhat interchangeably to describe a diskless desktop computer or a thin client.

The NC brand was mainly intended to denote and forecast a range of desktop computers from various suppliers that, by virtue of their diskless design and use of inexpensive components and software, were cheaper and easier to manage than standard fat client desktops. However, due to the commoditization of standard desktop components, and due to the increasing availability and popularity of various software options for using full desktops as diskless nodes, thin clients, and hybrid clients, the Network Computer brand never achieved the popularity hoped for by Oracle and was eventually mothballed.

http://en.wikipedia.org/wiki/Network_Computer

Não lembrava de ser "marca" o conceito.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.508
  • "Minha espada não tem partidos."
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #68 Online: 16 de Janeiro de 2013, 22:20:58 »
Zóio, sou desenvolvedora de software, e tiro um extra consertando pcs/notebooks.

O que percebo é que o mercado cooporativo, grandes empresas pelo menos, se quer cogita migrar de plataforma, é desktop convencional e desktop sempre sera.

Ja os civis... bem... o publico tá querendo tablet para não usufluir nem 30% da sua capacidade, kindle para não ler um livro, e notebook. Já não vejo quase ninguem me pedindo para consertar desktop... todo mundo agora tem um notebook parcelado em 12x sem juros. (Gente de sorte... eu ja estou pesquisando financiamento pro meu proximo bebezinho).

Exatamente. Utopia total.

Concordo, mas é uma questão de tempo para as empresas suspeitarem que a relação custo benefício dos tablets em relação aos PCs talvez seja mais favorável aos tablets considerando que a maioria do trabalho é simples e baseado em textos, planilhas, gráficos, emails e internet (incluindo pornografia e redes sociais) e que tudo pode ficar na "nuvem". Incluo aí custos de operação (energia elétrica) e de manutenção.

Os desktops ainda são a melhor opção para criar o conteúdo que é acessado pelos tablets e smartphones. Existem softwares que simplesmente não rodam nesses nessas coisas portáteis ou se rodam são totalmente inadequados. Empresas de engenharia, por exemplo, só vão trocar o desktop pelo tablet no dia que for possível rodar AutoCad ou similar, acoplar um monitor de tamanho e resoluções razoáveis além de mesa digitalizadora e talvez um plotter. É só contar o número de empresas de engenharia, arquitetura, design e de propaganda, dentre outras, para se chegar a um mercado razoável de Pcs.

"Quem for brasileiro, siga-me."


Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.902
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #69 Online: 16 de Janeiro de 2013, 23:21:54 »
[...]
Os desktops ainda são a melhor opção para criar o conteúdo que é acessado pelos tablets e smartphones. Existem softwares que simplesmente não rodam nesses nessas coisas portáteis ou se rodam são totalmente inadequados. Empresas de engenharia, por exemplo, só vão trocar o desktop pelo tablet no dia que for possível rodar AutoCad ou similar, acoplar um monitor de tamanho e resoluções razoáveis além de mesa digitalizadora e talvez um plotter. É só contar o número de empresas de engenharia, arquitetura, design e de propaganda, dentre outras, para se chegar a um mercado razoável de Pcs.

Empresas de geologia e contabilidade vão pelo mesmo caminho...
Foto USGS

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.745
  • Sexo: Masculino
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #70 Online: 17 de Janeiro de 2013, 00:17:46 »
"Geologia e contabilidade", soa um pouco como "açougue e vídeo-locadora".

De qualquer forma acho que acabaria havendo uma tendência a se tornarem menos "eletrodomésticos" e mais "equipamentos profissionais", provavelmente com um encarecimento geral e redução das opções "básicas", não "top de linha". Seriam mais apropriadamente chamados de workstations, não desktops.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #71 Online: 17 de Janeiro de 2013, 00:35:49 »
Concordo que as empresas não trocam m tão cedo. Quis focar mais no uso do doméstico mesmo. Eu não uso mais PC para uso doméstico
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #72 Online: 17 de Janeiro de 2013, 11:30:38 »
Concordo que as empresas não trocam m tão cedo. Quis focar mais no uso do doméstico mesmo. Eu não uso mais PC para uso doméstico

Eu só uso PC e tenho um pouco de "aversão" a tablets e smartphones. Acho que é porque viajo e me desloco relativamente pouco, e gosto mais da ergonomia dos pcs e notes. E mais, só tenho um note na minha casa e me recuso a comprar outro...

...mas já fui intimado a comprar um tablet, até quando será que resisto à pressão? :P

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.508
  • "Minha espada não tem partidos."
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #73 Online: 17 de Janeiro de 2013, 12:19:43 »
Daqui a alguns anos, domesticamente, esse PC concentrado numa motherboard fechada num gabinete deve desaparecer mesmo. Acho que a tendência é eliminar a localização centralizada e fixa desse hardware pulverizando-o em eletrodomésticos inteligentes com aplicativos dedicados e conectados entre sí e com a internet, incluindo o tablet.
"Quem for brasileiro, siga-me."


Offline Nohai

  • Nível 29
  • *
  • Mensagens: 1.543
  • Sexo: Feminino
  • Estudante.
Re:O fim do PC está chegando. Faça aqui sua conjectura.
« Resposta #74 Online: 17 de Janeiro de 2013, 12:58:16 »
Daqui a alguns anos, domesticamente, esse PC concentrado numa motherboard fechada num gabinete deve desaparecer mesmo. Acho que a tendência é eliminar a localização centralizada e fixa desse hardware pulverizando-o em eletrodomésticos inteligentes com aplicativos dedicados e conectados entre sí e com a internet, incluindo o tablet.

Projetos pensados de automacao residencial? Ou apenas eletrodomesticos inteligentes fazendo com que toda a cas pareca inteligente?
Era uma vez um pintinho chamado Relam, toda vez que chovia Relam piava.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!